Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Curso Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa abre matrículas para o 2º módulo

idosoA Secretaria Executiva da Universidade Aberta do SUS (SE/UNA-SUS), e a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa do Ministério da Saúde (Cosapi/Dapes/SAS/MS) lançaramm, ontem, terça-feira (18/10), o segundo módulo do curso Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa

Profissionais de saúde de nível fundamental, médio e técnico interessados na capacitação podem se matricular até o dia 21 de maio de 2017, pelo link. O curso possui carga horária de 30 horas, é online, gratuito e tem início imediato.

O objetivo do curso é atualizar Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e técnicos de enfermagem nas recomendações nacionais para a atenção à saúde da pessoa idosa, no âmbito da Atenção Primária à Saúde. Para isso, são abordados diversos temas relacionados à atuação desses profissionais na atenção à saúde da população idosa, como por exemplo, o mapeamento dessa população, o trabalho em equipe, o acolhimento, o planejamento de cuidados e a promoção da saúde.

A qualificação tem ainda foco especial no uso da caderneta de saúde da pessoa idosa, instrumento de registro dos dados pessoais e sócio familiares, das condições de saúde e hábitos de vida da pessoa idosa. As informações permitem o acompanhamento longitudinal desse público, além de auxiliar na identificação de situações de fragilidade ou vulnerabilidade.

De acordo com a coordenadora de Saúde da Pessoa Idosa da Cosapi, Cristina Hoffmann, o módulo integra um conjunto de ações articuladas que têm por objetivo a ampliação, disseminação e difusão das peculiaridades que as pessoas idosas apresentam na instalação e desfecho dos problemas de saúde, que se traduzem pela maior vulnerabilidade a eventos adversos. “Essas especificidades apontam para a necessidade de intervenções articuladas entre todos os profissionais da equipe, com iniciativas de outras políticas setoriais e também com iniciativas da comunidade, propiciando a integralidade da atenção”, explica.

Em relação ao módulo I, o grande diferencial é o público-alvo e a metodologia utilizada. “Propõe-se a discussão de temas que fazem parte do dia a dia trabalho das equipes da atenção básica, apontando algumas situações que são vivenciadas no território, situações cotidianas que permitem a discussão de temas importantes quando se trabalha com a população idosa”, afirma Hoffmann.

Para a coordenadora, essas informações contribuirão para a identificação das pessoas idosas em situação de vulnerabilidade e para a discussão do papel dos diferentes membros da equipe nas intervenções necessárias.

“O grande desafio foi traduzir um conteúdo complexo para uma linguagem acessível, sem perder a reflexão sistemática sobre as práticas em saúde”, explica a enfermeira e roteirista do curso, Olga Rodrigues. Ela conta que foram utilizadas estratégias diferenciadas de aprendizagem, com enfoque prático, que incluiu recursos lúdicos, como história em quadrinhos e jogos, além de videoaulas de entrevistas com profissionais com grande experiência em boas práticas no atendimento à população idosa na Atenção Básica. Todos os vídeos contam com closed caption.

“A própria estrutura do curso propõe uma linguagem lúdica, pois é dividido em fases, como num jogo de tabuleiro. Ao acessar cada fase, o estudante acompanha uma história em quadrinhos, com situação-problema, encontra possíveis soluções na videoaula e testa os conhecimentos por meio das avaliações formativas”, conta Olga. Para concluir as atividades do curso, é necessário passar por todas as nove fases.

Serviço
2º Módulo do Curso Atenção Integral à Saúde da Pessoa Idosa (EAD)

Matrículas: de 18 de outubro de 2016 a 21 de maio de 2017, pelo link.

Acesse a página do módulo I e II do curso.

Blog da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário