Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Prevenção, diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos é tema de evento gratuito para profissionais da saúde

A prevenção, o diagnóstico e o tratamento de casos oncológicos serão o tema da (HSVP), na Tijuca

Nela, médicos, profissionais de Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Nutrologia e Psicologia poderão acompanhar debates acerca da temática com renomados especialistas da área. O evento, que é gratuito, acontece no dia 1º de dezembro, de 8h às 18h, no Centro de Convenções do Hospital.

Segundo Douglas Bastos, Chefe do Serviço de Cirurgia Hepatobiliar e membro do Centro de Estudos do HSVP, o tratamento do câncer é uma das áreas que mais evoluem na Medicina. Por isso, a relevância da programação. “Além do diagnóstico precoce possibilitar a cura em percentuais cada vez maiores, os recursos terapêuticos evoluem a cada dia. Sobretudo em relação às doenças que apresentam metástases ao longo do tratamento ou no diagnóstico. Hoje, temos recursos que permitem a cura ou uma vida com qualidade para os pacientes e vamos abordar tudo isso durante a Jornada”, explica.

O evento se propõe ainda a ser um espaço de atualização dos profissionais de saúde. “Eventos como esse são fundamentais para discutir as principais questões do dia a dia das instituições de saúde, trocar experiências e evoluir na prática assistencial, buscando sempre o que há de melhor aplicado à sua realidade”, diz Bastos.

Entre os destaques da programação, estão as palestras da Chefe do Serviço de Clínica Médica do HSVP, Marina Loureiro, de tema Terminalidade: uma visão holística e do Oncologista do HSVP, Cristiano Duque, que vai falar sobre Medicina personalizada em oncologia: realidade ou mito? Fechando o evento, a Diretora Executiva do HSVP, Irmã Marinete Tibério, mostrará o cenário atual e as perspectivas do Setor de Oncologia no hospital na palestra Oncologia no HSVP: onde estamos e qual o futuro?.

Também serão abordados na Jornada, entre outros assuntos, o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de próstata, de mama e de cólon e reto; o risco nutricional e aspectos psíquicos em pacientes oncológicos; os avanços no tratamento radioterápico e as metástases hepáticas. Essa última, ministrada pelo Cirurgião Geral do Hospital Federal de Ipanema, Marcelo Enne. “A presença de um profissional como o Dr. Marcelo Enne, um dos mais respeitados do país na sua área, cria um ambiente de debate amplo, que será extremamente enriquecedor para todos os participantes que poderão compartilhar de sua experiência, e, consequentemente, para os pacientes”, afirma Bastos.

As inscrições podem ser feitas antecipadamente pelo telefone (21) 2563-2147 ou pelo e-mail comunicacao@hsvp.org.br. Para conferir a programação completa da 12ª Jornada Multidisciplinar do HSVP, acesse: http://www.hsvp.org.br/o- hospital/centro-de-estudos/ centro-estudos-agenda-eventos/ . Vagas limitadas!

O Centro de Convenções Irmã Mathilde do Hospital São Vicente de Paulo fica na Rua Dr. Satamini, 333, na Tijuca.

Nathália Vincentis
Jornalismo
www.sbcomunicacao.com.br

Cirurgia bariátrica é aprovada para obesos com IMC entre 30 e 35 com o intuito de tratar o diabetes tipo 2

Foto: Reprodução
O controle do diabetes avança no Brasil

Isso porque, nesse mês, o Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou o tratamento da doença com a realização da cirurgia metabólica para pacientes obesos com Índice de Massa Corpórea (IMC) entre 30 e 35, portadores de diabetes tipo 2 que não tiveram sucesso com o tratamento clínico convencional. Diversos estudos comprovaram que o procedimento traz benefícios à saúde e pode ajudar no controle desse tipo de diabetes, que atinge 13 milhões de pessoas no Brasil.

A liberação representa um avanço na saúde pública e privada. Até então, no Brasil, a cirurgia bariátrica fazia parte do arsenal terapêutico aprovado para o tratamento de pacientes com obesidade moderada e grave, portadores ou não de diabetes tipo 2. Com a ampliação, mais pessoas terão a possibilidade de recorrer a esse tipo de cuidado, pleiteado por uma diretriz assinada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e a Sociedade Brasileira de Diabetes.

Segundo o cirurgião bariátrico Fernando de Barros, do Hospital São Lucas Copacabana, a cirurgia auxilia não só na perda de peso, mas também no controle do diabetes e na melhora de suas comorbidades.

“Essa diretriz corrobora a tendência mundial que considera a cirurgia bariátrica um tratamento de excelência para obesidade e agora avança pela a eficácia do controle do diabetes tipo 2. Vale lembrar que a doença não tem cura até o momento. Porém, a cirurgia metabólica pode trazer um controle ou até mesmo a remissão da doença, evitando, assim, maiores sequelas, como cegueira, insuficiência renal, infarto agudo do miocárdio e AVC, entre outros males”, argumenta o médico. Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

A nova opção de tratamento surge como uma alternativa para aqueles que não conseguiam controlar o diabetes apenas com medicamento, dieta e mudança de estilo de vida. Além desse critério, o procedimento é elegível apenas para pessoas com idade mínima de 30 e máxima de 70 anos, com menos de dez anos de diabetes.

Lívia Zampirole
livia@saudeempauta.com.br