Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 25 de julho de 2013

Como acabar com o chulé

O famoso chulé, termo popular usado para descrever o mau cheiro dos pés, recebe na medicina o nome de bromidrose plantar.
 
O chulé e outros odores pelo corpo surgem habitualmente após a puberdade e ocorrem devido à ação de bactérias sobre o suor de determinadas regiões do corpo.
 
Como surge o chulé
Como citado logo acima, na introdução do texto, o chulé surge devido à ação de bactérias sobre o suor em determinadas partes do corpo. Mas se todos nós temos suor e bactérias por toda a nossa pele, porque algumas pessoas só tem mau cheiro nos pés? Bom, vamos gastar algumas linhas explicando o que é a bromidrose.
 
O nosso suor é produzido pelas glândulas sudoríparas, sendo naturalmente um líquido sem odor. Existem dois tipos de glândulas sudoríparas: écrinas e apócrinas.
 
A glândulas écrinas são as mais comuns e estão distribuídas por toda a superfície da pele. O suor produzido por essas glândulas é composto por 99% de água e 1% de sais minerais, como cloreto de sódio (sal) e ureia. A principal função da glândulas écrinas é controlar a temperatura do nosso corpo, por isso, transpiramos toda vez que está muito quente ou quando fazemos exercícios. O suor serve para esfriar o nosso corpo, ajudando-o a se manter entre 36ºCe 37ºC.
 
Ao contrário da crença popular, o suor não é uma fonte de eliminação de toxinas e não serve para “purificar” o organismo. Passar um tempo em uma sauna pode até ser relaxante, mas não fará você eliminar nada em quantidades relevantes além de água e sal.
 
As glândulas apócrinas, por sua vez, só estão presentes em algumas partes do corpo, como nas axilas, virilhas, região ao redor dos mamilos e do ânus. As glândulas apócrinas surgem entre os 8 e 14 anos de idade e produzem um tipo de suor completamente diferente, oleoso, que não evapora e não tem função termorreguladora.
 
Tanto as glândulas écrinas quanto as apócrinas produzem um suor sem odor. Porém, devido à ação de bactérias naturalmente presentes na pele, as regiões onde há mais transpiração podem passar a ter um odor incômodo.
 
As regiões de glândulas apócrinas, como axilas e genitais, costumam ser mais propícias ao desenvolvimento de bromidrose porque o suor oleoso destas glândulas é mais facilmente digerido pelas bactérias, liberando gases com odor desagradável.
 
No locais onde há glândulas écrinas, o suor é basicamente água e sal, não havendo substrato para as bactérias produzirem mau cheiro. O chulé, todavia, é um caso a parte. Nos pés, as glândulas sudoríparas, apesar de écrinas, podem também provocar cheiro ruim.
 
Nossos hábitos sociais nos fazem usar sapatos e meias por grande parte do dia, vários dias por semana, mesmo em épocas de maior calor.
 
Por estarem sempre enclausurados, dois fatores ocorrem com os pés:
 
1- ele sua mais, para tentar controlar a temperatura. Os pés são dos locais do corpo onde mais há glândulas sudoríparas, podendo causar uma transpiração profusa.

 2- o suor produzido tem mais dificuldade de evaporar, mantendo os pés sempre com alguma umidade, o que favorece a proliferação de bactérias.
 
Nossa pele possui uma proteína chamada queratina que é renovada constantemente. Nos pés, essa proteína quando exposta constantemente à umidade acaba sendo mais facilmente destacada da pele, formando um bom alimento para as bactérias. É a degradação da queratina por bactérias que libera um forte odor, provocando o chulé.
 
Fatores que favorecem o aparecimento do chulé
Quase todo mundo passa o dia com os pés cobertos por meias e calçados, mas nem todo mundo tem chulé na mesma intensidade. A presença de suor e bactérias nos pés é a principal causa de chulé, mas há outros fatores que colaboram para a intensidade do mesmo.
 
As mãos têm aproximadamente a mesma quantidade de glândulas sudoríparas que os pés, mas a não ser que você passe o dia de luva, é pouco provável que sua mão exale odores como o seus pés. Portanto, os dois fatores mais importantes para o aparecimento do chulé são a quantidade de suor produzida ao longo dia  e a quantidade de tempo que o indivíduo passa com os pés totalmente cobertos, sem contato com o ar para que a suor possa evaporar. Por exemplo, pessoas que passam o dia inteiro de botas, sob forte calor, tendem a ter mais chulé que aqueles que passam o dia sentado no ar condicionado e podem usar calçados mais leves, que permitem uma melhor ventilação dos pés.
 
Pacientes que suam em excesso, uma condição chamada hiperidrose, por motivos óbvios, apresentam uma maior chance de ter chulé. Algumas pessoas com hiperidrose suam tanto que ficam com as meias encharcadas, mesmo que passem o dia sentadas ou em repouso.
 
A má higiene dos pés também pode contribuir para o aparecimento do chulé, pois favorece a proliferação bacteriana. Repetir meias e/ou sapatos por vários dias seguidos também facilita o crescimento de bactérias, aumentado o risco da pessoa ter chulé.
 
Alguns alimentos também podem mudar a composição do suor, favorecendo a bromidrose. Os mais comuns são: alho, cebola, álcool, molho curry e pimenta. Alguns medicamentos também podem contribuir para o chulé, como, por exemplo, o antibiótico penicilina.
 
Pacientes obesos, diabéticos, fumantes ou com doenças de pele ou unha também costumam apresentar mais chulé que o resto da população.
 
Como acabar com o chulé
Agora que você já conhece as causas do chulé, fica mais fácil planejar o seu tratamento. Dois passos são essenciais: reduzir a umidade dos pés e o número de bactérias na pele.
 
Algumas atitudes bem simples podem resolver o problema de chulé nos casos menos intensos. Evite usar o mesmo sapato por dias seguidos. O ideal é revezar 2 ou 3 pares de calçados ao longo da semana. Os sapatos não utilizados no dia devem ficar sempre em locais bem ventilados, e se possível, expostos ao sol por algumas horas. Sempre que possível, dê preferência a calçados mais leves e que permitam melhor ventilação dos pés. Todo mundo já teve aquele sapato que é ótimo de se usar, mas que parece ser uma fábrica de chulé. Estes normalmente são feitos com material mais isolante, como borracha ou plástico, que impedem a ventilação dos pés e favorecem a proliferação de bactérias.
 
Evite usar sapatos sem meias, pois elas ajudam na absorção da umidade. Sapatos sem meias costumam provocar mais chulé. Quando usar meias, as melhores são as finas e feitas com algodão. Se você sua muito, troque as meias pelo menos uma vez por dia. Se você nota que seu pé fica úmido ao final do dia, tente usar talco nas meias e nos sapatos para facilitar a absorção da umidade. Alguns talcos são antissépticos e têm perfume, o que ajuda ainda mais a tirar o chulé. Quando estiver em casa, prefira andar descalço ou de chinelo em vez de com meias e/ou sapatos fechados.
 
Lave os pés diariamente, de preferência com sabão antisséptico. Ao final seque bem, principalmente entre os dedos. O uso de secador ajuda nesta tarefa.
 
Se o chulé não melhorar com essas dicas, ou se houver sinais de doenças de pele, como pé de atleta (frieira), o melhor é procurar ajuda de um dermatologista. Pacientes com hiperidrose também devem receber tratamento médico para poder tratar seu chulé.
 
Fonte mdsaude.com

Lipoescultura: cirurgia plástica redistribui a gordura localizada e modela o corpo

Cirurgia plástica
Técnica envolve lipoaspiração e lipoenxertia
 
O que é a lipoescultura
A lipoescultura envolve a combinação das técnicas de lipoaspiração e lipoenxertia. A lipoenxertia usa a gordura em excesso removida de alguma outra região do corpo através da lipoaspiração da própria paciente para "esculpir" o corpo, de modo a preencher, aumentar e modelar as estruturas flácidas, depressões ou áreas com pouco tecido adiposo.
 
Como é feita a cirurgia
Primeiramente é infiltrada a solução de Klein - composta por soro fisiológico e adrenalina - para diminuir as chances de sangramento e, consequentemente, de trauma cirúrgico. As cânulas de lipoaspiração são introduzidas através da pele e chegam ao tecido adiposo (camada que vem logo após a pele), de onde aspiram - através de um sistema de vácuo - a gordura localizada. Os pontos em que são inseridas as cânulas variam de acordo com a anatomia do paciente e a técnica usada pelo cirurgião.

A lipoaspiração pode ser feita com anestesia geral, peridural ou local, dependendo da quantidade de regiões abordadas. Caso a anestesia seja geral, há a necessidade de intubação oro traqueal e uso de aparelhos que ajudam a respiração. Em geral, as cicatrizes de lipoaspiração medem cerca de meio centímetro, mas podem ficar quase imperceptíveis com o tempo, e não causam incômodo.

"Em seguida a gordura é tratada - é feita a retirada de células de gordura rompidas, de sangue e de anestésico - e a gordura e enxertada em um novo local" explica o cirurgião plástico Eduardo Andrade Filho, do Espaço Cariz, em Campinas (SP). "O enxerto é colocado através de finas seringas no local desejado, dando volume e forma nova ao local". O procedimento cirúrgico dura, em média, duas horas.
 
Médicos que podem realizar esta cirurgia
O cirurgião plástico André Eyler, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica que legalmente todos os médicos podem realizar a lipoescultura. Entretanto, é indicado que o paciente busque um médico cirurgião plástico, profissional apto a realizar a técnica. quem tem treinamento e preparo adequado, ou seja, especialidade em cirurgia plástica.
 
Partes do corpo que podem ser submetidas à lipoescultura
A lipoaspiração pode ser realizada em qualquer região que haja gordura localizada. "A principio, em qualquer parte se pode enxertar a gordura, as áreas de maior procura por aplicação de gordura são glúteos, face, mãos e mamas", explica André Eyler. O especialista explica que é possível enxertar a gordura lipoaspirada em diferentes regiões do corpo em apenas um procedimento, no entanto é preciso cuidado para não aumentar excessivamente o tempo de cirurgia.

Caso o paciente decida tratar diferentes áreas em cirurgias distintas, será necessário um intervalo mínimo de um mês entre as cirurgias. Caso deseje tratar a mesma área é necessário um intervalo mínimo de seis meses até que o inchaço da região desapareça.
 
Melhores resultados da lipoescultura
Segundo André Eyler, a lipoenxertia de face tem resultados mais impactantes, seguida pelo rejuvenescimento das mãos e aumento de glúteos.

De acordo com o cirurgião plástico Eduardo, os melhores resultados acontecem quando a gordura localizada está sob uma região de pele de boa elasticidade e sem excesso. Locais de gordura localizada, mas com flacidez de pele aumentada devem ser acompanhadas da retirada de pele local.
 
Quantidade de gordura removida
André Eyler explica que a quantidade de gordura removida depende do biótipo de cada paciente e, por isso, é muito variável. A quantidade máxima removida é de até 7% do peso corporal na cirurgião úmida (realizada com infusão de solução que diminui o sangramento e anestesia a região) e de 5% na cirurgia seca (sem a infusão da solução), segundo as normas do Conselho Federal de Medicina.
 
Indicações da lipoescultura
A lipoescultura está indicada para pacientes com acúmulo de gordura localizada e áreas que necessitem de preenchimento devido à falta de tecido gorduroso. "É preferível que estas pessoas estejam dentro do peso normal, gerando resultados mais satisfatórios", explica André Eyler.
 
Lipoaspiração

Contraindicação à lipoescultura
Patologias prévias, como doenças cardíacas, alterações pulmonares, diabetes, hipertensão arterial, anemias, entre outras, não controladas, tornam o procedimento arriscado. No caso específico do diabetes descontrolado, pode afetar o processo de cicatrização. "Essa patologia pode levar a obstrução parcial ou total dos vasos, o que prejudica a oxigenação tecidual e, consequentemente, a formação de colágeno e fibras elásticas", explica o cirurgião plástico Márcio Castan, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Ainda, sabe-se que a maioria do pacientes diabéticos são portadores de doenças arteriais, tendo maior chance de desenvolver necrose tecidual.

"Esse procedimento deve ser realizado em pacientes com acúmulo de gordura localizada e não visto como um tratamento de emagrecimento, uma vez que a lipoaspiração não deve retirar mais que 7% do peso corporal, isto é, se a paciente pesar 60kg, não devemos lipoaspirar mais do que 4200ml", explica Márcio Castan. De forma geral, quem não deve ser submetido à lipoescultura são pacientes que estejam pensando nesse procedimento como medida emagrecedora. Alterações psicológicas, como depressão ou algum dimorfismo corporal, como, por exemplo, a anorexia, também contraindicam a lipoescultura.
 
Cuidados anteriores à cirurgia
Toda e qualquer cirurgia deve ser precedida de alguns detalhes. Esses detalhes consistem principalmente em uma indicação correta para a cirurgia a ser realizada, esclarecimento ao paciente ou seu responsável legal sobre as possibilidades de resultados e os riscos existentes de um procedimento cirúrgico/anestésico e um pré-operatório com exames pertinentes para cada caso.

Ainda antes da cirurgia o paciente deve, se possível, seguir algumas medidas como suspender algumas medicações que possam prejudicar o ato operatório como, por exemplo, comprimidos que contenham ácido acetilsalicílico - que alteram a coagulação do sangue -, dentre outros, sempre lembrando que qualquer medicação que esteja sendo utilizada deve ser de ciência do cirurgião. A pílula anticoncepcional deve ser interrompida, se possível, com um mês de antecedência, pois estudos apontam para o seu potencial tromboembólico.

Deve-se suspender o tabagismo com 30 a 60 dias de antecedência, pois  tem interferência direta na cicatrização. Com relação à alimentação, existem alguns alimentos que devem ser evitados pela interferência no sangramento, tais como alho e castanha da Índia.

É fundamental que o paciente informe o médico sobre qualquer tipo de infecção nos dias que precedem ao procedimento, pois a maior fonte de infecção cirúrgica é o próprio paciente.
 
Exames anteriores à lipoescultura
De uma maneira geral, são solicitados exames laboratoriais, como o hemograma completo. Será avaliada, principalmente, a presença de anemias, infecções, alterações da contagem de plaquetas. Considera-se prudente solicitar as dosagens de sódio, potássio, ureia e creatinina com o intuito de avaliar a função renal. Solicita-se também um coagulograma completo para verificar se existe algum distúrbio de coagulação do sangue.

Após certa idade aconselha-se solicitar glicemia de jejum para avaliar se a paciente é portadora de diabetes. Em alguns casos pode ser necessária a solicitação de exame comum de urina com urocultura, com o qual é possível diagnosticar uma infecção urinária.

Para pacientes mais velhos, outros exame se tornam necessários, como o eletrocardiograma e radiografia de tórax para avaliar a função cardíaca e pulmonar. É uma opção solicitar para mulheres em idade fértil o beta-HCG, para descartar hipótese de gravidez.

Existem também alguns exames que são específicos para cada cirurgia. No caso da lipoescultura, a ecografia abdominal total e de parede abdominal pode detectar hérnias e patologia intra-abdominal que possam causar confusão em um eventual diagnóstico operatório. "Por exemplo, caso o cirurgião plástico realize uma lipoaspiração de abdômen e não saiba que a paciente tem cálculos biliares, cólicas abdominais no pós-operatório podem induzir a acreditar em alguma violação da cavidade pela lipoaspiração", explica Márcio Castan. "Ainda é prudente solicitar exames específicos de acordo com patologias pré-existentes da paciente, com o intuito de saber se tal patologia está sob controle e se o paciente pode ou não ser submetido ao procedimento cirúrgico". 
 
Tempo de estadia hospitalar
Geralmente a lipoescultura  não necessita de internação hospitalar, ou seja, o paciente pode ir para casa após passar um período por uma sala de recuperação pós-anestésica, permanecendo no hospital entre 12 e 24 horas. Mesmo assim, tal cirurgia deve ser realizada em ambiente hospitalar, sempre certificando-se da segurança total do estabelecimento.
 
Pós-operatório da lipoescultura
Até que se consiga atingir o resultado almejado, diversas fases são enfrentadas pela paciente. Assim, edemas (inchaço), "manchas" de acúmulo de sangue no tecido subcutâneo, hipersensibilidade de algumas áreas, insensibilidade de outras, são comuns a todos os pacientes. Alguns pacientes apresentarão estes fenômenos com maior ou menor intensidade que outros e se resolvem, em geral, em aproximadamente 21 dias. Um curto período de insatisfação poderá ocorrer nos primeiros dias, devido ao aspecto transitório, geralmente proveniente da ansiedade em atingir o resultado final o quanto antes.

Cinta modeladora
O uso de cinta pós-operatória, ou modelador, é indicada por alguns médicos e não por outros. O modelador pode ter papel importante no resultado final da lipoescultura, porém não é uma garantia de satisfação do resultado. Ele ajudará a "comprimir e reposicionar" o tecido descolado com a lipoaspiração para o lugar onde deve permanecer. O uso da cinta pós-operatória é constante, sendo retirada apenas para tomar banho, durante os primeiro 30-45 dias.

Medicação pós-operatória
Assim como qualquer pós-operatório a maior preocupação é com a dor e possíveis infecções. Então nesse período indica-se o uso de analgésicos, dependendo do grau de dor apresentado pela paciente, e antibiótico como prevenção de infecções. Ainda é prudente avaliar os riscos individuais de tromboembolismo. Para paciente com risco aumentado pode-se lançar mão de medicações anticoagulantes no pós-operatório.

Exercícios físicos
Caminhadas progressivas, de acordo com a disposição para tal, estão totalmente liberadas, porém atividade física, em geral, deve ser evitada por um período de 21 a 30 dias, variando de como o paciente responderá a cirurgia e a quantidade de gordura que foi retirada.
 
Riscos relacionados à lipoescultura
Assim como qualquer procedimento cirúrgico, a lipoescultura também está sujeita a eventuais complicações. "Essas complicações podem ser desde complicações mais leves como inchaço prolongado, seroma (que é o acúmulo de líquido no espaço que foi criado pela lipoaspiração), infecções a complicações mais graves que vão desde a necrose da pele ou da gordura enxertada, o que pode levar a um abscesso, até perfurações de vísceras e embolia pulmonar", explica o cirurgião plástico Márcio Castan.

As complicações específicas da lipoescultura são relacionadas, geralmente, ao resultado insatisfatório que possa se obter, como:

- Irregularidades (pele enrugada, ondulada, desnivelada);

- Problema de base, como depressões ou deformidades, não resolvidos;

- Hipercorreção do problema de base (caso o bumbum fique maior do que o esperado, por exemplo)

Sabe-se que a lipoescultura deu errado quando após o período de adaptação do organismo ao trauma cirúrgico não se obteve o resultado idealizado e projetado inicialmente.
 
Tratamentos pós-cirúrgicos
A drenagem linfática auxilia na redução do inchaço, evita o acúmulo de líquidos no espaço criado pela lipoaspiração (seroma), ativa a circulação sanguínea e alivia a dor. Ainda, através da drenagem linfática manual ou com aparelhos, é possível auxiliar na remoção de hematomas, acelerar o processo de cicatrização e recuperação pós-operatória, bem como, minimizar ondulações, irregularidades e prevenir o aparecimento de fibroses que possam eventualmente surgir no pós-operatório.

"A drenagem linfática deve ser feita de maneira que estimule a circulação linfática geral: na área operada, deve ser mais detalhada e direcionada, de maneira lenta e delicada com o intuito de diminuir o processo inflamatório provocado pela cirurgia", explica o cirurgião plástico Márcio Castan.
 
Cheque antes da consulta
 
- O médico que você irá consultar deve ter registro no Conselho Federal de Medicina (CFM), é possível fazer essa checagem no site da instituição
 
- O profissional deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Outras instituições não avaliam a formação e experiência do profissional desta área
 
- A cirurgia deve ser feita em hospital que tenha creditação para realizar cirurgias de médio porte. Entre em contato com o hospital para checar
 
Converse com alguém que já fez a cirurgia com o mesmo médico e informe-se sobre o procedimento e os resultados
 
Fontes consultadas
Cirurgião Plástico André Eyler (CRM:155284), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cirurgião Plástico Márcio Castan (CRM:27261), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cirurgião Plástico Eduardo Andrade Filho (CRM : 68648), médico Cirurgião Plástico do Espaço Cariz de Campinas.
 
Por Minha Vida

Sexo, finanças pessoais e emprego também são prejudicados pelo cigarro

Fumar pode prejudicar seu desempenho no trabalho - Foto: Getty Images
Outra forma indireta do cigarro mexer com seu dinheiro
 está nos gastos profissionais
Fumar afeta o desempenho sexual, o rendimento no trabalho e tira um bom dinheiro do seu bolso
 
Que o cigarro faz mal à saúde, estamos todos carecas de saber! As substâncias presentes em sua composição trazem diversos males ao corpo humano: inflamações pulmonares como a DPOC; diversos tipos de cânceres, como de pulmão, garganta e boca; problemas cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e elevação do colesterol LDL... A lista é imensa.

Mas você já reparou como o cigarro pode afetar outros aspectos do dia a dia? "Constatamos, por exemplo, que o prejuízo na respiração decorrente do cigarro atrapalha atividades físicas, como esportes e o sexo; com a proibição de fumar em locais fechados o fumante fica de fora de papos com os amigos quando sai para fumar; o cheiro do cigarro traz reclamações do companheiro; o exemplo que adultos fumantes dão para seus filhos...", enumera a psicóloga Ana Carolina Schmidt de Oliveira, do Vida Mental Serviços Médicos e especialista em dependência química.

De acordo com a cardiologista Jaqueline Issa, coordenadora do Programa de Tratamento do Tabagismo do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP), muitas vezes as pessoas decidem parar de fumar apenas quando algo lhes causa um estalo. Por isso mesmo, listamos que outros setores da vida acabam sendo prejudicados pelo tabagismo.
 
Que tal conferi-los antes de acender o próximo cigarro? 
 
Cigarro despende bastante dinheiro - Foto: Getty ImagesFinanças pessoais
Você pode não perceber, mas sua conta bancária é tão atacada lentamente pelo cigarro quanto seus pulmões. "Entre as classes C e D, o cigarro pode representar cerca de 20% do orçamento familiar de uma pessoa", ressalta a cardiologista Jaqueline Issa, coordenadora do Programa de Tratamento do Tabagismo do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP).

Mas se você prefere colocar tudo na ponta do lápis, já fizemos isso para você. Uma pessoa que fuma um maço de cigarro ao dia gasta em média 165 reais por mês, o que resulta em 1980 reais por ano. Pedimos ao economista Samy Dana, Ph.D. em finanças da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, para calcular para nós qual seria o dinheiro resultante, se todo mês essa mesma quantia (165 reais) fosse aplicada em uma poupança, com juros a 0,45% ao mês.

Em um ano, a conta estaria com 2.033 reais, um lucro de 53 reais. Em longo prazo, o ganho financeiro se torna maior: a aplicação renderia 11.451 reais em 5 anos, e 26.739,41 em 10 anos, o equivalente a um carro popular novo. Isso tudo se assumirmos que o valor do maço não vai aumentar! "Todos os pequenos gastos acabam se convertendo em grandes valores quando somados em um longo período de tempo. Por isso, o ideal é escolher aqueles que são melhores para você e sua saúde", comenta o especialista. 
 
Fumar pode prejudicar seu desempenho no trabalho - Foto: Getty ImagesVida profissional
Outra forma indireta do cigarro mexer com seu dinheiro está nos gastos profissionais. Uma pesquisa conduzida pelo grupo WED Consultoria, empresa que trabalha com programas de qualidade de vida, resolveu contabilizar o tempo que um fumante perde de trabalho. "Um funcionário que fuma gasta em média quatro vezes mais com assistência de saúde, além de ter 34 faltas a mais por motivos de saúde do que os outros. E se somarmos que ele tire ao menos dois intervalos de 10 minutos para fumar, no final das contas ele perde duas semanas de trabalho", explica a enfermeira Evelen Spila, especializada em oncologia clínica e diretora da WED Consultoria.

Mas será que isso é levado em conta na hora da contratação? A especialista não sabe dizer, mas especula. ?Não acredito que isso seja um critério direto para tirar um funcionário de um processo seletivo, mas se você pegar os questionários iniciais, verá que muitas empresas perguntam isso. E então vai da politica interna de cada local", comenta.
 
O cigarro e a concentração - Foto: Getty ImagesCognição e concentração
Em um primeiro momento, o cigarro pode até parecer ajudar na concentração. "Pessoas com alguma disfunção na concentração do neurotransmissor acetilcolina, como aquelas que sofrem de TDAH, apresentam melhora nesse aspecto, pois a nicotina tem estrutura semelhante e também se relaciona bem a esse receptor", pondera a cardiologista Jaqueline. Claro que isso não é motivo para continuar fumando, já que o mesmo efeito pode ser obtido com remédios. Até porque, isso de certa forma acaba transformando o tabagista em dependente em outros aspectos. "Basta observar um tabagista no trabalho, que precisa sair frequentemente para fumar 'se não, não produz', como eles mesmos dizem. Além disso, a ansiedade e a vontade de fumar dificultam ainda mais a capacidade em se manter focado em uma tarefa", considera Ana Carolina Schmidt de Oliveira, do Vida Mental Serviços Médicos e especialista em dependência química.

O outro gume dessa faca, porém, é que fumantes acabam apresentando a doença de Alzheimer mais cedo. "A incidência é seis vezes maior nos fumantes, já que o cigarro favorece esse envelhecimento precoce do cérebro", pondera Jaqueline. Um estudo feito em 2012 pela universidade King?s College London, na Inglaterra, demonstrou que fumantes com mais de 50 anos apresentam diversos declínios de memória. 
 
Fumar faz a pele envelhecer mais cedo - Foto: Getty ImagesAparência física
O tabagismo é um grande causador de envelhecimento precoce do nosso corpo, o que afeta o funcionamento do nosso organismo como um todo. E isso se reflete inclusive na pele. "O cigarro libera diversas substâncias nocivas que aumentam a formação de radicais livres, o que ocasiona maior e mais precoce formação de rugas. Afeta ainda a microcirculação da derme piorando o aspecto da celulite e das olheiras. Acentua manchas na pele e causa seu espessamento, diminuindo o viço. Ocorre ainda a redução da formação de colágeno levando à flacidez", enumera a dermatologista Camila Hofbauer, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). E tudo isso fica pior após a menopausa, quando a pele começa a perder seu vigor naturalmente.

Cabelos e unhas também são afetados. Camila ensina que a redução de microcirculação da pele também prejudica os fios, aumentando sua queda e a perda do brilho. Já o alcatrão e a nicotina são responsáveis pela coloração amarelo-acinzentada que fica nas unhas, pele das mãos, dentes e região em torno da boca dos fumantes.  
 
Fumar afeta desempenho sexual - Foto: Getty ImagesDesempenho sexual
O cigarro também pode afetar a performance masculina na cama. Não e à toa que as propagandas do Ministério da Saúde contra o tabagismo apontam a impotência sexual como um dos males provocados pelo cigarro. Mas tudo tem uma explicação. Isso acontece porque o pênis é constituído dos chamados corpos cavernosos, estruturas esponjosas que recebem um fluxo maior de sangue na hora da excitação, o que causa a ereção. "Como fumar entope os vasos do corpo e com isso diminui o fluxo sanguíneo, isso interfere na libido e pode predispor um homem sedentário à disfunção erétil", avalia o ginecologista e terapeuta sexual Amaury Mendes Jr., professor e médico do ambulatório de sexologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Mas a mulher fumante também pode ser prejudicada nesse aspecto da vida. "Existem menos trabalhos com mulheres do que com homens, mas o cigarro pode sim limitar sensibilidade, dependendo da idade e uma série de outros aspectos", comenta o profissional. A menor oxigenação dos tecidos no períneo também pode prejudicar a lubrificação, tornando o ato sexual mais desconfortável. 
 
Fumar també interfere na fertilidade - Foto: Getty ImagesChances de ter filhos
E se apenas o sexo fosse afetado... Mas se você sonha em ter filhos, pense bem antes de sair fumando como uma chaminé, afinal isso pode tornar uma gravidez bem mais difícil. O problema, mais uma vez, se dá por conta da forma como o tabaco afeta o oxigênio distribuído pelo corpo através da circulação. "O cigarro tem monóxido de carbono, um gás que substitui o lugar do oxigênio nas células do sangue, o que diminuiu oxigenação de tecidos como um todo. As regiões que mais sentem falta são as mais vascularizadas, caso dos testículos e ovários", ensina a cardiologista Jaqueline.

As consequências variam conforme o sexo. Nos homens, há uma redução na qualidade de seus espermatozoides, que podem ter má formações, dificuldades para se locomover e até mesmo serem produzidos em menor quantidade. O que diminui as taxas de fecundação. Já as mulheres podem antecipar a menopausa, ter problemas também na formação de seus óvulos ou mesmo na hora da implantação do embrião, já que o endométrio também fica danificado. 
 
Cigarro prejudica também os relacionamentos - Foto: Getty ImagesRelacionamentos
Em um mundo em que o ato de fumar é cada vez mais censurado, fica complicado achar alguém se você sai desse padrão. "Não é difícil imaginar que a relação entre uma pessoa que fuma e outra que não fuma não é muito fácil. Por isso as pessoas procuram por parceiros que não fumam, especialmente pelo cheiro e pelo hálito. Meus clientes dizem que o beijo já tem um gosto amargo", conta o psicólogo Rafael Wagner, coaching amoroso da Agência Free Love, responsável por unir casais.

E por mais que o fumante não sinta o odor, as outras pessoas acabam se incomodando e até se preocupam com uma vida mais saudável do parceiro. Tanto que, em sua experiência, Wagner já percebeu que muitas vezes o tabagismo é colocado como um filtro das pessoas que procuram os serviços de sua agência. "Na ficha de cadastro, as pessoas colocam as características que gostariam em um parceiro, e não ser fumante é uma delas. A grande maioria procura e opta por parceiros não fumantes", relata. 
 
Fonte Minha Vida

Trate seis desconfortos do dia a dia com remédios naturais

copo com suco de maracujá - Foto Getty Images
Suco de maracujá tem propriedades calmantes
Azia, enjoo, tosse e até afta podem desaparecer com receitas simples
 
Nem sempre é preciso apelar para a farmácia na hora de resolver um problema. Às vezes, a solução é bem mais simples e está bem ali, na fruteira de casa.

A eficiência dos remédios naturais é velha conhecida da sua avó e das gerações passadas, mas tem se perdido atualmente em parte, devido à facilidade em encontrar serviços que funcionam 24 horas.

Sem dúvida, não é o caso de tentar cuidar da sua saúde sozinha. A opinião de um especialista é fundamental sempre que você nota algo estranho no seu corpo.

Mas quando o mal-estar parece simples, as dicas caseiras podem aliviar bastante um inconveniente que, dali a pouco, desapareceria.

Com a ajuda da nutricionista Flávia Morais, da rede Mundo Verde, o Minha Vida apresenta uma lista de soluções simples e eficazes contra sete problemas muito comuns do dia-a-dia.
 
Acompanhe abaixo:
 
Taça com chá de gengibre e pedaços de gengibre em volta - Foto Getty ImagesAzia
Receita: Comer gengibre

Por que funciona: estudos mostram que o gingerol e shogoal presentes no gengibre são eficazes no controle de náuseas.

Riscos: contra indicado para pessoas com hipersensibilidade ao gengibre ou seus componentes. Dormência na língua e olhos inchados após comer a raiz são sinais de alergia. 
 
jarra com suco e um abacaxi ao lado - Foto Getty ImagesCólica Menstrual
Receita: suco de abacaxi com couve

Por que funciona: a bromelina do abacaxi atua como anti-inflamatória e os nutrientes cálcio e magnésio da couve são relaxantes musculares.

Riscos: pessoas hipersensíveis ao abacaxi não devem tomar. Insônia 
 
copo com suco de maracujá - Foto Getty ImagesInsônia
Receita: Suco de maracujá adoçado com mel de laranjeira

Por que funciona: o maracujá é famoso por suas propriedades calmantes, sendo indicado para combater insônia, agitação, irritação e ansiedade. O mel de flor de laranjeira também tem propriedades calmantes.

Riscos: Pessoas diabéticas não podem consumir o mel, assim como menores de 1 ano de idade pelos riscos de botulismo. 
 
colher com linhaça - Foto Getty ImagesIntestino preso
Receita: Aumente o consumo de fibras. Inclua a semente de linhaça em sucos ou frutas.

Por que funciona: as fibras aumentam o volume do bolo fecal facilitando sua eliminação.

Riscos: pessoas que aumentam o consumo de fibras também precisam beber mais líquidos, senão há o risco da prisão de ventre piorar. 
 
mulher fazendo bochecho - Foto Getty ImagesAfta
Receita: Fazer bochechos com água e própolis ou aplicar o spray diretamente sobre a afta

Por que funciona: o própolis tem função analgésica, cicatrizante e anti-inflamatória

Riscos: não existem contra indicações ao uso do própolis  
 
pote de mel com colher - Foto Getty ImagesTosse
Receita: Mel de eucalipto com gotas de própolis

Por que funciona: o mel ajuda na expectoração e diminui a irritação da garganta. O própolis é anti-inflamatório

Riscos: Pessoas diabéticas não podem consumir o mel, assim como menores de 1 ano de idade. 
 
Fonte Minha Vida

Entenda as diferenças entre as psicoterapias antes de escolher a sua

Paciente no divã - Foto: Getty ImagesSe você decidiu fazer terapia, saiba que existem vários tipos e entenda os métodos  
 
Atualmente terapia se tornou algo comum, as pessoas procuram esse tipo de tratamento quando estão tristes, com alguma doença emocional ou mesmo para se conhecer melhor. Mas como nada na vida é simples, não adianta apenas escolher fazer psicoterapia, é preciso decidir qual o tipo que será seguido.
 
"Na verdade existem várias abordagens diversas que podem ser utilizadas ao longo de cada situação", explica Fernando Elias José, psicólogo clínico e mestre em Cognição Humana pela PUC-RS.

Claro que não é só a metodologia usada pelos diferentes profissionais que é importante. "Mais relevante para o tratamento é o vínculo estabelecido entre o paciente e psicoterapeuta", ressalta Emília Afrange, vice presidente da Associação Brasileira de Psicoterapia (ABRAP). Ainda assim, o perfil de cada pessoa pode se encaixar melhor em um determinado tipo de psicoterapia.
 
Para ajudá-lo a escolher, elaboramos um guia com as mais comuns aqui no Brasil e de que forma elas trabalham: 
 
Paciente no divã - Foto: Getty ImagesPsicanálise freudiana
O autoconhecimento é a chave desse tipo de psicanálise, baseada no pensamento de Freud. "Ela foca o inconsciente e traz seus problemas para o consciente. Normalmente a consulta leva um tempo maior e o psicanalista aborda a história do paciente, suas relações familiares e principalmente a infância", ensina Priscila Gasparini, psicanalista da Universidade de São Paulo (USP). Normalmente o profissional não faz um direcionamento, deixando com que a pessoa decida sobre o que quer falar. Normalmente é indicada para pessoas que, mais do que simplesmente sanar um problema, estão atrás de descobrir a origem e a chave de suas questões e se conhecer mais. 
 
Paciente conversando com psicóloga - Foto: Getty ImagesPsicanálise Junguiana
Jung era discípulo de Freud, mas acredita em conceitos como o inconsciente coletivo, em que as pessoas trazem dentro de si conceitos que são universais. De acordo com Fernando Elias José, psicólogo clínico e mestre em Cognição Humana pela PUC-RS, a dinâmica é muito semelhante ao estilo freudiano, em que o paciente vai conversando sobre o que lhe vem a mente. Porém, muda o que está sendo analisado pelo profissional. "Ela leva em consideração o inconsciente, o que é reprimido e tratá-lo através de símbolos, imagens oníricas, usando os sonhos como método de análise", diferencia a psicanalista Priscila. Também está mais ligada à busca pelo autoconhecimento e a recuperação da própria essência, mas também pode tratar depressão, ansiedade e encontrar a raiz desses problemas. 
 
Paciente conversando com psicóloga - Foto: Getty ImagesPsicanálise Lacaniana
Lacan também estudou com Freud, mas diferente dele e de Jung, ele acreditava no poder da linguagem sob o ser humano. "Ele falava de associação livre de palavras, e para ele através da linguagem chegamos ao núcleo do ser", define Priscila. Normalmente, as sessões dessa psicoterapia não tem hora para acabar, mas isso não significa que sejam muito longas, o terapeuta pode encerrá-las até de forma curta, e isso também está relacionado aos objetivos do tratamento. Essa abordagem também é mais voltada a quem busca o autoconhecimento. 
 
Paciente triste na consulta - Foto: Getty ImagesGestalt
É considerada uma terapia holística, justamente por levar em conta o todo das situações. "Ela sempre examina o paciente as relações no que está em torno, o foco é trabalhar a pessoa no ambiente onde ela está, mas fazer com que ela se afaste da situação para ter a noção do todo", revela Priscila. Essa análise é feita baseado na conversa, mas o profissional vai direcionando o diálogo e fazendo perguntas, pedindo descrições do papel de cada um nas situações e tecendo considerações. Tudo isso para ajudar o paciente a ter a tão buscada visão do todo, e sempre em situações que acontecem no presente e precisam ser resolvidas agora, sem se voltar tanto ao passado. 
 
Paciente discutindo com psicóloga - Foto: Getty ImagesTerapia cognitivo-comportamental
É um tipo de terapia, chamada também de TCC mais focada em problemas específicos e na melhor forma de saná-los. Seu principal foco está na resolução de traumas, apesar de servir para outros tipos de problemas. "São estabelecidas metas e então se trabalha a mudança do pensamento, que provavelmente está gerando o sentimento que levou o paciente ao consultório", define Fernando Elias José. O especialista também lista os bons resultados da técnica com problemas como Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e para fobias. 
 
Casal na consulta ao psicólogo - Foto: Getty ImagesTerapia familiar
E quando o problema não é você? Pode parecer frase de fim de namoro, mas muitas vezes a raiz dos males de uma pessoa pode estar em outra fonte. Caso ela seja a estrutura familiar, existe um tipo específico de terapia para isso. "Foco é em questões da família inteira, no casal ou do relacionamento entre pais e filhos. Muitas vezes, ela pode ser feita em paralelo com um tratamento individual de um dos membros", ressalta Elias José. Ela é feita em forma de debate, com todos conversando sobre os problemas. Algumas vezes podem até sair desentendimentos que o psicólogo precisa apartar. O único problema desse tipo de terapia é que ela precisa do consentimento de todos os membros para que dê certo. "Precisam estar todos abertos a aceitar, normalmente tem sempre um que nega o problema, e a raiz normalmente é justamente ele", considera Priscila. 
 
Caveira em encenação de teatro - Foto: Getty ImagesPsicodrama
Para as pessoas mais teatrais, o psicodrama pode ser uma bela alternativa. É um tipo de terapia que pode ser feita em grupo ou individualmente, e o paciente interpreta papeis que tenham a ver com seus problemas. "As pessoas podem reviver situações de trauma e a partir daí ter outros entendimentos. Pode falar coisas que não conseguiria ter falado na hora, por exemplo", explica Elias José. Normalmente o coadjuvante auxilia ou apenas observa e deixa que o outro extravase sua emoção. Mas não são todos que vão gostar desse tipo de tratamento. "Para um tímido não daria certo, por exemplo, ou uma pessoa que não gosta de expor seus problemas", ressalta Priscila. 
 
Psicóloga verificando tempo da consulta - Foto: Getty ImagesPsicoterapia breve
Ela não se trata de uma técnica, e sim do foco da terapia. Todo paciente que busca ajuda profissional para um problema pontual e específico, como uma culpa, um medo ou uma angústia, pode recorrer a esse tipo de psicoterapia, que tem uma duração muitas vezes mais curta. E todas as abordagens explicadas nos slides anteriores podem ser usadas com esse fim. "Há um em um único problema e trabalha inicio, meio e fim. Quando termina de resolver o que queria ele recebe alta e é avisado que pode trabalhar outros fatores localizados pelo profissional durante as consultas", explica Priscila. Então, depende do paciente continuar e investigar mais, ou simplesmente encerrar a terapia. 
 
Fonte Minha Vida 

Barriga de aluguel pede acompanhamento psicológico

Foto: Reprodução
A doadora do útero e a mulher que não pode gerar a criança precisam se preparar para o processo
 
Por Joji Ueno - Ginecologia e Reprodução Humana
 
Você "emprestaria" a sua barriga para gerar um filho de outra pessoa? E se fosse para um parente próximo que sonha em ter um filho, mas não pode? Barriga de aluguel é uma questão bastante polêmica e que divide opiniões, tanto entre a população como entre profissionais e entidades médicas. A confusão começa pelo nome popular, "barriga de aluguel", termo inadequado, pois no Brasil não pode haver relação comercial nesse tipo de tratamento. A doadora de útero não pode receber nenhuma remuneração por isso, então, aluguel não seria o termo correto a ser empregado e, sim, "útero de substituição". O casal doador do material genético deve arcar apenas com as despesas médicas da grávida.
 
No Brasil, esse tipo de prática só é permitida entre mulheres com algum vínculo afetivo e sem acordos financeiros. Agora, com uma nova resolução publicada pelo Conselho Federal de Medicina, parentes de até quarto grau - tias e primas - também podem emprestar o útero para este fim. 
 
A legislação sobre barriga de aluguel varia de país para país. O procedimento só pode ser remunerado em alguns estados americanos, como a Califórnia e a Flórida, e na Índia. Desde 2002, quando a prática foi legalizada pelas autoridades do país, as mulheres indianas vêm sendo muito procuradas por casais de estrangeiros. O motivo é o baixo preço do aluguel de sua barriga, cerca de 7 000 dólares, em média. O negócio assumiu tal proporção que se fala, inclusive, em "turismo da medicina reprodutiva". Entre as americanas, o valor da barriga de aluguel gira em torno de 25 000 dólares. 
 
Como não há leis brasileiras sobre o tema, o que temos como elemento norteador é a resolução feita pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) que se restringe à atividade médica, mas na lacuna de outras leis, é usada como orientação também para profissionais da justiça.
 
Acompanhamento psicológico é fundamental
A nova resolução sobre o uso das técnicas de reprodução assistida preenche uma lacuna da legislação brasileira, que não tem uma lei específica para a prática. A falta de leis federais revela a complexidade do tema e não é apenas no aspecto jurídico que a gravidez de substituição necessita de regulamentação. 
 
A substituição temporária de útero é um procedimento prático simples: é realizada uma fertilização in vitro (conhecido como proveta) dos óvulos, mais os espermatozoides, e depois da fecundação, é transferida para o útero hospedeiro. No entanto, a maior preparação deve começar antes, uma extensa preparação psicológica feita para que se evitem problemas entre as duas mulheres posteriormente, no que se refere aos direitos sobre a criança. Embora não esteja amparada por lei, essa preparação é normalmente prevista no tratamento.
 
No caso da receptora, ela deve ser o ponto de partida para iniciar o processo e vem de alguns meses antes, com análises psicológicas até que seja aprovado o recebimento do embrião. Deve ficar claro que a gestante não tem direito sobre a criança, assim como a herança ou a custódia. O direito é total da mãe biológica. Ela terá, no entanto, direito a acompanhamento médico antes e após o parto.
 
A preparação é feita também com a mãe biológica, pois ela pode se sentir em segundo plano na gestação, visto que quem está recepcionando o bebê receberá mais atenção por ser a gestante. Outros medos comuns se relacionam com uma possível separação dos pais biológicos, em meio à gestação, ou então, com uma possível malformação da criança. Todos estes temas merecem um acompanhamento psicológico apropriado. 
 
Fonte Minha Vida

Teste rápido permite diagnóstico precoce de tuberculose em crianças

(Cepheid/Associated Press)
Este cartucho Xpert MTB / RIF  Cepheid é
 parte de um ensaio para o diagnóstico da tuberculose
e revelam os resultados em menos de duas horas
O teste apresenta resultados em 24 horas, muito abaixo das várias semanas dos testes de cultura em laboratório
 
Novo teste para diagnóstico da tuberculose (TB) em crianças detectou 63% dos casos identificados pelo teste de cultura bacteriana, mas em uma fracção do tempo, de acordo com resultados de estudo realizado na África do Sul.

O teste, chamado Xpert MTB / RIF, apresentou resultados em 24 horas, muito abaixo das várias semanas dos testes de cultura em laboratório. Estudos anteriores demonstraram que Xpert MTB / RIF é eficaz para o diagnóstico de TB em adultos e em crianças com sintomas pronunciados de TB.

Os resultados da pesquisa indicaram que a facilidade e rapidez do diagnóstico seria útil para crianças atendidas em clínicas de países com recursos limitados. O teste também foi capaz de identificar crianças com TB resistente a medicamentos. Além disso, os pesquisadores descobriram que Xpert pode facilmente determinar quando o tratamento para a tuberculose não é apropriado. Entre as crianças analisadas que não tinham a doença, os resultados do teste Xpert foram negativos em 99 % dos casos.

O diagnóstico preliminar de TB é muitas vezes feito através da analise de amostra de secreções pulmonares com um microscópio para verificar a presença das bactérias que causam a tuberculose. A amostra também é enviada para um laboratório para a identificação das bactérias. Todo este processo pode levar até 6 semanas porque as crianças têm níveis mais baixos de bactérias infecciosas que os adultos.

O estudo liderado pelo pesquisador Heather J. Zar, da University of Cape Town, coletou quase 1.500 amostras de cerca de 400 crianças encaminhadas para cuidados primários com os sintomas da TB. Os pesquisadores compararam os resultados do Xpert MTB / RIF com o resultado do exame de amostras sob microscópio, e de cultura bacteriana, o método mais preciso para o diagnóstico da doença.
 
Fonte isaude.net

OMS pede apoio mundial no combate aos vírus da hepatite

Dia Mundial da Luta contra a Hepatite acontece neste domingo, dia 28.07
Imagem: Love Your Liver
Dia Mundial da Luta contra a Hepatite acontece neste
 domingo, dia 28.07
O apelo da OMS ocorre pouco antes do Dia Mundial da Luta contra a Hepatite, comemorado neste domingo
 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) está pedindo a todos os governos que tomem medidas para combater os cinco vírus da hepatite que causam infecções graves no fígado.
 
A doença, que mata 1,4 milhão de pessoas todos os anos no mundo, é conhecida como epidemia silenciosa.
 
Segundo a OMS, a detecção tardia da hepatite C é um sério problema enfrentado pelos sistemas de saúde em todo mundo. Pela ausência de informações oficiais e falta de mais campanhas dos próprios governos.
 
O apelo da OMS para que seja investido mais em ações de combate à hepatite ocorre pouco antes do Dia Mundial da Luta contra a Hepatite, que acontece neste domingo.
 
O especialista da Organização Mundial da Saúde, Stefan Wiktor, disse que a agência está pronta para ajudar os governos a lançarem um plano nacional de combate à doença.

Três área chaves
A OMS informou que há três áreas chaves para melhorar a informação e aumentar a prevenção da hepatite: conscientização da população com dados que levem à ação, prevenção e tratamento.
 
As hepatites B, C e D são transmitidas por fluídos como sangue, contato sexual e contaminação da mãe para o bebê, além de equipamentos médicos mal esterilizados.
 
Vacinas aprovadas pela OMS já existem para prevenir os tipos A e B da hepatite.
 
Além disso, é importante que todo paciente ao fazer o exame de sangue peça uma testagem específica contra a hepatite.
 
Fonte isaude.net

Técnica nuclear pode ser usada para combater mosquito da dengue

Mosquitos produzidos pela biofábrica Moscamed Brasil
Foto: Erasmo Salomão/Ascom/MS
Mosquitos produzidos pela biofábrica Moscamed Brasil
Pesquisa da Agência Internacional de Energia Atômica também está sendo feita no Brasil. Mosquitos são esterilizados com radiação
 
A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) está desenvolvendo pesquisas para eliminar o mosquito da dengue por meio da técnica do inseto estéril.
 
A informação é do embaixador do Brasil junto à Aiea, Laércio Antônio Vinhas. Ele lembra que o método já é utilizado com sucesso na mosca da fruta.
 
O embaixador brasileiro destacou que os estudos são recentes e que a técnica tem como componente principal a tecnologia nuclear.
 
"O programa que começa a ser trabalhado no Brasil vai usar essa técnica para desenvolver, em laboratório, um inseto com as mesmas características do inseto encontrado na natureza, de maneira a produzir uma cepa onde você eliminaria as fêmeas e esterilizaria os machos. Essa parte de esterilização dos mosquitos é feita com radiação."
 
Laércio Antônio Vinhas acredita que se as pesquisas derem resultado, o sucesso do método será grande. Por enquanto, estão sendo criados mosquitos semelhantes ao Aedes aegypti.
 
A técnica do inseto estéril, criada pela Aiea, já é utilizada em Juazeiro, na Bahia, para eliminar a mosca da fruta das plantações de manga. Os mosquitos estéreis são produzidos na cidade pela biofábrica Moscamed Brasil, a primeira no mundo do tipo.

Com informações da Rádio ONU
 
Fonte isaude.net

Remédios antigos: Targifor C infantil

 
Targifor C - Ainda fabricado pelo Laboratório Silva Araújo Roussel S.A., hoje Sanofi

Humor: caos na saúde do Brasil

Concurso Prefeitura de Novo Horizonte do Norte - MT

A Prefeitura de Novo Horizonte do Norte, no Estado de Mato Grosso, através da empresa DELATORRE ASSESSORIA PÚBLICA LTDA, divulgou edital de concurso público n.º 001/2013, com a finalidade de contratar pessoal para suprir a necessidade da Administração Pública Municipal Direta, destinado ainda a selecionar candidatos para ingresso e efetivação em seu quadro permanente. São ofertadas 35 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior, com remuneração de até R$ 2.317,47.
 
Serão destinadas aos portadores de deficiência 5% do total das vagas dos cargos que vagarem ou que vierem a ser criados durante o prazo de validade do Concurso, cujas atribuições, recomendações e aptidões específicas sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores.
 
Cargos
Assistente Social, Monitor de Artesanato, Orientador Social, Psicólogo, Cirurgião Dentista, Especialista de Saúde Enfermeiro, Especialista de Saúde Farmacêutico, Técnico em Enfermagem, Técnico em RX, Nutricionista, Professor, Técnico Administrativo Educacional, Apoio Administrativo Educacional Zeladora, Agente Social de Esportes e Lazer, Agente Social de Cultura, Operador de retroescavadeira, Gari, Motorista, Químico de Sistema de Saneamento de Água e Esgoto, Contador, Operador de Trator de Pneus e Técnico Agrícola.

Inscrições
As inscrições serão realizadas do dia 15 de julho a 16 de agosto de 2013, das 07:00hs às 11:00h e das 13:00hs às 17:00hs de segunda a sexta-feira, excluídos os dias de feriados, nas dependências do setor de recursos humanos da Prefeitura de Novo Horizonte do Norte, situada à Rua Augusto de Souza, 171 – Centro Novo Horizonte do Norte.
 
A taxa de inscrição é de:
Nível fundamental: R$ 35,00;
Nível médio: R$ 50,00;
Nível superior: R$ 100,00.

Provas
O certame será realizado através de prova escrita e títulos.
 
Entrega de títulos para os candidatos do nível superior, que deverá ser feita no ato da inscrição do candidato, em envelope lacrado com todos os dados do participante.
 
As provas teóricas escrita serão aplicadas na data provável de 08 de setembro de 2013, às 08:00 horas, na Escola Estadual Rosmay Kara José, sito Rua Iguaçu Nº 562/Centro.
 
O gabarito será divulgado a partir do dia 09 de setembro de 2013, no mural da Prefeitura e da Câmara Municipal, no Diário Oficial dos Municípios AMM - www.diariomunicipal.com.br/amm-mt, no Jornal Oficial do Tribunal de Contas - www.tce.mt.gov.br e jornais locais de grande circulação.
 
O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 03 de outubro de 2013.
 
ValidadeO prazo de validade do concurso público será de dois anos, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma única vez e por igual período, a critério exclusivo do Poder Executivo do Município de Novo Horizonte do Norte - MT.
 
O edital encontra-se publicado no Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso, de 09 de julho de 2013, pág. 207 a 238.

Prefeitura de Jataí - GO reabre inscrições de concurso

Tendo em vista a publicação dos Aditivos 004/2013 e 005/2013, foram reabertas as inscrições para os cargos de Operador de Máquinas Pesadas e Técnico em Segurança do Trabalho.
 
As inscrições serão efetuadas exclusivamente pela internet, no site www.institutocidades.org.br, até as 23 horas e 59 minutos do dia 05 de agosto de 2013.
 
As provas serão aplicadas em data a ser fixada e divulga no site www.institutocidades.org.br, sendo que as mesmas somente serão realizadas após o prazo mínimo de 30 dias a partir do termino das inscrições.
 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
A Prefeitura de Jataí, estado do Goiás, está realizando concurso público, sob a coordenação do Instituto Cidades, destinado a selecionar candidatos para provimento de vagas nos cargos do quadro permanente e para constituição de cadastro reserva. São distribuídas 828 vagas, sendo 276 imediatas e 552 para cadastro de reserva. O edital do certame (N° 001/2013) pode ser lido no site da organizadora (www.institutocidades.org.br).
 
As chances são para profissionais de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 1.757,70 em carga horária de 20h, 30h e 40h semanais.
 
Cargos
Nível Fundamental: Auxiliar Serviços de Saúde, Guarda Vida, Zelador Hospitalar, Executor Administrativo I, Agente de Manutenção Mecânica II, Agente de Serviços de Higiene e Alimentação, Agente de Serviços Gerais I e II, Operador de Máquinas Pesadas, Vigia, Zelador e Motorista;

Nível Médio: Agente de Serviços Sociais III, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Saúde Bucal, Executor Administrativo II, III e IV, Fiscal de Edificações e Loteamentos I, Fiscal de Limpeza Urbana I, Fiscal de Posturas I, Fiscal de Trânsito e Transportes, Fiscal do Meio Ambiente I, Protético, Técnico de Enfermagem, Técnico de Laboratório e Analise Clínica, Técnico em Radiologia, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico Profissional Edificações;

Nível Superior: Arte Educador, Administrador dos Serviços de Saúde, Administrador Hospitalar, Assistente Social, Biblioteconomista, Biólogo, Biomédico, Bioquímico, Cirurgião-Dentista, Enfermeiro, Engenheiro-Agrônomo, Profissional do Magistério Classe III, Farmacêutico, Fiscal da Vigilância Sanitária II (Arquitetura, Enfermagem e Pedagogia), Fiscal de Inspeção Sanitária Municipal, Fiscal de Tributos Municipais I, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Gestor de Resíduos Sólidos, Médico (Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Torácica, Clínica Médica, Coloproctologia, Geriatria, Ginecologia Obstetrícia, Infectologia, Medicina de Família e Comunidade, Medicina Intensiva, Nefrologia, Neurocirurgia, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia e traumatologia, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatra, Radiologia e Diagnóstico por imagem Reumatologia), Médico-Veterinário, Museólogo, Nutricionista, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional.
   
Inscrições
As inscrições foram prorrogadas e serão efetuadas exclusivamente pela internet, no site do Instituto Cidades até às 23 horas e 59 minutos do dia 06 de maio de 2013.
 
Na impossibilidade de acesso particular à internet, o candidato poderá efetuar sua inscrição no terminal disponibilizado pelo Instituto Cidades no Posto Facilitador, no Jatahy Shopping, Av. Presidente Tancredo Neves, 100 – Setor Epaminodas II – Jataí – GO – CEP 75805-123, das 8h às 12h e 13h às 17h até a data cima descrita.

Taxas
R$ 30,30 para os cargos de Nível Fundamental Incompleto;
R$ 40,30 para os cargos de Nível Fundamental Completo;
R$ 50,30 para os cargos de Nível Médio;
R$ 80,30 para os cargos de Nível Superior.
 
Provas
As provas Objetivas serão realizadas na cidade de Jataí, no Estado de Goiás, com data prevista para o dia 26 de maio de 2013, em locais e horários que serão divulgados oportunamente na internet, no site: www.institutocidades.org.br.

Validade
O prazo de validade do certame é de 02 anos, prorrogável por igual período, a contar da data de sua homologação.

Prefeitura de Apiacá - ES realiza processo seletivo

A Prefeitura de Apiacá, no estado do Espírito Santo, publicou extrato do edital de processo seletivo n° 09/2013, para a contratação temporária de 01(um) auxiliar administrativo, 01(um) psicólogo e 1(um) assistente social, 30h semanais, para atender ao Programa INCLUIR, do Governo do Estado do Espírito Santo.

As inscrições estarão abertas no prazo de 29 de julho a 02 de agosto de 2013, no Protocolo da Secretaria Municipal de Ação Social, localizada na Av. Rua Jerônimo Monteiro, nº 44, centro – Apiacá – ES, no horário das 8h às 14h.

Mais informações pelo telefone (28) 3557-1818.

Vagas de estágio DAE de Bauru - SP

O Departamento de Água e Esgoto de Bauru - DAE, no estado de São Paulo, através da Divisão Administrativa/Serviço de Recursos Humanos, abriu edital n° 013/2013 de processo seletivo para o credenciamento de 21 Estagiários de Ensino Médio, Ensino Técnico em Química e Ensino Superior em : Administração, Direito, Química, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica.

A jornada de estágio será de 20 horas semanais, e receberão em torno de R$ 233,60 mensais, sendo o valor da hora R$ 2,92 conforme Lei Municipal nº 6341/2013 , com direito á título de beneficio: Vale Compras no valor de R$ 176,66 e Vale Transporte.

A inscrição deverá ser efetuada das 10 horas do dia 16 de agosto ás 16 horas de 23 de agosto de 2013, exclusivamente pela internet, no site: www.daebauru.sp.vov.br.

A prova objetiva será realizada no Município de Bauru e tem data prevista para sua realização em 15 de Setembro de 2013 (Domingo).

A confirmação oficial da data, horário e informação sobre o local para a realização da prova deverá ser acompanhada pelo candidato por meio de Edital de Convocação a ser publicado no Diário Oficial do Município - DOM e no site www.daebauru.sp.gov.br, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

O prazo de validade do certame será de 01 ano, a contar da data da homologação do processo de seleção para credenciamento, podendo ser prorrogado por igual período a critério do Departamento de Água e Esgoto de Bauru - DAE.

Concurso UFPEL - RS

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no Rio Grande do Sul, divulgou edital n° 70/2013 de processo seletivo com a finalidade de preencher 28 vagas para Docente da carreira do Magistério Superior em diversas áreas. A remuneração pode chegar a R$ 8.049,77, dependendo da carga horária e da titulação.
 
Os interessados poderão se inscrever até 07 de agosto de 2013, na Coordenação de Processo de Seleção e Ingresso, localizada na Rua Gonçalves Chaves, 3126, Pelotas. A taxa de participação varia de R$ 50 a R$ 190.
 
De acordo com o edital, a data, local e horário de realização das provas serão confirmados posteriormente. O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Vagas de estágio no SEJUS - CE

Com a oferta de 99 vagas para estagiários, a Secretaria da Justiça e Cidadania - SEJUS, no estado do Ceará, abriu processo seletivo. As oportunidades são destinadas a estudantes de nível superior, nas áreas de Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Civil, Enfermagem, Jornalismo, Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação.
 
O estudante em estágio na Secretaria da Justiça e Cidadania atuarão nos Projetos Reconstruindo a Liberdade e Janela da Liberdade nos municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Sobral, fazendo jus a bolsa de estágio mensal no valor de R$ 568,42 bem como auxílio transporte.
 
As inscrições serão realizadas até o dia 12 de agosto de 2013, nos horários das 08h30min às 11h30min horas e das 13h30min às 16h30min horas, de segunda a sexta feira nos seguintes endereços:
 
• SECRETARIA DA JUSTIÇA E CIDADANIA – SEJUS - SEDE/ FORTALEZA – Assessoria de Recursos Humanos da Secretaria da Justiça e Cidadania, situada na Rua Tenente Benévolo nº1055, Sala – 3, Meireles – Fortaleza – Ceará – CEP 60.160-040 - Fone: (85) 3226-0418 e (85) 3101-2852;

• SUB COORDENADORIA DO CARIRI – Rua Teotônio Filgueira nº217 – Centro – Barbalha - Ceará – CEP 63180-000 – Fone: (088) – 3532-1539, (88) - 9418-2238, (85) 8706-6326 – cosipe.cariri@sejus.ce.gov.br e/ou wanderson.pereira@sejus.ce.gov.br;

• JUAZEIRO DO NORTE/CADEIA PÚBLICA – Rua das Flores s/nº, Santa Teresa – município de Juazeiro do Norte – Ceará – CEP 63.050-290 – Fone: (088) – 3102-1186 – e-mail: hmacedo66@yahoo.com.br;

• SUB COORDENADORIA DE SOBRAL – Rua Maria Monte nº149 – Alto do Cristo – CEP 62.020-600 – Fones: (85) – 8892-6892 e (88) - -3611 – 2009 – e-mail: cosipe.sobral@sejus.ce.gov.br.
 
No ato da inscrição deverá ser apresentada e/ou entregue a seguinte documentação:
  • 1 foto 3x4;
  • Comprovante de residência próprio, dos pais ou cônjuge;
  • Cópia de documento de identidade, autenticado ou acompanhado do original;
  • Declaração expedida pela Instituição de Ensino Superior informando que o candidato está regularmente matriculado, indicando o semestre que está cursando e a quantidade de créditos/carga horária a ser cumprida;
  • Laudo médico, para os candidatos que concorrerem às vagas destinadas aos portadores de deficiência;
  • Comprovante de matrícula no semestre de 2013;
  • Histórico escolar do curso superior, atualizado até 2013;
 
A seleção será constituída de prova de prova objetiva e entrevista. A divulgação do gabarito oficial da prova objetiva será feita no 1º dia útil seguinte à realização da prova, no site www.sejus.ce.gov.br e na sede da Secretaria da Justiça e Cidadania.
 
O prazo de validade da presente seleção será de 1 ano a contar da data da publicação da portaria de concessão de Bolsa de Estágio no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Secretaria da Justiça e Cidadania.
 
O edital 003/2013 encontra-se publicado no Diário Oficial do Estado, de 23 de julho de 2013, pág. 51 a 55.