Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 28 de junho de 2012

Inverno piora as dores osteoarticulares e estudos mostram que acupuntura melhora tais condições

Muitas pessoas – em especial os idosos – pensam na chegada do inverno como um vilão: junto com ele, bate à porta as dores ósseas, musculares e articulares. A ciência ainda não explica exatamente como as alterações meteorológicas pioram algumas doenças e alguns doentes, mas sabe-se que, alterações na pressão atmosférica (barométrica) juntamente com a umidade e a temperatura baixa interferem no funcionamento normal das células e consequentemente dos órgãos e sistemas orgânicos.

Atualmente, no arsenal terapêutico ocidental, podemos contar com diversas alternativas terapêuticas para aliviar o sofrimento daqueles que padecem de dores agravadas pelo clima, entre elas a acupuntura – método milenar da tradicional medicina chinesa que atua em pontos estratégicos.

“A acupuntura atua nas articulações, nos ossos e nos músculos, melhorando a nutrição e o reparo celular das juntas, bem como aumenta a vascularização e equilibra o metabolismo dos músculos e dos nervos, trazendo relaxamento e aliviando dores nessa época de temperaturas baixas”, comenta Dr. Márcio De Luna, especialista em acupuntura há 28 anos, presidente da Associação Brasileira de Acupuntura do Rio de Janeiro (ABA-RJ), Mestre em Ciência da Motricidade Humana (UCB-RJ) e especialista em Neurociência aplicada à Longevidade (IPUB/UFRJ).

“Os idosos em geral têm dificuldades de mobilidade por consequência de um metabolismo muscular mais frágil e com a acupuntura, além de reduzir o problema das dores ósseas e articulares, o método previne a atrofia muscular e ainda contribui para uma melhor longevidade”, conclui.

Estudo aponta melhoria na motricidade humana
Um estudo realizado na Universidade de Waseda, em Tóquio, no Japão, apontou que o tratamento através da acupuntura pode melhorar significativamente o movimento humano.

Segundo Akiko Onda, pesquisadora que liderou o estudo durante quatro anos, os resultados alcançados nesse estudo identificaram que a acupuntura pode prevenir a atrofia dos músculos esqueléticos. Durante a pesquisa, publicada pela Biochemical and Biophysical Research Communications, a equipe comprovou que a perda de massa muscular poderia ser significativamente revertida pela acupuntura.

“O resultado desse estudo é extremamente importante para a população em geral, por conta da perda muscular anual média, de 1%, que todos nós apresentamos normalmente após os 40 anos, e mais ainda por aqueles que perdem muita massa por causa de problemas de saúde, ou porque estão acamados ou apresentam problemas de locomoção e atrofias”, comenta Dr. Márcio De Luna.

Fonte Corposaun

Pele mais frágil do idoso está mais sujeita ao surgimento de feridas

O processo de envelhecimento do organismo provoca alterações na estrutura da pele, que, com o passar do tempo fica cada vez mais frágil. Na terceira idade, com a pele mais vulnerável e a presença de doenças comuns à idade, o risco de surgimento de feridas pelo corpo aumenta. Com a população brasileira envelhecendo, a saúde e a qualidade de vida dos mais velhos ganham maior espaço nas discussões médicas.

Este mês, o Simpósio Satélite Apsen, que faz parte da programação do II Simpósio Carioca de Feridas – promovido pela Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética (SOBENFeE), apresentou o tema O processo cicatricial do idoso e suas peculiaridades. O Simpósio Satélite, comandado por Adriano Mehl (CRMPR-12.959 / RQE 6.088), médico responsável pelo Ambulatório de Feridas e Pé Diabético, e pela Comissão de Feridas e Curativos do Hospital Pilar de Curitiba (PR), realizado no dia 20 de junho, no Rio de Janeiro.

A pele é um órgão vital ao ser humano. Protege o corpo contra os raios ultravioleta do sol, regula a temperatura do corpo e atua como uma barreira impermeável que impede a perda de líquidos e a penetração de substâncias/micro-organismos. “Com o envelhecimento, essas funções são enfraquecidas e a pele se torna mais frágil e sujeita às agressões. Além disso, fica mais seca e mais delgada com o tempo. Isso tudo faz aumentar o risco do aparecimento de lesões e feridas”, esclarece o Dr. Adriano Mehl.

Ele explica que portadores de diabetes, de hipertensão arterial, fumantes e de problemas circulatórios são alguns exemplos de pessoas que podem desenvolver feridas. “Com o passar dos anos, se não forem cuidadas adequadamente, essas lesões se tornam um problema crônico na vida de muitos idosos”, enfatiza.

Durante o Simpósio Satélite Apsen, o Dr. Adriano Mehl falou sobre a Úlcera por Pressão – lesão causada na pele e nas partes moles (tecidos como músculos, gordura, vasos sanguíneos) decorrente da pressão exercida por uma proeminência óssea do próprio paciente contra a cama, sofá ou maca –, que é um grave problema nos hospitais.

Estima-se que, para cada um milhão de pacientes internados, 75 mil desenvolvam alguma lesão decorrente da pressão. No Brasil, essa lesão deve ocorrer em 10% a 62,5% dos pacientes internados nas unidades de terapia intensiva, em 42,6% dos internados em clínicas médicas e em 39,05% dos pacientes de unidades cirúrgicas.

Tratamento
Uma das mais novas terapias para o tratamento de feridas e lesões de pele no país é 100% brasileira. A pomada com princípio ativo Stryphnodendron adstringens, comercializada com o nome de Fitoscar, é produzida a partir do barbatimão, espécie típica do Cerrado brasileiro.

O medicamento é resultado de pesquisa desenvolvida pela Apsen, em conjunto com a Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). É o único medicamento em apresentação de pomada, para uso tópico, que age nas três fases da cicatrização, além de ter ação anti-inflamatória e antimicrobiana.

Fonte Corposaun

Que benefícios a prescrição de medicamentos biológicos proporciona aos pacientes artríticos?

Pacientes que tem artrite reumatoide – mal que atinge cerca de 1% da população brasileira, de acordo com o Ministério da Saúde – sabem que convivem com uma doença incurável, inflamatória e crônica que atinge as articulações do corpo e provoca dores insuportáveis, afetando a qualidade de vida dos que sofrem com ela.

O tratamento da artrite reumatoide é um processo difícil, exige muito do paciente e do reumatologista que acompanha e orienta este paciente. “E como ainda não vislumbramos a possibilidade de cura, defendemos que a qualidade de vida deve ser preservada, em qualquer linha de tratamento adotada. Pois é no dia a dia que o paciente vai sentir mais ou menos dor…”, defende o reumatologista Sergio Bontempi Lanzotti, diretor do Iredo, Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares.

E para diminuir este “sofrimento diário”, as opções terapêuticas se aprimoraram, nos últimos anos. Principalmente, com a chegada dos medicamentos biológicos ao mercado. “Medicamento biológicos ‘atacam células específicas’, como as de um tumor, por exemplo. Feitos a partir de substâncias vivas, os remédios biológicos são considerados a principal inovação em medicamentos dos últimos anos. Essa tecnologia já está sendo aplicada para tratar certos tipos de tumor e doenças autoimunes, como a artrite”, explica o reumatologista.

No caso da artrite reumatoide, essas drogas são recomendadas para os pacientes que não respondem aos medicamentos convencionais — cerca de 30% do total — e podem minimizar a dor e retardar a evolução da doença de maneira efetiva. “Quando bem indicados, os medicamentos biológicos proporcionam aos pacientes uma grande melhora na qualidade de vida. Com a dor sob controle, ele pode seguir as demais instruções de tratamento, como, por exemplo, exercitar-se diariamente”, observa o diretor do Iredo.

Acesso é um problema…

Para muitos pacientes que sofrem com artrite reumática, mesmo com a indicação precisa de um reumatologista, o acesso ao medicamento biológico ainda é um problema. “Desde o começo do ano, os planos de saúde são obrigados a oferecer cobertura para os medicamentos biológicos infusionais de maneira gratuita. Estão cobertos o tratamento da artrite reumatoide, da artrite psoriásica, da Doença de Crhon e da espondilite anquilosante. Essa obrigatoriedade é fruto da revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde de cobertura obrigatória promovido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) por meio da Resolução Normativa N° 262/2011. Com o relatório médico e a prescrição em mãos, o paciente deve procurar seu plano de saúde e solicitar o tratamento ”, explica Sergio Lanzotti.

Caso o paciente encontre dificuldades na autorização do tratamento, deverá apresentar reclamação à ANS. Recebida a reclamação, a ANS notificará a operadora de plano de saúde para resolver o problema do paciente no prazo de 5 dias, sob pena de sanções administrativas.

A rede pública, porém, permanece com a lista de medicamentos desatualizada. Os pacientes que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) têm acesso apenas à primeira geração das drogas biológicas, os chamados anti-TNFs. O SUS deixa de fora os últimos medicamentos aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa): rituximabe, abatacepte e tocilizumabe. “Como consequência, o Judiciário se torna a única porta de acesso ao tratamento mais moderno para quem depende da rede pública”, observa o reumatologista.

Fonte Corposaun

5 dicas para quem está considerando fazer um tratamento de infertilidade

As possibilidades terapêuticas disponíveis para as pessoas que querem ter um bebê e não conseguem engravidar naturalmente são muitas: medicamentos, inseminação intra-uterina, fertilização in vitro, ovodoação, adoção de esperma, gravidez de substituição (barriga de aluguel). “No entanto, o emprego das tecnologias reprodutivas levanta muitas questões: médicas, emocionais, morais e financeiras, particularmente para as pessoas que tomam decisões de acordo com sua religião”, afirma o ginecologista Nelson Júnior, diretor do Projeto ALFA, Aliança de Laboratórios de Fertilização Assistida.

Por isto, antes de iniciar um tratamento de reprodução assistida, o médico sugere uma reflexão sobre cinco pontos principais:

1) Seja claro sobre suas esperanças, desejos e objetivos
“O que motiva o seu desejo de ter um filho? Você vê a paternidade ou a maternidade como uma vocação ou como ‘a vocação?’. O quão importante para você é a experiência da gravidez e do parto? É importante que haja uma ligação genética entre pais e filhos? É vital que você saiba as respostas para estas perguntas, para que você possa avaliar as muitas opções para a construção de uma família”, diz o diretor do Projeto ALFA.

2) Considere questões morais
Questões morais em torno das tecnologias reprodutivas abrangem as preocupações levantadas em debates tradicionais sobre aborto, vida embrionária, descarte de embriões, herança genética e escolhas reprodutivas. “Por exemplo, quais são as implicações de sermos capazes de controlar certos aspectos da procriação? Crianças são como presentes de Deus ou como produtos fabricados, segundo as especificações dos pais? Não faça nada que vá de encontro aos seus princípios”, recomenda o ginecologista Nelson Júnior.

3) Fique à vontade
Os pacientes, muitas vezes, podem estar ansiosos para avançar rapidamente com o tratamento, especialmente se eles já vêm tentando engravidar por muito tempo ou se são mais velhos. “No entanto, tempo é fundamental neste processo! Tempo para conversar e tomar decisões respaldadas por seu parceiro, por sua família, por seus amigos, por seus conselheiros religiosos… Reserve tempo para compreender todo o processo de tratamento, ao invés ‘de ser empurrado’ ao longo de uma etapa para a seguinte”, aconselha o diretor do Projeto ALFA.

4) Reflita sobre as decisões
O emprego das tecnologias reprodutivas exige dezenas de decisões concretas. “Como você vai decidir que é hora de passar dos procedimentos de baixa tecnologia (medicamentos, inseminação intra-uterina) para os de alta tecnologia (como a fertilização in vitro)? O que você vai fazer com os embriões que sobraram da sua fertilização in vitro? Como é que vai decidir quando parar com os tratamentos, se eles não forem bem sucedidos? É claro que pode haver ‘surpresas ao longo do caminho’, e você pode mudar de ideia, mas é preciso refletir sobre cada passo, antes de iniciar esta caminhada”, afirma o ginecologista, que também é presidente da Sociedade Paulista de Medicina Reprodutiva.

5) Procure ajuda
Concretizar a maternidade ou a paternidade – apesar das barreiras para a concepção natural – é um processo difícil. “Você vai precisar de apoio. Procure pessoas com quem você pode compartilhar suas ansiedades, frustrações e sofrimentos. No entanto, é preciso estar ciente também de que muitas pessoas ‘estão mal equipadas’ para nos ajudar com a tomada de decisões. Dilemas reprodutivos tendem a estar envoltos em clichês, mesmo entre nossos familiares e amigos: ‘Se é vontade de Deus, você vai ter um filho’, ‘Apenas relaxe e você vai ficar grávida’, ‘Por que você simplesmente não adota?’. As tecnologias reprodutivas oferecem esperança aos que aspiram ser pais, mas levantam muitas questões difíceis. Pense sobre estes aspectos, antes de iniciar o seu tratamento”, destaca o ginecologista Nelson Júnior, diretor do Projeto ALFA.

Fonte Corposaun

Saúde e as grandes cidades são compatíveis?

Para discutir os novos caminhos da Medicina Integrativa, acontece nos próximos dias 29 e 30 de junho e 1º de julho de 2012, o II Seminário Nacional Medicina Integrativa e o Futuro da Saúde Mundial. O evento irá reunir especialistas renomados para debaterem sobre essa prática terapêutica que envolve a cura e a prevenção de doenças, integrando mente, corpo e espírito.

Segundo Claudio Duarte presidente de honra e Doutor em Yóga – IN, a medicina integrativa vê o paciente como um todo, inter-relacionando sintomas, qualidade de vida e alimentação. “O objetivo não é apenas curar, mas tornar o paciente ativo em sua recuperação e transformar seus hábitos para melhor”.

A prática se baseia em três aspectos profundos e estruturais que ajuda a resgatar a saúde. São eles: Alimentação saudável; Vida somatológica saudável, através da manutenção do equilíbrio emocional, o nervoso e o psicológico; e Vida respiratória saudável pelas narinas. “As pessoas precisam ter consciência de que são o que comem, o que pensam e o que respiram. E isto, os afeta diretamente”, explica Duarte.

Entre os temas a serem abordados estão: A Saúde e a Doença Vistas por Um Outro Ângulo (Paulo H. N. Saldiva ), A Medicina Integrativa e os Novos Rumos da Saúde (Nelson Filice de Barros), e Saúde e Meio Ambiente, o Desafio das Grandes Metrópoles (Evangelina Vormittag).

Sob organização da Pacy – Pan American for Yoga e realização da DaMulticom, com apoio oficial da Unesco, os participantes de todo o Brasil irão irão tomar parte também dos eventos paralelos: “Fórum Internacional Ciência, Consciência e Espiritualidade” e o “VII Congresso Brasileiro de Yóga”. Ao todo serão 14 conferencistas. Cada participante além do certificado receberá ainda Ecobag utilitária com kit do congressista com edição do livro Yóga Laboral, de autoria de Claudio Duarte, e DVD Didático e Metodológico de Hatha Yóga.

Duarte alerta que os três eventos são complementares e abrangem aspectos importantes da vida do homem contemporâneo. “É uma excelente oportunidade para se conhecer os trabalhos de especialistas renomados, que vão debater e manifestarem suas idéias com um investimento único”, conclui.

Fonte Corposaun

Colírios são perigosos e devem ser usados por recomendação médica

Os colírios não são tão inofensivos como muitas pessoas acreditam e os usam indiscriminadamente. Os oftalmologistas explicam que o colírio é um medicamento e seu uso sem indicação, além de mascarar o verdadeiro problema, pode provocar outros distúrbios.

Dentre os mais perigosos estão os colírios com corticóide (anti-inflamatório) e os anestésicos. O primeiro é indicado normalmente para melhorar a irritação e a vermelhidão dos olhos. Entretanto, segundo os oftalmologistas, 25% dos brasileiros são sensíveis a essa substância.

O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia, Marcus Sáfady, explica que nos pacientes com sensibilidade, o corticóide aumenta a pressão intraocular. A longo prazo, o uso indiscriminado pode levar à lesão do nervo óptico (glaucoma), diz.

Os anestésicos locais podem aumentar lesões pré-existentes na córnea. Esse tipo de medicamento só é vendido, atualmente, para hospitais. Mas, segundo Sáfady, muita gente ainda tem o produto guardado em casa.

Há ainda outro colírio que causa problemas, a lágrima artificial com vasoconstritores, substâncias que contraem os vasos sanguíneos dos olhos. O médico relata que o uso deste colírio, com o tempo, faz com que o mecanismo fique sem efeito e o olho mais irritado.

Marcus Sáfady dá algumas dicas para cuidar dos olhos:

- Usar óculos protetores em locais de trabalho com vento e poeira;

- Usar óculos de sol com proteção contra os raios ultravioleta;

- Proteger os olhos ao utilizar água sanitária e produtos à base de cloro;

- Verificar os brinquedos das crianças e evitar os pontiagudos, para que não machuquem os olhos na hora da brincadeira;

- Dormir entre 6 e 8h por dia, também protege os olhos. A produção das lágrimas obedece a um ciclo de hormônios do corpo. Quando se fica muito tempo acordado, essa produção para e o olho resseca, causando desconforto, explica o oftalmologista.

- E finalmente, evitar o ar condicionado sempre que possível.

Fonte Corposaun

Ameixa: saborosa, nutritiva e com poucas calorias

Conheça os benefícios deste pequeno e gostoso fruto e usufrua dele em suas refeições que é rico em vitamina C, potássio e outras vitaminas do complexo B, a ameixa é um alimento muito nutritivo e de baixo valor calórico, seja quando inserida em pratos doces ou salgados, como geléias, pudins, saladas de frutas, purês e molhos.
 
“A ameixa fresca tem apenas 36 calorias e é uma excelente fonte em fibras importantes para as dietas. Elas ajudam a estimular o intestino, além de fornecer boas quantidades de vários tipos de nutrientes, que proporcionam energia e são uma ótima pedida para o lanche”, explica Adriana Cardoso, nutricionista supervisora do Hospital.
 
Outros benefícios desta frutinha estão na vitamina A, boa para a pele, na vitamina E, antioxidante, que a converte em uma boa aliada contra o envelhecimento e na vitamina C, pois ajuda a reforçar as defesas do organismo e também contém o cálcio, o potássio, o ferro e o magnésio.
 
Para a nutricionista, devido a amplitude de suas propriedades, a ameixa auxiliar na melhora de estados depressivos e, sobretudo, na anemia. “Hoje, ela pode ser encontrada em qualquer época do ano e vale, com certeza, ser inserida na alimentação diária”, recomenda.
 
Conheça agora os tipos de ameixas e suas particularidades:
  • Ameixas japonesas: são consumidas cruas, cozidas ou enlatadas, porém nunca secas. A maioria delas têm polpa suculenta, avermelhada ou amarela, e casca de cor que varia do carmim ao vermelho escuro.
  •  
  • Ameixas europeias: também chamadas de ameixas comuns, de casca azul ou roxa e polpa amarelo-dourada. Elas são mais densas, menores e menos suculentas que as variedades japonesas. São vendidas frescas e secas.
  •  
  • Ameixas Damson: com polpa e casca escuras, se parecem com as ameixas europeias, mas são menores e têm o saber mais ácido. Geralmente, são utilizadas para geleias e compotas.
  •  
  • Ameixas ornamentais: são mais utilizadas em geléias e gelatinas.

Fonte Corposaun

Alerta: Dieta com pouco carboidrato e muita proteína pode causar AVC, diz estudo

Mulheres jovens correm risco maior de contrair doenças, afirma pesquisa. Pesquisa foi publicada por especialistas internacionais em site britânico.

Mulheres que consomem diariamente baixa quantidade de carboidratos e alta quantia de proteínas têm risco maior de serem atingidas por doenças cardiovasculares ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), aponta estudo divulgado no site do “British Medical Journal”.

Segundo a publicação, mesmo com uma baixa amostragem de casos (5 a cada grupo de 10 mil mulheres por ano), os autores afirmam que tal índice representa um aumento de 28% na quantidade de casos e que esses resultados preocupam, já que uma grande parcela de mulheres jovens segue este padrão alimentar.

As dietas com baixo carboidrato e alto consumo de proteínas são utilizadas para controle do peso corporal. Embora aceitáveis por nutricionistas, que orientam de forma correta esta dieta, nem sempre o público cumpre o que foi recomendado.

São aceitos, por exemplo, consumo de proteínas desde que elas venham de fontes vegetais, como nozes, e redução de carboidratos insalubres à saúde, provenientes de guloseimas ou bebidas açucaradas.

Fonte G1

Reconstrução do rosto de Oziel é processo 'lento e difícil', diz médico

Oziel sequestrado em MT (Foto: Reprodução/TVCA)Cirurgião que lidera equipe diz que jovem precisa de várias cirurgias.

A reconstrução do rosto de Oziel de Oliveira, que perdeu metade da face após um tumor, deve ser um processo lento, composto por diversas cirurgias, segundo o médico responsável pela equipe que trata o jovem.

Oziel ficou conhecido após publicar um vídeo na internet pedindo ajuda financeira para o tratamento médico. O jovem de 22 anos precisa reconstruir o rosto, bastante afetado por um tumor na boca. Depois de arrecadar mais de R$ 100 mil em doações, ele foi sequestrado no último domingo (22), em Lucas do Rio Verde (MT), e libertado pela polícia na manhã de segunda.

O jovem tinha 11 anos quando foi diagnosticado com o câncer. O tumor foi removido e não representa nenhuma ameaça para a vida de Oziel, mas ele perdeu ossos e "tecidos moles" – termo médico que descreve partes como a gengiva e a mucosa interna da boca.

Desde então, Oziel junta dinheiro para as operações que tentarão recuperar a estrutura de sua face. Paulo Leal, cirurgião bucomaxilofacial do Instituto Face a Face, em São Paulo, líder da equipe que cuida do jovem, explicou que o processo é "lento" e "muito difícil".

Serão feitas várias cirurgias, mas ainda não é possível prever quantas, porque isso depende da reação do paciente a cada operação. Ainda não há data para a primeira delas.

A ideia da equipe médica é retirar ossos e pele de outras regiões do corpo para reconstruir as partes do rosto perdidas no câncer – placas e parafusos de titânio também podem ser usados. No entanto, Leal afirma que ainda faltam tantos passos para a reconstrução que não é possível entrar em detalhes sobre quais técnicas podem ou não funcionar nesse caso.

Além de cirurgiões bucomaxilofaciais, a equipe que cuida do caso conta ainda com especialistas em cirurgia plástica e cirurgia de cabeça e pescoço.

“O processo cirúrgico não é ciência exata”, disse o médico ao G1. Por isso, não é possível dar uma previsão de tempo, nem mesmo do sucesso da reconstrução. “É um processo muito difícil, a gente vai fazer a reconstrução da melhor maneira possível”, disse Leal.

“O sequestro não mudou em nada a programação. A gente não pode acelerar o processo”, comentou ainda o médico.

'Caso desafiador'
Gabriel Pastore, diretor do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, que não faz parte da equipe, classificou o quadro de Oziel como “um caso desafiador”.

Para Pastore, a cirurgia reparadora pode ter diferentes funções. “A expectativa aqui é devolver função”, analisou, pensando mais no conforto do paciente para comer e falar, por exemplo, do que na questão estética. “Aos poucos, você vai trazendo a autoestima dele de volta”, apontou.

O médico afirmou ainda que, além dos enxertos de ossos e tecidos moles, o caso pode requerer a aplicação de uma prótese bucomaxilofacial, que serviria para substituir o nariz e o lábio superior de Oziel.

Fonte G1

Excesso de sal: o vilão da hipertensão continua sendo péssimo para a saúde

Ter uma dieta com excesso de sal pode comprometer as veias e artérias do corpo, aumentando o risco de desenvolver hipertensão no longo prazo.

O alerta, já conhecido da maioria das pessoas, foi enfatizado por um estudo da Associação Americana do Coração e publicado no periódico Circulation. A novidade é que os pesquisadores idenficaram um círculo vicioso claro: pessoas que consomem muito sal comprometem suas veias e com isso ficam mais sujeitas aos problemas gerados pelo alto consumo de sódio, o que piora a saúde cada vez mais rapidamente. Eles chamaram isso de “círculo vicioso da amplificação do sódio” (tradução livre para o termo em inglês “sodium amplification loop“).

Pessoas com este tipo de problema – veias e artérias comprometidas – ficam cada vez mais propensas a desenvolver a hipertensão. O risco aumenta dia a dia, enquanto a dieta com excesso de sal for o padrão alimentar do indivíduo.

“Nosso estudo reforça o fato de que o sal está ligado diretamente à pressão alta. Não há nada que indique que essa avaliação mudou”, diz John Forman, um dos autores da pesquisa e membro do corpo médico da Faculdade de Medicina de Harvard, nos EUA.

Uma refeição com excesso de sal pode ser observada no organismo mesmo 24 horas após a ingestão de alimentos salgados. Ou seja, se após um dia o consumo for de alimentos com mais sal do que o indicado o sódio no organismo se acumula. Com isso, além de problemas circulatórios, os indivíduos ainda apresentam altos índices de ácido úrico no organismo e grandes quantidades de albumina na urina (indicativo de que as veias e artérias estão sendo comprometidas).

O estudo foi feito durante seis anos e meio e acompanhou mais de 870 indivíduos, avaliados para hipertensão e sem outros problemas de saúde, além da pressão alta. De acordo com os pesquisadores, pessoas de todas as idades, gêneros e ascendências são impactadas pelo excesso de sal.

A revisão de estudos, como o feito pela equipe de Forman, é importante para indicar que determinados problemas são persistentes e que nenhuma outra hipótese contraria estes resultados. Sal em excesso faz mal e isto pode ser considerado um fato conclusivo.

Fonte O que eu tenho

Coração: cirurgia bariátrica diminui riscos de ataque cardíaco no longo prazo

Uma metanálise – revisão de diversos estudos anteriores – feita por pesquisadores da Universidade de Stanford, nos EUA, indica que cirurgias de redução de estômago têm impactos positivos para diminuir os riscos de problemas do coração no longo prazo.

A metanálise acompanhou dados de pacientes durante os últimos sete anos e comprovou que os níveis de colesterol, triglicéris e a chamada proteína C-reativa (três dos onze maiores indicativos de risco para ataque cardíaco) foram reduzidas de forma extremamente satisfatória em pacientes que foram submetidos ao procedimento cirúrgico conhecido como Bypass. E, ainda melhor, estes bons resultados e a diminuição do risco de ataque cardíaco se mantiveram no longo prazo.

Apresentada no Congresso Anual da Sociedade Americana para Cirurgia Bariátrica e Metabolismo, o estudo traz boas notícias para aqueles que precisaram se submeter à cirurgia (pessoas com obesidade avançada).

“Os pacientes diminuíram o risco de ataque cardíaco já no primeiro ano após a cirurgia e mantiveram os benefícios no longo prazo”, aponta o principal autor do estudo, John Morton, pesquisador da Universidade de Stanford. Os autores indicam ainda que os riscos para hipertensão e diabetes também diminuíram drasticamente.

O estudo analisou os dados coletados em mais de 180 indivíduos, com média de 44 anos e que foram acompanhados entre 2003 e 2011. Esses pacientes perderam uma média de 56% dos seus pesos iniciais e mantiveram essa perda de peso. Os medicamentos para colesterol e outras condições foram deixados de lado nos primeiros meses após os procedimentos cirúrgicos.

O colesterol bom aumentou em uma média de 40%, enquanto os níveis de insulina diminuiram em torno dos 66% e dos triglicéris diminuiram em até 55%. A proteína C-reativa teve a maior queda, uma média de 80%. Com esses números os pesquisadores afirmam que os riscos de problemas cardíacos, no geral, diminuíram em mais de 40%. O ataque cardíaco, em especial, teve redução de riscos em níveis bastante altos, já que ele está relacionado diretamente com o número associado à proteína C-reativa.

“Uma diminuição de 80% nesta proteína é algo surpreendemtemente positivo”, explica Morton. “Os níveis de inflamação no organismo, associados diretamente com a obesidade, também caíram e isto é benéfico para todo o organismo também”, finaliza o pesquisador, que lembra ainda que o ataque cardíaco é uma das cinco maiores causas de morte no mundo todo (e a primeira nos EUA).

Fonte O que eu tenho

Divisão desigual de tarefas domésticas gera estresse psicológico nas mulheres

Da mesma forma, ter uma posição socioeconômica menor que a de sua companheira traz maior sofrimento psicológico para os homens.

Um estudo realizado em uma pequena cidade na Suécia mostra que quando as mulheres são responsáveis pela maior parte do trabalho doméstico – mesmo trabalhando fora – elas estão mais sujeitas a sofrer de estresse psicológico. O sofrimento pode ser ainda maior, dependendo da igualdade percebida no relacionamento.

Os pesquisadores, liderados por Lisa Harryson da Universidade de Umea, usaram dados de uma população – 723 pessoas entre homens e mulheres – que vivia numa cidade no Norte da Suécia. Eles acompanharam estas pessoas de 1981 a 2007. A importância da posição socioeconômica familiar e percepção da desigualdade de gênero no relacionamento do casal, em combinação com o trabalho doméstico para estresse psicológica foram examinados por meio de uma análise de regressão logística.

Segundo os resultados, publicados no periódico PLoS ONE, duas combinações de variáveis – quando as mulheres tinham mais da metade das responsabilidades domésticas e tinham uma posição socioeconômica superior ou igual a dos companheiros – foram associadas com sofrimento psíquico. No entanto, mesmo quando as tarefas domésticas eram divididas igualitariamente ou quando a mulher tinha menos responsabilidades em casa, o nível de sofrimento psicológico foi alto quando somado a isso havia desiguldade de gênero na relação do casal.

Ter um salário menor que o da companheiro foi apontado no estudo como principal motivo de estresse psicológico entre os homens. Já quando a mulher e o homem eram percebidos como iguais na relação, não foi observado sofrimento psicológico, independente da divisão de tarefas.

“Ambas as direções de desigualdade no trabalho doméstico, em combinação com a experiência do relacionamento do casal como desigual, estão associado com sofrimento psíquico”, conclui Harryson.

Fonte O que eu tenho

Usado para tratar a osteoporose, medicamento protege cartilagens da artrose

Depois de 20 anos sem novidades acerca do tratamento da artrose, um medicamento foi descoberto como eficiente nos cuidados da doença. Comprovadamente eficaz para tratar a osteoporose, a substância ranelato de estrôncio mostrou-se benéfica também no controle da artrose, caracterizada pelo desgaste das articulações.

Pesquisa realizada por um consórcio de médicos internacionais — entre eles profissionais do Reino Unido, da Bélgica e da França — constatou que 1.371 pacientes que utilizaram a substância tiveram redução de 27% da lesão causada pela inflamação da cartilagem. De acordo com especialistas, os resultados são animadores para pacientes com acometimento leve da doença e, principalmente, os que têm os joelhos comprometidos.

A artrose é um desgaste articular originado de uma inflamação na cartilagem e chega a atingir 10% da população mundial. De acordo com o ortopedista Itamar Lins, ela é classificada em dois tipos: primária e secundária. A primeira ocorre em maior número nos idosos e é causada por doenças, como a diabetes. Já a secundária surge após fraturas.

Apesar dos resultados positivos, os cientistas afirmam que serão necessários estudos mais conclusivos.

Parceira inseparável
Muitos resistem a usar a bengala, pois acham que a sua imagem está associada à velhice e à incapacidade. Porém, um recente estudo mostrou os benefícios deste acessório de forma objetiva. Ela teve os seus efeitos comprovados pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). De acordo com pesquisadores, o uso do acessório faz com que indivíduos com problemas de locomoção, como a artrose, consumam menos anti-inflamatórios, além de melhorar a capacidade de movimentação.

Realizado com 64 pacientes, o estudo mostrou que a bengala diminuiu a sobrecarga na articulação, fazendo com que o esforço se volte para o membro superior e que seja usado sempre ao lado contrário à perna comprometida.

— A bengala tem grande impacto positivo na qualidade de vida — disse o pesquisador Jamil Natour.

Preste atenção
Caracterizada pela perda da densidade óssea, a osteoporose não tem sintomas facilmente identificáveis e é um mal progressivo. Os ossos vão ficando mais porosos e frágeis, quebrando com mais facilidade. As regiões com fraturas mais comuns são a do quadril, da coluna e do punho.

Fonte Zero Hora

Neurocientista identifica área do cérebro relacionada à capacidade de agir de forma disciplinada

Autocontrole exige prática e dedicação, diz especialista

A pessoa está extremamente determinada a não sair da dieta. Mas eis que uma barra de chocolate aparece à sua frente e, em questões de segundos, é devorada. O resultado é um dia inteiro de remorso pela frente, com uma pergunta que não sai da cabeça: por que fiz isso? Do ponto de vista neurocerebral, existe um culpado: o córtex pré-frontal dorsolateral.

Assim como os anjinhos dos desenhos animados, que fazem de tudo para evitar que alguém caia em tentação, essa região do cérebro é responsável pela tomada de decisões sensatas. Quando, porém, ela fica menos ativada, o risco de sair da linha é grande. Surge, então, o diabinho, que instiga a pessoa a agir de forma impensada.

Embora cientistas já tenham feito essa relação anteriormente, pela primeira vez ela foi comprovada com imagens. O neurocientista William Hedgcock, da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, observou, em exames de ressonância magnética funcional, o padrão de ativação do cérebro em situações nas quais os voluntários agiam dentro do esperado e naquelas em que perdiam o controle.

O cientista, que também é especialista em neuromarketing, explica que há uma área do cérebro, chamada córtex cingulado anterior, que reconhece uma situação na qual o autocontrole é exigido. Essa região não indica o que fazer, mas funciona como um alerta. Por exemplo, se a pessoa que está em dieta entra em uma sala em que há pizzas, hambúrgueres e pratos mais leves, como saladas, o córtex cingulado anterior é ativado, em um sinal de que há escolhas a serem feitas, sendo que algumas podem ser melhores que outras.

No teste realizado com voluntários, eles ficaram deitados dentro da máquina de ressonância e executaram duas tarefas relacionadas ao autocontrole.

— A primeira tinha a ver com o controle da atenção. Eles tinham de manter os olhos fixados na figura de uma cruz no meio de uma tela, enquanto apareciam várias palavras, que deveriam ignorar. A segunda foi uma tarefa de escolha. Os participantes tinham de optar se atenderiam ao pedido de olhar apenas para a cruz ou se desviariam os olhos para ler as palavras. Estávamos interessados especialmente nessa segunda tarefa —relata Hedgcock.

Nos dois casos, o córtex cingulado anterior se manteve ativado da mesma maneira, indicando que os participantes foram alertados por seus cérebros de que eles estavam diante de situações envolvidas com opções. Além disso, o córtex pré-frontal dorsolateral — o "anjinho" que ajuda a fazer a coisa certa — mostrou estar em atividade.

No segundo teste, porém, essa região se comportou de forma diferente. Os voluntários, já cansados, perderam o autocontrole e admitiram que não sabiam mais se olhavam para a cruz ou para as palavras. Nesses casos, o córtex pré-frontal dorsolateral quase não foi diagnosticado nas imagens, de tão fraca a sua ativação.

Uma fonte que pode se esgotar
Segundo Hedgcock, o autocontrole é como uma fonte, que pode se esgotar. Isso significa que tentações em excesso diminuem a atividade do córtex pré-frontal dorsolateral.

— Não sabemos se essa pode ser uma questão fisiológica. Porém, outras pesquisas indicaram que algumas pessoas têm, naturalmente, uma menor atividade nessa região. Por exemplo, como essa é uma área que se desenvolve mais tarde, crianças têm uma capacidade menor. O envelhecimento também pode diminuir a atividade na região, fazendo com que alguns idosos tenham menos autocontrole. Mas são apenas especulações — ressalta.

Apesar de o excesso de opções ou de tentações, isso não significa que as pessoas, necessariamente, vão falhar quando estão determinadas a fazer algo que consideram importante.

— É possível aumentar a motivação ou a força de vontade para lutar contra a falta de controle — afirma Hedgcock, dizendo que há diversas formas de fazer isso e uma delas é aprender a lidar com consequências desagradáveis. Se você está de dieta e quer evitar comer um determinado tipo de comida, como fast-food, por exemplo, pode combinar com um amigo de pagar para ele toda vez que cair em tentação.

Questão de treino diário
Para Thomas F. Denson, psicólogo da Universidade de New South Wales, na Austrália, treinar o autocontrole é como aprender a tocar piano: requer bastante prática e dedicação.

— A falta de autocontrole está muito fortemente ligada à violência e à agressão, por isso, muitos pesquisadores têm buscado estratégias para lidar com isso — alerta ele, que acredita que o treino é uma boa maneira para lidar com comportamentos impulsivos.

William Hedgcock acredita que sua pesquisa de neuroimagem, que deverá ser publicada em janeiro do ano que vem no Journal of Consumer Psychology, poderá ajudar no desenvolvimento de novas abordagens para lidar com o autocontrole.

— O interessante de ver como o cérebro se comporta durante a falta de autocontrole é justamente poder estudar uma maneira de fazer com que essa falha seja consertada. Em casos graves, como vício em álcool ou drogas, dados sobre a ativação cerebral podem ajudar, inclusive, em intervenções farmacológicas. Mas mais pesquisas precisam ser feitas antes disso — ressalta.

Fonte Zero Hora

Paraná: Revoltados com a demora, pais se desesperam e ameaçam funcionários no Hospital Conceição

Revoltados com a demora, pais se desesperam e ameaçam funcionários no Hospital Conceição Jean Schwarz/Agencia RBS
A espera é longa na fila da emergência pediátrica do maior hospital do Estado
Foto: Jean Schwarz / Agencia RBS
Pacientes esperam mais de seis horas por atendimento na instituição da Capital

Parece não ter fim o sofrimento dos pacientes que passam horas intermináveis nas filas dos hospitais. Na noite de quarta-feira, a lentidão no atendimento da emergência pediátrica do Hospital Conceição, na Capital, indignou muitos dos pais e mães que estavam desde o fim da tarde esperando. Assustados com a revolta das pessoas, funcionários chegaram a chamar a Brigada Militar, com medo de serem agredidos.

Alguns pacientes, como a pequena Isadora, de três meses, aguardavam uma consulta a mais de seis horas. Com febre e sintomas de gripe, a menina foi levada ao Conceição por volta das 18h por seu pai, o classificador de metais Carlos Alberto Araújo da Silva, de Alvorada. Até a meia-noite, ela não havia sido atendida.

A assessoria de imprensa do Conceição informou que o problema da superlotação atinge todos os hospitais, tanto públicos quanto privados, e que a maioria dos pacientes levados à emergência pediátrica poderiam ser atendidos em postos de saúde, pois não são casos de urgência.

Há dois dias, em Viamão, uma jovem de 18 anos foi presa depois de depredar o hospital da cidade e agredir dois seguranças.

Fonte Zero Hora

Remédios novos pouco avançam em relação aos antigos

Estudo realizado pelo periódico científico francês "Prescrire" analisou 998 drogas aprovadas pelas agências reguladoras americana e europeia entre 2002 e 2011

Um estudo realizado pelo periódico científico francês “Prescrire” mostra que mais da metade dos novos medicamentos que chagaram ao mercado na última década não paresentou vantagens em relação às opções similares mais antigas.

No levantamento, foram analisadas 998 drogas aprovadas pelas agências reguladoras americana e europeia entre 2002 e 2011.

Dessas, 514 (51%) não se mostraram melhores do que as mais antigas. E apenas uma parcela mínima (1,5%) foi considerada pelo periódico uma real inovação. Segundo o estudo, 14,8% dos novos remédios trouxeram mais riscos do que benefícios aos pacientes.

Entre eles, estão o Vioxx (anti-inflamatório) e o Avandia (para controle do diabetes), ambos retirados do mercado em 2004 e 2010, respectivamente, por aumentar os riscos cardiovasculares.

Os resultados devem servir de munição contra um projeto de lei em trâmite no Congresso americano que pretende acelerar a aprovação de drogas consideradas essenciais (“life saving”).

Uma das propostas é encurtar a fase 3 da pesquisa clínica, a última antes de a droga ser aprovada no país.

Em geral, agências reguladoras de outros países, como o Brasil, seguem os mesmos critérios adotados pelos EUA.

“Os laboratórios são um dos principais financiadores das campanhas eleitorais. O políticos pressionam a FDA [agência que regula fármacos e alimentos no país] para que atenda às necessidades da indústria”, afirma o médico Joel Lexchin, pesquisador da área farmacêutica e professor da Universidade York, em Toronto (Canadá).

Para Donald Light, professor na Universidade de Nova Jersey (EUA) e pesquisador do Safra Center for Ethics, caso a lei seja aprovada, haverá um prejuízo ainda maior para a segurança.

“Será temerário”, resume. Segundo ele, 80% do orçamento com medicamentos nos EUA vai para os novos remédios. Também é para onde vai 90% do marketing da indústria farmacêutica.

“A falta de drogas novas e eficazes não afeta o lucro da indústria porque ela tem muito sucesso com o marketing de drogas que não têm vantagem sobre as mais antigas”, afirma a médica Adriane Fugh-Berman, professora da Universidade Georgetown. Ela cita o lítio como exemplo de droga antiga e eficaz.

Outro lado
Mark Grayson, que responde pelo setor de relações públicas internacionais da Pharma (associação das indústrias farmacêuticas nos EUA), não quis comentar a pesquisa da “Prescrire”.

“Nessa última década, as mortes por doenças cardíacas e por câncer tiveram uma significativa queda. Muitos concordariam que esses ganhos foram obtidos por conta das novas drogas”, disse.

Em nota, a FDA também não comentou o estudo e refutou que sofra pressão política na aprovação das drogas.

Fonte SAudeWeb

Estratégias na integração de especialidades diagnósticas

Em post, blogueiro mostra como a medicina diagnóstica pode ser uma fonte geradora de informação e contribuir para os processos de gestão do sistema de saúde

Por Gustavo Campana

Habitualmente definimos a Medicina Diagnóstica como a integração de diferentes especialidades focadas na complementação diagnóstica. São elas a Patologia Clínica / Medicina Laboratorial ou Análises Clínicas, a Anatomia Patológica e a Radiologia e diagnóstico por imagem. Estima-se que no Brasil, em 2011, estas especialidades juntas realizaram 1,4 bilhão de exames, sendo as análises clínicas responsáveis por cerca de 81% deste volume, a Anatomia Patológica por 2% e os 17% restantes realizados na Radiologia.

Os serviços diagnósticos contribuem de forma significativa na assistência à saúde, com dados de literatura pontuando que cerca de 70% das decisões clínicas tem como base o resultado de um exame. É significativo destacar que estas especialidades consomem em torno de 11% (EUA) a algo como 20% (Brasil) dos custos do sistema de saúde, com previsões de crescimento desta proporção, visto que uma das tendências apontadas é a atuação diagnóstica no direcionamento terapêutico (Medicina Personalizada).

Em recente post colocamos que a atuação destas especialidades de forma integrada, isto é, como Centros Diagnósticos é uma importante tendência do setor. Vamos, agora, procurar entender quais os principais benefícios desta estratégia de integração.

Inicialmente podemos destacar o conforto gerado ao paciente, pautado no que chamamos de conceito One-stop-shop, isto é, a possibilidade de em uma única visita a um prestador de serviços o paciente encontra e realiza toda sua série de exames, reduzindo seu deslocamento, tempo de ausência no trabalho, dias de jejum e preparos, entre outros.

Ao avaliarmos as distribuições de volume de exames destacadas acima, podemos entender o segundo benefício da integração de forma clara quando comparamos os preços médios de cada uma das especialidades. Se considerarmos os exames de análises clínicas como base, o preço médio dos exames de anatomia patológica é 2,8 vezes maior e, de Radiologia e imagem, 9,4 vezes maior. Temos, portanto, o que chamamos de benefício de escala do maior volume de análises clínicas (com importantes ganhos de produtividade de custos fixos) e o benefício do preço dos testes das outras especialidades, contribuindo para as margens operacionais.

Um importante conceito que está em processo de evolução é a consolidação dos dados gerados por estas especialidades que, geridos de forma integrada e com um objetivo comum focado no diagnóstico rápido e precoce, constroem importantes benefícios ao paciente e ao sistema. Neste aspecto falamos da soma de experiências e conhecimento dos especialistas convergindo em conclusões e laudos únicos e com maior valor agregado na contribuição ao diagnóstico.

Não podemos deixar de citar também a evolução da tecnologia, como por exemplo, a convergência de metodologias moleculares com a geração de imagens em patologias neoplásicas. Esta evolução criou o termo Indústria IV2D, isto é, a Indústria In vitro/vivo Diagnostics.

Assim, podemos dizer que a Medicina Diagnóstica é uma importante fonte geradora de informação, podendo esta contribuir significativamente para os processos de gestão do sistema de saúde.

Fonte SaudeWeb

Concurso IPER - RR 2012

O Instituto de Previdência de Roraima (IPER) lançou o edital de concurso público para provimento de vagas. Ao todo, serão ofertadas 46 vagas para cargos de nível médio e superior. O concurso público será executado sob a responsabilidade da Universidade Estadual de Roraima - UERR.
Para nível médio, serão abertas vagas para assistente administrativo, almoxarife e arquivista. Já para nível superior, as vagas são para os cargos de administrador, analista em comunicação social, analista de sistema, analista previdenciário, técnico jurídico, assistente social, auditor previdenciário, economista, psicólogo, secretário executivo, contador e médico perito previdenciário.
O salário inicial será de R$ 942,00, para os cargos de nível médio e R$ 2.817,00 para os de nível superior.
O interessado deve requerer sua inscrição a partir das 9 horas do dia 27 de junho até às 18 horas do dia 16 de julho de 2012, exclusivamente pela internet, na página www.uerr.edu.br.
A taxa de inscrição para nível médio ou técnico é de R$ 60,00 e para os cargos de nível superior e médio previdenciário será de R$ 90,00.
As provas objetivas serão realizadas no município de Boa Vista, na data provável de 26 de agosto de 2012, com seu início marcado para as 8 horas (horário local) e com duração de 04 (quatro) horas.
O Gabarito Preliminar da Prova Objetiva será divulgado no dia 26 de agosto de 2012, a partir das 14h.
A posse dos aprovados está prevista para janeiro de 2013 e respeitará as necessidades do Instituto.
O prazo de validade do concurso será de 01 ano, contado a partir da publicação do Edital de homologação do Resultado Final, podendo ser prorrogado por igual período.

Edital / Publicações

Prefeitura de Perolândia (GO) abre processo seletivo

A Prefeitura de Perolândia, Estado de Goiás, publicou aviso de edital Nº. 002/2012 para realização de processo seletivo. A seleção visa o preenchimento de 15 vagas temporárias de nível médio/técnico e superior.
Cargos: Médico, Odontólogo, Farmacêutico/Bioquímico, Enfermeiro, Técnico em Enfermagem, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta e Psicólogo.
As inscrições serão realizadas até o dia 29 de junho de 2012, das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:000, na Secretaria de Administração e Recursos Humanos, situada à rua José Alves Vilela, nº 1, centro, Perolândia/GO.
Maiores informações na Secretaria de Administração e Recursos Humanos, situada na Prefeitura de Perolândia, das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:000.

Concurso UFC 2012

A Universidade Federal do Ceará (UFC) lançou edital N° 279/2012 de concurso público destinado ao provimento de 01 vaga no cargo de Professor Titular para o Setor de Farmacologia Clínica, com Jornada de 40h semanais em regime de Dedicação Exclusiva. Remuneração de R$ 12.225,25 e atuação junto ao Departamento de Fisiologia e Farmacologia.
As inscrições serão realizadas no período de 02 de julho a 30 de agosto de 2012, na secretaria do Departamento (avenida Coronel Nunes de Melo, nº. 1.127, Rodolfo Teófilo, Fortaleza - CE) das 8h às 11h e das 14h às 17h em dias úteis. A taxa será de R$ 305,00.
Haverá, para todos os concorrentes, defesa de memorial com arguição, prova didática com arguição e julgamento de títulos.
A validade do certame será de 01 ano, contado a partir da data de publicação do edital de homologação do resultado no Diário Oficial da União, com possibilidade de prorrogação por igual período a critério da Administração.

Prefeitura de Japaraíba (MG) divulga edital de processo seletivo

Divulgado edital Nº. 003/2012 para realização de processo seletivo da Prefeitura de Japaraíba, Minas Gerais. A seleção destina-se a contratação de profissionais, sob a forma de contrato administrativo, para atendimento às necessidades das Secretarias Municipais. Serão disponibilizadas 1 vaga mais cadastro reserva de nível superior para os cargos de nutricionista e médico, com salário de até R$ 12.006,66, para jornada de trabalho de 30 e 40 horas semanais.
Será reservada uma vaga para contratação de candidatos que se declarem pessoas com deficiência.
As inscrições serão feitas no período de 28 a 29 de junho de 2012, das 12:00h as 17:00 horas, através do preenchimento, pelo candidato ou mediante procuração com poderes específicos, da ficha de inscrição a ser entregue na sede da Secretaria Municipal de Educação de Japaraíba, localizada à Rua Nossa Senhora do Rosário, nº. 29, centro.
O processo seletivo será constituído de análise de currículo.
O processo seletivo será válido por 2 anos.

Edital / Publicações

UNIOESTE lança edital de processo seletivo

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, lançou edital Nº. 076 /2012-GRE de processo seletivo destinado ao preenchimento de 02 vagas de nível médio/técnico para o cargo de Técnico em Prótese Dentária. O vencimento é de até R$ 1.445,36, com carga horária de 40 horas semanais.
A ficha de inscrição disponível no site www.unioeste.br/concursos, deverá ser preenchida, impressa e entregue na Seção de Recursos Humanos dos Campi da Unioeste, pessoalmente ou por meio de terceiro (autorizado por escrito para o fim específico da inscrição), portando cópia dos documentos pessoais exigidos para a inscrição e cópia dos documentos comprobatórios da qualificação mínima exigida, além dos documentos comprobatórios para pontuação na prova de títulos e original do comprovante de pagamento, até o dia 29 de junho de 2012, das 8 às 12 horas e das 13h30min às 17 horas. A taxa de inscrição é de R$ 30,00.
O processo seletivo será composto de prova prática e de títulos.
A prova prática está prevista para 09 de julho de 2012, com início às 9 horas, no Campus de Cascavel, situado à rua Universitária, 2029, com apresentação dos candidatos por ordem alfabética dos nomes.
Os resultados serão divulgados na data provável de 10 de julho de 2010 mediante edital, no qual estarão inscritas as notas do candidato em cada prova, a média final e a ordem de classificação ou a desclassificação, conforme cada caso.

Concurso Universidade Estadual do Amazonas

A Universidade Estadual do Amazonas, abriu nesta quarta-feira, dia 27 de junho, as inscrições para concurso público que selecionará 50 candidatos para dois cargos de atuação na função de Professor. A faixa salarial é de até R$ 5.940,02, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.
Será reserva 5% das vagas às pessoas portadoras de necessidades especiais.
A inscrição deverá ser efetuada pessoalmente, por intermédio de procurador com poderes especiais, ou via Correio, por meio de entrega do requerimento de inscrição e dos documentos, até o dia 27 de julho de 2012, exceto sábados, domingos e feriados, das 8 ás 12 horas e das 14 às 18 horas, na Escola Superior de Tecnologia - EST/UEA - Secretaria da Diretoria, situada na Av. Darcy Vargas, 1200 - Parque 10 de Novembro - CEP 69050-020 - Manaus/AM.
A taxa de inscrição tem o valor de R$ 200,00 para o cargo de professor auxiliar e de R$ 220,00 para o cargo de professor assistente.
O processo seletivo será constituído de prova escrita, didática e exame de títulos.
As provas serão realizadas em Manaus, em local a ser indicado no edital de convocação dos candidatos para realização das provas.
O concurso terá validade de 2 anos, a contar da publicação da homologação do resultado no Diário Oficial do Estado do Amazonas, podendo ser prorrogado, por igual período, no interesse da instituição.

Feaes de Curitiba abre processo seletivo

Teve início no dia 22 de junho as inscrições para processo seletivo n°002/2012 da Fundação Estatal de Atenção em Saúde de Curitiba (Feaes), estado do Paraná. Serão selecionados 37 novos servidores de níveis médio/técnico e superior, com salário de até R$ 8.100,00, por carga horária de 20, 36 e 40 horas semanais.
Aos candidatos portadores de deficiência serão reservadas 5% das vagas, desde que a deficiência de que são portadores seja compatível com as atribuições do cargo.

Cargos

Médico, Enfermeiro, Engenheiro Biomédico, Técnico em Contabilidade e Técnico em Enfermagem.

Inscrição

As inscrições serão realizadas, gratuitamente, no Hospital do Idoso Zilda Arns, situado na Rua Lothário Boutin, nº 90, bairro Pinheirinho, Curitiba, Paraná, nos dias 22, 25 a 29 de junho e 02 a 04 de julho de 2012, das 8:00 às 12:00 horas.

Prova

O processo seletivo será realizado através de 02 fases : 1ª fase: Análise de Currículo Vitae e Títulos; 2ª fase: Exame Médico Admissional.
O exame médico admissional ocorrerá na mesma data e oportunidade da inscrição, para os candidatos que não forem excluídos ou desclassificados na 1ª fase.
O resultado será divulgado por meio de relação nominal dos candidatos, em ordem alfabética, acompanhada da pontuação obtida pelo candidato, no portal www.feaes.curitiba.pr.gov.br, e publicado no Diário Oficial – Atos do Município de Curitiba, a partir do dia 05 de julho de 2012.

Validade

O processo seletivo será válido por 01 ano, a contar da data de sua publicação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da FEAES.

Edital / Publicações

Prefeitura de Amparo - SP abre vaga para médico

Objetivando a contratação por tempo determinado de um médico plantonista, especializado em pediatria, a prefeitura do município de Amparo - Estância Hidromineral, Estado de São Paulo, lançou edital de processo seletivo sob nº 11/2012. A remuneração inicial será baseado em hora prestada no plantão que equivale ao valor de R$ 59,30. A jornada mínima é de 12 horas semanais.
As inscrições poderão ser realizadas através do endereço eletrônico www.amparo.sp.gov.br/concursos no período que compreenderá 28 de junho a 01 de julho de 2012.
A seleção dar-se-á através de prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório a se realizar no dia 02 de julho de 2012, às 15:30, na Prefeitura Municipal de Amparo, sala 04, sito à Avenida Bernardino de Campos, 705, Centro, Amparo São Paulo.
O processo seletivo terá validade de 06 meses, todavia, poderá ser prorrogado uma única vez e por período igual.

Edital / Publicações

CRATOD - SP abre processo seletivo

O CRATOD - Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas, Coordenadoria de Serviços de Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde, no Estado de São Paulo, lançou edital N° 18/2012 de processo seletivo destinado a contratação por tempo determinado de 2 vagas na classe de Médico (Especialidade: Psiquiatria).
Os vencimentos iniciais referentes à classe de Médico, em Jornada Básica de Trabalho, correspondem à Referência 1, da Estrutura de Vencimentos I, da Escala de Vencimentos Nível Universitário, da Lei Complementar nº. 840, de 31/12/97, publicada em 01/01/98.
Serão reservados 5% dos contratos para processo seletivo em questão para pessoas com deficiência nos termos da Lei Complementar nº683 de 18. 09.92 e nº 932 de 08.11.02, desde que o número de contratos atinja o percentual aqui estabelecido.

Inscrições
As inscrições serão realizadas no período de 04 a 20 de julho de 2012, das 10 hs as 15 horas, no Serviço de Recursos Humanos do respectivo Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas, sito à rua Prates nº 165,Bom Retiro – São Paulo.
O certame constará de Análise Curricular, de caráter eliminatório.
Validade
O prazo de validade improrrogável do processo seletivo será de 1 ano a partir da data de publicação da Classificação Final, ou antes, de findo este prazo, em razão de homologação de Concurso Público para provimento de cargos promovido para a Classe de Médico na especialidade de Psiquiatria para a unidade em questão.

Processo seletivo da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) publicou edital N° 124/2012 de processo seletivo com o objetivo de contratar 02 Professores Substitutos para o Centro de Ciências da Saúde (CCS).
Os profissionais atuarão no Instituto de Pediatria e Puericultura Martagão Gesteira da Faculdade de Medicina em jornadas semanais de 20h e com contrato válido até 31 de dezembro de 2012.
Os interessados deverão apresentar RG e CPF e Curriculum Vitae documentado, no período de 29 de junho a 3 de julho de 2012, das 9h às 15h na secretaria do Departamento de Pediatria (3º andar do Instituto, Cidade Universitária, Ilha do Fundão) para efetuar sua participação no certame.
A previsão é de que todos sejam avaliados por meio de prova escrita, didática e prática.
A análise dos Currícula e as provas que venham a ser realizadas seguirão as diretrizes apresentadas na Resolução CEG 07/2010, publicada na página www.pr1.ufrj.br.
Após a publicação do resultado final no Diário Oficial da União, o Conselho de Ensino de Graduação definirá a data de início do contrato.

Prefeitura de Iomerê (SC) abre processo seletivo

A Prefeitura de Iomerê, Estado de Santa Catarina, divulgou edital ACT Nº. 0007/2012 de processo seletivo visando preencher 03 vagas de níveis fundamental e superior, com salário de até R$ 1.867,33, para jornada de trabalho de 30 e 40 horas semanais.

Cargos

Professor, Agente Comunitário de Saúde e Motorista de Ambulância.

Inscrição

As inscrições serão realizadas na Secretaria de Administração e Finanças, localizada na Rua João Rech nº500, centro, município de Iomerê, ou mediante encaminhamento através de agência do Correio, até o dia 13 de julho de 2012, excetuados sábados, domingos, feriados e pontos facultativos nos seguintes horários: das 8:00 às 11:30 horas e 13:30 às 17:00 horas.

Prova

O processo seletivo será constituído de prova escrita, prática e títulos.
As provas escritas serão realizadas na data provável de 16 de julho de 2012, com início às 09:00 horas e término às 11:00 horas, no Auditório da Prefeitura de Iomerê.
As provas práticas serão realizadas após o término da prova escrita, tendo como local de encontro em frente a Prefeitura Municipal.

Validade

O prazo de validade do processo seletivo será de 01 ano, podendo ser prorrogado.

Edital / Publicações

Prefeitura de Divinópolis (MG) oferece vagas na área da saúde

A Prefeitura de Divinópolis, Estado de Minas Gerais, publicou edital Nº. 034/2012 - SEMUSA para realização de processo seletivo. A seleção destina-se ao preenchimento de 01 vaga para o cargo de Médico Ginecologista, para uma carga horária de 20 horas semanais, com remuneração de até R$ 2.043,71 mais 20% insalubridade sobre o salário mínimo.
Os interessados deverão enviar os currículos à Secretaria Municipal de Saúde, em atenção aos Recursos Humanos, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG - CEP: 35500-007, até o dia 02 de julho de 2012.
A avaliação final será feita através de análise do Curriculum Vitae, pelo setor de recursos humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão com base nos seguintes critérios:
Especialidade em neurologia e ortopedia para o cargo de fisioterapeuta;
Residência no Município de Divinópolis;
Maior tempo de experiência profissional na área;
Mais jovem.

UFMT abre processo seletivo

No intuito de prover três vagas para professor substituto, que deverão atuar no Instituto de Ciências da Saúde (ICS) é que a Universidade Federal do Mato Grosso divulgou no Diário Oficial da União o extrato do edital que regerá a seleção pública.
Os aprovados atuarão na área de Enfermagem nas subáreas:
. Cuidado Integral em Saúde Mental
. Cuidado Integral à Saúde da Criança, do Adolescente, da Mulher e do Homem
e por último Fundamentos de Enfermagem.
Essas subáreas serão em sistema de Estágio Supervisionado com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Segundo as informações oficiais o salário oscila entre as cifras de R$ 2.215,54 a R$ 4.472,00, de acordo a titulação.
As inscrições serão realizadas nos dias 05 e 06 de julho de 2012 diretamente na Secretaria do Instituto, situada à Avenida Alexandre Ferronato, nº. 1200, Bloco Administrativo. O interessado deverá apresentar cópia do diploma de graduação, especialização, mestrado e/ou doutorado. Entre os documentos de identificação pessoal deverão apresentar cópia do RG e CPF; título de eleitor com quitação eleitoral; carteira de reservista, no caso de candidatos do sexo masculino e carteira do PIS. Outro documento que não poderá ser negligenciado é o Curriculum Vitae que deverá está devidamente documentado e assinado. Será necessário apresentar também uma declaração de que o candidato não foi contratado nos últimos 24 meses.
A seleção dar-se-á por intermédio de avaliação curricular prevista para ocorrer no dia 09 de julho de 2012 às 14 horas e logo após os mesmos deverão realizar prova didática e entrevista no dia 10 de julho de 2012.
O resultado será divulgado no dia 11 de julho de 2012 a partir das 08 horas.

Flor de laranjeira

Resumo
Flor de laranjeira: planta medicinal com efeito calmante, ela é utilizada em caso de distúrbios do sono ou tensões nervosas e pode ser encontrada em infusão (chá).

Observações
Esta planta medicinal pode ser útil para quem tem problemas para dormir, porém, segundo estudos clínicos, a valeriana é mais eficaz para esta indicação, no entanto esta tem um gosto desagradável, ao contrário da flor de laranjeira, por isso talvez ela seja a melhor opção.

Nomes
Nome em português: Flor de laranjeira
Nome latim: Citrus aurantium L.
Nome inglês: Orange flower
Nome francês: Oranger (fleur d'), fleurs de l'orange amère
Nome alemão: Orangen Blüten
Nome italiano: arancio

Família
Rutaceae

Constituintes
Óleos essenciais, princípios amargos, flavonóides.

Partes utilizadas
Flores

Efeitos da flor de laranjeira
Calmante, sonífero leve (para ajuar na dificuldade para dormir), apaziguador do sistema gastrointestinal.

Indicações da flor de laranjeira
Dificuldade para dormir, tensões nervosas, problemas digestivos.

Efeitos secundários
Desconhecemos

Contra-indicações
Desconhecemos

Interações
Desconhecemos

Preparações à base de flor de laranjeira
- Infusão de flor de laranjeira (chá de flor de laranjeira)

Onde cresce a flor de laranjeira?
A flor de laranjeira cresce principalmente nos países do sul. A foto do site foi feita em malta.

Quando colher a flor de laranjeira?
-

Fonbte Criasaúde

Humor: Saúde pública

Fibras facilitam processo de emagrecimento e fazem bem à saúde

Elas regulam o funcionamento do intestino e atuam no controle da diabetes

Dicas não faltam para quem quer emagrecer. Baterias de exercícios, alimentação equilibrada, horário fixo para refeições, etc. Além de tudo isso, uma boa opção para vencer a corrida contra a balança é a inserção de fibras no cardápio diário.

A lista de benefícios das fibras é extensa. Embora elas não sejam absorvidas pelo organismo, como as vitaminas, elas são importantes para o bom funcionamento do intestino. Divididas em dois tipos diferentes, solúveis e insolúveis, elas ajudam, inclusive, a melhorar a saúde. As solúveis conseguem ser absorvidas pela água e formam um tipo de gel. Essa combinação poderosa acaba com gorduras nas artérias e, além disso, são ótimas para evitar a absorção dos lipídios por parte do intestino. Enquanto passam pelo organismo, elas levam consigo as toxinas que se acumulam no corpo.

Assim que entram em contato com o aparelho digestivo, as fibras garantem uma sensação mais prolongada de saciedade - ótima para quem precisa comer menos - uma vez que elas fazem com que os carboidratos sejam absorvidos de forma mais lenta. É simples: elas passam mais tempo no organismo, incham, e causam menos fome. O benefício contribui para a perda de até 8 quilos em 30 dias. Além disso, elas auxiliam no combate do colesterol ruim (LDL).

Inclua fibras na dieta
Para encontrar essas substâncias em abundância basta incluir nas refeições leguminosas, frutas, e verduras (preferencialmente crus) e cevada. As fibras solúveis também são valiosas para os diabéticos. Uma vez consumidas habitualmente, elas contribuem para o controle da glicemia. Já no tratamento, no entanto, elas não substituem os medicamentos para quem sofre de diabetes.

As fibras insolúveis, por sua vez, têm como papel regular o trabalho do intestino. Pães nas versões integrais, arroz, trigo, frutas, legumes e verduras são ótimas fontes. De acordo com estudos nutricionais, é necessário beber muita água e comer, pelo menos, 20 gramas de qualquer um dos tipos de fibras para, assim, sentir na pele suas ações e dar adeus à barriguinha saliente indesejada.

A vantagem do consumo de fibras beneficia diretamente as mulheres. Essas substâncias fazem mágica no organismo e são incríveis quando se procura combater a prisão de ventre.

Apesar do incômodo estar também ligado a problemas emocionais, estudos apontam que essas substâncias contribuem para o bom funcionamento da região do cólon.

De acordo com estudos divulgados pela publicação científica Journal of the National Cancer Institute, o consumo de fibras afasta a possibilidade de desenvolver câncer de intestino. A conclusão do estudo foi obtida pela Universidade de Cambridge, na Inglaterra, que acompanhou o consumo de fibras entre 2,5 mil pessoas e percebeu, ao longo do trabalho, uma queda na possibilidade do aparecimento de tumores no órgão. Outras pesquisas também relatam contribuição na prevenção de câncer de cólon.

Fonte Minha Vida

Substitua os analgésicos no combate à dor crônica

Hábitos saudáveis ajudam o corpo a relaxar e diminuem necessidade de medicação

Uma fisgada nas costas ou uma dor mais forte nas pernas, de vez em quando, não é motivo de grande preocupação - a não ser que o incômodo persista ou tenha intensidade crescente. Nessas condições, dois cuidados são fundamentais: buscar um especialista para entender a origem do problema e controlar o consumo de analgésicos, evitando a dependência deste tipo de medicamento. "O tratamento especializado para dor crônica e a mudança de hábitos ajudam a amenizá-la", afirma a anestesista Fabíola Peixoto Minson, diretora da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED). As dores mais comuns, segundo ela, afetam a coluna e a cabeça (enxaqueca). Contra elas, veja dicas simples e saudáveis.


Exercício em grupo - foto: Getty ImagesPratique exercícios
As dores pelo corpo atrapalham a prática de exercícios e, num círculo vicioso, a falta de exercícios piora as dores pelo corpo. Algumas condições, como fibromialgia e certos desvios de coluna, impedem ou atrapalham os movimentos. Nesses casos, o acompanhamento de um fisioterapeuta ou profissional de Educação Física é fundamental. "Mas vale lembrar que a atividade física pode ser praticada em outros ambientes, além da academia", afirma a fisioterapeuta Mariana Schamas, do grupo de caminhada Pare a Dor. Caminhadas ao ar livre, dança, tai chi chuan, yoga, pilates e até serviços de casa são alternativas para melhorar o condicionamento físico. O bem-estar imediato também sai ganhando, porque há liberação da endorfina enquanto você treina e esta substância é um analgésico natural do organismo, oferecendo uma sensação de relaxamento. Praticando exercícios pelo menos meia hora, três vezes por semana, por pelo menos dois meses, você sentirá menos dores, o que diminui até mesmo o uso de analgésicos.


Meditação - foto: Getty ImagesRelaxe
Alongamento, exercícios respiratórios e meditação acalmam a mente, relaxam a musculatura e ajudam você a ganhar consciência corporal, evitando esforços desnecessários para os músculos e para as articulações. Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, analisaram 500 estudantes que nunca haviam meditado. Os participantes fizeram um treinamento de 20 minutos da prática, durante três dias consecutivos e, depois, foram submetidos a testes com choques elétricos. Os resultados, publicados no The Journal of Pain, apontaram que a meditação ajudou a aliviar a dor, mesmo que os estudantes fossem iniciantes.  


Mulher bebendo álcool - foto: Getty ImagesEvite o álcool e durma bem
Muita gente acredita que um bom cálice de vinho ou até mesmo uma cerveja antes de dormir favorecem um sono mais relaxado. Mas, apesar de ajudar na dormência, o álcool provoca microdespertares durante a noite e não deixa que o sono REM (do inglês Rapid Eyes Movement, o sono mais profundo) chegue. "Quem dorme bem, descansa e relaxa mais e, consequentemente, sente menos dores", afirma a fisioterapeuta Mariana.


Alimentação saudável - foto: Getty ImagesAlimente-se bem
A alimentação balanceada previne sobrepeso e obesidade, protegendo as articulações da dor e do desgaste causados pelo excesso de peso. Além disso, muitos alimentos têm substâncias anti-inflamatórias, que ajudam no combate à dor. Nessa classe, destacam-se opções ricas em ômega-3 (como o azeite e os peixes de água fria) e em antioxidantes, encontrados na semente de linhaça, na uva (especialmente nas de cor escura) e no tomate, por exemplo.   


Diário da dor - foto: Getty ImagesInvestigue a dor
Escrever um diário da dor é muito importante tanto para o médico quanto para o paciente: anote o que desencadeou a dor e o que você fez para aliviar o desconforto. "O diário deve listar desde uso de medicamentos até fatores relacionados à mudança de humor, falta de sono, alterações climáticas ou problemas", afirma fisioterapeuta.


Mulher descansando - foto: Getty ImagesRespeite seu corpo
Quem tem uma dor crônica precisa se movimentar, mas isso não significa ultrapassar limites. Ouça seu corpo se ele pedir repouso e busque alternativas para melhorar sua disposição, sempre pouco a pouco. Agir de maneira agressiva, forçando esforços mais pesados, pode causar lesões e piorar ainda ais um quadro de dor.  


Momento de lazer - foto: Getty ImagesTenha momentos de lazer
Manter um hobby é alternativa para você esquecer a dor por uns instantes, o foco é direcionado para uma atividade prazerosa e o incômodo aparece em segundo plano, melhorando seu convívio social e, por consequência, a autoestima. A dança, em ritmos leves, apresenta bons resultados na melhora de pacientes com dor crônica.


Mulher com remédio  - foto: Getty ImagesControle a medicação
Os remédios usados para tratar a dor crônica são os analgésicos e os psicotrópicos, que diminuem a ansiedade e melhoram o estado de tensão permanente comum nessas condições. Apesar de seguros quando prescritos e consumidos com a orientação de um médico, esses remédios podem dar um pouco de sonolência e prisão de ventre. "Preste atenção no seu organismo, faça anotações e fale sobre elas na próxima consulta médica, assim é possível ajustar a dose ou substituir o medicamento", afirma anestesista Fabíola Peixoto Minson, da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED).

Fonte Minha Vida