Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

"Fratura" no pênis pode levar à impotência sexual, explica especialista

Mesmo sem osso, órgão sexual masculino pode sofrer incidente, principalmente durante posição na qual a mulher fica por cima
 
Você já ouviu falar que o pênis pode sofrer “fraturas”? Se não, saiba que isso acontece, especialmente em relações sexuais nas quais o homem fica em uma posição mais passiva. Recentemente, o lutador de MMA Ray Elbe foi vítima do problema que, segundo o urologista Dr. Geraldo Faria, chefe do departamento de sexualidade humana da SBU (Sociedade Brasileira de Urologia), se não tratado com urgência pode causar graves sequelas, inclusive a temida impotência sexual.
 
O médico ressalta que o incidente é pouco frequente e geralmente ocorre quando a mulher está por cima do homem fazendo movimentos bruscos durante a relação.
 
Nessa situação, o pênis pode escapar do interior da vagina, chocando-se contra o períneo (região entre a vagina e o ânus) ou contra o osso do púbis. Como o órgão está ereto, ele tende a dobrar e os corpos cavernosos, que revestem o pênis, se rompem e causam a “fratura”.
 
Apesar de ser um episódio raro, o Dr. Faria acrescenta que a tentativa de desfazer a ereção com a mão, curvando o pênis para baixo, também pode machucar o pênis. Mas, independentemente da causa, o resultado da fratura é a imediata perda da ereção associada à dor e ao inchaço.
 
Geralmente, o homem escuta um barulhinho, tipo “clec”, que já indica o trauma. Além disso, o pênis fica roxo e aumenta de volume. Há casos que a fratura atinge a uretra, causando sangramento e dor ao urinar.
 
Para evitar sequelas, o médico ressalta que o tratamento deve ser imediato. O primeiro passo é submeter o paciente a uma intervenção cirúrgica para tentar reparar totalmente o dano. Analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos também entram em cena para ajudar na recuperação do mecanismo de ereção, alívio da dor e prevenção de infecção.
 
Geralmente, o quadro é reversível, mas em alguns casos o homem pode ficar impotente. Costumamos sugerir abstinência sexual de 60 dias para que o homem possa se recuperar totalmente e voltar a ter uma vida normal.
 
Fonte R7

Obeso mórbido perde mais de 140 kgs com boxe tailandês

Com 247 kgs, James Mason escutava dos médicos que lhe restavam mais cinco anos de vida
 
Em 2011, James Mason estava tão obeso que os médicos lhe deram apenas cinco anos de vida. Aos 27 anos, pesando mais de 247 kgs, a sentença de morte fez com que percebesse que perder peso era urgente.
 
Hoje, um ano e meio depois, Mason, que vive em Hockey, Essex, Reino Unido, é menos da metade do homem que costumava ser, depois de perder 146 kgs. O novo visual foi possível graças aos nove meses de treino de muay thai (boxe tailandês).
 
Sua saúde era extremamente pobre e seu sobrepeso estava causando uma série de doenças, como problemas para respirar, inchaço nas pernas e outras limitações físicas.
 
Depois do diagnóstico assustador, Mason decidiu pedir ajuda pela internet. Ele encontrou um campo de treinamento em Phuket, na Tailândia, comprou a passagem de avião e tomou a drástica decisão de deixar seu trabalho e se mudar para o país asiático.
 
Meses depois, Mason, que está de volta ao Reino Unido para o Natal, conta que parentes e amigos não acreditam na mudança:
 
As pessoas quando me veem ainda não me reconhecem.
 
Fonte R7

Cirurgiões suíços fazem transplante simultâneo de fígado e parte do coração

Paciente sofria grave doença do fígado, onde se desenvolveu tumor provocado por tênia
 
Cirurgiões do Hospital Universitário de Zurique realizaram pela primeira vez no mundo um transplante de fígado combinado com amputação de uma parte do coração e a reconstituição dos tecidos, anunciou nesta quinta-feira (20) um comunicado oficial do estabelecimento médico.
 
A paciente de 22 anos sofria uma grave doença do fígado, onde se desenvolveu um tumor provocado por um parasita, a tênia.
 
O tumor, diagnosticado em abril passado, media 10 cm de diâmetro e atacou o fígado, uma veia cava, uma parte do diafragma e uma parte do coração, indicou o hospital.
 
Os cirurgiões reconstituíram a veia cava a partir dos vasos sanguíneos de um doador, e foram conectados ao coração do paciente. Também reconstruíram a parte do coração extraída.
 
Ao mesmo tempo, em uma sala de cirurgia contígua, uma segunda equipe de cirurgiões extraiu uma parte do fígado da irmã da paciente e realizou o transplante.
 
A operação, que aconteceu em setembro, durou mais de 11 horas e mobilizou mais de 20 especialistas. A paciente se encontra bem.
 
Fonte R7

Deputados de SP vetam lanche com brinde

Para entrar em vigor, as normas têm de ser sancionadas pelo governador Geraldo Alckmin
 
A Assembleia Legislativa paulista (Alesp) aprovou dois projetos de lei que restringem a publicidade de alimentos a crianças e proíbem a venda de lanches com brindes ou brinquedos. Para entrar em vigor, as normas têm de ser sancionadas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).
 
Se aprovadas, as leis devem atingir principalmente propagandas e promoções de redes de fast food que vendem combinados de hambúrgueres e refrigerantes acompanhados de brinquedos. Projetos para limitar a oferta de brindes na venda de lanches infantis tramitam na Alesp pelo menos desde 2007.
 
Um dos aprovados, o PL 1.096 de 2011, do deputado Alex Manente (PPS), proíbe a venda de alimentos com brinquedos ou brindes. E prevê multa, em valor a ser definido.
 
O PL 193 de 2008, do deputado Rui Falcão (PT), impede o uso de personagens e celebridades infantis na propaganda e brindes associados à compra. E restringe os horários para propaganda no rádio e na TV de alimentos e bebidas “pobres em nutrientes, com alto teor de açúcar, gorduras saturadas ou sódio”.
 
Eles ficariam impedidos de serem veiculados das 6 às 21 horas. E totalmente proibidos em escolas. Manente e Falcão amparam suas argumentações no Código de Defesa do Consumidor e no combate à obesidade infantil.
 
Um dos argumentos é de que a criança “não completou sua formação crítica e não possui capacidade de distinção e de identificação do intuito lucrativo e apelativo da promoção”.
 
Questionados pelo jornal O Estado de S. Paulo, Bob’s, McDonald’s e Burger King afirmaram que cumprem a legislação vigente.
 
Fonte R7

Uso de cigarro e anticoncepcional aumentam risco de doença cardiovascular

Combinação causa infarto no miocárdio, embolia pulmonar e tromboflebite
 
A mistura de tabaco e pílula anticoncepcional é uma bomba para a saúde. A combinação dos dois aumenta o risco de infarto no miocárdio, embolia pulmonar e tromboflebite.
 
O risco é 10 vezes maior à mulher fumante que faz uso de contraceptivos orais do que às não fumantes.
 
A nicotina do cigarro favorece a agregação das plaquetas do sangue e aliada ao anticoncepcional facilita a formação de coágulos nas artérias. Isso possibilita a obstrução do fluxo sanguíneo.
 
Uma vez obstruída a artéria no coração, aumenta o risco de infarto. No cérebro, ocorre o acidente vascular cerebral.
 
Quando o cigarro é abandonado, o risco de doenças começa a decair pela metade após um ano. Só depois de 10 anos é que a saúde do ex-fumante atinge o nível daqueles que nunca fumaram na vida.
 
Fonte R7

Brócolis combate a bactéria causadora da gastrite

Brócolis também combate o câncer de mama, útero, próstata, pulmão, esôfago e bexiga
 
O brócolis é uma das verduras mais nutritivas. Rico em fibras, possui vitamina C e betacarotentos, que funcionam como protetores do estômago no combate a bactéria causadora da gastrite.
 
A bactéria Helicobacter pylori vive no muco que cobre a superfície do estômago. A maioria das pessoas vive bem com a bactéria e apenas uma minoria desenvolve a gastrite.
 
A infecção se dá por via oral e provoca gastrite aguda podendo evoluir para gastrite crônica rapidamente. É a sensibilidade de cada pessoa que vai deixá-la suscetível ou não à doença.
 
O sulforafano encontrado no brócolis tem propriedades antioxidantes, que estimulam enzimas desintoxicantes presentes no organismo. Por causa disso o vegetal destrói o Helicobacter pylori.
 
Além de proteger o estômago, o brócolis também combate o câncer de mama, útero, próstata, cólon, pulmão, esôfago, laringe e bexiga.
 
Fonte R7

Tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo

No Brasil, estima-se que o tabagismo mata cerca de 200 mil fumantes por ano
 
De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o tabagismo é a principal causa de morte evitável em todo o mundo.
 
O total de mortes devido ao uso do tabaco matou 4,9 milhões de pessoas, o que corresponde a mais de 10 mil mortes por dia.
 
A OMS estima que um terço da população mundial adulta, 1 bilhão e 200 milhões de pessoas, sejam fumantes. Já 47% por cento de toda a população masculina e 12% da feminina fumam, diz a Organização.
 
No Brasil, estima-se que o tabagismo mata cerca de 200 mil fumantes por ano. O número de fumantes é maior entre os homens brasileiros do que as mulheres. Das capitais do país, o consumo de cigarro é maior em Porto Alegre e menor em Aracaju.
 
Fonte R7

Diabéticos devem dobrar a atenção durante as ceias de final de ano

Com as festas chegando a comilança tradicional vai ficando mais perto de acontecer. Se algumas pessoas já começam a se preocupar com isso vai impactar sua dieta – para perder ou manter o peso – imagine como as pessoas com diabetes não devem ficar ansiosas.
 
A diabetes é uma condição que atinge em torno de 10 milhões de pessoas no Brasil – parte delas sem saber que está desenvolvendo a condição – e é uma disfunção metabólica bastante conhecida, cujo principal problema está em fazer com que as pessoas com a condição tenham dificuldade de metabolizar a glicose, a principal fonte de energia do corpo assimilada através dos alimentos.
 
Na hora de comer, portanto, os diabéticos têm que ter atenção redobrada quanto à qualidade, quantidade e horários da alimentação.
 
“Mesmo durante essas datas festivas que se aproximam, pessoas com diabetes precisam ficar atentos para não modificar o padrão alimentar correto, que é de 3 em 3 horas. Não ficar esperando pelo horário da ceia e mesmo ser ‘estraga prazer’ e jantar antes de todo mundo não é algo para se envergonhar. A condição exige essa regularidade na alimentação”, explica Cláudia Itosu, nutricionista do Hospital Santa Virgínia, em São Paulo.
 
Frutas: nem todas
Outra dica importante salientada por Cláudia é a opção por ingerir bastante frutas nessas festividades, passando longe de nozes e amêndoas – que são ricas em gorduras e calorias, coisas que os diabéticos também precisam evitar.
 
“Mas não são todas as frutas que devem ser ingeridas sem preocupação. As frutas são ricas em um tipo de açúcar, a frutose, e algumas delas têm grande quantidade disso em sua composição. Um exemplo são as uvas. Uma porção de uvas deve conter no máximo meio cacho ou o equivalente a uma porção do tamanho da palma da mão”, diz Cláudia.
 
As frutas em calda, então, devem ficar longe dos diabéticos. “Mesmo pratos tradicionais, que têm esse tipo de fruta na receita, devem ser evitados”, explica.
 
Bebidas e alimentos gordurosos
Não é preciso nem dizer que as bebidas alcoólicas não devem chegar nem perto dos diabéticos. “Mesmo que o índice glicêmico esteja sob controle e a pessoa ache que é uma data especial que mereça comemoração, as bebidas alcoólicas podem causar problemas como interações medicamentosas, ou seja, interagir com os remédios que alguns diabéticos precisam tomar regularmente e causar reações adversas, o que pode levar a hospitalizações. Essa não é a melhor forma de terminar uma noite comemorativa, então é melhor evitar”, alerta a especialista.
 
Para os diabéticos a dica é suco de frutas natural e até mesmo com a diluição em água. “A diluição facilita que o consumo dos açúcares seja em ritmo menor e pode ajudar a evitar picos de glicemia, por exemplo”, diz.
 
Quanto às carnes, a opção deve ser por aquelas com pouca gordura. Aves são uma ótima opção, mas algumas pessoas podem ficar com dúvidas devido às diversas superstições populares no Brasil. “Se a pessoa for muito supersticiosa, uma outra ótima opção são os peixes – que trazem boa sorte segundo as tradições orientais – e também têm diversos outros benefícios para a saúde”, aponta Cláudia.
 
O melhor de tudo isso, os peixes vão muito bem com o azeite de oliva, o melhor tipo de gordura que pode ser consumido com as refeições a chamada gordura insaturada. “Mas somente sobre os pratos. O preparo de pratos com azeite guarda uma pequena armadilha: quanto usado em frituras o azeite se torna uma gordura saturada, ou seja, passa a fazer mal para o organismo”, afirma.
 
Cláudia lembra ainda que as pessoas com diabetes têm riscos muito maiores de terem os níveis de colesterol e trigliceres acima do normalmente recomendado. Controlar essas gorduras, portanto é fundamental.
 
E no final de tudo essa fartura, lembra Cláudia, é importante investir em fibras e ingestão de líquidos. “As fibras auxiliam a diminuir os níveis glicêmicos, facilitando o trânsito intestinal também. E a ingestão de líquidos é importante para que essas fibras ajam melhor e também para hidratar o corpo após uma noite de possíveis excessos, especialmente quanto ao sódio ingerido”, finaliza.
 
Fonte O que eu tenho

Dia no parque com muita atividade: o corpo e a mente agradecem

Uma boa ideia para o feriado que se aproxima é aproveitar o tempo livre para se movimentar. Afinal, se fazer atividades físicas já faz bem para o corpo, fazer isso em contato com a natureza é melhor ainda.
 
Essas atividades podem ter vários tipos de benefícios. Além de fazer bem para o corpo, podem melhorar os laços familiares – afinal, as crianças também podem praticá-las – e de quebra melhoram humor durante toda a semana.
 
Se você optar por procurar um parque para executá-las, melhor ainda: pesquisas já comprovaram que estar rodeado por áreas arborizadas amplificam mais ainda os benefícios para a saúde mental.
Pensando nisso, Giulliano Esperança, wellness manager e personal trainer, montou uma sequência de atividades para você aproveitar esses dias de descanso para se movimentar.
 
“Mais do que uma proposta física, os exercícios físicos ao ar livre aumentam os benefícios emocionais, frutos da endorfina, e ainda podem ser eficientes para resultados físicos e estéticos”, explica o especialista, que frisa a ideia de que mais que ficar em forma, as atividades físicas melhoram o estado de bem-estar.
 
Ambientes arborizados são ótimos para a melhora do humor
A proposta de Giulliano tem fundamentos científicos. Um estudo de duas pesquisadoras inglesas, Jules Pretty e Jo Barton, da Universidade de Essex, e publicada no periódico Environmental Science & Technology, já comprovou que fazer atividades em ambientes bucólicos potencializa os benefícios das atividades físicas no humor e no bem-estar.
 
“Esta sequência, aliás, pode ser utilizada também para quem está viajando e pretende se manter ativo, ou simplesmente como motivação para quem deseja ter mais qualidade de vida”, completa Giulliano.
Antes dos exercícios, entretanto, o especialista lembra os cuidados básicos, como alongamento e aquecimento, importantíssimos em qualquer atividade física e indicados pelas mais importantes instituições em saúde física do mundo, como a Colégio Americano de Medicina Esportiva.
 
“Após uma caminhada de 20 minutos, alongue e inicie a sequência das fotos. Faça de 2 a 3 séries de 30 segundos cada exercício com um intervalo de também 30 segundos entre elas. Lembre-se de verificar o local que escolherá para a execução do exercício e, ao final, complete o treino com mais 20 minutos de caminhada ou corrida”, explica Giulliano.
 
Fonte O que eu tenho

Loucos pelo consumo: estresse durante as compras afeta a saúde

Após uma compra, vem a conta para pagar, e muitas vezes não é somente uma quantia de dinheiro: pode custar sua saúde mental também.
 
Se você já ligou para sua operadora de celular para questionar cobranças indevidas na sua conta e ficou horas indo de ramal em ramal, você deve conseguir se lembrar de como o nível de tensão foi aumentando aos poucos e até chegou a se questionar se valia a pena todo o esforço. E esse tipo de experiência acontece com a grande maioria dos adultos, em todas as partes do mundo.
 
Uma pesquisa da Universidade de Indiana, publicada no periódico Consumer Research, indica que as decisões relativas a questões de consumo (entre elas reclamar do que se comprou) é o elemento estressor mais lembrado pelas pessoas no final do dia.
 
E apesar da ampla bibliografia sobre o estresse e as emoções, poucas abordam as questões ligadas aos consumidores, ou seja, todos aqueles que em algum momento do dia tiraram algum dinheiro da carteira para optar por qualquer serviço, produto ou mesmo diversão e que muitas vezes não ficaram nem um pouco felizes fazendo isso.
 
Um tópico específico citado pelos pesquisadores é aquele que diz respeito aos fatores cognitivos e emocionais que levam ao estresse relacionado ao consumo, assim como os mecanismos de coping – habilidade de enfrentamento para lidar com a situação – que as pessoas se valem para resolver essas situações, que podem levar semanas para serem resolvidas de forma adequada.
 
Na pesquisa, Adam Duhachek fez uma meta-análise de estudos sobre estresse do consumidor. Entre outras coisas, o pesquisador aponta que o estresse relacionado ao consumo é multidimensional – atinge vários aspectos da vida diária e permeia uma série de outras relações, incluindo trabalho e relacionamentos sociais – e que o modo como as pessoas lidam com os elementos estressores de uma forma geral pode ser importante para entender o nível de estresse criado pelos problemas gerados por serviços e produtos consumidos de forma insatisfatória.
 
Por isso, é sempre bom estar atento ao que lhe causa estresse. Muitas vezes comprar por impulso, sem pesar prós e contras, pode levar a sentimentos ruins em longo prazo e que poderiam ser facilmente contornados. Controlar o próprio consumo – e questionar a real importância dele para sua vida – pode ser a melhor maneira de ter um problema a menos para ser resolvido. E se você não consegue não consumir, cuidado: o problema pode ser ainda mais complexo.
 
Fonte O que eu tenho

Tendências de TI que vão remodelar a saúde em 2013

Espere por um crescimento em saúde móvel, telemedicina, análises clínicas e registros pessoais de saúde, além de um fornecedor ideal de EHR
 
O objetivo final de todo o setor de saúde – incluindo TI – é estar fora do negócio. Isso pode soar um pouco estranho, mas o principal objetivo da medicina é a cura de doenças ou impedir o contagio da mesma. E conforme o profissional fica melhor adaptável a essas duas tarefas, as pessoas devem se tornar cada vez mais autossuficientes e independentes dos serviços médicos.
 
Em que estágio devemos estar nos próximos 12 meses? Não muito avançado. Mas estamos fazendo progressos em cinco frentes:
 
1. Saúde móvel
Este segmento da indústria oferece o mais promissor. Não é exagero descrever consumidores e médicos aderindo a aplicativos móveis de saúde, smartphones e tablets como transformacional.
 
Os médicos estão apaixonados por seus iPads e por boas razões. Quando as equipes de TI foram questionadas “Quais dispositivos de computação móvel os médicos de sua organização estão utilizando para fins profissionais”, 66% citaram iPads ou outros tablets, no ano passado apenas 45% escolheram essa opção. Este caso de amor continua a se desenvolver, porque os dispositivos lhe oferecem acesso aos dados EHR, materiais de referência de medicamentos e uma série de dados importantes que no ano passado estavam disponíveis apenas no consultório ou hospital. Este tipo de acesso deve melhorar os resultados dos pacientes.
 
Da mesma forma, os consumidores estão a carregar todos os tipos de aplicativos de fitness em seus telefones, enquanto que os pacientes com doenças crônicas estão se aproveitando de aplicativos para iPhone e anexos que lhes permitem medir a pressão arterial, glicemia e muito mais.
 
Cerca de metade dos consumidores preveem que dentro dos próximos três anos a saúde móvel vai melhorar a conveniência (46%), custo (52%) e qualidade (48%) de sua saúde, de acordo com pesquisa da PricewaterhouseCoopers (PwC).
 
Se este entusiasmo se traduz ou não em melhor saúde e menos necessidade de serviços médicos dependerá em parte da “rigidez” desses aplicativos.

2. Registros pessoais de saúde
Falando de aderência, os PHRs parecem ter nenhum. Até recentemente poucos consumidores assinaram contrato para PHRs autônomos e eu tenho dedicado uma boa quantidade digital de razões por que esse é o caso. Mas isso provavelmente vai mudar no próximo ano – pelo menos para aqueles consumidores que têm mais a pele no jogo, ou seja, pacientes com doenças crônicas, doenças que ameaçam a vida.
 
Eu arrisco que os chamados “PHRs interativos” vão pegar em 2013. Estas ferramentas digitais vinculam registros pessoais de saúde com registros eletrônicos de saúde.
 
Parece que a Microsoft também está colocando suas apostas no casamento PHR / EHR. A empresa lançou um programa piloto com tecnologias da Greenway que irão adicionar dados clínicos da PrimeSuite e dos registro eletrônicos de saúde da Greenway para a plataforma HealthVault da Microsoft. O esforço conjunto vai deixar os pacientes criarem uma conta no HealthVault e acessarem suas informações clínicas online, incluindo dados demográficos, alergias, medicamentos, sinais vitais, história familiar e social, procedimentos, testes de laboratórios e planos de saúde do paciente.
 
3. Telemedicina
Vários sistemas de saúde de grande porte têm estabelecido relações com empresas de telemedicina. American Well, por exemplo, recentemente se uniu com a Universidade do Sul da Flórida, baseada em Tampa, para a prestação de serviços de telessaúde para os moradores das aldeias, uma grande comunidade de aposentados a noroeste de Orlando. A empresa também fez uma parceria com a Allscripts para integrar a funcionalidade de telessaúde em EHRs de pacientes.
 
Finalmente Sentara Healthcare, um sistema de saúde em todo estado de Virginia, fechou um acordo com MDLIVE, uma Sunrise, para fornecer médicos por meio de videoconferência e consulta online.
 
4. Abalo de fornecedores de EHR
Os profissionais de saúde têm mais de 600 sistemas certificados de EHR para escolher se querem se qualificar para o uso significativo de incentivos financeiros. É provável que muitos destes fornecedores não vão sobreviver em 2013 por várias razões. Algumas empresas menores têm saltado para o mercado muito rapidamente, na esperança de obter um rápido retorno do seu investimento sem fazer um grande investimento inicial.
 
Em um recente evento virtual da InformationWeek Healthcare, Mark Wagner, diretor sênior de pesquisas da KLAS, explicou que os fornecedores de EHR são tão ocupados com sistemas de venda que eles mal têm tempo para apoiar os que se instalaram, muito menos criar uma plataforma que atenda a todos. Esse tipo de compromisso é a certeza de construir ressentimento e uma má reputação entre os hospitais. O processo de seleção resultante pode colocar alguns fornecedores fora do negócio, mas as empresas sobreviventes provavelmente irão oferecer serviços que, finalmente, melhorarão o atendimento ao paciente.
 
Da mesma forma um relatório recente da Frost & Sullivan diz que hospitais vão ver em breve um aumento significativo no uso de ferramentas analíticas.
 
Fonte SaudeWeb

14 produtos suspensos pela Anvisa

Interdição cautelar é uma medida válida por 90 dias após a publicação no Diário Oficial. Durante esse tempo, os lotes interditados não podem ser comercializados e nem consumidos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta quarta-feira (19/12), no Diário Oficial da União (DOU), suspensões e interdições cautelares de produtos com irregularidades.
 
A interdição cautelar é uma medida válida por 90 dias após a publicação no Diário Oficial.
 
Durante esse tempo, os lotes interditados não podem ser comercializados e nem consumidos.
 
As pessoas que já tiverem adquirido algum dos lotes ou produtos suspensos ou interditados devem interromper o uso.
 
Veja, na tabela abaixo, as medidas publicadas no Diário Oficial:
 
Medida
Produto
Empresa
Motivo
Suspensão da fabricação, divulgação, comércio e uso RE N ° 5.404 em todo o país
Carboxide Plus Digital Control ® Carboxiterapia
L.C Equipamentos, Medicina & Estetica
O produto não possui registro sanitário e a empresa não tem Autorização de Funcionamento concedida pela Anvisa.
Suspensão da fabricação, divulgação, comércio e uso RE N° 5.405 em todo o país
Solução de Cloreto de Sódio 0,9%

LBS Laborasa Indústria Farmacêutica LTDA.
O produto não possui registro sanitário na Agência
Suspensão da fabricação, divulgação, comércio e uso RE N° 5.406 em todo o país
Todos os lotes dos produtos Sonda Uretral Deskart Injet e Sonda para Aspiração Traqueal Deskat Injet
Deskart Injet Indú stria CirugicaLTDA ME
Os produtos não possuem registro válido na Anvisa.
Suspensão da fabricação, distribuição divulgação, comércio e uso RE N° 5.407 em todo o país.
Todos os produtos
World Fix Indústria Comércio de Produtos
Ortopédicos LTDA-ME
A empresa não cumpre as normas de Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos.
Apreensão e inutilização RE N° 5.408 em todo o país..
Cosmético Smart Progressive
Instituto de Beleza Josiane LTDA-ME
O produto não possui registro junto à Anvisa.


Suspensão da distribuição, comércio e uso RE N° 5.409 em todo o país.
Termobag (Bolsa para água quente)
Macrimed Comercial Ltda
O produto não possui registro/cadastramento concedido pela Agência
Interdição cautelar RE N° 5.411
Lote 122401, do Creme Alisante – Salon Line Professional
Devintex Cosméticos LTDA
Produto com suspeita de desvio de qualidade.
Suspensão da distribuição, comércio e uso RE N° 5.412 em todo o país
Piolhex
Auzenete Penhade Carvalho Cosméticos-ME
A empresa não possui Autorização de Funcionamento nesta Agência.
Suspensão da distribuição e comercialização RE N° 5.413 em todo o país.
Pigmentos para maquiagem definitiva Magcolor Pigmentos
Mag Estética Indústria e Comércio LTDA ME
O Produto não possui registro junto à Anvisa
Interdição cautelar RE N° 5.415

Lote 779411 do medicamento Castanha da Índia Herbarium 100mg (Aesculus hippocastanum), comprimidos revestidos, (fabricado em 01/11 e com validade. em 01/2013)
Herbarium Laboratório Botânico Ltda
Produto com suspeita de desvio de qualidade.
Suspensão da distribuição, comércio e uso RE N° 5.416 em todo o país
Albendal 400mg comprimidos (Albendazol 400mg), Lote 1-0009/11, data de fabricação 04/2011, data de validade 04/2013
Pharmascience Laboratórios LTDA
O produto apresenta desvio de qualidade quanto ao aspecto e dissolução.
Interdição cautelar RE N° 5.417
Gel Modelador Capilar Fixação Forte Vitacapili
Muriel do Brasil – Indústria de Cosméticos LTDA
Produto com suspeita de desvio de qualidade.
Suspensão da fabricação, divulgação, comércio e uso N° 5.418 em todo o país
Microcânulas, modelos comerciais. 30×0,5mm, 30×0,6mm, 30×0,7mm, 25×0,8mm; 40×0,8mm; 40×0,9mm; 50×0,8mm; 50×0,9mm; 50×1,0mm; 70×0,9mm; 70×1,0mm; 70×1,2mm; 80×1,2mm; 100×2,1mm; 50×0,8mm de Nácul; 50×1,0mm de Nácul; 70×1,0mm de Nácul; 50×0,9mm de Nácul; 25×0,8mm Duplo Furo; 40×0,8mm Duplo Furo; 40×0,9mm Duplo Furo; 50×0,8mm Duplo Furo; 50×0,9mm Duplo Furo; 50×1,0mm Duplo Furo; 70×0,9mm Duplo Furo; 70×1,0mm Duplo Furo; 70×1,2mm Duplo Furo; 80×1,2mm Duplo Furo; 100×2,1mm Duplo Furo descartáveis
Biomedical Comércio Indústria Importação e Exportação de Produtos Biomédicos LTDA
Por fabricar em local sem alvará sanitário e sem autorização de funcionamento na Anvisa
Suspensão da distribuição, comércio e uso RE N° 5.419 em todo o país
Craniótomo Drill Pneumático, nº de série 0095.
Macom Instrumental Cirúrgico Indústria Ltda
O produto não corresponde às especificações originais do registro aprovadas pela Anvisa.
 
Fonte SaudeWeb

Sinobrasileiro investe R$ 4 milhões no centro de diagnósticos

A iniciativa faz parte do plano de expansão da entidade, que teve sua primeira etapa na inauguração do novo prédio, no ano passado, com um investimento aproximado de R$ 50 milhões
 
O Hospital SinoBrasileiro investe R$ 4 milhões em novo Centro de Diagnósticos, que concentra uma área de 810m2, incluindo setores de Medicina Nuclear, Radiologia, Ultrassonografia e Cardiologia para exames de Teste Ergométrico, Mapa e Holter. A iniciativa faz parte do plano de expansão da entidade, que teve sua primeira etapa na inauguração do novo prédio, no ano passado, com um investimento aproximado de R$ 50 milhões.
 
O Centro está equipado com Raio X Computadorizado, com sistema de digitalização de imagens em curto espaço de tempo, Ultrassom que possibilita exames de ecocardio transesofágico, além de um novo tomógrafo computadorizado Multi-Slice, que ficará no andar térreo do hospital.
 
A entidade acaba de completar 10 anos de existência e continua com a expertise médica da clínica TOMO MED, referência de exames de imagem em Osasco.
 
“Unimos a tecnologia com o atendimento humanizado. Esse é o objetivo do Hospital, que ainda tem muitos projetos de expansão e investimentos para o ano de 2013”, diz a diretora do SinoBrasileiro, Dra Ko Chia Lin, em comunicado.
 
Fonte SaudeWeb

ANS lança Glossário Temático da Saúde Suplementar

O objetivo da publicação é disseminar os termos utilizados pelo setor e ampliar o conhecimento institucional
 
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou a segunda edição do Glossário Temático da Saúde Suplementar, reunindo os principais termos técnicos utilizados pelo setor. Organizada em parceria com o Ministério da Saúde, a edição soma 243 verbetes, com tradução para o inglês e o espanhol.
 
O objetivo da publicação é disseminar os termos utilizados pelo setor e ampliar o conhecimento institucional. O Glossário Temático descreve o conhecimento gerado pelas áreas técnicas representativas do setor e está disponível para consulta no portal da ANS, com atualização dinâmica.
 
O Glossário Temático da Saúde Suplementar faz parte do Projeto de Terminologia da Saúde do Ministério da Saúde e da área de Gestão do Conhecimento de ANS. Para a elaboração desta edição, foi constituído em 2008 um grupo técnico com a participação de integrantes de todas as diretorias da ANS.

Consulte a nova edição do Glossário Temático da Saúde Suplementar


Fonte: informações com ANS
 
Por SaudeWeb

Hospital do M’Boi Mirim é acreditado nível 2 pela ONA

O Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch – M’Boi Mirim (HMMD) conquistou a acreditação nível 2 (nível Pleno) da Organização Nacional de Acreditação (ONA).
 
O certificado tem validade de dois anos e envolveu a aprovação nos requisitos formais dos níveis 1 e 2, entre eles, técnicos e de estrutura para exercer as atividades conforme a legislação, identificar os riscos específicos com foco na segurança, gerenciar e sistematizar a medição e avaliação da efetividade dos processos e promover ações de melhoria e aprendizado para os colaboradores.
 
Fonte SAudeWeb

Dieta e exercícios físicos podem “curar” o diabetes

Encontrar a cura para o diabetes pode ser mais simples do que se imagina. Em alguns casos, boa alimentação e exercícios físicos são suficientes para a reversão da condição.
 
Pesquisadores desenvolveram um estudo onde pessoas receberam sessões de aconselhamento durante um ano, sendo encorajadas a perderem peso e se tornarem fisicamente ativas.
 
Após esse período, 11,5% dos adultos obesos que sofriam de diabetes tipo 2 conseguiram reverter suas condições parcialmente. Assim, seus níveis de açúcar no sangue diminuíram, atingindo níveis prédiabéticos sem a necessidade do uso de medicamentos.
 
A remissão total da doença foi mais rara, sendo obtida por apenas 1,3% dos participantes.
 
Os pesquisadores acreditam que os resultados obtidos no estudo mostram que a remissão da diabetes tipo 2 é rara, mas que esse pode ser o objetivo alcançável para alguns pacientes.
 
A pesquisa foi publicada no periódico Journal of American Medical Association.
 
Fonte Live Science

PF faz operação contra irregularidades no sistema de saúde de Duque de Caxias

Rio de Janeiro - A Polícia Federal cumpriu ontem (20) 14 mandados de busca e apreensão na cidade do Rio e em mais quatro municípios fluminenses. O objetivo é coibir irregularidades na gestão do sistema de saúde de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
 
Os mandados foram expedidos a pedido do Ministério Público Estadual, pela 1ª Vara Federal de Duque de Caxias. No município, os agentes federais fazem buscas na casa do prefeito José Camilo Zito.
 
Os outros municípios onde os mandados estão cumpridos são Areal, Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto, na região serrana do estado.
 
Também estão previstas apreensões de bens em diversos postos de saúde e no Hospital Municipal Moacir Rodrigues do Carmo, em Caxias.
 
Fonte Agência Brasil

Manifestação de médicos no centro do Rio cobra melhores condições de trabalho na rede pública

Rio de Janeiro – Uma passeata de médicos ocupou algumas ruas do centro da capital fluminense ontem (20) em uma manifestação por melhor condições de trabalho nos hospitais públicos. Organizada pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam), o ato saiu da Cinelândia até a sede do Ministério da Saúde, no centro da cidade.
 
Segundo o presidente da Fenam, Geraldo Ferreira Filho, a ausência de concursos públicos para médicos no estado e no território nacional, o congelamento de salários, a falta de verbas nas instituições públicas estaduais e federais e a decadência das condições de trabalho dos profissionais vêm gerando uma crise na categoria.
 
“Queremos 10% da receita da União para a saúde, o país aplica hoje cerca de 4,5% do PIB [Produto Interno Bruto] na saúde. Falta investimento do governo. A situação é precária, falta leito. Há um sucateamento nos hospitais públicos generalizado. No Rio, o Hospital Geral de Bonsucesso (HGB), um hospital federal em que faltam profissionais, equipamentos. São péssimas as condições de infraestrutura", disse.
 
A categoria defende, entre outras medidas, a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimento (PCCV) e a priorização do ensino de qualidade e não da expansão de escolas de medicina. O Brasil está em segundo lugar no mundo em números de escolas médicas: 197 com 208 cursos de medicina e 13 mil alunos. A Fenam é contrária também à terceirização, à entrega do serviço público às organizações sociais, e protesta contra a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares pelos serviços que presta.
 
Fonte Agência Brasil

Nevralgia

Definição
A nevralgia é uma dor que percorre um nervo.
 
Outro tipos: Nevralgia do trigêmio

Nomes alternativos
Neuralgia

Causas, incidência e fatores de riscoDentre as causas de nevralgia, podem ser citadas:
- Certos medicamentos

- Irritação química
 
- Insuficiência renal crônica
 
- Diabetes
 
- Infecções, como herpes-zóster, sífilis e doença de Lyme

- Porfiria

- Pressão nos nervos por estruturas próximas (tumores, por exemplo)

- Inchaço e irritação (inflamação)

- Trauma (inclusive cirurgia)
Em muitos casos, a causa é desconhecida.

A nevralgia do trigêmeo é a forma mais comum de nevralgia. Uma nevralgia relacionada, mas não muito comum, afeta o nervo glossofaríngeo, responsável pela sensibilidade da garganta.

A nevralgia é mais comum em idosos, mas pode ocorrer em qualquer idade.

Sintomas

  • Função debilitada da região do corpo afetada devido à dor; ou fraqueza muscular resultante de dano no nervo motor
  • Aumento de sensibilidade da pele ou dormência na região da pele afetada (sensação parecida à de uma anestesia local, como uma injeção de novocaína, por exemplo)
  • Dor ao longo de um nervo específico
  • Dor localizada em qualquer área, geralmente sobre ou próximo da superfície do corpo
    • No mesmo local em cada episódio
    • Pontada aguda intermitente ou sensação de queimação constante

Sente-se dor com qualquer toque ou pressão. Movimentar-se também pode ser doloroso.

Exames e testes

Um exame pode mostrar:

  • Sensação anormal na pele
  • Perda dos reflexos tendinosos profundos
  • Perda de massa muscular
  • Ausência de sudorese (o suor é controlado pelos nervos)
  • Sensibilidade ao longo de um nervo, geralmente na parte inferior da face e na mandíbula e raramente nas têmporas e na testa
  • Nódulos de tensão (áreas onde até mesmo o menor toque causa dor)
Um exame odontológico pode descartar distúrbios ortodônticos que podem resultar em dor facial (como abscesso dental). Outros sintomas (vermelhidão ou inchaço, por exemplo) podem ajudar a descartar outras possibilidades, como infecções, fraturas ósseas ou artrite reumatoide.

Não existem testes específicos para nevralgia, mas os exames seguintes podem ser realizados para descobrir a causa da dor:

  • Exames de sangue para verificar a função hepática e a glicemia
  • Ressonância magnética
  • Estudo de condução do nervo com eletromiografia
  • Punção lombar

Tratamento
O objetivo do tratamento é reverter ou controlar a causa do problema nervoso (se descoberta) e fornecer alívio para a dor. O tratamento varia dependendo da causa, do local e da gravidade da dor, além de outros fatores. Mesmo se a causa da nevralgia nunca for identificada, este quadro poderá melhorar sozinho ou desaparecer com o tempo.

A causa (quando conhecida) deve ser tratada. Isso pode incluir cirurgia para remover tumores ou separar o nervo dos vasos sanguíneos ou outras estruturas que estão causando pressão. Isso pode ser realizado em alguns casos de síndrome do túnel carpal e nevralgia do trigêmeo. O controle rigoroso da glicemia pode agilizar a recuperação em diabéticos que apresentam o problema.

Os medicamentos para controle da dor são:

  • Medicamentos antidepressivos (amitriptilina, nortriptilina, duloxetina)
  • Medicamentos anticonvulsivos (carbamazepina, gabapentina, lamotrigina ou fenitoína) para dor decorrente da nevralgia do trigêmeo
  • Analgésicos moderados de venda livre (aspirina, acetaminofeno ou ibuprofeno)
  • Analgésicos narcóticos (codeína) para alívio rápido de dores fortes (entretanto, eles nem sempre funcionam bem)
  • Cremes tópicos que contêm capsaicina

Outros tratamentos podem incluir:

  • Injeções locais de medicamentos para aliviar a dor (anestésicos)
  • Bloqueadores nervosos
  • Procedimentos cirúrgicos (ablação com radiofrequência, calor, balão de compressão ou injeção de substâncias químicas, por exemplo) para diminuir a sensibilidade do nervo
Infelizmente, esses procedimentos não garantem a melhora e podem causar perda da sensibilidade ou sensações anormais.

Quando os outros métodos de tratamento não forem bem-sucedidos, os médicos podem tentar estimulação do córtex motor (MCS). Um eletrodo é colocado sobre o córtex sensorial do cérebro e conectado a um gerador de pulsos sob a pele.
 
O tratamento de herpes-zóster com medicação antiviral pode diminuir a suscetibilidade de desenvolver neuralgia pós-herpética. A nevralgia pós-herpética também pode ser tratada com prednisona oral.

A fisioterapia pode auxiliar em alguns tipos de neuralgia, principalmente na nevralgia pós-herpética.

Evolução (prognóstico)
A maioria das nevralgias não é fatal nem é sinal de outros distúrbios fatais. Entretanto, a dor pode ser muito forte. Em caso de dores fortes, procure um especialista no assunto para explorar todas as opções de tratamento.

A maioria das nevralgias responde a tratamentos. Ataques de dor costumam ser recorrentes. Entretanto, os ataques podem passar a serem mais frequentes em pacientes na medida em que envelhecem.

Complicações
  • Complicações da cirurgia
  • Invalidez decorrente da dor
  • Efeitos colaterais de medicamentos usados para controlar a dor
  • Procedimentos dentários desnecessários antes da neuralgia ser diagnosticada

Ligando para o médico

Procure seu médico se:
  • Apresentar herpes-zóster
  • Apresentar sintomas de nevralgia, principalmente se medicamentos moderados de venda livre não conseguirem aliviar a dor
  • Apresentar dores fortes (busque um especialista)

Prevenção
O tratamento de distúrbios relacionados à nevralgia, como diabetes e insuficiência renal, podem evitar algumas forma dessa doença. O controle rigoroso da glicemia pode evitar danos nervosos em diabéticos. Em caso de herpes-zóster, há algumas evidências de que drogas antivirais podem ajudar na prevenção de neuralgias.

Referências
Shy ME. Peripheral neuropathies. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007: chap 446.

Cutrer FM, Moskowitz MA. Headaches and other head pain. In: In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier; 2007: chap 421.

Fonte iG

Alimentos que preparam a pele para o verão

Pele de verãoConheça os principais e entenda como eles ajudam a bronzear, proteger, tratar e embelezar a pele
 
Laranja contém vitamina C: melhora as defesas da pele e é essencial na produção do colágeno, que dá firmeza da pele. Outras fontes são....
 
Acerola
 
Caju
 
Kiwi
 
Frutas vermelhas: cheias de antioxidantes, combatem o envelhecimento precoce da pele. Outros alimentos ricos neles são....
 
Chá Verde
 
Chocolate
 
Uva
 
Vinho
 
Germe de trigo: é rico em vitamina E, um poderoso antioxidante que repara os danos causados pelo sol. Outras fontes de vitamina E são....
 
Ovo
 
Peixe
 
Espinafre: é cheio de vitamina A, que estimula a produção de colágeno e ajuda na renovação da pele. Outras fontes são....
 
Fígado
 
Manga
 
Cenoura contém betacaroteno: um precursor da vitamina A que estimula a produção de melanina e ajuda a bronzear a pele. Outras fontes são....
 
Abóbora
 
Pimentão
 
Iogurte com probióticos: contêm bactérias do bem que ajudam o corpo a combater processos inflamatórios, inclusive os da pele.
 
Abacate é rico em zinco: que melhora o sistema imunológico e a cicatrização de cortes, feridas e irritações de pele. Outras fontes são....
 
Banana
 
Pera
 
Gelatina: é uma rica fonte de colágeno, que confere mais elasticidade e firmeza à pele.
 
Nozes têm boas doses de cobre: que ajuda a formar colágeno e melhora as defesas da pele. Outros alimentos ricos em cobre são....
 
Cereiais Integrais
 
Frutas Secas
 
Ostras
 
Castanha-do-pará é lotada de selênio: que combate a ação dos radicais livres que envelhecem a pele
 
Fonte iG