Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Homem de 70 anos passa por cirurgia para retirar garfo de 10 cm do pênis

Reprodução/Daily Mail
Objeto na uretra pode causar dor abdominal, peniana,
inflamação, inchaço e febre
Médicos conseguiram remover objeto com pinça e lubrificante
 
Uma aventura sexual que não deu certo. Um senhor de 70 anos parou no hospital após inserir um pedaço de garfo no pênis. Para resolver o problema, os médicos conseguiram remover o objeto de 10 cm. As informações são do site Daily desta segunda-feira (19).
 
Ao chegar com a genitália sangrando, o homem foi atendido imediatamente. Durante os exames, ele admitiu ter colocado o talher em sua uretra na tentativa de dar prazer a si mesmo. Infelizmente esse procedimento fracassou, deixando-o com dores por 12 horas.
 
Para o alívio do paciente, os médicos conseguiram retirar o garfo com uma pinça e lubrificante. O procedimento foi bem-sucedido e o homem não ficou com sequelas na região genital.
 
Pesquisa
De acordo com um artigo, é muito raro encontrar objetos estranhos alojados no sistema urinário. No entanto, itens como lápis, cera e cola já foram retirados de outras partes do corpo.  
 
Para os médicos Krishanth Naidu, Maurice Mulcahy e Amanda Chung, este artigo foi publicado para “criar uma discussão entre a comunidade médica, dado o grande desafio de enfrentar casos inusitados em que objetos são encontrados em partes do corpo”, como foi o caso do garfo encontrado no pênis do homem.
 
Eles acrescentaram também que há uma difícil compreensão dos motivos que levam uma pessoa a inserir um objeto em si mesmo.  A prática tende a ocorrer durante a masturbação ou quando se está sob efeito das drogas.
 
Em alguns casos, os pacientes tentam retirar o objeto de dentro de si por vergonha de ir ao hospital. Isso é bastante arriscado, pois aumenta as chances de lesões e infecções.
 
Em tais situações, os médicos evitam a cirurgia e optam por procedimentos que possam minimizar o trauma  e preservar a função erétil.
 
De acordo com o artigo, os sintomas típicos depois de ter inserido um objeto na uretra masculina são: dor abdominal, peniana, inchaço do órgão genital, inflamação da uretra, dor durante a relação sexual, urina com sangue, dificuldade ou aumento da frequência urinária e febre.
 
R7

Mulher morre depois de passar cloro no cabelo

Idosa ficou sete dias internada, mas não resistiu 
 
Uma mulher de 67 anos morreu depois de passar cloro para descolorir o cabelo, na cidade de São Mateus, no Espírito Santo.
 
A idosa ficou internada por sete dias no Hospital Roberto Silvares, mas não resistiu.
 
De acordo com o laudo médico, a morte foi causada por uma pneumonia agravada provocada pelo o uso do produto químico no cabelo.
 
O hospital não disponibilizou mais informações sobre o caso.
 
A Secretaria de Saúde do Estado apontou que em 2012, mais de 450 pessoas acima de 15 anos foram intoxicadas por produtos de limpeza, sendo que pelo menos 250 foi por conta do cloro. 
 
R7

Brasil espera resultados de vacina contra a dengue para 2014

O Brasil espera para 2014 resultados com a aplicação da vacina contra a dengue, que está sendo produzida e testada pela primeira vez no país.
 
Essa declaração foi feita pelo coordenador geral do projeto de estudos clínicos da vacina, Alexander Precioso, em entrevista exclusiva à Efe, na qual também explica como foi desenvolvido o estudo e quais impactos terá no país e na saúde pública.
 
"Esperamos ter todos os resultados de resposta imunológica dos 300 voluntários que participarão do teste, além do perfil de segurança que a vacina tem, até o final de 2014", disse o coordenador.
 
Segundo Precioso, o projeto coloca o Brasil em destaque, porque os ensaios clínicos e a produção é exclusiva de pesquisadores brasileiros para, no futuro, apresentar a vacina ao Ministério da Saúde que, através do Programa Nacional de Imunização, pode disponibilizar a vacina gratuitamente.
 
"Existem várias pesquisas de dengue no mundo, mas o único local que esta sendo produzido esse tipo de método com o próprio vírus é no Brasil", destacou Precioso. Apresentando um resultado positivo, a vacina poderá ser exportada para outras áreas de risco da doença como Tailândia, Vietnã e, na América Latina, Venezuela e Colômbia.
 
"Uma vez atendida a demanda nacional, o país pode contribuir com a demanda internacional. Além do desenvolvimento científico, capacitando o Brasil a realizar seus próprios estudos clínicos, o grande impacto positivo será na saúde pública nacional e de outros países nas áreas de risco", afirmou o pesquisador à Efe.
 
A equipe de estudos e desenvolvimento da vacina é formada por cerca de 20 pessoas com especialidades em pesquisa clínica, produção, controle e regulamentação da vacina diante dos órgãos públicos. "Estamos pesquisando o vírus da dengue há oito anos.
 
A parceria com os Estados Unidos resultou na obtenção, modificação e depois transferência para o Butantã, mas foi no Brasil que surgiu a ideia de fazer um método de prevenção com o próprio vírus", ressaltou Precioso à Efe.
 
Os estudos resultaram no método do teste, sendo necessária ampla divulgação para encontrar voluntários com idade entre 18 a 59 anos, que passarão por entrevistas, avaliações médicas e exames laboratoriais para confirmar se têm boa saúde e se podem participar.
 
As primeiras 50 pessoas não poderão ter tido dengue e os 250 voluntários restantes serão divididos em dois grupos - os que já ficaram doentes e os que não foram infectados pelo vírus. Precioso ainda destacou que os voluntários serão acompanhados por cinco anos, com avaliações anuais para checar se as respostas imunológicas se mantêm e se os anticorpos necessários foram produzidos em cada organismo. Essas informações preliminares irão indicar se a vacina está protegendo e o nível de eficácia que ela possui. Na primeira etapa, os voluntários serão da cidades de São Paulo e Ribeirão Preto, onde ficam os centros de saúde nos quais serão feitos os testes. Em seguida, voluntários de outras cidades do Brasil poderão participar.
 
A vacina já apresentou dados positivos nos Estados Unidos, onde foi testada em animais e algumas pessoas, que não tiveram reações ao vírus, além de ter sido constatada a produção de anticorpos que combatem a doença.
 
Para Precioso as reações esperadas e consideradas "normais e não graves" são dores localizadas, febre e dores no corpo. Os cuidados tomados serão repouso e acompanhamento da equipe médica para cada caso.
 
R7

Tratamento alcança 100% de proteção contra o vírus Ébola

Vírus Ebola
Cientistas militares dos Estados Unidos trataram com sucesso o vírus Ébola em primatas depois da aparição dos sintomas dessa doença mortal, informou um artigo publicado nesta quarta-feira pela revista "Science Translational Medicine".
 
Os resultados são promissores para tratamentos contra o vírus que causa uma febre hemorrágica e que entre os humanos contagiados tem taxas de mortalidade de até 90%. O vírus Ébola foi identificado pela primeira vez em 1976 no oeste do Sudão e em uma região próxima da qual é agora a República Democrática do Congo, após epidemias na área.
 
O vírus se transmite por contato direto com o sangue e os fluidos e tecidos corporais das pessoas infectadas. A transmissão começou pelo manejo de animais selvagens, como chimpanzés, gorilas, macacos, antílopes e morcegos, doentes ou mortos pela doença.
 
Segundo o autor principal do estudo, James Pettitt, do Instituto de Pesquisa de Doenças Infecciosas do Exército dos EUA, a equipe tinha demonstrado antes que o tratamento, conhecido como MB-003, protegeu todos os animais primatas, não humanos, quando foi administrado uma hora depois da exposição ao vírus.
 
A proteção alcançou dois terços dos animais que receberam o tratamento 48 horas depois da exposição, acrescentou o artigo. No estudo, 43% dos primatas infectados se recuperaram após receber o tratamento por via intravenosa de 104 a 120 horas depois da infecção.
 
O projeto experimental desta vez foi muito diferente do trabalho anterior da equipe no sentido que os animais infectados não receberam o tratamento até que desenvolveram sintomas notáveis da doença. O vírus Ébola, que causou várias mortes na África nos últimos anos e é uma ameaça para a saúde global, é considerado também um possível agente de guerra biológica.
 
Segundo os cientistas, o Ébola se replica rapidamente em níveis muito altos e afligem a capacidade do hospedeiro para combater a infecção. Atualmente não há vacinas ou tratamentos para a prevenção ou a cura do vírus e os cientistas consideram que o MB-003 é um candidato promissor para o desenvolvimento.
 
O próximo passo, segundo o artigo, será o teste mais extensivo do tratamento para verificar se não é nocivo entre os animais, e, uma vez estabelecida essa inocuidade, será necessário prová-la em voluntários humanos.
 
R7

Exame de sangue detecta pessoas mais propensas a cometer suicídio

Alexander B. Niculescu, principal investigador do estudo
Foto: Indiana University
Alexander B. Niculescu, principal investigador do estudo
Marcadores presentes no sangue podem ajudar a identificar pacientes em maior risco, levando à prevenção e aconselhamento
 
Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Indiana, nos EUA, descobriram uma série de biomarcadores de RNA no sangue que pode ajudar a identificar pessoa em maior risco de cometer suicídio.
 
Os resultados indicam que os biomarcadores foram encontrados em níveis significativamente mais elevados no sangue de pacientes de transtorno bipolar com pensamentos de suicídio, bem como de um grupo de pessoas que havia cometido suicídio.
 
A pesquisa foi publicada na revista Molecular Psychiatry,
 
Segundo o investigador principal Alexander B. Niculescu III, os resultados fornecem uma primeira "prova de princípio" para um teste que poderia fornecer um aviso antecipado de que uma pessoa está em maior risco de um ato de suicídio impulsivo.
 
"O suicídio é um grande problema na psiquiatria. Ele é um grande problema na esfera civil, é um grande problema na esfera militar e não há marcadores objetivos. Há pessoas que não irão revelar que estão tendo pensamentos suicidas e, em seguida, cometem o suicídio e não há nada que você possa fazer sobre isso. Precisamos de melhores maneiras de identificar, intervir e prevenir estes casos trágicos", afirma Niculescu.
 
Durante um período de três anos, o pesquisador e seus colegas acompanharam um grupo de pacientes com diagnóstico de transtorno bipolar, realizando entrevistas e recolhendo amostras de sangue entre cada três a seis meses.
 
Os pesquisadores realizaram uma variedade de análises do sangue de um subconjunto de participantes que relataram uma mudança dramática de pensamentos suicidas a uma forte ideação suicida.
 
Eles identificaram diferenças na expressão gênica entre os estados de pensamentos suicidas "baixos" e "altos" e submeteram os resultados a um sistema de análise genética e genômica.
 
Os pesquisadores descobriram que o marcador SAT1 e uma série de outros indicadores forneceram o sinal biológico mais forte associado a pensamentos suicidas.
 
Em seguida, para validar seus resultados, eles analisaram amostras de sangue de vítimas de suicídio e descobriram que alguns dos mesmos marcadores foram significativamente mais elevados.
 
Finalmente, os pesquisadores analisaram os resultados dos testes de sangue de dois outros grupos de pacientes e descobriram que altos níveis sanguíneos dos biomarcadores foram correlacionados com futuras hospitalizações relacionadas ao suicídio, bem como internações que ocorreram antes dos exames de sangue.
 
"Isto sugere que estes indicadores refletem mais do que apenas um estado atual de alto risco, mas podem ser marcadores de características que se correlacionam com o risco em longo prazo", afirma Niculescu.
 
Apesar de confiante na validade dos biomarcadores, Niculescu observa que a limitação é que os participantes da pesquisa foram todos do sexo masculino. "Pode haver diferenças de gênero. Também gostaria de realizar estudos normativos mais extensos na população em geral", revela.
 
A equipe espera que esses biomarcadores, junto com outras ferramentas, incluindo testes neuropsicológicos e listas de verificação sociodemográficas, possam ajudar a identificar as pessoas que estão em risco, levando à intervenção preventiva e aconselhamento.
 
isaude.net

Prefeitura de Lagoa dos Gatos (PE)

A Prefeitura de Lagoa dos Gatos (PE) divulgou edital de concurso para 165 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 678 a R$ 6.000.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar de consultório dentário, recepcionista, motorista, auxiliar de serviços gerais, operador de maquinas e tratorista.

As vagas de nível médio são para auxiliar administrativo, auxiliar de secretaria, digitador, mecânico, técnico em contabilidade, técnico em enfermagem e técnico em informática.

Os cargos de nível superior são para advogado, assistente social, bioquímico, enfermeiro, enfermeiro PSF, farmacêutico, fisioterapeuta, médico, médico PSF, médico-veterinário, nutricionista, odontólogo, professor A, professor B nas disciplinas de artes, ciências, educação física, geografia, história, língua inglesa, língua portuguesa e matemática e psicólogo.

As inscrições devem ser feitas no período de 12 de agosto a 12 de setembro pelo endereço eletrônico www.idhtec.org.br. A taxa é de R$ 45 para nível fundamental, R$ 70 para nível médio e R$ 90 para nível superior.

A prova objetiva será aplicada no dia 20 de outubro, das 9h às 12h. Ainda haverá prova de títulos para os cargos de nível superior.

Prefeitura de Jerumenha (PI)

A Prefeitura de Jerumenha (PI) abriu concurso para 163 vagas: 41 imediatas e 122 para cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários vão de R$ 678,00 a R$ 1.500,00.

Os cargos são de agente administrativo, assistente social, auxiliar administrativo, auxiliar de serviços gerais, digitador, educador físico, gari, motorista "B" ou "D", operador de máquina, professor de biologia, professor de ciências, professor de geografia, professor de história, professor de inglês, professor de matemática, professor de polivalência, técnico em contabilidade, técnico em enfermagem e vigia.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.institutocidades.org.br até 8 de setembro e na prefeitura, das 7h30 às 13h30, na Praça Santo Antonio, nº 470, Centro, de 9 de agosto a 6 de setembro. As taxas de inscrições vão de R$ 50 a R$ 100.

As provas objetivas serão aplicadas em 22 de setembro.

Prefeitura de Jaraguá do Sul (SC)

O edital de abertura das inscrições para concurso público da Prefeitura de Jaraguá do Sul foi publicado nesta quarta-feira (7). São 173 vagas para cargos com remuneração de até R$ 8 mil.

 As inscrições ficam abertas até o dia 6 de setembro e as provas devem ser aplicadas dia 29 de setembro deste ano. O concurso para trabalhar na administração pública municipal de Jaraguá do Sul está sendo organizado pela Sociedade Educacional de Santa Catarina (Sociesc).

O valor da taxa de inscrição é de R$ 35 para os cargos de nível de ensino fundamental, R$ 65 para nível médio e R$ 90 para os cargos de nível de ensino superior.

Os cargos de nível superior são para administrador, analista de custos, arquiteto e urbanista, assistente social, auditor, biólogo, contador, engenheiro civil, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro eletricista, farmacêutico, fiscal, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, geólogo, médico, nutricionista, pedagogo, professor de diversas áreas e terapeuta ocupacional.

 As vagas para ensino médio são para agente de logística, agente tributário, auxiliar de arquivo, assistente de TI, auxiliar de biblioteca, auxiliar de sala, cuidador social, cadastrador, desenhista projetista, inspetor agropecuário, ouvidor, técnico de contabilidade, técnico de enfermagem, técnico de segurança do trabalho, técnico em agrimensura, técnico em edificações, técnico em eletrônica, técnico em saúde bucal e telefonista.

A Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento Físico-Territorial da Prefeitura de Jaraguá do Sul também está com inscrições abertas para 5 vagas em nível médio e superior. As inscrições até o dia 6 de setembro. Mais informações no site do concurso.

Concurso Prefeitura de Jaraguá - GO

A Prefeitura Municipal de Jaraguá - GO realiza seleção para preenchimento de vagas

Inscrições:
Até 31 de dezembro de 2013, na Secretaria Municipal de Saúde

Áreas:
Estratégia de Saúde da Família - PSF, Núcleo de Atendimento a Saúde da Família - NASF, Profissionais em Especialidades, Serviços de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, Profissionais e Técnicos.

Informações:
(62) 3326-4445 e 3326-2089.  

Concurso Prefeitura de Gramado - RS

A Prefeitura Municipal de Gramado, na Serra do Rio Grande do Sul, abriu nesta segunda-feira (12) as inscrições de um concurso público para 63 vagas, em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.250,47 a R$ 3.671,12.

Os cargos de nível superior são para biólogo, educador infantil, engenheiro civil, orientador pedagógico, professor de atendimento educacional especializado, professor de inglês, professor de português, supervisor pedagógico e turismólogo da prefeitura e para contador da empresa Gramadotur.

As vagas de nível médio/técnico são para auxiliar administrativo e monitor socioeducativo da prefeitura e assistente administrativo e tesoureiro da Gramadotur. Os postos de nível fundamental são para auxiliar de receptivo turístico e operador de máquina pesada da prefeitura.

As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de agosto através do site www.fundatec.com.br. A taxa varia de R$ 30 até R$ 90.

As provas teórico-objetivas serão realizadas no dia 27 de setembro exceto para o cargo de monitor, que será em 5 de outubro. As provas teórico-objetivas e discursivas serão aplicadas em 6 de outubro, exceto para o cargo de monitor. Uma prova prática para operador de máquina pesada será realizada em 24 de novembro. Ainda haverá avaliação de títulos para vagas de nível médio.

O concurso terá um ano de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso Prefeitura de Ferreira Gomes (AP)

A Prefeitura de Ferreira Gomes (AP) abriu concurso para 310 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 700 a R$ 1.965,02.
No site da organizadora é possível ler o edital (acesse o edital).

Os cargos de nível superior assistente social, psicólogo, engenheiro agrônomo, engenheiro florestal, professor nas disciplinas de letras, história, geografia, educação física, matemática, língua francesa, ciências, ensino religioso e artes em educação, pedagogo, biblioteconomista, nutricionista, psicólogo, psicopedagogo, biomédico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, especialista em serviço de gestão e saúde, médio radiologista e veterinário.

As vagas de nível médio agente administrativo, agente de fiscalização ambiental, agente de licenciamento ambiental, fiscal de tributos, técnico em segurança do trabalho, técnico em contabilidade, técnico em agropecuária, técnico em edificações, técnico em informática, professor de 1ª a 4ª série, professor de ensino especial, auxiliar de disciplina, agente administrativo, agente comunitário de endemias, agente de endemias, técnico em farmácia, técnico em higiene dental, técnico em laboratório, técnico em radiologia e técnico em enfermagem.

Os postos de nível fundamental motorista rodoviário, motorista marítimo, merendeira, servente e auxiliar administrativo.

As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de setembro pelo site www.intelectus-ap.com.br. A taxa é de R$ 45 para nível fundamental, R$ 55 para nível médio e R$ 65 para nível superior.

 Os candidatos também podem se inscrever na sede da organizadora, localizada na Avenida Ernestino Borges, 591.

As provas objetivas serão aplicadas nos dias 21 e 22 de setembro nas cidades de Macapá e Ferreira Gomes.

O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de Curitiba (PR)

A Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde (Feaes), ligada à Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, está com inscrições abertas para um processo seletivo que pretende contratar 500 profissionais para atuar em hospitais. Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), no Serviço Móvel de Atendimento Médico de Urgência (Samu), entre outros locais de responsabilidade da Feaes.

As inscrições devem ser feitas até o dia 13 de setembro, pela internet e a taxa custa de R$ 45 a R$ 90, variando conforme o cargo pretendido. Do total de vagas, a maioria é para médicos. São 340 ao todo. O restante é dividido em cargos de nível médio e técnico.

Os salários variam de R$ 915 a R$ 12 mil. Os candidatos que quiserem ingressar em cargos para nível superior, além da prova objetiva, farão também uma prova de títulos.

Os aprovados serão funcionários da Feaes. Por isso, os contratos devem ser regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Entre os locais de trabalho estão o Hospital do Idoso Zilda Arns e a Maternidade do Bairro Novo.

Consurso Prefeitura de Buritirama (BA)

A Prefeitura de Buritirama (BA) divulgou edital do concurso que ofertará 150 vagas para diversos cargos. Poderão se candidatar pessoas alfabetizadas, com ensino fundamental incompleto, ensino médio/técnico e nível superior. Os salários vão de R$ 678 a R$ 6.095 mil.

Os cargos de nível superior são para professor, nutricionista, bibliotecário, médico clínico, médico ginecologista, enfermeiro, engenheiro sanitarista, assistente social e psicólogo.

Os cargos de nível médio e técnico são para agente administrativo, professor nível I, técnico em laboratório, técnico em radiologia, técnico em enfermagem, agente administrativo, auxiliar administrativo, recepcionista e educador social.

Para nível fundamental incompleto a vaga é de mecânico. Já para pessoas alfabetizadas, as oportunidades são para motoristas (categorias A, A/B, B/C, D e D/E), vigia, operador de perfuratriz e operador de máquina pesada.

As inscrições podem ser feitas de 2 a 9 de setembro pelo site www.consultte.com.br. A taxa varia de R$ 40 a R$ 80.

A data das provas escritas será divulgada pela organizadora do concurso. Haverá também prova de títulos para todos os candidatos, de todos os níveis, que pontuarem mais do que 50% nas provas objetivas. Para os cargos de motorista e operador de máquinas pesadas haverá também prova prática.
 
O concurso terá dois anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso Prefeitura de Breves - PA

A secretaria de educação da prefeitura de Breves abriu inscrições para 408 vagas, sendo 78 para o nível fundamental nos cargos de agente de limpeza educacional, agente de alimentação educacional e zelador educacional; 55 vagas para nível médio estão distribuídas entre os cargos de secretário escolar, técnico em informática e professor de ensino infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental (magistério); e 275 vagas de nível superior distribuídas entre os cargos de nutricionista educacional, assistente social educacional, fonoaudiólogo educacional, psicólogo educacional e professor.

Os salários variam de R$ 678, para os cargos de nível fundamental, até R$ 1.305,90 para alguns cargos de nível superior, como assistente social, psicólogo educacional e fonoaudiólogo. Além dos salários, funcionários também podem receber gratificações de acordo com as funções exercidas na prefeitura, sem valor especificado no edital.

Inscrições
As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.fadesp.org.br até as 16h de 16 de setembro de 2013. O pagamento da taxa de inscrição deve ser feito por boleto bancário até o dia 17 de setembro de 2013.

A taxa de inscrição é de R$ 40,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível fundamental completo; R$ 50,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível médio; e R$ 60,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível superior.

Após a confirmação da inscrição, a Fadesp irá disponibilizar o cartão de inscrição com o local da prova objetiva no site no período entre 18 e 23 de setembro.

Provas
As provas objetivas vão ser realizadas no dia 29 de setembro, com duração de 4 horas, em dois turnos: de 8h às 12h todos os cargos de nível fundamental e os cargos de professor de educação infantil para séries iniciais do ensino fundamental, professor licenciado pleno em letras- língua portuguesa, professor licenciado pleno em matemática, professor licenciado pleno em geografia, professor licenciado pleno em história, professor licenciado pleno em ciências, professor licenciado pleno em educação física, professor licenciado pleno em arte, professor licenciado pleno em ciências da religião, professor licenciado pleno em letras com habilitação em inglês, professor especializado em educação especial para apoio pedagógico e atendimento múltiplo, professor especializado em educação especial itinerante, nutricionista educacional, assistente social educacional, fonoaudiólogo educacional e psicólogo educacional.

 Fazem prova de 14h30 a 18h30 para todos os cargos de nível médio e para professor professor com função de técnico pedagógico educacional e coordenador pedagógico. Desta forma, candidatos a vagas do turno da manhã também podem concorrer a cargos que a prova será realizada pela parte da tarde.

Concurso Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde - RJ

O Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde, no Rio de Janeiro, abriu processo seletivo para 34 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio/técnico e superior. Os salários variam de R$ 711,14 a R$ 6.270.

Os profissionais vão atuar nas unidades de pronto atendimento (UPA) na cidade do Rio de Janeiro.

Os cargos de nível superior são para assistente social, dentista, enfermeiro – diarista, enfermeiro – plantonista, farmacêutico – responsável técnico, médico – clínico geral e médico – pediatra.

As vagas de nível médio/técnico são para assistente de departamento de pessoal, auxiliar técnico administrativo, auxiliar administrativo – recepção, auxiliar administrativo – almoxarifado, auxiliar de manutenção, auxiliar de saúde bucal, faturista, maqueiro, técnico de enfermagem e técnico de radiologia.

As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de setembro pelo site http://concursos.biorio.org.br. A taxa varia de R$ 35 a R$ 75.

A seleção será feita por meio de prova objetiva, entrevista técnica e avaliação de títulos para os cargos de nível superior.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 15 de setembro, em dois turnos, na cidade do Rio de Janeiro.

A validade do processo seletivo será de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso Hospital Universitário Oswaldo Cruz

O Hospital Universitário Oswaldo Cruz, da Universidade de Pernambuco (UPE), está com inscrições abertas de um concurso público para preencher 265 vagas, em cargos de nível médio/técnico e superior. O interessado pode se inscrever até o dia 03/09, no site da instituição.

Os salários vão de R$ 700 até R$ 4.590. Os cargos de nível superior são para engenheiro mecânico e civil, enfermeiro plantonista e diarista, psicólogo hospitalar, farmacêutico especialista em atenção farmacêutica e especialista em oncologia, nutricionista clínico e de produção, assistente social, fisioterapeuta respiratório, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, físico médico, odontólogo e biomédico.

Já as vagas para o nível médio/técnico são para citotécnico, histotécnico, macroscopista, técnico em necropsia, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de laboratório plantonista e de laboratório diarista, técnico em radiologia plantonista, técnico em radioterapia plantonista, técnico em enfermagem plantonista e em diarista, e técnico de laboratório diarista e plantonista.

A taxa de inscrição custa R$ 40 para nível técnico e R$ 60 para nível superior. As provas serão realizadas no dia 06 de outubro, conforme o edital do concurso.

Concurso Fundação Saúde de Rio Claro (SP)

A Fundação Saúde de Rio Claro (SP) abre na segunda-feira (12) as inscrições do concurso público para 169 vagas em cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior. Os salários vão de R$ 949,27 a R$ 1.618,71. No site da organizadora, é possível ver o edital (acesse o edital).

Os cargos de nível superior são para médicos de ambulatório, como cardiologista, clínico, ecocardiografista, endocrinologista, gastroenterologista, geriatra, hematologista, neurologista, neuropediatra, oftalmologista, pediatra infectologista, psiquiatra, psiquiatra infantil, reumatologista e ultrassonografista. Para médicos plantonistas as vagas são para clínico, pediatra, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), psiquiatra e médico do Programa Saúde da Família (PSF).

As vagas de nível médio/ técnico são para agente comunitário de saúde, agente de combate às endemias, auxiliar de veterinário, cadastrador do SUS e agente de combate às endemias.

 Além disso, há vagas para agente de controle de vetores, agente de controle de zoonoses, auxiliar de informação, educação e comunicação, auxiliar de saúde bucal, auxiliar de serviços de manutenção geral, enfermeiro, enfermeiro do PSF, motorista, técnico em nutrição e dietética, telefonista e operador de rádio.

As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de setembro pelo site. A taxa varia de R$ 35 a R$ 48.

 As provas escritas estão previstas para o dia 6 de outubro.

O concurso terá um ano de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás)

A Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) abriu concurso para 183 vagas em cargos de nível médio, técnico e superior. As vagas são para Brasília, Recife, região metropolitana do Recife e Goiana (PE). Os salários vão de R$ 1.575,72 a R$ 4.854,44. Trata-se do segundo concurso público do órgão - o primeiro foi em 2008 para 85 vagas.

São 45 vagas para analista de gestão corporativa, 58 para especialista em produção de hemoderivados e biotecnologia, 38 para assistente administrativo e 42 para o cargo de técnico em produção de hemoderivados e biotecnologia.

O cargo de especialista em produção de hemoderivados e biotecnologia é para graduados em engenharia mecânica; engenharia civil; engenharia elétrica ou eletrônica; farmácia; farmácia ou química ou química industrial ou biologia ou biomedicina; estatística; farmácia ou biologia ou biomedicina ou medicina; farmácia ou engenharia química ou química industrial ou engenharia de biotecnologia ou engenharia de bioprocessos ou engenharia bioquímica; farmácia ou engenharia de produção ou engenharia química ou química industrial ou biomedicina ou biologia.

Para analista de gestão corporativa é necessária formação superior em qualquer área de formação, economia, direito, jornalismo, psicologia ou pedagogia ou administração ou economia, administração ou economia, arquitetura ou engenharia em segurança do trabalho, engenharia ambiental, administração ou engenharia ou logística, administração ou economia ou ciências contábeis ou estatística ou matemática, ciências contábeis e ciências da computação.

 Para técnico em produção de hemoderivados e biotecnologia é necessário curso técnico nas áreas de segurança do trabalho; meio ambiente; eletrônica ou automação industrial ou mecatrônica; mecânica; elétrica; refrigeração; química ou química industrial ou análises clínicas; e análises clínicas.

 Para assistente administrativo é exigido nível médio ou técnico em auxiliar administrativo, contabilidade e informática.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.concursosfcc.com.br de 12 de agosto a 13 de setembro. As taxas são de R$ 80 para analista de gestão corporativa e de especialista em produção de hemoderivados e biotecnologia e de R$ 60 para assistente administrativo e de técnico em produção de hemoderivados e biotecnologia.

 As provas serão realizadas nas cidades de Recife, Brasília, Fortaleza, João Pessoa e São Paulo, em 20 de outubro.

O resultado será divulgado em janeiro de 2014. O concurso terá validade de dois anos, prorrogável por igual período. A expectativa é de que a convocação tenha início já no primeiro trimestre de 2014, segundo a gerente de gestão de pessoas, Vera Barbosa.

Os aprovados terão suas atividades, técnicas ou administrativas, voltadas para as etapas da transferência de tecnologia entre a Hemobrás e seus parceiros internacionais – o Laboratório Francês de Biotecnologia (LFB) e a Baxter International – visando à produção de medicamentos derivados do plasma ou obtidos por meio de engenharia genética, em território nacional.

Concurso Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 3 Região - SP

O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 3ª Região, em São Paulo, divulgou edital de concurso público para 9 vagas em cargos de nível médio. Os salários são de R$ 1.817,48 e R$ 2.702,70. As vagas são para Guarulhos (SP), Osasco (SP), Sorocaba (SP) e São Paulo.

As vagas de nível médio são para escriturário e telefonista.

As inscrições devem ser feitas no período de 21 de agosto a 19 de setembro pelo site www.nossorumo.org.br. A taxa é de R$ 40.

A prova objetiva será aplicada no dia 20 de outubro, nas cidades de Sorocaba e São Paulo.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

oncurso Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo (Coren)

O Conselho Regional de Enfermagem do Estado de São Paulo (Coren) abriu concurso público para 72 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 1.900,00 a R$ 7.791,00.

Os cargos são de mensageiro, recepcionista, telefonista, agente de almoxarifado, agente administrativo, técnico em informática, técnico em edificações, técnico em segurança do trabalho, auxiliar de fiscalização, técnico de som e imagem, agente de laboratório de simulação realística, auxiliar de recursos humanos, analista de recursos humanos, secretário, bibliotecário, designer gráfico, analista de segurança da informação, assistente de comunicação, contador, auditor, administrador de banco de dados, analista de sistemas, analista da qualidade, advogado, enfermeiro em educação permanente, enfermeiro de educação e fiscal.

As vagas destinam-se às diversas Subseções e Núcleos de Atendimento ao Profissional de Enfermagem localizados no Estado de São Paulo, instaladas atualmente ou que venham a se instalar.

As inscrições deverão ser feitas de 26 de agosto a 27 de setembro pelo site www.vunesp.com.br. As taxas vão de R$ 45 a R$ 95.

As provas objetivas estão previstas para 10 de novembro e serão aplicadas nas cidades de São Paulo, Araçatuba, Botucatu, Campinas, Itapetininga, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto e São José dos Campos ou em municípios vizinhos, caso necessário.

Combinação de tempero e droga anti-náusea mata células cancerosas

Curcumina tem sido estudado como uma forma de prevenir e tratar o câncer, artrite e doença de Alzheimer
Curcumina tem sido estudado como uma forma de prevenir
e tratar o câncer, artrite e doença de Alzheimer
Abordagem utiliza moléculas híbridas criadas com açafrão e droga talidomida para atacar e eliminar células do mieloma
 
Uma combinação feita à base do tempero açafrão e da droga anti-náusea talidomida é capaz de matar as células cancerosas. É o que mostra estudo de pesquisadores da Virginia Commonwealth University, nos EUA.
 
A terapia utiliza moléculas híbridas criadas a partir dos dois ingredientes e que conseguem atacar e eliminar as células do mieloma múltiplo.
 
A talidomida foi introduzida pela primeira vez na década de 1950 como um medicamento anti-náusea para ajudar a controlar o enjoo matinal, mas depois foi retirado das prateleiras em 1962 porque foi acusada de causar defeitos de nascimento.
 
No final de 1990, a droga foi reintroduzida como um tratamento autônomo ou combinado para o mieloma múltiplo.
 
O açafrão, especiaria antiga cultivada na Índia e em outras regiões tropicais da Ásia, tem uma longa história de uso como remédio e, recentemente, seu ingrediente curcumina tem sido estudado como uma forma de prevenir e tratar o câncer, artrite e doença de Alzheimer.
 
"Embora a talidomida perturbe o microambiente das células tumorais na medula óssea, ela se desintegra no corpo. A curcumina, também ativa contra o câncer, está limitada pela sua fraca solubilidade na água. No entanto, a combinação de talidomida e curcumina nas moléculas híbridas aumenta tanto a cito toxicidade quanto a solubilidade", afirma o líder do estudo, Zhang Shijun.
 
Em comparação com a mistura múltiplas drogas, moléculas híbridas criadas podem proporcionar determinadas vantagens.
 
De acordo com os pesquisadores, elas têm maior potência, redução do risco de resistência aos medicamentos em desenvolvimento, melhoria das propriedades farmacocinéticas, assim como redução de custos e melhoria da adesão dos pacientes.
 
As moléculas híbridas de açafrão e talidomida criaram mais de 15 compostos, cada um com um efeito diferente. Os cientistas descobriram que os compostos 5 e 7 apresentaram toxicidade celular superior em comparação com a curcumina isoladamente ou a combinação de curcumina e talidomida. Além disso, os compostos induziram a morte de células de mieloma múltiplo significativamente.
 
"Em geral, a combinação da especiaria e da droga foi significativamente mais potente do que qualquer um individualmente, o que sugere que esta estratégia híbrida na concepção de medicamentos poderia conduzir a novos compostos com atividades biológicas melhoradas", afirma Grant.
 
A equipe destaca que os resultados também incentivam a otimização dos compostos 5 e 7 para o desenvolvimento de agentes mais potentes como opções de tratamento para mieloma múltiplo.
 
isaude.net

Exercício aeróbico previne disfunção erétil induzida por dieta

Exercício é uma ferramenta poderosa para combater os efeitos adversos da dieta ocidental
Exercício é uma ferramenta poderosa para combater os efeitos
 adversos da dieta ocidental
Animais que ingeriram alimentos ricos em gordura e açúcar, mas que se exercitaram, tiveram menos risco de impotência
 
Equipe de pesquisadores da East Carolina University, nos EUA, demonstrou que o exercício aeróbico melhora tanto a disfunção erétil quanto a função dos vasos que fornecem sangue ao coração em animais colocados em uma dieta rica em gordura.
 
 
Durante 12 semanas, os pesquisadores alimentaram um grupo de ratos com alimentos que refletiam a dieta ocidental, rica em açúcar e com quase metade de suas calorias provenientes de gordura. Outro grupo de ratos ingeriu um padrão saudável de ração. Metade dos animais de cada grupo se exercitou cinco dias por semana, correndo em intervalos em uma esteira.
 
No final do estudo, a função eréctil dos animais foi avaliada através da estimulação elétrica do nervo cavernoso, o que provoca um aumento no fluxo de sangue do pênis e produz uma ereção.
 
Os pesquisadores também examinaram as artérias coronárias dos ratos para ver como elas responderam aos agentes que iriam relaxá-las e manter o fluxo de sangue para o coração, um indicador da saúde cardíaca.
 
Os resultados mostraram que os ratos que comeram a dieta ocidental, mas permaneceram sedentários desenvolveram disfunção erétil e tinham pior relaxamento das artérias coronárias.
 
No entanto, aqueles que comeram a dieta, mas se exercitaram foram capazes de evitar esses problemas.
 
Os animais que comeram a comida saudável foram amplamente capazes de evitar tanto a disfunção erétil quanto a disfunção da artéria coronária.
 
De acordo com os pesquisadores, estes resultados podem sugerir que o exercício é uma ferramenta poderosa para combater os efeitos adversos da dieta ocidental.
 
isaude.net

Biomarcadores preveem momento de recorrência do câncer de ovário

Análise é capaz de discriminar entre pacientes com alto e baixo risco de reincidência do câncer e pode auxiliar tratamento
 
Pesquisadores dos Estados Unidos identificaram biomarcadores de proteínas capazes de prever o tempo de recorrência do câncer de ovário.
 
A equipe desenvolveu ainda um índice do câncer de ovário dirigido por proteína (PROVAR).
 
O câncer de ovário permanece muitas vezes despercebido até que esteja em um estágio avançado. Apesar das respostas positivas ao tratamento inicial, muitos pacientes estão em risco de recorrência do tumor.
 
Uma multiplicidade de marcadores genéticos foi implicada no prognóstico do câncer do ovário. No entanto, o teste genético necessário não é prático ou não está disponível a preços acessíveis em um ambiente clínico.
 
Usando PROVAR, o pesquisador Roel Verchaak e seus colegas do MD Anderson Cancer Center, nos EUA, foram capazes de discriminar entre doentes com alto e baixo risco de recorrência do câncer, bem como determinar o prognóstico de sobrevivência de curto prazo e de longo prazo.
 
De acordo com os pesquisadores, em combinação com o diagnóstico genético, a análise de biomarcadores de proteína pode ser útil para prever os resultados e determinar um plano de tratamento mais eficaz para pacientes de câncer de ovário.
 
 
isaude.net

Terapia genética reverte sintomas de forma grave de autismo

Estudo é o primeiro a mostrar a reversão dos sintomas em ratos totalmente sintomáticos com Síndrome de Rett
 
Pesquisadores da Oregon Health and Sciences University, nos EUA, demonstraram que a terapia genética é capaz de reverter os sintomas da Síndrome de Rett, o mais incapacitante dos transtornos do espectro do autismo.
 
O estudo atual é o primeiro a mostrar a reversão dos sintomas em ratos totalmente sintomáticos, utilizando técnicas de terapia genética que têm potencial para aplicação clínica.
 
A síndrome de Rett é uma doença neurológica ligada ao cromossomo X que afeta principalmente as meninas. Na maioria dos casos os sintomas começam a se manifestar entre 6 e 18 meses de idade.
 
A causa da terrível dos sintomas da Síndrome de Rett está em mutações de um gene ligado ao cromossomo X chamado MECP2 (metil proteína CpG-binding). MECP2 é um gene mestre que regula a atividade de muitos outros genes, ligando-os ou desligado-os.
 
O conceito por trás da terapia genética é simples, entregar um gene saudável para compensar aquele que está mutado.
 
"A terapia genética é bem adequada para esta doença. Devido a MECP2 se ligar ao DNA em todo o genoma, não existe um único gene que atualmente podemos apontar como destino de uma droga. Portanto, a melhor chance de ter um grande impacto sobre a desordem é corrigir o defeito subjacente em tantas células por todo o corpo quanto possível. A terapia genética nos permite fazer isso", afirma o pesquisador Gail Mandel.
 
Genes saudáveis podem ser entregues em células a bordo de um vírus, que age como um 'Cavalo de Troia'. Existem muitos tipos diferentes desses meios de transporte. Mandel utilizou o vírus adenoassociado serótipo 9 (AAV9), que tem a capacidade de atravessar a barreira sangue-cérebro. Isto permite que o vírus e sua carga sejam administrados por via intravenosa, que é menos invasivo.
 
Como o vírus possui um espaço de carga limitado, não é possível transportar o gene MECP2 inteiro. O coautor Brian Kaspar empacotou apenas os segmentos mais críticos do gene. Depois de ser injetado em ratos com Rett, o vírus fez o seu caminho para as células do corpo e do cérebro, distribuindo o gene modificado, que, em seguida, começou a produzir a proteína MeCP2.
 
Tal como em fêmeas humanas com síndrome de Rett, apenas cerca de 50% das células dos ratos possuem uma cópia saudável de MECP2. Após o tratamento com terapia genética, 65% das células passaram a ter um gene MECP2 funcional.
 
Os camundongos tratados apresentaram melhorias profundas na função motora, tremores e convulsões. Em nível celular, o tamanho do corpo inferior de neurônios vistos em células mutantes foi restaurado ao normal. Experimentos bioquímicos mostraram que o gene tinha encontrado o seu caminho para o núcleo das células e estava funcionando como esperado, ligado ao DNA.
 
Um sintoma de Rett que não foi melhorado foi respiração anormal. Os investigadores supõem que corrigir isto pode exigir destinar um maior número de células do que os 15% que tinham sido obtidos no tronco cerebral.
 
"Nós aprendemos que não temos de corrigir todas as células, a fim de reverter os sintomas. Entre 50% e 65% das células com um gene funcional resultou em melhorias significativas", afirma o coautor Saurabh Garg.
 
Mandel e seus colegas advertem que os passos fundamentais permanecem antes de ensaios clínicos poderem começar. "Nosso estudo é um primeiro passo importante para destacar o potencial para tratar os sintomas neurológicos de Rett. Estamos trabalhando para melhorar a embalagem de MeCP2 no vírus para ver se podemos atingir um percentual maior de células e, portanto, melhorar os sintomas ainda mais", afirmam os pesquisadores.
 
De acordo com os pesquisadores, este estudo usou truques genéticos que não poderiam ser diretamente aplicáveis a seres humanos, mas o vetor AAV9 utilizado aqui pode, em princípio, proporcionar um gene terapêutico.
 
isaude.net

Edson Rogatti comenta possível reajuste de 50% da Tabela SUS

Ministro da Saúde confirma meta do governo; para diretor-presidente da Fehosp , a decisão ainda não resolve a crise 
 
Em recente entrevista à Rádio Clube FM, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou um reajuste de 50% nos procedimentos de média complexidade da Tabela SUS (Sistema Único de Saúde), incluindo atendimentos, exames e cirurgias.
 
As medidas anunciadas ainda não coincidem com as expectativas do setor, documentadas em uma carta elaborada durante o 23º Congresso da CMB em Brasília, que reuniu mais de 600 entidades. De acordo com o documento, "as negociações ainda estão distantes das necessidades apresentadas, especialmente no reajuste de 100% da tabela de contraprestação do SUS".
 
Ainda segundo o ofício, as instituições reconhecem que o Incentivo à Contratualização (IAC) na assistência de média complexidade representa uma primeira etapa de atenção aos principais pleitos, assim como o PL que trata das dívidas tributárias, mas nele reforçam a necessidade de garantias e encaminhamento de soluções sequenciais para as demais etapas necessárias à sua sobrevivência, notadamente a integralização do reajuste solicitado e o endividamento com o sistema financeiro.
 
Para o diretor-presidente da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), Edson Rogatti, a iniciativa é boa, mas não suficiente a ponto de resolver a situação das entidades.
 
"A reação do governo é positiva e será um sopro de esperanças, mas ainda precisam reconhecer que as Santas Casas são essenciais, porque são responsáveis por mais de 50% das internações feitas pelo SUS", explica. Rogatti ainda explica que as instituições vivem uma profunda crise de sustentabilidade e endividamento.
 
"A deficiência das mais de 2 mil Santas Casas e hospitais filantrópicos se arrasta há anos. Por isso, o reajuste de 100% na Tabela SUS ainda é nosso objetivo, pois somente assim as entidades poderão se salvar de um colapso para o setor".
 
Entre as outras reivindicações da Carta, encontra-se, por exemplo, a declaração do estado permanente de assembleia geral do segmento, esperando que o setor Saúde efetivamente receba das instâncias governamentais a atenção prioritária que a população brasileira tem exigido.
 
A Comissão da Fehosp irá dar continuidade aos trabalhos pleiteando e apontando as principais defasagens da tabela para que o setor encontre equilíbrio.

FEHOSP

Farmacêuticas versus médicos: existem limites para a interação?

Suborno promovido por grandes indústrias multinacionais contra profissionais de saúde chineses levantam questionamentos sobre regras no Brasil
 
O Ministério Chinês de Segurança Pública emitiu comunicado, em julho deste ano, alegando que executivos da subsidiária local de uma grande multinacional farmacêutica tinham sido acusados de subornar médicos chineses por longos períodos. Esses executivos teriam persuadido os médicos a prescrever determinados medicamentos para pacientes. Na comunicação, a autoridade chinesa alega terem sido pagos aos médicos “valores volumosos”, os quais teriam sido operados por meio de agências de viagens, médicos, hospitais e outros profissionais, com o objetivo de “inaugurar canais de venda e aumentar receitas farmacêuticas”.
 
Enquanto desenvolvem-se procedimentos administrativos e processos judiciais, diversas questões devem ser feitas em conexão com essas acusações. Especificamente para o Brasil, uma dúvida precisa ser encaminhada: existem regras objetivas limitando os níveis de interação entre a indústria farmacêutica e os profissionais do setor médico?
 
Sim, elas existem e não são nada subjetivas. Não se questiona que a indústria farmacêutica necessita, constantemente, contatar profissionais de saúde de forma a alcançar, com a maior eficiência possível, os benefícios da pesquisa biomédica, bem como para evoluir do desenvolvimento de terapias dedicadas à prevenção, diagnóstico e tratamento de condições adversas de saúde.
 
Contudo, de forma a assegurar níveis de confiança e ética no relacionamento, bem como garantir o cumprimento das regras e padrões aplicáveis no Brasil (e não apenas aqueles existentes nos países sede das matrizes das companhias), as operações brasileiras deverão desenvolver, implantar e, especialmente, manter atualizadas políticas factíveis e realistas, que estabeleçam os objetivos, contextos e limites para a interação indústria/profissional da saúde.
 
Não obstante a ampla variedade de temas que poderiam constar em uma política de relacionamento, as diretrizes mais adequadas devem encaminhar, com atenção e foco local, os seguintes itens: oferta de presentes; pagamento de alimentação; distribuição de amostras; permissão de acesso de profissionais às instalações da companhia, incluindo para fins de pesquisas; patrocínio de atividades de educação médica continuada; participações endossáveis em palestras e autoria de artigos científicos.
 
Na dúvida sobre cobrir ou não um tópico em determinada política, é recomendável refletir sobre a possibilidade de que toda iniciativa que merece investimento e atenção do ponto de vista de vendas e de promoção, mereceria, igualmente, foco sob a ótica de compliance.
 
Especificamente, a premissa das interações com médicos deve ser aquela que expressamente estabeleça ao profissional que ele não terá qualquer obrigação de angariar, referenciar ou arregimentar pacientes para a indústria farmacêutica. E o profissional médico não deverá, de forma alguma, receber benefícios em decorrência desses atos, tampouco ser sancionado por não fazê-lo.
 
No que tange às particularidades brasileiras, cabe notar resoluções e determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e dos Conselhos Médicos que, em alguma medida, já estabelecem deveres de divulgação quanto à existência de relacionamento entre médicos e a indústria farmacêutica. Não se trata do Sunshine Act brasileiro, mas também não se pode advogar pela inexistência de um modelo local próprio.
 
Independentemente da sua complexidade, extensão ou estrutura, toda e qualquer política de compliance farmacêutico que pretenda ser eficiente deverá manter um simples e extremamente indelével objetivo: manter a cultura corporativa, em todos os seus níveis, que seja construtiva e diretamente permita aos profissionais médicos exercer livremente suas atividades, incluindo, especialmente, sua autonomia de adotar suas decisões médicas e profissionais sem ingerência da indústria.
 
Para os executivos com dificuldades em aceitar tal premissa ou mesmo implantá-las, fica uma previsão. Sua próxima atividade de interação com profissionais com médicos poderá estar ameaçada. Assim como a sua reputação e a da sua companhia.
 
*Benny Spiewak é advogado, sócio responsável pelas áreas de Defesa, Propriedade Intelectual, Life Sciences e Tecnologia do escritório ZCBS – Zancaner Costa, Bastos e Spiewak Advogados; especialista em Propriedade Intelectual e Tecnologia pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP); especialista em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia pelo The Franklin Pierce Law Center (Concord, EUA) e mestre em Direito da Propriedade Intelectual (LLM), formado pela The George Washington University. Contato: benny.spiewak@zcbs.com.br
 
SaudeWeb

Nova interpretação altera julgamentos de erros médicos

Instituto da perda da chance é caracterizado pelas situações em que vítima fica privada de alcançar uma vantagem, explica a advogada Gislene Barbosa da Costa
 
O pedido de indenização por perdas e danos pode ser formulado pelo paciente e/ou seus familiares nos casos de erro médico, desde que presentes os tradicionais requisitos da responsabilidade civil, que são: (i) a culpa (por negligência, imprudência ou imperícia do médico), (ii) o dano (prejuízo efetivo e concreto causado ao paciente) e (iii) nexo causal (relação entre o erro médico e o dano).
 
No entanto, é aconselhável que a classe médica esteja atenta a um novo gênero da responsabilidade civil que vem sendo aplicado pelos Tribunais, o qual relativiza esses requisitos. Trata-se do instituto da perda da chance, que surgiu na França na década de 60 e é caracterizado pelas situações em que, por culpa do agente, a vítima fica privada de alcançar uma vantagem ou evitar uma perda. Exemplo clássico é o do candidato impedido de prestar um concurso por culpa de terceiro. Na seara médica, pode ser citado o exemplo do paciente, acometido de doença grave, que é submetido a um tratamento médico equivocado e vem a falecer em razão daquela doença pré-existente ao tratamento.
 
Observe-se que, especificamente nesse último exemplo, não há nexo de causalidade direto entre o dano (falecimento) e a imperícia do médico que aplicou um tratamento equivocado, pois a causa do óbito foi a doença que já existia antes de haver sido cometido o erro médico, e não há garantia de que o tratamento correto impediria o falecimento. Na doutrina tradicional, ausente o nexo de causalidade, inexiste a responsabilidade civil e, portanto, não haveria obrigação do médico de indenizar. No entanto, os Tribunais têm entendido que o simples fato do paciente ser impedido de se submeter ao tratamento correto, o qual, ainda que somente em tese, poderia lhe trazer um benefício, representa um dano que deve ser indenizável. Vale dizer, a mera chance do tratamento já é um bem jurídico indenizável.
 
Esse tipo de situação foi recentemente objeto de julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça no recurso especial nº 1.254.141-PR, decisão publicada em 20.02.2013, em ação proposta pelo viúvo da vítima e seus filhos, em face do médico que tratou da paciente. A ministra relatora do caso, Nancy Andrighi, aplicou a teoria da perda da chance, defendendo que “não há necessidade de se apurar se o bem final (a vida, na hipótese deste processo) foi tolhido da vítima. O fato é que a chance de viver lhe foi subtraída, e isso basta. O desafio, portanto, torna-se apenas quantificar esse dano, ou seja, apurar qual o valor econômico da chance perdida”. Esse entendimento, provavelmente, norteará decisões judiciais futuras sobre o tema.
 
Portanto, a defesa geralmente apresentada pela classe médica nas ações de indenização nos casos de erro médico, que via de regra defende a ausência dos requisitos tradicionais da responsabilidade civil (culpa, dano ou nexo causal), deve agora revista para contemplar também a situação sob a ótica da teoria da perda da chance, a qual relativiza esses requisitos.
 
* Gislene Barbosa da Costa, advogada integrante do escritório LO Baptista Schmidt Valois Miranda Ferreira e Agel Advogados
 
SaudeWeb

Profissionais do Mais Médicos receberão tablet do governo

Equipamentos devem servir como meio de comunicação em postos de saúde e para prover conteúdo médico, legal e para o ensino de língua portuguesa
 
O profissionais brasileiros e estrangeiros que aderiram ao Programa Mais Médicos receberão tablets para se comunicarem – das localidades distantes em que estiverem – e para que recebam conteúdos de saúde e de língua português. Os supervisores do programa também receberão o equipamento, informou o jornal Folha de S. Paulo.
 
Será um tablet com conexão de dados wireless, disponível nas unidades de saúde. Fora do local de trabalho os planos de dados serão custeados pelo próprio profissionais, segundo o Ministério da Saúde. Entre os aplicativos disponíveis, um dicionário espanhol-português e documentos (portarias e protocolos) da área de Saúde, entre outros materiais.
 
A Folha também informou que começa na próxima segunda-feira (26) o curso de três semanas para os médicos formados no exterior, previsto pelo edital do Mais Médicos. Fazem parte do currículo simulações de consultas nos postos de saúde, apresentação de filmes e oficinas elaboradas pelo Ministério da Educação (MEC).
 
Serão repassadas ainda informações sobre o funcionamento do sistema de saúde brasileiro, o SUS, entre outras questões operacionais.
 
SaudeWeb

Anvisa traça perfil dos serviços de hemoterapia do País

Relatório Anual da Avaliação Sanitária de Serviços de Hemoterapia para 2012 divide prestadores em cinco categorias, de acordo com o risco sanitário
 
A Anvisa disponibilizou em seu site o Relatório Anual da Avaliação Sanitária de Serviços de Hemoterapia – 2012. O documento apresenta o perfil sanitário dos serviços de hemoterapia brasileiros, classificados em cinco categorias compreendidas entre baixo e alto risco sanitário.
 
Segundo a agência, a análise levou em conta as avaliações de risco potencial verificadas em relatórios e roteiros de inspeções realizadas pelo Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) no ano de 2012. A Anvisa recebeu e analisou 1053 avaliações, o que equivale a uma amostra de aproximadamente 52% dos 2016 serviços de hemoterapia cadastrados no Sistema Nacional de Cadastro de Serviço de Hemoterapia.
 
Os dados contemplam todas as regiões brasileiras e serviços de diferentes naturezas, sendo a amostra constituída por 47,67% de serviços públicos e por 52,31% de serviços privados ou conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS). A conclusão do trabalho será divulgada no 5º Boletim Anual de Avaliação Sanitária em Serviços de Hemoterapia, que será lançado no Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia, em novembro de 2013 (Hemo 2013).
 
A Lei n° 10.205/01 define Serviço de Hemoterapia como um serviço de saúde com a função de prestar assistência hemoterápica ou hematológica, que pode coletar e processar o sangue, realizar testes de triagem laboratorial, armazenar e distribuir hemocomponentes, realizar transfusões sanguíneas e desenvolver atividades de hemovigilância e retrovigilância, chamado de “ciclo do sangue”.
 
O relatório pode ser acessado (em pdf) no endereço portal.anvisa.gov.br.
 
SaudeWeb

Goiás e DF recebem unidades móveis de atendimento à mulher

Entrega faz parte do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres e atenderá trabalhadoras do campo e da floresta
 
O governo federal doou unidades móveis de atendimento a estados e municípios para prestar serviços de acolhimento e orientação às mulheres em situação de violência no campo e na floresta. Nesta quarta-feira (21), o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participou da cerimônia de entrega dos quatro veículos realizada pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), sendo dois para o Distrito Federal e dois para o Estado de Goiás. Cerca de 200 trabalhadoras rurais serão beneficiadas.
 
As doações atendem um compromisso assumido em 2011 pela presidenta Dilma Rousseff com as trabalhadoras rurais que compõem a Marcha das Margaridas. Ao todo serão doados 54 veículos (dois por estado). O valor unitário de cada unidade móvel é de R$ 550 mil. A Paraíba foi o primeiro estado a receber as unidades, entregues no início do mês.
 
Cada unidade móvel é composta de duas salas equipadas para atendimento multidisciplinar, cujos serviços oferecidos dependerão da articulação feita com as prefeituras. Prioritariamente, serão envolvidos o sistema de justiça, segurança pública e atendimento psicossocial. A gestão de logística e o itinerário dos ônibus são de responsabilidade dos governos estaduais e dos municípios, com monitoramento da SPM e do Fórum Nacional de Enfrentamento à Violência no Campo e na Floresta.
 
A entrega das unidades móveis compõe a agenda do programa “Mulher, Viver sem Violência” / Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, do governo federal. O principal objetivo é ampliar o acesso e proteção dessas mulheres pela Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006).
 
Agência Saúde

Confira dicas de como manter a higiene feminina em viagens

Confira dicas de como manter a higiene feminina em viagens Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação
Lenços íntimos são um item importante para se manter na
bolsa em todas as situações da viagem
Especialistas recomendam os lenços hipoalérgicos com pH ácido, especiais para a região íntima
 
Preparar as malas para uma viagem, de férias ou de negócios, requer atenção especial aos itens de higiene pessoal. Afinal, ninguém que ser surpreendida pela falta da escova de dentes ao chegar ao hotel no meio da madrugada ou ter uma emergência no voo e lembrar que os lenços íntimos estão dentro da mala despachada.
 
Para evitar surpresas desse tipo, confira algumas reuniu dicas práticas para ajudar as viajantes de plantão:
 
No voo
Escolha roupas e calçados confortáveis. Peças apertadas podem ser prejudiciais para a região íntima. Mulheres que usam frequentemente roupas justas ou ficam com a região íntima abafada por muito tempo podem desenvolver irritações genitais e até infecções.
 
Outra dica é deixar na bagagem de mão itens como lenços íntimos, protetor de calcinha (respirável), absorventes e lenços de papel. Eles serão aliados em situações de emergência no avião e também no resto da viagem, já que são ideais para a higiene fora de casa. De acordo com o Guia sobre Higiene Íntima, da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), a aplicação do lenço íntimo deve ser suave e o uso não deve ser abusivo, para não remover a camada protetora da pele. Os especialistas recomendam os lenços hipoalérgicos com pH ácido, especiais para a região íntima.
 
Na viagem
Os lenços íntimos são um item importante para se manter na bolsa em todas as situações da viagem, já que nem sempre é possível encontrar um banheiro estruturado em atrações turísticas.
 
Em locais com temperatura elevada, o uso prolongado de biquíni molhado, roupas justas e intensa atividade física, por exemplo, aumentam a umidade da região genital e prejudicam a ventilação, favorecendo o aparecimento de incômodos, como coceira, irritação e até fissuras da pele.
 
Também é aconselhável incluir um sabonete líquido íntimo na mala para manter o pH da região íntima equilibrado e ajudar a evitar quadros irritativos. De acordo com o Guia FEBRASGO deve-se dar preferência aos líquidos e com pH ácido (entre 4,2-5,6)3, porque os sabonetes em barra costumam ser alcalinos e essa alcalinidade pode agredir a camada protetora da pele da região vaginal, diminuindo a acidez e aumentando o risco de alergias.
 
— Ao contrário do que se imagina, as mulheres devem dar preferência aos sabonetes que produzem pouca espuma porque limpam a pele suavemente sem remover sua camada protetora. Os sabonetes também não devem conter substâncias antissépticas que matam os germes considerados bons (naturais) da pele — afirma o ginecologista especialista em higiene íntima feminina Paulo Giraldo, que também é professor titular de Ginecologia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e vice-presidente da Comissão de Doenças Infectocontagiosas da FEBRASGO.
 
Zero Hora

Saiba por que a vontade sexual diminui após a gravidez

Saiba por que a vontade sexual diminui após a gravidez Simona Balint/Stock photo
Foto: Simona Balint / Stock photo
Libido da mãe e do pai pode ser modificada devido à nova
 rotina da casa
Pouca lubrificação, o que causa dor e desconforto, é um dos motivos para a falta de interesse
 
Toda mulher sabe que a gravidez mexe com o humor e com seus desejos. A constante oscilação hormonal pode causar insônia, mudanças de temperatura corpórea e inclusive a diminuição da libido, principalmente depois do parto.

Se nessa fase você não tem vontade de manter uma relação sexual ativa com o seu marido, não precisa se preocupar, pois isso é normal. Mas como explicar essa falta de interesse?

Segundo a ginecologista e obstetra Erica Mantelli, a placenta é uma das fontes de produção de hormônio na gravidez e quando ela é expelida acontece uma queda nos níveis hormonais e, assim, começa o processo de amamentação.

É nessa fase que pode ocorrer uma leve atrofia dos órgãos que dependem de estrogênio, como é o caso da vagina, que apresenta diminuição de suas mucosas e também da lubrificação, causando desconfortos durante a relação. A culpa, entretanto, não é só da mudança fisiológica.

O fato da mulher se tornar mãe também pode influenciar na falta de interesse pelo sexo, já que ela coloca o bebê como prioridade, principalmente porque ele é recém-nascido, deixando de lado as vontades do companheiro.

A primeira vez após o parto
Erica destaca que o casal deve esperar um tempo até ter a primeira relação, normalmente até o médico liberar a mulher para as relações sexuais. A ginecologista explica que o ideal é aguardar entre 40 e 60 dias após o parto pois, logo depois dele, a mulher libera uma secreção vaginal chamada loquiação e, caso haja um contato sexual com o homem, ambos podem sofrer infecções.

Nessa fase a penetração também pode ser dolorosa, além de aumentar o risco de a mulher desenvolver algum tipo de contaminação no útero, pois o colo muitas vezes não está completamente fechado.

— O casal deve ter consciência que o fato de não ter penetração não significa que eles precisam evitar qualquer tipo de contato. Tanto a mulher como homem podem fazer carícias, o que faz bem para a relação — aconselha.

Outra preocupação do casal é se o sexo vai ser menos prazeroso com a chegada do filho. A libido da mãe e do pai pode ser modificada devido à nova rotina da casa e, além disso, choros do bebê e preocupações podem afetar o desejo sexual. Mas isso não precisa interferir na relação do casal, principalmente se tiverem o hábito sempre de conversar a respeito de como eles podem preservar a vida a dois, sugere a ginecologista.

É normal sentir dor nas primeiras relações?
A falta de lubrificação pode dificultar o sexo e causar dor e desconforto. Mas, com o retorno da menstruação, os hormônios se estabilizam, e o sexo pode voltar a ser prazeroso.

Além disso, outros fatores como noites mal dormidas, cansaço e baixa autoestima devido à insatisfação com o corpo também podem dificultar a relação.

Agora, se você percebeu que o seu prazer reduziu — e muito —, vale a pena procurar ajuda de um especialista.

— O ideal é esperar até os hormônios se estabilizarem, mas, enquanto esse momento não chega, o casal pode lançar mão de produtos lubrificantes vaginais e técnicas de relaxamentos, grandes aliados da libido — recomenda a ginecologista.

Vá devagar, encontre uma posição confortável e se acostume com as interrupções que poderão acontecer daqui pra frente quando o bebê chorar. A dica é relaxar e aproveitar o momento a dois, finaliza Erica.
 
Zero Hora

Conselho Federal de Medicina classificou de eleitoreira a importação de médicos

Para entidade, medida agride direitos individuais e humanos, além de expor a saúde da população
 
Em nota, o Conselho Federal de Medicina (CFM) classificou como "eleitoreiro, irresponsável e desrespeitoso" o anúncio de importação de médicos cubanos feito nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde. Para a entidade, a medida agride direitos individuais, humanos, do trabalhador e ainda expõe a saúde da população a situações de risco.
 
— É uma irresponsabilidade trazer médicos de fora, sejam cubanos, sejam brasileiro formados no Exterior, sem a devida verificação da competência técnica — avaliou Roberto d'Ávila, presidente do CFM.
 
"O Conselho Federal de Medicina condena de forma veemente a decisão irresponsável do Ministério da Saúde que, ao promover a vinda de médicos cubanos sem a devida revalidação de seus diplomas e sem comprovar domínio do idioma português, desrespeita a legislação, fere os direitos humanos e coloca em risco a saúde dos brasileiros, especialmente os moradores das áreas mais pobres e distantes", diz a entidade em nota.
 
Em maio deste ano, antes do lançamento do Programa Mais Médicos, o governo brasileiro anunciou que estava fazendo um acordo com o governo cubano, com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde, para a vinda de 6 mil médicos cubanos que trabalhariam nas regiões brasileiras mais carentes. Porém, em julho o governo lançou o Programa Mais Médicos, que inicialmente só aceitava inscrições individuais.
 
Na coletiva à imprensa sobre o balanço final da primeira etapa do Mais Médicos, que teve apenas 10% da demanda atendida, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, voltou a cogitar a busca de acordos com outros países e universidades para a vinda de médicos para regiões que não atraíram inscrições individuais. "Trata-se de uma medida que nada tem de improvisada, mas que foi planejada nos bastidores da cortina de fumaça do malfadado Programa Mais Médicos', defende o CFM sobre a vinda dos médicos cubanos.
 
Para a entidade, o Mais Médicos divide a população em cidadãos de primeira e de segunda categoria. O conselho adianta que, "serão envidados esforços, inclusive as medidas jurídicas cabíveis, para assegurar o Estado Democrático de Direito no país, com base na dignidade humana".
 
O ministro Padilha ressaltou na tarde desta quarta-feira que, entre os dias 26 de agosto e 13 de setembro, os médicos cubanos, assim como os inscritos individualmente no Programa Mais Médicos e que têm diploma estrangeiro, vão participar de aulas sobre saúde pública brasileira e língua portuguesa, totalizando carga horária de 120 horas. Os médicos que forem aprovados começam a atender a população na segunda quinzena de setembro.
 
Apesar de os conselhos regionais de Medicina (CRM) ameaçarem não dar o registro provisório para os profissionais sem revalidação do diploma, o Ministério da Saúde diz que a concessão de registro profissional segue a regra fixada na medida provisória que instituiu o Programa Mais Médicos, ou seja, os médicos terão autorização especial para trabalhar por três anos exclusivamente nos serviços de atenção básico em que forem lotados no âmbito do programa e o registro terá que ser concedido pelos CRMs.
 
Zero Hora/Agência Brasil

Conheça os dez erros mais comuns na hora de cuidar da beleza

Conheça os dez erros mais comuns na hora de cuidar da beleza Inmagine Free/Reprodução
Foto: Inmagine Free / Reprodução
A falta de proteção solar e a desatenção a problemas
de pele hereditários, como acne, podem ocasionar
sérios problemas futuros
Pequenos cuidados podem fazer a diferença para a saúde da pele
 
O mercado da estética oferece cada vez mais opções para quem quer cuidar da beleza. Entretanto, com tantos produtos disponíveis, ocorre uma confusão entre o que é certo e errado para manter a vaidade.
 
Segundo a dermatologista Miriam Sabino, simples hábitos que as mulheres acham que são corretos podem fazer mal à pele.
 
— A falta de proteção solar e a desatenção a problemas de pele hereditários, como acne, podem ocasionar sérios problemas futuros. Sem a hidratação diária correta a pele fica mais suscetível a rugas precoces, manchas de todos os tipos, câncer de pele e aumento de incidência de doenças virais, como herpes — explica.
 
A melhor forma de prevenir as rugas, marcas de expressão, bigode chinês e manchas na pele é usar o protetor solar diariamente, mesmo que o dia esteja nublado.
 
— É um grande erro achar que, por estarmos no inverno, a pele não precisa de proteção contra o sol. Os raios solares atingem a pele da mesma forma. Portanto, bloqueie esse risco todos os dias — aconselha a especialista.
 
A dermatologista Miriam Sabino alerta para dez erros que costumam ser cometidos pelas mulheres:
 
1) Não lavar o rosto à noite
As mulheres tendem a passar o dia todo maquiadas e deixar os resquícios da maquiagem junto com o acúmulo de sujeira do dia só contribui para a obstrução dos poros, o que pode causar a acne. É importante, portanto, lavar o rosto toda a noite, antes de deitar.
 
2) Diversos produtos ao mesmo tempo
BB Cream, protetor solar, creme anti-idade, cosmético para prevenir acne e cravos. Aplicar todos esses produtos um atrás do outro só prejudica a pele. Muitos cremes fornecem os mesmos ativos ou então ingredientes que são compatíveis. O ativo de um produto pode acabar cancelando o efeito do outro, o que pode causar irritação na pele. O ideal é tratar um problema de cada vez.
 
3) Usar condicionador da mesma forma que o shampoo
Passar o condicionador no cabelo é outro erro. Dessa forma, você vai estar só desperdiçando o produto, além de tornar a raiz do seu cabelo oleosa. A dica é aplicar o produto a partir da altura das orelhas até as pontas.
 
4) Banho prolongado
Permanecer muito tempo no chuveiro só atrapalha. A água remove os óleos naturais e os hidrolipídicos que são os responsáveis por zelar pela umidade que protege a sua pele e o cabelo, causando o ressecamento. A dermatologista indica que a água esteja morna, que o banho não passe de 20 minutos e, se possível, usar sabonetes neutros e também hidratantes. Mas, se você não dispensa um banho quente, procure usar óleos para banho para que sua pele não fique ressecada.
 
5) Exagerar no tratamento contra as manchas
O uso excessivo dos ácidos que são utilizados nos tratamentos para manchas podem provocar queimaduras, irritação, descamação e vermelhidão. Siga todas as orientações do seu médico e evite aplicá-los mais de três vezes por dia.
 
6) Usar hidratante para driblar o inchaço no rosto
Uma bolsa pode se formar ao redor dos olhos devido à retenção de líquido, o que costuma acontecer também em períodos menstruais. Para diminuir esse inchaço não é recomendado aplicar cremes e hidrantes. O que pode ser feito é colocar uma compressa fria ou uma bolsa de gelo por 10 a 15 minutos.
 
7) Não hidratar o pescoço
Para ter uma pele bonita e saudável não basta só se preocupar com o rosto. A região do queixo e pescoço também deve ser hidratada diariamente. A pele do pescoço é mais fina e sensível. Além disso, essa região fica mais exposta a agressões de fatores externos como sol, vento, frio e até a luz de lâmpadas. A fórmula para cuidar do pescoço é simples: hidratação e protetor solar.
 
8) Cosméticos vencidos
Não importa se é hidratante, sombra, pó, batom ou blush. Aplicar produtos vencidos na pele aumenta a proliferação de micro-organismos e pode causar alergias ao entrar em contato com a pele.
 
9) Depilar e tomar sol
A depilação também exige atenção e cuidados, principalmente se for com a cera, que retira as células superficiais que protegem a pele. Evite tomar sol após a depilação, pois a pele está muito sensível e ainda pode provocar manchas.
 
10) Não ter cuidado com as unhas postiças
As unhas postiças podem agredir a unha por causa da cola que é utilizada para fixação. Quem usa esse tipo de unha precisa manter um cuidado redobrado na hora de colocar e retirar. Retirá-las arrancando pode levar junto a camada de proteção superficial da sua unha e enfraquecê-la.
 
Zero Hora