Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Brasileiras arriscam a vida para interromper a gravidez, diz jornal britânico

Reprodução / The Guardian
Aborto é ilegal no Brasil, mas demanda é alta
Segundo o The Guardian, brasileiras "parecem recorrer a medidas cada vez mais perigosas"
 
Nos últimos meses, a médica Ana Teresa Derraik, diretora clínica do Hospital da Mulher do Rio de Janeiro, tem vivido momentos tensos. Em setembro, três mulheres foram atendidas no hospital estadual depois de terem injetado produtos químicos corrosivos no útero. Uma morreu, uma sobreviveu. A terceira, de 25 anos, perdeu os dois pés após ser submetida à cirurgia que conseguiu mantê-la viva. As informações são do jornal The Guardian.
 
No mês passado, uma paciente de 26 anos morreu ter sido submetida a um procedimento similar — uma tentativa excepcionalmente perigosa de aborto clandestino, lamenta Ana Teresa.
 
— É muito triste. Mas, qualquer investigação sobre o que ocorreu poderia resultar em processo.
 
Embora o aborto seja ilegal no Brasil — exceto em circunstâncias muito limitadas — a demanda é alta. Pesquisas estimam que 600 mil a 1 milhão de mulheres se submetem ao procedimento a cada ano. E as mulheres parecem recorrer a medidas cada vez mais desesperadas e perigosas.
 
Segundo Beatriz Galli, assessora de política da organização internacional de direitos reprodutivos Ipas, "não há nenhum lugar seguro de aborto no Rio, não importa quanto você pode pagar".
 
No Brasil, o aborto só é legalmente admissível quando a vida da mãe está em risco, a gravidez é resultado de estupro ou o feto tem anencefalia — uma condição que resulta no bebê sem uma parte do cérebro e do crânio, deixando-o incapaz de sobreviver.
 
Para Beatriz, o único sinal de progresso neste assunto é a recente frequência do tema no debate público. No entanto, fechar clínicas inseguras não protege as mulheres.
 
— Isso oferece ainda mais oportunidades para gangues criminosas em um comércio lucrativo. O aborto é um evento comum na vida das mulheres, essa é a realidade, e enquanto houver demanda, a oferta vai seguir. Estou muito preocupada com o que está por vir. 

R7

Chá de sementes de Girassol

O centro das pétalas de coloração amarelo-vivo do girassol está repleto de sementes que apresentam cor verde-acinzentado ou preta e são envolvidas por uma casca
 
As sementes de girassol são extremamente benéficas à nossa saúde, sendo uma das maiores fontes de nutrientes, compostas por proteínas, fibras, vitaminas, minerais e gorduras insaturadas consideradas “gorduras boas”, como o ômega 6 (ácido linoleico) e ômega 9 (ácido oleico).
 
Os benefícios da semente de girassol
 
- É rica em ácidos graxos essenciais e, por isso, é uma ótima fonte de energia para o nosso corpo;
 
- Contém um elevado teor das vitaminas B e B1, que proporcionam o bem estar psicológico;
 
- As gorduras poli-insaturadas presentes nas sementes de girassol atuam na redução do mau colesterol (LDL) e agem como antioxidantes na formação e recuperação muscular;
 
- Atua na saúde cardiovascular, auxiliando na prevenção de doenças como infarto, derrame e outros;
 
- Ajuda a manter os níveis de colesterol no sangue sob controle;
 
- As fibras presentes na semente de girassol auxiliam no bom funcionamento do intestino, regularizando o trânsito gastrointestinal, além de prolongar a sensação de saciedade;
 
- Além dos nutrientes que já expomos, a semente de girassol também é rica em magnésio, mineral que, em falta no organismo, pode causar dor muscular, fadiga, câimbra e enxaqueca;
 
- A vitamina E também está presente nesta semente e é uma das mais importantes no combate ao envelhecimento precoce.
 
Como a semente de girassol é utilizada?
Devido ao seu elevado teor de óleo, a semente de girassol é uma das principais fontes em óleos poli-insaturados.
 
Suas aplicações são as seguintes:
 
Óleo de girassol para emagrecimento
O óleo de semente de girassol ajuda no processo de emagrecimento, por ter a capacidade de inibir uma enzima conhecida como LPL, responsável por transferir a gordura circulante no sangue para as células adiposas. Com isso, o organismo tem que utilizar o estoque de energia já existe como sua principal fonte.
 
Óleo de girassol para a pele
Este óleo é benéfico sobre a cicatrização da pele e é muito utilizado como hidratante para peles sensíveis de crianças e bebês.
 
Chá das sementes de girassol
Além do óleo, também pode ser feito um chá de sementes de girassol. Confira a receita a seguir:
 
Ingredientes:
– 2 colheres de sopa de sementes de girassol torradas;

– 1 litro de água.
 
Modo de preparo:
Leve ao fogo a água juntamente às sementes de girassol e deixe ferver. Após isso, desligue o fogo. Espere amornar e coe. A indicação de consumo é de quatro xícaras deste chá ao longo do dia.
 

Gel contraceptivo injetável em homens poderá substituir a vasectomia, saiba detalhes

Diferentemente do procedimento cirúrgico, existe a possibilidade de reverter com o efeito do gel
 
Para os homens que não querem ter filhos, mas não gostam de usar preservativo e nem cogitam a ideia fazer uma vasectomia, uma nova substância pode ajudar a prevenir “surpresas”.  
 
Cientistas de San Francisco, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo um gel que impede a passagem do esperma pelo canal deferente ― caminho do esperma ― prevenindo assim qualquer chance de concepção. As informações são do site DailyMail.
 
De acordo a diretora da Fundação Parsemus ― responsável pela criação do gel ―, Elaine Lissner, o Vasagel é semelhante e tão eficaz quanto o DIU feminino.
 
 Embora o produto ainda não esteja pronto para seres humanos, os testes em coelhos e babuínos têm se mostrado muito eficazes. Uma segunda injeção do produto dissolveu o bloqueio no canal e permitiu que as chances de fertilização voltassem.
 
Segundo a diretora, a Fundação Parsemus comprou os direitos de produção de um gel semelhante que estava sendo feito no Ocidente, mas trocaram sua formulação. 

― O objetivo é ter o gel no mercado para ser uma alternativa a vasectomia. Esperamos que o primeiro ensaio clínico seja realizado ainda este ano.

R7

Amamentação pode diminuir até 20% o risco da mãe ter câncer de mama

Pesquisa contou com informações de mais de 750 mil mulheres ao longo de 30 anos
 
Rio- A amamentação pode reduzir as chances da mãe ter câncer de mama em até 20%. Pesquisadores examinaram informações de mais de 750 mil mulheres em quatro continentes ao longo de 30 anos e descobriram que a amamentação parece ter um benefício muito mais significativo para a mãe do que se pensava.
 
Segundo o estudo, o aleitamento é “uma poderosa estratégia para reduzir o risco de vários subtipos de câncer de mama agressivo, com uma redução do risco relativo de cerca de 10% a 20%”, disse o estudo.
 
O Reino Unido tem uma das mais baixas taxas de amamentação entre os países desenvolvidos, com apenas 1% seguindo a orientação oficial de dar leite materno para seus filhos até seis meses de idade.
 
Dr. Graham Colditz, diretor associado de prevenção e controle da Escola de Medicina da Universidade de Washington, que participou do estudo, mostrou preocupação com o tema.
 
ADVERTISEMENT

— A adoção mais sistemática do aleitamento materno até completar 12 semanas de amamentação para cada bebê pode reduzir significativamente o subsequente risco de câncer de mama — afirmou Colditz ao Telegraph.

O Globo

ANVISA suspende Botox e outros cosméticos

A Anvisa determinou, nesta sexta-feira (12/12), a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto Botoxx 1000g, fabricado por Embratec Envaso Ltda
 
Foi comprovada irregularidade na notificação do cosmético, que não enviou dados de estabilidade, rotulagem e especificações microbiológicas, além de utilizar o componente “Gluoxilic Acid” em concentração de 25%, acima do limite permitido para cosméticos Grau 1. O produto também não apresenta registro nesta Agência.
 
Também foi suspenso o lote 130820A do cosmético Creme Condicionante Reconstrutor Térmico – Step 2, marca Roccaporena, fabricado por Timage Indústria Comércio de Cosméticos Ltda. O lote, que possui validade até 20/08/2015, apresentou resultado insatisfatório de ensaio de determinação de pH, abaixo da especificação.
 
O produto Kiev Professional 212 Vip Shampoo Dilatador Cuticles e todos os cosméticos fabricados por RB Cosméticos Ltda estão suspensos. A empresa não possui Autorização de Funcionamento (AFE) e CNPJ está inválido.
 
Por último, foi suspenso o Kit Exxa Marroquina – Defrisagem Gradativa Argan Oil, composto pelos produtos: Shampoo Purificante Exxa Marroquina (lote T87875; val.: 08/2016), Selante Nutritivo Exxa Marroquina (lote 878758; val.: 08/2016) e Gloss Redutor de Volume Exxa Marroquina (lote 87872; val.: 08/2016), sendo que este último pode estar sendo vendido isoladamente ou em demais associações. Todos os produtos são fabricados pela empresa Devintex Cosméticos Ltda e apresentaram resultado insatisfatório nos ensaios de análise de rotulagem. O gloss apresentou também resultado insatisfatório no ensaio de pH, que teve sua notificação cancelada por se tratar de um alisante e, portanto, classificado como grau de risco superior ao notificado na Anvisa.
 
Todas as determinações acima foram publicados no Diário Oficial da União (DOU). Clique aqui e confira na íntegra.
 
ANVISA

Cade condena 11 empresas e associação ortopédica por fraude em licitações

Dez anos depois de instaurar um procedimento para apurar fraudes de fabricantes de órteses e próteses ortopédicas em licitações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) condenou, ontem (10), 11 empresas pela prática de cartel
 
O conselho também condenou a Associação Brasileira de Ortopedia Técnica (Abotec) por elaborar e divulgar uma tabela de preços mínimos que, posteriormente, as empresas usaram para embasar as propostas apresentadas às gerências regionais do INSS no estado de São Paulo. Somadas, as multas aplicadas chegam a R$ 2,2 milhões.
 
Segundo o relator do caso, conselheiro Gilvandro Araújo, durante a fase de cotação de preços, as fabricantes apresentaram propostas de preços estimados diferentes umas das outras. Nas fases seguintes da licitação para a escolha da fornecedora dos produtos, as empresas apresentaram novas propostas, nas quais, com base na nova tabela em que a Abotec apontava os custos, margens percentuais de lucro e despesas para a confecção de 130 tipos de produtos ortopédicos, os preços eram maiores.
 
“Após a elaboração da tabela de preços mínimos pela Abotec, as empresas a ela filiadas tiveram o incentivo de adotar preços similares, quando não idênticos, nas propostas ofertadas nos certames licitatórios”, afirmou o relator, apontando outras inconsistências no processo, como o fato de que empresas desabilitadas por terem combinado preços apresentaram recursos com redação idêntica.
 
O sobrepreço encontrado nas propostas vencedoras variava entre 18% e 31% e só não chegou a causar prejuízos aos cofres públicos porque as fabricantes foram desclassificadas. A estimativa do Cade é que, se a ação não tivesse sido identificada, 13 mil segurados do INSS teriam sido privados de receber as próteses necessárias à sua reabilitação.
 
Além de pagar as multas, as empresas estão proibidas de participar de quaisquer licitações realizadas pela administração pública federal, estadual e municipal e por entidades da administração pública direta pelos próximos cinco anos. A decisão será informada à Controladoria-Geral da União (CGU).
 
As empresas condenadas são a Mathias Ltda; Ortopedia Lapa; Kamia; Germânia; Fubelle; Americana; Ortopedia A Especialista; Ortoservice Comércio e Serviços Ortopédicos; Ortolab Órtese e Prótese; Casa Ortopédica Philadélfia e Estar Bem Aparelhos Ortopédicos e Podologia. A Agência Brasil entrou em contato com a Abotec, representante do setor, mas não conseguiu falar com seus representantes até o momento da publicação desta reportagem.
 
Agência Brasil

Auditoria revela que dívida da Santa Casa de SP é superior a R$ 773 milhões

Uma auditoria na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo revelou que a crise financeira na instituição é maior que a anunciada
 
Em setembro, averiguação de representantes da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, do Ministério da Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e do Conselho Estadual de Saúde mostrou que a dívida alcançava R$ 433,5 milhões. A nova auditoria, feita pela empresa BDO Brazil, indicou que o montante devido pela Santa Casa é superior a R$ 773 milhões.
 
A maior dívida, relativa à folha de pagamento de funcionários, ultrapassa R$ 114,2 milhões. Na sequência, os débitos com fornecedores alcançam R$ 104,5 milhões.
 
Entre as irregularidades identificadas pela nova auditoria na administração da Santa Casa, destacam-se pagamentos de bônus com indicadores de preços desfavoráveis, compra de material superfaturado, contratação de empresas prestadoras de serviços em condições desfavoráveis, adoção de política de cargos e salários incompatível com sua condição financeira e até subutilização de equipamentos.
 
Em julho deste ano, a Santa Casa, que é o maior centro de atendimento filantrópico da América Latina, fechou o pronto-socorro, suspendendo as cirurgias eletivas e os exames laboratoriais, afetando aproximadamente 6 mil pessoas. Um dia após o anúncio do fechamento, a Santa Casa reabriu o pronto-socorro e retomou os atendimentos.
 
Procurada pela Agência Brasil, a Santa Casa não comentou o resultado da auditoria. 
 
Agência Brasil

Rede Cegonha | Brasil apresenta queda nos índices de mortalidade infantil

Crédito: Michelle D. Milliman
Crédito: Michelle D. Milliman
De acordo com os dados das Tábuas Completas de Mortalidade divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de mortalidade infantil ficou em 15 bebês para cada mil nascidos vivos em 2013, considerando crianças de até 1 ano de idade
 
Em 2012, a proporção foi de 15,7 óbitos na mesma faixa etária para cada mil nascidos vivos. De 1990 a 2012, a taxa de mortalidade infantil no Brasil reduziu 70,5%.
 
Em 2011 o governo federal lançou a Rede Cegonha. O programa tem o objetivo de proporcionar saúde, qualidade de vida e bem estar às mulheres durante a gestação, parto, pós-parto e o desenvolvimento da criança até os dois primeiros anos de vida, além de reduzir a mortalidade materna e infantil e garantir os direitos sexuais e reprodutivos de mulheres, homens, jovens e adolescentes. A proposta qualifica os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no planejamento familiar, na confirmação da gravidez, no pré-natal, no parto e no puerpério, que são os 28 dias após o parto. Atualmente a Rede Cegonha desenvolve ações em 5.488 municípios, alcançando 2,6 milhões de gestantes.
 
Entre as ações do programa está a implantação de Centros de Parto Normal (CPN), onde a mulher é acompanhada por uma enfermeira obstetra ou obstetriz, num ambiente preparado para que possa exercer as suas escolhas, como se movimentar livremente, ter acesso a métodos não farmacológicos de alívio da dor.
 
Em depoimento nas Redes Sociais do Ministério da Saúde, Ana Cláudia Coelho Móre Félix compartilhou sua experiência na Maternidade Gota de Leite, localizada em Marília, no estado de São Paulo. “Sou paciente que utiliza frequentemente um plano de saúde, mas, ao optar por ter um parto normal, acabei sendo atendida pelo SUS na maternidade que escolhi. Foi uma experiência surpreendente e sensacional. O excelente atendimento foi realizado do princípio ao fim.
 
Agradeço todos os dias à Deus por esta providência e parabenizo a cada profissional por tão bom atendimento. Não excluindo um funcionário sequer, foram todos excepcionais, desde a senhora que alegremente me trazia uma garrafa de água geladinha até o profissional da mais alta graduação”, conta.
 
Um fator fundamental nos Centros de Parto Normal é a ambiência, com projetos arquitetônicos que buscam privilegiar cores harmônicas, conforto luminoso, térmico e acústico. A proposta é que o espaço proporcione a troca e o respeito entre as pessoas.
 
Outro objetivo do CPN é reduzir cada vez mais a taxa de mortalidade materna e neonatal e as ocorrências de cesarianas desnecessárias na rede pública de saúde. Os Centros de Parto Normal funcionam em conjunto com as maternidades para humanizar o parto, oferecendo às gestantes um ambiente mais adequado, privativo e um atendimento centrado na mulher e na família.
 
O Ministério da Saúde também repassa incentivos aos municípios para implantação das Casas da Gestante, Bebê e Puérpera (CGBP), um espaço intermediário para aquelas mulheres e bebês que precisam de cuidados especiais, necessitando estar próximo ao hospital, mas não internadas. Outra medida incentivada pela Rede Cegonha é a ampliação e qualificação de leitos para gestantes de alto risco, UTI e UCI neonatal.
 
Formação e Capacitação
A Rede Cegonha desenvolve diferentes ações voltadas para a formação e capacitação de Enfermagem Obstétrica. Esses profissionais são estratégicos para mudança no modelo de atenção obstétrico e neonatal. As atividades desenvolvidas estão presentes em estados das cinco regiões do país, nas modalidades de Residência, Especialização e Aprimoramento em Enfermagem Obstétrica. Em 2014, foram ofertadas 306 vagas para Residência em Enfermagem Obstétrica, 315 para Especialização em Enfermagem Obstétrica e 248 para o Aprimoramento.
 
Planejamento Reprodutivo
O Ministério da Saúde garante o acesso a vasectomias e a laqueaduras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), além da compra e distribuição gratuita de diversos métodos contraceptivos. De 2009 a 2014, foram comprados 2,46 bilhões de preservativos masculinos e femininos, somando um investimento de R$ 2,61 bilhões.
 
No mesmo período, foram investidos cerca de R$ 256,2 milhões para a aquisição de: 80.057.331 cartelas de pílula combinada, 23.305.379 ampolas injetáveis mensais, 9.485.899 ampolas injetáveis trimestrais, 2.328.180 cartelas de pílulas de emergência, 3.614.872 cartelas de minipílula, 1.717.433 unidades de DIU, 89.266 unidades de diafragma e 9.326 unidades de anéis medidores. Os usuários do SUS podem ter acesso a informações e métodos contraceptivos nas Unidades Básicas de Saúde.
 
Desde o lançamento da Rede Cegonha, foram investidos mais de R$ 3,1 bilhões para o desenvolvimento das ações. Somente em 2013 foram realizadas 18,9 milhões de consultas pré-natais pelo SUS, o que representa aumento de 93% em relação ao ano de 2003.

Blog da Saúde

Consumo de gorduras, doces e álcool entre brasileiros ainda é alto

dez-passos-para-alimentao-adultosPesquisa inédita feita pelo Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou hábitos que revelam que o brasileiro busca por um estilo de vida mais saudável

Do total de entrevistados, 22,5% praticam o nível recomentado de atividade física semanal (150 minutos de intensidade leve e moderada ou 75 minutos de atividade intensa).
 
Os homens (27,1%) se exercitam mais que as mulheres (18,4%).

Quanto maior a idade, menor a frequência das atividades físicas.

O índice de jovens de 18 a 24 anos que praticam exercícios, 35,3%, é mais que o dobro do percentual entre pessoas com 60 anos ou mais, 13,6%.
 
Alimentação
Quando o assunto é alimentação, o estudo mostra que 37,3% da população consomem cinco porções diárias de frutas e hortaliças.

As mulheres saem na frente nessa avaliação, com 39,4%, enquanto entre os homens o índice cai para 34,8%.

Nas pessoas com 60 anos ou mais, o consumo é maior, de 40,1%, chamando atenção para o baixo índice entre os jovens de 18 a 24 anos, 33,7%.

O percentual é maior também entre as pessoas com maior escolaridade.
 
A pesquisa mostrou que o consumo regular de feijão em cinco ou mais dias na semana é de 71,9%.

Neste item, o percentual foi menor entre as pessoas com nível superior completo (54,9%) e maior com ensino fundamental incompleto (77,3%).

Apesar de esses dados apontarem para um estilo de vida mais saudável, preocupam os percentuais de consumo de gorduras, doces e álcool.

O consumo de leite integral, mais gorduroso, faz parte da rotina de 60,6% dos brasileiros.
 
Já a proporção de pessoas que consomem carne ou frango com excesso de gordura foi de 37,2%, subindo para 47,2% entre os homens e caindo para 28,3% no público feminino.

Quanto maior o nível de escolaridade, menor o consumo desses alimentos.

Mais de 23% da população faz uso de refrigerantes ou sucos artificiais cinco vezes ou mais na semana e 21,7% relatam o consumo regular de alimentos doces, como bolos, chocolates, balas e biscoitos.

No Brasil, o consumo desses produtos diminuiu com o avanço da idade.
 
Pessoas com 60 anos ou mais comem em menor quantidade os doces, 17,2%.

Já entre jovens de 18 a 24 anos o índice chega a 32%.

E quanto maior o nível de escolaridade maior é o consumo.

Pessoas com superior completo atingem 27,4%, enquanto pessoas com fundamental incompleto comem menos, 16,7%.
 
Para incentivar a prática de hábitos saudáveis na população, o Ministério da Saúde lançou, no segundo semestre desse ano, o Guia Alimentar para População Brasileira, que traz os cuidados e caminhos para alcançar uma alimentação saudável.
 
A edição do guia indica que a alimentação tenha como base alimentos frescos (frutas, carnes, legumes) e minimamente processados (arroz, feijão e frutas secas), além de evitar produtos ultraprocessados (como macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote e refrigerantes).

Confira as orientações do novo Guia Alimentar para a População Brasileira
 
Consumo de álcool
O consumo de álcool também registrou um índice preocupante, 24% da população consome bebida alcóolica uma vez ou mais na semana, subindo para 36,3% entre os homens, quase o triplo do índice entre as mulheres, de 13%.

Conforme cresce a escolaridade, o índice aumenta.

As pessoas com nível superior completo consomem bem mais (30,5%) se comparado com quem tem fundamental incompleto, 19%.
 
Do total de entrevistados, 4,4% da população dirigiram após consumir bebida alcoólica, aumentando o risco de acidente de trânsito. S

e considerarmos somente a parcela que dirige, o índice chega a 24,3% dos entrevistados.
 
Apesar do percentual alto, esse é um hábito que vem caindo desde o início da Lei Seca, cujo endurecimento reduziu a zero o consumo de álcool para quem vai dirigir.

Levantamento do Ministério da Saúde, Vigitel, indica redução de 47,5% no número de homens que bebem abusivamente e dirigem, passando de 4% para 2,1% entre 2007 e 2013.

Portal Brasil

Campanha de vacinação contra sarampo e pólio termina hoje (12) em todo o país

A campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite encerra nesta sexta-feira (12)
 
Até esta quinta-feira (11), 10,8 milhões de crianças foram vacinadas contra poliomielite e 8,7 milhões contra sarampo, o que representa 85% e 79,8% do público-alvo, respectivamente. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das crianças para manter a erradicação da poliomielite e garantir a eliminação do sarampo no Brasil. Cerca de dois milhões de crianças, destes dois grupos, ainda não foram vacinadas.

O objetivo do Ministério da Saúde é promover a vacinação contra a poliomielite a 12,7 milhões de crianças entre seis meses e cinco anos de idade incompletos. A medida tem como objetivo manter a erradicação da doença no Brasil, que não apresenta casos de poliomielite desde 1990. Para isso, o Ministério distribuiu 17,8 milhões de doses da VOP (Vacina Oral Poliomielite) durante a campanha. A meta é vacinar, pelo menos, 95% do público alvo, cerca de 12 milhões de crianças.

Já a vacinação contra o sarampo é voltada para crianças entre um e cinco anos de idade (incompletos). Devem ser vacinadas 10,9 milhões de crianças com a tríplice viral. O Ministério da Saúde distribuiu mais de 11,8 milhões de doses da vacina, que além de imunizar contra o sarampo, também garante a proteção contra a rubéola e a caxumba.
 
“Essas duas doenças são graves e a vacina é a melhor forma de prevenção. Por isso, é fundamental que consigamos vacinar todas as crianças, na faixa etária de seis meses a cinco anos de idade incompletos. Ainda dá tempo”, observa o ministro da Saúde, Arthur Chioro. As vacinas estão disponíveis em 35 mil postos de vacinação espalhados pelo país. A campanha se encerra nesta sexta-feira (12).

Alergia
Para as crianças com alergia ao leite de vaca, a vacinação contra sarampo ocorrerá posteriormente. O Ministério da Saúde já orientou as secretarias estaduais e municipais de saúde que evitem vacinar essas crianças com o produto fornecido pelo laboratório Serum Institutte of India Ltd. A iniciativa é uma medida de precaução, devido à presença do componente lactoalbumina hidrolisada nas doses fornecidas pelo laboratório.

Para garantir a vacinação correta, os pais ou responsáveis que levarem as crianças aos postos de saúde, serão questionados sobre uma possível alergia ao leite de vaca. Caso a criança não tenha registro prévio de alergia, ela receberá a dose normalmente.

Poliomelite
A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave e a única forma de prevenção é por meio da vacinação. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral.

Embora, atualmente, o Brasil esteja livre da paralisia infantil, é fundamental a continuidade das campanhas de vacinação, para evitar a reintrodução do vírus no país. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 10 países registraram casos de poliomielite em 2013 e 2014, sendo que três deles são considerados endêmicos (Paquistão, Nigéria e Afeganistão).

Sarampo
O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade do sarampo, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A única forma de prevenção também é por meio da vacina.

Os últimos registros de contágio autóctone de sarampo no Brasil ocorreram em 2000. Em 2013 e 2014, foram registrados casos importados ou relacionados à importação, com concentração nos estados de Pernambuco e Ceará. No mundo, em 2014, foram registrados 160 mil casos da doença, de acordo com a OMS. Cabe ressaltar que, com o fluxo de turismo e comércio entre os países, o risco de importação do vírus é maior, por isso a importância da imunização.
 
Agência Saúde

40% da população mundial não tem acesso à saúde

Segundo cálculo da Organização Internacional do Trabalho para 44 países, 80% vive sem qualquer tipo de proteção
 
Um relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgado na terça-feira (9), alertou que 80% da população de 44 países vive sem qualquer tipo de proteção à saúde. No mundo inteiro, 40% não têm acesso aos serviços de saúde, ou quase 3 bilhões de pessoas.

O diretor-geral da agência, Guy Rider, declarou que a proteção universal de saúde é a "chave" na luta contra a pobreza, para reduzir a desigualdade e nutrir o desenvolvimento econômico. Segundo Rider, essas questões não podem ser ignoradas nas políticas de desenvolvimento.

A OIT informa que desde 2010, medidas de consolidação fiscal paralisaram ou reverteram ações a favor de uma cobertura universal de saúde. Essas políticas aumentaram os gastos financeiros das famílias, cortaram serviços de saúde e reduziram os salários dos trabalhadores do setor.

O estudo chamado Enfrentando a Crise Global de Saúde: Políticas de Proteção Universal de Saúde afirmou que na África 80% dos que vivem em Burkina Fasso, Camarões, Guiné e Serra Leoa não têm serviços do tipo. Na Ásia, foram registrados problemas iguais na Índia, onde também 80% da população não têm qualquer tipo de cobertura de saúde. Ainda na lista estão Azerbaijão, Bangladesh, Haiti, Honduras e Nepal.

Situação local
Segundo o relatório, o Brasil, assim como a Argentina, o Canadá, Portugal, Espanha, França e Reino Unido, está entre as nações onde a cobertura de saúde atinge mais de 95% da população. O documento diz ainda que as pessoas que trabalham no setor de saúde são muito mal pagas.

A OIT calcula que são necessários mais de 10 milhões de funcionários da área de saúde para suprir a falta de especialistas. A organização mostra que em países como Haiti, Níger, Senegal e Serra Leoa a taxa de trabalhadores de saúde é de 5 ou menos para cada 10 mil pessoas. Na Finlândia, por exemplo, são 269 trabalhadores para o mesmo número de pacientes.

A situação piora nas áreas rurais, onde 56% da população não têm nenhum tipo de proteção de saúde. Esse índice cai para 22% nas regiões urbanas. A OIT diz ainda que o investimento na área leva a um crescimento econômico sustentável, aumento da produtividade e bem-estar da população. Essa é a razão para a expansão da cobertura de saúde em países como Benin, Gabão, China, Filipinas e Estados Unidos.

A organização afirma que para superar a crise no setor são necessárias políticas em direção a uma cobertura universal de saúde.
 
Saúde Web

Prefeitura de Sinop - MT

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Sinop, a 503 km de Cuiabá. O edital dispõe de 207 vagas para cargos de nível fundamental, médio e superior. A remuneração oferecida vai de R$ 897,42 a até R$ 8.178,62. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de dezembro, somente através do site da organizadora do concurso.

A taxa é no valor de R$ 50 para nível fundamental, R$ 80 para nível médio e R$ 120 para nível superior. Os candidatos serão submetidos à prova objetiva e avaliação de títulos. A prova está prevista para ser aplicada no dia 1º de março de 2015. A divulgação do local deve ser feita no dia19 de janeiro, quando as inscrições serão homologadas. Mais informações podem ser conferidas no edital completo.

Os cargos para ensino fundamental são nas funções de agente de saúde e motorista. Para candidatos com nível médio, as vagas oferecidas são de apoio administrativo educacional, assistente administrativo, assistente social, auxiliar administrativo, auxiliar de consultório dentário, técnico administrativo educacional, técnico de enfermagem e técnico de laboratório.

Já para os candidatos com nível superior, as vagas são nas seguintes funções: biomédico, cirurgião dentista, enfermeiro, farmacêutico/bioquímico, fisioterapia, fonoaudiólogo, médico, nutricionista, professor e terapeuta ocupacional. O concurso tem validade de dois anos a contar da data de homologação dos resultados, prorrogáveis por mais dois anos, a critério da Prefeitura de Sinop.

Prefeitura de Poços de Caldas (MG)

A Prefeitura Municipal de Poços de Caldas (MG) divulgou edital para concurso público para preenchimento de vagas no quadro de funcionários. Ao todo, estão disponíveis 14 vagas na área de odontologia e saúde bucal para cargos de nível médio, técnico e superior.

Para os cargos de nível médio, são quatro vagas disponíveis para auxiliar em saúde bucal e uma vaga para auxiliar em prótese dentária. Os salários são de R$ 868,62 para uma carga horária de 40 horas semanais. O valor da inscrição é de R$ 30.

No nível técnico, está disponível uma vaga para técnico em prótese dentária. A carga horária é de 40 horas semanais com remuneração de R$ 2.108,69. Para esta vaga é necessário registro no respectivo conselho. A taxa de inscrição é de R$ 99.

Já para o nível superior, estão disponíveis duas vagas para cirurgião dentista especialista em prótese, duas vagas para cirurgião dentista especialista em periodontia, duas para cirurgião dentista especialista em endodontia, uma vaga para cirurgião dentista especialista em pacientes com necessidades especiais e uma vaga para cirurgião dentista especialista em cirurgia buco-maxilofacial. Para estas vagas a carga horária é de 20 horas semanais e remuneração de R$ 2.267. A taxa de inscrição é de R$ 107.

Os candidatos poderão fazer as inscrições pelo site da instituição que organiza o concurso, no período de 15 de dezembro de 2014 até às 23h59 do dia 15 de janeiro de 2015. As provas serão realizadas no dia 14 e/ou 15 de março de 2015. O dia, horário e local serão definidos no cartão de inscrição.

O concurso tem validade de 2 anos e poderá ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Prefeitura de Olivedos - PB

A Prefeitura de Olivedos, no Agreste paraibano, lançou edital de concurso público com 90 vagas nos três níveis de escolaridade e salários que variam de R$ 724 a R$ 3 mil.

O maior número de oportunidades é para quem tem nível superior, com 38 vagas, sendo 26 específicas para a área de educação. Além disso, há 35 vagas para quem tem nível fundamental e as 17 restantes para nível médio.
 
As inscrições começam no dia 9 de janeiro de 2015 e seguem abertas até dia 19 de fevereiro e devem ser feitas pelo site da organizadora do concurso.

As taxas são de R$ 55 para candidatos a cargos de nível fundamental, R$ 75 para quem tem nível médio e R$ 100 para nível superior.

A prova objetiva está programada para acontecer no dia 22 de março, com resultado final previsto para o dia 18 de junho.

Concurso Prefeitura de Mendonça - SP

A Prefeitura de Mendonça, no estado de São Paulo, publicou os editais n°s 002 e 003/2014 referente à realização de concurso público, cuja meta é selecionar novos servidores para ingressarem em cargos das secretarias municipais de Saúde e Educação. São ofertadas nove vagas, as quais exigem dos seus candidatos formação nos ensinos médio ou superior. Os salários podem chegar até R$ 7.360,80.
 
O certame será realizado através da empresa Persona Capacitação Assessoria e Consultoria Eireli.
 
As vagas são para os empregos de Técnico em Enfermagem, Médico, Nutricionista, Medico Clinico Geral, Agente Administrativo, Professor em diversas disciplinas e Inspetor de Alunos.
 
As inscrições serão realizadas das 8h às 11h e das 13h30 às 17h do dia 19 de dezembro de 2014, na Prefeitura Municipal de Mendonça, Rua Santos Dumont, nº 682, Centro do município. A taxa varia entre R$ 20,00 e R$ 50,00.
 
A realização da prova objetiva está prevista para o dia 11 de janeiro de 2015, na E. M. E. I. E. F “Antônio Alves da Costa” localizada na Rua Rui Barboza nº 1015, Mendonça-SP, em horário a ser definido posteriormente. Os gabaritos da prova estarão disponíveis no site
www.personacapacitacao.com.br no dia seguinte à realização da prova, a partir das 18h.
 
A validade do concurso público será de 02 anos, contados da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por até igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Mendonça.

Concurso Prefeitura de Sericita - MG

A Prefeitura de Sericita, no estado de Minas Gerais, por meio da empresa Tendência Assessoria e Consultoria Ltda., lançou o edital de concurso público n° 01/2014, com a finalidade de ocupar 134 vagas destinadas a profissionais de diferentes níveis de escolaridade. Os salários variam de R$ 724,00 a R$1.569,69, por carga horária de até 40 horas semanais.
 
Para candidatos portadores de necessidades especiais serão reservadas 5% das vagas existentes. As oportunidades são para os cargos de auxiliar de serviços gerais, motorista, operador de máquina pesada I, oficial de serviço público, operário municipal, serviçal escolar, agente administrativo, agente comunitário de saúde, agente epidemiológico, auxiliar de biblioteca, agente sanitário, agente social do cras, auxiliar de enfermagem I, monitor de creche, oficial operacional, secretário escolar, analista administrativo, professor I, professor II – educação física e supervisor de escola.
 
As inscrições, nos valores de R$ 35,00 a R$ 85,00, serão realizadas na sede da Prefeitura Municipal de Sericita, situada na Rua Jequitibá, 350 – Centro – Sericita/MG, no período de 26 de janeiro a 24 de fevereiro de 2015 (exceto sábados, domingos e feriados), no horário de expediente da Prefeitura (das 8h às 10h e das 12h às 16h).

Será admitida a inscrição também via internet, no endereço www.tendenciaconcursos.com.br, até as 23h59 do dia 24 de fevereiro de 2015 (horário oficial de Brasília/DF).

As provas objetivas de múltipla escolha e práticas serão realizadas no Município de Sericita, provavelmente, no dia 22 de março de 2015. Estarão afixadas na sede da Prefeitura Municipal de Sericita e disponíveis no site: www.tendenciaconcursos.com.br, a partir do dia 18 de março de 2014, planilha contendo locais e horários de realização das provas objetivas de múltipla escolha.

O gabarito será divulgado na data provável de 23 de março de 2015, às 15h, por meio do site www.tendenciaconcursos.com.br e Sede da Prefeitura Municipal de Sericita. Já a divulgação final da classificação sairá na data prevista de 30 de abril de 2015, às 15h.
 
O prazo de validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, por ato do Chefe do Executivo, caso haja interesse.

Concurso CRO - PI

O Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO-PI) por meio do Instituto Machado de Assis, lançou edital de concurso público, destinado ao preenchimento de três vagas, mais cadastro de reserva, em cargos de ensino superior, médio e fundamental para lotação na cidade de Teresina.
 
As vagas são para as funções de Procurador Jurídico, Auxiliar Administrativo, Motorista "AB" e Auxiliar de Serviços Gerais. O concurso oferece remunerações entre R$ 850,00 e R$ 2.000,00.
 
As inscrições serão feitas via internet no endereço eletrônico www.institutomachadodeassis.com.br, até o dia 05 de janeiro de 2015. A taxa varia entre R$ 60,00 e R$ 100,00.
 
O concurso terá prova objetiva com 40 questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, compatíveis com o nível de escolaridade e com as atribuições do cargo. As provas serão aplicadas provavelmente na cidade de Teresina das 9h às 12h do dia 25 de janeiro de 2015, em local a ser ainda divulgado.
 
Os gabaritos preliminares referentes às provas objetivas serão divulgados em até 48h após a realização das mesmas pela organizadora.
 
O concurso terá prazo de validade de dois anos a contar da data de publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do CRO/PI.

Prefeitura de Lindolfo Collor - RS realiza processo seletivo

A Prefeitura de Lindolfo Collor, no estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de processo seletivo nº 141/2014, visando preencher uma vaga mais o cadastro de reservas, de candidatos de ensino fundamental.
 
As chances são para o cargo de agente comunitário de saúde. O salário previsto é de R$ 1.014,00, e a carga horária a ser cumprida é de 40 horas semanais.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de dezembro de 2014, através do site www.unars.com.br. O valor da taxa de inscrição é de R$ 21,18.
 
A prova escrita está prevista para ser aplicada às 13 horas do dia 17 de janeiro de 2015, na EMEF Meno Dhein, sita na Avenida Capivara esquina com Nova Prata, nº 101, Bairro Feldmann, Lindolfo Collor/RS.
 
O processo seletivo, que será realizado pela empresa UNA Gestão e Assessoria, terá validade pelo prazo de 02 anos, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período.

UESPI abre vagas para Auxiliar Administrativo

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) divulgou edital de processo seletivo nº 021/2014, com a finalidade de preencher 8 vagas, além de formação de cadastro reserva para o cargo de Auxiliar Administrativo. Os aprovados deverão atuar em jornadas semanais de 40 horas e receberão salários de R$ 1.100,00.
 
Poderão participar do processo seletivo candidatos graduados ou graduandos a partir do 5º semestre em qualquer área do conhecimento.
 
As inscrições serão realizadas somente via internet, no site www.siteead.uespi.br/selecoes, no período de 15 a 19 de dezembro de 2014, até às 17 horas.
 
Documentação para análise:
  • Cópia do Diploma e Histórico de Curso Superior autorizado/reconhecido pelo MEC/CEE-PI, no caso de graduado;
  • Cópia do comprovante de matrícula e histórico atualizado de Curso Superior, no caso de graduando a partir do 5º período;
  • Curriculum vitae atualizado e devidamente comprovado;
  • Cópia do Diploma e/ou Certidão de curso básico de informática (word, excel, power point e noções de internet);
  • Cópia de Documento de Identificação oficial com foto autenticada em cartório ou cópia simples mediante apresentação dos documentos originais e conferência no ato da inscrição;
  • Cópia do Cadastro de Pessoa Física-CPF autenticada em cartório ou cópia simples mediante apresentação dos documentos originais e conferência no ato da inscrição (isento quando o mesmo vier no Documento Oficial com foto);
  • Formulário de inscrição preenchido e assinado e Declaração de disponibilidade de tempo (que o candidato pode adquirir no endereço: site.ead.uespi/selecoes);
  • Cópia do comprovante de quitação com o Serviço Militar (candidatos do gênero masculino);
  • Cópia do Título de Eleitor e comprovante de votação do último pleito eleitoral ou Certidão de Quitação com a Justiça Eleitoral.
A entrega do formulário de requerimento da inscrição e da documentação referente à inscrição deverá ser entregue no Núcleo de Educação a Distância - NEAD/UESPI, na Rua João Cabral, 2231, bairro Pirajá, Teresina-PI, CEP 64002-150, no período de inscrição, das 08h às 17h impreterivelmente.
 
O processo seletivo ocorrerá em duas etapas: análise curricular e prova prática.
 
A prova prática está prevista para ser realizada entre os dias 19 e 23 de janeiro de 2015, em locais e horários a serem divulgados a partir do dia 15 de janeiro de 2015, por meio de convocação para prova prática.
 
O processo seletivo será válido por dois anos a contar da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogável por até igual período, a critério da Universidade Estadual do Piauí.

Concurso Prefeitura de Brodowski – SP

A Prefeitura de Brodowski, no interior de São Paulo, através da empresa RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais Ltda., divulgou o edital de concurso público nº 01/2014. O objetivo é preencher 61 vagas em cargos de ensino fundamental, médio/técnico e superior. O salário previsto pode chegar até R$ 6.600,00, em jornadas que vão de 20 a 40 horas semanais ou plantão de 12 horas de acordo com o cargo.
 
As chances são para os cargos de auxiliar de serviço geral, braçal, cozinheiro, jardineiro, motorista, tratorista, operador de máquina, vigia, professores, técnico em radiologia, contador, enfermeiro, engenheiro civil, farmacêutico, fisioterapeuta, médicos, psicólogo, entre outros.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de janeiro de 2015, através do site www.rboconcursos.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino fundamental é de R$ 18,00, ensino médio R$ 40,00 e ensino superior R$ 50,00.
 
Os inscritos serão submetidos a prova objetiva, prática, prático - profissional e prova de títulos. 
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 01 de fevereiro de 2015, em local e horário a serem comunicados oportunamente através de Edital a ser publicado em Jornal de Circulação Regional, afixado no Quadro de Avisos da Prefeitura de Brodowski e divulgado através da Internet nos endereços eletrônicos www.rboconcursos.com.br e www.brodowski.sp.gov.br.
 
Os gabaritos da prova objetiva serão divulgados nos endereços eletrônicos www.rboconcursos.com.br e www.brodowski.sp.gov.br em data a ser comunicada no dia da realização das provas.
 
O Concurso Público destina-se ao provimento de vagas, pelo Regime Estatutário, dentro do prazo de validade de 02 anos, podendo ser prorrogado por mais 02 anos, a contar da data da homologação do certame, a critério da Prefeitura de Brodowski.

Concurso Prefeitura de Rochedo - MS

Encerra no dia 19 de dezembro de 2014, o prazo para inscrição no concurso público da Prefeitura de Rochedo, no Mato Grosso do Sul. Sob o edital nº 01/2014, regido pelo Instituto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Municipal (IDAGEM), foram abertas 52 vagas, mais cadastro de reserva para profissionais de todos os níveis de escolaridade.
 
As chances são para os cargos de advogado, controlador interno, gestor de recursos humanos, fiscal de tributação, fiscal de obras e posturas, enfermeiro, médico, químico, professor em diversas disciplinas, agente cultural, assistente de administração, instrutor de informática, técnico em enfermagem, pedreiro, mecânico, atendente, motorista categoria "D", operador de máquinas e tratores, cozinheira, padeiro, auxiliar de serviços operacionais, odontólogo, psicólogo, auxiliar de consultório odontológico, orientador social, técnico de enfermagem e agente comunitário de saúde. Os aprovados farão jus a remunerações que variam de R$ 724,00 a R$ 10.164,51, em jornadas de 20 a 40 horas semanais.
 
As inscrições são realizadas via endereço eletrônico: www.idagem.com.br e www.rochedo.ms.gov.br, com recolhimento de R$ 50,00 a R$ 120,00, conforme grau de instrução.
 
Será aplicada prova escrita a todos os participantes provavelmente no dia 28 de fevereiro/01 de março de 2015, em local e horário a ser informado. O gabarito será disponibilizado em até 48 horas após a prova. O resultado está previsto para ser publicado em até 30 dias após a prova.
 
O concurso será válido por dois anos, a contar da data da homologação do seu resultado, podendo ser prorrogado por período semelhante.

Prefeitura de Porto Alegre do Piauí - PI realiza teste seletivo

A Prefeitura de Porto Alegre do Piauí, no estado do Piauí, divulgou o edital de teste seletivo nº 001/2014, cujo objetivo é a contratação de 26 profissionais de ensino médio e superior. A remuneração prevista para os contratados pode chegar até R$ 15.950,00, e a carga horária a ser cumprida varia entre 20, 30 e 40 horas semanais.
 
As chances são para os cargos de Médico - PSF, Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, Agente Comunitário de Saúde, Bioquímico, Assistente Social, Psicólogo, Nutricionista, Psicóloga e professores.  
 
As inscrições podem ser efetuadas até o dia 19 de dezembro de 2014, das 8h às 13h30min, na sede da Prefeitura de Porto Alegre do Piauí, exceto aos sábados e domingos.
 
O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 60,00, R$ 70,00 e R$ 80,00.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 11 de janeiro de 2015, em local e horário a serem informados através do site www.gabrielexcelencia.net.br.
 
O gabarito provavelmente será divulgado no dia 13 de janeiro de 2015, através do site www.gabrielexcelencia.net.br.
 
O teste seletivo, que será realizado pela empresa Gabriel & Gabriel Consultoria Projetos e Serviços Ltda., terá validade de 12 meses, podendo ser prorrogado de acordo com a conveniência da administração pública por igual período.

Concurso Prefeitura de Uru - SP

A Prefeitura de Uru, em São Paulo, por meio da empresa Cemat Assessoria Administrativa LTDA,  lançou o edital nº 01/2014 de concurso público, para preenchimento de 25 vagas a cargos de todos os níveis escolares.
 
Serão contratados agente comunitário de saúde, agente de controle de endemias, agente social, auxiliar de dentista, auxiliar de enfermagem, auxiliar de serviços diversos, auxiliar de serviços gerais, auxiliar de serviços gerais da educação, dentista, escriturário, fisioterapeuta, inspetor de alunos, monitor de informática, motorista, professor, recepcionista, tratorista e veterinário. As remunerações oferecidas variam de R$ 816,98 a R$ 2.757,23, em jornadas de 20 a 40 horas semanais.
 
As inscrições podem ser efetuadas até o dia 23 de dezembro de 2014, via endereço eletrônico: www.cematconcurso.com.br, com taxa de R$ 35,00 a R$ 55,00.
 
O concurso será composto por prova escrita, prova prática e análise de títulos. Estima-se que a prova escrita será aplicada no dia 25 de janeiro de 2015, na Escola Estadual Paschoal Flamino, localizada na Avenida Altino Negrisoli nº 235, Centro, a partir das 8h30.
 
Os títulos deverão ser postados à Rua Becão nº 444, Centro, Júlio Mesquita - SP CEP: 17550-000, até o dia 23 de dezembro de 2014, ou entregues no dia da prova.
 
Mais informações sobre o concurso podem ser obtidas através do site da organizadora.
 
A validade do concurso será de dois anos, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Municipal.  

Prefeitura de Fraiburgo – SC abre vagas

Por meio do extrato do edital nº 0050, a Prefeitura de Fraiburgo, em Santa Catarina, anunciou a realização de processo seletivo para contratação de agente comunitário de saúde.
 
As inscrições serão efetuadas do dia 11 de dezembro de 2014 a 15 de janeiro de 2015, sendo que do dia 11 de dezembro de 2014 até dia 04 de janeiro de 2015, no horário das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h e do dia 05 a 15 de janeiro de 2015 das 8h30min às 11h30min e das 14h às 18h30min, em dia de expediente (excetuados sábados, domingos, feriados e pontos facultativos), na Secretaria de Administração e Planejamento, Departamento de Gestão de Pessoal, localizado na Av. Rio das Antas, 185, Centro, município de Fraiburgo/SC.
 
O processo seletivo será válido para o ano de 2015, podendo ser prorrogado.
 
Maiores informações junto a Prefeitura Municipal de Fraiburgo, pelo fone (49) 3256-3057.
 
O extrato do edital foi publicado no Diário Oficial dos Municípios, edição de 10 de dezembro de 2014.

Prefeitura de Modelo - SC abre processo seletivo

A Prefeitura de Modelo, no estado de Santa Catarina, por meio do Instituto de Consultoria em Administração Pública – ICAP, divulgou edital n° 02/2014 de processo seletivo, destinado a formação de cadastro reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior, por salários de até R$ 2.951,99 para carga horária de 10, 20 e 40 horas semanais.
 
As vagas são para os cargos de Auxiliar Educacional, Professor, Educador Social, Auxiliar de Serviços Gerais Internos, Enfermeiro e Motorista.
 
Aos candidatos portadores de necessidades especiais, ficam reservadas 5% das vagas.
 
Inscrição
As inscrições somente serão efetuadas pela internet, no site www.icap.net.br, até o dia 24 de dezembro de 2014.
 
Para os candidatos que não dispuserem de acesso à internet, a Prefeitura Municipal de Modelo - SC disponibilizará local com acesso à Internet, na Escola Reunida Municipal Professora Griseldi Maria Müller, sito à Rua Cristóvão Colombo, s/n, neste município de Modelo - SC, CEP 89.872-000, atendimento nos dias úteis, horário das 14h00min às 17h00min.
 
O valor da taxa de inscrição será de:
R$ 90,00 (nível superior);
R$ 50,00 (nível médio);
R$ 30,00 (nível alfabetizado).
 
Prova
A seleção constará de provas objetivas, práticas e títulos /tempo de serviço.
 
A prova escrita será aplicada provavelmente no dia 11 de janeiro de 2015, na Escola Reunida Municipal Professora Griseldi Maria Müller, situada na Rua Cristóvão Colombo, S/N, Centro, no município de Modelo (SC), nos horários de 9h às 12h e das 14h às 17h.
 
Para participar da prova de títulos e tempo de serviço o candidato deverá entregar, imediatamente após a prova escrita, no mesmo endereço da realização da prova escrita - Sala de Coordenação, cópia fotostática (Xerox) do título de pós-graduação e/ou comprovação de tempo de serviço acompanhado do histórico escolar (se for o caso), organizados em uma pasta ou grampeados.
 
A prova prática para o cargo de Motorista será realizada no mesmo dia da prova escrita, às 14h00min, no pátio (garagem) da Prefeitura de Modelo.
 
Os gabaritos provisórios serão publicados após as 20 horas do dia da realização das provas, no site da empresa organizadora do certame www.icap.net.br.
 
Validade
O processo seletivo é válido pelo prazo de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

‘Falta divulgação de direitos de saúde dos trabalhadores’

‘Falta divulgação de direitos de saúde dos trabalhadores’Para presidente da Associação Brasileira de Medicina do Trabalho, embora crescente, falta transparência na relação entre empresas e empregados
 
A presidenta da Associação Brasileira de Medicina do Trabalho (ABMT), Nádia Ferreira, disse nesta quinta-feira (11) à Agência Brasil que falta transparência, por parte das empresas, na divulgação dos direitos dos trabalhadores no Brasil, além de falta de conhecimento desses direitos por parte dos empregados.
 
A ABMT comemora com um congresso que começa na sexta-feira (12) os 70 anos de existência da entidade e os 20 anos do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). Esse programa é exigido por lei para todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, tanto dos setores público, como privado.
 
“Eles acham que, se a gente está pedindo uma vacina, está impondo uma condição. Não é isso. É que o sofrimento humano será menor se eu tiver uma vacina utilizada, se tiver higienizado o ambiente, se tiver uma proteção. O médico do trabalho trabalha, na realidade, com saúde. Ele identifica todos os riscos para ajudar a gerenciar a prevenção desses riscos se tornarem uma ação no ser humano”, esclareceu Nádia.

Promover e preservar a saúde dos trabalhadores; evitar consequências negativas, como os acidentes do trabalho e lesões ocupacionais; promover o aumento da motivação e, em consequência, maior produtividade; proporcionar a redução de gastos com os cuidados na saúde do trabalho são algumas metas do médico do trabalho. “A medicina do trabalho é uma especialidade médica relativamente nova em relação às outras, cujo objetivo é a redução do sofrimento humano, antes que ele aconteça”, sublinhou Nádia.

Mais atenção
O setor está comemorando também o crescimento da especialidade no Brasil. Somente no Estado do Rio de Janeiro já são quase 12 mil médicos do trabalho.

Nádia Ferreira disse ainda que, embora seja um número significativo, grande parte da população não sabe o que é um médico do trabalho. O médico do trabalho avalia a capacidade do candidato para uma determinada ocupação e faz reavaliações periódicas da saúde do trabalhador, dando ênfase aos riscos ocupacionais aos quais eles ficam expostos.

A presidenta da ABMT assegurou que o problema não está nas grandes empresas, que estão sujeitas à fiscalização do Ministério do Trabalho e do Ministério Público.

“Podem ser multadas, podem entrar em um termo de ajustamento de conduta [TAC]. Com isso, a grande empresa tem perdas monetárias significativas. Isso ela não quer. É mais barato investir na prevenção”. Para ela, o grande problema está nas microempresas, que são “em grande parte empresas de fundo de quintal e que trabalham, muitas vezes, com coisas contaminantes e não têm essa orientação”.

Entre as empresas estatais, analisou que o “dever de casa não é feito”. Ressaltou, porém, que já há algumas iniciativas no sentido de fazer editais para contratação de especialistas de medicina do trabalho. O ideal, segundo Nádia, é que as empresas públicas e estatais tenham um serviço de medicina do trabalho próprio, como as empresas privadas fazem. Admitiu, inclusive, que essas empresas podem utilizar um pool de médicos do trabalho, a exemplo do que o Serviço Social da Indústria (Sesi) disponibiliza para as indústrias.

“E o governo, que tem a legislação, não cuida dos seus servidores. Raramente você tem um setor que investe no servidor. Eu acho que trabalhador é trabalhador, independentemente de onde trabalha. Ele tem que ter orientação da prevenção, do que é risco para ele, e saber como tem que se comportar para evitar riscos à saúde”.

A conferência principal do congresso abordará o cuidado humanizado que deve ser dado nos atendimentos aos funcionários. “O atendimento ao ser humano deve ser feito em sua totalidade, com ênfase no respeito mútuo entre os colaboradores de uma mesma empresa. O médico do trabalho cuida da pessoa para que ela tenha saúde e lazer, com minimização dos riscos”, destacou Nádia Ferreira.

Agência Brasil / Saúde Web

Emoções negativas aumentam consumo de alimentos não saudáveis

Pesquisa da USP aponta que pessoas tendem a rejeitar opções saudáveis em situações de estresse
 
Já é sabido que problemas comuns do cotidiano como questões financeiras, discussões com o cônjuge, preocupações com os filhos e até morte na família e violência doméstica levam a emoções negativas como angustia, tristeza e ansiedade. Uma pesquisa da Universidade de São Paulo, entretanto, demonstrou que essas questões do dia a dia podem também levar as mulheres a comer mais alimentos calóricos.
 
Segundo o estudo, nessas situações de tensão as pessoas tendem a rejeitar os doces saudáveis, como as frutas, e preferir os alimentos não saudáveis, como o brigadeiro. A autora da pesquisa, Ana Carolina de Aguiar Moreira, considera que esse dado serve como um alerta para toda a população.
 
— Como sempre temos algo para comer ao nosso alcance, quando sofremos algum tipo de pressão, estresse, preocupação ou sentimentos que nos desagradam, é fácil recorrer ao consumo de alguma coisa, principalmente doces para nos aliviar. Isso é preocupante porque como estamos expostos a muitas tensões, passamos a incorporar essa prática de nos aliviar com guloseimas, o que pode levar ao excesso de peso e, com ele, pode vir associado uma série de enfermidades crônicas, como diabetes e hipertensão — disse a pesquisadora.
 
Leia também:

Pesquisa investiga se obesidade e alcoolismo estão unidos pela mesma compulsão

Compulsão alimentar entre homens ganha mais atenção dos médicos

Fatores biológicos tornam mulheres mais propensas à compulsão alimentar

Transtorno Bipolar pode ser mais grave em pacientes com compulsão alimentar

O vício de comer existe?


A pesquisa contou com 43 voluntárias, sendo 20 delas com sobrepeso e 23 com peso normal. Elas assistiram a duas sessões de vídeos, em dias diferentes, em pequenos grupos. Um dos vídeos buscava gerar emoções negativas, montado com trechos de histórias que abordavam problemas como discussão entre cônjuges, problemas no trânsito, dificuldades financeiras, falta de reconhecimento no trabalho, acidente no trabalho, assédio sexual, precariedade no sistema público de saúde, traição, morte na família e violência doméstica. O outro vídeo tinha o objetivo de não gerar emoção, abordava situações corriqueiras como: acordar, escovar os dentes, caminhar, conversar com colegas, arrumar a casa, dormir, entre outras.
 
Depois das sessões, foi oferecido um lanche às voluntárias, e elas puderam consumir á vontade todos os alimentos. O lanche era composto por pão de queijo e bolinha frita de queijo, suco de laranja sem açúcar, refrigerante e dois alimentos doces: uvas e brigadeiro.
 
Quando as mulheres de ambos os grupos foram expostas às emoções negativas, elas aumentaram significativamente o consumo de calorias, principalmente comendo doces não saudáveis.
— As mulheres com peso normal apresentaram aumento significativamente maior do que as
 
participantes com sobrepeso. Tanto o consumo energético foi maior, como o de doce não saudável.
 
Elas aumentaram em 82% a ingestão de doce não saudável e 51%, o consumo energético, enquanto o grupo com sobrepeso aumentou 48% e 39%, respectivamente — disse Ana Carolina.
 
Zero Hora

Alongamento melhora qualidade de vida da terceira idade

Exercícios estimulam os músculos a retardar o processo de encurtamento
 
Espreguiçar está entre uma das melhores sensações que o corpo pode experimentar. Isso porque os exercícios que estimulam o alongamento dos músculos provocam prazer, bem-estar e, ainda, retardam o processo natural de encurtamento da massa muscular. Com o passar dos anos, é normal que a flexibilidade e a elasticidade diminuam, por isso, o alongamento é recomendado e não tem contra-indicação.
 
– É o próprio corpo que avisa qual é o limite para parar e quando é possível ir além. Quem tem mais de 50 anos e já percebe que os músculos não são mais tão flexíveis, deve alongar, pelo menos, três vezes na semana. No entanto, se respeitado os limites que o corpo dá, o exercício pode ser feito todos os dias – afirma o educador físico Eduardo Schmitz.
 
Especialista em envelhecimento humano, Schmitz explica que o alongamento é fundamental para a qualidade de vida e aptidão física da terceira idade. O exercício reduz as tensões e a rigidez muscular ao mesmo tempo em que relaxa. Autonomia e independência para dar conta de todas as tarefas diárias são as características que garantem a qualidade de vida. Alongar vai contra o declínio natural do organismo, por isso quem estica o corpo todos os dias pode ter uma aparência mais jovem e mais disposição.
 
– Com o tempo, amarrar os sapatos, estender a roupa, alcançar um objeto, subir escadas podem se tornar tarefas mais difíceis de serem executadas. Alongar faz com que essa dificuldade demore a aparecer ou nem apareça.
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a terceira idade deve seguir três pilares para ter um envelhecimento saudável: atividade de força, como musculação e treinamento funcional; atividade aeróbica, como natação, caminhada e corrida; e alongamento. A recomendação da OMS é de que os exercícios sejam distribuídos em 150 minutos por semana. Isso significa 30 minutos de exercício em cinco dias da semana.
 
Não pode doer
Para garantir um alongamento completo, braços, tronco e pernas devem ser esticados até o limite que o corpo impõe. A dor é um sinal de que a fronteira foi ultrapassada.
 
– A progressão deve ser feita aos poucos. O corpo “diz” quando o músculo foi esticado ao máximo. O alongamento deve causar tensão, nunca dor – comenta Schmitz.
 
O professor explica ainda que alongamento e aquecimento são duas coisas bastante diferentes. O primeiro trabalha a elasticidade dos músculos, o segundo aquece e prepara o corpo para outra atividade.
 
Esticando o cérebro
Alongar os músculos provoca uma enorme sensação de bem-estar. A tensão do alongamento faz o cérebro entender que precisa desse movimento para voltar a sentir esse prazer. O alongamento estimula o cérebro a se exercitar também. Embora não seja um exercício que aumenta a frequência cardíaca – que melhora a oxigenação de organismo –, o alongamento estimula o metabolismo, combate inflamações e melhora a capacidade cognitiva.

Zero Hora

CFM autoriza médicos a prescreverem derivado da maconha para fins terapêuticos


Canabidiol: remédio extraído da maconha poderá ser
usado por crianças epiléticas
Psiquiatras, neurocirurgiões e neurologistas poderão prescrever o canabidiol como medicamento para crianças e adolescentes com epilepsia, ou que sofram convulsões
 
O Conselho Federal de Medicina (CFM) decidiu autorizar neurocirurgiões, neurologistas e psiquiatras a prescreverem remédios à base de canabidiol CBD) para crianças e adolescentes portadores de epilepsias cujos tratamentos convencionais não surtiram efeito. O texto da nova regulamentação foi encaminhado nesta quinta (11) para publicação no Diário Oficial da União e a medida entra em vigor nos próximos dias, quando for publicada.
 
A importação do produto, que não é fabricado no Brasil, só pode ser feita com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ainda assim, a iniciativa do conselho é classificada como um avanço na luta pela liberação deste tipo de medicamento, já que para obter o aval da agência, pacientes e parentes de quem usa, ou quer utilizar o canabidiol, precisam apresentar receita e laudo médico, além de termo de responsabilidade e formulário de solicitação de importação para remédios controlados. Muitos médicos se negavam a fornecer a receita e assinar o termo de responsabilidade conjunta por temerem sanções administrativas, já que a prática não era regulamentada pelo CFM.

Leia também:

Anvisa divulga como importar remédio com substância controlada

Confira como importar medicamentos controlados e sem registro no Brasil

Grupo desafia a lei para produzir remédio extraído da maconha 

 
A Resolução CFM nº 2113 proíbe a prescrição da Cannabis sativa (nome científico da maconha)in natura para uso medicinal, bem como de quaisquer outros derivados da planta que não o canabidiol, empregado exclusivamente com fins terapêuticos. O texto também estabelece as dosagens recomendadas e a forma de monitoramento dos resultados alcançados a partir da prescrição. O grau de pureza da substância e sua forma de apresentação deverão seguir as determinações da Anvisa.
 
O CFM garante ter aprovado a prescrição após avaliar todos os fatores relacionados à segurança do paciente e à eficácia da substância. Após analisar estudos e documentos, o conselho concluiu não haver evidências científicas que comprovem que os canabinóides sejam totalmente seguros e eficazes no tratamento de casos de epilepsia. Por isso, a prescrição será feita de forma compassiva, ou seja, quando um medicamento novo, ainda não aprovado pela Anvisa, é prescrito exclusivamente para pacientes com doenças graves e sem alternativa terapêutica satisfatória com produtos registrados no país. O usuário terá que assinar um termo de consentimento em que reconhecerá ter sido informado sobre as alternativas de tratamento e os possíveis efeitos colaterais à saúde, que, entre os já identificados, incluem sonolência, fraqueza e alterações do apetite.
 
“Até o momento, os estudos realizados em humanos têm poucos participantes e não são suficientes para comprovar sua segurança e efetividade. Diante desse quadro, é importante desenvolver urgentemente pesquisas que possam vir a fornecer evidências robustas, de acordo com as normas internacionais de segurança, efetividade e aplicabilidade clínica do CBD”, ressaltou o presidente do CFM, Carlos Vital Tavares Corrêa Lima, esclarecendo que a resolução deverá ser revista em dois anos, quando serão avaliados novos elementos científicos.
 
Tanto os médicos que receitarem o canabidiol quanto os pacientes que utilizarem a substância deverão ser previamente cadastrados em um sistema informatizado a ser desenvolvido pelos conselhos regionais de medicina. A medida permitirá o monitoramento do uso do produto para avaliar sua segurança e possíveis efeitos colaterais.
 
Em maio deste ano, a diretoria colegiada da Anvisa colocou em pauta a possibilidade de retirar o canabidiol da relação de substâncias proibidas, inserindo-a na de produtos de uso controlado. A decisão foi adiada pelo pedido de vistas do processo apresentado por um dos diretores da agência.
 
Dos 297 pedidos de autorização de importação que recebeu até o último dia 3, a Anvisa autorizou 238, 17 esperam o cumprimento de exigências pelos interessados e 34 estão em análise pela área técnica. O prazo médio das liberações é de uma semana.
 
O uso do CDB passou a ser discutido nacionalmente depois que Katiele Fischer foi a justiça pedindo autorização para usar o medicamento na filha Anny, de 6 anos. Segundo a mãe, Ane tinha até 80 crises convulsivas por semana, e depois que passou a usar o canabidiol esses eventos pararam de acontecer.
 
Norberto Fischer, pai da menina, diz que a medida é um avanço, mas tímido, já que a resolução, até certo ponto, pode ser considerada restritiva. “Por um lado, ficamos felizes, pois é um avanço o órgão ter se pronunciado sobre o tema, mas a decepção também foi muito grande”, disse Fischer à Agência Brasil. Ele questiona várias decisões, como a de exigir que médicos e pacientes sejam cadastrados no sistema e, principalmente, limitar a cirurgiões e psiquiatras a prescrição do medicamento e estabelecer as doses máximas a serem prescritas.
 
“Há um excesso de burocracia, como na questão do sistema. Além disso, com base em que o CFM pode estabelecer duas doses no máximo, se ele próprio reconhece não haver parâmetros? Minha filha, por exemplo, toma três doses do remédio por dia. Como o conselho pode dizer que apenas crianças e adolescentes podem se beneficiar do uso do produto?”, pergunta Fischer, lamentando que os usuários do produto não tenham sido ouvidos pelo CFM. “Nenhum pai foi convidado a conversar sobre o teor do texto. Por isso, esperávamos por um avanço, uma resolução corajosa e madura, que desse aos médicos o poder de avançar e salvar vidas. A meu ver, se até aqui alguns poucos médicos se sentiam à vontade para arriscar, eles agora vão se ater ao que está escrito”.
 
A maconha contém mais de 480 componentes, sendo que 86 são os chamados canabinoides que atuam no cérebro. Os mais estudados são o delta- 9 – tetrahidrocanabinol (THC), que produz efeitos alucinógenos, em doses altas, e o canabidiol (CBD) que não causa efeitos alucinógenos ou psicóticos e protege o cérebro dos efeitos do THC.
 
iG