Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sábado, 16 de junho de 2012

Vacinação contra a paralisia infantil

Juntos, vitamina D e cálcio estendem expectativa de vida

Estudo aponta que combinação ajudou a reduzir taxa de mortalidade entre idosos

Adultos em idade avançada que tomam suplementos de vitamina D e cálcio vivem mais que os que não consomem essas doses adicionais, aponta um estudo de pesquisadores dinamarqueses.

Os pesquisadores descobriram que os idosos que tomaram os suplementos tiveram uma chance 9% menor de morrer que os que não tomaram, considerado um período de três anos. Mas o consumo somente das pílulas de vitamina D, sem o cálcio, porém, não mostrou nenhum efeito nesse sentido.

As conclusões têm como base dados de oito estudos clínicos anteriores, nos quais os participantes tomaram suplementos de vitamina D (com ou sem cálcio) ou placebos para efeito de comparação. Esse tipo de pesquisa dá as mais fortes evidências sobre os eventuais efeitos dessas doses adicionais, afirma Lars Rejnmark, que lidera a pesquisa.

A redução de 9% na taxa de mortalidade em um período de três anos após o consumo dos suplementos parece pouco. A equipe de Rejnmark estima que, para prevenir apenas uma morte dentro desse curto tempo, mais de 150 idosos teriam de tomar as doses adicionais durante 36 meses.

Rejnmark também diz que as descobertas atestam os benefícios de tomar os suplementos, mas alerta para os riscos de doses extras dessas substâncias. Ele lembra que cálcio em exagero pode levar a enfartes, embora não se saiba se os suplementos em si sejam os problemas.

Sobre os efeitos colaterais, ele recorda o risco de pedras nos rins, que aumenta com altos níveis de cálcio no corpo. Exageros em vitamina D, por sua vez, levam a náuseas, vômitos, pouco apetite e gripe.

Fonte Estadão

Prefeitura de Angelândia-MG abre seleção

A prefeitura de Angelândia, estado de Minas Gerais, lançou edital com abertura de seleção para contratação de novos servidores em caráter temporário para seu quadro geral de pessoal. São 30 vagas abertas, com chances para todos os níveis escolares (superior, médio e fundamental).
Salários variam entre R$ 622,00 e R$ 1.000,00.

Cargos

Há vagas abertas para Agente Comunitário de Saúde(15), Agente de Combate às Endemias(04), Agente Social Básico(03), Assistente Social(01), Auxiliar de Serviços Gerais(02), Facilitador de Oficinas de Convívio(01), Orientador Social(01) e Psicólogo(02).

Inscrições

As inscrições devem ser feitas entre os dias 13 e 17 de junho de 2012, na sede da Prefeitura Municipal, situada à Rua Generoso Alves Guimarães, nº 78, Centro, Angelândia, Minas Gerais, ou através do site www.exameconsultores.com.br. As taxas variam entre R$ 37,00 e R$ 60,00.

Provas

A prova objetiva de múltipla escolha será realizada no Município de Angelândia, dia 24 de junho de 2012, às 9 horas, em local a ser informado oportunamente. O gabarito da prova será divulgado dia 25 de junho.

O prazo de validade do processo seletivo público simplificado é de um ano, contado da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por uma única vez, por igual período, mediante ato da Prefeita Municipal.

Concurso Prefeitura de Ocauçu-SP 2012

A Prefeitura de Ocauçu, estado de São Paulo, divulgou através do Instituto INDEC, edital para realização de concurso, visando admissão de 16 novos servidores em cargos de todos os níveis de escolaridade.Salários oferecidos variam de acordo com a função e jornada de trabalho, entre R$ 707,58 e R$ 2.674,41.

Cargos e Vagas

Para nível superior há vagas de Bibliotecário(01), Farmacêutico(01), Fonoaudiólogo(01), Médico(01), Médico Veterinário(01), Psicólogo(01) e Professor de Educação Artística(01).

Quem possui formação de nível médio pode tentar vagas de Escriturário(01), Monitor(02), Oficial Administrativo(01) e Operador de Computador(01).

Para candidatos de nível fundamental há chances em cargos de Pedreiro(02) e Serviços Gerais(02).

Inscrições

As inscrições serão recebidas a partir do dia 11 de junho às 23h59min do dia 17 de junho de 2012, exclusivamente no endereço eletrônico www.institutoindec.com.br. As taxas variam entre R$ 30,00 e R$ 60,00.

Provas

O concurso constará de provas objetivas, de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos, mais avaliação de títulos para cargo de Professor. As provas objetivas serão realizadas na cidade de Ocauçu, às 09h00min do dia 24 de junho de 2012 em local a ser divulgado no endereço eletrônico www.institutoindec.com.br.

O prazo de validade do concurso será de um ano, contados da data de publicação da homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por até igual período.

Concurso INPA 2012

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), mais uma das unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), lançou edital com abertura de concurso público para preencher 91 vagas em cargos de Pesquisador, Tecnologista e Técnico.Oportunidades para candidatos de níveis médio e superior, com salários entre R$ 4.308,13 e R$ 9.994,93, dependendo do cargo e titulação do candidato (graduação, Mestrado ou Doutorado).

Vagas abertas

Para Pesquisador Adjunto, cargo que exige nível superior, são 11 vagas nas áreas de Ecologia, Evolução e/ou Sistemática de Répteis e Anfíbios(1), Ecologia, Evolução e/ou Sistemática de Mamíferos(1), Biogeoquímica(1), Inventários Florestais, Manejo Florestal e Dinâmica Temporal da Floresta(1), Ecologia Florestal e Climatologia da Amazônia(1), Biologia de Populações(1), Melhoramento Vegetal, Manejo e Tecnologia de Cultivo de Espécies Arbóreas(1), Nutrição em Aquicultura(1), Virologia Humana(1), Malária e Dengue-Entomologia(1) e Melhoramento de Recursos Vegetais Tropicais(1).

Para Tecnologista Pleno I, cargo que também exige nível superior, são 02 vagas para áreas de atuação de Biotério(1) e Desenho e adaptação de software(1).

Já para função de Técnico, com exigência de nível médio e/ou técnico, dependendo do cargo, são 78 vagas distribuídas entre áreas de Material radioativo(1), Segurança do Trabalho(1), Estações experimentais(15), Criação de animais em laboratório-biotério(3), Laboratório(10), Microscopia(1), Microorganismos(6), Coleções-répteis e anfíbios(1), Coleções-aves e mamíferos(2), Análise de material biológico(2), Insetos/ Invertebrados(3), Redes de computador(4), Desenvolvimento de software(2), Gerenciamento de documentos(3), Condução e manejo de embarcações(3), Hidráulica(1), Comunicação Social(2), Design Gráfico e Web Design(1), Educação ambiental(2), Extensão rural(2), Propriedade intelectual(1), Técnico em eletrônica(2), Técnico em telecomunicações(1), Apoio à pesquisa(5) e Coleções-plantas(1).

Aprovados no certame irão atuar nas cidades de Manaus (AM), Santarém (PA), Boa Vista (RR) ou Porto Velho (RO).

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas via internet, no endereço eletrônico www.funrio.org.br, no período compreendido entre as 10 horas do dia 09 de julho até às 23 horas e 59 minutos do dia 10 de agosto de 2012. As taxas variam entre R$ R$ 50,00 e R$ 150,00.

Para os candidatos que não tiverem acesso à Internet, a FUNRIO disponibilizará posto de inscrição, localizado no 1º Bloco da Biblioteca do INPA, situada na Avenida André Araújo, 2936, bairro Aleixo, Manaus, AM, no período de 09 a 20 de julho de 2012, de segunda à sexta-feira, no horário das 09:00 às 11:00 horas e das 14:00 às 17:00 horas (horário de Manaus), onde serão disponibilizados computadores para a realização de inscrições de candidatos.

Provas

O Concurso Público será composto de várias etapas, dependendo do cargo, sendo:
-Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
-Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório;
-Defesa pública de memorial, de caráter eliminatório e classificatório;
-Apresentação do projeto de pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório;
-Prova prática, de caráter eliminatório e classificatório;
-Análise de títulos e currículos, de caráter classificatório.

A aplicação de cada etapa de avaliação depende do cargo. Mais detalhes podem ser conferidos no edital em anexo.

As provas serão realizadas na cidade de Manaus-AM. A data definitiva de realização das provas será divulgada por meio de Edital específico no Diário Oficial da União em data prevista no cronograma existente na página do concurso no endereço eletrônico www.funrio.org.br.

O prazo de validade do concurso público será de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano, contado a partir da data de homologação do resultado final do Concurso Público para cada cargo/área de atuação.

Concurso Polícia Federal 2012

Concurso para Polícia Federal abre 600 vagas para Escrivão, Perito Criminal e Delegado de Polícia Federal. Inscrições abrem dia 18 de junho de 2012. Além destas vagas, projeção é abertura de mais 1.000 vagas ainda em 2012.

Após abertura de 600 vagas em cargos de Papiloscopista (100 vagas) e Agente (500 vagas), Polícia Federal divulgou novos editais para concurso público. Diário Oficial da União de 11 de junho divulga 3 novos editais para cargos de Escrivão, Perito Criminal e Delegado de Polícia Federal.
Um dos editais, para cargo de Escrivão de Polícia Federal, conta com 350 vagas em função que exige diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em qualquer área de atuação, além de Carteira Nacional de Habilitação categoria "B". Remuneração será de R$ 7.514,33 por jornada de trabalho de 40 horas semanais.
Um segundo edital, para Perito Criminal Federal, conta com 100 vagas para cargo que exige nível superior e CNH categoria "B", sendo que, oportunidades estão distribuídas entre seguintes áreas: Ciências Contábeis ou Econômicas(12), Engenharia Elétrica, Eletrônica, Telecomunicações ou Redes de Comunicação(3), Ciências da Computação, Informática, Análise de Sistemas, Engenharia da Computação ou Engenharia de Redes de Comunicação(18), Engenharia Agronômica(4), Geologia(5), Engenharia Química, Química Industrial ou Química(9), Engenharia Civil(19), Biomedicina ou Ciências Biológicas(4), Engenharia Florestal(10), Medicina(2), Odontologia(1), Farmácia(5) e Engenharia Elétrica(8). Remuneração será de R$ 13.136,68, por jornada de trabalho de 40 horas semanais.
O terceiro edital abre 150 vagas em cargo de Delegado de Polícia Federal, que exige nível superior completo em Direito e CNH categoria "B". Remuneração será de R$ 13.368,68.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas somente via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos, no período entre 10 horas do dia 18 junho e 23 horas e 59 minutos do dia 9 de julho de 2012, observado o horário oficial de Brasília/DF. A taxa custará R$ 125,00 para cargo de Escrivão e R$ 150,00 para Perito Criminal Federal e Delegado de Polícia Federal.
Para os candidatos que não dispuserem de acesso à Internet, o CESPE/UnB disponibilizará locais com acesso à Internet, nos endereços listados no edital, disponível para consulta em anexo.

Provas

Concurso constará das seguintes fases:
-Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos;
-Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos;
-Exame de aptidão física, de caráter unicamente eliminatório, para todos;
-Exame médico, de caráter unicamente eliminatório, para todos;
-Avaliação psicológica, de caráter unicamente eliminatório, para todos;
-Prova prática de digitação, para cargo de Escrivão;
-Avaliação de títulos, para cargo de Perito Criminal Federal;
-Prova Oral, para cargo de Delegado;
-Curso de Formação Profissional, para todos.
A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 19 de agosto de 2012, no turno da manhã, em todas as capitais e no Distrito Federal.
Os locais e o horário de realização da prova objetiva e da prova discursiva serão publicados no endereço eletrônico da organizadora na data provável de 9 de agosto de 2012. São de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização das provas e o comparecimento no horário determinado.
Os gabaritos oficiais preliminares da prova serão divulgados a partir das 19 horas da data provável de 21 de agosto de 2012.
O exame de aptidão física será realizado nas datas prováveis de 13 e 14 de outubro de 2012 e constará de teste em barra fixa, teste de impulsão horizontal, teste de corrida de 12 minutos e teste de natação de 50 metros.
Para a escolha de lotação serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira.
 
Confira os editais em anexo.

Cronograma

Segundo portaria divulgada pelo Diário Oficial da União de 29 de fevereiro, Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, reiterou a necessidade da abertura do concurso para contratação de novos servidores, reduzindo prazo entre lançamento do edital e aplicação das provas. Segundo nota, prazo máximo será de 45 dias entre publicação do edital e aplicação das avaliações.
Para as 150 vagas de Delegado de Polícia Federal (DPF), 100 de Perito (PCF) e 350 de Escrivão, cursos de Formação terão início em Janeiro de 2013 e nomeações devem ocorrer entre Junho e Julho do mesmo ano. O cronograma poderá ser alterado para contemplar eventuais necessidades administrativas ou ainda por interesse da Polícia Federal.
Nota divulgada pelo Ministério da Justiça, através do ministro José Eduardo Cardozo, em 08 de dezembro de 2011, divulgou que a presidente Dilma Rousseff autorizou a contratação de 2.700 novos servidores.
Serão 1.200 vagas para Polícia Federal e 1.500 para Polícia Rodoviária Federal. Contratação de novos servidores é indispensável para colocar em prática o Plano Estratégico de Fronteiras, que visa atuar em operações nas áreas fronteiriças, reduzindo índices de criminalidade e enfrentando o crime organizado por meio da atuação integrada das instituições dos ministérios da Justiça e da Defesa, além da cooperação com os países que fazem fronteira com o Brasil. Entre os ilícitos mais comuns estão o tráfico de drogas, de armas e de pessoas, além dos ambientais e fiscais, como o contrabando e o descaminho.
O aumento do quadro efetivo da Polícia Federal é de suma importância para eficientizar a atuação no Plano Estratégico de Fronteiras e para futuros eventos a serem realizados no país, como a Copa de 2014 e as Olimpíadas do Rio de 2016. Possíveis aposentadorias de servidores concursados também elevam urgência para abertura de novos concursos.

Verdades e mentiras sobre a regulamentação do exercício da profissão médica

Artigo escrito por Renato Azevedo Júnior, presidente do Cremesp

O projeto de lei 268/02, que regulamenta o exercício profissional da Medicina, encontra-se na Comissão de Educação do Senado. É importante, portanto, mais uma vez, desfazermos alguns equívocos em relação ao assunto.

Comecemos pelo nome. A chamada " Lei do Ato Médico" é um projeto legislativo que propõe regulamentar o exercício da profissão. Não é uma lei do " ato médico" , o que seria absurdo por ser este um ato complexo, que envolve conhecimentos técnicos, científicos, epidemiológicos, filosóficos e éticos, com mais de 2 mil anos de história. O epíteto " Lei do Ato Médico" é empregado para desqualificar o mérito da discussão.

Das 14 profissões que atuam na saúde do Brasil, apenas a Medicina não tem o seu exercício profissional estabelecido em lei. Talvez pelo fato de ser a mais antiga das profissões da Saúde, nunca houve preocupação em regulamentá-la. Mas, como alguns procedimentos exclusivos de médico do ponto de vista técnico-científico, legal e de responsabilidade civil passaram a ser executados por profissionais não médicos, surgiu a necessidade de definição legal das atividades que são ou não privativas de quem tem a formação médica.

Como é facilmente compreensível para quem lê por inteiro o teor do PL e não apenas " pinça" alguns de seus artigos , ele não pretende se sobrepor às outras profissões da Saúde, muito menos colocá-las em posição subalterna. Não existe no projeto qualquer referência que permita esse tipo de interpretação, a não ser por desinformação ou má intenção. Ao contrário, em seus artigos e parágrafos está muito claro o respeito pelas atribuições das outras profissões.

Debatido há mais de 10 anos, o projeto encontra-se em fase final de discussão no Senado e, se finalmente aprovado, seguirá para sanção presidencial. Durante a tramitação, foram ouvidos vários setores da sociedade, em audiências públicas, com participação das entidades representativas de todas as profissões da Saúde, até chegar ao texto final que atende, principalmente, às necessidades da população brasileira.

A regulamentação da profissão de médico é essencial para proteger a sociedade, evitando que indivíduos sem preparo técnico adequado pratiquem atos danosos à saúde das pessoas.

Uma leitura atenta, isenta, sem preconceitos e honesta do PL mostra com clareza que não se pretende nem seria possível excluir outras profissões da Saúde do atendimento aos cidadãos, ou mesmo limitar suas atribuições.

O objetivo é mostrar que uma equipe de saúde deve contar com diversos profissionais, de maneira harmoniosa e integrada, nas suas atribuições específicas, incluindo os médicos. Afinal, ao contrário do que pensam alguns, ainda não é possível praticar Medicina sem médico.

Fonte isaude

Homens engordam, em média, quase 10 kg depois de se tornarem pais

Resultados sugerem que a falta de tempo para se exercitar e a dificuldade em comer bem são responsáveis pelo ganho de peso

Pesquisadores britânicos descobriram que os homens engordam, em média, 9,5 kg depois de se tornarem pais. Os resultados sugerem que a falta de tempo para se exercitar e comer bem são responsáveis por esse ganho de peso.

Para o trabalho realizado pela Benenden Healthcare Society, os pesquisadores analisaram 2 mil pais britânicos.

"O estilo de vida moderno é agitado e este estudo mostra claramente o impacto que isso esta tendo sobre a paternidade. Descobrimos que a saúde do pai moderno está sofrendo pressão do lado do trabalho e da vida familiar. Como resultado, eles estão tomando atalhos com suas dietas, o que leva ao aumento de peso, um estilo de vida mais sedentário e, eventualmente, maiores riscos de saúde", afirma o pesquisador Paul Keenan.

O levantamento descobriu que 60% dos pais britânicos estão fora de forma e que isso eleva o risco de doença cardíaca, bem como afeta suas relações familiares. O estudo também descobriu que quatro em cada dez pais não são capazes de se exercitar porque estão exaustos demais. Em média, os dados mostraram que os homens engordaram quase 10 kg após se tornarem pais.

Segundo os pesquisadores, a unidade da família está sofrendo com essas mudanças no estilo de vida. Muitos pais se sentem cansados demais para brincar com seus filhos como uma consequência do excesso de trabalho e dieta ruim.

O estudo também questionou 500 jovens adultos (com idades entre 18 e 30 anos) sobre a saúde do seu pai.

Entre os jovens, 60% dizem que seu pai não está apto ou muito saudável e metade dos adultos jovens classificam o pai como acima do peso.

Um terço dos jovens acha que seu pai é teimoso e se recusa a lidar com questões de saúde, menos quando é pressionado.

"Os homens podem enfrentar uma dura batalha com a sua saúde quando se tornam pais. A pesquisa mostra ainda que seus filhos sabem disso. A doença cardíaca é a maior causa de morte prematura nos homens. Estamos mostrando que se eles quiserem ver seus filhos crescerem, precisam ficar saudável", concluem os pesquisadores.

Fonte isaude

Advertência gráfica em maços reforça lembrança sobre riscos do tabagismo

Estudo realizado nos EUA compara como fumantes recebem advertência textual de mensagens ilustradas de alerta

Adição de advertências gráficas em maços de cigarros reforça lembrança de fumantes em relação aos alertas e os riscos à saúde relacionados ao tabagismo. É o que comprova estudo conduzido na Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Descobertas foram publicadas online no American Journal of Preventive Medicine.

"Um primeiro passo importante para avaliar a real eficácia dos rótulos de advertência é demonstrar se os fumantes podem corretamente se lembrar de seu conteúdo ou da mensagem", diz o principal autor do estudo, Andrew A. Strasser. "Com base na presente pesquisa, agora temos uma melhor compreensão de duas questões importantes sobre como os fumantes dos Estados Unidos veem advertências gráficas: se eles recebem a mensagem e como eles recebem a mensagem."

No estudo, 200 fumantes foram disponibilizados aleatoriamente para ver uma advertência textual - utilizada nos EUA desde 1985 - e um alerta gráfico, que mostra um paciente internado e possui um texto maior - semelhante proposto pela FDA para ser aprovado no país norte-americano.

Para avaliar como os participantes viam o layout dos anúncios, a equipe de investigação utilizou uma sofisticada tecnologia de rastreamento ocular. Com este equipamento, eles foram capazes de medir tempo de permanência (tempo total visualização de várias partes do anúncio, incluindo o texto ou aviso gráfico), tempo para primeira visualização das partes do anúncio, para avaliar o quão chamativo é o mesmo, além do número de vezes que cada área do anúncio era vista (incluindo o texto ou o aviso gráfico). Após a leitura dos anúncios, cada participante do estudo também teve que reescrever o texto do rótulo de advertência para demonstrar a sua recordação da informação.

Os pesquisadores encontraram uma diferença significativa na porcentagem de recordação correta entre as advertências textuais e as que uniam imagem e texto, respectivamente 50% contra 83%. Além disso, quanto mais rápido um fumante olhava para o texto (disponibilizado em letras maiores) dos alertas gráficos e quanto mais tempo eles viam as imagens, maior era a probabilidade de eles recordarem as informações corretamente.

Segundo os pesquisadores, os novos dados demonstram que chamar a atenção para o rótulo de advertência pode melhorar a recordação de informações relevantes relacionadas à saúde, o que tem potencial para melhorar a percepção sobre o risco do tabagismo. Além disso, atrair a atenção para o aviso antes de ver o corpo anúncio pode mudar o entendimento da mensagem no corpo da propaganda, fazendo com que os espectadores a vejam com mais atenção. Por fim, o tempo para a primeira visualização da advertência tem aplicações práticas em contextos reais, no qual as pessoas destinam apenas poucos segundos a um anúncio impresso. Estudos mais aprofundados sobre o tamanho, fonte, cor e localização do texto podem identificar a maneira mais eficaz de chamar a atenção.

"Esta pesquisa fornece insights valiosos sobre como as etiquetas de advertência podem ser eficazes, o que pode servir para a criação de advertências ainda melhores no futuro", conclui Strasser.

Fonte Isaúde

Confirmada a segunda morte por gripe A no Rio Grande do Sul em 2012

Morador de Boa Vista do Cadeado estava internado em hospital de Cruz Alta

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou a ocorrência da segunda morte causada pela gripe A (H1N1) em 2012 no Rio Grande do Sul. Um homem de 25 anos, morador de Boa Vista do Cadeado, estava hospitalizado em Cruz Alta, no Alto Jacuí. Ao todo, o Rio Grande do Sul já soma dez casos confirmados da doença desde janeiro. A primeira vítima fatal foi uma mulher de 34 anos, sem comorbidade, moradora de São Miguel das Missões, que se internou em um hospital de Santo Ângelo.

O Rio Grande do Sul já contabiliza sete casos da doença em 2012 nas seguintes cidades: Alvorada, Arroio do Tigre, Cruz Alta, Porto Alegre, Santa Bárbara do Sul, Santa Cruz do Sul e São Miguel das Missões. Os pacientes de Santa Bárbara e Porto Alegre permanecem internados em hospitais, os outros já se recuperaram.

Conforme a SES, o Estado apresenta um número menor de casos em relação às outras regiões do País. Em Santa Catarina, já são 262 casos confirmados e 18 mortes pelo vírus, além de três por gripe sazonal. No ano passado, foram registradas 103 ocorrências e 14 mortes por gripe A no Rio Grande do Sul.

As principais ações de enfrentamento à doença incluem a vacinação dos grupos mais vulneráveis às complicações pelo vírus, a manutenção de medidas preventivas e o tratamento com antiviral Oseltamivir (Tamiflu), disponível em todo o Estado para casos suspeitos de influenza internados ou ambulatoriais, de acordo com orientação médica.

Até o fim da tarde desta quinta-feira, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) confirmava a vacinação de 1,5 milhão de pessoas dos grupos prioritários no RS, o que corresponde a 78,37% de cobertura. A campanha se encerrou oficialmente nessa quarta-feira, mas a SES orientou aos municípios que ainda não atingiram a meta de 80% que mantenham a vacinação dos grupos prioritários.

Medidas de prevenção:
- Higienizar as mãos com frequência;
- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
- Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
- Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;
- Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes
com aglomeração;
- Ventilar os ambientes.


Doses aplicadas da vacina contra a gripe:
Crianças: 160.691 (80,11%)
Trabalhadores da saúde: 166.828 (121,11%)
Gestantes: 67.088 (66,9%)
Indígenas: 19.102 (93,4%)
Idosos: 1.097.432 (75,19%)
Total: 1.503.666 (78,37%)

Fonte Correio do Povo

Especialistas do InCor vão orientar médicos do SUS no diagnóstico de doenças cardiovasculares

São Paulo – Especialistas do Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas de São Paulo vão ajudar a diagnosticar doenças cardiovasculares em até 200 unidades de saúde do país. A orientação será dada à distância por meio de videoconferência. O projeto pretende agilizar o início do tratamento, tendo em vista que 5% das mortes ocorrem na primeira hora da manifestação da doença e 80% em até 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde.

O convênio entre o ministério e o InCor, assinado ontem(15), começa a vigorar em um mês, com uma fase piloto nos prontos-socorros da zona oeste de São Paulo. De acordo com ministério, em 2009, as doenças carediovasculares representaram 31% das mortes no Brasil, sendo a principal causa de incapacidade e de mortalidade. “Nossa intenção é que a expertise [conhecimento e experiência] do Incor chegue aos lugares mais remotos do país, ajudando a democratizar o acesso dos brasileiros aos avanços científicos”, explicou Roberto Kalil, diretor da Divisão Cardiologia do instituto.

Uma equipe estará disponível 24 horas por dia para prestar a orientação à distância. A expectativa dos órgãos é que, em até dois anos, 200 unidades do sistema público de saúde se credenciem para participar do projeto. “Quando falamos da inclusão do InCor no programa, muitas unidades manifestam grande interesse em participar”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. “Somos uma instituição que serve ao Brasil, não só a São Paulo. Recebemos milhares de pacientes do país e também da América Latina”, complementou Kalil.

Serão usados recursos de imagem, som e transmissão de dados. De acordo com o InCor, a central de telemedicina é composta por equipamento portátil de eletrocardiograma, microcomputador com monitor de alta resolução, câmera de vídeo para internet, microfone e fone de ouvido. O ministério disponibilizou R$ 991 mil para a primeira fase do projeto, que integra o Programa Telessaúde Brasil Redes, que já chegou a 1.733 unidades de saúde do país.

Padilha avalia que, além de ajudar no diagnóstico das doenças do coração, o projeto vai contribuir para o avanço da pesquisa médica. “Os profissionais vão vivenciar como é tratar, no cotidiano, pessoas em diferentes localidades do país. Teremos, certamente, mais estudos e mais pesquisas a partir de diversas realidades”.

Na assinatura do convênio, também foi anunciado o investimento de R$ 8 milhões na modernização tecnológica do InCor. Serão adquiridos aparelhos de tomografia, ultrassom e ecocardiograma, além de monitores e centrais de monitoramento de pacientes em estado crítico. Os novos equipamentos serão destinados, principalmente, para os tratamentos intensivos.

Fonte Agência Brasil

Ministério da Saúde investe R$ 348,8 milhões na expansão e melhoria do SUS em SP

São Paulo - O estado de São Paulo vai receber investimentos de R$ 348,8 milhões para a expansão e qualificação dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito na tarde de ontem (15) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Desse total, cerca de R$ 229,4 milhões serão usados na rede de atenção às urgências da Baixada Santista e na região de Campinas, com a criação de novos leitos clínicos e de unidade de terapia intensiva (UTI) e assistência para atenção domiciliar, entre outros. Mais R$ 57 milhões serão destinados para ampliação de unidades de Pronto-Atendimento (UPAs).

O Ministério da Saúde vai repassar cerca de R$ 34 milhões para construção de 383 unidades Básicas de Saúde (UBSs), ampliando a capacidade de atendimento anual no estado de 83,4 milhões para 105,4 milhões de pessoas. O ministério também destinou R$ 19,9 milhões para o Hospital das Clínicas de São Bernardo do Campo (SP), que será inaugurado no segundo semestre deste ano.

“Os investimentos que repassamos hoje (15) são, uma parte, para construção de novas UPAs e UPAs 24 horas que, depois, quando estiverem prontas, terão mais recursos para manutenção e custeio”, disse o ministro.

Segundo Padilha, após um ou dois meses de funcionamento das novas UPAs, o ministério irá fazer uma avaliação de cada uma e, se houver qualidade no atendimento prestado, os recursos de custeio de manutenção para ela serão dobrados.

Antes, pela manhã, o ministro já havia anunciado investimento de cerca de R$ 8,9 milhões do governo federal para o Instituto do Coração (InCor) para compra de equipamentos e modernização tecnológica.

Além do anúncio desses investimentos, o ministro participou de uma audiência pública na Alesp, na qual apresentou o Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde (Idsus), lançado em março deste ano e que pretende avaliar, a cada três anos, o acesso e a qualidade dos serviços que são prestados atualmente pelo SUS.

De acordo com o ministro, os estados e municípios que apresentarem melhoria nos indicadores do Idsus e qualidade nos serviços prestados vão receber repasses maiores de recursos.

“A partir desse diagnóstico, vamos identificar o que precisa ser melhorado e o que precisa ser reconhecido, como o esforço do município ou do estado em melhorar esses indicadores, inclusive com incentivo financeiro”, disse o ministro.

Fonte Agência Brasil

Saúde pretende vacinar este ano 13,5 milhões de crianças contra paralisia infantil

Brasília – Postos de saúde abrem hoje (16) em todo o país para vacinar menores de 5 anos contra a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. Pais e responsáveis devem levar o cartão de vacinação da criança para atualização das doses.

Ao todo, 115 mil unidades de vacinação vão funcionar das 8h às 17h. A imunização também será feita em escolas, shopping centers e igrejas. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 13,5 milhões de crianças. O número representa 95% do público-alvo definido, de 14,1 milhões.

A campanha vai até o dia 6 de julho. Ao todo, 350 mil profissionais de saúde deverão participar da ação, que contará ainda com 42 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais. Serão distribuídas 23 milhões de doses em todo o país.

De acordo com o Ministério da Saúde, os investimentos com a campanha somaram R$ 37 milhões, repassados aos estados e municípios, sendo R$ 16 milhões apenas com a aquisição da vacina.

Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, o Brasil realiza a campanha desde 1980 e não registra casos de poliomielite há 23 anos. Em 1994, o país recebeu o certificado de erradicação da transmissão da doença.

Entretanto, 16 países ainda registram casos e, em três deles, a situação é endêmica: Afeganistão, Paquistão e Nigéria.

Fonte Agência Brasil

Como aliviar a dor do joanete

Escolher corretamente os sapatos e evitar saltos altos minimiza o problema. Confira outras dicas

O joanete é uma deformidade do pé, que pode ocorrer devido ao uso de sapatos apertados ou com saltos muito altos. A articulação na base do dedão do pé se destaca e fica inflamada.

A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos indica alternativa para aliviar a dor com facilidade:

- Escolha sapatos confortáveis e que se encaixam perfeitamente nos seus pés

- Use sapatos que tenham sola macia e que nao aperte os dedos

- Não use saltos muito altos

- Não sapatos muito apertados e pontudos

- Proteja o joanete com uma almofadinha acolchoada, produto vendido em casas especializadas

Fonte iG

Encontre mais tempo para você

Cinco conselhos para conseguir o que ninguém pode fazer por você: ter mais tempo para aproveitar o que realmente importa

Se você é do tipo de pessoa que está sempre fazendo coisas para os outros, precisa encontrar tempo para si mesmo, dizem especialistas.

A Academia Americana de Médicos de Família oferece os seguintes conselhos para retomar o controle sobre o seu tempo:

- Tente manter um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal

- Encontre tempo para cultivar os relacionamentos importantes

- Não tenha medo de procurar ajuda de outras pessoas quando precisar

- Faça exercícios e pratique técnicas de relaxamento, isso vai ajudar a diminuir o estresse

- Mantenha a mente aberta e se disponha a experimentar novos hobbies e atividades

Fonte iG

Reduzindo o consumo de sódio

Comer com menos sal ajuda a evitar a hipertensão

Muitos alimentos e receitas incluem grande quantidade de sal (sódio), o que pode aumentar a pressão arterial, um problema que já afeta 25% da população brasileira.

O Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue dos Estados Unidos dá algumas dicas de como reduzir o consumo de sódio na dieta e assim proteger a saúde do coração:


- Consuma verduras frescas, ou enlatadas e congeladas sem adição de sal

- Prefira carnes, aves e peixes frescos aos produtos processados e enlatados

- Tempere os alimentos com ervas, especiarias e condimentos sem sal. Evite macarrão instantâneo, arroz e outros alimentos com temperos pré-embalados

- Se consumir enlatados, enxágue o conteúdo para remover o excesso de sódio

- Evite preparar alimentos como pizzas congeladas

- Opte por uma dieta com baixo teor de sódio, elegendo as versões com menos sal de seus alimentos favoritos

Fonte iG

Conheça os vilões da osteoporose

Saiba quais são os alimentos e hábitos que prejudicam a saúde dos ossos

O presidente da Associação Brasileira de Avaliação da Saúde Óssea e Osteometabolismo (Abrasso), Bruno Muzzi Camargos, listou 12 alimentos e hábitos que prejudicam a saúde dos ossos e podem ser gatilhos da osteoporose.

1. Fumo: as substâncias químicas do cigarro comprometem a absorção do cálcio pelos ossos, transformando o hábito em um fator de risco para o aparecimento da doença.

2. Cafeína: mas pesquisas indicam que os produtos com muita cafeína aumentam o risco de osteoporose.

3. Quimioterapia: usada no tratamento do câncer, tem como sequela a alteração na estrutura do esqueleto do doente e por isso pode acarretar osteoporose.

4. Alcoolismo: o consumo abusivo de álcool enfraquece os ossos porque altera o metabolismo e prejudica a fixação de nutrientes protetores dos ossos.

5. Anticoncepcional injetável antes dos 25 anos: a massa óssea do organismo é formada até essa idade e depois começa a entrar em declínio.

6. Intolerância ao glúten: ela prejudica a absorção dos nutrientes e com isso a manutenção dos ossos. O glúten é uma proteína presente em muitos cereais.

7. Uso de cortisona: presente nas drogas para o controle da dor, ela pode enfraquecer os ossos quando utilizada de forma abusiva.

8. Falta de Vitamina D: a principal fonte de vitamina D é o banho de sol (15 minutos diários). A carência do nutriente enfraquece os ossos.

9. Anorexia: magreza excessiva e transtornos alimentares estão relacionados à osteoporose que, nestes casos, aparece ainda na juventude.

10. Refrigerantes: são ricos em fósforo (mesmo as versões ligth, zero e diet), que também compromete a absorção do cálcio.

11. Redução do estômago: evidências científicas mostram que a cirurgia é um fator de risco para a osteoporose, pois compromete a absorção de cálcio.

Dieta rica em sal: o sódio, além de elevar o risco de hipertensão, prejudica a absorção de cálcio pelo organismo.

Fonte iG