Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Veja 14 passos para ter sucesso na carreira

Não abrir mão da vida pessoal pode ser o segredo para a satisfação na carreira
Executivo da Amazon propõe uma relação sustentável entre vida e trabalho
 
Não abrir mão da vida pessoal pode ser o segredo para a satisfação na carreira. É o que acredita o diretor de conteúdo do Kindle da Amazon, Andreas von der Heydtis, que listou 14 formas para ser bem sucedido no trabalho, sem deixar de aproveitar o tempo livre com a família e os amigos.
 
Em artigo publicado pelo Fórum Econômico Mundial, Heydtis afirma que não existe uma fórmula mágica para resolver este dilema, especialmente para pessoas que ocupam cargos de grande responsabilidade.
 
“Mas posso oferecer uma perspectiva diferente, proporcionando princípios que comprovadamente permitem entrar na vida de alguém e concentrar mais em estabelecer relações sustentáveis e preciosas para garantir o sucesso sem lamentar depois”, diz o executivo.
 
Veja os passos para ter sucesso no trabalho:
 
Seja claro sobre o que você deseja alcançar na vida
Por que coisas você quer ser lembrado depois que partir desta vida? Você quer deixar uma conta bancária recheada ou quer ser lembrado como um pai, amigo ou mentor amável e carinhoso?

Seja realista sobre seu trabalho
Tudo bem trabalhar demais se você gosta disso e traz satisfação. Ao mesmo tempo, você precisa reconhecer que não pode fazer tudo. Senão, os resultados provavelmente serão pessoalmente adversos e distantes dos objetivos da empresa.

Não busque a perfeição
A humanidade não é perfeita. Sua família, amigos e colegas tem seus momentos de crise e cometem erros. E tudo bem! Reconheça que de tempo em tempo você e outras pessoas perdem o foco. Não cobre de si mesmo nem dos outros padrões ridiculamente altos. Ao invés disso, foque em iniciativas contínuas de evolução.

Esqueça o equilíbrio entre vida e trabalho
Você deve começar a reformular essa noção. Trabalho e vida pessoal estão irrevogavelmente interligados. Encontre formas de integrar ambos com eficiência e efetividade. Não desperdice sua energia em tentar separar vida e trabalho.

Viva o momento e esteja nele
Quando você está com quem ama e com os amigos dê a eles toda sua atenção e esteja presente com todas as suas forças. Apenas esteja lá para eles. Desligue todos os aparelhos e pensamentos ligados ao trabalho.
 
Pratique a atenção
Esteja disposto a dar, dividir e ajudar. E não apenas obter ou receber. Ouça mais do que fala. Tente ouvir com mais de duas orelhas. Tente ser uma caixa de ressonância. Seja pró-ativo e seja uma fonte útil.

Admita os erros
Desculpe-se por eles e faça um plano para poder voltar atrás. Tudo bem não saber tudo e não tentar ser profissional demais. Seja autêntico, humano e vulnerável. Isso torna você acessível e simpático.

Seja tolerante e aprenda a gostar das pessoas
Você pode não amar todo mundo, mas você pode ensinar a si mesmo a gostar dos outros. Especialmente aqueles que são diferentes de você pela disposição em abrir suas mentes para diferentes opiniões e mudanças.

Torne isso pessoal
Elogie os outros. Não elogie a si mesmo. Em vez disso, nunca esqueça quem o levou a onde você está. Expresse gratidão sempre que possível aos amigos, colegas, parceiros de negócios, clientes e fregueses.

Seja transparente e encoraje o criticismo construtivo e feedback honesto
Seja corajoso o suficiente para comentar ou sugerir melhoras sempre que tiver vontade.

Faça o que você diz
Quando diz que vai fazer algo, faça. Cumpra seus prazos. Seja sempre um parceiro confiável. Como eliminar surpresas ruins. Isso gera confiança.

Estabeleça um sistema fácil e descomplicado
Para assegurar-se de que você se conecta com seus contatos de uma forma mais ou menos regular. Às vezes isso pode ser traduzir em escrever um pequeno email. Talvez uma pequena frase ou um curto SMS. Não há necessidade para você escrever uma carta de duas páginas para manter contato com alguém.
 
Cuide de si mesmo
Só se você estiver feliz, satisfeito e sintonizado com você mesmo você pode estabelecer relações sinceras. Passe tempo suficiente fazendo o que vai te levar a isso: esportes, uma bebida com um ex-colega de trabalho, um dia relaxante em um spa ou um tratamento de beleza, a leitura de um livro.

Não se leve tão a sério
Você é substituível. Eu também sou e todos nós. Curta a si mesmo e mostre a todos ao seu redor que você sabe como se divertir. Só é preciso alguns músculos para sorrir. O humor – incluindo a habilidade de rir de si mesmo – é um grande professor!
 
G1

Seis causas comuns de labirintite

Thinkstock/VEJA: Labirintite: tontura, náusea, zumbido no
ouvido, suor frio e diarreia são sintomas do problema
Distúrbio no labirinto pode ser desencadeado por mais de 300 fatores. Entre os principais estão diabetes, má alimentação e uso de medicamentos
 
Sentir que o mundo está rodando é um sinal de tontura. Quando a pessoa percebe que esse sintoma vem acompanhado de náusea, zumbido no ouvido, suor frio e diarreia, ela pode estar com labirintite. O distúrbio ocorre quando há uma alteração no funcionamento do labirinto, uma estrutura dentro da orelha responsável pela audição e pelo equilíbrio do corpo. 
 
A labirintite pode ser causada por mais de 300 fatores, de má alimentação a doenças metabólicas, como o diabetes. “Em todos os casos, o labirinto envia mensagens desalinhadas ao cérebro sobre a posição da cabeça no espaço, e a consequência é a perda do equilíbrio”, explica o otorrinolaringologista Fernando Ganança, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial.
 
As células do labirinto são grandes consumidoras de oxigênio e nutrientes. Qualquer déficit dessa suplementação faz com que o cérebro tenha dificuldades em registrar as informações enviadas pelo labirinto.
 
De acordo com Ganança, os principais agravantes da labirintite são maus hábitos alimentares. Ficar em jejum prolongado e consumir grandes quantidades de açúcar refinado, por exemplo, são fatores que alteram o funcionamento do labirinto. Além disso, alimentos estimulantes, como café e álcool, pioram o distúrbio: eles aumentam a densidade do líquido dentro do labirinto, responsável pela percepção da posição da cabeça.
 
Tratamento
A primeira medida a se tomar quando há sinais de labirintite é pesquisar seu gatilho. “Depois de identificar o motivo, tratamos a causa do distúrbio. Se o problema persistir, receitamos medicamentos que combatem a tontura e os sintomas acompanhantes”, afirma Ganança. Em casos mais sérios, o médico pode recomendar exercícios específicos para o paciente se acostumar com a tontura.
 
Caso não seja tratada, a labirintite pode se tornar crônica. “Ela começa a limitar as atividades do dia a dia. O paciente deixa de ter atividade social e profissional. Fica deprimido por ter sensação de insegurança e de limitação”, diz Ganança. Por isso, quando os sintomas aparecem, é preciso procurar um médico.
 
Causas comuns da labirintite
 
Hipertensão
A hipertensão aumenta a pressão no interior das artérias e dificulta a chegada de sangue no labirinto. Com menos sangue, faltam nutrientes e oxigênio para nutrir as células da região. Esse desequilíbrio faz com o cérebro tenha dificuldade em decodificar a posição da cabeça no espaço por não conseguir se comunicar adequadamente com o labirinto.
 
Diabetes, pré-diabetes e hipoglicemia
Qualquer desajuste na quantidade de açúcar no sangue altera a vascularização do labirinto. "Além disso, essa disfunção pode mudar a constituição do líquido que há dentro do labirinto, que ajuda na percepção do equilíbrio", diz o otorrinolaringologista Fernando Ganança, presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial.
 
Açúcar refinado
O consumo exagerado de açúcar refinado altera o funcionamento do labirinto e as mensagens que ele envia ao cérebro. Um dos sintomas da falha e comunicação entre o cérebro e o labirinto é a tontura. Por isso, a recomendação é ingerir doces e guloseimas com moderação.
 
Medicamentos
O uso recorrente de quimioterápicos, anti-inflamatórios, antibióticos e anti-hipertensivos modifica o funcionamento do labirinto e prejudica o envio de mensagens para o cérebro sobre a posição da cabeça.
 
Café em excesso
A cafeína, presente no café, em chás e refrigerantes, é uma substância estimulante e tóxica para o labirinto. "Ela aumenta a densidade do líquido do labirinto, e isso atrapalha a percepção do cérebro sobre a posição da cabeça", diz Ganança.
 
Bebida alcoólica
Bebidas alcoólicas são estimulantes, como o café. O álcool em excesso causa uma irritação aguda no labirinto e prejudica a percepção do cérebro sobre a posição da cabeça. 

VEJA

Infertilidade: quando o problema está no homem

Infertilidade masculinaVocê sente que chegou o momento de realizar o sonho da maternidade? O médico Mauricio Chehin, do Huntington Centro de Medicina Reprodutiva, um dos mais conceituados do país, esclarece questões cruciais para auxiliá-la nessa jornada
 
A infertilidade masculina é responsável pela metade dos casos de casais que não conseguem engravidar. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 40% das taxas de infertilidade são atribuídas aos homens. Os outros 40% se aplicam à mulher e de 30% a 40% dos casos em que o casal não consegue engravidar são por motivos que envolvem a infertilidade de ambos, homem e mulher.
 
Fato curioso é que os homens não se preocupam muito com a sua fertilidade. Geralmente, a companheira descobre que não consegue engravidar por algum motivo que não diz respeito a ela. É incomum que rapazes apareçam sozinhos nas clínicas de reprodução assistida para checar se possuem algum problema de fertilidade. Alguns só encaram uma visita ao médico quando a parceira procura ajuda de um especialista e, ao fazer o teste, confirma que pode ter filhos. Então, resta uma possibilidade: a causa vem do homem e não da mulher.
 
A resistência de alguns homens pode estar ligada à fatores culturais como o machismo, que associa a infertilidade masculina a uma suposta falta de virilidade. Isso é um pensamento retrógrado, e prova disso é que muitos não vêm problema nenhum em acompanhar suas mulheres aos consultórios para resolverem juntos o a dificuldade de engravidar.
 
O primeiro passo para que o homem identifique algum problema que o impeça de ter filhos é a realização do espermograma, um exame simples e esclarecedor do que se passa exatamente com o potencial fértil. O médico analisa amostras seminais colhidas pelo próprio paciente através de masturbação. O material coletado será encaminhado para a análise da quantidade, motilidade e  morfologia dos espermatozoides. A partir de então, junto aos exames da mulher, o especialista saberá dizer com maior precisão quais as melhores medidas a serem tomadas para que o casal consiga ter um bebê.
 
O homem produz espermatozoides de três em três meses, e sua produção continua ativa mesmo após os 50 anos, idade em que a reserva ovariana já teria se esgotado. Os motivos que impedem a fertilidade são diversos: a má formação das células reprodutivas masculinas, a baixa concentração delas no espermograma ou problemas como a varicocele, que aumenta a temperatura dos testículos provocando a desnaturação dos espermatozoides. Outro fator que impede a gravidez é a vasectomia, cirurgia realizada voluntariamente pelo homem, que obstrui os ductos deferentes para bloquear a saída do esperma.
 
Hoje, já existem técnicas muito úteis para auxiliar o paciente que deseja ser pai, como a Injeção Intra-Citoplasmática (ICSI), que introduz, através de uma agulha, o espermatozoide diretamente dentro do óvulo.
 
Não importam quais sejam os motivos, ambas as partes envolvidas no tratamento devem apoiar uma a outra, independente de qual delas provem o problema de infertilidade. Tentar gerar um filho para resolver situações conflituosas de relacionamento conjugal pelas quais os dois estejam passando é um grande erro. Querer ter um filho é uma experiência que precisa ser pensada com cuidado, porque muitas vezes o  desafio é ainda maior após o nascimento do bebê.
 

Laxantes: indicações, tipos e cuidados

O que são laxantes ?
Os laxantes são preparações usadas para encorajar a eliminação das fezes. Eles geralmente são usados para tratar a constipação. Certos laxantes salinos, estimulantes e lubrificantes são usados para evacuar o cólon para exame retal e dos intestinos.
 
Intestino preso. Não há dúvida. Laxante nele. Esse tipo de atitude pode até ser um alívio naquelas horas insuportáveis, mas é bom saber que pode gerar sérios problemas no futuro
 
"O intestino preso é uma coisa extremamente frequente. Falando em parâmetros normais, podemos dizer que se uma pessoa vai até três vezes ao dia ao banheiro é normal. E se ela passa até três dias sem ir ao banheiro também é normal. Mas se este limite de três dias é ultrapassado, aí já podemos considerar como um problema intestinal", explica o médico Wilson Gogolevsky.
 
"As pessoas começam a usar laxantes sem prescrição como uma tentativa de regularizar o intestino. Geralmente compram estes famosos que aparecem na televisão", observa. O primeiro malefício deste uso constante é que estes medicamentos "viciam", pois fazem cada vez menos efeito e o indivíduo tem que apelar para um mais forte que o anterior.
 
Sem falar no fato de que eles irritam a mucosa do intestino grosso, fazendo com que este secrete mais água do que o normal. É por isso que as fezes amolecem e a pessoa consegue ir ao banheiro. Na hora isso pode até ser bom, mas dentro do organismo as coisas não vão muito bem.
 
"Esses laxantes "queimam" o intestino, causando irritação. Desta forma ocorre uma alteração na flora intestinal e a mucosa que protege o intestino vai ficando "careca", ou seja, a espessura dela diminui", alerta o especialista. Outro prejuízo é o "alisamento" do intestino grosso. Ele é formado por estruturas chamadas haustrações, como se fossem pequenas dobrinhas que ajudam a moldar as fezes e facilitam as contrações intestinais para que sejam eliminadas.

Tipos de laxantes
Há vários tipos de laxantes. Alguns combinam mais de um tipo de ingrediente ativo para produzir uma combinação de efeitos. Laxantes podem ser administrados de forma oral ou em supositórios.

Alguns tipos de laxantes incluem:

* Agentes produtores de volume fecal, os quais incluem fibras alimentares. Esses laxantes devem ser tomados com bastante água.

* Surfactantes fazem com que água e gorduras penetrem nas fazes tornando-as mais fáceis de movimentar.

* Lubrificantes e emolientes, os quais fazem as fezes ficarem mais escorregadias.

* Agentes hidratantes fazem o intestino reter mais água, amolecendo as fezes.

* Laxantes salinos atraem e retêm água no lúmen intestinal amolecendo as fezes.

* Agentes hiperosmóticos funcionam pelo efeito osmótico, o qual retém água no cólon.

Com o uso excessivo de laxantes, estas haustrações vão sumindo e a o intestino grosso sente uma maior dificuldade para funcionar. Além, disso é como se ele aumentasse de tamanho, pois as "dobrinhas" foram "alisadas". Assim, o caminho para as fezes saírem fica ainda mais longo.
 
Casos indicados
Os laxantes só devem ser usados para casos de constipação (prisão de ventre) crônica. A maior parte das pessoas com prisão de ventre moderada não precisa tomar laxantes. Deve-se evitar a automedicação com laxantes.

Apesar de várias pessoas poderem ter alívio com a utilização de laxantes, geralmente precisam aumentar a dose com o tempo uma vez que a eficácia diminui com o uso repetido. Conseqüentemente, o uso indiscriminado de laxantes poderia ocasionar constipação. "Têm pessoas que tomam laxante para emagrecer. Isso é ilusão. O que acontece é apenas uma perda maior de água. Outras acham que devem tomar de vez em quando para fazer uma limpeza no organismo. É outro erro", destaca. "Muitos pensam que algumas plantas, como cáscara sagrada, salamargo, seni, etc, não fazem mal. Mas elas também podem gerar um efeito nocivo quando ingeridas em excesso", ressalta.
 
"O ideal seria ir ao médico primeiro. O que pode ajudar o intestino são os formadores de massa fecal. Quer dizer, as fibras. A maior parte é vendida em forma de um pozinho para dissolver na água", diz. E aí vai uma dica. Ao dissolver a fibra é preciso tomá-la logo em seguida para não perder o efeito. E a pessoa deve beber muita água, se não ela pode funcionar justamente de forma contrária, prendendo ainda mais as fezes.
 
"Para fazer com que o intestino volte a ter um funcionamento normal existem medicamentos específicos. Em casos graves, onde as haustrações diminuíram exageradamente é preciso até mesmo retirar um pedaço do intestino grosso cirurgicamente para que as fezes sejam eliminadas de forma mais rápida", conta.
 
"Uma boa alimentação com fibras, muita água e atividade física ajudam muito", lembra. "É bom estabelecer um horário para ir ao banheiro todos os dias. Tentar educar o intestino", aconselha.

Apesar de várias pessoas poderem ter alívio com a utilização de laxantes, geralmente precisam aumentar a dose com o tempo uma vez que a eficácia diminui com o uso repetido. Conseqüentemente, o uso indiscriminado de laxantes poderia ocasionar constipação.

Cuidados com o uso de laxantes
O uso de laxantes é muitas vezes abusado por pessoas com bulimia e anorexia que querem emagrecer. O uso indiscriminado de laxante é muito sério, já que pode ocasionar problemas como paralisia intestinal, síndrome do intestino irritável, pancreatite, entre outros.

Gazeta Digital , Copacabana Runners

Concurso Prefeitura de Boa Viagem - CE

A Prefeitura de Boa Viagem, no interior do Ceará, divulgou edital de concurso público com 543 vagas e salários que variam de R$ 1.009,81 a R$ 9 mil.

As inscrições podem ser feitas entre 10 de fevereiro e 8 de março no site da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura, da Universidade Federal do Ceará (UFC). A taxa de inscrição é de R$ 70 para os candidatos de nível fundamental, R$ 100 para os de nível médio e R$ 150 para os de nível superior.

Há vagas para cargos de assistente social, coordenador pedagógico, educador físico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, nutricionista, odontólogo, professor, psicólogo e terapeuta ocupacional.

A seleção será feita por meio de uma prova de múltipla escola em 12 de abril. As vagas para alguns cargos terão uma segunda etapa, de avaliação de títulos e currículo, em 7 e 8 de maio.

O gabarito deve ser divulgado em 13 de abril, e o resultado final com a lista de aprovados, em 27 de maio. O concurso tem validade de dois anos e pode ser prorrogado por mais dois anos.

Concurso Prefeitura de Barra de Santana - PB (Último Dia!)

A Prefeitura Municipal de Barra de Santana, no Cariri paraibano, lançou edital de concurso público para 60 vagas, com 28 de nível fundamental, 15 para nível médio e 17 para nível superior.

Os salários variam entre R$ 788 e R$ 1.272.

As inscrições podem ser realizadas entre 15 de janeiro e 19 de fevereiro, pelo site da Comprov. O valor da taxa de inscrição vai de R$ 55 a R$ 100. As provas objetivas devem ser realizadas no dia 22 de março.

Das vagas disponíveis para nível fundamental, há cinco para agente condutor de veículo “D”, duas agente comunitário de saúde, duas para agente de combate às endemias, duas para agente de limpeza urbana, seis para agente de serviços gerais sendo uma para pessoa com necessidades, uma para cozinheiro (a) , uma para eletricista, três para operador de máquinas pesadas, seis para vigilante, sendo uma para pessoa com necessidades.

Para nível médio, são três vagas para agente administrativo, uma para agente de vigilância sanitária, uma para auxiliar de consultório dentário, uma para auxiliar de farmácia, quatro para recepcionista sendo uma para pessoa com necessidades, duas para técnico de enfermagem, duas técnico de enfermagem (ESF), um para técnico em laboratório de análises clínicas. Todas as vagas de nível fundamental e médio terão carga horária de 40 horas semanais.

Para nível superior estão sendo oferecidas quatro vagas para médico ESF, uma para ginecologista, uma para pediatra, uma para psiquiatra, três para odontólogo, uma para assistente social, uma para bioquímico, uma para enfermeiro e duas para enfermeiro – ESF.

Concurso Prefeitura de Belo Horizonte (MG) III

A Prefeitura de Belo Horizonte lançou edital para concurso público. São 345 vagas para agentes de combate a endemias. O salário é de R$ 1.020,58.

O edital está no site da Prefeitura de Belo Horizonte.

Para o cargo é preciso ter ensino médio completo e a carga horária de trabalho é de 8 horas diárias e 40 horas semanais, conforme escala a ser definida pela gerência imediata.

As inscrições poderão ser feitas do dia 2 de fevereiro a 13 março de 2015 e a taxa de inscrição tem o valor de R$ 27.

Concurso Prefeitura de Belo Horizonte (MG) II

A Prefeitura de Belo Horizonte lançou edital para concurso público. São 246 vagas para agentes comunitário de saúde. O salário é de R$ 795,44.

Para o cargo é preciso ter ensino médio completo e a carga horária de trabalho é de 8 horas diárias e 40 horas semanais, conforme escala a ser definida pela gerência imediata.

As inscrições poderão ser feitas do dia 3 de fevereiro a 19 março de 2015 e a taxa de inscrição tem o valor de R$ 20.

Concurso Prefeitura de Belo Horizonte (MG) I

A Prefeitura de Belo Horizonte lançou edital para concurso público. São 345 vagas para agentes de combate a endemias. O salário é de R$ 1.020,58.

O edital está no site da Prefeitura de Belo Horizonte.

Para o cargo é preciso ter ensino médio completo e a carga horária de trabalho é de 8 horas diárias e 40 horas semanais, conforme escala a ser definida pela gerência imediata.

As inscrições poderão ser feitas do dia 2 de fevereiro a 13 março de 2015 e a taxa de inscrição tem o valor de R$ 27.

Concurso Prefeitura de Araras (SP)

A Prefeitura de Araras (SP) está com inscrições abertas para 156 vagas em dois concursos públicos até o dia 5 de março. As oportunidades são, distribuídas em 55 cargos, sendo 22 para cadastro de reserva. Os interessados podem se inscrever pelo site da Faperp e as taxa de inscrição varia de R$ 25 a R$ 50, dependendo da escolaridade exigida para concorrer ao cargo.

Um dos editais é para o preenchimento de 73 vagas, para os cargos de motorista (11 vagas), pedreiro (2), servente masculino (20) vagas e servente feminino (40). A jornada semanal é de 40h semanais e os salários variam de R$ 1.009,00 a R$ R$ 1.175,00. Os requisitos mínimos são 4ª série do ensino fundamental e, no caso dos motoristas, também CNH categoria D.

Já o outro edital visa o preenchimento de 83 vagas em 51 cargos. As vagas são para auxiliar de enfermagem , coordenador de Cras, coordenador de Creas, coordenador de Centro Pop, contador, dentista PSF, engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, fonoaudiólogo, médico do PSF, médicos anestesista, auditor, cardiologista, cirurgião geral, cirurgião pediátrico, cirurgião vascular, clínico geral, colonoscopista, dermatologista, médico do trabalho, endocrinologista, endocrinologista – infantil, endoscopista, gastroenterologista, geriatra, ginecologista e obstetra, hematologista, infectologista, mastologista, nefrologista, neurocirurgião, neurologista, neuropediatra, oftalmologista, ortopedista, pediatra, pneumologista, radiologista, reumatologista, socorrista adulto, socorrista infantil, ultrassonografista, urologista, educacional, orientador jurídico social, orientador social, psicólogo, secretário de Conselhos, subcontador, técnico de imobilização e técnico de raio-X.

As cargas horárias, requisitos mínimos de escolaridade e os respectivos salários estão disponíveis no edital do concurso público. Os salários variam de R$ 1.009 a R$ 11.027 e o nível de escolaridade exigido vai do ensino fundamental incompleto ao ensino superior completo.

Taxas
Para os cargos de motorista, pedreiro, serventes feminino e masculino, a taxa é de R$ 25. Já para o outro edital, que oferece 83 vagas, a taxa de inscrição é de R$ 35 para cargos de nível médio e R$ 50 para cargos de nível superior.
 
O edital de convocação para as provas objetivas com os locais e horários de prestação dos exames será publicado na data provável de 17 de março. Mais informações podem ser obtidas nos editais normativos disponíveis no site da Prefeitura.

Concurso Prefeitura de Antônio Carlos - SC

A Prefeitura da cidade de Antônio Carlos, no interior de Santa Catarina, divulgou o Edital Nº 001/2015 de concurso público, para o provimento de 04 vagas temporárias para as funções de Agente Comunitário de Saúde e Assistente Social.

Salário Ofertado:

- A remuneração oferecida é entre R$ 1.014,00 e R$ 3.314,36.

Carga Horária:

A carga horária será de 40 horas semanais.

Inscrições:

Os candidatos deverão efetuar inscrições até 20/02/2015, na sede da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, das 07h30min às 11h30minh e das 13h às 17h.

O valor da taxa de inscrição varia de R$ 15,00 a R$ 30,00, de acordo com o cargo desejado.

Provas

O processo seletivo terá prova escrita, prevista para ser aplicada no dia 27/02/2015, e avaliação de títulos.

Validade do Concurso Público:

O prazo de validade do concurso público será de 01 ano, podendo ser prorrogado por igual prazo.

Concurso Prefeitura de Alto Caparaó - MG

A Prefeitura Municipal de Alto Caparaó, Minas Gerais, divulgou a realização de um Concurso Público e de um Processo Seletivo, que juntos objetivam à contratação de profissionais com níveis Fundamental/ Elementar/ Alfabetizado, Médio/ Magistério e Superior.

Por meio do certame (edital nº 01/2014), os 29 candidatos contratados irão desempenhar as seguintes funções: Agente de Combate às Endemias (1); Auxiliar Administrativo (1); Assistente de Creche (4); Auxiliares nas áreas de Enfermagem (2); Saúde Bucal (1); Serviços Gerais (2); Educação Básica (1); Enfermeiro (1); Escriturário (1); Especialista de Ensino (1); Fiscal de Obras e Posturas (1); Fiscal Tributário (1); Fiscal Sanitário (1); Monitor Escolar (1); Motorista (1); Operador de Máquinas (1); Pedreiro (1); Professor I (3); Professor II - Educação Física (2); e Servente Escolar (2).

 Já no processo seletivo (edital nº 01/2014), quatro profissionais serão escolhidos para atuarem na função de Agente Comunitário de Saúde, nas Equipes de Saúde da Família (ESF); e Programa de Agente Comunitário de Saúde (PACS) do município.

Os aprovados deverão desenvolver suas atividades em jornadas semanais de até 40 horas, com remunerações que ficam entre R$ 724,00 e R$ 1.061,54.

Em ambas as oportunidades, os interessados poderão se inscrever entre os dias 24 de fevereiro de 2015 e 27 de março de 2015, pelo site da organizadora, www.ecapconsultoria.com.br, ou de forma presencial, na Biblioteca Pública Municipal, localizada na Rua Carolina Martins Tavares, s/nº, Bairro Serra Monte, em Alto Caparaó/ MG. Neste local o atendimento ocorre em dias úteis, das 8h às 16h.

Os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva, e prática, de acordo com o que for determinado para cada vaga.

Concurso Polícia Civil do Distrito Federal

A Polícia Civil do Distrito Federal divulgou edital de concurso público para 417 vagas em cargos de nível superior, sendo 170 imediatas e 247 para cadastro de reserva. Os salários são de R$ 8.284,55 e R$ 15.370,64.

Das vagas, 20 são para perito médico-legista, 50 para papiloscopista policial e cem para delegado.

As inscrições vão de 9 de fevereiro a 16 de março. As taxas de inscrições são de R$ 168 a R$ 192.

A primeira etapa do concurso é composta de provas objetivas, prova discursiva, perícia para deficientes físicos, prova de capacidade física, exames biométricos e avaliação médica, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e avaliação de títulos.

A segunda fase consistirá no curso de formação profissional.

A data provável de aplicação da prova objetiva é 24 de maio de 2015.

Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe/SP)

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), em São Paulo, abriu dois concursos para um total de 89 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior. Os salários vão de R$ 1.212,17 a R$ 4.325.

 Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência.

No edital nº 29 são 38 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior. As vagas de nível médio são para agente de saúde nas atividades de anatomia patológica, auxiliar de necropsia e medicina física, técnico de enfermagem e oficial operacional na função de técnico em segurança do trabalho. Os cargos de nível superior são para assistente técnico de assistência à saúde nas atividades de farmácia, terapia ocupacional e técnico de ortóptica ou tecnologia oftálmica.

 No edital º 30 são 51 vagas em cargos de nível superior. As oportunidades são para médicos nas especialidades de assistência domiciliar, cardiologia ecocardiograma, cardiologia ergometria, cardiologia geral, cirurgia geral, clínica médica, clínica média emergência, cuidados paliativos, geriatria, hematologia, medicina fetal, medicina intensiva, neonatologia, neurocirurgia, neurologia eletroencefalografia, obstetrícia, oftalmologia – órbitas e vias lacrimais, oncologia clínica, ortopedia traumatologia e pediatria terapia intensiva.

Além do salário, os profissionais vão receber vale-transporte, cesta básica, vale-alimentação ou vale-refeição, assistência odontológica e assistência médica.

As inscrições estão abertas até o dia 20 de fevereiro pelo site www.nossorumo.org. A taxa é de R$ 32 para nível médio e R$ 50 para nível superior.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 29 de março e terá 3h30 de duração.

 O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.

Fundação Hospitalar de Minas Gerais - Fhemig/MG

Por meio do Edital Nº 02/2015, Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais abriu concurso público, no intuito de ocupar 109 vagas em cargos de ensino técnico e superior.

Cargo(s):
O certame oferece vagas para os cargos de:

• Engenheiro de segurança do trabalho
• Farmacêutico hospitalar
• Fisioterapeuta respiratório
• Gestor em hotelaria hospitalar
• Administrador
• Farmacêutico bioquímico
• Fisioterapeuta
• Nutricionista
• Pedagogo
• Psicólogo clínico
• Terapeuta ocupacional reabilitação física
• Técnico em enfermagem do trabalho
• Enfermeiro
• Técnico em contabilidade
• Técnico em informática
• Técnico em nutrição
• Técnico em patologia clinica
• Técnico em radiologia

Salário Ofertado:
- O salário mensal varia entre R$ 943,77 e R$ 4.061,38.

Carga Horária:
A carga horária semanal de trabalho será de 30 e 40 horas.

Inscrições:
- A inscrição será realizada até o dia 04/03/2015, através da internet, no site www.fhemig.mg.gov.br.

Provas
Os candidatos serão submetidos à avaliação curricular e entrevista.

A entrega dos documentos para avaliação será provavelmente nos dias 16/03/2015 e 17/03/2015 e a entrevista está prevista para ser feita entre os dias 04/05/2015 e 22/05/2015.

Validade do Concurso Público:
O prazo de validade do concurso público será de 06 meses, a contar da data de publicação e homologação do resultado final, podendo haver prorrogação por igual prazo.

Concurso Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP-MS)

O Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP-MS) abriu, nesta quinta-feira (22), inscrições de concurso público para duas vagas efetivas e 250 vagas de cadastro de reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 720 a R$ 2.012,25, mais benefícios. Há reserva de vagas para pessoas com deficiência, negros e pardos.

As vagas efetivas são para agente de orientação e fiscalização e assessor técnico em psicologia. Os dois cargos exigem nível superior.

Para cadastro de reserva, as funções são serviços gerais (nível fundamental), auxiliar administrativo (nível médio), agente de orientação e fiscalização e assessor técnico em psicologia.

As inscrições podem ser feitas até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 22 de fevereiro pelo site www.quadrix.org.br/concursopublico2015crp14.aspx . As taxas são de R$ 20 (nível fundamental), R$ 40 (nível médio) e R$ 50 (nível superior).

A prova objetiva será realizada em Campo Grande no dia 8 de março de 2015, à tarde, e terá quatro horas de duração.

 O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de São João da Urtiga - RS

Foi divulgado o edital n° 001/2015 referente à realização do concurso público da Prefeitura de São João da Urtiga, no estado do Rio Grande do Sul. O concurso tem a intenção de contratar 16 novos profissionais com escolaridade nos ensinos fundamental, médio e superior, para compor o quadro geral de pessoal da autarquia. Das 16 vagas, cerca de 3% serão destinadas aos candidatos com necessidades especiais.

O concurso será executado pela empresa Objetiva Concursos. Os rendimentos variam entre R$ 783,75 e R$ 1.446,75.

As oportunidades são para os cargos de Atendente de Creche, Auxiliar de Serviços Gerais, Engenheiro Civil, Motorista "D", Professor de Artes, Professor de Ciências Físicas e Biológicas, Professor de Língua Estrangeira/Inglês, Professor de Matemática, Psicólogo, Recepcionista e Técnico de Enfermagem.

As inscrições via internet poderão ser realizadas até as 23h59min do dia 09 de março de 2015, pelo site www.objetivas.com.br. A taxa de inscrição varia de R$ 30,00 a R$ 50,00.

O concurso compreenderá prova objetiva, aplicada a todos os candidatos, mais prova prática para Motorista e avaliação de títulos para Professor. A prova objetiva, para todos os cargos, será aplicada provavelmente em 12 de abril de 2015, em local e horário a serem divulgados quando da homologação das inscrições.

O concurso terá validade por dois anos a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável por mais dois anos, a critério do Município de São João da Urtiga.

Prefeitura de Boa Esperança do Sul - SP abre processo seletivo

A Prefeitura Municipal de Boa Esperança do Sul, no estado de São Paulo, através da Empresa Assessorarte Assessoria de Serviços Técnicos Especializados Ltda., publicou o edital de processo seletivo n° 01/2015, destinado à formação de cadastro de reserva em diversos empregos de níveis médio/técnico e superior. Os salários vão até R$ 2.132,42 e o regime de contratação futura será o celetista.
 
Cargos
As vagas são para os empregos de Motorista-Socorrista, Técnico(a) em Enfermagem, Professor (diversas disciplinas/níveis), Cuidador(a) Pedagógico(a) e Enfermeiro (a).

Inscrições
As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.assessorarte.com.br, no período até 22 de fevereiro de 2015

Taxas
Ensino Médio/Técnico: R$ 50,00;
Ensino Superior: R$ 60,00.
 
O último dia para pagamento do boleto bancário referente à inscrição será o dia 23 de fevereiro de 2015.
 
Provas
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de  01 de março de 2015, em locais e horários a serem divulgados. O gabarito será disponibilizado no dia 02 de março.
 
Concorrerão à prova de títulos de cursos de aperfeiçoamento acadêmico somente os candidatos aos empregos dos quadros do magistério e ensino superior. 
 
Validade
O certame terá validade de um ano, contados a partir da sua homologação, podendo ser prorrogado até pelo mesmo período, a critério exclusivo da Prefeitura Municipal de Boa Esperança do Sul.
 
Vale lembrar que para os empregos da área de educação (Professores e Cuidador) a validade do contrato de trabalho é o ano letivo de 2015, e para os empregos da área da saúde (Enfermeiro, Técnico em Enfermagem e Motorista-Socorrista) o contrato de trabalho terá validade de seis meses, prorrogável por igual período.
 

Prefeitura de São Ludgero - SC realiza concurso público

A Prefeitura de São Ludgero, no estado de Santa Catarina, através da empresa MGA Concursos, abriu o edital n° 001/2015 de concurso público, com a finalidade de preencher três vagas de níveis médio e superior, além de formar cadastro reserva. As oportunidades são para Agente de Endemias, Médico Clínico Geral, Fiscal Sanitário e Técnico em Enfermagem. Os contratados atuarão em jornadas de 40 horas semanais e receberão salários de até R$ 7.367,00.

Para realizar sua inscrição, o candidato tem até o dia 27 de fevereiro de 2015 e deverá fazê-la através do site www.mgaconcursospublicos.com.br. A taxa de inscrição terá o valor de R$ 15,00, R$ 40 ou R$ 50,00.
 
Quaisquer dúvidas referentes a este Concurso Público poderão ser sanadas através do e-mail contato@mgaconcursospublicos.com.br
 
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 22 de março de 2015, em locais e horários a serem divulgados. O gabarito provisório sairá na data prevista de 23 de março de 2015. Também haverá prova de títulos, cuja entrega ocorrerá até o dia 02 de março de 2015, na Secretaria Municipal de Educação de São Ludgero na Av. Monsenhor F. Tombrock, 1300, Centro, município de São Ludgero, obedecida o horário de funcionamento da Secretaria.
 
O concurso terá validade de dois anos, a contar de sua homologação final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.
 
O edital e retificações estão disponíveis no endereço: http://www.mgaconcursospublicos.com.br/index.php?pg=concurso&id=467

Prefeitura de Luiziânia - SP abre processo seletivo

A Prefeitura de Luiziânia, estado de São Paulo, abriu o edital n° 006/2015 de processo seletivo, destinado ao provimento de 10 vagas imediatas e à formação de cadastro de reserva, a fim de preencher cargos de níveis fundamental e superior. A proposta salarial é de até R$ 8.457,38 e a carga horária dos contratados será de 30 e 40 horas semanais, a depender do cargo assumido.

As chances são para os empregos de Auxiliar de Saúde Bucal, Dentista PSF (Programa Saúde da Família), Enfermeiro PSF (Programa Saúde da Família), Médico PSF (Programa Saúde da Família), PEB I e Professor de Educação Infantil – 0 a 3 anos.

As inscrições deverão ser efetuadas até o dia 27 de fevereiro de 2015, através da internet no site da CEMAT (www.cematconcurso.com.br). Aquelas pessoas que não tiverem acesso particular à rede mundial de computadores poderão utilizar o TELECENTRO, em horário de expediente, localizado à Avenida Antonio Duarte Azadinho, nº 29, Centro, na cidade de Luiziânia - SP. As taxas variam de R$ 40,00 a R$ 55,00.

As provas serão aplicadas na cidade de Luiziânia-SP, na E.M.E.F. “Profº Mario Frota Escobar”, situada à Avenida Francisco Rossani, s/n, Centro, na data prevista de 08 de março de 2015 (domingo), com início às 13h.  
 
O processo seletivo terá validade de um ano, contado da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, se o interesse público assim o exigir.

Prefeitura de Arandu - SP abre concurso público

Mais uma oportunidade aberta no setor público do interior de São Paulo. A Prefeitura de Arandu publicou edital (nº01/2015) referente à realização do concurso público, cujo objetivo é o preenchimento de mais de 40 vagas em diversos cargos de todos os níveis escolares. Os salários podem variar de R$ 774,67 a R$ 2.407,50.
 
Cargos
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE
 
AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS
 
AJUDANTE GERAL (masculino)
 
ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
 
COZINHEIRO
 
FISCAL TRIBUTÁRIO
 
LIXEIRO
 
MÉDICO
 
MONITOR
 
MOTORISTA
 
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II – PEB II ARTES E MÚSICA
 
PSICOPEDAGOGO
 
PSICÓLOGO EDUCACIONAL 1
 
SERVENTE (feminino)
 
TÉCNICO EM ENFERMAGEM
 
TERAPEUTA OCUPACIONAL
 
Inscrições
As inscrições deverão ser efetuadas até o dia 06 de março de 2015, através da internet, no site da CEMAT (www.cematconcurso.com.br). A taxa de inscrição varia de R$ 40 a R$ 55.
 
Os candidatos que não tiverem acesso particular à internet poderão utilizar o ACESSA São Paulo, nos dias e horários de expediente, localizado na Biblioteca Municipal de Arandu, Rua Joaquim Pires Martins, nº 488, Centro.
 
Provas
O edital informa que as provas serão realizadas em Arandu-SP, na Escola “Sagrado Coração de Jesus”, localizada na Avenida Prefeito José Ferezin, nº 800, Jardim Maria Sodré, na data de 29 de março de 2015 (domingo), com início às 9h, exceto para os cargos de AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS, AJUDANTE GERAL, MONITOR, PSICÓLOGO EDUCACIONAL e SERVENTE, que terão início às 13h, no mesmo local e data.
 
Também haverá avaliação de títulos, conforme o cargo disputado.
 
O concurso terá validade de dois anos.
 
Edital e todas as atualizações: http://www.cematconcurso.com.br/

Prefeitura de Ermo - SC lança processo seletivo

Por meio do extrato de edital nº 001/2015 de processo seletivo, publicado no Diário Oficial dos Municípios de Santa Catarina, a Prefeitura de Ermo informa que entre os dias 19 e 20 de fevereiro de 2015, realizará inscrições para contratação de 30 profissionais aos cargos de recepcionista, agente administrativo, motorista, auxiliar de enfermagem, auxiliar de serviços gerais, vigia, agente comunitário de saúde, monitor de transporte escolar e auxiliar de serviços gerais II.
 
As inscrições serão efetuadas na Secretaria de Administração e Finanças, na Rodovia SC 448, KM 06, nº 120, Centro, das 7h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00.
 

Prefeitura de Linhares - ES abre vagas em seletivo

A Prefeitura de Linhares, no estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou o edital n° 001/2015 de processo seletivo, objetivando subsidiar contratações temporárias de pessoal e composição de quadro de reserva para atendimento ao Centro de Especialidades Odontológicas - CEO. São ofertadas 8 vagas imediatas mais reserva técnica em cargos de níveis médio e superior, com salários de até R$ 2.320,00.
 
Cargos: Auxiliar de Saúde Bucal e Odontólogo.

As inscrições serão efetuadas nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro de 2015, no horário das 09h às 17h, na Secretaria Municipal de Administração, localizada na Av. Augusto Calmon, nº 1.675, Centro, Linhares-ES, próximo à academia Health Way.
 
O candidato deverá apresentar no ato da inscrição, cópias xerográficas dos documentos relacionados abaixo, exigidos como pré-requisito, bem como os títulos e a comprovação de tempo de trabalho, com os originais para efeito de conferência, se solicitado:
  • Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Diploma e/ou Histórico Escolar e/ou comprovante de conclusão do nível de escolaridade mínimo exigido para a função, expedidos por instituição de ensino devidamente reconhecidos pelo MEC;
  • Para as funções de Odontólogos (especialidades/modalidades diversas), diploma e/ou Histórico Escolar e/ou comprovação da especialidade para a qual se inscreveu;
  • Comprovante do registro no órgão de classe de acordo com a função pretendida;
A entrega das cópias dos títulos pertinentes à função pretendida será obrigatória no ato da inscrição;
 
O tempo de trabalho exercido na função pretendida será comprovado através de declaração do empregador com carimbo do CNPJ e assinatura do representante da instituição, e/ou cópia da anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social, devendo apresentar o original para comprovação.
 
O processo seletivo  será constituído de prova de títulos e comprovação de tempo de trabalho.
 
O prazo de validade do processo seletivo será de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.
 
Edital no site www.linhares.es.gov.br.

Mistura de energético com álcool pode causar derrame e até morte

Estimulante pode esconder sintomas de bebedeira, alerta médica
 
Para aguentar o pique do Carnaval, é comum os jovens recorrerem aos energéticos, mas a mistura com bebidas alcóolicas é desaconselhada porque leva ao aumento da pressão arterial e pode causar palpitações, arritmias cardíacas, AVC (acidente vascular cerebral) e até morte súbita. Esse é o alerta da Socerj (Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro). 
 
A cardiologista Olga Ferreira de Souza, presidente da Socerj, explica que o energético mascara o efeito do álcool.
 
— Os energéticos escondem os sintomas de embriaguez, pois são estimulantes, contêm cafeína e taurina que mascaram os efeitos do álcool que ocorrem depois da fase inicial de euforia, como a sonolência e o relaxamento. Os energéticos permitem que a pessoa beba por mais tempo e em maior quantidade e, portanto, fica sujeita a embriaguez e todos os riscos que isso acarreta, como redução de reflexos, riscos de quedas e acidentes, dependência e até morte.
 
O I Levantamento Nacional sobre o Uso de Álcool, Tabaco e Outras Drogas entre universitários das 27 capitais brasileiras, feito pela USP (Universidade de São Paulo), mostrou que 74% dos universitários brasileiros relataram já ter consumido esta combinação pelo menos uma vez na vida. Outra pesquisa, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), diz que a cafeína presente nos energéticos potencializa o efeito maléfico do álcool no cérebro. 
 
Segundo o estudo, a cafeína acelera a morte de células cerebrais, causada principalmente pelo álcool, que pode levar ao envelhecimento precoce e a doenças como mal de Alzheimer e de Parkinson.
 
Um dos grandes perigos é o jovem ter algum problema cardíaco ainda não diagnosticado, que pode ser prejudicado com o consumo da mistura das bebidas.
 
— O jovem não faz habitualmente avaliação clínica e cardiológica que nos permita dizer se é saudável. O risco é enorme para aqueles que são portadores de doenças do coração, hipertensão arterial e arritmias e também para os que não sabem ter doenças.
 
A presidente da Socerj dá dicas de como manter-se hidratado e alimentado durante o consumo de álcool.
 
— Se for beber, que seja de forma moderada, pouca quantidade, evitando bebidas destiladas que possuem maior teor alcoólico. Hidratar-se periodicamente, durante o consumo de bebidas alcoólicas, também é importante, pois um dos efeitos do álcool é a desidratação. Além disso, sempre que beber esteja bem alimentado, nunca em jejum.
 
R7

Mais de 100 pessoas são expostas a superbactéria na Califórnia

Jenna Skarzenski / Canyon News
The Ronald Reagan UCLA Medical Center in West Hollywood
Cerca de sete pacientes de centro médico em Los Angeles foram contaminados em exames endoscópios

Los Angeles — Cerca de 100 pessoas foram expostas e sete infectadas a uma superbactéria potencialmente letal e resistente a medicamentos no Centro Médico Ronald Reagan, informou a Universidade da Califónia nesta quinta-feira. De acordo com o comunicado, duas pessoas podem ter morrido contaminadas.
 
Outros surtos causados por superbactérias foram relatados em todo o país. Algumas dessas bactérias são resistentes à maioria dos antibióticos e especialistas dizem que elas podem contribuir para a morte de metade das pessoas infectadas.
 
A Universidade da Califórnia disse que os pacientes do centro médico podem ter sido infectados durante procedimentos endoscópios entre outubro e janeiro. Um dos aparelhos usados para fazer os exames em pacientes com câncer e outras doenças do sistema digestivo estaria contaminado.
 
De acordo com o jornal 'Los Angeles Times', as autoridades estaduais e federais estão investigando a situação da universidade e como eles estão enfrentando o surto.

O Globo

'Nano-drones' podem combater colesterol no sangue, diz estudo

Até o momento, este tratamento só foi aprovado em ratos
Estudo médico foi divulgado por cientistas nesta quarta-feira (18). Por enquanto, tratamento só foi aprovado em ratos
 
Nanopartículas que agem como um tipo de drone em miniatura poderiam eliminar as placas de colesterol acumulado nas artérias, segundo estudo médico divulgado por cientistas nesta quarta-feira (18).
 
Até o momento, este tratamento só foi aprovado em ratos, destacou o estudo publicado na revista especializada Science Translational Medicine de 18 de fevereiro.
 
Ainda faltam experiências para fazer, mas os médicos estão entusiasmados com esta possível alternativa para combater a arteriosclerose – obstrução de artérias por acúmulo de gordura –, uma das primeiras causas de morte nos Estados Unidos e outros países desenvolvidos.
 
"Este é o primeiro exemplo de uma tecnologia específica que usa nanopartículas para reduzir a arteriosclerose em um modelo animal", disse , professor da escola de medicina da Universidade de Harvard e um dos autores do estudo.
 
"Depois de anos de pesquisas e colaborações, pudemos usar a nanotecnologia para curar inflamações e remodelar e estabilizar as placas em um modelo de arteriosclerose avançada", acrescentou.
 
Neste caso em particular, os cientistas usaram nano-medicamentos para levar o medicamento aos locais onde se formaram as placas.
 
Um grupo de ratos que estavam com as artérias endurecidas por causa de uma arteriosclerose avançada foi submetido durante cinco semanas a este tratamento inovador com nano-drogas, enquanto outro grupo de roedores não foi tratado.
 
Entre os ratos que receberam o tratamento, 'os danos nas artérias foram reparados significativamente e as placas se estabilizaram', constatou o estudo.
 
No entanto, os cientistas desconhecem até que ponto seria eficaz este tratamento em humanos e as experiências neste sentido podem levar anos antes de começar.

G1

Enquanto ciência busca as causas e a cura para esclerose múltipla, novos medicamentos garantem qualidade de vida aos pacientes

Agora, a medicação será distribuída gratuitamente
 mediante relatório médico
Sem cura, há o controle da doença somado aos mistérios da genética que fazem com que uns respondam melhor ao tratamento e possam conviver anos sem o mal se manifestar
 
Enfrentar a esclerose múltipla é combater um inimigo muito próximo: o próprio organismo. Tão intrínseco que fica impossível entrar na luta sem se ferir e provocar prejuízos a si mesmo.
 
A forma é metafórica, mas não deixa de ser uma representação do que enfrentam os pacientes que convivem com uma doença autoimune, que ataca a mielina (proteína que reveste as fibras nervosas e permite a condução dos impulsos nervosos), provocando inflamações e, com o tempo, a degeneração dos tecidos do sistema nervoso.
 
O resultado pode ser a perda progressiva dos movimentos do corpo, do equilíbrio, o comprometimento da visão, da fala, da memória e de tantas outras atividades que garantem a autonomia do corpo.

A enfermidade ainda não tem cura. Há o controle da doença somado aos mistérios da genética que fazem com que uns respondam melhor ao tratamento e possam conviver anos sem o mal se manifestar.
 
“A doença nasce da relação entre o sistema nervoso e o sistema imune. Ambos ainda são grandes desafios para a ciência. É necessário saber em que momento o sistema imune começa a agredir a mielina como se ela fosse estranha. Por quê? Seria um vírus parecido com essa proteína? Seria um defeito genético? Quais fatores do ambiente que realmente podem desencadear a esclerose múltipla e quais poderiam proteger?
 
A partir das respostas a essas perguntas, poderia se procurar a cura da doença”, esclarece a médica Elizabeth Regina Comini Frota, coordenadora do Departamento Científico de Neuroimunologia da Academia Brasileira de Neurologia.
 
As medicações disponíveis têm objetivo de evitar as crises que provocam lesões nas células nervosas. Sequelas muitas vezes irreversíveis e, por tantas outras, limitantes. São surtos motores, como paralisias; ou sensitivos, que provocam dormências, por exemplo.
 
Para amenizar os riscos de tê-los, só mesmo recorrendo a injeções aplicadas diariamente, em dias alternados ou ainda uma vez por semana. Elas oferecem uma proteção de 25% a 30% contra as crises e podem provocar uma série de efeitos colaterais, como dores de cabeça e baixa do sistema imunológico, por exemplo.

Por isso, as pequenas conquistas dos pacientes são muito importantes. Graças a uma luta conjunta por direito a mais qualidade de vida, eles se mobilizam por alguns ganhos enquanto a ciência não pode oferecer nenhum conforto definitivo.
 
Uma das vitórias foi a inclusão de medicação oral, o fingolimode, na lista de remédios disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde nas farmácias de alto custo de todo o país. A previsão é que o medicamento comece a ser distribuído ainda no primeiro semestre deste ano.
 
Para o neurologista Eber Castro Corrêa, esse é um grande passo, uma vez que a droga é mais fácil de ser administrada por ser apenas um comprimido. “Além disso, oferece 58% de proteção. Os registros mostram que os pacientes podem ter um surto a cada cinco anos. Com as outras drogas, ele está mais propenso a ter um surto a cada dois”, explica o médico.

Durante a crise, a mielina é destruída e reconstruída com uma qualidade inferior. Na prática, os impulsos elétricos cerebrais passam a ser transmitidos com mais dificuldade e, por isso, o corpo poderia entrar em colapso aos poucos.
 
“Há outro componente da esclerose, a neurodegeneração. Há uma perda progressiva de axiônios e neurônios, que são destruídos de forma precoce e levam a uma deficiência cognitiva e ao aumento da incapacidade”, acrescenta o médico.

A droga fingolimode é usada como primeira medicação indicada para a esclerose nos Estados Unidos e na Europa há pelo menos sete anos. No Brasil, ela chegou há três, no entanto, só tinham acesso os pacientes que podiam desembolsar mais de R$ 7 mil por cada caixa com pílulas disponíveis para apenas um mês; os que conseguiam o pagamento pelo plano de saúde ou por meio de decisão judicial.
 
Agora, a medicação será distribuída gratuitamente mediante relatório médico. Serão priorizados os casos em que a pessoa não responde bem ao uso das outras drogas existentes. “Isso é ótimo. O paciente tem mais comodidade para fazer o tratamento e o índice de desistência registrado é de apenas 10%, enquanto no tratamento com injeções chega a 40%”, comenta o neurologista.

A conquista é enorme para um caminho com tão poucas opções. De resto, resta apostar nos estudos futuros, como a de células-tronco com habilidade para originar novas células que fabricam a mielina. “As perspectivas futuras são muito animadoras.
 
As pesquisas apontam vários fatores que desencadeiam a doença. Em relação ao tratamento, a melhor perspectiva é o foco na molécula que impede a recuperação da mielina. A medida que se desenvolvem bloqueadores dessa molécula, é possível que tenhamos, nos próximos anos, um medicamento capaz de controlar a degeneração.
 
Outra perspectiva importante é em relação à influência dos hormônios femininos na capacidade de regeneração”, esclarece a médica Elizabeth Frota.

Saiba mais
  • Em geral, os primeiros sintomas da doença aparecem entre 15 e 45 anos.
  • Pais com esclerose múltipla têm de 1% a 1,5% de chance de terem filhos com a enfermidade.
  • Em todo o mundo, são cerca de 2 milhões de pacientes com esclerose. No Brasil, estima-se que a patologia atinja 30 mil.
  • Entre os brasileiros, cerca de 15 mil estão em tratamento. Os demais não sabem que têm esclerose ou tratam a doença de forma errada.
  • Uma pessoa demora, em média, sete anos até conseguir o diagnóstico correto.
Entrevista
 
"O comportamento da doença pode variar com o tempo"
A revista Multiple Sclerosis publicou um estudo acompanhado, por 11 anos, pelos comitês Americano e Europeu para Tratamento e Pesquisa em Esclerose Múltipla em Boston, Massachusetts. O resultado revela que o tratamento precoce com betainterferona-1b diminui os efeitos das complicações motoras e sensitivas dos pacientes em estágio inicial da doença. Para falar sobre o tema, a Revista conversou com o médico Roberto de Magalhães Carneiro de Oliveira, coordenador da Neurologia do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP).

O que traz de inédito essa pesquisa se a betainterferona-1b está no mercado há 25 anos?
Esse foi o primeiro estudo longo com pacientes na fase inicial da doença, que mostrou benefícios no tratamento precoce com a beta-interferona-1b. É importante ressaltar que o fato dessa droga estar há tanto tempo no mercado somente reforça sua eficácia na prevenção de surtos por causa da doença.

Como agem as medicações mais modernas e eficientes, disponíveis hoje para o tratamento da esclerose múltipla?
Quando se fala em medicações mais modernas, não estamos falando necessariamente de medicações mais eficientes. Precisamos entender o tratamento da esclerose múltipla como ele é preconizado hoje no mundo inteiro. Em primeiro lugar, ele deve ser individualizado, ou seja, para cada paciente é necessário avaliar qual a estratégia mais adequada. Isso inclui o medicamento de maior eficácia e melhor aderência, sem esquecer do princípio hipocrático primo non nocere (primeiro não agredir). Não é interessante expor o paciente a um remédio que pode favorecer o aparecimento de câncer ou infecções fatais, por imunossupressão, indicando que, com essa droga, ele não terá surtos. As medicações mais novas agem de diferentes formas e a maioria delas é imunossupressora. Podemos analisar o caso do fingolimode, que retira as células de defesa de circulação, prendendo-as nos linfonodos. Costumo dizer que é como retirar a polícia das ruas, deixando-as dentro das delegacias esperando que os bandidos vão até lá para serem presos. Não por acaso, nos estudos pivotais dessa droga ocorreram casos de melanoma e câncer de mama, além de zoster sistêmico. A teriflunomida, outro medicamento por via oral, tem na sua bula nos Estados Unidos, a advertência da possibilidade de causar insuficiência hepática fatal.

Por que as mulheres adultas são consideradas o maior grupo de risco?
A incidência da esclerose múltipla é maior em mulheres (seis para cada homem), a partir da terceira e quarta décadas de vida. Muitas vezes, a doença se manifesta mais cedo, mas o diagnóstico é feito tardiamente.

É possível com o tratamento impedir a progressão da doença?
O advento dos imunomoduladores mudou a história da esclerose múltipla há mais de 20 anos. Antigamente, ter um diagnóstico desse era quase uma sentença de incapacidade física em 10 anos. Hoje, vemos pacientes com 20 e tantos anos de doença levando a vida com independência e poucas limitações. É importante ressaltar que cada caso é diferente do outro, e, mesmo que em um único paciente, o comportamento da doença pode variar com o tempo. A patologia pode começar de maneira mais tranquila e ficar agressiva ou começar agressiva e responder bem ao tratamento. Hoje, dispomos de medicamentos de primeira linha, os imunomoduladores. Caso eles não surtam o efeito esperado, vamos para os de segunda linha (natalizumabe, daclizumabe, alentuzumabe, fingolimode, teriflunomida). Se ainda assim não houver controle, aí então passamos para os de terceira linha (imunossupressores como ciclofosfamida) ou até mesmo paratransplante autólogo de medula óssea.

Quais são os desafios hoje para descobrir a causa e a cura da esclerose?
A esclerose múltipla, ao que sabemos hoje, é uma doença multifatorial, que envolve predisposição genética, alterações ambientais (como deficiência de vitamina D) e infecções virais. Quando se tem muitos fatores associados, entendemos que a doença seja consequência da somatória deles.

Necessariamente, o paciente de esclerose terá mais perdas motoras e cognitivas quanto mais tempo viver?

Isso dependerá da atividade da doença e da resposta ao tratamento.

Quais são as expectativas para o futuro em relação à doença, em termos de pesquisas e novos medicamentos?

Temos boas perspectivas de novas drogas para a esclerose múltipla. Hoje, falamos em pacientes livres da doença e pacientes sem evidência de atividade da doença. Devemos ter medicamentos mais eficazes e seguros dentro de alguns anos.

Por que ainda é tão difícil diagnosticar a patologia?
O passo mais importante no diagnóstico é suspeitar da doença. O diagnóstico demora, na maioria das vezes, por conta de consulta a profissionais de outras especialidades, que acabam por desconhecer os sintomas variados da esclerose múltipla.

O diagnóstico tardio é um problema do Brasil?
Não somente no Brasil, como em todo o mundo. Como para chegar ao diagnóstico correto da doença é necessário realizar exames de imagem (ressonância magnética) e laboratoriais, há também uma limitação econômica para o público de baixa renda.

Além da medicação tradicional, há tratamentos paliativos e alternativos que comprovadamente trazem qualidade de vida aos pacientes com esclerose?

Quando se pesquisa sobre tratamento da esclerose múltipla, é possível encontrar tratamentos alternativos com picada de abelha, ingestão da própria urina, injeções de sangue no músculo e doses ultraelevadas de vitamina D. Não há comprovação científica de eficácia de qualquer uma dessas possibilidades. Já atendi a pacientes com oito vezes o limite normal de vitamina D e apresentando surto intenso. Diga-se de passagem, a vitamina D em doses elevadas pode levar até à morte. O consenso no tratamento é de que pacientes com níveis abaixo do normal devem receber suplementação. Quanto às outras formas de tratamento, como a psicoterapia e a acupuntura, entendo que são complementares ao convencional. Acredito que não é possível substituir um pelo outro.
 
Saúde Plena

Jovem de 27 anos desenvolve creme para remover tatuagem

The Canadian Press/Andrew Vaughan: Alec Falkenham
Método do canadense Alec Falkenham é indolor, mas ainda não está no mercado
 
Quem não se lembra da declaração de amor registrada na pele de Bárbara Evans para sua mãe? Pouco tempo depois, a filha de Monique Evans decidiu remover a frase 'Mãe minha rainha' acompanhada de um desenho de uma coroa que, segundo ela, poderia dificultar alguns trabalhos como modelo.
 
O caso de repercussão nacional em sites de celebridades e que virou até meme nas redes sociais é apenas um exemplo para os motivos que fazem com que muitas pessoas queiram apagar o que foi desenhado e/ou escrito no corpo. Uma solução simples, entretanto, parece estar bem próxima da realidade e saiu das mãos de um jovem canadense de 27 anos, Alec Falkenham.

Pesquisa desenvolvida pelo estudante na Universidade Dalhousie, em Halifax, promete apagar as tatuagens de uma maneira indolor. Em entrevista à CBC News, Falkenham explica que desenvolveu um creme que deve ser passado na pele para fazer a tatuagem desaparecer.

O inventor diz ainda que não sabe quantas aplicações serão necessárias e que vai variar de pessoa para pessoa. O jovem PhD estima que o creme custe US$ 4,5 (cerca de R$ 13) e seja suficiente para fazer desaparecer 10 centímetros de tatuagem. O pesquisador já está em busca do licenciamento para liberar o produto para comercialização, mas não existe ainda previsão para o início das vendas.

A nova solução será uma alternativa à remoção a laser, que é dolorosa, cara e deixa cicatriz.
 
Alec Falkenham : Student invents tattoo removal cream
Reprodução: Alec Falkenham
 
Como funciona
Quando uma tatuagem é feita, a tinta é depositada na derme, que não sofre renovação como a epiderme (camada mais externa da pele). Cada picada da agulha é uma ferida. Com a reação do corpo ao processo inflamatório, células do sistema imune são enviadas para o local da ferida e, a partir daí, os macrófagos tentam limpar essa inflamação que seria como "comer a tinta". Com o tempo, os macrófagos passam a atuar lentamente ou simplesmente param de agir.

O creme desenvolvido por Alec Falkenham cria novos macrófagos para substituir os 'antigos' que estão cheios de tinta. A pesquisa do canadense ainda não está completa, mas ele garante que o produto vai funcionar bem, especialmente em tatuagens com dois anos ou mais.
 
Saúde Plena

Cuba identifica variação do HIV que desenvolve a aids mais rápido

Um estudo realizado no Instituto de Medicina Tropical Pedro Kourí (IPK), em Havana, revelou a diferença entre pacientes infectados com o HIV que demoravam entre oito e dez anos para desenvolver a doença, enquanto em outros o período era de apenas três anos
 
Autoridades do setor da saúde de Cuba identificaram pacientes infectados com uma variação do vírus HIV que desenvolve a aids com mais rapidez, segundo disseram à televisão estatal.
 
Um estudo realizado no Instituto de Medicina Tropical Pedro Kourí (IPK), em Havana, revelou a diferença entre pacientes infectados com o HIV que demoravam entre oito e dez anos para desenvolver a doença, enquanto em outros o período era de apenas três anos.
 
A especialista do instituto, Vivian Kourí, explicou que foram estudados três grupos de pacientes e pela primeira vez foi encontrada a associação de uma variação do HIV que circula em Cuba, chamada CRF19, com rápida progressão da aids.
 
A pesquisa indica que essa variação do HIV é de origem africana, mas relativamente frequente em Cuba e predominante entre 17% e 19% dos pacientes.
 
Segundo a especialista, nenhum dos infectados com essa cepa ou as outras duas que circulam pela ilha foi associado a “uma resistência maior” ao tratamento com remédios retrovirais e todos tinham a mesma possibilidade de ter o tratamento efetivo.
 
No entanto, o anúncio pela televisão advertiu que o rápido desenvolvimento da aids desta variação do HIV “aumenta o risco” de os pacientes adoecerem inclusive antes de saber que estão infectados com o vírus.
 
Em Cuba, foram diagnosticados quase 22 mil casos de pessoas soropositivas desde o início da epidemia do HIV, em 1986, e mais de 18 mil vivem com a doença, de acordo com dados oficiais.
 
EFE Saúde

Tratamento hormonal para menopausa pode aumentar risco de câncer de ovário

O tratamento de substituição hormonal utilizado para atenuar os sintomas da menopausa pode aumentar as chances de sofrer câncer de ovário, sugere um estudo publicado na última sexta-feira na revista “The Lancet”
 
O tratamento de substituição hormonal utilizado para atenuar os sintomas da menopausa pode aumentar as chances de sofrer câncer de ovário, sugere um estudo publicado nesta sexta-feira na revista “The Lancet”.
 
O documento, elaborado por pesquisadores da universidade britânica de Oxford, assinalou que, para cada mil mulheres próximas dos 50 anos que seguem esse tratamento durante cinco anos, uma sofre de câncer de ovário relacionado com o tratamento.
 
Os especialistas analisaram 52 pesquisas anteriores que aprofundam a relação entre o tratamento e o câncer de ovário, e extraíram 21.500 casos de mulheres para o estudo.
 
O coordenador da pesquisa, Richard Peitilho, afirmou à “BBC” que o estudo aponta para “um risco, já que um milhão de mulheres tomam essas hormônios no Reino Unido, e mil sofrerão de câncer de ovário relacionado a esta prática”.
 
Peitilho assinalou que, embora os riscos de câncer de ovários diminuam se o tratamento tiver uma duração menor, isso não significa que desapareçam.
 
O tratamento de substituição hormonal é utilizado para aliviar os sintomas da menopausa, que em algumas mulheres podem ser graves e ter consequências impeditivas em sua vida cotidiana.
 
O estudo especificou que, apesar dos dados revelados, o aumento do risco de câncer de ovário em consequência de tratamento de substituição hormonal poderia ser ainda “maior” ou bem se dever a uma estatística “casual”.
 
EFE Saúde

Pesquisa diz que sentir fome estimula a vontade de fazer compras

Pesquisa diz que sentir fome estimula a vontade de fazer compras Cleber Gomes/Agencia RBS
Foto: Cleber Gomes / Agencia RBS
"Os pensamentos relacionados à comida podem se transformar em uma procura por itens não alimentares", afirma cientista
 
Se você está quase comprando algo que quer muito, espere um pouco. Pelo menos se estiver com fome. Uma pesquisa realizada por universidades chinesas diz que pessoas que estão com fome são mais propensas a gastar dinheiro em coisas que não necessariamente matem sua fome.
 
— A fome nos faz procurar coisas, pensar na aquisição e consumo de alimentos. Mas os pensamentos relacionados à comida podem se transformar em uma procura por itens não alimentares, embora sejam incapazes de satisfazer a nossa fome — explica Alison Jing Xu, professor que comandou o estudo.
 
Em um dos cinco estudos realizados por Xu e seus colegas, os participantes foram convidados a se abster de comer durante pelo menos quatro horas.
 
Os participantes foram separados em dois grupos que tinham de comprar materiais de escritório. A primeira turma passou por um teste cego de bolos antes de ir às compras. Já a segunda, não.
 
Os "esfomeados" solicitaram 70% mais materiais e gastaram 64% mais dinheiro em comparação aos que tinham comido bolo.
 
— Se você for para uma viagem de compras com o estômago vazio, poderá gastar mais dinheiro e adquirir mais coisas. Então, se estiver com fome, pense duas vezes antes de comprar algo — diz Xu.
 
Zero Hora

Saiba por que a hidratação faz bem para a saúde do coração

Reprodução
Falta de líquidos no organismo intensifica a atividade cardíaca e pode causar infarto
 
Os dias quentes do verão são convites para quem quer praticar atividades físicas e, assim, cuidar mais do coração. Mas é importante tomar alguns cuidados e se preparar antes de mudar a rotina.
 
— A atividade física para pessoas não condicionadas impõe ao sistema cardiovascular uma sobrecarga adicional de forma abrupta, que pode causar desde arritmias até eventos graves como infarto do miocárdio ou derrame cerebral — alerta o cardiologista Fernando Alves da Costa.
 
Além da falta de condicionamento físico, as altas temperaturas aumentam os riscos de quem não tem o hábito de ingerir água de forma regular, mesmo aqueles que já praticam atividades físicas e, principalmente, para idosos, cardíacos e pessoas que sofrem com doenças do coração. Isso porque a redução do volume de água nos vasos sanguíneos provoca aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial, intensificando o trabalho do coração que, em casos extremos, pode sofrer um infarto.
 
A dica é conhecida, mas segue valendo: preferir alimentos mais leves, como frutas e verduras, é uma das formas de evitar esses problemas. Mas o essencial é conhecer a saúde do coração.
 
— Com um check-up pode-se determinar a saúde do órgão, intensidade, tempo e frequência que atividades físicas devem ser praticadas — explica o cardiologista.
 
Mesmo depois do check-up, o ideal é começar a mudar de hábitos com caminhadas leves. O importante é não ficar parado. Além contribuir para redução do risco de morte por doenças cardiovasculares, atividades físicas ajudam na redução da pressão arterial, níveis de glicemia e colesterol, além de melhorar a autoestima.

Zero Hora