Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 17 de julho de 2012

Dor de garganta inspira site de agendamento de consultas

Dr Busca projeta aumentar de mil para 10 mil profissionais cadastrados ainda em 2012

Foi depois de uma dor de garganta e a dificuldade de marcar uma consulta por telefone que Raphael Barros e Bartolomeu Cavalcanti, ambos de 25 anos, tiveram a ideia de fundar o Dr. Busca, um site para agendar uma consulta médica, finalista da categoria Negócios Inovadores do 1º Prêmio Estadão PME.

Na tentativa de marcar uma visita ao médico, Barros se deparou com uma série de dificuldades. Ele demorou para encontrar os consultórios, um horário disponível e informações sobre os profissionais. “Tinha dor de garganta e também ganhei uma dor de cabeça”, brinca.

Para montar a empresa foram investidos R$ 30 mil. A ajuda para alavancar o negócio veio com a seleção para participar do programa Startup Chile, uma iniciativa do governo para incentivar empresas inovadoras. Foram investidos 40 mil dólares e seis meses de troca de experiências e suporte no Chile.

Com mil médicos de 30 especialidades cadastrados, a dupla está otimista para fechar o ano com 8 a 10 mil profissionais espalhados em quatro cidades. Por enquanto, apenas os moradores de São Paulo e Recife podem utilizar o serviço sem pagar nada. Quem paga para se cadastrar é o médico, que desembolsa uma mensalidade de R$ 199.

Há cinco meses a empresa conta com o suporte do médico Jairo Bouer na equipe, conhecido pelos programas de TV que já participou. “Ele ajuda a passar credibilidade ao negócio, mas também tem a parte estratégica. Toda grande decisão que vai impactar na área médica validamos com ele”, explica Cavalcanti.

Para os fundadores do site, o maior desafio é mudar a cultura das pessoas. “Estamos divulgando o trabalho. A medida que as pessoas conhecem, elas não voltam para o telefone”, afirma Cavalcanti.

Fonte Estadão

Agulhas de costura são encontradas em sanduíches servidos em voo da Delta

Passageiros iam de Amsterdã para as cidades americanas Atlanta, Seattle e Minneapolis; FBI investiga irregularidade

A companhia aérea brasileira Delta Air Lines anunciou nesta terça-feira que está investigando com as autoridades a descoberta de agulhas de costura em quatro sanduíches em voos da Holanda aos Estados Unidos.

As agulhas foram encontradas em um avião com destino a Atlanta, Seattle e Minneapolis, que havia partido do aeroporto Schiphol de Amsterdã, disse a porta-voz da Delta, Kristin Baur. Uma pessoa ficou ferida no incidente, mas não aceitou receber tratamento.

"A Delta está levando esse assunto muito a sério e está cooperando com as autoridades locais e federais para que investiguem o incidente", disse a companhia aérea em um comunicado.

A empresa disse ter "imediatamente" tomado medidas com relação ao encarregado de catering em Amsterdã "para garantir a segurança e a qualidade dos alimentos" oferecidos a bordo de seus aviões.

A Delta destacou que exige que todos os seus fornecedores de alimentos cumpram rígidos critérios porque a segurança dos passageiros e da tripulação é "a prioridade número 1", disse Baur.

De Atlanta, no Estado americano da Geórgia, onde a Delta tem sua sede central, o agente especial do FBI Stephen Emmett disse que está em andamento uma investigação criminal sobre o incidente, mas se negou a fornecer mais detalhes.

Por sua vez, a Administração de Segurança no Transporte (TSA, em inglês) disse que notificou todas as companhias aéreas dos Estados Unidos com voos de Schiphol para garantir que estão cientes do incidente.

"A TSA segue vigiando de perto a revisão do ocorrido, assim como os protocolos de segurança levados adiante pela companhia aérea e pelas autoridades do aeroporto", disse em um comunicado.

A Gate Gourmet, companhia que fez os sanduíches, também disse que iniciou uma investigação sobre o ocorrido e estava levando o assunto "muito a sério".

"As autoridades envolvidas têm todo o nosso apoio e estamos trabalhando estreitamente com nossos clientes para aumentar nossos controles e procedimentos de segurança", indicou. "Nada é mais importante para a Gate Gourmet que a segurança e o bem-estar de nossos clientes e seus passageiros."

Fonte ultimosegundo.ig.com.br

No hospital ou em casa, mulheres querem evitar frieza e medicamentos

Contato com profissionais da saúde e com mulheres que viveram a experiência ajuda a vencer o medo

Em 2009, a top model gaúcha Gisele Bündchen deu à luz o primeiro filho, Benjamin, em casa, na banheira. Para a preparação, Gisele fez ioga e meditação, e, na hora do nascimento, contou com a presença da mãe, do marido e da doula. A modelo tornou-se divulgadora do parto natural e domiciliar, passando inclusive a abordar o assunto em seu blog.

Entretanto, a retomada do parto em casa — que, antigamente, era muito comum — tem sofrido ataques da classe médica, que desaconselha o procedimento devido aos seus riscos.

— Parou-se de fazer parto em casa porque se morria muito até a década de 1960. Hoje, com as condições que os hospitais têm, não é preciso se arriscar. Quem faz plantão sabe que as complicações com a mãe são muito rápidas. Em casa, fica difícil controlar — diz o obstetra José Geraldo Ramos, representante da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia (Sogirs).

Em contraponto, uma série de medidas têm sido adotadas por hospitais para contemplar o desejo de mães de ter o parto da forma mais natural possível. Na Capital, a maternidade do Hospital de Clínicas, onde Ramos atende, é uma das referências no tema. Ele explica que, entre os métodos para diminuição da dor, estão alguns não farmacológicos, como o estímulo à respiração, a movimentação durante trabalho de parto e as duchas de água morna. O uso de anestesia, recomendado em alguns casos, nem sempre está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).

Outra referência para o movimento do parto humanizado no Sul, o médico Ricardo Herbert Jones, que atende no Hospital Divina Providência, entende que os partos em casa são comprovadamente tão seguros quanto partos hospitalares, desde que sejam cumpridas precauções importantes. Ele explica que a humanização do nascimento não representa um retorno romântico ao passado, nem a desvalorização da tecnologia. Para ele, humanizar o nascimento significa respeitar a fisiologia feminina. Opinião compartilhada pela psicóloga, acupunturista e doula Érica de Paula, coautora do documentário O Renascimento do Parto, previsto para estrear neste ano:

— O resgate que buscamos não é de um parto como antigamente (quando não existiam recursos para lidar com emergências, pré-natal, assistência digna etc.), mas sim de poder juntar o melhor dos dois mundos: uma maior confiança no processo natural e na fisiologia do parto normal e todo o conhecimento e tecnologia disponíveis atualmente.

Acesso à informação é essencial
Foi no hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte, que a enfermeira Lúcia Pfitscher trouxe ao mundo Dara, filha da mineira Juliana Amorim. Durante a gestação, o contato com outras mães e a prática de meditação podem ajudar a preparar o corpo e a mente para o parto humanizado. Foi o que aconteceu com Juliana, que optou pelo parto natural em decorrência das informações que recebeu sobre o tema durante as práticas de ioga para gestantes. Segundo ela, o contato com profissionais da saúde e com mulheres que viveram a experiência ajuda a vencer o medo.

— Acredito que o único motivo pelo qual a maioria não escolhe um parto humanizado seja a falta de informações sobre o tema. Os mitos que se escutam durante uma gestação a respeito do parto normal são extremamente traumáticos e maliciosos — afirma Juliana.

Atualmente trabalhando na maternidade do Hospital de Clínicas, em Porto Alegre, a enfermeira Lúcia diz que o hospital está em processo de humanização desde 2005. Elementos como o uso de bola suíça, ducha de aspersão, barras de apoio, dieta específica, acolhimento com classificação de risco e permissão do acompanhante de livre escolha são marcas que fazem do hospital um local de referência no Estado.

Onde buscar informações sobre parto humanizado (em casa ou no hospital):

:: Grupo Nascer Sorrindo — encontros mensais e gratuitos (51) 9123-6136 — Doula Zezé gapp-gruponascersorrindo.blogspot.com.br

:: Grupo de Apoio à Maternidade Ativa (Gama) — www.maternidadeativa.com.br


:: ONG Bem Nascer — www.bemnascer.org.br

:: Parto com Prazer — www.partocomprazer.com.br

:: Parto do Princípio — www.partodoprincipio.com.br


Fonte Zero Hora

Movimento defende que nascimentos não sejam tratados como uma "simples cirurgia"

Para muitas grávidas, parto ideal teria o mínimo de intervenção cirúrgica

Ter um parto sem intervenções cirúrgicas ou exames invasivos. Estar acompanhada de pessoas que inspirem confiança. Ouvir palavras de carinho e apoio, para ajudar a diminuir o medo e a ansiedade. Permitir os impulsos naturais do corpo, sem o uso de anestésicos que barrem a lucidez na tão esperada hora. Para muitas grávidas, é assim que seria o parto ideal. Pela falta de informação, despreparo ou mesmo pela acelerada movimentação dos hospitais, muitas vezes é impossível que a chegada do bebê ocorra conforme o desejado.

O fato tem levado mulheres — e seus maridos, muitas vezes — a participar do movimento pelo parto humanizado. Trata-se de uma rede de pessoas, espalhadas em várias partes do Brasil e do mundo, interessadas em compartilhar histórias e informações sobre o parto natural. Em geral, mães que passaram pela experiência, doulas (saiba mais sobre elas na página central), enfermeiras ou médicos obstetras que acreditam que a hora da chegada do bebê pode ser tratada como algo mais especial, não apenas como mais uma cirurgia.

Apoiadores da ideia realizaram marchas em defesa da prática em cidades brasileiras no mês passado, inclusive em Porto Alegre, após o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro solicitar a punição do médico Jorge Kuhn, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que defendeu a possibilidade de nascimentos em ambientes extra-hospitalares. A Marcha do Parto em Casa levou dezenas de mulheres, muitas delas grávidas, ao Parque Farroupilha em 17 de junho. Ao total, foram cerca de 5 mil pessoas em mais de 30 cidades marchando pelo direito à escolha e à liberdade na hora do nascimento.

Baseado em um tripé conceitual que envolve o protagonismo da mulher, uma visão integrada e interdisciplinar do parto e a medicina baseada em evidências, o parto humanizado é uma opção para quem prefere uma experiência sem intervenções cirúrgicas. Diferentemente do que se pensa, porém, não significa que o parto deva ocorrer em casa, ou sem anestesia. Significa que as rotinas hospitalares de atendimento, como o uso de lavagens intestinais, raspagem de pelos pubianos, afastamento da família, uso de soro com hormônios e as episiotomias (corte no períneo para alargar a saída do bebê) só serão feitas de acordo com a vontade da mulher ou com a real necessidade, não apenas por procedimento padrão.

Outra questão apontada é a liberdade para ter o filho na posição mais fisiológica — de cócoras — e a presença de atendentes de parto que valorizem os aspectos emocionais, psicológicos e sociais do momento.

Cesáreas demais
Seja por vontade própria ou do médico, o fato é que o número de cesárias está aumentando a cada ano. No Estado, foram 55.754 casos de parto vaginal, em 2010, contra 77.280 partos de cesarianas, de acordo com dados do Núcleo de Informações em Saúde do Rio Grande do Sul (NIS/SES-RS).

Representante da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia (Sogirs), José Geraldo Ramos, também professor de obstetrícia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), confirma que o aumento do número de cesárias é uma tendência crescente há duas décadas. Por causa disso, inclusive, há um esforço por parte do Ministério da Saúde para estimular o parto natural.

A taxa de cesáreas, segundo Ramos, é excessiva, principalmente nos hospitais privados, onde os números chegam a 90%.

Fonte Zero Hora

Como entrar no mercado de TI em saúde?

Tanto diplomas universitários quanto certificado de treinamento são valiosos, mas você deve pensar estrategicamente ao escolher uma dessas opções

Não há fim para o debate sobre a melhor maneira de entrar em TI em saúde. Uma das questões mais controversas que os candidatos a emprego enfrentam é o diploma universitário Vs certificado de treinamento. Dito de outra forma: você acredita estar mais apto a assumir uma posição – se melhor qualificado para trabalhar em saúde – se tiver um mestrado na área ou participação em um programa mais curto de certificação?

Os estudantes com quem conversei que estão matriculados em programas de mestrado em universidades consagradas têm muitos comentários positivos sobre o que aprenderam. Mas alguns também se queixam de que há muita teoria e conceituação de alto nível, e não aulas práticas o suficiente.

Com essas preocupações em mente, conversei recentemente com Michael Shannon, um especialista em segurança e consultor de TI, que fez um monte de treinamento em TI, incluindo o trabalho de curso para o CBT Nuggets, que oferece programas de treinamento para preparar as pessoas para os exames de certificação em uma variedade de áreas de TI.

Um de seus projetos mais recentes é um programa para preparar os candidatos para o exame técnico CompTIA Healthcare IT, o que pode ajudar alguns novatos a dar o seu primeiro chute na porta. Para passar no exame você deve saber o básico em TI, como a diferença entre XML e HTML, e entender siglas como DNS, DHCP e FTP. Mas ela abrange também áreas específicas de saúde, incluindo cuidados de saúde e segurança, operações de negócios médicos e a longa lista de regulamentos que se aplicam nesta área.

Este treinamento pode ajudar os alunos a lidar com as seções do exame técnico HIT que inclui desde a cobertura CID10 – o mais recente sistema de codificação de faturamento médico – até os vários tipos de software clínicos, inclui-se EHRs, PACS e CPOE. No plano regulamentar, familiarizado com o recém chegado HIPAA, Meaningful Use e importantes siglas como ONC (Gabinete do Coordenador Nacional de TI em Saúde), CMS (Centros de Serviços Medicare e Medicaid) e ARRA (Recuperação e Reinvestimento Americano).

Na opinião de Shannon, “se eu fosse umjovem querendo entrar no mercado de TI em saúde, provavelmente iria ignorar o sistema universitário e tentar obter uma certificação de treinamento online”. Isso não é surpresa vindo de alguém que ministra cursos de treinamento pela internet, mas a razão de Shannon faz um certo sentido. O sistema universitário pode ser muito lento na adaptação ao ritmo acelerado, o mundo sempre em mudança de tecnologia. Leva tempo para obter um currículo de mestre aprovado e identificar os melhores livros didáticos, Shannon ressaltou.

Programas de certificado em treinamento, por outro lado, são mais ágeis e, muitas vezes, têm uma abordagem modular que permite substituir rapidamente sessões de instruções obsoletas com materiais novos. Claro, programas menores não são para qualquer um.

Concedido, um programa de certificação tende a ser melhor para alguém que precisa entrar no mercado rapidamente, permitindo-os começar rapidamente em um trabalho de implementações de EHR, seja como consultor ou parte de uma equipe de implantação. Mas um programa de mestrado, embora possa demorar mais tempo para ser completado, oferece um escopo mais amplo, que é por isso que pode ser mais apropriado para os gestores que estão envolvidos com a supervisão de saúde, mas não precisa se envolver com implantação real.

Não há um caminho de sucesso para os profissionais de TI em saúde. Fazer treinamento com empresas como a TestOut, CBT Nuggets, DEC Solutions, a Sociedade Americana de Gestores de Saúde de Informática (Ashim) ou em uma grande universidade só vai ser parte do caminho até lá.

Igualmente importantes são as certas habilidades de entrevista – normalmente uma mistura de autoconfiança e humildade. Da mesma forma, candidatos a emprego devem não só estar a par dos últimos desenvolvimentos técnicos, mas também se manter atualizado sobre a política de HIT. É a combinação da formação, personalidade e insights da indústria que vão transformar o ainda novato em um veterano.

Fonte: Paul Cerrato | InformationWeek EUA; replicada pela InformationWeek Brasil

Por SaudeWeb

Os desafios do home care ainda são grandes

Por Verena Souza

Veja como o grupo Hospitalar Santa Celina enxerga os entraves regulatórios, trabalhistas e culturais do modelo, que ganha notoriedade no País como serviço complementar à assistência hospitalar

São inúmeros os fatores que justificam o modelo home care de assistência no Brasil. Podemos elencar alguns como: o envelhecimento da população, que está relacionado com o aumento das doenças crônicas; o aumento do custo de tecnologias diagnósticas e de tratamento, tendo em vista que o modelo reduz custos com hospitalização; o aumento do interesse do cidadão pelo gerenciamento de sua própria saúde; entre outros. Apesar da desospitalização por meio do home care estar ganhando força, as empresas ainda se deparam com desafios regulatórios e culturais.

Atualmente, não há regulamentação específica que obrigue o plano de saúde a prover cobertura aos serviços de home care. Dessa forma, fica a critério da operadora autorizar ou não o atendimento em domicílio. “Por não sermos regulamentados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, o home care não aprece na lista das operadoras para o beneficiário. No entanto, os pacientes já estão começando a cobrar isso”, conta a CEO do Grupo Hospitalar Santa Celina, Ana Elisa Siqueira, enfatizando que o segmento já enfrenta problemas com ações na justiça por causa da resolução 211 da ANS, que deixa muita brecha para que a fonte pagadora não autorize os mesmos recursos que teria que autorizar em regime de internamento hospitalar.

Riscos
Para se proteger de tal possibilidade, as empresas de home care costumam fechar um contrato de gestão de riscos com os planos como, por exemplo, estabelecer alta em até 120 dias para um paciente. Caso contrário, parte dos custos será da instituição de atendimento em domicílio. “Muitos pacientes acabam entrando com uma liminar para permanecerem com o home care. E geralmente o Juiz concede ganho de causa”, afirma a CEO.

Para se ter uma ideia, a economia para as operadoras com a utilização do serviço gira em torno de 30%, podendo chegar até 50%; incluindo reduções com diárias hospitalares e taxas embutidas, material e medicamentos, entre outros. “Quando você interna em um hospital, não sabe quanto vai gastar. No home care, durante a avaliação do paciente, os gastos já são orçados previamente”, ressalta a executiva do grupo, fundado em 1998.

A partir deste modelo, as vantagens para o hospital estariam na transferência daqueles pacientes de longa permanência que já não representam um ganho financeiro para a instituição devido à redução das margens.

Para Ana Elisa, a questão cultural, que já foi um impasse maior, começa a mudar. “Os médicos estão entendendo que somos serviços complementares. Muitos hospitais enfrentam o problema da superlotação e o home care entra de forma complementar”, comenta, alertando que ainda assim é comum encontrar médicos inseguros, que acham que vão perder o paciente.

CLT ou cooperado?
Além da falta de regulamentação pela ANS, o ministério não reconhece o profissional cooperado – modelo utilizado pelas empresas do segmento devido às características do serviço pulverizado, em que os profissionais se deslocam o tempo todo para realizarem os atendimentos. “O Ministério quer o regime CLT, que inviabiliza o modelo. Isso é uma briga entre o sindicato do home care e o governo, mas está para ser sancionada pela presidente Dilma uma lei que autoriza com que essas empresas trabalhem com cooperativas”, diz.

TI e Logística
TI e logística são desafios intrínsecos ao modelo assistencial, diferente dos outros aspectos relacionados a forma como o sistema de saúde está estruturado. Se estas não forem bem geridas, segundo Ana Elisa, o negócio não acontece.

Com sede em São Paulo e filiais no Rio de Janeiro, Interior de SP, Baixada Santista e Vale do Paraíba, o grupo Santa Celina precisa administrar por mês em torno de 800 leitos hospitalares, incluindo, por exemplo, em média, 10 mil seções de fisioterapia em 30 dias.

Para controlar todos os processos, a companhia desenvolveu um sistema de gestão próprio, mantendo a área de TI, suprimentos e logística dentro da empresa.

Fonte SaudeWeb

A tecnologia está ao alcance de todos?

Por Sandra Franco

Ainda há muito que fazer para a manutenção da isonomia nos equipamentos importados e nacionais e a diminuição dos custos destes equipamentos de forma a possibilitar a compra pelas entidades públicas e privadas

O Governo Federal lançou recentemente o PAC Equipamentos, projeto que beneficia vários setores da indústria de equipamentos no Brasil, dentre elas o setor de equipamentos médicos e hospitalares. O novo programa prevê o investimento de R$ 8,4 bilhões, além de cortes nas taxas de juros e preferência para produtos nacionais nas licitações públicas para área da saúde.

Hoje, a margem de preferência na compra de equipamentos médicos, hospitalares e laboratoriais, nacional é de 8%, porém o governo quer ampliar esta margem para até 25% para compra de equipamentos adquiridos pela esfera pública, o que aquece a indústria nacional.

O programa surgiu de uma antiga reclamação da indústria nacional de equipamentos para saúde, que reclamam dos juros altos e da concorrência desleal com equipamentos importados, uma vez que a tributação é privilegiada e muitas instituições filantrópicas ficam isentas do pagamento de tributos como IPI (imposto sobre produtos industrializados) II (imposto de importação) e o ICMS (imposto de circulação de mercadorias e serviços), já que a Constituição Federal em seu artigo 150, VI “C”, estabelece a isenção do pagamento de impostos a essas instituições.

Com as importações diretas pelas entidades filantrópicas de saúde, somados a imunidade dos impostos concedidos pelo nosso ordenamento jurídico, os equipamentos nacionais não conseguem concorrer com os importados, o que desestimula a indústria local.

A ideia do governo é valorizar a indústria brasileira que investe no país e gera empregos. A Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo) comemora o novo programa. No entanto, surge uma questão: os novos benefícios concedidos pela PAC Equipamentos vão baratear os equipamentos da saúde? Possibilitarão maior acesso de toda população as novas e modernas tecnologias, hoje muitas vezes disponibilizadas apenas para aqueles que podem pagar pelos serviços de custos mais elevados?

A redução dos juros e os investimentos governamentais comprometem-se à concessão de maior isonomia entre os equipamentos importados e nacionais, o que se entende pela diminuição dos valores cobrados hoje pela indústria brasileira, e não um aumento dos produtos importados.

Sem dúvida, com o crescimento da economia cresce o número de cidadãos com possibilidade de migração para a saúde privada, setor em que se pressupõe melhora no atendimento e mais acesso a equipamentos de alta tecnologia. Porém, o que se espera do governo é um aumento e melhora no atendimento fornecido pelo SUS, estimulando a compra de equipamentos de alta tecnologia para atender a todos e não poucos privilegiados.

Para aumento da tecnologia no sistema SUS não basta o novo programa PAC de equipamentos, mas uma série de medidas necessárias para desenvolvimento da indústria nacional de equipamentos médicos, que hoje enfrenta grande dificuldade para regulamentar seus equipamentos junto a ANS e a Anvisa, que em razão de sistemas burocráticos e lentos impedem a regulamentação dos equipamentos nacionais.

Ainda há muito que fazer para a manutenção da isonomia nos equipamentos importados e nacionais e a diminuição dos custos destes equipamentos de forma a possibilitar a compra pelas entidades públicas e privadas, permitindo, enfim, a mais importante isonomia: a do atendimento igualitário a todos os cidadãos que procuram solução a suas enfermidades e que devem ter a sua disposição alta tecnologia de equipamentos médicos, odontológicos, hospitalares e laboratoriais, custeados pelo governo através do sistema SUS.

Fonte SaudeWeb

Monitores médicos serão padronizados até outubro

Comissão de estudos de Diagnóstico por Imagens está encarregada de internalizar as normas internacionais que regem o controle de qualidade desses equipamentos. A diretora da Eizo, Luciana Hadade, tira as dúvidas sobre a regulação

Até outubro o Brasil deverá ter definido os valores de padronização e avaliação da qualidade dos monitores médicos que serão encaminhados pela comissão de estudos de Diagnóstico por Imagens da ABNT para o Inmetro e Anvisa com o intuito de termos valores nacionais de referência a serem adotados no país.

A comissão de estudos de Diagnóstico por Imagens da ABNT está encarregada de participar de um programa de comparação interlaboratorial internacional e de traduzir e internalizar as normas internacionais que regem o controle de qualidade desses equipamentos, e encontrar os valores nacionais que deverão ser respeitados em todo o território brasileiro.

O trabalho da comissão brasileira vai integrar a reformulação que está sendo feita pelo FDA e pelo IEC (International Electrotechnical Commission), e que irá resultar em novas normas de desempenho e segurança dos monitores usados para visualização de imagens médicas. A partir de janeiro de 2014 a regulação entrará em vigor.

Abaixo uma entrevista com a diretora da EIZO, Luciana Hadade, sobre a padronização de monitores.

-Como avalia hoje a qualidade dos monitores de equipamentos médicos comercializados no mercado?
A grande maioria dos monitores que acompanha os equipamentos médicos não possui padrão para diagnóstico, mas o maior risco está nos monitores usados para laudo (diagnóstico) no ambiente digital (ambiente gerenciado pelo PACS), pois muitas instituições laudam em monitores comuns ou notebooks (destes que usamos no escritório) –, que não possuem características adequadas e certamente são um risco para o médico radiologista, para a instituição e principalmente para o paciente.

-A padronização que está prestes a sair deverá contemplar o que?
Irá contemplar características mínimas necessárias do monitor para cada tipo de exame (monitores para tomografia, para Raio-X, para Mamografia,etc) pois cada modalidade demanda características específicas (como resolução e níveis de luminância e contraste por exemplo), e também o controle de qualidade dos monitores. Falta muito conhecimento no mercado brasileiro sobre a necessidade do uso de monitores médicos e também sobre a necessidade de calibração, fundamental para a segurança e precisão dos diagnósticos.

-Qual será o impacto disso para os fabricantes. Haverá uma movimentação para adequação? Haverá prejuízo?
As empresas que não estiverem adequadas à norma precisarão se movimentar para se adequarem. E pode sim haver prejuízo aos fabricantes que não estão atentos às ações de controle de qualidade nos seus processos de fabricação.

-Quais ações a EIZO já faz nesse sentido?
A EIZO possui todas as certificações internacionais médicas existentes no momento e já faz parte deste comitê de normalização que o Brasil também participa. O comitê é o IEC TC62 MT51 on Medical Displays. A EIZO não está só assistindo, mas também participando dos processos de padronização mundiais.

Estamos acompanhando a definição dos novos critérios de avaliação que este comitê irá estabelecer para nos adequarmos e continuar ofertando produtos com qualidade como temos feito.

Fonte SaudeWeb

GSK adquire empresa farmacêutica americana

Companhia adquirida é a Human Genome. A operação irá totalizar cerca de US$ 3,6 bilhões para os detentores da empresa, ou US$ 3 bilhões já descontados dívidas e caixa

A farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK) anunciou nesta segunda-feira (16) um acordo para adquirir a Human Genome Sciences (HGS) por US$ 14,25 por ação. O pagamento será feito em dinheiro.

A operação irá totalizar cerca de US$ 3,6 bilhões para os detentores da Human Genome, ou US$ 3 bilhões já descontados dívidas e caixa da companhia.

O valor pago por ação representa um prêmio de 99%, em relação ao fechamento de 18 de abril de 2012 (US$ 7,17), o último dia de negociação no mercado antes do anúncio oficial da oferta da GSK.

A compra foi aprovada pelo conselho de administração das duas empresas.

“A GSK espera alcançar pelo menos US$ 200 milhões em sinergias de custos até 2015, e acredita que a transação irá beneficiar os resultados da companhia a partir de 2013″, diz o comunicado divulgado pela companhia.

Além disso, a GSK também avaliou os reflexos da aquisição em relação a seu programa de recompra de ações de longo prazo. A companhia manteve sua estimativa de realizar a recompra de £ 2 bilhões a £ 2,5 bilhões de suas ações em 2012.

“A transação cumpriu rigorosos critérios financeiros da GSK para aquisições, e esperamos retornos significativos no longo prazo. Esse é um passo natural em nosso relacionamento de 20 anos com a Human Genome, e estamos ansiosos para integrar nossas operações, para o benefício dos pacientes e dos acionistas”, afirma Andew Witty, presidente executivo da GSK, em comunicado.

“Após uma profunda análise de estratégias alternativas, a HGS entendeu que a combinação com a GSK é o melhor caminho para a companhia maximizar o valor para seus acionistas”, diz Thomas Watkins, presidente da HGS.

Fonte SaudeWeb

Remédios antigos: Clomid

 

São Luiz diminui tempo de espera com sistema próprio

Sistema Smart Track, desenvolvido internamente, reduziu para 50 minutos o tempo máximo de espera para o primeiro atendimento a pacientes de menor gravidade nos horários de picos

A Rede D’Or São Luiz implantou o sistema Smart Track, na unidade Anália Franco do São Luiz, Zona Leste de São Paulo. Após 30 dias de sua implantação, conseguiu reduzir para 50 minutos o tempo máximo de espera para o primeiro atendimento a pacientes de menor gravidade nos horários de picos. O tempo indicado para esse horário chegava a ser de 1h30.

O motivo que levou a unidade a implantar a solução foi o volume de atendimento. Com 20 mil pacientes por mês, nos dias e horários de maior movimento, os pacientes não graves, que representam 80% dos casos, podiam aguardar por até 4h para atendimento médico. É importante ressaltar que os 20% que apresentavam quadros de maior gravidade permaneceram com o atendimento adequado preservado como antes.

O desenvolvimento do Smart Track começa com deslocamento do médico para atender aos pacientes. No pronto-socorro, é feita uma primeira análise da situação do paciente, amenizando o número de pessoas que permanecem na sala de espera. Nele se concentra uma grande quantidade de pacientes com quadros menos graves – são até 60 novos pacientes por hora, principalmente nos períodos de maior fluxo.

De acordo com o diretor geral da Rede D’Or São Luiz, Rodrigo Gavina, o grande objetivo desse modelo é identificar, tratar e resolver as diversas condições clínicas dos pacientes. Ele conta que foi desenvolvido para a unidade um modelo exclusivo . E ressalta que foi possível oferecer atendimento num tempo menor, mesmo em horários em que isso parecia impossível pelo tamanho da demanda.

Para estabelecer o Smart Track, Gavina e sua equipe visitaram hospitais brasileiros, sulamericanos e norte americanos que utilizam diferentes modelos de atendimento de emergência. Fora do Brasil, nenhum dos hospitais apresentava a quantidade e característica dos atendimentos que hoje chegam às emergências dos hospitais da Rede D’Or.

Toda a equipe do Pronto-Socorro (médicos, profissionais de enfermagem, profissionais administrativos e áreas de diagnóstico e apoio) foi treinada, e a próxima área da unidade a adotar o modelo será o Pronto-Socorro Infantil. Nos próximos meses, as demais unidades da Rede D’Or também passarão a utilizá-lo.

Fonte SaudeWeb

Brasil vai inaugurar fábrica de remédios contra Aids na África

Em uma primeira etapa, os medicamentos serão suficientes para atender às necessidades de Moçambique. Mas, em dois anos, a produção será capaz de atender a toda África Subsaariana

A Fiocruz vai inaugurar na próxima semana (21/7) uma fábrica de medicamentos antirretrovirais para o tratamento da Aids no continente africano. Depois de quatro anos dedicados às etapas de planejamento e construção, as instalações em Maputo, capital de Moçambique, estão prontas. A fábrica será capaz de produzir 21 tipos de remédios para o combate à doença.

Segundo a Fiocruz, em uma primeira etapa, os medicamentos serão suficientes para atender às necessidades de Moçambique, um dos países com mais alta incidência de Aids no mundo – um infectado em cada grupo de três habitantes. Mas, em dois anos, a produção será capaz de atender a toda África Subsaariana.

A fábrica será capaz de produzir 21 tipos de remédios para o combate à doença.

O investimento total no projeto e na construção foi estimado em cerca de R$ 200 milhões. O governo do Brasil contribuiu com a metade deste valor, aproximadamente. Também houve doações de empresas privadas, como a multinacional brasileira Vale, que atua na África nas áreas de mineração e transporte ferroviário. Na inauguração, a presidente Dilma Rousseff será representada pelo vice-presidente da República, Michel Temer.

Fonte SaudeWeb

Planos coletivos podem acabar saindo mais caro, alerta Idec

Para a advogada do Idec, Joana Cruz, o governo também deveria intervir no mercado coletivo, que responde por cerca de 80% dos usuários de planos de saúde no país

O consumidor deve tomar certos cuidados ao contratar um plano de saúde coletivo. No primeiro momento, os planos coletivos aparentam ser mais vantajosos que um plano individual, por não exigir carência, mas podem acabar saindo mais caro. O alerta é do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec).

O instituto chama a atenção para o fato de que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não regula os reajustes dos planos coletivos, somente dos individuais. Para a advogada do Idec, Joana Cruz, o governo também deveria intervir no mercado coletivo, que responde por cerca de 80% dos usuários de planos de saúde no país.

“Enquanto o índice de reajuste dos planos individuais,determinado pela ANS, será de até 7,93%, os planos coletivos têm reajustes livres, deixando os consumidores desamparados”, destacou a advogada, especializada em saúde suplementar.

Segundo Joana Cruz, ao buscar um plano coletivo, o consumidor deve buscar saber os percentuais de reajustes nos últimos anos e de quanto deverá ser o próximo aumento, para não ser pego de surpresa com valores bem acima da inflação.

De acordo com a ANS, os reajustes dos planos coletivos não são regulados pela agência por tratarem-se de relações entre pessoas jurídicas (operadora e empresas, por exemplo), que têm grande poder de barganha e negociação, ao contrário do usuário individual. Além disso, segundo a agência, a modalidade coletiva não exige prazo de carência, possibilitando ao usuário migrar para outra operadora que apresentar mensalidade menor.

Outro alerta do Idec é sobre os reajustes dos planos individuais acima da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o que acarretaria, a longo prazo, um comprometimento cada vez maior da renda dos clientes.

“Temos estudos mostrando que, em 30 anos, o plano de saúde vai absorver 50% da renda do usuário”, frisou a advogada do instituto.

A ANS reconhece que os reajustes dos planos individuais são mais altos que o IPCA, porém argumenta serem abaixo do rendimento nominal médio do trabalhador e dos índices de variação de preços de produtos e serviços médicos, odontológicos e laboratoriais.

Fonte SaudeWeb

Prefeitura Municipal de Areal - RJ

A Prefeitura Municipal de Areal, Rio de Janeiro, realiza concurso para preenchimento de 113 vagas para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAESA)

Inscrições:
De 25 de junho a 22 de julho pelo site www.rumocertoservicos.c
om.br ou na Avenida Amaral Peixoto, nº. 238, centro, Areal

Valor:
De R$ 14,00 a R$ 24,00

Remuneração:
Entre R$ 622,00 e R$ 7.179,33

Provas:
Haverá provas objetivas e provas de títulos em 18 e 19 de agosto

Cargos:
Ensino Fundamental - Agente Comunitário de Saúde, Cozinheira, Eletricista Predial, Guarda Municipal, Mecânico para Veículos Leves, Mecânico para Veículos Pesados e Auxiliar de Serviços Gerais;
Ensino Médio - Auxiliar de Serviços Gerais, Cuidador para Creche, Inspetor de Disciplina, Gesseiro, Maqueiro, Técnico em Enfermagem, Técnico Saúde Bucal, Técnico em Contabilidade e Tesoureiro;
Ensino Superior - Endodontista, Médico Ambulatorial em Cardiologia, Cirurgião Geral, Gastroenterologista, Infectologista, Ortopedia, Pediatra, Médico Clínico Geral para Saúde da Família (PSF), Médico Plantonista em Clínica Médica e Pediatria, Odontólogo Cirurgião Oral Menor e Periodontista

Hospital Regional Norte - CE

O Hospital Regional Norte, do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), Ceará, realiza concurso para provimento de 1.641 vagas

Inscrições:
Até 5 de agosto pelo www.institutocidades.org.br


Valor:
De R$ 60,00 a R$ 120,00

Remuneração:
De R$ 622,00 a 7.955,04

Provas:
Prova discursiva: 2 de setembro
Haverá prova de títulos.

Cargos:
Grupamento de Gestão (7 vagas): Gerente de Risco, Gerente de Laboratório, Gerente de Farmácia, Gerente de Nutrição, Gerente Núcleo Atendimento ao Cliente, Gerente Administrativo e Assessor Técnico da Qualidade;
Grupamento de Nível Superior - Médico (342 vagas): Médico Anestesiologia, Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica, Cirurgia Vascular, Neurocirurgião, Neurologia, Clínica Médica, Hematologista, Hematologista, Pediatra, Endoscopia Digestiva, Endoscopia Respiratória, Infectologia, Psiquiatria, Ginecologia Obstetrícia, Medicina do Trabalho, Radiologia, Ultrassom e Diagnóstico por Imagem, Tráumato-Ortopedia, Emergencista Adulto, Emergencista Infantil, Terapia Intensiva Adulto, Terapia Intensiva Pediátrico e Terapia Intensiva Neonatologia;
Grupamento de Nível Superior - Não Médico (333 vagas): Assistente Social, Cirurgião-Dentista Buco Maxilofacial, Enfermeiro, Enfermeiro Segurança do Trabalho, Farmacêutico, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicologia Hospitalar e Terapeuta Ocupacional;
Grupamento de Nível Superior - Administrativo (15 vagas): Analista de Suporte, Assistente Administrativo, Engenheiro Clínico, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Segurança do Trabalho e Secretária;
Grupamento de Nível Médio - Saúde (766 vagas): Auxiliar de Farmácia, Auxiliar de Laboratório, Técnico de Enfermagem, Técnico em Radiologia, Técnico em Laboratório, Técnico em Gesso e Técnico em Enfermagem para Transporte (Maqueiro);
Grupamento de Nível Médio - Administrativo (178 vagas): Ascensorista, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Escritório, Auxiliar de Manutenção, Bombeiro Hidráulico, Conferencista e Expedidor de Roupa, Copeiro Hospitalar, Eletricista, Recepcionista, Controlista de Acesso/Portaria, Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico em Folha de Pagamento, Técnico em Informática,Técnico em Equipamentos Biomédicos, Tecnólogo em Construção Civil, Telefonista e Motorista de Ambulância.

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - HCFMUSP

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) realiza concurso para preenchimento de uma vaga para Agente Técnico de Assistência à Saúde

Inscrições:
Até 20 de julho na Divisão de Recursos Humanos do HCFMUSP (rua Doutor Ovídio Pires de Campos, nº. 225, Prédio da Administração, 1º. Andar, Cerqueira César, São Paulo/SP, CEP: 05.403-010

Valor:
R$ 60,85.

Cargo:
Farmacêutico.

Remuneração:
R$ 1.186,00

Provas:
Haverá prova escrita, prova prática-oral e prova de títulos

Companhia Nacional de Abastecimento - Conab

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza concurso para provimento de 155 vagas

Inscrições:
De 8 de julho a 2 de agosto pelo www.iades.com.b
r

Valor:
R$ 46,00.

Cargos e vagas:
Ensino Superior - (17) Administração, (2) Arquitetura, (2) Arquivologia, (1) Assistência Social, (5) Auditoria, (Cadastro Reserva) Comunicação Social, (22) Contabilidade Geral, (10) Direito Jurídico, (5) Direito Correição, (10) Economia, (1) Enfermagem, (3) Engenharia Civil, (2) Engenharia Elétrica, (2) Engenharia Mecânica, (CR) Engenharia Agrícola, (8) Engenharia Agronômica ou Agronomia, (1) Engenharia de Alimentos, (1) Engenharia de Segurança do Trabalho, (1) Estatística, (1) Medicina do Trabalho, (1) Pedagogia, (43) Tecnologia da Informação - Desenvolvimento, (14) Tecnologia da Informação - Suporte Técnico e (3) Tecnologia da Informação - Banco de Dados.

Remuneração:
De R$ 688,83 a R$ 4.578,70

Provas:
Haverá prova objetiva e avaliação de desempenho prático

UEL (PR) lança edital de processo seletivo

Terá início a partir do dia 23 de julho as inscrições para o processo seletivo 123/2012 – PRORH/TS da Universidade Estadual de Londrina, Estado do Paraná. Serão selecionados 05 profissionais e formado cadastro reserva de nível superior para o cargo de Professor Colaborador.
A remuneração é de até R$ 4.807,76, para jornada de trabalho de 20 e 40 horas semanais.
As inscrições, no valor de R$ 47,53 ou R$ 137,36, deverão ser efetuadas no período de 23 a 27 de julho de 2012, nas secretarias de um dos seguintes departamentos (de acordo com a área de atuação docente pretendida):
Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias;
Departamento de Design do Centro de Educação, Comunicação e Artes;
Departamento de Medicina Oral e Odontologia Infantil do Centro de Ciências da Saúde (Rua Pernambuco, 540);
Departamento de Geociências do Centro de Ciências Exatas;
Departamento de Microbiologia do Centro de Ciências Biológicas;
Departamento de Psicologia e Psicanálise do Centro de Ciências Biológicas;
Departamento de Filosofia do Centro de Letras e Ciências Humanas e
Departamento de Letras Estrangeiras Modernas do Centro de Letras e Ciências Humanas.
O processo seletivo será constituído de prova didática e curriculum vitae, lembrando que o prazo de validade do resultado do teste seletivo será de 02 anos, prorrogável uma vez, por igual período.

Edital / Publicações

Concurso Prefeitura de São João do Oriente (MG)

A Prefeitura de São João do Oriente, município mineiro localizado a 270 km de Belo Horizonte, abriu concurso público com a finalidade de preencher 33 vagas. As oportunidades contemplam candidatos do ensino fundamental até o superior.
Cargos: Agente Administrativo, Agente Comunitário de Saúde, Assistente Adminstrativo, Assistente Social, Auxiliar de Enfermagem, Coordenador do Cras, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Especialista em Educação, Fiscal de Tributos, Gari, Médico, Motorista, Odontólogo, Operador de Máqinas Pesadas, Psicólogo, Secretária Escolar, Vigia e Zelador da Praça de Esportes.
O salário oferecido varia de R$ 622,00 a R$ 5.500,00, para uma jornada de trabalho de 20 a 40 horas semanais.
Inscrição: Os interessados deverão se inscrever do dia 19 de setembro de 18 de outubro de 2012, na sede da Prefeitura de São João do Oriente, situada à Praça 1º de março, nº 46, Centro, CEP 35146-000, São João do Oriente/MG ou através do endereço eletrônico www.exameconsultores.com.br. As taxas variam de R$ 40,00 a R$ 85,00 de acordo com o cargo desejado.
Provas: As provas objetivas e práticas estão previstas para 25 de novembro de 2012, em local e horário a serem divulgados a partir do dia 19 de novembro de 2012. O gabarito da prova objetiva será divulgado na data provável de 27 de novembro de 2012.
O prazo de validade do concurso público é de 02 anos, contados da data da homologação do resultado final.

Edital / Publicações

Concurso Exército Brasileiro - Saúde

O Comandante do Exército, por intermédio da Escola de Saúde do Exército (EsSEx), lançou edital de concurso público para admissão e matrícula, em 2013, nos Cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde do Exército (CFO/S SAU). São 93 vagas de nível superior disponíveis para Oficiais Médicos.

Inscrição

O pedido de inscrição será feito em requerimento do candidato disponível no site www.essex.ensino.eb.br, dirigido ao Comandante da Escola de Saúde do Exército e remetido diretamente àquela Escola, por meio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), via SEDEX, entre 23 de julho a 17 de agosto de 2012.
Para o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 130,00, o candidato deverá acessar a página da Internet https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp.

Prova

A data, local e horário do exame intelectual está prevista para 23 de setembro de 2012, no site www.essex.ensino.eb.br.
O gabarito será divulgado na data provável de 26 de setembro de 2012, através do site no site www.essex.ensino.eb.br.
A inspeção de saúde e o exame de aptidão física serão realizadas, provavelmente, do dia 3 a 21 de dezembro de 2012.

Concurso Prefeitura de Nossa Senhora Aparecida – SE

Foi divulgado através da organizadora Planejar o edital do concurso público nº 001/2012 que abre diversas vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade no quadro de servidores da prefeitura do Município de Nossa Senhora Aparecida, Sergipe. Ao todo, serão 28 vagas para cargos com salários que oscilam entre as cifras de R$ 622,00 a R$ 3.500,00.
Cargos:
Assistente Social, Especialista em Educação, Farmacêutico, Médico Ginecologista, Nutricionista, Psicólogo, Enfermeiro PSF, Médico PSF, Odontólogo PSF, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Endemias, Assistente Administrativo, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Consultório Dentário, Eletricista, Fiscal de Tributos, Maestro de Banda de Musica, Auxiliar de Serviços Gerais e Operador de Trator.
Inscrições:
Os interessados poderão efetuar a inscrição até o dia 31 de julho de 2012, online ou presencialmente. As inscrições presenciais poderão ser realizadas à Rua Marquês de Tamandaré Sede do Conselho Tutelar, Centro, Nossa Senhora Aparecida, Sergipe. Já pela internet, ficarão abertas no site www.planejarconcursos.com.br.
As taxas de inscrição custam R$ 70,00 para cargos de nível superior, R$ 40,00 para nível médio e R$ 35,00 para ocupações de nível fundamental.
Provas:
Os candidatos serão submetidos a prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório e prova de títulos. Alguns cargos exigem ainda a prova prática. A prova objetiva está marcada para a provável data de 19 de agosto de 2012. O local e horário de aplicação das provas será confirmado em data oportuna.
A previsão é que o gabarito da prova objetiva seja divulgado no dia 21 de agosto de 2012.
Validade:
O prazo de validade deste concurso será de dois anos, mas poderá ser prorrogado por igual período, contado a partir da data de homologação do resultado final.

Edital / Publicações

Concurso CRO - PR

Foi divulgado o edital que abre as inscrições para o concurso público do Conselho Regional de Odontologia do Paraná- CRO-PR, com sede no Estado do Paraná, que objetiva a formação de cadastro de reserva para várias funções.
Cargos:
Auxiliar De Departamento, Fiscal, Recepcionista, Técnico Em Arquivologia, Técnico Em Informática, Assessor Jurídico, Contador e Secretário Executivo.
Inscrições:
As inscrições serão realizadas somente via internet até o dia 17 de agosto de 2012 no endereço eletrônico: www.quadrix.org.br. A taxa de inscrição varia de R$ 29,50 a R$ 59,50.
Provas:
As provas escritas objetivas de múltipla escolha serão realizadas nas cidades de Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina e Umuarama com data inicialmente prevista para o dia 02 de setembro de 2012, no turno da tarde.
A validade deste Concurso Público é de dois anos, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Edital / Publicações

Concurso IPAMV de Vitória (ES)

O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Vitória - IPAMV, publicou edital nº. 001/2012 de concurso público oferecendo 11 vagas mais cadastro reserva de nível médio e superior. A remuneração é de até R$ 4.512,04 mais R$ 347,64 de gratificação previdenciária, para jornada de trabalho de 20 ou 40 horas semanais.
Fica reservado o percentual de 5% das vagas disponibilizadas por cargo para os candidatos portadores de deficiência em função compatível com a sua aptidão.

Cargos

Assistente Administrativo, Motorista, Técnico em Tecnologia da Informação, Analista de Tecnologia da Informação, Analista de Gestão Pública - Administrador e Contador, Arquivista, Assistente Social e Médico do Trabalho.

Inscrição

As inscrições serão efetuadas até o dia 19 de agosto de 2012, no site www.brasconpe.com.br. A taxa é de R$ 40,00 (nível médio) ou R$ 65,00 (nível superior).

Prova

A prova objetiva está prevista para 30 de setembro de 2012, em local e horário a serem divulgados a partir do dia 10 de setembro de 2012. O gabarito será divulgado através do site de inscrição até o 2º dia útil após a realização das respectivas provas.
A prova prática será realizada na data provável de 28 de outubro de 2012, em local e horário a serem divulgados juntamente com o resultado da prova objetiva e convocação da prova prática, a partir do dia 22 de outubro de 2012.
O resultado da prova prática está previsto para ser divulgado no dia 30 de outubro de 2012.
O formulário para preenchimento obrigatório para a entrega de títulos será disponibilizado no site www.brasconpe.com.br, nos dias 5 e 6 de novembro de 2012.

Validade

O prazo de validade do concurso será de 02 anos, contados da data da publicação de sua homologação, podendo, antes de esgotado o prazo, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do IPAMV por ato expresso do presidente dessa autarquia.

Edital / Publicações

Concurso Prefeitura de Monte Santo de Minas (MG)

Serão reabertas a partir do dia 20 de julho as inscrições para o concurso público n° 001/2011 da prefeitura de Monte Santo de Minas, Estado de Minas Gerais. Serão selecionados 147 novos servidores de níveis fundamental, médio e superior, com salário de até R$ 7.771,73 e carga horária de 20, 24 e 40 horas semanais.
Será reservada 5% das vagas às pessoas portadoras de necessidades especiais.
Cargos: Vigilante Epidemiológico, Técnico Financeiro, Técnico em Vigilância Sanitária, Técnico em Informática, Auxiliar de Enfermagem, Supervisor Educacional, Recepcionista, Psicólogo, Professor, Orientador Educacional, Coveiro, Nutricionista, Motorista, Médico, Jardineiro, Inspetor Epidemiológico, Inspetor de Alunos, Guarda, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta, Fiscal de Tributos Municipais, Fiscal de Obras e Serviços Urbanos, Engenheiro Civil, Enfermeiro, Contador, Cirurgião Dentista, Bibliotecário, Auxiliar de Obras e Saneamento, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Monitor, entre outros.
Os interessados deverão se inscrever do dia 20 de julho a 20 de agosto de 2012 no site www.seapconcursos.com.br.
A prova objetiva será realizada na data provável de 25 de novembro de 2012, em locais e horários a serem divulgados na Prefeitura de Monte Santo de Minas e no site www.seapconcursos.com.br, a partir do dia 17 de outubro de 2012. O gabarito oficial será divulgado, provavelmente, no dia 26 de novembro de 2012.
Os títulos/certificados autenticados deverão ser entregues em envelope lacrado no ato da inscrição ou encaminhados via Correios por SEDEX ou carta registrada com AR, para o endereço da empresa realizadora deste certame: Seap – Concurso Público Monte Santo de Minas – Prova de Títulos - Rua Tupis 485 – Sala 114, Centro, Belo Horizonte – MG, CEP 30190-060, nome do candidato, n° de inscrição.
O prazo de validade do concurso público é de 2 anos, contados da data da homologação do seu resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez, a critério da administração pública.

Edital / Publicações

Prefeitura de Divinópolis (MG) oferece vagas na área da saúde

A Prefeitura de Divinópolis, Estado de Minas Gerais, está realizando processo seletivo visando o preenchimento de 10 vagas distribuídas entre os cargos de Médico (Generalista) e Enfermeiro. Os admitidos cumprirão carga horária de 20 e 40 horas semanais, e serão remunerados com até R$ 6.785,84, mais 20% insalubridade sobre o salário mínimo.
Os interessados deverão enviar os currículos à Secretaria Municipal de Saúde, em atenção aos Recursos Humanos, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG - CEP: 35500-007, até o dia 18 de julho de 2012.
A avaliação final será feita através de análise do Curriculum Vitae, pelo setor de recursos humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão com base nos seguintes critérios:
Especialidade em neurologia e ortopedia para o cargo de fisioterapeuta;
Residência no Município de Divinópolis;
Maior tempo de experiência profissional na área;
Mais jovem.

Concurso FUNTEF de Pato Branco (PR)

A Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – FUNTEF-PR de Pato Branco, lançou edital nº. 001/2012 para realização de teste seletivo. A seleção visa o preenchimento de 01 vaga de nível médio/técnico para o cargo de Técnico de Laboratório, com salário de até R$ 1.500,00 mais R$ 150,00 adicional de insalubridade e R$ 190,00 auxílio alimentação.
O candidato poderá efetuar sua inscrição, até às 23h59min do dia 02 de agosto de 2012, exclusivamente via internet, no site www.funtefpr.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 30,00.
A prova escrita está prevista para ser realizada no dia 12 de agosto de 2012, das 9 às 12 horas, em locais indicados na ficha de confirmação de inscrição e no edital de homologação das inscrições, a partir das 18 horas do dia 06 de agosto de 2012. O gabarito preliminar será divulgado a partir das 18 horas, do dia 12 de agosto de 2012.
O prazo de validade do teste seletivo será de 01 ano, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a contar da data de sua homologação.

Edital / Publicações

FURB – RS abre processo seletivo

As vagas serão para lotação no Departamento de Medicina, Centro de Ciências Saúde. As chances são paras as áreas de Hidráulica Geral, Nutrição no Esporte, Ginecologia e Obstetrícia Hospitalar, Cuidado e Conforto à Mulher e Família, Treinamento Desportivo, Badminton - PDE, Ginástica Localizada/Aeróbica - PDE, Natação/Hidroginástica - PDE, Matt­Pilates - PDE, Saúde do Adulto/Medicina de Família e Comunidade, Hematologia, Semiologia, Pediatria, Cardiologia, Ginecologia e Obstetrícia, Clínica Cirúrgica, Doenças Infecciosas e Parasitárias do Aparelho Digestivo e Medicina Legal.
Os interessados poderão se inscrever no período de 30 de julho a 03 de agosto de 2012 diretamente na Secretaria do respectivo departamento nos seguintes endereços:
Secretaria do Centro de Ciências Tecnológicas: Rua São Paulo, Nº 3250, na cidade de Blumenau - Bloco I, Sala 004.
Secretaria do Centro de Ciências da Saúde: Rua Antônio da Veiga, Nº 140, na cidade de Blumenau - Bloco J, Sala J-105.
Os candidatos serão submetidos à prova didática e de títulos. As provas ocorrerão em datas conforme especificado em cada edital. As datas compreendem os dias 14 a 16 de agosto de 2012.
A validade deste processo seletivo será de dois anos para todos os cargos e editais.

Compulsão alimentar pode estar relacionada a outros vícios

Pessoas que têm um histórico de compulsão alimentar podem correr maiores riscos de terem comportamentos relacionados a vícios, como o uso de drogas.

De acordo com a pesquisadora americana Patrícia Sue Grigson, “o consumo excessivo de comida, como a compulsão alimentar, se tornou problemático. Dado às características em comum desses dois tipos de distúrbio, não é surpreendente que a co-ocorrência de distúrbios alimentares e de abuso de substâncias seja alta”.

A pesquisadora e seus colegas encontraram uma ligação entre o consumo excessivo de gordura e desenvolvimento de comportamentos relacionados ao uso da cocaína em ratos de laboratório.

Os pesquisadores usaram os ratos para analisar se um histórico de consumo excessivo de gordura aumentaria comportamentos de vício em cocaína nos animais, que foram divididos em quatro grupos com dietas diferentes: ração normal para ratos, acesso contínuo a uma fonte de gordura, uma hora de acesso diário a uma fonte de gordura, e uma hora de acesso a uma fonte de gordura nas segundas, terças e quartas-feiras.

Os resultados mostraram que os ratos que tinham acesso à gordura três vezes por semana (o grupo com maior restrição ao alimento) desenvolveram comportamentos compulsivos com a comida.

Essa descoberta sugere que as condições que promovem o comportamento excessivo relacionado a uma substância aumentam as chances de que o indivíduo comece a se comportar da mesma forma com outras.

A pesquisa foi publicada no periódico Behavioral Neuroscience.

Fonte: UPI, 12 de julho de 2012

Por boasaude.com.br

Produtos químicos utilizados em produtos de cuidados pessoais podem aumentar risco de diabetes em mulheres

Estudo realizado por pesquisadores do Brigham and Women's Hospital, nos Estados Unidos, mostrou uma associação entre o aumento da concentração de ftalatos no organismo e um risco aumentado de diabetes nas mulheres.

Os ftalatos são reguladores endócrinos comumente encontrados em produtos para cuidados pessoais, como hidratantes corporais, sabonetes, spray para cabelo e perfumes. Eles também são usados em adesivos, eletrônicos, brinquedos e uma variedade de outros produtos.

Publicado na edição online da Environmental Health Perspectives do dia 13 julho de 2012, o estudo foi coordenado por James Tamarra-Todd e analisou as concentrações de ftalatos em amostras de urina de 2.350 mulheres que participaram do National Health and Nutrition Examination Survey. Os pesquisadores descobriram que as mulheres com níveis mais elevados de ftalatos em sua urina eram mais propensas a ter diabetes.

As mulheres que tiveram os níveis mais altos das substâncias químicas mono-benzil ftalato e mono-isobutil ftalato tinham quase o dobro do risco de diabetes em comparação com as mulheres com níveis mais baixos desses produtos químicos. Já aquelas com índices mais elevados que os níveis médios de mono-química (3-carboxipropil) ftalato tinham aproximadamente 60% de aumento do risco de diabetes. As mulheres com níveis moderadamente elevados de produtos químicos a mono-n-butil-ftalato de di-2-etilhexilo ftalato tinham aproximadamente 70% de aumento no risco de diabetes.

Segundo os pesquisadores, são necessárias mais pesquisas que evolvam a relação entre os ftalatos e o diabetes, já que essa substância está presente em produtos de higiene de uso diário e em medicamentos, incluindo aqueles para o tratamento do diabetes.

Fonte: EurekAlert!, 13 de julho de 2012

Por boasaude.com.br

Bebês prematuros têm maior risco de contrair asma

Especialistas sugerem que essas crianças sejam submetidas a exames frequentes

Os bebês que nascem algumas semanas antes do previsto têm mais risco de contrair doenças do que os nascidos no prazo natural. A conclusão é de um estudo realizado pelas universidades de Leicester, Liverpool, Oxford e Warwick, da Inglaterra.

De acordo com o estudo, os bebês nascidos antes do tempo estão sujeitos a ter doenças como asma. A sugestão dos especialistas envolvidos no estudo é que essas crianças sejam submetidas a exames frequentes.

Os pesquisadores analisaram bebês nascidos antes das 32 semanas de gestação. A constatação foi que essas crianças têm um risco maior de ter problemas de saúde até os cinco anos. Ou seja, quanto mais cedo o bebê nasce, maior é o risco.

Os cientistas descobriram que quando nascem antes do tempo, os bebês precisam de uma ventilação prolongada ou tratamento com oxigênio após o nascimento. Isso leva a uma redução do fluxo de ar comparado as crianças que nascem com nove meses. Com isso, aumenta a probabilidade da criança desenvolver asma no futuro.

Fonte R7

Grão-de-bico afasta a depressão

Pesquisas afirmam que o grão-de-bico é mais nutritivo do que o feijão e tem 30% a mais de proteína, zinco, potássio, cálcio e magnésio

Considerada uma das leguminosas mais nutritivas, o grão-de-bico também é capaz de afastar a depressão. Ele aumenta a produção de serotonina, que é uma molécula envolvida na comunicação com os neurônios.

Ela tem inclusive a função de liberar alguns hormônios e regular o ritmo do sono e do apetite. Pesquisas afirmam que o grão-de-bico é mais nutritivo do que o feijão e tem 30% a mais de proteína, zinco, potássio, cálcio e magnésio.

Se for consumido diariamente, ajuda a reduzir o nível de colesterol ruim. Por conter hormônios vegetais, é utilizado também na reposição hormonal e essas substâncias ajudam na prevenção da osteoporose e até no combate ao câncer.

Fonte R7

Chicória colabora para a saúde do intestino

A substância responsável pelo benefício é chamada de inulina e possui fibra solúvel

De sabor amargo, a chicória é um vegetal que traz muitos benefícios à saúde. Rica em vitaminas A, do complexo B, C e D, ela também tem minerais como cálcio, ferro e fósforo.

Adeptos da medicina natural a utilizam para depurar o sangue e tratar da saúde do intestino.

Em suas raízes há uma substância chamada inulina, que não é digerida por enzimas no intestino humano e possui fibra solúvel. Ou seja, esse nutriente é consumido por bactérias boas presentes no intestino, contribuindo para o bom funcionamento do órgão.

Fonte R7

Saiba como evitar problemas nos joelhos com a prática de exercícios

Falta de orientação profissional é a causa principal de lesões, segundo especialistas

Você sabia que cada passo gera um impacto sobre os joelhos equivalente a duas vezes o peso do nosso corpo?

Não à toa, a prática de exercícios físicos sem o acompanhamento de um profissional reflete em possíveis lesões nas articulações.

Hoje em dia, existem exames que apontam quais atividades são indicadas para cada pessoa e os cuidados que devem ser tomados.

Veja o vídeo e conheça os principais tipos de lesões nos joelhos.
Fonte R7

Chocolate pode ajudar a emagrecer

A versão amarga é a melhor opção para controlar o peso

Segundo pesquisas, o chocolate pode reduzir a hipertensão, diminuir o risco de AVC (acidente vascular cerebral) e até ajudar a emagrecer.

Mas não é qualquer chocolate que pode ser benéfico à saúde. Segundo a nutricionista Priscilla Rosa, o chocolate amargo é mais saudável do que a versão ao leite.

Confira o vídeo e aproveite as orientações da nutricionista!
Fonte R7

Governo de SP libera repasse extra de R$ 5 milhões para Santa Casa

Objetivo é auxiliar a unidade para a reforma da enfermaria dos departamentos de cirurgia e clínica médica

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo libera, nesta segunda-feira (16), um repasse extra de R$ 5 milhões para auxiliar a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. O anúncio será feito na manhã de hoje, pelo governador Geraldo Alckmin, durante evento na própria Santa Casa.

O repasse será destinado para a reforma da enfermaria dos departamentos de cirurgia e clínica médica. Com a obra, o espaço que tem 215 leitos de isolamento e de enfermaria para adultos nos departamentos cirúrgicos e clínicos, ganhará 29 novos leitos, passando a contar com 244 leitos, um aumento de 13,5% do total.

Será reformado um espaço de 1.316 m², incluindo o mezanino, que será ocupado por um Centro de Estudos Científicos, anfiteatros e áreas administrativas. A primeira parcela do investimento será no valor de R$ 2 milhões e o restante será repassado de acordo com as necessidades e andamento da obra.

" Esse repasse extra é muito importante para auxiliar a Santa Casa que, assim como outras unidades filantrópicas do estado, se encontram em dificuldade financeira. Essas unidades são responsáveis por quase metade das internações realizadas na rede pública em todo o estado" , afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, Giovanni Guido Cerri.

Fundada há mais de quatro séculos, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, instituição filantrópica, privada e laica, é um dos mais importantes complexos hospitalares na cidade de São Paulo. A unidade atende mais de 8.000 pessoas por dia em todas as especialidades médicas, possui mais de 2.000 leitos, registra uma média mensal de 110 mil atendimentos ambulatoriais, 130 mil atendimentos de emergência, 3,5 mil cirurgias e 370 mil exames. É referência nos atendimentos de emergência, ortopedia, pediatria e serviços de alta complexidade como neurocirurgias e transplantes.

A Secretaria de Estado da Saúde auxilia constantemente as santas casas e hospitais beneficentes do estado com repasses extras, além do teto SUS. No início deste ano foi liberado um repasse extra de R$ 11,9 milhões para auxiliar 346 unidades de todo o estado. Além disso, no ano passado 121 outras entidades foram beneficiadas com repasses de verba pelo programa Pró-Santa Casa.

Fonte isaude.net

Malhar duas vezes por semana oferece proteção contra o Alzheimer

Exercício melhora função cerebral de pacientes com deficiência cognitiva leve, condição precursora da doença degenerativa

Musculação duas vezes por semana melhora função cerebral de pacientes com deficiência cognitiva leve (MCI - sigla em inglês) - condição precursora do Alzheimer. É o que sugere estudo conduzido na University of British Columbia, no Canadá.

"Malhar duas vezes por semana pode ser uma estratégia promissora para alterar a trajetória de declínio cognitivo entre idosos", diz a líder do estudo Teresa Liu-Ambrose. "A MCI é uma janela crítica para intervenções contra o Alzheimer."

A pesquisa comparou efeitos de duas sessões semanais de musculação, exercícios aeróbicos e aulas de tonificação sobre a função cognitiva executiva em mulheres com idade entre 70 e 80 anos, com risco de MCI. O ensaio clínico randomizado foi realizado durante seis meses.

Comparado com a prática de exercícios aeróbicos e de tonificação, a musculação mostrou causar melhoras significativas na função cerebral dos voluntários. Resultados se baseiam na aplicação do Teste de Stroop e de uma tarefa de memória. A musculação também levou a mudanças funcionais em três regiões do cérebro envolvidas na memória. Em contraste, o grupo que praticava exercícios aeróbicos não demonstrou melhorias semelhantes.

No entanto, os pesquisadores descobriram que o treinamento aeróbico melhora o desempenho em uma diferente tarefa de memória, chamada Teste de Aprendizagem Auditivo Verbal de Rey (RAVLT). "Sendo assim, ambos grupos de exercícios resultam em melhores pontuações em testes de memória, mas de diferentes tipos de memória. Mais pesquisas são necessárias para determinar os diferentes efeitos destes dois tipos de treinamento", conclui a pesquisadora envolvida no projeto Lindsay Nagamatsu.

Fonte isaude.net

Kangoo jump: o que é, benefícios, como praticar

Conheça um pouco mais do Kangoo Jumps, sapato que garante redução de peso e celulite e diversos outros benefícios para a saúde.

Há algum tempo surgiu um novo método de queima de calorias e redução de celulites que está deixando as mulheres malucas. O Kangoo Jumps é uma maneira divertida de acabar com as celulites, trabalhando todo o sistema linfático.

O Kangoo Jumps não é um creme milagroso, nem um novo tipo de exercício, mas sim um calçado, uma espécie de bota que possui um sistema de amortecimento, o que ajuda na hora da pratica de exercícios. O aparelho favorece a circulação da linfa e por isso age rapidamente nas celulites.

Como usar
Apesar de parecer estranho e difícil, o Kangoo Jumps é muito divertido e eficaz. Para começar a se equilibrar no aparelho é necessário pisar bem no meio do solado e de preferência sem olhar para os pés, sempre equilibrando bem o peso do corpo no Kangoo Jumps para não cair.

Depois de se estabilizar no aparelho, a maior dica para não cair é ficar sempre em movimento, pulando, dançando, se exercitando. A cada passo dado, o arco do calçado cede um pouco e aumenta a superfície de contato com o chão, o que facilita os movimentos, por isso, o ideal é sempre andar.

Além de ser uma ótima maneira de entretenimento, o Kangoo Jumps não causa nenhum tipo de lesão, danos as articulações ou problema nos joelhos, isso porque ele começou como um aparelho para tratamento pós-cirúrgico, que visava a recuperação e prevenção de lesões. Durante a utilização do aparelho, os impactos são reduzidos em até 80%, o que diminui o risco de lesões.

Benefícios
Os benefícios do Kangoo Jumps variam de acordo com o metabolismo e condicionamento físico de cada usuário, mas em geral, ele ajuda a diminuir as celulites, queimar calorias, a potencializar a contração muscular, potencializa a queima de gorduras, ajuda a combater sintomas da depressão e stress, promove alinhamento da postura, traz benefícios para o coração, estimula o sistema linfático, entre outros.

Contra indicações
O aparelho deve ser evitado por pessoas que pesam menos que 32kg, ou crianças com menos de 6 anos. Em geral, não há limite de idade para a utilização do Kangoo Jumps.

Fonte Mundo das Tribos

Células auxiliares do sangue podem ser responsáveis pelo combate à hepatite A

Ao contrário do que se pensava, linfócitos auxiliares combatem o vírus e ficam no organismo até que a doença seja eliminada

Estudo desenvolvido no Nationwide Children's Hospital indica que um tipo de linfócito, tradicionalmente conhecido como ajudante dos glóbulos brancos, pode ser eficaz no combate à infecção por hepatite A. As conclusões foram publicadas no Journal of Experimental Medicine.

A investigação demonstrou que as células conhecidas como linfócitos CD8 + T assassinas, desempenham um papel crítico no controle da hepatite C e infecções por vírus de hepatite B. Elas agem matando as células do fígado infectadas, um processo que danifica o órgão, mas que termina efetivamente com a produção de novos vírus. Até então, pensava-se que elas também controlariam a infecção por hepatite A. No entanto, após testes em dois animais contaminados, descobriu-se que o mal foi controlado bem antes, por linfócitos CD4 + T auxiliares, um tipo diferente de glóbulo branco que normalmente ajuda na ativação de células T assassinas, mas que não se pensava engajar diretamente contra células infectadas. Nas duas cobaias, as células auxiliares suprimiram o crescimento do vírus sem causar sérios danos hepáticos ou inflamação.

Além disso, elas responderam ao ressurgimento da hepatite A após o controle inicial da infecção, e mantiveram-se fortes até que o vírus fosse finalmente eliminado do fígado de vários meses mais tarde.

"Essas descobertas documentam um papel previamente apreciado por células T CD4 + na resolução de hepatite A aguda, e talvez na vigilância contra uma recaída no crescimento do vírus e da doença do fígado que, por vezes, ocorre em pessoas com sistemas imunológicos fracos, particularmente os muito jovens e velhos", disse o autor principal do estudo, médico Christopher M. Walker.

Fonte isaude.net