Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 30 de abril de 2014

24 de abril: Dia Internacional de Conscientização Sobre o Ruído

Alface, rúcula, agrião e acelga são aliados da dieta e ricos em nutrientes

Foto: Deborah Maxx
Essas folhas devem fazer parte da alimentação de todas as pessoas e fornecem vitaminas, minerais e outros componentes importantes
 
Por Patrícia Bertolucci
 
A salada verde deveria fazer parte das refeições de todas as pessoas, pois as folhas, além de fornecerem vitaminas, minerais e outros componentes bioativos que trazem benefícios para o nosso organismo, possuem alto teor de água que hidratam o corpo e são ricas em fibras. Estas ajudam no funcionamento do intestino, aumentam a saciedade, diminuem a absorção da gordura dos alimentos e o índice glicêmico da refeição. Ou seja, alteram a velocidade de absorção dos carboidratos que por serem absorvidos lentamente prolongam a saciedade. Além disso, as folhas apresentam baixa caloria, contribuindo assim para a perda de peso. 
 
No entanto, uma boa porção de salada pode engordar mais do que uma refeição completa se for utilizado um molho cremoso muito gorduroso. Algumas sugestões saborosas e pouco gordurosas são: vinagre balsâmico misturado com um pouco de azeite, ervas e suco de limão, laranja com alecrim, molho de salsinha com vinagre, etc.  
 
A alface é sem sombra de dúvidas o ingrediente mais popular das saladas. Seu consumo vem aumentando a cada dia devido à preocupação das pessoas com a saúde e com o controle do peso.  
 
Benefícios do alface
A folha de alface, além das fibras, contém quantidades razoáveis de betacaroteno, vitamina B1, B2, folato, vitamina C e também dos minerais: cálcio, ferro e potássio. No entanto, as quantidades variam consideravelmente de um tipo para outro. Cada 100 gramas de alface (1 prato raso de folhas) contém cerca de 13 kcal e por isso pode ser consumida à vontade. A alface possui propriedades calmantes, apresenta funções laxantes e diuréticas e contribui para a saúde do coração. Além disso, a alface é uma boa fonte de potássio, que contribui na redução da pressão arterial, outro fator de risco para doenças cardíacas.  
 
No geral, os vegetais de coloração mais escura e intensa apresentam mais betacaroteno e vitamina C que as variedades mais claras. A vitamina C e o betacaroteno são antioxidantes que evitam a oxidação do colesterol. Quando o colesterol é oxidado se acumula nas paredes das artérias formando placas que bloqueiam o fluxo sanguíneo, causando um ataque cardíaco ou derrame. Além disso, as fibras fazem uma ligação com os sais biliares e remove-as do corpo. Isto obriga o organismo a produzir mais bile e consequentemente elimina mais colesterol do corpo. Assim, a alface e outras folhas ajudam a diminuir os níveis elevados de colesterol. 
 
Benefícios da rúcula
A rúcula, membro da mesma família do brócolis, repolho e outros vegetais crucíferos, também possui um perfil nutricional bastante atrativo. Ela é boa fonte de betacaroteno, vitamina C, vitamina K e minerais como o potássio, ferro, manganês, magnésio, zinco e cobre. Por conter pouquíssima caloria (17 kcal em cada 100 g) a rúcula também pode ser consumida à vontade. Além disto, suas folhas apresentam propriedades digestivas, diuréticas e são amplamente reconhecidas como um potente alimento anticâncer, pois apresentam diversos fitoquímicos, que desempenham um papel antioxidante vital no corpo. Eles ajudam a livrar o corpo de toxinas e substâncias cancerígenas. 
 
Benefícios do agrião
O agrião, outro vegetal crucífero, também está entre os mais nutritivos. É riquíssimo em antioxidantes, bioflavonóides e outras substâncias que protegem contra certos tipos de câncer, principalmente os do aparelho digestivo. Este vegetal é também uma boa fonte de betacaroteno (precursor da vitamina A) e vitamina C, antioxidantes que protegem contra danos nas células provocados por radicais livres, moléculas instáveis produzidas durante o uso do oxigênio pelo organismo. Além de vitaminas, contém boas quantidades dos minerais: ferro, magnésio, potássio e é uma excelente fonte natural de cálcio. 
 
Benefícios da acelga
A acelga é um alimento muito nutritivo de baixa caloria, com boa quantidade de vitamina K, magnésio e potássio, como também contém vitamina E, vitamina A, C, e ferro. Seu consumo está associado a um menor risco de doenças cardíacas e certos tipos de câncer. A vitamina K fornecida em alta quantidade na acelga é essencial para a coagulação sanguínea e manutenção da saúde óssea.  
 
O magnésio é um bloqueador natural de cálcio que evita o excesso deste nas células nervosas e, portanto, a ativação do nervo. A ativação dessas células leva à contração excessiva, resultando em condições como cãibras musculares, dor, fadiga, pressão arterial alta, enxaquecas e espasmos musculares. 
 
A vitamina A, vitamina C, cálcio e magnésio contribuem na manutenção de ossos fortes e saudáveis e ajudam a prevenir a osteoporose, doença causada pela inadequada ingestão de cálcio na dieta. A doença está associada a uma perda gradual da densidade óssea, o que aumenta o risco de fraturas. Desta forma, a acelga contribui na manutenção de ossos saudáveis, controle da frequência cardíaca e pressão arterial, relaxamento dos nervos e na coagulação sanguínea. 
 
Benefícios das endívias
As endívias, assim como as outras folhas, também são boas fontes de fibras, potássio, magnésio, betacaroteno, vitamina C, folatos e vitamina E. Contém apenas 17 calorias em cada 100 gramas, podendo ser consumidas a vontade. A vitamina E é importante na prevenção de câncer, ajuda a diminuir a gravidade e frequência dos calores em mulheres que atravessam a menopausa e desempenham um papel importante na prevenção de doenças cardiovasculares. 
 
Como consumir
Por todos os benefícios que estas verduras têm para a nossa saúde e também porque contêm poucas calorias e muitas fibras, devemos incluir a alface, rúcula, agrião, acelga e endívia em nossa alimentação. As vantagens do consumo das folhas não são facilmente encontradas nos demais alimentos, por isso, é aconselhável a ingestão destas em sua forma crua, já que o cozimento elimina uma parte dos nutrientes. 
 
Não existe uma quantidade recomendada de cada tipo de folha, mas o consumo diário e rotativo das folhas é necessário. O ideal seria o consumo de metade de um prato de salada na hora do almoço e outro no jantar, totalizando 100 gramas de folhas variadas diariamente. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo mínimo de 400 gramas de vegetais entre verduras, legumes e frutas por dia. Tal recomendação visa reduzir o risco de desenvolvimento de doenças e também a prevenção e correção de várias deficiências de micronutrientes.  
 
*Artigo realizado com a participação da nutricionista Paula Crook da PB Consultoria em Nutrição. 
 
Minha Vida

Entenda a diferença entre doenças hereditárias e genéticas

Foto: Reprodução
Nem sempre uma doença genética é herdada dos pais, o problema no DNA pode ocorrer ao longo da vida
 
Por Dr. Ciro Martinhago
 
Há quem pense que doença genética e hereditária é a mesma coisa, mas não é assim, as diferenças são grandes. 
 
Se existe uma doença genética é por que houve um distúrbio, um dano, um erro no material genético, nos genes. E isso pode ter sido causado por diversos fatores: radiação, infecção, má alimentação, estresse entre outros. O câncer é genético, porém, apenas 5 a 10% são herdados. De alguma forma, por alguma razão - que às vezes não sabemos -, o material genético (DNA) sofreu uma modificação ou danificação e a doença se instalou. 
 
A doença hereditária, como o nome já diz, é herdada. Uma herança genética que é transmitida entre gerações e que vai se manifestar em algum momento da vida. Todos conhecemos famílias com vários membros com diabetes ou obesidade, com hipertensão ou alergia... A doença faz parte da genética familiar e nesse caso não é doença genética. É hereditária. 
 
Doença congênita também não necessariamente é hereditária: o acidente nos genes aconteceu durante o desenvolvimento do embrião ou durante o parto, como a síndrome de Down. Ocorre um erro no cromossomo 21 que não foi herdado dos pais. O câncer pode ser uma doença genética - muito sol sem proteção e "aparece" um câncer de pele. Mas também pode ser uma doença hereditária - o caso Angelina Jolie é um exemplo que herdou os genes defeituosos da mãe. 
 
Outro exemplo de doença hereditária é a hemofilia - a mãe, que carrega os genes defeituosos, só passa a doença para os filhos homens, e a doença progride geração a geração, silenciosamente. A lista de doenças genéticas que podem ou não ser hereditárias é enorme, são milhares de doenças conhecidas e outras tantas precisam ser identificadas. 
 
Diagnósticos modernos e aconselhamento genético
É função do médico geneticista saber diagnosticar e diferenciar o que é genético do que é hereditário. As formas de diagnósticos das doenças hereditárias ou congênitas sempre dependerão da prática da boa clínica médica: da anamnese cuidadosa, dos recursos laboratoriais de praxe e da experiência clínica. 
 
No entanto, desde o sequenciamento completo do DNA, há dez anos, a medicina genômica trouxe uma evolução impressionante no campo do diagnóstico de doenças genéticas (e das hereditárias). 
 
Existem testes que utilizam algumas gotas de sangue ou saliva, ou qualquer amostra de tecido ou fluido do corpo humano que contenha material genético (DNA). O mais importante é a precocidade do resultado ? no caso de Angelina Jolie, o teste realizado nos genes BRAC1 e BRCA2 mostrou que ela teria mais de 80% de chances de desenvolver o mesmo câncer de mama, ou de ovário, que matou sua mãe, o que a levou a tomar uma medida preventiva. 
 
A precocidade do resultado pode anteceder o nascimento. Já existem testes genéticos que podem ser realizados na nona semana de gravidez com uma amostra de sangue da mãe, de onde são "pinçados" fragmentos de DNA do feto. Testes específicos para detectar síndrome de Down, de Patau e de Edwards (as duas últimas bastante severas) fornecem 99,99% de certeza do diagnóstico, o que dá aos casais tempo e informação para se preparem para o nascimento e desenvolvimento da criança com necessidades especiais. 
 
Entre outras vantagens dos testes genéticos está o fato de não serem invasivos - nada de biópsia, de coleta de amostra de tecido, para "olhar" no microscópio. No caso do diagnóstico de doenças fetais, a melhor opção que temos era o exame de amniocentese, que precisa coletar uma amostra do líquido amniótico que envolve o bebê, acarretando no máximo 0,5% de risco de aborto. 
 
Esses recursos genômicos permitem planejar a gravidez e tomar as medidas preventivas necessárias para que a doença não se desenvolva - mudando estilo de vida e hábitos perniciosos e aceleradores do advento da doença geneticamente diagnosticada. 
 
No entanto, esses recursos precisam ser orientados por um médico especialista em genética médica que, na consulta de aconselhamento genético, orientará acerca dos testes disponíveis e adequados para o caso e interpretará o resultado. 
 
Costumo dizer que o resultado de testes de DNA é um "monte de areia", em que cada grão é um gene a ser compreendido no contexto do sequenciamento. Sem a competente assistência do especialista em genética, o resultado não tem valia. Genômica ou não, a medicina sempre dependerá do médico bem preparado, experiente e dedicado à saúde física e emocional de seus pacientes. 
 
Minha Vida

Suco hidratante de alcaçuz

Foto: Reprodução
Aprenda a fazer esta saudável receita

Ingredientes:

- 1/4 pepino sem casca

- 1/4 beterraba

- 1/2 maçã

- 1/2 cenouras

- 1/6 da colher de café de alcaçuz em pó

Modo de preparo:
Lave e clore todos os ingredientes, bata no liquidificador com um pouco de água filtrada e beba a seguir.

Minha Vida

Raiz de alcaçuz melhora o sistema respiratório e protege o fígado

Raiz de alcaçuz protege o sistema respiratório
O alimento também é bom em casos de dor de garganta e é um aliado do estômago
 
O alcaçuz, Glycyrrhiza glabra, pertence à família Leguminosae, as características das plantas deste grupo é o fruto do tipo legume. A parte mais utilizada do alcaçuz é a raiz. Este alimento ajuda a diminuir a tosse, pois tem ação expectorante. 
 
Além disso, a raiz de alcaçuz possui flavonoides que se destacam pelas ações antioxidante e anti-inflamatória. A planta também protege o fígado e por isso é boa para quem tem hepatite. O estômago também é beneficiado pelo consumo do alimento. A raiz de alcaçuz é boa para quem está com dor na garganta, pois conta com uma substância que tem efeito sedativo.
 
Nutrientes da raiz de alcaçuz
A raiz de alcaçuz conta com saponósitos triterpenóides (glicirrizina). Esta substância atua no sistema respiratório diminuindo o efeito da tosse, pois já que tem ação expectorante. Os saponósitos ainda tem ação anti-inflamatória e ajudam na formação de complexos insolúveis entre saponina e colesterol, o que irá ajudar a reduzir o colesterol do sangue. 
 
O alcaçuz ainda possui flavonoides, nutriente que se destaca pela forte atividade antioxidante e anti-inflamatória e que pode até mesmo prevenir o aparecimento do câncer. O alimento também possui polissacarídeos, que irão proporcionar energia. 
 
Os fitoesterois também estão presentes na raiz de alcaçuz e diversos estudos têm indicado a importância destas substâncias para quem quer controlar as taxas de colesterol no organismo.
 
Benefícios comprovados da raiz da alcaçuz
 
Protege o fígado: Estudos apontam que as propriedades anti-inflamatórias da raiz de alcaçuz, como os saponósitos, ajudam o fígado a combater toxinas produzidas pela difteria e tétano, entre outras doenças. Por isso, o consumo do alimento é orientado para pessoas que estão com hepatite.  
 
Protege o estômago: A raiz de alcaçuz é uma boa alternativa para quem sofre com úlceras. Isto porque ao ser ingerido o alimento irá recobrir o estômago com um tipo de gel protetor, evitando lesões. Além disso, a raiz de alcaçuz irá diminuir a acidez estomacal e assim vai atenuar azia, gases e cólicas. 
 
Boa para a dor de garganta: A raiz alcaçuz é boa para quem tem irritações na garganta, pois conta com glicirrizina que atua na mucosa da traqueia produzindo efeito sedativo. Além disso, essa mesma substância tem ação anti-inflamatória, o que é bom em casos de inflamação na região. 
 
Boa para o pulmão: O alimento possui ação expectorante graças aos saponósitos triterpenóides. Então, a raiz de alcaçuz ajuda a soltar o muco e ainda relaxa os espasmos bronquiais. 
 
Melhora o trânsito intestinal: Este benefício ocorre porque a raiz de alcaçuz possui o efeito colagogo, que é o aumento da secreção da bile no fígado, o que irá contribuir para uma melhora no trânsito intestinal. 
 
Ação antioxidante: A raiz de alcaçuz age combatendo os radicais livres e desta maneira previne uma série de doenças, entre elas o câncer. As substâncias que se destacam pela ação antioxidante são os flavonoides. 
 
Diminui o colesterol: A raiz de alcaçuz possui saponósitos que tem ação anti-inflamatória e ajudam na formação de complexos insolúveis entre saponina e colesterol, o que irá ajudar a reduzir o colesterol do sangue. Além disso, o alimento possui fitoesterois e diversos estudos têm indicado a importância destas substâncias para quem quer controlar as taxas de colesterol no organismo.  
 
Quantidade recomendada de raiz de alcaçuz
A orientação é consumir entre um e três gramas do extrato seco ou um a dez gramas do pó ou dois a nove de raiz em decocção, fervida junto com a água. 
 

A melhor maneira de ingerir a raiz de alcaçuz
é como chá
Como consumir a raiz de alcaçuz
A melhor maneira de consumir o alcaçuz é na forma de chá. Uma boa maneira de preparar o chá é misturar duas colheres de sopa de raízes de alcaçuz para um litro e meio de água. Ferva essa água, desligue e acrescente a erva. Depois, abafe por dez minutos, coe e beba. 
 
O alimento também pode ser ingerido como extrato seco encapsulado ou em pó que pode ser adicionado em sucos. Os suplementos de alcaçuz possuem os mesmo benefícios da planta, porém eles só podem ser consumidos após a orientação de um profissional da área da saúde. 
 
O doce feito com raiz de alcaçuz real e anis pode ser uma alternativa para aliviar os sintomas de gripes e resfriados. 
 
Combinando a raiz de alcaçuz
Raiz de alcaçuz + mel: Esta combinação irá potencializar os efeitos benéficos do alcaçuz no sistema respiratório. Pesquisas mostraram que bactérias causadoras de algumas doenças são sensíveis à ação antibacteriana do mel. Entre esses micro-organismos estão a Haemophilus influenzae, responsável por infecções respiratória e sinusites, Mycobacterium tuberculosis, que leva a tuberculose, Klebsiella pneumoniae e Streptococcus pneumoniae, que causa a pneumonia. 
 
A combinação também pode ser utilizada em casos de dor de garganta. Isto porque a raiz de alcaçuz tem um efeito sedativo na região, enquanto o mel possui ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos e assim aliviar a dor de garganta temporariamente. O mel pode ser adicionado no chá de raiz de alcaçuz. 
 
Raiz de alcaçuz + gengibre: Estes dois alimentos juntos são ótimos para a digestão. Enquanto a raiz de alcaçuz protege o estômago e melhora o trânsito intestinal, o gengibre irá melhorar o desempenho do sistema digestivo. 
 
Contraindicações
A raiz de alcaçuz não é indicada para pessoas com problemas cardiovasculares, problemas renais, gestantes e hipertensos. Isto porque o consumo de altas doses do alimento pode causar o aumento da pressão sanguínea. 
 
Riscos do consumo em excesso de raiz de alcaçuz
O consumo de altas quantidades de alcaçuz pode fazer com que a pessoa retenha sódio e elimine o potássio. Isto irá levar à retenção de líquidos, aumento da pressão sanguínea e dores de cabeça. 
 
Onde comprar
O alcaçuz pode ser adquirido em lojas de produtos naturais e em alguns supermercados.

Fontes consultadas:
Nutricionista Maria Angélica Fiut, nutricionista e fitoterapeuta, membro do Conselho Diretor da Associação Brasileira de Fitoterapia (ABFIT).

Nutricionista Rita de Cássia Leite Novais da empresa Consultoria Alimentar, especializada em nutrição clínica.  
 
Minha Vida

Entorse de tornozelo: saiba como prevenir e tratar a lesão

Reprodução
O problema de saúde é comum em atletas, especialmente no futebol, e se negligenciado pode condenar as articulações
 
Por Dr. Ricardo Nahas
 
Se tivermos um vilão na atividade física e esportiva ele atende pelo nome de "entorse" e o sobrenome "tornozelo". A entorse de tornozelo é a ocorrência traumática articular mais frequente nos esportes, independente da atividade física ou modalidade que se pratique.  
 
Esta lesão articular aguda está associada, por um lado, ao treinamento insuficiente dos músculos e ligamentos que a assistem e, por outro, à qualidade da superfície na qual o esporte é jogado.
 
A primeira providência na prevenção de tão freqüente ocorrência é com a superfície. Buracos, ondulações, piso molhado (que altera a aderência com o calçado esportivo), superfícies com atrito maior nas paradas, mudança de direção e arranques de velocidade são fatores a serem observados. Para os fanáticos por futebol é fácil observar gramados bastante irregulares, verdadeiras armadilhas para os tornozelos dos jogadores. 
 
Ao praticante também cabe atenção ao treinamento. Os músculos responsáveis pela estabilidade dinâmica dos tornozelos, dependente de sua força e elasticidade, como os tibiais e fibulares, por exemplo, devem receber programação específica e independente. 
 
Junto, os exercícios de propriocepção "treinam" os estabilizadores estáticos, os ligamentos, e também devem ser praticados independentemente da fase de treinamento que o atleta se encontra, ou seja, rotina de treinamento paralela ao desenvolvimento de suas habilidades e condicionamento físico.  
 
Se tudo isso falhar há uma grande probabilidade de você torcer o tornozelo em algum momento de sua vida esportiva: movimento articular súbito, inesperado e vigoroso, acompanhado de dor intensa e incapacitante, inchaço (edema) e sangramento, o hematoma. Estes são sinais e sintomas que revelam o dano tecidual estabelecido pelo stress do trauma além do limite suportado pelos ligamentos.  
 
Na entorse os ligamentos envolvidos estiram ou se rompem, parcial ou por completo, classificados em grau já visando o planejamento para tratamento: leve, grau I, moderado, grau II, ou grave, grau III. Os leves se resolvem geralmente em até 15 dias enquanto os graves podem estender o tratamento por meses. 
 
Ocorrido o fato, pare imediatamente com a atividade para evitar que o quadro possa se agravar. Identifique corretamente o que aconteceu, pois, quanto mais preciso o diagnóstico e precoce o início do tratamento, mais rápido o retorno ao esporte. Aplique gelo, repouse, evite o apoio e deixe o membro acometido elevado. Procure tratamento especializado o mais rápido possível por mais simples que a lesão possa parecer. 
 
Negligenciar uma entorse de tornozelo, por mais leve que seja, é condenar a articulação a instabilidade com consequências que podem ser desastrosas. 
 
O esporte, qualquer que seja, será retomado apenas após a cura completa do trauma articular.
 
A memória do episódio doloroso ajuda neste início para os mandamentos da prevenção: 
 
- Proteger os tornozelos com bandagens ou tensores
 
- Conhecer o tipo de piso e usar o calçado adequado ou mesmo evitar superfícies impróprias para prática segura
 
- Incorporar treinamento específico para a prevenção de recidivas, como fortalecimento muscular e treinos de propriocepção
 
- Condicionamento físico geral, não só o específico e de habilidades relacionadas ao esporte praticado
 
- Siga os conselhos do seu médico assistente. São muito valiosos apesar de você, na maioria das vezes, poder achá-los aborrecidos.
 
Evitar a ação deste "vilão" é muito mais fácil, mais barato e menos doloroso que tomar as providências após o seu, digamos, ataque. Sem levar em conta os meses que ele pode te deixar longe do esporte que você pratica e gosta.  
 
Minha Vida

Conheça 10 tratamentos estéticos para combater a celulite

10 tratamentos para combater a celuliteMétodos incluem massagem, injeção e até radiação eletromagnética
 
Nem mesmo as modelos de corpo mais sequinho conseguem escapar dela, atualmente. Horas sentadas, escorregões na dieta e alguma influência genética fazem deste o problema de beleza mais temido no cotidiano feminino. Cerca de 85% das mulheres com mais de 35 anos convivem com a celulite, de acordo com a dermatologista Carolina Marçon, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).
 
Esse tipo de inflamação está dividido em três graus, dependendo da profundidade dos buraquinhos e até da consistência da pele (mais firme ou mais flácida). No nível 1, a celulite aparece quando a pele é pressionada, enquanto no 2 nenhum estímulo é necessário para notar o problema. Já o grau 3, além de apresentar furinhos profundos, largos e em grande quantidade, pode provocar sensação de dor.

"Nenhum tratamento estético contra celulite funciona sem alterações na dieta e prática de exercícios fiscos", afirma a dermatologista. "É preciso reduzir o consumo de açúcar e de gorduras, além de tomar muita água. Exercícios aeróbios ajudam na queima de gordura localizada, enquanto a musculação dá mais firmeza para a pele".

Mas se você está com disposição para encarar um pacote completo de combate ao problema, veja as dicas dos especialistas e escolha a melhor solução estética para deixar sua pele lisinha outra vez.
 
Confira:
 
Drenagem linfática - Foto Getty ImagesDrenagem linfática
Indicada para todos os graus de celulite, a drenagem linfática é uma massagem voltada a à eliminação de líquidos acumulados nos tecidos. "A partir desses movimentos, toxinas e outros resíduos metabólicos também são expelidos, o que estimula a circulação sanguínea e, consequentemente, melhora o aspecto da pele como um todo", afirma a dermatologista Carolina Marçon, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). A drenagem também tem um papel importante nas regiões atingidas pela celulite porque ajuda a eliminar pequenos nódulos de gordura aprisionados no tecido. Por isso, o método costuma ser bastante eficaz no combate ao problema, além, é claro, de acabar com a sensação de inchaço.                    
 
Massagem modeladora - Foto Getty Images Massagem modeladora
Enquanto a drenagem linfática estimula a eliminação do líquido acumulado no corpo, a massagem modeladora atua tanto sobre o sistema linfático quanto sobre as placas de gordura. "Para atingir a gordura é necessária uma massagem mais firme e com movimentos rápidos e repetitivos", afirma a nutricionista especialista em estética Lila Valente, da Clinic Med. A manipulação da gordura promove a vasodilatação, aumenta a oxigenação local e acelera a velocidade de metabolização, o que ajuda a diminuir a flacidez. Ela é indicada para todos os graus de celulite, desde que o problema esteja associado a gordura localizada - nos casos em que a celulite surge por flacidez da pele ou carga genética, a massagem modeladora não é tão eficiente.
 
Creme anticelulite - Foto Getty Images Creme anticelulite
Ainda não há uma solução definitiva contra a celulite. Os tratamentos também dependem de uma alimentação equilibrada, da prática regular de exercícios, da predisposição genética, entre outros fatores. "O uso de cremes anticelulite deve estar associado a outros tratamentos e hábitos saudáveis para surtir efeito", afirma a fisioterapeuta Ingrid Peres, da clínica Onodera Estética. O mercado oferece opções com retinoides, castanha da Índia, extrato de chá verde e diversas outras composições. Em geral, eles promovem a quebra da gordura local, a melhora da microcirculação e o estímulo à produção de colágeno, o que melhora a celulite.
 
Endermologia - Foto Getty Images Endermologia
"A endermologia é um tratamento não invasivo que usa um aparelho motorizado composto por um sistema de sucção e dois rolos", afirma a dermatologista Carolina Marçon. Os movimentos do aparelho estimulam a circulação e promovem a drenagem linfática, o que diminui a celulite. Recomendado nos graus moderados e graves, o método ainda realiza uma leve esfoliação que elimina as células mortas no local em que é aplicado. Visualmente, a pele fica com menos irregularidades e com aparência renovada.
 
Radiofrequência - Foto Getty ImagesRadiofrequência
De acordo com a fisioterapeuta Ingrid, este é um dos tratamentos mais eficazes contra a celulite. "Ele estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos", afirma. O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada.
 
Mesoterapia - Foto Getty ImagesMesoterapia
A mesoterapia é uma técnica que utiliza um coquetel de medicamentos para diminuir a gordura no local tratado, de acordo com a dermatologista. "O princípio básico da técnica é a aplicação de uma pequena quantidade dessas substâncias na área a ser tratada. Ao se espalhar pelo organismo, o coquetel estará diluído, o que reduz o risco de efeitos colaterais". Mas segundo a especialista, dependendo da aplicação e da administração dos medicamentos, o resultado pode ser prejudicial. Ela reforça ainda que é fundamental associar o tratamento a um treino regular, à alta ingestão de líquidos e a uma alimentação equilibrada.
 
Laser - Foto Getty ImagesLaser
O tratamento da celulite com laser é feito da seguinte maneira: na área que vai ser tratada, é aplicada anestesia local e, por meio de duas pequenas incisões (do tamanho da ponta de uma caneta), são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho. "Em seguida, o laser é aplicado, destruindo a gordura localizada e quebrando septos fibrosos que deixam a pele com aspecto irregular", afirma a dermatologista Carolina Marçon. O procedimento ainda estimula a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e com maior elasticidade. De acordo com a especialista, todo o processo leva cerca de uma hora e meia.
 
Carboxiterapia - Foto Getty ImagesCarboxiterapia
A carboxiterapia, apesar de recomendada em algumas clínicas de estética para todos os tipos de celulite, não conta com apoio médico. Isso porque, inicialmente, a técnica foi criada para tratar úlceras na pele - a injeção de dióxido de carbono melhorava a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos, fazendo com que as feridas se fechassem mais rapidamente. Depois, começou a ser usada no meio estético com a ideia de que sua ação vasodilatadora também poderia reduzir a flacidez e as irregularidades decorrentes da celulite. Mas até agora foram feitos poucos estudos sobre a eficácia e a segurança do método, então a maioria dos dermatologistas não apoia o tratamento.
 
Ultrassom com lipolíticos - Foto Getty ImagesUltrassom com lipolíticos
O efeito mecânico e/ou térmico do ultrassom lipolítico tem sido bastante usado no combate à celulite e à gordura localizada. A promessa do tratamento é realizar modificações nas ligações intercelulares e aumentar a permeabilidade da membrana celular. "Ele tem uma potência maior do que o ultrassom convencional e, geralmente, é acompanhado de um gel que auxilia a movimentação do aparelho e facilita a penetração da onda sônica", explica Ingrid Peres. Entretanto, mais estudos são necessários para provar a real eficácia do método, o que faz com que o tratamento ainda desperte desconfiança no meio médico.
 
Gesso liporredutor - Foto Getty ImagesGesso liporredutor
O gesso liporredutor é uma mistura de substâncias que endurecem quando aplicadas sobre a pele, promovendo aquecimento, vasodilatação e melhor penetração de princípios ativos como a cafeína. "Teoricamente, a cafeína atuaria quebrando a gordura, estimulando a microcirculação e drenando o líquido acumulado", afirma a dermatologista Carolina. O problema é que esse tratamento tem apenas base teórica, não havendo comprovação científica da sua eficácia. Ainda assim, o método é recomendado para graus mais avançados de celulite e, segundo as clínicas que realizam o tratamento, precisa de, pelo menos, dez sessões para apresentar resultados.
 
Minha Vida

Soja: conheça os benefícios do grão

Soja ajuda a reduzir os efeitos da menopausa
Rica em proteínas, ela atenua os efeitos da menopausa e reduz o colesterol
 
A soja é um grão rico em proteínas cujo cultivo começou na Ásia há mais de cinco mil anos. A planta passou a ser explorada comercialmente no Ocidente apenas na segunda década do século vinte nos Estados Unidos. 
 
No Brasil, o cultivo do grão passou a ser estimulado em meados dos anos 1950 por ser a melhor alternativa de verão para suceder o trigo, cultivado no inverno. Atualmente, o país produz cerca de 75 milhões de toneladas de soja. A soja proporciona diversos benefícios para a saúde. O grão auxilia na redução dos níveis do colesterol ruim, o LDL, e ajuda a elevar os níveis de HDL, o colesterol bom. O alimento também possui isoflavonas, substâncias que ajudam a atenuar os efeitos da menopausa e evitar a perda de massa óssea. 
 
Os tipos de soja
A soja possui diversas variações, a mais famosa e cultivada é a amarela. Há outras duas versões que também são conhecidas e proporcionam benefícios para a saúde. São elas: edamame e soja preta. 
 
A soja preta não só possui os mesmo benefícios da versão amarela como também conta com outros pontos positivos. O grão ajuda a emagrecer de acordo com um estudo da Universidade Católica da Coréia do Sul isto porque as antocianinas, fitoquímicos que proporcionam o pigmento escuro à soja preta, são capazes de agir nas células que armazenam gorduras em nosso corpo e favorecer a perda de peso. Este grão ainda possui cinco a sete vezes mais antioxidantes, chamados fitoesterois, do que a amarela. O pigmento preto que reveste esta soja forma uma espécie de casca em torno do grão o que ajuda a conservar melhor os seus nutrientes. 
 
O edamame é a soja com os grãos ainda imaturos. Ela é interessante para a saúde por ser rica em proteínas, minerais e vitaminas A e C. Porém, o alimento possui baixa quantidade de isoflavonas. 
 
Principais nutrientes da soja
 
Nutrientes (100 gramas de grão)Soja amarela crua -100 g (uma porção)Soja amarela cozida -100g (uma porção)
Calorias446 kcal173 kcal
Proteínas36,49 g16,64 g
Gorduras totais19,94 g8,97 g
Gorduras saturadas2,8 g1,3g
Gorduras monoinsaturadas 4,4 g1,98 g
Gorduras poli-insaturadas11,2 g5 g
Carboidratos30,16 g9,93 g
Cálcio277 mg102 mg
Potássio1797 mg515 mg
Ferro15,7 mg5,14 mg
Fósforo704 mg245 mg
Sódio2 mg1 mg
Zinco4,89 mg1,15mg
Magnésio280 mg86 mg
Vitamina K47 mcg19,2 mcg
Vitamina E0,85 mg0,35 mg
Vitamina C6,0 mg1,7 mg
Fibra9,3 g6 g
 
Fonte: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.           
Confira qual a porcentagem do Valor Diário* de alguns nutrientes que a porção máxima recomendada, 100 gramas (uma concha), deste grão carrega:
 
*Valores Diários de referência para adultos com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kj. Seu valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.
 
A soja é rica em proteínas, nutriente que auxilia no crescimento de crianças, na formação e manutenção dos órgãos e na cicatrização. Assim, ela pode ser um bom substituto para a carne. Ela também é rica em fibras, por isso o seu consumo ajuda a melhorar o trânsito intestinal. 
  • 73% das proteínas
  • 36% das gorduras
  • 13% das gorduras saturadas
  • 72% de vitamina K
  • 28% de cálcio
  • 112% de ferro
  • 101% de fósforo
  • 106% de magnésio
  • 70% de zinco
  • 37% das fibras.
Um dos principais destaques da composição da soja são as isoflavonas, um fitoquímico capaz de atenuar os sintomas da menopausa por participar da produção, do metabolismo e da ação dos hormônios sexuais. Em outras palavras, as isoflavonas atuam como um substituto do estrógeno (hormônio que sofre notável queda no período do climatério) e contribuem para a manutenção do equilíbrio hormonal. 
 
O fósforo, nutriente que auxilia na manutenção do cálcio nos ossos, também é muito presente neste grão. O grão ainda possui boa quantidade de vitamina K que é necessária para o mecanismo de coagulação sanguínea. 
 
Benefícios da soja
 
Atenua os efeitos da menopausa: O que caracteriza a menopausa é a queda dos hormônios estrogênio e progesterona, que costuma ocorrer entre os 45 e os 55 anos de idade. A soja pode ser uma grande aliada do equilíbrio hormonal, já que a estrutura das isoflavonas do alimento são semelhantes à do estrogênio. Assim, o consumo do grão pode funcionar como uma espécie de reposição hormonal para as mulheres que entram na menopausa ajudando a atenuar os problemas que ocorrem nesta fase.  
 
O consumo das isoflavonas presentes na soja diminui a intensidade e a frequência dos calores, da sudorese, das irritações e até da insônia, sintomas típicos do climatério. Três colheres de sopa de soja cozida ou uma fatia de tofu equivalem a 50 miligramas de isoflavonas, quantidade diária mínima para os efeitos desaparecerem. Porém, isto só pode ocorrer se os sintomas da paciente forem considerados leves. 
 
Protege a saúde dos ossos: Apesar da soja ser rica em cálcio, uma porção possui cerca de 28% das necessidade diárias do nutriente, mas não é isto que faz com que ela seja boa para os ossos. Pois, o grão possui ácido fítico composto que dificulta a absorção do cálcio. 
 
Os responsáveis por evitar a perda de massa óssea são as isoflavonas. Como elas têm efeito semelhante ao estrógeno vão proporcionar este benefício, especialmente durante a menopausa, fase em que os níveis deste hormônio feminino diminuem. 
 
É importante ressaltar que o consumo de soja não é uma garantia de que a mulher não sofrerá com a osteoporose, pois a perda da massa óssea também está muito ligada a questões genéticas. 
 
Reduz o colesterol: A saúde do coração também se beneficia com o consumo do grão. Um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP) mostrou que a soja auxilia na redução dos níveis do colesterol ruim, o LDL, e no crescimento dos níveis de HDL, o colesterol bom. Isto ocorre porque o grão é rico em gorduras poli-insaturadas, principalmente o ômega 6. 
 
Devido a este benefício, outra pesquisa realizada pela USP concluiu que a soja pode ser uma alternativa no tratamento de reposição hormonal para mulheres que sofrem de problemas cardiovasculares. 
 
Previne o câncer de mama: O consumo de soja também está associado a um menor risco de câncer de mama em mulheres. Uma pesquisa realizada para o Japan Public Health Center Prospective Study on Cancer Cardiovascular Diseases e publicada no Journal of the National Cancer Institute da Universidade de Oxford no Reino Unido com 21852 mulheres concluiu que o consumo de soja diminui o risco de câncer devido às isoflavonas. Mulheres que ingeriram altas doses de isoflavonas tiveram aproximadamente metade do risco de desenvolver câncer de mama do que aquelas que ingeriram menores quantidades ao longo do estudo.  
 
Melhora o trânsito intestinal: Por ser rica em fibras, uma porção possui 37% das necessidades diárias deste nutriente, a soja ajuda a melhorar o trânsito intestinal, evitando problemas como a constipação e a prisão de ventre. 
 
Protege o pulmão: Uma pesquisa publicada no Journal of Clinical Oncology concluiu após estudo com 444 mulheres diagnosticadas com câncer de pulmão que consumir soja ajuda a melhorar a sobrevida de pacientes com esta doença. O motivo para isto seriam as isoflavonas que têm uma estrutura química semelhante ao estrógeno e podem ter um efeito anticâncer. 
 
Quantidade recomendada de soja
A recomendação do Ministério da Saúde é consumir uma quantidade diária máxima de uma concha de soja por dia, o equivalente a cerca de 100 gramas. Também é interessante não comer o alimento diariamente, procure restringir o consumo para três vezes por semana devido à alta quantidade de isoflavonas que, por terem efeito semelhante ao hormônio feminino, podem causar problemas quando ingeridas em excesso. A orientação vale tanto para homens quanto para mulheres.
 
A soja pode ser consumida de diversas maneiras
Como consumir a soja
Existem diversas variações da soja, as principais formas em que ela pode ser consumida são como farinha, grão, tofu, óleo e soja texturizada. A melhor maneira de ingerir o alimento é como tofu, pois dessa forma os nutrientes da soja serão mais bem absorvidos pelo organismo. 
 
O grão e a farinha também são opções interessantes e ricas em nutrientes. Ao preparar o primeiro é interessante deixá-lo de molho na água entre 10 e 12 horas antes do consumo, pois assim é possível diminuir a quantidade de ácido fítico na soja. Este composto dificulta a absorção de alguns nutrientes presentes no alimento, como o cálcio, o ferro e o zinco. 
 
O leite de soja é uma boa alternativa, especialmente porque é enriquecido com cálcio durante a sua fabricação. O óleo de soja e a soja texturizada são alimentos empobrecidos em nutrientes em comparação as outras variedades do grão. 
 
Compare a soja com outros alimentos
Em comparação a outros grãos, os principais diferenciais da soja são ser rica em cálcio e em proteínas. Porém, os outros alimentos desta tabela também são ricos em proteínas. Assim, a soja não é a única opção dos vegetarianos para substituir as carnes. 
 
Quando comparada com a carne vermelha, a soja tem uma quantidade menor de proteínas. A quantidade máxima recomendada do grão tem 16,64 gramas deste macronutriente enquanto a da carne vermelha possui 27,31 gramas. Porém, a soja não tem colesterol, enquanto a carne conta com 24% da quantidade diária recomendada. 
 
Nutrientes (100 g dos grãos) Soja cozidaFeijão preto cozidoFeijão carioca cozidoLentilha cozida Feijão fradinho cozido
Calorias173 kcal77 kcal 76 kcal93 kcal 78 kcal
Proteínas 16,64 g 4,5 g4,8 g6,3 g5,1 g
Gorduras totais 8,97 g0,5 g0,5 g0,5 g0,6 g
Carboidratos 9,93 g 14 g 13,6 g16,3 g13,5 g
Cálcio 102 mg 29 mg 27 mg 16 mg17mg
Potássio 515 mg256 mg255 mg220 mg 253 mg
Ferro5,14 mg 1,5 mg 1,3 mg1,5 mg 1,1 mg
Fósforo 245 mg88 mg87 mg104 mg85 mg
Sódio1 mg 2 mg 2 mg1 mg 1 mg
Zinco1,15mg 0,7 mg 0,7 mg1,1 mg 1,1 mg
Magnésio 86 mg40 mg 42 mg22 mg 38 mg
Fibra6 g 8,4 g 8,5 g7,9 g7,5 g
 
Fonte para soja cozida: Tabela do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.
Fonte para os outros grãos: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos / Taco - versão 2, UNICAMP 
 
Combinando a soja
Linhaça + Soja: Ambos os alimentos tem fitoestrógenos, mas eles têm ações diferentes: a primeira contém as lignanas, enquanto a segunda traz isoflavonas. Ambas atuam de forma positiva nos sintomas da menopausa, e no lugar de vê-las como concorrentes, a maioria dos especialistas incentiva a juntar o consumo de ambas ao dia a dia, para assim potencializar esse tipo de efeito. Além disso, a soja em excesso pode trazer problemas na tireoide, o que torna sua associação com a linhaça ainda mais positiva para a saúde, considerando que haverá a redução do consumo de soja se for consumida com a linhaça.
 
Contraindicações
Pessoas com hipotireoidismo devem conversar com o seu médico antes de consumir a soja. Isto porque existe o risco teórico do grão dificultar a formação dos hormônios tireoidianos. Porém, a nutricionista Gisele Panvin, coordenadora de nutrição da Unilever, defende que esta crença é ultrapassada, pois a relação entre soja e tireoide foi observada na década de 1960 com a identificação de vários casos de bócio em crianças que ingeriram fórmula infantil a base do grão. Porém, esses casos não têm sido mais associados com a soja desde que as fórmulas foram fortificadas com o iodo.
 
Riscos do consumo em excesso
Há uma polêmica sobre se o excesso de soja pode causar problemas para a saúde ou não. Alguns especialistas defendem que como a soja é rica em isoflavonas, que são semelhantes ao hormônio feminino estrógeno, a concentração deste hormônio no organismo aumenta quando a pessoa ingere muito deste grão. Assim, existiria a possibilidade do consumo em excesso do grão por meninas ocasionar a puberdade precoce. Outro problema que poderia ocorrer é que a soja quando ingerida em grandes quantidades por homens prejudicaria a qualidade do esperma e consequentemente a fertilidade. Em ambos os casos ainda não se chegou a uma conclusão definitiva sobre se o alimento causa estes problemas de saúde.
 
Outras pesquisas afirmam que a estrutura química das isoflavonas é similar à do hormônio estrogênio, mas elas não são esteroides, mas sim um fitoestrogênio. Enquanto o hormônio exerce seus efeitos em dois tipos de receptores, as isoflavonas agem em somente um, que não está ligado a puberdade ou a problemas no esperma. Assim, a soja não seria prejudicial para as meninas ou os homens.
 
O excesso do consumo de soja pode ser considerado mais de dois copos de leite de soja diariamente ou uma quantidade de grãos de soja além daquela que você colocaria de feijão em seu prato. É interessante ingerir o grão até três vezes por semana na quantidade recomendada. 
 
Algumas pessoas têm dificuldade de digerir a soja em sua forma de grão, nestes casos o alimento pode causar gases.  
 
Onde encontrar
A soja é vendida na maior parte dos hipermercados e lojas de produtos naturais.       
 
Fontes consultadas: Nutrólogo Eric Slywitch, diretor do departamento de medicina e nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira.
Nutrólogo Roberto Navarro
Engenheira de alimentos Vera de Toledo Benassi, pesquisadora da Embrapa Soja
Nutricionista Gisele Pavin, coordenadora de nutrição da Unilever
 
Minha Vida        

Pés podem apresentar sinais de obstrução das artérias

Pés podem indicar obstrução das artérias
Reprodução
Prestar atenção neles pode prever doenças cardiovasculares, como infarto e AVC
 
Por Dr. Bruno Valdigem
 
"Os pequenos detalhes são os mais importantes", Sherlock Holmes, de Sir Arthur Conan Doyle.
 
Os pés são uma parte do corpo negligenciada por todos. Embrulhamos em panos apertados (meias), depois colocamos em caixotes de couro (sapatos) que são feitos em formato padrão, não respeitando diferenças individuais. Chegando em casa não temos o hábito de secar entre os dedos, acumulando fungos e restos de pele morta. É a parte que menos cuidamos e menos observamos, mesmo na posição de médico. Quantas vezes um médico examinou seus pés?
 
Os pés estão na periferia do sistema circulatório e por isso sofrem mais com qualquer obstrução da corrente sanguínea. São menos aquecidos também. As doenças circulatórias podem ser relacionadas a três ?sistemas?: o arterial (não chega sangue), o venoso (não drena o sangue adequadamente) e o linfático (o sistema venoso não tem o suporte de drenagem que deveria). Os dois últimos são difíceis de diferenciar e, como trabalham juntos, vamos juntar os dois em "venoso".
 
Doença venosa é adquirida ao longo da vida, com dilatações das veias para acomodar mais sangue. Essas dilatações formam verdadeiros sacos cheios de sangue (as varizes). A distensão dos sacos provoca dores, extravasamento de líquidos (inchaço), e escurecimento da pele (pelo deposito de hemossiderina, vindo das hemácias mortas). O Inchaço é maior à noite, pela gravidade, bem como a dor é maior quando a pessoa esta de pé.
 
A doença arterial é mais grave. A obstrução de artérias grandes (como femoral, ilíaca e até aorta) e menores (pediosa, poplítea) levam a falta de sangue crônica, inicialmente nos dedos e cada vem mais próximo da raiz da coxa. Os pelos das pernas e pés diminuem, pelo sofrimento crônico, e a pele em especial da planta dos pés e dedos se torna pálida, e em casos mais greves, escura e com feridas.
 
Quando a pessoa faz esforço com as pernas, elas doem. E isso obedece um padrão evolutivo: primeiro dores durante longas caminhadas, depois médias distâncias e depois qualquer distância. As dores desaparecem assim que a pessoa para de andar.
 
Identifique o problema
Um teste simples que pode ser feito em casa é comprimir com o dedo uma polpa digital. Assim que você solta, ela esta pálida, e logo depois o sangue que você "espremeu" para fora preenche de novo a região deixando ela cor de rosa ou vermelha. Meça também no dedão do pé. O tempo tem que ser menor que três segundos - mais do que isso é suspeito.
 
Existe um exame chamado índice tornozelo braquial que usa esse princípio. Com um ultrassom ele mede a pressão em uma artéria do pé e compara com a pressão em uma artéria do braço do mesmo lado. Se a razão entre a pressão do tornozelo sobre a do braço for menor que 0,9, é sinal de risco aumentado para doença arterial periférica, e isso já coloca a pessoa em uma condição de maior risco de infarto, angina e AVC.
 
O não tratamento de doença arterial periférica pode levar à obstrução aguda, ruptura de placas, gangrena e necrose de dedos e pés. Muitas pessoas são amputadas anualmente sem necessidade, e não chegariam a isso se tivessem prevenido. A prevenção passa por dieta, exercícios e medicamentos para controle de colesterol e triglicerídeos.
 
Resumindo, cuide bem de quem sempre carregou você. E preste atenção no que ele tentar avisar!
 
Minha Vida

Concurso EBSERH - Hospital Universitário da UFMS 2014

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) divulgou os editais ns 02, 03 e 04/2014 para realização de concurso público para provimento de cargos do quadro de pessoal com lotação no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, vinculado à Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – HU-UFMS.
 
Cargos e vagas
Serão ocupadas 842 vagas, mais formação de cadastro reserva, distribuídas entre as áreas Médica (236), Assistencial (521) e Administrativa (85). Dentre os cargos com oferta de vagas, estão: Médico (em 67 especialidades), Assistente Social, Biólogo, Biomédico, Cirurgião Dentista, Enfermeiro (diversas especialidades), Farmacêutico, Físico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Pedagogo, Educador Físico, Psicólogo,  Terapeuta Ocupacional, Técnicos de várias áreas profissionais (Anatomia e Necropsia, em Enfermagem, em Farmácia, em Histologia, em Laboratório de Patologia Clínica, em Óptica, em Radiologia, em Radioterapia, em Saúde Bucal), Advogado, Analista Administrativo (várias formações), Analista de Tecnologia da Informação (várias formações), Engenheiro (Civil, Clínico, Eletricista, Mecânico), Assistente Administrativo, Técnico em Informática e Técnico em Segurança do Trabalho.
 
Inscrições e prova
As inscrições podem ser feitas via internet, no período entre 28 de abril e 05 de junho de 2014, por meio do endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br.
 
As inscrições no Posto de Inscrição Presencial seguirão o mesmo cronograma, podendo ser feitas na Pós Graduação Da Universidade Católica Dom Bosco, situada na Rua Barão Do Rio Branco, 1811 - Bairro Centro. CEP 79000-173 Campo Grande/MS. 
 
As taxas de inscrição variam de R$ 50,00 a R$ 75,00, dependendo do cargo pretendido e a faixa salarial dos aprovados que forem contratados poderá oscilar entre R$ 1.630,00 e R$ 7.774,00.
 
A aplicação das Provas Objetivas está prevista para o dia 03 de agosto de 2014 e será realizada na cidade de Campo Grande, Estado do Mato Grosso do Sul.
 
Os editais na íntegra e outras publicações referentes ao concurso público estão disponíveis  nos endereços eletrônicos: http://www.ebserh.mec.gov.br e http://www.institutoaocp.org.br

Secretaria de Saúde - DF publica edital de processo seletivo

A Secretaria Estadual de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) publicou o edital de processo seletivo nº 18/2014, que objetiva contratar 460 profissionais de nível médio para o cargo de Agente de Vigilância Ambiental em Saúde – AVAS. Os aprovados receberão salário de até R$ 1.620,00 em regime de trabalho de 40 horas semanais.
 
Do total de vagas existentes e que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do processo seletivo, 20% ficarão reservadas e serão preenchidas pelos candidatos que se declararem pessoas com deficiência, desde que apresentem laudo médico (documento original ou cópia autenticada em cartório) atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças – CID.
 
As inscrições, com taxa no valor de R$ 27,50, serão efetuadas das 14h de 16 de abril até 8 de maio de 2014, no site www.idecan.org.br e/ou de forma presencial na Central de Atendimento aos Candidatos do IDECAN, localizada na LOJA MR2 INKJET, SCLRN 708, Bloco E, Loja 15, Asa Norte, Brasília/DF, no período entre 16 de abril e 8 de maio de 2014, exceto sábados, domingos e feriados, de 08h às 11h e de 13h às 18h; excepcionalmente no primeiro dia a inscrição se iniciará às 14h.
 
O processo seletivo será realizado por meio de prova objetiva e curso introdutório de formação inicial.
 
A prova objetiva será realizada no Distrito Federal, com data inicialmente prevista para o dia 31 de maio de 2014 (sábado) e os locais de realização da prova objetiva, para os quais deverão se dirigir os candidatos, serão divulgados a partir de 26 de maio de 2014 no site www.idecan.org.br.
 
O curso introdutório será ministrado entre os dias 16 e 20 de junho de 2014 em locais e horários que serão divulgados em edital a ser publicado após o resultado da prova objetiva.
 
A validade do processo seletivo será de 6 meses, prorrogáveis uma única vez por igual período, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de São João do Sóter - MA

A Prefeitura de São João do Sóter, no estado do Maranhão, abriu edital de concuro público nº 001/2014, visando o provimento de 144 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior. O concurso será realizado pela FSADU.

Cargos
Nível Fundamental: Motorista; Operador de Máquinas Pesadas e Tratorista.
Nível Médio: Agente Administrativo; Atendente de Farmácia; Fiscal Tributário; Técnico de Enfermagem; Técnico de Enfermagem Plantonista; Técnico de Enfermagem Instrumentador Cirúrgico; Técnico de Higiene Bucal; Técnico Laboratório; Técnico Radiologista; Professor de Educação Infantil - 1º ao 5º ano;

Nível Superior: Assistente Social; Auditor Fiscal; Bibliotecário; Enfermeiro; Enfermeiro Plantonista; Enfermeiro PSF; Engenheiro-Agrônomo; Engenheiro Civil; Farmacêutico-Bioquímico; Fisioterapeuta; Médicos Anestesiologista, Cirurgião Geral, Pediatra, Plantonista, PSF, Psiquiatra, Radiologista, Ultrassonografista; Médico Veterinário; Nutricionista; Odontólogo PSF; Psicólogo; Professor de Ensino Fundamental - 6º ao 9º ano em Braille, Ciências, Educação Física, Ensino Religioso, Filosofia, Geografia, História, Libras, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Música e Técnicas Agrícolas.
 
A remuneração varia de R$ 724,00 a R$ 5.000,00, com jornada variada  de 20h, 30h, 36h ou 40 horas semanais.
 
Inscrições e Taxas
Os interessados deverão efetuar as inscrições de 22 de abril a 7 de maio de 2014, pelos sites www.fsadu.org.br/concursos e www.sousandrade.org.br/concursos, com o recolhimento das taxas de inscrição nos valores de R$ 30,00 (Fundamental), R$ 55,00 (Médio), ou R$ 70,00 (Superior).
 
Provas
As provas serão realizadas provavelmente nos dias 24 e 25 de maio de 2014, na cidade de São João do Sóter - MA. Os gabaritos serão divulgados na data prevista de 26 de maio de 2014.
 
O prazo de validade do concurso público será de dois anos, contados a partir da publicação oficial da homologação do Resultado Final Após Fase Recursal, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Teste Seletivo Prefeitura de Balsas - MA

O Município de Balsas, no estado do Maranhão, lançou edital de teste seletivo 001/2014, para provimento de vagas temporárias. Serão distribuídas 360 vagas para cargos de nível fundamental, médio e superior por salários de até R$ 1.435,54, em carga horária de 20 a 40 horas semanais.
 
Cargos
Advogado, Agente de Vigilância Epidemiológica, Agente de Vigilância e Segurança, Ajudante de Coveiro, Artesão/CAPS, Assistente Social, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Cuidador/Cozinheiro (a), Auxiliar de Educador/Cuidador, Auxiliar de Mobilização e Encaminhamento,  Auxiliar de Monitoramento/Acompanhamento e Trajetória , Auxiliar Recreacionista (Zona Rural e Zona Urbana), Auxiliar de Serviços Gerais, Cadastrador, Condutor - SAMU, Coveiro, Digitador, Educador/Cuidador, Enfermeiro - SAMU, Enfermeiro Coordenador HBU, Enfermeiro (Zona Rural e Zona Urbana), Entrevistador, Facilitador de Oficina /Artes Cênicas/Teatro, Facilitador de Oficina/Artes Plásticas, Facilitador de Oficina/Artesanato, Facilitador de Oficina/Capoeira, Facilitador de Oficina/Corte/Costura, Facilitador de Oficina/Dança, Facilitador de Oficina/Doces e Salgados, Facilitador de Oficina/Instrumentos Musicais/Flauta, Facilitador de Oficina/Instrumentos Musicais/Violão, Facilitador de Oficina/Instrumentos Musicais e Coral, Facilitador de Oficina/Reforço e Atividades Lúdicas, Facilitador de Oficina/Xadrez, Fisioterapeuta, Instrutor de Informática, Intérprete de Libras, Médico - Ginecologista, Médico PSF, Médico Clínico Geral (Zona Rural), Médico Pediatra/Programa Saúde da Criança, Médico Plantonista – SAMU, Médico Plantonista/HBU/BLS Urgência, Médico Psiquiatra – CAPS, Nutricionista, Orientador Social, Pedagogo, Pedagogo em Saúde Mental, Porteiro/Maqueiro – BLS Urgência, Professor de Ciências, Professor de Educação Física, Professor de Educação Infantil (Pré - Escola / Zona Urbana), Professor de Educação Infantil (Pré-Escola / Zona Rural), Professor de Geografia, Professor de História, Professor de Inglês, Professor de Matemática, Professor de Português, Professor Séries Inicias 1º ao 5º ano (Zona Rural), Psicólogo, Psicopedagogo (Educação), Recepcionista, Técnico em Enfermagem (SAMU), Técnico em Enfermagem (Zona Rural), Técnico em Segurança do Trabalho – BLS Urgência e Terapeuta Ocupacional.
 
Inscrições
As inscrições serão feitas somente via internet, no endereço do Instituto Ludus (www.institutoludus.com.br), no período compreendido entre 05 e 30 de abril de 2014. As taxas variam de R$ 26 a R$ 55.
Provas
A realização das provas do certame está prevista para ocorrer no dia 25 de maio de 2014, na cidade de Balsas – MA. A confirmação da data e as informações sobre horários e locais da Prova serão disponibilizados no endereço eletrônico www.institutoludus.com.br.
 
Validade
O prazo de validade do concurso público será de 01 ano, contado a partir da  publicação oficial da homologação do Resultado Final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Balsas-MA.

Abertas vagas de estágio na Prefeitura de Upanema - RN

A Prefeitura de Upanema, no Estado do Rio Grande do Norte, divulgou o edital de processo seletivo nº. 001/2014, tendo como objetivo o preenchimento de 32 vagas para estagiários de nível superior incompleto. Os aprovados receberão auxílio estágio de até R$ 400,00, mais R$ 100,00 de ajuda de custo.
 
Inscrições
Serão efetuadas nos dias 29 e 30 de abril de 2014, das 8h às 12h, na sede da Secretaria de Administração e Recursos Humanos da Prefeitura de Upanema, localizada na Rua João Francisco, S/N, Centro.
 
Documentação a ser entregue no ato da inscrição:
  • Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada;
  • Declaração ou outro documento hábil a comprovar a condição de estudante regularmente matriculado em instituição de ensino superior, emitido pela instituição de ensino, da qual deverá constar o período que o aluno está cursando;
  • Cópia autenticada de documento de identidade oficial com foto;
  • Prova de quitação das obrigações militares e eleitorais;
  • Currículo profissional, acompanhado de cópia autenticada dos títulos que comprovam as informações nele contidas;
  • Declaração da renda familiar;
  • Declaração ou outro documento hábil a comprovar que o estudante está cadastrado no CIEE – Centro de Integração Empresa Escola.
Prova
A seleção constará de prova objetiva, subjetiva e entrevista.
 
As provas serão realizadas provavelmente no dia 18 de maio de 2014, às 13h, na Escola Estadual José Calazans Freire, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n. 16, Centro, Upanema/RN.
 
A relação de aprovados nas provas objetiva e subjetiva será divulgada mediante edital afixado na sede da Prefeitura de Upanema e publicado no Diário Oficial dos Municípios do RN, a partir do dia 22 de maio de 2014.
 
A entrevista está prevista para o dia 29 de maio de 2014, às 9h, na Câmara de Vereadores, situada na João Francisco, Centro, Upanema/RN.
 
Validade do processo seletivo
Será de um ano, prorrogável, a critério da administração pública, por igual período.
 
O edital encontra-se disponível no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte, edição de 24 de abril de 2014, pág. 90 a 93.

Concurso Prefeitura de Treviso - SC

A Prefeitura de Treviso, no estado de Santa Catarina, publicou edital de concurso público n° 001/2014, destinado ao provimento de 50 vagas de trabalho, nos cargos de níveis fundamental, médio e superior. A remuneração varia entre R$ 799,08 e R$ 4.068,00, por jornada desempenhada de 20h, 30h ou 40 horas semanais.

Cargos
As chances são para as funções de Agente Administrativo; Agente de Licitações; Agente de Pessoal; Agente Operacional de Serviços Diversos Externos; Agente Operacional de Serviços Diversos Internos; Arquiteto; Assistente Social; Atendente Odontológico; Auxiliar Administrativo; Auxiliar de Contabilidade; Auxiliar de Vigilância Sanitária e Ambiental; Dentista; Enfermeiro; Farmacêutico; Fiscal de Obras, Postura e Tributos; Fisioterapeuta; Motorista I; Nutricionista; Operador de Máquinas Pesadas; Orientador Pedagógico; Professor - Artes; Professor - Educação Física; Professor - Ensino Fundamental; Professor de Educação Infantil; Recepcionista; Técnico em Enfermagem; Telefonista; Veterinário e Vigilante.

Inscrições
As inscrições ficarão abertas no período de 06 a 30 de maio de 2014, no horário das 8h às 11h e das 13h30 às 16h30, em dias úteis. A realização das inscrições será no Setor de Arrecadação, na sede provisória da Prefeitura Municipal de Treviso (SC), situada na Rua José Piacentini, s/nº, Bairro Centro.

Taxas
Ensino fundamental incompleto - R$ 50,00;
Ensino fundamental completo - R$ 50,00;
Ensino médio completo - R$ 75,00;
Ensino superior completo - R$ 100,00.

Provas
Este certame será composto por provas teóricas, de títulos e práticas. A prova escrita, com duração máxima de 3h e 30min, será realizada provavelmente no dia 15 de junho de 2014, no horário das 08h às 11h e 30 min, na  Escola de Educação Básica Udo Deeke, localizada a Av. Prof. José F. Abatti, 748 – Centro - Treviso – SC.

Já a prova prática será realizada no dia 15 de junho de 2014, na sede provisória da Prefeitura Municipal de Treviso (SC), situada na Rua José Piacentini, s/nº, bairro Centro.

Validade
O concurso público, para todos os efeitos, tem validade de 1 ano, a contar da data do ato de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Treviso (SC).