Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Psiquiatra explica como a mente humana é capaz de descobrir caminhos para a cura

Psiquiatra e neurologista lança livro em que explica como a mente humana, diante de uma doença, é capaz de redescobrir caminhos e enfrentar o problema
 
Ela é médica neurologista e também psiquiatra. Em 35 anos de experiência, Maria Henriqueta Camarotti ouviu e acompanhou muitos casos de pacientes vítimas de enfermidades físicas e emocionais que superaram as próprias tragédias e reinventaram o final de suas histórias pessoais. É preciso força e outros instrumentos de luta para sair vencedor dos momentos mais difíceis da vida. Por isso, Henriqueta se nega a falar de cura como resultado apenas da sabedoria da medicina convencional. Ela é defensora de caminhos alternativos e fora do lugar comum na busca por superação.

A médica acaba de escrever o livro Consciência autocurativa — Como utilizar os seus mecanismos psicocerebrais para alcançar a cura, que será lançado neste início de ano. No texto, extrapola o jargão da medicina e fala de epigenética, física quântica, campos morfogenéticos, que relaciona com o poder humano de redescobrir caminhos e enfrentar doenças. A princípio, os termos podem não soar familiares, mas dizem respeito ao poder interno de cura e transformação.

“Como médica, existe o risco de ampliar esse processo, mas se não tivermos coragem de falar dessa ampliação, vamos ficar limitados só ao aspecto físico e perdemos a dimensão mais bonita do ser humano: que é a dimensão que extrapola e transcende esse físico” defende Henriqueta. “Não é um livro místico. É um livro com olhar da medicina, mas não essa medicina medrosa, na qual o médico não quer conversar sobre as preocupações espirituais que os pacientes trazem. Inclusive, cito uma pesquisa que diz que a maioria dos pacientes sente falta desse olhar, desse acolhimento do médico.”

O poder do cérebro
“Fiz uma pesquisa da neurociência para verificar como o cérebro pode ajudar uma pessoa que esteja em sofrimento, seja psicológico, de uma perda, de uma situação difícil, seja por causa de uma doença em si, seja em alguém próximo. O que a neurociência tem buscado entender é que nosso cérebro tem recursos, potencial para nos ajudar a superar os revezes da vida, as situações dolorosas, inclusive as doenças que se manifestam fisicamente. Qualquer um de nós pode estar submetido a um adoecimento e a ideia é discutir o que podemos fazer para ampliar o leque de opções nessa busca pela superação.

A meditação, por exemplo, tem sido estudada por diversos centros de pesquisa norte-americanos, inclusive em universidades e faculdades de medicina. A observação é sempre muito coerente: a pessoa que medita alivia muito os problemas psicológicos e físicos. A explicação seria a de que, quando meditamos, acalmamos ondas que vão estar hiperativas em determinadas regiões cerebrais e acionamos mecanismos naturais do cérebro que vêm à tona para que a pessoa possa superar a dificuldade enfrentada pelo organismo.”

O significado da doença
“A psicossomática diz que a doença é uma linguagem, uma forma de comunicação. Ela está nos dizendo algo. Quando a gente responde ao que ela está nos comunicando, então, a força dela vai sendo amortecida, porque nós estamos desmanchando o padrão de linguagem. Às vezes, começa com pequenos sussurros, mas a pessoa continua a vida sem se transformar e chega o momento em que a doença berra, grita. E aí é quando a gente enfrenta uma doença que tem um risco de vida, que nos diz assim: ‘Faça alguma coisa!’.”

O poder de transformação
“Na medicina, acontecem casos de a pessoa estar com diagnóstico de uma doença degenerativa, sem cura. O médico manda o paciente para casa e, depois de alguns meses, ele está praticamente recuperado. Quando a gente vai atrás, sempre encontramos a história de alguém que se propôs a se transformar internamente. Não é ao acaso. É o investimento. Ele busca forças dentro de si — claro que com a ajuda dos que estão ao seu lado —, para acionar tais mecanismos. Muitas vezes, eles estão ligados a questões religiosas, espirituais e, outras vezes, é uma busca de se transformar. A pergunta é: ‘O que eu posso fazer para ser uma pessoa melhor?’ Quando nós entramos nesse campo de buscar uma possibilidade de elevar nosso potencial de consciência, potencial criativo, de solidariedade com as pessoas, com o planeta, a gente entra em uma fase de vibração em que se aciona o organismo nas coisas mais sutis que ele tem.”

O potencial de cura
“Se um modelo de vida está gerando doença, não adianta só tratar os sintomas. Eu tenho que ir lá atrás e transformar esse modelo e refazê-lo. Por isso, quando falamos em “cura espontânea”, não é uma coisa isenta, que venha do nada. É uma cura processada pelo organismo, motivada por uma busca interior, que tem a ver com o fato de se reposicionar diante da vida. Uma mudança de visão, de comportamento. Escuto isso de muitas pessoas, que, depois que começam a melhorar de uma depressão, de um quadro psiquiátrico, por exemplo, dizem assim: ‘Você não imagina como sou uma pessoa melhor!’ Para elas, a doença é vista quase como um presente.”

Mecanismos psicocerebrais
“São mecanismos naturais do cérebro, de inter-relação dos sistemas neuro, endocrino e imunológico. Esses três são sistemas de sustentação do corpo, de defesa, de capacidade de fagocitar e eliminar agentes agressivos e limpar o campo para que o organismo reaja e volte a funcionar normalmente. Seria a chamada psicoimunologia. Você aciona — por meio da sua mente, da vontade, da disposição, da busca, do que você deseja profundamente — o sistema imunológico para defender seu organismo contra as interferências externas.”

Consciência curativa
“Nosso trabalho de consciência autocurativa está baseado na capacidade psicocerebral e psicoemocional de entender que os seres humanos são capazes de refazer o próprio caminho. É a possibilidade de você expandir a capacidade se integrar em um universo maior. Trabalhamos a consciência como algo de expandir o potencial humano, de ir além da caixa craniana. Claro que não vou dizer que não existam milagres, assim como a medicina oficial não garante que exista um tratamento que vá curar a pessoa. Mas existe uma faixa entre o ‘sempre’ e o ‘nunca’ que é uma faixa de possibilidades. Então, ao associar um tratamento oficial a uma busca interior e a possibilidade de outras técnicas como acupuntura, homeopatia, trabalhos psicocorporais, meditação, você está acionando outros níveis de energia do seu corpo, que não só o nível biológico básico. É bom enfatizar que é um conjunto, que vamos atacar, vamos interferir em vários níveis de possibilidades. Há necessidade que um tratamento convencional? Sim, mas vamos associando simultaneamente ao sistema imunológico da pessoa, mecanismos psicoemocionais, mecanismos psicocerebrais que o cérebro tem para enfrentar naturalmente seus estresses, dificuldades e doenças. É a chamada medicina integrativa.”

Sete passos para atingir a consciência autocurativa
Vencer a doença: saber como causa, quais são as possibilidades, o que melhora, o que pode atrapalhar. A gente enfrenta tudo isso com clareza, com o médico, com o terapeuta, com aqueles que podem ajudar.

Aceitar: quando a gente aceita, começa a superar. Não é passividade, mas assumir sua realidade interior com toda a clareza e toda a consciência e pensar no que se pode fazer para superar.

Conectar-se: significa conectar-se com a vida, com o divino, com o cósmico, com as pessoas que lhe amam, com o terapeuta, com o médico que está lhe ajudando. É conexão no sentido mais amplo. Essa busca de conexão é importante porque as coisas mais pesadas no adoecimento são o isolamento e a solidão do paciente.

Potencializar a cura: é estar aberto para acolher as possibilidades válidas e não ter preconceito em adotá-las. Por exemplo, alguém que, além de um tratamento oficial para depressão, optou por frequentar uma escola de filosofia. Lá, ela cicatrizou muitas dores, como a necessidade de se sentir qualificada. Isso é potencializar a cura. Quebrar os preconceitos e ampliar a busca por ajuda em outros níveis de propostas terapêuticas.

Autotransformar: é transformar o que está vivendo em um grande aprendizado. No fim, ter uma outra forma de caminhar na vida.

Agradecer: agradecer profundamente a autotransformação e, inclusive, a doença.

Disseminar
: é compartilhar o que você aprendeu.

Como ajudar o outro
“Não se pode fazer pelo outro, mas pode-se motivá-lo. Trabalhar com a parte medicamentosa e, quando a pessoa está muito derrubada, dar uma medicação para que ela consiga dar o primeiro passo em relação ao processo. Com o remédio, grupos de trabalho percorrem os passos da autocura. Mas, no fundo, é o paciente quem diz se quer ou não quer.”
 
Saúde Plena

Informações úteis em casos de Emergência

Mortalidade precoce, sequelas decorrentes de acidentes de trânsito, de outras violências e doenças cardiovasculares (DCV) são diariamente atendidas pelos serviços de emergências e urgências
 
As unidades hospitalares são articuladas com o SAMU 192, UPAS 24 horas, Salas de Estabilização, serviços da Atenção Básica e Melhor em Casa. 
 
Conheça os Telefones Úteis de Saúde

O Serviço de Atendimento Móvel é um programa que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência. Ele funciona 24 horas, todos os dias da semana. A ligação é gratuita. Quando chamar o SAMU?
 
 
A rede de urgência e emergência do país foi estruturada e organizada pela Política Nacional de Urgência e Emergência, com o objetivo de integrar a atenção às urgências. Conheça o que cada unidade de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) está habilitada para atender e os locais certos para buscar atendimento.

SAMU e Corpo de Bombeiros | Em quais casos chamar?

O SAMU e o Corpo de Bombeiros funcionam 24 horas, todos os dias da semana, para atender a população. O acesso a estes serviços é feito pelos números 192 e 193, respectivamente. A ligação é gratuita e pode ser realizada por qualquer telefone fixo ou móvel local.
 
Saiba quais são os primeiros sinais de um AVC

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de mortalidade e sequelas no Brasil. A identificação precoce dos sintomas é determinante para evitar danos ao cérebro. Até 3 horas depois do ocorrido, é possível reverter a maior parte dos danos causados pelo AVC. Depois disso, no entanto, as lesões cerebrais dificilmente podem ser tratadas. Por isso, saber identificar os sintomas iniciais e acionar prontamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) pelo telefone 192 pode salvar a vida ou evitar sequelas graves ao paciente.
 
Blog da Saúde

Crianças e adolescentes em fase de crescimento precisam fazer pequenas refeições diárias

Crianças e adolescentes em fase de crescimento precisam fazer pequenas refeições ao longo do dia, além do café da manhã, almoço e jantar, que são as refeições principais
 
De acordo com o Novo Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, durante a fase de crescimento o corpo precisa de mais nutrientes para se desenvolver bem. O coordenador geral de nutrição e alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes, explica porque é importante que a criança e o adolescente lanche entre o café da manhã e o almoço, entre o almoço e o jantar e mesmo antes de dormir.
 
"No caso quando se está falando sobre as crianças em fase de crescimento é porque naturalmente aumenta a necessidade energética, dos nutrientes, e por isso precisa ter a dieta. Ai volta a discussão do guia alimentar tendo a composição certa, mas tendo a diversidade alimentar que supra as vitaminas, os minerais".
 
A aposentada de 69 anos, Maria Correntina Pereira, tem dois netos: um de 8 anos e outro de 11. Ela conta que os meninos gostam muito de verduras e frutas e sempre lancham na hora correta durante os intervalos das refeições principais do dia. "Já os meus aqui tomam café cedo, come verdura, come fruta, banana, maçã, são apaixonados por queijo, se alimenta bem. Durante o dia eles lancham de duas em duas e eles comem a quantidade certinha. É importante que eles se alimentem bem e saudável".
 
O coordenador geral de nutrição e alimentação do Ministério da Saúde, Eduardo Fernandes, destaca ainda como deve ser feito cada lanche nos intervalos das refeições. "Se deve educar a criança para ela acompanhar as refeições da família, mas também ter uma regularidade na alimentação já incluindo os lanches entre as refeições.
 
Por exemplo, entre o café da manhã e o almoço, um lanche, entre o almoço e o jantar, outro lanche, uma ceia e um lanche depois do jantar também, totalizando normalmente até 6 a 7 refeições e até no espaçamento, gira em torno de 2 a 3 horas e na quantidade que seja adequada a ela também.
 
Misturando inclusive as frutas com grãos, como você pode misturar, por exemplo, banana com aveia fazer composições diferentes. Inclusive juntar frutas secas, castanhas nozes. É muito de acordo também com o próprio hábito que existe da família e da própria região, do acesso àquelas frutas e àquelas verduras naquela época".
 
Substituir refeições saudáveis, pular as refeições ou comer muito numa única refeição prejudica a alimentação e também aumenta o risco de a criança e o adolescente engordarem e ficarem acima do peso. Para fazer refeições pequenas saudáveis, a recomendação do Ministério da Saúde é incluir nos lanches diários frutas e grãos, evitar excesso de doces e salgados, refrigerantes, balas, e nunca trocar o almoço ou o jantar por um lanche.
 
Agência Saúde

Documentários mostram rotina de medo e de silêncio que envolve os partos no país

A série dá voz aos números da pesquisa Nascer no Brasil, coordenada pela Fiocruz, em parceria com diversas instituições científicas
 
O maior levantamento já realizado sobre parto e nascimento no país revelou dados alarmantes, como taxas muito elevadas de cesariana. A diretora Bia Fioretti acompanhou a coleta de dados para a pesquisa, em 2011 e 2012, viajando por todas as regiões e conversando com 174 pessoas, entre mães, pais e profissionais de saúde, em 23 instituições públicas e privadas. As entrevistas deram origem aos documentários que compõem a série: Parto, da violência obstétrica às boas práticas e Cesárea, mitos e riscos.
 
“O grande mérito da pesquisa foi colocar no papel a realidade de violência que marca os nascimentos no país. Fizemos os vídeos para mostrar que, por trás de cada número do inquérito, há um rosto, uma voz”, justifica Bia.
 
Mitos que levam à cesariana
“Já estava passando do prazo. Decidimos fazer cesárea para não correr o risco.” “Estava sentado. Era pélvico.” “Porque não tinha passagem.” “Porque ela estava muito gordinha.” Os motivos pelos quais optaram pela cesariana, em vez do parto natural, estão na ponta da língua das mulheres que olham para a câmera, segurando seus bebês recém-nascidos. Argumentos que revelam o quão próximos estão do medo e da falta de informação.
 
A pesquisa Nascer no Brasil mostrou que a cesariana é feita em 52% dos nascimentos, sendo que, no setor privado, o percentual é de 88%. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que somente 15% dos partos sejam realizados por meio desse procedimento cirúrgico. Nos vídeos, fica evidente o quanto a escolha pela intervenção cirúrgica, em vez do parto natural, é estimulada pela reprodução de mitos e ideias equivocadas.
 
“Fica parecendo que é tão simples só fazer uma cesariana e que ela não tem riscos, mas isso não é verdade. A cesariana tem riscos para o bebê e para a mãe. Apresenta mais riscos de hemorragia, de infecção, de lesões que só acontecem numa cirurgia. E sabemos que, à medida que a mulher ter cesáreas subsequentes, essas cirurgias vão aumentando ainda mais o risco da gestação”, explica o obstetra Marcos Dias, em depoimento ao documentário.
 
Violência e maus-tratos na hora do parto
Os vídeos lançam luz não apenas ao alto índice de cesarianas, mas também ao uso corriqueiro de procedimentos e métodos que provocam desconforto às mulheres e, em muitos casos, são verdadeiras violências. São práticas como a “manobra de Kristeller” — quando o médico faz pressão sobre a barriga da mulher, para expulsar o bebê —, constatada em 36% dos partos. Outro procedimento comum é o uso de soro com ocitocina, hormônio sintético que acelera as contrações no útero, aumentando a dor e tornando o parto mais rápido. “Eu não aguentava mais o soro, a dor, e me joguei no chão. Eu não tinha mais forças para levantar. A dor estava demais. Aí eu me ajoelhei no chão e lá mesmo eu urinei. O médico que viu disse que eu não tinha Deus no coração. Que aquilo ali era uma coisa horrível”, relata uma das entrevistadas.
 
A episiotomia, corte cirúrgico na vagina, é outro método inadequado, mas ainda muito usado no Brasil. “São práticas que não ajudam no desenvolvimento do trabalho de parto. Em vez disso, fazem com que seja mais doloroso. A episiotomia, aquele corte na vagina, não é mais recomendado hoje. Já se viu que se corta mais do que seria a fissura ou o corte que naturalmente seria feito pela saída da criança. E às vezes se cortam plexos nervosos importantes e a mulher fica com problemas depois”, esclarece, no vídeo, Maria do Carmo Leal, coordenadora da pesquisa Nascer no Brasil e epidemiologista da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz).
 

Os documentários também revelam como o silêncio, desencadeado pelo medo, ainda ronda de forma decisiva a relação das mulheres brasileiras com o ato de dar à luz. Um processo de opressão que vai passando, inclusive, de geração a geração, como mostra uma das cenas, onde uma mãe descreve como alertou à filha grávida que ela deveria conter o grito: “Eu sempre dizia a ela: a dor do parto é de matar. Mas não fica fazendo escândalo, porque é pior. Eles [a equipe do hospital] vão te deixando para trás e vão te maltratar”.
 
Nem tudo nesta série de DVDs é, porém, desencanto. Grande parte dos vídeos mostra práticas bem-sucedidas de atenção ao parto e ao nascimento. Com a palavra, uma das mulheres que experimentaram o parto humanizado num hospital da rede pública: “As pessoas falam coisas horríveis de um parto. Que é ruim, que é desesperador. Para mim foi ruim também, foi desesperador, mas, ao mesmo tempo, maravilhoso.”
 
Portal Fiocruz

Casos de Chikungunya no Brasil aumentam 65% em um mês e meio

Registro até 27 de dezembro é de 2.258 casos
Registro até 27 de dezembro é de 2.258 casos; Amapá lidera índice da doença 
 
O número de casos de Febre Chikungunya no Brasil aumentou 65% num período de um mês e meio. Boletim divulgado nesta quarta-feira (7), com registros até 27 de dezembro, mostra que até agora foram contabilizados 2.258 pacientes com a doença, provocada por um vírus transmitido pela picada dos mosquitos Aedes aegypi e Aedes albopictus. No boletim anterior, com dados até 15 de novembro, haviam sido contabilizadas 1.364 contaminações.
 
Além 894 casos, o boletim mostra que a doença se alastra. Agora infecções ocorreram no Amapá (1.146 casos), Bahia (1.015), Mato Grosso do Sul (um), Mato Grosso do Sul (um). O Distrito Federal agora também aparece nas estatísticas, com três casos.
 
Chamada de "prima da dengue", a febre Chikungunya provoca febre alta, dor muscular e nas articulações e manchas pelo corpo. Raramente a doença provoca a morte. No entanto, uma parcela dos pacientes, em razão das dores intensas nas articulações, precisam se submeter durante meses a tratamentos de fisioterapia.
 
A prevenção da doença é a mesma da dengue. O boletim divulgado ontem pelo ministério mostra também ter havido uma redução dos casos de dengue ano passado em comparação a 2013. Foram 1,4 milhão de casos em 2013 contra 587,8 mil em 2014.
 
A região Sudeste apresentou maior queda (66,1%), passando de 918.2 mil, em 2013, para 310.8 mil, em 2014. Na região Norte, o número de casos não se alterou de forma expressiva. Ano passado, foram 49,1 mil, 434 casos a menos que em 2013.

R7

Dormir com lentes de contato prejudica os olhos? Veja mitos e verdades

Usar lentes de contato para muitos é uma forma de evitar o
uso dos óculos e melhorar a estética. Mas será que você sabe usar corretamente? O oftalmologista Richard Yudi Hida
desvenda a seguir alguns dos mitos e verdades sobre o tema. Veja!Especialista esclarece principais dúvidas sobre o tema
 
Usar lentes de contato para muitos é uma forma de evitar o uso dos óculos e melhorar a estética. Mas será que você sabe usar corretamente?
 
O oftalmologista Richard Yudi Hida desvenda a seguir alguns dos mitos e verdades sobre o tema.
 
Confira:
 
Dormir com lentes de contato pode prejudicar a saúde dos olhos 
Verdade. Apesar de alguns fabricantes sugerirem o uso contínuo, dormir com as lentes de contato pode ser altamente perigoso para a saúde ocular, principalmente pelo alto risco de infecções por vírus, bactérias, fungos ou amebas.

Portanto, antes dormir, retire, higienize e guarde as lentes, de acordo com a orientação do seu médico oftalmologista. Também pergunte ao oftalmologista quantas horas por dia são recomendadas para você ficar com as lentes de contato. Isso pode variar de acordo com o paciente e o tipo de lente adotada.
 
Lentes de contato não ajudam apenas a estética
Verdade.
Segundo o especialista, quando se trata de corrigir a visão, as lentes de contato, além de serem muito eficazes, também proporcionam ao indivíduo maior liberdade de movimento e conforto.

― Elas também tiram os reflexos e distorções da periferia das lentes dos óculos. Em algumas doenças oculares e casos específicos, existe sim, uma necessidade não estética do uso das lentes de contato.
 
Pessoas com astigmatismo não podem usar lentes de contato 
Mito. Hida explica que atualmente as lentes podem corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo e a presbiopia (vista cansada). Para os indivíduos que sofrem de astigmatismo, existe uma tecnologia de estabilização de rotação da lente de contato, que permite que as lentes se mantenham estáveis e no lugar.

― Estas lentes de contato que corrigem o astigmatismo chamam-se lentes tóricas. Consulte seu oftalmologista para ver se existe mesmo a necessidade dessa correção.
 
O soro fisiológico é a melhor maneira de higienizar as lentes 
Mito. O oftalmologista explica que existem soluções específicas para este fim, que contêm substâncias capazes de conservar as lentes, remover as impurezas da superfície, além de possuir em suas fórmulas agentes antimicrobianos, que complementam o processo de limpeza. A solução do soro fisiológico apenas hidrata as lentes de contato, deixando que as impurezas e os agentes microbianos na lente de contato.

Além disso, o frasco do soro fisiológico é um objeto que possui um alto risco de contaminação, podendo levar até a cegueira caso esta solução contaminada entre em contato com os olhos através das lentes de contato.
 
Sentir desconforto no uso de lentes de contato durante a gravidez é comum   
Verdade. A lágrima tem um papel importante no conforto do usuário de lentes de contato. Durante a gestação, observam-se modificações na composição da lágrima, havendo um desequilíbrio na produção de gordura e de água. Este desequilíbrio pode interferir no conforto ocular, desencadeando sintomas como sensação de olho seco, menor tolerância ao uso das lentes de contato e embaçamento visual.
 
Existe diferença entre lentes rígidas e gelatinosas 
Hida explica que as lentes de contato rígidas são feitas de um material duro, que não se molda a superfície do olho, mantendo o seu formato. São indicadas para quaisquer pacientes que gostariam de usar lentes de contato. As lentes de contato rígidas são consideradas as que menos causam problemas de saúde ocular pelo fato de ter alta permeabilidade de oxigênio e acumular menos resíduos (ao contrário do que se imagina), porém, essas lentes incomodam mais nos olhos.

Já as lentes de contato gelatinosas geralmente causam mais problemas oculares pelo fato da permeabilidade ser pior com o decorrer do tempo devido ao acúmulo de resíduos, porém, são muito mais confortáveis do que as duras. Ambas corrigem graus altos tanto de astigmatismo, miopia ou hipermetropia.

R7

Uso de lubrificantes, vibradores e outros acessórios sexuais podem trazer riscos a saúde

Mulher com dúvida na cama - Foto: Getty ImagesA vaselina, por exemplo, compromete eficácia da camisinha; conheça os cuidados

Mais do que uma forma de reprodução, o sexo também é uma fonte de prazer. Por isso mesmo, há cada vez mais espaço para fantasias, e para brinquedos que apimentem a relação. "Portanto, qualquer item que estimule o aspecto lúdico é bem-vindo e considerado saudável", considera o ginecologista Jorge José Serapião, especialista em terapia sexual e membro da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (SGORJ). Isso inclui os famosos acessórios que fazem o sucesso dos sex shops.

Porém, apesar de serem bem-vindos do ponto de vista do prazer, é preciso tomar cuidado ao comprar esse tipo de produto, para que a saúde íntima possa ser preservada. "Como o órgão sexual da mulher é um orifício e tem uma mucosa, são necessários cuidados com traumas e lesões. E no caso do homem, não é porque é mais simples que não devemos tomar cuidado: é preciso ficar atento ao tipo de material dos produtos e não deixar a empolgação se sobrepor à cautela", alerta o urologista Valter Javaroni, membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia - Seccional Rio de Janeiro.

Tendo isso em mente, mostramos quais os cuidados que é preciso ter com alguns desses acessórios sexuais, para garantir sexo prazeroso e divertido para homens e mulheres.

Confira:

Lubrificantes
Os lubrificantes não são apenas um acessório para se divertir: muitas mulheres realmente precisam deles na relação sexual. Mas é importante se manter atento ao tipo de produto que você está usando. De acordo com o ginecologista Jorge José Serapião, especialista em terapia sexual e membro da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (SGORJ), existem três tipos desses géis: os formulados com substâncias solúveis em água, que normalmente são mais fáceis de limpar; os derivados de petróleo, como a vaselina, que costumam sujar o corpo e as roupas; e aqueles que não se conhece a composição. "Quando não sabemos a origem não é possível prever como o organismo vai reagir: pode ocorrer ardores ou mesmo alergias", ressalta o especialista.

É importante também levar em conta o tipo de preservativo e o tipo de lubrificante que você usa. "Sempre ao usar algo de látex, como camisinhas, temos que evitar a vaselina, porque ela dissolve ou fragiliza essa cobertura, comprometendo sua eficácia", ensina Serapião.

Preservativos diferentes e géis
Existem diversos preservativos com funções além de proteger os parceiros de doenças ou uma gravidez não planejada. Muitos têm sabor artificial ou com propriedades térmicas, causando mais calor ou frio com o atrito. Em ambos os casos, é importante sempre verificar a procedência do produto, já que ele terá contato com a boca ou com a genitália. "Sempre compre o produto em local confiável e de marca conhecida", assinala o urologista Valter Javaroni, membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia - Seccional Rio de Janeiro.

Mesmo nesses casos, pode ser que haja alguma alergia, devido a sensibilidade do homem ou da mulher a esse produto, portanto, se você sentir alguma ardência ou desconforto, evite o uso. Os mesmos princípios ativos podem ser usados em géis, principalmente os que se esquentam um pouco, por isso cabe o mesmo cuidado quanto à procedência.

Uma dúvida comum é se a camisinha com sabor pode ser usada também na penetração. "Na maioria das vezes não causará algum dano, mas se você usar um de sabor de pimenta, isso pode ser desconfortável", ensina o ginecologista Serapião.

Cremes para estreitar a vagina
Não, não existe um creme capaz de reduzir a espessura da vagina, algo que só pode ser feito com a contração muscular, treinada em exercícios como o pompoarismo. Mas então, como essas fórmulas funcionam? "Elas são compostas por substâncias que deixam o canal tão ressecado e pouco elástico, que parece que a vagina está mais estreita", explica Serapião. É o mesmo princípio do pó da pedra hume, usada por algumas mulheres com essa mesma finalidade.

O uso do produto também não é recomendado e pode gerar muito desconforto para a mulher durante a relação. "Se o ressecamento for muito grande, isso pode ser irritante ou até mesmo traumático para a vagina da mulher", ressalta o especialista. Mas tudo depende, é claro, das preferências do casal, por isso, caso queira usar, o ideal é ter parcimônia.

Vibradores
Os vibradores ou pênis de borracha são acessórios que podem ser usados para masturbação. E nesse caso o principal cuidado que se precisa ter é com a higiene do produto. "É importante que ele seja de uso pessoal, pois compartilhar o vibrador, ainda que rapidamente, pode ser fator de contaminação", explica o ginecologista Serapião. Por isso mesmo, também é importante que o material seja de fácil higienização, como o plástico ou silicone sem porosidades.

Acessórios feitos de esponja ou com superfícies irregulares podem reter resíduos. "Alguns vibradores que se assemelham ao pênis são feitos com material de esterilização difícil, por serem muito porosos, então não são os ideais", alerta o especialista.

Capa peniana
Para tornar a penetração diferente, muitos homens aderem à capa peniana, um objeto semelhante à camisinha, mas com uma superfície mais irregular, o que causa estímulos diferentes na vagina. Mas o ideal é que elas sejam feitas de materiais que não agridam a mucosa da vagina, evitando alergias ou machucados.

Porém, o cuidado mais importante está em não confundir a capa peniana com um preservativo. "Ela não se adere à pele do pênis e não o envolve completamente, pode ser deslocada durante o movimento e não tem a vedação e outros critérios exigidos do preservativo para sua ação protetora contra DSTs e contraceptiva", estabelece o urologista Javaroni. Portanto, a melhor forma de usar esse acessório é por cima da camisinha, tomando cuidado para ver se ela não acaba se movendo ou rasgando durante a relação.

Anel peniano
Ao contrário de muitos itens descritos nessa galeria, o anel peniano não tem como sua principal finalidade o prazer sexual. Antes de tudo ele foi feito para auxiliar homens com problemas específicos, como dificuldades em manter a ereção. "O mecanismo da excitação normal ocorre com o aumento do fluxo sanguíneo para o pênis e redução do retorno desse sangue. Quando o homem usa o anel na base do pênis, ele ajuda a fechar essas vias, permitindo que o sangue fique lá por mais tempo, um artifício para aumentar rigidez e facilitar a penetração", ensina Javaroni.

O problema é que esse truque não faz sentido para homens que já tem uma ejaculação saudável e o uso do anel sem orientação adequada pode causar uma série de problemas. "Ele não pode ser usado por longos períodos de tempo, o limite é uma relação de até uma hora, mais do que isso descansar por uma hora e apenas reutilizar desde que não haja ferimento na região em que o anel foi colocado", ensina o especialista. O uso incorreto pode trazer diversos problemas vasculares para o pênis, além de poder causar problemas em outros órgãos internos relacionados a ejaculação, já que a uretra também é comprimida.

Bombas penianas
Todas as promessas de que as bombas a vácuo podem aumentar a espessura ou o comprimento do pênis são falhas, nem adianta acreditar. E, na verdade, a bomba peniana também tem uma função original terapêutica. "A ereção é saudável para o homem e a bomba peniana é indicada para quem tem dificuldades para obtê-la manter a saúde de seu tecido erétil", explica Javaroni. No caso de alguém saudável resolver usar o acessório, há o perigo de manter o pênis por muito tempo no vácuo ou mesmo ao manusear o anel peniano que vem em alguns desses produtos.
 
Minha Vida

Abramge reivindica medidas contra máfia das próteses

Setor vê de forma positiva criação do grupo de trabalho, mas lembra que já teve um outro grupo há dois anos que não teve efetividade

Depois do Governo federal ter anunciado nesta terça-feira (06) a criação de um grupo de trabalho para estudar medidas que ponham fim à máfia das próteses, a Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge), que representa os planos de saúde, se pronuncia a respeito apontando algumas medidas adicionais que considera de caráter urgente.

De acordo com o diretor da entidade, Pedro Ramos, o setor vê de forma positiva a criação do grupo de trabalho, mas lembra que já teve um outro grupo de trabalho formado há dois anos, inclusive com a instalação de auditoria, que não teve efetividade. “Achamos que apenas a criação de uma nova equipe deixa a porta aberta para que essa máfia continue roubando o SUS e os planos de saúde, e ameaçando a segurança clínica dos pacientes durante esse próximo período”, avaliou em comunicado ao mercado.
 
Para a Abramge, o governo deveria adotar medidas de emergência, como:

• Ampla divulgação da auditoria realizada pela Polícia Federal nos hospitais públicos sobre esse tema, além da apresentação das eventuais irregularidades encontradas e de como está o processo de punição dos responsáveis;

• Trabalho integrado entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal para instrução de processos contra integrantes da Máfia das Próteses em todo o território nacional;

• Orientação aos Procons, via Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e órgãos da imprensa oficial, para o apoio aos pacientes na garantia de sua defesa médica e jurídica;

• Divulgação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), como referência imediata ao mercado, de estudo realizado sobre padronização de nomenclatura, definição de parâmetros de similaridade e estabelecimento de parâmetros públicos de precificação dos produtos;

• Ampla divulgação da lista das principais empresas fornecedoras desses materiais para o governo, com os volumes comprados, valores envolvidos, em um site específico.
 
• Consolidação de dados sobre a obtenção de liminares contra o SUS sobre esse assunto, com sua ampla divulgação.
 
“Se adotadas com urgência, essas medidas podem ter um efeito imediato sobre o mercado”, defendeu Ramos. O diretor considera que, no grupo de trabalho, visando os 180 dias, outros temas devem figurar na pauta, entre eles: 

- adequação do quadro jurídico para coibir práticas indevidas, sem prejuízo da autonomia médica;

- elaboração e divulgação de diretrizes e protocolos clínicos de utilização que tornem mais evidente a necessidade dos materiais em cada caso;

- incentivo de uma forma de remuneração que implique algum grau de compartilhamento de riscos para trazer mais racionalidade no uso dos insumos;

- estabelecimento de ações de defesa da concorrência para reduzir barreiras à competição na distribuição desses produtos; fomento de políticas para importação, distribuição, comercialização e uso de OPMEs;

- fortalecimento da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS.
 
“A Abramge reforça a importância de dar prioridade a ações mais efetivas. Cirurgias desnecessárias e desumanas estão sendo realizadas”.
 
Saúde Web

Brasil tem custo do leito 28% mais alto do que os EUA

Pesquisa da UFMG aponta dificuldades dos gestores brasileiros em comparar e gerenciar custos dos procedimentos por causa das peculiaridades na assistência
 
Médicos pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) realizaram estudo para medir a produtividade dos leitos dos hospitais brasileiros e estabelecerem comparação com os hospitais americanos, que utilizam a metodologia DRG (diagnosis related groups ou grupos de diagnósticos relacionados) para definirem o grau de risco clínico do paciente com fins de gerenciamento da qualidade assistencial-hospitalar e de custos.

A produtividade é entendida como o tempo de utilização dos leitos, medido através dos dias de permanência de cada paciente internado, para a realização de um tratamento hospitalar. De acordo com o profesgsor de medicina da UFMG, Renato Couto, gerenciar a produtividade dos leitos com segurança para o paciente é tratar mais pacientes usando menor tempo de internação. Para ele, “tratar mais pacientes no mesmo número de leitos hoje existentes é crítico em um cenário macroeconômico de contingenciamento de custos”.
 
Números encontrados
Para a pesquisa foram analisados 145.710 relatórios de altas em 117 hospitais brasileiros, tanto do SUS quanto privados. Considerou-se o tempo em dias de permanência no leito hospitalar como o principal fator que está ligado diretamente ao custo e desempenho da produção assistencial. O estudo concluiu que a produtividade dos hospitais brasileiros estudados é 28,4% menor que a dos hospitais americanos, sendo pior para os tratamentos clínicos.

Ou seja, é possível tratar pacientes na mesma categoria de risco DRG dos pacientes estudados usando 28% a menos de leitos hospitalares. Segundo Renato Couto, a economia potencial por ganho de produtividade pode ser estimada em bilhões de reais por ano. “Apenas na saúde suplementar o custo anual da assistência hospitalar é da ordem de R$ 32 bilhões. O aumento de 28% da produtividade hospitalar é uma oportunidade de melhoria de uso de recursos no sistema de saúde nacional”, comentou.

Na avaliação de Couto, a dificuldade de quem gerencia um hospital é comparar e gerenciar custos dos procedimentos, pois existem milhares de peculiaridades na assistência. “Por exemplo, uma cesariana realizada em uma jovem sem nenhum problema de saúde é diferente de uma cesariana em uma gestante com hipertensão, diabetes gestacional, obesa e com mais de 40 anos”, diz.
 
Dessa forma, o professor enxerga o modelo DRG como uma saída para a falta de previsibilidade de custos que, hoje, assola o sistema de saúde brasileiro e acarreta prejuízos para todos os players envolvidos.

Atualmente a ferramenta é utilizada em hospitais e fontes pagadoras públicas e privadas em países da América do Norte, de toda a Europa Ocidental, África do Sul, Ásia e Oceania. De olho na tendência, Couto já estudo o DRG há dez anos e faz parte de uma equipe de médicos PhDs do Instituto de Acreditação e Gestão em Saúde (IAG Saúde), com sede em Belo Horizonte (MG), que adaptou o padrão norte-americano para o sistema de codificação brasileiro.
 
Saúde Web

Logimed rompe contrato com Santa Casa de SP

Empresa que fazia toda a logística dos materiais e medicamentos da filantrópica cancela serviços por dívida de R$ 79 milhões a receber
 
Há mais de seis anos como prestadora de serviços para a Santa Casa de São Paulo, a Logimed, empresa do grupo Andrade Gutierrez, comunicou ao mercado nesta terça-feira (06) a rescisão do contrato de prestação de serviço com a entidade, tida como seu principal cliente, “depois de inúmeras tentativas em busca de um acordo para recebimento de faturas devidas”. 

A Logimed tem a receber da Santa Casa R$ 79 milhões em dívidas atrasadas por serviços já prestados e materiais e medicamentos já entregues. Por conta disso afirma ter acumulado dívida de R$ 11 milhões com seus fornecedores e registra protestos contra a empresa no valor de R$ 3,5 milhões.
 
O impacto deve ser doloroso para a maior entidade filantrópica que acumula um déficit de R$ 400 milhões. A gama de serviços conduzidos pela Logimed era grande: compra, venda, transporte, armazenagem e distribuição de materiais e medicamentos. Para se ter uma ideia, a empresa possui 148 funcionários que atuam dentro da filantrópica, que agora terão de cumprir aviso prévio. Mediante decisão, a Santa Casa informou que vai internalizar esses serviços antes contratados. 
 
A companhia, que afirma ter faturas vencidas e não pagas desde julho de 2014, alega que “a decisão de rescindir o contrato está respaldada em cláusula contratual que prevê o encerramento do serviço em caso de não recebimento por 3 meses consecutivos. 

O ano de 2014 foi, talvez, um dos mais duros para a Santa Casa, que chegou a fechar as portas de seu pronto socorro justamente por dívidas com fornecedores e falta de materiais básicos para o atendimento. O caso com a Logimed não foi o primeiro, em dezembro a Vivante, responsável pela limpeza e manutenção da Santa Casa, também também cancelou o contrato por dividas acima dos R$ 20 milhões, segundo informou o jornal o Estado de S.Paulo. 
 
A Santa Casa espera receber nos próximos dias uma resposta positiva para o pedido de empréstimo de R$ 44 milhões feito à Caixa Econômica Federal. Com o montante, a instituição pretende pagar os salários referentes a novembro e o 13º de médicos e funcionários.

O Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) marcou para a próxima sexta-feira (9) uma reunião entre médicos e representantes da direção do hospital para discutir os salários atrasados. O sindicato disse ter recebido confirmação de que os salários de dezembro serão pagos hoje e os dos demais meses em atraso, até o dia 23, de acordo com o Simesp. 
 
Agência Brasil / Saúde Web

Não são as calorias que engordam, mas o modo de comer

Alimentos crus 'engordam menos' do que os cozidos e preparados no dia
 
Estamos na época do ano em que muita gente não vê a hora de se livrar dos quilos ganhados durante as festa de fim de ano. Para ajudar nessa tentativa, pesquisadores da Universidade de Harvard alertam que a dificuldade em emagrecer pode estar na forma como um alimento é ingerido. As informações são do Mail Online.
 
As tabelas nutricionais indicam a quantidade de calorias, mas não mostram a quantidade de energia que o corpo gasta para digerir cada alimento. Assim, o corpo pode ingerir 'calorias diferentes' de um mesmo alimento quando ele está cru e quando está cozido.
 
A pesquisa mostra que quando cozinhamos nossa comida pouco antes de ingeri-la, o corpo faz a digestão rapidamente, não gastando muita energia nesse processo, e, portanto, mais calorias do alimento (que não foram gastas na digestão) são guardadas.
 
Quando ingerimos um alimento cru, ou que foi preparado no dia anterior, o corpo tem mais dificuldade em digerir, assim, gasta mais energia no processo e menos caloria é estocada.
 
Se você come comida crua, maior a facilidade em perder peso. Se come alimentos cozidos, tenderá a ganhar peso. Mesmos alimentos, mesmas calorias e diferentes resultados.
 
O amido, por exemplo, rico em carboidratos, é mais dificilmente digerido quando ingerido algumas horas após a sua preparação. Ou seja, não comer imediatamente após cozinhar também pode diminuir o ganho de calorias.
 
Apesar de as comidas mais gostosas serem as que acabaram de sair do forno, supercozidas e quentes, aquele macarrão de ontem, a torrada velha e as verduras cruas são uma ótima opção pra quem quer perder aqueles quilos adquiridos durante o fim de ano. 
 
Terra

Maternidades estaduais do Rio tornam obrigatório o teste da linguinha em bebês

As oito maternidades estaduais do Rio de Janeiro adotaram o teste da linguinha como procedimento obrigatório

A medida passou a valer neste mês, quando o exame foi incluído nos protocolos de atendimento. O teste é importante para prevenir problemas durante a amamentação do bebê e no desenvolvimento da fala. Para isso, as maternidades contrataram fonoaudiólogos, que poderão detectar, entre outras coisas, a chamada língua presa. Antes, o exame era feito por equipe de saúde não especializada em problemas da fala.

 
“Agora, além do pediatra, que faz o exame nos primeiros minutos de vida do bebê, teremos uma equipe específica, com fonoaudióloga para acompanhar”, disse o coordenador de Pediatrias e Maternidades do estado, Jorge Calás. Ele explicou que o procedimento foi adotado para cumprir a lei que tornou o exame obrigatório em todas os hospitais do país.
 
O teste da linguinha é feito em poucos minutos e é indolor, explica Renata Martinelli, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. O profissional examina a língua e a boca do bebê observando alterações na membrana que liga a língua ao assoalho da boca. Ele lembra que, antes da lei, a presença da fonoaudióloga não era rotina, apesar de o exame ser feito em alguns hospitais.
 
No caso dos recém-nascidos, o teste evita o desmame precoce – a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o leite de peito até os 6 meses de idade. “O problema é que as mães não achavam que o problema era no bebê, mas no leite delas, que seria fraco, e acabavam substituindo por complementos, o que não é bom”, disse Renata.
 
Segundo a fonoaudióloga, estudos mostram que crianças que com língua presa sofrem com bullying, o que afeta a autoestima e pode prejudicar o desempenho escolar. De acordo com Renata, na fase adulta, pessoas com língua presa têm dificuldade de ascensão profissional por causa da timidez.
 
No caso de o teste detectar alguma inconformidade, o recém-nascido é encaminhado para um cirurgião dentista, que corrigirá o problema por meio de um procedimento cirúrgico simples.
 
Agência Brasil

Humor: Dengue no Brasil

IF Sul-Rio-grandense divulga edital de concurso público

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-grandense (IF Sul-Rio-grandense) divulgou o edital nº 202/2014 de concurso público em provimento de 37 vagas aos cargos de professor do ensino básico, técnico e tecnológico, com reserva de 5% das vagas para portadores de necessidades especiais. As remunerações variam de R$ 3.804,29 a R$ 8.344,64, acrescida de auxílio alimentação e auxílio transporte.
 
As inscrições podem ser efetuadas até o dia 29 de janeiro de 2015, via endereço eletrônico: www.ifsul.edu.br/concursos, mediante taxa de R$ 50,00.
 
Os participantes passarão por prova teórica, prova prática e avaliação de títulos. A prova escrita está programada para o dia 22 de fevereiro de 2015. O local será informado a partir do dia 13 de fevereiro de 2015, através do site citado acima. O gabarito provavelmente será disponibilizado até 24 horas, após a prova. Os resultados serão divulgados através do site da IFSUL.
 
O concurso será válido por dois anos, a contar da data de homologação no Diário Oficial da União, podendo haver prorrogação por período semelhante.

Prefeitura de Cidade Ocidental - GO lança edital de processo seletivo

Foi divulgado o edital de processo seletivo n° 004/2014 da Prefeitura de Cidade Ocidental, no estado de Goiás, voltado ao provimento de 248 vagas, sendo oito delas para pessoas com necessidades especiais. Com remunerações de R$ 788,00 a R$ 2.379,46, os profissionais terão direito a contratos válidos para os anos letivos de 2015 e 2016.

As ofertas são para candidatos com formação em níveis fundamental, médio e superior, que tenham disponibilidade para jornadas de trabalho de 20h, 30h e 40h semanais.

Cargos
- Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços Gerais, Merendeira  e Monitor de Transporte Escolar;
- Nível Médio: Agente Administrativo;
- Nível Superior: Nutricionista, Orientador Educacional e Psicólogo.

Inscrições
Os interessados deverão fazer suas inscrições no período de 13 a 19 de janeiro de 2015, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30, na Secretaria de Educação e Cultura (Rua Jacob, lote 73/74, setor de Mansões Suleste), com entrega dos documentos listados no edital.
 
Provas e Validade
Haverá análise curricular, de caráter classificatório e eliminatório, para todos os cargos. O resultado do processo seletivo simplificado será divulgado por ordem de classificação, no placar da Prefeitura, no mural na Secretaria de Educação e Cultura e no site www.cidadeocidental.go.gov.br, na data prevista de 30 de janeiro de 2015.
 
O processo seletivo será realizado em etapa única.

Prefeitura de São Francisco do Glória - MG abre processo seletivo

A Prefeitura de São Francisco do Glória, no estado de Minas Gerais, publicou o edital nº 001/2015 de processo seletivo, tendo como objetivo o preenchimento de 6 cargos: psicólogo, assistente social, médico, nutricionista e fonoaudiólogo.
 
As inscrições, no valor de R$ 100,00, serão feitas até o dia 9 de janeiro de 2015, na sede da Prefeitura de São Francisco do Glória, localizada na Rua Virgílio Pedrosa, nº 05, no setor de Departamento de Pessoal, no horário de expediente: das 8h às 11h e das 13h às 16h.
 
O processo seletivo consistirá em prova de títulos e avaliação da experiência profissional.
 
A análise dos títulos será realizada na própria Prefeitura pelos membros da comissão do processo seletivo, a partir das 15h do dia 12 de janeiro de 2015.
 
O prazo de validade do processo seletivo será até 31 de dezembro de 2015, podendo ser prorrogado, no caso de necessidade do serviço público.
 
O edital completo foi publicado no Diário Oficial dos Municípios Mineiros no dia 07 de janeiro de 2015. Edição 1408.

Prefeitura de Itapema - SC lança edital de processo seletivo

A Prefeitura de Itapema, no estado de Santa Catarina, divulgou o edital de processo seletivo nº 01/2015, visando o preenchimento de 259 vagas mais formação de cadastro de reserva. A remuneração prevista vai de R$ 788,06 a R$ 3.676,65, mais vale alimentação. A carga horária a ser desempenhada varia de 20, 30 e 40 horas semanais.
 
As chances são para os cargos de Auxiliar de Apoio, Professores de Educação Infantil, Anos Iniciais, Educação Física, História, Geografia, Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Espanhol, Inglês, Arte , Ensino Religioso, Intérprete de Libras, Auxiliar de Sala - Creche/ Educação Especial, Orientador Educacional, Supervisor Escolar, Fonoaudiólogo, Auxiliar de Apoio e Nutricionista.
 
As inscrições podem ser efetuadas até o dia 13 de janeiro de 2015, pelo site www.infinityprovas.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino fundamental/alfabetizado é de R$ 20,00 e cargos de ensino médio e superior é de R$ 30,00.
 
Os inscritos serão submetidos à prova escrita provavelmente nos dias 17 e 18 de janeiro de 2015, conforme o cargo pretendido.
 
A validade do processo seletivo, que está sob a responsabilidade da Infinity, será de 01 ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Rodeiro - MG divulga edital de processo seletivo

A Prefeitura de Rodeiro, no estado do Mato Grosso, por meio do Diário Oficial dos Municípios Mineiros (edição de 7 de janeiro de 2015), divulgou o extrato do edital de processo seletivo nº 001/2015. A seleção deve resultar na admissão temporária de três profissionais para exercerem os cargos de Auxiliar de Agente no Combate à Dengue, Educador Físico e Médico -  ESF.
 
Os aprovados receberão salários de até R$ 9.594,32, por jornada de trabalho de 30 ou 40 horas semanais.
 
As inscrições serão realizadas no dia 9 de janeiro de 2015, das 13h às 14h. As fichas de inscrição já estão disponíveis para preenchimentos na recepção da Prefeitura.
 
O prazo de contratação será pelo período de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por até 12 meses, se verificada a necessidade do serviço e o desempenho satisfatório do contratado.
 
O edital completo encontra-se afixado na recepção da Prefeitura ou no site www.rodeiro.mg.gov.br.

Concurso Prefeitura de Campo Verde - MT

A Prefeitura de Campo Verde, no estado de Mato Grosso, lançou o edital n° 001/2015 de concurso público, destinado ao provimento de 120 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão até R$ 4.183,62 e a carga horária varia de 24 a 40 horas semanais, conforme o cargo pretendido.

As funções são para os empregos de Auxiliar Administrativo, Lubrificador, Mecânico, Operador de Máquinas, Motorista, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate às Endemias, Fiscal, Auxiliar de Saúde Bucal, Técnico em Agropecuária,  Enfermagem e demais cargos.

As inscrições somente serão realizadas via internet, através do endereço eletrônico www.grupoatame.com.br/concurso, durante o período compreendido entre as 07h do dia 09 de janeiro até as 23h59 do dia 25 de janeiro de 2015, considerado o horário oficial do estado do Mato Grosso. As taxas variam de R$ 45,00 a R$ 80,00, de acordo com o cargo pleiteado.

As provas escritas serão realizadas provavelmente no dia 08 de fevereiro de 2015, em locais e horários a serem divulgados.

A divulgação dos gabaritos preliminares das provas escritas se dará até as 16h do primeiro dia útil posterior à data de aplicação das provas.

O período de validade deste concurso público será de dois anos, a contar da data de publicação da homologação de seu resultado. Ao término nesse prazo, o concurso poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da autoridade competente.

Concurso Prefeitura de Celso Ramos - SC

A Prefeitura de Celso Ramos, no estado de Santa Catarina, divulgou o edital de concurso público nº 001/2015. O objetivo é contratar 16 profissionais de ensino fundamental, médio, superior. A remuneração oferecida pode chegar até R$ 13.605,68, a depender da função. As jornadas de trabalho também são estabelecidas de acordo com o cargo, podendo ser de 20, 30 ou 40 horas semanais.
 
Os cargos a serem preenchidos são os de fiscal de tributos, médico clinico geral, motorista, auxiliar operacional escolar, nutricionista, professor I e psicólogo.
 
As inscrições serão aceitas até o dia 05 de fevereiro de 2015, na sede da Prefeitura, localizada na Rua Dom Daniel Hostin, nº 930, de segunda a sexta-feira, das 12h30min até as 18h30min.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de nível fundamental é de R$ 30,00, cargos de nível médio R$ 50,00 e cargos de nível superior R$ 100,00.
 
Os inscritos serão avaliados através de prova objetiva e prática. O local, dia e horário da aplicação dos exames serão divulgados antecipadamente.
 
O concurso público, que será executado pela empresa AMPLASC, será válido por um ano, a contar da data de publicação da homologação do seu resultado final, podendo ser prorrogado por igual período a critério da Administração Municipal.

Concurso Prefeitura de Rochedo - MS

Foram prorrogadas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Rochedo, no Mato Grosso do Sul. Os interessados em concorrer a uma das 52 vagas disponibilizadas têm até as 17h do próximo dia 09 de janeiro de 2015 para garantir participação no certame, normatizado pelo edital nº 01/2014 e que será executado pelo Instituto de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Gestão Municipal (IDAGEM).
 
Além das vagas imediatas, será formado cadastro de reserva para diversos cargos. Profissionais de todos os níveis de escolaridade podem se inscrever. Os aprovados farão jus a remunerações que variam de R$ 724,00 a R$ 10.164,51, e as jornadas de trabalho podem ser de 20 a 40 horas semanais, a depender da função.
 
Os cargos disponíveis são para advogado, controlador interno, gestor de recursos humanos, fiscal de tributação, fiscal de obras e posturas, enfermeiro, médico, químico, professor de várias disciplinas, agente cultural, assistente de administração, instrutor de informática, técnico em enfermagem, pedreiro, mecânico, atendente, motorista categoria "D", operador de máquinas e tratores, cozinheira, padeiro, auxiliar de serviços operacionais, odontólogo, psicólogo, auxiliar de consultório odontológico, orientador social, técnico de enfermagem e agente comunitário de saúde.
 
As inscrições serão realizadas através dos seguintes endereços eletrônicos: www.idagem.com.br e www.rochedo.ms.gov.br, com recolhimento de taxa variando entre R$ 50,00 e R$ 120,00, conforme grau de instrução exigido para o cargo pleiteado.
 
Será aplicada prova escrita a todos os participantes provavelmente no dia 28 de fevereiro/01 de março de 2015, em local e horário a serem informados. O gabarito será disponibilizado em até 48 horas após a prova. O resultado está previsto para ser publicado em até 30 dias após a prova.
 
O concurso será válido por dois anos, a contar da data da homologação do seu resultado, podendo ser prorrogado por período semelhante.

UFRN lança edital de processo seletivo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte comunica, por meio do edital nº 15/2014, que realizará um processo seletivo para contratação temporária de quatro professores substitutos, que deverão atuar em jornadas de 40 horas semanais e receberão por isso remunerações entre R$ 3.198,11 e R$ 5.022,65.
 
As inscrições serão efetuadas exclusivamente na sede da respectiva secretaria para a qual destina-se a vaga pleiteada, entre os dias 7 e 23 de janeiro de 2015, mediante pagamento de taxa de R$ 13,00. Os participantes passarão por prova didática e avaliação de títulos.
 
A contratação será realizada por semestre letivo do calendário acadêmico, podendo ser renovada mediante assinatura de termo aditivo por período inferior a 24 meses, sendo que na renovação do contrato poderá ocorrer aumento ou redução do regime de trabalho, conforme interesse institucional.
 
O processo seletivo será válido por 12 meses, sem prorrogação.
 
Para mais informações, consulte o edital disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas: http://www.progesp.ufrn.br/

UFOP - MG divulga edital de concurso público

De 13 a 30 de janeiro de 2015, a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em Minas Gerais, realizará as inscrições dos interessados em participar do concurso público regido pelo edital 74/2014. O objetivo é preencher 42 vagas em cargos técnico-administrativos. Dessas vagas, oito serão reservadas para afrodescendentes e quatro para portadores de necessidades especiais. O piso salarial é de R$ 1.562,23 e o teto de R$ 3.230,68. Já as jornadas de trabalho podem ser de 20, 25 e 40 horas. 
 
As oportunidades são para as funções de administrador de edifícios, assistente de laboratório, auxiliar em administração, assistente em administração, técnico de laboratório, técnico de tecnologia da informação, técnico em eletromecânica, tradutor e intérprete de linguagem de sinais, analista de tecnologia da informação, engenheiro, farmacêutico, geólogo, jornalista, veterinário, museólogo e secretário executivo.
 
Com taxas de R$ 38,00 a R$ 80,00, as inscrições deverão ser efetuadas via endereço eletrônico: www.concurso.ufop.br.
 
Será realizada prova escrita e análise curricular. A prova está programada para ser aplicada no dia 14 de março de 2015, a partir das 14h, mesmo dia previsto para recebimento dos currículos, em local a ser informado brevemente.
 
Informações complementares podem ser obtidas através do site mencionado acima.
 
O concurso será válido por dois anos, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial de União, prorrogável por período semelhante.

Hospital Geral de Taipas - SP abre seletivo para médicos

Terá início no dia 19 de janeiro de 2015 as inscrições do processo seletivo do Hospital Geral de Taipas, no estado de São Paulo, através do qual serão contratados três médicos especialistas em anestesiologia. Os aprovados cumprirão jornadas de 12 horas semanais e receberão por isso remuneração de até R$ 2.010,00, já com acréscimo de benefícios, conforme foi anunciado no edital nº 01/2015.
 
As inscrições serão realizadas até o dia 6 de fevereiro de 2015, na Seção de Recrutamento e Seleção do Serviço Técnico de Recursos Humano do hospital, localizado na Avenida Elísio Teixeira Leite, nº 6.999, Parada de Taipas, das 9h às 16h.
 
Para participarem da seleção, os interessados deverão ter registro no Conselho Regional de Medicina (CREMESP) e possuir título de especialista emitido pela Associação Médica Brasileira (AMB), ou Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) na especialidade em questão.
 
A seleção será feita através de análise curricular, conforme modelo especificado no edital, disponível no site do Diário Oficial:
 
O processo seletivo será válido por um ano a partir da data de publicação da classificação final, ou antes, em razão de homologação de concurso público para provimento de cargos promovido para a classe de médico I.

Concurso Prefeitura de Mombuca - SP

A Prefeitura de Mombuca, no estado de São Paulo, divulgou o extrato do edital do concurso público nº 001/2015. O objetivo é suprir 17 vagas, em diferentes cargos, cuja exigência vai desde o ensino fundamental até o superior completo. A remuneração prevista pode chegar até R$ 3.881,28, em jornadas que varia de 20 a 44 horas semanais.
 
As chances são para professores, médico cardiologista I, fonoaudiólogo, psicólogo, farmacêutico, assistente social, motorista, técnico de enfermagem, agente comunitário de saúde, ajudante de serviços diversos e escriturário.
 
As inscrições serão aceitas no período de 13 a 19 de janeiro de 2015, na Prefeitura de Mombuca/SP, das 8h às 11h e das 13h às 16h. Ficha de inscrição no www.mombuca.sp.gov.br.
 
O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 20,00, R$ 30, 00 e R$ 50,00, de acordo com o cargo pretendido.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 01 de fevereiro de 2015, em local e horário a serem divulgados antecipadamente.

URCA - CE lança edital de processo seletivo

A Universidade Regional do Cariri (URCA), no Ceará, divulgou edital de processo seletivo nº 28/2014, com a intenção de ocupar 17 vagas para Professor Temporário. As remunerações variam de R$ 1.567,70 a R$ 4.479,13, conforme a titulação do docente. Para concorrer, é necessário apresentar, no mínimo, graduação na área de interesse.

Os profissionais contratados atuarão em jornadas semanais de 40 horas, junto às Unidades de Missão Velha, Iguatu e Campos Sales, em diversos setores de estudos dos cursos de Ciências Econômicas, Educação Física, Enfermagem, Matemática e Letras.

Os interessados deverão fazer suas inscrições até o dia 16 de janeiro de 2015, no Campus do Pimenta, que fica na Rua Cel. Antônio Luiz, nº 1.161, Crato/ CE, bem como na Unidade da URCA localizada na Cidade de Iguatu, na Rua Evaldo Gouveia, nº 21, Bairro São Sebastião, Iguatu - CE. Também é possível efetuar a solicitação de participação por meio do site www.urca.br, mediante o envio da documentação. A taxa é de R$ 100,00.

Os candidatos serão submetidos a uma prova escrita e a uma prova didática, ambas de caráter eliminatório. A nota mínima de aprovação em ambas é 6 (seis).

O prazo de validade do processo seletivo será de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogável apenas uma vez por igual período.

Prefeitura de Coronel Freitas - SC abre processo seletivo

A Prefeitura de Coronel Freitas, no estado de Santa Catarina, tornou público o edital de processo seletivo nº 02/2015, destinado a seleção de profissionais de nível superior.
 
A chance é para o cargo de nutricionista, o salário previsto para os contratados é de R$ 1.774,08, em jornadas de 20 horas semanais.
 
As inscrições podem ser feitas a partir do dia 08 de janeiro até o dia 23 de janeiro de 2015, na Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esportes, situada a Rua Almirante Barroso -86, das 8:30min às 11h e das 14h às 16:30min.
 
O valor da taxa de inscrição é de R$ 80,00.
 
Os inscritos serão submetidos a prova escrita e de títulos.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 25 de janeiro de 2015, no Centro de Educação Infantil e Ensino Fundamental Clube do Bolinha, localizado na Rua Paraíba, S/Nº centro, das 8h às 11:30min.
 
O processo seletivo terá validade até 31 de dezembro de 2015.

Concurso Prefeitura de Vargem Bonita - SC

A Prefeitura de Vargem Bonita, no estado de Santa Catarina, abriu edital n° 01/2015 de concurso público, com a finalidade de ocupar vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior. O concurso público será realizado sob a responsabilidade da empresa APRENDER.COM. Os salários vão até R$ 1.140,62 em carga horária de 20 e 4 horas semanais.

Serão oferecidas 03 vagas, mais cadastro de reserva, para os cargos de Auxiliar de Enfermagem, Motorista, Operador Máquinas Pesadas, Operador de Trator Agrícola, Professor de Inglês e Servente.

Inscrições
As inscrições serão realizadas até o dia 05 de fevereiro de 2015, na Prefeitura Municipal de Vargem Bonita, no setor de Tributação, sito a Rua Coronel Vitório, 966 – Centro – Vargem Bonita no horário das 08:00 às 12:00 e das 13:30 às 17:00 horas.

Taxas
Nível Superior - R$ 70,00;
Nível Médio e/ou Técnico - R$ 50,00;
Nível Alfabetizado - R$ 30,00.

Provas
As provas serão realizadas na data prevista de 22 de fevereiro de 2015, na Escola Municipal Ângelo Anzoli, Sito à Rua Av, José Lorenzatto, 1316, na cidade de Vargem Bonita – SC. O gabarito preliminar será publicado na data provável de 23 de fevereiro de 2015.

O resultado final do concurso público será homologado pela autoridade competente e publicado no Mural Público da Prefeitura Municipal de Vargem Bonita, no órgão de publicação oficial do Município e no endereço www.aprendersc.com.br.

Validade
O prazo de validade do concurso público será de 2 anos, prorrogável uma vez por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Vargem Bonita.

Concurso Prefeitura de Pinheiro Preto - SC

A Prefeitura de Pinheiro Preto, no estado de Santa Catarina, lançou o aviso do edital nº001/2015 de concurso público. A seleção destina-se a contratação temporária de 7 vagas em cargos de níveis médio e superior.
 
Os aptos habilitados irão atuar em jornadas de 20 e 40 horas semanais.
 
Cargos
Agente Financeiro, Agente de Recursos Humanos, Farmacêutico, Nutricionista, Professor, Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Tesouraria.
 
As inscrições serão realizadas via internet no site www.ietaconcursos.com, das 8h do dia 08 de janeiro até às 19h30min do dia 08 de fevereiro de 2015. 
 
Os inscritos serão selecionados por meio de Prova Objetiva, com data a ser informada antecipadamente.
 
O aviso do edital encontra-se publicado no Diário Oficial dos Municípios, edição de 7 de janeiro de 2015.

Exercícios físicos praticados pela mãe podem evitar hipertensão no filho

Foto: Daniela Xu / Agencia RBS
Crianças com mães ativas na gravidez tiveram menos reinscidência de hipertensão
 
Um estudo da Universidade de Michigan sugere que os hábitos de praticar exercícios de uma gestante podem reduzir as chances de que seu filho sofra com pressão arterial elevada.
 
_ Verificamos que o exercício pode, de alguma forma, alterar a atividade cardiovascular que ocorre no útero _ disse James Pivarnik, autor da pesquisa.
 
Esse fenômeno está ligado ao que é conhecido como a hipótese de origem fetal. A teoria sugere que, se algo acontece com a gestante, alterações permanentes podem afetar a saúde do bebê. Foram avaliadas 51 mulheres ao longo de cinco anos.
 
Os pesquisadores descobriram que a atividade física regular em um subconjunto dessas mulheres, especialmente durante o terceiro trimestre da gravidez, foi associada com menor pressão arterial em seus filhos.
 
A descoberta foi evidente quando a equipe de pesquisa descobriu que as crianças cujas mães ativas nas frequências recomendadas ou mais altas de exercícios físicos tiveram níveis significativamente mais baixos de pressão arterial sistólica entre oito e 10 anos.
 
Zero Hora

Os cuidados com o transporte de medicamentos

Anvisa obriga os distribuidores a assegurar que os produtos não corram riscos durante o transporte
 
O transporte refrigerado de medicamentos é hoje um segmento especializado no ramo de transportes. Exige cuidados e procedimentos de segurança para que o produto não corra riscos, especialmente se for posto sob temperatura inadequada, o que pode levá-lo a se deteriorar, colocando em situação de perigo possíveis pacientes que possam usá-lo inadvertidamente.
 
Para tanto, esse tipo de produto deve sempre ser transportado em embalagens térmicas bem qualificadas, que disponham de alta capacidade de resistência, de maneira que possam garantir a manutenção das propriedades do produto por um pré-determinado tempo. Para tanto, deve-se observar rigorosamente as recomendações contidas nos dizeres da embalagem do produto sobre a temperatura e os cuidados de conservação.
 
É de se lembrar que Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) obriga os distribuidores a assegurar que os produtos farmacêuticos ou farmoquímicos não sofram deterioração física ou decomposição química durante seu transporte para garantir a saúde pública. Como estabelece a Anvisa, é proibido o transporte de medicamentos, drogas e insumos com produtos radioativos ou tóxicos, como inseticidas, detergentes, lubrificantes e agrotóxicos.
 
Além disso, antes de chegar às prateleiras das farmácias, drogarias, clínicas e hospitais, os medicamentos precisam percorrer um itinerário previamente escolhido, evitando-se acidentes que possam afetar sua integridade, de modo que permaneçam inalteradas suas características intrínsecas.
 
De fato, essa preocupação deve ser ainda mais acentuada num país como o nosso em que a infraestrutura logística é deficiente e contribui decisivamente para colocar em risco a integridade do produto.
 
Guia da Farmácia

Sete dicas para evitar o pé diabético

Doença acontece quando há úlceras na região devido à má circulação sanguínea
 
Além do cuidado com a alimentação, as pessoas que sofrem algum tipo de diabetes devem redobrar a atenção com os pés. O pé diabético acontece quando há úlceras na região devido à má circulação sanguínea e níveis descontrolados de glicemia no organismo.
 
— Quem tem diabete deve observar os pés com mais frequência e procurar por pequenas feridas, áreas avermelhadas, alterações nas unhas, bolhas e mudança no formato dos pés. No caso de existir algum problema é importante procurar um médico — explica a cirurgiã vascular Karen Rigoni.
 
Veja sete dicas para evitar a doença:
 
1) Prestar atenção nos sintomas: quem tem diabete deve procurar um médico ao sentir perda de sensibilidade no local, dores, queimação nos pés e nas pernas, dormência e fraqueza nas pernas.
 
2) Realizar autoexame nos pés: é importante observar atentamente se há presença de rachaduras, cortes, calos, frieiras, alterações de cor e feridas. A dica é utilizar um espelho para conseguir examinar todo o pé.
 
3) Manter os pés limpos: uma forma de prevenir o pé diabético é manter a higiene para evitar rachaduras e feridas. A limpeza deve ser feita com água morna e a toalha deve ser macia. Evite esfregar a pele e mantenha os pés hidratados.
 
4) Ter cuidado na hora de usar meias: fuja dos tecidos sintéticos e nylon. Procure optar por meias de algodão ou lã.
 
5) Cortar das unhas com delicadeza: é importante lavar e secar muito bem as unhas. Para cortar, utilize um alicate apropriado e evite tirar a cutícula. Se surgir calos, procure um médico, não uma pedicure.
 
6) Ter atenção com os calçados: o ideal é que eles sejam confortáveis e que ofereçam firmeza aos pés. Para as mulheres, não abusar de salto alto (o ideal é que ele tenha 3 centímetros de altura e seja quadrado).
 
7) Fazer exames de rotina: para evitar maiores complicações, faça exames de rotina para verificar o nível de glicemia no organismo, prevenindo o pé diabético.
 
Mais dicas:
 
 
Zero Hora

Estudo norueguês relaciona atividade solar no momento do nascimento com expectativa de vida

Pesquisa afirma que pessoas que nasceram em períodos de atividades intensas do sol viveram menos
 
Um incomum estudo publicado nesta quarta-feira por pesquisadores noruegueses afirma que as pessoas nascidas em períodos de calmaria solar vivem mais que os nascidos durante atividade solar intensa.
 
Os indivíduos nascidos durante os períodos agitados do Sol, marcados por poderosas deflagrações e tempestades geomagnéticas, têm uma expectativa de vida menor, afirma a pesquisa.
 
Os pesquisadores compararam dados demográficos de noruegueses nascidos entre 1676 e 1878 com observações astronômicas do Sol e concluíram que "a atividade solar durante o nascimento reduz a probabilidade de sobrevivência na idade adulta" e, desta forma, a expectativa média de vida.
 
O estudo, publicado no jornal Proceedings of the Royal Society B, afirma que "em média, a esperança de vida de indivíduos nascidos durante os períodos de atividade solar máxima têm 5,2 anos a menos de esperança de vida em relação aos nascidos durante períodos de atividade solar mínima".
 
O Sol tem ciclos que duram cerca de 11 anos entre um período de maior atividade — o "máximo solar" — e o seguinte, mas há exceções notáveis.
 
Os máximos solares se caracterizam pelo incremento nas manchas solares, deflagrações e ejeções de massa capazes de afetar as comunicações de rádio e as redes de transmissão elétrica na Terra, danificar satélites e perturbar os instrumentos de navegação.
 
A atividade solar também está relacionada aos níveis de radiação ultravioleta, um fator com impacto comprovado nas capacidades reprodutivas e que causa danos celulares, inclusive no DNA, recorda o estudo.
 
Realizado pela Universidade de Ciências e Tecnologia da Noruega, o estudo é baseado em dados demográficos obtidos a partir dos registros de igrejas envolvendo 8,6 mil pessoas de duas comunidades diferentes da Noruega.
 
AFP / Zero Hora