Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 6 de março de 2013

Novo teste de respiração detecta câncer de estômago com mais de 90% de precisão

Hossam Haick, principal investigador do estudo
Hossam Haick, principal investigador do estudo
Abordagem rápida pode ser alternativa ao exame de endoscopia usado atualmente para diagnosticar cânceres gástricos
 
Cientistas do Technion-Israel Institute of Technology desenvolveram um novo teste de respiração rápido e simples capaz de diagnosticar o câncer de estômago.
 
A estratégia, que detecta nanopartículas, pode ser utilizada como alternativa à endoscopia, procedimento preciso, mas invasivo, que é usado para diagnosticar cânceres gástricos.
 
 
A equipe de pesquisa, em colaboração com pesquisadores da China, recolheu amostras de ar de 130 pacientes com uma variedade de problemas de estômago diferentes, bem como aqueles com câncer de estômago.
 
Eles descobriram que o sensor de nanomaterial obteve mais de 90% de sucesso na taxa de diferenciação entre tipos de câncer de estômago e condições benignas. O sensor de nanomaterial também foi mais de 90% precisos na detecção da diferença entre cânceres gástricos precoces e tardios.
 
O sensor detecta biomarcadores, perfil químico associado a problemas de estômago ou tipos específicos de câncer, no ar exalado.
 
Os investigadores esperam que o teste de respiração possa ser utilizado como uma alternativa ao exame invasivo de endoscopia.
 
"Os resultados promissores deste estudo inicial sugerem que o uso de um teste de respiração para diagnosticar câncer de estômago, assim como problemas benignos, pode ser uma alternativa futura para endoscopias, exame que pode ser caro e demorado, bem como desagradável para o paciente. No entanto, estes resultados estão em um estágio inicial e validações adicionais são necessárias. Na verdade, já estamos aproveitando o sucesso deste estudo com um estudo clínico de larga escala clínica", afirma o principal pesquisador Hossam Haick.
 
A equipe acredita que, se for comprovada a precisão suficiente, o teste de respiração apresenta uma nova possibilidade para a seleção de uma população de câncer de estômago, o que eles esperam que possa levar a um diagnóstico precoce da doença.
 
Fonte isaude.net

Idosos que jogam videogames relatam melhor bem-estar emocional

Jogar video game pode servir como atividade positiva associada ao envelhecimento bem sucedido
Jogar video game pode servir como atividade positiva
 associada ao envelhecimento bem sucedido
Resultados sugerem que o jogo pode servir como uma atividade positiva associada ao envelhecimento bem sucedido
 
Adultos mais velhos que jogam videogames relatam níveis mais elevados de bem-estar emocional. É o que revela estudo de pesquisadores da North Carolina State University, nos EUA.
 
O objetivo deste estudo foi examinar as diferenças no funcionamento psicológico, por exemplo, bem-estar, afeto, depressão e funcionamento social, entre adultos mais velhos que jogavam jogos digitais em comparação com aqueles idosos que não jogam videogame.
 
A equipe selecionou 140 pessoas com idades entre 63 anos e mais velhas e perguntou a eles quantas vezes jogavam videogame, se jogavam.
 
Os participantes foram divididos em três grupos (jogadores regulares, jogadores ocasionais e não jogadores). Cerca de 61% dos participantes do estudo era jogador regular ou ocasional.
 
Os participantes do estudo, em seguida, passaram por testes para avaliar o seu bem-estar emocional e social.
 
Diferenças entre os grupos foram encontradas no nível de bem-estar, afeto negativo, funcionamento social e depressão.
 
O estudo descobriu que os participantes que jogaram videogame, incluindo aqueles que só jogavam ocasionalmente, relataram níveis mais elevados de bem-estar. Aqueles que não jogavam relataram mais emoções negativas e uma tendência em direção a níveis mais elevados de sintomas depressivos.
 
Os resultados sugerem que o jogo pode servir como uma atividade positiva associada ao envelhecimento bem sucedido.
 
"A pesquisa sugere que há uma ligação entre os jogos de videogame e a melhoria do bem-estar e do funcionamento emocional de pessoas idosas. Estamos planejando estudos para determinar se os jogos digitais realmente melhora a saúde mental de adultos mais velhos", afirma Jason Allaire, principal autor de um artigo descrevendo o estudo.
 
 
Fonte isaude.net

Técnica de reprogramação melhora audição de usuários de implantes cocleares

René H. Gifford (a esq.) ajusta o processador de som externo
Foto: John Russell/Vanderbilt
René H. Gifford (a esq.) ajusta o processador de som externo
Método guiado por imagem aumenta a qualidade e a clareza dos sons para pessoas com perda auditiva grave
 
Pesquisadores da Vanderbilt University, nos EUA, desenvolveram uma forma de reprogramar os implantes cocleares que melhora a qualidade e a clareza da audição dos usuários.
 
"Nosso método automatizado guiado por imagem pode melhorar drasticamente a audição com um implante coclear, mesmo se o implante aconteceu há muito tempo", afirma o pesquisador Benoit M. Dawant.
 
Mais de 200 mil pessoas no mundo têm implantes cocleares e o número de destinatários recém-implantados está aumentando drasticamente a cada ano.
 
Os implantes cocleares restauram a audição para pessoas com perda auditiva grave a profunda. Os dispositivos utilizam uma combinação de eletrodos implantados cirurgicamente que estimulam as vias do nervo auditivo e um processador de som externo usado atrás da orelha para proporcionar sensações auditivas. Embora os implantes cocleares sejam considerados padrão de cuidados de tratamento a perda auditiva, a qualidade de audição não representa a fidelidade normal e alguns usuários podem experimentar apenas a restauração marginal da audiência.
 
Os implantes cocleares usam de 12 a 22 eletrodos, dependendo do fabricante do dispositivo. Embora os eletrodos implantados possam ser vistos em uma tomografia computadorizada, as células nervosas que eles estimulam não são facilmente identificadas devido à sua localização e tamanho microscópico. Tradicionalmente, todos os eletrodos são ligados e programados para estimular as células nervosas circundantes. Este modelo único pode resultar em uma audiência menos clara quando eletrodos adjacentes estimulam a mesma região das células nervosas. Para complicar, o desafio é que a estrutura anatômica de cada pessoa varia e, portanto, cada implante deve ser programado em uma abordagem global, processo que consome tempo no pós-operatório.
 
O novo projeto incluiu várias etapas. Uma delas foi determinar um método confiável de localizar as células nervosas do gânglio espiral (que se conectar ao nervo auditivo), mapeando a anatomia coclear externa correspondente utilizando um modelo de forma estatística e determinar a posição dos eletrodos em relação a estas células nervosas.
 
Atingindo este objetivo, o passo seguinte foi desenvolver uma técnica que utiliza as informações para gerar um plano personalizado para a programação do implante coclear pós-operatório que poderia ser implementado por fonoaudiólogos em qualquer paciente.
 
A nova técnica usa tomografias dos pacientes tiradas no pré e pós-operatório para determinar a localização dos eletrodos implantados e onde ocorre a sobreposição, possivelmente causando interferências na transmissão de sinais.
 
A estratégia guiada por imagem e software, então identifica quais eletrodos podem ser desligados sem perda da fidelidade da audição fidelidade. Um audiologista usa este plano de programação para criar um mapa personalizado para a pessoa. O processo é completamente não invasivo, pois não é necessária nenhuma cirurgia e pode ser realizado em consultórios médicos.
 
A nova programação visa melhorar a qualidade do som e a resolução espectral (seletividade de frequência). "A resolução espectral é basicamente a capacidade de tirar um som complexo e dividi-lo em seus componentes individuais. É algo que fazemos muito bem com a audição normal e é algo que o ouvido com audição elétrica por meio de implante faz mal", afirma a pesquisadora René H. Gifford.
 
A participante Kelly Harris revela que a reprogramação melhorou sua audiência tanto quanto a obtenção do implante em primeiro lugar. "Eu amo isso. Quando saí da clínica no dia em que René mudou o programa, eu imediatamente sabia que poderia ouvir melhor. Antes da reprogramação, eu nunca soube em que direção o som vinha. Ontem à noite, um amigo meu pensou que minha TV estava fazendo um barulho e eu sabia que ele estava vindo de outra direção. Também estou ouvindo muito mais sons suaves e ainda mais música", relata.
 
O projeto continua a inscrever novos participantes. Atualmente, eles estão recrutando adultos, embora Gifford acredite que as crianças, em particular, se beneficiarão da nova programação.
 
Fonte isaude.net

Substância inédita no combate ao câncer é encontrada em planta amazônica

Puruí-grande-da-mata pertence à família Rubiaceae - a mesma do café -, e possui um fruto comestível, porém não muito consumido
Puruí-grande-da-mata pertence à família Rubiaceae
- a mesma do café -, e possui um fruto comestível,
porém não muito consumido
Patente já foi depositada pelo Inpa. Alcalóide encontrado foi extraído da planta conhecida como puruí-grande-da-mata
 
Após sete anos de estudo, a pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), Cecília Veronica Nunez, reconheceu em uma planta amazônica um alcaloide que possui potencial anticancerígeno. Em 2012, a substância fez parte da lista de patentes depositadas pelo Instituto.
 
O alcalóide encontrado foi extraído da planta Duroia macrophylla, popularmente conhecida como puruí-grande-da-mata. A espécie pertence à família Rubiaceae (a mesma do café) e possui um fruto comestível, porém não muito consumido. " Eu quis conhecer o potencial biológico das espécies amazônicas. Então com esse objetivo, coletei diversas plantas, não só da família Rubiaceae, mas de outras famílias de vegetais e esse extrato mostrou uma grande atividade" , explica.
 
De acordo com Nunez, esse foi o primeiro estudo com a espécie. " Essa planta nunca teve nenhum estudo químico realizado. Muita gente fala sobre a floresta amazônica conter um grande potencial biológico e eu posso realmente afirmar que temos um potencial químico-biológico enorme. Ela forneceu um alcaloide inédito na literatura. Existe já o esqueleto, mas a posição como a estrutura está ligada é inédita, então ainda tem muita coisa a ser descoberta" , afirma.
 
A pesquisadora explica que os alcaloides não são produzidos igualmente pelas plantas, há apenas algumas famílias de vegetais que os produzem, além de alguns micro-organismos e animais. " Este alcaloide específico deu atividades sobre células tumorais de Leucemia humana, Adenocarcinoma gástrico (câncer de estômago) e Melanoma (câncer de pele), isso por enquanto em linhagens em células, ou seja, o ensaio in vitro.

Testes
Segundo a cientista, ainda é cedo para dizer que a substância poderá ser usada em tratamentos contra as doenças, pois é preciso realizar os ensaios de todas as etapas pré-clínica e clínica. " Pela alta atividade que esse alcaloide apresentou e pela baixa toxicidade em células sadias, existe um potencial muito grande, mas é prematuro dizer para já se utilizar a planta (em tratamentos)" , diz.
 
Ainda em andamento, a pesquisa está dividida em duas frentes: a primeira é o estudo da planta para encontrar outros alcaloides minoritários com possíveis atividades ainda maiores e a segunda é a tentativa de obtenção da cultura de células da planta para uma produção maior deste alcaloide, já que a planta o produz em pequena quantidade, insuficiente ainda para passar às etapas in vivo. " Deu muito trabalho realizar o isolamento e a identificação estrutural do alcaloide, mas foi muito bom poder encontrar uma substância com esse potencial" , avaliou a pesquisadora.
 
Fonte isaude.net

Pesquisa aconselha redução da vida útil de sangue armazenado para três semanas

Glóbulos vermelhos de sangues armazenados por muito tempo perdem a flexibilidade necessária para passar através de pequenos capilares do corpo
Glóbulos vermelhos de sangues armazenados por muito tempo
perdem a flexibilidade necessária para passar através
de pequenos capilares do corpo
Células vermelhas começam a perder capacidade de fornecer oxigênio após esse período. Prática atual recomenda até seis semanas
 
Estudo de pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos EUA, acrescenta novas evidências à ideia de que o tempo de armazenamento de sangue usado em transfusões não deve ultrapassar três semanas.
 
A pesquisa revela que as células vermelhas do sangue armazenadas por mais de três semanas começam a perder a capacidade de fornecer células ricas em oxigênio para onde podem ser mais necessárias.
 
Segundo os investigadores, os glóbulos vermelhos em sangues armazenados por muito tempo perdem gradualmente a flexibilidade necessária para passar através de pequenos capilares do corpo para fornecer oxigênio para os tecidos. Além disso, a capacidade não é recuperada após a transfusão em pacientes durante ou após a cirurgia.
 
"Há mais e mais informações nos dizendo que a vida do sangue armazenado não pode ser de seis semanas, que é o que os bancos de sangue consideram padrão. Se eu fosse fazer uma cirurgia amanhã, eu gostaria de receber sangue mais fresco", afirma o líder do estudo, Steven M. Frank.
 
Frank reconhece que os bancos de sangue não têm sangue fresco suficiente para todos, e que os períodos mais curtos de armazenamento resultariam em menos sangue disponível. No entanto, ele afirma que a prática corrente de armazenamento de sangue para transfusão por até seis semanas pode ter de ser reconsiderada.
 
Pesquisas anteriores mostraram que pacientes de cirurgia cardíaca que receberam sangue armazenado por mais de três semanas eram quase duas vezes mais propensos a morrer do que pacientes que receberam sangue que havia sido guardado por apenas 10 dias.
 
Para o estudo recente, Frank e seus colegas recrutaram 16 pacientes agendados para receber uma cirurgia de fusão espinhal, operação que normalmente requer transfusões de sangue.
 
Seis dos pacientes receberam cinco ou mais unidades de sangue, enquanto 10 necessitaram de três ou menos unidades. Os pesquisadores usaram amostras de cada saco de sangue usado, 53 no total, e mediram a flexibilidade das células vermelhas do sangue. O que eles descobriram é que o sangue com mais de três semanas foi mais propenso a ter membranas das hemácias menos flexíveis, condição que pode tornar mais difícil para o sangue fornecer oxigênio.
 
A equipe também recolheu amostras de sangue de pacientes três dias após a cirurgia. Mesmo que as células do sangue estivessem fora do armazenamento e tenham sido devolvidas a ambientes biológicos com pH adequado (acidez), eletrólitos e níveis de oxigênio, o prejuízo para as células vermelhas não era reversível e parecia ser permanente. "As células do sangue permanecem danificadas até o seu limite de ciclo de vida, que é de até 120 dias", ressalta Frank.
 
Frank também observou que os pacientes do estudo que receberam menos unidades de sangue tinham células vermelhas saudáveis em geral, mesmo que o sangue fosse mais velho. Segundo Frank, é provável que uma pequena quantidade destas células danificadas não faça tanta diferença quanto quando um grande número de células danificadas está presente.
 
 
Fonte isaude.net

Lixo representa quase metade dos criadouros do mosquito da dengue no PR

O importante é evitar o acúmulo de água que facilita o
ciclo de desenvolvimento do Aedes aegypti
Maioria é reciclável, como recipientes plásticos, garrafas e latas. Secretaria alerta para campanhas de conscientização´
 
No estado do Paraná, 45% dos criadouros do Aedes aegypti encontrados em 2012 era considerado lixo ou outro tipo de resíduo sólido. A maioria é reciclável, como recipientes plásticos, garrafas e latas. Os dados foram levantados pela Secretaria Estadual de Saúde, que reforçou a necessidade de campanhas para estimular a separação adequada do lixo pelos moradores nos municípios.
 
A pesquisa apontou que os vasos e pratos de plantas, bebedouros de animais e outros depósitos móveis correspondiam a 21% do total de criadouros em 2012. " Eventualmente o mosquito deposita seus ovos nestes locais. O importante é evitar o acúmulo de água que facilita o ciclo de desenvolvimento do Aedes aegypti" , disse o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz.
 
Segundo informou a Secretaria de Saúde, com as chuvas diárias que vem ocorrendo em algumas regiões do estado, o número de criadouros do mosquito tendem a aumentar se não houver um cuidado constante com a limpeza de quintais, lajes e calhas.
 
Nestes primeiros meses de 2013 o Paraná já registra 95 municípios com índices de infestação superiores a 4%, o que significa que a cada 100 residências visitadas, ao menos quatro tinham larvas do mosquito.
 
O boletim da dengue desta semana informa a ocorrência 7.388 casos da doença no Paraná desde agosto de 2012. Neste período foram contabilizados 33 casos graves de dengue e seis mortes. Ao todo, 126 municípios já apresentaram casos autóctones de dengue, sendo Paranavaí (1.876), Peabiru (982), São Carlos do Ivaí (723), Fênix (312), Maringá (303) e Campo Mourão (249), os que concentram o maior número de casos.
 
Segundo a Sala de Situação da Dengue, também subiu para 20 o número de cidades em situação epidêmica, ou seja, com incidência superior a 300 casos para cada 100 mil habitantes. São eles: São Carlos do Ivaí, Peabiru, Fênix, Japurá, Paranavaí, Santa Fé, Quinta do Sol, Terra Rica, Tamboara, Primeiro de Maio, São João do Caiuá, Formosa do Oeste, Engenheiro Beltrão, Ivatuba, Santa Mônica, Inajá, Nova Santa Rosa, Alto Paraná, Itaúna do Sul e Mirador.
 
Com informações da SES
 
Fonte isaude.net

Eletrodos detectam ritmos cerebrais anormais associados com o Parkinson

Pesquisadores descobriram como detectar ritmos cerebrais anormais associados a doença de Parkinson
Pesquisadores descobriram como detectar ritmos cerebrais
 anormais associados a doença de Parkinson
Descoberta pode levar à próxima geração de dispositivos de estimulação cerebral para monitorar e aliviar sintomas da doença
 
Cientistas da Universidade da Califórnia, San Francisco , nos EUA, descobriram como detectar ritmos cerebrais anormais associados com o Parkinson através da implantação de eletrodos dentro do cérebro de pessoas com a doença.
 
O trabalho pode levar ao desenvolvimento da próxima geração de dispositivos de estimulação cerebral para monitorar e aliviar os sintomas de pessoas com a condição.
 
A pesquisa lança luz sobre como a doença de Parkinson afeta o cérebro, e representa a primeira vez que alguém foi capaz de medir um sinal quantitativo da doença dentro do córtex cerebral, camada mais externa do cérebro que ajuda a guiar a memória, movimento físico e a consciência.
 
 
"Normalmente, as células individuais do cérebro estão funcionando de forma independente a maior parte do tempo, trabalhando em conjunto apenas para tarefas específicas. Mas, na doença de Parkinson, muitas células cerebrais exibem "sincronização excessiva", sendo disparadas em sincronia de forma inapropriada a maior parte do tempo", explica o autor sênior da pesquisa Philip Starr.
 
Segundo Starr, esta sincronização excessiva conduz a problemas de movimento e outros sintomas característicos da doença.
 
O novo trabalho mostra também como a estimulação cerebral profunda (DBS), que eletriza regiões mais profundas no cérebro, abaixo do córtex, pode afetar o córtex. Esta descoberta pode mudar como a DBS é utilizada no tratamento de Parkinson e outras desordens do movimento com base neurológica, além de ajudar a refinar a técnica para outros tipos de tratamento.

O estudo
Semelhante a colocar um marca-passo dentro do peito de um paciente do coração, a estimulação cerebral profunda requer o implante de eletrodos dentro de pequenas partes do cérebro para fornecer a corrente elétrica.
 
Em casos de Parkinson, esses eletrodos são implantados geralmente em pessoas com a fase intermediária da doença que não obtém benefícios de medicamentos.
 
Nessas pessoas, a estimulação cerebral profunda combate os problemas de mobilidade graves e outros sintomas, ajudando-as a viver com função motora melhor durante muitos anos. Eventualmente, no entanto, a natureza progressiva da doença de Parkinson supera a capacidade de estimulação cerebral profunda para aliviar os sintomas.
 
Segundo Starr, o estranho é que ninguém entende como a estimulação profunda do cérebro trabalha exatamente. A hipótese mais aceita é que ela alivia os sintomas, substituindo os circuitos anormais e defeituosos do cérebro, da mesma forma que diminuir o ruído pode aumentar a fidelidade de uma gravação musical.
 
O novo trabalho apoia essa hipótese. Trabalhando com 16 pacientes com doença de Parkinson e nove com distonia cervical em tratamento neurocirúrgico ao longo dos últimos três anos, Starr e seus colegas mostraram claramente como detectar a sincronização excessiva do cérebro na superfície cerebral em pessoas com doença de Parkinson.
 
A pesquisa mostrou que a estimulação cerebral profundo pode devolver essas células da superfície ao seu estado independente, eliminando a sincronização inapropriada.
 
Os pacientes no estudo tiveram eletrodos flexíveis colocados sobre a superfície do cérebro durante algumas horas durante a cirurgia, além de receber eletrodos profundos implantados para a estimulação cerebral de longo prazo.
 
A equipe então comparou as gravações de superfície do cérebro de 25 pacientes com outras nove pessoas que foram submetidos à cirurgia para epilepsia e não tinham padrões cerebrais anormais enquanto não estavam tendo convulsões.
 
"A capacidade de monitorar a sincronização cerebral excessiva na superfície do cérebro mostra o caminho para a próxima geração de estimuladores cerebrais que seriam mais sofisticados", observa Starr. Atualmente a maioria dos dispositivos implantados em pacientes entrega estimulação elétrica contínua. Mas marcapassos cardíacos modernos entregam corrente apenas quando necessário.
 
Se os implantes de DBS puderem ser feitos para detectar um sinal anormal na superfície do cérebro e entregar a sua estimulação eléctrica apenas quando necessário, eles podem funcionar melhor, exigir muito menos trabalho de clínicos para ajustar as configurações do estimulador, e ser capaz de ajustar automaticamente a níveis de estimulação para coincidir com as alterações nos sintomas do paciente.
 
O próximo passo, segundo Starr, será encontrar formas de detectar esses sinais automaticamente com um dispositivo DBS implantado de modo que o estimulador cerebral elétrico responda automaticamente às necessidades do paciente.
 
Fonte isaude.net

Colonoscopia pode reduzir risco de câncer de cólon avançado em 70%

Exame feito até 10 anos antes da manifestação da doença pode impedir desenvolvimento do cancro
 
Um novo estudo descobriu que grupos de risco para câncer de cólon - que começa no intestino grosso (cólon) ou no reto (extremidade do cólon) - podem reduzir as chances de aparecimento da doença em fase avançada fazendo o exame de colonoscopia. O trabalho foi liderado por um pesquisador do departamento de medicina familiar na Universidade da Pensilvânia (EUA). Os resultados foram publicados dia 5 de março no periódico Annals of Internal Medicine.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de cólon e reto é o quarto mais incidente no Brasil, ficando atrás do câncer da pele não melanoma, tumores de próstata e tumores na mama feminina. Estima-se que sejam identificados 30 mil novos casos esse ano, sendo 14 mil entre os homens e 16 mil para o sexo feminino.

A colonoscopia examina o interior do intestino grosso por meio da introdução de um tubo flexível com uma câmera na ponta por dentro do órgão. O teste permite ao médico identificar pólipo colorretal, que pode evoluir para um cancro. Outro exame feito para detectar esse tipo de câncer é sigmoidoscopia, um procedimento menos invasivo, que permite ao médico olhar apenas para a parte do intestino grosso mais próxima do reto.

Os autores revisaram os registros de mais de 1.000 pacientes com idades entre 55 e 85 anos que apresentam médio risco para câncer de cólon. Foram identificadas 474 pessoas com fase final do câncer, que tiveram seu histórico médico analisado a fim de identificar se elas haviam feito uma colonoscopia ou sigmoidoscopia nos últimos 10 anos. Em seguida, eles compararam essas pessoas com os 538 pacientes do grupo de controle, para identificar uma associação entre a realização dos exames e o risco de desenvolver câncer.

Após a análise, os cientistas concluíram que o exame de colonoscopia feito precocemente - até dez anos antes da manifestação da doença - em grupos de risco reduzia em 70% a chance de câncer de cólon avançado. Isso se dava porque o procedimento precoce conseguia identificar os tumores em fase pré-cancerosa, permitindo o tratamento antes que se agravasse. Já a sigmoidoscopia foi associada a uma redução de cânceres no intestino grosso, mas não diretamente no cólon.

Os estudiosos afirmam que a colonoscopia é realmente eficaz para a detecção precoce de câncer de cólon, mas que se trata de um exame muito invasivo e não há a necessidade de fazê-lo com frequência. Os pesquisadores recomendam três procedimentos para grupos de risco: um de teste de sangue oculto nas fezes a cada ano, uma sigmoidoscopia a cada cinco anos e uma colonoscopia a cada 10 anos.

Diminua o risco de câncer com mudanças na alimentação
Entre os principais fatores de risco para o câncer de cólon, estão: idade avançada, histórico de câncer em outras partes do corpo ou doença inflamatória intestinal e dieta inadequada. O nutricionista Fábio Gomes, do INCA, explica que muitos alimentos possuem fatores mutagênicos, ou seja, lesam as células humanas e alteram o material genético que existe dentro dela. "Esse processo leva a uma multiplicação celular muito maior do que o normal e, em consequência, pode aparecer um tumor", afirma o profissional. Muitos desses alimentos não apresentam qualquer benefício à saúde e podem ser facilmente riscados do cardápio.
 
Veja quais são a seguir e modere no consumo:
 
Salsicha - foto: Getty ImagesCarnes processadas
Linguiça, salsicha, bacon e até o peito de peru contêm quantidades consideráveis de nitritos e nitratos. Essas substâncias, em contato com o estômago, viram nitrosaminas, substâncias consideradas mutagênicas, capazes de promover mutação do material genético.

"A multiplicação celular passa a ser desordenada devido ao dano causado ao material genético da célula. Esse processo leva à formação de tumores, principalmente do trato gastrointestinal", explica Fábio Gomes.

A recomendação do especialista é evitar esses alimentos, que não contribuem em nada com a saúde.

Refrigerante - foto: Getty ImagesRefrigerantes
A bebida gaseificada, além de conter muito sal em forma de sódio, possui adoçantes associados ao aparecimento de câncer. O ciclamato de sódio, por exemplo, é proibido nos Estados Unidos, mas ainda é utilizado no Brasil, principalmente em refrigerantes "zero". "Essa substância aumenta o risco de aparecimento de câncer no trato urinário", conta Fábio Gomes.

Quanto aos adoçantes que podem ser adicionados à comida ou à bebida, o nutricionista diz que ainda não há comprovação científica. "O ideal é que o adoçante seja usado de forma equilibrada, pois é um produto destinado a pessoas com diabetes e não deve ser consumido em excesso pela população em geral", aponta.
 
Carne gordurosa - foto: Getty ImagesAlimentos gordurosos
Fábio Gomes explica que não é exatamente a gordura a principal responsável pelo aparecimento de câncer, e sim a quantidade de calorias que ela agrega ao alimento. A comida muito gordurosa é densamente calórica, ou seja, tem mais que 225 calorias a cada 100 gramas do alimento. "Por esses alimentos geralmente serem pobres em nutrientes, é preciso ingeri-los em grandes quantidades para obter saciedade, o que leva ao superconsumo", conta o nutricionista do INCA.

Em excesso, esses alimentos provocam obesidade, que é fator de risco para câncer de pâncreas, vesícula biliar, esôfago, mama e rins. A célula de gordura libera substâncias inflamatórias, principalmente hormônios que levam a alterações no DNA e na reprodução celular, como o estrogênio, a insulina e um chamado de fator de crescimento tumoral. 
 
Alimentos ricos em sal - foto: Getty ImagesAlimentos ricos em sal
"Se ingerido em quantidade maior do que cinco gramas por dia, o sal pode lesar as células que estão na parede do estômago", explica o nutricionista Vinicius Trevisani, do Instituto do Câncer de São Paulo. Essa agressão gera alterações celulares que podem levar ao aparecimento de tumores.

Procure evitar alimentos ricos em sal ou mesmo aqueles que usam sal para aumentar o tempo de conservação, como os congelados e os comprados prontos que só precisam ser aquecidos.

Entram nessa lista: carne seca, bacalhau, refrigerantes, pizzas congeladas, iscas de frango empanadas congeladas, macarrão instantâneo, salgadinhos de pacote, entre outros.
 
Churrasco - foto: Getty ImagesChurrasco
Na fumaça do carvão há dois componentes cancerígenos: o alcatrão e o hidrocarboneto policíclico aromático. "Ambos estão presentes na fumaça e impregnam o alimento que é preparado na churrasqueira", explica Fábio Gomes. "Eles também possuem fatores mutagênicos que levam ao aparecimento de tumores." 
 
Junkie food - foto: Getty ImagesDieta pobre em fibras
O nutricionista Vinicius Trevisani explica que o intestino se beneficia muito pelo consumo adequado de fibras.
 
Elas garantem um bom trânsito intestinal, de modo a eliminar os ácidos biliares secundários, um produto da digestão presente no intestino. Isso evita a agressão às células do intestino e a multiplicação celular descontrolada.  
 
Hamburguer na chapa - foto: Getty ImagesPreparo com altas temperaturas
Alimentos fritos ou grelhados também incorporam algumas substâncias cancerígenas. Ao colocar o alimento cru em óleo ou chapa muito quentes (com temperatura aproximada de 300 a 400°C), são formadas aminas heterocíclicas - substâncias que contêm fatores mutagênicos e estimulam a formação de tumores.

O nutricionista Fábio recomenda preparar as carnes ensopadas - modo de cozimento em que não há nenhuma formação de aminas-, ou ainda prepará-las no forno. Dessa maneira, a temperatura do alimento aumenta gradualmente e não chega a níveis tão altos.  
 
Fonte R7

Cisto sebáceo

image
Cisto sebáceo no lóbulo da orelha
Couro cabeludo, rosto e até genitais são locais onde os cisto sebáceos costumam aparecer
 
Também conhecidos como cistos epidérmicos ou queratinosos, os carocinhos que nascem abaixo da superficie da pele são formados por materiais gordurosos, os sebuns.
 
Não tem teor maligno e não necessitam de tratamento médico, mas,  se evoluirem de tamanho, podem infeccionar. Neste caso o médico pode recomendar a extração.
 
Mesmo que não sejam perigosos, quando os cistos sebáceosa aparecem, convém passar por um exame médico para afastar qualquer dúvida sobre uma possível malignidade no nódulo.
 
Não se deve tentar espremer os cistos, pois isso pode causar uma ruptura de sua cápsula e provocar uma eliminação de seu conteúdo dentro da pele, gerando inflamação e dor.
 
O médico também pode tratar um cisto sebáceo fazendo uma punção da parte mais elevada com agulha ou cortando essa parte com o auxílio de um bisturi e, em seguida, espremendo o seu conteúdo. No entanto, a menos que os cistos grandes sejam completamente removidos, eles podem reaparecer.
 
Fonte R7

Especialistas testam novo medicamento, menos tóxico, contra doença de Chagas

A doença, que é transmitida através de um parasita, provoca
 problemas cardíacos e digestivos, e atualmente só é possível
tratá-lacom dois remédios com muitos efeitos colaterais
Um grupo de pesquisadores espanhóis e bolivianos trabalha em um novo medicamento, menos tóxico, contra a doença de Chagas, um mal original da América Latina que afeta cerca de 10 milhões de pessoas
 
A doença, que é transmitida através de um parasita, provoca problemas cardíacos e digestivos, e atualmente só é possível tratá-la com dois remédios com muitos efeitos colaterais. O diretor de Doenças Tropicais Desatendidas do Instituto Saúde Global, Joaquim Gascón, explicou à Agência Efe que o teste do novo remédio, denominado "E1224", se encontra em fase experimental - ou seja, já é testado em pessoas- na Bolívia.
 
Gascón disse que no final deste ano, e se os testes tiverem um resultado positivo, espera contar já com um novo remédio que permita tratar a doença em menos tempo (atualmente os pacientes necessitam serem medicados durante dois meses), e que seja efetivo tanto na fase inicial como na avançada da doença, e com menos efeitos adversos.
 
A doença de Chagas é considerada silenciosa, porque é possível que uma pessoa passe 20 anos sem desenvolver os primeiros sintomas, e esquecida, porque desde os anos 60 não se desenvolvem novos remédios para tratá-la. Esta doença tropical é produzida por um parasita, o Trypanosoma Cruzi.
 
Ele está presente no barbeiro, um inseto que se infectado, ao picar uma pessoa, transmite a doença. Além da picada, outras formas de contrair a doença é através de transfusões de sangue e transplantes de órgãos de pessoas infectadas, assim como de mães para filhos durante a gravidez.
 
A maior incidência da doença é nos países latino-americanos, onde há cerca de oito milhões de pessoas infectadas, especialmente na Bolívia, onde 10% da população sofre com a doença e em algumas zonas rurais, a porcentagem chega a 60%, afirmou à Agência Efe o catedrático de Parasitologia da Universidade Maior de San Simón de Cochabamba (Bolívia), Faustino Torrico. No entanto, a imigração provocou que também fossem registrados casos na Europa, e na Espanha, calcula-se que haja entre 50 mil e 70 mil pessoas infectadas.
 
Os medicamentos atuais para tratar a doença provocam efeitos colaterais, como problemas no sistema nervoso e erupções cutâneas, por isso que "10% dos pacientes têm que abandonar o tratamento", disse Gascón, que também dirige a seção de Medicina Tropical do Hospital Clínic de Barcelona. Além disso, os remédios que são utilizados na atualidade são eficazes no início da doença, mas não há evidências científicas de que sejam quando a doença já está mais desenvolvida.
 
A doença de Chagas apresenta, além disso, outra dificuldade, que consiste em ter o diagnóstico certo, já que os sintomas são pouco específicos e podem ser confundidos com outras doenças. "Inclusive, frequentemente os médicos acham que não se pode fazer nada contra o Chagas e esperam que os doentes desenvolvam os primeiros sintomas para tratá-los", afirmou Torrico.
 
Segundo os especialistas, já houve vários avanços na prevenção da doença, já que foram reduzidos os focos e há um controle nos doadores de sangue e de órgãos, embora a cada ano haja 50 mil novos casos de doença de Chagas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fonte R7

Carambola

Com o calor que ainda está fazendo, nada melhor do que comer essa deliciosa frutinha para se refrescar
 
Além de possuir pouquíssimas calorias (aproximadamente 35 calorias em cada 100g), ela traz muitos benefícios para o nosso corpo. É rica em sais minerais (cálcio, ferro e fósforo) e em vitaminas A, C e do complexo B.
 
A frutinha em forma de estrela é um maravilhoso antioxidante, porque possui polifenois que ajudam a proteger as células contra a ação dos radicais livres e colaboram ainda na prevenção do envelhecimento precoce da pele, ajudando na preservação da aparência.
 
Além de consumida in natura, você pode fazer tortas, compotas, geleias, saladas e sucos com a carambola. Porém, pessoas que tem problemas renais devem evitar consumir a fruta.
 
A carambola contém uma neurotoxina que é muito prejudicial para quem sofre dos rins, podendo provocar náuseas, vômitos e até mesmo confusão mental. As demais pessoas podem comer a vontade.
 
Fonte R7

Retinopatia Diabética

A doença, provocada por portadores de diabetes melittus, é uma das principais causas de cegueira entre adultos.
 
A diabetes acaba por afetar os vasos sanguíneos do olho, causando estreitamento, hemorragias e infiltração de gordura na retina.
 
Até então o tratamento cirurgico era o mais recomendado para os casos de retinoplatia diabética, mas um novo estudo pode trazer esperança para os portadores da doença.
 
No estudo, realizado pela University Of Georgia College of Fharmacy, cientistas trataram ratos diabéticos com uma substância denominada estatina, que previne a deterioração de nervos da retina causada por radicais livres.
 
A retinoplatia diabética se caracteriza pelos sintomas: visão embaçada, cegueira noturna, visão dupla, perda de visão periférica, dificuldade de leitura e sensação de peso nos olhos.
 
Para prevenir a doença é necessário um rigido controle da glicose sanguínea e da pressão arterial que também pode danificar os vasos sanguíneos da retina.
 
Fonte R7

Ikea retira do mercado bolos de amêndoa com coliformes fecais

As alfândegas chinesas interceptaram e destruíram,
em dezembro, 1.800 desses bolos de amêndoa com
chocolate chamados Taarta Chokladkrokant
O grupo sueco de móveis Ikea retirou nesta terça-feira de seus restaurantes em 23 países lotes de bolos de amêndoa depois que as autoridades sanitárias constataram a presença de coliformes fecais em sua composição.
 
A Ikea indicou à AFP que tomou a decisão depois que as alfândegas chinesas interceptaram e destruíram, em dezembro, 1.800 desses bolos de amêndoa com chocolate chamados Taarta Chokladkrokant.
 
Os bolos em questão foram produzidos por uma fábrica sueca, a Almondy.
 
Uma porta-voz da Ikea, Ylva Magnusson, destacou que o nível de concentração das bactérias não representa um perigo grave para a saúde pública.
 
No final de fevereiro, a Ikea retirou do mercado em 25 países suas almôndegas, após a descoberta da presença de carne de cavalo em sua composição.
 
Fonte R7

Na Índia, 80% das águas residuais terminam sem tratamento nos rios

Pessoas se banham nas águas poluídas do Rio Ganges
Na Índia, 80% das águas residuais acabam indo parar sem receber tratamento algum nos rios e nas camadas freáticas, principais fontes de água potável para milhões de pessoas no país, revelou nesta terça-feira um estudo publicado por uma ONG local.
 
As cidades indianas, em contínuo crescimento, produzem diariamente cerca de 40 bilhões de litros de águas residuais, domésticas ou industriais. Dessa quantidade, apenas 20% são tratadas, segundo um novo relatório do Centre for Science and Environment (CSE).
 
Por falta de leis e de sensibilização, essas águas não tratadas são vertidas nos rios e, depois, se infiltram nas camadas freáticas, afirma o informe, que adverte que esse problema é "uma bomba relógio".
 
Fonte R7

Anvisa define regras para clínicas de endoscopia

As exigências da resolução variam de acordo
 com a complexidade do serviço
Texto define desde a infraestrutura mínima até procedimentos de limpeza dos instrumentos
 
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou na segunda-feira (4) regras para funcionamento de clínicas de endoscopia. O texto define desde a infraestrutura mínima necessária nos serviços até procedimentos de limpeza dos instrumentos usados. Quando a desinfecção não é feita de forma adequada, o paciente fica exposto a uma série de infecções, como hepatites B e C.

As exigências da resolução variam de acordo com a complexidade do serviço. Nas clínicas que passarão a ser classificadas como de tipo 1, em que o procedimento é feito sem sedação ou com anestesia tópica, a infraestrutura é mais simples. Não é exigida, por exemplo, a existência de uma sala de recuperação para o paciente.

Além de regras de funcionamento, a resolução determina que as empresas mantenham um registro de todos os procedimentos, incluindo as intercorrências - algo que, de acordo com a Anvisa, pode conferir maior rastreabilidade para o sistema. Os serviços terão de trazer ainda um Procedimento Operacional Padrão, um documento, aprovado pelo responsável, com detalhes sobre todas as etapas de processamento de equipamentos e acessórios utilizados nos procedimentos.

Regras para funcionamento das clínicas vêm sendo discutidas há pelo menos dois anos. Há um consenso entre especialistas de que nem todas as clínicas que fazem o exame seguem as medidas de limpeza, que vão da lavagem cuidadosa do endoscópio ao uso de um produto saneante, encarregado de eliminar os micro-organismos.

Dados internacionais estimam que o risco de infecção contraída em endoscopias é de 1 caso a cada 1 milhão de exames. A estatística, no entanto, é vista com cuidado, porque é difícil comprovar a relação entre infecção e exame. Muitas vezes, o paciente descobre a infecção tempos depois da realização do exame - o que acaba dificultando a conexão entre a origem da contaminação.

Os serviços terão três meses para fazer as adaptações para exigências contidas na resolução. Para algumas mudanças, como a criação de uma sala de recuperação, o prazo é maior: um ano. Os serviços que forem abertos a partir da resolução terão de atender todas as exigências. A endoscopia é um exame diagnóstico usado na gastroenterologia, ginecologia, otorrino, urologia e pneumologia. O exame é feito por vias naturais do corpo humano ao contrário da laparoscopia em que é feito um corte para a realização do exame.
 
Fonte R7

Avon recolherá xampu que está fora do padrão da Anvisa

Fica suspensa comércio e uso do Avon Care Shampoo Hidratante e Maciez
 
Uma resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informa que um xampu da Avon será recolhido, voluntariamente, pela empresa por apresentar contagem microbiológica acima dos limites de controle estabelecidos pela Agência.
 
Fica suspensa a distribuição, comércio e uso de todas as unidades do cosmético Avon Care Shampoo Hidratante e Maciez (FS 87694), lote nº LP 3182.
 
A Anvisa informa também que suspendeu a fabricação, distribuição, comercialização e o uso do produto banha de carneiro, fabricado pela Pup Lyne Cosméticos Indústria e Comércio Ltda., empresa localizada em São Paulo.
 
A decisão de suspender o produto em todo o País foi tomada porque a empresa não é registrada pela agência. Todos os produtos disponíveis no mercado deverão ser recolhidos pela fabricante.
 
Fonte R7

Consumidor tem 10 anos para pedir ressarcimento de cobertura negada

O consumidor tem prazo de dez anos para pedir ressarcimento de cobertura negada por plano de saúde.
 
A decisão é da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No caso julgado que levou à essa decisão, informa o tribunal, o autor realizou despesas com cirurgia cardíaca para implantação de stent (tipo de mola flexível que mantém as paredes da artéria abertas, desobstruindo a passagem do sangue), porque a Golden Cross se negou a autorizar o procedimento. A empresa, na contestação, afirmou que os implantes estariam excluídos de cobertura contratual. Ainda cabe recurso.

O STJ explica que, em primeiro grau, o segurado não teve sucesso no questionamento. Decidiu, então, apelar da decisão, mas o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) manteve o entendimento de que a hipótese era regida por uma regra do Código Civil que aponta prescrição em três anos a pretensão de reparação civil. Depois desse insucesso, o segurado recorreu ao STJ. Na avaliação do relator, ministro Sidnei Beneti, a relação analisada é de natureza contratual, conforme sustentou a própria Golden Cross. Mas Beneti foi além e esclareceu que o motivo da ação "não decorre de contrato de seguro, mas da prestação de serviço de saúde, que deve receber tratamento próprio".

Os ministros do STJ também afastaram a tese adotada pelo TJ-RS de que o prazo seria de três anos. "Não havendo previsão específica quanto ao prazo prescricional, incide o prazo geral de dez anos, previsto no artigo 205 do Código Civil, o qual começa a fluir a partir da data de sua vigência (11 de janeiro de 2003)", cita o voto de Beneti.

O julgamento do caso ocorreu em 19 de fevereiro. O acórdão foi publicado no Diário da Justiça no dia 26 de fevereiro e no dia 28 foi impetrado novo recurso, chamado embargo de declaração. O caso voltará, agora, para o mesmo relator e mesma turma.
 
Fonte R7

Bactérias resistentes ameaçam saúde pública nos EUA

Uma cepa mortal de bactérias altamente resistentes está se espalhando por centros de saúde dos Estados Unidos, o que representa um risco especial para os pacientes mais vulneráveis do país, afirmaram autoridades sanitárias federais em um relatório publicado esta terça-feira.
 
Funcionários de saúde disseram que a bactéria demonstrou ser muito resistente a tratamentos com antibióticos, fazendo com que algumas infecções sejam impossíveis de curar.
 
Pelo menos a metade dos pacientes infectados com estas bactérias em seu fluxo sanguíneo morre, afirmaram os especialistas.
 
O informe sobre estas bactérias letais - denominadas Enterobactérias Resistentes aos Carbapenêmicos (ERC) - foi emitido pela Vital Signs, publicação da agência federal dos Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).
 
"As ERC são bactérias pesadelo. Nossos antibióticos mais fortes não funcionam e os pacientes terminam com infecções potencialmente intratáveis", disse o diretor dos CDC, Tom Frieden.
 
As Enterobactérias pertencem a uma família de mais de 70 bactérias, entre elas a E. coli, que normalmente vive no sistema digestivo.
 
Algumas das bactérias se tornaram resistentes ao longo dos anos aos antibióticos conhecidos como carbapenêmicos, considerados o remédio de último recurso contra bactérias.
 
As autoridades informaram que a bactéria às vezes é transmitida pelos próprios funcionários de saúde, causando infecções potencialmente mortais em pacientes doentes e inclusive em pessoas saudáveis.
 
O maior risco é entre os hospitalizados, que recebem tratamentos médicos de longo prazo ou estão internados em abrigos para idosos, assim como doentes graves.
 
Segundo a Vital Signs, cerca de 200 hospitais e centros de cuidados de doentes agudos trataram pelo menos um paciente infectado com este tipo de bactéria no primeiro semestre do ano passado.
 
Estas bactérias são altamente contagiosas: na última década, os CDC identificaram um tipo de CRE de um único centro de saúde em serviços médicos em pelo menos 42 estados.
 
Funcionários da saúde disseram que outras recomendações para impedir a transmissão da bactéria incluem um uso mais cuidadoso de antibióticos e a criação de salas, pessoal e equipe especializada destinada exclusivamente a pacientes com ERC.
 
Fonte R7

Prefeitura de Japaraíba (MG) abre vagas

Divulgado através do Diário Oficial dos Municípios (26 de fevereiro de 2013), extrato do edital nº. 001/2013 para realização de processo seletivo na Prefeitura de Japaraíba, em Minas Gerais.
 
O certame destina-se à contratação em caráter temporário de Médico do Programa de Saúde da Família.
 
As inscrições serão realizadas no período de 04 a 08 de março de 2013, das 12:00 às 17:00 horas, na sede da Prefeitura de Japaraíba, localizada à rua Nossa Senhora do Rosário, nº 29, centro.
 
Mais informações na Secretaria Municipal de Administração e Governo.

Concurso Prefeitura de Guimarânia - MG 2013

A Prefeitura de Guimarânia, Estado de Minas Gerais, publicou edital n° 01/2012 de concurso público para provimento de vagas nos cargos do Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal. São ofertadas 216 oportunidades com remuneração que varia entre R$ 665,79 e R$ 7.645,20 em jornadas de 8 a 40 horas semanais. O certame será executado pela empresa Máxima Auditoria, Consultoria e Treinamentos Ltda.

Das vagas destinadas e das que porventura vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 10% serão destinadas a candidatos portadores de deficiência.
 
Oportunidades
Agente de Administração (4), Agente de Endemia (5), Agente de Segurança (09), Agente de Serviços - Gari (15), Assistente Social (2), Auxiliar Administrativo (9), Auxiliar de Serviços Gerais (23), Bioquímico (1), Coordenador Educacional (7), Dentista (2), Educador Infantil (12), Enfermeiro (2), Engenheiro Agrônomo (1), Farmacêutico (1), Fiscal (2), Fisioterapeuta (3), Fonoaudiólogo (1), Instrutor de Esportes (2), Mecânico (1), Médico Clínico (3), Médico Generalista (3), Médico Ginecologista (1), Médico Ortopedista (1), Médico Pediatra (1), Motorista (17), Oficial Especializado Pedreiro (2), Oficial de Serviços Mantenedor de Veículos (1), Oficial de Serviços Servente Pedreiro (3), Oficial de Serviços Lixeiro (3), Operador de Máquina Leve (1), Operador de Máquina pesada (4), Operador de Moto-Niveladora (1), Professor (34), Psicólogo (1), Secretaria Escolar (5), Servente Escolar (11), Técnico de Enfermagem (15), Técnico de Vigilância Sanitária (1), Técnico em Higiene Bucal (1), Técnico em Radiologia (1).
 
Para concorrer os profissionais deverão atentar ao período de inscrições, que se dará de 04 a 19 de março de 2013 pelo site www.maximaauditores.com.br com limite das 23:59h no último dia, ou ainda, na própria Prefeitura Municipal de Guimarânia - Rua Guimarães, 280 - Centro, das 08h00 às 11h00 e das 12h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira. A taxa de inscrição varia entre R$ 33,00 e R$ 117,00 de acordo com a escolaridade da função.

A seleção dos participantes será feita por meio de provas objetivas para todos os cargos, prevista para o dia 21 de abril de 2013, provas práticas, provavelmente no dia 20 de abril de 2013 e de títulos. As avaliações serão realizadas na cidade de Guimarânia, no local e horário a serem confirmados dia 15 de abril de 2013, mediante publicação no quadro de avisos da Prefeitura e site www.maximaauditores.com.br.

O certame terá prazo de validade de 2 (dois) anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período.
 

Edital / Publicações

Concurso Polícia Civil MG 2013 - Edital e Inscrição

Uma boa oportunidade surgiu para quem deseja fazer carreira na segurança pública do Estado de Minas Gerais. É que a Polícia Civil mineira divulgou quatro editais que abrem concurso público destinado ao preenchimento de 1.497 vagas em cargos de níveis médio/técnico e superior. Os novos servidores ingressarão nos quadros da corporação, ocupando funções nas Unidades Policiais dos Departamentos de Polícia Civil, com jornadas semanais de 40 horas e vínculo estatutário.
 
Cargos e vencimentos
 
Edital 01: Médico Legista (121 vagas, graduação em Medicina), com vencimento básico de R$ 5.446,78;
 
Edital 02: Perito Criminal (95 vagas, exige nível superior), com mesmo vencimento de Médico Legista;
 
Edital 03: Analista da Polícia Civil (415), para graduados em várias áreas de conhecimento e com vencimento básico de R$ 1.707,550 (referente ao nível I);
 
Edital 04: Técnico Assistente da Polícia Civil (866 vagas), para diversas formações de nível médio/técnico - vencimento básico inicial de R$ 939,15.
 
Inscrição
A inscrição somente começará a partir das 9 horas do dia 18 de março, podendo ser efetuada por meio do endereço eletrônico da organizadora Fundação Mariana Resende Costa - FUMARC (www.fumarc.com.br). O prazo final de inscrição é o dia 18 de abril de 2013.
 
Os candidatos que não dispuserem de acesso a internet poderão se inscrever na sede da ACADEPOL, na Rua Oscar Negrão de Lima, nº 200, Bairro Nova Gameleira, Belo Horizonte/MG, das 9 às 17h (exceto nos dias de sábado, domingo e feriado) e no interior, nas sedes das Delegacias Regionais de Polícia Civil.
 
A taxa de inscrição varia entre R$ 52,00 e R$ 76,00.

Provas

Os candidatos aos cargos de Perito e Médico Legisla passarão por 5 etapas de avaliação:
Prova Objetiva;

Avaliação Psicológica;

Exames Biomédicos e Biofísicos;

Investigação Social;

Curso de Formação Policial (Aspirantado).
 
Já os candidatos aos cargos dos editais 03 e 04 - Analista e Técnico Assistente da Polícia Civil - serão submetidos a uma única etapa (prova objetiva). Os aprovados nomeados para esses cargos serão submetidos ainda ao Exame Médico Pré-Admissional e, após serem considerados aptos, poderão tomar posse.
 
As provas objetivas para todos os cargos serão realizadas na data provável de 02 de junho de 2013, às 14 horas (horário de Brasília), em local a ser determinado pela ACADEPOL e FUMARC.
 
O prazo de validade de todos os quatro concursos será de dois anos, considerados a partir da data de homologação dos resultados finais para cada cargo, podendo ser prorrogado por igual período.
 
Confira as Erratas dos Editais:

Concurso HEMOMINAS 2013: Edital e Inscrição

A Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Minas Gerais – HEMOMINAS, publicou edital N° 01/2012 de concurso público destinado a selecionar candidatos para o provimento de 360 vagas para profissionais de níveis médio e superior, com salários de até R$ 11.050,53 por carga horária de 24 a 40 horas semanais.
 
As vagas são para os cargos das Carreiras de Assistente Técnico de Hematologia e Hemoterapia – ATHH, Analista de Hematologia e Hemoterapia – ANHH e Médico da Área de Hematologia e Hemoterapia – MEDHH do quadro de pessoal da Fundação Hemominas.
 
As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico do organizador IBFC (www.ibfc.org.br), no período entre 18 de fevereiro e 19 de março de 2013, observado o horário de Brasília. As taxas variam de R$ 45,00, R$ 65,00 e R$ 72,00 de acordo com o cargo escolhido.
 
Os candidatos serão avaliados por meio de Prova Objetiva, Prova de Redação (para o cargo de Assistente Técnico de Hematologia e Hemoterapia) e Prova Dissertativa para os demais cargos. Na segunda etapa, haverá ainda Avaliação de Títulos, de caráter classificatório, para todos os cargos de nível superior.
 
O candidato no ato da inscrição poderá optar pelo local de realização das provas em um dos seguintes municípios: Belo Horizonte, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Passos, Patos de Minas, Pouso Alegre, Uberaba ou Uberlândia. Não será admitida ao candidato a alteração do município de realização da prova, após efetivação da inscrição.
 
O cartão de convocação contendo o local, a sala e o horário de realização das provas, será disponibilizado no endereço eletrônico do IBFC (www.ibfc.org.br), a partir de 11 de abril de 2013.
 
A aplicação das Provas Objetiva, Dissertativa e de Redação está prevista para o dia 21 de abril de 2013 e será realizada no Estado de Minas Gerais. O Gabarito das Provas Objetivas será divulgado no endereço eletrônico do IBFC (www.ibfc.org.br), em até 48 horas após a aplicação da mesma.
 
O concurso terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Fundação Hemominas.

Edital / Publicações

Prefeitura de Goiatuba - GO abre processo seletivo

A Prefeitura de Goiatuba, Estado de Goiás, abriu edital resumido de processo seletivo N° 001/2013, para provimento de postos temporários e para a formação de cadastro de reserva. As vagas são para profissionais de níveis fundamental, médio e superior.

As chances são para os cargos de Professor Substituto, Professor de Educação Física, Professor de Recursos - Inclusão, Instrutor de Braille, Instrutor de Libras, Instrutor de Informática, Auxiliar de Serviços Gerais, Operador Braçal, Auxiliar Administrativo, Zelador, Merendeira, Higienizador/Cuidador, Monitor, Recreadora, Vigilante, Recepcionista, Gari, Borracheiro, Lavador de Veículos, Operador de Fábrica de Tubos, Pedreiro, Servente de Pedreiro, Telefonista, Carpinteiro, Motorista, Atendente Hospitalar, Psicólogo, Assistente Social, Instrutor de dança, Instrutor de Curso de Cabeleireiro, Instrutor de Maquiagem, Instrutor de Curso de Coral e Violão, Instrutor de Manicure, Instrutor de Corte e Costura, Instrutor de Crochê, Instrutor de Tricô e Instrutor de Biscuit.

As inscrições serão realizadas das 8:00 as 11:00 e das 13:00 as 17:00 horas, até o dia 08 de março de 2013, no prédio da Prefeitura Municipal de Goiatuba, situado na Rua São Francisco, 570, centro.

Mais informações e cópia do edital, no horário de expediente na Prefeitura Municipal, localizada na Rua São Francisco, nº. 570, Centro, Goiatuba-GO.
 
Aviso do Edital: http://www.diariomunicipal.com.br/agm/materia/742740

Prefeitura de São José do Povo (MT) lança edital de processo seletivo

A Prefeitura de São José do Povo, Estado de Mato Grosso, lançou edital Nº 001/2013 de processo seletivo para contratação de profissionais, por tempo determinado, para ocupação de diversas funções. A admissão dos aprovados será no período máximo de seis meses, prorrogável por mais seis, não podendo os contratos excederem o prazo de dois anos.
 
As oportunidades são para desenvolver as atividades de Técnico de Enfermagem, Dentista, Fiscal de Vigilância Sanitária e Enfermeiro na Secretaria de Saúde, Professores e Motorista para atender demandas da Secretaria de Educação, Agente de Limpeza Pública, Encanador e Motorista para a Secretaria de Obras, Monitores e Agente de Serviços Gerais para o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) na Secretaria de Ação Social deste Município.
 
As inscrições serão realizadas até o dia 07 de março de 2013, na Secretaria de Administração, na Prefeitura de São José do Povo, das 12 às 18 horas. As taxas são de R$ 15,00 para cargos de nível fundamental, R$ 25,00 nível médio/ técnico e R$35,00 para os cargos de nível superior.
 
A prova será realizada provavelmente no dia 09 de março de 2013, na Escola Municipal Sebastião Gomes de Oliveira, localizada à Rua Padre Miguel Ortiz, s/nº, nesta cidade, das 08h às 10h. A prova objetiva será composta de 20 questões, de acordo com o conteúdo programático, todas de múltipla escolha, contendo quatro alternativas do tipo (a, b, c, d) e somente uma correta, atribuindo-lhe o valor de 0,50, para cada questão correta, totalizando 10,0 pontos.
 
O gabarito será divulgado na data provável de 11 de março de 2013, às 12 horas. Já o resultado do certame será publicado na data prevista de 12 de março de 2013.

Prefeitura de Santo Afonso (MT) abre processo seletivo

A Prefeitura de Santo Afonso, estado do Mato Grosso, com população estimada em mais de 2, 9 mil habitantes, publicou através do Diário Oficial dos Municípios (05 de março de 2013) edital Nº. 002/2013 para realização de processo seletivo. O certame visa a formação de cadastro de reserva para o cargo de Agente Comunitário de Saúde.
 
A remuneração oferecida para o cargo pode chegar a R$ 950,00, por jornada de trabalho de 40 horas semanais. Serão reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais o correspondente a 10% das vagas.
 
Inscrição
As inscrições serão recebidas gratuitamente até o dia 08 de março de 2013, na Secretaria Municipal de Saúde.
 
Prova
A prova objetiva será aplicada na data provável de 17 de março de 2013, às 08 horas, na EMPG Sebastião Tavares da Silva.
 
O gabarito será divulgado no dia seguinte ao da realização das provas, no período matutino, na sede da Prefeitura Municipal e no Centro de Saúde de Santo Afonso – MT.
 
Validade
O presente processo seletivo será válido por um ano, contado a partir da sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez por igual período por expressa determinação do Prefeito Municipal através de decreto.

Prefeitura de Campo Novo do Parecis (MT) abre processo seletivo

A Prefeitura de Campo Novo do Parecis, estado do Mato Grosso, divulgou através do Diário Oficial dos Municípios de 5 de março de 2013 o edital nº 003/2013 de processo seletivo para contratar 11 profissionais de níveis fundamental, médio e superior que trabalhem nas Unidades Escolares da Secretaria Municipal de Educação, durante o ano de 2013.
 
Cargos
Instrutor de Artesanato (05), Professor Pedagogo (02), Instrutor de Informática (01), Ajudante de Serviços Gerais (01), Cozinheiro (01), Operador de Bolsa Família (01).
 
As inscrições estarão abertas no período de 11 a 15 de março de 2013, no horário das 08h às 11h e das 13h às 16h, somente de segunda a sexta-feira, na sede da Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social, situada na Avenida Brasil, nº 325-NE, Bairro Centro, Campo Novo do Parecis – MT. A taxa de inscrição custa os valores de:
 
R$ 5,00 - nível fundamental;

R$ 10,00 - nível médio;

R$ 15,00 - nível superior.
 
Mais informações na Prefeitura de Campo Novo do Parecis e no local das inscrições.

Prefeitura de Divinópolis (MG) abre processo seletivo

A Prefeitura de Divinópolis, estado de Minas Gerais, lançou no dia 05 de março de 2013 pela imprensa oficial dos municípios o edital de processo seletivo Nº. 016/2013-SEMUSA, visando a contratação temporária de 02 Médicos Proctologistas. O vencimento mensal inicial é de até R$ 2.043,71 mais 20% insalubridade sobre o salário mínimo, para uma carga horária de 20 horas semanais.
 
Os interessados deverão enviar o Curriculum Vitae a Secretaria Municipal de Saúde, em atenção aos Recursos Humanos, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG – CEP: 35500-007, até o dia 08 de março de 2013, às 17h.
 
A avaliação será feita através do curriculum vitae, pelo Setor de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão, impreterivelmente, na seguinte ordem:
 
- Residência no Município de Divinópolis.

Concurso CAERN (RN) 2013

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) abriu edital n° 001/2013 do concurso público para o provimento de cargos/funções disponíveis e a formação de cadastro reserva. O concurso será realizado sob a responsabilidade da Funcern e dispõe de 128 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio, técnico e superior.

Cargos
Ensino Fundamental: Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Eletromecânico, Mecânico de Manutenção, Mecânico Geral, Operador de Sistema de Água e Esgoto, Operador de Sistema de Água e Esgoto e Veículo Médio, Operador de Sistema de Água e Esgoto e Veículo Pesado e Sondador;

Ensino Médio/Técnico: Técnico em Contabilidade, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Engenharia (Controle Ambiental, Edificações, Eletrotécnica, Mecânica e Topografia), Técnico em Geologia e Técnico em Manutenção de Computadores;

Ensino Superior: Advogado, Analista Ambiental, Analista de Sistema, Analista de Suporte, Arquiteto, Biólogo, Contador, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Civil e Engenheiro Mecânico.
Os salários são de até R$ 4.320,58 e a carga horária a ser cumprida de 40 horas semanais.
 
Inscrições
As inscrições poderão ser efetuadas no período de 25 de março a 12 de abril de 2013, pelo site www.funcern.br.

Taxas
Para os cargos/funções de Nível Superior, a taxa de inscrição será de R$ 100,00 por candidato. Para Nível Médio será de R$ 80,00 e para os cargos de Nível Fundamental, a taxa de inscrição será de R$ 60,00.

Provas e Gabaritos
As provas serão aplicadas em Natal-RN, Mossoró-RN, Pau dos Ferros-RN e Caicó-RN, provavelmente no dia 5 de maio de 2013. Os locais e horários serão informados no Cartão de Inscrição do candidato e o gabarito será divulgado na data prevista de 06 de maio de 2013, a partir das 12h.

Validade
O prazo de validade do concurso será de 02 anos, contados da data de publicação do Edital de Homologação do Resultado Final no Diário Oficial do Estado – RN, podendo ser prorrogado por igual período.