Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Refrigerantes com açúcar aumentam o risco do aparecimento de gota em mulheres

Mulheres que consomem bebidas ricas em frutose, como refrigerantes e sucos de laranja, apresentam um risco elevado de desenvolver gota. Os resultados do estudo foram apresentados por reumatologistas da University of British Columbia, durante a Reunião Científica Anual do Colégio Americano de Reumatologia, evento que reuniu especialistas de todo o mundo em Atlanta, EUA.
 
A gota é causada pelo aumento da concentração sangüínea de ácido úrico, que dá origem a episódios recorrentes de artrite, mediada pela deposição de cristais desse ácido nas articulações. Durante 22 anos, os pesquisadores canadenses acompanharam um grupo de 78.906 mulheres, participantes do Nurses’ Health Study. Neste grupo, 778 casos de gota foram confirmados em mulheres. O aparecimento da doença está diretamente relacionado ao consumo de refrigerantes e outras bebidas com alto teor de frutose, como o suco de laranja.
 
As participantes do estudo que consumiram um refrigerante com açúcar por dia foram comparadas com aquelas que consumiam a bebida apenas uma vez por por mês. No primeiro grupo, foi encontrado um risco 1,7% maior de desenvolver gota. Aquelas que consumiam duas ou mais latas de refrigerante por dia apresentavam um risco 2,4% maior. Em relação ao consumo de suco de laranja, as participantes que consumiram um copo de suco de laranja por dia apresentavam um risco 1,4% maior de desenvolver gota e aquelas que consumiam dois ou mais copos do suco, por dia, tinham um risco 2,4% maior.
 
“Do ponto de vista de saúde pública, o estudo nos alerta sobre um hábito alimentar muito prejudicial nos dias de hoje: o consumo exagerado de refrigerantes com açúcar. Segundo os pesquisadores, é possível que este aumento do consumo de refrigerantes tenha contribuído, em parte, para a duplicação dos casos de gota na nossa sociedade. As novas descobertas indicam que a ligação entre bebidas ricas em frutose e o risco de gota é comparável às bebidas alcoólicas, que são causas conhecidas do surgimento da doença. Como conclusão, para prevenir e tratar a doença é preciso estar atento ao estilo de vida do paciente”, diz o reumatologista Sergio Bontempi Lanzotti, diretor do Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares (Iredo).
 
Fonte Corposaun

AVC pode ter colaboração de refrigerantes

Os refrigerantes são considerados vilões de dietas de emagrecimento pelo alto teor de açúcar contido. Um estudo publicado no periódico American Journal of Clinical Nutrition associou a bebida a casos de acidente vascular cerebral, o AVC.
 
Apesar da ligação não ser direta, o consumo excessivo de refrigerantes e bebidas açucaradas acarreta a obstrução de artérias, o que implica em casos de AVC. A descoberta foi liderada por um especialista da Osaka University, no Japão.
 
Os participantes chegaram a quase 40 mil pessoas, respondendo um questionário sobre saúde, dieta e estilo de vida no ano de 1990, 1995 e 2000. Os voluntários foram divididos em 4 grupos que vão do consumo raro ao consumo diário de refrigerantes e sucos com adição de açúcar. Pessoas que sofreram de doenças cardíacas ou AVC foram rastreadas entre o início do estudo e 2008. As informações importantes foram reveladas pelo público do sexo feminino. As mulheres que ingeriam essas bebidas quase todos os dias apresentaram um risco 83% maior de sofrer um derrame. Entre o público masculino, não se conseguiu estabelecer nenhuma relação da bebida com o AVC.
 
A ingestão de refrigerantes é condenada pelos nutricionistas e médicos por serem bebidas de calorias vazias, ou seja, que não fornecem qualquer nutriente ao organismo. Eles ainda são ricos em açúcar, sódio e corantes, elementos que precisam ter ingestão limitada na dieta. Quem busca hidratação, a melhor opção é a água, que não apresenta calorias e hidrata o corpo naturalmente.
 
Água de coco também é uma boa opção de hidratação, principalmente em dias de calor intenso. Apesar de ser saudável e apresentar um agrado ao paladar, fique atento às 40 calorias que um copo de 200ml contém. Sucos naturais são uma boa pedida, que vem logo após a água como opção de hidratação ao organismo. Além de água, os sucos fornecem carboidratos, vitaminas e minerais.
 
Fonte Corposaun

Pesticidas usados em frutas e legumes podem colocar crianças em risco de câncer

Pesquisa mostra que "risco cumulativo" da exposição a produtos químicos aumenta probabilidade de doença na vida adulta
 
Pesticidas e outros produtos químicos venenosos usados na produção de frutas e vegetais podem estar colocando as crianças em risco de desenvolver câncer na vida adulta, de acordo com pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA.
 
O trabalho sugere que as crianças podem ser afetadas por um "risco cumulativo" de exposição aos pesticidas dos alimentos. Segundo os pesquisadores, a variação da dieta pode ajudar a reduzir a exposição.
 
A líder da pesquisa Irva Hertz-Picciotto e seus colegas avaliaram 364 crianças, 207 das quais eram menores de cinco anos.
 
Os resultados mostraram a presença de níveis elevados de arsênio, dieldrin, DDE e dioxinas, que superam as taxas de segurança.
 
Além disso, mais de 95% das crianças em idades pré-escolares tinham níveis além do aceito de acrilamida, subproduto encontrado em alimentos processados como batatas fritas.
 
A exposição a pesticidas foi particularmente elevada nos tomates, pêssegos, maçãs, uvas, pimentão, alface, brócolis, morangos, espinafre, peras, feijão verde e aipo.
 
"Estamos focados nas crianças, porque a exposição precoce pode ter efeitos em longo prazo sobre a evolução das doenças. Atualmente as agências de proteção ambiental só medem o risco com base em exposições individuais de contaminantes. Queríamos entender o risco cumulativo de contaminantes alimentares", afirma Hertz-Picciotto.
 
A equipe acredita que os resultados demonstram a necessidade de se evitar a exposição a toxinas múltiplas em crianças pequenas para reduzir o risco de câncer.
 
Fonte isaude.net

Gel permite entregar remédios e células-tronco no organismo através de injeção

Tecnologia biocompatível será útil para aplicações clínicas, como terapia celular, engenharia de tecidos e imunoterapia
 
Bioengenheiros da Harvard University, nos EUA, desenvolveram uma esponja à base de um gel que permite entregar medicamentos e células-tronco diretamente no organismo de forma segura.
 
A esponja pode ser moldada em qualquer forma, preenchida com medicamentos ou células-tronco, comprimida a uma fracção do seu tamanho e entregue através de injeção. Uma vez dentro do corpo, ela volta à sua forma original e libera gradualmente a carga no alvo.
 
A tecnologia biocompatível consiste em um ' kit de cura' que pode ter aplicações terapêuticas minimamente invasivas, incluindo na medicina regenerativa.
 
"O que criamos é uma estrutura tridimensional que pode ser utilizada para influenciar as células no tecido circundante e, talvez, promova a formação de tecido", explica o investigador principal, David J. Mooney.
 
Segundo os pesquisadores, a aplicação mais simples é quando você quer volume. "Se você quer introduzir algum material no corpo para substituir o tecido que foi perdido, essa técnica seria a ideal. Em outras situações, podemos usá-la para o transplante de células-tronco, caso estejamos tentando promover a regeneração do tecido, ou transplantar células do sistema imunológico, se estamos olhando para a imunoterapia", explica Mooney.
 
Composta principalmente de alginato, geleia de algas de base, a esponja injetável contém redes de grandes poros, que permitem que os líquidos e as moléculas grandes facilmente fluam através dela.
 
Mooney e sua equipe demonstraram que as células vivas podem se unir às paredes desta rede e serem entregues intactas, juntamente com a esponja, através de uma injeção.
 
A equipe de Mooney também demonstrou que a esponja pode conter proteínas grandes e pequenas e medicamentos, os quais são gradualmente liberados conforma a matriz biocompatível começa a se quebrar no interior do corpo.
 
Normalmente, um suporte como este teria de ser implantado cirurgicamente. Os géis podem também ser injetados, mas até agora eles não tinham levado a qualquer estrutura inerente, eles simplesmente fluem para encher o espaço que esta disponível.
 
"Nossas esponjas podem ser projetadas em qualquer tamanho e forma, e injetadas no local como um dispositivo de entrega segura", afirma o autor Sidi Bencherif.
 
Bencherif e seus colegas injetaram esponjas com formatos de quadrados, corações e estrelas através de uma seringa para demonstrar a versatilidade do seu gel.
 
"Estes géis injetáveis serão especialmente úteis para uma série de aplicações clínicas, incluindo terapia celular, engenharia de tecidos, preenchimento dérmico em cosméticos, entrega de medicamentos e imunoterapia", conclui o pesquisador.
 
O próximo passo da equipe é aperfeiçoar a velocidade de degradação da esponja, de modo que ela se decomponha conforme o tecido recentemente crescido a for substituindo.
 
 
Fonte isaude.net

Produto natural produzido por algas marinhas pode auxiliar reabilitação pós-AVC

Composto produzido naturalmente por algas marinhas estimula crescimento de células nervosas
Composto produzido naturalmente por algas marinhas
estimula crescimento de células nervosas
Composto foi capaz de estimular o crescimento de células nervosas e a plasticidade de neurônios de ratos
 
Cientistas da Creighton University, nos EUA, descobriram que o brevetoxin -2 , composto produzido naturalmente por algas marinhas, estimula o crescimento de células nervosas e a plasticidade de neurônios de ratos em cultura.
 
A pesquisa sugere que o composto pode ser usado como novo tratamento para ajudar na recuperação da função cerebral após acidente vascular cerebral (AVC) ou outras lesões traumáticas.
 
 
"Nossa pesquisa sugere que compostos como brevetoxin-2 podem aumentar a plasticidade do cérebro proporcionando reparação neural para pacientes que sofreram AVC. Se esse resultado puder ser confirmado em estudos com animais e, posteriormente, seres humanos, isso poderia ter um impacto profundo sobre a condição atualmente não tratável", afirma o pesquisador Thomas F. Murray.
 
Altas concentrações de brevetoxin são responsáveis pela floração de algas nocivas conhecidas como ' marés vermelhas' . O fenômeno, carregado de neurotoxina, provoca irritação das vias respiratórias nos seres humanos e paralisia do sistema nervoso central em peixes.
 
Brevetoxin é uma neurotoxina conhecida por ativar células nervosas espontaneamente. Segundo os pesquisadores, é um grande avanço mostrar que este composto que ocorre naturalmente no oceano pode estimular o crescimento de células nervosas em cultura de células de ratos.
 
Um coágulo que restringe o fluxo de sangue para uma área do cérebro provoca um acidente vascular cerebral. Embora o tecido morto não possa ser reanimado, o cérebro pode ser treinado para redirecionar impulsos nervosos para células nervosas vivas próximas.
 
O novo estudo mostrou maior brotamento neuronal, crescimento de axónios e dendritos de uma célula nervosa e também a formação de novas sinapses entre neurônios de ratos em cultura.
 
O AVC é a principal causa de morte nos Estados Unidos com mais de 795 mil pessoas sofrendo um derrame a cada ano, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (CDCs). O AVC é a principal causa de incapacidade em longo prazo e atualmente não há atualmente nenhum tratamento para reabilitação pós-AVC.
 
Fonte isaude.net

Estudo em 3D atesta benefício do exercício físico para reverter hipertensão

Ratos em esteira durante o processo de pesquisa. Para tratar hipertensão, é melhor associar farmacologia e exercícios físicos.Pesquisa da USP adotaram a estereologia, ciência que possibilita medir as células por meio da altura, largura e profundidade
 
Na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, pesquisadores utilizaram a microscopia em 3D (estereologia) para confirmar os benefícios do exercício físico para reverter os efeitos da hipertensão numa das principais artérias do organismo.
 
A estereologia é uma ciência que possibilita medir as células por meio de cálculos estatísticos e matemáticos espaciais levando em conta altura, largura e profundidade (3D), além da quarta dimensão, o tempo (4D). A vantagem em relação à morfometria (análise em duas dimensões - altura e largura) é a grande acurácia e o fato de estimar o número e o volume total das células (entre outros). Já a morfometria mede apenas os contornos (perfis) das partículas analisadas.
 
A hipertensão provoca a hipertrofia da aorta torácica. Ocorre um aumento do colágeno e dos tecidos muscular e elástico, tornando a parede da artéria mais espessa. O tratamento farmacológico para hipertensão reverte o aumento do colágeno e do tecido muscular, mas não consegue diminuir o conteúdo elástico aumentado das paredes da artéria. E é aí que entra o papel do treinamento físico.
 
" Por meio da estereologia, estimamos o volume da aorta torácica e de seus constituintes: tecido elástico, muscular e conjuntivo. Constatamos que os exercícios físicos levaram à normalização do conteúdo desses tecidos" , aponta o estereologista Antonio Augusto Coppi, responsável pelo Laboratório de Estereologia Estocástica e Anatomia Química (LSSCA) do Departamento de Cirurgia da FMVZ. O LSSCA é referência mundial em microscopia quantitativa em 3D e membro ativo da International Society for Stereology (ISS).
 
Para o professor Coppi, que também participou da pesquisa, os resultados mostram a importância de se associar tratamento farmacológico com exercícios físicos de baixo impacto para tratar a hipertensão.

Treinamento físico
Os experimentos foram realizados com dois grupos de ratos: normotensos (pressão arterial normal) e aqueles nascidos geneticamente modificados para apresentar hipertensão. Cada um destes dois grupos foi dividido em mais dois subgrupos: animais sedentários e treinados.
O grupo treinado realizou atividade física durante 3 meses, o que consistiu em exercício aeróbico de baixa intensidade (de 50% a 60% da capacidade total do exercício), realizado em esteira, durante 1 hora por dia, 5 dias por semana.
" Em humanos, esse treinamento seria equivalente a uma caminhada 3 vezes por semana, na velocidade 5 ou 6 da esteira, durante 30 a 40 minutos e com uma carga de trabalho de 50% a 60%" , diz o professor.
Em todos os grupos de estudo, foram realizadas análises hemodinâmicas e a Polymerase Chain Reaction (PCR), técnica de biologia molecular. " O PCR quantifica a expressão do RNA associado à produção de uma determinada proteína, como por exemplo a elastina, que dará origem ao tecido elástico" , explica o professor Coppi. A estereologia foi aplicada para visualizar de forma mais palpável os dados obtidos pelo PCR.

Biologia Molecular e Estereologia
" Este é um caso em que a associação das técnicas de biologia molecular à estereologia foi vital e muito bem sucedida. Tendo em vista que o PCR não avalia morfologicamente o tecido [não gera imagens histológicas], nós precisávamos de imagens que confirmassem a normalização da aorta torácica e isso foi possível graças à estereologia" , esclarece.
 
Fonte isaude.net

Idade da primeira menstruação prevê risco de doença cardiovascular no futuro

Primeiro ciclo menstrual está associado a aumento do IMC, circunferência da cintura e obesidade geral na vida adulta
 
A idade da primeira menstruação, ou menarca, pode prever o risco de doença cardiovascular no futuro. É o que revelam pesquisadores da Harvard Medical School, nos EUA.
 
O trabalho afirma que o primeiro ciclo menstrual está associado com aumento do índice de massa corporal (IMC), a circunferência da cintura e a obesidade geral na idade adulta.
 
A doença cardiovascular é a principal causa de morte em mulheres nos Estados Unidos. Quando comparadas aos homens, as mulheres podem manifestar a doença clínica mais tarde na vida, tornando o padrão que prevê os riscos, menos confiável.
 
A equipe avaliou 1.638 mulheres que participaram de um estudo nacional entre 2002 e 2005. As participantes tinham 40 anos de idade ou mais, pesavam menos de 160 kg e não estavam grávidas.
 
As mulheres foram submetidas a um exame físico, juntamente com análises de laboratório para medir a adiposidade visceral (gordura em torno do abdômen) e adiposidade subcutânea (gordura sob a pele).
O estudo avaliou a relação entre ambos os tipos de gordura e fatores reprodutivos do sexo feminino, após ajuste para idade, tabagismo, consumo de álcool, índice de atividade física, terapia de reposição hormonal e menopausa.
 
Os resultados demonstraram que a idade do primeiro ciclo menstrual foi associada com depósitos generalizados de gordura no organismo, mas não regionais.
 
"Esta pesquisa sugere que fatores de risco reprodutivos femininos, especificamente o início da menarca, estão associados com adiposidade geral, mas não com os índices específicos de distribuição de gordura corporal", destaca a autora sênior Caroline S. Fox.
 
A equipe agora pretende avaliar se esses fatores de risco femininos podem ser usados para direcionar intervenções de estilo de vida em mulheres de alto risco para evitar as consequências metabólicas da obesidade e doenças cardiovasculares.
 
Fonte isaude.net

Doença pulmonar, DPOC pode se tornar terceira causa de morte até 2020

Doença crônica, sem cura, que reduz a respiração, limita gradualmente a capacidade de exercícios físicos
 
Nesta quarta-feira (14) foi lembrado o Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). A doença crônica, sem cura, que reduz as capacidades respiratórias, limitando gradualmente a capacidade de exercício e a qualidade de vida, poderá se tornar a terceira principal causa de morte até 2020.
 
Estimativas do Ministério da Saúde apontam cerca de 5 milhões de portadores da doença no país. No ano passado, estas pessoas foram responsáveis por 116.680 mil internações por DPOC somente na rede pública. Até julho deste ano, o número de internações já chegava a 57.881.
 
Mesmo com estes números alarmantes, a doença ainda é pouco conhecida pela população. De acordo com a presidente da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT), Mônica Corso, as internações e as complicações resultantes da doença devem-se principalmente ao diagnóstico tardio, bastante comum no país.
 
?O atraso no diagnóstico se deve a vários fatores, entre eles o não reconhecimento por parte do paciente dos sintomas da doença (tosse, pigarro, cansaço aos esforços). Ao contrário do que muitas pessoas pensam, estas manifestações não são ?normais? e decorrentes apenas do uso do cigarro, mas sim sintomas de comprometimento respiratório por causa do tabagismo. A falta de suspeita diagnóstica por parte dos médicos, é outro fator para o atraso do diagnóstico. Por fim, a baixa disponibilidade do exame de espirometria, necessário para comprovação do diagnóstico, completa a nossa difícil realidade.?
 
Para reverter esta situação, são importantes campanhas contínuas de conscientização da população e também a ampla divulgação de datas como o Dia Mundial da DPOC.
 
É preciso chamar a atenção das pessoas e da mídia sobre a importância da doença, sobre como evitá-la, reconhecê-la, diagnosticá-la e tratá-la. O protocolo que vem sendo utilizado no estado de São Paulo tem sido um grande aprendizado para quem trabalha com a doença. A disponibilização de medicações na rede pública e o aumento do acesso aos remédios certamente proporcionarão um grande impacto na qualidade de vida das pessoas e no número de internações decorrentes de crises de DPOC?, avalia a médica pneumologista.

Tratamento
Há pouco mais de um mês foi incluída na lista de medicamentos oferecidos pelo SUS, por meio da portaria 29 do Ministério da Saúde, alguns dos principais remédios utilizados no tratamento da doença.
 
A portaria ainda prevê ainda a oferta de oxigenoterapia domiciliar - destinada aos casos mais graves -, vacina anti-Influenza e também a possibilidade de realizar o exame que avalia a predisposição genética para a doença pulmonar obstrutiva crônica.
 
Fonte isaude.net

Equipe cria rato transgênico capaz de melhorar testes de drogas contra Alzheimer

Mary Jo Ladu, líder do estudo, e o pesquisador Leon Tai.Modelo imita a genética da doença humana da forma mais fiel do que qualquer um dos disponíveis atualmente
 
Pesquisadores da Universidade de Illinois, nos EUA, desenvolveram um novo camundongo transgênico que carrega um gene humano conhecido por aumentar o risco de Alzheimer em 15 vezes. O modelo imita a genética da doença humana da forma mais fiel do que qualquer um dos modelos existentes nos dias de hoje.
 
Segundo os pesquisadores, o modelo pode ser mais eficaz para o teste de drogas candidatas para prevenir ou tratar a doença.
 
O modelo é um cruzamento entre um rato transgênico existente de Alzheimer e um camundongo portador de apoE humano, gene que em uma de suas três variantes, apoE4, é o maior fator de risco genético para a doença de Alzheimer na população humana.
 
 
A líder do estudo Mary Jo LaDu afirma que a proteína beta amiloide é conhecida como a base da doença e um componente essencial das placas observadas em cérebros de pacientes com Alzheimer. Mas, além de aglutinação para formar as grandes placas visíveis, a molécula também é encontrada em agregados menores e solúveis chamados oligômeros, que podem ser a causa real da doença.
 
"Embora por muito tempo pensou-se que placas amiloides podem causar a morte das células nervosas vista na doença de Alzheimer, os pesquisadores agora acreditam que a neurotoxicidade pode estar nas formações oligoméricas menores", afirma LaDu.
 
No entanto, os pesquisadores ainda enfrentavam um obstáculo antes que pudessem testar sua hipótese sobre o papel da beta amiloide oligomérica. "Existem poucos métodos para detectar as diferentes formas de agregados beta amiloide", destaca Leon Tai.
 
Assim, a equipe desenvolveu um anticorpo monoclonal altamente específico que lhes permitiu testar apenas a forma específica oligomérica da proteína.
 
Este anticorpo monoclonal novo, juntamente com o novo modelo de rato, permitiu aos pesquisadores identificar os primeiros acúmulos de beta amiloide e as diferenças relacionadas com as formas variadas de apoE.
 
Os resultados mostraram que ratos transgênicos com apoE4 tiveram aumento na forma oligomérica de beta amiloide em comparação com ratos que transportam as outras versões mais benignas de apoE. "Assim, camundongos transgênicos anteriores sem esta interação foram modelos pobres", afirmam os pesquisadores.
 
Além disso, se a beta amiloide oligomérica é a causa da doença, então também é o marcador mais adiantado da doença. Assim, o novo modelo oferece uma imagem clara dos efeitos terapêuticos sobre a causa da doença, o que não é possível com os métodos e os modelos atualmente disponíveis.
 
"Mais do que apenas um fator de risco de Alzheimer, pacientes com apoE4 muitas vezes respondem de forma diferente à terapêutica em ensaios clínicos, em muitos casos negativamente. No entanto, o teste pré-clínico composto em modelos de ratos transgênicos que expressam apoE humano não foi possível até agora", ressalta Tai.
 
A equipe agora está trabalhando para desenvolver e testar novos compostos que eles acreditam que podem beneficiar todos os pacientes com Alzheimer.
 
Fonte isaude.net

Exercícios intensos são os que favorecem longevidade

Estudo investiga as atividades mais relevantes para ganhar anos de vida
 
Já se sabe que pessoas ativas costumam viver mais do que pessoas sedentárias. O que não foi descoberto ainda são quais as atividades ou a intensidade delas que apresentam maior eficácia quando o assunto é longevidade. Entretanto, um estudo publicado no periódico PLoS Medicine dia 6 de novembro mostrou que tarefas domésticas de grande intensidade podem ser a chave para retardar a mortalidade. O estudo foi conduzido por especialistas do National Cancer Institute, nos Estados Unidos.
 
Para a pesquisa, 650 mil adultos com idades entre 35 e 55 anos foram acompanhados por cerca de uma década. Todos preencheram questionários sobre a prática de exercícios no mês anterior. As perguntas incluíam o número de horas que os voluntários haviam passado andando, cuidando do jardim, fazendo tarefas domésticas e praticando esportes. Cada atividade foi designada como leve, moderada e intensa.
 
A primeira conclusão foi de que qualquer esforço físico está associado à longevidade. Aqueles que seguiam a recomendação governamental média de atividades físicas, que é de 150 minutos de exercícios moderados por semana, viviam 3,4 anos a mais do que sedentários. A sobrevida podia ser conferida mesmo entre participantes que tinham obesidade ou sobrepeso. Entretanto, mesmo aqueles que se exercitavam ocasionalmente apresentaram menor risco de mortalidade.
 
Vale dizer que a relação se mostrou muito mais forte entre os participantes que relataram fazer atividades intensas. Aqueles que disseram ter feito reformas em casa ou que caminhavam rapidamente tiveram sobrevida maior do que aqueles que faziam atividades moderadas. Por isso, estabelecer um plano de exercícios progressivo é fundamental.

Adote esses hábitos para viver mais e melhor
Comer bem, dormir mais, fazer exercícios e manter-se socialmente ativo são fundamentais para ter uma vida plena. Entenda por que esses e outros hábitos são importantes.
 
1. De olho no prato
Alimentos ricos em gordura, sódio e açúcar são vilões do bom funcionamento do organismo. Por isso, elabore um prato com muitas verduras e legumes e consuma três porções de frutas diariamente. Desse modo, você previne problemas como infarto, derrame, hipertensão, entre outros.
 
2. Durma bem
Repor as energias faz com que seu corpo funcione melhor quando você estiver acordado. A má qualidade do sono aumenta em até três vezes o risco de morte, de acordo com um estudo da American Academy of Sleep.
 
3. Mexa-se
Mesmo que pratique exercícios regularmente, você deve evitar ficar o restante do tempo. Grande parte das pessoas trabalha sentada, mas isso prejudica diversas funções do corpo. Por isso, levante de tempos em tempos e procure se alongar.
 
4. Consulte a balança
Não basta ter uma alimentação regrada e praticar exercícios. Seu peso precisa estar dentro da faixa considerada saudável. Por isso, controle o ganho de peso e busque um especialista para emagrecer de forma saudável.
 
Fonte Minha Vida

Descobrem mutação genética vinculada a Alzheimer

Um grupo de cientistas descobriu uma estranha mutação genética que parece triplicar o risco de desenvolver Alzheimer e proporciona importantes pistas sobre como funciona esta enfermidade, incurável até o momento.
 
Cientistas de duas equipes independentes chegaram ao mesmo resultado, publicado na quarta-feira em dois estudos da revista médica semanal New England Journal of Medicine. De acordo com as investigações, uma mutação do gene TREM2, que ajuda a controlar as respostas do sistema imunológico, é de três a quatro vezes mais frequente nos pacientes idosos com Alzheimer que nos que não sofrem a doença.
 
A característica do Alzheimer é a acumulação de placas e emaranhados no tecido cerebral. Nos corpos normais, sem a doença, as moléculas inflamatórias do sistema imunológico ajudam a limpar esta acumulação antes de ela se converter em um problema.
 
A função do gene TREM2 é manter a resposta inflamatória sob controle, para evitar que as moléculas inflamatórias danifiquem o tecido saudável.
 
Contudo, a pesquisa preliminar indicou que a mutação do TREM2 poderia pôr o gene para funcionar em pleno vapor, impedindo as moléculas inflamatórias de fazer seu trabalho.
 
"Enquanto a mutação genética que encontramos é extremamente rara, seu efeito no sistema imunológico é um forte indicador de que este sistema pode ser chave na enfermidade", disse a pesquisadora da University College de Londres Rita Guerrero, autora principal de um dos estudos.
 
A mutação foi encontrada em menos de uma em 200 pessoas no total e em menos de um em cada 50 pacientes com Alzheimer, o que significa que não é provável que, por si só, seja suficiente para causar a enfermidade.
 
Acredita-se que uma combinação de fatores ambientais e hereditários contribuem para o desenvolvimento do Alzheimer.
 
Contudo, os pesquisadores disseram que identificar esta mutação e seu possível papel no desenvolvimento do Alzheimer é um passo na direção correta.
 
"Este é um passo importante para descobrir as causas ocultas da enfermidade, para que possamos desenvolver tratamentos e intervenções para pôr fim a um dos maiores problemas de saúde do século XXI", disse Peter St. George-Hyslop, da Universidade de Toronto.
 
Outro dos principais pesquisadores, Kevin Morgan da Universidade de Nottinghan, disse que "o risco associado a esta nova variante é o maior até o momento e anuncia uma nova era na pesquisa genética (do Mal de Alzheimer)".
 
"Finalmente estamos começando a presenciar importantes avanços que, com sorte, terão como resultado o desenvolvimento de terapias para ajudar a aliviar esta condição devastadora", acrescentou.
 
Os cientistas disseram que, potencialmente, poderiam desenvolver novos medicamentos para controlar o gene TREM2 e impedir que interfira excessivamente na resposta inflamatória.
 
Um dos estudos foi realizado por uma equipe internacional de pesquisadores com base na Grã-Bretanha, Canadá e Estados Unidos, utilizando uma base de dados de 25.000 pessoas.
 
O outro foi realizado por pesquisadores da Islândia, que utilizaram dados de 2.261 idosos do país e logo confirmaram os resultados com mostras representativas da população nos Estados Unidos, Noruega, Países Baixos e Alemanha.
 
Fonte R7

Conheça o pai da 'invenção' mais letal da história

Cerca de 85% dos casos de câncer de pulmão estão relacionados ao tabagismo
 
Ele parece pequeno e inofensivo - branco e com apenas oito centímetros de tamanho. Mas o cigarro é visto como um dos grandes males da saúde pública e repudiado como poucos produtos.
 
Mas quem o inventou e como essa pessoa pode ser responsabilizada pelas inúmeras mortes provocadas pelo cigarro?
 
O cirurgião americano Alton Ochsner lembra que, quando ainda era estudante de medicina em 1919, sua turma foi chamada para assistir a uma autópsia de uma vítima de câncer de pulmão. Na época, a doença era tão rara que os estudantes acharam que não teriam outra chance de testemunhar algo parecido.
 
Quase um século depois, estima-se que 1,1 milhão de pessoas morram por ano da doença. Cerca de 85% dos casos são relacionados a apenas um fator: tabaco.
 
'O cigarro é o artefato mais mortal da história da civilização humana', diz Robert Proctor, da Universidade de Stanford. 'Ele matou cerca de 100 milhões de pessoas no século 20.'
 
Fenômeno
Jordan Goodman, autor do livro Tabaco na História disse que, como historiador, ele teve o cuidado de não apontar o dedo a nenhum indivíduo, 'mas na história do tabaco eu me sinto confiante em dizer que James Buchanan Duke - conhecido como Buck Duke - foi responsável pelo fenômeno do século 20 conhecido como cigarro'.
 
Em 1880, aos 24 anos, Duke entrou em um nicho da indústria do tabaco - os cigarros já enrolados. Uma equipe pequena de Durham, no Estado da Carolina do Norte, enrolava a mão os cigarros Duke of Durham.
 
Dois anos depois, Duke percebeu uma chance de ganhar dinheiro. Ele começou a trabalhar com um jovem mecânico chamado James Bonsack, que disse que poderia construir uma máquina para fabricar cigarros.
 
Duke estava convencido que as pessoas estariam dispostas a fumar os cigarros perfeitamente simétricos produzidos pela máquina.
 
O equipamento revolucionou a indústria do tabaco.
 
'Trata-se, essencialmente, de um cigarro de tamanho enorme, cortado em comprimentos apropriados, por lâminas rotativas', diz Robert Proctor.
 
Mas, como as pontas ficavam abertas, o tabaco precisava ser umedecido, para ficar rígido, e não cair do cigarro. Isso era feito com ajuda de aditivos químicos, como glicerina, açúcar e melaço.
 
Mas esse não era o único desafio. Antigamente, as funcionárias enrolavam cerca de 200 cigarros por turno. A nova máquina produzia 120 mil cigarros por dia - um quinto do consumo de todos os Estados Unidos, na época.
 
'O problema é que ele era capaz de produzir muito mais cigarros do que conseguia vender', diz Goodman. 'Ele precisava entender como conquistar esse mercado.'
 
Marketing e publicidade
A resposta estava na publicidade e no marketing. Duke patrocinou corridas, distribuiu cigarros gratuitamente em concursos de beleza e colocou anúncios nas revistas da época.
 
Ele também percebeu que a inclusão de figurinhas colecionáveis nas carteiras de cigarro era tão importantes quanto trabalhar na qualidade do produto. Em 1889, ele gastou US$ 800 mil em marketing (ou US$ 25 milhões, em valores de hoje em dia).
 
Bonsack ficou com a patente da máquina, mas, em gratidão ao apoio de Duke, deu 30% de desconto no seu aluguel ao industrial.
 
A vantagem competitiva - aliada à promoção vigorosa - foi fundamental para o sucesso de Duke. Como suspeitava, as pessoas gostavam dos cigarros feitos pela máquina. Eles tinham aparência mais moderna e higiênica. Uma das campanhas enfatizava o fato de que cigarros manuais eram feitos com contato da mão e da saliva de outras pessoas.
 
Mas, apesar de o número de fumantes ter quadruplicado nos 15 anos até 1900, o mercado ainda era um nicho, já que a maioria das pessoas mascava tabaco ou fumava usando cachimbos ou charutos.
 
Duke - que também era fumante - viu o potencial competitivo dos cigarros em relação aos demais produtos. Uma das vantagens era a facilidade para acendê-los, ao contrário dos cachimbos.
 
'O cigarro, realmente, era usado de forma diferente', diz Proctor. 'E uma das grandes ironias é que os cigarros eram considerados mais seguros do que os charutos porque eram vistos como apenas 'pequenos charutinhos'.'
 
Mas um elo direto com câncer de pulmão não foi encontrado até 1957 na Grã-Bretanha e 1964 nos Estados Unidos.
 
Os cigarros chegaram a ser promovidos como benéficos à saúde. Eles eram listados nas enciclopédias farmacêuticas até 1906 e indicados por médicos para casos de tosse, resfriado e tuberculose - uma doença que é agravada pelo fumo.
 
Moralidade
No começo dos anos 1900, houve um movimento antitabagismo, mas ele estava mais relacionado à moralidade do que à saúde.
 
O crescimento no número de crianças e mulheres fumantes era parte de um debate sobre o declínio moral da sociedade. Os cigarros foram proibidos em 16 Estados americanos entre 1890 e 1927.
 
A atenção de Duke voltou-se para o exterior. Em 1902, ele formou a empresa britânica British American Tobacco. As embalagens e o marketing foram ajustados para mercados consumidores diferentes, mas o produto era basicamente o mesmo.
 
'Para ele, todos os cigarros eram iguais. Toda a globalização que hoje nos é familiar, com marcas como McDonalds e Starbucks - tudo isso foi antecipado por Duke e seus cigarros.'
 
A indústria do cigarro continua em expansão até hoje. Apesar de ela estar em queda em determinados países desenvolvidos, no mundo emergente, a demanda por cigarros cresce 3,4% por ano. Em números globais, a indústria ainda está crescendo.
 
A Organização Mundial da Saúde alerta que, caso não sejam adotadas medidas preventivas, 100 milhões de pessoas morrerão de doenças relacionadas ao tabaco nos próximos 30 anos - um número superior à soma de vítimas da Aids, tuberculose, acidentes de carros e suicídios.
 
Mas Buck Duke pode ser responsabilizado por isso? Afinal de contas, ninguém é obrigado a fumar.
 
Em um ensaio recente para a revista Tobacco Control, Robert Proctor argumenta que todos na indústria tabagista têm sua parcela de culpa.
 
'Nós temos que perceber que anúncios podem ser cancerígenos, junto com as lojas de conveniência e até farmácias que vendem cigarros. Os executivos que trabalham na indústria tabagista causam câncer, assim como os artistas que desenham as carteiras e as empresas de relações públicas e marketing que lidam com essas contas', diz Proctor.
 
Buck Duke morreu em 1925, antes da era dos grandes processos e da responsabilização do tabaco por doenças como câncer de pulmão.
 
'Eu não o culparia pelo [crescimento do] consumo de cigarros', diz Bob Durden, que é biógrafo do industrial. Ele aponta que Duke também foi responsável por ações positivas, como doações de mais de US$ 100 milhões para o Trinity College, na Carolina do Norte, que foi rebatizado de Duke University, em sua homenagem.
 
'Ele foi tanto um herói quanto um vilão ', diz Goodman. 'Buck Duke é um herói em termos de sua compreensão do mercado e da psicologia humana, da formação de preço, da publicidade. Nesse sentido, ele não é vilão. Mas ele fez o mundo fumar cigarros. E os cigarros são o grande problema do século 20.'
 
Fonte R7

Bom funcionamento do intestino garante a imunidade do organismo

Já reparou que tem pessoas que enfrentam as mudanças climáticas sem pegar uma gripe ou resfriadinho sequer. Tais pessoas, com alta imunidade, têm um ponto em comum: um regular funcionamento do intestino.
 
É neste órgão que se concentra 90% de nossa imunidade, onde ocorre nossa maior produção de anticorpos. Prisão de ventre ou diarreia, ou fezes secas, tipo bolinhas, sem o aspecto de uma banana, são sinais de que o intestino não anda funcionando bem.
 
Além do médico, o tipo de alimentação é fundamental para manter a saúde do intestino. Nossa flora intestinal é formada por bactérias que ao se ploriferarem demais causam doenças.
 
Existem as probióticas, consideradas bactérias do bem, que garantem uma boa digestão, produzem vitaminas, ajudam a manter os níveis de colesterol, desintoxicam o organismo, a atuam no aumento da imunidade.
 
Para fazer com que essas bactérias prebióticas se multipliquem, precisamos de ingerir fibras como cebola, alho, trigo, mel e cevada.
 
A polpa da banana verde também é uma excelente fibra prebiótica, assim como alho poro, alcachofra e aspargos representam a inulina, outra representante desse tipo de fibra.
 
Fonte R7

Meninas fumantes podem ter capacidade reprodutora prejudicada

Dados do Ministério da Saúde alertam que uma em cada quatro meninas é fumante. Prova de que grande parte das adolescentes brasileiras ignora campanhas e medidas antitabagismo.
 
O que as jovens não imaginam é que o vício podem vir a impedir que gerem filhos no futuro. Isso porque o cigarro prejudica seriamente a capacidade de reprodução humana.
 
Diversos estudos comprovam que a infertilidade é mais presentes em mulheres fumantes do que nas não fumantes.
 
Assim como algumas drogas ilícitas, como a maconha, a cocaína e o crack o tabaco também pode provocar alterações, retardar a gestação e antecipar a menopausa. E quanto maior for o tempo do vício, maior será o impacto na saúde dos ovários, provocando alterações nas taxas hormonais e fisiológicas tubárias, causando destruição folicular, agressões ao endométrio, com dificuldade de implantação do óvulo.
 
 Mas não é preciso esperar a idade adulta para sentir os malefícios do cigarro.
 
Ainda na juventude os dentes se tornam amarelos, há diminuição da capacidade física, diminuindo o pique para praticar atividades físicas, dançar nas baladas e pode ocorrer o envelhecimento precoce da pele.
 
Por isso é uma atitude inteligente as meninas se manterem afastadas do cigarro.
 
Fonte R7

Pesquisa aponta que o amendoim é o petisco preferido dos brasileiros

Apesar de possuir grande teor calórico, alimento pode até ajudar na dieta
 
Se o seu petisco preferido para abrir o apetite ou quando se reúne com amigos para tomar um drink é o amendoim, saiba que não está sozinho na preferência.
 
Uma pesquisa realizada pelo IBOPE apontou que ele é o preferido dos brasileiros.
 
Apesar de possuir grande teor calórico uma colher de sopa de amendoim torrado com sal possui 119 calorias ele pode até ajudar na dieta, já que acelera o metabolismo e provoca a sensação de saciedade.
 
O amendoim possui outros valores nutritivos. O mais conhecido é o seu poder afrodisíaco, devido ao grande teor de zinco, de grande importância na produção de hormônios sexuais.
 
Por ser fonte de vitamina E, possui propriedades antioxidantes, que combatem o envelhecimento precoce. Possui também ácidos graxos monoinsatururados, as chamadas gorduras do bem, diminuindo os níveis de colesterol e triglicerídeos, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares.
 
Existem muitas formas de consumir amendoim, mas quem quer emagrecer o ideal é comer in natura, pois a casca vermelha é muito nutritiva.
 
Na hora de comprar, é importante verificar se o produto possui o selo de qualidade da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados).
 
O selo atesta que o amendoim passou pelo controle de qualidade e está livre de aflatoxina, substância considerada cancerígena.
 
Fonte R7

Tratamento do diabetes não tem direito a férias

Sem cura, doença exige uso de medicamento para o resto da vida
 
Para muitas pessoas, receber o diagnóstico de diabetes representa desespero. Quem nunca ouviu da vizinha ou de algum parente que a doença é gravíssima e que a maioria dos pacientes não escapa da amputação ou da cegueira? A única verdade, segundo os especialistas, é que o tratamento é contínuo e precisa ser levado a sério para que essas e outras complicações não apareçam.
 
A notícia ruim é que a maioria dos 12 milhões de brasileiros com diabetes não trata a doença corretamente. Em 2009, a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) em parceria com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) da Bahia revelou que 75% dos diabéticos não controlam a glicemia. Para Rosa Sampaio, professora de Clínica Médica da Universidade Federal de Sergipe e ex-coordenadora de Hipertensão e Diabetes do Ministério da Saúde, isso reflete a necessidade de educação sobre a doença.
 
— Nos últimos 10 anos, tivemos um avanço significativo no acesso gratuito aos medicamentos, mas o tratamento não se restringe a isso. A disseminação de informação, o que chamamos de educação em diabetes, e o incentivo aos hábitos de vida saudáveis são fundamentais para avançarmos ainda mais no combate a essa epidemia global.
 
Rosa lembra que a distribuição gratuita de medicamentos para o diabetes é garantida por lei. Mesmo o SUS (Sistema Único de Saúde) oferecendo apenas as drogas básicas, é importante que todos os diabéticos se tratem.
 
— O SUS oferece o tratamento completo da doença, mas alguns estados brasileiros, como Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais e Paraná, já conseguiram incluir no sistema público drogas mais modernas, como os análogos de insulina. Mesmo assim, ainda precisamos avançar muito e incorporar esse e outros itens em todo o País. O processo está “rolando” há algum tempo.
 
A médica explica que os análogos de insulina são drogas mais modernas que se assemelham a ação fisiológica do hormônio e reduzem os efeitos colaterais, como as hipoglicemias. Alguns pacientes, inclusive, costumam conseguir esse tratamento por meio de ações judiciais.
 
Diabetes tipo 1
Mais comum em crianças e adolescentes, o diabetes tipo 1 é caracterizado pela incapacidade do pâncreas produzir insulina, assim seus portadores precisam de injeções diárias do hormônio para sobreviver. E é exatamente por levar picadas todos os dias que há muita resistência por parte dos pacientes, mas o endocrinologista Dr. Roberto Betti, coordenador do Centro de Diabetes e Doenças Metabólicas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, garante que o mercado tem opções menos doloridas e mais confortáveis para o diabético.
 
— Hoje em dia há agulhas muito pequenas, canetas para aplicação de insulina, bombas que injetam o hormônio durante 24 horas e insulinas mais modernas que causam menos efeitos colaterais, como os análogos.
 
Além da aplicação do hormônio, o médico acrescenta a necessidade da prática regular de exercício físico e da alimentação saudável. E para saber se o tratamento está surtindo efeito, o Dr. Betti chama a atenção para outros dois pontos.
 
— O paciente precisa monitorar a glicemia no mínimo quatro vezes por dia e visitar o endocrinologista entre três a quatro vezes por ano. Isso é fundamental para o médico avaliar o tratamento e fazer os devidos ajustes da medicação.
 
Diabetes tipo 2
Nem sempre o tratamento do diabetes tipo 2 exige medicação. Em alguns casos, basta adotar um estilo de vida saudável para cuidar da doença. Isso representa alimentação balanceada, prática regular de exercícios físicos, consumo moderado de bebidas alcóolicas, abandono do cigarro, controle da pressão arterial, manutenção do peso ideal e distância do estresse.
 
Se os hábitos não forem suficientes para controlar a glicemia, o paciente inicia a terapia com os hipoglicemiantes orais e, em alguns casos, pode até precisar de insulina. Entre as várias classes de medicamentos disponíveis no mercado, a metformina é a mais prescrita pelos médicos.
 
— Apesar de a metformina ser muito boa, há outras opções mais modernas, como os análogos de GLP-1 e os inibidores de DPP-4, que costumam ter menos efeitos colaterais.
 
O endocrinologista acrescenta que a monitorização da glicemia também faz parte do tratamento e deve ser realizada duas vezes ao dia, preferencialmente em jejum e duas horas após uma refeição. Já a visita ao médico para avaliar o quadro clínico do paciente pode ser de duas a três vezes por ano.
 
— O diabetes não tem cura, mas tem controle. A adesão ao tratamento é garantia de qualidade de vida e prevenção de complicações.
 
Fonte R7

Sucessão de erros leva à morte de bebê na Inglaterra

Mãe, devastada pela perda trágica, fez ataque carregado de angústia contra hospital infantil
 
Uma sucessão de erros médicos levou à morte de uma bebê no Reino Unido. A mãe, devastada pela perda trágica, fez na quarta-feira (14) um ataque carregado de angústia contra o Hospital Infantil de Birmingham,Inglaterra, onde “falhas graves” levaram à morte de Hayley Fullerton, então com um ano e um mês de idade.
 
Segundo Paula Stevenson, 41 anos, Hayley “morreu como um animal abandonado” no centro médico, cujos funcionários foram classificados como “covardes” quando ela implorou por ajuda enquanto sua filha lutava para respirar depois de uma cirurgia no coração.
 
Ela contou que tentou até mesmo subornar uma enfermeira para que atendesse ela e evitasse que a menina morresse de parada cardíaca depois de seus pulmões colapsarem.
 
Segundo a mãe, profissionais de medicina e enfermagem falharam ao questionarem se a bebê precisava mesmo de aparelhos respiratórios, assim como ao providenciar um raio-X e revisá-lo em tempo hábil. Além disso, ela contou os profissionais calcularam sem precisão a urgência de interná-la da unidade de terapia pediátrica.
 
Três semanas depois de ser operada, seu estado de saúde começou a se deteriorar, em 6 de novembro. A família pediu para que ela fosse transferida para a UTI, mas durante três dias os médicos afirmavam que a menina não estava tendo problemas respiratórios. Em 9 de novembro, um raio-X revelou que o pulmão direito de Hayley estava com problemas.
 
A menina passou a receber alimentação via intravenosa e, depois foi mantida em isolamento por suspeita de gripe suína. A mãe, no entanto, argumenta que sua filha não estava infectada e a que a mantiveram longe para que a família não reclamasse de seu estado debilitado.
 
Na manhã de 11 de novembro os pulmões de Haley pararam de funcionar e ela teve uma parada cardíaca. Ela foi declarada morta depois que uma equipe de médicos passar 20 minutos tentando salvá-la.
 
Fonte R7

Síndrome de Angelman

Síndrome de Angelman é um distúrbio genético -neurológico nomeado em homenagem ao pediatra inglês Dr. Harry Angelman, que foi quem descreveu a síndrome pela primeira vez em 1965.
 
Caracteriza-se por atraso no desenvolvimento intelectual, dificuldades na fala, distúrbios no sono, convulsões, movimentos desconexos e sorriso frequente.
 
Além disso, é um exemplo clássico de imprinting genômico causado pela deleção ou inativação de genes críticos do cromossomo 15 herdado da mãe.
 
Sua síndrome irmã é chamada de síndrome de Prader-Willi, sendo causada pela deleção de genes paternos.
 
Sintomas
 
Principais
  • Atraso do desenvolvimento, funcionalmente severo
  • Incapacidade de falar, com nenhum ou quase nenhum uso de palavras
  • A criança se comunica mais pela capacidade compreensão de seus atos do que pela expressão verbal
  • Problemas de movimento e equilíbrio
  • Crises convulsivas
  • É observado o atraso no crescimento do perímetro cefálico em 80% dos casos, ocorrendo microcefalia em torno dos dois anos de idade
  • Incapacidade de coordenação dos movimentos musculares voluntários ao andar e/ou movimento trêmulo dos membros
  • Frequente qualquer combinação de riso e sorriso, com uma aparência feliz - embora este sorriso permanente seja apenas uma expressão motora
  • Personalidade facilmente excitável, com movimentos aleatórios das mãos, hipermotricidade e incapacidade de manter a atenção
  • Atração/fascínio pela água

Associados

  • Estrabismo
  • Albinismo da pele e dos olhos
  • Hipersensibilidade ao calor
  • Mandíbula e língua proeminentes
  • Dentes espaçados
  • Comportamento excessivo de mastigação
  • Problemas para dormir e com a alimentação durante a infância
Tratamento
Não há tratamento disponível para os portadores da Síndrome de Angelman, sendo possível apenas suporte clínico ou psicossomático, procurando amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida.
 
Com a fisioterapia se observa bons resultados, principalmente em relaçao ao deficit de equilibrio e marcha. (Dr. Wilson Nobre - Fisioterapeuta) wilsonnobre@hotmail.com

Fonte Wikipedia

Doença rara faz menino 'sorrir' permanentemente

Elliot descobriu ser portador da síndrome de Angelman quando começou a apresentar problemas para se alimentar
 
A maioria dos pais adoraria ver seu filho crescer com um sorriso no rosto. Mas para os britânicos Gale e Eland Carig, o comportamento aparentemente sempre alegre de seu filho Elliot, de dois anos, é um lembrete doloroso de sua luta para crescer e se desenvolver.
 
O garoto de Preston, no condado de Lancashire, nasceu com a chamada síndrome de Angelman, um distúrbio genético-neurológico caracterizado por atraso no desenvolvimento intelectual, dificuldade na fala, distúrbio no sono, convulsões e movimentos desconexos. A doença neurológica rara tem ainda um efeito secundário, que leva os pacientes a ficarem facilmente excitados, deixando-os permanentemente com um sorriso no rosto.
 
Gale, a mãe de Elliot, disse que o semblante de seu filho faz com que se sintam otimistas:
 
— Quando nos sentimos para baixo, a risada de Elliot faz com que todos continuem seguindo em frente. Basta olhá-lo.
 
A mãe e o pai de Eliiot, Craig, descobriram a condição de Elliot quando ele começou a apresentar problemas para se alimentar ainda bebê, de acordo com o site do jornal Daily Mail.
 
— Não pensava que Elliot tinha um grande problema. Só parecia ter problemas de alimentação.
 
O garoto passou então por uma maratona de exames de sangue, ressonância magnética e radiografias. Por sorte, seu pediatra havia lidado com um caso de síndrome de Angelman antes e pediu exames genéticos para confirmar se tratava-se mesmo da doença.
 
Além de dificultar o aprendizado e deixar o rosto com um sorriso permanente, outro sintoma da doença é o fato de Elliot parecer precisar apenas de algumas horas de sono à noite. Segundo sua mãe, o menino dorme facilmente, mas acorda no meio da noite, depois de apenas quatro horas dormidas.
 
A condição de Elliot é rara. Em todo o Reino Unido, segundo o site do jornal britânico, existem apenas 1 mi casos registrados.
 
Fonte R7

Prefeitura Municipal de São João – PE

A Prefeitura Municipal de São João – PE realiza seleção para preenchimento de 179 vagas

Inscrições:
Até 30 de novembro pelo www.concursopublicosaojoao.com.br


Valor:
De R$ 25,00 a R$ 100,00.

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 1.490,00

Provas:
Provas objetivas: 16 de dezembro
Haverá prova de títulos para Professores de Educação Básica e cargos de nível superior.

Cargos:
Fundamental - Motorista categoria C, Pedreiro, Auxiliar de Serviços Gerais, Tratorista, Vigia Escolar, Auxiliar de Serviços Educacionais e Motorista Escolar - categoria D;

Médio - Auxiliar de Controle Interno, Auxiliar Administrativo, Técnico em Agropecuária, Assistente Administrativo, Agente de Disciplina Escolar, Técnico Educacional em Informática, Assistente Administrativo Educacional e Professor I - Séries/Anos Iniciais - Creche/Educação Infantil;

Superior - Professor II - Educação Física, Professor II nas disciplinas de Geografia, História, Ciências, Matemática, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Secretário Escolar, Agente de Controle Interno, Psicólogo Escolar, Fonoaudiólogo Escolar, Nutricionista Escolar, Enfermeiro, Médico Clínico Geral, Odontólogo, Médico - Cirurgião, Anestesista, Cardiologista, Ginecologista, Ortopedista e Pediatra

Universidade Federal da Paraíba - UFPB

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) realiza seleção para preenchimento de 60 vagas para Professores para os Centros de Ciências Exatas e da Natureza; de Ciências Humanas, Letras e Artes; de Ciências Médicas; de Ciências da Saúde; de Tecnologia; de Tecnologia e Desenvolvimento Regional; de Energias Alternativas e Renováveis; de Ciências Sociais e Aplicadas; de Educação; de Informática; de Ciências Agrárias e de Ciências Aplicadas e Educação.

Inscrições:
Até 7 de dezembro, pelo www.ufpb.b
r

Remuneração:
Até R$ 7.627,02.

Provas:
Haverá prova escrita, prova didática, prova de plano de trabalho e exame de títulos

Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD/MS

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Mato Grosso do Sul, realiza concurso para provimento de 44 vagas para as Faculdades de Comunicação, Artes e Letras (Facale), Administração, Ciências Contábeis e Economia (Face), Engenharia (Faen), Direito e Relações Internacionais (Fadir), Ciências Agrárias (FCA), Ciências Biológicas e Ambientais (FCBA), Ciências Humanas (FCH), Ciências da Saúde (FCS) e Intercultural Indígena (Faind).

Inscrições:
De 29 de outubro a 16 de novembro

Valor:
R$ 150,00

Remuneração:
De R$ 1.901,92 a R$ 7.931,02

Provas:
Haverá prova escrita, prova didática, prova de defesa do memorial e prova de títulos

Universidade Estadual de Campinas - Unicamp/SP

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), São Paulo, realiza concurso para provimento de 1 vaga para professor da Faculdade de Ciências Médicas.

Inscrições:
Até 20 de novembro na Secretaria Geral (sala 14, Cidade Universitária "Zeferino Vaz", Barão Geraldo)

Área:
Farmacologia

Remuneração:
De R$ 2.171,51 a R$ 12.527,52.

Provas:
Haverá prova de títulos, didática e de arguição

Prefeitura Municipal de Carandaí - MG 2013

A Prefeitura Municipal de Carandaí, Minas Gerais, realiza concurso para preenchimento de 207 vagas

Inscrições:
De 18 de dezembro de 2012 a 16 de janeiro de 2013 na Praça Barão de Santa Cecília, nº. 68, Centro ou pelo www.jmpm.com.br.


Valor:
De R$ 35,00 a R$ 90,00

Cargos:
Auxiliar Administrativo, Técnico em Informática e Médico Cardiologista

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 1.621,68

Provas:
Provas objetivas: 27 de janeiro

Cargos:
Fundamental - Auxiliar Administrativo, Motorista, Operador de Máquinas, Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro e Operário;

Médio - Professor I, Técnico em Informática, Agente Administrativo, Secretária Escolar e Monitor de Creche;

Superior - Advogado, Assistente Social, Contador, Dentista, Enfermeiro, Farmacêutico, Fiscal Tributário, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico nas especialidades de Angiologia, Cardiologia, Clínica Geral, Ginecologia/Obstetrícia, Neurologia, Ortopedia, Pediatria e Psiquiatria, Psicólogo, Professor II nas disciplinas de artes, Ciências, Educação Física, Educação Religiosa, História, Inglês, Matemática e de Português/Literatura e Supervisor Educacional.

Prefeitura Municipal de Extremoz - RN

A Prefeitura Municipal de Extremoz, Rio Grande do Norte, realiza concurso para provimento de 380 vagas

Inscrições:
De 22 de outubro a 22 de novembro na rua dos Coqueiros, nº 44, Conjunto Alto Extremoz ou pelo www.conpass.com.br.


Valor:
De R$ 37,00 a R$ 57,00, além do cartão de inscrição (R$ 6)

Remuneração:
De R$ 656,44 a R$ 1.841,11

Provas:
Prova escrita: 13 de janeiro de 2013,
Haverá prova de títulos

Cargos:
Fundamental - Motorista categorias A, B, C e D e Agente Operacional de Serviços;

Médio - Auxiliar de Professor, Técnico em Enfermagem, Técnico em Higiene Dental, Auxiliar de Farmácia, Técnico em Vigilância Sanitária e Ambiental, Agente Administrativo, Digitador, Agente de Combate às Endemias e Agente Comunitário de Saúde - ESF,

Superior - Assistente Social, Auditor Fiscal de Vigilância Sanitária, Cirurgião-Dentista, Educador Físico, Enfermeiro, Farmacêutico, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico, Médico Obstetra, Pediatra, Médico-Veterinário, Nutricionista, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional, Professor de Nível Superior nas disciplinas de Ciências, Geografia, Língua Inglesa, Portuguesa, Matemática, Artes, História, Educação Física e Filosofia, Professor de Nível Superior - Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Professor de Nível Superior - Educação Infantil.

Prefeitura Municipal de Imbuia - SC 2013

A Prefeitura Municipal de Imbuia, Santa Catarina, realiza concurso para preenchimento de 5 vagas.

Inscrições:
Até 12 de março, na Avenida Bernardino de Andrade, nº. 86, centro, Imbuia

Valor:
De R$ 20,00 a R$ 50,00

Remuneração:
De R$ 545,06 a R$ 9.407,34

Cargos:
Superior - Fonoaudiólogo, Médico da Família e Médico Sobreaviso.

Médio - Técnico em Enfermagem e Escriturário.

Alfabetizado - Auxiliar de Serviços Gerais (Merendeira/Servente e Trabalhador Braçal) e Pedreiro/Carpinteiro.

Provas:
Provas escritas: 25 de março

Prefeitura Municipal de Nova Mutum - MT

A Prefeitura Municipal de Nova Mutum, Mato Grosso, realiza seleção para preenchimento de vagas

Inscrições:
Até 23 de novembro pelo www.novamutum.mt.gov.br


Valor:
De R$ 30,00 a R$ 80,00

Cargos:
Nível Superior: Fisioterapeuta (1), Fonoaudiólogo (1), Professor Educação Básica - Pedagogia (15);

Nível Médio: Agente Administrativo I (5), Agente de Combate a Endemias (3), Agente Sanitário (1), Auxiliar de Biblioteca (1), Auxiliar de Consultório Dentário (2), Cuidador (Abrigo) (1), Fiscal de Obras e Posturas (2), Monitor de Creche (15), Técnico de Laboratório (1), Técnico Topógrafo/ Agrimensor (1);

Nível Fundamental: Ajudante de Cuidador (abrigo) (1), Ajudante Geral (40), Eletricista (1), Guarda Municipal de Patrimônio (4), Mecânico de Manutenção (1), Mecânico Montador (1), Merendeira (5), Monitor de Transporte Escolar (4), Motorista de Caminhão (5), Motorista de Veículos Especiais (20), Operador de Máquinas (3), Zelador (3).

Provas:
Provas Escritas: 16 de dezembro
Haverá Prova de Títulos, Provas Práticas e Prova de Teste de Esforço Físico

Prefeitura Municipal de Pindorama - SP

A Prefeitura Municipal de Pindorama, São Paulo (www.pindorama.sp.gov.br) realiza concurso para preenchimento de vagas

Inscrições:
Até 20 de novembro pelo www.institutosoler.com.br


Valor:
De R$ 50,00 a R$ 57,00

Cargos:
Médico Plantonista, Procurador Jurídico e Tesoureiro.

Provas:
Prova escrita: 9 de dezembro

Remuneração:
De R$ 1.750,00 a R$ 1.800,00

Prefeitura Municipal de Quebrangulo - AL

A Prefeitura Municipal de Quebrangulo realiza concurso para provimento de 93 vagas

Inscrições:
Até 23 de novembro pelo www.amigapublica.com.br/concursos


Valor:
De R$ 34,00 a R$ 79,00

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 1.022,62

Cargos
Fundamental -
Gari, Pedreiro, Vigilante Escolar, Auxiliar de Serviços Administrativos Educacionais, Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar de Serviços Gerais, Eletricista, Motorista, Motorista Escolar e Guarda Municipal;

Médio- Agente Administrativo, Assistente Administrativo Educacional, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Consultório Dentário, Professor (Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental), Secretário Escolar, Técnico de Higiene Dental, Técnico Agrícola e Técnico de Enfermagem;

Superior - Assistente Social, Biomédico, Enfermeiro - PSF, Enfermeiro, Fisioterapeuta, Médico, Nutricionista, Odontólogo - PSF, Procurador Jurídico, Psicólogo e Professor para as disciplinas de Matemática, de Inglês, de Ciências e de Educação Física.

Prefeitura Municipal de São Vicente - SP

A Prefeitura Municipal de São Vicente, São Paulo, realiza seleção para preenchimento de vagas para Agente Comunitário de Saúde - ACS.

Inscrições:
Até 22 de novembro, no Paço Municipal, Rua Frei Gaspar, nº. 384, Centro

Valor:
R$ 27,67

Remuneração:
R$ 1.079,53

Provas:
Haverá Prova Objetiva, Prova de Títulos e Exame médico

Prefeitura Municipal de Visconde do Rio Branco - MG

 Prefeitura Municipal de Visconde do Rio Branco, Minas Gerais, realiza concurso para provimento de 96 vagas

Inscrições:
De 26 de novembro a 13 de dezembro pelo www.consulplan.net ou na Prefeitura Municipal de Visconde do Rio Branco, Praça 28 de Setembro, s/n, centro

Valor:
De R$ 32,30 a R$ 49,30

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 2.557,61

Provas:
Provas objetivas: 6 de janeiro
Haverá prova de títulos para nível superior na área de educação, provas práticas para Bombeiro Encanador, Calceteiro, Eletricista, Motorista, Oficial de Manutenção, Operador de Máquinas, Pedreiro, Pintor, Serralheiro e Servente de Obras e comprovação de requisitos e apresentação de exames e atestados médicos.

Cargos:
Ensino Superior - Assistente Social, Bioquímico, Dentista PSF, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico, Nutricionista, Psicólogo, Especialista Supervisora, Professor de Educação Básica II, Professor de Educação Física, Professor de Educação Básica III nas disciplinas de Artes, Ciências, Ensino Religioso, Geografia, História, Informática, Língua Portuguesa, Matemática e Redação, Psicopedagogo, Advogado e Engenheiro Civil;

Ensino Médio - Desenhista, Técnico em Enfermagem, Agente de Computação, Arquivista, Auxiliar de Consultório Dentário PSF, Auxiliar de Secretaria, Fiscal de Tributos, Monitor de Informática, Inspetor de Alunos, Auxiliar de Biblioteca e Auxiliar de Educação;

Ensino Fundamental - Agente Comunitário de Saúde, Agente de Endemias e Zoonoses, Agente de Vigilância de Saúde, Atendente, Auxiliar de Serviço Educacional, Agente Administrativo, Auxiliar de Serviços, Bombeiro Encanador, Calceteiro, Eletricista, Motorista, Oficial de Manutenção, Operador de Máquinas, Pedreiro, Pintor, Serralheiro, Servente de Obras, Vigia Patrimonial e Zelador Comunitário

Prefeitura Municipal Itaobim – MG

A Prefeitura Municipal Itaobim – MG realiza concurso para o provimento de 269 vagas

Inscrições:
De 24 de outubro a 22 de novembro na rua Belo Horizonte, nº. 360, Centro ou pelo www.msmconsultoria.com.br


Valor:
De R$ 31,00 a R$ 100,00

Cargos:
Auxiliar Administrativo, Topógrafo e Médico-Veterinário

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 4.695,00

Provas:
Haverá prova objetiva; prova prática para Motorista, Motorista de Ambulância e Operador de Máquinas Agrícolas, Leves e Pesadas

Cargos:
Fundamental - Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Educação, Auxiliar de Serviços Gerais, Mecânico, Mestre de Obras, Motorista, Motorista de Ambulância, Operador de Máquinas Agrícolas, Operador de Máquinas Leves, Operador de Máquinas Pesadas, Pedreiro, Servente de Pedreiro e Servente Escolar;
Médio/Técnico - Agente Administrativo, Assistente de Saúde, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Veterinária, Fiscal Sanitário, Técnico Agrícola, Técnico em Contabilidade, Técnico em Contabilidade, Técnico em Radiologia, Técnico em Higiene Dental e Topógrafo;
Superior - Arquiteto, Enfermeiro, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Médico Clínico, Médico-Veterinário, Odontólogo, Pedagogo, Professor PEB I, Professor PEB II nas disciplinas de ciências, geografia, inglês, língua portuguesa e matemática e Terapeuta Ocupacional

Universidade Federal do Pará - UFPA

A Universidade Federal do Pará (UFPA) realiza concurso para provimento de 12 vagas para Professor do Instituto de Tecnologia, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Instituto de Letras e Comunicação, Instituto de Ciências da Saúde e para o Campus Universitário de Marabá.

Inscrições:
De 12 de novembro a 6 de dezembro pelo www.ceps.ufpa.br


Valor:
R$ 100,00,

Remuneração:
De R$ 3.553,46 a R$ 7.627,02.

Provas:
Haverá Prova Escrita; Prova Didática; Prova Prática para Mídias Eletrônicas Publicitárias e para Ciências da Alimentação e Nutrição; Memorial e Julgamento de Títulos

Universidade Federal do Rio Grande - FURG/RS (II)

A Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande do Sul, realiza concurso para provimento de cinco vagas para Professor Temporário do campus Carreiros - Institutos de Ciências Biológicas e de Ciências Humanas, da Informação e de Educação e Escola de Engenharia.

Inscrições:
Entre 9 e 16 de novembro

Remuneração:
R$ 2.215,54, R$ 3.137,18 e R$ 4.472,00

Valor:
R$ 60,00, R$ 75,00 e/ou R$ 90,00

Provas:
Haverá prova de títulos e didática

Universidade Federal do Tocantins - UFT

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) realiza seleção para preenchimento de 107 vagas para Professores para os campi de Araguaína, Gurupi e Palmas.

Inscrições:
De 9 de novembro a 9 de dezembro pelo www.copese.uft.edu.br


Valor:
R$ 150,00.

Áreas:
Ciências Naturais (Química e Física), Gestão e Negócios, Engenharia de Bioprocessos, Química Ambiental, Artes-Teatro, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Filosofia, Nutrição, Zootecnia e Química Ambiental

Remuneração:
De R$ 3.137,18 a R$ 7.627,02

Provas:
Prova escrita: 11 de janeiro
Haverá prova didática e prova prática em 13, 14 e 15 de janeiro e avaliação de títulos