Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Diabetes e hipertensão são fatores de risco para a saúde dos rins

Órgãos chegam a filtrar até 180 litros de sangue por dia. Excesso de sal e carne vermelha prejudica o funcionamento deles.

O processo de filtragem de todo o sangue que temos no nosso corpo é encabeçado por dois pequenos órgãos que ficam situados nas costas. Os rins, que pesam entre 150 e 300 gramas cada chegam a filtrar até 180 litros de sangue durante o dia.

Além de filtrar o sangue, os rins são importantes para manter o equilíbrio de líquidos e sais do organismo – é o mecanismo de controle mais elaborado que o corpo tem.

Com isso, eles controlam a pressão arterial, eliminam o excesso de substâncias químicas, como o sódio, produzem um hormônio que interfere na produção de células de sangue e ativam a vitamina D, essencial para a absorção de minerais no intestino.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, cerca de 10 milhões de pessoas no país tem alguma disfunção renal, mas poucas sabem. Os sintomas de problemas no rim não são de fácil identificação. Um deles é a retenção exagerada de líquido, que leva a inchaço e aumento da pressão arterial. Acordar várias vezes durante a noite para urinar também pode ser sinal de que algo está errado.

A hipertensão e, principalmente, a diabetes, estão normalmente associadas com as disfunções renais. Cerca de 100 mil brasileiros precisam fazer diálise – tratamento no qual alguma máquina ou líquido de fora do corpo é usado para filtrar o sangue – e, desses, 60% têm diabetes.

Os danos que essas duas doenças provocam nos rins são permanentes e, por isso, é importante mantê-las sob controle. A hipertensão machuca os rins porque o sangue passa com mais dificuldade pelos vasos. Já os diabéticos costumam perder proteína pela urina, o que também acarreta em lesões.

As pedras nos rins – ou cálculo renal – são formadas por substâncias que o rim elimina normalmente, como o cálcio ou o ácido úrico. A urina é formada por cristais, e algum distúrbio de metabolismo ou alimentação pode causar a formação das pedras. Elas podem sair pela urina ou com cirurgia.

Em geral, essa é uma alteração transitória e o funcionamento dos rins volta logo ao normal. A formação das pedras não está ligada à ingestão de minerais, como o cálcio, mas sim ao hábito de beber pouca água.

Uma enquete realizada pelo site do Bem Estar indicou que 49% dos leitores bebem até cinco copos d'água por dia. Outros 34% ingerem entre cinco e dez copos, e 17% tomam mais de dez por dia.

Um problema mais grave é a nefrite, uma inflamação no rim, precedida por algum outro problema. Por exemplo, uma infecção de garganta pode formar anticorpos que se juntam a algumas proteínas e formam um complexo proteico. Isso é depositado nos rins, que o enxergam como um corpo estranho, e isso provoca uma inflamação.

Existe ainda a doença renal policística, que é hereditária e atinge cerca de 3% das pessoas que precisam fazer diálise. O rim cresce, fica cheio de cistos e perde a capacidade de filtrar. Existem casos em que o órgão cresce tanto que chega a pesar até 8 kg.

Fonte G1

Tratamento com aparelho nos dentes melhora a auto-estima e a saúde

Uso de aparelhos ortodônticos ajuda na correção da posição dos dentes. Dentes saudáveis e alinhados podem melhorar a respiração e até o sono.
 
Ter os dentes saudáveis e alinhados não é apenas uma questão de estética, mas também de saúde. Ter um sorriso bonito e uma mordida correta beneficia diversos fatores, como o sono e a respiração. A pessoa também passa a mastigar e a falar adequadamente, além de claro, aumentar a auto-estima e o bem-estar.
 
Um dos tratamentos utilizados para corrigir a posição dos dentes é o uso dos aparelhos ortodônticos, como mostrou o ortodontista Gustavo Bastos. Esses aparelhos, usados para reposicionar os dentes, podem ser colocados em qualquer idade, desde que a pessoa tenha dentes, gengivas e ossos saudáveis.
 
Arte Aparelho Dentário Bem Estar (Foto: Arte/G1)
 
 
Apesar disso, a idade indicada para esse tratamento é entre os 10 e 12 anos de idade, quando o corpo ainda está em fase de crescimento e fica mais fácil para o ortodontista redirecionar o desenvolvimento dos ossos para evitar cirurgias.
 
Antes de optar pelo uso do aparelho, é importante verificar se o profissional escolhido é um dentista do Conselho Regional de Odontologia e se é especialista em ortodontia. Além disso, é preciso prestar atenção se esse profissional lava as mãos, usa luvas descartáveis e gorro e se mantém os equipamentos limpos.
 
Como primeira medida, é necessário fazer radiografias, fotos e um estudo sobre como deverão ficar os dentes após o término do tratamento com o aparelho. O ortodontista deve, então, dar uma previsão ao paciente de como será esse processo e de quando ele terminará.
 
Existem diferentes tipos de aparelhos fixos: metálicos, cerâmicos e os metálicos ou em ouro colocados atrás dos dentes.
 
Já os tipos removíveis são: feitos em resina para correção ortodôntica ou ortopédica, feitos de plástico para correção ortodôntica ou extra-orais (freios) para correções ortopédicas. No Sistema Único de Saúde (SUS), apenas 40 entre os 907 centros de odontologia já oferecem aparelhos, mas há a promessa de expansão do acesso no sistema público de saúde.
 
Dentes de leite
O Bem Estar explicou também como crescem os dentes de leite e como fazer a limpeza na boca dos bebês. Segundo a pediatra Ana Escobar, com dois anos e meio, a criança já tem todos os 20 dentes de leite.
 
O nascimento desses dentes causa coceira, aumentam a produção de saliva e ainda podem causar febre e diarréia. Mordedores molinhos, sem nada dentro, são os melhores para aliviar a coceira porque não machucam a gengiva.
 
A chupeta também alivia a vontade que a criança tem de colocar objetos na boca e cabe aos pais negociar e administrar o uso dela.
 
Para limpá-los, a pediatra recomenda utilizar escovas macias próprias para bebês e pastas sem flúor. É preciso também evitar que a criança corra e brinque com a chupeta na boca, e ter cuidado com meias e pisos lisos, que podem aumentar o risco de acidentes e traumas dentários. Caso isso aconteça, é importante procurar um cirurgião dentista em algum pronto-socorro mais próximo.
 
Entre os 4 e 6 anos, surgem os dentes permanentes e é nessa época que os pais devem observar o crescimento e verificar se o posicionamento é adequado para, no caso, procurar um ortodontista.

Fonte G1

Cartilha ensina como mulher pode evitar feto sem cérebro na gravidez

Texto lançado por federação médica destaca a importância do ácido fólico. Suplementação até o 1º trimestre previne anencefalia e espinha aberta.

Uma cartilha destinada a todas as mulheres do país que pretendem engravidar e outra para os médicos que devem orientar as pacientes são lançadas nesta quinta-feira (30) pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), durante congresso em São Paulo.

O texto foi baseado em uma orientação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.

O objetivo é destacar a importância de as mulheres tomarem suplemento de ácido fólico para evitar até 75% das malformações no tubo neural do feto, como anencefalia – quando o bebê não tem cérebro – e espinha bífida – quando a coluna vertebral não se fecha por completo e a medula fica exposta para fora do corpo. Outro defeito menos comum é a encefalocele, em que a abertura do tubo neural acontece no crânio, deixando uma protuberância na cabeça com líquido e massa cerebral.

Em abril, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por oito votos a dois, que abortar um feto sem cérebro não é crime. A partir daí, a Febrasgo decidiu levantar o tema, na tentativa de impedir que um feto anencéfalo chegue a se formar. Para isso, a entidade propõe que os ginecologistas falem sobre o assunto em qualquer consulta de rotina, como o papanicolaou. Cerca de 3 milhões de folhetos devem ser distribuídos nos consultórios brasileiros.

Segundo o presidente da Comissão de Medicina Fetal da federação, Eduardo da Fonseca, é recomendado que a paciente faça, com supervisão médica, uma suplementação oral de 400 microgramas de ácido fólico por dia, pelo menos um mês antes da gestação e durante os três primeiros meses. Com o objetivo de fixar esse compromisso na cabeça da mulher, alguns ginecologistas já indicam o composto três meses antes.

"A formação do sistema nervoso central do feto ocorre nas primeiras quatro a seis semanas. Então, quando a mulher descobre que está grávida, o cérebro do bebê já está estruturado. A maioria das pacientes chega ao consultório com dois meses", destaca Fonseca.

O médico diz que 58% das brasileiras ainda não planejam a gravidez e, entre as futuras mães que se programam, apenas 10% ingerem ácido fólico, também chamado de vitamina B9. Dessa pequena parcela, só 4% tomam os comprimidos na dosagem correta.

Além da forma sintética, que na opinião dos médicos é mais bem aproveitada pelo organismo, o ácido fólico é encontrado na natureza – em alimentos como milho, trigo, folhas escuras, feijões, fígado, gema de ovo, laranja, abóbora e pêssego – e enriquecido desde 2004 em pães e outros produtos à base de farinha, cuja lei no país também prevê adição de ferro para prevenir anemia.

"Essa substância consumida naturalmente é mal absorvida: apenas 50% dela age no corpo. E, com a vida moderna, a mulher acaba não conseguindo obter isso apenas pela dieta", diz o presidente da comissão da Febrasgo.

Como o ácido fólico age
A vitamina B9 ajuda na multiplicação das células, no DNA e no fechamento do tubo neural do feto, segundo Fonseca. Além disso, tem papel importante na imunidade da mãe e no desenvolvimento da hemoglobina – pigmento vermelho do sangue – e das proteínas estruturais do bebê, como o colágeno (presente na pele e nas cartilagens) e a queratina (nas unhas e cabelos).

Em caso de baixa dosagem, como não tomar os comprimidos corretamente, o ácido fólico não tem efeito. Já em uma situação de superdosagem, acima de 1.000 microgramas por dia, estudos experimentais com camundongos indicam que o bebê pode nascer abaixo do peso, ou seja, com menos de 2,5 kg.

"Pesquisas internacionais apontam que recém-nascidos magrinhos podem se tornar adultos mais propensos a problemas como infarto, AVC, trombose, obesidade, diabetes e síndrome metabólica", enumera o médico.

Incidência do problema e fatores de risco
Segundo a Febrasgo, seis em cada dez mil bebês que nascem no Brasil apresentam algum defeito no tubo neural. Na população geral, essas malformações atingem cerca de 0,1%.

Crianças com anencefalia morrem em 100% das ocorrências, de acordo com Fonseca. Já os pequenos com espinha bífida sobrevivem, mas acabam tendo dificuldade para andar, aprender e controlar a urina e as fezes, entre outras complicações.

Para minimizar os prejuízos da medula exposta, logo após o nascimento é feita uma operação para fechar a abertura. Quando há hidrocefalia – presença de líquido em excesso dentro do crânio –, é realizada uma drenagem em direção ao abdômen.

Em 95% das gestações, não há fatores de risco para a mulher ter um bebê com esses problemas. Os outros 5% estão ligados a histórico prévio de gravidez de anencéfalo e uso de remédios anticonvulsivantes por pacientes com epilepsia – aí a dose precisa ser mais alta, chegando até 4 miligramas por dia.

Além desses fatores de risco, há a obesidade, a diabetes tipo 1 e a cirurgia de redução de estômago, que diminui o nível de absorção de nutrientes pelo organismo. A idade da mulher não influencia esse tipo de malformação no feto, mas adolescentes costumam se alimentar pior e podem ter mais deficiência de ácido fólico.

Estudos no Brasil
Fonseca, que vive na Paraíba, analisou quase 500 mulheres no Nordeste e observou que cerca de 15% delas usavam ácido fólico como prevenção antes e no início da gravidez.

Outro trabalho, feito em Pernambuco com 125 mil mulheres, mostrou que a inclusão de ácido fólico em farináceos não reduziu os defeitos no tubo neural. Mas, segundo o médico, isso pode ser explicado pelo fato de na região haver um maior consumo de farinhas não industrializadas.

O especialistas cita, ainda, uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), realizada no ano passado com 300 mil mulheres, que aponta que a fortificação foi capaz de diminuir entre 35% e 40% os casos de problemas no tubo neural dos fetos.

Fonte G1

Bactéria modificada produz anticorpo contra parasita causador da doença do sono

Pesquisa pode levar a tratamento mais eficaz contra doença transmitida pela picada da mosca tsé-tsé
 
Cientistas do Antwerp Institute of Tropical Medicine, na Bélgica, descobriram uma bactéria que, quando modificada em laboratório, é capaz de produzir anticorpos contra o parasita que causa a doença do sono.

A pesquisa pode levar a um novo e mais eficaz tratamento contra a doença causada por tripanossomas, parasitas transmitidos pela picada da mosca tsé-tsé.

A Organização Mundial de Saúde estima o número de mortes anuais pela doença entre 10 e 20 mil pessoas. Sem tratamento, a infecção é fatal.

Em uma fase avançada da doença, o chega ao cérebro e ultrapassa a barreira sangue-cérebro que impede a entrada da maioria das drogas. Compostos de arsênio podem ultrapassar a barreira e matar o parasita, mas também matam 5% dos pacientes.

Além do parasita, algumas estratégias também podem atacar seu vetor, a mosca tsé-tsé. Mas inseticidas podem ser prejudiciais para o meio ambiente, com certeza, a longo prazo. Por isso os cientistas procuram estratégias alternativas.

Pensando nisso, os pesquisadores focaram o estudo na bactéria sodalis glossinidius residente nas moscas tsé-tsé e que pode ser cultivada em laboratório.

Linda De Vooght e seus colegas modificaram geneticamente a bactéria de modo que ela produzisse, e excretasse, um tipo muito eficaz de anticorpo, denominado nanocorpo.

Eles identificaram duas vias secretoras diferentes que transportavam os nanocorpos para fora da bactéria. A pesquisa mostrou que a bactéria não foi prejudicada pela modificação, sendo assim, ela pode ser inserida novamente na mosca.

Utilizando antibióticos, De Vooght eliminou as bactérias selvagens das moscas tsé-tsé e substituiu pelas bactérias modificadas. Elas colonizaram as moscas com sucesso e começaram a produzir nanocorpos. Os nanocorpos também estavam presentes no intestino, onde o parasita da doença do sono também pode ser encontrado.

Segundo os pesquisadores, a técnica é viável, mas ainda necessita de algum desenvolvimento antes de poder ser utilizada para controlar a doença do sono na prática clínica.

Fonte isaude.net

Para Unaids, exemplo brasileiro ampliou tratamento ao HIV para outros países

Segundo diretor do órgão, programa brasileiro de Aids, hepatites virais e DST é um exemplo não só regional, mas também mundial

O fim da A ids está relacionado à expansão do acesso ao tratamento em larga escala. É o que afirma o diretor do escritório executivo do Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV e Aids (UNAIDS), Luiz Antônio Loures. Segundo ele, o programa brasileiro de Aids, hepatites virais e DST é um exemplo de resposta à aids, em nível não só regional (América Latina), mas também mundial. Loures está em São Paulo para participar de debates dos Congressos e Fóruns Brasileiros e Latino-Americanos e do Caribe de Prevenção às DST, Aids e Hepatites Virais.

De acordo com ele, "é preciso fazer uma recuperação histórica do papel que o programa brasileiro teve para levar a resposta mundial até onde ela está hoje. Pela primeira vez, há um mês, na Conferência Internacional de Washington, o mundo começou a falar sobre o fim da Aids, que hoje pode ser uma realidade em um futuro que nós podemos começar a ver, a vislumbrar" , diz.

Loures afirma que o primeiro país do mundo a desenvolver e a expandir o acesso ao tratamento no Hemisfério Sul foi o Brasil. " O Brasil foi o primeiro país em desenvolvimento a levantar essa bandeira. E foi o exemplo brasileiro que possibilitou que o tratamento na África, na Ásia e em outros países em desenvolvimento fosse expandido. Hoje, essa é uma realidade global que nos permite, mais uma vez, falar sobre o fim da Aids" , destaca.

O programa do Ministério da Saúde permite, de acordo com o representante do Unaids, entrar em uma nova fase de pesquisas para encontrar uma resposta à Aids. " E nessa nova fase nós temos que abrir também um novo debate: quais são as prioridades, as direções que vão nos possibilitar partir do ponto que estamos e chegar eventualmente ao fim da doença. Esse debate tem que ser feito em qualquer país. Nada melhor do que começar um debate intenso nesse sentido dentro do Brasil, que é exatamente o País que possibilitou que nós chegássemos aonde nós estamos hoje" , enfatiza.

Fonte isaude.net

EUA aprova primeira droga formulada para crianças com tumor cerebral raro

Remédio é recomendado para tratar pacientes com 1 ano de idade e mais velhos diagnosticados com astrocitoma de células gigantes

A Food and Drug Administration EUA (FDA) aprovou o primeiro medicamento formulado especificamente para crianças pequenas com tumor cerebral raro.

A droga Afinitor Disperz consiste em uma nova forma farmacêutica do remédio anticâncer Afinitor (everolimus) já utilizado para tratar um tumor cerebral raro chamado astrocitoma subependimário de células gigantes (SEGA) em crianças de 3 anos ou mais.

Afinitor Disperz é recomendado para o tratamento de pacientes com 1 ano de idades e mais velhas diagnosticados com SEGA que não pode ser tratado com cirurgia.

O medicamento se dissolve facilmente em um pequeno volume de água, tornando mais fácil para administrar a pacientes que não conseguem engolir comprimidos inteiros.

"Formas farmacêuticas pediátricas específicas como Afinitor Disperz ajudam a garantir o uso seguro e eficaz dos medicamentos oncológicos em crianças. Além disso, a aprovação de hoje demonstra o valor de estudar melhor uma droga para caracterizar seus benefícios e como ele deve ser usado em pacientes pediátricos", afirma Richard Pazdur, da FDA.

Pesquisadores verificaram a segurança e a eficácia do medicamento em um estudo com 117 pacientes pediátricos e adultos que foram aleatoriamente designados para tomar Afinitor ou um placebo diariamente.

Os resultados mostraram que 35% dos pacientes tratados com Afinitor apresentaram redução do tumor, em comparação com o placebo.

Os efeitos colaterais mais comuns observados em doentes com SEGA foram úlceras na boca e infecções do trato respiratório.

Fonte isaude.net

Dependência da internet pode ser causada por mutação genética

Pesquisa sugere que mutação no gene Chrna4 altera receptor de nicotina no cérebro e leva ao vício, em especial nas mulheres

O vício em internet pode ser devido a razões genéticas, segundo pesquisadores da Universidade de Bonn, na Alemanha.

A pesquisa sugere que mutação no gene Chrna4 que altera o receptor de nicotina no cérebro afeta mais as mulheres do que os homens

A equipe, liderada por Christian Montag avaliou 843 pessoas no que diz respeito à utilização da Internet. Os autores determinaram que 132 destes indivíduos, homens e mulheres, têm problemas relativos ao vício em internet baseados na reação dos voluntários quando tiveram que ficar sem internet e como achavam que se beneficiavam de estar online.

Os pesquisadores decidiram, então, analisar a diferença entre a composição genética de pessoas que podem ter um problema com o uso da Internet e aqueles que parecem ter controle sobre a dependência da internet.

Eles determinaram que os 132 indivíduos que tiveram "problema" com o uso da internet com mais frequência carregavam um gene que é predominante em pessoas que sofrem com a dependência da nicotina.

"O que sabemos sobre o receptor de acetilcolina nicotínico no cérebro é que uma mutação em um determinado gene promove o comportamento viciante", explica Montag.

A nicotina viciante encontrada no tabaco se encaixa perfeitamente neste receptor. Isto é semelhante ao que aconteceu com a acetilcolina, que é produzida pelo corpo. Estes dois neurotransmissores são componentes importantes do "sistema de recompensa" do cérebro.

Segundo os autores, parece que esta ligação não é apenas essencial para a dependência da nicotina, mas também para a dependência da internet.

Eles explicam que a mutação no gene Chrna4 responsável pela mudança da composição genética do receptor de acetilcolina nicotínico no cérebro, afeta mais as mulheres do que os homens.

"Dentro do grupo de indivíduos que apresentam comportamento problemático com a Internet, notamos que esta variante ocorre com mais frequência ", observa Montag.

A equipe ressalta que mais estudos precisam ser feitos para garantir que esta constatação é precisa, porque pesquisas anteriores mostraram que os homens são mais propensos a se tornarem viciados em internet do que as mulheres. No entanto, eles afirmam que os dados atuais já mostram que há indícios claros de causas genéticas da dependência de internet.

Fonte isaude.net

Fibra óptica pode permitir visualizar áreas de difícil acesso no corpo humano

Técnica pode levar a dispositivos de imagem com a espessura de um cabelo humano que vão melhorar estudo e diagnóstico de doenças

Cientistas da Universidade de St Andrews, no Reino Unido, desenvolveram uma técnica inédita que pode permitir que os médicos visualizem áreas de difícil acesso no corpo humano.

A abordagem que torna possível a transmissão de imagens precisas ao longo de um único fio de cabo de fibra óptica pode levar a dispositivos de imagem com a espessura de um cabelo humano.

Até o momento, as tentativas de usar tais fibras estreitas para transmitir imagens sempre resultaram em sinais imprecisos. Agora, o pesquisador Tomás Cizmár e seus colegas afirmam ter encontrado uma maneira de decodificar a luz para construir uma imagem clara e verdadeira.

A descoberta pode levar ao desenvolvimento de novos dispositivos de imagem, baratos e minimamente invasivos capazes de chegar a locais de difícil acesso no organismo humano, auxiliando áreas como a neurociência.

Fibras que podem suportar vários modos de luz geralmente dispersam os raios e produzem padrões imprevisíveis e imprecisos. A equipe descobriu uma maneira de modular os raios luminosos e selecionar a profundidade de foco do sistema, permitindo um ajuste dinâmico em tempo real do sistema de imagem.

"O controle holográfico de sinais de luz ao acaso é uma área nova, mas muito progressista. Nossa contribuição representa uma aplicação deste ramo na comunidade biomédica e estamos ansiosos para ver o que um maior avanço destas técnicas pode trazer no futuro", afirma Cizmár.

Segundo os pesquisadores, a abordagem pode levar a dispositivos com aplicações na vida real, abrindo portas para um melhor diagnóstico e compreensão de uma ampla gama de doenças.

Fonte isaude.net

Temperamento agressivo duplica risco de acidente vascular cerebral

Pessoas com "personalidade tipo A", caracterizada por hostilidade e impaciência, têm tanto risco de derrame quanto fumantes

Pessoas com temperamento agressivo têm duas vezes mais probabilidade de sofrer acidente vascular cerebral, de acordo com pesquisadores da Universidade Complutense de Madrid, na Espanha.

A pesquisa revela que pessoas que se encaixam na "personalidade tipo A", caracterizada por comportamentos de hostilidade, agressão e impaciência, podem ter tanto risco de AVC quanto um fumante.

A equipe coletou dados de 150 adultos que tinham sido internados com AVC com idades entre 54 anos que foram compararam com um grupo aleatoriamente selecionado de 300 pessoas da mesma idade sem a condição.

Os pesquisadores avaliaram o estresse crônico, que persiste por mais de seis meses, combinando notas de quatro escalas. Eles avaliaram grandes acontecimentos da vida e sintomas que estão associados com o estresse, como ansiedade e depressão, bem como padrões de comportamento observados em pessoas com vários tipos de personalidade.

Pessoas com personalidade tipo A são ambiciosas, extremamente organizadas, muitas vezes sensíveis, se preocupam com os outros, verdadeiras e altamente conscientes. Segundo os pesquisadores, esse tipo de personalidade também apresenta padrões de comportamento como impaciência, agressividade e hostilidade.

Outros fatores de risco como diabetes, pressão alta, colesterol alto, e questões relacionadas ao estilo de vida, como ingestão de álcool, cafeína, cigarro foram igualmente avaliados.

Os resultados mostraram que a chance de sofrer derrame pode ser até quatro vezes maior para pessoas que viveram um evento traumático, como luto, nos 12 meses anteriores.

Segundo a equipe, relacionar a influência de fatores psicossociais, como o estresse, às causas do derrame, pode levar à adição de terapias preventivas contra esta doença nas classes de pessoas que correm mais riscos.

Fonte isaude.net

Medicamento anticâncer pode prevenir dificuldades de aprendizagem em crianças

Estudo com ratos abre caminho para uso de drogas antitumorais na proteção do cérebro de crianças com doenças genéticas

Cientistas da Universidade de Michigan, nos EUA, descobriram que um medicamento originalmente desenvolvido para combater tumores cancerígenos pode prevenir o crescimento anormal de células do cérebro e as dificuldades de aprendizagem em algumas crianças.

A pesquisa, realizada com camundongos, abre caminho para o uso de drogas antitumorais na proteção do cérebro em desenvolvimento de crianças pequenas com neurofibromatose 1 e outras doenças genéticas que afetam o mesmo caminho de sinalização celular.

Neurofibromatose 1, ou NF1, afeta uma em cada 3 mil crianças e causa tumores benignos que crescem por todo o corpo. Muitas crianças com NF1 também lutam para aprender a ler, escrever, fazer contas e se comportar bem. Este impacto na função cerebral é considerado o problema mais comum causado por NF1, e muitas vezes aparece antes de outros sintomas.

A equipe estudou células-tronco neurais, tipo de célula que pode se tornar qualquer tipo de tecido neural. Em camundongos recém-nascidos com duas cópias da mutação genética que causa NF1, as células-tronco neurais em uma área chave do cérebro eram muito mais propensas a produzir um tipo de célula nervosa "ajudante" chamada glia. Elas produziram muito menos neurônios, que enviam e recebem sinais cruciais entre o cérebro e o restante do corpo.

Os cientistas então focaram neste crescimento anormal de células, dando aos ratos uma droga experimental que já foi utilizado em ensaios clínicos para tratar câncer avançado. A droga chamada PD0325901 bloqueia uma ação específica dentro das células chamada via MEK / ERK.

Os ratos com a mutação NF1 que receberam a droga desde o nascimento se desenvolveram normalmente, em contraste com ratos com as mesmas mutações genéticas que não receberam a droga. Os ratos não tratados pareciam normais no nascimento, mas dentro de alguns dias se tornaram corcundas e desalinhados, com crescimento anormal dos corpos e células cerebrais.

"Mostramos que, ao tratar os animais durante esta breve janela de tempo no início da vida, quando as células-tronco neurais no cérebro em desenvolvimento ainda têm tempo para "decidir" que tipo de célula vai se tornar, pode causar um efeito duradouro no desenvolvimento neural", afirma o autor sênior da pesquisa Yuan Zhu.

Além de NF1, os pesquisadores preveem que suas descobertas podem ter importância para pacientes com outras doenças genéticas que afetam o mesmo caminho de sinalização celular geral chamado RAS, como síndrome Leopard, síndrome de Noonan, Costello e síndrome Leguis.

Fonte isaude.net

O mercado e a sobrevivência dos farmoquímicos no Brasil

Todos sabem como é difícil administrar uma empresa e quando se trata de um país é muito mais complexo. No setor da saúde podemos dizer que o cenário é ainda mais complicado, principalmente na área de farmoquímicos.

Quando os medicamentos genéricos foram lançados a ideia era reduzir o custo da droga para a população, mas o processo não foi tão fácil quanto parece. As farmacêuticas nacionais que cresceram a partir disto passaram a competir buscando matéria-prima com o menor preço possível. Assim, todo princípio ativo acabou por ser buscado em países com maior escala de produção, como Índia e China, sem permitir nenhuma competitividade local.

“Nós acompanhamos por muito tempo a história do cobertor curto: a falta de dinheiro para remédio para toda população. E com esse esquema introduzido após a chegada dos genéricos impediu-se a competição nacional a ponto do déficit da balança brasileira ser da ordem de US$ 10 bilhões”, diz Ogari Pacheco, diretor-presidente da Cristália, durante debate sobre Parcerias para Desenvolvimento de Produtos (PDPs) na 6ª ENIFarmed. Para o executivo, essa é uma grande jogada em que há uma tentativa de convergir esse desvio.

Aqui “mercado” é a palavra do jogo. “Nenhuma empresa consegue sobreviver sem mercado, sem ele isso tudo é nada”, avalia.

Com isso, o governo passa a criar mercado para a indústria farmoquímica, gerando reações no setor. No caso da Cristália, a sobrevivência se deu por conta da produção de moléculas sofisticadas e, consequentemente, de outros produtos. Segundo Pacheco, a companhia escolheu alguns nichos para trabalhar, sendo um deles o de moléculas antirretrovirais. “Éramos pequenos brigando com gigantes”, enfatiza.

No final do século passado, a Cristália conseguiu síntese de moléculas antigas, ainda produzidas, e em 2009 um consórcio entre três empresas nacionais, sob coordenação de Farmanguinhos, permitiu a produção do Efavirenz e outros medicamentos.

“Com isso posso dizer que o Brasil não perdeu o bonde da farmoquímica em moléculas elaboradas. Não fizemos apenas sínteses de moléculas conhecidas, fizemos cópias também, mas cópias melhoradas como, por exemplo, a criação das minicapsulas”, diz.

Atualmente, a Cristália está em fase final de desenvolvimento do Ritonavir Termoestável, considerado evolução das minicapsulas. Para que isso ocorresse foi fundamental, de acordo com Pacheco, que houvesse conjunção de fatores. “Era de extrema importância que o Estado percebesse que sem mercado não haveria sucesso.”

O executivo também conta que as PDPs foram percebidas como instrumentos cruciais para viabilizar a produção de farmoquímicos no Brasil. “Essa foi a grande sacada que o governo teve”, conclui.

Fonte SaudeWeb

São Paulo abre 41 vagas em concursos públicos

As vagas, que são para sete unidades hospitalares, incluem agente técnico de assistência à saúde, auxiliar de saúde, técnicos de enfermagem, anestesiologia, cirurgia geral, clínica médica, endoscopia, radiologia e cirurgião dentista

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo está com concurso público e processo seletivo abertos para 41 vagas de trabalho em sete unidades de saúde estaduais: Hospital Geral de Vila Penteado, Hospital Infantil Cândido Fontoura e Hospital Infantil Darcy Vargas, na capital, Complexo Hospitalar Padre Bento, em Guarulhos, Centro de Reabilitação de Casa Branca, Hospital Regional de Assis e Conjunto Hospitalar de Sorocaba, no interior.

As vagas são para agente técnico de assistência à saúde, auxiliar de saúde, técnicos de enfermagem, anestesiologia, cirurgia geral, clínica médica, endoscopia, radiologia e cirurgião dentista.

Para realização do concurso público, os candidatos devem comparecem em qualquer agência bancária, efetuar o pagamento da taxa de R$ 60,85 (para médicos, farmacêuticos e enfermeiros) ou R$ 40,87 (para técnicos de enfermagem) e comparecer pessoalmente ao setor de RH dos hospitais, de segunda à sexta-feira, das 19h às 15h portando ficha de inscrição preenchida, comprovante do pagamento da taxa, originas e cópias do RG, CPF e CRM.

Os editais completos dos concursos se encontram no site do Diário Oficial do Estado. A ficha de inscrição está disponível no site www.crh.saude.sp.gov.br.

setor de Recrutamento e Seleção do Hospital Infantil Darcy Vargas fica localizado na Rua Doutor Seráfico de Assis Carvalho, nº. 34, Morumbi, zona sul da capital. O Hospital Geral de Vila Penteado fica na avenida Ministro Petrônio Portela, 1642, Freguesia do Ó, zona oeste de São Paulo. O Hospital Infantil Cândido Fontoura fica na rua Siqueira Bueno, 1.457 , Água Rasa, na zona leste.

O Centro de Reabilitação de Casa Branca está localizado na Rodovia SP 340, Km 238, Zona Rural – Casa Branca – SP. O Hospital Regional de Assis fica na praça Dr. Symphronio Alves dos Santos, s/n. Já o Conjunto Hospitalar de Sorocaba está localizado na avenida Comendador Pereira Inácio, nº. 564, Jardim Vergueiro, Sorocaba-SP.

Já os interessados em participar do processo seletivo para médicos (clínica médica) do Hospital Padre Bento, em Guarulhos, devem comparecer ao setor de RH do hospital portando originais e cópias de RG, CPF, comprovante de residência completa e certificado de especialista em Clínica Médica, emitido pela Associação Medica Brasileira (AMB) ou Comissão Nacional de Residência medica (CNRM) e possuir experiência profissional de, no mínimo, dois anos na especialidade.

O Complexo Hospitalar Padre Bento fica na avenida Emílio Ribas, 1.819, bairro Gopouva, em Guarulhos.

Fonte: Assessoria de Imprenssa

Por SaudeWeb

Prévia de estudo indica má qualidade em equipamentos de saúde

Pesquisa do MS em parceria com o IEE/USP aponta más condições na instalação e qualidade de equipamentos

No Brasil, não há regulamentação para a assistência técnica e manutenção de produtos e equipamentos de saúde. Ou seja, aqueles aparelhos, inicialmente analisados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), têm o reparo e conserto realizados por empresas, que atuam praticamente sem regras. Além disso, não existe um levantamento nacional da qualidade dos aparelhos em uso, o que coloca em risco a segurança do paciente.

Para resolver esse problema, a Anvisa, desde 2009, começou a estruturar um programa que torna compulsório, para hospitais e fabricantes, a notificação de defeitos técnicos e de efeitos adversos, que podem causar danos aos pacientes. Outra iniciativa é o Programa Nacional de Avaliação de Segurança e Desempenho de Equipamentos Eletromédicos do SUS (PROSEG-SUS), realizado pelo Ministério da Saúde e Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP (IEE), com o intuito de analisar as condições dos aparelhos utilizados Brasil afora.

Ainda preliminar, o estudo já indica, a precariedade em algumas instituições analisadas. “Há extremos abaixo de um padrão aceitável. Mas quem julgará é o Ministério da Saúde”, disse o coordenador do estudo Márcio Bottaro, durante evento da Abimed, nesta quarta-feira (29).

Segundo Bottaro, os problemas estão além do uso do aparelho em si, pois as condições elétricas, essenciais para o uso correto dos equipamentos estão precárias em alguns centros analisados. “Não adianta um superequipamento, se as instalações elétricas estão horríveis”.

O Ministério da Saúde sugeriu como amostra para a pesquisa 53 instituições da Rede Sentinela. Desse universo, 40 entidades o participaram do estudo, que não é obrigatório. As participantes estão em várias regiões do Brasil com predomínio na região sudeste, com 22 unidades.

A análise ocorreu em um ano e meio. Foram 1208 equipamentos avaliados como: raio-x, mamógrafos, desfibriladores, bombas de infusão, máquinas de anestesia, monitores cardíacos, bisturis eletrônico. As máquinas de hemodiálise deveriam ter sido analisadas, mas isso não ocorreu, pois segundo Bottaro, os aparelhos estavam 100% ocupados.

Para mensurar esses resultados, o IESS/USP está usando a IEC (International Electrotechnical Commission) – série 60/601, Ecri Institute e outras normas. Esse é o momento de análise de dados, até o final de 2012, as informações serão reportadas à pasta e, em 2013, o MS anunciará uma resolução sobre tema.

Fonte SaudeWeb

Saiba como evitar e cuidar de pelo encravado e foliculite

Depilação e roupas apertadas favorecem o surgimento do problema

O pelo encrava porque o canal por onde ele passa fica obstruído e ele não tem força para romper a camada mais superficial da pele, chamada córnea. Essa dificuldade para sair se deve à fraqueza causada pela frequência no uso de cera para depilação, que arranca o pelo pela raiz. Entretanto, roupas muito apertadas em qualquer parte do corpo podem favorecer a foliculite.

A inflamação começa quando os folículos pilosos (cavidades na pele onde nascem os pelos) são danificados pelo atrito da roupa, entupimento ou no ato de barbear-se. Na maioria dos casos de foliculite, estes folículos são danificados e, então, infectados por bactérias. Surgem bolinhas brancas, às vezes avermelhadas, também nos braços, pernas e bumbum.

Pessoas com predisposição ao problema devem evitar roupas justas, como calças jeans, e aquelas feitas com tecidos sintéticos. O tratamento deve ser feito à base de cremes de ação antibacteriana e antifúngica. Entretanto, é possível reduzir o quadro com esfoliantes, com ácido retinoico ou glicólico na formulação, e peelings superficiais. Segundo a esteticista e massoterapeuta Viviane Esteves, o tratamento não deve ser feito somente durante a crise. É necessário um cuidado de manutenção, ou o problema acaba voltando.

A foliculite é um primeiro estágio para o aparecimento do pelo encravado em si, que geralmente começa como uma bolinha (vermelha ou não). Se não for cuidado, a inflamação pode levar à produção de uma secreção amarelada, que causa dor. Num estágio avançado, é possível que um cisto se forme: maior, mais dolorido e rígido do que a inflamação. Neste caso, uma drenagem é a melhor solução, mas não garante que ele não volte.

Não é possível evitar foliculite e pelos encravados, mas a esfoliação ajuda a amenizar a predisposição ao quadro. Os esfoliantes corporais com abrasivos e o uso da bucha vegetal, nas regiões de maior incidência, removem células mortas, afinando a pele e facilitando a passagem do pelo. Além de constante, a esteticista também recomenda que se inicie este tipo de cuidado (bem de leve), 24h logo após a depilação. "Principalmente quando se utiliza cera, que tende a se acumular nos folículos pilosos, dificultando a passagem dos pelos. Repita o procedimento um dia sim outro não até perceber que todos tenham saído", explica.

Segundo os especialistas, a depilação a laser é uma das melhores soluções para evitar pelos encravados. Como o calor do laser destrói a raiz do pelo, ele não volta a crescer tão rapidamente. E, quanto menos pelos, menor a probabilidade de encravamento. No caso dos homens, indica-se que se faça a depilação definitiva apenas nos locais da barba em que há mais probabilidade de inflamação, como o pescoço.

Se não for possível investir num procedimento como este, resista à tentação e jamais cutuque um pelo encravado. Além de piorar o quadro, pode levar ao aparecimento de uma cicatriz.

Bons princípios ativos que ajudam a desencravar pelos são: uréia, ácido salicílico, peróxido de benzoíla e ácido retinóico. Precisam ser receitados por um dermatologista e usados com frequência.

Fonte Minha Vida

Depilação definitiva: conheça prós e contras do método a laser

Procedimento que pode impedir o aparecimento de pelos exige manutenção

A depilação a laser pode ser chamada de definitiva, considerando que ela cauteriza a raiz dos pelos escuros e grossos impedindo aqueles folículos de produzir novos fios. Assim, reduz-se consideravelmente a quantidade deles. Entretanto, este tipo de método "não pode ser aplicado em mucosas ou em pessoas com doenças de pele como câncer e vitiligo, portadores de marca-passo e mulheres grávidas ou lactantes", explica a esteticista da clínica Laser Care de São Paulo, Barbara Romagnoli.

Quem tem manchas de pele ou sardas precisa passar primeiro por uma avaliação, pois dpendendo do caso, o laser não é o mais indicado. Também é recomendado que se entre ao menos na puberdade antes de iniciar um processo de depilação como este.

O método é simples, mas um pouco demorado. A onda do laser é atraída pelo pigmento escuro, que age como um condutor, levando o calor até a matriz do pelo. Sendo assim, tem pouco efeito sobre fios claros e pelos brancos, que não se aquecem o suficiente para serem destruídos. Costuma ser um pouco dolorido, como uma sensação de queimação, mas ainda é mais confortável que uma depilação com cera.

Para adotar este procedimento, exige-se certa preparação. Em peles mais morenas, recomenda-se o uso de cremes clareadores para reduzir a possibilidade de manchas. O tratamento é considerado mais difícil de obter resultado na pele negra. Antes da sessão também deve-se interromper o uso de depilatórios que arranquem os pelos, cremes com ácido (cinco dias antes e após), e não se deve estar com a pele bronzeada. Depois da depilação é muito importante protegê-la do sol, não expondo a região depilada por até 72 horas e usando protetor solar continuamente.

O tratamento possui duas maneiras de aplicação: com luz intensa pulsada ou laser direto. Veja as diferenças:

- Photoderm (LID): é a utilização da luz pulsada. Sua aplicação é recomendada para pessoas que tenham pele clara e pelos escuros. Se for usado em pessoas de pele morena ou negra, ele pode causar manchas e os pelos claros podem não apresentar o resultado esperado.

- Epilaser (Laser de Rubi): sua eficácia também é comprovada na eliminação de pelos. Porém, deve-se tomar os mesmos cuidados do Photoderm, ou seja, só pode ser aplicado em peles claras e pelos escuros.

- Light Sheer (Laser Diodo): esse é o laser ideal para o tratamento de pessoas de pele morena, negra e até bronzeada. Isso porque ele apresenta um mecanismo que refrigera a pele que protege a área em volta do tecido, direcionando a energia para a raiz do pelo.

Fonte Minha Vida

Alimentação equilibrada ajuda a combater envelhecimento da pele

Aprenda como manter a pele rejuvenescida com dieta e hábitos saudáveis

Não tem muito segredo. Você pode até prevenir alguns sinais de envelhecimento ou danos provocados por fatores externos à pele, mas só uma alimentação correta proporciona saúde e, consequentemente, viço e beleza. De nada adianta investir em cremes milagrosos, se não consumir nutrientes com ação antioxidante. "Zinco, selênio, vitaminas E e C, betacaroteno e licopeno (precursores da vitamina A) são alguns dos inimigos dos radicais livres", afirma o nutricionista Marco Dias Leme.

Produtos de origem animal e cereais integrais são boas fontes de selênio, segundo a Associação Brasileira de Medicina Biomolecular. O selênio é necessário para a produção de glutationa, que neutraliza os radicais livres que podem levar à deterioração do colágeno e elastina. De acordo com a instituição, o aumento dos radicais livres no organismo causa envelhecimento precoce, maior incidência de câncer e patologias cardiovasculares. A castanha do Pará é outra fonte rica em selênio e zinco, que melhoram a elasticidade da pele, ajuda na batalha contra infecções e auxiliam no crescimento de células. Além destes benefícios, o selênio melhora cabelos e unhas.

Radicais livres são moléculas liberadas pelo metabolismo do corpo com elétrons altamente instáveis que podem causar doenças degenerativas de envelhecimento e morte celular. Exercícios físicos intensos, exposição exagerada ao sol, cigarro e abuso de alimentos fritos e refinados são alguns dos responsáveis pelo excesso de produção dessas moléculas. Normalmente, os radicais livres são aniquilados rapidamente no corpo, o problema é quando há uma alteração na produção que não é absorvida pelo organismo.

Cereais integrais são alimentos carregados de vitaminas do grupo B, essenciais para o funcionamento normal da pele por estarem ligadas ao metabolismo e crescimento de novas células, ajudam no fortalecimento contra infecções e estresse e previnem descamação e rachaduras. Amêndoas e quinua são outras fontes deste grupo de nutrientes. Experimente adicionar as últimas ao preparo do feijão. Nas receitas à milanesa incorpore nozes, sementes moídas ou farelo de aveia no empanado.

Peixes de água gelada, como salmão, sardinhas, truta, anchovas e arenque, além do óleo de canola e a semente de linhaça são ricos em ácidos graxos essenciais (ômega 3 e ômega 6) que melhoram a pele, diminuindo a ocorrência de obstrução dos poros, reduzindo a produção de agentes inflamatórios e melhorando a elasticidade. Esses ácidos graxos são responsáveis por membranas saudáveis das células e impedem a entrada de substâncias nocivas. Auxiliam ainda na hidratação das células, o que ajuda a pele a manter o seu nível de umidade adequado, resultando num aspecto mais jovem.

Carne de frango é fonte de proteína magra, essencial para a formação do colágeno da pele. Além disso, a ave contém carnosina, substância que auxilia na prevenção de rugas. Já a vitamina A também auxilia no desenvolvimento das células da cútis e na manutenção da boa saúde das células, evitando o ressecamento da pele.

Os carotenóides licopeno (encontrado no tomate) e betacaroteno (encontrado na cenoura, abóbora, batata doce, damasco seco, brócolis e couve) são precursores da vitamina A.

O espinafre também é rico em vitamina K, que ajuda a circulação sanguínea, além de estar repleto de antioxidantes que retardam o envelhecimento. Esta vitamina, além da C, D, bem como a riboflavina, zinco, cálcio, magnésio e ferro, também está presente no chá verde.

A erva possui propriedades anti-inflamatórias e reduz o risco de danos causados pelos raios ultravioleta do sol, podendo prevenir o câncer de pele. A bebida fornece uma ampla gama de benefícios para a pele, incluindo o combate aos radicais livres.

Agora toda a hidratação e a absorção dos nutrientes necessários ao equilíbrio da pele só são garantidos com a ingestão adequada da quantidade de água: no mínimo dois litros por dia. Ela é essencial para hidratar o corpo, a pele e as fibras solúveis que ingerimos. Estas são responsáveis por estimular o trânsito intestinal e a eliminação de toxinas do organismo, impedindo que o seu acúmulo também seja refletido na saúde e beleza.

Além de apostar em uma alimentação rica em vitaminas, proteínas, fibras e líquidos (que fortalecem o organismo e neutralizam radicais livres), abandonar o hábito de fumar, praticar exercícios físicos, combater o estresse e garantir ao menos oito horas de sono por dia também são atitudes pró-juventude.

Fonte Minha Vida

Saiba como as irmãs siamesas fazem para dirigir

Abby e Brittany contrariam medicina comemoram aniversário em reality show na TV

As irmãs siamesas Abby e Brittany Hensel, que dividem o mesmo corpo (mas possuem corações, estômagos e pulmões diferentes), comemoraram seu aniversário de 22 anos na estreia do reality show que elas ganharam na televisão.

Abby controla o lado direito do corpo, e Brittany controla o esquerdo. Elas nasceram também com três braços, mas o membro extra foi removido cirurgicamente.

Sobre dirigir, elas explicaram que Brittany controla faróis e setas, enquanto Abby fica com os pedais e a troca de marchas.

Fora os pulmões, corações e estômagos – além, obviamente de toda a parte superior –, elas dividem os demais órgãos e sistema circulatório, segundo o tabloide britânico The Sun.

Não é a primeira “empreitada audiovisual” das duas: elas já apareceram no documentário Joined For Life (algo como “juntas para a vida toda”) e depois em um programa, quando tinham 16 anos. Fora uma aparição no programa da Oprah e a capa da revista Life.

Agora, elas, que são de Minnesota, nos Estados Unidos, lançaram uma nova série, que mostra as duas se formando na faculdade, procurando trabalho e viajando pela Europa.

Apesar de ser raro que gêmeas do tipo cheguem à fase adulta, elas contrariam as expectativas dos médicos e chegaram — e com saúde.

Fonte R7

Comer fast-food pode te deixar demente, diz estudo

Teste feito com ratos tenta provar que alimentos ruins bloqueiam insulina no cérebro

Você já sabe que as famosas “junk food” (como hambúrguer fast-food, salgadinhos e afins) não fazem nada bem para a saúde.

O que você não sabia é que eles podem “envenenar” seu cérebro e te causarem Alzheimer e outras formas de demência.

O estudo , publicado pela revista New Scientist, segundo o tabloide britânico Daily Mail, diz que a diabetes tipo 2 faz as células do cérebro ficarem resistentes à insulina, que elas precisam usar para transformar o açúcar em energia.

E a insulina, dizem eles, estaria ligada ao processo de “envenenamento” do cérebro. Inclusive, alguns até acreditam que o Alzheimer seria uma versão do diabetes.

E no Alzheimer, a dieta ruim faria as células do cérebro pararem de responder à insulina como deveria. Insulina esta que é necessária para regular o balanço químico do cérebro, para a memória e o aprendizado.

Nos testes, alguns dos ratos receberam um composto químico que fazia o cérebro parar de usar a insulina. E eles desenvolveram sintomas de Alzheimer.

Suzanne de la Monte, da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, disse que os ratos “estavam dementes. Eles não podiam aprender ou lembrar” de nada.

Fonte R7

Exercícios sem orientação causam a Tríade da Mulher Atleta

Descuido pode provocar osteoporose, interrupção da menstruação e até distúrbios alimentares

Se você costuma se exercitar sem orientação ou acompanhamento médico tenha cuidado. No organismo feminino esse descuido pode vir a provocar doenças como osteoporose, amenorreia (interrupção da menstruação) e distúrbios alimentares como bulimia e anorexia. Trata-se da Tríade da Mulher Atleta.

Praticar exercícios físicos regularmente não interfere na função hormonal. Muito pelo contrário, promove o ganho de massa óssea, que ajuda a prevenir a osteoporose que tende a aparecer na pós-menopausa.

O problema é causado pelo exagero que muitas mulheres cometem durante a prática de exercícios físicos, não levando a sério lesões sofridas durante os treinamentos.

O tratamento é feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, nutricionistas, psicólogos e psiquiatras. Mas, o ideal é evitar tais males optando pela prática de atividade física bem orientada.

Fonte R7

Pipoca pode ser uma grande aliada nas dietas

Além de possuir alta concentração de fibras, alimento tem mais antioxidantes do que as frutas

Se você não consegue assistir um filme se não estiver degustando uma pipoquinha, relaxe e aproveite. Além de possuir baixo teor calórico, o petisco pode ter mais antioxidantes e polifenóis, substâncias que ajudam a combater doenças e o envelhecimento, que as frutas e os vegetais. É o que assegura um grupo de cientistas da Universidade de Scranton, na Pensilvânia.

Os pesquisadores realizaram um estudo que apontou que uma porção de pipoca possui até 300 mg de antioxidantes a mais do que as frutas, que têm 160 mg. Os condutores do estudo também descobriram que a casca crocante do aperitivo possui alta concentração de fibras, além dos antioxidantes.

Mas, atenção: mesmo que você adore pipoca, não pode substituí-la pelas frutas e legumes. É que ela não possui as vitaminas e os nutrientes encontrados nesses alimentos.

Pode tranquilamente substituir por qualquer petisco, já que a pipoca é o único lanche feito de grãos não processados, oferecendo mais de 70% do consumo diário de grãos integrais.

O modo do preparo influencia os benefícios que ela pode trazer à saúde. Pipoca feita na panela é mais recomendada do que no microondas, já que esta possui duas vezes o número de calorias do que a primeira.

Fonte R7

Humor: Voto não tem preço, tem consequência!

Trombose pode causar morte súbita

Dificuldade de movimentação durante viagens longas em aviões e ônibus pode provocar a doença

Provocada por um desequilíbrio no sistema de coagulação do sangue, que bloqueia a circulação ou se desloca pela corrente sanguínea, em geral se formam nos membros inferiores. Como sua estrutura é sólida e amolecida, um fragmento pode desprender-se e continuar trajeto da circulação venosa, retornando aos pulmões para o sangue ser oxigenado.

Nos pulmões, conforme o tamanho do trombo, pode ocorrer um entupimento a embolia pulmonar uma complicação grave que pode causar morte súbita.

A trombose pode ou não ter sintomas. São esses: dor, inchaço, aumento da temperatura nas pernas, coloração vermelho-escura ou arroxeada e endurecimento da pele.

Outras causas que podem provocar a trombose são a imobilidade provocada por um longo período de internação hospitalar, dificuldade de movimentação durante viagens longas em aviões e ônibus, terapia de reposição hormonal, uso de anticoncepcionais, varizes e fumo.

A predisposição genética, idade avançada, colesterol alto, obesidade também são outros fatores de risco. O tratamento é feito a base de medicação (anticoagulantes), com meias elásticas, caminhadas e restrição de fumo e álcool.

Fonte R7

Exercícios ajudam manter a forma depois da dieta

exercicio coxas 300x230 Pernas Torneadas: Aprenda Exercícios PráticosRecomendação é realizar 55 minutos de atividade física durante cinco dias por semana

A dieta chegou ao fim e você finalmente atingiu o almejado peso ideal. O corpinho pode até estar sarado, mas agora é que começa o maior desafio. Afinal, você nunca ouviu dizer que o difícil não é perder peso e sim manter?

Saiba que conseguir esta façanha não é tão difícil assim, desde que você se disponha a realizar 55 minutos de atividade física durante cinco dias por semana. A solução para manter o peso depois da dieta vem de um estudo da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos.

Os pesquisadores acompanharam 200 mulheres que estavam obesas ou acima do peso por quatro anos. Orientadas a consumir de 1.200 a 1.500 calorias por dia. Ao final de seis meses todas tinham perdido até 10% do peso, mas apenas as que não deixaram de se exercitar 275 minutos por semana não voltaram a engordar. Sem falar nos riscos que o efeito sanfona provocam em nossa saúde.

Ficar engordado e emagrecendo podem causar doenças no coração, hipertensão e colesterol alto. Por isso, para conservar o peso e a saúde, é preciso incorporar a atividade física definitivamente em nossa rotina.

Fonte R7

Garçons ganharam 3 anos de vida a mais devido à lei antifumo, diz estudo

Pesquisadores se basearam em exames cardiovasculares de funcionários de bares e restaurantes

Os garçons e funcionários de bar e restaurantes apresentaram uma melhora de saúde equivalente ao ganho de três anos de vida graças à lei que restringe o uso do cigarro em locais públicos fechados, aponta um estudo científico suíço divulgado nesta quinta-feira (29).

A pesquisa, realizada pelo Instituto Tropical e de Saúde Pública do Cantão de Basiléia, se baseou em exames cardiovasculares de uma centena de trabalhadores de bares e restaurantes, principalmente garçons. No caso dos estabelecimentos menores, a pesquisa também incluiu de forma voluntária os ajudantes de cozinha que costumam colaborar com o atendimento aos clientes.

Segundo os pesquisadores suíços, os três anos de vida a mais que foram mencionados representam uma média da melhora dos indicadores cardiovasculares dos funcionários, que passaram a ficar menos expostos a fumaça em seus locais de trabalho.

Os participantes do estudo foram submetidos a um primeiro exame médico antes da aplicação da lei antifumo na Suíça, no 1º de maio de 2010. Apos seis e 12 meses depois, os envolvidos com a pesquisa voltaram a realizar os mesmos testes médicos, o que permitiu um melhor acompanhamento desta evolução.

Antes da restrição do cigarro em locais públicos fechados, os empregados inalavam passivamente o equivalente a cinco cigarros por dia e, após a nova lei antifumo, essa exposição passou a ser 16 vezes menor, concluiu a pesquisa.

Fonte R7

Pernambuco criará unidade especializada em atendimento de transexuais

Unidade oferecerá tratamento hormonal, cirurgias plásticas, atendimento psicológico e cirurgia de mudança de sexo

O estado de Pernambuco, condenado pela Justiça a pagar uma operação de implantação de pênis a uma pessoa nascida como mulher e já registrada legalmente como homem, anunciou que criará um centro especializado para esse tipo de cirurgias.

O secretário de Saúde de Pernambuco, Antonio Carlos Figueira, assinalou em comunicado que essa unidade, que funcionará dentro de um hospital público, atenderá transexuais e travestis femininos e masculinos.

A unidade oferecerá tratamento hormonal, cirurgias plásticas, atendimento psicológico e cirurgia de mudança de sexo, entre outros serviços Embora em 2008 o Governo Federal tenha aprovado um decreto que obriga os hospitais públicos a oferecer gratuitamente cirurgias de mudança de sexo, a decisão das autoridades pernambucanas parece ter sido motivada por uma recente decisão judicial que obriga o governo a pagar a operação de um cidadão do estado.

O beneficiado é o professor de educação física Alexandre Emanuel, de 45 anos, que nasceu com genitais femininos, mas que há mais de 13 anos adotou identidade masculina, e será operado em um hospital de Goiás, pois em Pernambuco não há médicos especializados para esse tipo de intervenção.

Emanuel, que já tem uma aparência de homem graças a tratamentos com hormônios e algumas cirurgias plásticas, obteve o direito de registrar seu nome masculino e o único que lhe falta para completar o processo de transformação é a implantação de um pênis.

Pernambuco ainda não se pronunciou sobre a decisão judicial alegando não ter sido notificado, mas a Secretaria de Saúde esclareceu que quem desejar mudar de sexo já não terá que viajar para outra cidade para fazê-lo. O centro especializado funcionará em um hospital público ainda não definido e iniciará operações em seis meses, segundo Figueira.

A secretaria de Saúde esclareceu que o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco chegou a oferecer cirurgias de mudança de sexo, mas teve que suspender esse serviço há seis meses por falta de médicos especializados. O governo instituiu o Comitê Técnico de Saúde Integral para Lésbicas, Homossexuais, Bissexuais, Travestis e Transexuais, que definirá o perfil e a implantação do centro médico e psicológico.

Segundo a diretora de Políticas Estratégicas da Secretaria de Saúde, Andreza Barkokebas, o centro especializado transformará Pernambuco no segundo estado do Brasil, depois de São Paulo, a contar com uma unidade de referência para mudança de sexo com certidão do Ministério da Saúde.

A funcionária disse que vários estados oferecem a cirurgia em hospitais públicos, mas só São Paulo tem uma unidade especializada reconhecida pelo Ministério. Emanuel comemorou a decisão

— Recebo essa decisão com muita alegria porque evitará que outros sofram o mesmo que eu sofri.

O professor de educação física, que em cirurgias anteriores retirou as mamas, os ovários e o útero, deseja agora que os médicos lhe implantem um pênis.

Fonte R7

Bebê com defeito no coração sobrevive à base de Viagra

Cerys está com quase dois anos e começou a falar suas primeiras palavras só agora

Cerys é uma menininha de um ano e sete meses que nasceu com um defeito grave no coração, além de não ter o baço e apresentar problemas no estômago e intestino. Em decorrência destas doenças, ela já passou por três cirurgias cardíacas e é mantida viva com doses diárias de Viagra — comumente usado para tratar a disfunção sexual em homens. As informações são do Daily Mail.

Segundo os médicos, o remédio ajuda o sangue a circular em torno do corpo mais facilmente e agora ela finalmente parece estar no caminho da recuperação. Há dois meses a menina deu seus primeiros passos e os cardiologistas estão impressionados com seu progresso.

Mesmo com todas as dificuldades no início da vida, a pequena garota sempre está sorrindo e encanta os pais ao pronunciar as primeiras palavras. Uma de suas frases favoritas é: “Eu quero andar”.

De acordo com os pais Gareth e Kerrie, ambos de 32 anos, esse avanço só foi possível depois que a filha passou por uma cirurgia para remoção do tubo de alimentação no nariz e na garganta. A mãe da menina comemora a melhora da filha.

— Quando eu estava grávida nem sabia se ela estaria agora conosco porque os médicos deram uma chance de 50% de sobrevivência. Estou muito feliz porque agora ela está aqui, falando muito mais e querendo comer sozinha. Ela provou que é uma verdadeira lutadora.

Fonte R7

Cientistas australianos implantam com sucesso primeiro olho biônico

Cientistas australianos anunciaram nesta quinta-feira a implantação bem-sucedida do primeiro protótipo de um olho biônico, descrevendo a façanha como um enorme avanço para os deficientes visuais.

O Bionic Vision Australia (BVA), um consórcio financiado pelo governo, informou ter implantado cirurgicamente o "protótipo preliminar" de um olho robótico em uma mulher com perda hereditária da visão provocada por retinose pigmentar degenerativa.

Descrito como um "olho pré-biônico", o minúsculo aparelho com 24 eletrodos foi colocado sobre a retina de Dianne Ashworth e enviou impulsos elétricos para estimular as células nervosas de seus olhos.

Os cientistas ligaram o equipamento em seu laboratório no mês passado, depois que Ashworth se recuperou completamente da cirurgia, e ela descreveu a experiência como incrível.

"Eu não sabia o que esperar, mas de repente, eu consegui ver um pequeno flash. Foi incrível", afirmou, em um comunicado.

"A cada estímulo, surgia uma forma diferente diante dos meus olhos", acrescentou.

Penny Allen, o cirurgião que implantou o dispositivo, o descreveu como "o primeiro do mundo".

O dispositivo de Ashworth só funciona quando está conectado dentro do laboratório e o presidente do BVA, David Penington, disse que seria usado para explorar como as imagens são "construídas" pelo cérebro e pelo olho.

Dados do dispositivo alimentarão um "processador de visão" que permitirá aos médicos determinar exatamente o que Ashworth vê quando a retina dela for submetida a vários níveis de estímulo.

"A equipe procura consistência de formas, brilho, tamanho e localização de flashes para determinar como o cérebro interpreta esta informação", explicou Rob Shepherd, diretor do Instituto de Biônica, que também participou da pesquisa.

Os cientistas agora trabalham para desenvolver um dispositivo de "visão ampla" com 98 eletrodos, que dará aos usuários a habilidade de perceber objetos grandes, como prédios e carros, e outro de "alta acuidade", ou seja, grande capacidade de perceber sombras e formas dos objetos, com 1.024 eletrodos.

Espera-se que os pacientes com o dispositivo de alta acuidade sejam capazes de reconhecer rostos e ler impressos grandes. Segundo o BVA, será adequado para pessoas com retinose pigmentar e degeneração macular relacionada com a idade.

Penington explicou que os resultados iniciais de Ashworth "atenderam às nossas melhores expectativas, dando-nos a confiança de que, com desenvolvimentos futuros, possamos alcançar uma visão competente".

"O próximo grande passo será quando começarmos os implantes de dispositivos completos", afirmou.

Fonte R7

Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais - Fhemig

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) realiza concurso público para provimento de 1.330 vagas

Inscrições:
De 27 de agosto a 21 de setembro pelo www.concursosfcc.com.br


Valor:
De R$ 72,20 a R$ 137,70

Cargos e vagas:
Médicos (520) - Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia da Cabeça e Pescoço, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Geral, Cirurgia de Mão, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Dermatologia, Endoscopia, Ginecologia e Obstetrícia, Infectologia, Mastologia, Medicina Física e Reabilitação, Medicina Intensiva, Medicina Intensiva Pediátrica, Médico do Trabalho, Médico Regulador, Pediatra Neonatologia, Neurocirurgia, Neurologia, Nutrologia, Oftalmologia, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologia, Patologia, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Reumatologia e Urologia
Analista de Gestão e Assistência à Saúde (12) - Arquitetura, Ciências Biológicas, Economia, Pedagogia, Educação Física, Serviço Social, Terapia Ocupacional Reabilitação Mental, Bioestatística, Epidemiologia e Farmácia
Técnico de Enfermagem (6)
Técnico Operacional da Saúde (624) - Auxiliar Administrativo, Técnico de Contabilidade, Técnico de Imobilização Ortopédica, Técnico de Edificação, Técnico em Farmácia, Técnico em Manutenção de Equipamentos e Instrumentos Médico (Hospitalares), Técnico de Informática, Técnico em Nutrição e Dietética, Técnico em Patologia Clínica e Técnico em Segurança no Trabalho

Remuneração:
De R$ 995,97 a R$ 3.567,39

Provas:
Prova objetiva e prova dissertativa; haverá prova de redação e de títulos para Técnico Operacional de Saúde
Haverá provas em Belo Horizonte, Bambuí, Barbacena, Betim, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Sabará, Três Corações e Ubá.

Fundação Hospitalar de Saúde do Sergipe - FHS/SE

A Fundação Hospitalar de Saúde do Sergipe (FHS-SE) realiza concurso para provimento de 587 vagas para Aracaju, Boquim, Canindé, Capela, Estância, Glória, Itabaiana, Lagarto, Metropolitana, Nossa Senhora do Socorro, Neópolis, Porto da Folha, Propriá, Rosário, São Cristóvão, Socorro e Tobias Barret.

Inscrições:
De 9 de agosto a 3 de setembro pelo www.cespe.unb.br/concursos/fhs_se_12


Valor:
De R$ 50 a $ 70

Remuneração:
De R$ 704,00 a R$ 6.337,79

Provas:
Provas objetivas: 11 de novembro
Haverá curso para Motociclista Socorrista

Cargos:
Ensino Médio - Assistente Administrativo I na área de Apoio a Processos Administrativos, Assistente de Enfermagem II na área de atuação de Assistência Hospitalar, Assistente de Farmácia, Instrumentador Cirúrgico, Motociclista Socorrista, Técnico de Segurança do Trabalho, Técnico em Laboratório e Técnico em Radiologia;

Ensino Superior - Analista Administrativo na área de Contabilidade, Orçamento, Finanças e Custos, Analista em Patologia Clínica, Assistente Social, Enfermeiro, Farmacêutico, Físico Médico, Fisioterapeuta, Médico Anestesiologia, Médico Cardiologista, Médico nas áreas de Cardiopediatria, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Geral, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Plástica, Cirurgia Torácica, Cirurgia Vascular, de Emergência, Gastroenterologia, Ginecologia e Obstetrícia, Infectologia, Medicina do Trabalho, Medicina Intensiva Adulta, Medicina Intensiva Neonatal, Medicina Intensiva Pediátrica, Nefrologia, Neurocirurgia, Neuroclínica, Neuropediatria, Nutrologia, Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Pediatria Neonatal, Pneumologia Pediátrica, Pronto Socorro e Unidades de Internamento Adulto, Psiquiatria, Radiologia, Radioterapia, Regulador, Ultrassonografia e Urologia, e Nutricionista.

Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Municípios da Microrregião do Alto Sapucaí - CISMAS/MG

O Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Municípios da Microrregião do Alto Sapucaí (CISMAS), Minas Gerais, realiza concurso para preenchimento de 2 vagas

Inscrições:
De 12 de setembro a 11 de outubro pelo www.jcmco
ncursos.com.br ou na rua Antônio Simão Mauad, nº. 301, bairro Pinheirinho, Itajubá

Valor:
De R$ 50 a R$ 70

Cargos:
Analista de Água e Técnico em Enfermagem.

Remuneração:
De R$ 1.123,25 a R$ 1.276,43

Provas:
Provas objetivas: 11 de novembro

Consórcio Intermunicipal de Saúde da Mata Leste Cisleste/MG

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Mata Leste (Cisleste), Minas Gerais, realiza concurso para preenchimento de 10 vagas

Inscrições:
De 6 de setembro a 11 de outubro pelo www.ecapconsultoria.com
.br

Valor:
De R$ 50,00 a R$ 70,00

Remuneração:
De R$ 650,00 a R$ 1.260,00

Cargos:
Ensino Fundamental - Auxiliar de Serviços Gerais e Motorista;
Ensino Médio - Auxiliar Administrativo I, Atendente Administrativo e Técnico em Eletroencefalograma;
Ensino Superior - Auxiliar Administrativo II e Técnico Administrativo;

Provas:
Prova objetiva: 11 de novembro

Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás - CREMEGO

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (CREMEGO) realiza concurso para preenchimento de 27 vagas

Inscrições:
Até 24 de setembro, pelo www.quadrix.org.br.


Valor:
De R$ 45,00 a R$ 60,00

Cargos:
Ensino Médio - Agente Administrativo, Agente Fiscal Gyn, Agente Fiscal Interior, Auxiliar Administrativo Gyn, Auxiliar Administrativo Interior, Assistente de Informática, Motorista e Recepcionista;
Ensino Superior - Advogado, Assessor de Comunicação, Bibliotecário, Contador e Médico Fiscal.

Remuneração:
De R$ 1.165,71 a R$ 8.341,05

Provas:
Haverá prova objetiva; e prova de títulos para nível superior.
Haverá provas em Goiânia, Ceres, Luziânia, Itumbiara e Rio Verde

Concurso Unesp

A Universidade Estadual Paulista (UNESP) lançou os editais Nº. 06, 34, 75, 090, 161 e 178/2012 de concurso público objetivando preencher 10 vagas em seu quadro de pessoal. As oportunidades são para candidatos de nível fundamental e médio/técnico, os quais, se efetivados, poderão atuar no Campus de Guaratinguetá, São José dos Campos, Bauru e São Paulo, recebendo salário de até R$ 2.501,91.
 
Cargos
Assistente de Suporte Acadêmico II, Assistente de Informática II, Motorista, Assistente Operacional II e Técnico em Radiologia.
 
Inscrição e Prova
A inscrição deverá ser efetuada das 10 horas de 17 de setembro até às 16 horas de 11 de outubro de 2012, exclusivamente pelo site www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 24,00 para o cargo de Assistente Operacional II e de R$ 35,00 para os demais cargos.
 
O candidato que não tiver acesso próprio à internet poderá efetivar sua inscrição por meio de serviços públicos, tais como o Programa Acessa São Paulo, que disponibiliza postos (locais públicos para acesso à internet), em todas as regiões da cidade de São Paulo e em várias cidades do Estado. Esse programa é completamente gratuito e permitido a todo cidadão.
 
A prova objetiva será aplicada na data provável de 09 de dezembro de 2012, às 14 horas, em local a ser divulgado por meio de edital de convocação a ser publicado no Diário Oficial do Estado - Poder Executivo - Seção I - DOE.
 
A prova acontecerá em data, horário, turma, sala e local preestabelecidos no DOE.
 
O concurso será válido por 02 anos, contados da data da sua homologação, podendo ser prorrogado, a critério da administração, uma única vez e por igual período.