Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 7 de abril de 2015

Pacientes com esclerose lateral amiotrófica (ELA) têm dificuldades para conseguir remédio

Associação que reúne familiares e portadores da doença reclama de desabastecimento em todos os estados
 
Brasília - Os pacientes que sofrem de esclerose lateral amiotrófica (ELA) — uma doença que provoca o endurecimento dos músculos, levando à perda progressiva dos movimentos — estão tendo problemas para ter acesso ao medicamento Riluzol. O remédio é o único que ajuda a retardar a progressão da enfermidade, que não tem cura e leva à morte. Os familiares dos pacientes reclamam da suspensão do fornecimento. Em alguns lugares, há relatos de que o remédio está em falta desde agosto do ano passado. Outros pacientes já reclamaram que receberam medicação que estava prestes a vencer e que não seria totalmente consumida antes da data de validade.
 
No dia 26 de março, a presidente da Associação Pró-Cura da ELA, Sandra Elene Mota Gomes, encaminhou um ofício ao Ministério da Saúde relatando os problemas. Ela diz que a tem recebido queixas de forma rotineira desde novembro do ano passado. Segundo a associação, o problema foi detectado em todos os estados. Em alguns casos, o problema já foi regularizado. Em outros, a normalização do abastecimento se alterna com períodos em que falta medicamento. A associação estima que haja 15 mil pessoas com ELA no país.
 
"Mesmo nas cidades onde não falta por muitos meses é "comum" a interrupção do tratamento por dois ou três meses durante o ano, inclusive com o fornecimento do Riluzol com data vencida ou a vencer dentro do período que corresponde ao uso da medicação pelo paciente (ou seja, o paciente recebe a medicação para usar por 30 dias sendo que a validade expira em 15 dias)", informou Sandra no ofício encaminhado ao ministro da Saúde, Arthur Chioro.
 
Atualmente, segundo a associação, o medicamento está em falta em Fortaleza (CE), Belém (PA), Goiânia (GO), Campinas (SP), Maceió (AL), Florianópolis (SC), Marília (SP), Coronel Fabriciano (MG), Sorriso (MT) e Nova Andradina (MS). Mas a lista de cidades pode ser maior, uma vez a contabilidade foi feita a partir dos relatos que chegaram à associação.
 
Um dos pacientes com dificuldade para conseguir o remédio é Vanderci Pianta Júnior, de 45 anos, morador de Sorriso (MT), cidade de 80 mil habitantes localizada a 400 km ao norte de Cuiabá e conhecida pela força do agronegócio. A mulher dele, Adriana Vieira Camargo, de 44 anos, deixou o trabalho na empresa de beneficiamento de grãos da família para cuidar do marido. Ele perdeu os movimentos e fala com muita dificuldade, além de ter problemas para respirar. Segundo Adriana, o Riluzol está em falta na cidade desde agosto de 2014. Ela tem obtido o remédio com a ajuda da Associação Pró-Cura da ELA.
 
— Ele ficou um mês sem a medicação no ano passado. Aí entrei em contato com o Pró-Cura e a gente conseguiu doações dali. A gente fazia essa troca: quem tem sobrando ou não usa mais doa — conta Adriana, acrescentando que ele está sem medicação neste momento.
 
Ela diz que, na rede pública de saúde de Sorriso, passaram o contato de um telefone de Cuiabá responsável pelo abastecimento no estado, mas que ninguém atende. Outro problema enfrentado é em relação ao fornecimento de um tipo de respirador artificial usado pelos pacientes. Adriana diz que o marido está usando um emprestado da associação.
 
— Hoje ele é totalmente dependente. Ele depende para tudo. Quem cuida dele sou eu. Não tem mobilidade de braço e perna. E ao falar, só eu entendo — descreve Adriana, contando também que ele foi diagnosticado com a doença em 2012.
 
O contador André Luís Souza, de 40 anos e morador de Belém, também enfrenta problemas para conseguir o remédio. Diagnosticado com ELA em dezembro de 2014, ele passou a tomar a medicação fornecida pela Secretaria de Saúde do Pará. Mas começou a ter problemas para obter o remédio em março. Desde então, a quantidade fornecida foi insuficiente para tomar o remédio todos os dias ininterruptamente. A irmã dele, Fernanda dos Anjos, diz que não conseguiu obtê-lo de outras formas. A caixa, segundo ela, custa R$ 1.500 e é suficiente para um mês.
 
— Só dizem (na Secretaria de Saúde do estado) que não tem, que está em falta. Só isso. Não dão nenhuma justificativa — diz Fernanda, acrescentando: — Eu pedi à Associação Pró-Cura da ELA. Mas como tinha várias pessoas sem medicação, não deu para doar para todos.
 
Segundo ela, os movimentos nos braços já estão limitados, e o fôlego dele diminuiu bastante. Hoje, até quando toma um banho, André fica cansado. Por outro lado, Fernanda conta que ele está encarando a doença de forma positiva. O irmão ainda consegue trabalhar e dirigir, diz ela.
 
— Foi bem difícil (quando houve o diagnóstico). Tira o chão, a gente chorou muito. Ele foi contando para os amigos, porque ele é jogador de futebol. Sempre se reunia com os amigos para jogar e era muito chegado nisso. Ele contou logo e as pessoas foram dando força, a família também. Ele nunca se queixa de nada. Encara de uma forma bem positiva. Está com bastante esperança — afirma Fernanda.
 
Há muita reclamação também em relação à falta de informação. "As Secretarias de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal não oferecem quaisquer informações aos pacientes e suas famílias sobre a previsão de regularização no fornecimento do medicamento. É notório o descaso das Secretarias de Saúde no atendimento dos pacientes e suas famílias, que todos os meses têm como resposta a frase 'Ah, nem sei se ainda vai chegar esse remédio'", diz Sandra no ofício entregue ao Ministério da Saúde.
 
A presidente da associação explica que, mesmo com a falta do medicamento, os pacientes estão sujeitos a todo o processo burocrático para consegui-lo. A cada três meses, a documentação deve ser atualizada e novos exames verificando a condição do paciente têm de ser feitos. Muitas vezes isso significa a necessidade de fazer longas viagens, o que aumenta os custos do tratamento.
 
A doença ataca os neurônios motores, que são as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos. Sem o remédio, muitos estão procurando a Justiça para conseguir o remédio, mas nem sempre com sucesso.
 
Procurado, o Ministério da Saúde informou que o Riluzol é comprado pelos gestores estaduais. Não há, nesse caso, a compra centralizada pelo ministério, embora o governo federal faça o ressarcimento integral das compras feitas pelos estados no mês subsequente à aquisição. O ministério também destacou que não recebeu das secretarias estaduais nenhum comunicado sobre possível desabastecimento e que já repassou R$ 128,3 milhões em 2015, referentes aos meses de janeiro e fevereiro, para a compra do medicamento. Mas a presidente da Associação Pró-Cura da ELA também reclama do governo federal.
 
— Se está faltando medicamento em todos os estados, o Ministério da Saúde está falhando em algum ponto. Se não está sabendo que está faltando, está falhando na fiscalização. Se está sabendo, também está falhando — reclama Sandra.
 
O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) também informou que o medicamento é comprado pelos estados, que são ressarcidos pelo Ministério da Saúde. Os municípios, disse o Conasems, não participam da compra, apenas acompanhando o processo conduzido pelos estados. Procurado, o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass), que agrega todas as secretarias estaduais, não retornou o pedido de informação do GLOBO.
 
O Globo

Tecnologia dos videogames pode auxiliar no combate ao câncer

Divulgação Universidade do Texas: Nós realmente devemos
agradecer aos jogadores de videogame’, diz Steve Jiang,
diretor da Unidade de Física Médica e Engenharia da
Universidade do Texas.
Equipamento usa placa gráfica para reduzir de 70 horas para dez segundos tempo de exame usado em radioterapia
 
Rio -  A evolução gráfica dos videogames deve, em muito, às modernas placas gráficas (GPUs, de Graphic Processing Units), responsáveis pelo processamento das imagens. Sem elas, não seria possível que o processador (CPU, Central Processing Unit) renderizasse jogos modernos, que possuem elaborados gráficos tridimensionais. Diferente das CPUs, que possuem poucos núcleos de processamento, as GPUs podem possuir milhares, e a sua alta velocidade de processamento está sendo aproveitada em outras áreas, como a medicina.
 
Steve Jiang, diretor da Unidade de Física Médica e Engenharia da Universidade do Texas, utilizou essa tecnologia para desenvolver um equipamento que calcula a dose de radiação direcionada a um tumor durante uma sessão de radioterapia. Por causa da velocidade de processamento das GPUs, ele foi capaz de reduzir o tempo necessário para os complexos cálculos de 70 horas para apenas 10 segundos.
 
— Isso é uma melhoria surpreendente na velocidade de processamento — disse Jiang. — Nós realmente devemos agradecer aos jogadores de videogame. A popularidade dos jogos eletrônicos resultou em uma ferramenta que é muito benéfica para o uso científico da computação na medicina.
 
Os resultados mais rápidos significam maior conveniência para pacientes e médicos.
 
O tratamento com radioterapia dura várias semanas, e, durante esse período, é comum que a anatomia do paciente ou do próprio tumor se modifiquem no período de 70 horas necessárias para os testes atuais. Com a nova tecnologia, o médico consegue maior precisão, pois pode fazer os cálculos diariamente, antes de cada sessão, em vezes de reutilizar dados antigos.
 
— Se alguém está com câncer, você quer tratar a doença imediatamente a de forma precisa. Os atuais cálculos, mais lentos, fazem com que o paciente espere por cerca de uma semana para receber o primeiro tratamento com radiação após a consulta com os médicos — afirmou Jiang.
 
O Globo

Excesso de diagnóstico de câncer de mama custa US$ 4 bilhões nos EUA

Estudo analisou gastos com mamografias que dão resultado falso-positivo e tratamento de tumores que não ameaçam a vida da mulher
 
Washington - Um novo estudo intensificou o debate sobre os custos e benefícios da detecção do câncer ao estimar que os Estados Unidos gastam US$ 4 bilhões ao ano em mamografias e tratamentos desnecessários. Publicado no “Health Affairs”, a pesquisa divide os custos da seguinte maneira: US$ 2,8 bilhões por mamografias que têm resultados falsos-positivos e US$ 1,2 bilhão atribuído ao excesso de diagnóstico do câncer de mama, que inclui o tratamento de tumores que crescem lentamente e têm poucas chances de se converter em uma doença que ameace a vida da mulher.
 
As mamografias anuais a partir dos 40 anos são consideradas o padrão de cuidados preventivos, já que o câncer é mais fácil de tratar se detectado em sua etapa inicial. Mas recentemente, houve divergências sobre comprovações científicas que indiquem o rastreamento a partir desta idade. Este é o mesmo debate no caso do câncer de próstata para homens. No Brasil, o rastreamento é indicado a partir dos 50 anos, mas o tema também levanta uma intenso debate.
 
Os autores, Mei-Sing Ong, do Hospital Pediátrico do Boston, e Kenneth Mandl, da Escola de Medicina de Harvard, dizem que o custo do diagnóstico excessivo do câncer de mama parece ser muito maior do que se estimava.
 
Além do desperdício financeiro, os falsos-positivos e o excesso de diagnóstico expõem a mulher a riscos de procedimentos adicionais, sem mencionar o estresse por que passam. Não é raro que as mamografias apresentem alguma anomalia que tenha que ser analisada com mais testes ou biópsia.
 
— Esperamos que o custo financeiro deste problema ajude a reduzir o custo humano — afirmou Mandl. — Ambas as mensagens são poderosas. Isto não é apenas um problema, mas um problema muito caro. Esperamos que o estudo ajude a acelerar as intenções de melhorar as práticas de análises.

Enquanto isto, outro especialista defendeu as práticas de rastreamento e disse que o estudo é parcial.
 
— Não houve a intenção de equilibrar os custos com os benefícios — destacou Richard Wender, que encabeça as iniciativas de prevenção, detecção e apoio a pacientes da Sociedade Americana de Câncer. — Realmente acredito que cada estudo que revisa os pontos negativos de qualquer teste de diagnóstico tem que estar equilibrado com os benefícios.
 
Mandl defende, no entanto, que os resultados da pesquisa estão respaldados por vários estudos e que não há benefício médico de mamografias que produzem falsos-positivos.
 
A Sociedade Americana de Câncer recomenda mamografias anuais para mulheres a partir de 40 anos, enquanto que um grupo de assessoria governamental — o Grupo de Trabalho de Serviços Preventivos — recomenda que as análises regulares comecem a ser realizadas a partir dos 50 anos. O estudo detectou que as mulheres entre 40 e 49 anos tinham mais possibilidade de dar falsos-positivos.
 
O Globo

07 de Abril: Dia Mundial da Saúde

A saúde envolve os aspectos físicos, mentais e sociais de um indivíduo
A saúde envolve os aspectos físicos, mentais e sociais do indivíduo
No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde, uma data criada com a finalidade de conscientizar a população a respeito dos vários aspectos que envolvem a saúde

Muitas pessoas consideram-se saudáveis quando estão sem nenhuma doença, porém, a falta de enfermidades não significa saúde. Dizer que uma pessoa está saudável requer a análise de um conjunto de fatores, tais como a qualidade de vida e aspectos mentais e físicos.

Em 1946, a Organização Mundial de Saúde aprovou um conceito que visava ampliar a visão do mundo a respeito do que seria estar saudável. Ficou definido então que “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

De acordo com esse conceito, percebemos que saúde não é um estado fácil de ser alcançado, uma vez que nem todas as pessoas conseguem viver sem tristezas, sem preocupações e interagindo com o restante da sociedade de maneira harmoniosa.
 
A saúde deve ser vista como uma forma de total bem-estar, que é conseguido não só através do tratamento de doenças ou sua prevenção, mas sim através de qualidade de vida.
 
De acordo com a lei 8.080 de 1990, a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício.
 
A lei também enfoca que, para ter saúde, alguns fatores são determinantes, tais como a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais.
 
Percebe-se, portanto, que todos os fatores, por mais irrelevantes que possam parecer, afetam a vida de um indivíduo e, consequentemente, a sua saúde. O papel do Estado para garantir o bem-estar da população é fundamental, pois é ele o responsável por garantir a qualidade de vida de cada indivíduo.
 
No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde, data criada em 1948 pela Assembleia Mundial da Saúde que tem como objetivo conscientizar a população a respeito da qualidade de vida e dos diferentes fatores que afetam a saúde populacional. Essa data foi estabelecida para coincidir com a data de fundação da Organização Mundial da Saúde.
 
Todos os anos campanhas são realizadas a respeito de um tema diretamente relacionado com a saúde. Essas ações são importantes para que a população aprenda a se cuidar e informe-se sobre seus direitos quando o assunto é promoção da saúde.
 
É fundamental que, além de cuidarmos da nossa saúde, participemos da luta por melhorias em nosso país.
 
Vale destacar que não devemos procurar melhorias apenas em hospitais, devemos lutar por mais segurança, educação, lazer, cultura, entre vários outros direitos básicos e fundamentais para o nosso completo bem-estar.
 
Brasil Escola

39% dos erros na medicação ocorrem na prescrição; como evitá-los?

A logística hospitalar vem despontando como solução para um cenário mundial de erros de medicação, desvios e fraudes

Por Domingos Gonçalves de Oliveira Fonseca,Mayuli Fonseca
 
No Brasil, ainda são poucas as pesquisas quantitativas sobre o tema, porém, alguns estudos internacionais apontam números alarmantes, onde em média 39% dos erros na medicação ocorrem no processo de prescrição de medicamentos, 11% no processo de dispensação e até 38% no momento da administração de medicamentos. No Brasil, cerca de 1.000 medicamentos passam por recall todos os anos no Brasil, tornando indispensável à gestão logística e o rigoroso controle de lotes, data de validade e até mesmo dos pacientes que fizeram uso de um determinado produto a fim de garantir a identificação de pessoas que foram expostas a insumos inadequados.
 
Além de ajudar a evitar danos à saúde dos pacientes, a logística é grande aliada da saúde financeira das instituições, já que o rígido controle de compra, armazenamento e uso de rastreamento evitam a média de 30% de desperdícios dos estoques. Nos EUA, estima-se gasto médio anual de US$ 76,6 bilhões com morbidade e mortalidade vinculados aos erros de medicação, além de um custo de aproximadamente US$ 4.700 por evento adverso de medicamento evitável.
 
Outro exemplo vem de uma operação do Pará, que comprova redução de perdas de materiais médicos e medicamentos em 99%, e apresentam ganhos financeiros e humanos com a redução do tempo de distribuição dos medicamentos (menos 50%), no consumo mensal (52%) e no estoque (17%).
 
A automação também tem papel importante nesse processo, realizando a separação dos medicamentos e gerando aumento significativo da produtividade pela sua facilitação de tarefas, distribuição automática de atividades entre os operadores, e rigoroso controle de todas as etapas, a fim de que cada ação seja realizada no menor tempo e com a maior qualidade possível. Os resultados configuram, consequentemente, na diminuição do prazo para atendimento de requisições de reabastecimento e maior assistência ao paciente.
 
Assim, frente as celebrações pelo Dia Mundial da Saúde, há de se fazer jus à importância do processo logístico hospitalar.
 
Saúde Web

Estudo da Unifesp avalia a percepção da população em relação aos genéricos

Reprodução
Maioria dos brasileiros acredita na efetividade desses medicamentos

Um estudo realizado pelo Grupo Interdepartamental de Economia da Saúde (Grides) da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em parceria com a empresa Foco Opinião, avaliou a percepção da população brasileira em relação aos medicamentos genéricos. O trabalho contou com a participação de cinco mil pessoas e foi publicado na revista BMC Public Health.
 
De acordo com a pesquisa, 58,8% dos entrevistados consideraram os genéricos medicamentos de efetividade equivalente ao seu respectivo medicamento de referência. Apesar da percepção positiva encontrada pelo grupo, quase um terço da população (30,4%) disse acreditar que os genéricos são medicamentos menos efetivos. Foi observado também que a maior utilização de medicamentos de genéricos nos últimos três meses ocorreu na população feminina (49,2%) e na população acima de 65 anos de idade (61,1%).
 
Além disso, 59,2% disseram que prefeririam tomar o medicamento de referência num cenário onde os preços fossem parecidos e 41% relataram que os genéricos são mais apropriados para doenças menos graves. “Esses resultados sugerem uma subutilização do medicamento ou um aumento da desconfiança na utilização desses medicamentos no caso de uma doença mais grave”, explica a farmacêutica, estudante de mestrado da Unifesp e uma das autoras do estudo, Elene Paltrinieri Nardi.
 
Diário do Nordeste / Guia da Pharmacia

Medicamentos intoxicam 27 mil pessoas por ano no Brasil

O País registrou 138.376 intoxicações e 365 mortes entre 2008 e 2012

A automedicação ou o mau uso de medicamentos intoxica três pessoas por hora no Brasil. A cada ano, 27 mil brasileiros passam mal ao ingerir produtos de forma errada e, na média, 73 acabam morrendo.
 
O País registrou 138.376 intoxicações e 365 mortes causadas por medicamentos entre 2008 e 2012, seja por acidente, tentativa de suicídio, uso terapêutico ou erro de administração.
 
O mais alarmante é que, para potencializar os efeitos terapêuticos, 32% dos brasileiros declaram aumentar por conta própria a dose do medicamento prescrita pelo médico, odontólogo ou farmacêutico.
 
Segundo os dados coletados pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), existe uma tendência de diminuição do consumo irregular de medicamentos controlados desde que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) passou a exigir a retenção da segunda via da receita dessa categoria de produtos.
 
Gazeta do Povo / Guia da Pharmacia

Concurso Fundação Universidade Regional de Blumenau - SC

No estado de Santa Catarina, a Fundação Universidade Regional de Blumenau tornou público dois editais de concurso público com a oferta de vagas que exigem nível superior.

O Edital 02/2015 disponibiliza vagas para Engenheiro Florestal e Edital Nº 03/2015 para Enfermeiro.

Os vencimentos mensais serão de R$ 4.137,67, por carga horária de 40 horas semanais.

Inscrições
As inscrições estarão abertas e serão aceitas pela internet, no site www.fur
b.br/concursos, de 08/04/2015 a 14/04/2015, com recolhimento de taxa no valor de R$ 74,92.

Provas
Todos os participantes farão prova escrita, prevista para ser realizada no dia 30/04/2015, na FURB, localizada na Rua Antônio da Veiga, Nº 140, Victor Konder, com inicio as 14h30. E haverá aplicação de prova prática somente para os candidatos aprovados na primeira etapa.

Validade do Concurso Público
O prazo de vigência do processo seletivo se encerrará após 02 anos, após o ato de homologação do resultado final.

Concurso Fundação Universidade Federal de Rondônia

Por intermédio do Edital Nº 003/2015, a Fundação Universidade Federal de Rondônia tornou pública a realização de concurso público com a intenção de contratar 56 professores (auxiliar, assistente e adjunto).

As vagas oferecidas são para os seguintes áreas:
• Engenharia de alimentos
• Produção
• Civil
• Elétrica e florestal
• Interdisciplinar de tecnologia e ciências
• Administração
• Ciências humanas e sociais
• Física
• Intercultural
• Matemática e estatística
• Ciências contábeis
• Educação
• Educação física
• Enfermagem
• Línguas estrangeiras (espanhol)
• Línguas vernáculas
• Medicina
• Química
• Agronomia
• História
• Licenciatura em educação no campo
• Jornalismo

A remuneração prevista varia entre R$ 1.966,67 e R$ 4.540,35, em carga horária de 20 e 40 horas semanais.

Inscrições
As inscrições serão recebidas no período entre 03/04/2015 e 13/04/2015, através de correspondência identificada como "CONCURSO PÚBLICO DOCENTE – EDITAL Nº 003/2015/GR/UNIR", encaminhada pelos Correios, via SEDEX ou correio internacional, para a Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), localizada no Campus da Universidade Federal de Rondônia, na BR 364, Km 9,5 - Porto Velho/RO - CEP 76801-974, Caixa Postal: 295.

Provas
O concurso público constará de prova escrita, prova didática e avaliação de títulos, programadas para acontecerem do dia 01/06/2015 ao dia 24/06/2015.

A divulgação do resultado final será feita 26/06/2015, até às 20h, pelo endereço eletrônico http://www.processo
seletivo.unir.br. Já a homologação do resultado final ocorrerá provavelmente no dia 29/06/2015.

Validade do Concurso Público
O prazo de vigência do certame se encerrará após um ano, a contar da data de publicação e homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado por até igual período.

Concurso Conselho Regional de Psicologia da 4 Região - MG

O Conselho Regional de Psicologia da 4ª Região - Minas Gerais lançou o edital de processo seletivo Nº 001/2015, destinado ao preenchimento de 14 vagas imediatas, mais 990 para formar cadastro de reserva.

Cargo(s)

As oportunidades oferecidas são para as seguintes funções:

• Assistente Administrativo
• Assistente Administrativo (Infraestrutura)
• Assistente Administrativo (Subsede)
• Técnico em Contabilidade
• Técnico em Informática e Técnico Financeiro (nível médio)
• Advogado
• Analista de Suporte
• Bibliotecário
• Contador
• Jornalista
• Publicitário
• Relações Públicas
• Psicólogo Fiscal (Orientação e Fiscalização)
• Psicólogo Ref. Técnica (Assistente Técnico)

Salário Ofertado
O salário proposto será de R$ 2.153,43 a R$ 4.288,00.

Inscrições
Os interessados deverão se inscrever no período entre 26/03/2015 e 04/05/2015, através da internet, no site www.quadrix.org.br.

As taxas de inscrição serão
- Nível Médio/Técnico: R$ 40,00
- Nível Superior: R$ 50,00

Provas
Este processo seletivo constará de prova objetiva, redação e avaliação de títulos, conforme a função pleiteada.

As provas objetiva e de redação serão aplicadas na data provável de 17/05/2015 nos municípios de Belo Horizonte, Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre e Uberlândia.

A entrega dos títulos para serem avaliados deve ser feita provavelmente no período entre 07/07/2015 e 10/07/2015.

Validade do Concurso Público
A validade do certame será de 02 anos.

Concurso Centro de Estudos e Pesquisas 28 - RJ

No estado do Rio de janeiro, o Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde) abriu o Edital Nº 08/2015 com a finalidade de preencher 29 vagas, mais cadastro de reserva, nos cargos de Assistente Administrativo e Técnico de enfermagem, para atuarem nos Projetos de Saúde (Hospital da Mulher Mariska Ribeiro e Projeto Cegonha) na cidade do Rio de Janeiro.

O concurso público será realizado sob a coordenação técnico-administrativa do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

Os vencimentos podem chegar a até R$ 1.364,75, para desempenho de jornada semanal de 30 e 40 horas de trabalho.

Inscrições
As inscrições estarão disponíveis por meio do endereço eletrônico www.ibfc.
org.br, até o dia 07 do mês de maio.

Provas
Este processo seletivo constará de prova objetiva, prevista para ser realizada no dia 24/05/2015.

Validade do Concurso Público
O prazo de vigência do concurso público se encerrará após 12 meses, após o ato de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado por período semelhante.

Concurso MAPA (INMET) 2015: Edital e Inscrição

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) divulgou o edital 1/2015, que abre o aguardado concurso público para provimento de cargos do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). A responsabilidade é da organizadora CONSULPLAN e 242 oportunidades oferecidas são para as carreiras de Pesquisa em Ciência e Tecnologia e Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia, nos níveis médio e superior.
 
As vagas para a carreira de Pesquisa em C&T (nível superior) se distribuem entre as especialidades de: Meteorologia, Estatística, Hidrologia, Ciência da Computação, Sensoriamento Remoto e Agronomia. Para a carreira de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em C&T de nível superior, as chances são para as especialidades de: Analista Meteorologia, Analista Telecomunicações, Analista Estatística, Jornalista, Advogado, Publicitário, Administrador, Contador, Economista, Meteorologista, Analista TI e Engenheiro. O vencimento inicial para esses cargos pode ser de até R$ 11.993,69.
 
Já para profissionais de nível médio, são oferecidas vagas nas especialidades de: Auxiliar de Meteorologia, Assistente TI, Técnico em Contabilidade, Técnico Administrativo, Técnico em Meteorologia, Técnico em Informática, Técnico Laboratório, Técnico em Eletrônica e Técnico Operador. O vencimento inicial pode chegar a R$ 3.700,90.
 
A carga horária de todos os cargos/especialidades será de 40 horas semanais.
 
O edital informa que o total de vagas é 242, mas ressalta que não será somado a esse total a quantidade de vagas reservadas para candidatos com deficiência (17) e para negros (45), o que aumentaria o total para 304 chances. Espera-se que a organizadora publique correções em breve.
 
Inscrições
As inscrições já estão abertas e se realizarão somente via internet até às 23h59min do dia 23 de abril de 2015, no site www.consulplan.net.
 
As taxas de inscrição serão de R$ 45,00 para os cargos/especialidades de nível superior; e, de R$ 22,50 para os cargos/especialidades de nível intermediário.
 
Será permitida ao candidato a realização de mais de uma inscrição, desde que seja para para cargos/especialidades e turnos distintos de aplicação das provas.
 
Provas
O concurso público consistirá de exames de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas de múltipla escolha e discursivas para todos os cargos/especialidades, de caráter eliminatório e classificatório. Também haverá avaliação de títulos, de caráter somente classificatório.
 
As provas objetivas e discursivas serão aplicadas provavelmente no dia 21 de junho de 2015 (domingo), com duração de quatro horas, em dois turnos, conforme o cargo a que se concorrer.
 
As etapas seletivas serão aplicadas nas seguintes capitais: Brasília/DF, Manaus/AM, Belém/PA, Recife/PE, Salvador/BA, Belo Horizonte/MG, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Porto Alegre/RS, Cuiabá/MT, e Goiânia/GO. Os locais de realização das provas, para os quais deverão se dirigir os candidatos, serão divulgados a partir de 10 de junho de 2015 no site da organizadora.
 
O prazo de validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado. O edital completo está disponível no site da CONSUPLAN e no Diário Oficial da União, em 06 de abril de 2015.

Concurso Prefeitura de Clementina - SP

A Prefeitura de Clementina, no Estado de São Paulo, através da empresa Mil Consultoria, divulgou o edital nº 001/2015 de concurso público. O objetivo é a contratação de 39 profissionais de ensino fundamental, médio e superior. A remuneração pode chegar até R$ 9.580,20, em carga horária de 20 até 44 horas semanais.
 
As oportunidades são para os cargos de Agente Administrativo, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Controle de Vetores e Zoonoses, Agente de Organização Escolar, Auxiliar de Serviços Administrativos, Auxiliar de Serviços Gerais (Feminino), Controlador Interno, Educador, Eletricista, Enfermeiro, Médico Clínico Geral, Médico Ginecologista e Obstetra, Médico Pediatra, Merendeiro, Monitor de Esportes e Recreação, Monitor de Informática, Monitor do Transporte Escolar, Motorista, Operador de Máquinas, Professor de Ensino Fundamental - PEB I, Recepcionista, Técnico em Química e Trabalhador Braçal (Masculino).
 
As inscrições serão aceitas até as 17h do dia 24 de abril de 2015, através do site www.milconsultoria.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 25,00, R$ 35,00 e R$ 55,00.
 
A seleção dos candidatos será feita através de prova objetiva, prática e de títulos, de acordo com o cargo pretendido.
 
A prova objetiva será aplicada na data prevista de 17 de maio de 2015, em local e horário a serem divulgados no endereço eletrônico www.milconsultoria.com.br, bem como afixado no quadro de avisos na Prefeitura e publicado na imprensa escrita, em 08 de Maio de 2015.
 
O Gabarito Oficial será publicado no dia 20 de Maio de 2015 no endereço eletrônico www.milconsultoria.com.br, a partir das 09h00min
 
A validade do concurso público será de até 02 anos, prorrogável por igual período, a critério da Administração Pública Municipal, a contar da data de homologação do certame.

Prefeitura de Nova Mutum - MT lança concurso público

A Prefeitura de Nova Mutum, no norte do Mato Grosso, abriu o edital nº 001/2015 de concurso público, destinado ao provimento de 42 vagas para cargos de todos os níveis escolares.
 
Com chances são para advogado, agente administrativo, agente sanitário, arquiteto, bioquímico, borracheiro, coveiro, desenhista cadista, eletricista, enfermeiro, fiscal de obras e posturas, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, frentista, lavrador, mecânico montador, médico especialista em medicina no trabalho, merendeira, motorista de caminhão, operador de máquina e professor, o concurso oferece remuneração de R$ 1.117,73 a R$ 7.525,29, por jornada de 20 a 40.
 
A organização do evento está por conta da empresa Atame Assessoria, Planejamento, Cursos e Pós-Graduação EPP LTDA, popularmente conhecida como Grupo Atame e suas inscrições serão realizadas do dia 9 de abril de 2015 ao dia 26 de abril de 2015, via endereço eletrônico: www.grupoatame.com.br/concurso, mediante taxa R$ 35,00 a R$ 100,00.
 
Será aplicada prova escrita, programada para ocorrer no dia 17 de maio. Também será feita avaliação de títulos, que devem ser entregues do dia 8 ao dia 12 de junho e prova prática, prevista para acontecer no dia 14 de junho de 2015.
 
O gabarito provavelmente será publicado no dia 18 de maio e o resultado final até o dia 29 de junho, ambos de 2015.
 
A validade do concurso público será de dois anos, a partir da data de publicação da homologação de seu resultado, prorrogável, uma vez, por igual período, a critério da autoridade competente.

Concurso Prefeitura de Travesseiro - RS

A Prefeitura de Travesseiro, no Estado do Rio Grande do Sul, abre concurso público, com a intenção de contratar cinco profissionais, de ensino fundamental, médio e superior.
 
As chances são para os cargos de Auxiliar Administrativo, Operário, Professor Anos Iniciais, Agente Administrativo e Odontólogo. A remuneração varia de R$ 775,35 a R$ 2.819,32, em jornadas que vai de 20 a 40 horas semanais..
 
Os interessados podem realizar suas inscrições a partir do dia 07 a 21 abril de 2015, através dos site www.schnorr.com.br e/ou www.travesseiro.rs.gov.br.
 
O valor referente a taxa de inscrição vai de R$ 50,00 até R$ 100,00.
 
A prova escrita está prevista para ser aplicada no dia 23 de maio de 2015, sendo que o local e horário serão informados antecipadamente nos sites www.travesseiro.rs.gov.br e www.schnorr.com.br.

Concurso Prefeitura de Araponga - MG

No estado de Minas Gerais, a Prefeitura de Araponga publicou edital Nº. 001/2015 de concurso público para o preenchimento de vagas do seu quadro de servidores. Sob coordenação técnica do IDECAN – Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional, o concurso pretende recompor parte do quadro efetivo de servidores, ofertando 64 vagas de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 2.767,00, para carga horária de 12x36, 30 e 40h semanais.
Ficam reservadas 5% da vagas às pessoas portadoras de necessidades especiais.
 
Cargos
Farmacêutico, Fisioterapeuta, Nutricionista, Técnico em Enfermagem, Técnico em Patologia Clínica, Auxiliar Administrativo, Agente de Limpeza Urbana, Auxiliar de Serviços Gerais, Mecânico, Pedreiro, Coveiro, Motorista e Operador de Máquinas I e II.
 
Inscrição
As inscrições serão efetuadas via internet, no site www.idecan.org.br, com início às 14h00min do dia 03 de junho e término às 23h59min do dia 02 de julho de 2015.
 
A taxa de inscrição é de:
Nível fundamental: R$ 30 e 35;
Nível médio: R$ 40;
Nível superior: R$ 65.
 
Prova
O concurso será constituído de provas objetivas e práticas.
 
A prova objetiva será aplicada na data provável de 9 de agosto de 2015, das 9h às 12h e das 14h às 17h, em locais que serão divulgados a partir de 3 de agosto de 2015, no site www.idecan.org.br.
 
Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados no site www.idecan.org.br, a partir das 16h00min do dia subsequente ao da realização das provas.
 
As provas práticas serão realizadas na cidade de Araponga/MG, em data e local que serão divulgados no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e no site www.idecan.org.br.
 
Validade
A validade do concurso público é de um ano, contado da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de Alta Floresta d’Oeste - RO

A Prefeitura Municipal de Alta Floresta d'Oeste, no estado de Rondônia, através do Instituto Exatus Ltda - ME, abriu edital n°01/2015 de concurso público para provimento de cargos e cadastro reserva do quadro de servidores do Município. Serão providas 87 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior.

Cargos
As oportunidades são para os cargos de Merendeira, Zeladora, Serviços Gerais, Gari, Encanador - SAAE, Operador de Trator Esteira, Motorista de Viatura Pesada, Agente Administrativo, Agente Fiscal, Técnico em Enfermagem, Técnico em Raio X, Técnico em Laboratório, Professor de Ciências Físicas e Biológicas, Professor de Educação Física, Professor de Geografia, Professor de História, Professor de Inglês, Professor de Matemática, Professor de Letra, Professor de Anos Iniciais, Pedagogo, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Médico Clínico Geral, Médico Clínico Geral e Cirurgião, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião Geral, Médico Ginecologista, Médico Neurologista, Médico Oftalmologista, Médico Ortopedista, Médico Pediatra, Médico Ultrassonografista, Bioquímico, Nutricionista, Psicólogo, Auxiliar Administrativo, Técnico em Edificações, Operador de ETA, Motorista Viatura Leve, Orientador Educacional, Enfermeiro, Médico Anestesista, Médico Veterinário, Dentista, Assistente Social, Programador e Agente Comunitário de Saúde.
Conforme o cargo e a jornada de trabalho, os salários podem variar de R$ 602,35 a R$ 7.267,77.

Inscrições
As inscrições foram prorrogadas até o dia 13 de abril de 2015, através do endereço eletrônico www.institutoexatus.com.

Taxas
Cargos de Nível Superior R$ 100,00; Cargos de Nível Médio e Técnico R$ 75,00; Cargos de Nível Fundamental R$ 50,00.

Provas
As provas escritas estão previstas para serem realizadas no dia 26 de abril de 2015, com horários e locais a serem definidos pelos organizadores do Concurso Público posteriormente. Já as provas práticas estão previstas para serem realizadas no dia 24 de maio de 2015, em locais e horários que serão posteriormente definidos no edital de convocação da prova prática. Se necessário poderão ser criados dias, horários e locais alternativos para a aplicação das provas.

Gabaritos
Os gabaritos com as respostas corretas estão previstos para serem divulgados no dia 26 de abril de 2015 a partir das 22 horas no Instituto Exatus, endereço eletrônico www.institutoexatus.com. E a partir das 8:00 horas do dia 20 de abril de 2015 no mural da Prefeitura Municipal de Alta Floresta d'Oeste.

Validade
O concurso tem validade de dois anos a partir da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período a critério da Administração.

Prefeitura de Imbituba - SC abre processo seletivo

A Prefeitura de Imbituba, no estado de Santa Catarina, divulgou o edital de processo seletivo PMI/CERSP/PSS/SEMUSA Nº 06/2015, para selecionar profissionais em cargos temporários nas funções de atendente de consultório odontológico e agente comunitário de saúde.
 
A remuneração prevista pode chegar a R$ 1.014,00, em carga horária de 40 horas semanais.
 
As inscrições serão realizadas até o dia 13 de abril de 2015, das 13h às 19h, na Gerência de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Administração e Gestão Pública, localizada à Rua Ernani Cotrin, nº 601, centro, Imbituba/SC e/ou via SEDEX.
 
O processo seletivo constará de análise dos títulos.
 
O resultado parcial será divulgado a partir do dia 15 de abril de 2015, no site www.imbituba.sc.gov.br.
 
O processo seletivo será válido até o dia 31 de dezembro de 2015.
 
Edital disponível no site www.imbituba.sc.gov.br.

Concurso Prefeitura de Realeza – PR

Por intermédio da Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – FUNTEF/PR, foi divulgado o edital n° 01/2015 de concurso público da Prefeitura de Realeza, no estado do Paraná, que objetiva a contratação de pessoal para o seu quadro de servidores. Ao todo serão 139 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior. Os vencimentos vão até R$ 7.047,83 em jornadas de 20 ou 40 horas semanais.
 
Cargos
As chances são para os cargos de Agente Comunitário de Saúde, Agente de Consultório Dentário, Agente de Endemias, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Serviços Gerais I, Eletricista, Motorista, Operador de Máquina, Soldador, Auxiliar de Administração, Fiscal de Tributos, Professor A - Magistério, Professor de Educação Infantil, Técnico em Enfermagem, Técnico em Higiene Dental, Vigilante Sanitário, Contador e demais cargos.
 
Inscrições
O candidato poderá efetuar sua inscrição, até às 23h59min do dia 29 de abril de 2015, exclusivamente via internet, no site oficial www.funtefpr.com.br.
 
Caso ocorram problemas técnicos no servidor de internet que atende ao Concurso Público, no último dia das inscrições, o prazo será prorrogado até às 12h do dia 30 de abril de 2015, sendo que a data de pagamento do boleto fica inalterada.
 
Para os candidatos que necessitarem efetuar sua inscrição via internet e não possuírem meios para isso, a Prefeitura Municipal de Realeza disponibilizará computadores e atendentes na Casa da Cultura Professor Antônio Baccin, Bairro Rua Sargento Ramiro da Silva, Centro Cívico, em Realeza – PR, no horário das 8h às 11h30min e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, para a efetivação da inscrição, até o dia 29 de abril de 2015.
 
Taxas
- R$ 50,00 para os cargos de nível fundamental;
- R$ 80,00 para os cargos de nível médio;
- R$ 130,00 para os cargos de nível superior.
 
Provas, Gabaritos e Resultados
As provas serão realizadas no Município de Realeza - PR, na data provável de 24 de maio de 2015, nos locais indicados na Ficha de Confirmação de Inscrição e no Edital de Homologação das Inscrições.
 
Os gabaritos preliminares e a pontuação atribuída aos títulos serão divulgados a partir das 17 horas, do dia 24 de maio de 2015, no site oficial.
 
O resultado final do concurso será divulgado até às 18h, do dia 30 de junho de 2015, no site oficial e nos murais da Prefeitura Municipal de Realeza.
 
Validade
O prazo de validade do concurso será de 02 anos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a contar da data de sua homologação.

Concurso Prefeitura de Augusto Pestana - RS

A Prefeitura de Augusto Pestana, no Estado do Rio Grande do Sul, através da FIDENE, divulgou o edital nº 01/2015 de concurso público. O objetivo é preencher sete vagas imediatas, além de formar cadastro de reserva, em cargos de ensino superior, fundamental e alfabetizado. A remuneração varia de R$ 790,30 a R$ 3.702,30, em jornadas que vai de 20 a 44 horas semanais.
 
As chances são para os cargos de Médico, Procurador Jurídico, Professor de Artes, Professor de Ciências Físicas e Biológicas, Professor de Língua Inglesa, Professor de Língua Portuguesa, Professor de Séries Iniciais – Anos Iniciais, Eletricista, Motorista, Operário Especializado, Operário, Servente e Vigilante.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de abril de 2015, pelo site http://www.unijui.edu.br/asc/concursos-publicos/.
 
O valor referente a taxa de inscrição varia de R$ 40,00, R$ 50,00, R$ 70,00 e R$ 80,00.
 
Os candidatos serão submetidos a prova objetiva, prática e de títulos, de acordo os métodos de avaliação do cargo pretendido.
 
A prova objetiva será aplicada na data prevista de 24 de maio de 2015, com início às 9h e término às 12h, na Escola José Lang, sito na Rua Albino Mattes Filho, 242, na cidade de Augusto Pestana/RS.
 
O gabarito preliminar está previsto para ser divulgado no dia seguinte ao de aplicação da prova objetiva.
 
O concurso terá validade de 02 anos, contados da data de sua homologação, prorrogável, uma vez, por igual período.

Prefeitura de Barra do Turvo - SP realiza processo seletivo

A Prefeitura de Barra do Turvo, no estado de São Paulo, lançou edital normativo de processo seletivo n° 004/2015, para contratação de pessoal para os cargos de Cirurgião Dentista, Fisioterapeuta de ESF e NASF, Nutricionista e Veterinário (nível superior). São ofertadas 04 vagas, mais cadastro de reserva, com salários variados de R$ 2.307,39 a R$ 5.472,24 em carga horária de 30 e 40 horas semanais.

As inscrições serão feitas até o dia 08 de abril de 2015, no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Barra do Turvo, sito a Avenida 21 de Março, B° centro, n° 304, Barra do Turvo - SP.

As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 12 de abril de 2015, no Prédio da EMEB Prof.ª Maria Izabel da Mota Ferreira, situada à Rua Gonçalo Bueno da Cruz, nº 221, Bairro Boa Esperança, Barra do Turvo – SP.

A divulgação oficial das etapas deste processo seletivo dar-se-á através de divulgação no site www.barradoturvo.sp.gov.br e nos Murais de Avisos na Sede da Prefeitura Municipal de Barra do Turvo - SP.
 
O prazo de validade do processo seletivo será de 180 dias, improrrogável, contados a partir da publicação do Edital de Homologação do resultado final.

Prefeitura de Vitor Meireles - SC promove processo seletivo

Mais uma oportunidade de emprego é disponibilizada no estado de Santa Catarina, desta vez, a Prefeitura de Vitor Meireles está oferecendo uma vaga para o cargo de auxiliar de enfermagem, sob o edital nº. 003/2015 de processo seletivo. O vencimento é de R$ 639,01, mais adicional de insalubridade e auxílio alimentação.
 
As inscrições serão recebidas na prefeitura de Vitor Meireles, situada à Rua Santa Catarina, 2266 - centro, pessoalmente ou por meio de procuração, no período de 8 a 14 de abril de 2015, em dias úteis, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h.
 
O processo seletivo será constituído de prova objetiva, prevista para 17 de abril de 2015, com início às 19 horas, no Auditório da Prefeitura de Vitor Meireles, situada à Rua Santa Catarina - 2266.
 
O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, contado a partir da data de publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a critério da administração.
 
Edital publicado no Diário Oficial dos Municípios do dia 6 de abril de 2015. Edição 1717.

Conheça mitos e verdades sobre a trombose

Reprodução: Trombose Venosa Profunda
Doença é caracterizada pela formação de um coágulo sanguíneo
 
A Trombose Venosa Profunda (TVP), conhecida como trombose, é a formação de um coágulo sanguíneo que pode surgir no coração ou no interior de um vaso sanguíneo. Normalmente, essa doença ocorre em uma ou mais veias que, com maior frequência, estão localizadas da parte inferior do corpo, como nas pernas e coxas.
 
Esse coágulo, conhecido como trombo, se torna responsável pelo bloqueio do fluxo de sangue da região causando inchaço e dor. O caso se agrava quando o coágulo se desprende e circula pela corrente sanguínea, podendo chegar ao cérebro, pulmão, coração ou outras áreas, levando a graves lesões — processo chamado de embolia.
 
Para entender mais sobre a doença, o hematologista João Carlos de Campos Guerra, vice-presidente do Grupo Cooperativo Latino Americano de Hemostasia e Trombose (CLAHT), esclarece o que é mito e o que é verdade sobre a trombose.

Confira:
 
A trombose não apresenta sintomas: mito
A trombose venosa profunda (TVP) apresenta alguns sintomas que podem ser detectados de acordo com a profundidade do coágulo. Alguns deles são o inchaço, dor, calor e vermelhidão.
 
Longas viagens aumentam o risco da doença: verdade
A panturrilha envia boa parte do sangue de volta ao coração, são cerca de 100ml por minuto. Portanto, quando uma pessoa permanece muito tempo com as pernas para baixo e paradas, o sangue que chega até os pés bombeado pelo coração, encontra um obstáculo para retornar, o que predispõe o risco de formação de trombos. Essa é uma situação rotineira em viagens longas realizadas de ônibus, carro ou avião, onde a mobilidade dentro do transporte fica comprometida. Isso também pode acontecer com profissionais que no seu dia-dia necessitem ficar sentados por muito tempo.
 
Não existe tratamento e não tem como prevenir: mito
O uso de meias elásticas é uma forma de prevenir a doença, pois elas estimulam o bombeamento do sangue mesmo em períodos em que a pessoa está sentada. Adotar hábitos saudáveis como a prática de atividade física, alimentação equilibrada e não fumar também são fundamentais. Além disso, é importante realizar periodicamente exames para avaliar possíveis distúrbios no sangue.
 
Varizes podem levar ao surgimento de trombose: verdade
Em alguns casos, as varizes podem favorecer o surgimento de coágulos devido a má circulação. Isso porque, as varizes são veias dilatadas e tortuosas que geralmente estão localizadas na região das pernas. Essa dilatação faz com que o sangue circule lentamente, favorecendo o aparecimento do trombo. É preciso ter atenção em qualquer veia que se sobressaia e procurar atendimento médico. Mas ter varizes não significa que a pessoa tenha trombose.
 
Gravidez aumenta o risco de trombose: verdade
Apesar de não ser comum e estar atrelado a outros fatores como a predisposição, ficar muito tempo em pé ou sentado, o excesso de peso e as alterações hormonais presentes na gravidez são alguns dos principais causadores de varizes, que podem vir a desenvolver um trombo.
 
A trombose venosa profunda (TVP) sempre leva à embolia pulmonar e quem já teve TVP uma vez tem chance de repeti-la: mito
O tratamento com anticoagulante ajuda a evitar que o trombo aumente ou vire um coágulo e se dirija para os pulmões, causando embolia pulmonar. Como o sistema de coagulação do paciente está comprometido naquele momento, é necessário realizar um acompanhamento para evitar que a trombose se forme em outra parte do corpo.
 
O coágulo só se forma nas pernas: mito
O trombo se forma caso exista alteração no fluxo sanguíneo, o que pode acontecer também nas artérias coronárias e nos vasos arteriais cranianos.
 
Zero Hora

Estudo alerta que 10% do leite vendido como materno em sites dos EUA é mistura

Reprodução
Segundo pesquisa, alimento também contém leite de vaca e em pó
 
Cerca de 10% do leite materno vendido pela internet nos Estados Unidos também contém leite de vaca ou leite em pó — segundo pesquisa publicada nesta segunda-feira na revista norte-americana Pediatrics.
 
A descoberta feita após a análise de 102 amostras de leite materno vendidas na internet ilustra os riscos potenciais para muitos bebês que sofrem com certos problemas de saúde.
 
O leite misturado também torna as crianças mais vulneráveis ao risco de infecções bacterianas e virais identificadas em um estudo anterior pelos mesmos pesquisadores.
 
— Descobrimos que uma amostra de cada 10 tipos de leite materno adquirido na internet contêm quantidades significativas de leite de vaca, o que representa um risco para as crianças com alergias ou intolerância a este leite. Se um bebê alérgico a leite de vaca bebe a mistura, pode acabar ficando gravemente doente — explicou a médica Sarah Keim, do Research Institute at Nationwide Children, que conduziu o estudo.
 
A mesma equipe de pesquisadores já havia determinado anteriormente que 21% dos pais que tentam obter leite humano na internet fez isso porque o filho sofria com algum problemas de saúde. Em 16% dos casos, tratava-se de alergias a alimentos para bebês.
 
O que é mais preocupante é que estudos anteriores revelaram que mais de 75% do leite vendido na internet estava contaminada com bactérias ou vírus. A agência norte-americana que regula os medicamentos (Food and Drug Administration, a FDA) advertiu em 2010 sobre uma possível contaminação do leite materno não pasteurizado com outras fontes que não a mãe do bebê.
 
— O temor existe na medida em que há dinheiro envolvido, o que poderia incentivar o aumento do volume de vendas de leite diluído com leite de vaca ou artificial para ganhar mais. As mães que consideram a compra de leite materno devem saber que a internet representa um risco real para seus filhos — destacou Keim.

*AFP / Zero Hora

Conheça um novo tratamento para depressão quase sem efeitos colaterais

Foto: Stock.xchng / Divulgação
Quando o paciente não responde bem aos remédios, a EMT pode ajudar a melhorar os sintomas
 
Técnica não invasiva e quase isenta de efeitos adversos, a estimulação magnética transcraniana (EMT) é regulamentada para uso clínico desde 2008 nos EUA, há pouco no Brasil, e tem eficácia comprovada para casos em que pacientes depressivos não respondem bem aos remédios. Mas o tratamento — aprovado também para o alívio de alucinações auditivas causados por esquizofrenia — ainda custa caro, não é coberto por planos de saúde e é desconhecido da maioria dos pacientes e até mesmo de muitos profissionais.
 
— Em geral, é indicada (a EMT) para aquelas depressões que não respondem bem a pelo menos dois ciclos de tratamentos com fármacos. São os casos que a gente chama de depressão resistente ou refratária — afirma o psiquiatra Eduardo Martini, que aplica a técnica desde dezembro do ano passado em Porto Alegre.
 
A EMT é diferente de outra já existente, mais antiga e também aprovada para uso clínico no Brasil: a eletroconvulsoterapia (ECT). As duas se baseiam em estimulação cerebral, mas a ECT costuma levar consigo o preconceito de "tratamento de choque".
 
— Apesar de ser uma técnica bastante segura (a ECT), há um certo estigma, e de fato pode trazer alguns efeitos colaterais, alterações cognitivas e de memória no longo prazo. E a preparação é mais trabalhosa (o paciente deve ser anestesiado). É usada em casos mais graves e agudos, de ideação suicida, de apresentação de psicoses, quando a pessoa perde o contato com a realidade — explica o psiquiatra André Russowsky Brunoni, pesquisador do Instituto de Psiquiatria da USP.
 
Já na EMT, o trabalho é praticamente indolor, sem anestesia, e o paciente pode ficar acordado durante as sessões.
 
— Acho que a confusão que se dá por ser um método aplicado na cabeça, no crânio, mas a EMT não induz convulsão. Existe o risco de induzir? Sim, existe, mas apenas se a gente não seguir os parâmetros de segurança. Depois que se estabeleceram esses parâmetros, nunca mais se ouviu falar em convulsão por EMT — ressalta Martini.
 
Método revolucionário em estudo na USP
Hoje, os valores de uma sessão de EMT giram em torno de R$ 300 — principalmente pelo custo da máquina (cerca de R$ 200 mil) e da necessidade de médico acompanhando —, e são necessárias de 15 a 30 diárias para uma reavaliação dos resultados. Uma alternativa ainda em estudo pode baixar os custos: a estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC).
 
— Em vez de um campo magnético, usamos uma corrente elétrica de intensidade mais baixa (entenda melhor no quadro abaixo). O aparelho da ETCC é portátil, do tamanho de um livro de mão e poderia ser usado, em casa mesmo, com orientações — relata Brunoni.
 
Com verba da Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), uma grande pesquisa está em andamento no Instituto de Psiquiatria da USP.
 
— Se comprovarmos a eficácia (da ETCC), será revoluvionário, pois o aparelho é bem mais barato (cerca de R$ 2 mil) e a aplicação é ainda mais simples — diz Brunoni.
 
Sessões e possíveis aplicações
Na EMT, a primeira sessão é de avaliação, quando se busca descobrir se o paciente apresenta contraindicações.
 
Os parâmetros são medidos, assim como o cérebro, para localizar a região específica a ser estimulada, que fica marcada em uma touca. Então, são marcadas as sessões.
 
— Ele chega e veste a touca que vai usar do início ao fim do tratamento. Com isso, é possível posicionar a bobina sempre no mesmo lugar. Tem de estimular sempre o mesmo ponto — conta Martini.
 
Cada sessão pode variar de 15 a 30 minutos. E não há contraindicação para atividades posteriores da pessoa em tratamento, como dirigir, por exemplo.
 
— Alguns pacientes podem referir no início do tratamento um pouco de náusea, dor de cabeça, algum desconforto por prótese dentária — enumera Martini.
 
Segundo Brunoni, cada vez mais se propõem sessões de manutenção:
 
— Faz as 15 diárias, depois duas vezes por semana por mais 10 ou 15 sessões, aí depois se vai reduzindo até cessar, em torno de seis a nove meses.
 
Acredita-se que o tratamento também possa ser indicado para gestantes, mas ainda se buscam mais evidências. Além disso, são pesquisadas mais aplicações na área psiquiátrica, como ação sobre outros sintomas de esquizofrenia, transtornos ansiosos e obsessivo-compulsivos e bipolaridade.
 
Também a área neurológica tem futuro promissor nas técnicas de estimulação, com possível ação em casos de síndromes dolorosas e recuperação pós acidente vascular cerebral (AVC).
 
Indicações e contraindicações da EMT
— É reservada para casos em que a medicação não deu certo ou quando ocorre metabolização rápida dos remédios.
 
— Estudos mostram que a técnica tem uma eficácia comparável aos remédios. Pelo menos 70% dos pacientes têm um bom resultado com sessões de EMT.
 
— Quase ausência de efeitos colaterais. Extremamente segura, não traz danos a órgãos colaterais, como fármacos podem causar.
 
— Pessoas com dispositivo eletrônico ou metálicos na cabeça, principalmente implante coclear (auditivos), não devem fazez as sessões. O campo magnético pode de alguma forma interferir no funcionamento do aparelho.
 
— O campo magnético chega a até 2cm de profundidade. Pacientes com implante dentário, assim como portadores de placas de titânio, podem fazer o tratamento sem contraindicação.
 
Estudo com ETCC em São Paulo
— A USP está selecionando pacientes, de 18 a 75 anos, de ambos sexos, com sintomas moderados de depressão, tomando ou não medicação, para participar de pesquisa sobre estimulação elétrica. Com 240 voluntários previstos, é o segundo maior estudo no mundo.
 
— Segundo o psiquiatra e pesquisador do assunto André Russowski Brunoni, se comprovada a eficácia, a ETCC pode se tornar uma forte indicação ao tratamento de depressão.
 
— O tratamento é feito apenas em São Paulo, mas podem se candidatar voluntários de todo o Brasil. Os interessados podem entrar em contato pelo e-mail pesquisa.depressao@gmail.com.
 
Técnicas em pesquisa ou já praticadas
Os três métodos abaixo trabalham com a ideia de estimulação de áreas do cérebro. O uso clínico aprovado hoje no país é apenas para EMT e ECT, em casos de depressão:
 
Eletroconvulsoterapia (ECT)
— A mais antiga das técnicas de estimulação em uso. Começou a ser aplicada entre os anos 1950 e 60.
 
— Mais invasiva do que as outras, requer anestesia e precisa ser feita em bloco cirúrgico. É a única das três que conduz convulsões no paciente, que podem gerar efeitos quase sempre passageiros.
 
— Usadas para casos mais graves e agudos, como ideias suicidas e psicoses.
 
— Paciente precisa ser acompanhado por alguém depois das sessões.
 
Estimulação magnética transcraniana (EMT)
— Técnica aprovada no Brasil em 2012. O paciente passa por uma avaliação anterior para determinar as indicações e a região que será estimulada ou inibida — depende da ação do neurotransmissor envolvido.
 
— A região da cabeça onde a bobina eletromagnética será colocada é desenhada pelo médico em uma touca.
 
— A bobina vai gerar um campo magnético que induz uma descarga elétrica e libera neurotransmissores.
 
Estimulação por corrente contínua (ETCC)
— Eletrodos são posicionados na cabeça e, em vez de um campo magnético, como na EMT, geram uma corrente elétrica de intensidade bem mais baixa, mas com a mesma ideia das técnicas já em uso: diminuir ou ativar áreas do cérebro.
 
— O aparelho é portátil, do tamanho de um livro de mão pequeno, com custo em torno de R$ 2 mil.
 
— Técnica ainda está em estudo, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos e na Europa.
 
Zero Hora

Sibutramina pode ser dispensada para até 60 dias de tratamento

No mês de março o Centro de Informação sobre Medicamentos do CRF-PR solicitou esclarecimentos à Anvisa sobre o tempo de tratamento de Notificações de Receita B2 (NRB2) contendo sibutramina
 
Segundo a agência, com a publicação do Decreto Legislativo 273/2014, ficou sustada a Resolução RDC 52/2011, voltando a valer o disposto na Resolução RDC 58/2007, alterada pela Resolução RDC 25/2010.
 
A RDC 58/2007 determina que as NRB2 devem ser usadas para até 30 dias de tratamento, porém a RDC 25/2010 alterou seu texto, dispondo que para a sibutramina as quantidades dispensadas podem ser para até 60 dias de tratamento. Como a RDC 25/2010 havia sido revogada pela RDC 52/2011, a sustação dos efeitos desta pelo Decreto Legislativo gerou grande confusão na compreensão das quantidades máximas que podem ser atendidas pelas farmácias.
 
Portanto, atualmente cada Notificação de Receita contendo substâncias da lista B2 da Portaria SVS/MS 344/1998 pode ser dispensada para até 30 dias de tratamento, exceto para a sibutramina, cujo tempo de tratamento pode ser igual ou inferior a 60 dias.
 
 
CRF-PR

Proteja-se da dengue: saiba como e quantas vezes aplicar repelente de inseto

Deve-se aplicar o repelente de inseto no máximo três vezes ao dia
Stockxpert/Arquivo
Deve-se aplicar o repelente de inseto no máximo três vezes ao dia
Mau uso de repelentes pode causar intoxicação em crianças e adultos; aprenda técnicas e veja quantas vezes por dia você pode aplicá-lo, de acordo com a composição do produto
 
Em tempos de dengue se alastrando assustadoramente por todo o País, não basta apenas comprar o primeiro repelente que se vê na farmácia e aplicá-lo indiscriminadamente.
 
Especialistas explicam que é necessário obedecer algumas regras para que a eficácia seja satisfatória e não aconteçam problemas maiores, como uma intoxicação. Repelente não é uma água insossa, mas um produto que, quando usado de maneira incorreta, pode causar efeitos colaterais.
 
A dermatologista Carolina Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, conta que há basicamente três tipos de repelentes disponíveis no Brasil. “O que contém DEET, IR 3535 ou icaridina”, diz ela. O primeiro deles, o DEET, é um dos mais comuns e protege a pessoa das picadas de inseto por quatro horas, em média. O IR 3535 também afugenta os mosquitos por até quatro horas.
 
O mais eficiente deles, à base de icaridina, consegue afastar os seres alados por até 10 horas, reduzindo a quantidade de aplicação ao longo do dia.
 
“Deve-se aplicar o repelente de inseto no máximo três vezes ao dia, por isso o de icaridina é mais interessante, dada sua eficácia prolongada. Além disso, quando se aplica menos vezes, o risco de reação ao repelente diminui”, diz a médica.
 
Atualmente, no entanto, consumidores têm tido dificuldade para encontrar o produto, já que apenas uma marca no Brasil comercializa o repelente com esse princípio ativo. Segundo o departamento de marketing da empresa, a produção desse tipo de repelente aumentou oito vezes, mas ainda não dá conta de toda a demanda.
 
A presidente do departamento de dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, Kerstin Taniguchi Abagge, explica que a maioria dos repelentes usa o DEET, substância sintética que pode causar reações alérgicas na pele, dependendo da sensibilidade de cada um, da concentração, do veículo (se creme, loção alcoólica ou spray) e se a pele está machucada ou não, já que lesões facilitam a penetração das substâncias.
 
“Existem atualmente repelentes sem DEET, que são mais seguros para crianças”, explica a médica. “Alguns repelentes causam reações sérias quando ingeridos, por isso há uma grande fiscalização da Anvisa quanto à concentração que pode ser comercializada no Brasil”, ressalta Kerstin.
 
Crianças menores de dois anos devem passar longe dos repelentes de inseto, salvo recomendação expressa e orientação do pediatra. “A criança tem pouca defesa corpórea e uma pele que absorve mais. O uso de repelente abaixo de dois anos de idade pode causar complicações sistêmicas, neurológicas e pulmonares”, alerta a dermatologista. Mosquiteiros podem ajudar a evitar as picadas, nesse caso.
 
Acima dessa idade, o repelente é relativamente seguro. No uso habitual, não costuma apresentar problema, nem mesmo para quem tem doenças respiratórias que normalmente sofrem com químicos inalados. Essa segurança existe pois o meio de administração do princípio ativo geralmente é alcoólico, explica o pneumologista do Hospital das Clínicas de São Paulo Francisco Mazon, que também é professor da Universidade de São Paulo (USP).
 
Depois de atividades físicas, além da umidade, o corpo libera mais substâncias com odor atrativo para o mosquito da dengue
Depois de atividades físicas, além da umidade, o corpo libera
mais substâncias com odor atrativo para o mosquito da dengue
Como aplicar
O repelente de inseto deve ser aplicado nas áreas expostas - incluindo o rosto - no máximo três vezes ao dia, recomenda a Carolina. O pneumologista do HC Francisco Mazon explica ainda que a aplicação excessiva do repelente aumenta o risco de intoxicação.
 
“Isso varia de acordo com o tipo de repelente e a quantidade usada”, detalha. Segundo Francisco, parte do repelente pode ser absorvida pela pele, especialmente pelas mucosas, daí a recomendação para evitar o contato. “É necessário cuidado ao aplicar no rosto, evitando contato com as mucosas – boca, nariz e olhos – e aplicar sempre em local com boa ventilação”, recomenda.
 
Além disso, Kerstin recomenda que os pais ou cuidadores lavem as mãos das crianças depois da aplicação, já que elas podem colocar a mãos nos olhos ou na boca. “A criança não deve dormir com o repelente, e sim tomar banho com água e sabonete para removê-lo”, alerta. A mesma recomendação vale para os adultos. Não se dorme com repelente de insetos, afirma Carolina.
 
No caso de idosos, o repelente deve ser aplicado com cuidado, já que eles têm a pele mais frágil, segundo o geriatra do Hospital das Clínicas de São Paulo, Paulo Camiz.
 
“Se existirem feridas, pode ter a absorção pelo corpo e o repelente ser tóxico. Isso pode também acontecer em jovens, mas a chance de um idoso lesar a pele, por ser mais frágil, é maior”, alerta Camiz.
 
Citronela
Para a presidente da divisão de dermatologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, os repelentes à base de citronela, assim como outras plantas, não são inofensivos e não demonstram uma efetividade superior aos demais.
 
“Podem causar reações alérgicas e mesmo reações do tipo ‘fitofotodermatite’, como aquelas causadas por frutas como o limão e plantas leitosas”, diz ela. “Nem sempre os produtos ditos ‘naturais’ são melhores que os sintéticos”, alerta Kerstin.
 
Carolina explica que ainda não há estudos que provem que a citronela é uma melhor opção.
 
“Portanto, repelentes com óleo de citronela, eucalipto e andiroba não têm segurança comprovada para se usar em crianças. Além disso, eles são muito voláteis e têm tempo de ação muito curto”, diz. “Mas também não podem ser aplicados mais do que três vezes ao dia”, recomenda.
 
Além disso, Carolina explica que a pulseira com citronela não é eficiente. “Ela protege num raio de quatro centímetros ao redor, ou seja, só aquela parte do braço”, alerta.

iG

Engenheiro cria site para ajudar quem precisa de tratamentos caros de saúde

O engenheiro de computação Fábio Lae de Souza e a mulher Carolina Saliby são os responsáveis pelo site Clique da Esperança
Divulgação: O engenheiro de computação Fábio Lae de
Souza e a mulher Carolina Saliby são os responsáveis pelo
site Clique da Esperança
Currículo com formação profissional em instituições brasileiras de ponta, vasta experiência corporativa, inclusive internacional, na área de sistemas e uma doença que fez com que sua carreira promissora fosse interrompida
 
Essa é a receita que levou o engenheiro de computação Fábio Lae de Souza, 38, a criar um projeto capaz de mudar a vida de famílias brasileiras que dependem da ajuda dos outros para conseguir tratamento de saúde para seus filhos.
 
Logo após se mudar para os Estados Unidos, no fim de 2012, Fábio começou a sentir dores nos braços. Ele tentou se manter no trabalho até que as dores, já crônicas, cobraram seu preço. A tendinite severa fez com que ele ficasse afastado do trabalho por seis meses. Enquanto estava afastado de suas funções, sem conseguir se levantar da cama, começou a pesquisar a história de pessoas que necessitavam de ajuda e começou a pensar em como colaborar com as diversas causas. “Queria algo mais do que fazer doações para uma criança específica. Queria ser parte da solução do problema. Ao mesmo tempo, isso ajudaria as pessoas e ajudaria a mim mesmo. Eu precisava provar que eu ainda era útil, que não era um inválido”, lembra.
 
Sem conseguir trabalhar, teve que voltar ao Brasil, já que seu visto era de trabalho. “Voltei para o Brasil em setembro de 2013, e comecei a desenvolver a ideia de um site onde as pessoas pudessem doar dinheiro a quem precisasse”, conta. Foi ai que nasceu a ideia do Clique da Esperança (http://cliquedaesperanca.com), site que reúne casos de meninos e meninas com doenças graves e precisam de tratamento, geralmente caro e de urgência.
 
“De uma hora para outra, eu vivi um problema que fez eu repensar minha carreira. Os médicos chegaram a dizer que eu seria um inválido, que nunca voltaria a trabalhar. Por isso, precisei provar para mim mesmo e para o mundo que eu ainda podia fazer a diferença na vida das pessoas”, relembra.
 
Fábio relembra que, como não conseguia digitar, contou com a ajuda da mulher, Carolina Saliby, 35, para digitar os códigos para a criação do sistema. Na época, ela estava em licença maternidade e esperava os dois filhos mais novos do casal dormirem para trabalhar com o marido. “O que qualquer pessoa da área fazia em minutos, eu levava horas, dias. Mas fomos trabalhando juntos até que o projeto ganhasse forma”, conta a mulher.
 
Projeto
Com a ajuda da mulher, Fábio conseguiu terminar o Clique da Esperança e o site foi ao ar em maio de 2014. Em julho, a primeira campanha conseguiu arrecadar R$ 1.140 para o tratamento do pequeno Arthur, de Araraquara, cuja mãe morreu depois de parar a quimioterapia para que ele sobrevivesse.
 
“Essa campanha durou apenas uma semana, já que a família conseguiu que o governo custeasse o tratamento. Mas mostrou que ajudar era possível”, conta.
 
Desde então, o Clique da Esperança, que tem, hoje 21 campanhas no ar, já ajudou mais de 30 famílias, com arrecadação que já superou os R$ 500 mil. A meta de arrecadação para 2015 é de R$ 5 milhões.
 
Para Patrícia Lacerda, mãe da pequena Sofia, que aguarda um transplante multivisceral nos Estados Unidos e também foi beneficiada pelo site, a iniciativa de Fábio é fundamental para manter a esperança das famílias. “O dinheiro é importante, fundamental, mas o Fábio também conversa com as famílias, mostra que é possível ter esperança. A ajuda que ele oferece é, muitas vezes, essencial para manter as pessoas de pé e confiantes na solução dos seus problemas”, conta.
 
Para Fábio, entretanto, o diferencial é a possibilidade de ajudar e ter a certeza de que o dinheiro vai integralmente para as mãos das famílias. Além disso, Fábio ressalta que a real necessidade da família é comprovada por meio de documentos, exames médicos e entrevistas para evitar que o sistema seja utilizado por pessoas mal intencionadas.
 
O sistema aceita doações de até R$ 5 mil e a transação é feita pela plataforma PagSeguro. O valor é depositado diretamente na conta dos pais da criança. O Clique da Esperança não cobra nenhuma taxa e é possível doar com cartão de crédito.
 
“Nós apenas fornecemos o sistema. O dinheiro cai direto na conta das famílias que são ajudadas, não temos nenhum contato. Nosso papel é facilitar a doação e fornecer um resumo detalhado sobre quanto foi arrecadado e quem fez a doação”, informa.
 
UOL