Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Técnica previne amputação de membros causadas por lesões

Técnica previne amputação de membros causadas por lesõesA eficiência da técnica foi comprovada em 20 pacientes, com riscos de amputação de membros, por apresentar profundas feridas agudas

Estudo pioneiro para a cicatrização de feridas graves, desenvolvido pelo Serviço de Cirurgia Plástica e Queimaduras do Hospital das Clínicas (HC), da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), deverá revolucionar o tratamento das lesões no Brasil por prevenir a amputação de membros.

Trata-se do uso de matriz dérmica ou pele artificial, associada à terapia de pressão negativa e enxerto de pele. A eficiência da técnica foi comprovada em 20 pacientes, com riscos de amputação de membros, por apresentar profundas feridas agudas, ou seja, com exposição do osso, tendão ou articulação, em tratamento no Hospital das Clínicas. Os pacientes apresentavam feridas devido a traumas, queimaduras ou processos infecciosos graves.

Resultados positivos
Segundo o cirurgião plástico, Dimas André Milcheski, autor do estudo, os resultados foram surpreendentes.

A área média de integração do modelo de regeneração dérmica foi de 86,5%. Houve integração completa do enxerto de pele sobre a matriz dérmica em 14 pacientes (70%), integração parcial em 5 pacientes (25%) e perda total apenas em 1 paciente (5%), resolvida com nova enxertia de pele. A ferida foi fechada completamente em 95% dos pacientes. 

Estas feridas graves necessitam usualmente de cirurgias mais complexas como técnicas microcirúrgicas para a sua resolução. Em alguns casos havia até a necessidade de amputação das extremidades afetadas. Assim, além desse tratamento ser pioneiro no Brasil, simplificou a conduta cirúrgica e preveniu a amputação de extremidades”, explicou o cirurgião. O reconhecimento deste estudo ocorreu a nível internacional.

O autor foi agraciado com o prêmio de melhor estudo da América Latina em cirurgia plástica reconstrutiva, pela revista médica PRS Global Open – International Open Access Journal of the American Society of Plastic Surgeons.

Foto:  Bete Subires AGENUSP    

EFE Saúde

Senado aprova licença-maternidade maior para mãe de bebê prematuro

Prazo total da licença pode chegar a 12 meses; hoje, licença é de 4 meses.A Proposta de Emenda à Constituição precisa ser analisada pela Câmara


O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (9), por unanimidade, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que aumenta o período de licença-maternidade para as mães de bebês prematuros. O texto ainda precisa ser analisado pela Câmara dos Deputados. 

De acordo com o texto, a licença é estendida pelo período em que o recém-nascido estiver internado no hospital, podendo chegar a até 12 meses. Na prática, o projeto estabelece que o prazo de licença maternidade convencional, de 4 meses, só começa a contar depois que o bebê sair da internação.

A versão original do texto não colocava limites, mas o próprio autor da proposta, senador Aécio Neves (PSDB-MG), sugeriu uma alteração, após negociação com o governo, para colocar o limite de um ano.

“A partir da aprovação dessa emenda à Constituição, a licença-maternidade para mães de filhos pré-maturos só passa a contar após a alta daquela criança, mas o tempo de internação será limitado a um máximo de 8 meses. Portanto, o tempo de internação, atendendo a uma demanda do governo, para que pudéssemos votar por unanimidade, terá um limite de 8 meses. Somado aos 4 meses, [...] o prazo máximo, portanto, dessa licença, nos casos obviamente mais graves, de filhos pré-maturos, seria, portanto, de 12 meses”, disse Aécio no plenário.

Antes da fala do senador tucano, o líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), já havia falado que o governo aprovaria a PEC se o prazo pudesse chegar a 12 meses. “Não é o ideal, porque você passa a ter o teto, mas, pelo menos, assegura à família uma proteção maior”, afirmou o senador petista.

Foto: Reprodução

G1

SP: Região tem 5 cidades em emergência por causa do Aedes aegypti

Resultado indica criadouro de larvas dentro de imóveis no noroeste paulista. Estado de São Paulo tem oito cidades ao todo em situação de emergência

A Secretaria Estadual de Saúde fez um levantamento, no fim da tarde desta quarta-feira (9), dos números do Aedes aegypti. Das oito cidades do Estado que estão em situação de emergência, cinco são do noroeste paulista. O levantamento foi um pedido feito pela TV TEM.

As cidades são Andradina (SP), Dirce Reis (SP), Pontes Gestal (SP), Urânia (SP) e São José do Rio Preto (SP). Esse resultado indica a produção de larvas encontradas dentro de imóveis. Quando a secretaria classifica que os municípios estão em alerta, é porque encontraram de 1 até 3,9, o que significa que a cada 100 imóveis, encontraram até quatro recipientes com larvas. Acima de 3,9 são os municípios considerado em emergência e, abaixo de um, são municípios ainda satisfatórios.

As prefeituras das cidades listadas pela Secretaria do Estado de Saúde disseram que já intensificaram ou vão intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti. Apenas a prefeitura de Andradina disse que não podia responder por que o secretário de saúde não está na cidade.

O governo do Estado de São Paulo também divulgou uma força-tarefa para combater o Aedes aegypti. Técnicos da Sucen serão distribuídos em todas as regiões do estado e vão contar com apoio da Polícia Militar para visitar casas e caçar focos do mosquito. Confira abaixo os sintomas da dengue.

Dengue hemorrágica x Dengue comum (Foto: Arte/G1)

G1

Câmara aprova distribuição gratuita de remédios com canabidiol no DF

Governador Rodrigo Rollemberg tem 30 dias para sancionar ou vetar lei. Autor do projeto de lei sugere que seja criado um centro de atendimento

Canabidiol tem maconha em sua composição (Foto: Heloise Hamada/G1)
Foto: Heloise Hamada G1 

A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou na terça-feira (8) um projeto que garante a distribuição gratuita de medicamentos à base de canabidiol, composto derivado da maconha. Remédios feitos a partir da substância ajudam no controle de algumas doenças, como epilepsia. O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, tem 30 dias para aprovar ou descartar a lei.

O uso controlado do canabidiol foi permitido pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) em janeiro deste ano. Com a retirada do canabidiol da lista de substâncias proibidas, a importação do produto foi liberada pela agência.

Autor do projeto, o deputado Rodrigo Delmasso (PTN) sugere que seja criado um centro de atendimento para atender os pedidos. “Qualquer cidadão brasiliense ou brasileiro que estiver em Brasília pode ter acesso ao canabidiol desde que cumpra os requisitos legais”, afirmou. “[É preciso] ter a receita, o laudo médico e a autorização da Anvisa. Com isso, vai poder procurar a Secretaria de Saúde para fazer a importação.”

O preço de remédios do tipo ainda pesa no bolso das famílias que dependem do produto. Uma ampola sai por R$ 1,5 mil. Para a filha do analista de licitação Fábio Filgueira, o medicamento só dura um mês. Sabrina tinha mais de 30 crises de epilepsia por mês e depois que passou a tomar o remédio há três meses não tem mais nenhum surto. O remédio dela é comprado pelo governo do DF por decisão da Justiça.

G1

Higiene bucal é um fator importante não apenas para a aparência, mas principalmente para a saúde

Um sorriso saudável e bonito deve ser cultivado com visitas regulares ao dentista e correta higienização

A higiene bucal é um fator de suma importância para a saúde das pessoas. Caso não seja feita corretamente, o indivíduo poderá sofrer uma série de doenças, desde cárie, inflamações, infecções, até outras patologias mais sérias, como problemas cardíacos, entre outros. Diante disso, especialistas reforçam a importância de escovar bem os dentes após as refeições. O primeiro passo é usar o fio dental, escovar os dentes e a língua com uma pasta dental que contenha flúor e, posteriormente, fazer o uso de um enxaguante bucal sem álcool.

A cirurgiã-dentista Rosana de Lima Gropen alerta que o cuidado com os dentes deve começar quando os bebês ainda estão no ventre das mães, o que é feito durante a gravidez por meio de um acompanhamento odontológico com profilaxia ou prevenção, popularmente conhecida como limpeza odontológica, com aplicação tópica de flúor, inspeção de rotina de saúde oral, orientações e educação para a saúde. “Na amamentação no peito materno, hoje reconhecida como muito importante para o bebê, observa-se que a sucção exerce papel primordial na formação dos maxilares, bem como articulações, musculatura de cabeça e pescoço”, salienta.

Rosana observa que as visitas ao dentista devem se iniciar cedo, ou seja, assim que os dentes começarem a irromper na boca. A partir daí, de seis em seis meses deve-se consultar o dentista para avaliação do nascimento dos dentes, crescimento dos arcos dentários e, principalmente, prevenir a ocorrência das cáries por meio do uso do fio dental e da escovação correta, ensinada pelo dentista. São agendados retornos regulares para prevenção com a aplicação do flúor. “Quando se inicia o processo de substituição da dentição decídua pela permanente, em geral em torno dos 6 anos, uma avaliação com o ortodontista se faz necessária para avaliar e programar a necessidade ou não do uso de aparelhos para alinhar os dentes e deixar os arcos com dimensionamento correto. Nesse período, as limpezas devem ser intensificadas, pois a dificuldade com os cuidados diários cresce, principalmente com a chegada da adolescência.”

A especialista diz que a prevenção é o mais importante para ter dentes saudáveis, porque ajuda a evitar as cáries e as doenças gengivais e ósseas, que podem prejudicar muito o indivíduo adulto. “Portanto, além da higiene correta dos dentes, é fundamental ter uma dieta balanceada, evitando-se o consumo excessivo de doces, balas e refrigerantes, evitar o cigarro e consultar o dentista regularmente. Os tratamentos evoluíram e estão disponíveis recursos para recuperar os dentes que já foram danificados por meio de implantes, facetas ou lentes de contato de porcelana. Muitas vezes, é necessário procurar vários dentistas com especialidades diferentes para conseguir um bom resultado final. Alguns fatores, como beber pouco líquido, comer muita gordura e proteína animal ou comida muito temperada, fumar, tomar bebidas alcoólicas com frequência (mais de duas vezes por semana), ficar muitas horas sem se alimentar, respirar pela boca, ter diabetes, sentir a boca seca com frequência, não usar fio dental com frequência e não higienizar a língua durante a escovação (saburra lingual), podem ocasionar a halitose.”

Disciplina
A cirurgiã-dentista Ivana Ávila acredita que o sorriso seja o cartão de visita de todos os indivíduos, pois quem tem dentes bonitos ri e se expõe mais. Porém, é necessário manter a saúde bucal em dia. É importante ter essa disciplina de escovação desde o nascimento até a terceira idade (odontogeriatria). “A visita ao cirurgião-dentista deve ser feita de seis em seis meses para a remoção da placa bacteriana, avaliação de doença periodontal, câncer de boca, halitose e processo de cárie. Além disso, é importante salientar que os periodontopatógenos são transmitidos entre membros da família e colonizam a boca do individuo a partir dos 5 anos de idade”, ressalta Ivana. “A cárie é também uma doença transmissível, principalmente quando a fonte das bactérias cariogênicas é a própria mãe que transmite para os filhos, além disso, a mamadeira noturna cria um hábitat favorável para multiplicação desses patógenos. Nas demais pessoas, é recomendado a escovação e o uso de fio dental, após todas refeições, pois os alimentos que contêm açúcar e amido são transformados pela bactéria em ácidos que desmineralizam os dentes, formando a cárie.”

A especialista salienta que as doenças periodontais (gengivite e periodontites) estão relacionadas à má higiene oral, falta de remoção da placa bacteriana e demais problemas sistêmicos, como diabetes, fatores hormonais, fatores imunológicos, fumo e estresse. “Podem acometer crianças, adolescentes (periodontite juvenil) e gestantes (gengivite gravídica). Os sintomas são: halitose, hiperplasia gengival, mobilidade dos dentes e complicações sistêmicas (cardiovasculares, isquêmicas, encefálicas, hepáticas e endócrinas).

Ivana ressalta que uma doença que vem aumentando a incidência nos consultórios é o câncer de boca, que inclui as patologias malignas do lábio, língua, gengiva, assoalho da boca, palato mole, glândulas salivares e orofaringe. “Está entre as principais causas de óbito na odontologia, uma vez que mais de 50 % dos casos têm diagnóstico tardio. Os principais fatores de risco são cigarro, bebida alcoólica, higiene bucal precária, HPV (papiloma vírus humano) e exposição excessiva à luz UV. O importante é a detecção precoce, a partir da avaliação minuciosa do cirurgião-dentista.”

Estética
Quanto aos procedimentos estéticos, Ivana enfatiza o clareamento a laser feito no consultório e o caseiro, facetas de porcelana e lentes de contato usadas em pacientes com diastemas, dentes com alteração da cor e restaurações em cerâmicas. Para o alinhamento dos dentes, o mercado oferece aparelhos ortodônticos estéticos que são colocados na região lingual dos dentes ou com a utilização de bráquetes transparentes. E, por fim, os implantes (terceira dentição), que são peças de titânio ou cerâmica que reproduzem as raízes. “São implantados no osso e ajudam a resolver os problemas de pessoas desdentadas, com prótese sobre implante. Sendo assim, é importante ressaltar a necessidade de fazer o controle da saúde bucal no consultório do seu cirurgião-dentista regularmente.”

Mas a questão não para por aí, porque a colocação de aparelhos também é muito importante quando necessário. O ortodontista Roberto Márcio de Barros Vieira explica que os aparelhos ortodônticos são artefatos usados para a correção de problemas oclusais (encaixe ou posição dos dentes) e/ou faciais. “São vários os tipos. Cada um é específico para cada tratamento. E o aparelho indicado para cada caso é determinado pelo ortodontista. Basicamente, podem ser móveis (quando podem ser removidos pelo paciente) ou fixos (quando são colados aos dentes). No grupo dos removíveis, temos os aparelhos ortopédicos (que atuam nos ossos da face), os auxiliares do aparelho fixo (extra-bucal ou freio de burro, mentoneira, máscara facial), placas para pequenas correções dentárias, placas para relaxamento muscular, além dos moderníssimos alinhadores invisíveis (que são placas semelhantes às de clareamento que fazem as correções ortodônticas)”, salienta Roberto.

A boca que tem um bom posicionamento dentário e uma boa função oclusal certamente estará livre de vários problemas. “Quando os dentes estão muito apinhados (encavalados), a escovação fica prejudicada, além de ficar um ambiente favorável à formação do tártaro. Quando os dentes não se encaixam (ou se desencaixam) de uma forma harmônica e sem trauma (sem 'bater' um dente no outro), os ossos próximos a esses dentes podem sofrer desgaste, causando a chamada perda óssea e até quebra dos dentes. A falta de um bom encaixe pode causar, também, danos às articulações têmporo-mandibulares (ATM) que ficam próximas aos ouvidos. Esses problemas, às vezes, podem ser confundidos com otites (inflamações nos ouvidos)”, alerta o ortodontista.

Estado de Minas

Concurso público da Prefeitura de Modelo - SC

Situada no oeste de Santa Catarina, a Prefeitura de Modelo abriu concurso público para contratação de um Agente Comunitário de Saúde Pública ESF, de um Psicólogo (a) e de um Médico (a) PSF.

O comunicado foi feito através do edital nº 002/2015, que sob a organização do Instituto de Consultoria em Administração Pública (ICAP), prevê remuneração de R$ 1.103,64 a R$ 11.627,49, por jornadas semanais de 30 e 40 horas.

Interessados já podem efetuar inscrição via endereço eletrônico: www.icap.net.br.

O prazo de inscrição se estende até o dia 3 de janeiro de 2016.

Vale lembrar que será cobrada taxa no valor de R$ 50,00 para cargo de nível fundamental e de R$ 100,00 para cargo de nível superior.

Será aplicada prova escrita, em data prevista para 10 de janeiro de 2016, na Escola Reunida Municipal Professora Griseldi Maria Müller, situada na Rua Cristóvão Colombo, S/N, Centro, com início às 9h e avaliação de títulos, mas apenas para o cargo de médico.

Provavelmente, o gabarito será disponibilizado no dia da prova, após as 20 horas e a classificação final, bem como a homologação devem acontecer no dia 21 de janeiro de 2016.

A validade do concurso público será de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.

UNIFESP lança editais de concurso e processo seletivo

A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) publicou os editais de concurso n° 491, 494, 500, 510, 512, 514/2015 e o edital 516/2015 de seleção pública simplificada.

Todas as seletivas objetivam a contratação de Professores do Magistério de Ensino Superior, com remuneração que pode chegar a R$ 8.639,50.

Vagas e locais de inscrição Edital 491/2015 - concurso com uma vaga para Professor de Farmacologia/Farmacologia Bioquímica e Molecular.

Os interessados devem se inscrever no Campus SÃO PAULO, na Divisão de Recursos Humanos, Rua Botucatu, 740 - 3º andar, Vila Clementino, São Paulo/SP, CEP 04023-900, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 494/2015 - uma vaga para Professor de Letras / Teoria Literária. O local de inscrição é o Campus GUARULHOS, Departamento Administrativo - Divisão de Recursos Humanos, Rua do Rosário, nº 382, Bairro Macedo - Guarulhos/SP- CEP 07111-080, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 500/2015 - duas vagas para Professor de Pediatria. As inscrições ocorrem no Campus SÃO PAULO, na Divisão de Recursos Humanos, Rua Botucatu, 740 - 3º andar, Vila Clementino, São Paulo/SP, CEP 04023-900, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 510/2015 - uma vaga para docente da área de Engenharia Biomédica/Instrumentação e Controle e Automação. O local de inscrição é o Campus SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, Rua Talim, nº 330, Vila Nair, São José dos Campos/SP, CEP 12231-280, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 512/2015 - uma vaga para docente de Química/ Química Orgânica. Inscrições no Campus SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, Rua Talim, nº 330, Vila Nair, São José dos Campos/SP, CEP 12231-280, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 514/2015 - uma vaga para Professor de Ciências Econômicas - Economia Finaceira. Inscrição pode ser feita no Campus OSASCO, na Divisão de Recursos Humanos, Rua Angélica, 100, Jardim das Flores, Osasco/SP, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Edital 516/2015 - processo seletivo para preencher uma vaga de Professor Substituto de Economia - Introdução à Economia e Economia Brasileira. Inscrição no Campus OSASCO, na Divisão de Recursos Humanos, Rua Angélica, 100, Jardim das Flores, Osasco/SP, pessoalmente ou por procurador legalmente constituído.

Período de inscrição
Os candidatos às vagas dos editais 491, 494, 500, 514 e 516/2015 podem se inscrever para as vagas no período de 14 de dezembro de 2015 a 26 de janeiro de 2016, exceto sábados, domingos, feriados, para entrega da documentação exigida.

Para concorrer às vagas dos editais 510, 512/, é preciso se inscrever de 14 de dezembro de 2015 a 25 de fevereiro de 2016 exceto sábados, domingos e feriados, para entrega da documentação exigida.

Não haverá inscrição no período de 21 de dezembro de 2015 a 03 de janeiro de 2016.

Para conferir os editais completos, acessar www.unifesp.br, link "Concurso Público".

Fonte: Diário Oficial da União (http://goo.gl/twshiF).

Concurso Prefeitura de Herval - RS

Lançado os editais nº 001 e 002/2015 de concurso público da Prefeitura de Herval, no Rio Grande do Sul, que, sob a organização da empresa Objetiva Concursos LTDA, que prevê a contratação de 16 profissionais para cargos de níveis fundamental, médio e superior, além da formação de cadastro reserva.

Os vencimentos dos servidores públicos do município será de até R$ 11.369,76, acrescido de vale alimentação no valor de R$ 70,00.

Cargos
Advogado, Agente Administrativo, Agente Fiscal Sanitário/Ambiental, Arquiteto, Assistente Social, Enfermeiro, Instrutor de Artes, Motorista de Veículos Pesados, Profissional do Magistério (Educação Infantil, Geografia e Séries Iniciais do Ensino Fundamental), Psicólogo, Recreadora, Servente, Veterinário, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate às Endemias, Enfermeiro, Médico e Técnico em Enfermagem.

Inscrição
As inscrições serão efetuadas via internet, a partir das 9h (horário de Brasília) do dia 9 de dezembro de 2015 até às 23h59min (horário de Brasília) do dia 7 de janeiro de 2016, pelo site www.objetivas.com.br.

Caso o candidato não possua acesso à Internet, será disponibilizado computador para realização da inscrição na Secretaria de Assistência Social, situada na Rua Luis Osório D’Ávila, nº 240, Bairro Pilão, no município de Herval, durante o período de 9 a 22 de dezembro de 2015 e de 4 a 7 de janeiro de 2016, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, no horário das 09h às 12h e das 14h às 17h.

A taxa de inscrição é de: 
Nível fundamental: R$ 55,00; 
Nível médio: R$ 80,00; 
Nível superior: R$ 80,00 e 120,00.

Prova
O concurso será constituído de provas objetivas, práticas e títulos. A prova objetiva será aplicada na data provável de 14 de fevereiro de 2016, em local e horário a serem divulgados por edital.

Também em data a ser informada por edital, serão chamados a prestar a prova prática todos os candidatos aprovados na prova objetiva.

Somente algumas funções farão prova prática.

Após a prova objetiva, os candidatos que lograram aprovação deverão apresentar os títulos para concorrer a esta etapa, que também será voltada apenas para algumas funções, no prazo estipulado por edital.

Validade
O prazo de validade do concurso público será de dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável por mais dois anos, a critério do município de Herval.

Concurso na Prefeitura de Arroio do Tigre - RS

A Prefeitura de Arroio do Tigre, no Estado do Rio Grande do Sul, torna público o edital nº 001/2015 de concurso público. A finalidade é selecionar profissionais de níveis fundamental, médio e superior, visando a contratação imediata de 73 novos servidores, para compor o quadro de pessoal do funcionalismo público municipal, além de formar cadastro de reserva.

Serão contratados profissionais nos cargos de Agente Administrativo, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Controle Interno, Almoxarife, Arquiteto, Assistente Social, Auxiliar de Consultório Dentário, Biólogo, Cirurgião Dentista, Contador, Eletricista Instalador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Farmacêutico, Fiscal, Fisioterapeuta, Gari, Inspetor Tributário, Mecânico, Médico, Médico-Veterinário, Merendeira, Monitor de Escola, Motorista, Nutricionista, Operador de Máquinas, Operário Especializado, Professor de varias disciplinas, Psicólogo, Secretário de Escola, Servente, Soldador, Técnico Agrícola, Técnico em Enfermagem, Telefonista e Vigilante.

Os vencimentos ofertados vão de R$ 574,78 a R$ 17.243,49, em carga horária semanal que vai de 20 até 44 horas por semana.

Para se candidatar ao certame que está sob a responsabilidade da empresa Objetiva Concurso, acesse o site www.objetivas.com.br, no até o dia 3 de janeiro de 2016.

A taxa de inscrição para cargos de ensino superior é de R$ 140,00, ensino médio R$ 100,00 e ensino fundamental R$ 70,00.

Caso o candidato não possua acesso à Internet, será disponibilizado computador para realização da inscrição na Prefeitura, localizada na Rua Dom Guilherme Muller, nº 753, Bairro Centro, Arroio do Tigre (SC), até o dia 22 de dezembro de 2015, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, no horário das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h.

Os inscritos serão selecionados através de provas escrita objetiva, prática e análise de títulos, de acordo com os métodos de avaliação do cargo pretendido.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 21 de fevereiro de 2016, em local e horário a serem previamente divulgados, no site acessado para efetuar as inscrições.

O concurso público será válido por dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, prorrogável por igual período, a critério do Município.

Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim - ES abre processos seletivos

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, no estado do Espírito Santo, publicou dois editais referentes à promoção de processos seletivos, que ofertam vagas para formar cadastro de reserva, em cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior. Os salários variam de 788,00 a R$ 1.981,36 e a carga horária poderá ser de 25 a 40 horas semanais.

O edital nº 01/2015 visa credenciar profissionais nas funções de Professor da Educação Básica A; Professor da Educação Básica B nas áreas de Ensino Regular, Deficiência Visual, Educação Especial, Deficiência Auditiva, Professor da Educação Básica C - nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês, Educação Física, Artes, Ensino Religioso, e Professor da Educação Básica D. Já o edital nº 02/2015 busca candidatos para atuarem nos cargos de Ajudante Geral, Auxiliar de Serviços da Educação, Auxiliar de Serviços Públicos Municipais, Bombeiro Hidráulico, Carpinteiro, Eletricista, Marceneiro, Motorista, Pedreiro, Pintor, Porteiro, Servente de Obras, Vigia, Agente de Biblioteca Escolar, Agente de Serviços da Educação, Agente de Serviços Públicos Municipais, Almoxarife, Cuidador, Técnico em Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico em Informática, Administrador e Nutricionista.

A inscrição do candidato no processo seletivo deverá ser realizada através de preenchimento de formulário próprio, disponibilizado aos interessados pela Secretaria Municipal de Educação – SEME, no site oficial da Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim/ES, endereço www.cachoeiro.es.gov.br, até 13 de dezembro de 2015.

A seleção dos candidatos será realizada em etapa única, constituída de prova de títulos, de caráter eliminatório e classificatório.

O processo seletivo terá validade de um ano ou enquanto durar a listagem de reserva técnica, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso da Prefeitura de Itabirito - MG

Foram publicados três editais de concursos públicos da Prefeitura de Itabirito, no Estado de Minas Gerais. Serão distribuídas 445 vagas para profissionais de todos os níveis escolares, por ganhos de até R$ 13.273,70.

De acordo com a empresa organizadora Gestão Concurso, o edital 03/2015 oferece 55 vagas de contratações imediatas para a área da educação; o de n° 02/2015 oferta 260 para a área da saúde e o de n° 01/2015 distribui 130 vagas gerais.

As vagas são para os cargos de Fonoaudiólogo Escolar, Monitor Escolar, Nutricionista Escolar, Psicólogo Escolar, Psicopedagogo Escolar, Supervisor Escolar, Terapeuta Ocupacional Escolar, Agente de Recolhimento de Animais, Assistente Social Saúde, Auxiliar de Farmácia, Auxiliar de Saúde Bucal, Cirurgião Dentista PSF e demais cargos.

A inscrição será efetuada, via internet, no site www.gestaoconcurso.com.br, no período compreendido entre 10h do dia 1º de fevereiro e 22h do dia 03 de março de 2016 para os editais de n°s 01 e 03 /2015. Já para o edital n° 02/2015, as inscrições serão efetuadas no período compreendido entre 10h do dia 30 de janeiro e 22h do dia 1º de março de 2016 (horário oficial de Brasília/DF).

As taxas de inscrição variam de R$ 45,00 a R$ 210,00 de acordo com a função escolhida. A prova objetiva de múltipla escolha será realizada em Itabirito, prevista para os dias 03 e 10 de abril de 2016, sendo que o local e o horário de sua realização serão confirmados no Comprovante Definitivo de Inscrição.

Os gabaritos das provas objetivas serão disponibilizados no site da Fundação Renato Azeredo www.gestaoconcurso.com.br, a partir dos dias 04 e 11 de abril de 2016.

O prazo de validade destes concursos públicos será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período a critério exclusivo do Poder Executivo do Município de Itabirito.

Concurso na Prefeitura de Brejo dos Santos - PB

A Prefeitura de Brejo dos Santos, no Estado da Paraíba, lançou o edital nº 01/2015 de concurso público, cujo objetivo é a contratação de 59 profissionais de níveis fundamental, médio e superior, além de formar cadastro de reserva. O certame fica sob os cuidados do Instituto BELCHIOR.

As retribuições ofertadas vão de R$ 788,00 a R$ 9.000,00, em carga horária semanal 20 ou 40 horas. Os cargos com vagas são: Nível Fundamental: Motorista Cnh "B", Gari, Pedreiro, Motorista Cnh "D", Cozinheiro, Auxiliar de Serviços Gerais, Vigilante e Porteiro. Nível Médio/Técnico: Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate À Endemias, Auxiliar de Consultório, Recepcionista, Digitador, Agente de Administrativo, Auxiliar de Professor, Oficineiro Projovem, Arquivista, Fiscal de Obras, Monitor de Esporte, Técnico de Enfermagem e Técnico em Vacina. Nível Superior: Médico PSF, Nutricionista, Odontólogo PSF, Fisioterapeuta, Enfermeiro, Bioquímico, Engenheiro Civil, Supervisor Escolar, Professor Da Educação Básica – 1º ao 5º Ano, Inspetor Escolar, Psicólogo, Psicopedagogo, Controlador, Assessor Jurídico e Assistente Social.

As inscrições devem ser feitas até o dia 21 de dezembro de 2015, através do endereço eletrônico www.institutobelchior.com.br.

Em seguida é preciso efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 60,00 nível fundamental, R$ 80,00 nível médio e técnico e R$ 100,00 nível superior.

A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 24 de janeiro de 2016, no município de Brejo dos Santos (PB), sendo que o local e horário serão previamente informados, através do site acessado para efetuar a inscrição. Haverá prova de títulos para os candidatos aos cargos de Professor, Supervisor de Ensino e Psicopedagogo.

Os títulos devem ser encaminhados ao Instituto BELCHIOR, cujo endereço encontra-se no edital, que pode ser acessado no www.institutobelchior.com.br.

A validade do concurso público será de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.

Concurso Prefeitura de Monte Alto - SP

A Prefeitura de Monte Alto, no Estado de São Paulo, torna público o edital nº 01/2015 de concurso público, visando a contratação de 16 novos servidores de ensino fundamental, médio e superior, para compor o quadro de pessoal do funcionalismo público municipal.

Serão contratados Cuidador de Idoso, Médico do Trabalho, Direção Veicular II, Operador de Veículos Pesados, Operador de Veículos Semi Pesados e Instrutor de Karatê.

Os vencimentos ofertados vão de R$ 1.042,70 a R$ 2.118,84, em jornadas de trabalho de 20 ou 40 horas por semana. As inscrições serão aceitas a partir das 8h do dia 10 de dezembro de 2015 até às 17h do dia 18 de dezembro de 2015, pelo site www.organizacaopaulista.com.br.

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 30,00, R$ 40,00 e R$ 50,00.

Mediante aplicação de provas escrita objetiva e prática, os inscritos serão selecionados, obedecendo os métodos de avaliação do cargo pretendido.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 17 de janeiro de 2016, às 8h, sendo que o local será informado antecipadamente através do site acessado para realizar a inscrição.

O concurso público tem validade de dois anos, contados da data da sua homologação, podendo ser prorrogável por igual período.

Processo seletivo da Prefeitura de Leme do Prado - MG

Terá início nesta quinta-feira, dia 10 de dezembro de 2015, as inscrições do processo seletivo da Prefeitura mineira de Leme do Prado, que através do edital nº 001/2015, visa preencher sete vagas nos cargos de Agente Comunitário de Saúde (ACS), com remuneração de R$ 1.014,00 e Agente Epidemiológico (AE), com salário de R$ 788,00. A jornada trabalhista será 40 horas por semana.

As inscrições serão realizadas na sede administrativa do Município, localizada na Avenida São Geraldo, Bairro Gabriel Pereira nº 259, das 8h às 12h, somente em dias úteis, até o dia 18 de dezembro de 2015.

Será cobrada taxa no valor de R$ 50,00. Os participantes serão submetidos a prova objetiva, prevista para ser aplicada no dia 17 de janeiro de 2016, em local e horário a ser informado no site da Prefeitura: www.lemedoprado.mg.gov.br e a avaliação de títulos, com documentação a ser entregue do dia 28 de janeiro ao dia 2 de fevereiro de 2016.

Provavelmente o gabarito será divulgado no dia seguinte a prova e o resultado final no dia 10 de fevereiro de 2016.

O processo seletivo terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Ibiraçu - ES abre processo seletivo

No interior do Estado do Espírito Santo, a Prefeitura de Ibiraçu, por intermédio da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos - SEMARH, divulgou o extrato do edital n.º 009/2015 de processo seletivo, para preenchimento nos cargos de Médico (Clínico Plantonista, Clínico Geral, Pediatra e Ginecologista), Enfermeiro, Odontólogo, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Psicólogo, Técnico em Enfermagem, Auxiliar de Saúde Bucal, Agente de Atendimento Público, Recepcionista, Servente e Motorista (Ambulância Socorrista e Veículo Leve).

As inscrições serão realizadas nos dias 15 e 16 de dezembro de 2015, das 7h às 13h, no Complexo Cultural Roque Peruch, localizada na Av. Cond’Eu, s/n - Centro - Ibiraçu/ES.

Maiores informações poderão ser obtidas por meio do telefone (27) 3257-0534 /(27) 3257-0526, no horário de 12 às 17 horas.

Extrato publicado no Diário Oficial dos Poderes do Estado - Diversos, do dia 9 de dezembro de 2015, pág. 2. 

Processo Seletivo na Prefeitura de Vila Rica - MT

A Prefeitura de Vila Rica, no Estado do Mato Grosso, torna público o edital nº 002/2015 de processo seletivo. A intenção é selecionar profissionais de níveis fundamental, médio e superior, para a formação de cadastro de reserva. O salário previsto vai de R$ 788,00 a R$ 16.490,89, em carga horária de 20, 30 ou 40 horas semanais.

As chances são para os cargos de Assistente Social, Enfermeira, Engenheiro Civil, Médico Clínico Geral, Psicólogo, Químico, Professor de varias de disciplinas, Fonoaudiólogo, Auxiliar Administrativo Educacional, Auxiliar de Consultório Dentário, Escriturário, Fiscal de Obras e Posturas, Fiscal Tributário, Monitor de Creche, Técnico de Enfermagem, Técnico em Radiologia, Agente de Saúde Ambiental, Leiturista, Agente de Limpeza Escolar, Agente de Manutenção Mecânica Autos Escolares, Agente de Nutrição Escolar, Agente de Nutrição Escolar, Agente de Serviço de Limpeza Hospitalar, Agente de Serviços Gerais - Feminino, Agente de Vigilância Escolar, Encanador, Gari – Masculino, Motorista Escolar Cnh "D", Operador de E.T.A, Operador de Moto Niveladora, Trabalhador Braçal e Tratorista.

As inscrições devem ser feitas a partir do dia 14 até 23 de dezembro de 2015, pelo endereço eletrônico www.sydcon.com.br.

O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino fundamental é de: R$ 20,00; ensino médio, R$ 30,00; e ensino superior R$ 50,00.

A seleção dos candidatos será feita mediante aplicação de provas escrita objetiva para todos os cargos, e prova prática, para os cargos mencionados no edital.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 10 de janeiro de 2016, sendo que o local e horário serão informados com antecedência no site usado para realizar a inscrição.

O processo seletivo será válido por um ano, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.

Prefeitura de Aracruz - ES lança edital de processo seletivo

Mais uma oportunidade de emprego é disponibilizada no estado do Espírito Santo. A Prefeitura de Aracruz divulgou o edital SEMED nº 003/2015 de processo seletivo, oferecendo mais de 800 vagas, mais cadastro reserva (CR), para cargos de níveis fundamental e médio. Os salários vão até R$ 1.166,32 em carga horária de 25 a 44 horas por semana.

As chances são para as funções de Auxiliar de Biblioteca (4+CR); Auxiliar de Professor de Educação Infantil (130+CR); Cuidador (126+CR); Instrutor de Informática (45+CR); Auxiliar de Serviços Gerais (256+CR); Manipulador de Alimentos (115+CR); Monitor de Transporte Escolar (8+CR); Motorista Escolar (4+CR); Agente de Turno (45+CR); Agente Administrativo (22+CR); Assistente Técnico de Química (1+CR); Ajudante de Carga e Descarga (4+CR); Auxiliar de Biblioteca (3+CR); Agente Administrativo (5+CR); Assistente de Turno (4+CR); Auxiliar de Professor de Educação Infantil (7+CR); Cuidador - Educação Indígena (4+CR); Instrutor de Informática - Educação (1+CR); Auxiliar de Serviços Gerais - Educação Indígena (16+CR) e Manipulador de Alimentos - Educação (9+CR).

As inscrições serão efetivadas pelo candidato através do site www.pma.es.gov.br, de 17 a 21 de dezembro de 2015.

O processo seletivo será realizado em etapa única, para todos os cargos, com caráter classificatório e eliminatório.

O certame terá validade de doze meses, contados a partir da data da homologação do resultado classificatório final, podendo ser prorrogado.

Fiocruz esclarece dúvidas sobre áudios em grupos de Whatsapp

Aedes aegypti mrfizaDiversos áudios têm circulado em grupos de Whatsapp mencionando a possibilidade e a existência de crianças menores de 7 anos e idosos com sintomas neurológicos decorrentes do vírus zika

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) esclarece que essas informações não têm fundamentação científica. Até o momento, não há qualquer registro de crianças ou idosos apresentando sintomatologias neurológicas relacionadas ao vírus zika.

É importante também esclarecer que, assim como outros vírus, a exemplo de varicela, enterovírus e herpes, o zika poderia causar, em pequeno percentual, complicações clínicas e neurológicas em adultos e crianças, sem distinção de idade.

Quanto ao vetor, até o momento, não existem estudos científicos que apontem para o envolvimento de outras espécies de mosquitos além do Aedes aegypti na transmissão da doença no Brasil.

A Fiocruz vem trabalhando em estreita parceria com o Ministério da Saúde na investigação da doença e prima pela transparência e pela seriedade na divulgação de informações para a sociedade.

Por tratar-se de uma doença recente e que ainda não foi suficientemente estudada pelos pesquisadores, irão surgir muitas dúvidas e perguntas, bem como boatos e informações desencontradas, especialmente nas mídias sociais.

É importante, num momento como este, que a população busque informações de fontes seguras e confiáveis. Acompanhe a Agência Fiocruz de Notícias e os canais oficiais da Fundação no Twitter e no Facebook para as últimas informações.

Fonte: Fundação Oswaldo Cruz

Abuso de antibióticos na pecuária é ameaça mundial, diz estudo

Relatório alerta para bactérias resistentes a medicamentos em animais de fazenda

O uso excessivo de antibióticos na pecuária se tornou uma grande ameaça à saúde pública mundial e deve ser reduzido drasticamente, alerta um estudo encomendado pelo governo britânico. De acordo com a análise, divulgada nesta terça-feira, algumas infecções estão ficando impossíveis de se tratar, devido ao abuso dessas substâncias na criação de animais destinada à produção alimentícia.

Mais da metade do volume de antibióticos no mundo é usada em animais, muitas vezes para tratar infecções, mas, frequentemente, para fazê-los crescer rapidamente, diz a análise intitulada “Revisão da resistência antimicrobiótica”.

Assim como o uso excessivo de antibióticos em humanos está levando ao aparecimento de superbactérias, resistentes a esses medicamentos, o mesmo acontece na agropecuária. O estudo reconhece que o emprego adequado dessas substâncias por fazendeiros tem vantagens no tratamento de infecções e traz benefícios à produção. Mas o excesso disso é um grande problema para a população mundial.

“Eu acho assustador que em diversos países, o uso de antibióticos em animais é muito maior do que em humanos. Isto cria um grande risco para todos, como ficou claro recentemente quando, na China, descobriram bactérias resistentes à colistina, um importante antibiótico usado apenas como último recurso”, criticou o economista Jim O´Neill, ex-CEO do grupo financeiro Goldman Sachs, coordenador da análise.

Cientistas advertiram a comunidade internacional sobre a iminência de uma “era pós-antibiótica” depois da descoberta da bactéria resistente à colistina, usada apenas quando todos os outros medicamentos falharam no combate a uma doença. Esta resistência, ao que tudo indica, desenvolveu-se em animais de fazenda antes de ser detectada em pacientes em hospitais chineses.

Baseando-se por números atuais, o consumo de antibióticos no mundo deve aumentar em 67% até 2030. Somente nos EUA, mais de 70% do uso de antibióticos é voltado para animais. Segundo O´Neill, uma taxa razoável seria o que vem sendo atingido pela Dinamarca, onde são empregados no máximo 50mg de antibiótico por quilo de animal.

Foto: Reprodução

O Globo

CRF-SP está atento e se mobiliza contra PL que propõe colocar médicos em farmácias do município de SP

Ao tomar conhecimento que a Câmara Municipal de São Paulo desarquivou o Projeto de Lei nº 45, de 16/02/1994, de autoria do vereador Wadih Mutran, que propõe tornar obrigatória a presença de um médico municipal nas farmácias que estiverem de plantão nos finais de semana e feriados, o CRF-SP prontamente se mobilizou no sentido de barrar essa proposta absurda

O departamento jurídico do CRF-SP avaliando o PL, concluiu que a proposta fere toda a legislação vigente sobre o funcionamento das Farmácias, inclusive a recém aprovada Lei 13.021/2014, além de outras leis e o próprio código de ética médica.

Na Seção Plenária de 07/12/2015, os Conselheiros aprovaram, por unanimidade, uma moção de repúdio contrária a esta proposta e, ao enviá-la à Câmara Municipal de São Paulo, esperam sensibilizar os vereadores e opinião pública sobre a inconveniência do projeto.

A moção será encaminhada ao presidente da comissão de constituição, justiça e legislação participativa da Câmara Municipal, vereador Alfredinho. O texto defende que a propositura carece de suporte legal a bem da saúde pública e pede o arquivamento do PL em questão.

Além de enviar a moção, estamos em contato com a câmara para agendamento de reuniões com os vereadores, bem como, com outras entidades, como por exemplo o Cremesp. Ou seja, adotaremos todas as providências de nossa alçada para impedir a conversão desse PL em lei.

Leia na íntegra a Moção de Repúdio

CRF - SP

México tem primeira vacina contra dengue registrada no mundo

O México aprovou ontem (9) o registro da vacina contra a dengue da Sanofi Pasteur, que também está com pedido de registro no Brasil. “É a primeira vacina contra a dengue que recebeu a aprovação por uma agência reguladora em todo o mundo”, disse a diretora médica do laboratório, Lúcia Bricks

A agência reguladora mexicana indica o produto para a faixa etária entre nove e 45 anos. De acordo com o laboratório francês, o imunizante tem eficácia de 60,8% contra os quatro sorotipos da doença, taxa de redução de hospitalização de 80,3% e diminuição de 95,5% de casos graves da dengue. A imunização deverá ser feita em três doses, com intervalos de seis meses.

Segundo o laboratório, o desenvolvimento deste produto levou cerca de 20 anos e, até o final de dezembro, o pedido de registro terá sido feito em pelo menos 20 países.

Para o desenvolvimento da vacina, os testes foram feitos em pessoas entre nove meses e 60 anos, porém a agência reguladora, baseada nos estudos, decide qual vai ser a faixa etária de indicação no país. Em estudos mais recentes, a Sanofi concluiu que a eficácia do produto é maior em pessoas com mais de nove anos.

Em outubro, a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou a liberação comercial da do produto no Brasil. Falta agora o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O pedido foi submetido à agência em março deste ano e não tem prazo para o resultado final do processo.

Pesquisa
Uma vacina contra a dengue está em desenvolvimento no Brasil pelo laboratório público Butantan, porém, ainda está em fase de estudo. O pedido de autorização para começar a fase três, na qual a eficácia do produto será analisada, está em avaliação pela Anvisa.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 1,5 milhões de pessoas tiveram dengue no Brasil, em 2015, e 811 morreram em decorrência do vírus. Levantamento da pasta ainda revela que 199 municípios brasileiros estão em situação de risco de surto de dengue para o ano que vem. Se comparado o ano de 2015 ao de 2013, quando houve uma epidemia da doença pelo surgimento do sorotipo 4 do vírus, houve aumento de 7% nos registros de pessoas infectadas pela dengue.

Agência Brasil

Ministério negocia distribuição de repelente de mosquito para grávidas

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse ontem (9), na capital paulista, que está em negociação com o Exército para produção de repelente que será distribuído para mulheres grávidas

“Nós sabemos que houve grande consumo de repelente. Nós estamos em contato com o laboratório do Exército, que fabrica normalmente esses repelentes para suas tropas. Entramos em contato e vamos estabelecer uma parceria”, declarou após evento do Seminário Lide, que reuniu mais de 400 lideranças empresariais da área da saúde.

Castro informou que os repelentes serão distribuídos somente para mulheres grávidas do país, com exceção do Rio Grande do Sul, onde o vírus Zika ainda não circula. “Estamos dando atenção especial às gestantes e mulheres em período fértil. É o nosso grande foco. É drama humano, de dimensões extraordinárias, uma mulher grávida saber que foi picada por um mosquito. Ela vai entrar, seguramente, em pânico, porque sabe das consequências que isso poderá trazer para o seu filho”, declarou.

O ministro destacou também a atenção à Região Nordeste, onde estão registrados o maior número de casos de microcefalia relacionados ao vírus Zika. O Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado ontem (8), mostra que são 1.761 casos suspeitos em 422 municípios brasileiros, sendo que Pernambuco permanece como o estado com o maior número de casos (804). O ministro reforçou a necessidade de as mulheres, além de usarem repelente, priorizem roupas que deixam o corpo encoberto e, se possível, coloquem tela nos apartamentos.

PMDB no Congresso
Castro disse que foi surpreendido pelo pedido de peemedebistas, que se declaram contrários ao governo Dilma Rousseff, que protocolaram um pedido na Mesa Diretora da Câmara para substituição do líder da bancada do partido, passando do deputado Leonardo Picciani (RJ) para Leonardo Quintão (MG).

O ministro explicou que é prática do PMDB eleger o líder em votação secreta para um mandato de um ano e que o de Picciani iria até fevereiro. “Parece-me que houve contaminação [pelo processo de impeachment]. A maioria do PMDB, sem ir para eleição, se antecipou e assinou um documento”, disse.

O ministro da Saúde defendeu ainda que o pedido de impeachment de Dilma Roussef não tem base jurídica e que se trata de um “processo exclusivamente político”, o qual não cabe para o regime democrático presidencialista do Brasil.

“Se a presidenta Dilma cometeu alguma pedalada em 2014, era outro mandato, não vale para 2015. E este ano não terminou ainda e ninguém sabe como as contas serão fechadas. E a meta fiscal que tinha sido estabelecida, o Congresso Nacional mudou e ela está cumprindo a meta [que foi alterada]. Eu não chegaria a dizer que seria um golpe, mas teria a condição de dizer que não tem fundamento, portanto, é uma imposição de forças políticas”, disse.

Agência Brasil

Unimed Paulistana turbinou adiantamentos milionários em meio à crise financeira

Valores saltaram de R$ 11 milhões para R$ 104 milhões entre o final de 2012 e o início deste ano; prática mascara contas, segundo especialista, e foi questionada pela agência reguladora

Adiantamentos diversos superam estoques e pagamentos antecipados a funcionários da Paulistana
Renato S. Cerqueira/Futura Press -29.9.15

Durante a crise que culminou, em outubro, com a obrigação de se desfazer de seus 740 mil clientes, e sob acompanhamento presencial de um representante do governo federal, a Unimed Paulistana turbinou os adiantamentos a fornecedores diversos. A prática, que não é ilegal em si, foi questionada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), segundo um documento obtido pelo iG, e pode ter contribuído para mascarar a real situação da operadora, que deixou na mão milhares de beneficiários e cerca de 2,5 mil médicos cooperados.

No fim de 2014 – cerca de 1 ano antes, portanto, de de ser reconhecida como financeiramente inviável pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – a Paulistana declarou ter R$ 87 milhões em adiantamentos diversos, um aumento de 680% ante os R$ 11 milhões declarados no final de 2012 – ano a partir do qual os adiantamentos diversos passaram a ser declarados exatamente da mesma forma nas demonstrações contábeis divulgadas pela ANS.

Na contabilidade, tais adiantamentos servem para abarcar pagamentos feitos por uma companhia por bens ou serviços a receber e que não cabem em outras linhas, como estoques ou antecipações a trabalhadores. Ao atingir R$ 87 milhões no final de 2014, os adiantamentos diversos da Paulistana não só destoaram em muito desses itens – os estoques, à época, somavam R$ 5,5 milhões, e os adiantamentos a funcionários, R$ 1,2 milhão – como superaram os R$ 51,4 milhões de patrimônio imobilizado da operadora, o que inclui os hospitais e equipamentos usados no atendimento ao público.

Parte do aumento decorreu da assinatura de um contrato de gestão de um hospital em Bragança Paulista, cidade do interior paulista, firmado em 2013, quando 86% dos clientes da Paulistana estavam na Região Metropolitana de São Paulo. Pelo negócio, a Paulistana contabilizou como adiantamentos R$ 18 milhões.

Procurada, a Paulistana não comentou os dados e a ANS atribuiu a responsabilidade ao gestores. O advogado do presidente da operadora até o primeiro trimestre deste ano alega que todos os adiantamentos foram legais, transparentes e serviram como alternativa ao aumento dos juros cobrados pelos bancos.

Antecipações a fornecedores da Unimed Paulistana disparam em meio à crise e superam o patrimônio imobilizado da operadora
100,000,00090,000,00080,000,00070,000,00060,000,00050,000,00040,000,00030,000,00020,000,00010,000,00004º tri 124º tri 134º tri 141º tri 152º tri 15
Laranja - adiantamentos diversos

Amarelo - estoque

Laranja Escuro - ativos imobilizados, (imóveis, etc)
Fonte ANS, elaboração da reportagem

iG

Anvisa publica primeira carta de aprovação de medicamentos específicos

A Anvisa publicou a primeira carta de aprovação de registro de medicamentos específicos com o objetivo de dar publicidade e promover a transparência do processo de registro de medicamentos

A Agência já havia iniciado a publicação das bases técnicas e científicas de registro das categorias de medicamentos novos, biológicos, genéricos e similares, e, a partir de agora, amplia para a classe de medicamentos específicos.

A publicação das bases técnicas e científicas de registro de medicamentos está alinhada com as diretrizes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e de outras autoridades reguladoras internacionais. A medida também faz parte das ações de transparência que tem sido adotadas pela Anvisa na área de registros de medicamentos.

O primeiro medicamento específico a ter a carta de aprovação publicada foi o CPHD AC, da empresa Salbego Laboratório Farmacêutico Ltda, indicado para o tratamento da insuficiência renal crônica e aguda, além de tratar a disfunção renal. É administrado em máquinas de hemodiálise e filtro hemodialisador, em ambientes hospitalares.



ANVISA

Pesquisa: 77% dos enfermeiros de SP já sofreram violência

Outro estudo aponta também que 17% dos médicos sofreram algum ataque. Pacientes, familiares e colegas promovem agressões físicas e psicológicas

Mais de três em cada quatro profissionais de enfermagem do estado de São Paulo relatam já ter sofrido algum tipo de violência durante o trabalho, segundo uma sondagem realizada pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP). O levantamento aponta que 77% dos 4.293 profissionais ouvidos foram vítimas de agressões físicas ou psicológicas.

Já entre os médicos do estado, 17% afirmam ter sido vítima de violência, de acordo com uma pesquisa do Datafolha encomendada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) que ouviu 617 médicos.

Os conselhos de regionais de enfermagem e de medicina de São Paulo divulgaram os dados dos levantamentos nesta quarta-feira (9).

Profissionais de enfermagem
A violência psicológica foi a mais citada pelos profissionais de enfermagem (área que inclui enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem). Dos que afirmam ter sido vítimas de violência, 81,54% mencionaram a agressão psicológica, 23,77% a violência física e 10,68% o assédio sexual. Os entrevistados podiam indicar mais de um tipo de agressão sofrida.
Os pacientes são os principais agressores: 53,54% disseram ser vítimas de pacientes, 46,49% citam os familiares de pacientes, 40,22% citam a chefia e 25,16% os colegas de trabalho.

Muitos não denunciam as agressões à polícia (87,51%) e a percepção geral é a de que as denúncias não são bem-sucedidas (95,32% têm essa opinião).

Médicos
Dentro da parcela de 17% dos médicos que contam já ter sido agredidos, 84% citam agressão verbal, 80% agressão psicológica e 20% agressão física. O grupo que mais frequentemente comete essas agressões são os pacientes, segundo os profissionais entrevistados, seguidos de familiares e acompanhantes. Ao todo, 60% dos casos de violência ocorrem durante a consulta.

A percepção dos profissionais é que esses episódios ocorrem com mais frequência no Sistema Único de Saúde (SUS): 85% têm essa opinião.

Os médicos relatam que 39% dos casos de violência decorrem do comportamento do paciente, muitas vezes insatisfeitos com a qualidade do atendimento na saúde pública. Há casos também de pacientes que exigem exames, procedimentos e atestados. Segundo os próprios médicos, apenas 5% dos casos de violência decorrem do comportamento dos médicos, quando eles não atendem como deveriam ou erram o diagnóstico.

População
Além de entrevistar os médicos, o Datafolha também fez 807 entrevistas com a população geral sobre a violência contra os médicos. Segundo as pessoas ouvidas, 41% credita os episódios de violência contra médicos a questões relativas ao atendimento: demora para ser atendido, poucos médicos para atender muitas pessoas, consultas rápidas e superficiais. 19% citam a postura dos médicos como causa para as agressões: médicos que são insensíveis, fazem pouco caso ou "não olham na cara" dos pacientes.

G1