Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 29 de março de 2013

Aplicativo transforma telefone celular em aparelho auditivo

Wendy Lecluyse e Nick Clark usando o equipamento de teste BioAid
Foto: University of Essex
Wendy Lecluyse e Nick Clark usando o equipamento de teste BioAid
BioAid replica as complexidades do ouvido humano e permite ao usuário ajustar configurações conforme sua necessidade
 
Pesquisadores da Universidade de Essex, no Reino Unido, desenvolveram um aplicativo gratuito que transforma um iPhone ou iPod em um aparelho auditivo.
 
Ao contrário de aparelhos auditivos padrão que simplesmente amplificam todos os sons, o aplicativo BioAid é inspirado na biologia e replica as complexidades do ouvido humano. Ele coloca o usuário no controle, está disponível para qualquer pessoa em qualquer lugar sem a necessidade de um teste de audição e, potencialmente, é a chave para um futuro onde auxiliares auditivos minúsculos poderão ser ajustados remotamente.
 
BioAid, que está disponível no iTunes, foi desenvolvido pelo professor Ray Meddis e tem seis configurações fixas cada uma das quais tem quatro configurações ocasionais que permitem ao usuário ajustar conforme sua necessidade.
 
"Estamos muito entusiasmados com o potencial de BioAid que pode realmente mudar a vida das pessoas com deficiência auditiva. Mesmo se eles têm um aparelho auditivo, a tecnologia não é sofisticada o suficiente para oferecer uma solução sob medida para sua deficiência e, em muitos casos, as pessoas simplesmente param de usá-los", afirma Meddis.
 
Os sons são uma mistura complexa de diferentes frequências e a perda auditiva é geralmente uma perda de sensibilidade a algumas, mas não todas, as frequências. Aparelhos auditivos amplificam algumas frequências mais do que outras, mas BioAid é diferente porque também comprime os sons muito altos que podem tornar situações sociais como ir a um bar, cinema ou uma festa de aniversário intolerável.
 
"O telefone celular é uma grande plataforma que permite transferir rapidamente a tecnologia auditiva do laboratório para as mãos do público. Aparelhos auditivos padrão, que podem custar milhares de libras, só são dispensados por um profissional após um teste auditivo. BioAid oferece uma alternativa simples e acessível a qualquer pessoa com um iPhone ou iPod. O teste de audição é substituído por um processo exploratório, permitindo aos usuários encontrar qual configuração funciona melhor para eles", acrescenta o pesquisador Nick Clark.
 
Os pesquisadores acreditam que o projeto BioAid tem o potencial de mudar radicalmente o futuro dos dispositivos auditivos. "Este novo dispositivo abre muitas possibilidades de pesquisa intrigantes que permitem aos cientistas explorar novas ideias em projetos de audição", concluem os investigadores.
 
Fonte isaude.net

Medicamentos antirretrovirais podem parar propagação do norovírus

Pesquisa busca combater norovírus que infecta o estômago
Foto: Kansas State University
Pesquisa busca combater norovírus que infecta o estômago
Estudo sugere que inibidores de proteases têm potencial para prevenção e tratamento da infecção gastrointestinal contagiosa
 
Pesquisadores da Kansas State University, nos EUA, identificaram uma classe de medicamentos antirretrovirais com potencial para a prevenção e tratamento da infecção por norovírus.
 
A pesquisa com inibidores de proteases pode levar a maneiras de parar a propagação da doença contagiosa que é transmitida através da ingestão de alimentos crus infectados.
 
O norovírus é a forma mais comum de gastroenterite viral e provoca vômitos e diarreia por vários dias.
 
Atualmente não há vacina e não há drogas para combater norovírus. Enquanto várias organizações estão pesquisando o desenvolvimento de uma vacina, a equipe liderada por Kyeong-Ok Chang é um dos principais grupos a estudar medicamentos antirretrovirais como uma maneira de tratar o norovírus.
 
"Ao contrário a maioria das bactérias, os vírus só pode crescer nas células. Uma das formas mais importantes de saber se um composto é eficaz contra um vírus é testar o composto em cultura de células, para ver se ele pode inibir o crescimento do vírus. No entanto, norovírus humano não cresce em cultura, o que tem sido um grande impedimento para o desenvolvimento de vacinas e drogas. É por isso que nós estabelecemos ensaios baseados em células", afirma Chang.
 
Nos últimos anos, os pesquisadores estudaram mais de 600 compostos e encontraram vários compostos com maior potencial para o desenvolvimento de drogas. Agora, eles estão se concentrando em inibidores da protease, que podem impedir a replicação do vírus nas células. Outros inibidores da protease existentes no mercado são usados no tratamento de infecções por HIV ou pelo vírus da hepatite C.
 
"Proteases virais são um alvo muito bom para o desenvolvimento de medicamentos antivirais porque um vírus não pode se replicar sem a sua protease. É por isso que a nossa investigação tem incidido sobre os inibidores da protease", concluem os pesquisadores.
 
Fonte isaunet.com

Fator genético determina jovens mais propensos à dependência de nicotina

Pesquisa identificou fatores genéticos que podem acelerar a progressão de um adolescente para se tornar um fumante ao longo da vida
Pesquisa identificou fatores genéticos que podem acelerar a
 progressão de um adolescente para se tornar um
 fumante ao longo da vida
Perfil genético de alto risco prevê adolescentes fumantes em maior risco de se tornarem viciados em cigarros
 
Pesquisadores internacionais identificaram fatores de risco genéticos que podem determinar adolescentes em maior risco de se tornarem viciados em cigarros.
 
O perfil genético de risco de uma pessoa não prevê se ele ou ela irá experimentar cigarros, mas sim se, após começarem a fumar, eles têm maior probabilidade de dependência de nicotina.
 
A equipe examinou estudos anteriores para desenvolver um perfil genético de risco para o tabagismo pesado. Em seguida, eles estudaram 1 mil neozelandeses desde o nascimento até os 38 anos para identificar se os indivíduos em alto risco genético ficaram viciados em cigarros mais rapidamente, na adolescência e se, na vida adulta, eles tiveram mais dificuldade me parara de fumar.
 
Os participantes do estudo que tiveram o perfil de alto risco genético foram mais propensos a se converter ao fumo diário na adolescência e depois progredir mais rapidamente ao tabagismo pesado (um maço por dia ou mais).
 
Quando avaliados na idade de 38 anos, os indivíduos de maior risco para o fumo tinham desenvolvido dependência de nicotina e eram mais propensos a ter falhado na tentativa de parar de fumar.
 
"O risco genético acelerou o desenvolvimento do comportamento de fumar. Os adolescentes com alto risco genético começaram a fumar cigarros e rapidamente se tornaram fumantes regulares e fumantes pesados", afirma o pesquisador Daniel Belsky, da Duke University.
 
O perfil de risco genético de uma pessoa não prevê se ele ou ela irá experimentar cigarros. Mas para aqueles que experimentam cigarros, ter um perfil genético de alto risco previu o aumento da probabilidade de dependência de nicotina.
 

Fonte isaude.net

Um em cada quatro idosos com declínio cognitivo consegue reverter quadro

Especialistas recomendam manter-se mental e fisicamente ativo
 
Um estudo publicado nesta quarta-feira (27) no periódico PLOS One mostra que um em cada quatro idosos com comprometimento cognitivo - um precursor da demência - naturalmente reverte o quadro mental. Os resultados desafiam a crença popular de que pessoas mais velhas com problemas cognitivos estão destinadas a piorar. A descoberta foi feita por especialistas da University of New South Wales, na Austrália.

Para a pesquisa, foram analisadas 223 pessoas com idades entre 71 e 89 anos diagnosticadas com transtorno cognitivo leve. Todas faziam parte do Sydney Memory and Ageing Study e foram submetidas a diversos testes para avaliar o funcionamento cerebral, incluindo funções de linguagem e memória. Após dois anos, 66 idosos mostraram desempenho normal da cognição.

As análises revelaram, então, que embora não seja sempre possível prever quais indivíduos apresentaram regressão do quadro, há alguns indicadores que podem sugerir tal mudança. Aqueles que recuperaram a saúde mental pareciam envelhecer melhor e apresentavam maior probabilidade de ter a pressão arterial controlada, além de serem mais mental e fisicamente ativos. Assim, atividades que estimulam o raciocínio e exercícios foram apontados como importantes fatores na melhora da saúde dos idosos.

Os resultados mostraram ainda que os participantes que se mostraram abertos a novas experiências também eram mais propensos a reverter o quadro. Para os especialistas, isso indica que uma personalidade mais flexível representa uma vantagem durante o envelhecimento.
 
Dicas para envelhecer com saúde
Manter o convívio social, cuidar de si mesmo e praticar exercícios são fundamentais para envelhecer com saúde.
 
Veja outras dicas que sugerimos para manter a rotina agitada e produtiva:
 
Frequente bailes - Getty ImagesFrequente bailes
Dançar na terceira idade não é só uma maneira divertida de mexer o corpo. Habilidades como força, ritmo, agilidade, equilíbrio e flexibilidade também são desenvolvidas e trazem bem-estar e saúde aos idosos. Quando dançam, eles fazem um esforço maior para memorizar a sequência dos passos e precisam se concentrar para não invadir o espaço do parceiro, conclui um estudo recente da Unicamp, em São Paulo. Além disso, se lembram de experiências e sensações vividas no passado, quando a música os remete à juventude.
                   
Aprimore dons artísticos - Getty ImagesAprimore dons artísticos
Estudar música na maturidade, segundo estudo da PUC-SP, estimula funções neurológicas relacionadas às ações motoras, linguísticas e sensoriais, geralmente prejudicadas com o passar do tempo, e ainda melhora a autoestima. Isso sem esquecer que muitos idosos, mesmo após a aposentadoria, continuam sustentando a família - a situação é comum a cada 3 entre 10 aposentados brasileiros, de acordo com dados do IBGE. Diversos centros de convivência oferecem cursos de artesanato que podem se transformar em fonte de renda.
 
Viaje - Getty ImagesViaje
Além de conhecer novos lugares e culturas, a viagem é chance para lidar com pessoas diferentes e fugir à rotina. Uma das reclamações comum entre os idosos é que as pessoas ao redor têm pouco tempo para eles - excursões regulares, nem que seja para regiões próximas, favorecem novos relacionamentos.
 
Pratique atividades físicas - Getty ImagesPratique atividades físicas
O hobby proporciona o aumento do círculo social e ainda traz melhorias à saúde.
 
No entanto, o grupo que aproveita essas vantagens ainda é pequeno: apenas 10% das pessoas com mais de 65 anos realizam de 2,5 a 5 horas de exercícios por semana, recomendação do Centro Médico da Universidade de Rush, de Chicago (EUA).
 
Agite a vida cultural  - Getty ImagesAgite a vida cultural
Existe uma série de políticas públicas que incentivam a visita de aposentados a espaços culturais: cinemas e teatros cobram meia-entrada, enquanto alguns museus e pinacotecas até abrem mão do pagamento do ingresso. Os passeios valem como forma de acompanhar os mais jovens e também como alternativa para ocupar as tardes de maneira independente, afinal um bom filme é sempre boa companhia.
 
Dedique experiência - Getty ImagesDedique experiência
O voluntariado é uma atividade que exige paciência, conhecimento e dedicação, atributos desenvolvidos com o tempo. Transmitir o conhecimento e a experiência acumulados a outras pessoas melhora a autoestima do idoso. As atividades ainda estimulam a atualização e a busca de novidades em temas de que o idoso gosta, trabalhando a memória. A assistente social Andreia Cristiane Magalhães, do Centro de Referência do Idoso, também lembra que o voluntariado é uma atividade que lhe permite passar todo seu conhecimento e experiência de vida a outras pessoas. Além disso, a mente permanecerá ativa e o círculo social também agradecerá.
 
Invista em uma faculdade - Getty ImagesInvista em uma faculdade
Cursos superiores direcionados aos mais velhos são cada vez mais comuns - uma atividade que ainda favorece o convívio com pessoas diferentes, interessadas nos mesmos assuntos. Para facilitar, estes cursos contam com carga horária flexível e, em muitas instituições, são gratuitos ou cobram mensalidade simbólicas.
 
Fonte Minha Vida

Remédios antigos: Garasone colírio

Haddad quer postos de saúde privados na periferia de SP

O prefeito Fernando Haddad (PT) estuda uma forma de levar postos de saúde privados à periferia de São Paulo. A ideia é oferecer uma contrapartida a empresas do setor dispostas a instalar leitos, laboratórios ou consultórios médicos em regiões que hoje são atendidas apenas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Dar isenção tributária é uma das possibilidades trabalhadas pela atual gestão.

O objetivo é dividir a responsabilidade com planos de saúde populares, que vendem serviços nos extremos da cidade, mas só mantêm unidades nas áreas centrais. De acordo com estimativa da prefeitura, apesar de 56% da população pagar algum tipo de convênio médico, boa parte desse total utiliza a rede pública, que, por sua vez, não é ressarcida pelos planos de saúde.

Segundo o secretário municipal da Saúde, José de Filippi Junior, essas empresas poderiam ser incluídas no Arco do Futuro, projeto que visa a descentralização do desenvolvimento da cidade, criando mecanismos que aproximem a moradia do trabalho do paulistano. Ele defende, por exemplo, a isenção fiscal como forma de atrativo, assim como deve ocorrer com empresas do setor da construção.

“Acho que é uma coisa de médio prazo, mas tem espaço para isso. Como secretário, eu posso contribuir. Os serviços de Saúde contribuem com ISS, são prestadores de serviço”, afirma Filippi. Ele argumenta que é melhor cobrar da iniciativa privada uma melhor distribuição dos serviços pelo território do que esperar o Ministério da Saúde cobrar dos convênios o ressarcimento pelo atendimento no SUS - conforme previsto em lei.

“Eu não quero dinheiro. Eu quero que eles montem um hospital, uma maternidade lá (na periferia). Porque não tem. E os segurados deles aonde vão procurar atendimento?”, pergunta o secretário. “Eu até falei com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Como conceber uma região de 1 milhão de habitantes, como M'Boi Mirim, na zona sul, sem um único leito privado? Há 400 mil pessoas lá com convênio médico. A Agência Nacional de Saúde (ANS) tem de começar a regulamentar isso.”

Mas, na opinião de Filippi, só o ressarcimento não resolve, já que as unidades do SUS continuariam sendo procuradas por pacientes com plano de saúde. E assim, permaneceriam superlotadas, sem condições de prestar bom atendimento.

Outorga
Creditada ao ex-ministro da Saúde Adib Jatene, a Outorga Onerosa da Saúde chegou a ser cogitada durante a gestão de Gilberto Kassab (PSD). O então secretário Januário Montone apresentou a ideia na Câmara Municipal, em novembro de 2008. Mas não teve acolhida entre os vereadores.

O projeto consiste em cobrar do setor privado um valor pela construção ou ampliação de hospitais em regiões já saturadas, como o centro expandido, os eixos das Avenidas Paulista e Brigadeiro Faria Lima. E, com o dinheiro pago, abrir um fundo para financiar a construção de unidades de saúde na periferia - ou ainda obrigar o empreendedor a construir um hospital menor onde há carência de vagas.

A ideia também poderia ser adaptada para que a iniciativa privada financiasse o home care, o atendimento médico em casa. Mas, em ambos os casos, Montone destaca um entrave: depois de instalada, quem faria a manutenção da unidade ou do serviço viabilizado por meio da outorga? A saída, segundo ele, é negociar caso a caso.

O ex-secretário cita como experiência a negociação bem-sucedida entre o município e a Beneficência Portuguesa durante a gestão Kassab. “Eles queriam aumentar o atendimento privado na região da Bela Vista, e nós não concordamos. Negociamos e a Beneficência, que já tinha um projeto de hospital na zona leste, acabou arrendando o antigo Nossa Senhora da Penha. Lá, funcionam hoje quase 500 leitos exclusivamente atendendo pelo SUS”, diz.

Eduardo de Oliveira, secretário-geral da Federação Brasileira de Hospitais, disse que o País perdeu cerca de 100 mil leitos lucrativos (privados) entre o fim da década de 1990 e início dos anos 2000, especialmente nos bairros mais afastados e regiões mais carentes. “Não houve reposição desses leitos”, diz. Isso aconteceu, segundo ele, porque a carga tributária para os hospitais é de 20%, o que tornava inviável manter as unidades em regiões com menor poder econômico.

Para ele, se a proposta do prefeito Haddad incluir a desoneração desse imposto, pode ser um bom caminho. “O prefeito está no caminho certo. É preciso fazer alguma coisa. Se isso acontecer, será uma corrente de estímulo para dar condições da rede privada voltar a prestar serviços junto com a rede pública”, avalia.
 
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo
 
Fonte R7

China tem novo escândalo de leite infantil em pó adulterado

Um executivo de uma empresa chinesa associada ao grupo suíço de alimentação Hero foi detido sob acusações de ter adulterado leite em pó para bebês, indicou a rede de televisão nacional chinesa CCTV.
 
Os investigadores estabeleceram que a empresa Xile Lier misturava leite em pó importado com leite vencido, mudava a data de validade indicada nas embalagens e enganava os consumidores apresentando o leite próprio para crianças maiores -que é mais barato- como leite para recém-nascidos, mais caro, indicou a CCTV.
 
Os escândalos ligados à indústria alimentícia são muitos na China. Em 2008, o uso massivo de produtos lácteos com melamina, uma substância que simula a presença de proteínas, provocou a morte de pelo menos seis bebês e doenças crônicas em outros 300.000.
 
Fonte R7

Chile distribuirá 'pílula do dia seguinte' inclusive a menores de 14 anos

Falta de regulamento claro de como aplicar a lei dificultou o acesso ao medicamento sobretudo para os jovens no país
 
Três anos depois de aprovado o acesso universal à "pílula do dia seguinte", depois de um trâmite judicial completo, o governo chileno emitiu o regulamento que determina como o remédio deve ser distribuído em centros de saúde, inclusive para menores de 14 anos.
 
A nova lei, publicada nesta quinta-feira (28) no Diário Oficial, estabelece que a distribuição do anticoncepcional será obrigatória em todos os centros de saúde a pacientes sem restrição de idade e não serão aceitos nem a objeção de consciência, nem o critério discricionário do médico.
 
"Seremos obrigados a distribuir os medicamentos anticoncepcionais, todos e qualquer um deles", disse ao jornal La Tercera o ministro da Saúde, Jaime Mañalich.
 
— Se um consultório municipal se negar a fornecer a 'pílula', teremos que tomar medidas.
 
Desde 2010 e depois de um longo trâmite, iniciado no governo da socialista Michelle Bachelet, está vigente no Chile uma lei que garante o acesso à chamada "pílula do dia seguinte" no sistema público de forma gratuita, embora obrigue os médicos a informar os pais depois de distribuí-la a menores de 14 anos.
 
No entanto, segundo o novo regulamento, a informação aos pais de menores de 14 anos ficará a critério do profissional, pois se dispõe que "toda pessoa tem direito à confidencialidade e privacidade".
 
Até agora, a falta de um regulamento claro de como aplicar a lei dificultou o acesso à pílula sobretudo para os jovens no Chile, um país conservador onde é proibido o aborto em todas as suas formas.
 
Um estudo da Universidade Central de Santiago de 2011 aponta que 77,8% dos municípios dizem distribuir a pílula, enquanto 10,9% assegurou que não o fazia, ao serem consultados os funcionários da saúde.
 
A principal razão mencionada para não entregá-la é a falta de estoque (31,4%) e de recursos humanos (17,1%).
 
Outro estudo de 2010, da Flacso (Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais), estabeleceu que 30% dos municípios não entrega a pílula e 39% o faz com restrições.
 
Antes de decretado o seu acesso universal, a pílula esteve proibida por vários anos, por sucessivos recursos apresentados por grupos conservadores que a consideram abortiva.
 
Fonte R7

Especialistas europeus propõem melhor assistência a doentes com Alzheimer

O mal de Alzheimer, assim como outras demências senis,
afeta sobretudo as pessoas com idade avançada
Projeto recomenda limitar a "superexposição" das pessoas afetadas pela doença aos neurolépticos
 
Um diagnóstico mais precoce, menos medicamentos neurolépticos e ajuda familiar com mais respaldo são as propostas de especialistas europeus reunidos em Paris para evocar o mal de Alzheimer e outras doenças degenerativas.
 
As enfermidades neurodegenerativas, para as quais não há cura até o momento, afetam 6,36 milhões de pessoas com mais de 65 anos na Europa, um número que pode superar 10 milhões de pessoas em 2040, segundo as últimas estimativas apresentadas nesta quinta-feira (28) por Nicola Vanacore, do Instituto Superior de Saúde da Itália.
 
Mas o problema afeta diretamente 20 milhões de assistentes familiares, em muitos casos dependentes de si próprios para acompanhar os pacientes com transtornos de comportamento particularmente desconcertantes.
 
"Estes transtornos são a primeira causa de depressão dos assistentes", destacou Armelle Laperre-Desplanques, coordenadora do projeto europeu de cooperação sobre o mal de Alzheimer, denominado Alcove (Alzheimer Cooperative Valuation in Europe).
 
O projeto, lançado em 2011 pela Comissão Europeia e do qual participam 19 países da União Europeia, é coordenado pela Alta Autoridade de Saúde, um organismo independente francês cujo papel é favorecer as boas práticas na medicina. A entidade emitiu uma série de recomendações para melhorar o tratamento da doença no continente europeu.
 
Entre estas recomendações está limitar a "superexposição" das pessoas afetadas pelo Alzheimer aos neurolépticos, cuja utilização é muito importante nos geriátricos, com taxas que vão de 25% a 60%, segundo os países europeus estudados.
 
Para diminuir estes tratamentos que podem ser nocivos para os pacientes, o projeto Alcove recomenda enfoques que deixam de lado a farmacologia e dão mais ênfase a um acompanhamento melhor do pessoal de ajuda familiar.
 
"Não há receita milagrosa", admitiu Harriet Fine Soveri, médica finlandesa que coordenou os trabalhos do grupo dedicados à assistência para transtornos de comportamento.
 
Consultada sobre os enfoques não farmacológicos, a médica afirmou que "tudo depende da situação".
 
— Se o transtorno está relacionado à dor, é preciso tratar a dor, se ao contrário se trata de uma perda de referências, é preciso educar os assistentes para avaliar as necessidades do paciente.
 
O mal de Alzheimer, assim como outras demências senis, afeta sobretudo as pessoas com idade avançada. Provocam perda de memória, declínio das funções cerebrais ou alteração da personalidade.
 
Na França, afetam 875 mil pessoas e na Itália, 950 mil, segundo estimativas de Vanacore que, baseando-se nos estudos mais recentes, avalia a prevalência destas doenças em 7,2% entre os maiores de 65 anos.
 
O projeto Alcove estuda também o diagnóstico da doença, que intervém tardiamente.
 
"Só a metade dos casos são diagnosticados e muitos, tardiamente", afirmou Leperre-Desplanques, destacando que a doença deveria poder ser diagnosticada quando aparecem os primeiros sintomas de perda de memória.
 
Um diagnóstico precoce permite aos assistentes familiares "se formar" para acompanhar os pacientes e, assim, retardar seu ingresso em uma instituição, acrescentou a coordenadora.
 
Fonte R7

Milhares de pacientes podem ter sido expostos ao HIV em clínica dos EUA

A investigação conduziu a fonte do contágio à clínica do
 doutor Scott Harrignton
Uma clínica dentária de Tulsa, no estado de Oklahoma, notificou sete mil pacientes nesta quinta-feira pelo risco que possam ter sido contagiados em suas instalações com HIV ou hepatite nos últimos seis anos.
 
As autoridades sanitárias do estado de Oklahoma notificaram hoje os possíveis afetados e lhes pediram que façam exames, após comprovar que os instrumentos utilizados na clínica não tinham sido esterilizados corretamente durante anos. Além disso, asseguraram que o médico responsável pela clínica dentária está cooperando nas investigações.
 
Segundo o canal "CBS", o alerta foi disparado quando um dos pacientes contraiu HIV e hepatite, apesar de não ter estado exposto a riscos. A investigação conduziu a fonte do contágio à clínica do doutor Scott Harrignton.
 
O departamento de Saúde do estado indicou que a investigação descobriu que na clínica ocorreram "várias e graves violações das leis sanitárias e normas de segurança" na prática dentária.
 
Milhares de pacientes poderiam ter sido contagiadas com o vírus da aids ou hepatite B e C desde 2007 e as autoridades pediram aos notificados que se submetam a testes para tirar dúvidas, já que os infectados podem não apresentar sintomas durante anos.
 
Fonte R7

Prefeitura Municipal de Matrinchã - GO

A Prefeitura Municipal de Matrinchã - GO realiza seleção para preenchimento temporário de vagas e formação de cadastro reserva.

Inscrições:
Até 3 de abril de 2013

Seleção:
Haverá análise curricular

Outras informações pelo (62) 3391-1151.

Prefeitura Municipal de Condor

A Prefeitura Municipal de Condor realiza seleção para preenchimento de vagas

Inscrições:
15 de março a 2 de abril de 2013, pelo www.santoangelo.uri.br/extensao.


Cargos:
Engenheiro Civil; Médico de ESF; Mestre de Transporte e Equipamento Rodoviário; Operário Especializado; Professor de Língua Portuguesa; Professor de Língua Inglesa; Professor de Ciências; Professor de Matemática; Professor de Geografia; Professor de História; Professor de Educação Física; Professor de Artes; Professor de Currículo por Atividade; Técnico em Enfermagem.

Prefeitura Municipal de Botumirim – MG

A Prefeitura Municipal de Botumirim – MG realiza concurso para provimento de vagas

Inscrições:
De 4 de Março de 2013 a 3 de abril na Rua José da Cruz, nº 09, Centro ou pelo www.exameconsultores.com.br


Cargos:
Alfabetizado: Auxiliar de Serviços Gerais (38); Condutor de Veículos Leves (10); Condutor de Veículos Pesados (15); Mecânico (03); Oficial de Serviços Públicos (14); Operador de Máquinas Pesadas (01); Servente Escolar (01).

Nível Fundamental: Agente Administrativo (29); Atendente de Saúde (05); Auxiliar de Enfermagem - Com Curso e Registro no Conselho de Classe (05); Marinheiro Fluvial - Auxiliar de Máquinas (01); Marinheiro Fluvial de Convés (01).

Nível Médio: Assistente Educacional (02); Fiscal de Rendas (02); Monitor de Creche (02).

Nível Técnico: Técnico Agrícola (02); Técnico em Informática (03); Técnico em Processamento de Dados (01).

Nível Superior Completo: Biomédico (01); Enfermeiro (03); Engenheiro-Agrônomo (01); Farmacêutico (01); Médico (01); Odontólogo (01); Pedagogo (02); Professor de Educação Infantil (08); Professor Municipal Ensino Fundamental - 1º ao 5º ano (08); Professor Municipal Ensino Fundamental 6º ao 9º ano - Ciências (01); Professor Municipal Ensino Fundamental 6º ao 9º ano - Geografia (01); Professor Municipal Ensino Fundamental 6º ao 9º ano - História (01); Professor Municipal Ensino Fundamental 6º ao 9º ano - Matemática (01); Professor Municipal Ensino Fundamental 6º ao 9º ano - Português (01).

Provas:
Haverá provas objetiva, de títulos e prática

Prefeitura de Santo Antônio de Goiás - GO

A Prefeitura de Santo Antônio de Goiás - GO realiza seleção para formação de cadastro de reserva

Inscrições:
Até 3 de abril na Prefeitura Municipal (Avenida Modesto Vaz Machado, Qd. 11 Lts, 43/46, Vila Florença)

Seleção:
Haverá análise curricular

Mais informações podem pelo telefone (62) 3535-1950

Prefeitura de Morro Grande - SC

A Prefeitura de Morro Grande, Santa Catarina, realiza concurso para provimento de 7 vagas

Inscrições:
Até 5 de abril, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Morro Grande (Rua Rui Barbosa, nº. 569, centro, Morro Grande).

Remuneração:
R$ 844,93 a R$ 2.165,12.

Cargos:
Agente Administrativo, cargo que exige o ensino médio, para Motorista, Operador de Equipamentos, Auxiliar de Serviços Gerais I e II e Recepcionista, Nutricionista

Provas:
Haverá provas objetivas, prova prática para Agente Administrativo, Motorista, Operador de Equipamentos e Auxiliar de Serviços Gerais I e II.

Prefeitura de Itajubá - MG

A Prefeitura de Itajubá, Minas Gerais, realiza concurso para provimento de 20 vagas

Inscrições:
Até 1º de abril, pelo www.imam.org.br


Valor:
R$ 31,00.

Cargo:
Agente de Combate às Endemias.

Remuneração:
R$ 776,13

Provas:
PRovas objetivas: 21 de abril

Prefeitura de Comendador Gomes - MG

A Prefeitura de Comendador Gomes, Minas Gerais realiza concurso para 81 vagas

Inscrições:

De 22 de abril a 31 de maio pelo www.comendadorgomes.mg.gov.
br ou www.assconex.com.br ou na Prefeitura Municipal, Telecentro José Cutrale, Avenida Ildeu Duarte, nº. 379.

Remuneração:
R$ 678,00 a R$ 6.026,00

Provas:
Haverá prova prática para Motorista de Veículos Leves, Motorista de Veículos Pesados, Motorista de Ambulância, Operador de Máquinas e Assistente Administrativo.

Cargos:
Alfabetizado/Ensino Fundamental - Recepcionista, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais (Gari, Limpeza Urbana, Limpeza Interna, Servente, Jardineiro, Pedreiro, Área Rural, Saúde e Auxiliar de Unidade de Ensino Infantil), Eletricista, Auxiliar de Compostagem de Lixo, Motorista de Veículos Leves, Motorista de Veículos Pesados, Pintor, Operador de Máquinas, Motorista de Ambulância, Servente Escolar, Auxiliar de Manutenção e Inspetor de Alunos;

Ensino Médio - Assistente de Contrato e Convênios, Assistente de Controle Interno, Assistente Administrativo, Técnico em Segurança do Trabalho, Fiscal de Posturas, Técnico em Enfermagem, Assistente Administrativo da Educação, Instrutor de Educação Infantil, Secretária escolar, Monitor de Educação Infantil e Monitor de Informática;

Ensino Superior - Assistente Social, Fisioterapeuta, Nutricionista, Farmacêutico, Enfermeiro, Médico Clínico Geral, Médico Ginecologista Obstetrícia, Médico Pediatria, Médico Plantonista, Professor PEB I, Professor PEB II de História, Psicopedagogo, Nutricionista da Educação, Psicólogo e Supervisor Pedagógico.

Prefeitura de Casimiro de Abreu - RJ

A Prefeitura de Casimiro de Abreu - RJ realiza concurso para preenchimento de 194 vagas

Inscrições:
19 de março a 10 de abril pelo www.casimirodeabreu.r
j.gov.br ou www.incp.org.br

Provas:
Provas objetivas: 18 e/ou 19 de maio.

Remuneração:
R$ 740,00 a R$ 1.314,00

Valor:
R$ 30,00 a R$ 70,00

Cargos:
Agente de creche, professor, professor especial para deficientes visual e auditivo, professor de disciplinas específicas e supervisor de ensino. Na área de administração, estão previstas vagas para agente administrativo, agente de fiscalização, guarda municipal, técnico em enfermagem, auxiliar administrativo, técnico em agropecuária e topógrafo.

Administrador, arquiteto, assistente social, biólogo, contador, economista, engenheiro agrônomo, engenheiro civil, engenheiro florestal, engenheiro sanitarista, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo e veterinário.

Fundação Cultural Casimiro de Abreu: auxiliar administrativo, professor de teatro, professor de música e pedagogo.

SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) são previstos concurso para operador de ETA/ETE, leiturista, agente administrativo e técnico em química.

Prefeitura de Braço do Trombudo - SC

A Prefeitura de Braço do Trombudo, Santa Catarina, realiza seleção para preenchimento temporário de vagas

Inscrições:
Até 5 de abril, na Secretaria Municipal de Saúde de Braço do Trombudo

Valor:
R$ 20,00

Cargos:
Médico Pediatra, Médico Clínico Geral, Médico (ESF) e Médico Cardiologista.

Remuneração:
R$ 3.042,23 a R$ 10.898,30

Provas:
Provas objetivas: 13 de abril

Prefeitura de Armazém - SC

A Prefeitura de Armazém, Santa Catarina, realiza seleção para preenchimento de vaga para Médico de Estratégia de Saúde da Família (ESF).

Inscrições:
Até 12 de abril, na Praça 19 de Dezembro, nº. 130, Armazém.

Provas:
Prova objetiva: 21 de abril

Prefeitura de Águas de Santa Bárbara - SP

A Prefeitura de Águas de Santa Bárbara - SP realiza concurso para provimento de vagas

Inscrições:
25 de março a 2 de abril pelo www.omconsultoria.com.br


Valor:
R$ 50,00.

Remuneração:
R$ 2.654,76 e de R$ 5.275,17

Provas:
Haverá prova escrita

SESAU do Tocantins abre Processo Seletivo

A Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins (SESAU) disponibilizou edital para seleção de Instrutores do Curso de Aperfeiçoamento em Processos Educacionais na Saúde. A oferta é de seis vagas na função, que deverá ser exercida no município de Palmas/TO. O curso será na modalidade presencial e terá duração total de seis meses, com início previsto para o mês de junho e termino no mês de novembro de 2013.
 
Podem se inscrever servidores públicos federais, estaduais ou municipais, que possuam graduação em Ciências da Saúde, pós-graduação em qualquer área da Saúde ou Educação, experiência docente na área do curso ou áreas relacionadas com Saúde Pública ou Saúde Coletiva e experiência profissional na área de processos educacionais em saúde.
 
O processo de inscrição será gratuito, permanecendo aberto no período de 01 a 12 de abril de 2013. Os candidatos deverão se dirigir, pessoalmente ou por procuração simples, à Secretaria Geral de Ensino da Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde, situada na Quadra 606 Sul, APM- 07, Alameda Portinari, Palmas – TO, CEP: 77.022-062. Será necessário apresentar os seguintes documentos: Ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada, conforme modelo constante no Anexo I, do edital; Declaração de liberação, assinada pela chefia imediata, constando a função exercida pelo servidor (a) e, autorizando a participação integral nas atividades do curso; Currículo atualizado, com todos os documentos comprobatórios; e Documentos pessoais.
 
A avaliação dos inscritos será feita por meio de análise de currículo, apresentação da micro aula (de 15 até 19 de abril de 2013) e participação na oficina de planejamento didático-pedagógico, a ser realizada nos dias 08, 09 e 10 de maio de 2013.
 
O resultado provisório do Processo Seletivo será divulgado na data provável de 26 de abril de 2013, no sítio eletrônico da SESAU - TO (www.saude.to.gov.br) e no Diário Oficial do Estado.
 
Veja o Edital completo (SESAU/nº 25/2013), disponível no Diário Oficial do Estado, a partir da página 48.

Aeronáutica do Brasil abre seleção

A Aeronáutica do Brasil promove o Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros (40 vagas), Farmacêuticos (17) e Dentistas (23) do ano de 2014. No total, são oferecidas 80 vagas no estágio de adaptação, que é ministrado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte - MG, com duração de 17 semanas.
 
Os interessados devem ter graduação específica exigida para cada cargo, além de possuir a carteira de registro da profissão ou declaração de que está em pleno gozo de suas prerrogativas profissionais, expedida pelo respectivo Conselho Regional.
 
As inscrições serão realizadas entre os dias 02 e 24 de abril de 2013, mediante acesso ao site www.fab.mil.br. A taxa de inscrição é de R$ 120,00.
 
Cargos
Engenheiro Cartográfico, Engenheiro Civil, Engenheiro de Computação, Engenheiro Eletrônico, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Engenheiro Metalúrgico, Engenheiro Químico, Farmacêutico e Dentista.
 
Seleção
A seleção constará de Exame de Escolaridade e de Conhecimentos Especializados, Análise da Secretaria da Comissão de Promoção de Oficiais ou Secretaria da Comissão de Promoção de Graduados, Inspeção de Saúde, Exame de Aptidão Psicológica, Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF) e Análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação prevista para a matrícula no curso.
 
A prova escrita será aplicada provavelmente no dia 16 de junho de 2013. Os candidatos aprovados e devidamente matriculados irão iniciar o curso em 03 de fevereiro de 2014.
 
Confira os editais:
 
Edital IE/EA EAOEAR 2014 - Engenheiros
 
Edital IE/EA CADAR 2014 - Dentistas
 
Edital IE/EA CAFAR 2014 - Farmacêuticos

Concurso CANOASPREV - RS

O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais de Canoas (CANOASPREV), no Rio Grande do Sul, divulgou por meio da Fundação La Salle o edital de abertura do concurso público nº 01/2012, que visa o provimento imediato de 15 cargos e a formação de cadastro reserva.
 
O certame vai selecionar profissionais aptos para ocuparem os cargos de Assistente Administrativo (12 vagas, nível fundamental, mais reservas), Advogado, Contador, Médico Clínico Geral e Auditor (uma vaga para cada, mais reservas, com exigência de nível Superior na respectiva área). A remuneração oferecida pode variar de R$ 1.021,81 a até R$ 5.135,67.
 
As inscrições podem ser feitas até 22 de abril de 2013 por meio do site www.fundacaolasalle.org.br/concursos, onde o candidato deverá procurar o link de inscrição e preencher as informações solicitadas, bem como escolher o cargo pretendido. A taxa de participação poderá ser de R$ 45,00 ou R$ 80,00.
 
A prova objetiva será provavelmente aplicada no dia 19 de maio de 2013 e a prova de títulos será direcionada somente aos aprovados na prova objetiva para os cargos de nível superior.
 

UEL (PR) abre processo seletivo para professores colaboradores

A Universidade Estadual de Londrina, Paraná, divulgou o edital de teste seletivo nº 078/2013-PRORH/TS, com o propósito de contratar professores colaboradores (por prazo determinado) com formação nas áreas de Língua inglesa e Prática de ensino de Língua Inglesa, Formação de professor: Língua Inglesa e Literatura de Língua Inglesa, Botânica/Morfologia e Anatomia Vegetal, Química/Química Inorgânica, Linguagens e Tecnologias/Topografia, Medicina/Técnica cirúrgica, Jornalismo/Jornalismo impresso, Fitotecnia/Fruticultura, Estruturas/Concreto, Engenharia civil/Hidráulica e saneamento.
 
As oportunidades são para os Departamentos de Letras Estrangeiras Modernas, Biologia Animal e Vegetal, Química, Geociências, Clínica Cirúrgica, Medicina oral e Odontologia infantil, Comunicação, Agronomia, Estruturas e Construção Civil. Também será formado cadastro de reserva para algumas áreas docentes.
 
As inscrições deverão ser efetuadas no período de 08 a 12 de abril de 2013 na Secretaria do respectivo Departamento, de acordo com a área de interesse do candidato, que deverá estar munido de cópia do RG, CPF, requerimento de inscrição, comprovante de pagamento da taxa de inscrição (disponíveis no site: www.uel.br/prorh) e Curriculum Vitae devidamente comprovado.
 
Também serão aceitas inscrições enviadas via Sedex, que sejam recebidas na Divisão de Protocolo da Universidade Estadual de Londrina até o dia 10 de abril de 2013, devendo o candidato enviar, via email: dsdprorh@uel.br, o comprovante de postagem para confirmação com a respectiva área/subárea. A documentação deverá ser endereçada da seguinte forma:
 
"Universidade Estadual de Londrina
Campus Universitário
A/C Centro/Departamento (de acordo com a área de interesse)
Caixa Postal 10011
Londrina-PR CEP 86057-970"
 
As taxas de inscrição poderão ser de R$ 58,56, R$ 50,92, R$ 101,84 ou R$ 117,12, de acordo com a área de interesse.
 
Para obter mais informações (telefones de contato, formas de avaliação, validade, vencimentos, entre outras), os interessados deverão acessar o edital que trata da área pretendida, acessando a página: http://www.uel.br/prorh/selecao/ts/tsdoc_abertura.php?n_edital=078/2013-PRORH/TS

Cera protege e lubrifica canal auditivo

01457 53263p3 Cera protege e lubrifica canal auditivo
A cera é produzida no terço externo da área cartilaginosa
 do canal auditivo
A cera é substância amarela presente no canal do ouvido e que muitas pessoas insistem em retirá-la com objetos pontiagudos ou com as hastes flexíveis de algodão – hábito totalmente condenado pelos médicos especialistas devido aos grandes riscos de prejudicar os ouvidos. “A cera, ou cerume, termo utilizado pelos profissionais, é secretada no canal auditivo e desempenha um papel importante para a saúde dos ouvidos”, explica a otorrinolaringologista e otoneurologista Rita de Cássia Cassou Guimarães.

O cerume é responsável pela limpeza, lubrificação e proteção do dos ouvidos contra bactérias, fungos e insetos. A cera é produzida no terço externo da área cartilaginosa do canal auditivo. “É uma mistura de secreções oriundas de glândulas sudoríparas apócrinas com líquidos mais viscosos, provenientes das glândulas sebáceas presentes no local”, esclarece a especialista, responsável pelo Setor de Otoneurologia da Unidade Funcional de Otorrinolaringologia do Hospital de Clínicas da UFPR.

Para que o canal auditivo seja limpo a cera é levada para fora, carregando toda a sujeira, pó e partículas existentes no caminho. O movimento da mandíbula auxilia na limpeza, pois a sua ação faz com que os detritos se desgrudem das paredes do ouvido. “Ao tentar retirar o cerume, o indivíduo está criando um ambiente propício ao surgimento de microorganismos capazes de causar infecções e doenças no ouvido, já que a cera tem a função de inibir o crescimento de determinados fungos”, alerta.

A secreção proporciona a lubrificação do canal auditivo à medida que previne coceiras, queimaduras e a dissecação da região. A cera é rica em substâncias lipídicas, encontradas no sebo produzido pelas glândulas sebáceas, proporcionando a lubrificação. “A cera ainda evita a entrada de água nos ouvidos e a deficiência na sua produção pode deixar a pele seca, provocar coceiras ou ainda a descamação do local”, aponta a médica, que também possui o título de mestre em clínica cirúrgica pela UFPR.

O excesso de cerume também é prejudicial, mas é preciso atenção – apenas os médicos podem fazer a limpeza do canal auditivo, pois possuem os equipamentos necessários e o conhecimento técnico que evita qualquer lesão. “O excesso de cera pode pressionar o tímpano, obstruir o canal auditivo externo, o que provoca dificuldades para ouvir, pois impede a entrada adequada do som. Neste caso deve-se procurar um otorrinolaringologista para uma avaliação e indicação de tratamento”, observa.

Fonte Corposaun

A limpeza do ouvido requer cuidados especiais

O excesso de limpeza dos ouvidos aumenta o risco
de um acidente com a haste
Muitas pessoas passam horas em piscinas ou no mar para se refrescar no calor. Porém, de acordo com o cirurgião otorrinolaringologista, chefe da equipe do Hospital Iguaçu, Dr. Maurício Buschle, é necessário ter alguns cuidados especiais com os ouvidos. “O contato com a água da piscina ou do mar faz com que se produza mais cera, além de dar uma sensação de ouvido entupido”, explica.

É neste momento que as hastes com algodão (popularizado por cotonete), usadas para higiene pessoal, costumam causar polêmica entre médicos e pacientes. “Quando usado na parte interna, além do risco de lesões, estará empurrando a cera para o interior. Porém, dependendo de como é usado e os cuidados com o manuseio, garantem a limpeza correta do ouvido, sem machucar”, esclarece o Dr. Buschle. A regra básica para a higiene do ouvido é usar a hasta de algodão para a limpeza apenas da parte externa da orelha. Outra maneira de fazer a limpeza é com uma toalha, especialmente após o banho.

Não é necessário usar o apetrecho diariamente. O excesso de limpeza dos ouvidos aumenta o risco de um acidente com a haste, como uma escoriação ou até a ruptura do tímpano, podendo causar perda de audição. “Além disso, a cera é uma secreção protetora e até bactericida, sem a qual estaremos mais propensos a infecções de ouvido externo”, afirma o especialista. Em crianças, assim como em adultos, não se deve nunca introduzir cotonetes ou outros objetos nos ouvidos. A limpeza deve ser feita com uma toalha macia na parte externa do conduto auditivo e nas orelhas.

Infecções
As infecções de ouvido comuns no verão são as otites externas por excesso de contato com água, que muitas vezes estão contaminadas. Já no inverno, em decorrência das gripes e resfriados, a infecção mais comum é a otite média aguda. “Essa infecção ataca principalmente as crianças, que apresentam febre, dores de ouvidos, perda de audição transitória, além dos sintomas iniciais da gripe e nariz trancado com secreção”, enfatiza o Dr. Buschle.

Fonte Corposaun

Pé diabético exige cuidados especiais

O diabetes é uma doença que pode causar muitos problemas nos pés, inclusive a amputação. Para que isso não ocorra é necessário o controle da glicemia através da dieta e da ingestão de insulina ou hipoglicemiantes orais.
 
A limpeza diária dos pés e o tratamento precoce das lesões também são fundamentais. Mais de 120 milhões de pessoas no mundo são portadoras de diabetes Mellitus e muitas têm úlcera no pé.
 
Das amputações de membro inferior não traumática realizadas nos Estados Unidos 50% delas são feitas em pacientes diabéticos.
 
Recente estudo do Ministério da Saúde de monitorização de amputações de membros inferiores revelou que no Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense a incidência de amputações de membro inferior é de 180/100.000 diabético em relação de 13,8/100.000 habitantes. O risco é 13 vezes maior do que nos não diabéticos.
 
 
A úlcera é a responsável por 85% das amputações, e a gangrena em 50-70%. O estudo revelou que na maioria das amputações de membro inferior há uma combinação de isquemia e infecção. Cerca de 80-90% das úlceras são causadas por uso de sapatos inadequados.
 
Em 70-100%, as lesões apresentam sinais “evidentes” de neuropatia (alterações nos nervos), e apenas 10% delas são puramente vasculares. O estudo mostrou também que o paciente diabético portador de doença vascular periférica tem 17 vezes mais probabilidade de desenvolver gangrena do que um não diabético.
 
Os cuidados que o diabético deve ter com seus pés para evitar os transtornos acima são: lavar pés e dedos diariamente e secá-los bem; observá-los se têm bolhas, cortes, calosidades e possíveis áreas de infecção; nunca usar bolsa de água quente ou compressa nos pés; usar sapatos confortáveis; não usar sapatos sem meias; não usar fitas adesivas ou esparadrapo nos pés; evitar andar descalço mesmo dentro de casa; cortar as unhas de modo reto sem fazer pontas afiadas nos cantos; não usar produtos químicos para retirar calos; tratar os pés com um podólogo especializado em pés diabéticos.
 
Fonte Corposaun

Clareamento dentário realizado sem orientação pode trazer danos irreversíveis

O clareamento é indicado para pessoas acima de 16 anos e os
resultados podem variar de acordo com cada paciente
Produtos vendidos em farmácias causam hipersensibilidade nos dentes e inflamação na gengiva
 
Os clareadores dentais necessitam apenas do registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para serem vendidos em farmácias. Porém, se utilizados sem a orientação profissional, podem resultar em manchas, hipersensibilidade e inflamações em toda arcada dentária. Segundo o odontólogo Davi Ceolin, especializado em Dentística e Periodontia, os clareadores são vendidos em concentrações variadas e o Peróxido de Carbamida – substância que compõe o gel usado nestes casos – precisa ser administrado de acordo com as necessidades de cada paciente.

— Um gel com forte concentração pode ser doloroso para pessoas que já possuem sensibilidade nos dentes, além de acentuar este quadro. Outro fator é que a substância pode vazar do molde e entrar em contato com a boca, o que causa perda da gengiva entre os dentes e a retração do local, deixando a raiz à mostra — comenta.

No dentista
No consultório, existem duas técnicas seguras de clareamento: o chamado 'caseiro' – que parte do procedimento é realizado pelo próprio paciente, conforme orientações – e o a laser. O primeiro tem o mesmo princípio dos produtos vendidos sem orientação de um dentista, porém com uma moldeira feita sob medida para o paciente e a concentração de gel indicada pelo profissional para cada caso.

— Em algumas situações, a pessoa nem pode realizar o clareamento, porque possui restaurações, machucados na gengiva ou mesmo alergia à substância — observa Ceolin.

Já o método a laser é indicado para quem espera um resultado mais rápido. Enquanto o procedimento feito por luz proporciona um efeito imediato, o tratamento caseiro leva no mínimo três semanas.

Manutenção
O resultado dos tratamentos dura em média dois anos, desde que o paciente tome alguns cuidados como evitar o consumo de refrigerantes, café, molhos de tomate e o hábito de fumar durante o tratamento. Escovar os dentes após cada refeição e voltar ao consultório a cada seis meses também auxiliam na manutenção do procedimento. Segundo Ceolin, os pacientes precisam saber que ambos os métodos podem causar sensibilidade dentária temporária, principalmente nos tratamentos à luz.

— É comum um aumento na sensibilidade dos dentes, porém ela não é permanente e o uso de cremes dentais específicos e anti-inflamatórios sob orientação do dentista solucionam o problema.

Indicação
O clareamento dentário é indicado para pessoas acima de 16 anos e os resultados podem variar de acordo com cada paciente. Para quem tem manchas acinzentadas ou de cor marrom, causadas pelo uso do antibiótico Tetraciclina ou por tratamentos de canal, devem procurar um procedimento específico. Fumantes e gestantes também não devem realizar estes métodos de clareamento.
 
Fonte Diário CAtarinense

Hipertensão pode triplicar os riscos de doenças cardiovasculares

População muitas vezes não tem conhecimento sobre os reais
 impactos da doença na circulação sanguínea
Problema que atinge mais de 17 milhões de brasileiros é uma das principais causas de infarto no país
 
Uma das principais causas de infarto no Brasil, a hipertensão arterial — mais conhecida como pressão alta — pode triplicar os riscos de complicações e doenças cardiovasculares. Segundo pesquisas do Ministério da Saúde, mais de 17 milhões de brasileiros são hipertensos. Atualmente, 63,2% das pessoas com 65 anos ou mais sofrem de hipertensão, enquanto 14% da população de até 34 anos é atingida. Constatou-se também que a ocorrência de hipertensão é mais comum no sexo feminino, acometendo 27,2% das mulheres e 21,2% dos homens brasileiros.
 
Apesar dos altos números, a população muitas vezes não tem conhecimento sobre os reais impactos da doença na circulação sanguínea.
 
— A hipertensão arterial é caracterizada pela constante elevação dos valores sistólicos (pressão máxima) ou diastólicos (pressão mínima) da pressão arterial medida em condição de repouso — explica o Dr. Marcelo Cantarelli, cardiologista intervencionista e coordenador da campanha Coração Alerta da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI).
 
Segundo Cantarelli, a falta de controle da hipertensão pode levar a acontecimentos muitas vezes fatais:
 
— A pressão alta não controlada ao longo do tempo pode levar ao infarto do miocárdio, ao acidente vascular cerebral, à insuficiência renal e à dissecção de aorta.
 
No caso do infarto, o cardiologista fala sobre o fator de risco:
 
— A hipertensão oferece alto risco para o desenvolvimento de obstruções nas coronárias que podem levar ao infarto do miocárdio. Além disso, a elevação da pressão arterial aumenta o trabalho do coração, o que pode agravar um quadro de angina ou infarto.
 
Para os hipertensos, o período da manhã é o que oferece mais riscos para a ocorrência de um infarto agudo do miocárdio. Estatisticamente, o infarto tem maior índice de acontecimento neste horário.
 
— Caso a pessoa não esteja com a pressão arterial adequadamente controlada, suas medidas costumam ser mais elevadas pela manhã e também no início da noite — salienta o médico Marcelo Queiroga, presidente da SBHCI.
 
A fim de evitar os riscos ocasionados pela pressão arterial elevada, o hipertenso deve tomar algumas medidas de prevenção descritas pelo especialista:
 
— A principal medida é manter a pressão controlada com o uso adequado dos medicamentos, dieta com pouco sal e atividade física regular. Além disso, deve-se cuidar dos outros fatores de risco como colesterol elevado, diabetes, obesidade, stress, tabagismo e sedentarismo.
 
Fonte Zero Hora

Os cuidados que garantem a eficácia da pílula anticoncepcional

É importante respeitar o intervalo recomendado entre o fim de
uma cartela e o início de outra
Consumo excessivo de bebidas alcoólicas, diarreia ou vômito comprometem sua função
 
Mesmo sendo um dos métodos contraceptivos mais eficientes e famosos do mundo, a pílula ainda exige alguns cuidados. Ingerir o comprimido em horários irregulares ou esquecer-se de tomar são fatores que diminuem a eficácia do contraceptivo. Para evitar surpresa, é necessário incluir o medicamento à sua rotina e seguir todas as orientações médicas. Segundo a ginecologista e obstetra Erica Mantelli, para que a pílula seja de fato eficaz e não apresente falhas é preciso tomar todos os comprimidos da cartela sempre no mesmo horário.

— A pílula anticoncepcional age no organismo feminino inibindo a produção natural de hormônios, e consequentemente inibe a ovulação. Além disso, altera a camada interna do útero, impedindo a implantação do embrião e tem a capacidade de alterar a movimentação do óvulo nas trompas e no muco vaginal, comprometendo a passagem dos espermatozoides nas paredes vaginais — explica.

No entanto, antes de começar a usar qualquer método anticoncepcional, é imprescindível procurar um médico para ser examinada e apenas o especialista pode indicar o melhor método para o seu caso. A pílula anticoncepcional oral é composta de uma pequena quantidade de hormônios iguais aos produzidos pelos ovários. Apesar de ser um excelente método apresenta muitas contra-indicações e o uso sem acompanhamento médico pode colocar a saúde em risco.

Os anticoncepcionais podem ser encontrados em cartelas contendo de 21 a 28 comprimidos, sendo que os de 28 são de uso contínuo, ou seja, sem interrupções. Já as cartelas com 21 comprimidos oferecem uma pausa de uma semana. Nesse período, normalmente, a mulher menstrua. Uma nova cartela deve ser iniciada no oitavo dia do sangramento, independente dele ter cessado ou não. Existem também cartelas com 24 comprimidos e pausa de quatro dias.

É importante respeitar o intervalo recomendado pelo médico entre o fim de uma cartela e o início de outra para que o método funcione de maneira satisfatória. Para que sua eficácia seja próxima de 100% é necessário atentar-se ao que pode interferir no funcionamento da pílula. A ginecologista revela os principais fatores que não devem ser ignorados:

— O consumo excessivo de bebidas alcoólicas, e casos de diarréia ou vômito após a ingestão da pílula comprometem totalmente sua eficácia. Há ainda medicamentos que cortam o efeito da pílula no organismo. Na dúvida, procure sempre o ginecologista para esclarecer todas as dúvidas — alerta.

A eficiência da pílula pode ser diminuída por:

Esquecer-se de tomar uma ou mais vezes.

Atraso em começar nova cartela.

Má absorção gastrointestinal devido ao vômito ou diarreia.

Interação com outros medicamentos que diminuem os níveis de estrogênio ou progesterona.

Esqueci de tomar a pílula, e agora?
Um dos problemas mais comuns no uso dos anticoncepcionais orais é o esquecimento. Se isso acontecer, não é preciso entrar em desespero.

— O ideal é tomar a pílula esquecida imediatamente, assim que lembrar. Caso a pílula do dia anterior tenha sido lembrada no momento da próxima a ser tomada, ingira as duas ao mesmo tempo — afirma a ginecologista.

Se houver transcorrido mais de 12 horas a proteção contraceptiva pode estar reduzida neste ciclo. As orientações devem se basear na semana que ocorreu o esquecimento da pílula:

• Esquecimento na primeira semana:Tomar a cápsula assim que se lembrar, mesmo que tenha que tomar duas simultaneamente, e continuar o restante da cartela como de costume. Deve adicionar por sete dias um método de barreira para proteção de gravidez indesejada (camisinha masculina ou feminina).

• Esquecimento na segunda semana:Tomar a pílula assim que lembrar, mesmo que tenha que tomar duas simultaneamente, e continuar o restante da cartela como de costume. Se não esquecer mais nenhuma pode terminar a cartela normalmente. Se houver novo esquecimento, deve ser adicionado método de barreira.

• Esquecimento na terceira semana:Ao se aproximar do fim da cartela, o risco de falha do método (e possibilidade de gravidez) fica cada vez maior. Se ocorrer esquecimento na terceira semana, a drágea esquecida deve ser tomada assim que lembrada e terminar a cartela normalmente, porém não deve ser realizada a pausa entre as cartelas e a mulher deve iniciar a cartela nova assim que tomar a última drágea da cartela anterior.

Em caso de distúrbios gastrointestinais como diarreia e vômitos a absorção fica prejudicada. Se isso ocorreu até 4 horas da ingestão da pílula a mulher deve tomar uma nova drágea.

E os efeitos colaterais?
Sangramento, ganho de peso, dor de cabeça e inchaço podem ocorrer com o uso de alguns tipos de pílula. Cada organismo reage de uma maneira, e em algumas mulheres pode provocar emagrecimento, em outras, ganho de peso. Também pode ocorrer uma redução do fluxo menstrual, mastalgia, aumento no tamanho dos seios, varizes, náuseas e alterações na menstruação.

Contra-indicações
Embora seja um excelente método anticoncepcional as pílulas apresentam uma série de contra-indicações que devem ser respeitadas para não prejudicar a saúde da mulher. Dentre as principais destacam-se: história de trombose, embolia pulmonar, infarto, hipertensão arterial grave, diabetes, histórico de acidente vascular cerebral (derrame), enxaqueca, doenças do fígado ou pâncreas, tumores, suspeita de gravidez e sangramento vaginal não diagnosticado. Mulheres tabagistas e com idade acima de 35 anos também se encontram no grupo de risco de complicações.

Outros benefícios do anticoncepcional
Além de evitar a gravidez, os anticoncepcionais apresentam outros benefícios como regular o ciclo menstrual, diminuir a cólica menstrual, diminui a dor nas mamas, diminuir o inchaço, melhorar a tensão pré-menstrual, melhorar a pele e cabelo, diminuir a acne e podem ser usados no tratamento de cistos de ovário.

Pílula: uma amiga da mulher
Se o anticoncepcional for usado de maneira correta, pode proporcionar diversos benefícios para a mulher. Por isso, é importante consultar um ginecologista para que indique a pílula certa para você. Veja alguns cuidados na hora de tomar:

Não use a mesma pílula prescrita para a sua irmã ou amiga, sem orientação médica. Somente um médico pode dizer a marca e o tipo que melhor se adapta a você.

Se tomada de forma correta, a pílula começa a fazer efeito a partir do primeiro dia de uso.

Siga as orientações do seu médico sobre em que dia do seu ciclo você deve iniciar o tratamento. Este dia varia de acordo com a dosagem de hormônios do produto.

Se informe sobre os efeitos colaterais que a pílula que você usa pode causar. A maioria das mulheres não sente nenhuma alteração, mas algumas podem ter sintomas como: dor de cabeça constante, náuseas, aumento de peso, entre outros.

Durante a pausa entre uma cartela e outra, a contracepção continua valendo.

Lembre-se: a pílula anticoncepcional protege apenas da gravidez. Portanto, pode e deve ser associada à camisinha para evitar o contágio de doenças sexualmente transmissíveis.
 
Fonte Diário Catarinense

Aprenda os cuidados na hora de comprar ovos de chocolate e pescados

Aprenda os cuidados na hora de comprar ovos de chocolate e pescados Luiz Armando Vaz/Agencia RBS
Foto: Luiz Armando Vaz / Agencia RBS
Peixes frescos devem estar úmidos, firmes e sem manchas
Evite riscos de intoxicação alimentar na hora de consumir ovos de Páscoa, bacalhau e peixe fresco
 
Durante a Semana Santa e a Páscoa, a presença de peixes e chocolates aumenta na dieta dos brasileiros. Estima-se que mais de 80 milhões de ovos de chocolates serão consumidos na Páscoa deste ano. Por sua vez, a indústria da pesca prevê comercializar três vezes mais peixes do que em outras épocas.
 
Para evitar complicações de saúde, o consumidor deve tomar cuidados desde o momento da compra até o preparo dos alimentos. Ações simples, como observar se os ovos de Páscoa estão armazenados em locais frescos e arejados e se as embalagens não têm furos ou amassados, podem evitar contaminações e infecções alimentares indesejadas.
 
— É a embalagem que protege os ovos de chocolate de insetos e de contaminação — reforça o biomédico Roberto Martins Figueiredo, mais conhecido como Dr. Bactéria.
 
Ao optar por ovos, bombons ou colombas de fabricação caseira, o consumidor deve solicitar degustação do produto antes da compra. Os fornecedores de produtos artesanais devem seguir as mesmas regras de comercialização dos industrializados. Para evitar surpresas desagradáveis, outro ponto que deve ser conferido é a consistência do ovo de Páscoa.
 
— Se o chocolate amolece, ocorre a separação da gordura e ele acaba adquirindo coloração esbranquiçada e odor desagradável — alerta o especialista.
 
Cuidados ao comprar peixes
Com relação aos peixes congelados, a dica é verificar se estão firmes e sem sinal de descongelamento, como o acúmulo de líquidos.
 
— Gelo ou muita água indicam que o balcão foi desligado ou teve sua temperatura diminuída temporariamente — ensina o biomédico.
 
O produto congelado deve ser conservado sempre a temperaturas inferiores a 18 graus negativos. O resfriado, abaixo de zero grau.
 
É necessário verificar a indicação de temperatura para conservação, data de acondicionamento e prazo de validade no rótulo, além do registro no órgão de fiscalização competente, que podem ser os carimbos do S.F.I. (Serviço de Inspeção Federal) ou S.I.M. (Serviço de Inspeção Municipal).
 
No caso de peixes frescos, o consumidor deve checar se eles estão úmidos, firmes e sem manchas.
 
— Peixes deterioram-se mais rapidamente do que outros tipos de carne — lembra o especialista.
 
Verifique se a barriga está firme a pressão dos dedos, os olhos brilhantes e salientes e as escamas bem presas ao corpo. Evite comprar peixes em postas ou filés, pois nessas condições não é possível avaliar as caraterísticas necessárias para a boa qualidade do produto.
 
Bacalhau sem riscos
Para quem não abre mão do bacalhau, existem orientações específicas na hora da compra e do dessalgamento. O processo de retirada do sal deve ser feito sempre dentro da geladeira. A quantidade de água deverá ser sempre na proporção de 3 litros de água para cada 1 kg de bacalhau. Para postas pequenas, a troca de água deve ser feita de 6h em 6h, durante 24-30h. Postas médias devem ficar de molho de 30 a 36 horas, com trocas de 6h em 6h. As largas precisam ficar imersas de 36 a 42 horas antes do preparo.
 
Se dessalgado fora da geladeira, em temperatura ambiente, o bacalhau vai exalar forte cheiro, podendo pré-cozinhar e até estragar, principalmente nos dias mais quentes.
 
— Em temperatura ambiente, o Stapylococcus aureus (bactéria que cresce em altas concentrações de sal) pode aproveitar a água parada para crescer e produzir uma toxina que pode causar diarreia, vômitos e fraqueza .
 
Fonte Zero Hora

Anvisa pede cautela em uso de remédio contra osteoporose

O médico deve avaliar, caso a caso, se vale a pena prolongar para além de três anos o uso dos bisfosfonatos no combate à osteoporose.
 
É o que alerta um boletim elaborado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) com base em estudos clínicos e de casos internacionais que avaliaram o uso desses medicamentos por mulheres na pós-menopausa.
 
Por conta da redução na produção de estrogênio após a menopausa, estima-se que a osteoporose atinja um pouco menos de 20% das mulheres com 50 anos ou mais.

Entre os homens, as taxas estimadas não passam de 6%, descreve o boletim.
 
O trabalho não questiona o benefício dos bisfosfonatos -remédios mais usados contra a doença- de forma geral, mas alerta que não há garantias de efetividade da droga após uso prolongado.
 
"Não há evidência clara de benefício pelo uso além de três anos e há relatos de eventos adversos desagradáveis, apesar de pouco frequentes", diz Márcia Fernandes, técnica da agência que trabalhou na produção da análise.
 
Um desses eventos adversos é a fratura atípica (por exemplo, no meio do fêmur). Já as fraturas nas vértebras e no fêmur na altura da virilha são tidas como típicas em pacientes com osteoporose.
 
As conclusões da Anvisa vão na mesma linha do relatório divulgado, em setembro de 2011, pela FDA (agência americana que regula remédios e alimentos). À época, a agência afirmou que os bisfosfonatos só tinham benefícios comprovados na prevenção de fraturas até três anos. E informou que, após o quinto ano, não havia mais melhoria na densidade óssea.
 
Manter ou não
O alerta que faz o boletim da Anvisa já é de conhecimento dos especialistas brasileiros. Eles, no entanto, acham que o estudo pode ser um aviso importante aos não especialistas que tratam pacientes com osteoporose.
 
"Tem muita gente usando bisfosfonato há bastante tempo. Os especialistas sabem [do alerta], os generalistas não. E tem muito generalista tratando osteoporose", diz Bernardo Stolnick, vice-presidente do comitê de doenças osteometabólicas da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia).
 
Para decidir manter, suspender ou trocar de droga é preciso avaliar questões como o passado de fraturas e o aumento da massa óssea, diz Sebastião Radominski, coordenador da comissão de osteoporose da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
 
"Há pacientes que, três ou quatro anos depois, continuam com altíssimo risco de ter uma fratura comum, que não aumentaram a massa óssea. Não tenho dúvida [de que ele deve manter o uso]. Porque, assim, você evita 240 fraturas típicas frente a uma atípica que poderia ocorrer", diz.
 
Stolnick lembra que há remédios que servem de alternativa aos bisfosfonatos, como o ranelato de estrôncio.
 
"É uma excepcional alternativa para quem usou o bisfosfonato e tem que parar após três ou cinco anos." Em fevereiro, o uso da substância foi aprovado no país para o tratamento de homens.
 
 
Ed. de arte/Folhapress
REMÉDIO NA MIRA Revisão de estudos feita pela Anvisa coloca em xeque o uso prolongado de um dos principais medicamentos contra osteoporose
REMÉDIO NA MIRA Revisão de estudos feita pela Anvisa coloca em xeque o uso prolongado de um dos principais medicamentos contra osteoporose
 
Fonte Folhaonline