Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 18 de novembro de 2014

Saiba como o gengibre pode acabar com o seu mau hálito

O gengibre é eficiente no combate ao mau hálito e problemas
 respiratórios e ainda acalma a garganta e clareia a voz
Em forma de chá, suco, bala, picado ou em pó, o gengibre é um adstringente natural que combate a halitose e ainda alivia a voz
 
Para aqueles que estão sempre em busca de práticas para deixar a boca ainda mais limpa e o hálito mais fresco, existem alguns alimentos naturais que podem ser grandes aliados da saúde bucal. O gengibre, por exemplo, é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e “clareia” a voz.  
 
“O gengibre ajuda a combater o mau hálito, pois atua como um adstringente natural, estimulando alguns processos digestivos por fazer parte da categoria dos alimentos antioxidantes e anticoagulantes”, diz Mariana Pereira Alves, coordenadora do CETH (Centro de Excelência no Tratamento da Halitose) do Espírito Santo.  
 
Levando em conta seu poder antisséptico, o gengibre também pode ser usado em forma de xarope (para fazer gargarejos) ou em pequenos pedaços (para serem mastigados) para deixar o hálito mais limpo e fresco e eliminar irritações na garganta. 
 
Mas Mariana alerta que, embora alivie o cheiro ruim da boca, o gengibre não pode substituir uma boa higiene bucal. “O gengibre age mais como uma tática emergencial, disfarçando o mau hálito, pois o ideal é fazer uma higiene bucal adequada, incluindo fio dental, escovação dos dentes, limpeza da língua e, se possível, o uso de um enxaguante bucal a base de dióxido de cloro”, diz a especialista. 
 
Terra

Laboratórios Merck e Pfizer desenvolvem tratamento contra câncer

As companhias farmacêuticas alemã Merck e americana Pfizer desenvolverão e comercializarão juntos um tratamento de anticorpos contra o câncer, o Anti-PD-L1
 
A Merck informou nesta segunda-feira que assinou um contrato com a Pfizer para iniciar no próximo ano até 20 programas de desenvolvimento clínico de imunologia oncológica.
 
O Anti-PD-L1 da Merck poderá ser utilizado no tratamento de diferentes tipos de tumores.
 
O objetivo da aliança é impulsionar a presença de ambas as empresas na imunologia oncológica.
 
O laboratório Merck receberá um pagamento por antecipação de 680 milhões de euro e de mais 1,6 bilhão de euros quando forem atingidos alguns resultados comerciais e superadas barreiras reguladoras.
 
Ambas as companhias distribuirão os custos de desenvolvimento e de introdução no mercado do Anti-PD-L1, assim como a receita de sua venda.
 
"Mediante a colaboração mundial com a Pfizer nos beneficiamos da força e perícia de ambas as empresas em oncologia imunológica e podemos impulsionar nosso promissor anticorpo para o tratamento de pacientes de câncer com diferentes tipos de tumor", explicou a presidente da divisão farmacêutica da Merck, Belém Garijo.
 
Além disso, a parceria permite uma entrada mais rápida no mercado de oncologia americano, segundo Garijo.
 
As duas empresas também trabalharão de forma conjunta para que o anticorpo Anti-PD-1, da Pfizer, passe para a primeira fase de teste. Além disso, a Merck comercializará o medicamento contra o câncer de pulmão da Pfizer, o XALKORI, nos Estados Unidos e em outros mercados.
 
EFE / Terra

Afogamento, uma das maiores causas de morte evitável no mundo, segundo OMS

Os afogamentos são uma das principais causas de morte evitáveis no mundo, com 372.000 óbitos ao ano, destaca nesta segunda-feira um informe da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pede a adoção de medidas de prevenção, sobretudo para os jovens
 
Mais da metade dos mortos é de menores de 25 anos e a maior taxa de afogados entre os meninos ocorre em menores de cinco anos, acrescentou o informe.
 
Os esforços para reduzir a mortalidade infantil revelaram causas de mortes que "permaneciam ocultas", destaca a doutora Margaret Chan, diretora-geral da OMS. "O afogamento é uma delas. É uma forma de morrer que pode ser evitada. Os governos nacionais e locais devem implantar iniciativas para aplicar as simples medidas de prevenção, articuladas pela OMS".
 
Mais de 90% dos afogamentos ocorrem em países com renda baixa e média, e as maiores taxas são observadas nas regiões da África, do sudeste asiático e do Pacífico ocidental. Nestas duas últimas regiões ocorrem mais da metade dos afogamentos.
 
Na África, são registradas taxas de mortalidade por afogamento de 10 a 13 vezes superiores que a de países europeus, como Reino Unido e Alemanha.
 
As autoridades locais deveriam, entre outras coisas, instalar barreiras para controlar o acesso à água, ensinar fundamentos de natação às crianças e noções de salvamento aos adultos, recomendou a OMS. Em nível estadual, a organização pede o estabelecimento de regras mais rigorosas para o transporte fluvial de passageiros.
 
Os países ricos não estão livres deste problema. Nos Estados Unidos, por exemplo, estima-se que os afogamentos no litoral custem 273 milhões de dólares por ano, segundo a OMS.
 
AFP / Terra

Casal pode trocar 80 milhões de bactérias durante beijo

Pesquisa holandesa diz que beijar ajuda casais a fortalecerem os sistemas imunológicos juntos e combaterem mesmas doenças de forma mais eficaz
 
Que ao beijar duas pessoas trocam saliva e obviamente bactérias, isso todo mundo sabe. Mas o que os cientistas acabaram de descobrir é que isso, além de bom, faz muito bem para a saúde! Uma pesquisa holandesa concluiu que durante um beijo de dez segundos são trocadas 80 milhões de bactérias que, no fim das contas, ajudam a melhorar o sistema imunológico do organismo e combater doenças. 
 
Como? Estes germes ingeridos de outras pessoas ajudam o corpo a se preparar e lutar de forma mais eficiente contra doenças futuras. Isso porque os humanos têm trilhões de bactérias no corpo que juntas compõem a microbiota, conjunto fundamental que mantém em bom funcionamento os sistemas digestivo e imunológico. Após analisarem 21 casais se beijando, concluíram que o ato é uma forma evolutiva de justamente trocar esta microbiota e garantir uma cumplicidade no combate às infecções.
 
"Beijar intimamente com contato de língua e saliva é um comportamento comum em quase 90% das culturas conhecidas. A explicação para isso existir inclui essa troca de bactérias que existem na cavidade oral", explica Remco Kurt, responsável pelo Netherlands Organisation for Applied Scientific Research.
 
Segundo ele, quanto mais um casal se beija mais ele troca bactérias e, consequentemente, altera a sua microbiota, dando origem à um conjunto mais parecido possível com o do parceiro. Isso significa que pessoas que se beijam ao menos nove vezes por dia têm características similares nessa região e estão igualmente preparadas para digerir os mesmos alimentos e combater as mesmas doenças.
 
Os cientistas explicam ainda que estes resultados vêm justamente provar que o excesso de preocupação com higiene da sociedade moderna é que causou um enorme crescimento de alergias e problemas de saúde. O excesso de casos de asma, por exemplo, muito se deve à exposição insuficiente aos germes que muita gente vive no dia a dia.
 
O professor Graham Rook, imunologista da Universidade de Londres, vai além nesta causa e afirma que as pessoas deviam eventualmente comer alimentos que caíram do chão, ter um cachorro e beijar os pais como algumas das formas mais eficientes de evitar as alergias. Ele diz que o corpo vive em "constante sistema de alerta" justamente porque não está acostumado a viver bem com germes.
 
"Quando o corpo não exige que o sistema imunológico seja usado, ele é desligado completamente".
 
Terra

Projeto de lei que cria programa estadual de prevenção ao aborto causa controvérsia

Simone Marinho/ Arquivo: Fachada do Palácio Tiradentes: Alerj deve
votar nesta terça projeto que cria Programa Estadual de Prevenção ao
 Aborto e Abandono de Incapaz
Proposta que prevê ‘casas de apoio à vida’ deve ser votada em primeira discussão na Alerj, nesta terça
 
Rio - Um projeto de lei que estabelece o Programa Estadual de Prevenção ao Aborto e Abandono de Incapaz e autoriza o Executivo a criar “casas de apoio à vida” é alvo de críticas de grupos de defesa dos direitos das mulheres. O PL número 416/2011, de autoria de 13 deputados estaduais, está previsto para ser votado em primeira discussão, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), nesta terça-feira. Se for aprovado, volta ao plenário em segunda discussão, sem data prevista. Semana passada, a proposta foi colocada na ordem do dia da assembleia em regime de “tramitação ordinária”, na quarta-feira. No entanto, não houve quórum para votação do programa, que já recebeu parecer contrário da Comissão de Bioética e Biodireito da OAB-RJ, questionando a sua constitucionalidade.
 
De acordo com o texto do projeto, em casos de estupro, gravidez indesejada ou acidental, “em que a mulher não dispor de meios e apoio para uma gestação segura”, o poder público deverá oferecer assistência social, psicológica e pré-natal. Além disso, a mãe deve ser orientada e encaminhada aos procedimentos de adoção, se for sua vontade. A proposta prevê ainda que o atendimento, acompanhamento e auxílio às gestantes seja realizado em “casas de apoio à vida”, onde trabalharão assistentes sociais, psicólogos e médicos. Segundo o projeto, o objetivo é “fomentar o apoio a mulheres grávidas com dificuldades econômicas e sociais” e buscar “erradicar ou eliminar substancialmente a prática do crime (de aborto)”.
 
Ex-subsecretária estadual de Políticas Para as Mulheres e consultora do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), a socióloga Adriana Motta lista uma série de críticas ao projeto de lei. Segundo ela, a proposta é desnecessária, uma vez que o governo estadual não depende de autorização da Alerj para criar os instrumentos idealizados pelos deputados e que políticas citadas pelo projeto - como o pré-natal - já são previstas por leis e normas já existentes. Além disso, afirma Adriana, o PL não prevê de onde virão as verbas que vão financiar o programa e a criação das casas e interfere de forma abusiva na vida das mulheres.
 
- Por trás do discurso de defesa da vida, há uma grave intervenção no âmbito particular das famílias, incidindo mais na vida das mulheres. O projeto desconsidera a legislação federal que diz respeito ao aborto, com previsão de alguns casos (por estupro, ameaças à vida materna e anencefalia fetal) em que a prática não é crime - avalia. - Temos de estar atentos ao crescimento de uma bancada fundamentalista, que é a mesma que se opõe ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, por exemplo.
 
Procurados, os deputados Átila Nunes (PSL) e Myrian Rios (PSD), não responderam à solicitação de entrevista.
 
O Globo

Pacientes aguardam mais de 24h por exame e internação em hospital de SP

Flagrante foi feito no Hospital Dante Pazzanese, referência em cardiologia.  Secretaria diz que demora ocorre por causa de reforma em pronto-socorro
 
Pacientes esperavam mais de 24 horas, nesta segunda-feira (17), para exame e internação no pronto-socorro do Hospital Dante Pazzanese, uma referência nacional em cardiologia. A unidade é administrada pelo governo do estado e fica na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo.
 
O Bom Dia São Paulo entrou na espera do pronto-socorro e filmou com o celular a situação dos pacientes. Muitos contaram que tinham acabado de sofrer um infarto. E, mesmo assim, esperaram horas, sentados, e em jejum.
 
As cadeiras da sala de espera eram disputadas no fim da tarde desta segunda. Um homem se preparava para passar a segunda noite aguardando um exame de cateterismo. E não era o único paciente que estava em jejum. Outro homem esperava a terceira cirurgia cardíaca.
 
Uma idosa de 93 anos só conseguiu a maca depois de 30 horas de espera sentada em uma cadeira. A mulher que a acompanhava contou que a paciente sofreu um infarto e aguardava um exame. Pelo menos 15 pessoas aguardavam leito, internadas no pronto-socorro, nesta segunda. Alguns em macas pelos corredores, outros nas cadeiras mesmo.
 
A Secretaria de Estado da Saúde, responsável pelo Instituto Dante Pazzanese, disse, em nota, que a demora no atendimento se deve à uma reforma no pronto-socorro. Essa reforma vai abrir 62 novos leitos, totalizando cem vagas na emergência. As obras devem durar mais um ano.
 
A secretaria disse também que o instituto prioriza os casos graves e nenhum paciente deixa de ser atendido. E que cerca de 80% dos atendimentos no Dante são de baixa complexidade, e deveriam ser tratados em Unidades Básicas de Saúde (UBS).
 
G1

Use a dieta para prevenir câncer de próstata

Beber cinco xícaras de chá verde diariamente pode
ajudar a diminuir em 50% o risco de desenvolvimento
do câncer de próstata
Sete alimentos que não podem faltar à mesa do homem saudável
 
A preocupação aumenta com a chegada da idade. Até os homens que reclamam de ir ao médico acabam cedendo e aceitam o exame de toque retal, usado para fazer o diagnóstico precoce do câncer de próstata. Mesmo assim, a doença ainda é uma grande ameaça à saúde masculina, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer ? só perde para o câncer de pulmão no número de mortes provocadas anualmente.

Mas a prevenção pode começar bem antes dos 45 anos, idade em que o homem deve começar a fazer consultas anuais com o urologista. "Há alimentos que previnem o câncer de próstata e outros que podem influenciar o aparecimento da doença, em pacientes com pré-disposição a ela", afirma o nutrólogo Celso Cukier, do Hospital São Luiz.

Fazer uma dieta seletiva, portanto, é fundamental para a saúde do aparelho reprodutor. A melhor parte dessa história? "Existem opções muito saborosas, disponíveis no dia a dia, indicadas para prevenir o câncer na próstata, não são alimentos difíceis de encontrar", diz o nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Médica Brasileira de Nutrologia.
 
Os dois especialistas mostram a seguir quais são os itens indispensáveis na mesa do homem saudável:
 
Leite
O leite é uma ótima fonte de vitamina D e cálcio, substâncias que ajudam no processo de apoptose (autodestruição de células que não estão funcionando bem, característica das células cancerígenas). Além disso, essas sustâncias melhoram o funcionamento do sistema imunológico, ajudando a combater doenças. "Consumir até 500 ml de leite por dia realmente ajuda a afastar o câncer de próstata", diz o nutrólogo Roberto Navarro.

Mas, se consumidos em excesso, o leite e seus derivados podem ter o efeito contrário, aumentando as chances desse tipo de câncer. De acordo com um estudo feito pela Universidade de Harvard, consumir mais do que meio litro de leite por dia pode aumentar em até 20% as chances de câncer de mama e de próstata. "O cálcio em excesso diminui a absorção de vitamina D no organismo, essencial no processo de proteção contra câncer de próstata", alerta o especialista. 
 
Alho e cebola
O consumo de alho e cebola pode diminuir em até 30% as chances de câncer de próstata, de acordo com estudo publicado pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI). Compostos sulfurosos, nutrientes antioxidantes que impedem a ação dos radicais livres, assinam a boa notícia. "Meia cebola ou dois dentes de alho por dia já diminuem as chances desse tipo de câncer", diz o nutrólogo.  
 
Tomate
Talvez o mais famoso amigo da próstata, o tomate é rico em licopeno, substância de alto poder antioxidante. Essa proteção pode diminuir em até 33% as chances de desenvolvimento de tumores na próstata, segundo estudo feito pela Universidade de Harvard. Mas atenção: o organismo só consegue absorver o licopeno de alimentos cozidos - o estudo americano mostrou que homens com mais de 50 anos, habituados a consumir molho de tomate ou catchup mais de 10 vezes por semana, podem diminuir em até 50% as chances da doença.
 
Soja
Conhecida por ser um alimento bastante versátil, a soja também desempenha um papel importante na hora de prevenir câncer de próstata. "A revisão de vários estudos indica que a genisteína, um tipo de isoflavona, aumenta a capacidade de autodestruição (apoptose) das células cancerígenas", diz o nutrólogo Roberto Navarro. 
 
Oleaginosas
As oleaginosas, como nozes, amêndoas, avelã e amendoim, são ricas em selênio, mineral com ação antioxidante e que ajuda na renovação das células. "Duas nozes por dia, por exemplo, já suprem as quantidades diárias recomentadas de selênio", diz Roberto Navarro. Além disso, as oleaginosas contêm vitamina E, nutriente que melhora o funcionamento do sistema imunológico.
 
Vegetais verde-escuros
Vegetais como brócolis couve flor e espinafre diminuem os casos de câncer de próstata. Isso acontece porque esses alimentos são ricos em ácido fólico, nutriente que combate o efeito dos radicais livres nas células. O estudo, publicado na revista especializada Cancer Prevention Research, dos Estados Unidos, recomenda o consumo de pelo menos um vegetal verde por dia para garantir o efeito preventivo. 
 
Chá-verde
Beber cinco xícaras de chá verde diariamente pode ajudar a diminuir em 50% o risco de desenvolvimento do câncer de próstata, segundo estudo do Centro Nacional Epidemiológico de Prevenção contra o Câncer, no Japão. O estudo avaliou cerca de 50 mil pessoas, com idades entre 40 e 69 anos para descobrir que a catequina, substância encontrada em abundância na bebida, além de inibir o crescimento das células cancerígenas, também pode reduzir a quantidade de testosterona presente no corpo ? hormônio relacionado ao desenvolvimento do tumor. 
 
Minha Vida

Concurso Prefeitura de Elísio Medrado - BA

Visando o preenchimento de 149 vagas em diversos cargos, a Prefeitura de Elísio Medrado, na Bahia, lançou o edital nº 01/2014 de concurso público. Sob os cuidados do SEPROD - Serviço de Processamento de Dados, o concurso oferece vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com vencimentos de até R$ 883,50, por jornada de 20, 30 e 40 horas semanais. 
 
Cargos
Auxiliar de Serviços Gerais, Gari, Operador de Máquinas/Equipamentos Elétricos, Operador de Sistema de Abastecimento de Água, Agente de Combate às Endemias, Motorista, Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar Administrativo, Técnico em Informática, Professor de Educação Básica e Assistente Social. Fica reservado 5% do total de vagas existentes aos candidatos portadores de necessidades especiais em função compatível com a sua aptidão.
 
Inscrição
Será admitida a inscrição via internet, no endereço eletrônico www.seprod.com.br, solicitada no período de 10 a 21 de novembro de 2014.
 
A taxa de inscrição é de:
Nível fundamental: R$ 30,00;
Nível médio: R$ 40,00;
Nível superior: R$ 80,00.
 
Prova
A prova objetiva será aplicada provavelmente no dia 11 de janeiro de 2015, em local e horário que serão divulgados a partir do dia 22 de dezembro de 2014, no site www.seprod.com.br.
 
O gabarito será divulgado pela SEPROD através do site www.seprod.com.br até o 2º (segundo) dia útil após a realização das respectivas provas.
 
Os candidatos convocados para participar da prova de títulos, deverão preencher o Requerimento de Cadastro de Títulos disponível no site www.seprod.com.br no período que será estabelecido no Edital de Convocação para Prova de Títulos e entregá-los no endereço estabelecido no edital de convocação.
 
Validade
O prazo de validade do concurso público será de 02 anos, podendo ser prorrogáveis por igual período, a contar da data de homologação do certame, a critério da administração da Prefeitura de Elísio Medrado.

Concurso Prefeitura de Manaquiri - AM

No estado do Amazonas, a Prefeitura de Manaquiri abriu edital n° 001/2014 de concurso público, objetivando preencher 473 vagas e formar cadastro de reserva em várias funções do serviço municipal, com oportunidades para candidatos de todos os níveis de escolaridade.  Os salários oferecidos variam entre R$ 724,00 e R$ 2.800,00.

O concurso será executado pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (CETAM), através da comissão permanente de concursos (COPEC), e terá 5% das vagas reservadas para pessoas com deficiência.

Cargos
- Nível fundamental incompleto: auxiliar de serviços gerais, gari, pedreiro, motorista de veículo pesado, motorista de veículo leve, arrais-amador, vigia e merendeira;

- Nível fundamental completo: auxiliar administrativo, recepcionista, agente comunitário de saúde e agente de endemias;

- Nível médio: agente administrativo, auxiliar de consultório dentário, digitador, fiscal de tributos, fiscal de vigilância sanitária, microscopista, monitor social, secretário de escola, técnico agrícola, técnico ambiental, técnico de nível médio, técnico em laboratório e técnico em piscicultura;

- Nível superior: engenheiro florestal, farmacêutico-bioquímico, pedagogo, professor, supervisor e nutricionista.
 
Inscrições e Taxas
As inscrições deverão ser feitas via internet, no endereço eletrônico www.concursoscopec.com.br, entre os dias 10 e 30 de novembro de 2014. As taxas variam de R$ 40,00, para cargos de nível fundamental; R$ 60,00, para nível médio; e R$ 100,00 para ensino superior.

A prefeitura disponibilizará posto de inscrição presencial localizado na Rua Sebastião Gomes S/N (Prédio da UAB) - Centro de Manaquiri/AM, cujo atendimento será das 8h às 12h e das 14h às 17h, de segunda a sexta feira, exceto sábado, domingo e feriado. Haverá isenção da taxa de inscrição para candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico e for membro de família de baixa renda.
 
Provas e Gabaritos
O concurso consistirá de prova objetiva para todos os cargos e prova de títulos para os cargos que exijam nível superior.  A prova objetiva será aplicada provavelmente no dia 25 de janeiro de 2015 (domingo), com duração máxima de três horas. O local e horário da realização da prova estarão designados no cartão de confirmação divulgado no site www.concursoscopec.com.br.

UNCISAL abre concurso público (II)

Por meio do edital de concurso público (n° 003/2014), a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas - UNCISAL disponibilizou mais 565 vagas, todas destinadas a profissionais com formação em nível médio e técnico, com salários de até R$ 1.229,93 e carga horária de 30 horas semanais.
 
Os cargos a serem preenchidos são os de assistente em administração, auxiliar de necropsia, técnico de enfermagem, técnico de laboratório e técnico em radiologia.
 
As inscrições seguem abertas até as 23h59 do dia 20 de novembro de 2014, exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.concursopublico.uncisal.edu.br. A taxa é de R$ 58,00.

O candidato que não dispuser de equipamento para efetuar sua inscrição pela internet poderá utilizar, dentro do prazo de inscrição (exceto aos sábados, domingos e feriados), um dos terminais disponibilizados nos seguintes locais:
 
- Sede da COPEVE/UFAL, situada no Campus A. C. Simões – Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, Maceió-AL, no horário das 08h às 12h e das 13h às 17h;

- Sede da UNCISAL, situada na Rua Jorge de Lima, nº 113, Trapiche, Maceió-AL, na Sala do Espaço Digital 1, 3º andar, no horário das 08h às 14h.

As provas objetivas serão aplicadas, simultaneamente, na data provável de 21 de dezembro de 2014, na cidade de Maceió, capital alagoana, em locais e horários a serem divulgados no cartão de inscrição. Caso o espaço físico destinado à realização das provas na referida cidade não seja suficiente para comportar a demanda de candidatos, os excedentes serão realocados para os municípios circunvizinhos.

A COPEVE/UFAL divulgará o gabarito preliminar, juntamente com as provas objetivas, no endereço eletrônico www.copeve.ufal.br na data provável de 23 de dezembro de 2014, a partir das 21h.

O resultado final do concurso público será divulgado na data provável de 09 de fevereiro de 2015, nos endereços eletrônicos concursopublico.uncisal.edu.br, www.copeve.ufal.br e www.fundepes.br e posteriormente homologado pelo governador do estado de Alagoas, mediante despacho publicado através de extrato no Diário Oficial do Estado de Alagoas (DOE), constituindo-se em único documento hábil comprobatório, onde também o candidato tomará ciência das instruções que se fizerem necessárias.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, mediante ato próprio de autoridade competente.

UNCISAL oferece 324 vagas em concurso para nível superior

A Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas - UNCISAL lançou edital de concurso público n° 004/2014, com a finalidade de contratar 324 profissionais de nível superior. A oferta salarial pode chegar até R$ 5.806,04, em carga horária de 20 a 30 horas semanais.

O concurso público será realizado sob a responsabilidade da Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa – FUNDEPES.

As vagas são para os empregos de analista de sistemas, assistente social, bibliotecário, biomédico, biomédico/citogenética, contador, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, gestor em planejamento de saúde, médico, nutricionista, psicólogo, psicólogo/psicopedagogia, secretário executivo, técnico em assuntos educacionais, técnico em recursos humanos e terapeuta ocupacional.
 
As inscrições para o concurso da UNCISAL serão realizadas exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.concursopublico.uncisal.edu.br, até as 23h59 do dia 20 de novembro de 2014. Para efetivação da inscrição, o candidato deverá pagar taxa de inscrição no valor de R$ 105,00.

O candidato que não dispuser de equipamento para efetuar sua inscrição pela internet poderá utilizar, no período estabelecido para inscrição (exceto sábados, domingos e feriados), os equipamentos disponibilizados nos seguintes locais:
 
- Sede da COPEVE-UFAL, situada no Campus A. C. Simões – Av. Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro do Martins, Maceió-AL, no horário das 08h às 12h e das 13h às 17h.

- Sede da UNCISAL, situada na Rua Jorge de Lima, nº 113, Trapiche, Maceió-AL, na Sala do Espaço Digital 1, 3º andar, no horário das 08h às 14h.

As provas serão realizadas na data provável de 11 de janeiro de 2015, na cidade de Maceió, situada no estado de Alagoas, em locais e horários a serem divulgados no cartão de inscrição. Caso o espaço físico destinado à realização das provas na referida cidade não seja suficiente para comportar a demanda de candidatos, os excedentes serão realocados para os municípios circunvizinhos.

A COPEVE/UFAL divulgará o gabarito preliminar, juntamente com as provas objetivas, no endereço eletrônico www.copeve.ufal.br, na data provável de 15 de janeiro de 2015, a partir das 21h.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, mediante ato próprio de autoridade competente.

Prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz - SC promove processo seletivo

A Prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz, no estado de Santa Catarina, divulgou o edital de processo seletivo nº 11/2014, destinado à seleção de candidatos de ensino fundamental, médio e técnico. A remuneração prevista vai de R$ 734,00 a R$ 1.286,53, em carga horária de 30, 40 e 44 horas semanais.
 
As chances são para os cargos de auxiliar de serviços gerais, motorista, motorista socorrista SAMU, artífice, técnico em enfermagem e atendente consultório dentário.
 
As inscrições podem ser feitas no período de 17 de novembro a 03 de dezembro de 2014, através do site da empresa Click Soluções Inteligentes (www.clicksolucoesinteligentes.com.br). O valor da taxa de inscrição é de R$ 40,00.
 
A prova escrita será realizada no dia 21 de dezembro de 2014, em local e horário a serem divulgados antecipadamente.
 
O gabarito está previsto para ser divulgado, no mesmo dia de aplicação da prova, a partir da 18h, no sítio www.clicksolucoesinteligentes.com.br.
 
O processo seletivo, que está sob a responsabilidade da empresa Click Soluções Inteligentes, terá validade pelo período de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Concurso Prefeitura de Juranda - PR

A Prefeitura de Juranda, localizada no interior do Paraná, através da empresa Consesp, divulgou o edital de concurso público nº 001/2014, destinado ao preenchimento de 37 vagas, em cargos de ensino fundamental, médio, técnico e superior. O salário previsto para os contratados pode chegar até R$ 6.293,94, em jornadas que vão de 20 a 40 horas semanais.
 
As vagas são para os cargos de gari, auxiliar de serviços gerais, coveiro, mecânico, motorista, operador de máquinas, pedreiro, agente administrativo II e III, assistente de imprensa, atendente de consultório dentário, técnico em enfermagem, advogado, dentista, médico, professor, farmacêutico, entre outros.
 
As inscrições serão aceitas até o dia 12 de dezembro de 2014, através do site www.consesp.com.br. O valor da taxa de inscrição vai de R$ 30,00 até R$ 100,00.
 
Os inscritos serão avaliados através de provas objetiva, prática e de títulos, de acordo com o cargo pretendido.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 18 de janeiro de 2015, em local e horário a serem divulgados antecipadamente.
 
O gabarito oficial e a prova objetiva (teste de múltipla escolha) serão disponibilizados no site www.consesp.com.br, entre as 13h e as 18h da segunda-feira subsequente à data da aplicação da prova e permanecerão no site pelo prazo de 5 dias.
 
A validade do concurso público será de dois anos, contados da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério da Administração.

Concurso Prefeitura de Morro Reuter - RS

Com objetivo de contratar seis profissionais e formar cadastro de reserva, em cargos de níveis fundamental e superior, a Prefeitura de Morro Reuter, no estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de concurso público nº 081/2014.
 
O salário previsto para os aprovados pode chegar até R$ 5.171,38, em jornadas que vão de 20 até 44 horas semanais.
 
As chances são para médicos (clínico geral, pediatra e psiquiatra), nutricionista, operário, pedreiro, operador de maquinas e agente de controle interno.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de novembro de 2014, através do site www.premierconcursos.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição é de R$ 24,86 para candidatos a cargos de nível fundamental  e de R$ 74,58 para os inscritos nas vagas de nível superior. Além disso, os candidatos terão que pagar R$ 3,50* relativo ao custo de emissão do boleto bancário.
 
A prova escrita está prevista para ser aplicada no dia 13 de dezembro de 2014, em local e horário a serem informados.
 
Os candidatos ao cargo de operador de máquinas e pedreiro serão submetidos à prova prática, prevista para o dia 13 de dezembro de 2014, na sede da Secretaria Municipal de Obras, Rua Arthur Alfredo Hoffmeister, nº 1460, Morro Reuter, RS.
 
O concurso público, que será executado pela empresa Premier Concursos Ltda., terá validade pelo período de dois anos, contados da data de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Municipal de Morro Reuter.

Prefeitura de Pontes e Lacerda - MT abre vagas em processo seletivo

Divulgado o edital nº 03/2014 para a realização do processo seletivo da Prefeitura de Pontes e Lacerda, no estado de Mato Grosso. A seleção oferece 78 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior, por salários de até R$ 5.566,72, em jornada de trabalho de 20, 30 e 40 horas semanais. Vale lembrar que serão reservadas 20% das vagas oferecidas às pessoas com deficiência.
 
Cargos
Vigia, Apoio Administrativo Educacional (Manutenção Infraestrutura Escolar e Nutrição Escolar), Professor, Psicólogo, Enfermeiro, Médico, Técnico Administrativo Escolar (Técnico em Desenvolvimento Infantil, Multimeios Didáticos e Administração Escolar) e Apoio Administrativo Educacional (Motorista, Vigia, Manutenção Infraestrutura Escolar e Nutrição Escolar).
 
Inscrição
As inscrições serão efetuadas no período compreendido entre as 07h do dia 18 até as 23h do dia 30 de novembro de 2014 (horário local), por meio do site www.ponteselacerda.mt.gov.br.
 
Para candidatos sem acesso à internet, a Faperp disponibilizará, gratuitamente, pontos de acesso, durante o período de inscrições, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 7h às 11h, na UAB – Polo Pontes e Lacerda, situada na Avenida Bom Jesus, nº 643 – Centro, Pontes e Lacerda/MT.
 
Provas e resultados
As provas objetivas serão realizadas na data provável de 7 de dezembro de 2014. O edital de convocação para as provas objetivas contendo os locais e horários de prestação das provas será publicado provavelmente no dia 02 de dezembro de 2014, no Diário Oficial do Município, no mural do prédio da Prefeitura Municipal e no site www.ponteselacerda.mt.gov.br.
 
A entrega dos títulos está prevista para o dia 04 de dezembro de 2014, no horário das 7h até as 11 horas, no polo da UAB – Pontes e Lacerda, situado na Avenida Bom Jesus, nº 643 – Centro, Pontes e Lacerda/MT.
 
O resultado final do processo seletivo simplificado será homologado pelo prefeito e publicado no Diário Oficial do Município e no sitio www.ponteselacerda.mt.gov.br.
 
O concurso, destinado a seleção de candidatos para a contratação, em caráter temporário, pelo prazo de 180 dias, podendo ser prorrogado, pelo mesmo período.
 
O edital encontra-se publicado no Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso, de 17 de novembro de 2014.

Concurso SEPREM de Itapetininga - SP

O SEPREM - Serviço de Previdência Municipal de Itapetininga, no estado de São Paulo, através da empresa Consesp, divulgou o edital de concurso público nº 001/2014, visando suprir cinco vagas em cargos de ensino fundamental, médio e superior. O salário previsto para os classificados vai de R$ 837,00 a R$ 1.286,00, mais adicional de acordo com cargo e vale alimentação no valor de R$ 200,00, para todos os cargos.
 
Há vagas nas seguintes funções: escriturário, assistente administrativo e advogado, em carga horária de 30 ou 40 horas semanais.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de dezembro de 2014, através do site www.consesp.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino fundamental é de R$ 28,00; para candidatos às vagas de ensino médio é de R$ 36,00 e para os inscritos em cargos de ensino superior será de R$ 54,00.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 18 de janeiro de 2015, em local e horário a serem informados antecipadamente, por meio do Semanário Oficial do Município de Itapetininga e do site www.consesp.com.br.
 
O gabarito oficial e a prova objetiva (teste de múltipla escolha) serão disponibilizados no site www.consesp.com.br, entre as 13h e as 18h da segunda-feira subsequente à data da aplicação da prova e permanecerão no site pelo prazo de sete dias.
 
A validade do concurso público será de até dois anos, contados da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério da Administração.

Prefeitura de Marcelândia - MT lança edital de processo seletivo

A Prefeitura de Marcelândia, no estado do Mato Grosso, lançou edital nº 001/2014 de processo seletivo, com a finalidade de contratar 50 profissionais que tenham formação no nível fundamental completo para atura como agentes comunitários de saúde e agente de combate as endemias.
 
Os salários podem chegar a R$ 932,25, por jornada de trabalho de 40 horas semanais. O processo seletivo será executado pela empresa Atos Consultoria Pública e Empresarial Ltda. São reservados 5% das vagas abertas para os portadores de deficiência.
 
As inscrições, no valor de R$ 30,00, serão realizadas no período de 02 a 12 de dezembro de 2014, nos sites www.consultoriaatos.com/concursos e www.marcelandia.mt.gov.br, ou de forma presencial na sede da Prefeitura de Marcelândia, situada à Rua Guaíra, nº 777, Centro, Cep: 78.535-000.
 
O processo seletivo será realizado por meio de provas objetivas, títulos e exame psicológico/entrevista.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 11 de janeiro de 2015, em local a ser definido e publicado junto ao edital complementar de homologação das inscrições.
 
Os títulos deverão ser apresentados, na Prefeitura Municipal de Marcelândia - MT, após a convocação dos candidatos aprovados e classificado na primeira etapa do seletivo.
 
A partir do dia 12 de janeiro de 2015 será afixado o gabarito preliminar no mural da Prefeitura de Marcelândia - MT.
 
O processo seletivo terá validade de um ano, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, por igual período, a critério do Poder Executivo Municipal.

Prefeitura de Saudades - SC lança edital de processo seletivo

A Prefeitura de Saudades, no estado de Santa Catarina, lançou edital nº 001/2014, de processo seletivo, para o preenchimento de 26 vagas mais formação de cadastro reserva em cargos de níveis fundamental, médio e superior. A remuneração é de até R$ 2.208,80.
 
Fica reservado aos portadores de necessidades especiais 5% das vagas ofertadas para cada cargo.
 
Cargos
Psicóloga, Assistente Social, Auxiliar de Serviços Gerais, Merendeira, Agente Educativo, Professor e Segundo Professor.
 
Inscrição e Seleção
As inscrições ficarão abertas até às 23 horas e 59 minutos do dia 23 de novembro de 2014, através do site www.klcconcursos.com.br.
 
O candidato que não dispuser de acesso à internet poderá efetivar sua inscrição na Secretaria Municipal de Educação do Município de Saudades – SC, de segunda-feira a sexta-feira, no período de realização das inscrições, no horário das 08h00min às 11h00min e das 14h00min às17h00min. A taxa de inscrição é de R$ 35,00 (nível fundamental), R$ 50,00 (nível médio) e R$ 70,00 e 100,00 (nível superior).
 
O processo seletivo será exclusivamente de provas escritas objetivas e de títulos.
 
As provas serão aplicadas na data provável de 07 de dezembro de 2014, sendo que, o horário e o local serão divulgados quando da publicação do edital de homologação das inscrições.
 
O gabarito oficial será divulgado no dia primeiro dia útil após a realização da prova objetiva, a partir das 15h00min, mediante edital afixado na Prefeitura Municipal de Saudades - SC e no site www.klcconcursos.com.br.
 
O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, contados da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério do Município.

Prefeitura de Porto Belo - SC abre processo seletivo

Com oferta de 5 vagas e formação de cadastro de reserva nos cargos de níveis fundamental, médio e superior, a Prefeitura de Porto Belo, no Estado de Santa Catarina, lançou edital nº. 010/2014 para realização de processo seletivo.
 
A carga horária é de 8, 20 e 40 horas semanais, com salários que variam entre R$ 806,59 e R$ 8.005,59. Do total de vagas, 5% são reservadas a os candidatos portadores de necessidades especiais.
 
Cargos: Técnico em enfermagem, médico (radiologista, ginecologista e clínico geral), farmacêutico, cirurgião dentista, auxiliar de cirurgião dentista e motorista.
 
As inscrições deverão ser realizadas gratuitamente na Secretaria Municipal de Saúde, no período compreendido entre 19 de novembro a 18 de dezembro, no horário das 13:30 às 17 horas.
 
A prova escrita está prevista para 21 de dezembro de 2014, às 09:00 horas, com duração de três horas, em local a ser divulgado na data da homologação das inscrições.
 
Os títulos deverão ser entregues durante o período de inscrição, pessoalmente na Secretaria Municipal de Saúde, na Av. Gov. Celso Ramos, 701, Vila Nova.
 
O processo seletivo terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período por necessidade da administração pública municipal.
 
O edital encontra-se publicado no site www.portobelo.sc.gov.br.

Alerta sobre presença de substâncias proibidas no suplemento Mayhem

A Anvisa alerta ao consumidores sobre a constatação da presença de medicamentos em um suplemento alimentar chamado Mayhem. O produto não está regularizado no Brasil, mas eventualmente, pode ter sido importado para uso pessoal
 
A Gerência-Geral de Alimentos da Anvisa recebeu uma notificação emitida pelo órgão norte americano de alimentos e medicamentos (Food and Drugs Administration – FDA) sobre o recall do suplemento dietético Mayhem, fabricado pela empresa norte-americana Chaotic Labz.
 
O motivo do recall foi a detecção, pelo laboratório de análises do FDA, das substâncias medicamentosas Dexametasona e Ciproeptadina, não declaradas no rótulo do produto. O Dexametasona é um corticosteroide usado no tratamento de condições inflamatórias, e o seu uso pode levar à dificuldade do organismo em combater infecções e causar aumento do nível da glicemia, danos musculares e distúrbios psiquiátricos. Quando usado por longos períodos ou altas doses, pode ocasionar problemas na glândula adrenal e causar sintomas de abstinência com a interrupção abrupta.
 
A Ciproeptadina consiste em um anti-histamínico que pode provocar sonolência e afetar a agilidade mental. Além disso, estes medicamentos presentes no produto Mayhem podem causar sérios efeitos colaterais quando combinados com outros medicamentos. Até o momento, segundo informações do FDA, a empresa não recebeu nenhuma notificação de efeitos adversos relacionados ao produto.
 
De acordo com o Decreto-Lei n 986/69, que dispõe sobre Normas Básicas em Alimentos, no Brasil, estão excluídos da categoria de alimentos os produtos com finalidade medicamentosa ou terapêutica, qualquer que seja a forma como se apresentem ou o modo como são administrados. Desta forma, o suplemento dietético Mayhem não é enquadrado na categoria de alimentos, no Brasil. Além disso, o produto em questão contém em sua lista de ingredientes extratos vegetais, cuja segurança não foi avaliada pela Anvisa, sendo considerado, portanto, irregular de acordo com a legislação sanitária brasileira.
 
Por se tratar de um produto comercializado internacionalmente por meio de uma ampla gama de canais de distribuição, a Anvisa recomenda aos consumidores brasileiros que não façam o uso do produto em questão. O produto não atende à legislação brasileira, particularmente sobre a avaliação de segurança, mas é comercializado na internet e também pode ser adquirido por meio da importação direta por consumidores.
 
Mais informações podem ser encontradas em: http://www.fda.gov/Safety/Recalls/ucm423203.htm.
 
Assessoria de Imprensa da ANVISA

Oferecer um bom plano de saúde garante empregados saudáveis?

A realização de programas isolados de RH e SST e a gestão do plano de saúde não garantem a saúde dos trabalhadores e nem a melhor performance de capital humano
 
Por Alberto Ogata

Como sabemos, a saúde é um conceito aplicado às pessoas e que envolve várias dimensões e a percepção de cada um. No entanto, muitas empresas e organizações confundem indicadores de processo, programas e resultados corporativos com a melhoria do nível de saúde de uma população. Assim, uma sinistralidade controlada de um plano de saúde, bons índices de absenteísmo ou a busca desenfreada de indicadores de FAP controlados ou ROI sobre os programas não pressupõe que os trabalhadores estão saudáveis, felizes e motivados.
 
Há alguns anos, a entidade American Psychological Association (APA) criou uma lista denominada “Psychological Healthy Workplaces” com o pressuposto que somente oferecer programas de qualidade de vida e atividades em saúde não basta. É preciso ir além e envolver as normas, valores e crenças na cultura da organização, com uma visão multidimensional que envolve boa saúde física e mental, bons relacionamentos, estabilidade financeira e uma vida com significado e propósito, inclusive no trabalho. Neste contexto, quando uma empresa enxerga o bem-estar do trabalhador como um fator crítico para o sucesso da organização, as práticas de qualidade de vida ficam conectadas com os objetivos estratégicos e orienta a performance individual e corporativa.
 
Esta lista foi adaptada no Brasil pela empresa GestãoRH com o termo “Empresas Psicologicamente Saudáveis” e que é baseada em cinco pilares:
 
(1) Equilíbrio vida pessoal e trabalho - analisa os arranjos de trabalhos flexíveis e recursos que contribuam para que os colaboradores mantenham o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.
 
(2) Envolvimento do colaborador -analisa o trabalho de autogerenciamento das equipes, comitês de trabalhadores ou força tarefa e ações que envolvam a tomada de decisão do colaborador.
 
(3) Saúde e Segurança no Trabalho - tem o objetivo avaliar os esforços e a ajuda ao colaborador em desenvolver um estilo de vida melhor, como local de trabalho seguro e programas de vida saudável, como por exemplo, contra o sedentarismo, abuso de álcool e drogas, orientação antitabagismo e das doenças ocupacionais e sexualmente transmissíveis.
 
(4) Reconhecimento do colaborador - indica a forma como as empresas reconhecem seus colaboradores pelo trabalho desempenhado e pela sua atuação e contribuição junto ao seu grupo.
 
(5) Significado e propósito - segue o critério e a tendência mundial das empresas que buscam profissionais mais alinhados com os novos modelos. Desta forma, avalia as ações que a empresa desenvolve em prol do alinhamento de seu colaborador com os seus valores.
 
Os cinco pilares se integram com os processos de comunicação e estão alinhados no contexto do bem-estar do empregado e o funcionamento organizacional. Estas práticas não existem isoladamente e devem estar integradas e é importante considerar o ambiente interno e externo.
 
A publicação das listas americana e brasileira é importante para apontar as boas práticas em cada pilar. Ela inclui, cada vez mais, a adoção de novas formas de teletrabalho, horário flexível, comunicação interna, regras claras de reconhecimento e promoção, suporte para a saúde mental e emocional e o estímulo para que os trabalhadores busquem um sentido integrador para a existência pessoal e coletiva.
 
No entanto, acredito que igualmente relevante é a compreensão dos gestores das empresas de que cada dimensão é igualmente relevante para se obter os melhores resultados na busca de trabalhadores saudáveis, produtivos e comprometidos. Assim, os programas devem nascer das demandas e necessidades de cada empresa e não podem ser geridos por agentes externos, assim como focar em apenas um pilar (como saúde e segurança no trabalho ou gestão de saúde física) não garante os melhores resultados.
 
Saúde Web

“Padronização dos procedimentos é saída para mercados emergentes”

Para professor da Universidade de Miami, Arun Sharma, que esteve em SP, industrialização de protocolos cirúrgicos aumenta acesso a tratamentos
 
Enquanto muitas nações consideradas desenvolvidas estão buscando personalizar cada vez mais os tratamentos de saúde, em países emergentes, como o Brasil, o movimento anterior parecer ser o de padronizar os procedimentos médicos, reduzindo custos, aumentando a produtividade e o acesso da população aos cuidados hospitalares. Mais detalhes sobre como anda o desenvolvimento da medicina personalizada no País, você verá em breve no portal, depois de debate realizado sobre o tema na última quinta-feira (13).

Entretanto, a
padronização dos procedimentos é defendida em tese pelo professor da Universidade de Miami, Arun Sharma. Ele tem estudado a chamada Industrialização dos Procedimentos Médicos.

Na Índia, por exemplo, o Hospital Narayana passou a realizar 30 cirurgias cardíacas por dia, a um custo de US$ 2.000 cada e com taxas de segurança comparáveis aos dos melhores hospitais norte-americanos. Em outras instituições do mesmo país, a padronização diminuiu o preço das cirurgias de pontes de safena para US$ 2.500 e de catarata para US$ 100, considerados os preços mais baixos do mundo no momento.
 
A abordagem da padronização é completamente diferente da personalização dos cuidados, que ocorre largamente nos EUA. Mas, de acordo com Sharma, esse modelo pode ajudar a melhorar o acesso e a qualidade em mercados emergentes como a América Latina.

O professor defende que a industrialização dos procedimentos deve ser feita com base em evidências e em melhores práticas, com a finalidade de reduzir a variabilidade nos tratamentos. Segundo ele, instituições, por exemplo, que padronizaram protocolos para cirurgias de ponte de safena, de hérnias e artroplastias têm obtido melhorias na eficácia dos procedimentos, na evolução dos pacientes e na otimização dos recursos.

Além disso, a padronização pode contribuir para a redução da taxa de mortalidade, elevação da rentabilidade de prestadores de serviços de saúde e da produtividade dos médicos.

“Nos nossos estudos, constatamos que alguns cirurgiões gastam menos de 20% do seu tempo realmente realizando cirurgias. Com a industrialização, esses médicos podem aumentar sua produtividade em até mais que 100%, criando protocolos-padrão para que outros profissionais possam realizar procedimentos que, tradicionalmente, estão sendo feitos pelos cirurgiões”, afirmou Arun Sharma em comunicado ao mercado.

Sharma é Ph.D. em marketing pela Universidade de Illinois e Bacharel em Engenharia e atualmente trabalha em dois projetos de industrialização de procedimentos - cateterismo nos Estados Unidos e tratamento do diabetes na Índia.

Na última quinta-feira (13) professor participou do Seminário Internacional “Estratégias Inovadoras para o Aperfeiçoamento do Sistema de Saúde – Usando a Industrialização e Padronização para Ampliar o Acesso, Reduzir Custos e Otimizar Processos”, promovido pela Boston Scientific. 
 
Saúde Web

Consumir vitamina C todos os dias combate o envelhecimento

O nutriente pode ser obtido especialmente no consumo
de laranja, goji berry, acerola, kiwi e goiaba,
e verduras, como a couve e o brócolis
Duas porções por dia são ideias para quem já chegou aos 50
 
É fato: consumir uma porção de vitamina C todos os dias retarda o processo de envelhecimento. Quem já passou dos 50 anos, deve consumir duas porções diárias da vitamina.
 
– É que depois dessa idade o corpo reduz bastante a produção de ácidos no estômago – conta a nutricionista Adriane Rodrigues.
 
O sol é o principal fator para o envelhecimento da pele. Nessa época mais quente do ano, ele é ainda mais nocivo por liberar radicais livres em níveis altos. Segundo Rodrigues, é a produção e absorção de radicais livres que origina o câncer.
 
– Tudo o que for antioxidante é, naturalmente, anticancerígeno porque faz o corpo eliminar os radicais livres. Não sou favorável a nenhum tipo de suplemento ou multivitamínico. Se consumir uma laranja ou um limão por dia já é o suficiente para absorção da quantidade ideal de vitamina C por dia – indica.
 
A nutricionista sugere ainda que a vitamina C seja consumido com algum alimento verde que ajuda o corpo a absorver todo o potencial do alimento.
 
A vitamina C interfere na redução do estresse oxidativo celular. Como é esse processo que reduz os radicais livres, a vitamina ameniza consideravelmente o envelhecimento.
 
O nutriente pode ser obtido especialmente no consumo de laranja, goji berry, acerola, kiwi e goiaba, e verduras, como a couve e o brócolis.

Zero Hora

Brasil poderá ter quase 70 mil novos casos de câncer de próstata em 2014

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS
Ontem foi comemorado o Dia de  Combate ao Câncer de Próstata, entenda o que é a glândula e como protegê-la
 
Brasileiros que chegam aos 50 anos devem ficar atentos à prevenção do câncer de próstata, mas não estão dando a devida atenção ao tema. Foi o que revelou uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia. A população masculina entre 50 e 70 anos já soma 30,6 milhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). E são os homens dessa faixa etária  que formam o grupo de risco a desenvolver câncer de próstata.
 
– Somente em 2014, o Brasil poderá ter 69 mil novos casos. Esse número tem crescido a cada ano. O problema é que o homem brasileiro não busca informação ou não quer falar sobre o problema e quando procura um médico já está em estágio avançado da doença – aponta Fernando Maluf, oncologista do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo.
 
No sul e sudeste, estimam-se mais de 12 mil vítimas da doença.
 
– Essas duas regiões são as mais populosas do país, mas também há suspeitas de que a dieta comum e o aumento da obesidade sejam responsáveis por esse número crescente de casos – diz o médico.
 
Por isso, quem chega aos 50 deve colocar como tarefa obrigatória o check-up da saúde. Exame de toque, de sangue, colesterol, pressão e glicose têm que estar na lista para que seja feito um rastreamento apurado de diferentes tipos de doença.
 
– Um em cada seis homens pode ter câncer de próstata. Esse é um número preocupante – destaca Maluf.
 
O oncologista lista os sintomas de quem o câncer pode ter chegado à glândula: aumento da próstata, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga e jatos de urina menos potentes.
 
– Exercícios, dieta adequada e exames anuais depois dos 50 são fundamentais para tratar o câncer de próstata precocemente.
 
Confira cinco curiosidades sobre a próstata:
 
1. É uma glândula exclusiva do sistema genital masculino localizada abaixo da bexiga.
 
2. Produz substâncias que tornam o sêmen mais fluido, o que facilita o deslocamento dos espermatozóides.
 
3. A próstata aumenta de tamanho em cerca de 90% dos homens adultos com mais de 40 anos, mas de forma benigna.
 
4. Não é possível fazer autoexame de próstata. O exame de toque retal deve ser feito por um urologista e dura, no máximo, dois minutos.
 
5. O exame de sangue antígeno prostático específico (PSA) é complementar, mas não consegue diagnosticar sozinho qualquer problema com a glândula. Esse exame mede uma proteína que só a próstata produz e que se eleva consideravelmente nos casos de câncer.
 
Zero Hora

Médicos promoverão evento no metrô de São Paulo para detectar doença pulmonar


Arquivo Agência Brasil: Fumantes estão mais propensos
 a desenvolver doenças pulmonares
No próximo dia 19, quem passar pela Estação Brás, do metrô, entre as 9h e 16h, poderá fazer uma espirometria, exame que detecta o risco de desenvolvimento de doença pulmonar obstrutiva crônica (Dpoc)
 
Organizados pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), os atendimentos acontecerão em uma tenda onde profissionais farão um questionário que detecta a necessidade de fazer o exame. A ideia é difundir a existência da doença e conscientizar a população.
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença é a quarta causa de óbito no mundo, atrás apenas do infarto do miocárdio, do câncer e da doença cerebrovascular. As projeções da OMS mostram que a doença pulmonar será a terceira causa de morte no mundo, até 2030. No Brasil, a doença mata pelo menos 40 mil pessoas por ano. Na cidade de São Paulo, 15% da população, com mais de 40 anos, sofrem de Dpoc.
 
A vice-presidenta da SBPT, Regina Maria de Carvalho Pinto, disse que as características da Dpoc são falta de ar, tosse, cansaço aos esforços, chiado no peito e insuficiência respiratória. “Às vezes as pessoas não conhecem o termo Dpoc e chamam isso de bronquite ou enfisema pulmonar, termos mais conhecidos pelos leigos. A grande maioria das doenças pulmonares tem os mesmos sintomas da Dpoc, mas são outros dados antecedentes que chamam a atenção para a doença”.

Leia também:

Doença pulmonar crônica mata um brasileiro a cada 4 horas 

7 pecados da doença pulmonar crônica em fumantes

Tabagismo é a principal causa da DPOC

Antibiótico pode causar problemas cardíacos em pacientes com DPOC

DPOC: uma doença pouco conhecida

Exercícios podem diminuir internação de pacientes com DPOC

Espirometria: exame detecta doenças respiratórias

 
Regina explicou que a Dpoc acomete, preferencialmente, fumantes, pessoas que já fumaram em alguma época da vida, indivíduos que entram em contato continuamente com fumaças do ambiente, como as de fogão a lenha ou a queima de biomassa (cana-de-açúcar). “A grande maioria dos casos, 90%, é entre os fumantes. Os sintomas começam a aparecer tardiamente e levam ao comprometimento da qualidade de vida, além de causarem inflamação sistêmica, com o paciente desenvolvendo sintomas em outros órgãos”.
 
Para concluir o diagnóstico é preciso passar pela espirometria, um exame no qual a pessoa enche o pulmão e sopra em um aparelho que mede a função pulmonar. A partir de um determinado resultado é feito o diagnóstico. O tratamento depende do grau de gravidade.
 
A médica ressaltou que, para evitar problemas pulmonares, “a primeira providência é parar de fumar”. Depois, acrescentou ela, é necessário que as pessoas cumpram o calendário de “vacinação anual contra a gripe para evitar crises pulmonares, fazer atividade física ou até frequentar um programa formal de reabilitação pulmonar”.
 
Entre os medicamentos indicados para o tratamento estão os broncodilatadores, conhecidos como bombinhas, normalmente usado por portadores de asma. “A doença não tem cura, mas com esse tipo de tratamento se consegue, na maioria das vezes, melhorar a qualidade de vida e diminuir [os] sintomas. Se não tratar, a doença progride levando à piora progressiva do funcionamento dos pulmões até a insuficiência respiratória, podendo causar a morte”.
 
Cerca de 6 milhões de pessoas, no Brasil, são portadores da Dpoc, mas pelo menos 88% não são diagnosticados por falta de espirômetro disponível nos serviços de saúde. Os custos da Dpoc chegam a R$ 100 milhões anuais para os cofres públicos, porque cerca de 70% dos pacientes dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento, conforme o estudo da SBPT.
 
“Os custos são altos para os pacientes não diagnosticados que ficam sem tratamento adequado. Eles acabam tendo crises e vão utilizar os recursos da saúde nos serviços de emergência. Normalmente, [essas pessoas] são internadas e o custo é maior do que o tratamento regular da doença”, explicou a médica.

Agência Brasil

Novo sal não contém sódio e evita que pressão arterial suba

 Saleiros não devem nem ser levados à mesa, dizem
especialistas: excesso pode causar males cardíacos
Preço do produto, porém, é bem ‘salgado’: 100 gramas custam cerca de R$ 17
 
Rio - Boa notícia, principalmente para os hipertensos: já está à venda um novo sal sem sódio, substância considerada vilã da saúde cardíaca. Trata-se do Bio Salgante, primeiro produto do tipo produzido no país. Fabricantes garantem que o sabor é o mesmo do sal de cozinha.

O salgante vem na versão em pó, mas a principal diferença está no preço — 100 gramas do produto custam R$ 16,90. A compra só pode ser feita pela internet e é cobrado frete (http://loja.biosalgante.com.br). De acordo com Nilson Capozzi, sócio-diretor da empresa Matrix Health, responsável pela novidade, até o fim do ano o produto deverá estar nas prateleiras de lojas e mercados do Rio.                       

Em vez do cloreto de sódio, o Bio Salgante possui cloreto de potássio, além de iodo e realçador de sabor. O produto foi testado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em ratos sem hipertensão e hipertensos. Após alguns dias de consumo da dose equivalente à recomendada para ingestão humana de sal comum, tanto os saudáveis como os hipertensos apresentaram aumento da pressão arterial. Com o Bio Salgante, os dois grupos mantiveram os mesmos índices de pressão.
                      
“O público alvo é o hipertenso, mas como o brasileiro consome muito sal, não só as pessoas com pressão alta serão beneficiadas com uma alternativa ao sal comum”, disse Nilson, acrescentando que apenas pacientes com insuficiência renal crônica não podem usar o Bio Salgante.
                      
O produto é adequado para qualquer alimento, mas não pode ser submetido a temperatura maior do que 180 graus para não perder o sabor. O gosto, Nilson garante, é 90% parecido com o sal comum. “Fizemos testes cegos com pessoas e a maioria não conseguiu perceber a diferença. Rasparam o prato”.
 
Alternativa: use temperos para dar gosto                        
Como o preço do novo produto é elevado, o jeito é ter criatividade na hora de cozinhar. Para substituir o sal, Stephan Lachtermacher, cardiologista do Instituto Nacional de Cardiologia, recomenda o uso de temperos como coentro, manjericão, cebolinha e alho. “A hipertensão pode levar a AVC e infarto”.        

Até o Bio Salgante ficar pronto, foram cinco anos de pesquisas, lideradas pelo farmacêutico Massayoshi Yoshida, do Centro de Biotecnologia da Amazônia. Em março, o produto foi registrado na Anvisa como ‘novo alimento’, já que a formulação é inédita e por conter ingredientes que necessitavam de avaliação de segurança.

O Dia

Cartilha detalha direitos de pessoas com síndrome de Down à educação

Imagem de Arquivo/Agência Brasil
O Movimento Down, uma iniciativa do Observatório de Favelas do Rio de Janeiro que trabalha informações sobre a síndrome genética de maior ocorrência no mundo, lançou ontem (17) a cartilha Escola para Todos, Educação Inclusiva: O Que os Pais Precisam Saber?. A cartilha detalha os direitos dessa parcela da população ao acesso à educação
 
O documento apresenta os mecanismos legais de denúncia de casos de desrespeito às leis que tratam da inclusão de pessoas com deficiência nas escolas, bem como esclarece conceitos como escolas inclusivas e indica a postura a ser seguida pelos educadores e pelos pais, pela escola e pelo Estado no que diz respeito ao acesso de crianças e adolescentes com síndrome de Down ao ensino.
 
A cartilha informa que aumentou o número de matrículas de pessoas com deficiência na rede regular de ensino. Segundo o Censo Escolar, entre 1998 e 2010, o número de alunos com necessidades específicas matriculados em escolas comuns aumentou em torno de 1.000%. Em 1998, dos 337,3 mil alunos incluídos na educação especial, apenas 43,9 mil (ou 13%) estavam matriculados em escolas regulares ou classes comuns. Em 2010, dos 702,6 mil estudantes na mesma condição, 484,3 mil (ou 69%) frequentavam a escola regular.
 
A prática de incentivar nas escolas o convívio entre alunos com algum tipo de deficiência (física ou cognitiva) com aqueles que não têm limitações proporciona uma troca de experiências que resulta na geração de cidadãos mais conscientes e respeitosos quanto às diferenças, afirma a professora e psicopedagoga Celma Maria, da equipe especializada de apoio à aprendizagem da Secretaria de Educação do Distrito Federal. "Os alunos ali se veem como amigos e, portanto, aprendem a respeitar desde cedo as limitações dos outros", diz a professora.
 
Esse tipo de escola, com estrutura e ações de educação voltadas especificamente para crianças com deficiência, envolve o conceito de inclusão, porque possibilita ao aluno formação mais completa, levando em consideração suas dificuldades e oferecendo acompanhamento psicológico e social, além do trabalho com professores capacitados para lidar com o tempo específico de aprendizado de cada aluno.
 
De acordo com Celma, a existência da educação inclusiva está prevista em lei, que exige das instituições de ensino públicas e privadas a oferta de estruturas, material e profissionais que melhor atendam às necessidades dos estudantes com qualquer tipo de deficiência, física ou cognitiva. O objetivo desse tipo de atendimento é proporcionar ao aluno as condições necessárias para estimular todo seu potencial de aprendizado. No entanto, ainda não são todas as escolas que proporcionam esse acesso, acrescenta a professora.
 
"Em uma das escolas em que eu trabalho, o Centro de Ensino Fundamental 1 do Lago Norte, em Brasília, faltam diversos tipos de atendimento. Lá não temos, por exemplo, uma sala de recursos, que é aquele local onde o aluno recebe, em horários complementares às suas aulas, atendimento profissional especializado de acordo com suas necessidades específicas. Nessa escola, nós até temos o profissional, mas não o espaço físico adequado. Lá os alunos são atendidos em um pequeno espaço da biblioteca e sem um material adequado", explicou Celma.
 
Agência Brasil

Dormir pouco ou dormir mal , pode aumentar a pressão arterial de adolescentes

Sabemos que existe uma forte relação entre a  síndrome da apneia obstrutiva do sono e a hipertensão arterial
 
A apneia do sono ,  caracteriza-se pela presença de roncos , episódios de apeia ( pausas respiratórias ) e sonolência diurna. Cerca de 50% dos hipertensos , apresentam algum grau de apneia do sono.
 
No entanto , não  parece ser necessário que haja um quadro clássico de apneia do sono , para que a pressão arterial se eleve. Essa é a constatação de pesquisadores de Cleveland ( Estados Unidos ). Os autores deste recente estudo , pesquisaram a qualidade do sono ( através de polissonografia ) e a pressão arterial ( medida algumas vezes , durante dois dias consecutivos )  em 238 adolescentes , com idades que variavam  de 13 a 16 anos .
 
Os pesquisadores , ao confrontarem  os dados obtidos nos exames de polissonografia com as medidas da pressão arterial  , concluíram que os adolescentes que apresentavam um sono ineficaz ( menos de 85% de eficácia avaliada pela polissonografia ) ou um sono de curta duração ( inferior a seis horas ) , apresentavam níveis de pressão arterial acima do desejado ( a chamada pré-hipertensão ) para o seu sexo e a sua altura.
 
Os achados deste estudo não parecem ser explicados por outros fatores , como o peso , nível socioeconômico , presença de apneia e de outras doenças. Os autores enfatizam que um quarto dos participantes desse estudo , apresentavam um sono ineficaz ou de curta duração , salientando ainda , que os adolescentes com distúrbios do sono previamente conhecidos ou portadores de outras doenças , foram excluídos da amostra estudada.
 
As causas deste sono inadequado , são desconhecidas . Na amostra do estudo , a presença de asma , efeito de cigarro ou do café , causas comuns de sono inadequado , não foram observados. Os autores concluem afirmando que , a prevenção da hipertensão arterial, não de envolver apenas a manutenção de um bom peso , hábitos alimentares adequados ou a prática de exercícios físicos  mas , também , a manutenção de um sono adequado.
 
Fonte:Circulation ( 2008 )