Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Impotência masculina pode ser tratada naturalmente


Dos problemas masculinos um dos mais delicados é a impotência sexual, que é um distúrbio onde há redução da capacidade de ereção.Geralmente ocorre na terceira idade em função do envelhecimento, mas pode ocorrer também em outras faixas etárias. Tem diversas causas que podem ser agrupadas em físicas, psicológicas e energéticas.

Dentre as causas físicas encontramos: diabetes, distúrbios hormonais, traumatismos, infecções no aparelho urogenital, vícios (cigarro, álcool, cocaína, maconha), predisposições hereditárias, efeito de medicamentos (como diazepam), vícios alimentares, excessos sexuais e masturbação.

A nível psicológico a origem pode estar na impotência diante da vida e diante de situações que geram insegurança e abalam a masculinidade como: doença grave, perda de emprego, dificuldades financeiras, incapacidade de liderança e de dirigir a própria vida. O excesso de trabalho e a preocupação geram estresse e ansiedade que também são causas diretas da impotência.

A nível energético a impotência está relacionada a uma desvitalização do chakra básico, o qual é responsável pela energia sexual masculina, pelo instinto de sobrevivência e pela vontade de lutar e agir. Homens que possuem muita energia nos chakras superiores, normalmente tem pouca energia nos chakra básico, são muito teóricos, intelectuais e idealistas, vivem mais de sonhos do que da realidade.

Quando as causas são físicas devem ser tratadas com acompanhamento médico especializado. Quando são psicológicas precisam ser trabalhadas profundamente através da psicoterapia. Quando são energéticas podem ser equilibradas através de diversos tratamentos alternativos como acupuntura, hata yoga, massagem terapêutica, florais e fitoterapia. A homeopatia também é um excelente tratamento em qualquer situação.

Na fitoterapia podem ser utilizadas ervas medicinais estimulantes, cujos campos energéticos na coloração vermelha e laranja, vitalizam o chakra básico, melhorando o desempenho sexual.

As ervas medicinais podem ser ingeridas através de chás com a planta fresca ou alcoolaturas que preservam a energia da planta, ou mesmo em cápsulas. Dentre as inúmeras indicações citamos algumas mais eficientes:

ARRUDA, GUINÉ, GERVÃO, MANJERICÃO, TRAPOERABA, GINKGOBILOBA, GUARANÁ, GENGIBRE, CATUABA, ARAPUAMA, GINSENG.

Como complementação de qualquer tratamento o controle alimentar ajuda bastante. Os homens com este problema devem evitar alimentos com hormônios sintéticos femininos (estrogênios) como carne vermelha fresca, carnes e aves industrializadas, salsichas, lingüiças, presunto, salames. Evitar também açúcar branco, cigarro, bebidas alcoólicas e laticínios. Ingerir raízes e alimentos com temperos como: cravo, canela, açafrão, alho, alho-poró, manjericão, manjerona, gengibre, páprica, pimenta, orégano, nós-moscada.


Fonte http://waniagravina.sites.uol.com.br/impotencia.htm

Remédios Homeopáticos


A automedicação, decisão de tomar remédios para as mais variadas doenças sem orientação médica, é totalmente condenável. Coibir essa prática, porém, não é tarefa das mais fáceis, visto que, se entrarmos numa farmácia e pedirmos um remédio para dor de cabeça, o vendedor nos fornecerá pelo menos cinco opções: comprimidos grandes, pequenos, amarelos, brancos, cor-de-rosa, com preços igualmente variáveis. Mas como se sabe que esses remédios são realmente indicados para dor de cabeça – um sintoma associado a muitas doenças, que vão desde a dengue até a meningite, passando pela gripe? É só ler a bula.

Uma característica do remédio alopático é, de fato, a presença de bula, que informa, e muito bem, as propriedades do remédio, mas numa linguagem direcionada para os médicos. O leigo, ao consultá-la, com certeza será induzido ao erro, pelo desconhecimento do significado da terminologia usada. Tomar um remédio para dor de cabeça sem saber a sua causa poderá, por exemplo, levar a uma dor de estômago ou, o que é pior, mascarar a moléstia real em curso.

Quando utilizamos a medicina homeopática para tratamento, uma das coisas que nos chama a atenção é a ausência de bula nos frascos de remédio. A Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas divulgou panfletos, em excelente trabalho de esclarecimento, explicando que o frasco de medicamento original e manipulado de acordo com a prescrição médica, deve conter:

1) A identificação do nome do estabelecimento (farmácia), com endereço, cidade, Estado e CNPJ – para garantir ao paciente que se trata de uma empresa que obedece as normas legais.

2) Nome do farmacêutico responsável e seu número de inscrição no Conselho Regional de Farmácia, assim como o nome do médico que fez a prescrição e seu competente registro no Conselho Regional de Medicina.

3) Nome do medicamento (por exemplo, Arnica montana); a potência (quantidade de vezes que o remédio foi dinamizado), que é indicada por um número; e o método de dinamização, o qual é representado por uma ou duas letras, em geral CH (centesimal hahnemanniano). Isso fica assim estampado no rótulo do frasco: Arnica montana 3 CH.

4) Fórmula farmacêutica, ou seja, glóbulos, tabletes, cápsulas, papéis, líquido; veículo, que pode ser sacarose (açúcar de cana) ou lactose (açúcar do leite), para a forma sólida, ou uma solução hidroalcoólica, para os líquidos; discriminação no rótulo do peso em gramas ou do volume em mililitros. Em relação à forma de apresentação, alguns critérios devem ser observados, considerando-se que pessoas diabéticas ou sensíveis à lactose devem preferir líquidos. Já pacientes com restrição de ingestão alcoólica devem preferir a forma de tabletes, glóbulos, papéis ou cápsulas.

5) Data de manipulação, isto é, quando o remédio foi fabricado, e sua validade (até quando o medicamento pode ser utilizado).

6) Via de administração (se de uso externo ou interno – para beber, mastigar, engolir)

Diante de qualquer dúvida, o farmacêutico tem a orientação de contatar o médico do paciente imediatamente.

Como se pode perceber, diante de todos esses cuidados, a automedicação torna-se bem mais difícil.

O grande norte da medicina homeopática é, na verdade, a individualização, que não mantém o foco nas doenças, mas sim nas pessoas que apresentam desequilíbrios e que, por isso, têm a saúde debilitada. Em homeopatia, não existe dor de cabeça pura e simplesmente, mas sim dor de cabeça que faz os olhos lacrimejarem, dor de cabeça do lado direito, dor de cabeça em salvas, dor de cabeça que aumenta com a luz, dor de cabeça após as refeições, etc. Cada uma delas requer um remédio específico. É por isso que o médico homeopata dedica muita atenção a todos os sintomas relatados pelo paciente, pois eles traduzem uma reação individual reveladora.

Para um diagnóstico correto é preciso investigar o corpo físico, a alimentação, os hábitos pessoais, o lado psicológico, os desejos, a filosofia de vida, o ambiente familiar e profissional do paciente. Quanto mais informações, maior a possibilidade de um resultado positivo rápido. É comum dizer-se que o tratamento homeopático é mais lento que o alopático. Isso, porém, não é verdade, já que cada paciente tem seu tempo próprio para reagir aos medicamentos.

De qualquer maneira, o paciente também precisa fazer a sua parte. Ele deve, por exemplo, tomar os remédios nos horários prescritos. Se precisar seguir algum tratamento alopático, tomar uma vacina ou utilizar qualquer tipo de pomada, ungüento, creme, óleo ou pasta, ele deve ligar antes para o homeopata.
Como os medicamentos homeopáticos não apresentam efeitos colaterais ou reações adversas, caso surjam sintomas diferentes após o início do tratamento, o paciente não deve ficar esperando o retorno da consulta para relatar o ocorrido ao médico, mas informá-lo logo para receber a devida orientação.

Alguns outros cuidados também devem ser observados, como evitar ou diminuir a ingestão de qualquer tipo de estimulante, caso do café e do chá- mate, por exemplo. Bebidas alcoólicas também devem ser evitadas, principalmente as destiladas, como aguardente, gin, uísque e vodca. A ingestão moderada de vinho ou cerveja, para quem está habituado, precisa ser autorizada pelo médico.

Recomenda-se não usar qualquer produto, seja de uso pessoal ou de limpeza doméstica, que contenha cânfora em sua fórmula, porque ela poderá anular a ação do medicamento homeo-pático.

É importante que, ao buscar a homeopatia, seja estabelecido um relacionamento de confiança, segurança e respeito entre paciente e médico, pois a mudança do profissional de saúde, no meio do tratamento, reinicia a pesquisa do diagnóstico. Além do mais, os sintomas inicialmente referidos podem ter-se alterado, o que dificulta a nova avaliação e leva a prescrições equivocadas.

Se o que levou o paciente a procurar um homeopata não é o desejo de substituir o tratamento alopático, então, o diálogo é fundamental, porque há um período muito especial em que, gradativamente, a medicação alopática é suspensa e a homeopática, introduzida.

A maneira de tomar o remédio deve seguir exatamente a prescrição do médico, pois ele sabe a forma mais eficiente para cada caso. Se a recomendação é para que seja tomado o medicamento em jejum, isso significa que a ingestão deve ser feita 30 minutos antes de qualquer alimento ou outro remédio. Se é para dissolver os glóbulos na língua, não se deve beber água junto. Quando o remédio pode ou deve ser tomado com água, o médico faz referência a essa situação na receita.

Fonte saudealternativa.org

Síndrome do coração partido também afeta jovens

Doença comum em mulheres mais velhas, pesquisadores descobriram que condição também atinge homens e pessoas mais novas  


A “síndrome do coração partido” – uma forma temporária e séria de derrame causada por um enfraquecimento repentino do músculo do coração – pode afetar um número maior de pessoas do que se acreditava antes, sugere um novo estudo.
Essa condição, conhecida também como “cardiopatia do estresse”, geralmente afeta mulheres na pós-menopausa e o gatilho típico é um evento estressante como separação, violência doméstica ou morte inesperada de alguém muito querido.

Nesse estudo, no entanto, os pesquisadores descobriram que essa condição pode afetar também pessoas mais jovens, homens e até quem acha que não está estressado.

Pesquisadores analisaram 256 pacientes em sete centros de saúde na Europa e na América do Norte durante cinco anos. A maioria (89%) dos participantes do estudo era mulher, dessas, 8% tinham 50 anos ou menos, e 11% eram homens.

Em 71% dos pacientes, os pesquisadores identificaram um evento significativamente estressante menos de 48 horas antes do desenvolvimento dessa condição. Entre os casos, 30% foram motivados por estresse emocional e 41% foram resultado de um estresse físico. Na época do tratamento, 87% dos pacientes tinham eletrocardiogramas anormais.

Foram encontrados gatilhos estressores em dois terços dos pacientes. Estudos anteriores reportaram a presença desses gatilhos em 89% das pessoas. “A falta de um evento estressante identificável não exclui o diagnóstico", disseram os autores do estudo no material de divulgação da pesquisa.

Exames

Os pesquisadores descobriram que a angiografia coronária (um teste de imagem comum) mostrou artérias coronárias saudáveis em 74% dos pacientes. A ressonância magnética cardiovascular permite que os pesquisadores diagnostiquem cardiopatias do estresse por meio de sintomas como inchaço do coração, movimentação distinta do músculo do coração conhecida como “padrão balão”, funções reduzidas no ventrículo esquerdo, marcas de inflamação no coração e falta de tecido morto ou excesso de tecido conectivo.

A ressonância, segundo os pesquisadores, pode fornecer dicas específicas para ajudar os médicos a diagnosticar e lidar com a cardiopatia do estresse mais cedo.

Mais gente, mais difícil

Os autores do estudo concluíram que a abrangência maior de pessoas que podem desenvolver uma cardiopatia do estresse deve dificultar a detecção do problema. O estudo foi publicado nesta quarta-feira (20), no Journal of the Medical American Association (Periódico da Associação Médica Americana).

Fonte IG

Doença pulmonar obstrutiva crônica



Foto: ADAM
Bronquite

 

Definição

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma das doenças pulmonares mais comuns. Ela dificulta a respiração.

Existem duas formas principais de DPOC:
  • Bronquite crônica, definida por tosse por longo tempo com muco
  • Enfisema, definido pela destruição dos pulmões ao longo do tempo
 A bronquite é a inflamação dos brônquios, as principais passagens de ar para os pulmões, e geralmente ocorre após uma infecção respiratória viral.

Os sintomas incluem tosse, falta de ar, chiado no peito e fadiga.

A enfisema é uma doença pulmonar que acarreta danos aos sacos aéreos (alvéolos). Há uma destruição progressiva dos alvéolos e dos tecidos circundantes que os suportam.

Em estado mais avançado, há um desenvolvimento de grandes cistos de ar onde antes havia tecido pulmonar normal. O ar fica preso nos pulmões devido à falta de tecido conjuntivo, reduzindo a oxigenação.


Foto: ADAM
Enfisema

A maioria das pessoas com DPOC tem uma combinação de ambas as condições.

Nomes alternativos

DPOC, doença crônica obstrutiva das vias respiratórias; doença pulmonar obstrutiva crônica, bronquite crônica, enfisema, bronquite - crônica

Causas, incidência e fatores de risco

O fumo é a causa principal da DPOC. Quanto mais a pessoa fuma, mais provavelmente desenvolverá a DPOC, embora algumas pessoas fumem por muitos anos e nunca tenham a DPOC.

Em casos raros, não fumantes que têm carência de uma proteína chamada alfa-1 antitripsina podem desenvolver enfisema.


Foto: ADAM
DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica)

Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) refere-se a doenças pulmonares crônicas que resultam em fluxo de ar bloqueado nos pulmões.

Os dois principais distúrbios de DPOC são enfisema e bronquite crônica, as causas mais comuns de insuficiência respiratória.

O enfisema ocorre quando as paredes entre os sacos aéreos pulmonares ficam enfraquecidas e sofrem colapso. Danos da DPOC normalmente são permanentes e irreversíveis.

Outros fatores de risco para DPOC são:
  • Exposição a determinados gases ou fumaças no local de trabalho
  • Exposição a grandes quantidades de fumo passivo e poluição
  • Uso frequente de gás de cozinha sem ventilação adequada

Sintomas

  • Tosse com muco
  • Falta de ar (dispneia) que piora com atividade branda
  • Fadiga
  • Infecções respiratórias frequentes
  • Respiração ofegante
Como os sintomas da DPOC se desenvolvem lentamente, algumas pessoas podem não estar cientes de que estão doentes.

Exames e testes

O melhor teste para DPOC é um teste simples de funcionamento dos pulmões chamado espirometria. Isso envolve soprar o mais forte possível em uma pequena máquina que testa a capacidade dos pulmões. O teste pode ser interpretado imediatamente e não envolve exercício físico, retirada de sangue ou exposição à radiação.

A espirometria é um estudo indolor, frequentemente usado para avaliar a função pulmonar em pessoas com doenças pulmonares obstrutivas e restritivas, como asma ou fibrose cística.


Foto: ADAM
Espirometria

Usar um estetoscópio para auscultar os pulmões também pode ser útil, embora algumas vezes os pulmões emitam ruídos normais mesmo quando a DPOC está presente.

As imagens dos pulmões (como radiografias e tomografias computadorizadas) podem ser úteis, mas algumas vezes parecem normais mesmo quando uma pessoa tem DPOC.

Algumas vezes é necessário fazer um teste de sangue (denominado "gasometria sanguínea") para medir as quantidades de oxigênio e dióxido de carbono no sangue.

Tratamento

Não há cura para a DPOC. No entanto, existem muitas coisas que você pode fazer para aliviar os sintomas e evitar que a doença piore.

As pessoas com DPOC devem parar de fumar. Essa é a melhor maneira de desacelerar os danos nos pulmões.

Medicamentos usados para tratar da DPOC incluem:
  • Inaladores (broncodilatadores) para abrir as vias respiratórias, como ipratropium, tiotropium, salmeterol ou formoterol
  • Esteroides inalados para reduzir a inflamação nos pulmões
Em casos graves ou durante intensificações súbitas, você pode precisar receber esteroides via oral ou venosa (intravenosa).

Antibióticos são prescritos durante intensificações súbitas dos sintomas, porque as infecções pioram a DPOC.

A oxigenoterapia em casa pode ser necessária se uma pessoa tiver um nível baixo de oxigênio em seu sangue. A reabilitação pulmonar não cura a doença pulmonar, mas ela pode ensiná-lo a respirar de uma maneira diferente para que você possa se manter ativo.

Programas de exercícios como a reabilitação pulmonar também são importantes para ajudar a manter a força muscular nas pernas, de forma que os pulmões sejam menos sobrecarregados durante a caminhada. Esses programas também ensinam as pessoas como usar os medicamentos de maneira mais eficaz.

Coisas que você pode fazer para facilitar isso para si mesmo em casa incluem:
  • Evitar ar muito frio
  • Certificar-se de que ninguém fume em sua casa
  • Reduzir a poluição do ar eliminando fumaça de lareira e outras substâncias que causam irritação
Faça uma dieta saudável com peixe, frango e carne magra, bem como frutas e vegetais. Se for difícil manter seu peso, converse com um médico ou nutricionista sobre a ingestão de alimentos com mais calorias.

Os tratamentos cirúrgicos podem incluir:
  • Cirurgia para remover partes do pulmão doente para alguns pacientes com enfisema
  • Transplante de pulmão para casos graves

Grupos de apoio

As pessoas frequentemente podem ajudar a reduzir a tensão da doença participando de um grupo de apoio no qual os membros compartilham experiências e problemas comuns.

Evolução (prognóstico)

Essa condição é uma doença com efeitos a longo prazo (crônica). A doença piorará mais rapidamente se a pessoa continuar fumando.

Os pacientes com DPOC grave terão falta de ar com a maioria das atividades e serão internadas no hospital com mais frequência. Esses pacientes devem conversar com o médico sobre o uso de máquinas de respiração e cuidados no fim da vida.

Complicações

  • Batimentos cardíacos irregulares (arritmias)
  • Necessidade de máquina de respiração e oxigenoterapia
  • Insuficiência cardíaca no lado direito ou cor pulmonale (inchaço do coração ou insuficiência cardíaca devido à doença pulmonar crônica)
  • Pneumotórax
  • Perda de peso ou desnutrição grave

Ligando para seu médico

Vá para a emergência de algum hospital ou ligue para o número de emergência local (como 192) se você tiver um aumento rápido de falta de ar.

Prevenção

Não fumar previne a maioria das DPOC. Pergunte ao seu médico sobre programas para parar de fumar. Os medicamentos também estão disponíveis para ajudar a vencer o vício de fumar e os medicamentos são mais eficazes se uma pessoa está motivada a parar.

Fonte IG

DPOC: uma doença pouco conhecida

Enfermidade provocada pelo fumo ataca os pulmões e coloca em risco a vida de 7 milhões de brasileiros. A maioria nem desconfia



Foto: Thinkstock Photos Ampliar
Provocada pelo cigarro, a DPOC atinge mais os homens. Desconhecimento dos sintomas atrasam o tratamento

“DP o que?” Essa é a reação comumente ouvida nos consultórios médicos, quando o paciente recebe o diagnóstico de DPOC – a doença pulmonar obstrutiva crônica.

Considerada a sexta causa de mortalidade no mundo e a quinta no país – devendo subir para a terceira posição no ranking até 2020, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) -, a enfermidade é progressiva, crônica e incapacitante.

Estima-se que 7 milhões de brasileiros sejam portadores da doença, provocada em 90% dos casos pelo tabagismo. Ela é responsável por altos índices de hospitalização, internações e mortes prematuras, piora com o passar dos anos e é mais prevalente no sexo masculino.

Teodoro, personagem de Tarcísio Meira na novela global "Insensato Coração", era portador da doença.
“Mais da metade dos doentes desconhecem seus sintomas e apenas 300 mil estão em tratamento”, diz o pneumologista Roberto Stirbulov, presidente da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT).

A exposição constante às substâncias nocivas encontradas na fumaça do cigarro é o que causa a inflamação crônica nas vias respiratórias e nos pulmões. Então ocorre um aumento na produção de secreção e o catarro fica mais espesso e pegajoso. A doença também pode causar fibrose, perda de elasticidade pulmonar e danos nos alvéolos, além de provocar repercussões sistêmicas como doenças cardiovasculares, diabetes, perda de massa muscular, osteoporose.

Fonte IG

Médico é condenado por cobrar cirurgia no SUS em Araçatuba-SP

Como é réu primário, pena do médico será pagamento de multa e serviços comunitários
SÃO PAULO - Um médico conveniado do Sistema Único de Saúde (SUS) foi condenado pela Justiça de Araçatuba por ter cobrado R$ 2,4 mil para fazer uma cirurgia em paciente internado na Santa Casa de Araçatuba pelo SUS. A decisão foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo na terça-feira, 19.

Em razão de sua função pública, o médico exigiu para si, vantagem indevida, em outubro de 2007. O médico viu a necessidade de submetê-la a uma cirurgia e exigiu a quantia dos familiares da paciente mesmo internada pelo SUS.

Além dos três anos de reclusão, o médico terá que pagar 15 dias-multa. Primário, o médico teve a pena privativa de liberdade substituída por duas restritivas de direito.

Na primeira, ele deverá pagar 10 salários mínimos para a Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba. Na segunda, o médico deverá pagar prestando serviços à comunidade, a serem determinados. A decisão foi do juiz Emerson Sumariva Júnior.

Fonte Estadão

EUA não conseguem vencer batalha contra obesidade

País criou o programa 'Gente Saudável' para tentar reduzir a obesidade em 15% em 2010
Atlanta (EUA.) - Nenhum estado dos Estados Unidos conseguiu obter um índice de obesidade em adultos menor que 20% em 2010, sendo que 12 estados chegaram a alcançar 30%, segundo um estudo divulgado nesta terça-feira.

A pesquisa do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) mostra que a prevalência da obesidade continua sendo alta nos EUA, e que em 2010 o país não conseguiu alcançar a meta fixada no programa "Gente Saudável", que visa reduzir o problema em 15%.

"Os níveis de obesidade estaduais ainda são altos. Devemos continuar nossos esforços para reverter esta epidemia", declarou nesta terça o diretor dos CDC, Thomas Frieden.

O relatório apresentou que cerca de 30% dos adultos nos estados do Alabama, Arkansas, Kentucky, Louisiana, Mississipi, Missouri, Oklahoma, Tennessee, Virgínia Ocidental, Michigan, Carolina do Sul e Texas são obesos. No ano 2000 não havia um só estado que tivesse chegado a essa percentagem.

O estado com um nível de obesidade mais alto em 2010 foi o Mississippi, com 34%, enquanto que o Colorado reportou o índice mais baixo - 21%.

A região com o índice de obesidade mais alto foi a do sul do país, com 29,4%, seguida do meio oeste (28,7%), o nordeste (24,9%) e, por último, o oeste (24,1%).

"Vencer a batalha contra a obesidade levará tempo e recursos ", declarou William Dietz, diretor da Divisão de Nutrição, Atividade Física e Obesidade dos CDC.

O funcionário indicou que os esforços devem continuar para fomentar um estilo de vida mais saudável e ativo entre os americanos a fim de combater esta "epidemia".

"Ao fazer isto, não só ajudamos os adultos de hoje, mas também investimos em nossas crianças e netos, para que eles não tenham que herdar esta séria e pesada carga", acrescentou Dietz.

O relatório analisou dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco Comportamentais (BRFSS, sigla em inglês) que coleta informação de saúde por meio de uma enquete telefônica realizada com cerca de 400 mil entrevistados maiores de 18 anos.

A enquete levou em conta a altura e o peso dos participantes para calcular o índice de massa corporal (IMB) e para estabelecer se uma pessoa é obesa. De acordo com os CDC, um adulto é considerado obeso se apresentar um IMB de 30 ou maior.

Fonte Estadão

Pílula e injeções de hormônio aumentam chance de contágio pelo HIV

Métodos contraceptivos hormonais deixaram as mulheres mais expostas, mas ainda não está claro como os hormônios ajudam a espalhar o vírus

ATLANTA (AP) - Um estudo descobriu que as mulheres infectadas com o vírus HIV na África ficam mais propensas a infectar seus parceiros se estiverem usando métodos contraceptivos à base de hormônios.

As mulheres observadas no estudo tinham o dobro de chance de transmitir o vírus se estivessem tomando pílula ou injeções de hormônio, se comparadas com aquelas que não utilizavam estes métodos para não engravidar. A pesquisa é a primeira a focar nesta questão, de acordo com Renee Heffron, da Universidade de Washington, que participou da pesquisa.

O estudo também mostrou que mulheres sem o vírus tinham o dobro de chance de serem infectadas com o HIV de seus parceiros se usassem a contracepção a partir de hormônios, se comparadas com aquelas que não usavam.

Os pesquisadores checaram se não havia diferenças significativas no uso de camisinha, comportamento sexual ou outros fatores que poderiam interferir no resultado. A pesquisa foi apresentada nesta quarta-feira durante a 6ª Conferência da Sociedade Internacional de Aids (IAS), em Roma.

Os pesquisadores disseram que as descobertas ainda precisam ser confirmadas com novos estudos, e não devem fazer as mulheres trocarem imediatamente o método contraceptivo que usam.

O aumento do risco de infecção pelo HIV também deve ser avaliada frente as consequências da gravidez indesejada, que na África pode incluir complicadores como a mortalidade materna e a miséria, eles explicaram.

"A contracepção é incrivelmente importante para o desenvolvimento econômico e social de mulheres e crianças no mundo todo", disse Dr. Jared Baeten, outro pesquisador da Universidade de Washington que participou do estudo.

As injeções de hormônio liberam progestina, que impede os ovários de liberarem os óvulos e também estreita o endométrio do útero. As pílulas contém progestina ou progestina e estrogênio e funcionam da mesma forma.

Ainda não está claro como os hormônios ajudam a espalhar o vírus, mas o risco já foi observado em estudos anteriores. Um estudo no Quênia mostrou um aumento na células infectadas pelo HIV no tecido cervical depois que mulheres começaram a usar vários métodos contraceptivos hormonais.

O novo estudo foi realizado entre 2004 e 2010 em sete países da África: Quênia, Uganda, Ruanda, Botswana, Zâmbia, Tanzânia e África do Sul.

Ele incluiu quase 2.500 mulheres com HIV com parceiros não infectados. Cerca de um terço delas usou um método contraceptivo hormonal pelo menos uma vez. A maioria delas tomou a injeção, que é administrada uma vez por mês.

Os homens tinham 2,61% de chance de serem infectados no período de um ano se suas parceiras utilizavam um método contraceptivo hormonal. Se não fosse o caso, as chances de infecção eram de 1,51%.

A equipe de pesquisadores também observaram cerca de 1.300 casais nos quais apenas os homens tinham o vírus. Cerca de 20% das parceiras usavam algum método contraceptivo hormonal, a maioria tomava as injeções.

O estudo descobriu que estas mulheres tinham 6.6% de chance de serem infectadas pelo vírus HIV no período de um ano enquanto aquelas que não usavam este tipo de método tinham 3,8% de chance de serem infectadas.

 
Fonte Estadão

Hábitos de vida previnem Alzheimer

Um artigo publicado pela revista científica britânica Lancet Neurology sugere que milhões de casos da doença de Alzheimer, o tipo mais comum de demência em pessoas com mais de 60 anos, poderiam ser prevenidos com o controle de sete condições ou hábitos de vida que interferem no aparecimento e evolução da doença, tais como sedentarismo, pressão alta, tabagismo e obesidade.

O levantamento – uma revisão de cerca de 100 artigos científicos – foi apresentado ontem, em Paris, durante a Conferência Internacional da Associação de Alzheimer. A conclusão tem como base um modelo matemático criado por pesquisadores americanos. De acordo com eles, uma redução de 25% em todos os 7 fatores de risco poderia prevenir até 3 milhões de casos da doença em todo o mundo, o que representa quase 10% do total de pacientes com Alzheimer – cerca de 35 milhões. No Brasil, a estimativa é de que existam cerca de 1,5 milhão de pacientes com esse tipo de demência.

“A prevenção é uma opção particularmente atraente dado o estado da terapia. É por isso que desperta muito interesse”, afirma William Thies, cientista à frente da Associação de Alzheimer. Por enquanto, os tratamentos tentam retardar a evolução da doença e diminuir os sintomas, sem promover a cura.

O trabalho usa um modelo matemático para calcular o impacto dos sete principais fatores de risco associados ao Alzheimer, que deveriam ser evitados: tabagismo, depressão, pouca escolaridade, diabete, sedentarismo, obesidade e pressão alta.

A melhora do nível educacional seria a medida de maior impacto para combater a doença no mundo. Em segundo lugar viriam as campanhas antitabagistas. Nos EUA, outras duas ações contribuiriam mais para a prevenção do Alzheimer: o combate ao sedentarismo e à depressão.

O diretor científico da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz), Ivan Okamoto, afirma que já havia sido demonstrada a conveniência da eliminação dos fatores de risco cardiovasculares – como combate ao tabagismo, sedentarismo, obesidade e pressão alta. “Em até 20% dos casos, a demência causada pelo Alzheimer vem acompanhada por uma demência vascular”, explica. “Se você evita a demência vascular, os quadros de Alzheimer também melhoram.”

Já a atividade intelectual melhora a reserva cognitiva – conjunto de estratégias que o cérebro utiliza para compensar o déficit provocado pela demência. “Alguém que esquece uma palavra terá mais ferramentas para encontrar sinônimos ou metáforas para substituí-la se estiver acostumado a exercitar o cérebro”, afirma.

Como os demais fatores, a depressão não pode ser apontada como causa do Alzheimer. “Mas há uma evidente comorbidade coincidente das duas doenças”, aponta Okamoto. “Ao tratar a depressão, a qualidade de vida do doente melhora”, completa.

O sintoma mais comum da doença é a perda de memória, mas, com a progressão da doença, surgem outros: confusão, irritabilidade, alterações de humor, falhas na linguagem e prejuízo da capacidade de orientação temporal ou espacial. Ainda não há cura definitiva para a doença, mas alguns remédios podem retardar sua evolução.

Pesquisa

O estudo apresentado na capital francesa foi coordenado por Deborah Barnes, professora adjunta do Departamento de Psiquiatria da Universidade da Califórnia, em São Francisco, e recebeu financiamento dos Institutos Nacionais para o Envelhecimento, nos Estados Unidos.

Fonte Estadão

OMS pede fim de teste sorológico para tuberculose

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta quarta-feira o fim dos testes sorológicos para diagnosticar a tuberculose. A alegação é que já se demonstraram imprecisos na detecção de um em cada dois casos.

O diretor do departamento para tuberculose da OMS, Mario Raviglione, explicou em Genebra que o uso destes testes é amplamente difundido nos países em desenvolvimento. Locais que contam com sistemas públicos de saúde muito precários e obrigam os cidadãos a recorrer com frequência a médicos particulares.

Segundo Raviglione, não há nenhum sistema público de saúde que recorra a este tipo de testes para o diagnóstico da tuberculose. A doença mata 1,7 milhão de pessoas a cada ano e afeta especialmente os infectados pelo vírus da Aids (HIV).

"Seus resultados são inconsistentes e imprecisos e põem a vida dos pacientes em sério perigo", esclareceu o responsável da OMS, baseando-se em conclusões de 94 estudos realizados no último ano.
Nos casos de falso negativo, as pessoas não recebem tratamento e podem contaminar outros indivíduos e acabar morrendo.

Já nos casos de falso positivo, os pacientes recebem um tratamento que não precisam e que pode causar graves consequências para a saúde, além da despesa desnecessária que acarreta.

Estes testes são efetivos na detecção de outras doenças infecciosas, como o HIV, mas foi demonstrado que são "totalmente ineficazes" no diagnóstico do vírus que provoca uma tuberculose ativa em cerca de 10% dos casos, relatou Raviglione.

"O problema é que se pode ter o vírus sem saber, porque ele não provoca sintomas visíveis até que a doença se desenvolva. Por isso é importante se submeter a testes eficazes no tempo certo", afirmou.

COMÉRCIO

Todos os anos são feitos pelo menos dois milhões de testes sorológicos comerciais. Um negócio milionário para as empresas que os fabricam, instaladas fundamentalmente em países desenvolvidos onde quase não são utilizados para o diagnóstico da tuberculose.

Há 18 companhias no mundo que fabricam estes exames, com sede na França, Itália, Reino Unido, Alemanha, Holanda, Índia, China, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão e Cingapura.

"O custo dos testes é de cerca de US$ 30 (cerca de R$ 47), uma quantia muito elevada para os pacientes dos países de baixa renda, onde são comercializados", ressaltou Raviglione.

A coordenadora de diagnoses de tuberculose da OMS, Karin Weyer, atribuiu seu uso estendido a partir da década de 1990 à relativa rapidez do resultado, que sai em uma ou duas semanas, muito antes do que com os sistemas tradicionais.

No entanto, desde dezembro de 2010, a OMS recomenda o uso da máquina Xpert MTB/RIF, baseada na análise molecular de DNA, que oferece um diagnóstico confiável em apenas alguns minutos e não é suscetível a erros humanos.

Segundo Weyer, os sistemas públicos de saúde começaram a adotar medidas para seguir a recomendação da OMS sobre o uso dos exames moleculares, mas ainda há um amplo número de médicos particulares que se deixam seduzir pelas ofertas das empresas que fabricam os testes sorológicos.

Fonte Folhaonline

Abuso de droga para cavalo faz britânico perder a bexiga

Uma grande cicatriz que passa pelo meio da barriga do britânico Christopher Francis, 22, é uma lembrança permanente que ele carrega sobre as consequências do abuso no uso de drogas.

O consumo constante de ketamina, droga comumente usada como tranquilizante para cavalos, levou Francis a desenvolver uma grave infecção que o obrigou a ter a bexiga retirada e substituída por um órgão artificial.

BBC
Christopher Francis onta que começou a consumir a ketamina "cheirando umas poucas linhas"; logo sentia os efeitos na saúde
Christopher Francis começou a consumir a ketamina "cheirando umas poucas linhas"; logo sentia efeitos na saúde

O jovem, que cumpre hoje uma pena de prisão em regime semi-aberto por tráfico de drogas, dá palestras em escolas para alertar sobre os perigos das drogas e mostrar que eles vão além da ameaça da cadeia.

"As pessoas não têm ideia do efeito que isso [o consumo de ketamina] tem. Ela rapidamente estraga sua saúde", afirma ele em entrevista à BBC.

SPECIAL K

A ketamina é um poderoso anestésico geral, que deprime o sistema nervoso central e provoca uma temporária perda de sensação no corpo. Também tem fortes efeitos alucinógenos.

A droga é popularmente conhecida como Special K, Super K ou Vitamina K.

Um relatório divulgado nesta quinta-feira por uma comissão científica independente sobre drogas no Reino Unido indica que a ketamina já é a quarta droga ilegal de uso mais popular no país.
Apesar disso, a substância ainda é classificada como droga leve pela legislação do país, no mesmo nível que outros tranquilizantes e anabolizantes e considerada menos danosa que drogas como maconha, ecstasy ou cocaína.


BBC
Christopher Francis mostra a cicatriz da cirurgia em que removeu a bexiga; ele faz campanha contra o uso da ketamina
Christopher Francis mostra a cicatriz da cirurgia em que removeu a bexiga; ele faz campanha contra o uso da ketamina


TOLERÂNCIA

Christopher Francis conta que começou a consumir a ketamina "cheirando umas poucas linhas" e que rapidamente foi aumentando a quantidade consumida, conforme sua tolerância à droga ia aumentando.

Com o tempo, ele foi sentindo os efeitos do consumo da ketamina sobre sua saúde. "Começou com câimbras no estômago e dificuldade para urinar" conta.

"Aí eu cheirava mais para tentar me livrar das dores, mas essa era a razão pela qual estavam ali originalmente", diz.

Com o tempo, ele conta que passou a urinar sangue e pus. "Ficava na cama me contorcendo de dor e não tinha nada que pudesse fazer. A única maneira de fazer a dor passar era cheirando mais", diz.

BOLSA DE URINA

O consumo da droga provocou a corrosão da cartilagem de seu nariz, mas essa não foi a pior consequência da ketamina, para Francis. Os danos provocados pela droga em seu sistema urinário foi tamanho que ele teve que ter sua bexiga retirada.

Por quase um ano, entre os 18 e os 19 anos, ele teve sua urina coletada em uma bolsa ligada ao corpo. "Não é a melhor das coisas para um garoto dessa idade, que está tentando conquistar as garotas, ter uma bolsa de urina entre suas pernas", observa.

Ele comenta que o problema lhe causou várias situações de constrangimento, especialmente quando a bolsa vazava. "Em algumas situações me vi num grupo de 5 ou 6 amigos e de repente tinha minhas calças molhadas. Não é uma situação muito legal, é constrangedor", diz.

Para Francis, as autoridades precisam começar a agir para conter o aumento no consumo de ketamina.
MORTES

"As pessoas não têm ideia do efeito que isso [o consumo de ketamina] tem. Ela rapidamente estraga sua saúde"

Pesquisadores dizem que não foram realizados muitos estudos sobre os efeitos da ketamina sobre a saúde, porque seu uso como droga recreativa é um fenômeno recente.

"Não sabemos quais os efeitos de longo prazo, porque somente começamos a pesquisar isso nos últimos anos", afirma o médico Dan Wood, professor da University College London.

Além dos problemas na bexiga, relatados por muitos dos usuários da droga, Wood afirma que também são registrados com frequência problemas renais e no fígado. "O que ainda não sabemos é se esses danos são reversíveis", diz.

As autoridades britânicas também alertam para um crescente número de mortes ligadas ao consumo de ketamina --em sua maioria, provocadas por acidentes.

No início do ano, Louise Cattell, 21, morreu afogada em uma banheira após consumir a droga.

A morte de Cattell levou sua mãe, Vicky Unwin, a promover campanhas para alertar sobre os perigos do consumo de ketamina.

"Alguns dos melhores amigos da Louise ainda usam ketamina", diz Vicky. "Eu fico pasma com isso, porque eles a amavam e viram como ela morreu", afirma.

Fonte Folhaonline

Risco de infecção por Aids diminui 76% em homens circuncidados

Uma pesquisa publicada nesta quarta-feira em Roma, no último dia da conferência internacional sobre a Aids, mostra que a circuncisão permite uma diminuição de 76% dos riscos de infecção com o HIV nos homens.

O estudo da ANRS (Agência Francesa de Pesquisas sobre a Aids), dirigido por Bertrand Auvert, foi realizado na localidade de Orange Farm, subúrbio de Johannesburgo, onde a infecção alcança níveis particularmente elevados: em um grupo com idade entre 35 e 39 anos, 40% dos homens não circuncidados têm HIV; entre as mulheres, 45%.

DADOS

Por causa de uma campanha de promoção realizada por cientistas, mais de 20.000 homens aceitaram passar por uma circuncisão.

O objetivo da pesquisa era comprovar na prática uma queda do risco de 60% estabelecida por testes clínicos.

Se nenhum homem tivesse sido circuncidado nesta comunidade durante o período da pesquisa, a incidência de infecções do HIV teria sido 58% maior, segundo os cientistas.

"Esta é a primeira vez que um estudo em nível mundial demonstra que um programa de prevenção entre adultos heterossexuais funciona no mundo real", explicou Auvert.

"Isso confirma que a circuncisão masculina, barata e que é feita apenas uma vez na vida, é um método preventivo eficaz", declarou o professor Jean-François Delfraissy, diretor da ANRS.

O médico sul-africano Dirk Taljaard, que participa na pesquisa, enfatizou que os cientistas esperam que a repercussão desse método seja uma redução da infecção também entre as mulheres.

Fonte Folhaonline

Osasco terá campanha de doação de medula óssea

A Ameo (Associação da Medula Óssea do Estado de São Paulo) instala neste sábado (23) um posto em Osasco (Grande SP) para cadastrar quem deseja se tornar um doador de medula óssea.

O transplante de medula óssea é adotado em doenças que afetam as células do sangue, como leucemia e linfoma. Informações completas sobre os procedimentos, as formas de doação e os pré-requisitos para ser um doador serão fornecidas no local.

O atendimento funcionará das 10h às 18h na Escola Estadual Professora Lucy Anna Carroso Latorre --r. Misótis, 431, Jardim das Flores.

Para ser doador, a pessoa deve ter entre 18 e 54 anos e estar bem de saúde, sem nenhum tipo de doença infecciosa transmissível no sangue. É necessário apresentar RG e CPF.

Os atendentes realizarão exames de sangue para checar a compatibilidade com os que necessitam de transplante de medula óssea.

Fonte Folhaonline

USP cria robô para reabilitação de fratura no antebraço

Pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) criaram um sistema robótico móvel, integrado a um videogame, para ajudar na reabilitação de pessoas que tiveram fratura no rádio distal (osso do antebraço, que vai do cotovelo ao punho).

Lesões nessa região são comumente encontradas por ortopedistas em prontos-socorros, associadas a quedas sobre a mão, na tentativa de diminuir o impacto.

Enquanto o paciente joga videogame com um joystick (e, assim, faz exercícios de forma lúdica), sensores do dispositivo monitoram a execução dos movimentos.

Dados sobre os exercícios são então enviados para um computador, para que o fisioterapeuta avalie a amplitude do movimento, a velocidade e a aceleração. Esses dados mostram ao profissional a evolução do tratamento.

"O robô pode comprovar os ganhos da fisioterapia e se houve melhora ao longo do tempo. A avaliação qualitativa é substituída por dados, não fica no achismo", diz Glauco Caurin, coordenador da pesquisa e professor da Escola de Engenharia da USP de São Carlos, onde foi criado o dispositivo.


Editoria de Arte/Folhapress


FUTURO
Segundo Caurin, ainda não dá para saber quando esse sistema vai estar disponível na prática clínica.

Mais estudos precisam ser feitos para adequar o produto às normas da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e de órgãos análogos nos EUA e na Europa.

O dispositivo foi testado por 15 pessoas da própria universidade, para avaliar seu funcionamento e itens como conforto e segurança.

"Quando os trabalhos científicos alcançarem uma maturidade maior e os testes clínicos comprovarem a sua eficácia, poderemos transferir o robô para uma empresa", diz.

O pesquisador esteve no Laboratório Newman de Reabilitação Biomecânica, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), para aprender sobre a aplicação do sistema em hospitais.

Caurin afirma que o grupo de pesquisa está estudando usar o robô na reabilitação de outras articulações do braço, da mão, da perna e do pé, para diferentes tipos de lesão.

"O equipamento pode ser programado para atender outras necessidades. É possível imaginar no futuro uma 'academia de robôs', para diversos tipos de problema."

Gil Lúcio Almeida, presidente do Conselho de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo, elogia a busca de novas tecnologias para a reabilitação e diz que outros tipos de robôs são usados por pessoas com mobilidade reduzida na AACD, por exemplo.

No entanto, ele acredita que o custo de um dispositivo como o que foi criado pela USP não compensaria seus potenciais benefícios. Equipamentos semelhantes no exterior custam cerca de US$ 90 mil.

"Um bom clínico consegue avaliar a evolução do paciente, o ganho da força e a volta do controle dos movimentos. Os mesmos objetivos podem ser alcançados com a prescrição correta de exercícios simples", afirma ele.

Fonte Folhaonline

Concurso Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás 2011

A Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás, Estado do Goiás, publicou edital de concurso público destinado ao provimento de vagas. O concurso de Santa Terezinha de Goiás oferece 06 vagas em cargos de Enfermeiro Padrão e Médicos de nível superior. Os salários variam entre R$ 1.500,00 e R$ 8.000,00, com carga horária de 30 a 40 horas semanais.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico www.itco.org.br, até ás 18 horas do dia 22 de julho de 2011.

A taxa de inscrição será de R$ 45,00, para o cargo de Enfermeira Padrão, e R$ 160,00 para os cargos de Médico.

A prova objetiva será aplicada no dia 31 de julho 2011, exclusivamente na cidade de Santa Terezinha de Goiás, em local (is) a ser(em) especificados ulteriormente e divulgados no endereço eletrônico http://www.itco.org.br/., terá a duração de 4 horas e será realizada no período da manhã, das 9h às 13h.

O gabarito preliminar da prova objetiva estará no endereço eletrônico http://www.itco.org.br/, dia 31 de julho de 2011 ás 18 horas.

O prazo de validade do concurso de Santa Terezinha de Goiás será de 02 anos, a contar da data de publicação de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

Fonte concursosnobrasil

Concurso Prefeitura de Itajá 2011

A Prefeitura de Itajá, Estado de Goiás, publicou edital de concurso público destinado ao provimento de vagas. O concurso de Itajá oferece 243, sendo 61 imediatas e 182 para reserva técnica em cargos de nível fundamental, médio/técnico e superior. Os salários variam entre R$ 545,00 a R$ 1.612,80, com carga horária de 24 a 40 horas semanais. Do total de vagas, 5% são reservadas a portadores de deficiência.
Para cargos de nível fundamental as vagas são de Auxiliar Administrativo (01+03CR), Auxiliar de Consultório Dentário (02+06CR), Merendeira (04+12CR), Motorsita II (07+21CR) e Auxiliar de Serviços Gerais (24+72CR).

Quem tem nível médio os cargos são para Professor III (10+30CR), Técnico em Radiologia (01+01CR), Auxiliar de Enfermagem II (04+13CR) e Auxiliar de Enfermagem I (03+09CR).

Candidatos que já concluíram o ensino superior podem disputar as vagas de Farmacêutico (01+03CR), Biomédico (01+03CR), Fisioterapeuta (02+06CR) e Fonoaudiólogo (01+03CR).

Inscrições

A inscrição será realizada, via internet, no site http://www.ebraconconcursos.com.br/, até o dia 29 de julho de 2011, horário de Brasília.

A Prefeitura Municipal de Itajá manterá computadores com impressoras e digitadores à disposição dos interessados em se inscrever no concurso, durante todo o período de inscrição, no horário normal de expediente, na Prefeitura Municipal de Itajá, localizada na Rua Pio Cantárido de Medeiros, nº 441, Centro, Itajá-Go.

A taxa de inscrição varia entre R$ 16,00 para o cargo de nível fundamental, R$ 23,00 para o cargo de nível médio e R$ 48,00 para os cargos de nível superior.

Provas
A prova objetiva será aplicada na cidade de Itajá-GO, com duração de 3 horas. As datas, locais e horários de realização das provas serão informados aos candidatos inscritos, mediante aviso afixado no placar deste órgão e no site http://www.ebraconconcursos.com.br/, até no 10º (décimo) dia útil após o encerramento das inscrições.

O gabarito das provas será publicado no site http://www.ebraconconcursos.com.br/, até o 5º dia útil após a aplicação das provas.

Validade

O Concurso de Itajá terá validade de até 02 anos, a contar da data da publicação de sua homologação, prorrogável uma vez, por igual período.

Sobre o Município de Itajá

Itajá fica localizado na microrregião de Quirinópolis, distante 359 2 413 km da capital Goiânia. Sua população é de 5.066 habitantes (Censo IBGE/2010).

Fonte concursosnobrasil

Concurso Prefeitura de Mineiros 2011 Edital

A Prefeitura de Mineiros, Estado do Goiás, lançou edital para realização de processo seletivo. O concurso de Mineiros é destinado ao provimento de 10 vagas, em cargos de nível fundamental e superior. O salário varia de R$ 572,26 a R$ 2.200,00.

Cargos do concurso de Mineiros

Auxiliar de Serviços (06), Assistente Social (01), Advogado (01), Motorista (01) e Psicólogo (01).

A inscrição deverá ser efetuada, até o dia 29 de julho de 2011, em horário de expediente, por meio da entrega do currículo vitae atualizado e padronizado, na Secretaria Municipal de Administração, Tecnologia e Recursos Humanos, localizada no Prédio da Prefeitura Municipal, na Praça Coronel Carrijo, n°. 1, Centro, CEP 75.830-000, Mineiros – Goiás.

A seleção para as vagas de que trata este edital será realizada mediante avaliação curricular.

A convocação para contratação dar-se-á por meio de publicação no Mural da Prefeitura e no site do Município de Mineiros (GO) – http://www.mineiros.go.gov.br/.

A validade do concurso de Mineiros será de 24 meses, a partir da publicação do resultado e efetiva contratação, podendo ser prorrogado até o limite máximo referido.

Fonte concursosnobrasil

Concurso Prefeitura de São Francisco do Brejão 2011

A Prefeitura de São Francisco do Brejão, Estado do Maranhão, lançou edital para realização de concurso público. O concurso de São Francisco do Brejão é destinado ao provimento de 109 vagas, em cargos de todos os níveis de escolaridade. O salário varia de R$ 545,00 a R$ 6.000,00, com carga horária de 20 a 40h semanais de acordo com o cargo.
Candidatos com ensino fundamental podem se inscrever nos cargos Auxiliar de Serviços Gerais (11), Coveiro (01), Eletricista (01), Encanador (01), Gari (04), Motorista (04),Fiscal Sanitário (02) Pedreiro (02) e Vigia (08).

Quem tem o ensino médio as chances são para Agente de Combate a Endemias (02), Auxiliar de Administração (06), Auxiliar de Bibliotecário (01), Digitador (02), Fiscal de Tributos (02), Professor MAG I -Educação Infantil e Séries Iniciais (05), Técnico Agrícola (01), Técnico em Contabilidade (03), Técnico em Enfermagem (03), Técnico em Informática (01), Técnico em Laboratório (02), Técnico em Licitações (01), Técnico em Manutenção de Máquinas e Veículos (01).

Já para quem concluiu o ensino superior as oportunidades são para Administrador (01), Assessor Jurídico (01), Assistente Social (01), Bibliotecário (01), Bioquímico/Farmacêutico (01), Cirurgião Dentista (02), Contabilista (01), Enfermeiro (01), Fisioterapeuta (01), Fonoaudiólogo (01), Médico (02), Médico Plantonista (03), Médico- Veterinário (01), Nutricionista (01), Orientador Educacional (02), Ouvidor (01), Procurador (01), Psicólogo (02), Supervisor Educacional (10), Zootecnista (01), Professor MAG IV – Letras-Português, Letras-Inglês, Matemática, História e Geografia (10).

As inscrições serão feitas via internet, no site www.fundelta.com.br, no período entre 10 horas do dia 04 de julho e 23 horas e 59 minutos do dia 24 de julho de 2011, observado o horário oficial de Brasília-DF.

A taxa de inscrição varia entre R$ 40,00 a R$ 100,00 de acordo com o cargo escolhido.

A realização das provas está prevista para ocorrer no dia 28 de agosto de 2011, e serão aplicadas no município de São Francisco do Brejão, Estado do Maranhão. Até 07 dias antes da data de realização das provas, serão disponibilizados no endereço eletrônico http://www.fundelta.com.br/ os “Cartões de Inscrição”, no qual constarão o local e o horário de realização da prova pelo candidato, ou na sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Brejão.

O gabarito preliminar da prova escrita objetiva, será divulgado até 02 dias úteis após a aplicação da prova.

O prazo de validade do concurso de São Francisco do Brejão será de 02 anos, a contar da data da publicação da homologação na Imprensa Oficial, podendo ser renovado por igual período, mediante ato do Poder Executivo, observada a conveniência e oportunidade da Administração.

Fonte concursosnobrasil

Concurso Jangada 2011: Prefeitura lança edital

A Prefeitura de Jangada, Estado de Mato Grosso, lançou edital para realização de concurso público. O concurso de Jangada é destinado ao provimento de 21 vagas, em cargos de todos os níveis de escolaridade. O salário varia de R$ 545,00 a R$ 1.500,00, com carga horária de 20 a 40h semanais de acordo com o cargo.
Cargos do concurso Jangada

Nível Fundamental: Auxiliar de Serviços Gerais (01), Jardineiro (01), Operador de Máquinas Pesadas (Motoniveladora) (01), Operador de Máquinas Pesadas (Pá Carregadeira) (01), Pedreiro (01) e Vigia (02).

Nível Médio: Agente de Vigilância Ambiental (02), Auxiliar de Desenvolvimento Infantil (03), Auxiliar de Farmácia (01) e Técnico em Enfermagem (04).

Nível Superior: Auditor Público Interno (01), Bioquímico Farmacêutico (01), Contador (01) e  Engenheiro Civil (01).

Serão admitidas inscrições via internet, no endereço eletrônico http://www.grupoatame.com.br/, realizadas no período compreendido entre as 08:00 horas do dia 07 de julho até as 22:59 horas do dia 07 de agosto de 2011 (horário oficial do Estado de Mato Grosso).

As provas escritas serão realizadas no dia 28 de Agosto de 2011, com duração de 3 horas. As provas práticas serão realizadas em data a ser publicada posteriormente a aplicação das provas escritas, em locais e horários a serem divulgados, Por aviso resumido no Diário Oficial do Estado, no site http://www.grupoatame.com.br/, e no Mural da Prefeitura Municipal de Jangada/MT.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.grupoatame.com.br/, no 1º dia útil após aplicação das provas escritas, a partir das 16:00 horas.

O concurso de Jangada terá validade de validade 2 anos, a contar da data da publicação da homologação do seu resultado, prorrogável, 1 vez, por igual período, a critério da autoridade competente.

Fonte concursosnobrasil

Concurso Prefeitura de Jauru 2011

A Prefeitura de Jauru, Estado de Mato Grosso, publicou edital de concurso público destinado ao provimento de vagas. O concurso de Jauru oferece 151 vagas em cargos de nível fundamental, médio/técnico e superior. Os salários variam entre R$ 580,26 e R$ 11.179,35, com carga horária de 20 a 40 horas semanais. Do total de vagas, 10% são reservadas a portadores de deficiência.
Candidatos que tem o Ensino Alfabetizado podem concorrer aos cargos de agente de limpeza pública (06), auxiliar de oficina (02), auxiliar de serviços gerais (18), borracheiro (01), braçal (11), coveiro (02), eletricista automotivo (01), mecânicos (02), motorista I e II (10), pedreiro (02) e vigia (16).

Quem tem o Ensino Fundamental podem disputar as vagas de auxiliar administrativo (02), encanador (02), operador de estação (02) e operador de maquinas (03).

Para quem possui o Nível Médio as chances são para apoio administrativo educacional (05), assistente administrativo (08), auxiliar de saúde bucal (03), eletricista (01), fiscal de posturas e obras (01), fiscal de tributos (01), monitor de informática (03), técnico em desenvolvimento infantil (09), técnico em enfermagem (03), técnico em informática (01), técnico em química (01), técnico em radiologia (01) e técnico em saúde bucal (01).

Já para aqueles que concluíram o Ensino Superior as oportunidades são destinadas aos cargos de assistente social (01), bioquímico/farmacêutico (01), contador (01), controlador interno (01), enfermeiro (03), engenheiro civil (01), fonoaudiólogo (01), médicos (03), nutrionista (01), odontólogo (02), procurador jurídico (01), professores (16) e psicólogo (01).

Os interessados deverão fazer suas inscrições via internet, nos endereços eletrônicos: http://www.jauru.mt.gov.br/ e http://www.grupoatame.com.br/, no período compreendido entre as 08:00 horas do dia 11 de julho até as 22:59 horas do dia 11 de agosto de 2011 (horário oficial do Estado de Mato Grosso).
A taxa de inscrição varia entre R$ 20,00 a R$ 60,00 de acordo com o cargo escolhido.

As provas escritas serão realizadas no dia 11 de setembro de 2011, nos horários e locais a serem divulgados, Por aviso resumido no Diário Oficial do Estado; no site: http://www.grupoatame.com.br/ e no site da Prefeitura Municipal de JAURU/MT, http://www.jauru.mt.gov.br/, no Mural da Prefeitura Municipal de Jauru/MT.

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.grupoatame.com.br/, e no site da Prefeitura Municipal de Jauru/MT, http://www.jauru.mt.gov.br/ no 1º dia útil após aplicação das provas escritas, a partir das 16:00 horas.

A validade do concurso de Jauru será de 2 anos, a contar da data da publicação da homologação do seu resultado, prorrogável, 1 vez, por igual período, a critério da autoridade competente.

Fonte concursosnobrasil

Concurso COREN – MT 2011

O Conselho Regional de Enfermagem do Estado do Mato Grosso – COREN-MT, lançou edital de inscrição para realização de concurso público. O Concurso do COREN-MT oferece 300 vagas, sendo, 35 imediatas e 265 para cadastro de reserva, em cargos de todos os níveis de escolaridade. Do total de vagas, 5% são reservadas a portadores de deficiência.
As vagas do concurso COREN-MT, são para Aguá Boa, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Juína, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra. Os salários vão de R$ 600,00 a R$ 2.257,59, com carga horária de 40h semanais.

Cargos do concurso do COREN-MT

Auxiliar de serviços gerais (01+10CR), auxiliar administrativo (25+135CR), motorista (01+10CR), técnico em informática (01+10CR), administrador (01+10CR), advogado (01+10CR), analista administrativo (01+10CR), analista de sistemas (01+10CR), contador (10CR), comunicador social (10CR), enfermeiro fiscal (03+30CR) e secretário executivo (10CR).

As inscrições devem ser feitas até o dia 16 de setembro de 2011, pelo site http://www.quadrix.org.br/.

A taxa de inscrição varia entre R$ 25,00 para cargos de nível fundamental; R$ 35,00 para nível médio e R$ 50,00 para cargos de nível superior.

As provas objetiva, de Redação ou Discursiva, serão realizadas na cidade de Cuiabá, considerando o horário local, preferencialmente no período vespertino, com data prevista para o dia 25 de setembro de 2011, em locais e horários a serem divulgados no site http://www.quadrix.org.br/.

O gabarito oficial preliminar da prova objetiva será divulgada no site http://www.quadrix.org.br/.

A validade do concurso do COREN-MT será de 02 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Fonte concursosnobrasil

Concurso Prefeitura de Jangada 2011

A Prefeitura de Jangada, Estado do Mato Grosso, lançou edital para processo seletivo que visa preencher 46 vagas.  Do total de vagas 5%, é destinada a pessoas portadoras de necessidades especiais. O concurso de Jangada oferece várias vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam de R$ 545,00 a R$ 7.000,00.  A carga horária de trabalho varia entre 20h e 40 horas semanais.
Para cargos de nível fundamental as vagas são de Auxiliar de Serviços Gerais (03).

Quem tem nível médio os cargos são para Agente Comunitário de Saúde (01), Auxiliar Administrativo (02), Auxiliar de Atividades Pedagógicas (04), Auxiliar de Consultório Dentário (01), Coordenador (01), Digitador (01), Educador Social (03), Motorista (01), Professor (04), Técnico Educacional (01) e Técnico em Enfermagem (04).

Candidatos que já concluíram o ensino superior podem disputar as vagas de Assistente Social (02), Enfermeiro (03), Médico (04), Odontólogo (02), Pedagoga (01), Professor (07) e Psicólogo (02).

Os interessados poderão efetuar suas inscrições até o dia 29 de julho de 2011 (horário oficial do Estado de Mato Grosso), no site http://www.grupoatame.com.br/.

A taxa de inscrição varia de acordo com o cargo escolhido, sendo, R$ 10,00 para nível fundamental, R$ 10,00 para nível médio e R$ 20,00 para nível superior.

A prova escrita será realizada no dia 14 de agosto de 2011, às 08:00 horas, o local será divulgado em edital complementar, publicado no Diário Oficial do Estado, no site: http://www.grupoatame.com.br/, no Mural da Prefeitura Municipal e facultativamente em outros órgãos da Administração Pública, a partir do dia 08 de agosto de 2011.

O gabarito será divulgado na Internet, no endereço eletrônico (http://www.grupoatame.com.br/), no 1º dia útil após aplicação das provas escritas, a partir das 16:00 horas.

A validade do concurso de Jangada será de 1 ano, a contar da data da homologação do seu resultado, não podendo ser prorrogado.

Fonte concursosnobrasil