Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 30 de março de 2012

"Apagão das abelhas" já é considerado problema agrícola emergencial

Países da Europa, em especial a França e o Reino Unido, vivem uma crise agrícola. Culturas tradicionais como as de maçãs, flores, amêndoas e mirtilos enfrentam graves problemas.

A culpa não é das mudanças climáticas, da falta de água ou de terra infértil. O mal é a falta de abelha. O inseto, essencial para o processo de polinização de várias espécies vegetais, está desaparecendo drasticamente.

Já considerado um problema emergencial, o “apagão das abelhas” é tema de dois artigos publicados na edição de hoje da revista Science. Neles, pesquisadores franceses e ingleses acreditam ter encontrado a causa do fenômeno: dois tipos de agrotóxicos que, aparentemente, não causavam dano aos insetos têm provocado o desequilíbrio das colmeias e a morte dos animais.

Sociais, mas nem tanto
Ao contrário do que a maioria das pessoas imagina, cerca de 85% das 20 mil espécies de abelhas conhecidas não vivem em sociedades complexas, com uma rainha e suas operárias na colmeia. Em geral, as fêmeas do pequeno inseto vivem sozinhas no campo. Quando elas nascem, são imediatamente fecundadas. Assim, sua vida é focada exclusivamente em encontrar um lugar para o ninho, construí-lo, botar os ovos, armazenar comida para as futuras crias e defender o local de predadores. Feito isso, dias antes das novas abelhas nascerem, a mãe morre, não havendo, portanto, contato entre as gerações.

As abelhas que vivem em colmeias são mais conhecidas porque fazem parte das espécies domesticadas, especialmente por sua capacidade de produzir de mel. Nesse sistema, existe um alto grau de especialização entre os indivíduos da espécie que se ocupam de diversas tarefas, que vão desde cuidar das crias e produzir própolis e mel a fazer a segurança da colmeia, além de botar ovos, tarefa exclusiva da rainha. Enquanto rainhas vivem até 5 anos, a expectativa de vida das operárias não passa dos 4 meses. Apenas 5% das espécies de abelhas estão nesse grupo.

Há ainda um grupo intermediário, não tão solitário quando a maioria das espécies nem tão social quando as produtoras de mel. Espécies como a Bombus são independentes entre si, mas constroem seus ninhos agregados, numa espécie de "condomínio". Mesmo próximos um do outro, os ninhos têm a sua dona, que responsável de cuidar dos ovos e protegê-los. A estratégia garante mais segurança, já que ataques de predadores podem ser repelidos por várias abelhas, cujos ninhos estão em perigo. Esse conjunto é composto por 10% das espécies de abelhas.

Fonte Correio Braziliense

Adotar hábitos alimentares saudáveis somente após o diagnóstico não basta, alerta oncologista

Adotar hábitos alimentares saudáveis somente após o diagnóstico não basta, alerta oncologista Rainer Berg/Stock.xchng
O brócolis tem fibras insolúveis que dificultam a formação de tumores
Médico destaca que uma boa alimentação tem efeito benéfico se adotada por toda a vida

Manter hábitos alimentares saudáveis tem mostrado benefícios no combate a diversos problemas de saúde, inclusive na prevenção ao câncer. Pesquisadores italianos, por exemplo, acompanharam durante 11 anos 31 mil mulheres com idade entre 36 e 64 anos para avaliar o papel do consumo de vegetais na prevenção do câncer de mama.

O estudo comparou o baixo com o alto consumo desses alimentos em relação à incidência da doença. Após ajustes estatísticos para nível de instrução, levando em conta dados antropométricos, história reprodutiva, terapia de reposição hormonal, atividade física, consumo de álcool e tabagismo, as mulheres que consumiram mais vegetais, de forma geral, apresentaram 30% menos chances de desenvolver câncer de mama.

— Mas não basta adotar um estilo de vida saudável somente quando é feito o diagnóstico — alerta o oncologista Stephen Stefani, do Instituto do Câncer Mãe de Deus.

Segundo o médico, hábitos saudáveis de alimentação trazem beneficio quando adotados por toda uma vida.

— Mudanças radicais sem orientação podem até dificultar o manejo do paciente — comenta.

Confira alguns alimentos que devem entrar já na sua dieta, conforme indicação da nutricionista Kelly Araújo, da Oncomed.

:: Abóbora, moranga, mamão, manga, cenoura, laranja — devem ser consumidos frescos e não como suplementos alimentares. Ricos em betacaroteno, com ação antioxidante, protegem contra o câncer de mama e de pulmão.

:: Melancia, tomate, pimentão — contêm licopeno, substância que atua na prevenção do câncer de próstata e de outros tipos.

:: Brócolis, couve, couve-flor e outros vegetais verde-escuros — possuem fibras insolúveis que dificultam a formação de tumores.

:: Linhaça — possui grande quantidade de fibras e de ômega 3, que contribuem para a prevenção, principalmente, do câncer do intestino.

Os resultados da pesquisa italiana estão no prelo para publicação no periódico científico Breast Cancer Research and Treatment.

Fonte Zero Hora

Anvisa interdita lote de remédio contra diabetes

Dois fabricantes tiveram todos os produtos proibidos, por falta de registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou cautelarmente, em todo o país, o lote 06675335 do medicamento Teutoformin (Cloridrato de Metformina) 850mg, comprimidos. O remédio, usado no tratamento de diabetes, apresentou resultado insatisfatório no ensaio de Aspecto. O produto é fabricado pelo Laboratório Teuto Brasileiro S/A.

A interdição cautelar vale pelo período de 90 dias após a data de publicação no Diário Oficial da União, que saiu na quinta-feira, 15 de março. Durante esse tempo, o produto interditado não deve ser consumido nem comercializado.

Fabricantes
Também no Diário Oficial , a Anvisa publicou a suspensão da fabricação, comércio e uso, em todo o país, de todos os produtos sujeitos à vigilância sanitária fabricados pelas empresas E.L Silva Mercearia e V. B. Silva e Souza ME. As empresas não têm Autorização de Funcionamento e seus produtos não têm registro na Anvisa.

A suspensão é definitiva e tem validade imediata. Uso de medicamentos desses fabricantes que já tenham sido adquiridos deve ser interrompido, orienta a agência.

Fonte Zero Hora

Nome do princípio ativo de medicamentos deverá ser destacado em embalagens

Anvisa e Ministério da Saúde lançam novo manual para rotulagem de remédios

O Manual de Identidade Visual de Medicamentos, que pretende padronizar a rotulagem de todos os medicamentos com destinação institucional e dedicados ao Ministério da Saúde, será lançado nesta quinta-feira em coletiva de imprensa na sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília.

Entre as novidades da nova padronização está a valorização do nome do princípio ativo do medicamento na embalagem, de forma a estimular os médicos a utilizarem o nome técnico dos produtos nas receitas. O manual também dá destaque à marca do Sistema Único de Saúde (SUS) e à vedação de venda do produto em todas as embalagens, blisters, ampolas, cartelas, frascos, entre outros.

Fonte Zero Hora

Lote de Dipirona é suspenso pela Anvisa

Quem já comprou o medicamento deve interromper o uso

Está suspensa a distribuição, o comércio e o uso, em todo o país, do lote 0710/10 do medicamento Dipirona Sódica Solução Oral 500mg/ml, fabricado pela empresa Hipolabor Farmacêutica Ltda. A decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi publicada no Diário oficial da União (DOU).

O medicamento, usado no tratamento de febre e dores no corpo, foi suspenso por apresentar resultados insatisfatórios no ensaio de determinação de teor de Dipirona Sódica. O teor da substância apresentou valor abaixo do declarado pelo fabricante.

A suspensão é definitiva e tem validade imediata após divulgação da medida no Diário Oficial. Quem já adquiriu o produto deve interromper o uso, alerta a agência.

Fonte Zero Hora

Veja como a alimentação pode aumentar ou diminuir riscos de câncer

 Veja como a alimentação pode aumentar ou diminuir riscos de câncer Maria Komap/Deposit Photos
Nutróloga indica colorir o prato para alcançar a melhor combinação de nutrientes

Estudos demonstram que determinados nutrientes apresentam um papel protetor quanto ao câncer. Por outro lado, o consumo em excesso de alguns alimentos é comumente associado à maior propensão a desenvolver a doença. Para alcançar a melhor combinação, a nutróloga Fernanda Schettino Cerqueira aconselha a colorir o prato.

— Ao selecionar alimentos com diferentes colorações, aumentam as chances de que se reúna um número maior de nutrientes variados — explica a médica, da clínica Oncomed.

Fernanda destaca que a alimentação tem papéis diferentes no aspecto da prevenção e na etapa do tratamento. Para prevenir o aparecimento de células cancerosas, a dica da nutróloga é evitar excessos em embutidos, álcool, churrasco e alimentos conservados no sal. Na fase do tratamento, o suporte nutricional atua em conjunto com o tratamento oncológico para reduzir infecções, complicações operatórias e a necessidade de internação hospitalar.

Dieta preventiva
No Brasil, o consumo de alimentos que contêm fatores de proteção está abaixo do recomendado em diversas regiões do país, conforme a nutróloga. Ela cita como referência uma pesquisa do Ministério da Saúde, que em 2010 entrevistou 54.367 pessoas e traçou o padrão alimentar no país: muita carne gordurosa, comidas semiprontas, baixa ingestão de fibras, diminuição na ingestão do feijão, maior ingestão de refrigerantes e sucos artificiais.

— É importante mudar não só hábitos alimentares, mas também adotar hábitos saudáveis. Praticar exercícios regularmente e abandonar o cigarro são fundamentais para quem quer investir na própria saúde — alerta Fernanda.

A nutróloga deixa algumas dicas para colorir o prato e melhorar o arranjo de nutrientes na alimentação diária.

O que comer

:: De tudo um pouco, ou seja, comer com moderação

:: Três frutas diferentes ao longo do dia

:: Um vegetal verde-escuro, pelo menos uma vez ao dia

:: Peixe duas vezes por semana

:: Suco natural e água

O que limitar

:: Carne vermelha

:: Sucos açucarados e industrializados

:: Sal

:: Bebidas alcoólicas

Fonte Zero Hora

Custo médico-hospitalar pago por plano sobe 11%

O VCMH/Iess continuou superior à variação da inflação geral de preços medida pelo IPCA, que foi de 6,36% nos mesmos períodos

A variação dos custos médicos e hospitalares (VCMH), calculada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Iess), foi de 11,6% entre dois períodos de 12 meses. O último período encerrou-se em setembro de 2011.

O VCMH/Iess continuou superior à variação da inflação geral de preços medida pelo IPCA, que foi de 6,36% nos mesmos períodos.

O cálculo dos custos médicos e hospitalares inclui todas as despesas assistenciais pagas pelas operadoras de planos e seguros de saúde para uma amostra de beneficiários de planos individuais.

O superintendente do instituto, Luiz Augusto Carneiro, afirma que as causas do aumento ainda não foram mapeadas por completo.

Carneiro diz que houve aumento da frequência da utilização dos procedimentos, terapias e exames, de um lado, e elevação dos preços de cada serviço, de outro.

O Iess tem como associados cinco grandes operadoras do país.

Fonte SaudeWeb

SP: Secretaria de Saúde oferece aperfeiçoamento para profissionais do SUS

Os cursos são gratuitos e direcionados a médicos, gestores dos níveis municipal e estadual, articuladores da Atenção Básica, interlocutores da saúde da mulher, da população negra e idosa, enfermeiros e nutricionistas, entre outros

O Instituto de Saúde (IS) da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo divulgou o calendário dos Cursos de Aperfeiçoamento e Atualização para os Trabalhadores do Sistema Único de Saúde (CurSUS) que promoverá em 2012.

O objetivo dos cursos é atualizar os conhecimentos dos profissionais da área da saúde, a partir dos trabalhos desenvolvidos por pesquisadores do próprio instituto.

Os cursos são gratuitos e direcionados a médicos, gestores dos níveis municipal e estadual, articuladores da Atenção Básica, interlocutores da saúde da mulher, da população negra e idosa, enfermeiros e nutricionistas, entre outros.

Para se inscrever, os interessados devem preencher a ficha de inscrição do curso que pretende participar. Junto à ficha, o candidato encontrará as informações referentes aos cursos, como objetivo, público-alvo, coordenadores, datas e horário das aulas, o número de vagas disponíveis e os critérios a serem utilizados pelo IS na escolha dos candidatos caso haja um número maior de inscritos do que de vagas disponíveis.

De acordo com o IS, a iniciativa faz parte de um conjunto de ações desenvolvidas pela instituição para promover e fortalecer a formação de trabalhadores da saúde, de modo a capacitar, incentivar e orientar indivíduos comprometidos com a consolidação do SUS no Estado de São Paulo.

A relação dos cursos bem como as datas em que serão realizados e o número de vagas podem ser acessados no site do IS.

Fonte SaudeWeb

Anvisa lança manual para rotulagem dos medicamentos

Novo manual traz uma padronização mais moderna, que deverá ser utilizada em todos os medicamentos com destinação institucional e dedicados ao Ministério da Saúde

A Anvisa e o Ministério da Saúde divulgam, nesta quinta-feira (29), o Manual de Identidade Visual de Medicamentos. O novo manual traz uma padronização mais moderna, que deverá ser utilizada em todos os medicamentos com destinação institucional e dedicados ao Ministério da Saúde.

Entre as novidades da nova padronização, está a valorização do nome do princípio ativo do medicamento de forma a estimular os profissionais médicos a utilizar o nome técnico dos produtos. O novo manual também dá destaque à marca do SUS e à vedação de venda do produto em todas as embalagens, blisters, ampolas, cartelas, frascos, entre outros.

Fonte SaudeWeb

Conselhos denunciam agressão aos direitos humanos em hospital de Porto Velho

Diante do quadro que mostra um homem sendo devorado por larvas dentro do Hospital João Paulo II, de Porto Velho (RO), o CFM e o Cremero divulgaram nota pública de repúdio e conclamam a sociedade a combater os desmandos nos setor

Imagens que representam uma agressão aos direitos humanos, foram divulgadas nesta quarta-feira (28), pela imprensa de Rondônia e pela internet. Diante do quadro que apresenta um homem sendo devorado por larvas dentro de um hospital de Porto Velho (RO), os Conselhos Federal de Medicina (CFM) e Regional de Medicina do Estado (Cremero) divulgaram nota pública de repúdio e conclamam a sociedade a combater os desmandos nos setor.

“Este caso exemplifica o desrespeito aos direitos humanos e a Constituição brasileira, que determina que a saúde é um direito de todos e um dever do Estado, sendo a dignidade dos indivíduos fundamental para a vida em sociedade. Os Conselhos conclamam todos os rondonienses, todas as entidades da sociedade civil organizada, os tomadores de decisão, o Ministério Público, o Poder Legislativo e o Poder Judiciário a unir forças contra a iniquidade”, diz o documento.

Confira a íntegra da nota de esclarecimento dos conselhos.

Nota de repúdio a agressão aos direitos humanos em hospital de Porto Velho

A saúde pública em Rondônia vivencia período de crise por conta de sucessivos equívocos na esfera de sua gestão. Um exemplo concreto dos desmandos veio a tona com a Operação Termópilas, conduzida pelo Ministério Público Estadual, pelo Tribunal de Justiça do Estado e la Polícia Federal. A ação concluída no fim de 2011 culminou com a denúncia de envolvimento e a prisão de gestores públicos, políticos e empresários que desviavam recursos da saúde em benefício próprio.

Apesar disso e de outras várias denúncias feitas pelas entidades médicas, da sociedade civil e da imprensa, o descaso e a indiferença ainda campeiam comprometendo a vida e o bem estar dos cidadãos rondonienses. Infelizmente, o caos ultrapassou todos os limites.

Nesta quarta-feira (28), imagens chocantes veiculadas pela internet mostram o sofrimento e a tortura a qual os pacientes estão sendo submetidos no Estado. As cenas mostram um homem abandonado dentro do Hospital João Paulo II, em Porto Velho. Seu sofrimento é visível e sua agonia choca ainda mais ao percebermos que de sua boca saem larvas (tapurus), que o devoram vivo.

O Conselho Federal de Medicina e o Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero), inconformados com o quadro atual e com a indiferença do governador Confúcio Moura – lamentavelmente médico -, tomarão medidas enérgicas para que situações semelhantes não voltem a acontecer.

Este caso exemplifica o desrespeito aos direitos humanos e a Constituição brasileira, que determina que a saúde é um direito de todos e um dever do Estado, sendo a dignidade dos indivíduos fundamental para a vida em sociedade. Os Conselhos conclamam todos os rondonienses, todas as entidades da sociedade civil organizada, os tomadores de decisão, o Ministério Público, o Poder Legislativo e o Poder Judiciário a unir forças contra a iniquidade.

O silêncio significa cumplicidade com os desmandos. Os médicos não assinarão este pacto.

Fonte SaudeWeb

PF prende prefeito e secretário de Saúde de município do RJ

O prefeito de São Francisco do Itabapoana, Carlos Alberto Silva de Azevedo, e o secretário municipal de Saúde, Cristiano Salles, foram detidos por desvio de verba pública

Cinco pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (29), entre elas o prefeito de São Francisco do Itabapoana, no norte fluminense, Carlos Alberto Silva de Azevedo, e o secretário municipal de Saúde, Cristiano Salles, durante a Operação Renascer, deflagrada pela Polícia Federal para desarticular um esquema de desvio de verbas públicas destinadas à saúde no município.

Entre os presos também estão um ex-secretário municipal de Saúde e os donos da Clínica Fênix, que a polícia acredita ter sido usada para operar o esquema fraudulento.

De acordo com a PF, as investigações foram realizadas pela Delegacia da Polícia Federal em Campos dos Goytacazes, também no norte do estado, em inquérito policial instaurado para apurar os crimes de quadrilha, peculato (apropriação ou o desvio de valores ou bens por funcionário público) e corrupção passiva e ativa.

Todos os cinco mandados de prisão e os 11 de busca e apreensão – decretados pelo desembargador federal Messod Azulay, da Segunda Turma Especializada do Tribunal Regional Federal – foram cumpridos.

Mais informações sobre a operação serão apresentadas durante entrevista coletiva marcada para o fim da manhã de hoje na Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes.

Procurada pela reportagem, a prefeitura de São Francisco do Itabapoana informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que não iria se manifestar.

Fonte SaudeWeb

AstraZeneca unifica comunicações internas com a plataforma Lync

Projeto piloto inclui 4.300 pessoas de todos os grupos funcionais da empresa. A farmacêutica deixou claro que gosta dos resultados colhidos até agora

A AstraZeneca está unificando as comunicações internas através da plataforma Microsoft Lync, como uma forma de melhorar a comunicação entre os grupos de pesquisa e desenvolvimento e, também, entre a gestão da cadeia de suprimentos.

A diretora de tecnologia da farmacêutica, Angela Yochem, falou sobre os primeiros resultados do que ainda é um projeto piloto durante a conferência UBM’s Enterprise Connect, em Orlando. O piloto inclui 4.300 pessoas de todos os grupos funcionais da empresa. A AstraZeneca não se comprometeu à Lync como um padrão corporativo, mas deixou claro que gosta do que está vendo até agora.

Kirk Koenigsbauer, vice-presidente corporativo da divisão Microsoft Office, palestrou no Connect Enterprise nesta quarta-feira. O Lync também foi notícia esta semana após um anúncio da HP / Polycom sobre a entrega de equipamentos e serviços para empresas que optarem por implantar o equipamento de videoconferência da Polycom em conjunto com o software Lync. Embora a própria Microsoft não faça anúncios de notícias importantes durante o evento, a empresa está trabalhando para solidificar a reputação do Lync como uma entrada forte no mercado de comunicações unificadas.

O Lync é um software da Microsoft para gerenciamento de voz sobre chamadas telefônicas IP, bem como videoconferências, mensagens instantâneas e conferência web. A história da AstraZeneca ajuda a tornar público o caso de que o Lync está sendo levado a sério por grandes corporações.

A AstraZeneca é uma empresa global com operações em mais de 100 países. “Ela costumava deter todos os aspectos da descoberta de medicamentos, fabricação e comercialização, mas nós mudamos para um modelo onde a maior parte desses serviços é terceirizada”, disse Yochen.

Isso significa uma maior colaboração entre as pessoas, incluindo a colaboração com pessoas de empresas parceiras, avalia. Um aspecto interessante do Lync é a sua capacidade de comunicação federativa através do firewall com participantes de videoconferências de outras organizações, disse a executiva.

Alguns dos benefícios iniciais do ensaio são:

- O tempo necessário para treinamento de vendas em um novo medicamento foi reduzido em 75%.

- Uma equipe da cadeia de suprimentos relatou que o tempo necessário para completar transações de rotina com os fornecedores encolheu de dias para minutos.

- Uma pesquisa global e a equipe de desenvolvimento informaram que ficou muito mais fácil criar videoconferências.

Em uma pesquisa com 1.000 participantes, 93% disseram que recomendariam o Lync para os colegas, 78% acreditam que sua produtividade foi reforçada e 75% estam dispostos a desistir de seu telefone fixo se fossem fornecidos com o Lync.

Além disso, embora o foco do piloto seja a melhoria da produtividade, em vez de poupar dinheiro, “estamos muito interessados em algumas das economias que já vimos”, disse Yochem. Um dos participantes do estudo que viaja à China economizou US $ 600 em custos de comunicação por si só, ela disse.

AstraZeneca não é necessariamente uma loja da Microsoft, Yochem disse, por isso está avaliando o Lync por seus próprios méritos.

Além do vídeo e comunicações unificadas, Yochem disse que ela está interessada em modos assíncronos de comunicação, como as empresas de redes sociais, que têm a vantagem de criar um arquivo pesquisável das comunicações que podem ser minadas no futuro como um registro do conhecimento organizacional. Existem vários usos experimentais de tecnologia de colaboração social em uso ao redor da empresa, mas não uma plataforma padrão.

“Parte da minha lista de coisas a fazer este mês está dedicada a definir a natureza exata da capacidade de que precisamos”, disse ela. Isso não significa que selecionaremos um produto apenas esboçando os “resultados de negócios necessários”, a empresa gostaria de uma tecnologia nova de colaboração, disse.

Fonte SaudeWeb

Radiologistas suspendem exames agendados pela Unimed

De acordo com a Sociedade Cearense de Radiologia (Soceara), a operadora está limitando o número de exames realizados, entre eles os exames de imagem de ultrassons e raios

Os médicos radiologistas suspenderam por tempo indeterminado os atendimentos de exames agendados pelo plano de saúde Unimed em hospitais e clínicas credenciados de Fortaleza.

De acordo com a Sociedade Cearense de Radiologia (Soceara), a operadora está limitando o número de exames realizados, entre eles os exames de imagem de ultrassons e raios X. A Unimed Fortaleza informou que o cliente não pode ter limitador na hora da realização de exames e que os contratos com todas as 32 clínicas de radiologia em Fortaleza estão firmados.

Em entrevista ao portal G1, o diretor da Comissão de Defesa Profissional da Soceara, Dower Frota, afirma que quando a clínica passa do número de exames estipulado pela Unimed, o valor do serviço, que é de R$ 450 por exame, cai 20%. Frota diz que o caso é compreendido como uma atitude ilegal porque as operadoras não podem limitar. E ressalta que os exames de imagem são fundamentais na medicina em termos de diagnóstico. O plano faz isso para reduzir custos e acaba prejudicando o paciente.

O diretor da Unimed Fortaleza, Luciano Alencar, diz que essa é a lógica de mercado. E exemplifica ao dizer que se existem 100 exames, há um preço. Se existem 120, 130, o preço diminui. Segundo a publicação, a Unimed, por meio de nota, informou que as clínicas, não poderão limitar o número de exames e que os clientes do plano de saúde continuarão tendo à disposição a rede de atendimento, conforme previsto em contrato.

A Unimed disse que as mudanças vêm sendo implementadas há cerca de seis anos e que as clínicas assinaram contratos aceitando essas mudanças. O plano de saúde informa que não existe, até o momento, nenhuma clínica ou laboratório descredenciado e que os contratos com as clínicas de imagem e de radiologia encontram-se todos em vigência.

Mudança
A mudança nos contratos foi criticada pelos médicos radiologistas, que realizam exames de imagem pela operadora de plano de saúde. Insatisfeitos, eles decidiram suspender os atendimentos eletivos, os que não são de urgência, por tempo indeterminado.

Frota afirma que a partir do momento em que a Unimed coloca um limitante virtual, em que a partir do qual os profissionais vão ganhar até 20% a menos, ela está inibindo de exercer o ato médico

O diretor da Clínica São Carlos, Francisco Monteiro de Castro Júnior, disse que só foram atendidos os casos de urgência.

Decon
Para o Ministério Público, pacientes que tiverem exames recusados devem procurar o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon). Segundo a promotora Ann Cely Sampaio, foi aberto um canal de negociação junto à sociedade dos médicos radiologistas e Unimed para tentar solucionar esse problema. Aquele consumidor que se sentir prejudicado poderá comparecer ao Decon para prestar a reclamação devida, ressalta.

A Unimed informou ainda que já enviou esclarecimentos para que o Decon tome providências, alegando que as clínicas têm um contrato e que não podem se recusar a realizar exames.

Agência Nacional de Saúde
A súmula normativa n° 16 da Agência Nacional de Saúde (ANS) diz que é vedado às operadoras de planos privados de assistência à saúde adotar e/ou utilizar mecanismos de regulação baseados meramente em parâmetros estatísticos de produtividade os quais impliquem inibição à solicitação de exames diagnósticos complementares pelos prestadores de serviços de saúde, sob pena de incorrerem em infração.

Fonte SaudeWeb

Relação Nacional de Medicamentos passa a contar com 810 itens

Entre as novidades, está a inclusão de cinco novos medicamentos, que passam a ser fornecidos gratuitamente nas unidades básicas de saúde

Uma nova Relação Nacional de Medicamentos (Rename) está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (29). Por meio da Portaria 533, o Ministério da Saúde amplia a Rename, a lista oficial de medicamentos do Sistema Único de Saúde (SUS), que passa a contar com 810 itens. Entre as novidades, está a inclusão de cinco novos medicamentos, que passam a ser fornecidos gratuitamente nas unidades básicas de saúde.

Entre eles, os medicamentos alopáticos Finasterida e a Doxasozina, indicados para o tratamento da hiperplasia prostática benigna (crescimento anormal da próstata). E mais três fitoterápicos: Hortelã (tratamento da síndrome do cólon irritável), Babosa (queimaduras e psoríase) e Salgueiro (dor lombar).

A Relação Nacional de Medicamentos é atualizada a cada dois anos. A última relação atualizada fora publicada em 2010. Outra novidade é que a Rename/2012 ganha outro conceito.

Até o ano passado, só constavam desta relação medicamentos da atenção básica, considerados itens “essenciais” para a população brasileira; isto é, voltados para os agravos mais recorrentes.

Por isso, a Rename/2010 se limitava a 340 itens. Até então, não estavam incluídos os medicamentos que tratam doenças raras e complexas nem vacinas ou insumos. Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Carlos Gadelha, este ano, a Rename foi elaborada a partir de um conceito mais amplo do que é essencial para a população. Todos os medicamentos de uso ambulatorial foram incluídos – entre eles, insumos e vacinas. Por isso, a lista mais do que dobrou de tamanho, ganhando 470 itens.

Gadelha acrescenta que este é mais um passo da estratégia nacional que vincula acesso, incorporação racional de novos medicamentos para os cidadãos e sinalização para o aumento da produção nacional. Só não constam da Rename/2012 os medicamentos oncológicos, oftalmológicos e aqueles usados em Urgências e Emergências. Esses produtos estão contemplados na Relação Nacional de Ações e Serviços de Saúde (Renases).

Atualização
A incorporação, exclusão e alteração de medicamentos e insumos na Rename são realizadas pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), coordenada pelo Ministério da Saúde e com a participação de representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), além de especialistas da (Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), de entidades e associações médicas, comunidades científicas e hospitais de excelência.

A incorporação é feita a partir da análise da eficácia, efetividade e custo-benefício dos medicamentos e deve ser acompanhada de regras precisas quanto à indicação e forma de uso. Isso permite orientar adequadamente a conduta dos profissionais de saúde, além de garantir a segurança dos pacientes. A Conitec tem um prazo de 180 dias, prorrogáveis por mais 90, para a conclusão dos processos de avaliação de novas tecnologias.

Distribuição
Para obter (gratuitamente) os cinco novos e outros produtos incluídos no Sistema Único de Saúde a partir da Rename/2012, o usuário precisa apresentar receita médica às unidades do SUS. Os municípios e estados têm autonomia para disponibilizar esses medicamentos conforme a demanda da população local.

Cada município faz sua própria lista – a Relação Municipal de Medicamentos (Remume). Esses itens são adquiridos com recursos próprios dos estados e dos municípios, complementados por recursos do Ministério da Saúde. A compra dos medicamentos é uma responsabilidade compartilhada entre estados e municípios, bem como a definição dos pontos de oferta dos produtos e os documentos que devem apresentados pelos usuários.

Para a aquisição dos medicamentos, o Ministério da Saúde repassa às secretarias de saúde R$ 5,1 per capita habitante/ano (considerando-se que todos os brasileiros utilizam o SUS). A esse valor é adicionada uma contrapartida financeira pelos estados e municípios – cada um deles repassa R$ 1,86 per capita habitante/ano (totalizando-se, assim, R$ 8,82 per capita habitante/ano).

Fitoterápicos
O Ministério da Saúde passou a financiar fitoterápicos na rede pública de saúde a partir de 2007. Inicialmente, apenas dois produtos constavam da lista do SUS. Atualmente, são 11 medicamentos. Todos eles são fitoterápicos industrializados, ou seja, registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); portanto, com eficácia e segurança comprovadas.

Esses produtos, assim com os medicamentos tradicionais, passam por controle de qualidade e as empresas seguem as mesmas regras de boas práticas de fabricação utilizadas pelas fábricas dos alopáticos. O Ministério da Saúde orienta o uso desses produtos apenas na atenção básica. Os profissionais de saúde interessados em prescrever fitoterápicos devem estar capacitados nesta área. A responsabilidade da prescrição é dos profissionais de saúde.

Fonte SaudeWeb

10 maneiras de prevenir e controlar a hipertensão

Novos dados indicam que a doença atinge 23,3% dos brasileiros

A hipertensão, conhecida como pressão alta, é uma doença crônica que não tem cura, mas pode ser controlada. "Normalmente, um paciente com pressão igual ou superior a 140/90mmHg é diagnosticado como hipertenso. Além disso, o paciente tem de permanecer com a pressão mais alta do que o normal", explica o cardiologista Enéas Rocco. Essa doença pode desencadear males que envolvem o sistema circulatório, desde um infarto até um derrame cerebral. Entretanto, há hábitos de vida que implicam em pequenas mudanças que estão totalmente ao alcance e podem blindar seu organismo. Confira 10 dicas para afastar essa doença silenciosa.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Um hábito prático e saudável: para afastar o perigo da hipertensão, aposte nas caminhadas. Uma pesquisa da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, comprovou que a caminhada reduz a pressão arterial na primeira hora e, o que é melhor ainda, essa queda se mantém nas 24 horas subsequentes. Atividades físicas regulares, principalmente as aeróbias, contribuem para a melhora de todo o sistema circulatório e pulmonar. Só tome cuidado com os exageros: antes de começar qualquer treino, procure um especialista e faça uma avaliação geral.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Reduza (não elimine) o sal: o excesso de sal na dieta leva à retenção de líquidos, acarretando a hipertensão. Por isso, maneire na hora de temperar a comida e diminua o consumo de enlatados e alimentos em conserva. Além disso, hoje existe uma boa substituição: o sal diet pode ser útil na dieta do hipertenso, substituindo parte do cloreto de sódio pelo cloreto de potássio - e nisso, ele é duplamente benéfico, por reduzir o sódio e por adicionar potássio, sendo esse último um elemento muito importante na prevenção e no tratamento da hipertensão arterial. Além dos cuidados em relação ao consumo de sal, quem já apresenta a hipertensão deve seguir uma dieta balanceada, privilegiando frutas e verduras, carne magra, laticínios desnatados, grãos e cereais.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Perdendo medidas: pesquisadores do Instituto de Nutrição da UFRJ descobriram que um mal, muitas vezes esquecido, tem grande influência na hipertensão: o acúmulo de gordura na cintura. O indicador é sinal de alerta quando as medidas ultrapassam 102cm para os homens e 88cm nas mulheres, pois essa gordura abdominal duplica as chances de hipertensão, infarto e diabetes. Para reduzir os alimentos gordurosos na alimentação vale incluir frutas, verduras e legumes. Cortar a carne não é preciso, mas dê preferência aos cortes magros como filé mignon e músculo.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Beba com moderação: a redução da ingestão de álcool também auxilia o controle da pressão arterial, porém não é necessária a abstinência. Para não passar da conta, a recomendação é a seguinte: a ingestão de bebida alcoólica deve ser limitada a 30g álcool/dia contidas em 600 ml de cerveja (5% de álcool) ou 250 ml de vinho (12% de álcool) ou 60ml de destilados (whisky, vodka, aguardente com 50% de álcool). Este limite deve ser reduzido à metade para homens de baixo peso, mulheres e indivíduos com sobrepeso e/ou triglicérides elevados.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Apague o cigarro: o tabaco, em conjunto às outras substâncias tóxicas do cigarro, eleva a pressão imediatamente, além de comprometer toda a sua saúde a longo prazo. "Parar de fumar é fundamental", alerta o professor de Cardiologia da Santa Casa de São Paulo, Ronaldo Rosa. Isso ocorre porque a nicotina do cigarro aumenta a pressão arterial - o que não significa que fumar cigarros com baixos teores de nicotina diminua consideravelmente o risco de doenças cardíacas.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Conte até dez: o estresse aparece como resposta do organismo às sobrecargas físicas e emocionais, desencadeando a hipertensão e doenças do coração. Uma das doenças relacionadas à estafa, ou seja, a doença mais conhecida como fadiga, que causa dores musculares e cansaço físico ocasionados principalmente pela combinação entre desgaste excessivo (sem respeitar um tempo de descanso e recuperação) e pela má alimentação. Nestes casos, o tratamento é uma mudança radical na rotina e na alimentação. As dicas dos especialistas são controlar s emoções e procurar incluir atividades relaxantes na sua rotina.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Vitamina D sempre: um estudo realizado pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, revelou que 20% dos casos de hipertensão em mulheres estão associados ao descontrole dos níveis da pressão arterial em decorrência da falta de vitamina D no organismo. A vitamina D pode ser encontrada em alimentos como a manteiga, gema de ovo, fígado, entre outros, mas sua principal fonte de absorção é a luz solar. Com a falta da vitamina, o organismo feminino faz um esforço três vezes maior para manter seu equilíbrio circulatório e acaba sobrecarregando algumas funções como a irrigação das artérias, o que gera um aumento na pressão e desconfortos, como tontura e transpiração excessiva.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Monitore seu coração: avaliações regulares não só ajudam a identificar o problema no começo, facilitando o tratamento, como servem para adequar o uso de medicamentos de forma mais eficaz. No mínimo uma vez por ano, todas as pessoas devem medir a pressão arterial. A recomendação é da Sociedade Brasileira de Hipertensão, que alerta para esse simples exame como uma forma de prevenir problemas mais sérios. Quem já possui a doença deve ir medi-la a cada mês e ir ao médico a cada seis meses para verificar a medicação que está tomando.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Benefícios adicionais do sexo: um estudo realizado pela Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, sugere que fazer sexo com certa frequência diminui os riscos de infarto fatal. A pesquisa contou com a colaboração de três mil homens de 45 a 59 anos de idade. De acordo com os cientistas, os homens que afirmaram ter níveis baixos ou moderados de atividade sexual ficaram mais expostos ao risco de morte súbita. Eles descobriram que mesmo que a pressão arterial suba durante as atividades sexuais, a pressão subsequente é reduzida, mantendo uma relação de saúde para o organismo, afastando o risco de infartos.

Pressão arterial - Foto: Getty Images

Tire as crianças da frente de TV: crianças que passam muito tempo em frente à televisão têm mais chances de apresentar elevação da pressão arterial independentemente do seu nível de gordura corporal ou peso, de acordo com um estudo publicado na revista científica Archives of Pediatric and Adolescent Medicine. A pesquisa analisou a relação entre a pressão arterial das crianças e sua escolha de passatempos passivos, como assistir à TV, usar o computador e ler. De acordo com os pesquisadores, ver TV é mais nocivo do que jogar vídeo-game, por exemplo, porque a ação de jogar demanda o mínimo de movimentos da criança. Enquanto a TV, além de estimular o comportamento passivo, normalmente vem associada ao consumo de guloseimas, como salgadinhos e biscoitos, cheios de sal e gordura, que também contribuem para o aumento da pressão.

Fonte Minha Vida

Magros teriam maior resistência a alimentos calóricos

Estudo analisou cérebro de pessoas no peso ideal que viram determinadas fotos

Magros teriam maior resistência a alimentos calóricos, segundo afirmou uma recente pesquisa realizada pela Universidade de Yale, em Connecticut, EUA. O estudo analisou o cérebro de pessoas no peso ideal que viram fotos de alimentos calóricos e constatou uma maior atividade numa região do órgão usada para controlar o impulso. Já os obesos apresentaram pouca atividade nessa região.

A pesquisa é parte de uma investigação para compreender os processos biológicos que tornam uma pessoa obesa, uma condição que afeta mais de um terço dos adultos, quase 17% das crianças nos Estados Unidos e que se está se transformando numa epidemia global.

No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 49,6% da população estão acima do peso e 13,9% estão obesos. Participaram do estudo 14 voluntários saudáveis - nove magros e cinco obesos - que se submeteram a análises cerebrais duas horas depois de comer.

Os pesquisadores usaram imagens por ressonância magnética funcional para examinar quais zonas do cérebro são ativadas quando uma pessoa vê imagens de alimentos altamente calóricos, comidas saudáveis como frutas e vegetais, e outras coisas que não são alimentos.

Foram também avaliados os níveis de glicose no sangue. Quando os níveis eram baixos, as regiões do cérebro chamadas ínsula e núcleo estriado - vinculadas com as recompensas - estavam ativas, indicando um desejo de comer. E o córtex prefrontal, que normalmente controla o desejo comer, era menos capaz de frear os sinais gerados desde a área estriada para se alimentar.

Isso aconteceu com os participantes obesos, que viram fotos de alimentos calóricos. Quando os níveis de açúcar no sangue eram normais, os participantes magros mostraram uma maior atividade do córtex prefrontal e isso reduziu a atividade nas regiões cerebrais vinculadas com as recompensas.

Uma função superior que controla os centros de recompensa, deficiente nas pessoas obesas. Serão necessários estudos mais amplos para confirmar os resultados, mas os dados atuais sugerem que os obesos seriam menos capazes de desativar as zonas do cérebro que os leva a cair em tentação por comida, o que leva a pessoa a engordar.

Fonte R7

Quem larga a dieta no fim de semana não mantém o peso

Para que manutenção do peso dure, é necessário adotar hábitos saudáveis

Você leva a dieta direitinho de segunda à sexta-feira, mas no fim de semana cede à tentação e come tudo o que vê pela frente?

Você pode até emagrecer, mas será difícil manter o peso. Isso porque, para que a manutenção do peso seja duradoura, é necessário adotar hábitos alimentares saudáveis, junto com a prática regular de atividade física.

Por isso, de segunda a segunda, o ideal é realizar de 5 a 6 refeições por dia, com um intervalo mínimo de três horas entre elas.

Esse hábito manterá o metabolismo ativo, aumentará o gasto de calorias e evitará a compulsão alimentar, que nos leva a comer em demasia e sem necessidade.

A dieta diária deve conter frutas, verduras e legumes, cereais integrais, proteínas e cereais, de preferência integrais.

A ingestão de líquidos também não deve ser esquecida. Água, água de coco, chás e sucos de frutas naturais. Você pode até deixar uma ou outra guloseima para o fim de semana, mas não esqueça de compensar no dia seguinte.

Fonte R7

Adolescente com distúrbio alimentar só come pizza há oito anos

pizza
Medo de tentar outras comidas começou com uma gastroenterite na infância

Sophie Ray, uma adolescente de 19 anos de Wrexham, no País de Gales, é mais uma que sofre da Distúrbio Alimentar Seletivo, que não a deixa comer normalmente como todas as outras pessoas.

No caso dela, o único alimento é a pizza. Durante oito anos, desde os 11, ela não consegue comer mais nada.

O problema começou quando ela tinha apenas dois anos de idade e teve uma gastroenterite. Ela começou a ter medo de comida e comer apenas massas, salgadinho e sanduíche com limão, até que, aos 11 anos, foi para a pizza - e só pizza.
- Eu adoro pizza. Cada marca oferece um novo sabor, mas é tudo a mesma comida e eu não preciso comer comidas novas. Eu comecei com o distúrbio quando eu tinha dois anos. Minha mãe diz que eu estava doente, fiquei com medo de comer e achei que a comida causou minha doença.

Sophie disse que não consegue comer pizza fria e que não aceita muitos tipos de cobertura, mas revelou algo ainda mais assustador:

- Se eu não tiver chance de comer uma pizza antes de ir estudar, eu passo o dia todo sem comer, porque não há mais nada que eu possa comer, então eu espero chegar em casa e comer uma ou, às vezes, duas pizzas.

Quanto aos vegetais, ela dá o mesmo parecer que outras pessoas que sofrem do distúrbio: dá medo.

- A ideia de tentar outras comidas me deixa muito ansiosa, eu fico enjoada. O gosto e a textura, e até mesmo o cheiro de algumas comidas me fazem ter vontade de vomitar. Muitas pessoas acham que eu sou difícil para comer, mas o Distúrbio é uma fobia. Pedir-me para tentar novas comidas é igual pedir para alguém que tem medo de aranhas segurar uma.

Fonte R7

Óleo de coco é “pura ilusão” para perder peso e pode aumentar o colesterol

Suplementos usados para emagrecer podem engordar e fazer mal para a saúde

Pode ser na forma líquida, na forma de pílula, não importa. O óleo de coco é o assunto do momento quando a questão é a busca pelo emagrecimento. Muitos já aderiram à moda e tem até famoso que revelou a perda de diversos quilos com a ajuda deste elemento natural. Apesar de ele ser a febre do momento, médicos afirmam que o óleo de coco usado como suplemento é “pura ilusão e não adianta em nada” na perda de peso.

De acordo com a médica endocrinologista Cíntia Cercato, do grupo de obesidades do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo), não existe nenhum estudo científico que prove esta característica do produto.

- Esse modismo na utilização do óleo de coco não faz nenhum sentido com o intuito de emagrecer. Óleo de coco é gordura saturada, e em tese é uma gordura ruim. O que ele difere de outras gorduras é porque ele um ácido graxo composto de cadeia média [ou seja, sua metabolização pelo organismo pode ser mais rápida que vários outros tipos de gordura].

Além de não ajudar a diminuir a silhueta, o óleo de coco como, qualquer outra gordura em excesso, pode aumentar o peso e colesterol, segundo Cíntia.

- Uma colher de óleo de coco tem mais caloria que uma colher de manteiga ou azeite. Qualquer gordura se consumida em excesso vai ocasionar problemas de saúde.

Para engrossar a lista dos malefícios ao corpo, a médica endocrinologista presidente do departamento de obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Rosana Radominski, informou que o óleo de coco em excesso pode prejudicar, por exemplo, pessoas que sofrem com problemas no fígado.

- Quem tem cirrose [doença que prejudica o funcionamento do fígado] e tiver uma sobrecarga de ácido graxo, pode agravar ainda mais a situação da saúde dele.

Defensor do uso do óleo de coco em substituição a outros óleos, o médico homeopata e autor do livro Poder Medicinal do Coco e do Óleo de Coco Extra Virgem, Márcio Bontempo, também disse não acreditar no uso deste elemento natural com o objetivo de perder peso. Porém, segundo ele, o óleo de coco pode ser benéfico à saúde se for usado no lugar de outros tipos de gordura que possuem cadeias longas [demoram mais para se metabolizar].

- Este óleo atua na lipoproteína, ou seja, ele ajuda a reduzir o mau colesterol e tirar a gordura de áreas inconvenientes do corpo, por exemplo, a barriga. Porém, não pode ser utilizado desta maneira como está na moda. Duas colheres de sopa por dia em substituição funcionam, mas precisa estar associado a outras atividades, como exercícios físicos e dieta. Não há milagre nenhum.

Para Cíntia não há dúvidas que tantos famosos afirmaram recentemente a perda de calorias com uso de óleo de coco exatamente porque eles realizam constantemente dieta e muita malhação.

- Tudo isso faz parte do pacote para a perda de peso.

Nutricionista ensina a fazer óleo de coco. Assista ao vídeo:

Fonte R7

Autoexame é inútil na detecção de câncer testicular, diz médico

Celebridades pediram aos britânicos que fizessem o teste em casa

Os apelos de celebridades pedindo aos homens britânicos que apalpem seus testículos com regularidade para detectar sinais precoces de câncer são uma perda de tempo, denunciou um médico em artigo de opinião publicado nesta quinta-feira na revista British Medical Journal (BMJ).

O cantor Robbie Williams e a equipe de rúgbi dos Leicester Tigers estão entre os que fizeram campanha para incentivar os homens a realizar o autoexame, como foi feito antes com as mulheres para a detecção do câncer de mama.

O doutor Keith Hopcroft, médico geral do condado de Essex, criticou o convite "a acariciar as jóias da família", denunciando sua inutilidade e seus potenciais efeitos negativos, como a ansiedade.

A possibilidade de descobrir algo significativo através do autoexame dos testículos é minúscula, argumentou.

Seria necessário que pelo menos 50.000 homens fizessem este autoexame durante dez anos para evitar uma morte.

Este tipo de campanha se baseia no mito de que o câncer testicular é um mal silencioso, quando pelo menos a metade dos pacientes com este tipo de câncer, considerado raro, sente dores.

O médico também destacou que a taxa de cura para a doença atualmente é muito elevada. Campanhas do tipo são inspiradas em uma época em que a realidade não era esta, acrescentou.

Fonte R7

Malhar só no verão pode engordar mais que o esperado

Os que correm pequenas distâncias estavam mais sujeitos a ganhar peso

O verão em breve vai chegar e a corrida para as academias também. Mas, se está pensando em malhar apenas para exibir um corpinho sarado nas praias e piscinas e abandonar os exercícios no inverno comportamento de muita gente, aliás - saiba que o ganho de peso no período de intervalo pode ser ainda maior do que quando se começa a malhar.

É o que alerta uma pesquisa divulgada pelo American College of Sports Medicine. O estudo avaliou, durante sete anos, 17.280 homens e 5.970 mulheres. Aqueles que corriam pequenas distâncias (até 8 km por semana) estavam mais sujeitos a ganhar peso quando pararam do que os que se exercitavam mais.

O estudo mostra ainda que a diminuição nas distâncias da corrida causa ganhos significativos de peso em todos os níveis, mas o aumento na balança é progressivamente maior à medida que o corredor se aproxima do sedentarismo.

Especialistas brasileiros relacionam esse ganho de peso aos hábitos alimentares que são adquiridos durante a prática dos exercícios.

Quem se exercita acaba consumindo mais calorias, hábitos esses que não são abandonados quando se deixa de malhar. Além da dificuldade para manter o peso, o exercício intermitente também oferece outros riscos, como a sobrecarga das articulações e dos tendões. Condicionamento físico se mantém com a prática regular. Quem faz atividade física e pára, continua sedentário.

Fonte R7

Estresse está associado ao câncer de mama

São pessoas submetidas a longos períodos de ansiedade, medo e isolamento

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Illinois, Chicago, EUA, descobriu que o estresse psicossocial está associado a doenças crônicas como o câncer de mama. Entende-se por estresse pessoas submetidas a longos períodos de ansiedade, medo e isolamento.

Tal condição pode provocar uma sobrecarga no sistema nervoso, que regula o ritmo cardíaco, respiração e demais funções importantes ao organismo. Participaram da pesquisa 989 mulheres diagnosticadas com câncer de mama nos últimos três meses.

Foi-lhes dado um questionário para avaliar o estresse. As pacientes que apresentaram os mais altos níveis de tensão foram aquelas que apresentação 38% de chances de ter câncer por não reagir a receptores do hormônio feminino estrogênio.

A pesquisa também revelou que as mulheres mais estressadas tinham 18% mais chance de serem diagnosticadas com tumores de alto grau, que são mais agressivos do que tumores de baixo grau.

Tais resultados levantaram questionamentos se mulheres com câncer mais agressivo já estavam mais estressadas antes de serem informadas de que eram portadoras da doença. Isso porque a notícia de um diagnóstico de câncer de mama - especialmente se o tumor é agressivo - já provoca um alto nível de estresse.

Não foi identificada qual o tipo de associação entre estresse e câncer, mas o estudo identificou que o alto nível de estresse e tumores malignos agressivos apareceram juntos num número bastante elevado de mulheres pesquisadas.

Fonte R7

Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI/MG

A Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI realiza concurso para provimento de vagas para os Campi de Itajubá e Itabira.

Inscrições:
Entre 16 de março e 15 de abril, pelo http://www.cops.unifei.edu.br/.


Valor:
De R$ 60,00 a R$ 100,00

Cargos e vagas:
Nível Superior: Engenheiro Eletricista (1), Enfermeiro/Área: Trabalho (1), Técnico em Assuntos Educacionais (1), Secretário Executivo (1);
Nível Fundamental: Auxiliar em Administração (5).

Remuneração:
De R$ 1.473,58 a R$ 2.989,33

Provas:
Prova objetiva: 6 de maio
Haverá Provas Práticas para Secretário Executivo e Auxiliar em Administração, dia 27 de maio

Universidade Estadual de Maringá - UEM/PR (II)

A Universidade Estadual de Maringá realiza concurso para provimento de 3 vagas para o Centro de Ciências da Saúde.

Inscrições:
De 1º de fevereiro a 30 de abril de 2012, no Protocolo Geral da Universidade Estadual de Maringá. A ficha está disponível pelo www.uem.br/concurso.


Valor:
R$ 170,00.

Área:
Enfermagem.

Remuneração:
R$ 10.397,94.

Provas:
Haverá prova de títulos, de arguição, didática e apresentação de trabalho científico, que serão realizados de 16 de julho a 15 de agosto de 2012

Prefeitura Municipal de São José de Espinharas - PB

A Prefeitura Municipal de São José de Espinharas, Paraíba, realiza concurso para preenchimento de 20 vagas.

Inscrições:
Até 5 de abril, pelos sites www.consulttec.com.br e http://www.contemaxconsultoria.com.br/
 ou na Prefeitura Municipal

Valor:
De R$ 43,00 a R$ 73,00

Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 11.708,77

Provas:
Prova objetiva: 22 de abril
Haverá prova prática para Motorista e Digitador.

Cargos:
Fundamental - Guarda Municipal e Motorista.
Médio - Agente Social, Digitador, Orientador Social, Técnico Agrícola, Técnico em Farmácia e Técnico em Laboratório.
Superior - Assistente Social, Engenheiro-Agrônomo, Fonoaudiólogo, Médico-Veterinário, Médico PSF e Psicólogo

Prefeitura Municipal de José Boiteux – SC

A Prefeitura Municipal de José Boiteux – SC realiza concurso para o provimento de 66 vagas

Inscrições:
De 1º a 30 de março, pelo www.clicksolucoesinteligentes.com.b

Valor:
R$ 30,00, R$ 50,00 e/ou R$ 70,00

Cargos:
Superior: Professor nível II - artes, educação física, inglês, matemática e língua portuguesa, Professor nível II - Pedagogo, Orientador Educacional nível II, Engenheiro-Agrônomo, Contador, Médico Clínico Geral e Enfermeira; nível médio - Agente Administrativo Operacional, Auxiliar Administrativo Operacional, Técnico em processamento de dados e Técnico em enfermagem; nível fundamental - Agente de Saúde, Conserveiro, Mecânico, Merendeira, Pedreiro, Servente, Auxiliar de Mecânico, Motorista e Operador de Equipamento, sendo também reservada uma vaga de Servente para pessoa com deficiência.

Remuneração:
De R$ 606,36 a R$ 7.200,00,

Provas:
Prova objetiva: 15 de abril
Haverá prova prática para Operador de Equipamentos - Retroescavadeira, Motorista - Caminhão basculante e ônibus, Mecânico, Auxiliar de Mecânico e Pedreiro
Haverá prova de títulos para Professores e Orientador Educacional
r

Prefeitura Municipal de lbertioga - MG

A Prefeitura Municipal de lbertioga, Minas Gerais, realiza concurso para provimento de 76 vagas.

Inscrições:
De 2 de abril a 2 de maio, pelo http://www.jcmconcursos.com.br/


Valor:
De R$ 27,25 a R$ 139,00.

Cargos:
Nível Superior: Assistente Social (1), Dentista I (2), Enfermeiro UBS (1), Farmacêutico (1), Fisioterapeuta (3), Fonoaudiólogo (2), Médico Clínico Geral (2), Médico Ginecologista (2), Médico Ortopedista (1), Médico Pediatra (1), Médico Psiquiatra (1), Nutricionista (1), Professor de Educação Física (1), Psicólogo (2);
Nível Médio: Auxiliar Administrativo II (3), Auxiliar Administrativo III (2), Professor Municipal I (1), Vigilante Sanitário e Epidemiológico (2);
Nível Fundamental: Atendente Odontológico (2), Auxiliar Administrativo I (13), Monitor de Creche (1), Porteiro (1);
Nível Alfabetizado: Auxiliar de Serviço de Limpeza Pública (varredor de rua) (6), Auxiliar de Serviços Gerais (15), Motorista (6), Pedreiro (3).

Remuneração:
De R$ 545,00 a R$ 2.781,61

Provas:
Provas objetivas: 3 de junho
Haverá prova prática para Motorista e Pedreiro

Prefeitura Municipal de Divino - MG

A Prefeitura Municipal de Divino, Minas Gerais, realiza concurso para provimento de 31 vagas.

Inscrições:
De 21 de março a 19 de abril, pelo www.exameconsultores.c ou na Prefeitura Municipal, Rua Marinho Carlos de Souza, nº. 05, centro.

Valor:
De R$ 40,00 a R$ 80,00.

Remuneração:
Entre R$ 622,00 e R$ 3.357,60

Cargos:
Fundamental - Agente de Saúde, Auxiliar de Serviços da Educação, Auxiliar de Serviços Gerais, Motorista e Operador de Máquinas.
Médio - Assistente Administrativo, Fiscal Municipal, Professor I, Técnico em Enfermagem e Técnico em Serviços Escolares.
Superior - Assistente Social, Enfermeiro, Médico Especialista (Pediatra), Nutricionista e Pedagogo.

Provas:
Haverá provas objetivas e prova prática para Motorista e Operador de Máquinas
om.br

Prefeitura Municipal de Coxixola - PB

A Prefeitura Municipal de Coxixola, Paraíba, realiza concurso para o preenchimento de 13 vagas

Inscrições:
Até 6 de abril, na Prefeitura Municipal, Avenida Manoel José das Neves, s/nº., Centro ou pelo http://www.examesconsultoria.com/.


Valor:
De R$ 35,00 a R$ 60,00

Cargos:
Médico do PSF - 1; Assistente Social - 1; Psicólogo - 1; Nutricionista - 1; Fisioterapeuta; Técnico em Segurança do Trabalho; Veterinário - 1; Motorista categoria D - 1; Assistente Administrativo - 1; Operador de Máquinas Pesadas - 1.

Provas:
Provas objetivas: 22 de abril
Haverá Prova Prática para Motorista D e Operador de Máquinas Pesadas

Prefeitura Municipal de Esplanada – BA

A Prefeitura Municipal de Esplanada – BA realiza concurso para preenchimento de 226 vagas para as Secretarias de Administração, Educação, Assistência Social e Saúde.

Inscrições:
Até 3 de abril, pelo http://www.libri.com.br/


Remuneração:
De R$ 622,00 a R$ 7.000,00

Valor:
R$ 25,00, R$ 40,00 e/ou R$ 50,00.

Provas:
Prova objetiva: 22 de abril
Haverá prova de títulos para nível superior

Cargos:
Fundamental - Salva-Vidas, Guarda Municipal, Auxiliar Administrativo, Motorista categoria B, Ajudante de Pedreiro e Condutor de Turismo;
Médio - Educador Social, Orientador Social, Facilitador Social, Coordenador, Secretário Escolar, Técnico em ACD - PSF, Técnico de Enfermagem, Técnico de Enfermagem - PSF, Técnico de RX, Condutor, Facilitador e Fiscal de Obras e Posturas;
Superior - Assistente Social, Assistente Social - CAPS, Psicólogo, Psicólogo - CAPS, Médico Acupunturista do Nasf, Advogado, Professor Instrutor de Libras, Professor, Odontólogo - PSF, Médico - PSF, Enfermeiro, Enfermeiro - PSF, Médico Clínico - PACS, Médico Psiquiatra - CAPS, Fisioterapeuta, Fisioterapeuta - NASF, Terapeuta Ocupacional - CAPS, Médico Acupunturista - Nasf, Médico Ginecologista - Nasf, Instrutor de Educação Física - Nasf, Médico Plantonista, Enfermeiro Coordenador, Pediatra e Instrutor de Educação Física

Prefeitura Municipal de Capitão Andrade – MG

A Prefeitura Municipal de Capitão Andrade – MG realiza concurso para provimento de vagas

Inscrições:
De 17 de abril a 18 de maio, pelo http://www.trconcursos.com.br/


Remuneração:
Entre R$ 622,00 e R$ 8.000,00

Valor:
De R$ 43,54 a R$ 126,00,

Provas:
Prova escrita: 3 de junho

Cargos:
Superior - Assistente Social - Cras, Coordenador do Cras, Enfermeiro PSF, Médico - PSF, Monitor de Educação - Física e Psicólogo Cras;
Médio - Monitor de Educação - Física, Orientador ProJovem e Técnico em Enfermagem.
Concurso Público
Superior - Advogado, Enfermeiro Plantonista Noturno, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Clínico Geral, Pediatra, Nutricionista, Pedagogo e Psicólogo;
Médio - Agente de Fiscalização de Tributos, Almoxarife, Atendente de Consultório Dentário, Atendente Setor de Dispensação, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Biblioteca, Auxiliar de Serviços Jurídicos, Coordenador do Siat, Facilitador de Programas Computacionais, Fiscal Sanitário, Professor, Técnico em Enfermagem PSF e Técnico em Saúde Bucal;
Alfabetizado/Fundamental - Agente de Saúde Pública, Ajudante de Pedreiro, Auxiliar de Serviços Gerais, Braçal, Coveiro, Mecânico, Motorista I e III, Operador de Máquinas - I e II, Pedreiro e Vigia

PROGUARU (SP) divulga edital de processo seletivo

Foi divulgado edital (02/2012) de processo seletivo da Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A – PROGUARU, Estado de São Paulo. O processo seletivo oferece 06 vagas em todos os níveis de escolaridade, com salários que variam entre R$ 734,75 e R$ 4.363,95.

Cargos

Acabador (a) Gráfico (a), Agente de Portaria, Almoxarife, Analista de Suprimentos, Arte Finalista, Auxiliar de Serviços Gerais, Carpinteiro (a), Contador (a), Encanador (a), Impressor (a) OffSet, Mecânico (a) de Autos, Médico (a), Médico (a) do Trabalho, Operador (a) de Máquina Vibroacabora, Pintor (a) Predial, Psicólogo (a) e Técnico de Informática.

Inscrição

Os interessados deverão realizar suas inscrições até o dia 13 de abril de 2012, através do site http://www.gsaconcursos.com.br/.
O candidato que não tiver acesso próprio à internet poderá efetivar sua inscrição por meio de serviços públicos, tais como o programa Acessa São Paulo, que disponibiliza postos (locais públicos para acesso à internet), em todas as regiões da cidade de São Paulo e em várias cidades do Estado. Esse programa é completamente gratuito e permitido a todo cidadão.
As taxas de inscrição variam entre R$ 15,00 e R$ 45,00.

Prova

A prova objetiva está prevista para 06 de maio de 2012, em horários e locais informados por meio de editais de convocação, editais estes que serão publicados oportunamente no Diário Oficial do Município de Guarulhos, estando também disponibilizados nos sites http://www.gsaconcursos.com.br/ e http://www.proguaru.com.br/.
A prova de aptidão física será realizada na data provável de 03 de junho de 2012, em horários e locais informados por meio de editais de convocação, editais estes que serão publicados oportunamente no Diário Oficial do Município de Guarulhos, estando também disponibilizados nos sites http://www.gsaconcursos.com.br/ e http://www.proguaru.com.br/.
As provas serão realizadas, preferencialmente, na cidade de Guarulhos, em datas, horários e locais informados através de editais de convocação que serão publicados oportunamente no Diário Oficial do município, estando também disponibilizados nos sites www.gsaconcursos.com.br e www.proguaru.com.br.

Validade

O prazo de validade do concurso será de 2 anos, a contar da data da homologação, prorrogável por igual período, a juízo da Proguaru.

Saiba mais