Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Analgésicos durante a gravidez podem afetar desenvolvimento de testículos nos fetos

Segundo um novo estudo dinamarquês, mulheres que tomam analgésicos leves, como aspirina e paracetamol, durante a gravidez são um pouco mais propensas a ter meninos com criptorquidia, ou testículos não-descidos, que é uma condição médica na qual não há uma descida correta do testículo da cavidade abdominal, onde ele se desenvolve, para o escroto.
 
O risco da condição aumenta significativamente para as mulheres que tomam mais analgésicos, particularmente entre 8 e 14 semanas de gravidez. No estudo, o risco aumentou 21 vezes se as mulheres tomaram mais de um tipo de analgésico por dia durante mais de quinze dias, neste período da gravidez.
 
Porém, segundo os pesquisadores, tomar um paracetamol ocasionalmente não vai causar nenhum dano ao bebê. É o uso prolongado que pode ser um problema. Com ou sem analgésicos, o risco de ter um filho com essa doença continua a ser baixo, mas a descoberta pode explicar por que se tornou mais comum nas últimas décadas.
 
O estudo seguiu várias gravidezes, 834 das quais resultaram em meninos. Os pesquisadores então identificaram as mulheres que tomavam aspirina, paracetamol ou ibuprofeno para alívio da dor durante a gravidez, e pesquisaram se isso aumentou a probabilidade de que seus filhos tivessem criptorquidia.
 
Em 2001, 8,5% de todos os meninos nascidos na Dinamarca tinham criptorquidia. No grupo de mulheres estudadas, tomar qualquer analgésico multiplicou o risco de criptorquidia em 1,43. Mas apenas 42 dos 834 meninos nasceram com essa condição, e dos 42, as mães de apenas 27 tinham tomado analgésicos.
 
As outras 249 mulheres que tomaram analgésicos tiveram meninos saudáveis. Portanto, apesar do risco ligeiramente aumentado, a maioria das mulheres que tomou analgésicos teve meninos saudáveis. Além disso, 15 mulheres que nunca tomaram analgésicos deram à luz a meninos com a doença.
 
O risco aumentou mais se a dosagem das mulheres era alta ou se elas tomaram mais de um tipo de analgésico. As mães que tomaram qualquer um dos analgésicos mais de quinze dias tinham um risco 2,47 vezes maior.
 
Os pesquisadores acreditam que o analgésico acaba causando a doença pelo mesmo mecanismo que permite que a droga suprima dores de cabeça, que é inibindo a síntese de prostaglandinas. Além de combater a dor, isso reduz a produção da testosterona vital para a formação saudável dos testículos em fetos do sexo masculino.
 
Em experimentos de acompanhamento, os pesquisadores deram doses de paracetamol a ratas grávidas, e isso reduziu a testosterona em 50% nos testículos de fetos de ratos.
 
Esses resultados revelam os efeitos subestimados de analgésicos leves no desenvolvimento sexual dos fetos do sexo masculino. Um único comprimido de paracetamol de 500 mg suprime a testosterona em maior medida do que os produtos químicos a que as mulheres estão expostas em um ambiente natural. Para os pesquisadores, os analgésicos oferecem a melhor explicação para um aumento de casos de criptorquidia de 1,8% em 1961 para 8,5% em 2001.
 
Os pesquisadores afirmam que são necessárias mais pesquisas para estabelecer os efeitos dos analgésicos no desenvolvimento fetal, mas, enquanto isso, eles aconselham as mulheres a não tomá-los no segundo trimestre da gravidez, que é quando os testículos são formados.
 
Fonte Hypescience

Tudo o que você precisa saber sobre sexo durante a gravidez

Futuros papais e mamães já podem respirar aliviados: segundo um estudo canadense, sexo durante a gravidez é seguro, na maioria das situações. A notícia vale para as mulheres com gestação de baixo risco, na qual o casal pode praticar à vontade, caso sintam-se confortáveis.
 
Em geral, os parceiros temem que o sexo possa desencadear parto prematuro ou machucar o bebê. A pesquisa revela, no entanto, que não há nenhuma razão para se preocupar. A única exceção é para as gestações de alto risco. Nesses casos, os estudos são raros e contraditórios – o mais seguro é evitar qualquer tipo de relação sexual, além de conversar o seu médico a respeito.
 
Apesar das incertezas que envolvem essas pesquisas, os autores apontam algumas situações que podem influenciar a decisão do casal. Mulheres que têm histórico de parto prematuro ou que estão carregando mais de um bebê em sua barriga, por exemplo, devem tomar cuidado.
 
Outra situação de risco é quando a futura mamãe apresenta placenta prévia, situação em que a placenta se implanta no colo do útero. Nesse caso, a introdução do pênis, de um dedo ou até mesmo de algum brinquedinho sexual pode atingir a placenta, causando sangramentos e hemorragias.
 
O sexo oral durante a gravidez também apresenta algumas particularidades. Segundo os pesquisadores, a mulher deve se certificar que o homem não sopre ar diretamente na vagina, com o risco de que a entrada súbita de ar possa atingir a corrente sanguínea da mulher no útero e bloquear um vaso sanguíneo. A condição, chamada de embolia aérea, é extremamente rara, mas pode ser fatal para a mamãe e para o futuro bebê.
 
Por fim, sendo a gestação de alto risco ou não, é importante lembrar que ela não oferece nenhuma proteção contra infecções e doenças sexualmente transmissíveis, que podem causar problemas à mulher e serem transmitidas ao feto. Em resumo, durante a gravidez, sexo seguro é essencial.
 
Fonte Hypescience

Síndrome do Koro: o medo irracional de que os genitais estão encolhendo

Se você ouvisse falar que alguém está internado ou morreu porque achou que seu pênis ou seios estavam encolhendo, provavelmente não acreditaria. Mas isso pode acontecer.
 
Essa fobia, ou medo obsessivo, é uma ilusão específica de que os órgãos genitais estão encolhendo, ou retraindo no corpo, e de que, quando eles finalmente desaparecerem, você vai morrer.
 
A síndrome do Koro – ou síndrome de redução genital, ou síndrome de Jinjin Bemar, ou síndrome de Suk Yeong – tem muitos nomes, porque abrange diversas culturas com línguas diferentes, mas é encontrada principalmente na China, Japão e Índia.
 
Especula-se que o termo “koro” venha do malaio. Supostamente, a palavra refere-se a cabeça de uma tartaruga conforme ela se “esconde” para dentro do casco. Considerando que a síndrome do Koro é a crença de que os órgãos genitais – geralmente o pênis, mas, no caso das mulheres, os seios – estão recuando para dentro do corpo, a metáfora é válida.
 
Segundo os médicos, a condição é puramente um distúrbio psicológico. Ou seja, os principais perigos da síndrome são relacionados à ansiedade causada pelo medo. Consequências físicas podem advir da prática ocasional de tentar puxar os órgãos genitais e “trazê-los de volta”. Um paciente de 41 anos passou 15 anos amarrando uma corda ao redor de seu pênis e prendendo-a a um gancho acima de sua cama, à noite, a fim de evitar que ele encolhesse. Essas medidas extremas para “puxar os genitais para fora” do corpo são conhecidas por causar lesão e até morte.
 
Uma das coisas mais notáveis sobre a síndrome é o fato de que é quase exclusivamente encontrada em países do leste da Ásia. Os cientistas não sabem se isso é devido a alguma tendência intrínseca cultural para um tipo específico de preocupação, ou se a síndrome começou como um boato ou lenda que está sendo interpretado literalmente na região.
 
Segundo alguns médicos, conforme a síndrome torna-se mais conhecida nos países ocidentais, casos esporádicos têm sido registrados aqui. Porém, estes casos tendem a ser associados a outras doenças psicológicas, enquanto na Ásia a síndrome é frequentemente diagnosticada em pessoas perfeitamente saudáveis.
 
Diagnóstico e tratamento
São geralmente os parentes e mais próximos que percebem que a pessoa está sofrendo dessa fobia.
 
Na tentativa de “tratar-se”, os doentes examinam constantemente os próprios genitais, ou pedem que familiares o façam.

Também colocam talas para evitar a retração dos genitais e outras medidas do tipo.
 
Outros sintomas são distorção da imagem corporal, autoestima baixa, obsessão por réguas e fitas métricas, medição frequente dos órgãos genitais, inquietação, irritabilidade, depressão, pânico e ansiedade.
 
O aparecimento da síndrome é súbito. As causas estão geralmente relacionadas com o desequilíbrio psicológico do doente. Os que desenvolvem a síndrome normalmente possuem conflitos interpessoais, e são mais vulneráveis a pressões socioculturais (que impõe tamanhos ideais para os órgãos genitais). O boato de que os asiáticos têm pênis menores pode, portanto, colaborar para o aparecimento mais frequente da síndrome por lá.
 
Exposição ao frio, coito excessivo, conflitos interpessoais e pressões socioculturais, são, resumidamente, fatores que podem levar à síndrome.
 
Como o distúrbio é mental, o tratamento é feito através de acompanhamento psicológico. Psicoterapia pode regredir os sintomas e reajustar emocionalmente o doente. O tratamento habitual envolve também medicação antiansiedade ou antipsicótica, para ajudar o doente recuperar uma visão objetiva.
 
Fonte Hypescience

Pare de fumar sem engordar

O mito é relacionado à ansiedade que surge quando você larga o cigarro
 
A cara de satisfação após as baforadas engana. A maioria dos fumantes não está conformada com o vício, 52,1% dos brasileiros vítimas do vício pensam em parar, de acordo com a Pesquisa Especial de Tabagismo (Petab), realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde e Instituto Nacional de Câncer (Inca). E o melhor de tudo é que o Brasil realmente está entre os países líderes em número de ex-fumantes, de acordo com um estudo publicado no The Lancet neste mês. O levantamento feito entre outubro de 2008 e março de 2010 mostrou que 46,4% dos homens brasileiros e 47,7% das brasileiras que disseram que já fumaram diariamente no passado tinham abandonado o mau hábito.

Os especialistas no assunto apontam, entretanto, que a dependência química não é o único obstáculo nessa luta. "O medo de ganhar peso também impede tabagistas, principalmente mulheres, de abandonar o cigarro", afirma o pneumologista Ricardo Henrique Meirelles, da Divisão de Controle do Tabagismo do INCA. Segundo o profissional, ex-fumantes costumam ganhar, em média, 4 quilos ao largar o vício, mas com alguns cuidados é possível manter o ponteiro da balança no lugar. Aproveite o Dia Nacional de Combate ao Fumo para deixar esse mau hábito para trás sem qualquer prejuízo.
 
Mulher comendo prato de salada - Foto Getty ImagesDe olho na dieta
A nicotina, presente no cigarro, acelera o metabolismo, ou seja, estimula a queima de calorias pelo organismo. "Ao parar de fumar, portanto, você precisa dar atenção especial ao que consome até que seu metabolismo se restabeleça novamente", aponta o pneumologista Ricardo. De acordo com o especialista, o ganho de peso é comum nos primeiros meses após o abandono do vício, mas, normalmente, o ex-fumante recupera o peso inicial um ano após largar o cigarro. Por isso, não desanime mesmo que você ganhe alguns quilinhos. Aposte ainda em alimentos que aceleram o metabolismo, como a pimenta vermelha, o chá verde e a canela.
 
Homem quebrando proteção do bolo com martelo - Foto Getty ImagesControle as emoções
O cigarro foi embora, mas o estresse e a ansiedade não, o que torna as chamadas comfort foods mais tentadoras do que nunca. "Doces e comidas gordurosas acabam se tornando válvula de escape de muitos ex-fumantes, levando ao ganho de peso", afirma a nutricionista Thaís Manfrinato Miola, especialista em oncologia no Hospital A.C.Camargo. Em vez de comer um chocolate, opte por uma fruta. Em vez de tomar um refrigerante, beba um copo de água. "No começo pode ser difícil, mas logo essas substituições se tornam hábito", complementa.
 
Idoso fazendo flexão de braço - Foto Getty ImagesPratique exercícios
"Exercícios ajudam a controlar a ansiedade e ainda favorecem a perda de peso, o que motiva você a se manter firme nessa mudança saudável", diz a psiquiatra Maria Teresa Cruz Lourenço, coordenadora do Grupo de Apoio ao Tabagista do Hospital A.C.Camargo. Se for difícil encontrar tempo para treinar, faça pequenas mudanças no dia a dia. Pegue as escadas no lugar de elevador ou pare distante do seu destino para andar um pouco mais.
 
Mulher me dúvida entre fruta e doce - Foto Getty ImagesFaça opções saudáveis
"O ex-fumante sente falta até mesmo de segurar o cigarro entre os dedos e levá-lo à boca", afirma o pneumologista Ricardo. Por essa razão, muitas vezes acaba consumindo alimentos mesmo sem ter fome e, na rua, o que não falta são opções calóricas. Para evitar o problema, sempre carregue petiscos saudáveis na bolsa ou mochila. A nutricionista Thaís recomenda mini-cenouras ou pedaços de frutas.
 
Idoso comendo salada de frutas - Foto Getty ImagesFracione a alimentação
"Fracionar a alimentação faz com que você sempre tenha algo na boca e ainda evita que extrapole nas principais refeições, extravasando toda a ansiedade acumulada", afirma a nutricionista Thaís. Ela recomenda comer de três em três horas, fazendo lanches nutritivos entre o café da manhã, o almoço e o jantar. Algumas opções de lanche são frutas, iogurte desnatado e barrinha de cereal.
 
Mulher cheirando maçã - Foto Getty ImagesEstimule olfato e paladar positivamente
"Olfato e paladar ficam mais aguçados depois que você larga o cigarro, o que estimula o consumo de alimentos", afirma o pneumologista Ricardo. Por isso, siga a regra do prato colorido e com maior porcentagem de verduras e legumes para não fazer refeições muito calóricas. "Frituras, doces e refrigerantes agradam bastante o paladar, mas são pobres em nutrientes e ainda contribuem com o ganho de peso", diz a nutricionista Thaís. Segundo ela, consumir alimentos saudáveis é um hábito e experimentando de tudo, você consegue encontrar opções que agradem seu paladar.
 
Mulher quebrando cigarro ao meio - Foto Getty ImagesEscolha um bom dia
"Escolher um dia estratégico para parar de fumar também pode ser decisivo na manutenção do peso", afirma a psicóloga Laura Campos, do Grupo COI. Decidir abandonar o vício antes de uma viagem ou próximo a um período de festas não costuma ser uma boa ideia. Afinal, você já está lutando contra a tentação de fumar, então, a preocupação com a moderação certamente ficará em segundo lugar. "Parar de fumar é um grande desafio, assim, tente usar tudo o que for possível a seu favor".
 
Fonte Minha Vida

Sete sinais revelam que o excesso de peso se tornou um problema

Perder roupas e deixar de fazer atividades que gostava são dois indicadores
 
É difícil encontrar alguém satisfeito com o próprio corpo. Mas você sabe quando os quilinhos a mais deixam de ser apenas um problema de vaidade e se tornam uma questão de saúde? Segundo o cardiologista Carlos Alberto Machado, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, vivemos uma epidemia de excesso de peso. A tese é comprovada pelo último levantamento feito pelo Ministério da Saúde, que mostrou que quase metade da população brasileira tem o IMC (Descubra seu peso ideal) acima do considerado ideal - entre 18,6 e 24,9.

Para responder a pergunta, entretanto, nem sempre é necessária a avaliação de um médico. Nosso corpo e a maneira como nos comportamos podem muito bem dar sinais de que o número da balança se tornou um problema. Descubra quais são eles.
 
Gordura abdominal - Foto Getty ImagesGordura abdominal
De acordo com o endocrinologista Josivan Lima, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), além do histórico familiar, a circunferência abdominal do indivíduo pode favorecer ou reduzir o risco de desenvolver doenças crônicas, como o diabetes. "Um peso bem distribuído pelo corpo é menos prejudicial do que aquele concentrado na região abdominal", explica. Portanto, nem sempre uma pessoa com IMC acima do valor ideal tem maior predisposição a desenvolver essas doenças do que uma pessoa com IMC dentro do valor considerado saudável.

A gordura visceral (na região do abdômen) aumenta a produção de substâncias que favorecem o aumento da taxa de glicose, da pressão arterial e do colesterol ruim. Já a gordura subcutânea, que fica embaixo da pele, produz substâncias que promovem exatamente o efeito oposto: controlam essas níveis. O especialista afirma que uma cintura saudável para mulheres não deve ultrapassar os 88 centímetros e, para homens, os 102 centímetros.
 
Mulher tentando fechar a calça - Foto Getty ImagesPerda de roupas
Um bom alerta para quem está ganhando peso são as roupas. Se o que uma vez lhe serviu com folga agora já não entra mais, então é bom ficar de olho - mas sem exageros. Não existe um tamanho de roupas ideal, visto que cada pessoa tem uma estrutura corporal própria, então não adianta ter como modelo um tamanho de manequim muito inferior ao seu. Segundo o psicólogo Armando Ribeiro das Neves Neto, do Hospital Beneficência Portuguesa, o público feminino é o que mais sofre cobranças para ter o corpo perfeito e, nessa busca, muitas vezes criam padrões de beleza distorcidos e prejudiciais ao organismo. "Para avaliar se você está ou não acima do peso e se isso afeta sua saúde, busque parâmetros médicos e não opiniões sem qualquer embasamento", alerta.
 
Homem cansado sentado no chão - Foto Getty ImagesLimitações
Antes, você caminhava certa distância e nem suava. Um tempo depois, percebeu que ficou exausto ao fim do mesmo trajeto. Mais para frente, não conseguiu realizar o percurso completo. "O ganho de peso impõe limitações cada vez maiores e isso pode ser percebido com o passar do tempo", afirma o endocrinologista Josivan. Só não interprete a dificuldade como um fracasso. Encare isso como um desafio para recuperar o condicionamento físico e busque auxílio profissional, pois o risco de lesões nas articulações é maior em pessoas com sobrepeso.
 
Garota isolada - Foto Getty ImagesBaixa autoestima
O peso não é um problema apenas quando a saúde física está em risco. Em muitos casos, ele é um obstáculo ao convívio social antes de tudo. ?Muitas pessoas deixam de fazer coisas que gostam por vergonha de se expor?, afirma o psicólogo Armando. Os quilos extras se tornam motivo para deixar de ir à praia, a um clube ou a uma festa, por exemplo. Mas a relação nem sempre é clara. Segundo o especialista, muitas pessoas se enganam convencendo a si mesmas de que não gostam daquela atividade. "Esse comportamento pode afetar não só o círculo de convivência da pessoa como ainda sabotar uma oportunidade de resolver o que a incomoda", lembra. Um psicólogo pode ajudar a enxergar melhor esse problema.
 
Homem roncando - Foto Getty ImagesSono ruim
"Distúrbios ligados ao sono são comumente relacionados à obesidade, mas o sobrepeso também pode afetar a noite", explica o neurologista Luciano Ribeiro Pinto Junior, do Instituto do Sono, em São Paulo. Segundo ele, um dos principais problemas desencadeados pelo peso é a apneia do sono. A doença é caracterizada pela má oxigenação dos tecidos, decorrente da resistência que o ar sofre para passar pela garganta. "Isso acontece graças à concentração de gordura na região do abdômen e do pescoço", diz.

Como saber se você sofre de apneia? Um dos principais sinais é o ronco, mas passar o dia cansado também é característico da doença, já que a noite de sono não foi bem aproveitada. O neurologista aponta ainda que a apneia pode gerar um círculo vicioso. "A vontade de dormir durante o dia se torna a justificativa para não fazer exercícios", explica. Por isso, para tratar a apneia do sono, a principal meta é ser perder peso.
 
Garoto suado - Foto Getty ImagesTranspiração
Outro alerta do ganho de peso pode ser o aumento da sudorese. "Com mais células corporais, o metabolismo fica acelerado e, consequentemente, a temperatura se eleva", afirma o endocrinologista Josivan. Para manter o corpo a uma temperatura amena, o organismo é obrigado a liberar água na forma de suor.
 
Homem com dor nas costas - Foto Getty ImagesDores na coluna
Se o seu dia sempre termina com dores na coluna, então o seu peso pode ter se tornado um problema. A conclusão faz parte de um estudo feito por pesquisadores da University of Hong Kong, na China. Após submeter mais de 2.500 pessoas a avaliações radiográficas e clínicas, além de ressonâncias magnéticas da espinha lombar, a equipe observou que pessoas acima do peso ou com obesidade tinham um risco maior de sofrer desgastes da coluna lombar do que aquelas dentro do peso ideal. Entretanto, a dor nas costas também pode ser decorrente da má postura. Para descobrir, consulte um especialista.
 
Fonte Minha Vida

Seis vitaminas que ajudam a proteger contra problemas da pele

Fuja de acne, cravos, envelhecimento e rugas consumindo nutrientes
 
Até os menos vaidosos ficam incomodados com problemas de pele, como acne, cravos e rugas profundas. Mesmo alguns cuidados, como evitar sair de casa sem passar protetor solar e a utilização de cremes antienvelhecimento, podem não ser o suficiente para deixar a pele jovem e saudável. "A pele também precisa de nutrição, principalmente a de quem tem histórico de problemas dermatológicos, como acne, espinhas e cravos", explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Dentre todos os nutrientes, as vitaminas ganham destaque, já que o consumo de algumas delas deixam a pele mais saudável e protegida da ação do tempo.
 
Acne- Espinhas
As espinhas, ou acne, formam-se porque há um entupimento no poro que drena para a superfície da pele as gorduras produzidas pela glândula sebácea. Esse tampão pode inflamar o poro, deixando as lesões avermelhadas, pustulosas e com aparência desagradável."A vitamina A, também chamada de retinol ajuda na saúde da pele, pois tem ação antioxidante e auxilia na restauração de lesões na pele", explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Esse nutriente também balanceia a produção de secreções das glândulas sebáceas, dificultando que os poros fiquem entupidos e inflamados.

A vitamina A pode ser encontrada com facilidade em alimentos consumidos no dia a dia, mas suas principais fontes são abacate, brócolis, cenoura, espinafre e outros legumes verdes. 
 
Rugas
"A vitamina B2, ou riboflavina, auxilia na saúde da pele, pois ajuda a aumentar a produção de energia. Sua ausência pode provocar lesões na pele e nos lábios, dermatite, entre outras inflamações. Ela também impede o cabelo e as unhas de ficarem secos e quebradiços", explica a especialista. Além disso, essa vitamina promove uma renovação celular mais acelerada, deixando a pele firme e saudável, o que combate rugas e marcas de expressão no rosto.

"O leite é a maior fonte de vitamina B2 que encontramos na natureza e deve fazer parte da dieta de quem busca retardar o envelhecimento da pele. Laticínios, como queijo e iogurte, também são boas fontes de B2", diz Daniela Jobst. Mas as pessoas com alergia a lactose devem tomar cuidado com o consumo desses alimentos e devem procurar outras fontes da vitamina B2, como fígado e folhas verdes.
 
Vitamina
       A
Vitamina   
 B2
Vitamina 
 B3
Vitamina
 B6
Vitamina
  C
Vitamina
   E
O que combate
  acne
  rugas
  cravos
  lesões
envelhecimento da pele
envelhecimento da pele
Por que ajuda
Balanceia
a produção de secreções das glândulas sebáceas
Aumenta a produção de energia pelas células
Facilita a circulação sanguínea em todo o corpo
Tem ação cicatrizante e age no sistema imunológico do corpo
Que auxilia na formação do colágeno
Protege as células da ação dos radicais livres
Fontes
Abacate, brócolis, cenoura, espinafre
Laticínios como queijo e iogurte
Ovo e grãos
Batata, banana, peito de frango semente de girassol salmão, atum e abacate
Frutas cítricas, como laranja, limão, abacaxi e morango, além de vegetais como repolho, cebola e pimentão
Alface, agrião, espinafre e couve, óleos vegetais
 
Cravos
Os cravos são formados pelo acúmulo de substâncias sebáceas nos poros da pele. Esse processo é mais comum quando o indivíduo tem má circulação, o que dificulta o transporte de nutrientes que possam dilatar os poros. A vitamina B3 é importante porque facilita a circulação sanguínea em todo o corpo, inclusive na pele, o que contribui para o metabolismo das gorduras, proteínas e carboidratos.
 
Envelhecimento
Famosa por ser usada na prevenção de gripe e resfriado, a vitamina C também traz benefícios às células da pele. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition examinou as relações entre a ingestão de nutrientes e o envelhecimento da pele em mais de quatro mil mulheres, com idade entre 40 e 74 anos. Foi constatado que a ingestão de vitamina C mais elevada estava associada a uma menor probabilidade de ter uma aparência enrugada e a pele ressecada. Isso acontece porque a vitamina C é um antioxidante natural que auxilia na formação do colágeno, responsável pela elasticidade e firmeza da pele. Segundo a nutricionista Daniela Jobst, a vitamina E também tem a função de antioxidante e protege as células da ação dos radicais livres, o que retarda o envelhecimento da pele.

A vitamina C pode ser encontrada em frutas cítricas, como laranja, limão, abacaxi e morango, além de vegetais, como repolho, cebola e pimentão. Já verduras - como alface, agrião, espinafre e couve -, óleos vegetais, ovos, semente de girassol, soja, banana, carnes e oleaginosas são fontes de vitamina E.
 
Irritações e lesões na pele
Na hora se barbear ou depilar com gilete, é comum que a pele fique irritada, e em alguns casos, até lesionada. A vitamina B6 tem ação cicatrizante e age no sistema imunológico do corpo, protegendo a pele com inflamações, e também acelerando o processo de cicatrização das feridas. "Essa vitamina pode ser encontrada em batata, banana, peito de frango, semente de girassol, salmão, atum e abacate", diz a nutricionista.
 
Fonte Minha Vida

Estudo descobre vírus capaz de curar a acne

Enzima endolisina degrada a parede celular da bactéria que causa o problema
 
Para algumas pessoas, a acne fica para trás após a adolescência. Outras, entretanto, sofrem com as lesões de pele mesmo na idade adulta e vivem em busca de alternativas capazes de diminuir as marcas no rosto. Para esses casos, um estudo publicado nesta terça-feira (25 de setembro) no mBio, periódico online do American Society for Microbiology, acaba de oferecer esperança: um produto feito à base de vírus, com enzimas capazes de matar os micro-organismos responsáveis pela acne, seria capaz de curar o problema de uma vez por todas.
 
A descoberta, feita por uma equipe liderada por uma pesquisadora da University of California, nos Estados Unidos, apontou que o vírus é inofensivo para seres humanos, mas programado para infectar e matar bactérias causadoras da acne. Isso porque ele contém uma enzima nomeada endolisina, que destrói a parede celular bacteriana, matando o micro-organismo.
 
Para ser utilizado em terapias, entretanto, era preciso que esses vírus não apresentassem grande diversidade de DNAs. Foi necessário, então, colher amostras dos fagos (como são chamados vírus que infectam apenas bactérias) do nariz de voluntários com acne. Após sequenciar o genoma desses vírus, os especialistas concluíram que os agentes partilhavam mais de 85% de seus DNAs, o que possibilita seu uso em tratamentos.
 
As espinhas ocorrem quando a bactéria Propionibacterium, que reside na pele humana, fica presa em um poro devido ao óleo natural da pele, conhecido como sebo, o que afeta o sistema imunológico. O resultado é formação de bolinhas inchadas e vermelhas conhecidas como acne.
 
Tratamento da acne
De acordo com o dermatologista Adilson Costa, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para lidar com a acne é preciso entender causas e fatores responsáveis pelo seu aparecimento. Afinal, até mesmo nossa alimentação pode influenciar no processo. Saiba mais sobre o Roacutan, atualmente um dos principais medicamentos usados no tratamento de casos graves de acne:
 
Roacutan
Tecnicamente chamado de isotretinoína, ele ainda é uma das opções mais confiáveis para tratamento de casos graves de acne. O medicamento a atrofia das glândulas sebáceas, impedindo o entupimento dos poros e, consequentemente, o aprisionamento de bactérias causadoras das espinhas.
 
A fórmula, entretanto, é bastante forte e, por isso, só pode ser ingerida com orientação médica. Uma série de exames, incluindo hemograma, função do fígado, triglicérides e colesterol, precisa ser feita antes que o tratamento seja iniciado.
 
A duração do tratamento varia, mas costuma durar seis meses. Alguns dos efeitos colaterais mais comuns são mudanças de humor, no sono e na libido. Em casos raros, é possível que sua ingestão leve à depressão. Ainda assim, não há garantia de que o problema não volte. Em graus mais leves de acne, tratamentos mais suaves (com cremes, limpeza de pele e, se necessário, mudanças na dieta) podem ser feitos e a possibilidade de cura é maior.
 
Fonte Minha Vida

Hipertensão infantil

Cerca de 5% das crianças brasileiras sofrem de hipertensão. A doença, que antes era associada ao envelhecimento, está atingindo faixas etárias cada vez mais jovens. É preciso ter cuidado com essa precocidade, gerada principalmente pelos maus hábitos de vida.
 
A criança de hoje se alimenta mal, não pratica atividades físicas, fica muito tempo no computador ou diante da TV e come muito sal, principalmente em alimentos industrializados.
 
Junto com a hipertensão vem também à obesidade e as alterações orgânicas tornando os pequenos propensos a complicações em órgãos como rins, cérebro, coração e vasos sanguíneos. Na descrição das causas também está o antídoto para evitar a hipertensão.
 
O primeiro passo é controlar como a criançada anda gastando o tempo de lazer. Elas não devem passar mais de duas horas diárias usando computador, vendo televisão e jogando videogame.
 
É preciso estimular a criança a praticar atividades físicas ao menos 30 minutos por dia. É importante evitar o excesso de sal nos alimentos e consumir diariamente frutas, verduras e legumes.
 
A recomendação, aliás, serve também para os adultos, cujo comportamento e hábitos alimentares e sociais devem servir de exemplo para a meninada.
 
Fonte R7

Suco de clorofila

A clorofila é o pigmento verde das plantas, substâncias existentes nas células vegetais e é muito importante para a saúde, pois sua ação é antibacteriana, limpa nosso organismo de todas as impurezas e toxinas.
 
Também conhecida como suco da luz, a bebida ficou popular nos últimos anos por ser difundida entre as artistas que buscam uma boa forma, mas também pelas suas inúmeras propriedades.
 
Entre os benefícios do suco de clorofila estão o de eliminar as toxinas do sangue e aliviar a irritabilidade, deixando a pessoa mais relaxada.
 
O suco de clorofila ajuda a emagrecer já que contém muitas fibras, que demoram mais para serem digeridas pelo organismo, dando a sensação de satisfação por mais tempo. Também ajuda a reduzir a retenção de líquidos no corpo.
 
Os ingredientes do suco de clorofila são: uma maçã, duas colheres de grãos germinados, três folhas de couve (se não gostar de couve pode substituir por espinafre, maxixe, chicória ou almeirão), um legume inteiro (que pode ser cenoura, abobrinha ou beterraba). folhas de hortelã, aipo e mel a gosto.
 
O modo de preparo do suco de clorofila é bastante simples.
 
Primeiro, bata a maçã com a casca, tirando apenas as sementes, no liquidificador. Em seguida acrescente os grãos germinados, as folhas e o legume e então bata novamente.
 
Quando terminar, coloque o aipo e o mel.
 
Depois é só coar, caso sinta necessidade, e beber. O ideal é tomar o suco todas as manhãs em jejum.
 
Fonte R7

Pesquisa mostra preconceito dos homens

Dos 400 homens ouvidos pela pesquisa do Data Popular, 38% consideram que o diagnóstico de câncer de mama pode acabar com um relacionamento e 75% acham que a doença acaba com a vaidade de qualquer mulher.
 
A psicóloga Camila Araújo, que atende pacientes com câncer de mama no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, conta que já viu muitos casos de maridos que acabam se separando de suas mulheres quando elas chegam ao fim do tratamento. “
 
Para algumas pacientes, o baque é muito forte e a autoestima acaba afundando mesmo depois de uma separação”, diz. As mulheres, por outro lado, elegem o companheiro como a primeira pessoa para quem contariam sobre a doença, caso fossem diagnosticadas: 42% assim o fariam, antes da mãe (24%) e dos filhos (20%).
 
O levantamento também põe em xeque a participação do homem no estímulo à prevenção do câncer de mama: 36% não citam a mamografia ou o raio X de mama como exames importantes a serem realizados pela mulher com regularidade. Outro achado é que 45% nunca estimularam ir com elas ao ginecologista ou fazer exames ginecológicos. Dos que têm contato com a mãe, 55% também não desempenharam esse papel em relação a ela.
 
Para a mastologista Rita Dardes, a pesquisa mostra que o homem deve estar mais presente na prevenção do câncer de mama. “O homem tem um papel superimportante como disseminador de informação para a mulher.
 
Se a mulher tiver um parceiro ponta firme, que a lembre de fazer os exames, é um estímulo.” Ela aponta que esse papel deveria ser estimulado em campanhas. “
 
Os homens, no Brasil, não estão ligados nem com a saúde deles, o que dirá da esposa. Há de ter um trabalho para estimular essa comunicação.”
 
A mastologista Maira Caleffi, da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), conta que a maioria dos homens tem muita dificuldade de comparecer às consultas com a companheira no início. “
 
Depois a gente explica que é importante o companheiro ficar junto e eles começam a aderir. Alguns fogem e nunca mais aparecem. Mas a maioria adere.
 
Tem de haver uma sensibilização do patologista, que deve convencer o casal da importância da presença do companheiro.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo
 
Fonte R7

Registro de medicamento será eletrônico

Pedidos de registro de medicamentos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) passarão a ser feitos por meio eletrônico.
 
O sistema, que começou a ser desenvolvido em 2009, entra em funcionamento a partir de outubro. “Atualmente os processos são analisados em papel, o que acaba dificultando a rapidez na análise”, afirmou o presidente da Anvisa, Dirceu Barbano.
 
Levantamento da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) indica um aumento no tempo de espera para avaliação de registro de remédios no último ano, o que é confirmado por Barbano. “
 
A espera média para o registro de um medicamento novo pode ser de 400 dias”, disse o presidente. No estudo da Interfarma, a espera média para o registro de novos medicamentos da associação ultrapassa 700 dias. Barbano diz que a espera é provocada principalmente pelo aumento da demanda. Entre 2007 e 2012, o número de pedidos de análise dobrou.
 
A média mensal, que era de 35 mil, passou para 72 mil. “Com registro eletrônico, será possível que a análise seja feita simultaneamente em mais de um departamento, o que deverá reduzir o tempo de espera.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo
 
Por R7

Pesquisa japonesa afirma que andar de bicicleta atrapalha a vida sexual

Segundo médicos japoneses, pedalar com muita frequência pode causar problemas de ereção, devido à pressão exercida pelo banco na área perineal.

Segundo um urologista local, o processo pode ser irreversível e é preciso adaptar o banco para evitar o problema.


 
Fonte R7

Entenda ameaça de novo de vírus fatal de gripe

Uma nova doença respiratória semelhante à SARS – epidemia global que matou centenas de pessoas em 2003 – foi diagnosticada em um homem que está sendo tratado na Grã-Bretanha. Outro caso, na Arábia Saudita, resultou na morte de um paciente.
 
Confira abaixo perguntas e respostas sobre esse novo vírus.
 
A nova doença é consequência de um tipo de coronavírus – uma família ampla de vírus que inclui desde um resfriado comum à SARS (sigla em inglês para síndrome respiratória grave e aguda).
 
Até agora, apenas dois casos foram diagnosticados deste novo vírus, e ambas as infecções foram originadas no Oriente Médio.
 
Um dos casos foi confirmado por um exame de laboratório feito pela Agência de Proteção à Saúde da Grã-Bretanha, em Londres. O paciente está sendo tratado pelas autoridades britânicas de saúde.
 
O outro foi detectado por um exame de laboratório na Arábia Saudita. Os dados foram enviados a outro laboratório na Holanda, que confirmou se tratar do novo tipo de vírus.
 
Ainda há poucas informações sobre o novo vírus e o quão letal ele pode ser entre seres humanos.
 
O que o vírus faz?
Os coronavírus provocam infecções respiratórias em humanos e animais. Os dois contaminados tiveram febre, tosse e dificuldades de respiração. O paciente na Arábia Saudita acabou falecendo, e o britânico está na UTI.
 
Por ora, ainda não está claro se esse forte efeito é típico deste novo vírus, ou se há muitas pessoas contaminadas e apenas poucas estão tendo uma reação tão drástica.
 
Como ele se espalha?
Acredita-se que ele se espalhe por fluidos expelidos na tosse ou pelo espirro. Os especialistas acreditam não se tratar de uma doença altamente contagiosa, já que, nos dois casos diagnosticados até agora, as pessoas que trataram os pacientes não adoeceram.
 
Os coronavírus são bastante frágeis. Fora do corpo humano, eles só sobrevivem por um dia e são facilmente mortos por detergentes e por outros produtos de limpeza.
 
Como é o tratamento?
Os médicos ainda não sabem qual é o melhor tipo de tratamento, mas as pessoas com sintomas graves precisam de cuidados intensivos que ajudem sobretudo na respiração. Não existe nenhuma vacina.
 
Em Londres, o paciente está isolado, e todos que o estão atendendo usam máscaras e equipamentos de proteção.
 
Como se originou o vírus?
Os especialistas ainda não sabem a sua origem. Eles especulam que possa se tratar de uma nova mutação de um vírus já existente. Ou talvez seja uma infecção que já circula entre animais e que agora passou para os seres humanos.
 
Existe algum tipo de recomendação às pessoas que viajam?
Por enquanto, a Organização Mundial da Saúde descartou qualquer tipo de restrição a viagens ao Oriente Médio, onde ambos os casos surgiram. Mas esta decisão está sendo constantemente reavaliada.
 
Fonte R7

Grávida desenvolve alergia rara a hormônio do filho

Durante a gestação, Dayle sentiu dores e coceiras insuportáveis devido à intolerância a testosterona
 
Dayle Byrom, de 20 anos, sofreu uma reação alérgica enquanto seu filho ainda estava no útero.
 
A mulher, que mora em Wakefield, Inglaterra, desenvolveu várias erupções pelo corpo durante a gravidez de seu filho Jacob, segundo o site Daily Mail.
 
Os médicos acreditam que Dayle tenha uma intolerância rara de testosterona, hormônio produzido pelo feto durante o seu crescimento.
 
Dayle percebeu a alergia em 20 semanas de gravidez, quando começou a sentir dores e coceiras insuportáveis.
 
— Minha pele estava em chamas. Eu não podia sentar ou ficar parada. Tudo o que fazia era chorar e coçar. A sensação que eu tinha era como se alguém estivesse rasgando a minha pele.
 
Ela pediu ajuda aos médicos, mas a equipe não conseguiu identificar a causa ou sugerir algum tratamento.
 
Somente após o nascimento é que uma dermatologista conseguiu detectar o levou a mulher a ter a alergia.
 
Ela foi diagnosticada com Erupção polifórmica da Gravidez (PEP), que normalmente afetam apenas as mães de primeira viagem em estágios avançados da gravidez.
 
Após a alergia, Dayle ficou com as pernas marcadas por feridas de tanto coçar.
 
— De tanto coçar, acabei arruinando a minha pele. As cicatrizes são muito profundas e, infelizmente, não tem cura.
 
A erupção polifórmica, uma alergia que afeta uma em cada 300 grávidas, ainda não é um assunto totalmente estudado e bem detalhado por peritos médicos.
 
Além disso, ainda não há um debate para analisar se o sexo do bebê contribui para o desenvolvimento da alergia.
 
Fonte R7

Mulher com agulha nas costas aguarda transferência de hospital para cirurgia

Após anos com dores, dona de casa paranaense descobriu metal alojado no corpo ao fazer raio-X
 
O martírio de Geni de Oliveira, 40 anos, não é de hoje. Há cerca de seis anos, a dona de casa moradora de Toledo, no oeste do Paraná, vem sofrendo com dores fortes nas costas e na cabeça. Sem esperanças, ela decidiu recorrer a mais um médico, que acabou pedindo um raio-X.
 
No exame, uma agulha alojada nas suas costas revelou a causa de dores quase insuportáveis que a fizeram diminuir as tarefas domésticas.
 
— Não posso fazer muito esforço, mas eu acabo fazendo um pouco porque dona de casa não pode parar tudo.
 
A dona de casa espera para ser transferida ainda nesta terça-feira do HCO (Centro Hospitalar do Oeste) em Toledo para o Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, onde será operada por um cirurgião toráxico.
 
Apesar de os médicos terem dito que Geni engoliu a agulha, ela questiona a versão, de acordo com o administrador do HCO, Luiz Eduardo Ribeiro:
 
— Segundo ela, a agulha teria ligação com a última cirurgia que fez: um parto de emergência há sete anos em um outro hospital de Toledo.
 
Mãe das já adultas Ana Cristina e Juliana e do pequeno João Felipe, 7 anos, a dona de casa paranaense não vê a hora de ficar boa e dar fim ao calvário:
— Eu só quero tirar a agulha para ficar sã e poder criar o meu filho.
 
Fonte R7

Poupar dinheiro e emagrecer partem do mesmo pressuposto: autocontrole

Qual a semelhança entre guardar dinheiro e perder peso? Em um novo estudo, pesquisadores mostram que se o objetivo depende de autocontrole, não importa se você quer poupar ou ser mais saudável, é preciso se manter motivado e, para isso, é necessário ter estratégia e opções.
 
“Muitas das vantagens de um objetivo de longo prazo só serão sentidas no futuro, como por exemplo, manter um estilo de vida saudável. Um componente chave do sucesso de alcançar um objetivo é a capacidade de se manter motivado. Uma maneira de manter essa motivação é estrategicamente escolher as opções disponíveis para se alcançar este objetivo”, afirmam os autores Jordan Etkin e Rebecca K. Ratner, ambos da Universidade de Maryland, nos EUA, no estudo que será publicado no periódico Journal of Consumer Research.
 
E como se manter motivado? Para responder a pergunta, os autores realizaram uma série de seis experimentos. Em um dos testes, os participantes se mostraram mais motivados a guardar dinheiro imediatamente quando pensaram em formas diferentes de fazer isso, mas ficaram mais motivados ainda quando pensaram em uma forma similar de fazer isso com o objetivo de guardar alguma quantia durante um ano. Em outro teste, os participantes se mostraram dispostos a pagar por uma aula com um personal training – que aconteceria dentro de uma semana – principalmente quando ele enfatizou que seriam realizados diferentes exercícios. Mas quando foi dito que a aula seria dali a um mês e que os exercícios seriam similares, os participantes estavam dispostos a pagar mais.
 
A conclusão dos autores é que seja para guardar dinheiro ou manter um estilo de vida saudável, é preciso destacar diferentes formas de se fazer isso para manter a motivação cotidiana, mas estabelecer um comportamento padrão como estratégia para que se atinja o objetivo final no longo prazo.
 
Fonte O que eu tenho

Saúde fica em segundo plano durante a adolescência, alerta especialista

Após o nascimento do bebê, os pais estão sempre com a luz amarela acesa quando o assunto é a saúde. Nos primeiros anos de vida, as consultas com o pediatra são frequentes, praticamente mensais. Com o passar do tempo, essa rotina começa a ter intervalos maiores. Quando finalmente os filhos deixam de ser crianças e passam à fase da adolescência, o hábito de vigilância à saúde desaparece e o médico, em geral, é procurado somente em casos de doenças agudas ou para acompanhar doenças crônicas diagnosticadas anteriormente.
 
“Alguns adolescentes que atendemos aqui já não iam ao médico há alguns anos, alerta Debora Gejer, hebiatra do Hospital Sírio Libanês em São Paulo. A hebiatria é justamente a especialidade que acompanha a saúde dos adolescentes.
 
Por conta desse intervalo, em que a saúde do adolescente e jovem adulto tem menos atenção, é essencial que os pais estejam atentos para a importância de uma rotina de acompanhamento médico e de exames que normalmente é associada à meia-idade: o check-up.
 
“Em média se ganha 50% do peso e 25% da altura de um adulto durante a fase da adolescência. São muitas as mudanças no corpo – estrutura óssea, desenvolvimento do tecido muscular e adiposo, crescimento de praticamente todos os órgãos, alterações hormonais, maturação sexual, entre outras – que ocorrem de uma vez. Um check-up nessa idade possibilita detecção e tratamento precoce de possíveis agravos à saúde, além de prevenir doenças que podem se desenvolver no futuro através de hábitos pouco saudáveis adquiridos nesta fase da vida”, explica Gejer.
 
Problemas como hipertensão, dislipidemias, desvios de coluna (escoliose) alterações de visão (miopia), distúrbios menstruais, corrimentos, anemia, avaliação do calendário de vacinas (pois a vacinação não acaba na infância) e a orientação, quando necessária, de métodos contraceptivos e formas de evitar doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são alguns pontos abordados e monitorados em um programa de check-up na adolescência.
 
“Outras condições que são vistas como ‘coisa da adolescência’, como a acne, também são avaliadas. Esse tipo de problema, que para os adultos pode não parecer importante, porém, se não tratado, pode deixar cicatrizes – não só físicas como também psicológicas. Como na adolescência a autoimagem está sendo construída, uma aparência ruim pode influenciar uma baixa autoestima”, afirma a especialista.
 
Monitorar o crescimento também é outro fator importante para esse público. Muitas vezes o início da adolescência pode estar atrasado. Conforme a causa, necessita de diagnóstico e tratamento precoce. Mas, muitas vezes é só aguardar que logo a puberdade se iniciará. Porém, o adolescente, que demora um pouco mais que os outros para crescer, terá, por algum tempo, uma altura bem menor que seus amigos. Esta baixa estatura pode ser um fator de muita preocupação, não só para ele como também para seus pais. Saber que ele tem um bom potencial de crescimento e que provavelmente atingirá uma boa altura final, é importante para deixá-lo mais tranquilo.
 
E não é só a altura. No início da adolescência há muitas mudanças no corpo: aparecimento dos pelos, crescimento dos genitais, das mamas. Tudo isso gera certa insegurança, pois nem sempre os pais respondem as dúvidas relacionadas a estas mudanças.
 
Ganhando a confiança
Um dos diferenciais de se atender um adolescente é que, diferente das consultas no pediatra em idades menores, os atendimentos são confidenciais. “Os médicos fazem um acordo com o adolescente e seus pais a respeito do sigilo e privacidade das consultas o que encoraja o paciente a descrever seus problemas e aumenta a capacidade do profissional em realizar diagnósticos mais completos e condutas mais apropriadas”. afirma Gejer.
 
Esse público acaba procurando o serviço de check-up por meio dos pais – que vêm fazer os seus exames e recomendam aos filhos –, mas muitas vezes por conta da indicação dos próprios amigos.
 
Um público que adota hábitos saudáveis de forma rápida
Além da avaliação clínica completa feita através de uma história e exame físico detalhados, faz parte do Serviço de Acompanhamento da Saúde e Check-up do Adolescente do Hospital Sírio Libanês a solicitação de exames laboratoriais e de imagem.
 
Também é feita uma avaliação do comportamento e desenvolvimento psicológico, isto é, do relacionamento em casa, na escola, amizades, atividades de lazer, aspirações para o futuro, uso de álcool, cigarro e outras drogas, imagem corporal, distúrbios emocionais (como risco de suicídio, depressão, anorexia, bulimia e vigorexia) e sexualidade.
 
Uma avaliação nutricional, feita por uma nutricionista, também faz parte do rol de exames feitos durante o check-up na adolescência. “E o interessante nisso tudo é que nessa idade eles estão mais maleáveis a mudar os hábitos e passar a ter uma rotina mais saudável. Então, ao fazer uma proposta de alimentação adequada e prática de exercícios fiscos regulares para prevenir a obesidade ou o aumento do colesterol, com frequência eles aderem de forma efetiva ao novo hábito”, afirma a hebiatra.
 
“Atender esse público que está em crescimento, com o organismo e a mente em desenvolvimento, é um desafio, pois todas estas modificações pelas quais ele está passando faz com que ele se torne vulnerável a assumir situações de risco para a saúde. Identificar e interromper esse processo que pode ter reflexos no futuro é a grande missão do serviço de check-up”, finaliza Gejer.
 
Fonte O que eu tenho

Discriminação contra mãe afeta saúde do bebê

Estudo da Universidade de Yale, nos EUA, mostra relação entre o estresse desencadeado pela discriminação de mães e a saúde do bebê. Nestes casos, o bebê nasce com peso abaixo do normal.
 
O estudo, divulgado no periódico Annals of Behavioral Medicine, foi feito com base em entrevistas realizadas com 420 mulheres grávidas com ascendência latina e negra e que sofreram algum tipo de preconceito durante a gravidez. Elas foram avaliadas entre o segundo e o terceiro semestre da gestação, e os bebês analisados até o primeiro ano de vida.
 
Os níveis de discriminação quotidiana relatados foram considerados baixos pelo autores. No entanto, o impacto da discriminação foi o mesmo entre todas as participantes independentemente da idade, raça ou tipos de discriminação relatados. Aquelas que reportaram níveis de depressão altos por causa da discriminação tiveram bebês que pesavam menos que as que reportaram menos estresse.
 
As mulheres que relataram níveis mais elevados de discriminação eram mais propensas a sintomas depressivos e, finalmente, passou a ter bebês com peso de nascimento mais baixas do que aquelas relatar níveis mais baixos de discriminação. Isto tem implicações para os profissionais de saúde que trabalham com adolescentes grávidas e jovens mulheres durante o período pré-natal, enquanto eles têm a oportunidade de tentar reduzir a discriminação impactos potenciais sobre a gravidez.
 
Para os autores, a relação direta entre a autoestima da mãe e o tamanho do bebê até os doze meses de idade mostra a importância do combate ao preconceito. “Dada a associação entre o peso ao nascer e a saúde ao longo da vida, é fundamental reduzir a discriminação para que todas as crianças tenham a mesma chance de começar a vida com maior promessa para a saúde. Ao fazer isso, nós têm a possibilidade de eliminar as disparidades não só com relação ao peso ao nascer, mas da saúde ao longo da vida”, concluem.
 
Fonte O que eu tenho

UFPA abre processo seletivo

A Universidade Federal do Pará (UFPA) lançou edital de processo seletivo destinado à contratação de 07 Professores Substitutos e Temporários de nível superior. A remuneração será de acordo com a titulação do profissional, podendo o valor variar de R$ 2.265,78 a R$ 4.300,00 em regime de trabalho de 40 horas semanais.
 
Do total de vagas, uma é para ministrar aulas na área de Libras e atuar no Campus Universitário de Castanhal, três são no Instituto de Tecnologia para lecionar sobre Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo, Tecnologia de Alimentos e Computação Básica e Aplicada, uma das vagas é no Instituto de Ciências da Saúde, na área de Saúde da Criança e do Adolescente, uma no Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, na disciplina de Organização da Informação e uma no Instituto de Geociências para ministrar aulas de Geologia Geral com enfoque em Fotogeologia.

As inscrições serão realizadas nas unidades para onde se destinam as vagas, mediante preenchimento da ficha de inscrição e entrega, até o dia 28 de setembro de 2012.

Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de prova escrita, prova didática que constará de uma aula perante banca examinadora, cujo objetivo será analisar a clareza, a organização e o planejamento da aula. Também haverá prova de títulos, em que serão considerados para fins de pontuação a formação acadêmica, produção científica, artística, técnica e cultural, atividades didáticas e atividades técnico-profissionais.

Grande concurso público com edital já publicado em Ananindeua, Estado do Pará. Sob a execução técnico-administrativa da Fundação CETAP, o certame oferece 1.199 vagas, distribuídas em funções de provimento imediato, cadastro de reservas e reserva legal para portadores de deficiência (5% do total de vagas).

A Prefeitura de Rondon do Pará, Estado do Pará, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, lançou edital de processo seletivo para preenchimento de vagas nos cargos públicos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias. O certame será organizado sob a responsabilidade da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA – FSADU.
 
Serão distribuídas 184 vagas, sendo 34 imediatas e 150 para cadastro de reserva de nível fundamental, com salário de R$ 646,88 por carga horária de 40h semanais.
 
Os interessados deverão fazer suas inscrições no período de 24 de setembro a 08 de outubro de 2012, nos sites www.fsadu.org.br/concursos ou www.sousandrade.org.br/concursos. A taxa será de R$ 30,00.
 
A prova de conhecimentos será realizada na data provável de 21 de outubro de 2012 e terá a duração de 4 horas. O horário e locais de realização da prova serão divulgados no Período de Confirmação de Inscrição nos sites de inscrição. O gabarito será divulgado na data prevista de 22 de outubro de 2012.
O prazo de validade do certame será de 1 ano, contado a partir da publicação oficial da homologação do Resultado Final Após Fase Recursal, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Edital / Publicações

Concurso Prefeitura de Ananindeua - PA 2012

Grande concurso público com edital já publicado em Ananindeua, Estado do Pará. Sob a execução técnico-administrativa da Fundação CETAP, o certame oferece 1.199 vagas, distribuídas em funções de provimento imediato, cadastro de reservas e reserva legal para portadores de deficiência (5% do total de vagas).

Haverá oportunidades para candidatos de níveis fundamental, médio e superior. O salário varia de R$ 622,00 a R$ 2.071,58.
 
Cargos
As vagas são para os cargos públicos de nível superior de Analista Municipal, Analista de Segurança do Trabalho, Médico, Médico do Trabalho, cargos de nível médio de Técnico Municipal e de nível fundamental de Auxiliar Municipal.
 
Inscrições
As inscrições serão realizadas, exclusivamente, via internet, através do endereço eletrônico www.fundacaocetap.com.br, no período de 01 de outubro a 25 de outubro de 2012.
 
Taxas
Nível Fundamental R$ 30,00;
Nível Médio R$ 40,00;
Nível Superior R$ 50,00.
 
Provas e Validade
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 25 de novembro de 2012, em local e horário a serem divulgados no dia 14 de novembro de 2012, através do endereço eletrônico www.fundacaocetap.com.br.
 
O concurso público terá validade de 02 anos, a contar da data de Homologação do Resultado Final, podendo ser prorrogado por igual período.

Concurso Prefeitura de Alenquer - PA

A Prefeitura de Alenquer, Estado do Pará, publicou edital N° 001/2012 de concurso público destinado ao preenchimento de vagas do quadro de pessoal efetivo de nível superior, nível médio, nível fundamental completo e nível fundamental incompleto. Haverá 589 vagas, com vencimentos variados de R$ 622,00 a R$ 3.653,23. O concurso público será executado pela Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa - FADESP.

Inscrições
Será admitida somente a inscrição online no endereço eletrônico www.fadesp.org.br, solicitada no período entre 16h do dia 03 de outubro até às 23h59 do dia 12 de novembro de 2012.

Taxas
O valor da taxa de inscrição, a ser paga pelo candidato, aos respectivos cargos é o seguinte:
- R$ 35,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível fundamental incompleto;
- R$ 40,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível fundamental completo;
- R$ 50,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível médio;
- R$ 60,00 para os cargos cuja escolaridade exigida seja o nível superior.

Provas e Validade
As provas objetivas terão a duração de 04 horas e serão aplicadas na data prevista de 09 de dezembro de 2012, no turno da manhã, das 8 às 12h (horário local), para todos os Cargos de Nível Fundamental Completo e Nível Superior, e, no turno da tarde, das 14h30 às 18h30 (horário local), para os cargos de Nível Médio e Nível Fundamental Incompleto. Desta forma o candidato poderá se inscrever, separadamente, e realizar as provas objetivas nos dois períodos, para cargos de nível de escolaridade em horários de provas diferentes.

O prazo de validade do concurso é de 02 anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Edital / Publicações

Concurso Companhia das Docas do Pará

A Companhia das Docas do Pará - CDP, divulgou 02 editais nº. 001 e 002/2012 para realização de concurso público visando preencher 28 vagas mais cadastro reserva de nível médio/técnico e superior. O salário oferecido é de até R$ 2.142,12, lembrando que 5% das vagas estão reservadas às pessoas portadoras de necessidades especiais.

Cargos

Assistente Administrativo, Auxiliar de Enfermagem, Técnico de Segurança do Trabalho, Administrador, Advogado, Assistente Social, Guarda Portuário, entre outros.

Inscrições e Provas

As inscrições, no valor de R$ 50,00, serão realizadas através do site www.fadesp.org.br, solicitada no período entre 16 h do dia 13 de setembro até às 23h59 do dia 22 de outubro de 2012 (horário de Belém-PA).
 
As provas objetivas e de redação serão aplicadas na data prevista de 11 de novembro de 2012, das 14h30 às 18h30 (horário local), em local a ser divulgado.
 
Os candidatos de cargos de nível superior, considerados aptos à avaliação de títulos serão convocados em edital específico para esse fim, publicado o aviso no Diário Oficial da União e relacionados no site da FADESP - www.fadesp.org.br. Deverão, então, imprimir, preencher e assinar o formulário disponível no site www.fadesp.org.br e, enviá-lo por carta registrada juntamente com os documentos comprobatórios, à Comissão Executora do Concurso da CDP (Documentos Prova Títulos), Rua Augusto Corrêa, s/n, Campus Universitário da UFPA, Guamá, Belém-Pará, CEP 66075-110, no prazo, data de postagem no correio, estabelecidos no edital de convocação para a prova de títulos.
 
O resultado final será homologado pela CDP, publicado no Diário Oficial da União, bem como publicado no endereço eletrônico www.fadesp.org.br, que permanecerá durante todo o prazo de validade do concurso.
 
O concurso será válido por dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Edital / Publicações

Concurso Prefeitura de Goianésia do Pará 2012

Mais um concurso encontra-se aberto no Estado do Pará, desta vez no município de Goianésia do Pará, localizado na região sudeste do Estado. A prefeitura da cidade objetiva a contratação de 1.357 profissionais para recompor o seu quadro de servidores públicos em todos os níveis de escolaridade. Serão providos postos imediatos e formado cadastro de reservas com os demais nomes classificados, lembrando que os vencimentos ficarão entre R$ 622,00 a R$ 6.246,56, a depender do cargo a ser exercido. Confira o edital.
 
Cargos:
Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais, Coveiro, Ajudante de Mecânico Leve, Agente de Vigilância Noturna (Vigia), Ajudante de Mecânico Pesado, Pedreiro, Carpinteiro , Soldador, Encanador, Eletricista Predial, Eletricista de Auto, Pintor, Motorista de Veículos Leves, Motorista de Veículos Pesados, Mecânico de Equipamentos Leves, Mecânico de Equipamentos Pesados, Operador de Equipamentos Pesados-Retro Escavadeira, Operador de Equipamentos Pesados-Pá Mecânica, Operador de Equipamentos Pesados-Pá Carregadeira, Operador de Equipamentos Pesados-Trator de Esteira, Operador de Equipamentos Pesados-Patrol, Assistente Administrativo, Agente de Tributos, Técnico em Laboratórios Médicos, Técnico em Radiologia Médica, Técnico de Enfermagem, Microscopista, Desenhista Projetista, Técnico Agrícola, Técnico em Agrimensura, Técnico em Edificação, Advogado, Arquiteto, Assistente Social, Analista em Gestão Ambiental, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Florestal, Engenheiro Agrônomo, Farmacêutico - Bioquímico, Fisioterapeuta, Médico Clínico Geral, Médico Pediatra, Médico Ginecologista, Nutricionista, Odontólogo , Psicólogo, Auxiliar Educacional - Auxiliar Administrativo, Auxiliar Educacional - Porteiro Escolar, Auxiliar Educacional - Servente, Auxiliar Educacional - Segurança Escolar, Auxiliar Educacional - Merendeira, Assistente Educacional - Agente Administrativo, Secretário Escolar N-I /Casse A, Anos iniciais e Educação Infantil, professor nas matérias: Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Química, Artes, Educação Física, Sociologia, Física, Ensino Religioso, Estudos Amazônicos, Inglês, Biologia, Filosofia e Técnico Pedagógico N-I /Classe A.
 
Inscrições:
Para participar deste concurso público basta acessar o endereço eletrônico www.coned.com.br no período que compreende 03 de setembro a 04 de outubro de 2012. A taxa de inscrição oscila entre as cifras de R$ 50,00 e R$ 75,00.
 
Provas:
Este concurso dar-se-á através da aplicação de prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório que se realizará no respectivo município de Goianésia do Pará em um ou mais dias de domingo ou feriado, no período de 11 a 18 de novembro de 2012. A data, local e horário em que ocorrerá a prova objetiva serão divulgados junto com a confirmação das inscrições. Haverá ainda prova de títulos para os cargos de Professor e Técnico Pedagógico que forem aprovados na prova objetiva.
 
Validade:
A validade deste concurso será de dois anos, mas poderá ser prorrogado por igual período, caso faça-se necessário.

Edital / Publicações

Concurso Prefeitura de Altamira - PA 2012: Edital e Inscrição

A Prefeita Municipal de Altamira, Estado do Pará, através do Instituto Ágata, publicou edital N° 001/2012 de Concurso Público destinado a selecionar candidatos para o provimento efetivo nos cargos de Níveis Fundamental Incompleto, Fundamental Completo, Médio Completo, Superior e Superior Magistério.
 
Estão sendo oferecidas 1.230 vagas, das quais a maioria (1.126) são para provimento imediato e 104 para cadastro de reserva do nível superior magistério. Os salários vão até R$ 4.200,00.
 
Cargos
As chances são para os cargos de Coveiro, Gari, Agente de Preparo de Alimentos, Auxiliar de Serviços Gerais, Porteiro, Técnico Administrativo, Agente Técnico de Informática, Técnico de Consultório Odontológico, Técnico de Laboratório, Técnico de Prótese Dentária, Técnico de Raios-X, Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal, Técnico Microscopista, Agente Ambiental, Agente de Fiscalização de Vigilância Sanitária, Agente de Fiscalização Fazendário, Agente Municipal de Trânsito, Assistente Social, Educador Físico, Enfermeiro, Farmacêutico, Fiscal de Tributos, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo, Psicopedagogo, Sociólogo e Professor.
 
Inscrições e Taxas
Os interessados deverão fazer suas inscrições no endereço eletrônico www.institutoagata.com.br no período compreendido entre às 10 horas do dia 26 de setembro e 23 horas e 59 minutos do dia 15 de outubro de 2012. As taxas variam de R$ 40,00, R$ 50,00 e R$ 80,00 de acordo com o cargo escolhido.
 
Provas e Gabaritos
A Prova Objetiva de Múltipla Escolha será realizada provavelmente no dia 11 de novembro de 2012, no Município de Altamira/PA, com duração total de 03 horas. O gabarito será divulgado na data prevista de 11 de novembro de 2012.
 
Validade

O prazo de validade do concurso público será de 02 anos, a contar da data da Homologação do Resultado Final do Concurso Público, prorrogáveis por igual período.

Edital / Publicações