Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Insólito: Cortejo fúnebre tem pausa no Burger King antes de chegada a cemitério

A "idolatria" pelo lanche fez com que Linda Phiel, filha do
ex-combatente, colocasse um hambúrguer em seu caixão
O cortejo fúnebre de David Kime, veterano da Segunda Guerra Mundial, fez uma parada em uma filial da Burger King na Pensilvânia, no qual foram pedidos 40 hambúrgueres para honrar a memória do homem de 88 anos, amante declarado da rede.
 
Segundo a imprensa local, como a emissora "NBC" e o jornal "Cherry Hill Courier Post", Kime, que morava na cidade de West York, era "louco" pelo famoso sanduíche "Whopper" do Burger King.
 
A "idolatria" pelo lanche fez com que Linda Phiel, filha do ex-combatente, colocasse um hambúrguer em seu caixão.
 
Antes, os cerca de 40 veículos que integravam o cortejo passaram um a um pelo drive-thru, algo combinado antes com os responsáveis pelo local.
 
"Estávamos todos mentalizados e preparados para isso.
 
Acho que é bom que alguém tão fã pudesse pôr desta maneira ponto final à sua vida", declarou a responsável pelo restaurante, Margaret Hess.
 
David Kime morreu no último dia 20 por complicações cardíacas.
 
Fonte EFE

Gordura e seios pequenos são os principais motivos de plásticas no mundo

Brasil está entre os 25 países que mais possuem pacientes
 que querem se submeter a cirurgias plásticas
América Latina está entre os líderes mundiais em procedimentos estéticos
 
A cirurgia plástica é mais solicitada na Ásia e na América do que na Europa, e recorrem a essa prática principalmente aquelas pessoas que se incomodam com gordura corporal e seios pequenos, enquanto o botox é o rei dos procedimentos estéticos não invasivos no mundo. Assim mostram as últimas estatísticas da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, na sigla em inglês), que segundo destaca sua secretária mundial, a colombiana Lina Triana, demonstram que a América Latina está entre os líderes mundiais em procedimentos estéticos.
 
— Nenhum dos cinco primeiro postos da lista de países com mais cirurgias e procedimentos estéticos realizados por especialistas credenciados em 2011, o ano de estudo, é europeu.
 
Segundo o estudo global de Procedimentos de Cirurgia Estética e Cosméticos da ISAPS, publicado neste mês e realizado por meio de entrevistas com cirurgiões, em 2011 foram realizadas 6.371.070 cirurgias plásticas e 8.336.758 procedimentos estéticos não cirúrgicos no mundo. Os números de procedimentos cirúrgicos caíram em relação a 2010, quando foram feitos 6.735.640 e os não cirúrgicos apresentaram aumento, que de acordo com o estudo foram 7.371.211.
 
Os Estados Unidos são o número um da lista, com 21,2% de todas as operações cirúrgicas e não cirúrgicas para melhorar a imagem do paciente, seguido pelo Brasil, com 9,8%. Em 2011, foram realizadas nos EUA 1.904.146 cirurgias plásticas e 2.011.100 procedimentos não cirúrgicos, enquanto no Brasil foram realizadas 905.124 operações e 542.090 procedimentos.
 
A China aparece em terceiro lugar, com 415.140 cirurgias e 635.720 procedimentos, o que equivale a 7,1% do total. Em quarto e quinto lugar, respectivamente, aparecem o Japão, com um total de 372.773 operações e 579.878 procedimentos (6,5%), e o México, com 299.835 e 494.731 (5,4%).
 
Atrás do México, aparecem nesta ordem Itália, Coreia do Sul, Índia, França, Alemanha e Colômbia.
 
— Antes o paciente vinha aos países latino-americanos porque era mais barato, mas já não é o valor o que mais influencia, é o trabalho para moldar os corpos.
 
Para Lina, a cirurgia plástica na região alcançou um desenvolvimento comparável ao dos EUA. Embora no resto do mundo tenha reduzido o número de cirurgias plásticas praticadas na região, Brasil, México, Colômbia, Venezuela e Argentina continuam entre os 25 países que mais possuem pacientes que querem se submeter a estes procedimentos.
 
A secretária da ISAPS considerou que a redução pode estar ocorrendo porque os pacientes latino-americanos recorrem a médicos que poderiam pôr em risco sua saúde.
 
— Infelizmente há muitos cirurgiões que não são cirurgiões porque não estão credenciados.
 
Adicionalmente, a crise econômica mundial, considerou Lina, pode afetar a quantidade de cirurgias estéticas no mundo, mas não de maneira significativa. Segundo o estudo, em todo o planeta há somente 32 mil cirurgiões plásticos certificados, dos quais 8.379 trabalham na Ásia, 8.022 na América do Norte, 7.440 na Europa e 7.186 na América do Sul. Na África são apenas 594 e na Oceania 273.
 
Em um mundo onde a obesidade cresce, a operação cirúrgica mais realizada continua sendo a que serve para eliminar a gordura no corpo: a lipoaspiração. No total, foram realizadas em 2011 mais de 1,26 milhão de lipoaspirações.
 
A segunda intervenção estética mais requisitada foi o aumento do tamanho dos seios, a terceira foi a blefaroplastia (cirurgia de pálpebras), a quarta a abdominoplastia e a quinta a rinoplastia. Entre os procedimentos não cirúrgicos, o botox reina absoluto.
 
Nada menos que 3.179.652 aplicações deste composto que contém a toxina botulínica tipo A, que serve para "acabar com" as rugas, foram realizadas em 2011. O ácido hialurônico, também para rejuvenescer a pele, a depilação a laser, as injeções de gordura (para preencher lábios, glúteos e outras partes) e diversos tratamentos com laser também aparecem na lista.

Fonte R7

HC testa controle eletrônico de remédios

O Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto pôs em prática há mais de um mês um projeto-piloto chamado Beira de Leito, que controla, por computador, a aplicação e a administração de remédios aos pacientes internados.
 
A iniciativa, inédita em hospitais da rede pública de São Paulo, tem como objetivos aumentar a segurança do paciente, evitando erros na administração de medicamentos (como aplicação de doses erradas ou de medicação não prescrita), e melhorar a gestão hospitalar, reduzindo custos.
 
Alexandra Cruz Abramovicius, diretora da Divisão de Assistência Farmacêutica do HC/USP Ribeirão, diz que o projeto surgiu da necessidade de “casar” o sistema de prescrição eletrônica, que já era feito na unidade, com a administração direta da droga no paciente.
 
Na prescrição eletrônica, toda vez que um médico prescreve um medicamento, isso é digitado num sistema e informado automaticamente à farmácia central. Lá, os medicamentos são cadastrados em um código de barras e entregues para serem administrados nos pacientes. Agora, com o Beira de Leito, a rastreabilidade do medicamento fica ainda maior, porque o sistema controla a fase da administração da droga no paciente.
 
Várias checagens são feitas: uma no recebimento do pedido, outra na dispensação na farmácia e outra na administração ao paciente.
 
Processo Funciona da seguinte maneira: um notebook instalado em um carrinho é levado à beira do leito. Por meio de um leitor de código de barras, a enfermagem faz a leitura na pulseira do paciente dos medicamentos que serão administrados. Além de registrar os gastos para fins de faturamento, o sistema emite alertas de inconsistências, como, por exemplo, medicamentos não prescritos para o paciente ou fora do prazo de validade. “
 
O Beira de Leito vai melhorar todo o processo. Até então, havia controle até o momento em que a droga saía da farmácia. Agora vamos até o momento da administração no paciente”, diz Alexandra. De acordo com ela, a vantagem é que, se houver algum problema ou efeito colateral no paciente, por exemplo, é possível saber o lote, a data de validade, a dose aplicada, quando o medicamento saiu da farmácia, quem é o fornecedor, etc. “Será possível chegar ao começo dessa cadeia. É muito mais segurança.”
 
Para viabilizar a implementação do projeto, o hospital investiu cerca de R$ 200 mil na aquisição de equipamentos de informática e de fracionamento de medicamentos. Um dos equipamentos comprados pelo Hospital das Clínicas permite embalar e rotular individualmente vários itens.
 
O projeto-piloto está sendo avaliado em leitos do quarto e do nono andar, que incluem áreas de neurologia e cirurgia. A expectativa é de que seja progressivamente implementado em todo o hospital até o final deste ano.

Fonte Estadão

Pesquisa da dieta cardioprotetora alcançará 40 hospitais do SUS

Participantes serão acompanhados durante um ano
 
A dieta cardioprotetora brasileira será estendida para todo o País para que os resultados sejam avaliados em um grupo maior de pessoas. A segunda fase da pesquisa envolverá cerca de 2 mil pacientes e 40 hospitais públicos — uma exigência do Ministério da Saúde para atender os pacientes de baixa renda. Os participantes serão acompanhados durante um ano.
 
Eduardo Fernandes Nilson, coordenador-substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, diz:
 
— “Nós queremos observar os resultados nos diferentes ‘Brasis’ e observar as particularidades de cada região. Se der certo, a dieta será incorporada à linha de cuidados para doenças crônicas”.
 
Por enquanto, nutricionistas do HCor estão treinando as equipes dos hospitais participantes e fazendo as adaptações necessárias das receitas para cada região do Brasil — o que resultou em um livro com 120 receitas, conforme explica a nutricionista Maria Beatriz Ross.
 
— Corrigimos as falhas, fizemos as adequações necessárias. A gente quer encorajar as pessoas a usarem receitas com alimentos de todas as regiões”.
 
As receitas adaptadas ainda não estão disponíveis para consulta do público porque ainda não se sabe se elas realmente vão promover o desejado efeito cardioprotetor.
 
— “Por enquanto isso ainda é material de pesquisa. É precoce afirmar que vai entrar em vigor”, diz Beatriz.
 
Fonte Estadão

Três pessoas morrem após exame de ressonância em hospital de Campinas

A Secretaria Municipal de Saúde enviou um comunicado para que
 todos os hospitais e clínicas da cidade suspendam os exames de
ressonância magnética e tomografias com uso de contraste
Vítimas tiveram parada cardiorrespiratória após uso de contraste em procedimento na instituição Vera Cruz. Setor foi interditado e equipamentos foram lacrados
 
Três pessoas morreram após realizarem exames de ressonância magnética no hospital Vera Cruz, em Campinas, interior de São Paulo, na segunda-feira (28). Hoje, a Secretaria Municipal de Saúde enviou um comunicado para que todos os hospitais e clínicas da cidade suspendam os exames de ressonância magnética e tomografias com uso de contraste. A medida valerá até que seja descoberta a causa das mortes.
 
Na segunda, a Vigilância em Saúde já havia interditado o setor responsável pelo procedimento no Vera Cruz, que é particular e uma referência nesses tipos de exame. A vigilância vai investigar, entre outras causas, se o contraste (composto químico utilizado no exame) tem relação com as mortes.
 
As vítimas foram dois homens, de 36 e 39 anos, e uma mulher, de 25 anos. Eles tiveram parada cardiorrespiratória, após fazerem o exame. Dois começaram a passar mal minutos depois do exame e um paciente chegou a deixar a unidade médica, mas retornou a unidade após sentir dores. No dia, mais de 80 pacientes realizaram ressonâncias no Vera Cruz, sem apresentarem problemas.
 
A direção do hospital foi que acionou a polícia e as salas e os materiais utilizados foram lacrados. Uma das vítimas é a administradora de empresa Mayra Cristina Monteiro, de 25 anos, de Campinas. O enterro será às 16h30 de hoje, no Cemitério da Conceição. Morreram também o zelador Manuel Pereira de Souza, 39 anos, que será enterrado na Bahia, em Santa Rita de Cássia, e Pedro Ribeiro Porto Filho, de 36 anos.
 
Fonte Estadão

A partir desta terça-feira, Into oferece cirurgia de alongamento de mandíbula

A cirurgia de alongamento ósseo vai atender pacientes de cinco a 15 anos com deformidades congênitas ou adquiridas
 
O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into) oferece novo tratamento cirúrgico para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) que possuem problemas congênitos de desenvolvimento de mandíbula, atendidos pelo Centro de Cirurgia Crâniomaxilofacial, especializado em doenças do crânio e da face. A cirurgia de alongamento ósseo de mandíbula será realizada, a partir desta terça-feira (29), para atender pacientes de cinco a 15 anos com deformidades congênitas ou adquiridas em traumatismo.

De acordo com médico Ricardo Cruz, o tratamento de alongamento ósseo de mandíbula (também chamado de distracção osteogênica) é o mais indicado para a correção dessas deformidades. " Existem outras alternativas de tratamentos, mas o alongamento mandibular ou distracção óssea é o mais moderno hoje e consideramos a melhor opção em pacientes jovens com anomalias congênitas ou adquiridas" , disse.

Essa técnica de cirurgiareparadora tem objetivo de atenuar o crescimento deficiente da mandíbula com o auxílio de um aparelho distractor, fabricado em titânio, que é afixado no maxilar do paciente para estimular o desenvolvimento de tecido ósseo no local. Os movimentos diários do aparelho permitem o alongamento do osso e a consequente melhora funcional e estética. Os aparelhos (distractores) podem ser internos e externos. " O externo, apesar de parecer incômodo quando colocado no rosto, constitui-se em procedimento menos invasivo e possibilita a alta do paciente em poucos dias" , explica Cruz.

A recuperação depende de acompanhamento médico e fonoaudiológico por um período de cerca de quatro meses. A meta é melhorar a mastigação e a respiração, além de uma estética mais adequada. .

A cirurgia é indicada para os casos de anomalias congênitas de mandíbula, microssomia hemifacial (lado do rosto que nasce menor), síndromes de Pierre-Robin e Treacher-Collins e nas anomalias adquiridas em trauma e sem causa específica, como a anquilose temporo-mandibular (onde há rigidez na articulação que impede o crescimento da mandíbula).

A ação é coordenada pelo cirurgião Ricardo Cruz, chefe do Centro de Cirurgia Crâniomaxilofacial do Into, e contará com a participação dos especialistas convidados, Nivaldo Alonso, da Universidade de São Paulo e Renato Freitas, da Universidade do Paraná.
 
Fonte isaude.net

Assumir a homossexualidade reduz níveis de estresse e ansiedade

Pessoas que assumem a homossexualidade têm níveis mais baixos de depressão e esgotamento
Foto: Anizza/Stock Photo
Pessoas que assumem a homossexualidade têm níveis
mais baixos de depressão e esgotamento
Lésbicas, gays e bissexuais assumidos têm menor incidência de sintomas psiquiátricos do que aqueles que ainda 'estão no armário'
 
Lésbicas, gays e bissexuais (LGB) que assumem sua homossexualidade têm níveis mais baixos de estresse hormonal e menos sintomas de ansiedade, depressão e esgotamento, de acordo com pesquisadores do Louis H. Lafontaine Hospital, afiliado da Universidade de Montreal, nos Canadá.
 
O cortisol é um hormônio do estresse em nosso corpo. Quando estamos cronicamente tensos, o cortisol contribui para o 'desgaste' de diferentes sistemas biológicos. Tomados em conjunto, esta estirpe é chamada de "carga alostática".
 
"Nossos objetivos foram determinar se a saúde física e mental de lésbicas, gays e bissexuais difere de heterossexuais e, em caso afirmativo, se 'sair do armário' faz diferença", explica o autor da pesquisa Robert-Paul Juster.
 
Juster e seus colegas recrutaram 87 homens e mulheres, todos eles em torno de 25 anos de idade com diferentes orientações sexuais. Ao longo de várias visitas, os pesquisadores realizaram questionários psicológicos, recolheram amostras de saliva para medir cortisol ao longo de dois dias, e calcularam índices de carga alostática utilizando resultados de saliva, sangue e amostras de urina. "O estresse crônico e os níveis de cortisol podem exercer uma espécie de efeito dominó sobre sistemas biológicos conectados. Ao olhar para biomarcadores como a insulina, o açúcar, colesterol, pressão arterial, adrenalina, e inflamação juntos, um índice de carga alostática pode ser construído e usado para detectar problemas de saúde antes que eles ocorram", afirmam os pesquisadores.
 
Segundo Juster, contrariamente às expectativas, homens gays e bissexuais tinham sintomas depressivos e níveis mais baixos de carga alostática do que os homens heterossexuais. Lésbicas, gays, bissexuais que tinham assumido para a família e os amigos tinham níveis mais baixos de sintomas psiquiátricos e níveis mais baixos de cortisol pela manhã do que aqueles que ainda estavam no armário.
 
O estresse relacionado com o estigma pode forçar LGB a desenvolver estratégias que tornem mais eficaz a gestão de estressores futuros. "Sair do armário é um marco importante na vida de LGB, que não tem sido estudado extensivamente usando abordagens interdisciplinares que avaliam biomarcadores de estresse", afirma o coautor Nathan Smith Grant.
 
De acordo com a equipe, estas descobertas sublinham o papel que a auto aceitação e revelação têm sobre a saúde e bem-estar positivo de LGB. Por sua vez, isto tem implicações importantes para debates políticos. "Sair do armário só é benéfico para a saúde quando há políticas sociais tolerantes que facilitem o processo de revelação. Intolerância social durante o processo de revelação prejudica a auto aceitação que gera aumento da angústia e contribui para problemas de saúde mental e físico", afirma Juster.
 
"Assumir a homossexualidade não é mais uma questão de debate popular, mas uma questão de saúde pública. Internacionalmente, as sociedades devem se esforçar para facilitar esta auto aceitação, promovendo a tolerância e dissipando o estigma de todas as minorias", conclui o pesquisador.
 
Fonte isaude.net

Consumo regular de extrato de romã reduz sensação de fome

Consumo de extrato de romã pode ter o potencial para contribuir na redução de fatores de risco para excesso de peso e obesidade
Consumo de extrato de romã pode ter o potencial para contribuir
 na redução de fatores de risco para excesso de peso e obesidade
Participantes que tomaram um suplemento de romã comeram em média 22% menos do que o grupo controle, mostra estudo
 
Cientistas da Queen Margaret University, no Reino Unido, descobriram que o consumo regular de extrato de romã pode reduzir o apetite, aumentando a sensação de saciedade.
 
Voluntários que tomaram um suplemento de romã diariamente durante três semanas relataram sentir significativamente menos fome durante o experimento do que aqueles que receberam um placebo no lugar. As informações são do Daily Mail.
 
Quando receberam um prato de comida, como parte dos testes, aqueles que tinham tomado o extrato comeram uma média de 22% menos do que aqueles no grupo controle, mas relataram maior prazer com a comida.
 
A equipe de pesquisa, liderada por Emad Al-Dujaili, recrutou um total de 29 voluntários em Edinburgh.
 
Metade do grupo tomou um extrato de romã, contendo a pele, miolo e as sementes da fruta, todos os dias, durante três semanas e o restante tomou um comprimido de placebo.
 
Após três semanas, os voluntários beberam um copo de suco de romã antes de se sentarem para uma refeição de macarrão com molho de tomate.
 
Antes de comer e em intervalos de 15 minutos até duas horas depois, os participantes registraram suas sensações de fome, desejo de comer, plenitude e satisfação em um questionário amplamente utilizado em estudos científicos para medir os sentimentos e atitudes.
 
O grupo que tomou o extrato de romã sentiu menos fome (por uma média de 12%), tinha menos vontade de comer (21%), se sentiu mais cheio (16%) e mais satisfeito (15%).
 
Eles também comeram uma média de 447 gramas de pasta na refeição em comparação com 574 gramas do grupo controle, ou 22% menos.
 
Eles também classificaram o seu alimento como mais saborosos do que o outro grupo.
 
A equipe de pesquisa agora pretende fazer um estudo mais aprofundado para tentar determinar por que o extrato causa essa saciedade. Uma teoria é que ele contém polifenóis que agem como supressor do apetite.
 
"Nós e outros pesquisadores temos mostrado que as romãs contêm antioxidantes potentes que podem neutralizar os radicais livres melhores do que o vinho tinto, chá verde e sucos comumente consumidos. A ingestão de suco de romã pode causar uma redução da pressão arterial e resistência à insulina. O presente estudo mostra que o extrato de romã pode promover ainda a saciedade, reduzindo a fome e a vontade de comer e melhorando a satisfação", afirma Emad Al-Dujaili.
 
Segundo os pesquisadores, os resultados indicam que o consumo de extrato de romã pode ter o potencial para contribuir para a redução de fatores de risco para excesso de peso e obesidade.
 
Fonte isaude.net

A penicilina, não a pílula anticoncepcional, foi o estopim da revolução sexual

Imagem: NIH National Library of Medicine
"Fácil obter sífilis e gonorréia"
A mundança de comportamento sexual que marcou os anos 60 começou, na verdade, durante os tradicionais anos 50
 
O aumento das relações sexuais não-tradicionais que marcaram os anos 60 começou balançando as sociedades ocidentais uma década antes, durante os tradicionais anos 50, afirma uma análise publicada recentemente pela revista Archives of Sexual Behavior.
 
" O advento da revolução sexual é conhecido por ter como bases as atitudes liberais dos anos 1960 e o desenvolvimento de contraceptivos como a pílula anticoncepcional. A evidência, no entanto, indica fortemente que o uso generalizado da penicilina, levando a um rápido declínio da sífilis durante a década de 1950, é o que lançou a era moderna sexual," observa o economista da Emory University, Andrew Francis, responsável pelo estudo.
 
Como a penicilina diminuiu o custo do sexo de risco, a população começou a ter mais liberdade nas relações. O pesquisador compara este fenômeno à lei econômica da demanda e procura: quando o custo de um bem diminui, as pessoas compram mais. " As pessoas não enxergam o comportamento sexual em termos econômicos, mas é importante fazer isso porque, assim como outros comportamentos, o sexual também responde a incentivos," afirma o pesquisador.
 
'Cuidado onde pisa, soldado!' 'Proteja-se contra sífilis e gonorreia'
'Cuidado onde pisa, soldado!' 'Proteja-se contra sífilis e gonorreia'
A epidemia e a Segunda Guerra
A Sífilis atingiu o seu pico nos Estados Unidos em 1939, quando matou 20 mil pessoas. Foi a AIDS do final dos anos 30 e início dos anos 40. O medo de contrair sífilis e morrer teve grande influência nos costumes da época. A penicilina foi descoberta em 1928, mas foi disponibilizada para uso clínico somente em 1941.
 
Com o advento da Segunda Guerra Mundial e a ameaça das doenças sexualmente transmissíveis às tropas que estavam no exterior, a penicilina passou a ser encarada como um tratamento eficaz contra a sífilis. Os militares queriam livrar as tropas das DSTs e todos os tipos de infecções, para que eles pudessem continuar lutando, disse Francis. " Isso realmente acelerou o desenvolvimento da penicilina como um antibiótico."


Penicilina chega à população em geral
Logo depois da guerra, os Estados Unidos passaram a encarar a sífilis de uma doença crônica, debilitante e potencialmente fatal para um problema de saúde que poderia ser curado com uma única dose de medicamento.
 
De 1947 a 1957, a taxa de mortalidade caiu em 75% e a incidência de sífilis em 95%. " Foi essencialmente um colapso," disse o pesquisador. Confirmando sua teoria de que o sexo de risco aumentou quando o custo de sífilis caiu.
 
O estudo analisou dados de agências de saúde estaduais e federais 1930 até a década de 1970. A pesquisa tomou como base três medidas de comportamento sexual: o nascimento de filhos ilegítimos, o nascimento de filhos de mães adolescentes, e a incidência de gonorréia, DST altamente contagiosa.
 
Assim que a sífilis atingiu seus índices mais baixos, em meados da década de 1950, foi possível notar um aumento dramático em todas as três medidas de comportamento sexual de risco estudadas.
 
Fonte isaude.ne

Coberturas de planos de saúde atendem mais de 25% da população do país

Em dez anos, 7% da população foi incorporada ao mercado de saúde suplementar, número que saltou de 18,1% para 25,1%
 
A taxa de cobertura de planos privados de assistência médica no Brasil corresponde a 25,1% da população do país. Em dez anos, 7% da população foi incorporada ao mercado de saúde suplementar, número que saltou de 18,1% para 25,1% no período. Os dados fazem parte da quarta edição do Foco - Saúde Suplementar, divulgados nesta segunda-feira (28) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
 
Essa edição apresenta também análises de seis regiões metropolitanas (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife). Em relação à cobertura assistencial, estas regiões superam a taxa nacional. São Paulo, por exemplo, apresenta índice de 53,6%. Em Belo Horizonte, 43,5% dos habitantes possuem planos de saúde e, no Rio de Janeiro, esse valor alcança 42,8%.
 
Ainda de acordo com os dados do mesmo período, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no país alcançou 5,28%. À exceção de São Paulo, as demais regiões metropolitanas examinadas (Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife) têm índices que superam o nacional. Enquanto isso, a desaceleração do número de hospitalizações e cirurgias reduz o índice de serviços laboratoriais e hospitalares, que passa de 2,04% para 1,01% no trimestre.
 
Além disso, é observada ligeira recuperação do PIB no 3º trimestre de 2012, que subiu de 0,6% para 0,7%. Efeito também verificado na taxa de beneficiários de planos coletivos regulamentados, que alcança 5,2% no ano.

 
Fonte isaude.net

Nanopartículas colocadas na roupa protegem contra dengue e malária

Jaime Rocha Gomes
Tecnologia que pode ser adicionada aos tecidos durante a lavagem previne em particular os ataques de mosquitos anopheles
 
Equipe de investigadores da Universidade do Minho, em Portugal, criou uma tecnologia que repele doenças transmitidas por mosquitos, como malária e dengue.
 
A abordagem consiste em nanopartículas funcionais de sílica que podem ser adicionadas às roupas durante a lavagem para conferir a propriedade repelente. As nanopartículas são duráveis (50 a 100 lavagens) e ecológicas.
 
O projeto, liderado por Jaime Rocha Gomes, teve início em 2007 com a incorporação de produtos ativos em nanopartículas de sílica, tais como antimicrobianos, aloé vera e, recentemente, o repelente de mosquito.
 
"Incorporámos produtos ativos em nanopartículas de sílica que se fixam ou são liberadas de forma controlada para determinado artigo têxtil. Esses produtos ativos podem ser aplicados pela indústria no acabamento de tecidos ou malhas e, também, pelo próprio usuário em peças já confeccionadas", explica Gomes.
 
O produto previne em particular os ataques de mosquitos anopheles, que transmitem a malária e matam mais de um milhão de pessoas por ano. A equipe está realizando testes bem sucedidos no Instituto de Higiene e Medicina Tropical, em Lisboa, e vai avançar em breve para testes de campo, esperando comprovar a mesma eficácia em ambiente real. A resistência a lavagens também está sendo melhorada em laboratório.
 
No futuro, a equipe admite incorporar nas nanopartículas de sílica aplicadas nos têxteis outros produtos ativos, como vitaminas, enzimas e proteções contra mais doenças.
 
Fonte isaude.net

Influências dos melhores amigos são decisivas no primeiro contato com o álcool

Adolescentes que provam o álcool através de amigos começam a beber mais cedo
Adolescentes que provam o álcool através de amigos
começam a beber mais cedo
Adolescentes que provam o álcool através de amigos começam a beber mais cedo e têm mais propensão a abusar da bebida
 
Estudo nacional liderado por equipe da Universidade de Iowa (UI), nos Estados Unidos, descobriu que os adolescentes que provam álcool pela primeira vez através de amigos são mais propensos a começar a beber mais cedo e a abusar da bebida na idade adulta.

"Quando as crianças começam a beber, mesmo se a família tem o costume de usar bebidas alcoólicas, elas não recebem as primeiras bebidas de seus familiares e sim dos amigos", diz Samuel Kuperman, psiquiatra de crianças e adolescentes da UI.

O estudo usou o levantamento realizado em 2008 pela Universidade de Michigan e o National Institutes of Health. De acordo com os resultados, cerca de 30% dos alunos da oitava série já haviam tido contato com o álcool, índice que atinge a casa dos 70% no último ano.

Kuperman e sua equipe usaram como base de seu trabalho a predisposição genética e o relatório Achenbach Youth. Com estas bases eles encontraram cinco preditores mais importantes: duas medidas distintas de comportamento perturbador, história familiar de dependência de álcool, habilidades sociais pobres e contato com amigos que consomem álcool.
 
Os pesquisadores então analisaram estas cinco variáveis em conjunto. Surpreendentemente, aqueles que tinham um melhor amigo com acesso ao álcool apresentaram duas vezes mais chances de " tomar o primeiro gole" que os demais. Além disso, se consideradas independentemente das outras variáveis, os adolescentes com mais amigos acostumados a beber são três vezes mais propensos a serem inciados na bebida.

"A história familiar não vai ter tanta influência na decisão do jovem de 14/15 anos a beber pela primeira vez. A influência da família desempenha um papel mais importante à medida que a pessoa envelhece," afirma Kuperman.

O estudo trabalhou com um grupo de 820 adolescentes em seis pontos dos EUA. Cerca de 80% dos participantes, com média de 15,5 anos de idade, vieram de famílias consideradas de alto risco, mas cerca de 50% deles não tinham pais com dependência alcoólica. Entre os adolescentes que relataram ter tido contato com o álcool, quase quatro em cada dez disseram que seus melhores amigos também bebiam.

O resultado reforça descobertas anteriores de que os adolescentes que experimentam álcool antes dos 15 anos são mais susceptíveis de abusar da bebida ou tornarem-se dependentes.

O objetivo da equipe, agora, é aprofundar o estudo em busca de uma sustentação genética, rastreando adolescentes que usam álcool em comparação com os pais. "Nós estamos tentando separar aqueles que experimentaram o álcool de quem pode se tornar um bebedor compulsivo", completa o pesquisador.
 
Fonte isaude.net

Ambulatório de teledermatologia vai fortalecer diagnóstico da hanseníase no AM

Ambulatório de teledermatologia deve ajudar a prevenir a ocorrência de novos casos de hanseníase
Foto UEA
Ambulatório de teledermatologia deve ajudar a prevenir
a ocorrência de novos casos de hanseníase
Acordo entre universidade e fundação permite a implantação de serviço como projeto piloto, nas cidades de Parintins e Lábrea
 
A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Fundação Alfredo da Matta (Fuam) fizeram parceria com o o obejtico de fortalecer o diagnóstico e o controle da hanseníase no interior do Amazonas. O acordo permite a implantação de um ambulatório de teledermatologia, como projeto piloto, nas cidades de Parintins e Lábrea sendo voltado, principalmente, para prevenção, detecção e controle dos casos da doença. Além disso, também deve ampliar a capacitação de profissionais para o diagnóstico da doença.
 
Técnicos da Fundação Alfredo da Matta e do Núcleo de Telessaúde da UEA já estiveram em Parintins, este mês, para discutir com a prefeitura do município (distante 325 quilômetros da capital) os detalhes de um Acordo de Cooperação Técnica nesse sentido. Outra visita técnica está prevista para segunda quinzena de março, desta vez, ao município de Lábrea, a 610 quilômetros de Manaus.
 
Os municípios foram escolhidos por apresentarem número expressivo de casos de hanseníase e uma rede de telessaúde já instalada, além de estrutura física própria da UEA. Para o coordenador do Núcleo de Telessaúde do Amazonas, professor Cleinaldo Costa, o projeto deve ajudar a prevenir a ocorrência de novos casos, diminuindo a incidência de hanseníase no Amazonas.
 
" Nós e a Fuam estamos trabalhando juntos neste projeto e a idéia é que possamos chegar às equipes distantes por meio do Telessaúde e que eles também possam responder a esses casos de forma rápida e, assim, identificaremos e trataremos essas pessoas sem a necessidade de trazê-los a Manaus" , explica.
 
O projeto recebe o aporte de R$ 358 mil por parte da Fundação Novartis e segundo o gerente do Núcleo de Telessaúde, professor Pedro Máximo Rodrigues, já é referência para futuras ações.
 
" O modelo de projeto que estamos desenvolvendo chamou a atenção da Fundação Novartis que já sinalizou o interesse de utilizar essa experiência em outras partes do Brasil e do mundo" , informa.

Com informações da Fapeam
 
Fonte isaude.net

Tecnologia permite o diagnóstico de doença respiratória em uma hora

Dra. Christine M. Litwin, responsável pelo estudo
Foto: Georgia Health University
Dra. Christine M. Litwin, responsável pelo estudo
Reação em cadeia da polimerase determina qual dos 21 vírus e bactérias comuns estão causando sintomas respiratórios
 
Médicos da Georgia Health Science University, nos EUA, estão utilizando um novo método rápido e completo para identificar os vírus e bactérias que causam doenças respiratórias.
 
Dentro de uma hora a técnica, chamada de reação em cadeia da polimerase (PCR), determina qual dos 21 vírus e bactérias comuns estão causando tosse, chiado e outros sintomas respiratórios.
 
Essa informação permite aos médicos melhorar a forma de tratar a doença. A abordagem também fornece aos médicos uma ideia precisa da circulação de patógenos e de quando eles ocorrem.
 
"Nosso objetivo é fornecer aos pacientes um diagnóstico mais rápido e preciso. Não precisamos cultivar um vírus, o que leva dias e nós nem sempre temos tempo. Podemos ir direto ao nível molecular para identificá-lo e não precisamos de muito material para fazer isso. PCR é muito sensível", afirma Christine M. Litwin.
 
PCR permite a cópia rápida de DNA, neste caso, em uma pequena amostra nasal, para determinar se é o rinovírus que provoca o resfriado comum, diversas variações diferentes de vírus da gripe ou do novo metapneumovírus que está contaminando as pessoas. Uma vez que na maioria dos vírus respiratórios o RNA efetivamente transporta a informação genética, a técnica converte primeiro o RNA em DNA.
 
O sistema PCR é simples de utilizar. O reagente passa no interior da máquina, a solução de hidratação entra por um lado e a amostra nasal por outro. Segundo os pesquisadores, sua simplicidade e rapidez melhoram drasticamente a eficiência do laboratório.
 
Fonte isaude.net

Estresse reduz eficácia de medicamentos contra o câncer de próstata

Estresse pode ajudar na evolução do câncer de próstata
Estresse pode ajudar na evolução do câncer de próstata
Testes com ratos mostram que estresse não é apenas efeito colateral do diagnóstico, mas também pode acelerar progressão da doença
 
Pesquisadores do Wake Forest Baptist Medical Center, nos EUA, demonstraram que o estresse não é apenas um efeito colateral emocional do diagnóstico, mas também pode reduzir a eficácia de medicamentos contra o câncer de próstata e acelerar o desenvolvimento da doença.
 
A equipe, liderada por George Kulik, testou os efeitos do estresse comportamental em dois modelos de ratos diferentes de câncer de próstata.
 
Um modelo era composto por ratos que receberam células cancerígenas da próstata humana e que foram tratados com um remédio que está atualmente em ensaios clínicos para o tratamento do câncer de próstata. Quando os ratos foram mantidos calmos e livres de tensão, a droga destruiu as células do câncer de próstata e inibiu o crescimento do tumor. No entanto, quando os ratinhos estavam estressados, as células cancerosas não morreram e a droga não inibiu o crescimento do tumor.
 
No segundo modelo, a equipe usou ratos geneticamente modificados para desenvolver câncer de próstata. Quando estes ratos foram repetidamente submetidos a estresse, o tamanho dos tumores de próstata aumentou. Quando os ratos foram tratados com bicalutamida, droga correntemente utilizada para tratar a doença, os tumores da próstata diminuíram em tamanho. No entanto, se os ratos foram sujeitos a tensões repetidas, os tumores da próstata não responderam bem à droga.
 
Depois de analisar os dados, os pesquisadores identificaram a via de sinalização celular pela qual a adrenalina, hormônio do estresse, desencadeia a reação em cadeia que controla a morte celular.
 
No entanto, em ambos os modelos, quando os ratos receberam beta-bloqueadores, o estresse não promoveu o crescimento do tumor de próstata. "Fornecer beta-bloqueadores para pacientes com câncer de próstata que têm um aumento dos níveis de adrenalina pode melhorar a eficácia das terapias anticâncer. Nossas descobertas podem ser usadas para identificar pacientes com câncer de próstata que serão beneficiados com a redução do estresse ou da inibição farmacológica do estresse e estafa", afirma Kulik.
 
Os pesquisadores agora pretendem testar o mesmo mecanismo de sinalização que foi identificado em ratos para determinar se ele também funciona da mesma forma em próstatas humanas.
 
Fonte isaude.net

Universidade Federal de Campina Grande - UFCG/PB

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Paraíba, realiza concurso para provimento de 1 vaga para Professor Adjunto no Curso de Medicina Veterinária.

Inscrições:
Até 1º de março de 2013 na Secretaria da Unidade Acadêmica de Medicina Veterinária, do Centro de Saúde e Tecnologia Rural, da UFCG (Campus de Patos, localizado na avenida dos Universitários, s/nº, Rodovia Patos/Teixeira, km1, Bairro Santa Cecília),

Provas:
Prova escrita: 25 de março de 2013
Prova didática: 27 de março
Prova de títulos: 28 de março.

Áreas:
Doenças Infectocontagiosas dos Animais Domésticos, Zoonoses e Saúde Pública e Microbiologia Veterinária

Remuneração:
R$ 8.618,53

Prefeitura Municipal de Itapeva - MG

A Prefeitura Municipal de Itapeva/MG realiza concurso para provimento de vagas

Inscrições:
De 28 de Janeiro a 28 de Fevereiro de 2013, na Prefeitura Municipal de Itapeva, Rua Ulisses Escobar, Nº 30, Centro, Itapeva/MG ou pelo www.magnusconcursos.com.br


Cargos:
Assistência Social com Registro no Órgão de Classe: Assistente Social (01).
Curso Técnico de Auxiliar em Farmácia: Auxiliar de Farmácia (01).
Curso Superior com Habilitação: Professor com Licenciatura Ensino Fundamental - Português (01); Matemática (01); Geografia (01); História (01); Ciências (01) Inglês (01); Educação Física (01); Artes (01); Música (01); Supervisor Pedagógico (04).
Curso Superior em Farmácia e Bioquímica com Registro no Conselho Regional de Farmácia: Farmacêutico/Bioquímico (01);
Curso Superior Completo em Medicina Veterinária e Registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária: Médico Veterinário (01);
Curso Técnico de Enfermagem, com Registro no Órgão de Classe: Técnico em Enfermagem (03).
Curso Técnico de Patologia Clínica: Técnico em Patologia Clínica (01).
Curso Técnico em Radiologia: Técnico em Radiologia (01).
Engenharia Com Registro no Órgão De Classe: Engenheiro (01).
Ensino Médio: Auxiliar Administrativo (01); Fiscal de Obras (01); Fiscal de Tributos (01); Monitor de Creche (12); Secretário Escolar (03).
Ensino Superior em Enfermagem e Registro no Conselho Regional: Enfermeiro (01).
Ensino Superior em Medicina e Registro no Conselho Regional: Médico (10);
Experiência Comprovada Mínimo de 03 Anos na área: Eletricista Mecânico (01).
Fisioterapia com Registro no Órgão de Classe: Fisioterapeuta (Cadastro Reserva);
Fonoaudiologia com Registro no Órgão de Classe (Cadastro Reserva);
Formação Auxiliar em Enfermagem e Registro no Conselho Regional: Auxiliar de Enfermagem (05).
Formação em Ciências Contábeis com Registro no Órgão de Classe: Contador (01); Controlador (01).
Nível Fundamental Completo: Agente Administrativo (02); Mestre de Obras Públicas (02).
Nível Superior em qualquer área de formação: Assistente Administrativo (01).
Odontologia com Registro no Órgão de Classe: Dentista (01);
4ª Série do Ensino Fundamental: Mecânico I (02); Operador de Máquinas (03);
Pedagogia ou Normal Superior Completo: Professor de Ensino Infantil (09); Professor de Nível Médio (36).
Psicologia com Registro no Órgão de Classe: Psicólogo (Cadastro Reserva).

Provas:
Provas Objetivas: 17 de Março
Haverá provas Prática e de Títulos.

Prefeitura de Bueno Brandão - MG

A Prefeitura Municipal de Bueno Brandão realiza seleção para preenchimento de 68 vagas

Inscrições:
De 7 de janeiro a 18 de fevereiro de 2013 pelo www.consesp.com.br


Valor:
R$ 30,00 e R$ 65,00.

Remuneração:
Entre R$ 622,00 e R$ 2.198,30

Cargos e vagas:
Nível Superior: Coordenador do CRAS (1), Dentista (1), Engenheiro Civil (1), Engenheiro-Agrônomo (1), Fisioterapeuta (1), Fonoaudiólogo (1), Médico Clínico Geral (2), Médico do Programa Saúde da Família (PSF) (1), Médico Ginecologista (2), Médico Pediatra (2), Nutricionista (1), Professor (4), Professor de Educação Física (1), Técnico em Meio Ambiente (1);

Nível Médio: Auxiliar Administrativo de Saúde (1), Auxiliar de Dentista do Programa Saúde da Família (PSF) (1), Auxiliar de Enfermagem do Programa Saúde da Família (PSF) (1), Fiscal Sanitário (1), Monitor de Educação Infantil (2), Monitor de Telecentro Comunitário (5), Técnico em Higiene Dental (3);

Nível Fundamental: Agente Comunitário do Programa Saúde da Família (PSF) (5), Agente de Endemias (1), Auxiliar Administrativo (1), Auxiliar de Farmácia (1), Mecânico (1), Monitor de Transporte Escolar (5);

Nível Fundamental Incompleto: Auxiliar de Serviços Gerais (9), Funileiro (1), Gari (1), Jardineiro (1), Lavador de Autos (1), Servente de Escola (3), Vigilante Municipal (8);Nível Alfabetizado: Auxiliar de Mecânico (1), Operador de Máquinas (2), Padeiro (1).

Provas:
Haverá prova objetiva, prova de títulos para Professor e Professor de Educação Física

Concurso Governo de São Paulo

O Governo de São Paulo realiza concurso para provimento de 1 vaga para o Instituto Lauro de Souza Lima - Bauru, São Paulo.

Inscrições:
De 12 de Dezembro de 2012 a 31 de Janeiro de 2013 pelo www.ibfc.org.br.


Valor:
R$ 20,00.

Cargo:
Auxiliar de Saúde (auxiliar em saúde bucal).

Remuneração:
R$ 745,11

Provas:
Prova Objetiva: 24 de Fevereiro

Concurso Prefeitura de Vale Real - RS

A Prefeitura de Vale Real, Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria Municipal da Administração, publicou edital N° 001/2013 de concurso público para o cargo de Psicólogo, com salário de R$ 1.752,65 e carga horária de 20h semanais. A execução do concurso será realizada pela Una Gestão e Assessoria LTDA.

As inscrições, no valor de R$ 75,70, serão realizadas até o dia 08 de fevereiro de 2013, na Prefeitura Municipal de Vale Real, Rua Rio Branco, nº 659, Centro, das 7h30min às 11h, das 13h30min às 17h de segunda a sexta-feira.

As provas serão aplicadas na data prevista de 23 de fevereiro de 2013, na Escola Estadual de Ensino Médio Bernardo Petry, RS 452, Centro, Vale Real/RS. O gabarito será divulgado na data provável de 25 de fevereiro de 2013, após as 15h, no painel de publicações da Prefeitura Municipal e no site www.unars.com.br.

O concurso será válido por 02 anos, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, mediante Decreto do Executivo Municipal, nos termos da Constituição Federal.

Prefeitura de Itapevi - SP abre processo seletivo

Foi divulgado edital n° 01/2013 de processo seletivo para a Prefeitura de Itapevi, Estado de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Administração, serão disponibilizadas 33 vagas para médicos, para atuação em clínica médica em setores de urgência e emergência.

Os contratos terão validade de um ano, durante o qual o profissional terá direito a remuneração de R$ 42,08 por hora, mais gratificação de até 60%, para uma carga horária de até 40 horas semanais.

Os interessados poderão se inscrever pessoalmente no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura, situado à avenida Presidente Vargas, 405 – Jardim Christianópolis, até o dia 30 de janeiro de 2013.

Os documentos necessários para a inscrição são: RG, CPF, Título Eleitoral e comprovante da última votação, Curso de Nível Superior em Medicina, registro no Conselho de Classe e comprovante de Habilitação e currículo. O processo constará de análise de currículo discriminando títulos e experiência profissional.

UFRN abre processo seletivo

Foi publicado o edital n° 002/2013 de processo seletivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). São providas 23 vagas para Professor Substituto e Temporário nos campi Natal e de Caicó, bem como cadastros de reserva. Os salários previstos variam de R$ 1.597,92 a R$ 2.619,03 para 20h, conforme titulação e de R$ 2.215,54 a R$ 4.472,00 para 40h.

De acordo com o edital, as oportunidades diretas serão distribuídas entre os Departamentos de Botânica, Ecologia e Zoologia, de Direito, de Engenharia Têxtil, de Educação Física, de Engenharia Civil, de Psicologia e de Geografia, bem como na Escola de Enfermagem e Unidade Educacional Infantil em jornadas de 20h e 40h semanais.

Os interessados deverão fazer suas inscrições até o dia 30 de janeiro de 2013, na Secretaria da Unidade de Lotação. A taxa é de R$ 13,00.

Haverá provas de 4 a 6 de fevereiro de 2013. O certame terá validade de 12 (meses).

As demais informações e o programa da seleção encontram-se à disposição dos interessados na Secretaria da respectiva Unidade de Lotação e na página eletrônica da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (www.progesp.ufrn.br).

Concurso Prefeitura de Jundiaí do Sul - PR

A Prefeitura de Jundiaí do Sul, cidade localizada a 361 km de Curitiba, no Paraná, abre inscrições para realização de concurso público nº. 01/2013 destinado a selecionar profissionais de níveis médio e superior. A seleção oferece 04 vagas com salários de até R$ 1.800,00, dependendo da função ocupada. Vale lembrar que 5% das vagas serão destinadas a portadores de necessidades especiais.
 
Aos portadores de necessidades especiais e os afrodescendentes devidamente inscritos e aprovados nos termos deste Inciso, fica destinada uma vaga a cada 10 convocados por cargo.
 
Cargos
Assistente Social, Auxiliar Administrativo e Psicólogo.
 
Inscrição
Os interessados deverão se inscrever até o dia 11 de fevereiro de 2013, através do site www.omconsultoria.com.br.
 
A taxa de inscrição é de R$ 30,00 (nível médio) e R$ 100,00 (nível superior).
 
Os interessados que tiverem dificuldade de acesso à internet, poderão se dirigir à Prefeitura de Jundiaí do Sul, das 8h às 11h e das 13h às 17h, nos dias úteis do período de inscrição, onde serão atendidos.
 
Prova
A prova escrita está prevista para ser realizada no dia 03 de março de 2013, em horário e local que serão divulgados pela imprensa oficial do município e nos sites - www.omconsultoria.com.br, www.twitter.com/om_consultoria e www.jundiaidosul.pr.gov.br, com pelo menos, 5 dias de antecedência.
 
Os gabaritos serão divulgados pela imprensa, afixados no átrio da Prefeitura Municipal, no site www.omconsultoria.com.br e nos locais de costume.
 
Validade
O concurso público será válido por 02 anos, prorrogáveis por igual período.
 

Edital / Publicações

Concurso Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais SP

Foram divulgados os editais n°s 010 e 011/2013 para o concurso público do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, o qual objetiva a seleção de novos funcionários, sob regime celetista, em jornada de 40 horas semanal. Ao todo, estão sendo ofertadas 10 vagas para os cargos de Cozinheiro (edital 011/2013, 03 vagas) e Auxiliar de Cozinha (edital 010/012, 07 vagas). O salário para o mês de janeiro/2013 é de R$ 1.768,29, ambos os cargos.
 
A inscrição deverá ser realizada pela internet até às 16:00 horas do dia 06 de fevereiro de 2013, mediante acesso ao site: https://uspdigital. usp.br/marteweb link: Concurso Público. O candidato deverá gerar e imprimir o boleto bancário no valor de R$ 27,00 e utilizá-lo para o pagamento da taxa de inscrição até a data limite para o encerramento.
 
O concurso público constará de Prova de Múltipla Escolha (eliminatória), a ser realizada em data, horário e local a serem comunicados oportunamente mediante publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo.
 
A convocação para a prova será feita através de publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo, podendo ainda os candidatos serem convocados para as etapas do concurso público por outros meios de comunicação (correio, e-mail, telefone, mural ou através da internet pelo site: www.centrinho.usp.br/hospital/, opção "Concurso"). O gabarito será divulgado no dia seguinte ao da realização da Prova.
 
O concurso público terá validade de seis meses, a contar da data da publicação da homologação, podendo, a critério da Universidade, ser prorrogado por igual período.

UFRGS publica edital de processo seletivo

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) publicou edital n° 01/2013 de processo seletivo para contratação de Professores Substitutos. As inscrições serão efetuadas através da internet, no endereço eletrônico: www.ufrgs.br, no período de 29 de janeiro a 04 de fevereiro de 2013.
 
As taxas são de R$ 35,00 para carga horária de 20h e de 50,00, para carga horária de 40h semanais, com vencimento em 05 de fevereiro de 2013.

A seleção ocorrerá em etapas sucessivas e eliminatórias. Os candidatos terão vinte e quatro horas (24h) após o conhecimento do resultado da prova escrita para apresentarem recurso dirigido ao Presidente da Comissão Examinadora.

As datas das provas, os critérios de cada modalidade e demais informações sobre o certame poderão ser obtidas nos departamentos, no momento da entrega dos documentos.

Prefeitura de Divinópolis (MG) abre processo seletivo

A Prefeitura de Divinópolis, estado de Minas Gerais, lançou através do Diário Oficial dos Municípios o edital Nº. 007/2013-SEMUSA de processo seletivo. A seleção visa efetuar contratação temporária de 01 Médico Veterinário com vencimento mensal inicial de até R$ 2.422,64 mais 20% insalubridade sobre o salário mínimo, para uma carga horária de 8 horasdiárias.
 
Os interessados deverão enviar a Secretaria Municipal de Saúde, em atenção aos recursos humanos, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG – CEP: 35500-007, até o dia 31 de janeiro de 2013, às 17h, o Curriculum Vitae.
 
A avaliação será feita através do curriculum vitae, pelo Setor de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão, impreterivelmente, na seguinte ordem:
 
Residência no Município de Divinópolis;

Maior tempo de experiência profissional na área.

IFTO lança edital de concurso público

Divulgado o edital n° 3/2013 para o concurso público do IFTO - Instituto Federal do Tocantins, o qual contratará Professor do Magistério de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico por tempo determinado. Os salários previstos são da ordem de R$ 2.872,85 a R$ 6.350,77, variando conforme a titulação apresentada pelo docente, por jornada de 40 horas em regime de dedicação exclusiva.
 
As 06 vagas disponibilizadas, suprirão a demanda de professores nos seguintes Campi:

- Araguaína: Letras com ênfase em Português e Inglês (01)

- Araguatins: Biologia com ênfase em Botânica (01) e Biologia com ênfase em Zoologia (01).

- Gurupi: Biologia (01).

- Palmas: indústria com ênfase em Sistemas de Potência/Geração, Transmissão e Distribuição de Energia/Máquinas e Instalações Elétricas (01).

- Porto Nacional: Transportes (01).
 
Para efetuar a inscrição, o candidato deverá acessar o site http://seletivos.ifto.edu.br, até às 23h59 (horário de Brasília) do dia 26 de fevereiro de 2013. Será cobrado o valor de R$ 75,00 referente ao pagamento da taxa de participação.
 
O Concurso será realizado em 03 fases, sendo a 1ª de Conhecimentos Específicos e Fundamentos em Educação, a 2ª Desempenho Didático Pedagógico e a 3ª de Títulos.
 
A Prova Escrita está prevista para ser realizada em uma única fase, das 14h às 18h (Horário de Brasília) do dia 17 de março de 2013. O local, data e hora da realização será disponibilizado na data provável do dia 11 de março de 2013 no site http://seletivos.ifto.edu.br.
 
A Prova Prática de Desempenho Didático Pedagógico será realizada nos dias 07 e 08 de abril de 2013, em horário a ser definido, no campus para o qual o candidato concorre à vaga, no endereço informado no cartão de confirmação de inscrição.
 
O Concurso terá validade de 01 (um) ano, a contar da data de publicação da homologação do resultado final no DOU, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Concurso Polícia Civil - MG 2013

Foi publicado edital (N° 01/2013, de 23 de janeiro de 2013) de processo seletivo destinado a selecionar profissionais para atender à necessidade de contratação temporária de excepcional interesse público de profissionais da saúde – Analista com função de Médico – na área de segurança pública e de apoio desta no âmbito da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

São ofertadas 30 vagas para médicos, com salários de até R$ 2.541,52. A carga horária semanal de trabalho é de 24 horas semanais.

A inscrição será realizada na Diretoria de Recursos Humanos/DRH, situada na Rua dos Pampas, 70, Bairro Prado, Belo Horizonte/MG, no período de 04 a 08 de fevereiro de 2013, no horário de 09:00h às 17:00 h. Não será cobrado nenhum valor a título de taxa de inscrição.

O processo seletivo será composto de 02 etapas, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

- Primeira Etapa: comprovação da habilitação exigida e análise curricular;

- Segunda Etapa: entrevista gravada em áudio e/ou vídeo.

As datas e locais das entrevistas serão publicadas no Órgão Oficial e informadas pelo endereço eletrônico da Polícia Civil de Minas Gerais (www.pc.mg.gov.br) e da Acadepol (www.acadepol.mg.gov.br), competindo ao candidato o acompanhamento de todos os atos, informações e divulgações relativas a este processo seletivo simplificado ao qual se submete.

O prazo de validade do processo seletivo será de 2 anos, contado a partir da data da divulgação da classificação final dos candidatos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período a critério da Polícia Civil.
 

Edital / Publicações

Causas do infarto que você ainda não sabe (mas precisa saber)

 
Além da dieta e do estilo de vida, a patologia pode ser causada por uma série de outras situações, algumas bastante inusitadas. Saiba o que é mito e o que é verdade e fique de olho

Sentir dor no peito, que pode se espalhar pelo queixo, com dormência nos braços ou nas costas são sinais clássicos de que a pessoa está tendo um infarto. A doença pode ser definida como a parada súbita da circulação do sangue no coração ou em uma das artérias coronárias. A dor que se sente é causada exatamente pela falta de sangue que, não conseguindo passar pelas veias, impede a oxigenação do coração. Os principais motivos dessas obstruções são o sedentarismo, os maus hábitos alimentares, a obesidade, o colesterol alto, a pressão alta, o estresse e o tabagismo.
 
Apesar disso, o que muita gente não sabe é que existe uma série de outros fatores inesperados que também podem causar um infarto, e eles abrangem problemas com a vizinhança, uso de medicamentos e suplementos e muito mais. 
 
Conversamos com alguns especialistas para elucidar o que é mito e o que é verdade nos desencadeadores dessa patologia. Confira!
 
Antibióticos podem provocar o problema
MITO — Os medicamentos, em si, não têm influência direta no risco de infarto. O que Marcelo Sampaio, cardiologista do Instituto Dante Pazzanese (SP), explica é que os antibióticos podem causar diferentes tipos de lesão, entre elas a renal, o que consequentemente pode aumentar o risco de infarto. “Mas não se pode afirmar que os antibióticos sejam fatores de risco dessa doença”, diz.
 
Emoções fortes são boas, mas ter equilíbrio é melhor
VERDADE —
O coração emocional está diretamente relacionado com o coração físico. Emoções podem influenciar e aumentar o risco de infarto. “Não é à toa que muitos torcedores fanáticos de futebol, por exemplo, morrem durante copas do mundo e finais de campeonatos”, afirma Wajngarten. Nesses casos, o infarto geralmente acontece sem o entupimento da artéria, é consequência do susto, do imprevisível, da emoção forte. “Existe uma doença chamada Síndrome do Coração Partido que se refere justamente aos infartos em pessoas com coronárias saudáveis, mas que sofreram algum tipo de perda afetiva”, diz Sampaio.

Terapia para combater o câncer nada influencia no problema MITO — Qualquer tratamento quimioterápico ou radioterápico — comumente usado em tratamento para variados tipos de câncer — aumenta as chances de infarto. “Faz parte da escolha de tratamento para um paciente com câncer saber se ele já tem alguma tendência a sofrer infarto, porque esse risco será aumentado com certos tipos de procedimentos”, explica Sampaio.
 
É bom evitar a suplementação de minerais
MITO —
Desde o início das pesquisas relacionadas às causas do infarto, acredita-se que o excesso de ferro seja um dos fatores de risco. Essa seria também uma das explicações para que a mulher jovem tivesse menos chances de ter infarto depois de menstruar, pois perdia sangue e com ele o nutriente. “Mas atualmente sabe-se que por meio da suplementação não existe uma quantidade significativa de consumo do ferro para que essa se torne uma prática de risco”, afirma Sampaio. O cardiologista explica ainda que o acúmulo prejudicial de ferro caracteriza a doença chamada Hemocromatose, que pode levar ao infarto.
 
Vale mais um bom vizinho que um amigo
VERDADE —
Não há dúvidas de que o ambiente em que se vive possa influenciar no risco de infarto. Estar insatisfeito, irritado, cansado e sentir-se exigido pela vizinhança, por exemplo, tende a sobrecarregar o funcionamento do coração e das artérias, podendo elevar a pressão e, consequentemente, conduzir a um infarto. Além disso, “A vida na cidade aumenta as chances da doença por uma série de fatores, inclusive a poluição — muitas pesquisas mostram isso”, afirma Mauricio Wajngarten,cardiologista do Hospital Israelita Albert Einstein (SP).
 
Seu chefe ainda vai lhe dar motivo para uma síncope!
VERDADE —
Um estudo realizado pelos britânicos, em 2005, avaliou funcionários públicos e descobriu que as pessoas que achavam que seus chefes não consideravam seus pontos de vista ou que não se sentiam fazendo parte da tomada de decisões, eram mais propensas a desenvolver doenças cardíacas do que os demais funcionários. Há ainda outros estudos que relacionam a tensão no trabalho com o aumento de 23% no risco dessas doenças, incluindo o infarto. “As causas são as mesmas de qualquer tensão nos relacionamentos, quando não vai bem pode gerar uma carga de estresse e aumentar os riscos do infarto”, explica Wajngarten.
 
Psoríase é fator de risco
MITO —
Na verdade, a doença e o infarto possuem uma de suas raízes em comum: o estresse. Por isso, é comum que pessoas que tenham psoríase sofram também de obstrução arterial, mas não se pode afirmar que uma doença aumente o risco da outra. Apesar disso, Wajngarten alerta que “cada vez mais estudos comprovam que existe uma relação da psoríase com o infarto quando há um estado de inflamação crônico”.
 
Clima com baixas temperaturas deixam as pessoas mais suscetíveis
VERDADE —
Pode parecer estranho, mas a verdade é que em temperaturas mais extremas — seja muito frio ou muito calor — o corpo é mais exigido e isso pode sobrecarregar o trabalho das artérias, atrapalhando seu bom funcionamento e causando o infarto. “No caso do inverno, há uma vasoconstrição das artérias, além de a pessoa beber e comer mais, desencadeando maiores possibilidades da doença”, finaliza Wajngarten.
 
Parar o uso de “Aspirina” indicada pelo médico
VERDADE —
O Ácido Acetilsalicílico foi descoberto há mais de um século e é o medicamento mais prescrito para pacientes cardiopatas em todo o mundo. Segundo o cardiologista Ricardo Pavanello, do setor de coronariopatias do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC), ele é utilizado como antiagregante plaquetário, isto é, age combatendo a formação de trombos (coágulos sanguíneos) que são, em associação à aterosclerose (placas de gordura), a causa do entupimento das artérias do coração e do cérebro. Esta é a razão por que o medicamento é utilizado como anticoagulante. “O medicamento também possui efeito anti-inflamatório, e seu uso contribui para a estabilização das placas de gordura, protegendo o sistema arterial. Portanto, suspender, por conta própria, uma terapia que busca prevenir complicações cardiológicas, pode, sim, causar um infarto”, declara o especialista.
 
Mantenha o corpo livre de inflamações
VERDADE –
“Determinadas inflamações podem contribuir para acentuar o processo de infarto”, confirma José Monassa Pittella, coordenador do departamento de coronária do Instituto Nacional de Cardiologia (RJ). As bactérias das inflamações rompem as placas de gordura das artérias fazendo com que sejam liberadas substâncias no sangue e isso facilita a coagulação e, em alguns casos, a obstrução da passagem, gerando o infarto.
 
A saúde bucal independe da do coração
MITO —
“A saúde bucal influencia o corpo humano como um todo. Quanto mais problemas dentários, mais chances de ter infarto”, enfatiza Sampaio. A justificativa se assemelha ao item sobre infecção, já que a gengivite é justamente causada pela ação de bactérias. São elas que podem atrapalhar a camada interna protetora das artérias e fazer com que haja acúmulo de gordura no sangue, causando obstrução e, consequentemente, o infarto.
 
Ter níveis de colesterol baixo (HDL) protege o coração
MITO —
O que se sabe é que o risco de infarto aumenta quando o paciente tem um nível alto do mau colesterol (LDL). Mas ainda não há provas definitivas que comprovem que mesmo com o LDL dentro da normalidade, mas com o colesterol bom (HDL) abaixo do indicado, a pessoa tenha mais chances de ter a doença. Sampaio argumenta que “uma série de estudos tem focado no tema para verificar se o baixo bom colesterol pode ser considerado uma causa, mas como ainda não há definições científicas, trata-se de um mito”.
 
Tristeza não se relaciona com a patologia
MITO —
A depressão pode ser definida como uma doença do corpo como um todo, ou seja, que acomete o paciente tanto física quanto psicologicamente. Por isso, esta doença pode gerar processos inflamatórios, mau funcionamento de diferentes órgãos, estresse, entre outros sintomas que podem gerar o infarto. “A depressão pode, por exemplo, engrossar o sangue e produzir hormônios que causam a vasoconstrição, que é a diminuição da área de passagem do sangue pelas artérias, fatores que influenciam no risco do infarto”, diz Sampaio.
 
Mau funcionamento dos rins aumenta a chance da doença
VERDADE —
A função dos rins é justamente filtrar o sangue, se ele não trabalha bem, faz com que o sangue que circula não esteja completamente saudável. “Problemas renais podem causar acúmulo de gordura nas veias e causar o infarto. Mas é importante lembrar que não necessariamente essa relação acontecerá, depende de cada indivíduo”, explica Pitella.
 
Diabetes é o maior vilão do funcionamento cardíaco
VERDADE —
Assim como hipertensão e tabagismo, o diabetes é considerado um dos maiores vilões do infarto. Por se tratar de uma doença sistêmica, que age diretamente sobre as placas de gordura de todo o corpo, provoca alterações que lesam a parede das artérias, expondo o sangue que se contamina e pode coagular. “Sem dúvidas há uma vinculação direta de causa e efeito”, afirma Pitella.
 
Fonte revistavivasaude.uol.com.br

Demência na Doença de Huntington

A causa da doença de Huntington é de origem genética,
o defeito genético localiza-se no cromossoma quatro
A Doença de Huntington, é uma doença do sistema nervoso, um transtorno genético no qual os neurônios atrofiam e começam a degradar-se.

 Em casos extremos, esta doença tem como consequência a demência causada por falhas do sistema nervoso e degeneração dos neurônios.

 A Doença de Huntington, também chamada de coreia de Huntington, é uma alteração genética hereditária, na qual existem perturbações neuropsiquiátricas.

 Embora a doença geralmente apareça depois da idade adulta, a degeneração neuronal também tem sido detectada em pessoas com menos idade.

 As pessoas que sofrem de coreia de Huntington podem apresentar degeneração neuronal contínua que termina com a morte. Devido a isso entre outras causas é que causa a demência nos pacientes.
 
Causas da doença de Huntington
A causa da doença de Huntington é de origem genética, o defeito genético localiza-se no cromossoma quatro. Esta alteração do gene provoca a degradação dos neurônios. E como é conhecido os neurônios são células que não se reproduzem nem se regeneram. Por isso que os danos produzidos pela doença de Huntington são irreparáveis.

 Por ser genética essa condição pode ser transmitida de pais para filhos. Se algum dos pais tem esta alteração genética existe uma probabilidade de 50% de a criança obter essa alteração. Se as pessoas têm pais com esse gene, mas ela não adquiriu, não existe possibilidade de que seja transmitida para seus filhos.
 
Os sintomas desta doença são muitos, já que ao atacar o sistema nervoso repercute em todo o corpo, incluindo o comportamento do paciente. Mencionaremos alguns sintomas.
 
Os sintomas de conduta, que são os primeiros a aparecer:
  • Comportamentos antissociais.
  •  
  • Alucinações.
  •  
  • Mau humor e irritabilidade.
  •  
  • Psicose e paranoia.
As alterações motoras como- Movimentos faciais, como fazer careta.
  • Para mudar o foco e direção os olhos movem a cabeça completamente e não apenas os olhos.
  •  
  • Dificuldade para caminhar.
  •  
  • Movimentos incontroláveis e lentos.
  •  
  • A fala sofre deterioração.
Demência
Esta doença é degenerativa, ou seja, piora ao longo do tempo. No final pode conduzir à demência do paciente pela deficiência da atividade neuronal.

 O paciente perde a capacidade de discernir, perda de memória, alterações de personalidade, a linguagem é afetada. A depressão e o suicídio são comuns e por isso à medida que a doença avança deve haver a presença de familiares e amigos.
 
Tratamento
Uma vez que esta doença é neurodegenerativa e, como temos explicado os neurônios não se regeneram, não há cura para esta doença. O tratamento é ainda para controlar os sintomas e proporcionar uma melhor qualidade de vida para o paciente.

Fonte saudedicas