Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 18 de março de 2013

Alerta: Anvisa suspende fabricação e venda de diversos lotes de produtos Ades

Resolução proíbe a venda dos lotes produzidos na fábrica da Unilever em Pouso Alegre (MG)

Resolução desta segunda-feira (18) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspende a fabricação, a distribuição, a comercialização e o consumo, em todo o território nacional, de lotes de produtos da marca Ades de uma linha de produção da fábrica da Unilever, em Pouso Alegre (MG).
 
De acordo com a Anvisa, a medida foi tomada por suspeita de que os lotes não atendam a exigências legais e regulamentares do órgão. A resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União.
 
Na última quinta-feira (14), a agência informou que estava acompanhando o recall de um lote da bebida Ades Maçã 1,5 litro que foi envasado com solução de limpeza.
 
De acordo com a fabricante Unilever Brasil, houve falha no processo de higienização das máquinas, o que resultou no envasamento de embalagens com a solução de limpeza. Cerca de 96 embalagens foram distribuídas em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Paraná com o produto impróprio para consumo.
 
Fonte iG

Equipe dos EUA descobre novo alvo para tratamento do vício em cocaína

Derek Fedeson, estudante de doutorado em Genética, durante o processo de pesquisa
Foto: G.L. Kohuth/MSU
Derek Fedeson, estudante de doutorado em Genética, durante
o processo de pesquisa
Droga altera centro de prazer do cérebro para estimular produção uma proteína ligada à dependência e uma à aprendizagem
 
Cientistas da Universidade Estadual de Michigan, nos EUA, descobriram um processo molecular no cérebro desencadeado pelo uso de cocaína que pode ser um novo alvo para prevenir ou reverter a dependência da droga.
 
A pesquisa sugere que a cocaína altera o núcleo accumbens, centro de prazer do cérebro que responde a estímulos tais como comida, sexo e drogas.
 
"Entender o que acontece molecularmente a esta região do cérebro durante longa exposição às drogas pode nos dar uma visão sobre como o vício ocorre", afirma p líder da pesquisa A. J. Robison.
 
Os pesquisadores descobriram que a cocaína faz com que células no núcleo accumbens aumentem a produção de duas proteínas, uma associada ao vício e outra relacionada com a aprendizagem. As proteínas têm uma relação de reciprocidade, elas aumentam a produção e a estabilidade da outra nas células, por isso o resultado é um efeito 'bola de neve' que os pesquisadores chamam um laço de alimentação vice-versa.
 
Robison e seus colegas demonstraram o papel essencial do laço em respostas à cocaína, manipulando o processo em roedores. Eles descobriram que o aumento da produção da proteína ligada à toxicodependência fez os animais se comportarem como se fossem expostos à cocaína, mesmo quando eles não eram. Eles também foram capazes de quebrar o circuito, interrompendo a resposta dos roedores à droga, impedindo a função da proteína de aprendizagem.
 
"A cada nível que estudo, a interrupção deste ciclo cessa o processo que parece ocorrer com exposição a longo prazo a drogas", observa Robison.
 
Segundo Robison, o estudo foi particularmente interessante porque encontrou sinais do circuito de alimentação vice-versa, mesmo nos cérebros de pessoas que morreram enquanto eram viciadas em cocaína.
 
"O aumento da produção dessas proteínas que encontramos nos animais expostos a drogas foi exatamente paralelo em uma população de viciados humanos em cocaína humanos. Isso nos faz acreditar que as novas experiências e manipulações que fizemos nos animais são diretamente relevantes para os seres humanos", afirma o pesquisador.
 
Robison disse que a crescente compreensão do vício em nível molecular pode ajudar a pavimentar o caminho para novos tratamentos para viciados. "Esse tipo de caminho molecular poderia ser interrompido com a medicina genética, que é o que fizemos com os ratos. Muitos pesquisadores acham que é o futuro da medicina", conclui.
 
A pesquisa foi publicada no Journal of Neuroscience.
 
Fonte isaude.net

Quimioterapia local é mais eficaz na redução do crescimento de tumores

Mariska de Smet (a esq.) prepara os lipossomos sensíveis à temperatura
Foto: TU Eindhoven/Philips Research
Mariska de Smet (a esq.) prepara os lipossomos
sensíveis à temperatura
Técnica que integra ressonância magnética e ultrassom provoca efeito ainda mais forte do que a quimioterapia regular
 
Quimioterapia local é mais eficaz na redução do crescimento de tumores. É o que revelam pesquisadores da Eindhoven University of Technology, na Holanda.
 
Técnica que integra ressonância magnética e ultrassom provoca efeito ainda mais forte do que a quimioterapia regular.
 
O uso da quimioterapia para tratar o câncer sempre causa efeitos colaterais desagradáveis. Os efeitos tóxicos do medicamento também afetam as células saudáveis, bem como as do próprio tumor. Isto leva a sintomas tais como náuseas, perda de cabelo ou redução da eficácia do sistema imunitário.
 
Os cientistas têm trabalhado há muitos anos na administração de medicamentos usando "veículos de entrega" guiados por imagem: partículas que transportam a medicação através do corpo até o tumor, que podem ser visualizadas após a liberação da droga. Isto permite que doses mais elevadas de medicamento sejam utilizadas, enquanto o resto do corpo do paciente não é afetado.
 
Sensível à temperatura
Cientistas vêm realizando pesquisas em métodos deste tipo, em que lipossomas (pequenas esferas à base de gorduras) sensíveis à temperatura agem como veículos de entrega da medicação.
 
Os lipossomas contêm o medicamento e um meio de contraste que é visível por meio de uma ressonância magnética. Após a injeção no sangue, os lipossomas transportam o medicamento através do corpo. A localização do tumor é identificada pela ressonância magnética, depois disso o tumor é aquecido com o ultrassom. Quando os lipossomas atingem o tumor, o aumento da temperatura faz com que ele se abra para que o medicamento e o meio de contraste sejam liberados.
 
Testes mostraram que o crescimento tumoral foi reduzido depois do tratamento com essa técnica. Na verdade, o efeito foi ainda mais forte do que com a quimioterapia regular.
 
A pesquisadora Mariska de Smet também mostrou que a quantidade de agente de contraste liberada foi um bom indicador do grau em que o crescimento do tumor foi retardado, pois quanto mais visível o contraste, maior o efeito da quimioterapia. Como a quantidade de medicamento liberada imediatamente pode ser medida, isto pode permitir que os médicos no futuro determinem rapidamente a administração de medicação adicional ou iniciem uma outra forma de tratamento.
 
Segundo os pesquisadores, o estudo é de natureza pré-clínica. Antes que os efeitos terapêuticos do método possam ser investigados em pacientes, certo número de dificuldades práticas ainda precisa ser ultrapassado. De Smet espera que vá demorar 10 - 15 anos antes de a nova tecnologia está disponível para uso em pacientes.
 
Fonte isaude.net

Estudo mostra como a fumaça do tabaco afeta o desenvolvimento embrionário humano

Cientistas evidenciam impacto do fumo passivo sobre as células-tronco embrionárias humanas enquanto elas se diferenciam
 
Cientistas dos Estados Unidos mostram como a fumaça do tabaco afeta o desenvolvimento embrionário humano. A equipe liderada pela University of California San fez a sua descoberta ao estudar o impacto do fumo sobre as células-tronco embrionárias humanas enquanto elas se diferenciavam, ou especializavam-se em vários tipos celulares, na placa de cultura.
 
Eles determinaram que tanto os componentes de nicotina e quanto os de não-nicotina da fumaça do tabaco impedem as células a partir de se especializarem em uma ampla gama de tipos de células, incluindo as dos sangue, coração, dos sistemas músculo-esqueléticos e do cérebro.
 
Eles também estabeleceram que pelo menos um pouco do impacto foi mediado por meio de várias vias moleculares conhecidas por atuar na diferenciação. Em uma das vias, as toxinas aumentaram dramaticamente a atividade de um gene chave que mantém as células-tronco embrionárias em um estado indiferenciado, sugerindo que a sua ruptura possa ser responsável pela maior parte do atraso observado no desenvolvimento embrionário.
 
Os cientistas já sabem que a exposição à fumaça do tabaco aumenta o risco de uma criança nascer prematura e com baixo peso, condições associadas com um risco aumentado de síndrome do desconforto respiratório, defeitos cardiovasculares, lábio leporino e fenda palatina, síndrome da morte súbita do lactente e imunodeficiência. Eles também sabem que a exposição está associada a um risco maior de leucemia, linfoma e tumores cerebrais na infância, e, em um momento posterior, a distúrbios de hiperatividade, déficit de atenção e outros problemas comportamentais e psicológicos.
 
No entanto, até agora, eles sabiam pouco sobre os mecanismos moleculares subjacentes responsáveis por estas patologias. O estudo, publicado na edição de abril da revista Differetiation, fornece algumas das primeiras evidências sólidas.
 
"Sabemos que a exposição ao fumo passivo é ruim para o feto em desenvolvimento, causando desde defeitos cardíacos ao câncer na infância, mas não entendemos o porquê", disse o professor de pediatria Harold S. Bernstein.
 
No estudo, liderado por Water Liszewski, que na época era um técnico no laboratório de Bernstein, os cientistas adotaram uma abordagem de duas vertentes. Primeiro, eles estenderam a análise da atividade do gene nas células-tronco do cordão umbilical previamente examinadas pelos co-autores da University of Connecticut, determinando que a fumaça do tabaco aumentou a atividade dos genes que retardam o desenvolvimento da mesoderme - a camada de tecido que dá origem ao sangue, os sistemas cardiovasculares e músculo-esqueléticos - bem como a endoderme e a ectoderme, as duas outras camadas de células embrionárias que dão origem aos tecidos do corpo.
 
Em seguida, eles expuseram células-tronco embrionárias humanas no prato cultura, ao fumo do tabaco ou à nicotina em concentrações encontradas no sangue fetal. Eles o fizeram, enquanto as células se especializavam espontaneamente.
 
Em seguida, usando análise de microarranjo, reação em cadeia da polimerase (PCR) quantitativa e análise de immunoblot (um procedimento de laboratório no qual as proteínas que foram separadas por electroforese são transferidas para folhas de nitrocelulose e são identificadas pela sua reação com anticorpos marcados) eles avaliaram a atividade do gene em pontos de tempo chave no processo de especialização. Eles descobriram que os componentes nicotínicos e não-nicotínicos da fumaça do tabaco aumentaram a atividade dos genes que mantém as células-tronco embrionárias em um estado pluripotente, indiferenciado. Eles também mostraram que as toxinas aumentaram a atividade dos genes que retardam o desenvolvimento das três camadas germinais.
 
Finalmente, eles avaliaram a expressão do gene em três vias de diferenciação das células-tronco, conhecidas como notch, Wnt canônica e TGF-ß. Eles determinaram que os genes sentinela em cada percurso tiveram super expressão, mas uma foi mais proeminente: a expressão do gene Nodal foi de 50 a 75 vezes mais elevada nas células expostas à fumaça de nicotina e de tabaco, respectivamente, do que nas células não tratadas.
 
Os resultados revelam o impacto generalizado tanto dos componentes nicotínicos quanto não-nicotínicos da fumaça do tabaco no desenvolvimento embrionário inicial, de acordo com Bernstein.
 
Eles também destacam o poder de células-tronco embrionárias humanas como um modelo do desenvolvimento humano. "Eles nos permitiram chegar a questões que, até agora, não podíamos examinar nos seres humanos", disse ele.
 
Fonte isaude.net

Drunkorexia: saiba mais sobre esse transtorno alimentar

Distúrbios alimentares estão ficando cada vez mais comuns e prejudiciais
 
Todo mundo já ouviu falar de alguém que sofre de anorexia nervosa - pessoa que tem uma visão tortuosa da sua imagem e, mesmo magra, se sente gorda e se priva de comer para atingir uma magreza doentia - e bulimia - quando alguém come compulsivamente e, depois, com a consciência pesada, induz o vômito e/ou faz uso de laxantes e diuréticos para "compensar"-. As mulheres são as principais vítimas desses distúrbios, mas os homens, principalmente os mais jovens, também sofrem com o problema.

Mas um novo distúrbio foi trazido à tona e vem sido comentado bastante pela mídia: a drunkorexia. Entenda mais sobre esse novo distúrbio alimentar:

O que é?
Trata-se de um distúrbio alimentar que mistura anorexia e problemas de alcoolismo. Em português, convencionou-se chamar de alcoorexia, mas o termo em inglês, que mistura "drunk" (bêbado) e anorexia, ainda é mais popular. Quem sofre de anorexia restringe a ingestão de álcool por conta do excesso de calorias (para você ter uma ideia, um grama de álcool fornece sete calorias, enquanto um grama de açúcar contém quatro).

Só que aqueles que sofrem de drunkorexia costumam beber antes de comer para relaxar ou o fazem para baixar a ansiedade por ter "ousado" fazer uma refeição. Há casos em que a pessoa passa o dia sem comer para compensar a ingestão calórica das bebidas na noite anterior. Também existem aqueles que bebem antes das refeições para despistar a fome.

O fato é que as bebidas alcoólicas funcionam como uma anestesia para as emoções ruins, principalmente em relação às frustrações com o próprio corpo. E normalmente as bebidas preferidas são os destilados (vinho, vodka, uísque, etc.), uma vez que a cerveja causa a famosa barriguinha.
 
Na novela "Viver a Vida", o autor Manoel Carlos e a atriz Bárbara Paz deram vida à Renata, uma modelo que compensava no álcool todas as suas tristezas, além de fugir das refeições por se achar muito gorda. Celebridades internacionais como Lindsay Lohan e Amy Winehouse também ficaram conhecidas por precisar de tratamento constante por conta desse distúrbio.

Os perigos
O transtorno da drunkorexia é recente e ainda precisa ser alvo de estudos mais conclusivos. Contudo, é fato que provoca diversos danos à saúde, como dependência ao álcool e doenças associadas ao seu uso excessivo, como, por exemplo, ansiedade, depressão, nervosismo, traumatismos, convulsões, câncer de garganta, diabetes e, dano ao feto ? no caso de mulheres grávidas.

Outras possíveis consequências incluem câncer de boca e esôfago, resfriados frequentes e menor resistência a infecções ?, por conta da fragilidade do sistema imunológico, danos hepáticos, tremores nas mãos, inchaço, gastrite, úlcera, maior propensão a quedas, envelhecimento precoce, perda de memória, anemia, insuficiência cardíaca, hemorragias, alterações na coagulação, diarreia, vômitos, pancreatite, deficiências nutricionais causadas pela restrição de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo e perda e/ou excesso de peso.

Além das complicações físicas, há também alterações no comportamento da pessoa, como agressividade e conduta irracional. Perda do emprego e problemas familiares e com amigos também são consequências da doença. Mesmo porque não é novidade nenhuma que beber de barriga vazia faz o efeito de o álcool acelerar. 
 
O tratamento
Assim como qualquer distúrbio alimentar, a drunkorexia não se cura de um dia para o outro, podendo, inclusive, ressurgir em tempos difíceis e estressantes. Para começar o tratamento, é preciso uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogo, psiquiatra, endocrinologista e nutricionista. Reforçar a autoestima de uma pessoa com esse distúrbio também é fundamental e essa tarefa não cabe apenas aos médicos: a família e os amigos precisam apoiar o paciente sempre.

A beleza de ser você mesmo
Se as pessoas tomassem consciência de que a beleza está na diferença, esses transtornos não existiram. Mas a sociedade chega a ser cruel com que está acima do peso (veja só exemplo da cantora Mariah Carey, que recentemente fez um show em Barretos e foi quase crucificada pela mídia por estar acima do peso) e, por isso, todo mundo acha que deve entrar em um "padrão". Então, coloque na sua cabeça de que, se você quiser mudar o corpo, isso deve ser feito pra agradar a você mesmo, não aos outros. Quando você faz sua própria felicidade, os elogios e a admiração alheia são certeiros, sabia? 
 
Fonte Minha Vida

Vigorexia e anorexia são motivadas por padrões de beleza excessivos

Mulher muito magra
Cada vez mais magros ou extremamente musculosos, pacientes sofrem distúrbios de imagem
 
A excessiva valorização da estética pela sociedade moderna tem feito suas vítimas tanto entre os homens quando estre as mulheres. O excesso de vaidade pode levar a obsessões pelo corpo perfeito, causando uma distorção da autoimagem - ou seja, a pessoa se olha no espelho e enxerga gorduras ou imperfeições que na verdade não existem - e desencadeando patologias que à primeira vista são radicalmente opostas, mas quando melhor analisadas revelam ser, realmente, muito parecidas: a anorexia e a vigorexia.
 
A anorexia é bem conhecida e frequenta o noticiário há um bom tempo pelas vítimas que faz principalmente no mundo da moda, entre as jovens garotas que sonham em ter o corpo valorizado por esse meio. Caracteriza-se, basicamente, pela recusa do paciente em alimentar-se, devido a um temor absurdo de ganhar peso. Já a vigorexia é a busca incessante e contínua por músculos. Leva à prática exagerada de exercícios, geralmente associada ao uso de anabolizantes e ao consumo indiscriminado de suplementos alimentares.
 
Chamadas de transtornos dismórficos corporais (anorexia) e musculares (vigorexia), ambas são patologias mentais: transtornos obsessivos de fundo sociocultural, gerados pela escravização dos padrões de beleza aos quais as pessoas se submetem nas sociedades modernas. Alguns especialistas as consideram, inclusive, que esses transtornos são subprodutos de uma civilização competitiva e consumista, que valoriza o culto à imagem. Ambas impedem que a pessoa leve uma vida normal.
 
Vigorexia é comumente associada com o uso
 de anabolizantes
Qual a diferença entre os transtornos?
A vigorexia, também chamada de anorexia reversa ou síndrome de Adônis (em uma referência ao herói grego famoso por sua beleza), frequentemente faz com que suas vítimas abandonem o trabalho e os relacionamentos para se dedicarem à incessante busca pelo corpo perfeito. Por mais fortes que estejam, as pessoas com vigorexia sempre se consideram fracos, magros e até esqueléticos. Inicialmente, a vigorexia é uma patologia predominantemente masculina, ao contrário da anorexia, que tem como principais vítimas as mulheres - no entanto, ambos os sexos estão sujeitos a um problema ou outro.
 
Ambos os transtornos tem sua incidência variada de acordo com o a população e meios de vivência comum. "O número de vigoréxicos é alto entre os frequentadores de academias e pode chegar a 20% entre os halterofilistas", alerta a psiquiatra Jocelyne Levy Rosenberg, autora do livro Lindos de Morrer - Dismorfia Corporal e Outros Transtornos Obsessivos: Um Risco para Ela e para Ele (Ed. Celebris Autora). De acordo com a especialista, a pessoa pode ter uma propensão anterior ao problema ou simplesmente desenvolvê-la nesse ambiente.
 
Já a anorexia faz a pessoa emagrecer demais e sempre se achar gorda, mesmo que esteja com os ossos à mostra. Segundo psiquiatra Jocelyne, a anorexia atinge de 0,5% a 2% da população jovem feminina, mas no campo da moda esse número cresce assustadoramente, podendo chegar a 40%. "É mais comum entre adolescentes, mas pode afetar crianças de oito ou nove anos", afirma. "Também pode ser notado um grupo de anoréxicas maduras, já com os filhos criados, que partem em busca da beleza e juventude perdida a partir de uma crise pessoal, geralmente a depressão."
 
Pacientes têm visões distorcidas do
prórprio corpo
Os riscos à saúde
Por ter causas psicologicamente mais enraizadas e estar frequentemente associada a outras obsessões, a anorexia é considerada mais grave do que a vigorexia, mas ambas trazem grandes prejuízos à capacidade funcional do paciente. No caso da vigorexia, é comum as vítimas perderem o discernimento do que é razoável e abandonarem seus compromissos para passarem horas na academia. "O excesso de exercícios começa a levar a alterações hormonais e a grandes descargas de adrenalina e endorfinas que geram dependência química pela atividade", explica o médico fisiologista Paulo Zogaib, do Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte (Cemafe), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). E essa dependência apenas se soma ao distúrbio psicológico e ao quadro de insatisfação permanente.
 
A sobrecarga de exercício gera uma síndrome orgânica-sistêmica que leva ao aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, a arritmias e a distúrbios alimentares, que, por sua vez, podem desencadear anemia e deficiências vitamínicas. Tudo isso sem falar nas chances de lesões do aparelho locomotor. O quadro piora se há o uso de anabolizantes. A substância sozinha pode levar a uma série de riscos e efeitos colaterais metabólicos: propensão ao câncer, disfunções sexuais, sobrecarga cardiovascular e hepática, piora do perfil de gordura (com aumento do colesterol ruim), retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.
 
Todos esses problemas podem ser potencializados com a prática excessiva de exercícios físicos. "Quando há o overtrainning (excesso de treino), o organismo responde com uma falência de adaptação, que é um mecanismo de defesa que gera perda de força e resistência, além de menor rendimento, alterações no humor e distúrbios alimentares", explica o fisiologista Paulo. O anabolizante, por sua vez, aumenta a capacidade do organismo de se adaptar à sobrecarga. Resultado: dobram-se os riscos, tanto os oferecidos pelo excesso de exercícios quanto aqueles associados aos anabolizantes.
 
Já a anorexia comumente vem associada de ansiedade e depressão, podendo causar fobia social, mudanças no ritmo do sono, fadiga durante o dia, irritabilidade excessiva e instabilidade emocional, atitudes obsessivo-compulsivas por alimentos e exercícios, além de desnutrição e alto nível de exigência consigo mesmo.
 
Tratamento difícil
É muito comum a resistência dos próprios pacientes em admitir a doença, tornando essa a principal dificuldade do tratamento. "Os anoréxicos, normalmente, só procuram ajuda médica quando começam a apresentar sinais como fraqueza, desmaios e perda de memória, nunca pela magreza", conta o psicólogo Raphael Cangelli Filho, do Hospital das Clínicas, da USP. "O vigoréxico também dificilmente admite seu problema, acreditando que pode largar a musculação a qualquer momento", acrescenta o fisiologista Paulo. Por isso, os especialistas não falam em cura, mas sim em manter os distúrbios sob controle.
 
"A maioria dos pacientes fica bem por algum tempo, e depois de um tempo volta a apresentar o distúrbio", explica a psiquiatra Jocelyne, para quem é preciso uma vigilância permanente sobre o paciente, sobretudo nos momentos de transição em sua vida: uma perda, uma mudança radical ou até mesmo o ingresso na faculdade, por exemplo. "Nestas fases, os jovens sentem que perdem o controle sobre suas vidas, e o controle mais básico que eles encontram é sobre o que podem ingerir", explica a especialista.
 
Nos dois casos, apesar da pressão imposta pelos padrões de beleza ser importante, há também o fator genético, que torna alguns homens mais suscetíveis ao problema. Há pesquisas que apontam uma menor quantidade de neurotransmissores, como a serotonina (responsáveis pela sensação de satisfação e bem-estar), sendo fabricadas pelo cérebro de pessoas com distorções da autoimagem. Por isso, em ambos os casos, o tratamento deve ser feito por uma equipe multidisciplinar, envolvendo psicólogo, psiquiatra, médico clínico (pediatra, hebiatra ou endocrinologista), nutricionista, educador físico, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional.
 
Elas se parecem porque:
  • São patologias emocionais de fundo psicossocial, motivadas pela pressão da sociedade pelos padrões de beleza
  • São baseadas em uma distorção da auto-imagem corporal que os pacientes têm de si próprios, gerando permanente insatisfação
  • Podem ter componentes genéticos (predisposição) que somamse aos emocionais para desencadear as doenças
  • Caracterizam-se por comportamento compulsivo que leva ao isolamento e ao abandono das atividades normais
  • Causam graves problemas de saúde
  • De difícil diagnóstico, os pacientes não admitem estar doentes.
 
Mas são diferentes porque:
  • A anorexia valoriza o corpo excessivamente magro, enquanto a vigorexia cultua o corpo musculoso
  • A anorexia é predominantemente feminina e a vigorexia, masculina. Embora nada impeça que ocorra o contrário
  • O anoréxico nunca se acha suficientemente magro, enquanto o vigoréxico nunca se considera suficientemente forte
  • O anoréxico se sente culpado quando ingere mínimas porções de alimentos, enquanto o vigoréxico busca uma ingestão excessiva de calorias, acompanhada pelo uso de numerosos e perigosos suplementos vitamínicos, hormônios e anabolizantes.
Fonte Minha Vida

Confira nove problemas que a falta de sono provoca à saúde

Peso, controle do diabetes e humor podem ser afetados com noites insones
 
Excesso de trabalho, estresse, insônia, acúmulo de tarefas e distúrbios do sono são alguns dos vilões mais comuns de uma boa noite de descanso.
 
Um estudo realizado em janeiro de 2013 pelo Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM) afirma que 69% dos brasileiros avaliam seu próprio sono como ruim e insatisfatório, com problemas que vão desde a dificuldade para pegar no sono até acordar diversas vezes durante a noite.
 
Embora as poucas horas de sono já façam parte da rotina dos brasileiros, dormir menos do que o recomendado (de seis a oito horas) pode afetar a nossa saúde como um todo - funções que muitas vezes nem imaginamos estar relacionadas ao sono.
 
Quer descobrir como a falta de sono afeta o seu corpo? Confira os que os especialistas dizem sobre o assunto neste Dia Mundial do Sono, celebrado neste último sábado, dia 16 de março:
 
mulher na balança - Foto: Getty ImagesAfeta o emagrecimento
Durante o sono nosso organismo produz a leptina, um hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade ao longo do dia. Por isso, pessoas que dormem pouco produzem menores quantidades desse hormônio. Além disso, quem tem o sono restrito produz mais quantidade do hormônio grelina, que provoca fome e reduz o gasto de energia. "A consequência é a ingestão exagerada de calorias durante o dia, pois o corpo não se sente satisfeito", explica a endocrinologista Alessandra Rasovski, da Sociedade Brasileira e Endocrinologia e Metabologia. Segundo um estudo feito na Universidade de Chicago, pessoas que dormem de seis a oito horas por dia queimam mais gorduras do que aquelas que dormem pouco ou tem o sono fragmentado. A pesquisa afirma que a falta de sono reduz em 55% a queima de gordura.
 
mão com um barbante amarrado no dedo - Foto: Getty ImagesImpede a conservação da memória
"O sono é uma etapa crucial para o cérebro transformar a memória de curto prazo relevante em memória de longo prazo", afirma o neurologista André Felicio, da Academia Brasileira de Neurologia. O especialista explica que, durante a noite, o cérebro faz uma varredura entre as informações acumuladas, guardando aquilo que considera primordial, descartando o supérfluo e fixando lições que aprendemos ao longo do dia. "Por esse motivo, quem dorme mal costuma sofrer para se lembrar de eventos simples, como episódios do dia anterior ou nomes de pessoas próximas", diz.
 
mulher doente - Foto: Getty ImagesEnfraquece a imunidade
É durante o sono que acontecem diversos processos em nosso organismo, dentre elas a produção de anticorpos. De acordo com um estudo da Universidade de Chicago (EUA), dormir pouco reduz a função imune e o número de leucócitos, células responsáveis por combater corpos estranhos em nosso organismo. Segundo a pesquisa, quem dormia quatro horas por noite por uma semana tinham os anticorpos reduzidos pela metade, quando comparados aqueles que dormiram até oito horas.
 
homem com dor de cabeça - Foto: Getty ImagesAltera o funcionamento do metabolismo
As mudanças no ciclo do sono podem atrapalhar a síntese dos hormônios de crescimento e do cortisol, já que ambos são produzidos enquanto dormimos. "Os maiores efeitos dessa deficiência são despertar cansado, a dificuldade de raciocínio e a ansiedade, que podem interferir na realização de tarefas do cotidiano, levando a problemas como déficit de atenção, acidentes de trânsito, indisposição física, irritabilidade e sonolência", diz a endocrinologista Alessandra.
 
mulher se olhando no espelho - Foto: Getty ImagesLeva ao envelhecimento precoce
Durante o sono, produzimos hormônios "rejuvenescedores", como a melatonina e o hormônio do crescimento. "Esses hormônios exercem funções reparadoras e calmantes para a pele, e a falta de sono impede que o corpo descanse adequadamente", afirma a endocrinologista Alessandra. Os maiores resultados disso são uma pele sem viço e com olheiras. O estresse provocado pela falta de sono também favorece o aparecimento de rugas.
 
pessoa verificando a glicemia - Foto: Getty ImagesInterfere na produção de insulina
Pessoas com diabetes que tem um sono insuficiente desenvolvem uma maior resistência insulínica, tornando o controle da doença mais difícil. É o que afirma um estudo feito pela Northwestern University, dos Estados Unidos. Os pesquisadores concluíram que portadores de diabetes que dormem mal tinham 82% mais resistência à insulina que os portadores com sono de qualidade. Além disso, a falta de sono adequado pode favorecer o aparecimento de diabetes tipo 2 em quem não tem a doença. "É durante o sono que o corpo estabiliza os índices glicêmicos, por isso quem não tem um sono de qualidade sofre com o descontrole do nível de glicose, podendo desenvolver diabetes", explica a endocrinologista Alessandra.
 
medidor de pressão - Foto: Getty ImagesDesregula a pressão arterial
A neurologista Rosa Hasan, responsável pelo Laboratório do Sono do Hospital São Luiz, explica que a dificuldade em descansar durante a noite é equivalente a um estado de estresse, aumentando a atividade da adrenalina no corpo. "Uma noite mal dormida deixa o organismo em estado de alerta, aumentando a pressão sanguínea durante a noite", explica a especialista. Ela afirma que com o tempo essa alteração na pressão sanguínea se torna permanente, gerando a hipertensão.
 
halteres e fita métrica - Foto: Getty ImagesAfeta o desempenho físico
"Um sono incompleto é uma das principais causas de fadiga ou baixo desempenho motor", afirma o neurologista André. Quando dormimos profundamente e sem interrupções, nosso corpo começa a produzir o hormônio GH, responsável pelo nosso crescimento, e que começa a ser sintetizado só 30 minutos depois de começarmos a dormir. "O hormônio do crescimento tem como funções ajudar a manter o tônus muscular, evitar o acúmulo de gorduras, melhorar o desempenho físico e combater a osteoporose", explica a endocrinologista Alessandra.
 
mulher triste - Foto: Getty ImagesPrejudica o humor
"A falta de sono faz com que o cérebro não descanse plenamente, prejudicando a comunicação entre os neurônios", explica o neurologista André. E os neurônios são os responsáveis por produzir os neurônios relacionados ao nosso bem-estar, como a serotonina. "Por isso que um sono deficiente impacta o nosso bom-humor de forma direta, podendo até favorecer quadros de depressão."
 
Fonte Minha Vida

Podemos viver sem alguns órgãos?

Pode parecer estranho, mas os seres humanos podem sobreviver sem alguns órgãos.
 
O novo Papa Francisco I, por exemplo, teve parte de um pulmão removido quando era adolescente para tratar uma infecção e têm atualmente 76 anos de idade. Porém, mesmo se todo o seu pulmão fosse removido, o pulmão remanescente teria se inflado para ocupar parte do espaço livre, permitindo que o Papa pudesse continuar a viver como uma pessoa saudável.
 
Veja abaixo outros casos de órgãos que podem ser retirados e permitirem que o corpo continue funcionando:  
 
Rim: após a retirada de um rim é possível seguir vivendo com poucos problemas de saúde ou até mesmo nenhum, tendo uma expectativa de vida normal.
 
Baço: a função do baço é filtrar o sangue e ajudar no combate à infecções. Caso ele seja removido, a pessoa segue vivendo normalmente, tendo como desvantagem apenas uma maior probabilidade de desenvolver infecções.
 
Órgãos reprodutivos: mulheres podem remover seus úteros e homens podem remover seus testículos sem que isso cause problemas de saúde.
 
Estômago: quando o estômago é removido o intestino delgado é conectado ao esôfago. O procedimento permite que quase todos os alimentos possam ser ingeridos, porém a pessoa pode precisar comer refeições menores e tomar suplementos de dieta caso ocorram problemas para a absorção de nutrientes.
 
Fonte Live Science

Brincadeiras são fundamentais para o desenvolvimento da criança

Em tempos de escolas monitoradas, técnicas educativas, videogames, computadores e pais excessivamente preocupados, as crianças estão deixando de brincar livremente. O alerta é de pesquisadores da Universidade Bostan College, nos Estados Unidos.
 
Segundo o coordenador do estudo, Dr. Peter Gray, pais e educadores não estão dando a importância que deveriam dar ao brincar livremente, pois isso ajuda no processo de aprendizado.
 
Por brincar livremente entende-se as brincadeiras sem monitoramente e sem regras previamente estruturadas para os jogos. O Dr. Gray explica que esses jogos são cruciais para o desenvolvimento psicológico saudável e para que as crianças se preparem para enfrentar os desafios que surgirão ao longo da vida.
 
"É brincando com outras crianças, longe dos adultos, que as crianças aprendem a tomar suas próprias decisões, controlar suas emoções e seus impulsos, ver a perspectiva do outro, negociar diferenças, e fazer amigos," diz o especialista. "Em suma, é brincando que as crianças aprendem a tomar conta de suas vidas," completa.
 
Fonte Diário da Saúde

Menino ou menina? Com dois meses de gravidez é possível matar a curiosidade

Sexo do bebê pode ser descoberto com apenas dois meses de gestação
Exame de sexagem fetal está disponível somente na rede privada ao custo médio de R$ 600
 
A barriga mal começou a crescer e a curiosidade para saber o sexo do bebê pode ser sanada com uma pequena amostra de sangue. Chamado de exame de sexagem fetal, o teste é capaz de detectar a presença ou não do DNA do cromossomo Y (masculino) no sangue da mãe que, por ser mulher, só conta com o cromossomo X.
 
De acordo com o obstetra dr. Mário Burlacchini, responsável pelo Serviço de Medicina Fetal do Fleury Medicina e Saúde, a taxa de acerto desse exame é de 99% e o resultado sai em apenas cinco dias.
 
— No caso de gêmeos, se não for encontrado o cromossomo Y é possível dizer que os bebês são do sexo feminino. Mas, se o Y aparecer, não conseguimos afirmar se um ou os dois bebês são meninos.
 
Apesar de o exame de sexagem fetal não trazer riscos para a saúde de mãe e filho, a desvantagem é que o teste está disponível apenas na rede privada e para matar a curiosidade é preciso desembolsar cerca de R$ 600,00.
 
Mais do que descobrir o sexo, a obstetra dra. Rita de Cássia Sanchez de Oliveira, chefe do Setor de Medicina Fetal do hospital Israelita Albert Einstein, avisa que o exame também serve como diagnóstico de doenças.
 
— Existem algumas doenças congênitas que acomentem apenas as meninas e, se detectadas de forma precoce (antes de 12 semanas), podem ser tratadas durante a gestação.
 
A médica explica que a análise da placenta (biópsia de vilo corial) e do líquido amniótico (aminiocentese) são outros exames que, embora sejam realizados para detectar doenças genéticas, também respondem se o feto é menino ou menina, pois analisam todos os cromossomos, inclusive os sexuais.
 
— Geralmente, eles são feitos com 11 semanas, mas por apresentarem risco de até 1% de aborto, só são recomendados para mães ou bebês com fatores de risco.
 
Método tradicional
Disponível na rede pública de saúde, o ultrassom é o método mais popular para identificar o sexo do bebê. O problema é que para “desvendar esse segredo” os futuros papais precisam esperar até o início do quarto mês de gestação (16 semanas).
 
Segundo a dra. Rita de Cássia, só nesse período é possível identificar com certeza a diferença nos órgãos genitais.
 
— Antes disso, no ultrassom morfológico realizada com 12 semanas, o médico até consegue dar um palpite, mas a probabilidade de acerto é de 90%. Como os grandes lábios e escroto ainda não estão formados, nos baseamos na posição do fálus — estrutura que dará origem ao pênis ou clitóris.
 
A especialista brinca que “por ser apenas uma opinião não é recomendado começar a fazer o enxoval”. A mesma cautela, segundo ela, precisa ser adotada com o teste de urina comercializado em farmácias. Com a também promessa de identificar o sexo, o exame custa, em média, R$ 150,00.
 
— O exame pode ser feito a partir de 10 semanas, mas a chance de acerto é de apenas 60%.
 
Para as mamães que preferem palpitar sobre o sexo com base no formato da barriga e do nariz (arredondado ou pontudo), assim como na coloração da linha que se forma próxima ao umbigo, os especialistas avisam que isso é mito.
 
— Embora não tenhamos comprovação científica sobre essas crenças, nada impede os pais de sonhar, só não vale fazer o enxoval rosa ou azul.
 
Fonte R7

Síndrome rara deixa menino “feliz” para sempre

James Edgar, de 11 anos, sofre de uma doença rara
 que o deixa feliz
Doença é caracterizada pelo atraso mental e alterações do comportamento
 
Por trás do sorriso estampado no rosto de James Edgar, de 11 anos, há uma doença rara conhecida como Síndrome de Angelman. Essa condição é caracterizada pelo atraso mental e alterações do comportamento, ou seja, o garoto fica permanentemente sorrindo.
 
De acordo com o jornal The Sun, o menino é incapaz de falar, mas a mãe Rachel Martin garante que o filho traz felicidade por onde passa.
 
— James é uma criança amável. Ele trouxe alegria para a nossa família.
 
Apesar de o garoto parecer feliz o tempo todo, a mãe conta que ele sente outras emoções. Com ele precisa de cuidados constantes e não pode falar, um iPad está o ajudando a “interagir” com a família.
— É uma maneira dele se distrair. Seu site favorito é o YouTube.
 
James tem três irmãos: Alexandria, de 15 anos, Zac, de sete, e Beth, de seis.
 
Fonte R7

Homem morre depois de injetar heroína contaminada com bactéria do antraz

Autoridades da saúde da Escócia estão trabalhando para
encontrar outros casos de contaminação por antraz
Doença bacteriana causa inchaço da pele e até envenenamento do sangue  
 
Um usuário de drogas, de meia idade, morreu em Glasgow, na Escócia, depois de injetar heroína contaminada com antraz.
 
A morte foi confirmada por uma unidade pública do conselho de proteção da saúde do país, segundo o site Daily Mail.
 
O antraz — também conhecido como carbúnculo — é uma doença bacteriana caracterizada como uma infecção com pus, parecido ao furúnculo, que deixa a pele bastante inchada. Se o problema não for tratado, ela pode se espalhar causando um envenenamento do sangue. Os sintomas podem se desenvolver em até uma semana.
 
Segundo o dr. Syed Ahmed, consultor da saúde pública, houve outros casos no Reino Unido e na Europa nos últimos meses.
 
— Estamos trabalhando com vários serviços com o objetivo de procurar outros casos possíveis, especialmente entre os usuários de drogas injetáveis.
 
Outros casos
No início deste mês, a Agência de Proteção da Saúde confirmou a morte, em Suffolk, na Inglaterra, de um usuário de heroína que também foi contaminado com a bactéria do antraz.
 
Em dezembro do ano passado, Claire Skelton, de 42 anos, que mora em Kent, na Inglaterra, também morreu em decorrência da doença bacteriana contraída através do uso de drogas injetáveis.
 
Fonte R7

Catorze pessoas ingeriram suco AdeS contaminado

Pelo menos catorze pessoas consumiram alguma unidade do lote contaminado com produto de limpeza do suco AdeS de maçã. Segundo a Unilever, dona da marca, os clientes foram atendidos por meio do Serviço de Atendimento do Consumidor (SAC) da empresa e doze deles receberam cuidados médicos e passam por acompanhamento. Dois consumidores que relataram o problema à empresa não quiseram ser atendidos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) solicitou que a Vigilância de Minas Gerais realize inspeção no local de fabricação do produto.

Segundo a Unilever, uma falha no processo de higienização causou o envase da bebida junto com solução para limpeza. O problema na área de fabricação já foi detectado e resolvido, diz a empresa. Parte dos produtos foi recolhido ainda na fábrica e o restante será removido dos pontos de venda.

O consumidor que tiver comprado um dos produtos afetados pelo problema deve entrar em contato com o fabricante. A solicitação pode ser feita gratuitamente pelo SAC no telefone 0800 707 0044, das 8h às 20h, ou por meio endereço eletrônico: sac@ades.com.br.

Em casos como esses, diz o Procon-SP, a empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor (CDC), inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

"O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança", diz o artigo 10 do CDC.
 
 Fonte Agência Estado

Fábrica da Unilever será fiscalizada após contaminação

A fábrica da Unilever, na cidade de Pouso Alegre (MG), onde foi fabricado o lote de suco Ades envasado com solução de limpeza, será inspecionada.
 
A Vigilância Sanitária estará analisando todas as etapas de produção. Essa medida foi anunciada nesta sexta-feira, um dia após a Unilever ter anunciado um recall em um lote do suco de maçã Ades de 1,5 litro por risco de queimadura. Segundo a fabricante, a contaminação com solução de limpeza foi detectada no lote com as iniciais AGB 25, fabricado em 25 de fevereiro e com validade até 22/12/2013.

Estariam com problema 96 unidades que foram distribuídas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Um total de 14 pessoas teria consumido o suco, sendo que 12 dessas pessoas foram parar no hospital e estão sob acompanhamento médico.

Em comunicado, a Unilever Brasil, informou que a alteração no conteúdo do suco foi "decorrente de uma falha no processo de higienização, que resultou no envase de embalagens com solução de limpeza".

A empresa está pedindo que os consumidores verifiquem o produto já adquirido e, caso se trate do lote mencionado, não o consuma, entrando em contato gratuitamente pelo SAC no 0800 707 0044, das 8h às 20h, ou pelo e-mail sac@ades.com.br

Fonte R7

Quase 330 milhões de abortos em 40 anos na China

O governo chinês afirmou que manterá a política planejamento
 familiar que controla o número de filhos por casal na China
O número de cirurgias de controle de natalidade foi superior a 10 milhões por ano entre 1982 e 1992
 
Quase 330 milhões de abortos foram praticados na China entre 1971 e 2010, segundo números do ministério da Saúde.
 
O ministério divulgou em janeiro as estatísticas sobre as esterilizações e os abortos, antes de anunciar a fusão com a Comissão Nacional da População e de Planejamento Familiar.
 
Alguns analistas interpretam a reorganização como o início de uma flexibilização do número de nascimentos permitido na China, mas altos funcionários do governo afirmaram justamente o contrário esta semana.
 
"O planejamento familiar será reforçado, e não enfraquecido", declarou Wang Feng, diretor adjunto da agência de reforma do setor público.
 
"Depois da reforma, a China seguirá com sua política de planejamento familiar", afirmou o secretário-geral do governo, Ma Kai.
 
Desde o início dos anos 1980, o limite do número de nascimentos imposto a todos os chineses e a política do filho único para os residentes nas cidades permitiu, segundo Pequim, evitar 400 milhões de partos no país de maior população do mundo, que tinha 1,354 bilhão de habitantes no fim de 2012.
Mas os abortos também serviram para a eliminação seletiva de embriões e fetos femininos, o que reduziu em dezenas de milhões o número de mulheres.
 
O número de abortos foi superior a 10 milhões por ano entre 1982 e 1992, com picos de mais de 14 milhões em 1983 e 1991, destaca o ministério.
 
A limitação dos nascimentos provocou um grande número de abortos forçados, atualmente proibidos, pelo menos em tese, pois ainda são comuns em algumas regiões.
 
Em junho do ano passado, o caso de uma mulher obrigada a abortar quando estava grávida de sete meses provocou um escândalo e obrigou as autoridades a pedir desculpas.
 
A médio prazo, a China será obrigada a flexibilizar o controle da natalidade em consequência do envelhecimento demográfico e da redução da população ativa, segundo demógrafos e analistas.
 
Fonte R7

BID, Gates e Slim impulsionam programa para reduzir anemia na Mesoamérica

Segundo o BID, na Mesoamérica há 2,5 bilhões de crianças
menores de 5 anos com desnutrição crônica
O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e os multimilionários, o americano Bill Gates e o mexicano Carlos Slim, impulsionam um programa de saúde para reduzir em 10% a anemia infantil na Mesoamérica, informaram fontes do BID este sábado.
 
O programa, executado pelo banco multilateral ao lado da Fundação Carlos Slim e da Fundação Bill & Melinda Gates, pretende melhorar as condições de saúde materno-infantis em Panamá, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador, Honduras, Belize, Guatemala e o estado mexicano de Chiapas.
 
"Em nível regional queremos reduzir a anemia das crianças de 0 a 5 anos em 10% em cada país" para 2015, disse à AFP o encarregado da Iniciativa Mesoamérica de Saúde do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ferdinando Regalia.
 
Com um financiamento de US$ 148 milhões, este programa de saúde atende 1,8 milhão de crianças e mulheres nas comunidades mais pobres da região.
 
"Nosso objetivo não é outro que continuar contribuindo para criar oportunidades para quebrar este ciclo intergeracional da pobreza" na região, disse o presidente do BID, Luis Alberto Moreno, durante um fórum para impulsionar o programa.
 
Nesta iniciativa, o BID e as fundações aportam a metade do custo do programa e os respectivos governos, a outra parte. Se as metas forem cumpridas, os promotores devolvem aos governos a metade do que aportaram.
 
Com este tipo de iniciativas, baseadas em alianças entre o setor público e privado, o BID pretende "complementar os esforços que os governos fazem" em sua luta contra a pobreza, segundo Moreno.
 
Segundo o BID esta é uma iniciativa inovadora na região, não só por financiar com base a resultados, mas pela tecnologia e as técnicas de produtividade que aplica.
 
O programa também busca aumentar a atenção a partos por pessoal qualificado de 50% a 75% e atingir a vacinação completa para crianças de dois anos, de 57% a 90%.
 
"Estas metas são alcançáveis em três anos e estamos no caminho", assegurou Regalia.
 
Segundo o BID, na Mesoamérica há 2,5 bilhões de crianças menores de 5 anos com desnutrição crônica. Em alguns países centro-americanos, a taxa de prevalência em crianças está entre as mais altas do mundo.

Fonte R7

Prefeitura de Macapá - AP abre processo seletivo

A Prefeitura de Macapá, Estado do Amapá, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), publicou edital nº. 003/2013 de processo seletivo para a contratação por tempo determinado de profissionais de níveis fundamental, médio e superior.

O certame disponibiliza 753 vagas, sendo 340 para Professor de 1º ao 5º ano; 09 para Professor Educação Especial – LIBRAS; 03 para Professor Educação Especial – BRAILLE; 20 para Pedagogo; 81 para Merendeiro; 234 para Servente; 50 para Agente Administrativo; 10 para Nutricionista e 06 para Motorista. Os salários são de até R$ 1.353,03 e, além da remuneração relativa a cada cargo docente, o contratado terá direito ao vale transporte no valor de R$ 101,20

A inscrição ocorrerá até o dia 18 de março de 2013, somente pelos endereços eletrônicos
www.macapa.ap.gov.br ou www.semed.macapa.ap.gov.br. Não haverá pagamento de taxa de inscrição.

Os participantes serão submetidos a análise curricular e entrevista. A entrega dos documentos solicitados deverá ser feita de 26 a 28 de março de 2013, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na quadra de esporte da Escola Municipal Amapá (rua Jovino Dinoá, nº 3.188, Bairro do Trem) ou na Escola Municipal de Ensino Fundamental José Leoves (rua Renascimento, s/n, Bairro Renascer). Os documentos deverão estar contidos em envelope tipo ofício 2 e são eles: Curriculum Vitae acompanhado de originais e cópias do RG, CPF, número do título de eleitor (zona e seção), comprovante de escolaridade, número do PIS/Pasep, número do certificado militar (homens), comprovante de endereço e telefone para contato.
 
A contratação do candidato selecionado será até 31 de dezembro de 2013, podendo ser prorrogada, a critério da Administração, mediante justificada motivação, até 31 de dezembro de 2014.

Concurso UFAM

A Universidade Federal do Amazonas (UFAM) lançou o edital 08/2013 com a finalidade de realizar concurso para ocupação de 24 vagas para professores. Há oportunidades nos departamentos de Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Construção/Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia de Gás e Petróleo, Direito Aplicado, Formação de Professores Indígenas, Língua e Literatura Portuguesa, Física, Ciências Fundamentais e Desenvolvimento Agrícola, Engenharia Agrícola e Solos.
 
Os candidatos devem ter pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado) e, se contratados, cumprirão carga horária que varia entre 20h e 40h semanais, por vencimentos que vão de R$ 2.411,00 a R$ 8.506,61.
 
As inscrições podem ser feitas até 15 de abril de 2013, nos departamentos referentes à disciplina de opção do candidato, localizados nos campi da UFAM, cujos endereços podem ser encontrados no site http://portal.ufam.edu.br.
 
No momento da inscrição, o candidato deve apresentar formulário preenchido (encontrado também no site da UFAM, no link "concurso público docente"); além de currículo Lattes, cópias de identidade, RG e comprovante da taxa de inscrição paga com valores que vão de R$ 43,33 a R$ 160,99.
 
O processo seletivo ocorrerá em quatro etapas: análise do pedido de inscrição (de caráter eliminatório e sem participação do candidato), prova escrita, prova didática e prova de títulos. Somente após a conclusão e anúncio da etapa de análise do pedido de inscrição serão informadas as datas das outras fases do concurso, cabendo ao candidato acessar o Portal da UFAM para obter o calendário do concurso.
 
A data prevista para a homologação dos pedidos de inscrição será a partir de 30 de abril de 2013.

Secretaria de Saúde - SC lança edital de processo seletivo

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina abriu edital de processo seletivo n° 008/2013 de contratação de pessoal, por prazo determinado, para o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, na cidade de Joinville.
 
São oferecidas 05 vagas, sendo 04 para o cargo de Médico para atuar na emergência e 01 para Médico Especialista em Cardiologia, com salários de até R$ 7.074,23, em carga horária de 20 horas semanais.
 
As inscrições ocorrerão somente on-line no período de 15 de março a 01 de abril de 2013, no site www.saude.sc.gov.br, estando vinculada à entrega de documentação comprobatória. Não é cobrada taxa de inscrição.
 
A documentação comprobatória deverá ser entregue pessoalmente até o dia 01 de abril de 2013, na Secretaria de Estado da Saúde, sito à Rua Esteves Júnior 160, 3º andar, Centro - Diretoria de Gestão de Pessoas - Florianópolis/SC ou no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, situado a Rua Xavier Arp s/nº, Bairro Boa Vista - Joinville/SC.
 
O processo seletivo dar-se-á mediante somatório de pontos da contagem de títulos e da experiência comprovada. A homologação do resultado será publicada no Diário Oficial do Estado e no site www.saude.sc.gov.br.
 
O certame destina-se à seleção de profissionais para contratação temporária pelo período de doze meses, podendo ser prorrogada por uma única vez, pelo mesmo prazo.

Processo Seletivo Secretaria de Estado da Saúde - SC

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina publicou editais de processo seletivo nºs 006 e 007/2013/SES, objetivando a contratação de profissional, por prazo determinado, para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, cidade de Florianópolis e para a Maternidade Darcy Vargas, cidade de Joinville.
 
São ofertadas 06 vagas, sendo 05 para Médico Especialista em Ginecologia e Obstetrícia e 01 para Médico Especialista em Otorrinolaringologia. Os salários variam de R$ 6.317,63 e R$ 7.074,23, em carga horária de 20h semanais.
 
As inscrições ocorrerão somente on line até o dia 22 de março de 2013, no site www.saude.sc.gov.br, estando vinculada a entrega de documentação comprobatória. Não é cobrada taxa de inscrição.
 
A documentação comprobatória deverá ser entregue pessoalmente até o dia 22 de março de 2013, na Secretaria de Estado da Saúde, sito à Rua Esteves Júnior 160, 3º andar, Centro - Diretoria de Gestão de Pessoas - Florianópolis/SC ou na Maternidade Darcy Vargas, situado a Rua Miguel Couto, 44 - Anita Garibaldi Joinville - SC, ou no Hospital Infantil Joana de Gusmão, situado à Rua Rui Barbosa, 152 - Agronômica, Florianópolis/SC.
 
O certame dar-se-á mediante somatório de pontos da contagem de títulos e da experiência comprovada, os quais deverão constar ao curriculum vitae de forma detalhada com a identificação dos títulos.
 
A homologação do resultado será publicada no Diário Oficial do Estado e no site www.saude.sc.gov.br.

UnB abre processo seletivo

A Universidade de Brasília (UnB), no Distrito Federal, lançou edital Nº 60/2013 de processo seletivo com o objetivo de preencher 06 vagas para o cargo de Professor Substituto/Visitante. A remuneração é de até R$ 3.016,45 por carga horária de 20 ou 40 horas semanais.
 
São oferecidas oportunidades nas áreas de Química Geral ou Química Analítica, Pneumologia / Clínica Médica, Francês, Estatística e Química.
 
A inscrição será realizada exclusivamente na Secretaria da Unidade de Lotação até o dia 22 de março de 2013, no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30.
 
No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:
  • cópia do documento de identificação;
  • currículo vitae, devidamente comprovado;
  • ficha de inscrição, preenchida e assinada.
O processo seletivo será constituído por análise do Currículo Vitae e, contado a partir de sua homologação, terá validade de seis meses.

Concurso Prefeitura de Juquiá - SP

A Prefeitura de Juquiá, Estado de São Paulo, lançou edital n° 001/2013 de concurso público, com a intenção de ocupar 03 vagas para os cargos de Engenheiro Agrônomo, Médico Ortopedista e Psicólogo (nível superior). Os salários variam de R$ 2.387,86 e R$ 4.620,94, com carga horária de 20 e 40 horas semanais.
 
A organização, aplicação e correção do Concurso Público serão de responsabilidade da CONSESP, que também disponibilizou sua página na internet para realização das inscrições. Os interessados terão de 17 a 24 de março de 2013 para garantir a participação, acessando o site www.consesp.com.br. As taxas variam de R$ 40,00 para os cargos de Psicólogo e Engenheiro Agrônomo e de R$ 50,00 para o cargo de Médico Ortopedista.
 
As provas serão realizadas provavelmente no dia 14 de abril de 2013, às 9h, na EMEF Professora "Terezinha de Lourdes Jaze", localizada na Rua Rio Grande do Sul, nº 120, Parque Nacional - Juquiá SP. O gabarito oficial e a prova objetiva (teste de múltipla escolha) serão disponibilizados no site www.consesp.com.br, no dia 18 de abril de 2013 e permanecerão no site pelo prazo de 2 dias.
 
A validade do concurso público será de 02 anos, contados da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério da Administração.

Concurso Prefeitura de Campinas (SP)

A Prefeitura de Campinas, cidade localizada a 99 km da Capital, São Paulo, divulgou os editais Nº. 02 e 03/2013 de concurso público objetivando preencher 282 vagas na área da saúde. As inscrições, no valor de R$ 100,00, serão recebidas do dia 18 de março a 14 de abril de 2013, na página da organizadora Cetro Concursos (www.cetroconcursos.org.br).
 
Há oportunidades para Médico nas especialidades de Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Pediátrica, Clínica Geral, Dermatologia, Ginecologia e Obstetrícia, Medicina da Família e Comunidade, Medicina Intensiva, Medicina Intensiva Pediátrica, Medicina Pericial, Medicina Preventiva e Social, Neurocirurgia, Patologia Clínica e Medicina Laboratorial, Pediatria, Pneumologia, Psiquiatria e Radiologia e Diagnóstico por Imagem.
 
Também há vagas disponíveis para Agente de Apoio à Saúde (Farmácia), Técnico em Saneamento, Biomédico e Enfermeiro.
 
A maior remuneração pode chegar a R$ 5.792,79, mais gratificação de até R$ 3.900, para o cargo de Médico. Para as demais áreas, o salário poderá chegar a R$ 3.999,77 mais gratificações. A carga horária varia de 20 a 36 horas semanais.
 
A taxa de inscrição, que custa R$ 50,00 e R$ 100,00, deve ser paga até 15 de abril, considerando o limites do horário bancário.
 
O concurso constará de Avaliação Psicológica e Prova Objetiva, ambas previstas para 05 de maio de 2013. Contudo, a confirmação dos locais e horários da Avaliação Psicológica e da Prova Objetiva será dada por meio do Diário Oficial do Município e pelo endereço eletrônico da Cetro Concursos, estando tal divulgação prevista para o dia 26 de abril de 2013.
 
A validade do certame 02/2013 será de um ano, enquanto que a do certame 03/2013 será de dois anos, períodos estes que poderão ser prorrogados.
 

Prefeitura de Divinópolis (MG) abre processo seletivo

A Prefeitura de Divinópolis, estado de Minas Gerais, lançou no dia 15 de março de 2013 pela imprensa oficial dos municípios os editais de processo seletivo Nº. 018 e 021/2013-SEMUSA, visando a contratação temporária de vários profissionais, na área da saúde do município. O vencimento mensal inicial é de até R$ 6.785,84 mais 20% insalubridade sobre o salário mínimo, para uma carga horária de 40 horas semanais.
 
Cargos
Edital 018: 03 Médicos Pediatras – Centros de Saúde: Santo Antônio dos Campos, Tietê e Afonso Pena (GH 29).

Edital 021: 02 Médicos ESF – ESF Candidés e ESF Icaraí (GH 36).
 
Os interessados deverão enviar o Curriculum Vitae a Secretaria Municipal de Saúde, em atenção aos Recursos Humanos, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG – CEP: 35500-007, até o dia 22 de março de 2013.
 
A avaliação curricular será realizada pelo Setor de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão, impreterivelmente, na seguinte ordem: Residência no Município de Divinópolis.

Prefeitura de Divinópolis (MG) publica edital de processo seletivo

A Prefeitura de Divinópolis, estado de Minas Gerais, publicou o edital Nº. 020/2013-SEMUSA de processo seletivo. A finalidade do certame é a contratação temporária de 01 Médico Psiquiatra Plantonista - 12h, com remuneração de até R$ 1.226,27, mais 20% insalubridade incidente sobre o salário mínimo e 70% de gratificação.
 
Os interessados deverão enviar o curriculum vitae a Secretaria Municipal de Saúde, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG – CEP: 35500-007, até às 17 horas do dia 18 de março de 2013.
 
Dos critérios de avaliação e classificação:

A avaliação final será feita através do Curriculum Vitae, pelo Setor de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a classificação e desempate ocorrerão, impreterivelmente, obedecendo-se o critério de Residência no Município de Divinópolis.
 
São condições essenciais para contratação:
Comprovação de todos os requisitos constantes do Curriculum Vitae;

Estar quite com a Justiça Eleitoral;

Estar quite com o Serviço Militar;

Que não tenha sido demitido ou exonerado do serviço público na Administração Direta ou Indireta dos Municípios, Estados e União.

Prefeitura de Divinópolis (MG) divulga edital de processo seletivo

Abertas no município de Divinópolis, em Minas Gerais, as inscrições do processo seletivo que visa o preenchimento de 01 vaga para o cargo de Enfermeiro, para atuação na ESF Serra Verde (GH 35). O edital da seleção, de nº. 017/2013-SEMUSA, encontra-se disponível no Diário Oficial dos Municípios de 15 de março de 2013.
 
A remuneração poderá chegar a R$ 3.012,28 mais 20% de insalubridade sobre o salário mínimo.
 
Os interessados deverão enviar o curriculum vitae a Secretaria Municipal de Saúde, localizada à Rua Minas Gerais, 900, Centro, Divinópolis/MG – CEP: 35500-007, até às 17 horas do dia 20 de março de 2013.
 
A avaliação final será feita através do curriculum vitae e a classificação e desempate ocorrerão, impreterivelmente, obedecendo o critério de Residência no Município de Divinópolis.

Vagas de estágio na Prefeitura de Sinop - MT

A Prefeitura de Sinop, Estado de Mato Grosso, através do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), lançou edital n° 01/2013 de processo de seleção de estagiários para o ano de 2013. São ofertadas 61 vagas mais cadastro de reserva para estudantes de ensino médio e nível superior incompleto.
 
No total, 39 vagas serão ofertadas para estudantes do ensino superior e estão divididas em Enfermagem, Direito, Farmácia, Pedagogia, Ciências Contábeis, Economia, Administração, Engenharia Florestal, Arquitetura e Engenharia Civil. Para o ensino médio são oferecidas 22 vagas.
 
As inscrições estarão abertas até 22 de março de 2013, na Escola Municipal de Governo, localizada na Avenida das Embaúbas 1.288, Centro. No ato da inscrição deverá ser apresentada: certidão das notas (histórico original - com carimbo e assinatura) obtidas no último semestre ou do último ano letivo; declaração de vínculo com a instituição de ensino original e atualizada (não será aceita cópia) e ficha de inscrição devidamente preenchida, que está disponível no site www.sinop.mt.gov.br.
 
A carga horária do estágio será de acordo com o previsto no Plano de Trabalho, não podendo ultrapassar 6 horas diárias. A remuneração da bolsa de estágio é de R$ 500,00, acrescida de R$ 40,00 de auxilio transporte para nível Superior, enquanto que o auxílio para o estágio de nível médio é de R$ 300,00, mais auxilio transporte no mesmo valor já informado.
 
O período de estágio é de até 02 anos, podendo ser rescindido antecipadamente a qualquer momento por ambas as partes.

Processo seletivo da Prefeitura de Leopoldina - MG

Com o objetivo de contratar por tempo determinado 01 (um) médico para atender ao Programa de Saúde da Família, a Prefeitura de Leopoldina, estado de Minas Gerais, publicou o edital nº 07/2013 de chamamento público. A remuneração será de R$ 1.328,64, acrescida do adicional de extensão de jornada (R$ 1.328,64) e gratificação por dedicação ao PSF (R$ 3.293,70).
 
As inscrições serão recebidas no período de 18 a 22 de março de 2013, na Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Avenida Getúlio Vargas, 61, Centro, Leopoldina, das 07h às 18h.
 
Seleção
A seleção dos candidatos constará da análise de currículo, discriminando títulos e experiência profissional. O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 25 de março de 2013, no site do Município www.leopoldina.mg.gov.br, além de ser publicado no Diário Oficial do Município - Jornal Equipe e afixado nos quadros de avisos da Prefeitura.
 
O Processo Seletivo terá validade de 01 (um) ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Concurso Prefeitura de Ipaba - MG

Concurseiros mineiros deverão ficar atentos para o concurso público da Prefeitura de Ipaba. O certame, que será organizado pela empresa MAGNUS, oferece várias vagas em todos os níveis de escolaridade. As inscrições serão realizadas no período entre o dia 15 de maio e 14 de junho de 2013, na sede da Prefeitura Municipal e no site da organizadora (www.magnusconcursos.com.br).
 
Os cargos oferecidos são:
Ajudante de Esgoto, Auxiliar de Serviços, Bombeiro, Calceteiro, Gari, Jardineiro, Operador de Maquinas Pesadas, Pedreiro, Pintor, Vigia, Servente, Servente Escolar, Motorista I/II, Recepcionista, Telefonista, Auxiliar de Assistente Social, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Secretaria, Auxiliar de Secretaria Escolar, Chefe de Serviço, Digitador, Encarregado de Serviços, Oficial de Administração, Técnico Higiene Dental, Técnico Meio Ambiente, Professor, Bioquímico, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Fisioterapeuta, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião, Médico Clinico Geral, Médico Ginecologista, Médico Pediatra, Nutricionista, Odontólogo, Procurador Jurídico, Psicólogo e Supervisor de Ensino.
 
O extrato do edital nº. 01/2013 encontra-se disponível no Diário Oficial do Estado, de 15 de março de 2013, publicações de terceiros, pág. 18 e em breve estará disponível na página da MAGNUS. Aguardem.