Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A homeopatia é uma aliada contra a TPM

Quase a totalidade das mulheres, quando perguntada sobre qual o pior período da vida pelo qual já passou, vai responder que são “aqueles dias”, o período em que se encontram na TPM.

Mesmo não sendo novidade nenhuma para elas, será que elas conhecem mesmo tudo sobre a tensão pré-menstrual?

O médico, especialista em homeopatia, Moisés Chencinski explica que existem quatro tipos delas. O tipo A, caracterizada pela ansiedade e suas consequências; o tipo C, em que predomina a compulsão alimentar, principalmente por doces e chocolate; o tipo D, marcado por típicos sintomas depressivos, durante os quinze dias antes da menstruação; e o tipo H, caracterizado por inchaço e dor nos seios, dores de cabeça, gases e dores nas pernas. “Em alguns casos, existe uma mistura de sintomas dos tipos e alguns que não estão descritos, especificamente, em nenhum deles (baixa produtividade, hostilidade, choro fácil, fadiga, ganho de peso, etc.)”, reconhece o médico.

Uma forma de amenizar os sintomas e conviver relativamente bem com os efeitos da TPM é conhecer como funciona o seu ciclo menstrual. Chenciski esclarece que, na primeira metade dele, o estrogênio costuma determinar uma mulher mais ativa, com humor estável, mais cuidadosa de sua aparência, mais afeita aos contatos interpessoais, extrovertida e, quase sempre, mais preocupada com o trabalho do que com a casa.

Na segunda metade do ciclo, pelo domínio da progesterona a mulher se transforma. Embora seja mais colaboradora e menos competitiva no lado profissional, prefere não se expor, fica mais introspectiva, mais sensível, mais carente de atenção e sua preocupação com o “lar”, excede, em muito, sua atenção com as rotinas de trabalho no dia a dia.

Entre as várias possibilidades de tratamento, de acordo com o especialista, a homeopatia surge como uma escolha. Um dos pilares da homeopatia é o tratamento individualizado. Assim, como cada mulher pode apresentar a “sua TPM”, ela vai requerer, além de uma abordagem geral, que seu tratamento seja adequado às suas queixas e que se adapte à sua rotina. A homeopatia é uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, que permite um tratamento por meio de medicação única ou combinada para uma cura suave e duradoura. Os medicamentos homeopáticos são baratos e dever ser usado somente com prescrição de homeopata.

A homeopatia em ginecologia

A homeopatia é um tratamento que pode ser um grande aliado da mulher. Sua aplicação nos problemas que afetam a saúde feminina vão além da prevenção.
 
Nascida na Alemanha, em 1743, com o Dr. Samuel Hanneman, a homeopatia - hoje largamente difundida – é um tratamento baseado na "lei da semelhança". Segundo a teoria homeopática, a cura da doença pode ser alcançada quando se dá um medicamento que apresente características semelhantes ao que a pessoa está sentindo – é o que se chama de medicamento de fundo ou simillimun –, além de promover o equilíbrio do corpo, da mente e da energia.
 
Ao contrário do que muitos pensam, a homeopatia não é somente um tratamento com resultados de longo prazo, podendo ter efeitos bastante rápidos, dependendo do que se deseja tratar. Para isso, muitas vezes utilizamos grupos de pequenos medicamentos, isolados ou em fórmulas, além do similimun.
 
Por ser um tratamento que utiliza medicamentos naturais e especialmente preparados, qualquer pessoa pode utilizar, ou seja, é livre de contra-indicações. Mas atenção: ela só deve ser prescrita pelo médico especialista no assunto. É utilizada em diversas especialidades médicas, inclusive ginecologia e obstetrícia e para quem tem problemas sexuais. Estas são algumas indicações:
 
Em Ginecologia
 
  • sintomas da TPM
  • dores nas mamas
  • cólicas menstruais
  • hemorragias
  • miomas uterinos e cistos nos ovários
  • corrimentos vaginais de repetição (como a candidíase)
  • sintomas da menopausa
  • tratamento do HPV
  • diminuição do desejo sexual
 
Nas grávidas
 
  • tratamento do enjôo e da azia
  • rinite alérgica e resfriados
  • hemorróidas na gravidez
  • prevenção de estrias e quelóide na cicatriz do pós-parto
  • prevenção e tratamento da dor pós-operatória, entre muitas outras.
 
Muitos destes tratamentos também podem ser feitos para prevenir o reaparecimento dos sintomas, como por exemplo na candidíase de repetição, no HPV, nos calores da menopausa e na TPM – o terror de muitas mulheres!
 
Em resumo, o principal objetivo da utilização da homeopatia, é dar à mulher a opção de um tratamento natural, sem contra-indicações ou efeitos colaterais e igualmente eficiente.

Concurso Prefeitura de Vitor Meireles (SC) 2011

A Prefeitura de Vitor Meireles, Estado de Santa Catarina, lançou edital (nº. 008/2011) para realização de processo seletivo oferecendo 02 vagas de nível superior. A remuneração é de até R$ 2.116,56 mais auxílio alimentação e adicional de insalubridade.

Cargos
Nutricionista e Farmacêutico.

Inscrição
As inscrições serão efetuadas na sede da Prefeitura de Vitor Meireles, sita à rua Santa Catarina, n.º 1122, centro, Vitor Meireles/SC, das 8h00min às 12h00min e das 13h30min às 17h00min, pessoalmente, ou ainda preenchendo a ficha de inscrição que se encontra no site www.vitormeireles.sc.gov.br, e enviá-la para o e-mail rh@vitormeireles.sc.gov.br, no período de 24 a 28 de outubro de 2011.

Prova
O processo seletivo de Vitor Meireles será avaliado pelo maior tempo de serviço no cargo, comprovados através de Atestado de Tempo de Serviço ou Carteira de Trabalho.

Validade
O prazo de validade do processo seletivo será de 90 dias, contados a partir da data de publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a critério da administração.

O resultado da classificação final do processo seletivo será divulgado na data provável de 04 de novembro de 2011 e publicado na página www.vitormeireles.sc.gov.br e no mural oficial da Prefeitura de Vitor Meireles.

Saiba mais

» Edital Prefeitura de Vitor Meireles – Santa Catarina

Concurso Prefeitura Rio Branco - AC 2011

A Prefeitura de Rio Branco, Estado do Acre, prorrogou as inscrições do processo seletivo para contratação por tempo determinado para as Funções de Médico Perito e Médico do Trabalho, para compor a equipe da Junta Médica e do Programa de Segurança e Saúde do Servidor Público Municipal.

As inscrições poderão ser realizadas até 21 de outubro de 2011, no Departamento de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, sito à Avenida Ceará no 3.335. Bairro Abrão Alab ou via Correio.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 40,00 para nível superior.

A avaliação consistirá de provas de conhecimentos gerais e específicos em data, horário e local a serem informados pela Comissão Organizadora do Concurso através de publicação de listagem no Departamento de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco, sito à Avenida Ceará nº 3.335. Bairro Abrão Alab.

O resultado final será divulgado no Departamento de Gestão de Pessoas da SEMSA, no Diário Oficial do Estado e site oficial da Prefeitura de Rio Branco.

O prazo de validade do concurso de Rio Branco será de 01 ano, contados a partir da data da Homologação, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de Camalaú - PB 2011

Estão abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura de Camalaú, Estado da Paraíba. O certame será realizado pela empresa Consultec – Consultoria Técnica e Planejamento Ltda.

O concurso oferece 01 vaga para cargo de Médico-PSF, de Curso Superior Completo, Habilitação legal para o exercício da profissão de Médico, Registro no Conselho Regional de Medicina. O salário é de R$ 8.000,00, por carga horária de 40h semanais.

Inscrições e Taxa: As inscrições serão efetudas até o dia 29 de outubro de 2011, no endereço eletrônico  www.consulttec.com.br. ou www.contemaxconsultoria.com.br. A taxa de inscrição será de R$ 50,00.

Prova: A Prova Objetiva será realizada, provavelmente, no dia 06 de novembro de 2011 em horário e local indicados no comprovante de confirmação de inscrição.

Gabarito: O gabarito será divulgado provavelmente no dia 07 de novembro de 2011.

Validade: A validade do Concurso será de 02 anos, a contar da data da homologação do seu  resultado final, podendo ser prorrogada por igual período, a critério da Administração.

Saiba mais

Dispense o bife de fígado para combater anemia

Há outros alimentos menos polêmicos que afastam a doença para longe

A palidez e a falta de disposição davam as pistas. Após o exame de sangue, veio a constatção: anemia. O problema é mais comumd o que se pensa, principalmente nas mulhers em idade fértil (a perda de sangue na menstruação é um fator de risco quando não existe uma alimentação balanceada).

Segundo o Ministério da Saúde, o problema chega a tingir 30% das brasileiras. Mas, seguindo uma dieta balanceada, esta incidência tem tudo para diminuir. E nem precisa torcer o nariz, achando que a pevenção é feita apenas com muita beterraba bifes de fígado, aliemntos cuja aceitação não tende a ser das mais altas.

Ao contrário do que muita gente pensa, o fígado nem deve fazer parte da dieta. Ele é o órgão que tira as impurezas e metaboliza medicamentos e hormônios consumidos pelos animais, por isso é uma fonte de nutrientes que deve ser evitada , afirma a nutricionista Flávia Morais, da rede natural Mundo Verde.

O segredo para tratar a doença, como você pode imaginar, está no aumento do consumo de ferro. Mas este mineral não está presente apenas na carne. A seguir, a especislista dá algumas sugestões de consumo para você variar a dieta e ficar bem longe dos desconfortos causados causados pela anemia.

Folhas verdes escuras: couve, brócolis, rúcula e agrião são fontes de vitamina C, ferro e magnésio. A vitamina C melhora a absorção do ferro contido em fontes vegetais.

Cereais integrais: ao contrário dos refinados, eles preservam a película do grão, fonte natural de ferro.

Açúcar mascavo e melado: como não foi refinado, ele contém ferro (o que não acontece no açúcar branco).

Feijões, ervilha, lentilha: as leguminosas são fontes de proteína e de ferro, que auxilia no combate a anemia.

Carne vermelha: ela é uma ótima fonte de ferro, numa versão em que o mineral é facilmente absorvido pelo organismo.

Reforço com suplementos
Nos casos de anemia, os médicos e nutricionistas costumam indicar a suplementação. A seguir, a especialista do Mundo Verde comenta os casos em que as doses extras podem ajudar.

O ferro contido nos multivamínicos é bem aproveitado pelo organismo?
O ferro, dependendo da forma química que se apresenta, será mais ou menos absorvido pelo organismo. O sulfato ferroso é muito usado, mas tem uma absorção ruim. Em suplementos, prefira o ferro quelado, que será melhor absorvido. Lembrando que anemia nem sempre é carência apenas de ferro, então o ideal é usar um suplemento prescrito por um nutricionista. Assim, você garante o equilíbrio da ingestão dos minerais e corrige o problema com mais eficiência.

Suplemento de ferro engorda? O apetite aumenta? Não, suplementos de vitaminas ou minerais não engordam e nem aumentam o apetite.

Ele pode ser tomado com água? Sucos ácidos, como limão e laranja, melhoram a absorção de alguns tipos de ferro. Mas, no caso de ferro quelado, não faz diferença. Pode tomar com água sem preocupações com o aproveitamento do nutriente pelo organismo.

O melhor é tomar antes das refeições? Ou pode ser em qualquer hora? Suplementos devem preferencialmente ser tomados com orientação de nutricionista ou médico, portanto siga a orientação recebida. Normalmente podem ser tomados a qualquer hora.

Dispense o bife de fígado para combater anemia
Há outros alimentos, menos polêmicos, que afastam a doença para longe anemia; alimentação; bife de fígado
Fonte Minha Vida

Anemia leva a falhas neurológicas e cardíacas se não for tratada

O problema é causado por má alimentação e até pelo consumo de remédios para emagrecer

Ela mais comum do que você pensa e não atinge só as crianças. Anemia, na verdade, é nome genérico para uma série de problemas , afirma a hematologista Regina Biasoli, do Lavoisier Medicina Diagnóstica/ DASA. Ela pode ser causada por deficiência de ferro, de vitamina B12, por destruição dos glóbulos vermelhos e por muitos outros fatores .Todas as variações, no entanto, trazem a mesma complicação: a dificuldade de oxigenação no organismo o que pode ter efeitos graves, como falhas no funcionamento do cérebro ou do coração. Em 95% dos casos, a reposição de ferro resolve o problema. Isso pode ser feito com suplementação oral e alterações na dieta, aumentando consumo de leguminosas, como feijão e soja, e carnes vermelhas fígado , afirma a nutricionista do MinhaVida, Karina Gallerani.

Mas há casos em que a dieta tem pouco efeito. Na entrevista abaixo, a hematologista Regina Basioli dá mais detalhes da síndrome, fala sobre os casos em que a prevenção é possível e identifica os tratamentos mais eficientes.

1. Que tipos de anemia existem?
Existem diferentes tipos de anemias, por diferentes causas. A anemia causada por deficiência de ferro responde por 95% dos casos, mas também há a anemia megaloblástica (por deficiência de ácido fólico ou vitamina B12); anemia da doença crônica (quando outras doenças levam ao problema); anemia hemolítica (quando ela surge existe por destruição do glóbulo vermelho) e muitas outras.

2. Há algum fator de risco para o problema?
Sim, a condição genética é um deles e a alimentação inadequada é outro.

3. O comportamento da mãe, na gravidez, pode trazer problemas futuros desse tipo ao filho?
Sim. É necessária uma reposição vitamínica durante a gravidez, evitando não só a anemia mas inúmeros problemas. A natureza protege o feto, mesmo em mães desnutridas, mas esta compensação tem um limite.

4. Só a alimentação basta para controlar o problema?
Dependendo da causa, do tipo e do grau da anemia, não. Mas a alimentação corrige e evita muitos casos de anemia por deficiência de ferro ou de vitamina B12.

5. Como deve ser feita a prevenção?
Podemos prevenir aquelas anemias dependentes de uma alimentação adequada, ou seja, as anemias causadas pela falta de ferro e vitamina B12. Comendo de tudo um pouco, incluindo legumes, verduras, frutas e carne vermelha, não há porque se preocupar (a não ser que exista uma doença de base que evite a absorção das vitaminas).

6. Anemia é doença? Além da falta de ferro, outros fatores podem causá-la?
Anemia não é doença, é uma síndrome em conseqüência de algum comportamento inadequado ou de alguma doença.

7. O problema é mais comum pela carência ou por dificuldades de absorção do mineral?
Sem dúvida alguma, pela carência do ferro, em 95% dos casos.

8. Como é o tratamento em cada um dos casos?
Cada tipo de anemia tem um tratamento específico. De forma geral, eles se baseiam em reativar o número de glóbulos vermelhos circulantes, para um melhor transporte de oxigênio. Isso pode variar desde simples reposições de sulfato ferroso via oral até tratamentos mais elaborados, intra-hospitalares.

9. O que pode ocorrer se o problema não for tratado?
Uma piora do quadro geral do paciente, com cansaço progressivo e aos mínimos esforços, com déficit de oxigenação no organismo, causando danos diversos, desde problemas cardíacos até neurológicos.

10. Além dos sinais na pele, que outros sintomas podem existir?
Cansaço progressivo, queda de cabelos e unhas quebradiças falam a favor da deficiência de ferro. Mas o diagnóstico efetivo deve ter comprovação laboratorial, com exames de sangue conduzidos e analisados por profissionais competentes.

11. Algum tipo de medicamento favorece a anemia?
As quimioterapias podem causar um período de anemia, que depois se normaliza. Exageros em medicamentos para emagrecer, como anfetaminas, podem, com o tempo, também levar à anemia.

12. Por que ouve-se falar mais de anemia em crianças? É raro encontrar adultos que sofram com ela ou o problema está no diagnóstico?
Os adultos também são bastante afetados e por todos os tipos de anemia. O foco concentra-se mais nas crianças devido à importância da necessidade de educação populacional para com os cuidados na infância, evitando a anemia, que pode acarretar problemas futuros nos jovens que não são tratados.

Fonte Minha Vida

Conheça oito exercícios que combatem a hipercifose

Corcunda nas costas pede fortalecimento dos músculos e alongamento do peito

Muitas pessoas sofrem com a "corcundez", também chamada por muitos de cifose. Mas a verdade é que, quando a coluna sofre essa deformidade, o nome dado é hipercifose, ou cifose dorsal aumentada. Isso porque a cifose dorsal é uma curvatura normal da coluna, e só quando é aumentada - o que acontece quando os ombros são projetados para frente, curvando o corpo -, pode ser considerada um problema.

Para resolvê-la, é possível recorrer à RPG (Reeducação Postural Global) ou até mesmo a alguns exercícios da academia. O que não é aconselhável, alerta o fisiatra Marco Franzoi, da Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABRR), é exagerar na carga de peso, nem ficar muito tempo na mesma posição - como acontece, por exemplo, com pessoas que trabalham em frente a um computador.

Confira os exercícios que ajudam a endireitar a coluna e combater a hipercifose. 

  • aeróbicos - Getty Images
  • Nado de costas - Getty Images
  • Remo - Getty Images
  • Flexões - Getty Images
  • Voador - Getty Images
  • RPG - Getty Images
  • Pilates - Getty Images
  • Espreguiçar-se - Getty Images
 
aeróbicos - Getty Images

Exercícios aeróbicos em geral

Uma das consequências da hipercifose é a respiração inadequada. O fisiatra Marco Franzoi explica que a capacidade respiratória dos portadores dessa anomalia é menor, já que o pulmão não se expande adequadamente durante a respiração por causa dos ombros projetados para frente. Os exercícios aeróbicos podem ajudar a combater essa dificuldade, pois aumentam a capacidade respiratória do indivíduo, o que leva a uma melhoria na postura. Como a gama de exercícios é vasta, é importante escolher um de seu agrado. Entre eles, Franzoi destaca a caminhada, bicicleta e natação. 

Fonte Minha Vida

Sete mudanças de hábito que contribuem para baixar o colesterol

Escolher peixe em vez de carne, por exemplo, pode mudar o rumo da doença

Embora a palavra colesterol tenha adquirido um sentido pejorativo, ele é um tipo de gordura indispensável para o funcionamento do nosso metabolismo e está presente em todas as células do corpo. O problema é que existem dois tipos de colesterol: o HDL, chamado comumente de bom colesterol, e o LDL, o colesterol ruim. Em excesso, este último pode gerar diversas complicações para a saúde cardiovascular, podendo até levar à morte. Para evitar esses problemas, o Minha Vida reuniu sete dicas de hábitos que ajudam a prevenir ou - para aqueles que já receberam o diagnóstico - controlar a doença. Confira:

  • Azeite de oliva - Foto Getty Images
  • Peixe - Foto Getty Images
  • Exercícios - Foto Getty Images
  • Fibras - Foto Getty Images
  • Cigarro - Foto Getty Images
  • Aveia - Foto Getty Images
  • Soja - Foto Getty Images
Azeite de oliva - Foto Getty Images
Optar pelo azeite de oliva
Embora seja calórico, com recomendação diária máxima estipulada em duas colheres de sopa, o azeite de oliva não só ajuda a diminuir o mau colesterol (LDL) como ainda aumenta o bom colesterol (HDL), explica o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, do Hospital do Coração (Hcor), de São Paulo. Isso ocorre graças aos antioxidantes, como as gorduras monoinsaturadas e a vitamina E presentes no alimento.

Mas, apesar de fornecer esses e outros benefícios, como a capacidade de controlar o diabetes tipo 2, o azeite não deve ser a primeira opção na hora de preparar alimentos fritos. Neste caso, o mais recomendado é usar o óleo de soja, uma vez que ele mostra mais resistência à formação de compostos tóxicos quando aquecido.

Fonte Minha Vida

Dicas para ter sucesso na carreira profissional


Existem alguns conselhos que são básicos para se destacar no mercado profissional.

A concorrência cada vez mais acirrada seleciona apenas os que estão bem preparados, por isso é essencial estar atento a alguns pontos que podem garantir um bom futuro para sua carreira. Elencamos aqui algumas dicas que consideramos importantes para alcançar o tão sonhado sucesso na profissão:

Leia muito e faça cursos para aperfeiçoar seus conhecimentos profissionais
Conhecimento nunca é demais e se for aplicado à sua área de trabalho especificamente pode ajudar muito no desenvolvimento de sua carreira. É importante também adquirir
conhecimento geral de negócios para conseguir entender o meio em que você está se inserindo como profissional.

Entenda o Marketing da sua marca
Você tem que ir além do conhecimento sobre o seu produto e tem que entender o marketing que envolve a marca dele. Saber como trabalhar com isso é, com certeza, um grande diferencial que você terá diante dos outros concorrentes. Poucos preocupam-se em entender como o mercado funciona na sua área e isso é essencial para uma empresa obter resultados.

Tenha metas e objetivos
Quando você sabe onde quer chegar, fica mais fácil traçar o caminho até lá. Metas são grandes incentivos para a sua evolução e estimulam seu trabalho. Mas cuidado para não escolher metas muito utópicas, porque elas podem trazer frustrações. O ideal é ter objetivos a médio prazo, já que assim, conforme você atinge essas pequenas metas, ganha motivação para buscas as outras maiores.

Networking
Cultivar bons contatos profissionais é sempre um ótimo conselho para quem está construindo uma carreira. Procure sempre ajudar seus companheiros de trabalho, porque eles dificilmente se esquecerão disso e, quando você estiver precisando de emprego ou de uma promoção, esse networking terá muito valor.
Saiba ouvir

Uma das qualidades mais importantes de um profissional que deseja ter sucesso na carreira é saber ouvir. Dê atenção aos conselhos do seu chefe, às correções, às críticas e também aos elogios. Isso vai ajudar você a evoluir no seu trabalho e vai mostrar ao seu chefe que você sabe reconhecer eventuais erros para poder melhorá-los.

Essas são apenas algumas dicas que podem ajudar na construção de um bom futuro profissional. Não existe receita exata que garanta seu sucesso, mas cultivar essas características com certeza é um ótimo começo.

Universidade suíça cria detector de problemas cardíacos

Doenças cardiovasculares são responsáveis por 1/3 das mortes do mundo

A universidade tecnológica suíça EPFL anunciou nesta terça-feira (18) ter criado um sistema eletrônico que detecta problemas cardíacos instantaneamente e repassa as informações para o médico via telefone celular.
O sistema inclui pequenos detectores que são usados pelo paciente, e que acompanham o ritmo cardíaco em tempo real.

Em caso de anomalia, "informações diferentes são enviadas para o smartphone do paciente e, em seguida, transmitidas por SMS ou e-mail para a equipe médica, que poderá tomar as providências cabíveis".

"O sistema permite a obtenção de informações precisas e confiáveis. É equipado com uma bateria que pode durar até quatro semanas", informou o professor David Atienza.

O sistema também "garante a análise automática das informações" e sua "transmissão em um formato condensado para o médico."

As doenças cardiovasculares são responsáveis por um terço das mortes que ocorrem no mundo.

Fonte R7

Autoridades querem esterilizar 300 mil macacos no norte da Índia

As autoridades do estado de Himachal Pradesh, na Índia, afirmaram nesta terça-feira que vão esterilizar os macacos da região para controlar a superpopulação de símios, oferecendo 7,50 euros por cada animal capturado.

O governo regional informou que tem como objetivo esterilizar 200 mil dos cerca de 300 mil macacos que vivem no estado.

"Vamos revisar essa ameaça dos macacos com maior eficácia por meio da criação de 25 centros de esterilização em todo o estado. Estes centros estarão equipados com profissionais altamente qualificados", disse o governo em comunicado.

Em estados fundamentalmente agrícolas, como Himachal Pradesh, os camponeses costumam direcionar sua ira contra os macacos e outros animais selvagens, já que estes são os principais responsáveis por estragos em suas colheitas.

Há um ano, as autoridades desta região anunciaram que tinham esterilizado quase 23 mil macacos, medida que, para desespero dos agricultores locais, não proporcionou nenhum resultado efetivo.

A falta de sucesso da iniciativa fez com que o parlamento autorizasse sua caça. No entanto, a decisão acabou não agradando muitas pessoas, já que o macaco faz parte de uma lista de animais - junto com o urso, o touro, o tigre, a pantera e o leão - que representam divindades hindus e estão protegidos por lei.

Fonte R7

Autoridades de 110 países discutem relação entre saúde e pobreza no Rio

Ministros e autoridades de 110 países discutirão a partir desta quarta-feira no Rio de Janeiro a relação entre saúde, pobreza e desigualdade social em um congresso inédito da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Conferência Mundial sobre os Determinantes Sociais da Saúde, a primeira organizada sobre este tema, reunirá até sexta-feira a diretora-geral da OMS, Margaret Chan; altos executivos de outros organismos da ONU e cerca de 900 participantes, incluindo analistas e acadêmicos.

Este é o primeiro evento global promovido pela Comissão de Determinantes Sociais da Saúde da OMS, organização criada em 2005 para pesquisar os fatores não biológicos que influenciam na propagação de doenças.

Dentro dos chamados determinantes sociais da saúde estão incluídos a posição econômica, a classe social, a raça, o sexo, o grau de educação, as condições de moradia e emprego, além de fatores psicossociais e de comportamento.

Os organizadores da Conferência pretendem que os três dias de debates sejam resumidos em uma declaração final com propostas concretas aos governos mundiais para melhorar a saúde da população por meio da redução das desigualdades e da universalização dos serviços médicos públicos.

"Com investimentos modestos na redução das desigualdades sociais conseguiríamos uma melhoria substancial na saúde", afirmou à Agência Efe o médico Paulo Buss, diretor de Relações Internacionais da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), uma das instituições envolvidas na organização da Conferência.

Buss disse que no evento será mostrada a relação direta entre a falta de equilíbrio social e a deterioração da qualidade da saúde pública, o aumento da mortalidade infantil e até uma maior incidência de câncer por falta de exames.

Um exemplo claro da relação nociva dessas desigualdades é a enorme diferença na expectativa de vida registrada em algumas cidades de países industrializados.

No caso da cidade escocesa de Glasgow, a expectativa de vida varia 28 anos entre os bairros mais ricos e os mais pobres, de acordo com um estudo citado pelo pesquisador.

"Estudos indicam que a mortalidade infantil diminui drasticamente com o simples fato de instalar água potável nas casas", citou Buss em outro exemplo.

A Conferência tratará questões polêmicas como a divisão global da riqueza, a propriedade intelectual dos remédios e a concentração das indústrias farmacêuticas nos países desenvolvidos, com as consequências econômicas e sanitárias que isso representa para as nações pobres.

Os debates também vão girar em torno de eixos temáticos, como as práticas aconselháveis para um bom governo, as negociações internacionais na área da saúde e a supervisão constante das políticas sanitárias para que sejam aplicadas corretamente tanto em nível nacional como local.

Na Conferência serão mostradas ainda experiências nacionais bem-sucedidas para a redução das desigualdades sociais e de aplicação de políticas públicas para a saúde.

Fonte R7

Alcoolexia: Mulheres jovens evitam refeições para beberem mais

Fenômeno apelidado de "alcoolexia" está afetando milhares de estudantes

De acordo com cientistas, mulheres jovens estão com o hábito de pular algumas refeições para que elas possam consumir mais álcool. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

O fenômeno, apelidado de "alcoolexia", está afetando milhares de estudantes do sexo feminino que estão desesperadas para ficar com o corpo perfeito, dizem os pesquisadores.
Uma equipe da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, agora vai destacar os perigos de cortar calorias combinada com excesso de bebida, inclusive a longo prazo, como problemas cognitivos e danos a órgãos vitais.

Em um estudo, apresentado na Sociedade de Pesquisa sobre alcoolismo no início deste ano, os cientistas investigaram a relação entre abuso de álcool e a forma "desordenada" de comer, incluindo a restrição calórica.

A pesquisa feita com 1.000 estudantes universitários revelou que 25% das mulheres e 11% dos homens restringem calorias para poder beber um pouco além.

Outros motivos para restringir a ingestão de alimentos antes de beber álcool são ficar bêbado mais rápido e economizar dinheiro, principalmente sob a pressão dos amigos.

Victoria Osborne, professor assistente de serviço social e de saúde pública, enfatizou o cognitivo perigoso, consequências comportamentais e físicas.

- Privar o cérebro de uma nutrição adequada e consumir grandes quantidades de álcool pode ser perigoso. Juntos, eles podem causar, a curto e longo prazo, problemas cognitivos, incluindo dificuldade de concentração, estudar e tomar decisões.

Houve também um maior perigo de violência, comportamento sexual de risco, intoxicação por álcool, abuso de substâncias e doenças crônicas na vida adulta, segundo Victoria.

Dos entrevistados, mais de duas vezes as mulheres foram maioria em relatar o envolvimento na “alcoolexia "em comparação aos homens.

Um dos professores da Universidade, o professor Osborne, disse que é importante que os jovens compreendam os riscos desse comportamento.

- Nós ensinamos os estudantes universitários sobre os perigos do consumo excessivo de álcool, mas a maioria deles não considera as consequências a longo prazo sobre a saúde de comer desordenado e beber pesado, sozinho ou combinado.

Um pequeno copo de 150ml de vinho branco pode conter de 150 a 170 calorias, enquanto um grande copo de vinho - com cerca de 250ml - pode conter tantas calorias como um almoço.

Um tiro de vodka pode conter cerca de 100 calorias, enquanto um litro de cerveja pode conter 250 calorias.

Fonte R7

Clínica canadense faz endoscopia sem cuidados e coloca pacientes em risco de contato com vírus da Aids

Inspeção mostra que o local fez milhares de exames sem cuidados necessários


Até 6.800 pessoas correram o risco de exposição ao vírus da Aids e à hepatite em uma clínica de Ottawa, no Canadá, durante a última década, informaram as autoridades de saúde canadenses nesta segunda-feira (17).
O diretor de Saúde Pública da capital do Canadá, Isra Levy, anunciou no final de semana que uma inspeção realizada na primavera descobriu instrumentos médicos sem a devida profilaxia em uma clínica não identificada.

Nesta segunda-feira (17), após críticas sobre a falta de informação envolvendo o caso, Levy disse em entrevista coletiva que trata-se de uma clínica situada no leste de Ottawa, dirigida por Christiane Farazli, que realizava endoscopias, incluindo colonoscopia.

- Esses exames já não ocorrem na clínica, que permanece em funcionamento.

As autoridades enviaram cartas a cerca de 6.800 pacientes que foram submetidos a processos endoscópicos entre abril de 2002 e junho de 2011, pedindo que realizem testes de HIV e hepatite.

- A Direção de Saúde Pública de Ottawa acredita que há um pequeno risco de que os pacientes tenham sido expostos à hepatite B, hepatite C e ao vírus da Aids durante os exames. Mas o risco de infecção é inferior a um para um milhão no caso de hepatite B, de um para 50 milhões no caso de hepatite C, e de um para 3 bilhões para HIV.

Fonte R7

Investimentos: Grupo farmacêutico Novartis construirá fábrica de vacinas no Brasil

Tuberculose vacina
Uma das vacinas será a que combate a meningite cérebro-espinhal epidêmica

O grupo farmacêutico suíço Novartis investirá US$ 300 milhões de dólares no Brasil para construir uma fábrica que produzirá vacinas contra o meningococo B, causador sobretudo da meningite cérebro-espinhal epidêmica, que criará uma centena de empregos, informou o grupo nesta terça-feira (18).

- A construção no Brasil da primeira fábrica de biotecnologia em escala industrial é o maior investimento da Novartis no país até agora.

Essa operação "apoia o objetivo do governo [brasileiro] de atrair tecnologia de ponta, aumentar a produção local e reduzir a dependência externa.

A fábrica, que será construída em Pernambuco, vai produzir para o Brasil e para a exportação três proteínas recombinantes destinadas à vacina da Novartis contra o meningococo B, um micro-organismo, em forma de diplococo, que é a causa de diversas doenças e principalmente da meningite cérebro-espinhal epidêmica.

Com o tempo, essa fábrica pode produzir outras vacinas que estão sendo desenvolvidas, segundo o comunicado divulgado pela empresa.

A construção da fábrica empregará 120 pessoas e ela deve ser finalizada em 2014.

Fonte R7

Portugal: Prótese de Diogo está em risco

Diogo, o menino de dois anos, natural de Caminha, que nasceu sem a mão direita, está em risco de não receber a prótese que lhe pode dar mobilidade. O objectivo das 18 toneladas de tampinhas aumentou para 46 porque o preço do plástico baixou. A mãe do menino está indignada.

 
A campanha de recolha de tampinhas para ajudar a financiar a prótese de Diogo arrancou em Abril. Com a solidariedade de portugueses e galegos, rapidamente se alcançou o objectivo das 18 toneladas. Mas se até agora a empresa de reciclagem Ceinop, da Póvoa de Varzim, pagava 450 euros por tonelada, actualmente paga 200 euros. O preço do plástico baixou, e assim baixou o montante que a Ceinop entrega para pagar a prótese. O que significa que a mão mioeléctrica, afinal, não está paga na totalidade. "Não sei como vai ser", disse ao CM Elisabete Farinhoto, mãe do menino. Hoje, Elisabete vai reunir-se com a Ceinop para tentar resolver a situação. Já a empresa pretende ter uma solução esta semana.

Diogo, que nunca usou prótese, já tinha experimentado em Setembro a mão mioeléctrica, na Clínica Padrão Ortopédico, em Matosinhos. A entrega final da prótese estava agendada para este mês.

Fonte Correio da Manhã

Portugal: Barco de socorro parado há meses

A embarcação de socorro ‘Ria Solidária’, que serve as ilhas Barreira e ilhotes da Ria Formosa, esteve em manutenção durante seis meses e, quando finalmente foi arranjada, em Junho, a extinção do governo civil deixou-a sem tutela. O Ministério da Administração Interna (MAI) tem a palavra.

 
"Neste momento estamos à espera que o MAI esclareça a quem pertence a tutela do barco", disse ao CM Macário Correia, presidente da Câmara de Faro, organismo que contribuiu com três mil euros para o arranjo do barco-ambulância. Isto porque, a embarcação, apesar de pertencer ao governo civil, estava entregue aos bombeiros de Faro. O autarca garante que o socorro dos habitantes das ilhas "está a ser completamente assegurado pela Marinha".

Adquirido em 2008, pelo governo civil, o barco foi cedido aos bombeiros de Faro, mas a necessidade de manutenção e uma dívida aos fornecedores deixou-a em terra durante seis meses. Em finais Junho e já com a Marinha pronta a tripular a embarcação, a extinção do governo civil, no mês seguinte, deixou novamente o ‘Ria Solidária’ em terra.

"Houve um protocolo em cima da mesa, mas entretanto não houve qualquer avanço", admitiu ao CM Marques Ferreira, comandante da Autoridade Marítima do Sul, realçando que a Marinha continua disponível a colaborar assim que a situação estiver desbloqueada.

Contactado pelo CM, o MAI não prestou qualquer esclarecimento até ao fecho da edição.

Fonte Correio da Manhã

Portugal: Leucemia mata Matias


Matias, o menino de oito anos a quem foi diagnosticada, em 2009, leucemia linfoblástica aguda, morreu anteontem à tarde, no Instituto Português de Oncologia do Porto.

O funeral realizou-se ontem de manhã. "Depois do transplante, em Agosto, o Matias começou a piorar. Recentemente surgiu uma complicação muito grave, que o levou à morte", contou ao CM o pai do menino, Gonçalo Manahu, abalado com a imensa perda. O dador de medula compatível que permitiu o transplante era do Alasca (EUA).

Fonte Correio da Manhã

Portugal:Primeira múmia em três mil anos


Aian Billis, taxista britânico de 61 anos, morreu de cancro, em Janeiro. Antes de falecer, respondeu a um anúncio num jornal que pedia um doador de corpo para mumificar. Após a morte, a família concordou com o processo, e o ‘Daily Mail’ publicou ontem as fotos do primeiro cadáver mumificado em três mil anos, que antecedem o programa do Channel 4 a exibir no final do mês.

Fonte Correio da Manhã

Portugal: Investigador português estuda aumento da eficiência dos medicamentos no organismo

Um investigador da Universidade do Algarve está a desenvolver um novo tipo de nano contentores capazes de transportar medicamentos dentro do corpo humano, evitando que se degradem no estômago e libertando-os apenas no local onde devem actuar.

José Paulo da Silva, do Centro de Investigação em Química do Algarve (CIQA), disse à agência Lusa que os novos contentores, centenas de milhões de vezes mais pequenos do que o metro, permitem proteger as moléculas no seu interior, possibilitando um aumento da eficiência do medicamento com menor quantidade de substância activa.

Os nano contentores medem alguns nanómetros, sendo o nanómetro uma unidade de medida microscópica mil milhões de vezes mais pequena do que o metro linear.

“Se encapsularmos a substância activa dentro dos nano contentores e eles protegerem a molécula durante a sua passagem vai ficar disponível maior quantidade dessa substância activa, o que permite que se tome muito menor quantidade de medicamento”, explicou.

O especialista, que está a colaborar com várias universidades espanholas e norte-americanas, precisou que os nano contentores já são usados para o transporte de medicamentos, mas trata-se agora de “um novo tipo de transporte”, que permitirá alargar o espectro de medicamentos susceptíveis de ser encapsulados.

Os nano contentores de gerações mais velhas baseiam-se nas reacções dos compostos ao contacto com a água, enquanto os que agora são estudados reagem às diferenças de acidez (ph) nos vários locais do corpo.

“Ao atravessar o estômago, que tem um pH relativamente baixo, se a molécula tiver tendência para se proteger do pH indo para dentro do contentor, ele protege-a. Uma vez saída do estômago, com a subida do pH, ela poderá sair do contentor e desempenhar a sua acção. Tudo depende do mecanismo que faz com que a molécula entre e saia do contentor”, explicou.
Além dos usos clínicos, os nano contentores agora em estudo poderão ter outras utilizações, tais como a fabricação de novos materiais e, até, o controlo da natalidade nas aquiculturas.“Os peixes são capazes de detectar substâncias dissolvidas na água. Se pusermos cápsulas na água, algumas dessas substâncias entram para dentro dessas cápsulas e o peixe deixa de ter a percepção de que o composto existe na água. Isto é uma maneira de controlar o comportamento do animal. Se forem essas as substâncias que desencadeiam a reprodução, por exemplo, os peixes deixam de se reproduzir por um período, o que pode ter interesse para controlo da natalidade”, explicou o cientista.

A investigação em curso na Universidade do Algarve também trabalha o comportamento das nano cápsulas como catalisadores, que permitem acelerar reacções e obter compostos difíceis ou impossíveis de obter de outro modo.

As novas nano-cápsulas poderão ainda ser utilizadas na bioquímica e na biologia e também em ciências do ambiente, energia e ciências dos materiais, ou seja, “em qualquer aplicação que tire partido do armazenamento de compostos chave nestes nano contentores”, acrescentou José Paulo da Silva.

O trabalho do CIQA desenvolve-se em parceria com as universidades norte-americanas de Columbia, Dakota do Norte e Miami e as universidades espanholas de Huelva e Santiago de Compostela.

Fonte Destak
</