Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Veja testes que já não exigem cobaias e aqueles em que são necessárias

A Universidade de Osaka, no Japão, divulgou nesta terça-feira (21) a foto de um camundongo transgênico que gorjeia como um passarinho. Pesquisadores da Faculdade de Biociências de Suita, no oeste do país, modificaram geneticamente a cobaia em uma experiên (Foto: Universidade de Osaka / AFP)
Foto: Universidade de Osaka / AFP
Métodos alternativos às cobaias estão em desenvolvimento,
mas  ainda não são capazes de substituir totalmente
o uso dos animais
Cientistas dizem que fim de testes com bichos é projeto de longo prazo. Brasil tem projeto para produzir pele a ser usada em pesquisas
 
A invasão, na última semana, do Instituto Royal, em São Roque (SP), por ativistas que levaram do local cães e coelhos usados em testes levantou a polêmica sobre a necessidade do uso de bichos em experimentos.
 
A ciência tem se esforçado para reduzir e, na medida do possível, eliminar o uso de animais em pesquisas biomédicas, em testes de segurança de produtos e no ensino e treinamento de estudantes.
 
A maioria das instituições de pesquisa busca seguir, ao utilizar as cobaias, uma linha de princípios conhecida como "3R" - sigla que se refere aos termos em inglês replacement, reduction e refinement - ou "substituição, redução e refinamento", em português.
 
Enquanto ativistas que lutam pelos direitos dos bichos pedem o banimento do uso de cobaias alegando existirem alternativas eficazes para substituí-las, cientistas ouvidos pelo  G1 afirmam que a substituição total dos testes em animais ainda está longe de se tornar realidade.
 
O G1 recorreu a especialistas e a instituições cujos trabalhos estão voltados para as questões éticas envolvendo os testes com animais para traçar um panorama de quais são os testes que, atualmente, já podem ser feitos sem animais, e quais ainda dependem das cobaias para a obtenção de resultados seguros.

Olhos e pele
Testes que buscam identificar a ação de medicamentos ou produtos cosméticos na pele ou nos olhos já possuem métodos validados que substituem o uso de animais.

Para avaliar a irritação cutânea e a corrosividade de determinada substância em contato com a pele, não são mais necessários testes que expõem coelhos ou outras cobaias ao produto. Esses estudos podem ser feitos em pele humana reconstituída, ou seja, tecidos produzidos em laboratório por meio de cultura de células.

De acordo com o pesquisador Octavio Presgrave, coordenador do Centro Brasileiro de Validação de Métodos Alternativos (Bracvam), a aplicação desse método ainda apresenta um obstáculo no Brasil: o material utilizado na produção da pele reconstituída é importado e tem validade de apenas uma semana.
 
Segundo Presgrave, o país já trabalha no desenvolvimento de um modelo brasileiro de pele reconstituída. Foi o primeiro projeto voltado exclusivamente para a substituição do uso de testes animais a receber apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Testes de permeação cutânea, que avaliam a capacidade de determinado produto penetrar na pele, também podem funcionar com um sistema in vitro, ou seja, que envolve apenas a análise de células em laboratório e não o animal vivo.

Experimentos de irritação dos olhos apresentam alternativas que substituem parcialmente o uso de animais. Em vez de submeter o animal vivo ao depósito de grandes quantidades da substância em seus olhos, é possível utilizar olhos de bois ou de galinhas que já foram abatidos para a alimentação.
 
Temperatura
De acordo com a organização britânica “Fundo para a Substituição de Animais em Experimentos” (Frame, na sigla em inglês), outro teste alternativo disponível é o que avalia se determinado produto é capaz de provocar o aumento da temperatura corporal. Se antes a única possibilidade era o uso de coelhos, hoje existe uma tecnologia para realizar esse experimento no sangue de voluntários humanos.

Ainda segundo a Frame, testes de fototoxicidade, que verificam se o produto torna-se prejudicial quando a pele é exposta ao sol, também podem ser feitos sem o uso de cobaias vivas. Nesse caso, uma cultura de células de camundongos é exposta ao produto e à luz ultravioleta.
 
Testes virtuais
Modelos computacionais também podem substituir animais em testes para verificar a toxicidade de uma substância ou de que maneira ela será metabolizada pelo organismo. Isso pode ser feito pela análise de moléculas por programas de computador que permitem compará-las com dados referentes a outras moléculas. “São modelos de predição muito úteis quando se começa a pesquisa. Daí, parte-se para os métodos in vitro e, quando se usa o animal, ele não tem grande risco de ser exposto a substâncias muito tóxicas”, diz Presgrave.

Alternativas ainda mais ambiciosas, como a simulação do funcionamento de um órgão completo, estão em desenvolvimento pelo "Instituto Wyss de Engenharia Inspirada pela Biologia", ligado à Universidade de Harvard. O instituto desenvolve microchips capazes de simular a reação dos órgãos humanos a determinados produtos ou microorganismos. Segundo Presgrave, porém, a alternativa ainda não está disponível no país.

Ensino
O médico veterinário Marcelo Winstein Teixeira, membro da Comissão de Ética, Bioética e Bem-Estar Animal do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), observa que uma das áreas em que a substituição do animal tem ocorrido com sucesso no Brasil é a do ensino. Se antigamente universidades recorriam com mais frequência ao sacrifício de animais para a observação e prática de técnicas, hoje existem alternativas como vídeos, simuladores e ferramentas de realidade virtual disponíveis para os estudantes.

Animais ainda são indispensáveis
Enquanto a adesão a essas alternativas citadas é capaz de substituir o uso de animais em determinadas situações, os bichos ainda são imprescindíveis para demonstrar os efeitos do produto no organismo vivo como um todo, de acordo com os pesquisadores.

A médica veterinária Denise Fantoni, presidente do Comitê de Ética em Experimentação da Faculdade de Medicina Veterinária da USP, exemplifica: “Imagine que se está testando um fármaco para pressão arterial. Como o pesquisador vai avaliar esse efeito em um tecido, em uma célula? É preciso ter o organismo todo para saber se aquilo vai ser tóxico para outros órgãos”.
 
Organismos inteiros
Segundo a pesquisadora Ekaterina Akimovna Botovchenco Rivera, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório (SBCAL), métodos alternativos ainda não são capazes de simular a interação de todos os sistemas de um organismo vivo. Determinado fármaco que tem como alvo o fígado, por exemplo, pode trazer efeitos colaterais nos rins ou nos pulmões.

Cães da raça beagle passam por exames em clínica veterinária nesta tarde de sexta-feira (18) em São Roque. (Foto: Jardiel Carvalho/Frame/Folhapress)
Foto: Jardiel Carvalho/Frame/Folhapress
Beagle retirado do Instituto Royal

“Essas alternativas ao uso de animais são ferramentas que nos ajudam nas primeiras etapas da pesquisa. Mas chega um momento em que é preciso ter o organismo vivo”, diz Ekaterina.

Mesmo na indústria cosmética, que é alvo frequente de campanhas internacionais que demandam o fim da experimentação em animais, ainda há testes que não podem ser feitos sem cobaias.
 
Reprodução
De acordo com o biólogo Frank Alarcón, representante no Brasil da organização Cruelty-Free International, que apoia o banimento total dos testes animais em cosméticos, ainda não existem instrumentos para avaliar o efeito de determinado produto na reprodução humana sem o uso de animais, por exemplo. “Reproduzir um sistema complexo como o gestacional ainda é um desafio, mas também é um desafio descobrir se o sistema gestacional de um camundongo equivale ao do ser humano”, diz.

Em março deste ano, a União Europeia anunciou o banimento total da comercialização de produtos cosméticos testados em animais. “Alguns testes não podem ser feitos sem animais. Ainda assim, a União Europeia entende que somente através da proibição total, empurra-se a comunidade cientifica a desenvolver métodos alternativos”, completa Alarcon.
 
Segundo Presgrave, a eliminação total do uso de animais em pesquisa é o objetivo final de órgãos como o Bracvam. Porém, o projeto pode levar ainda muitos anos para ser concretizado, já que todas as alternativas devem ser validadas cientificamente.

G1

Estado admite que faltam leitos para pacientes com câncer em Alagoas

Idoso vai ficar na Única até quando for necessario (Foto: Fabiana De Mutiis/G1)
Foto: Fabiana De Mutiis/G1
Idoso precisou ir para uma ONG, já que Estado não tinha vagas
Segundo Defensoria Pública, pacientes sequer fazem biópsia em hospitais. Estado de saúde de enfermos se agrava devido a 'jogo de empurra'
 
A Secretaria de Saúde do Estado de Alagoas (Sesau) admitiu que não há leitos suficientes para pacientes com câncer no estado. A informação foi repassada à Defensoria Pública em documento obtido com exclusividade pela reportagem do G1. A carência acarreta em danos severos à saúde de quem precisa de tratamento adequado, como o idoso José Amaro da Silva, 71, que ficou dois dias no Hospital Geral do Estado (HGE) sem atendimento médico e com uma ferida aberta proveniente do câncer de boca.
 
Apesar do caso do agricultor ser recente, o problema é antigo, segundo o defensor Público Ricardo Melro. “Em agosto de 2011, 15 pacientes estavam na unidade aguardando vagas para serem transferidos para outros hospitais. Em maio deste ano, mais de dez pacientes estavam na mesma situação”, disse.
 
Em Maceió há apenas três hospitais que possuem Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), locais onde devem ser tratados pacientes com este tipo de patologia. São eles: Hospital Universitário, Santa Casa de Misericórdia e Hospital do Açúcar que atende apenas casos pediátricos.
 
Já em Arapiraca há dois: Hospital Afra Barbosa e o Complexo Hospitalar Manoel André (Chama).
 
De acordo com Melro, por lei, pacientes que sofrem com a patologia devem ser encaminhados para estes centros especializados onde receberão atendimento médico adequado. O problema é que os municípios encaminham estes pacientes ao HGE e depois o hospital não consegue transferência, como foi o caso de Amaro, que precisou ser acolhido por pela Unica, uma ONG que sofre com a lotação, mas que se sensibilizou a situação.
 
“O município que encaminha estes pacientes para o HGE deve fiscalizar se eles foram transferidos para os Cacons e se recebem atendimento de um oncologista. A lei determina que a transferência deve ser feita em 24 horas, mas há uma paciente internada no HGE que aguarda atendimento desde o dia 6 de outubro”, disse Melro.
 
Ainda segundo o defensor público, o tratamento deve ser feito em até de 60 dias a partir do diagnóstico, mas, para fugir desta obrigação, os hospitais não realizam a biópsia. “Não fazer o diagnóstico é algo até infantil porque aqui em Alagoas a lei não sai do papel. Ainda descobri que durante os finais de semana sequer há quem atenda os pacientes, ou seja, não trabalham em plantão”, ressaltou.
 
No documento obtido pela reportagem do G1, o Estado alega que os Cacons e as Unacons [Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia] de Alagoas “não são suficientes para atender a demanda do Estado, que é crescente”.
 
Em documento encaminhado à Defensoria, Estado assume que leitos para oncologia são insuficientes (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Em documento encaminhado à Defensoria, Estado assume que leitos para oncologia são insuficientes
 
Consta no documento que “as biópsias são procedimentos com remuneração defasada. Cujos valores pagos não cobrem nem os custos com o material ou, quando hospitalizados, os custos operacionais”.
 
Melro destaca que foi feito um acordo para que o município não só fiscalize as unidades de atendimento como também forneça agulha para a realização da biópsia. “Se isso estivesse acontecendo, a situação não estaria desse jeito. Mais um acordo está sendo descumprido”.
 
O defensor público diz ainda que vai ingressar com uma ação civil pública neste mês contra o Estado e contra o Município para saber o motivo pelo qual o número de leitos destinos da pessoas com câncer ainda não foi expandido.
 
O Hospital Universitário, por meio da assessoria de comunicação, assume que tem falhas no atendimento porque não possui leitos e profissionais qualificados, mas diz que já está tomando medidas para suprir esta carência e que até o final do ano a situação vai estar normalizada.
 
Segundo o diretor técnico da unidade, Sebastião Praxedes, houve um acordo entre o Governo do Estado e o HU para que fosse repassada a verba de R$ 6,1 milhões a serem utilizados na criação de 18 leitos de oncologia (10 destinados a pacientes do HGE). Além disso, serão contratados 134 novos profissionais.
 
Enquanto as unidades sofrem com a falta de vagas, o Hospital do Açúcar, que até então só atende crianças com câncer, entrou com um pedido ao Ministério da Saúde para fornecer leitos a adultos. A Sesau informou que o credenciamento de unidades de saúde que desejam fornecer vagas, como é o caso do Hospital do Açúcar, compete apenas ao Ministério da Saúde. Mas esse posicionamento contradiz um regulamento do próprio Ministério.
 
“Tenho uma nota técnica fornecido pelo pessoal de Brasília que diz exatamente o contrário do que o Estado me passou. O documento explica que o credenciamento deve ser feito pela rede de saúde local e apenas a habilitação compete à esfera federal. Deve ser por razões como essa que a situação da saúde em Alagoas é tão deficiente”, disse Melro.
 
“Vou cobrar celeridade do Ministério Público explicando a situação aqui em Alagoas e mandarei ainda um ofício à Justiça, caso os municípios continuem não exigindo a transferência dos pacientes para os Cacons. A burocracia aqui virou um grande bode expiatório para quem quer resolver problemas e, enquanto isso, as pessoas ficam agoniando à espera de um atendimento que lhes é de direito ”, ressaltou o defensor público.
 
G1

Planos deverão oferecer prótese para incontinência após câncer de próstata

Bexiga e próstata entre a uretra (Foto: SKU/Science Photo Library/AFP)
Foto: SKU/Science Photo Library/AFP
Bexiga (acima) e próstata envolvendo o canal da uretra
ANS determina que tratamento esteja disponível a partir de janeiro de 2014. Perda de urina ocorre em até 10% dos casos de retirada total da glândula
 
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou que, a partir de janeiro de 2014, os planos de saúde do país ofereçam um esfíncter urinário artificial aos pacientes com câncer de próstata que fizerem cirurgia de remoção total da glândula e ficarem com incontinência urinária mesmo após um ano da operação. Até então, os homens com essa sequela precisavam entrar na Justiça para adquirir o direito à prótese.
 
Esse aparelho substitui a função do esfíncter natural, um músculo em forma de anel que envolve a uretra e controla a liberação da urina. Como ele fica quase "grudado" na próstata, pode acabar enfraquecido após a cirurgia.
 
Segundo o urologista Carlos Sacomani, do Hospital A.C. Camargo, entre 5% e 10% dos indivíduos que retiram totalmente essa glândula – exclusiva do sistema reprodutor masculino, localizada abaixo da bexiga e responsável por armazenar um fluido que compõe o sêmen – apresentam algum tipo de perda involuntária de urina, que pode ser leve, moderada ou grave.
 
"O esfíncter artificial é indicado para os casos mais sérios ou para aqueles que não responderam a tratamentos anteriores, como fisioterapia pélvica. Consideramos que um paciente grave é aquele que precisa usar fraldas ou mais de três absorventes higiênicos por dia para conter a urina", explica.
 
Em casos de cirurgia por hiperplasia benigna da próstata – quando há um aumento excessivo da glândula, podendo causar estreitamento da uretra e dificuldade para urinar –, o risco de incontinência depois da cirurgia é mais baixo: menos de 1%.
 
Sacomani diz que a incontinência não tem a ver com a idade do paciente nem com os procedimentos usados na cirurgia, mas com a anatomia da pessoa.
 
Na opinião do urologista Fabio Vicentini, do Hospital das Clínicas e do Centro de Referência da Saúde do Homem em São Paulo, a decisão da ANS é importante porque a incontinência urinária pode ser uma consequência da cirurgia, então "não faz sentido autorizar um tratamento e proibir o outro".
 
"Todo paciente que entrava na Justiça ganhava, mas isso podia levar anos, o indivíduo ficava perdendo urina, com a qualidade de vida e a rotina social comprometidas. Precisa agora ter isso nos hospitais públicos", diz. Até hoje, o Sistema Único de Saúde (SUS) não oferece esse tipo de tratamento.
 
 Exame de sangue ajuda a identificar alterações na próstata (Foto: Voisin/Phanie/AFP)
Como funciona o aparelho
O esfíncter artificial é uma prótese de silicone colocada em volta da uretra do paciente, que manuseia o aparelho por meio de uma "bombinha" hidráulica acondicionada no saco escrotal. Após ser colocado cirurgicamente, esse sistema a vácuo fica desligado por seis a oito semanas e, então, pode começar a ser usado.
 
"Quando precisa urinar, o homem aperta essa bombinha, que abre a uretra. Depois de 2 a 5 minutos, ela se fecha sozinha", diz Sacomani, que já introduziu o aparelho em mais de 80 pacientes desde 2001, com eficácia de até 90%.
 
No Brasil, um equipamento como esse – desenvolvido na década de 1980 – custa cerca de R$ 40 mil e é feito para durar a vida toda. Nos EUA, o preço gira em torno de US$ 8 mil.
 
Em geral, os pacientes atendidos têm entre 50 e 70 anos e levam uma vida ativa. Se descobrem o câncer de próstata, fazem a cirurgia e começam a apresentar incontinência urinária, acabam ficando muito ansiosos e psicologicamente abalados, afirma o urologista do A.C. Camargo.
 
"Mesmo assim, precisamos esperar um ano, que é o período em que o esfíncter normal pode voltar a funcionar. Passada essa fase, fazemos um exame em que enchemos a bexiga do paciente, colocamos uma sonda na uretra e pedimos para que a pessoa tussa, espirre ou faça algum esforço, para ver se há perda de urina", afirma. Além disso, o homem precisa responder a um questionário sobre sua qualidade de vida.
 
A cirurgia para colocação do esfíncter dura cerca de 1 hora e o paciente recebe alta no dia seguinte. Há risco de rejeição e infecção, embora baixo, e cerca de 15% dos casos precisam fazer algum tipo de revisão (como troca do aparelho) ou tratamento de alterações causadas por ele, como infecção urinária.
 
Por conta da incontinência urinária, muitos pacientes também deixam de ter uma vida sexual ativa – o que acaba melhorando com o esfíncter artificial. Este mês, ações em todo o mundo marcam o "Novembro Azul", campanha que alerta sobre a importância de prevenir o câncer de próstata.
 
G1

Pesquisadores criam aplicativo para pessoas com dor de cabeça crônica

Aplicativo foi criado por equipe de especialistas em dor de cabeça. (Foto: Dor de Cabeça App/Divulgação)
Foto: Dor de Cabeça App/Divulgação
Aplicativo foi criado por equipe de especialistas em
dor de cabeça
Ferramenta substitui diário de dor de cabeça em papel, com baixa adesão. Programa envia relatório ao médico com frequência de crises de paciente
 
Um dos princípios modernos do tratamento de dores crônicas é que o paciente tenha uma participação ativa na terapia, de acordo com o neurologista Ariovaldo Alberto da Silva Jr., do Ambulatório de Cefaleias do Serviço de Neurologia do Hospital das Clínicas da UFMG. No caso das dores de cabeça crônicas, é fundamental que o paciente mantenha um diário para registrar a frequência com que as crises aparecem e quais foram os fatores desencadeantes.

Os médicos especializados no tratamento de cefaleias costumam pedir que o paciente leve consigo um diário de dor de cabeça, em que devem anotar diariamente essas informações. Diante da resistência dos pacientes em carregar esse caderno, um grupo de neurologistas de Belo Horizonte resolveu criar um aplicativo para celular que pudesse desempenhar essa função.

“O diário em papel tinha folhas enormes, e o paciente, quando melhorava, parava de usar. E às vezes essa é a hora em que a gente mais precisa das informações, para melhorar a evolução”, diz Silva Jr. “Percebemos que aquilo tinha um aspecto simbólico de o paciente ficar aprisionado no papel. Com o aplicativo não, é apenas mais um que está no celular, como vários outros para gerenciar seu cotidiano.”
 
O aplicativo, chamado simplesmente “Dor de Cabeça”, foi desenvolvido por um time de especialistas de instituições como a Santa Casa de Belo Horizonte e o Hospital das Clínicas da UFMG, do qual Silva Jr. faz parte. Ele apresentou o programa, que foi criado há cerca de um ano, em uma mesa redonda sobre novidades no tratamento de dor no Simpósio Brasileiro e Encontro Internacional sobre Dor (Simbidor), evento que teve início nesta quinta-feira (7) em São Paulo.

Ele observa que, quando a dor ocorre em uma frequência baixa, uma vez por mês, por exemplo, é fácil lembrar-se para comunicar ao médico. “Mas quando o paciente passa a abusar de analgésicos e ter dor frequente, quase diária”, segundo Silva Jr., é comum que ele perca o controle de quantas vezes é acometido pelas crises.

Aplicativo permite registra frequência e intensidade da dor, entre outras informações. (Foto: Dor de Cabeça App/Divulgação)
Foto: Dor de Cabeça App/Divulgação
Aplicativo permite registra frequência e intensidade da dor, entre outras informações

Médico recebe relatório
A ferramenta permite que o paciente anote os dias em que teve dor de cabeça, qual foi sua intensidade, se houve algum fator desencadeante – como período menstrual, estresse, falta de sono – se o paciente tomou algum medicamento, entre outros dados. O aplicativo faz um cruzamento de informações e cria relatórios sobre o histórico do paciente, que podem ser enviados em PDF para o médico.

“Se a pessoa tem dor de cabeça frequente, é importante começar a anotar. Vai facilitar muito quando for ao médico e, o mais importante, vai facilitar sua visão sobre sua própria saúde. Porque a dor vai se cronificando aos poucos e pode ser difícil perceber isso sem esses dados”, diz Silva Jr. O aplicativo está disponível gratuitamente na Apple App Store e também para celulares com sistema Android.
 
G1

Teste gratuito de glicemia é oferecido em metrô de SP

Campanha alerta para detecção precoce da doença
Mutirão realizado na capital tem como objetivo detectar precocemente o diabetes
 
Quem circular pela estação Sé do metrô de São Paulo, entre esta segunda-feira (11) e esta terça-feira (12), poderá fazer teste de glicemia (exame de ponta de dedo) gratuitamente para detectar o diabetes.
A campanha realizada pela Associação de Diabetes Juvenil acontece também na estação Pinheiros, nesta quarta-feira (13) e quinta-feira (14). 
 
A expectativa é de que sejam feitos cerca de 5.000 atendimentos no mutirão.
 
Além do exame, serão distribuídos folhetos informativos sobre a doença.
 
R7

Países vizinhos superam Brasil em número de cirurgias de marcapasso

Levantamento conduzido pelo DECA mostra que Argentina, Uruguai e Chile realizam mais operações. Para especialista, diagnóstico no País é falho
 
O Registro Brasileiro de Marcapassos, Ressincronizadores Cardíacos e Desfibriladores (RBM) acaba de completar 20 anos. Trata-se de uma base nacional de dados que compila informações sobre os procedimentos de estimulação cardíaca realizados no País. O DECA (Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial) da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), responsável pelo recebimento das informações nacionais sobre o assunto, em parceria com o Ministério da Saúde, acaba de concluir a tabulação entre 2000 e 2010.
 
O levantamento mostra que o Brasil perde no número de procedimentos para países vizinhos, como Argentina, Uruguai e Chile. Por aqui são implantados 190 marcapassos por milhão de habitantes, enquanto no Chile são 216, na Argentina 382, no Uruguai 578 e em Porto Rico 606.
 
Em países desenvolvidos esses números são ainda mais expressivos: 746 na Espanha, 762 em Portugal e 767 marcapassos por milhão de habitantes nos Estados Unidos. Na França são 1.019, na Itália 1.048 e na Alemanha 1.267.
 
O presidente do DECA, Luiz Paulo Rangel, diz que os números deixam evidente que no País muitos pacientes com necessidade de implantação de marcapassos sequer são diagnosticados. Apesar disso, o número absoluto de implantações no Brasil vem aumentando: passou de 14.2677 em 2000 para 23.071 em 2010.
 
A região Sudeste liderou o ranking, seguido pela Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Norte.
 
Perfil
O maior número de implantes ocorreu na oitava década de vida (70 a 79 anos) com o predomínio do sexo masculino (18.726 em homens e 16.877 em mulheres) até a 10ª década (80 a 89 anos) e 11ª década (90 a 99 anos) quando ocorre uma inversão com maior número de implantes entre as mulheres.
 
Foram feitos no Brasil 260.337 procedimentos para implantes de marcapassos, ressincronizadores e desfibriladores, sendo primeiro implante em 186.542 e troca de aparelhos em 73.795. A idade média dos pacientes é de 64 anos. Dos implantes realizados, desde o início do RBM, 244.192 foram marcapassos, 5.174 ressincronizadores, 8.926 desfibriladores e 2.045 ressincronizadores e desfibriladores.
 
Os principais motivos para a necessidade de implantação dos marcapassos foram arritmias cardíacas de causa desconhecida em 63.759 casos, fibrose do sistema de condução elétrica em 68.609 e Doença de Chagas em 48.696. Já a indicação clínica, em 56,6% foram por síncopes (desmaios ou perda momentânea da consciência), 20,2% por tonturas constantes e 9,1% por insuficiência cardíaca.
 
As informações foram consolidadas desde 17 de março de 1994, quando foi instituída a portaria número 41 do Ministério da Saúde que estabeleceu a obrigatoriedade do preenchimento do formulário RBM em todo o procedimento de implante de marcapasso realizado em território nacional.
 
SaudeWeb

Hospitais veem hotelaria como estratégica

Modelo visa atender às exigências e às expectativas do paciente. Grupo mineiro de hotelaria hospitalar impulsiona prática na região
 
O conceito surgiu como uma maneira de aumentar a oferta de segurança, conforto e bem-estar do cliente; mas virou fator fundamental para a competitividade no setor. A adoção de hotelaria hospitalar, que vem se desenhando desde o final dos anos 90 no Brasil, traz um novo cenário de hospedagem com a adoção de uma nova arquitetura e infraestrutura de serviços de saúde. Em plena expansão, a modalidade de atendimento complementa a assistência e alia hospitalidade à comodidade combinando os serviços de apoio da hotelaria convencional aos específicos do segmento da saúde.
 
 Basicamente, ela nasceu da preocupação de prover um atendimento de excelência ao cliente do hospital e, por meio da profissionalização desses processos, agregou uma nova metodologia de mensuração das atividades e desenvolveu melhores práticas na prestação dos serviços de apoio.
 
Segundo estima o presidente da Sociedade Latino-americana de Hotelaria Hospitalar e consultor da Hospitallidade Consultoria, Marcelo Boeger, o mercado de hotelaria hospitalar brasileiro deve movimentar mais de R$ 4 bilhões por ano. Embora varie de amplitude de um hospital para outro, por enquanto, o conceito ainda tem mais aderência em instituições públicas.
 
Apesar de tímida em hospitais públicos, a iniciativa já passa a constar na agenda de alguns tanto da esfera municipal, como estadual e federal. Para a coordenadora do Grupo Mineiro de Hotelaria Hospitalar, Mylaidy Spíndola, a maior adesão das instituições privadas acontece por conta de maior volume de investimentos de mercado. As regiões Sul e Sudeste têm o modelo em operação há mais tempo, mas Boeger projeta que atualmente a evolução caminha para os estados da região Nordeste, especialmente nas capitais.
 
“Uma tendência que percebemos é a oferta em conjunto com o plano de saúde, seguradora ou o gestor de marketing do hospital ao estabelecer produtos”, aponta Boeger. No hospital, o conceito responde a um organograma e envolve praticamente todos os setores, desde a entrada do paciente até sua saída. Em primeiro plano é constituído por serviços como lavanderia, rouparia, camareiras, higiene, limpeza e gerenciamento de resíduos sólidos; nutrição e dietética. Em segundo plano, fazem parte paisagismo, jardinagem, segurança pessoal e patrimonial, recepção, serviços de atendimento, manutenção, estacionamento, loja de conveniência, floricultura e áreas de lazer (cybercafé, sala de jogos ou brinquedoteca, por exemplo). Serviços de apoio de escritório também entram no pacote para o cliente que não quer perder contato com seu escritório, como a oferta de fax, copiadoras, internet e motoboy. Outro ponto importante é a integração das ações de manutenção predial a uma visão mais hoteleira, no sentido de não permitir a deterioração das instalações.
 
Pedras do Caminho
O setor ainda tem como principais dificuldades a falta de investimentos e de mão de obra, além da forte concorrência com outras áreas do mercado, como por exemplo, crescimento da construção civil, afirma Mylaidy. “Outro fator relevante é a necessidade de maior qualificação de profissionais devido à especificidade da área de saúde, onde precisamos de técnicas e cuidados especiais, por se tratar de ambiente hospitalar”, diz ela. Boeger destaca que os indicadores apontam, segundo dados da Anahp entre 2004 e 2012, um aumento superior a 150% na taxa de absenteísmo anual nos hospitais privados. “Para alguns cargos, temos enfrentado enorme dificuldade na reposição desta mão de obra, principalmente no nível operacional”, pontua. Mas, de acordo com Mylaidy, a maior dificuldade ainda é em relação ao reconhecimento da importância da área dentro do hospital. Para ela, a hotelaria hospitalar é uma preocupação fundamental, mas nem sempre recebe os investimentos necessários. Já Boeger acredita que as prioridades de recursos estão evoluindo neste ambiente. “Os investimentos nesta área ocorrem quando o hospital tem uma pesquisa de mercado atuante, não está estagnado e quando pretende crescer de forma consistente, e não simplesmente aumentando o número de leitos”, justifica.
 
Gerenciamento de Leitos Ao observar a necessidade de melhorar a capacidade instalada e facilitar o acesso dos clientes à instituição, o Hospital Vila da Serra (Belo Horizonte/MG) incorporou um sistema de gerenciamento de leitos, que atualmente acompanha todo o fluxo dos pacientes, desde a sua admissão até a alta. “A implantação ocorreu em aproximadamente seis meses. Utilizamos critérios que nos possibilitou a tomada de decisão como o acompanhamento do giro de leito, intervalo de substituição, além do acompanhamento dos tempos e permanência do paciente nos diversos setores do hospital”, conta a coordenadora administrativa de Gerenciamento de Leitos do hospital, Carla Renata Marques. Para o futuro. Ela planeja também a utilização de uma nova ferramenta para mensuração dos tempos de higienização e processo de alta. Já para a coordenadora de gestão de leitos do Hospital Life Center (Belo Horizonte/MG), Lucineia Quintino, as maiores dificuldades para a implantação do sistema de gerenciamento de leitos foram alinhamento de prazos e comunicação intersetorial. Mas, por outro lado, a adoção trouxe otimização do tempo para internação, aumento do número de cirurgias, diminuição de pacientes crônicos, satisfação do cliente e aumento da rentabilidade.

Gastronomia Hospitalar e Humanização Desmistificar aquela antiga ideia de que comida de hospital é toda igual foi o principal desafio da gerente de hospitalidade do Hospital Nossa Senhora das Graças (Sete Lagoas/MG), Josiane Martins, ao implantar projeto de gastronomia criativa que, segundo ela, necessitou mais de criatividade do que dinheiro. São pequenas coisas como decorações de pratos, bandejas térmicas, especiarias para melhoria dos sabores, e principalmente, treinamento das equipes.
 
“A gastronomia é mais um valor agregado. O cliente de saúde hoje procura não só uma boa equipe médica, mas também uma hospedaria diferenciada”.
 
A humanização pode parecer implícita ao ambiente hospitalar, mas nem sempre está. O profissional “humanizado”, segundo os especialistas consultados, é aquele que possui competência e o conhecimento técnico em constante atualização, maturidade emocional, ética pessoal e uma visão cultural holística do sentido da doença em si e de suas implicações sócio afetivas. Segundo a gerente de Hotelaria do Hospital Belo Horizonte, Maysa de Paula Pacheco, além da capacitação dos colaboradores, é interessante também investir na reestruturação dos ambientes como unidades de internação e salas de espera.
 
Segundo ela, personalizar os ambientes, como usar decorações com temas infantis nas áreas de atendimento pediátrico; oferecer serviços de conveniência, como entrega de jornais e revistas, floricultura, manicure e pedicure; proporcionar ambientes agradáveis para pacientes, acompanhantes e colaboradores como jardins de inverno; possibilitar apresentações musicais, exposições de arte e visitas divertidas como palhaços, mascotes de times, papai noel, coelho da páscoa; comemorar aniversário de pacientes e colaboradores são exemplos de boas práticas de humanização na hotelaria hospitalar.
 
O gerente de hotelaria do hospital Vera Cruz (Belo Horizonte/MG), Márcio Henrique, conta que ao adotar o projeto concierge, o hospital esbarrou em dificuldades como falta de preparação dos funcionários e perfil dos clientes, que na maioria eram das classes B e C e não estavam acostumados com o serviço. O Concierge tem como principal objetivo centralizar e agilizar solicitações, dúvidas e necessidades dos pacientes internados. Ao fazer parte do processo de alta do cliente, o concierge passou a abordar o paciente no dia anterior para oferecer todos os serviços necessários para a alta. Dessa maneira, Alves diz que o serviço passou a ser mais valorizado.
 
Criar e implantar um manual de orientações a pacientes e acompanhantes, desenvolver algumas ações de hospitalidade, em que os clientes se sentissem mais acolhidos e atendidos, foram as principais diretrizes para a supervisora de hotelaria hospitalar Hospital Unimed Petrópolis (RJ), Flávia Favero, ao introduzir o conceito na unidade. “Quando nos colocamos no lugar dos outros e ocorre a empatia, quando conseguimos entender para atender, o cliente percebe que essa relação é verdadeira e se sente seguro em nos abordar e solicitar algo, mesmo que não seja referente à hotelaria. Neste momento repassamos a necessidade do cliente ao setor responsável para que ele tenha então um atendimento adequado”.
 
Passo a Passo
Optar pela adoção do conceito envolve realizar um planejamento. O primeiro passo é a revisão de todos os fluxos da estrutura física do hospital, dos processos e das interfaces entre todos os serviços existentes. Feito esse diagnóstico, é necessário mapear as ofertas básicas da hotelaria hospitalar para que tenham a sua gestão focada no cliente e na qualidade da assistência prestada. Nessa hora, criatividade e o padrão de qualidade pode se reverter em um diferencial competitivo ao hospital. Para Boeger, as discussões acerca da hotelaria hospitalar interessam aos gestores administrativos, de assistências e todos os stakeholders existentes no mercado. De acordo com ele, para que haja eficiência é muito importante que exista um diálogo da área com recursos humanos, enfermagem e TI.
 
Além desse acompanhamento, é essencial incluir a hotelaria no plano estratégico, criar indicadores, mensurar resultados e descrever processos. Boeger defende também um orçamento próprio para a área e a capacitação dos gestores para a eficiência do departamento. “Os resultados se medem pela satisfação do cliente, dos médicos, redução de gastos operacionais, correta identificação de serviços e de clientes, apoio a assistência nas rotinas do hospital e maior profissionalização das áreas de apoio”. A hotelaria é um instrumento capaz de estabelecer uma nova concepção de relação entre cliente de saúde, hospital e médico.
 
Para Boeger, independente da estrutura de serviços, a sensibilização da equipe às práticas humanizadas é algo que sempre deve ser entendido como um valor do hospital e sempre terá uma importância enorme ao cliente. “Com a hotelaria implantada percebemos afetar diretamente os indicadores assistenciais por liberar a enfermagem das atividades não assistenciais. Nos hospitais ainda sem a hotelaria, percebemos algo em torno de 30% do tempo da equipe da enfermagem gerenciando serviços de hotelaria, tornando o serviço de enfermagem sem atendimento a seu principal escopo, além de muito mais oneroso que desenvolver o serviço com profissionais especialistas”, frisa ele.
 
*As instituições ouvidas na reportagem participaram do II Simpósio de Hotelaria Hospitalar de Minas Gerais entre os dias 10 e 11 de setembro

SaudeWeb

Apoio ao Mais Médicos cresce e alcança 84,3%

Pesquisa de setembro mostrava que apoiadores do programa era de 73,9% e, em julho, 49,7%. Maioria (66,8%) consideram médicos estrangeiros capacitados
 
O apoio da população ao Programa Mais Médicos cresceu nos últimos meses e chega a 84,3%, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira (7) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Na pesquisa anterior, de setembro, o percentual dos que apoiavam o programa era 73,9% e, em julho, 49,7%. Os que atualmente não apoiam são 12,8%. Os que não responderam ou não souberam responder alcançam 2,9%.
 
A pesquisa aponta que 66,8% acreditam que os médicos estrangeiros do programa estão capacitados para atender à população brasileira. Para 13% dos entrevistados, o Mais Médicos está cumprindo totalmente os objetivos para o qual foi criado, e 46% acham que está cumprindo apenas em parte.
 
Apesar do aumento do apoio ao programa, 90,6% das pessoas ouvidas pela pesquisa não conhecem alguém que tenha sido atendido por um médico estrangeiro do programa.
 
Na avaliação dos que responderam à pesquisa CNT, a saúde (87,4%) é a ação pública que mais precisa de melhorias. Em seguida estão educação (49,7%), segurança (34,3%), emprego (13,3%), habitação (5,5%) e transporte (3,9%). A política é apontada como a área que mais precisa de reformas.
 
Foram entrevistadas 2.005 pessoas, em 135 municípios de 21 unidades da Federação, entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais.
 
Lançado em 8 de julho, o Mais Médicos amplia o número desses profissionais nas regiões carentes do país. Os brasileiros têm prioridade no preenchimento das vagas e as remanescentes são oferecidas aos estrangeiros. Os profissionais recebem bolsa de R$ 10 mil por mês. Os municípios são responsáveis por garantir alimentação e moradia aos profissionais.

Concurso Prefeitura de Camaçari - BA

A Prefeitura de Camaçari, estado da Bahia, publicou edital nº 001/2013, de concurso público, para contratação de 363 profissionais de níveis fundamental, médio e superior, que irão atuar em diversas especialidades. Segundo o edital, os vencimentos podem oscilar entre R$ 761,26 e R$ 6.881,27.
 
Cargos 
Agente de Combate às Endemias, Agente Comunitário de Saúde, Assistente Administrativo, Atendente de Consultório Dentário, Auxiliar de Educação Infantil, Fiscal do Uso do Solo e do Meio Ambiente, Operador de Rádio, Programador, Técnico Agropecuário, Técnico em Atividade Tributária, Técnico em Edificações, Técnico em Enfermagem, Técnico em Radiologia, Técnico de Vigilância em Saúde NM, Administrador, Analista de Controle Interno, Arquiteto, Assistente Social, Auditor Fiscal, Contador, Coordenador Pedagógico, Economista, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Cartográfico, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Médico em diversas especialidades, Nutricionista, Odontólogo, Pedagogo, Professor (diversas disciplinas), Psicólogo, Técnico em Comunicação Social, Técnico em Tecnologia da Informação, Técnico de Vigilância em Saúde e Veterinário. 
 
Inscrição e Seleção
As inscrições serão realizadas entre os dias 04 de novembro e 05 de dezembro de 2013, pelo endereço eletrônico www.aocp.com.br. Para os candidatos que não têm acesso à internet, serão disponibilizados Postos de Inscrição na Casa do Trabalho, Sala 06,  Rua do Migrante S/N, Centro, e na Orla, Estrada do Côco, km 13, Prefeitura Avançada da Orla, Buris de Abrantes, Distrito de Abrantes, Camaçari-BA. As taxas variam de R$ 20 a R$ 60.
 
O concurso será composto de prova objetiva, prova dissertativa, teste de aptidão física e prova de títulos. As provas objetiva e dissertativa serão aplicadas na cidade de Camaçari, na data prevista de 19 de janeiro de 2014.
 
Validade
A validade do certame é de 02 anos, podendo ser prorrogada por igual período.

UFAM realiza processo seletivo para professores

A Fundação Universidade Federal do Amazonas (UFAM) lançou a seleção simplificada regida pelo edital 007/2013 para contratação de 80 Professores substitutos para as Unidades Acadêmicas da capital e do interior do Estado. As inscrições prosseguem abertas até o dia 13 de novembro de 2013, exclusivamente nas Secretarias das Unidades Acadêmicas ou Departamentos onde as vagas estão sendo oferecidas (veja os endereços no edital).
 
O valor da inscrição varia conforme a modalidade do cargo (se Professor Auxiliar, Assistente ou Adjunto), com valores que podem oscilar entre R$ 38,30 e R$ 77,00.
 
Cargos
Para o Instituto de Ciências Humanas e Letras, estão sendo oferecidas vagas para o Departamento de Língua Portuguesa, Comunicação Social, Antropologia e Serviço Social. Para a Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Feff), as vagas são para a coordenação acadêmica, enquanto que para a Faculdade de Educação, as vagas disponibilizadas são para Métodos e Técnicas.

A Faculdade de Estudos Sociais (FES) oferece vagas para os Departamentos de Contabilidade e Economia e Análise. No Instituto de Ciências Exatas, os Departamentos de Estatística e Física serão beneficiados pelas vagas ofertadas no processo.

A Faculdade de Tecnologia (FT) tem vagas para os Departamentos de Engenharia Química, Design e Expressão Gráfica, Engenharia Civil e Eletrônica e Computação. A Faculdade de Psicologia tem vaga para a Coordenação Acadêmica, enquanto que a Escola de Enfermagem oferta vagas para o Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Saúde Pública.

A Faculdade de Ciências Agrárias oferece nos Departamentos de Ciências Pesqueiras e Ciências Fundamentais e Desenvolvimento Agrícola, oferta de vagas que precisam ser preenchidas. A Faculdade de Odontologia oferta vagas para Coordenação Acadêmica, mesma vaga que deve ser preenchida, também, na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF).
 
Na Faculdade de Medicina há vagas para os Departamentos de Clínica Médica e Saúde Materno-Infantil.   
 
Para os municípios de Benjamin Constant, Coari, Parintins, Humaitá e Itacoatiara, no interior do Amazonas, onde a Ufam mantém unidades acadêmicas o Instituto de Natureza e Cultura (INC), de Benjamin Constant, a vaga é para a Coordenadoria Acadêmica.
 
A carga horária dos docentes é de 20 ou 40 horas e o vencimento básico varia de R$ 1.914,58 a R$ 2.714,89, mais pagamento de retribuição por titulação, que é de R$ 152,35 para Especialização a R$ 1.934,76 para doutorado, além de auxílios alimentação e transporte.
 
O processo seletivo será realizado em três etapas distintas e sucessivas: análise documental, prova de títulos e prova didática. O período provável para Análise das Inscrições e a Prova de Títulos será de 14 e 15 de novembro de 2013. A prova didática, a depender do número de candidatos, poderá ser realizada a partir de 21 de novembro de 2013
 
O edital completo nº 007/2013 pode ser acessado no site da UFAM (Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional - Proplan), área de Concursos, endereço http://www.proplan.ufam.edu.br.

Concurso Transpetro 2013

A Petrobras Transporte S.A, empresa mais conhecida no país como Transpetro, publicou os editais 001 e 002/2013 para a realização de processo seletivo com o objetivo de contratar profissionais de todos os níveis de escolaridade. Serão contratados profissionais para ocuparem os postos de Condutor Mecânico, Auxiliar de Saúde, Moço de Convés, Moço de Máquinas, Taifeiro, 2º Oficial de Náutica e 2º Oficial de Máquinas.
 
A oferta total é de 602 vagas, das quais 273 são para preenchimento imediato e 329 constituirão o banco de reservas do certame. Os interessados deverão atentar para as qualificações técnicas de cada cargo, que estão especificadas nos editais. A remuneração para alguns cargos pode chegar a até R$ 3.080,92, com garantia de remuneração mínima de R$ 9.545,40.
 
Inscrição
As inscrições serão realizadas gratuitamente até o dia 31 de janeiro de 2014, devendos os candidatos retirar a Ficha de Inscrição e o Manual na página eletrônica da www.transpetro.com.br ou diretamente em um dos endereços listados nos editais.
 
Para efetivar a participação, os interessados devem entregar: uma cópia das páginas da Caderneta de Inscrição e Registro (CIR) contendo a identificação pessoal e a comprovação da categoria atual (foto e etiqueta); cópia de todos os certificados exigidos, bem como de todos os certificados que possuir; e a Ficha de Inscrição preenchida e assinada.
 
Toda a documentação exigida deverá ser enviada pelos Correios, por correspondência registrada com aviso de recebimento, para o seguinte endereço:

PETROBRAS TRANSPORTE S.A. - TRANSPETRO
Processo Seletivo 01 ou 02/2013- Quadro de Mar
Av. Presidente Vargas, n.º 328 - 2.º andar - Centro
Rio de Janeiro - RJ
CEP - 20.091-060
 
Provas
O processo de seleção dos inscritos será composto por uma série de etapas, a saber: prova de títulos, avaliação teórica/prática, exames médicos, exame toxicológico, exames de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação sociofuncional e avaliação de conhecimentos específicos (para alguns cargos).
 
Os editais completos foram publicados no Diário Oficial da União de 07 de outubro de 2013 (páginas 188 a 194) e estão disponíveis também no endereço eletrônico da Transpetro.

Concurso Secretaria da Saúde - AC

Conforme anunciado pelo governador do Acre, as Secretarias da Gestão Administrativa (SGA) e de Saúde do Estado do Acre (SESACRE) divulgaram oficialmente os editais de concurso público nº 001, 002 e 003/2013, destinados ao provimento de 1.062 vagas e à formação de cadastro reserva em diversos cargos da área da Saúde do Estado. A organização do certame está sob a responsabilidade da FUNCAB.
 
Cargos por edital
 
Edital 001/2013/SGA/SESACRE: Médicos das seguintes especialidades: Alergista e imunologista, Anestesiologista, Cirurgião cabeça/pescoço, Cirurgião cardiovascular, Cirurgião gastroenterologista, Cirurgião geral, Cirurgião pediátrico, Cirurgião plástico, Cirurgião torácico, Cirurgião vascular, Clínica médica, Dermatologista, Endocrinologista e metabologista, Endoscopia digestiva, Gastroenterologista, Genética médica, Geriatra e gerontologista, Hematologista e hemoterapeuta, Homeopata, Infectologista, Mastologista, Nefrologista, Neonatologista, Neurocirurgião, Neurologista, Nuclear, Obstetra e ginecologista, Oftalmologista, Oncologista, Oncologista cirúrgico, Ortopedista e traumatologista, Otorrinolaringologista, Patologista, Patologista clínico, Pediatra, Pneumologista e tisiologista, Preventivo e social, Proctologista, Psiquiatra, Radiologista, Radioterapeuta, Reumatologista, Terapia intensiva, Terapia intensiva pediátrico e Urologista.
 
Os médicos efetivados farão jus a um vencimento mensal de R$ 8.160,00.
 
Edital 002/2013/SGA/SESACRE: Nível Médio/Técnico - Citotécnico, Técnico de Enfermagem, Técnicos de várias especialidades (de Laboratório em Análise Clínica, em Hematologia e Hemoterapia, em Higiene Dental, em Nutrição e Dietética, em Órtese e Prótese Dentária, de Radiologia, em Segurança do Trabalho). Nível Superior - Assistente Social, Cirurgião Dentista,  Enfermeiro, Farmacêutico, Físico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Nutricionista, Psicólogo, Químico e Terapeuta Ocupacional. Os vencimentos para esses cargos poderão variar de R$ 1.020,00 a R$ 5.401,20.
 
Edital 003/2013/SGA/SESACRE: Administrador, Analista de Sistema, Economista e Engenheiro (Civil, Químico). O vencimento inicial para esses cargos é de R$ 2.011,20. 
 
Inscrições
As inscrições serão realizadas via internet até o dia 27 de novembro de 2013, por meio do sítio da organizadora (www.funcab.org), devendo o candidato seguir os procedimentos mencionados nos editais. Haverá também postos de inscrição presenciais, conforme listagens dos editais.
 
O valor da inscrição será deR$ 88,00 para profissionais Médicos, R$ 64,00 para os outros cargos de Nível Superior, e R$44,00 para os cargos de Nível Médio/Técnico.
 
Processo de seleção
O concurso para Médico (edital 001/2013) será composto de exame de habilidades e conhecimentos mediante aplicação de Prova Objetiva. Os candidatos aos cargos dos editais 002/2013 e 003/2013 participarão de Prova Objetiva e Prova de Títulos.
 
Dependendo do cargo pretendido, as provas poderão ser realizadas prioritariamente nas cidades acreanas de Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Jordão, Feijó, Marechal Thaumaturgo, Rio Branco, Porto Walter, Sena Madureira e Tarauacá, no dia provável 15 de dezembro de 2013.
 
Todos os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado do Acre (www.diario.ac.gov.br, edição de 04/11/2013) e da FUNCAB (www.funcab.org).

Concurso Prefeitura de Ji-Paraná - RO tem inscrições prorrogadas

A Prefeitura de Ji-Paraná, no estado de Rondônia, publicou nos Diário da Amazônia e no Correio Popular, o edital n° 001/2013 do concurso público, para provimento de 290 vagas imediatas e 253 para constituição de cadastro reserva de pessoal com o objetivo de suprir as necessidades das Secretarias de Saúde, Educação, Regularização Fundiária e Assistência Social do Município.

O concurso será realizado pela Fundação Carlos Augusto Bittencurt (Funcab) e prevê cargos de nível Fundamental, Médio e Superior. Os salários oferecidos vão de R$ 709,40 a R$ 7.688,88, por jornada de trabalho de 20 a 40 horas semanais.
 
Para a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), as chances são para médicos, odontólogos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, psicólogos, farmacêuticos e agentes comunitários de saúde. Para a Secretaria de Regularização serão selecionados servidores para os cargos de auxiliar de topografia, agente administrativo, desenhista cadista, fiscal fundiário, técnico em agrimensura, engenheiro agrimensor e arquiteto urbanista.
 
Para a Secretaria de Educação serão contratados pedagogos, professores de geografia, instrutor de libras e professor intérprete de libras. Já para a Secretaria de Assistência Social serão contratados pedagogos, psicólogos e Assistentes sociais.
 
As inscrições estarão abertas até o dia 17 de novembro de 2013, por meio do site www.funcab.org. O valor da inscrição será de R$ 48,00 para os cargos de Ensino fundamental completo e incompleto; R$ 59,00 para os cargos de Ensino Médio/Técnico e R$ 78, 00 para os cargos de Ensino Superior.

As provas serão aplicadas na data prevista de 08 de dezembro de 2013 e os  candidatos deverão acessar e imprimir o comunicado Oficial de Convocação para Prova (COCP), constando, data, horário e local de realização da Prova Objetiva, disponível no site www.funcab.org. No 2º dia útil após a data de realização da prova, a partir das 12 horas, (horário de Rondônia), serão divulgados os gabaritos.
 
A validade do certame será de dois anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Prefeitura de Paraíso - SC realiza processo seletivo

A Prefeitura de Paraíso, no estado de Santa Catarina, através da empresa AMEOSC - Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina, divulgou edital n° 083/2013 de processo seletivo n° 001/2013, destinado ao provimento de vagas de provimento temporário para profissionais de níveis fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 678,00 a R$ 3.404,23 em carga horária de 10 a 40 horas semanais.
 
As oportunidades são para os quadros do Magistério Municipal e das Secretarias Municipais de Educação, Cultura e Desportos e de Saúde, nas funções de Professor (diversas disciplinas/níveis), Monitor, Servente e Enfermeiro.
 
Inscrições
As inscrições estarão abertas até o dia 03 de dezembro de 2013, das 13h 15min às 17h 15min, nos dias úteis, na Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto, sito à Rua Alcides Zanin nº 593 - Centro, no Município de Paraíso - SC. Os candidatos deverão portar os documentos listados no edital.
 
O valor da taxa de inscrição varia conforme o cargo:
Professores Habilitados - R$ 50,00;
Professores Não Habilitados - R$ 30,00;
Monitor de Educação e Servente - R$ 25,00;
Enfermeiro - R$ 80,00.
 
Provas e Gabaritos
As provas serão aplicadas nas modalidades de prova objetiva, prova de títulos e prova de tempo de experiência profissional.
 
A prova objetiva será aplicada a todos os candidatos provavelmente no dia 07 de dezembro de 2013, das 8h30 min às 11h, nas dependências do CIEF Prof. Darcy Ribeiro, situado na Linha Stanga – Paraíso, estado de Santa Catarina. A divulgação do gabarito preliminar será divulgado na data prevista de 09 de dezembro de 2013, das 8h30 min às 11h.
 
O processo seletivo terá validade de 01 de fevereiro de 2014 até 31 de dezembro de 2014, podendo ser estendida conforme a necessidade devidamente justificada.
 
O edital está disponível no site http://www.ameosc.org.br/ (seção "Processos Seletivos")

Prefeitura de São José do Cedro - SC lança edital de processo seletivo

Já está disponível o edital  01/2013, que dispõe sobre a realização de processo seletivo para preenchimento de vagas no quadro de servidores da Prefeitura de São José do Cedro, em Santa Catarina. As oportunidades são para candidatos dos níveis fundamental, médio e superior e o salário oferecido poderá ser de até R$ 1.560,70, por jornada de 10 a 40 horas semanais.
 
As oportunidades são para Professor, em várias especialidades com nível superior completo ou incompleto, Auxiliar de Serviços Gerais, Merendeira, Monitor de Creche e Auxiliar de Ensino. 
 
O certame será executado através da empresa AMEOSC, de site endereçado no www.ameosc.org.br.
 
As inscrições estarão abertas até o dia 29 de novembro de 2013, nas dependências da Secretaria Municipal de Educação de São José do Cedro, situada à Rua Santa Maria, nº. 22. As taxas de inscrição são de R$ 30 e R$ 50. 
 
As provas objetivas serão aplicadas a todos os candidatos na data provável de 14 de dezembro de 2013, das 8h e 30min às 11h, nas dependências do Centro Municipal De Educação Girassol - CEMEG, localizada na Rua Nereu Ramos nº105 na cidade de São José do Cedro - SC.
 
Os candidatos que concorrem ao cargo de Professor também serão avaliados por meio de prova de títulos.

O resultado final será anunciado no dia 08 de janeiro de 2014. 

Concurso Prefeitura de Atalanta - SC

A Prefeitura de Atalanta, no Estado de Santa Catarina, através da empresa Exata GG, publicou edital de concurso público n° 001/2013, destinado ao provimento de 12 vagas, mais cadastro de reserva, para cargos de níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão até R$ 4.715,12 por carga horária de 20 a 40h semanais.
 
Cargos
As vagas são para os cargos de Agente de Serviços Gerais, Servente, Operador de Equipamento, Motorista, Agente Administrativo, Fiscal Sanitário, Oficial Administrativo, Agente de Combate as Endemias, Engenheiro Agrônomo, Médio Veterinário, Nutricionista, Fisioterapeuta, Advogado, Engenheiro Civil, Oficial de Nível Superior, Enfermeiro, Cirurgião Dentista, Médico, Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Física, Professor de Artes e Professor de Inglês.

Inscrições
As inscrições serão efetuadas exclusivamente via Internet, através do site www.exatagg.com.br, no período entre as 08h do dia 18 de novembro de 2013 e às 20h do dia 17 de dezembro de 2013.

Os candidatos que não tiverem acesso à Internet ou tenham dificuldade para realizar sua inscrição, terão ao seu dispor terminais com Internet e pessoal para ajudar na inscrição no período das inscrições, em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h00min e das 14h00min às 17h00min, na Prefeitura Municipal de Atalanta, sito a Avenida XV de novembro, nº 1.030, Centro, Município de Atalanta – SC.

Taxas
- R$ 120,00, para os candidatos aos cargos de Nível Superior.
- R$ 70,00, para os candidatos aos cargos de Nível Médio.
- R$ 40,00, para os candidatos aos cargos de Nível Fundamental e Alfabetizado.

Provas
O Concurso Público n.º 001/2013 será realizado mediante aplicação de prova escrita para todos os cargos; de prova escrita e prática para os cargos de Operador de Equipamentos e Motorista; e de prova escrita e de títulos para os cargos de Professor de Educação Infantil, Professor de Educação Física, Professor de Artes e Professor de Inglês.

As provas escritas serão realizadas no dia 19 de janeiro de 2014, com início às 09 (nove) horas e terão duração de 03  horas, contadas a partir da autorização do fiscal para início da mesma, em local a ser identificado na homologação das inscrições.

Gabaritos
O gabarito provisório será divulgado no dia 20 de janeiro de 2014, a partir das 14h; o resultado de classificação provisória do Concurso Público será divulgado no dia 29 de janeiro de 2014 a partir das 14h e o resultado da classificação final do Concurso Público será divulgado no dia 06 de fevereiro de 2014 a partir das 14h, todos publicados no Mural Oficial do Município de Atalanta e no site oficial do município: www.atalanta.sc.gov.br.

Validade
O prazo de validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período uma única vez.

COMCAP - SC realiza processo seletivo

A Companhia Melhoramentos da Capital de Santa Catarina - COMCAP, publicou edital n°001/2013 para realização de processo seletivo, destinado ao provimento de 147 vagas voltadas para nível fundamental. O certame será executado através da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese) e reserva aos candidatos com deficiência física relativamente incapacitante 10% das vagas, desde que a deficiência não seja incompatível com as atribuições do cargo a ser preenchido.

As vagas são para as oportunidades de auxiliar operacional (75), gari (62) e motorista (10) e os salários variam de R$ 717,73 a R$ 1.404,44 por carga horária de 30 ou 40h semanais.

As inscrições serão realizadas até às 16 horas de 18 de novembro de 2013, através da internet, no site 2013comcap.fepese.org.br. O valor da taxa de inscrição para os cargos de Auxiliar Operacional e Gari é de R$ 40,00 e para o cargo de Motorista de R$ 50,00.

A prova escrita será aplicada, para todos os candidatos, na data provável de 24 de novembro de 2013, em locais e horários a serem divulgados. As provas poderão, na eventual falta de locais adequados para a acomodação de todos os candidatos, ser aplicadas também em cidades vizinhas.

O gabarito da prova escrita será divulgado a partir das 21 horas do dia da sua realização, no endereço eletrônico 2013comcap.fepese.org.br.

Concurso Prefeitura de Piracuruca - PI

A Prefeitura de Piracuruca, no estado do Piauí, lançou o edital nº 001/2013 de concurso público, para preenchimento de 72 vagas de trabalho imediatas, além de formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade.

A seleção oferece salários que variam de R$ 678,00 a R$ 1.060,00 por jornadas de trabalho de 20 ou 40 horas semanais. Vale lembrar que 5% das vagas serão destinadas a portadores de necessidades especiais.
 
Para nível fundamental, as vagas oferecidas são para os cargos de auxiliar de serviços gerais, motorista cat "D", vigia, operador de máquina e agente comunitário de saúde.

No nível médio, os postos são para agente de trânsito, auxiliar de consultório dentário, técnico em enfermagem e técnico em radiologia.

Já para o nível superior, há vagas nas funções de dentista nas especialidades de (PSB, periodontia, cirurgião bucomaxiofacial, endodontia e protesista), contador, fisioterapeuta, enfermeiro (a), fiscal de tributos, médico nas especialidades de (urgentista, urologista, PSF, dermatologista, cardiologista, endocrinologista, gastroenterologista, anestesista, neurologista, ortopedista e radiologista), engenheiro civil, assistente social, nutricionista, psicólogo e terapeuta ocupacional.

As inscrições serão aceitas no período de 11 de novembro de 2013 a 03 de janeiro de 2014, pela internet, no site www.consep-pi.com.br. A taxa de inscrição varia de R$ 30 a R$ 80, de acordo com o cargo desejado.

As provas objetivas serão realizadas provavelmente no dia 02 de fevereiro de 2014, às 9h, tendo quatro horas de duração. Os locais de aplicação das provas objetivas serão divulgados até o dia 27 de janeiro de 2014, na sede da Prefeitura de Piracurucaeno site www.consep-pi.com.br.

A prova prática, para Operador de Máquinas, está prevista para ser aplicada no dia 26 de fevereiro de 2014, a partir das 9 horas, na cidade de Piracuruca. O local da prova bem como as condições para participação e o regulamento de avaliação serão divulgados no dia 24 de fevereiro de 2014,no site da Consep.

A validade do concurso público será de dois anos, a contar da data de homologação, podendo ser prorrogado por igual período.
 
Sobre o Município de Piracuruca
O município de Piracuruca fica localizado na microrregião do Litoral Piauiense. Sua população é de 27.548 habitantes (Fonte: Censo IBGE/2010).

Concurso Prefeitura de Jarinu - SP

A Prefeitura de Jarinu, no estado de São Paulo, sob a organização da empresa Moura Melo Consultoria em Recursos Humanos Ltda, publicou edital N° 01/2013 de concurso público, destinado ao provimento de 38 vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior.
 
Os salários variam de R$ 640,90 a R$ 1.286,70 por carga horária variada de 25, 30 e 40h semanais.
 
As vagas são para as funções de agente municipal de defesa civil, agente de trânsito, guarda municipal, pajem, educador assistente de enriquecido curricular I, educador infantil I, professor de educação básica II e PEB II - artes e inglês e psicopedagogo.
 
As inscrições serão via internet e realizadas até o dia 25 de novembro de 2013, no endereço eletrônico www.mouramelo.com.br. As taxas variam de R$ 32,00 para cargos de nível médio completo e de R$ 52,00 para cargos de nível superior completo.
 
A data prevista para a prova é 08 de dezembro de 2013 e/ou outras datas que se fizerem necessárias.
 
A data, local e horário das provas serão divulgados em até 5 dias antes no site www.mouramelo.com.br, no Mural da Prefeitura de Jarinu, facultativamente no Jornal Local e no site www.jarinu.sp.gov.br.

O prazo de validade do concurso será de 01 ano, contados da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração.

Processo Seletivo FUMSAHD - MS

A Fundação Municipal de Saúde e Administração Hospitalar de Dourados (FUMSAHD), estado do Mato Grosso do Sul, disponibilizou o edital 51/2013 para realização do 8º processo seletivo, visando contratar 8 Médicos nas especialidades de Pediatria e Clínica Geral. A remuneração é de R$ 1.939,93 por jornada de 20 horas. 
 
As inscrições serão gratuitas e realizadas exclusivamente no Hospital Universitário - Unidade de Recursos Humanos, sito à Rua Ivo Alves da Rocha, nº 558, Altos do Indaiá, na cidade Dourados/MS, até 13 de novembro de 2013. 
 
A seleção será constituída de prova de títulos.
 
De acordo com o edital publicado no Diário Oficial de Dourados (07/11/13 - p. 2), o resultado final será anunciado na data prevista de 21 de novembro de 2013.

Prefeitura de Teixeirópolis - RO abre processo seletivo

O município de Teixeirópolis, no estado de Rondônia, lançou edital nº. 001/2013, para a realização de processo seletivo de prova de títulos e análise curricular. A seleção destina-se ao preenchimento de 02 vagas para o cargo de Agente Comunitário de Saúde, por vencimento de até R$ 769,75 e jornada de trabalho de 40 horas semanais.
 
As inscrições serão recebidas até o dia 14 de novembro de 2013, na Secretaria Municipal de Saúde, junto à sede Prefeitura de Teixeirópolis, situada à Rua Av. Afonso Pena, n° 2280, centro, das 8h às 13h.
 
Documentação necessária para inscrição:
  • Formulário de Inscrição devidamente preenchido;
  • Apresentar cópia legível (frente e verso), que será retida, recente e em bom estado do documento de Identidade ou Carteira Profissional, bem como o original, para simples conferência. Não será aceito protocolo deste documento ou ainda cópia autenticada em cartório;
  • Apresentar cópia legível do CPF ou do Protocolo do mesmo, que será retida (para o caso em que não conste o referido CPF no documento de identidade), bem como o original do documento apresentado, para simples conferência Não será aceito protocolo deste documento ou ainda cópia autenticada em cartório;
  • Prova de quitação das obrigações militares e eleitorais;
  • Apresentar comprovante de escolaridade e formação;
  • Anexar à ficha de inscrição o Currículo;
  • Apresentar declaração de que reside na linha para qual está pleiteando o serviço.
O processo seletivo ocorrerá por análise de Curriculum e terá validade de 06 meses, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.
 
O edital encontra-se publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Rondônia, de 08 de novembro de 2013, pág. 31 a 33.

UEL lança edital de processo seletivo

A Universidade Estadual de Londrina - UEL, no estado do Paraná, lançou edital n° 286/2013 de processo seletivo, destinado à contratação temporária em regime especial  de 08 profissionais de nível superior. Os vencimentos vão até R$ 4.039,80 por jornada de trabalho de 20 ou 40 horas semanais.
 
Cargos: Arquiteto, Engenheiro (Civil e Segurança do Trabalho) e Médico (Cirurgia Plástica, Medicina Intensiva e do Trabalho).
 
As inscrições, no valor de R$ 80, serão realizadas por meio de formulário de inscrição (disponível no site www.uel.br/prorh) devidamente preenchido e entregue até o dia 22 de novembro de 2013, na Divisão de Recrutamento e Seleção da Pró-Reitoria de Recursos Humanos da Universidade Estadual de Londrina (Rodovia Celso Garcia Cid, PR 445), das 14h30min às 17h30min (exceto sábado e domingo).
 
Documentação a ser entregue no ato da inscrição:
  • Requerimento de inscrição, devidamente preenchido e assinado;
  • Comprovante de recolhimento da taxa de inscrição;
  • Fotocópias autenticadas dos documentos;
  • Comprovante de votação da última eleição;
  • Comprovante de conclusão da escolaridade exigida para a Função/Especialidade pleiteada;
  • Comprovantes de tempo de serviço/experiência profissional na Função/Especialidade pleiteada.
O certame terá caráter classificatório e consistirá na análise da documentação apresentada pelo candidato.
 
A data do resultado final provisório do processo seletivo será divulgada no edital de homologação das inscrições, a partir do dia 02 de dezembro de 2013, através do site www.uel.br/prorh e no Diário Oficial do Estado do Paraná – Suplemento de Concursos Públicos - www.dioe.pr.gov.br.
 
O prazo de validade do processo seletivo Simplificado será de 01 ano, prorrogável uma única vez por igual período.
 
O edital foi publicado no Diário Oficial do Paraná, de 08 de novembro de 2013, pág. 4 a 8.

CISMAE - PR anuncia processo seletivo

O Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental do Paraná - CISMAE, publicou edital n° 01/2013 de processo seletivo de provas e títulos, para provimento dos empregos de Advogado, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Laboratório, Biólogo, Contador, Engenheiro Civil, Químico, Técnico em Laboratório e Técnico em Saneamento.

Há 13 vagas para os profissionais citados acima, dando direito à salários de até R$ 3.085,65 em carga horária de 20 ou 40 horas semanais. O certame será executado pelo FADCT - Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Vale do Piquiri.
 
Será admitida a inscrição somente via Internet, no endereço eletrônico www.fadct.org.br, até às 23 horas e 59 minutos do dia 18 de novembro de 2013, observado o horário oficial de Brasília/DF. As taxas variam de R$ 50 a R$ 80 de acordo com o cargo escolhido.
 
As provas objetivas, a avaliação de títulos e currículos e a prova prática, serão realizadas na cidade de Maringá-PR e em local e horário a ser divulgado mediante edital específico a ser publicado no momento oportuno.
 
As provas objetivas terão a duração de 3 horas e serão aplicadas na data provável de 08 de dezembro de 2013. Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no endereço eletrônico www.fadct.org.br, a partir das 19 horas do primeiro dia útil subsequente a realização da prova objetiva.
 
O resultado final das provas objetivas e o resultado da prova de títulos serão publicados no Diário Oficial do CISMAE e divulgados na Internet, no endereço eletrônico www.fadct.org.br.
 
O certame terá validade de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Concurso Prefeitura de Potirendaba - SP

A Prefeitura de Potirendaba, no estado de São Paulo, abriu edital de concurso público nº 02/2013, para o provimento 02 de vagas nos cargos de Técnico em Química e Agente de Saneamento (níveis médio e técnico) por salários de até R$ 1.081,43 e carga horária de 40h semanais.
 
Além do salário-base, os contratados receberão abono de R$ 100,00 e vale alimentação de R$ 80,00. O concurso será realizado através da empresa J. Alvares Ferreira & Alvares Ltda

As inscrições, no valor de R$ 45, serão efetuadas exclusivamente via internet no endereço eletrônico www.milconsultoria.com.br, no período compreendido entre as 10h do dia 11 de novembro até as 17h do dia 22 de novembro de 2013, observando o horário de Brasília-DF.

As provas objetivas para emprego público municipal serão aplicadas no dia 08 de dezembro de 2013, na EMEF Maestro Antonio Amato localizada na Rua Benjamim Constant, nº 661, Centro – Potirendaba-SP, com início as 09h e término as 12h00, sendo que do início não será permitida, sob qualquer argumento, a entrada de candidatos atrasados.

O gabarito será publicado no dia 11 de Dezembro de 2013 no endereço eletrônico www.milconsultoria.com.br a partir das 10h00min.

O concurso público tem validade de dois anos, prorrogável por igual período, a critério da Administração Pública Municipal, a contar da data de homologação do certame.

Concurso PROGUARU - SP

Foi divulgado edital n° 01/2013 de concurso público da Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos S/A – PROGUARU, no Estado de São Paulo. O certame oferece 76 vagas para cargos de níveis fundamental e superior, por salários que variam entre R$ 817,33 e R$ 4.590,79.
 
O concurso será executado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal – IBAM e as oportunidades são para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Armador ou Armadora, Carpinteiro ou Carpinteira, Calceteiro ou Calceteira, Eletricista, Eletricista de Autos, Encanador ou Encanadora, Engenheiro ou Engenheira Civil, Engenheiro ou Engenheira Mecânica, Engenheiro ou Engenheira de Segurança do Trabalho, Médico ou Médica do Trabalho, Operador ou Operadora de Maquina Vibroacabadora, Pedreiro ou Pedreira e Serralheiro ou Serralheira.
 
As inscrições ficarão abertas exclusivamente através da internet das 9 horas do dia 11 até às às 23h59min de 28 de novembro de 2013, no endereço eletrônico www.ibamsp-concursos.org.br. As taxas variam de R$ 25,00 a R$ 79,00 de acordo com o cargo escolhido.
 
A aplicação das provas objetivas, para todos os empregos, está prevista para o dia 19 de janeiro de 2014. A confirmação da data e as informações sobre horários e locais serão divulgados oportunamente através de Edital de Convocação para as provas a ser publicado no dia 20 de dezembro de 2013 no Diário Oficial de Guarulhos e dos sites www.ibamsp-concursos.org.br e www.proguaru.com.br.
 
O prazo de validade do concurso é de dois anos, a contar da data de homologação, prorrogável por igual período, a juízo da PROGUARU.

Prefeitura de Canaã - MG promove processo seletivo

A Prefeitura de Canaã, no estado de Minas Gerais, através da empresa Magnus Auditores e Consultores Associados, abriu edital n° 02/2013 de processo seletivo, com a intenção de prover 01 vaga para o cargo de Agente Comunitário de Saúde, para atuarem na Micro-Área 11 das comunidades de Água Fria, Limoeiro e Suspiro. A remuneração pode chegar a R$ 678,00 por jornada de trabalho de 40 horas semanais.
 
As inscrições, no valor de R$ 20,00, serão efetuadas do dia 18 a 21 de novembro de 2013, na Prefeitura de Canaã.
 
As provas objetivas serão aplicadas no município de Canaã, na data provável de 1º de dezembro de 2013, às 12h, na EE Antônio Lopes Soares.

A validade do processo seletivo será de dois anos, contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por mais dois anos.
 
O edital encontra-se disponível no site www.magnusconcursos.com.br.

Processo Seletivo Prefeitura de Crateús - CE

A Prefeitura de Crateús, no estado do Ceará, publicou o edital 01/2013, de processo seletivo, com intuito de preencher 257 vagas em todos os níveis de escolaridade. A remuneração para os cargos pode chegar a R$ 2.242.
 
As oportunidade são ofertadas para os seguintes cargos: Assistente Social, Advogado, Coordenador Acessuas Trabalho, Educador Físico, Pedagogo, Psicólogo, Técnico de Nível Superior, Agente Administrativo, Agente Cadastrador de Programas e Projetos Habitacionais, Atendente, Articulador Municipal de Políticas para o Idoso, Articulador Municipal de Projetos Habitacionais, Articulador Municipal da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, Digitador, Educador Social, Entrevistador Social, Facilitador de Oficinas de Convívio por Meio da Arte e Cultura, Facilitador de Oficinas de Convívio por Meio do Esporte e Lazer, Facilitador de Formação Técnica Geral para o Mundo do Trabalho, Instrutor de Oficina de Esporte, Monitor de Informática, Operador Municipal Master, Orientador de Atividades Lúdicas, Operador Municipal do SIPIA, Operador Municipal do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional, Orientador Social, Recepcionista, Supervisor de Campo, Técnico de Nível Médio, Técnico em Licitações,  Agente de Serviços Complementares, Instrutor de Oficina de Capoeira, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Cozinha, Cozinheiro, Distribuidor de Leite do Programa Leite Fome Zero, Motorista, Office Boy e Porteiro. 
 
Segundo o edital, as inscrições serão recebidas até 11 de novembro de 2013, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, situada na Rua Manoel Augustinho 544, Centro, Crateús – CE. 
 
A seleção se dará por meio de análise e avaliação dos currículos dos candidatos, que serão realizadas no período de 12 a 14 de novembro 2013, além de entrevistas, entre os dias 20 e 22 de novembro deste ano. O resultado final será divulgado no dia 25 de novembro, a partir das 17 horas, no site da Prefeitura Municipal de Crateús (www.crateus.ce.gov.br) e no flanelógrafo da Secretaria de Assistência Social.