Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 14 de outubro de 2014

Afta que não cura em 15 dias pode ser sinal de câncer bucal

A lesão pode inicialmente se parecer com uma afta indolor
que dura mais de 15 dias ou uma lesão na forma de uma
placa branca também indolor
Segundo o INCA, 5.500 pessoas morrem de câncer de boca por ano, mas esse número pode ser menor se a doença for diagnosticada cedo
 
O câncer de boca se caracteriza, na maioria dos casos, pelo descontrole na multiplicação das células que formam a mucosa da boca. Porém, embora esse processo seja considerado maligno, se diagnosticado cedo, tem 100% de chance de cura.  
 
A cada 100 pacientes com a doença, 94 apresentam o tipo mais comum, o Carcinoma Epidermóide. “É mais comum aparecer no lábio inferior, assoalho da boca e borda da língua, mas qualquer área recoberta por mucosa pode ser acometida por esse câncer, que atinge mais homens com idade média entre 50 e 55 anos”, diz Celso Lemos, estomatologista da Faculdade de odontologia da USP.
 
Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), ocorrem no Brasil aproximadamente 14.500 novos casos de câncer bucal por ano, com uma mortalidade anual de cerca de 5.500 pessoas. No entanto, esse número poderia ser menor se a doença fosse diagnosticada mais cedo. 
 
“Pacientes que são diagnosticados precocemente tem chance de cura de mais de 90%, podendo chegar próximo dos 100% de cura. Porém, casos diagnosticados tardiamente pioram bastante o prognóstico, diminuindo as chances de cura para 20%. Por isso o diagnóstico precoce deve ser sempre estimulado, com visitas regulares ao cirurgião-dentista’, diz o especialista. 
 
Causa
Embora a causa seja desconhecida, existem fatores de risco envolvidos em cerca de 80% dos casos. São eles: o excessivo consumo de álcool e tabaco. Já o câncer de lábio, está diretamente ligado à exposição solar. Vale ressaltar que 20% dos pacientes não apresentam fatores de risco e, mesmo assim, desenvolvem a doença. 
 
“Estilo de vida e hábitos alimentares saudáveis contribuem com a diminuição da ocorrência do câncer de boca. Vários estudos têm demonstrado que uma boa higiene oral pode contribuir também com uma menor incidência desta doença”, diz Celso. 
 
Sinais
Para ajudar no diagnóstico precoce, Celso dá algumas dicas para que o paciente possa perceber que há algo errado em sua boca. “A lesão pode inicialmente se parecer com uma afta indolor que dura mais de 15 dias ou uma lesão na forma de uma placa branca também indolor. Áreas que apresentam aumento de volume devem ser investigadas por um profissional de Saúde”, diz o estomatologista. 
 
Se achar necessário, esse profissional da saúde poderá encaminhar o paciente a um estomatologista (dentista especializado em doenças que ocorrem na boca), que fará alguns exames (possivelmente uma biópsia) para descobrir a gravidade do problema.

Serviço gratuito
A FOUSP mantém uma campanha permanente de atendimento a paciente com lesões orais suspeitas.
 
O atendimento é gratuito e imediato, o diagnóstico é feito na própria faculdade e, se necessário, o paciente é encaminhado para atendimento médico.
 
Centro de Diagnóstico Oral em Estomatologia da FOUSP
Av. Dr. Lineus Prestes 2227 - Cidade Universitária – Butantã - São Paulo. 

Funcionamento: segundas e quartas a partir das 8 horas da manhã com atendimento imediato, sem a necessidade de encaminhamento durante o ano todo.
 
Em outras regiões do Brasil, o paciente pode procurar os CEOs (Centros de Especialidades Odontológicas do Governo Federal) que possuem estomatologistas para o correto diagnóstico de lesões orais suspeitas.
 
Terra

Pesquisa: novo tratamento pode combater câncer de mama

Uma pesquisa demonstrou que a combinação da quimioterapia com o tratamento trastuzumabe é efetiva para diminuir os tumores de um subtipo de câncer de mama muito resistente
 
No estudo, publicado no Journal of National Cancer Institute, participaram o Instituto de Oncologia do Hospital Vall d'Hebron de Barcelona (VHIO), o centro de Pesquisa do Câncer de Salamanca e outras entidades internacionais, como a Breast Cancer Research Foundation.
 
O estudo, dirigido por Joaquín Arribas, principal pesquisador do grupo de Fatores de Crescimento do VHIO e diretor do Programa de Pesquisa Pré-clínica, indica este novo tratamento para as pacientes com tumores na mama do subtipo de câncer denominado p95HER2, um subgrupo muito resistente aos tratamentos existentes.
 
As pacientes com tumores de mama positivos p95HER2 são, aproximadamente, entre 8% e 10% de todos os doentes com câncer de mama, informou nesta segunda-feira (13) o Hospital Vall d'Hebron, que liderou a pesquisa. Trata-se, segundo explicaram os oncologistas, de tumores difíceis de tratar porque são resistentes ao trastuzumabe, o fármaco mais utilizado contra câncer de mama HER2.
 
Agora, esta pesquisa demonstrou que acrescentar quimioterapia padrão ao tratamento destas pacientes, que por si só não é efetiva, aumenta a sensibilidade dos tumores p95HER2 positivos ao trastuzumabe. Portanto, a combinação de ambos os tratamentos é efetiva e abre um leque de possibilidades para estas pacientes.
 
Os pesquisadores viram que a quimioterapia ajuda a acumular os receptores HER2 na membrana celular, ou seja, os expõe ao fármaco e, portanto, permite que o trastuzumabe possa atuar facilmente nestas células com tumor e há um maior efeito.
 
"Agora está sendo trabalhado em um teste clínico para comprovar que todos os resultados de laboratório se traduzem na prática em uma melhor resposta ao tratamento para que possamos oferecer uma alternativa a este subgrupo de pacientes que não respondiam aos tratamentos existentes", detalhou Arribas.
 
Terra

Como é o pós-operatório da cirurgia bariátrica

eprodução
Saiba o que ingerir e como são as primeiras horas após o procedimento
 
Por Dr. Ricardo Cohen
 
As operações bariátricas são as formas mais eficazes de perda de peso e melhora das doenças associadas à obesidade mórbida. A mais comumente utilizada no Brasil é a gastroplastia em Y de Roux. Este nome difícil pode ser traduzido como a diminuição do estômago associado a um desvio normalmente curto da porção inicial do intestino delgado. Essa operação funciona através de alterações de hormônios gástricos e intestinais que diminuem a fome, aumentam a saciedade dentre outros diversos mecanismos. 
                           
Essas cirurgias podem ser feitas com cortes grandes, chamadas de cirurgias abertas ou convencionais ou por via videolaparoscópica. Para a realização de uma operação por laparoscopia algumas pequenas incisões são realizadas, de 0,5 a 1,2 cm, e insuflada a cavidade abdominal com gás carbônico para a criação de espaço dentro da mesma para que o cirurgião possa trabalhar com o auxílio de uma videocamera e de instrumentos e grampeadores especiais. Mas, a ausência de grandes cortes no abdomen não é a única grande vantagem da laparoscopia. Secundariamente às pequenas incisões, existe menos manipulação dos órgãos intra cavitários e consequentemente a agressão cirúrgica é menor, acarretando enormes vantagens desse método quando comparado com a cirurgia convencional. A esses benefícios, soma-se a menor intensidade da dor pós-operatória, medida diretamente pela menor quantidade de analgésicos consumida pelos pacientes e coroando as vantagens, a alta hospitalar mais precoce e o mais rápido retorno às atividades diárias. 
                           
Hoje em dia, em centros de alto volume cirúrgico e que contam com cirurgiões experientes, as operações são relativamente rápidas, durando de 50 a 90 minutos. Após o final, os pacientes são encaminhados acordados para a ala de recuperação pós-anestésica, onde ficam em geral cerca de uma hora. A grande maioria dos pacientes vai imediatamente para o quarto. Às vezes, dependendo da gravidade das doenças associadas, as primeiras 24 horas são passadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em nosso grupo, a média de internação em UTI é menor do que 0,5%. A internação hospitalar varia de 36 a 48 horas.                             

Como é a dieta no pós operatório?
Normalmente o paciente é alimentado no 1o dia de pós operatório com dieta líquida, fracionada, para que exista uma adaptação à vida nova. Com a orientação multidisciplinar, contando com cirurgião, clínico e nutricionista, serão explicadas maneiras e tipos de alimentos liberados para essa primeira fase. A duração da fase líquida é de 7 a 10 dias, permitindo-se então um progresso para dieta mais cremosa/pastosa e ao redor dos 25/30 dias depois da cirurgia, acontece a transição para comida normal. 
                           
Nesse primeiro mês, um fato inédito para os obesos costuma acontecer, que é o estímulo à ingestão, já que existe uma sensação de saciedade e também existe a obrigação de se manter hidratado e consumindo um mínimo de calorias (por volta de 600 a 1000 por dia). Desde a primeira semana, os pacientes em pós operatório devem iniciar a suplementação vitamínica, que é necessária, pois existe ingestão de menor quantidade de alimentos, já que na gastroplastia em Y de Roux não há má absorção importante de nutrientes. Também nas primeiras 3 semanas, prescreve-se antiácidos como a ranitidina, em forma líquida, para diminuir efetivamente a taxa de formação de úlceras no novo estômago. O uso desse tipo de drogas, associado a pequenas modificações da técnica operatória trouxe esse índice a cerca de 1%. 
                           
Analgésicos são prescritos se necessário e não de horário e normalmente são drogas simples como a dipirona e paracetamol. A média de retorno ao trabalho com o acesso videolaparoscópico (de 7 a 10 dias após a operação) é muito menor que na operação convencional. Exercícios, quaisquer que sejam, são liberados a partir 21 a 30 dias de pós-operatório, desde que a operação tenha sido por videolaparoscopia. 
                           
Finalmente, as operações bariátricas, quando indicadas adequadamente, trazem consigo muitas vantagens e com recuperação rápida e retorno precoce à vida normal. Em resumo, pouco sofrimento para imensuráveis benefícios clínicos e de qualidade de vida. 
 
Minha Vida

Tire sete dúvidas sobre medicamentos genéricos

O medicamento genérico se diferencia dos demais por ter na caixa a letra G
 em azul sobre uma faixa amarela
Remédio traz os mesmos efeitos terapêuticos que um de marca convencional
 
Os medicamentos genéricos são vendidos no Brasil há mais de 11 anos. Segundo um estudo da ProTeste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), esse tipo de remédio corresponde a 21% das vendas de medicamentos no país e 86% dos brasileiros já tiveram um medicamento de marca substituído por sua versão genérica. Mesmo com o crescente uso, entretanto, muitas pessoas ainda torcem o nariz quando olham um medicamento genérico na receita médica. 
 
"Muitos pacientes, e até alguns médicos, fazem uma associação errônea do preço do remédio com a sua qualidade, mas a maioria dos genéricos é realmente eficaz e pode ser tomada sem nenhum problema", explica o cardiologista Bruno Valdigem, do Hospital Dante Pazzanese. Tire dúvidas sobre os medicamentos genéricos e acabe com a desconfiança relacionada aos resultados do tratamento.  
 
1. O que são remédios genéricos?
Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os medicamentos genéricos são produtos com o mesmo princípio ativo que medicamentos de marca. O principio ativo é a substância responsável pelo efeito terapêutico no paciente, ou seja, é por causa dele que o remédio faz efeito. "Por isso, ao prescrever uma receita, sempre coloco junto ao nome do remédio o seu principio ativo, caso os meus pacientes se sintam confortáveis em usar medicamentos genéricos", conta Bruno Valdigem.                             
 
2. Por que remédios genéricos são mais baratos?
Segundo Odnir Finotti, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos, o preço de um medicamento genérico é menor porque nele não estão embutidos gastos com propagandas, nem custos de pesquisa para o desenvolvimento do principio ativo. Por isso, a associação do preço com a qualidade do remédio não é correta.                               
 
3. O medicamento genérico tem o mesmo efeito do medicamento de marca? Mesmo em doenças crônicas?
Por possuir o mesmo princípio ativo, o genérico tem efeitos iguais a de um remédio de marca. Prova disso é que esses efeitos devem ser aprovados pela Anvisa antes de os medicamentos serem comercializados. Segundo o cardiologista, mesmo no caso de doenças crônicas, em que o paciente deve tomar o remédio constantemente, os genéricos não causam problemas e são eficientes.                             
 
4. Eles passam pelo mesmo processo de inspeção que os demais medicamentos?
Assim como todos os remédios, os medicamentos genéricos passam por uma bateria de testes feitos pela Anvisa para comprovar os efeitos nos pacienteis. Esses experimentos são feitos sempre da mesma maneira, não importando se o remédio é genérico ou de marca. "Na verdade, a autorização para um remédio genérico começar a funcionar é até mais rígida na maioria das vezes, devido à preocupação com a qualidade desse tipo de medicação", diz o cardiologista Bruno Valdigem.
 
Os genéricos ainda passam por um teste de bioequivalência, que consiste na demonstração comprovada de que o medicamento genérico e o seu respectivo medicamento de referência apresentam o mesmo efeito terapêutico, sem qualquer outro efeito colateral.  

Leia também:       

Automedicação: escolha perigosa

Remédio de cistite e infecção urinária, só receitado pelo médico

Medicamentos: a armazenagem caseira precisa de cuidados

Três em cada quatro brasileiros se automedicam, aponta pesquisa

Dor nas costas: automedicação pode mascarar doenças graves

Automedicação pode causar danos a órgãos e exigir transplante

 
5. Medicamento genérico é o mesmo que remédio similar?
Assim como os genéricos, o princípio ativo, a concentração e a indicação dos medicamentos similares são os mesmos dos remédios de marca. A diferença é que nem todos eles passam por testes de bioequivalência e, por isso, não podem ser indicados nas farmácias como um substituo ao medicamento de referência.
 
Entretanto, uma nova resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) permite que os medicamentos similares sejam oferecidos nas farmácias como alternativa ao medicamento de referência, como agora são oferecidos os genéricos. Essa alteração acontece porque agora os medicamentos similares também precisarão apresentar testes de bioequivalência, mostrando que tem os mesmos efeitos do medicamento de referência. 
 
Os medicamentos similares que apresentarem os testes de bioequivalência positivos começam a ser vendidos nesse novo sistema a partir de 2015.                             
 
6. É preciso receita para comprar um medicamento genérico?
O rigor para a venda de remédios genéricos é o mesmo do que os medicamentos de referência. "Se a venda de um remédio de marca é liberada sem receita, o genérico com o mesmo princípio ativo poderá ser comprado sem problema, e o mesmo serve para aqueles remédios que só são vendidos com receita", explica o cardiologista.
 
Além disso, é preciso que o médico indique a versão genérica. Muitas vezes, o próprio funcionário da farmácia faz essa sugestão, mas, segundo Odnir Finotti, mesmo que o princípio a ativo seja o mesmo, é indicado consumir genéricos apenas quando o médico dá essa alternativa.                              
 
7. Há perigos de automedicação usando genéricos?
Assim como no caso dos remédios de marca, a automedicação com genéricos é muito perigosa. Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (Abifarma), cerca de 20 mil pessoas morrem no país todo o ano vítimas da automedicação, tanto de genéricos quanto remédios de marcas.
 
Os sintomas mais comuns que levam à automedicação são dor de cabeça, dor muscular, cólicas, febre, inflamações, acne, congestão nasal, gripes e viroses. Os medicamentos mais comprados sem prescrição são analgésicos, anti-inflamatórios, descongestionantes nasais e antialérgicos.   
 
Minha Vida 

Funcionário da ONU morre de ebola na Alemanha

Foto: Jan Woiras/AFP
 Ambulância na entrada da Clínica St Georg, em Leipzig, Alemanha, onde
um médico sudanês morreu de ebola na madrugada desta terça-feira
Médico sudanês que trabalhava na Libéria foi transferido da Libéria há seis dias para receber tratamento
 
Leipzig, Alemanha - Um médico sudanês funcionário da ONU que trabalhava na Libéria e lá foi contaminado com o vírus, ebola morreu em um hospital em Leipzig, no leste da Alemanha, na madrugada desta terça-feira. O médico tinha sido transferido da África para a Alemanha há seis dias para receber tratamento.
 
- O paciente com ebola faleceu durante a noite na clínica San Jorge em Leipzig - anunciou a instituição.
 
"Apesar de cuidados médicos intensivos e dos melhores esforços de pessoal médico, o funcionário de 56 anos da ONU sucumbiu à doença infecciosa grave", acrescentou o comunicado, indicando que informações adicionais serão dadas durante o dia.
 
O homem foi um dos três pacientes que sofrem de ebola que a Alemanha concordou em hospedar. No dia 4 de outubro, o primeiro infectado, um especialista senegalês da Organização Mundial de Saúde (OMS), deixou o hospital em Hamburgo depois de ter sido curado. Outro paciente, um médico Uganda que trabalha para uma organização humanitária italiana, está sendo tratado no hospital em Frankfurt.
 
O Conselho de Segurança da ONU se reúne nesta terça-feira em Nova York para discutir a epidemia, que causou mais de 4 mil mortes, especialmente na Libéria, Guiné e Serra Leoa.
 
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, apelaram à comunidade internacional para redobrar os esforços para combater a doença.
 
O Globo

Cápsulas fecais curam infecção por bactéria específica em 90% dos pacientes

Tratamento anterior era por antibióticos, mas a infecção retornava em cerca de 20% dos pacientes
 
Um estudo preliminar publicado no JAMA (Journal of the American Medical Association) demonstra o potencial para o tratamento de infecção recorrente pela bactéria Clostridium difficile com matéria fecal encapsulado congelado administrado por via oral, diz o site “Medical News Today”.
 
Esta bactéria afeta o sistema digestivo e pode levar ao inchaço grave do intestino e à inflamação do cólon. A infecção recorrente por CDI é considerada uma das principais causas de doença e morte em todo o mundo, com um recente aumento significativo do número de pacientes adultos e crianças afetados.
 
A Clostridium difficile é responsável por 15 a 25% de todos os episódios de diarreia associada a antibióticos. Seus sintomas são desagradáveis e podem incluir diarreia aquosa (três ou mais evacuações por dia durante dois ou mais dias), às vezes com manchas de sangue; febre; perda de apetite; náusea e dor abdominal ou sensibilidade.
 
A C. difficile produz esporos que são passados para fora do corpo nas fezes e podem sobreviver por muitas semanas, às vezes meses, em superfícies, equipamentos ou materiais. A bactéria pode ser transmitida por qualquer um que entra em contato com a superfície contaminada.
 
O tratamento padrão da infecção é com antibióticos, como o metronidazol ou a vancomicina, mas esses remédios têm sido cada vez mais associados a falhas no tratamento, com a infecção retornando em cerca de 20% dos pacientes.
 
Um procedimento chamado transplante de microbiota fecal (FMT, na sigla em inglês), que consiste em transplantar as fezes de um doador classificado como saudável para um indivíduo infectado, já havia se mostrado eficiente para erradicar a infecção, as recaídas e para restaurar a flora intestinal saudável.
 
Inicialmente, aspectos práticos e questões de segurança impediram o uso generalizado desse processo.
 
Mas estas preocupações foram superadas no estudo de utilização de matéria fecal congelada produzida por doadores saudáveis cuidadosamente selecionados doadores, que não estavam relacionados com os pacientes infectados.

Mais informações em <http://goo.gl/B7CVFF>.
 
O Globo

Humor: É de gestão!

Concurso Prefeitura de Itapetininga (SP)

A Prefeitura de Itapetininga (SP) estão com inscrições abertas para concurso público. De acordo com o edital, são 303 vagas disponíveis - todas para a área de saúde. O prazo para inscrições vai até as 22h do próximo 31 de outubro. A taxa de inscrição custa entre R$ 7,40 a R$ 9,80 dependendo do cargo escolhido. Os salários dos aprovados variam de R$ 778 a R$ 2.198.

Entre os cargos com vagas abertas no concurso estão Agente Comunitário de Saúde (11 vagas), Enfermeiro do programa Estratégia Saúde da Família (18 vagas), Escriturário (40 vagas), Médico (12 vagas), Médico da Estratégia Saúde da Família (22 vagas), Médico Pediatra (15 vagas), Técnico de Enfermagem da Estratégia da Saúde da Família (26 vagas), Técnico de Saúde Bucal (10 vagas), Técnico de Saúde Bucal do programa Estratégia da Família (11 vagas) e Técnico em Farmácia (10 vagas).

As provas estão previstas para o 7 dezembro em horários e locais a serem divulgados posteriormente. O edital pode ser encontrado no site de prefeitura e no site da empresa organizadora do concurso.

Concurso Prefeitura de Guarujá - SP

A Prefeitura de Guarujá, no litoral de São Paulo, realizará um concurso público para preencher vagas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). As inscrições terão início a partir do dia 6 de outubro.

No total, são 76 vagas em disputa, sendo 11 para médico socorrista, 12 para enfermeiro, 25 para técnico em enfermagem e 28 para condutor de veículos. As vagas para deficientes já estão incluídas nesses números.

As funções de condutor de veículos e técnico de enfermagem terão jornada de trabalho de 40h semanais. Já enfermeiros terão jornadas de 30h e médicos socorristas terão, no mínimo, 12h de trabalho. Também serão disponibilizadas 159 vagas para formação de cadastro reserva. Para a vaga de condutor, interessados devem ter idade mínima de 21 anos, e para as outras funções, a idade mínima é 18 anos.

Para os cargo de médico socorrista é necessário ter superior específico e CRM, e para enfermeiros, superior específico mais o COREN. Interessados na vaga de técnico de enfermagem precisam ter ensino médio completo, formação em curso de técnico de enfermagem e Coren. Já para condutor de veículos, o candidato precisa ter ensino fundamental completo, CNH “D”, e habilitação como condutor de veículo de urgência.

As inscrições irão até o dia 19 do próximo mês (novembro) e só poderão ser realizadas por meio do site da prefeitura. A taxa de inscrição varia entre R$ 40 e R$ 70. Candidatos que não tiverem renda suficiente deverão comparecer ao Ginásio de Esporte Duque de Caxias, localizado na Praça Horário Lafer, s/nº, no bairro Enseada, onde preencherão requerimento de inscrição e uma declaração para comprovar sua condição financeira.

Concurso Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí - MG

A Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí, no estado de Minas Gerais, divulgou edital de concurso público nº 01/2014 com a finalidade de preencher 182 vagas. Os cargos disponíveis contemplam profissionais de níveis alfabetizado, fundamental, médio e superior.

Os vencimentos variam de R$ 594,62 a R$ 2.675,00, a depender do grau exigido para a função a ser assumida. A jornada de trabalho também varia conforme o cargo, podendo ser de 4 ou 8 horas diárias, ou ainda em esquema de 24h semanais.

As vagas são para as funções de ajudante geral, motorista, operador de máquinas pesadas, pintor, servente, vigilante municipal, pedreiro, auxiliar administrativo, mecânico de manutenção, auxiliar de laboratório e demais cargos.

Os interessados devem efetuar a inscrição no site da organizadora, que é www.consesp.com.br, de 20 de outubro a 19 de novembro de 2014. Quem não tiver acesso à internet poderá se inscrever pessoalmente na Incubadora Municipal de Empresas, na Avenida Francisco Andrade Ribeiro, nº 543, Família Andrade, Santa Rita do Sapucaí, das 8h às 16h. As taxas variam de R$ 20,00 a R$ 70,00, conforme o que se pleteia.

Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova escrita, prevista para 14 de dezembro de 2014. Também haverá prova prática para operador de máquinas pesadas e motoristas, além de prova de títulos para funções de nível superior. O local da prova objetiva será informado no dia 26 de novembro de 2014, por meio do site www.consesp.com.br.

O certame valerá por dois anos, a contar de sua homologação, com possibilidade de ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Chavantes - SP abre processo seletivo

A Prefeitura de Chavantes, no estado de São Paulo, através da empresa OM Consultoria Concursos Ltda., abriu edital de processo seletivo n° 03/2014, com a finalidade de ocupar duas vagas para os cargos de auxiliar odontológico e enfermeiro (níveis médio e superior, respectivamente). Os salários pagos aos profissionais contratados são, nesta ordem, R$ 848,74 e R$ 2.301,93. Para ambas as funções a carga horária é de 40 horas semanais.

Os interessados deverão se inscrever através do site www.omconsultoria.com.br, até o dia 27 de outubro de 2014, até 23h59min - horário de Brasília. A taxa única é de R$ 32,00, independentemente da vaga pleiteada.

A data, horário e local das provas serão divulgados pela imprensa escrita, com antecedência mínima de 5 dias. O gabarito e o resultado final do processo seletivo também serão informados pela imprensa, afixados nos lugares de costume e disponibilizada nos sites www.omconsultoria.com.br e www.twitter.com/om_consultoria.

A classificação final e a especial (se houver) serão divulgadas no resultado final, publicado na imprensa escrita, afixado no átrio da Prefeitura Municipal, nos locais de costume e disponibilizado nos sites: www.omconsultoria.com.br e www.twitter.com/om_consultoria.

O processo seletivo terá validade de um ano, a partir da data de homologação dos resultados, podendo ser prorrogável por mais um ano, a critério da Prefeitura Municipal de Chavantes.

Concurso Prefeitura de Ourinhos - SP

A Prefeitura Municipal de Ourinhos, estado de São Paulo, por meio da empresa OM Consultoria Concursos Ltda., abriu edital de concurso público n° 03/2014, destinado ao provimento de 114 vagas, mais cadastro de reserva, em cargos que contemplam profissionais de todos os níveis de instrução. Os salários podem chegar até R$ 2.314,00 e a carga horária varia de 30 e 40 horas semanais.

Os candidatos de nível superior irão concorrer aos cargos de assistente social, auditor de tributos e psicólogo, enquanto os inscritos que possuem o nível médio de ensino disputam as vagas de fiscal de posturas, fiscal de tributos, auxiliar de serviços gerais, coveiro, mecânico e vigia.
 
Os interessados deverão fazer suas inscrições através do site www.omconsultoria.com.br, até as 23h59min - horário de Brasília - do dia 27 de outubro de 2014. As taxas variam de R$ 10,44 e R$ 18,25 de acordo com a função escolhida.

A data, horário e local das provas serão divulgados no Diário Oficial do Município de Ourinhos e nos endereços eletrônicos: www.omconsultoria.com.br e www.ourinhos.sp.gov.br, com antecedência mínima de 5 dias. Os gabaritos e as provas estarão disponíveis para consulta apenas no site www.omconsultoria.com.br, bem como o resultado final deste concurso.

A classificação final e a especial (se houver) serão informadas no resultado final, a ser publicado na imprensa escrita, afixado no átrio da Prefeitura Municipal, nos locais de costume e disponibilizado nos sites: www.omconsultoria.com.br e www.ourinhos.sp.gov.br, além do perfil da organizadora no microblog twitter: www.twitter.com/om_consultoria. A prova estará disponível na página que a OM Consultoria mantém na web, por dois dias, a contar da divulgação do gabarito preliminar.
 
O concurso público terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a critério da Administração Municipal.

Concurso Prefeitura de Salvador das Missões - RS

A Prefeitura de Salvador das Missões, no interior do Rio Grande do Sul, publicou o edital de concurso público nº 001/2014, visando o preenchimento de 11 vagas imediatas, mais cadastro reserva, destinadas a candidatos de níveis fundamental, médio e superior, mais cadastro de reservas.
 
O salário previsto para os contratados varia de R$ 938,48 a R$ 7.038,57, em jornadas de 35 a 44 horas semanais.
 
As vagas disponíveis são para os cargos de auxiliar administrativo, contador, farmacêutico, fiscal municipal, médico, motorista, operador de máquinas, operário, operário especializado, recepcionista, servente e técnico agrícola.
 
As inscrições serão aceitas até o dia 9 de novembro de 2014, através do site www.objetivas.com.br, ao custo de R$ 75,00 para candidatos a cargos de níveis fundamental e médio e de R$ 100,00 para os inscritos nos cargos de nível superior.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 13 de dezembro de 2014, em local e horário a serem informados.
 
Além da prova objetiva, os 15 primeiros candidatos pré-classificados para os cargos de motorista, operador de máquinas e operário especializado serão submetidos à prova prática, a ser aplicada em local e horário informados posteriormente.
 
O concurso público, que está sob a responsabilidade da empresa Objetiva Concursos Ltda., terá validade de dois anos, contados a partir da homologação dos resultados, podendo ser prorrogado por igual período.

Concurso Prefeitura de Nova Pádua - RS

A Prefeitura de Nova Pádua, no estado do Rio Grande do Sul, torna público o edital nº 001/2014, de concurso público, tendo o objetivo de forma cadastro de reservas, em cargos de níveis fundamental, médio/técnico e superior. A remuneração prevista para os contratados pode chegar até R$ 5.169,23, em carga horária que vai de 20 a 44 horas semanal.
 
As chances são para as funções de agente administrativo, assistente social, auxiliar administrativo, auxiliar de serviços complementares, auxiliar de serviços gerais, farmacêutico, fiscal de meio ambiente, médico pediatra, motorista, nutricionista, odontólogo, operador de máquinas, professor-séries iniciais, técnico em enfermagem e tesoureiro.
 
As inscrições serão aceitas até o dia 26 de outubro de 2014, através do site www.objetivas.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de nível fundamental é de R$ 40,00, para nível médio é de R$ 60,00 e nível superior é de R$ 80,00. 
 
Haverá prova objetiva, para todos os cargos e prática e de títulos, de acordo com o cargo pretendido.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 13 de dezembro de 2014, em local e horário a serem informados antecipadamente.
 
O concurso público, que será executado pela empresa Objetiva Concursos Ltda, terá validade pelo período de 02 anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Urânia - SP retifica edital e prorroga inscrições

Foi retificado o edital de concurso público n° 001/2014 da Prefeitura de Urânia, no estado de São Paulo, voltado ao preenchimento de 26 vagas em diversos cargos. A alteração refere-se à prorrogação do prazo de inscrições para os candidatos interessados nas funções de agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias.

Quem deseja concorrer a essas vagas pode se inscrever até as 22h do dia 17 de outubro de 2014, através do site www.personacapacitacao.com.br. Após a emissão do boleto, o pagamento deverá ser efetivado impreterivelmente até o dia 17 de outubro de 2014. Caso contrário, a inscrição não será considerada.
 
Além desses, também foram disponibilizados cargos de auxiliar de enfermagem, auxiliar de serviços gerais, motorista, trabalhador braçal, visitador sanitário e enfermeiro. No entanto, as inscrições encerraram em 29 de setembro de 2014. As taxas oscilaram entre R$ 20,00, R$ 27,00 e R$ 35,00, a depender do grau de instrução exigido para a função pleiteada.
 
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 09 de novembro de 2014, em locais e horários a serem divulgados. O gabarito sairá na data provável de 10 de novembro de 2014. O salário dos aprovados chega a R$ 2.348,63 e a carga horária é de 40 horas semanais. 
 
A validade do concurso público será de dois anos, contados da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por até igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Urânia.

Concurso Polícia Civil do Rio de Janeiro prorroga prazo de inscrição

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro prorrogou as inscrições do edital de concurso público que pretende preencher 100 vagas na classe inicial da carreira de Papiloscopista Policial de 3ª Classe - 2014. O salário do cargo é de R$ 4.830,63 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais. A seleção será coordenada pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Das 100 vagas abertas, 20 serão reservadas para candidatos negros e índios e cinco para pessoas com deficiência. A ocupação exige curso de nível superior em qualquer área de formação, além de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria "B", entre outros requisitos.
 
As inscrições foram prorrogadas e podem ser feitas até as 23h59min do dia 19 de outubro de 2014, exclusivamente pela internet, no site do IBFC (www.ibfc.org.br) ou no posto de inscrição localizado na rua Anfilófio de Carvalho nº 29, sala 618, Bairro Castelo, Rio de Janeiro-RJ, no horário das 10 às 16 horas, exceto sábados, domingos e feriados. O valor da inscrição será de R$ 90,00.

O certame será constituído das seguintes etapas de avaliação:
- Prova de conhecimentos, de caráter eliminatório e classificatório;
- Prova de capacidade física, de caráter eliminatório;
- Exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
- Exame médio, de caráter eliminatório;
- Curso de formação profissional.

A prova de conhecimentos (objetiva) será realizada provavelmente no dia 16 de novembro de 2014.
 
O local, a sala e o horário de realização das provas serão disponibilizados no endereço eletrônico do IBFC  a partir de 07 de novembro de 2014.
 
O gabarito oficial da prova de conhecimentos, bem como a relação da classificação dos candidatos, serão divulgados, por meio de edital, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, Parte I e no endereço eletrônico: www.ibfc.org.br.
 
O prazo de validade do concurso público será de um ano, a contar da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.
 

Prefeitura de Itacurubi - RS abre vagas

A Prefeitura de Itacurubi, no estado do Rio Grande do Sul, publicou aviso do edital de processo seletivo nº 004/2014, destinado ao provimento de três vagas em cargos de Técnico em Enfermagem. O vencimento oferecido é de R$ 1.128,82, por jornada de trabalho de 36 horas semanais.

As inscrições serão recebidas do dia 14 a 20 de outubro de 2014, na Prefeitura Municipal, situada à Rua Amália Carvalho Rocha, 316, Itacurubi-RS.

A prova objetiva será realizada na data provável de 25 de outubro de 2014, às 9 horas, no Centro Administrativo/Setor de Licitações.

Mais informações no setor de licitações desta Prefeitura, situada à Rua Amália Carvalho Rocha, 316, Itacurubi-RS, pelo e-mail: licitacoes.itacurubi@gmail.com ou fone/fax: (55) 3366-1055/3366-1100.
O aviso do edital encontra-se disponível no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Sul, edição de 13 de outubro de 2014.

Concurso Grupo Hospitalar Conceição - RS

O Grupo Hospitalar Conceição (GHC), no estado do Rio Grande do Sul, abriu edital n° 04/2014 de concurso público, sob a coordenação técnico-administrativa da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências – FUNDATEC. Serão ofertadas 685 vagas imediatas, mais cadastro de reserva, para o cargo de auxiliar técnico de higienização hospitalar.

O salário é de R$ 1.310,40, considerando o desempenho de 220 horas mensais. Para concorrer, os candidatos devem ter concluído ao menos a 5ª série do ensino fundamental. Além do salário, haverá auxílio alimentação no valor de R$ 272,00 por mês.

As inscrições serão recebidas até o dia 13 de novembro de 2014, pelo site www.fundatec.org.br, com o recolhimento da taxa no valor de R$ 30,00. Para quem não tem acesso à internet, a organizadora disponibilizará computadores na Rua Professor Cristiano Fischer, nº 2.012, bairro Partenon, em Porto Alegre - RS, das 9h às 17h.

A prova teórico-objetiva será realizada na data prevista de 13 de dezembro de 2014, no município de Porto Alegre/RS. Não havendo disponibilidade de locais suficientes ou adequados para realização das provas, estas poderão ser realizadas em outras localidades.

Os gabaritos preliminares serão divulgados na data provável de 14 de dezembro de 2014.

Concurso Prefeitura de Limeira - SP

A Prefeitura de Limeira, no estado de São Paulo, publicou os editais 02, 03 e 04/2014 para a realização de concurso público. O concurso tem como objetivo preencher 199 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior. A remuneração pode chegar a R$ 4.972,36, por jornada de trabalho de 12 a 40 horas semanais. 
 
Ficam reservadas 5% das vagas às pessoas portadoras de necessidades especiais e 20% aos candidatos afro-brasileiros.
 
Cargos: Agente de Trânsito, Arquiteto, Assessor Administrativo, Assistente Administrativo, Assistente Social, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Farmácia, Auxiliar Geral, Museólogo, Oficial de Manutenção – Encanador, Oficial de Manutenção de Máquinas e Veículos (Eletricista Veículos e Mecânico de Veículos Leves) e Técnico (Ambiental, Aparelhos Médicos/Odontológicos, Segurança do Trabalho, Suporte em Informática e Suprimentos).
 
As inscrições serão realizadas no site www.institutomais.org.br, iniciando-se no dia 14 de outubro de 2014, às 09h e encerrando-se, impreterivelmente, às 18h do dia 30 de outubro de 2014, observado o horário oficial de Brasília e/ou de forma presencial no posto de inscrição do Instituto Mais - Prefeitura de Limeira, situada à Rua Prefeito Dr. Alberto Ferreira, 179, Centro, Limeira/SP, no horário das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas, nos dias úteis. As taxas variam entre R$ 14,00 e R$ 44,50.
 
Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, práticas, dissertativa, títulos, teste de aptidão física e peça processual.
 
As provas para os cargos de (Procurador Jurídico, Intérprete de Educação de Libras, Monitor, Professor de Educação Especial e Professor de Educação Infantil), serão realizadas na data provável de 23 de novembro de 2014. Já as provas para os demais cargos serão aplicadas provavelmente no dia 30 de novembro de 2014.
 
As informações do local para a realização das provas serão divulgadas oportunamente em edital de convocação, sendo de inteira responsabilidade do candidato o acompanhamento das publicações, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento e estarão disponibilizadas no Jornal Oficial do Município de Limeira, nos sites www.institutomais.org.br e www.limeira.sp.gov.br, no Setor de Atendimento ao Candidato do Instituto Mais, pelos telefone (11) 2659-5746 / 2659-5748, das 09h às 17h, nos dias úteis, ou em listagem afixada no Paço Municipal da Prefeitura de Limeira, nos dias úteis, das 09 às 16 horas.
 
O prazo de validade do concurso público será de 2 anos, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Prefeitura Municipal de Limeira, ser prorrogado uma vez por igual período.

Concurso Prefeitura de Itaóca - SP prorroga inscrições

A Prefeitura de Itaóca, no estado de São Paulo, retifica o edital de concurso público nº 01/2014, o mesmo informa a prorrogação das inscrições e a alteração da data das provas.
 
Sendo assim as inscrições podem ser feitas até o dia 20 de outubro de 2014, nos mesmos moldes e normas determinadas no edital de abertura, bem como a prova que fica prevista para o dia 30 de novembro de 2014, em local e horário a serem divulgados.
 
* * * * * *
 
A Prefeitura de Itaóca, no estado de São Paulo, divulgou o edital de concurso público nº 001/14, no qual disponibilizou 09 vagas destinadas a candidatos de nível médio/técnico e superior, por remunerações que vão de R$ 792,60 a R$ 7.420,74.
 
As vagas são para os cargos de farmacêutico, assistente social, professor, nutricionista, técnico agropecuário, técnico em farmácia, escriturário, agente de controle de endemias e médico.
 
As inscrições foram prorrogadas até o dia 20 de outubro de 2014, e podem ser efetuadas através do site www.viclamtreinamento.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição é de R$ 40,00 para nível médio/técnico e R$ 50,00 ensino superior.
 
Os candidatos que não têm acesso à internet, poderão fazer sua inscrição no período acima informado. O atendimento será disponibilizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h (exceto feriados e ponto facultativo), na Rua Professor Elias Lages de Magalhães, s/n (Acessa São Paulo) Centro - Itaoca/SP.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 30 de novembro de 2014, em locais e horários a serem informados futuramente.
 
Os candidatos ao cargo de escriturário serão submetidos também à prova prática.
 
O concurso público, que está sob a responsabilidade da empresa Viclam Treinamento e Comércio Ltda., será válido pelo período de dois anos, contados a partir da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Imbituba - SC abre processo seletivo

A Prefeitura de Imbituba, no estado de Santa Catarina, divulgou o edital de processo seletivo nº 18/2014. O objetivo é o cadastro de reservas, destinados a candidatos de níveis fundamental completo e incompleto, médio e superior. O salário previsto para os contratados pode chegar até R$ 5.280,21, em jornadas que vão de 10 a 40 horas semanais.
 
As chances são para os cargos de fonoaudiólogo, médico, odontólogo, psicólogo, professor, atendente de consultório odontológico, técnico em higiene bucal, agente de combate às endemias, auxiliar de serviços gerais, balseiro operador de máquinas, entre outros.
 
As inscrições podem ser feitas no período de 15 de outubro a 11 de novembro de 2014, através do site www.ibam-concursos.org.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de nível fundamental completo ou incompleto é de R$ 40,00, nível médio R$ 50,00 nível e superior R$ 60,00.
 
A prova objetiva para todos os cargos está prevista pra ser aplicada no dia 07 de dezembro de 2014, em local e horário a ser informado antecipadamente. Os candidatos aos cargos de professor além da prova objetiva serão avaliados através de prova de títulos.
 
Os gabaritos provavelmente serão divulgados no dia seguinte ao de aplicação da prova objetiva.
 
O processo seletivo, que será executado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, terá validade pelo período de 02 anos, prorrogável por igual período, a critério da Administração Municipal. 

Prefeitura de Imbituba - SC divulga edital de concurso público

Terá início nesta quarta feira, dia 15 de outubro de 2014, as inscrições ao concurso público, edital nº 01/2014, da Prefeitura de Imbituba, em Santa Catarina. Serão contratados 37 profissionais de todos os níveis de escolaridade.
 
As chances são para cargos de médicos (várias especialidades), atendente de consultório odontológico, agente comunitário de saúde, agente de combate às endemias, instrutor de capoeira, instrutor de marcenaria, auditor fiscal, fonoaudiólogo, geólogo, veterinário, nutricionista, professores (várias disciplinas), fiscal de transporte, técnico em medicina e segurança do trabalho, telefonista/recepcionista, visitador sanitário, operador de máquinas e pedreiro.
 
As remunerações oferecidas variam de R$ 724,00 a R$ 5.280,21, em jornadas de 20 a 40 horas semanais. Haverá reserva de 5% das vagas, para portadores de necessidades especiais.
 
As inscrições serão efetuadas de 15 de outubro até o dia 11 de novembro de 2014, via endereço eletrônico: www.ibam-concursos.org.br, com taxas de R$ 40,00 para nível fundamental, de R$ 60,00 para nível médio e de R$ 80,00 para nível superior.
 
O concurso será composto de prova escrita e avaliação de títulos. A prova está prevista para ser aplicada no dia 7 de dezembro de 2014, às 9h, com duração de três horas, em local a ser informado.
 
Os títulos deverão ser enviados, durante o prazo de inscrição, para a Diretoria de Gestão de Pessoas, situado à Rua Ernani Cotrin nº 601, Centro - CEP 88780-000 ou por Sedex, postado aos cuidados da Comissão Especial de Recrutamento e Seleção de Pessoas (CERSP).
 
O gabarito provavelmente será disponibilizado no dia 8 de dezembro de 2014. O resultado final será homologado e publicado. O edital e demais informações podem ser obtidos através do endereço eletrônico: www.ibam-concursos.org.br.
 
O concurso é organizado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e sua validade será de dois anos, prorrogável por igual período, a critério da Administração Municipal.

Remédio à base de planta africana pode interromper vício em crack, revela estudo brasileiro

Crédito: Divulgação - Comprimidos feitos com substância da
raiz dos arbustos africanos
Levantamento da Unifesp mostrou que ibogaína foi eficaz em homens e mulheres 
 
A ibogaína, medicamento obtido da raiz da Iboga ― planta encontrada em países africanos ― pode ser a chave para interromper a dependência do crack e outras formas de vício em 72% dos casos.
 
De acordo com a pesquisa do Departamento de Psiquiatria da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), após serem tratados com o medicamento, 55% dos homens e 100% das mulheres participantes ficaram livres do vício por, pelo menos, um ano.
 
Liderado pelo psiquiatra Dartiu Xavier, o estudo, realizado entre janeiro de 2005 e março de 2013, envolveu 75 pacientes dependentes de várias drogas, como cocaína, crack, álcool e outras menos comuns.
 
― O prazo de abstinência que obtivemos costuma ser considerado satisfatório para podermos falar em uma possível cura.
 
Segundo o especialista em clínica médica, Bruno Chaves, o período em que os pacientes conseguiram ficar abstinentes foi significativamente maior após o tratamento com ibogaína em comparação com os períodos de interrupção da dependência conseguidos pelos mesmos pacientes antes dessa experiência.
 
― Os tratamentos tradicionais alcançam resultados semelhantes em apenas 5 a 10% dos casos.
 
Chaves explica que o medicamento atua em duas frentes nos pacientes. Por um lado, aumenta uma substância já conhecida no cérebro, que repara as sinapses danificadas e cria novas conexões entre os neurônios, o que recupera, em parte, o dano causado pelas drogas.
 
― Junta a isso, também ocorre um reequilíbrio dos neurotransmissores e, por consequência, a proporção adequada entre serotonina, dopamina e noradrenalina, responsáveis pelas sensações de prazer.
 
Por outro lado, a ibogaína atua no campo psicológico do paciente. É comum o relato de uma certa confusão mental. “Durante os efeitos da medicação, os pacientes referiram experiências e vivências intensas, revivendo coisas que aconteceram em suas vidas”, afirma o psiquiatra Xavier.
 
Foto: Reprodução
Efeitos colaterais
Embora tenham ocorrido reações como tonturas, tremores, náuseas, dores de cabeça e confusão mental, por até 24 horas após o início do tratamento, Chaves afirma que não houve registro de efeitos adversos graves nos pacientes pesquisados, como arritmias cardíacas ou mortes.
 
― O tratamento com ibogaína realizado em hospital, com acompanhamento médico constante, medicação de boa qualidade e procedência, em pacientes motivados, é seguro e sem complicações.

Chaves também ressalta que uma das principais vantagens do uso da ibogaína contra a dependência química é que, enquanto o paciente que recebe tratamento tradicional fica, em média, nove meses internado, aquele que vivencia a experiência psicodélica passa, no máximo, 48 horas recluso.

R7

Saúde mantém medidas e reforça disseminação de informações sobre ebola

Depois de descartar a presença do vírus ebola no Brasil, após um caso suspeito em que dois exames tiveram resultado negativo, o ministro da Saúde, Arthur Chiroro, disse que vai manter a articulação com órgãos envolvidos com turismo, transporte e defesa para disseminar o máximo possível de informações sobre a doença

Segundo o ministro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que ainda demore seis meses para o fim da epidemia em três países da África Ocidental: Serra Leoa, Guiné e Libéria.  Caso alguém esteja no Brasil até 21 dias depois de ter passado por um desses países e apresente sintomas como febre, diarreia e vômitos, deve procurar a rede de saúde e informar sua procedência para que as providências sejam tomadas. Existe ainda um telefone do Ministério da Saúde para informações, o 136, pelo qual podem ser tiradas dúvidas sobre a doença.
 
A febre hemorrágica ebola não é transmitida pelo ar, e sim pelos contato com fluidos corporais infectados, como vômito, sangue, diarreia e suor. Inicialmente, a pessoa infectada apresenta febre, seguida de dores no corpo, na cabeça e na garganta. Náuseas, vômitos e diarreias costumam preceder a pior fase da doença, que é de sangramentos internos e da pele. Tais sintomas costumam aparecer antes de completados cinco dias da contaminação, porém podem vir até o vigésimo primeiro dia.
 
A pessoa contaminada só pode transmitir a doença depois que desenvolve os sintomas e, se curada, fica imune á doença. Assim, mesmo que contaminada, se a pessoa viajar de avião e não tiver sintomas, os outros passageiros podem ficar tranquilos, pois não pegarão a doença.
 
Chioro e o ministro do Turismo, Vinícius Nobre Lages, encontraram-se ontem (13) para elaborar nota conjunta informativa para quem entra e quem sai do país. “Nossa principal arma é manter  as pessoas bem informadas quanto aos mecanismos de transmissão, cuidados em relação à doença e, principalmente, para que não tenhamos preconceito por desinformação”, disse Chioro, que terá ainda uma reunião com representantes das empresas aéreas.
 
Segundo o ministro da Saúde, além das medidas informativas, não estão previstas alterações no plano de prevenção. ”Esse caso mostrou que o sistema epidemiológico funcionou adequadamente. Vai funcionar em outros casos também? Esperamos que sim.”
 
A OMS determina que o maior controle seja feito na saída dos países onde está ocorrendo surto da doença. Até agora, 77 pessoas foram impedidas de deixar os três países onde há surto por suspeita de terem o vírus ebola. Fora isso, o Brasil não tem voos direitos para os três países, o que diminui a probabilidade de uma pessoa contaminada desembarcar aqui.
 
De acordo com Chioro, o país também está preparado para receber os brasileiros que eventualmente tenham sido contaminados no exterior pelo vírus ebola, como determina a OMS. Segundo o ministro, o risco é muito baixo, já que há poucos brasileiros nos países onde há epidemia. São 32 na Guiné, 25 na Libéria e dois em Serra Leoa.
 
info_ebola
 
A primeira suspeita de ebola no Brasil surgiu quando um homem, natural da Guiné e que estava há 20 dias no Brasil, foi a uma unidade de pronto-atendimento em Cascavel, no Paraná, por ter tido febre. O Ministério da Saúde foi acionado e o paciente, transferido para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, onde ficou isolado até dois exames para ebola terem resultado negativo. No momento, o paciente está bem e permanece internado apenas aguardando outros exames para saber o que ocasionou a febre.
 
Enquanto ainda havia suspeita de ebola, poucos exames foram feitos, para não colocar mais profissionais de saúde em contato com sangue possivelmente contaminado. Os médicos descartaram dengue, HIV e malária.

A Guiné é um dos países da África Ocidental onde há uma epidemia de ebola. No país, pelo menos 1.350 pessoas foram contaminadas e 778 morreram com a febre hemorrágica, desde o começo do ano.

Agência Brasil

Publicada resolução que harmoniza critérios para registro de medicamentos

Foi publicado, nesta segunda-feira (13), a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 60/2014. A norma atualiza e harmoniza os critérios técnicos de qualidade, segurança e eficácia para o registro de medicamentos classificados como novos, genéricos e similares
 
A norma substitui as Resoluções RDC nº 136/2003, a RDC nº 16/2007 e a RDC nº 17/2007, que tratam dos regulamentos técnicos para o registro de medicamentos novos, genéricos e similares, respectivamente.
 
Antes de tornar-se RDC, a proposta inicial da norma ficou em consulta pública por um período de 90 dias. Neste prazo, recebeu contribuições principalmente de profissionais de saúde, entidades representativas do setor regulado e órgãos integrantes do sistema nacional de vigilância sanitária.
 
A harmonização e atualização foram realizadas a partir questões que surgiram ao longo dos anos durante o processo de análise de tais petições e que não são endereçadas pelas normas atuais. Esta revisão também foi necessária para a implementação do registro eletrônico de medicamentos na Anvisa. Além disto, houve uma reestruturação do relatório técnico a ser apresentado segundo o Common Technical Document (CTD) do International Conference on Harmonisation of Technical Requirements for Registration of Pharmaceuticals for Human Use (ICH).

ANVISA

Cinco hábitos saudáveis podem reduzir pela metade risco de AVC em mulheres

Pesquisa sueca aponta que estilo de vida é fundamental para evitar o problema
 
Adotar um estilo de vida saudável pode reduzir pela metade o risco de uma mulher sofrer um acidente vascular cerebral. É o que aponta uma recente pesquisa publicada na edição online da revista Neurology, periódico da Academia Americana de Neurologia.
 
Segundo a pesquisa, as mulheres que mantêm uma dieta saudável, consomem álcool moderadamente, nunca fumam, são fisicamente ativas e apresentam um índice de massa corporal (IMC) saudável são 54% menos propensas a apresentar o problema.
 
 
O estudo considerou que um estilo de vida saudável incluía os seguintes fatores: beber álcool moderadamente (de três a nove doses por semana) ou não beber, seguir uma dieta saudável (medida pela quantidade e frequência do consumo de alimentos saudáveis e não saudáveis), praticar atividade física (pelo menos 40 minutos de exercícios aeróbicos por dia e uma hora de atividades de força por semana), manter um peso saudável (com IMC de até 25) e não fumar.
 
Entre as participantes do estudo, apenas 589 (ou 1,8%) apresentavam todos esses fatores de estilo de vida saudável. Por outro lado, 1 535 (4,8%) mulheres não mantinham nenhum desses cinco hábitos.
 
A pesquisa mostrou que cada fator de vida saudável é capaz de, sozinho, diminuir o risco de sofrer um derrame. Seguir uma dieta correta, por exemplo, contribui com uma redução de 13% desse risco, enquanto não fumar evita 17% dos casos de AVC em um período de dez anos, por exemplo. Já a prática de atividade física pode prevenir 9% dos derrames. Além disso, segundo o estudo, todos os cinco hábitos, juntos, reduzem em 54% o risco de AVC em mulheres em comparação com não apresentar nenhum desses fatores
 
— As consequências do AVC geralmente são devastadoras e irreversíveis, por isso a prevenção é tão importante. Os resultados do estudo são animadores pois indicam que escolhas que as pessoas podem fazer reduzem substancialmente o problema — afirma Susanna C. Larsson, pesquisadora do Instituto Karolinska, na Suécia, e principal autora do estudo.

Zero Hora

A atualidade e o futuro da Acreditação

Seria a regulação um meio de garantir a efetividade na aplicação e utilidade dos programas de acreditação?
 
Depois do evento realizado pelo Institute for Healthcare Improvement (IHI) dos Estados Unidos, o evento realizado pela ISQua está se tornando um dos mais importantes do mundo, não só na oportunidade de abordar qualidade e segurança em saúde, mas também pela possibilidade de se discutir as metodologias de certificação e de acreditação utilizadas na atualidade. A ISQua tem um programa para acreditação de agências ou instituições acreditadoras denominado ISQua’s International Accreditation Programme (IAP - http://www.isqua.org/accreditation/accreditation).
 
Esse programa trabalha com três linhas de acreditação e tem manuais e padrões para a acreditação da própria instituição acreditadora, para o conjunto de padrões e manuais que ela utiliza e também para o programa de treinamento de sua equipe de avaliadores. Nesse momento tenho a grata oportunidade de ser um dos integrantes do Comitê Internacional de Acreditação da ISQua.
 
Uma questão que tem sido discutida em âmbito internacional e na própria ISQua se refere à aplicabilidade e formas de utilização das metodologias de acreditação que têm sido criadas e vêm se difundido em todo o mundo. Neste momento, verifica-se uma forte expansão para os países da região asiática, incluindo, entre outros, China, Índia, Singapura e Tailândia. Junto a esse crescimento surge uma preocupação, que foi apresentada e discutida em diferentes sessões do Congresso da ISQua no Rio de Janeiro, que se refere a uma relativa ou possível inconsistência dos métodos e formas de utilização da acreditação. Para minimizar essa inconsistência, alguns países e alguns estudiosos ou especialistas no assunto têm proposto um modelo ou um sistema de regulação das metodologias de acreditação.
 
Um dos trabalhos apresentados tratou do modelo de regulação que foi instituído na Austrália, onde existem cerca de 10 agências de acreditação. Foi criada uma agência nacional cuja principal missão é definir e monitorar um conjunto de diretrizes para garantir que as distintas metodologias de acreditação atendam requisitos de aplicabilidade e utilidade compatíveis com o propósito de proporcionar uma melhoria contínua da qualidade e segurança dos processos assistenciais desenvolvidos em instituições de saúde e de avaliar utilizando padrões pré estabelecidos. Outros países como Dinamarca, Irlanda, Twain e Nova Zelândia também adotaram modelos semelhantes.
 
A regulação é muito discutida porque ainda é um meio que pode comprometer ou reduzir a capacidade ou oportunidade real de modelos ou métodos de serem adequada ou amplamente aplicados. No Brasil temos experiências não muito bem sucedidas em outras áreas de serviços.
 
Até o momento, temos um mercado livre de regulação no ambiente de acreditação, mas já temos quatro distintos modelos sendo utilizados, um de caráter nacional (ONA) e três de origem internacional (CBA-JCI, Accreditation Canada e NIAHO), o que também condiciona diversidades importantes. Fundamental é entender que fortes expansões ou criações sem diretrizes ou referenciais podem se perder em seus objetivos positivos ou potenciais. Portanto, mesmo como um especialista da área, militando há mais de 15 anos no segmento da acreditação, ainda me pergunto: será esse um bom caminho para o futuro dessa metodologia?

Saúde Web

ANS lança edital com OPAS para produção do conhecimento

Os temas para as pesquisas são Sustentabilidade e Estímulo à Qualidade; Atenção à Saúde em Rede; Políticas de Saúde e Gestão em Saúde Suplementar
 
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou nesta quinta-feira (9), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), um edital para seleção e contratação de instituições para desenvolvimento de estudos, instrumentos, ferramentas e conhecimentos sobre a saúde suplementar no Brasil.

As instituições de pesquisa, públicas ou privadas sem fins lucrativos, poderão enviar propostas até 13/11/2014, contemplando um dos temas de pesquisas priorizados pela Agência: Sustentabilidade e Estímulo à Qualidade; Atenção à Saúde em Rede; Políticas de Saúde e Gestão em Saúde Suplementar.
 
A ANS têm buscado formas de promover e fomentar a produção do conhecimento no campo da saúde suplementar, já que os saberes produzidos são subsídio fundamental para sua missão regulatória.

Consulte o edital
 
Saúde Web

Conheça os protocolos de segurança contra o ebola

Medidas funcionam, diz Ministério da Saúde. Notificação, manejo dos doentes e cuidados dos profissionais estão disponíveis na internet. Confira!
 
No Brasil, o primeiro paciente com suspeita de infecção do vírus teve diagnóstico negativo. Segundo o Ministério da Saúde, que aguarda uma contraprova do primeiro exame para conceder alta ao cidadão de Guiné internado no Rio de Janeiro e desmobilizar os protocolos de controle da doença no País, que foram bem executados, na avaliação do ministro da Saúde, Arthur Chioro.

O caso do paciente com suspeita de infecção por ebola foi notificado em Cascavel (PR) na última quinta-feira (9). Souleymane Bah, de 47 anos, veio da Guiné para o Brasil, passando pelo Marrocos. Assim que o caso foi notificado no Paraná, o paciente foi transferido para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ), onde permanece em isolamento.

O resultado do primeiro exame de sangue foi divulgado sábado (11) pelo Ministério da Saúde, e foi negativo. A contraprova que vai confirmar ou descartar em definitivo a suspeita deve ser divulgado nesta segunda-feira (13). A segunda amostra de sangue do paciente está sendo analisada no Instituto Evandro Chagas, em Belém, que pertence à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Sessenta e quatro pessoas que tiveram contato com Bah também continuarão sendo monitoradas pelas autoridades de saúde, com medição periódica de temperatura.
 
Segundo a presidente da Associação Nacional de Biossegurança, Leila Macedo, não existe risco zero de contaminação, mas que os profissionais do Instituto de Infectologia Evandro Chagas, tanto na parte hospitalar (Rio), quanto na laboratorial (Belém), foram treinados para atender casos de ebola. O instituto faz a análise laboratorial do primeiro caso suspeito de ebola no País.

“Se os procedimentos preconizados pela Organização Mundial da Saúde forem seguidos não haverá problemas”, disse Leila, que também é pesquisadora da Fiocruz.

Ela explicou que o vírus pode ser transmitido pelos fluidos corporais, como lágrimas, sangue, suor. “Se um indivíduo com ebola espirrar, o espirro vai longe e pode haver o vírus”, explicou a pesquisadora, acrescentando que o vírus pode penetrar através da pele.

Protocolos? Que protocolos?
Segundo informe técnico e de orientações do Ministério da Saúde disponíveis na internet, o ebola é uma doença de notificação compulsória imediata, ou seja, deve ser realizada pelo profissional de saúde ou pelo serviço que prestar o primeiro atendimento o mais rápido possível.

Autoridades de saúde das secretarias municipais, estaduais e à Secretaria de Vigilância em Saúde podem ser notificadas por telefone (0800.644.6645), preferencialmente, mas também por e-mail (notifica@saude.gov.br) ou formulário eletrônico no site da SVS. Essas autoridades, por sua vez, notificam o caso suspeito pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) utilizando o Código Internacional de Doenças (CID) A98.4. A ficha de registro está acessível no site do Ministério.

Os profissionais envolvidos na atenção a pacientes suspeitos de infecção pelo vírus devem seguir uma série de medidas de precaução para evitar contatos com gotículas, associadas a outras medidas, como uso de roupas especiais para manejo (EPI), restrições de circulação do paciente, contato com superfícies e outras pessoas, limpeza etc.

O Ministério da Saúde disponibilizou em seu site da internet um guia completo e detalhado com todos os procedimentos para casos suspeitos de ebola.

Abaixo, veja dois vídeos demonstrativos feitos pelo Ministério da Saúde para orientar profissionais de assistência e de transporte de doentes sobre o uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPI).
 




Saúde Web