Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Entenda o que é o hidrogel e quais são os riscos do procedimento

Neste fim de semana, a modelo Andressa Urach foi
internada com uma infecção na coxa esquerda que
teve origem em uma aplicação de hidrogel
Produto esteve relacionado a problemas graves nos últimos meses. Ele é regulamentado no Brasil, mas especialistas recomendam cautela
 
O hidrogel, produto usado principalmente para preenchimento e aumento de volume em regiões como o bumbum e as coxas, esteve relacionado a problemas graves de saúde em pessoas que recorreram a esse procedimento nos últimos meses.
 
Neste fim de semana, a modelo Andressa Urach foi internada com uma infecção na coxa esquerda que teve origem em uma aplicação de hidrogel. Ela está em estado grave, segundo o hospital. Em outubro, uma mulher morreu em Goiânia depois de passar pelo procedimento de aplicação de hidrogel no bumbum.
 
O G1 conversou com médicos que explicaram o que é o hidrogel, para que serve, quais são os riscos de sua aplicação e quais são os cuidados que os pacientes devem ter, caso queiram se submeter ao procedimento. Veja, abaixo, perguntas e respostas sobre o produto:
 
O que é o hidrogel?
Trata-se de um gel que tem em sua composição 98% de água e 2% de poliamida utilizado no Brasil desde 2008, de acordo com a médica Valéria Campos, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).
 
Para que serve? O hidrogel é usado para aumento de volume em regiões como o bumbum e as coxas. Também é usado para o preenchimento de linhas e rugas no rosto e no pescoço.
 
O produto é regulamentado?
A marca mais conhecida de hidrogel, chamada Aqualift, tem registro na Anvisa. Sua colocação é, portanto, um procedimento regulamentado pelas autoridades sanitárias do Brasil.
 
A dermatologista Valéria Campos observa que o hidrogel não é aprovado pelo órgão americano que regulamenta alimentos e medicamentos, o Food and Drug Administration (FDA). “O FDA é um órgão bastante rigoroso, portanto o fato de o hidrogel não ser aprovado por ele é um sinal de alerta”, diz a dermatologista.
 
O médico Fernando de Almeida Prado, presidente da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP-SP), afirma que, embora seja um procedimento regulamentado, não há estudos suficientes que garantam a segurança da técnica em longo prazo, por isso é necessário ter cautela.
 
Como é a colocação?
O hidrogel é injetado com uma microcânula sob a pele da área em que o paciente quer aumento de volume. Trata-se de um procedimento cirúrgico feito sob anestesia local e que deve, portanto, ser feito em um centro cirúrgico ou em um estabelecimento que tenha condições de atender possíveis emergências médicas.
 
O profissional habilitado para fazer o procedimento é um médico, de preferência um cirurgião plástico ou um dermatologista com treinamento em técnicas de preenchimento do corpo.
 
É um procedimento permanente?
Segundo o cirurgião plástico Rogerio Ruiz, da SBCP, o hidrogel é um produto absorvível que fica no organismo por um período que vai de 1,5 a 2 anos, dependendo do local onde é injetado e das características do paciente. O previsto é que, depois desse tempo, o produto seja absorvido pelo próprio organismo e, caso o paciente queira que o volume aumentado continue, é necessário fazer uma nova aplicação.
 
Quais são os riscos?
Segundo Ruiz, como o procedimento prevê o depósito de uma grande quantidade de material sob a pele, há risco de o produto ser injetado perto de um vaso e comprimi-lo. Isso pode levar a uma isquemia, ou seja, a uma interrupção do fluxo de sangue, que pode ocasionar uma necrose da pele. Também há risco de o produto comprimir um nervo importante, provocando dores fortes.
 
Outro risco é que o produto seja equivocadamente injetado dentro de um vaso sanguíneo, o que pode levar a uma trombose e à necrose da pele no local. Pode também provocar uma embolia pulmonar ou até cerebral, e levar à morte. O paciente está sujeito ainda a ter hematomas, dores e alergia ao produto.
 
Caso ocorra algum problema, o produto pode ser retirado com uma cirurgia ou usando a técnica da lipoaspiração. Ruiz alerta, porém, que se o produto utilizado não for o original, a retirada tende a ser muito mais difícil porque outros produtos tendem a ser mais viscosos e pesados. 
 
Quais são os cuidados que o paciente deve ter?
O paciente deve procurar um profissional habilitado para fazer o procedimento. De preferência, um cirurgião plástico ou um dermatologista com experiência no uso do produto. O estabelecimento onde a aplicação será feita deve ser um centro cirúrgico ou um estabelecimento que tenha condições de atender possíveis intercorrências médicas.
 
Ruiz observa que os pacientes devem ficar atentos ao preço do procedimento: valores muito baixos podem indicar que o material utilizado não é original. Segundo ele, o hidrogel é um produto caro e, para se fazer um aumento de volume razoável nos glúteos, por exemplo, utiliza-se ao menos 300 ml de cada lado. “Isso tem um custo realmente bastante alto. Algumas pacientes vão procurar um procedimento mais barato e acabam tendo complicações.”
 
Valéria recomenda que o paciente peça para ver o frasco do produto e, se possível, fotografe a embalagem e o código de barras para que, se houver algum problema relacionado ao produto, ele possa recorrer ao fabricante.
 
Que outros procedimentos têm o mesmo efeito?
Ruiz observa que, para pessoas que querem o efeito de aumento do volume, existem outras estratégias que podem ser consideradas e que são mais seguras do que a aplicação de hidrogel. Uma delas é o uso da gordura do próprio paciente para preenchimento. Outra é o implante de próteses de silicone.
 
“Cabe ao médico conversar com a paciente, tirar todas as dúvidas e, junto com paciente, discutir qual o procedimento mais indicado. Além disso, trabalhar com técnica precisa e com material que seja aprovado pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa”, diz Ruiz.
 
G1

OMS recomenda duas vacinas contra HPV em vez de três

A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou novas recomendações para a luta contra o câncer de colo do útero, que permitiria uma melhor prevenção desta doença nos países pobres
 
A OMS aconselha que duas vacinas sejam inoculadas, quando anteriormente eram três, contra o papilomavírus humano (HPV) entre as jovens de 9 a 13 anos.
 
Na França, por exemplo, onde o câncer de colo do útero provoca pouco mais de mil mortes por ano, a vacina é aplicada atualmente em adolescentes de 11 a 14 anos.
 
Agora a OMS, que apresentou as novas recomendações a respeito no Congresso mundial de luta contra o câncer, em Melbourne, Austrália, estima que duas aplicações desta vacina são tão eficazes quanto três.
 
"A combinação de ferramentas mais eficazes e acessíveis para prevenir e tratar o câncer de colo do útero contribuirá para aliviar o custo da saúde, em particular nos países com baixa renda", indicou Nathalie Broutet, epidemiologista da OMS.
 
Por sua vez, o estudo a partir dos 18 anos de infecções por papilomavírus - responsáveis por 99% dos casos de câncer de colo de útero - pode ser realizado a cada cinco anos em caso de resultados negativos, e não a cada dois anos, como ocorre atualmente em muitos países.
 
A primeira vacina contra o HPV foi lançada no mercado em 2006.
 
AFP / Terra

Chás para urticária

Foto: Reprodução
A urticária é um tipo de reação alérgica que afeta a pele e pode ser desencadeada por determinados elementos, como medicamentos, alimentos, poeira, perfumes etc.
 
Ao entrar em contato com alguma destas substâncias, o organismo reage produzindo histamina, responsável pelas reações alérgicas na pele.
 
Os principais sintomas da urticária são as lesões avermelhadas na pele, que coçam bastante e aparecem e evoluem rapidamente. Estas lesões podem vir acompanhadas ou não de dificuldade para respirar. A doença pode ter manifestação aguda ou crônica: no primeiro caso, a urticária evolui em menos de 30 dias; no segundo, a evolução passa de 4 semanas, podendo chegar a 6 semanas, e as lesões são menores e podem sumir e voltar por até meses.
 
Como é feito o tratamento da urticária?
Após a identificação do agente causador da alergia, o indivíduo é orientado a evitar ao máximo o contato com tal substância. Geralmente, o tratamento é feito com anti-histamínicos (antialérgicos) e loções tópicas. Com exceção dos casos em que há o inchaço da laringe, os sintomas da urticária podem ser tratados com receitas caseiras, que atuam aliviando a coceira e desinchando as lesões.
Existem alguns chás que também ajudam a acalmar os sintomas desta doença.
 
Confira a seguir:
 
Chás e demais remédios naturais para tratar urticária
O estresse pode agravar os sintomas da urticária, por isso, os chás de algumas ervas são recomendados para tratar o problema.
 
Chás de camomila e de menta
A camomila e a menta ajudam a acalmar os nervos, combatendo a irritação e o desconforto causado pela urticária. Para aliviar a condição da pele, recomenda-se a ingestão dos chás destas ervas de 2 a 3 vezes ao dia.
 
Além dos chás calmantes, existem outras soluções naturais para urticária. Confira a seguir:
 
Mel e hidraste
Esta mistura é um ótimo remédio natural para urticária, pois o hidraste é uma planta medicinal que ajuda a secar as lesões provocadas pela doença, e o mel é um antisséptico natural que ajuda a acalmar a irritação.
 
Ingredientes:
– 2 colheres de chá de hidraste em pó;

– 2 colheres de chá de mel.
 
Modo de preparo:
Adicione os ingredientes em um recipiente e misture bem. Aplique a mistura sobre a região afetada e, após a aplicação, proteja a área com gaze. A gaze deve ser trocada duas vezes ao dia.
 
Outras dicas
 
Além das receitas anteriores, aconselha-se ainda:
 
- Não coçar as lesões;
 
- Compressas de leite frio ajudam a aliviar a coceira;
 
- A decocção de folhas de cambará pode ser usada para lavar o corpo ou fazer compressas;
 
- Tentar relaxar, praticando atividades prazerosas.

Obs.: Estes chás não curam a doença, mas ajudam a aliviar os sintomas. Seu médico é o profissional mais indicado a lhe prescrever os medicamentos corretos para tratar o problema. Jamais utilize medicamentos indicados por amigos, vizinhos e balconistas de farmácia.
 

Uma taça de vinho causa mesmo dano que três shots de vodka, diz autoridade britânica de saúde

Foto: Freeimages - Membro do Parlamento inglês acredita que as pessoas
não sabem quanto de álcool estão consumindo
Duncan Selbie, chefe de Saúde Pública da Inglaterra, alertou que o álcool é um ‘assassino silencioso’
 
Rio - Degustar uma taça de vinho depois do trabalho causa o mesmo dano que beber três shots de vodka, de acordo com o chefe da Saúde Pública da Inglaterra, que disse que o álcool estava se tornando o “assassino silencioso” dos britânicos em pessoas de idade ativa.

Duncan Selbie afirmou que as mortes por doenças do fígado de indivíduos nessa faixa etária aumentou em 500% desde 1970 no país, porque muitos chegam em casa “despejam um copo e não têm ideia de quanto eles estão bebendo”.
 
Membros do parlamento disseram que as pessoas estão mais seguras apreciando uma bebida alcoólica em um bar já que as medidas são controladas em vez de comprar grandes quantidades de vinho a “preços baixíssimos” em supermercados e beberem em uma “atmosfera não-sociável longe de comunidades das pessoas”.
 
Eles também alertam que beber em casa é problemático entre as classes médias que desenvolveram o hábito de beber um copo grande de vinho ou dois no final do dia.
 
“E é um assassino silencioso, com 75% das pessoas com cirrose só sendo diagnosticadas uma vez que são admitidas no hospital”, escreveu Selbie em nota e complementou que a doença hepática é a terceira maior causa de morte de adultos em idade ativa.
 
Ele acrescentou, ainda, que a doença é “em grande parte evitável”, mas que um dos maiores fatores de risco, o álcool, era difícil de controlar. “Por exemplo, um grande copo de vinho é como três shots de vodka, por isso é muito fácil para as pessoas beber um copo e não ter ideia de quanto estão bebendo.”
 
Especialistas colocaram que muitas pessoas estavam tratando a dependência do álcool como “uma opção de vida, como jeans [da marca] Armani” e que a Grã-Bretanha é agora o único país além da Finlândia na Europa Ocidental em que a prevalência da doença de fígado está aumentando.
 
Tracey Crouch, o ex-presidente do Grupo de Abuso do Álcool, e um deputado conservador, disse: “O profissional de classe média está voltando para casa de uma noite e tomando um copo de vinho com o jantar e, em seguida, possivelmente, outro depois que, sem perceber que, ao longo de uma semana, pode chegar até mais do que o que é clinicamente aconselhável”.
 
Também do Parlamento, Diane Hayter disse: “O vinho é mais forte, e os vinhos comuns que você compra, nós simplesmente não olhamos como é forte - assumimos que todo o vinho tem a mesma porcentagem e não se pode variar enormemente ... copos estão ficando maiores e é realmente muito sério. Parece bobo, mas isso significa que você pode de repente estar bebendo duas unidades, em vez de uma”.
 
O Globo

Jejuns prolongados combatem obesidade e diabetes e dieta mediterrânea atrasa envelhecimento

 Foto: James Rajotte/The New York Times: Pratos em um restaurante na
 Espanha: dieta mediterrânea, típica das populações dos países do entorno
do mar que separa Europa e África, ajuda a combater o envelhecimento
 em nível celular, mostra estudo
Estudos reforçam a importância dos hábitos alimentares para a boa saúde
 
Rio - Você é o que você come, mas isso também depende de quando e como você se alimenta. Três estudos publicados nesta terça-feira em diferentes periódicos científicos reforçaram a noção de que os hábitos alimentares têm um importante papel na manutenção da boa saúde. Nos dois primeiros, pesquisadores submeteram camundongos a longos períodos de jejum entre as refeições e descobriram que esta estratégia sozinha, sem alteração na quantidade ou tipos de alimentos consumidos ou qualquer atividade física especial, pode ajudar a reverter a obesidade e o diabetes, mesmo quando eles ficaram livres das restrições do regime nos fins de semana. Já no terceiro, os cientistas demonstraram que a chamada “dieta mediterrânea” de fato atrasa o envelhecimento em nível celular.
 
Conduzido por pesquisadores do Instituto Salk para Estudos Biológicos, nos EUA, o experimento com camundongos revelou que um regime especial de alimentação com grandes “janelas” no acesso dos animais à comida provoca mudanças no microbioma intestinal, isto é, na flora bacteriana do sistema digestivo, que estaria por trás dos efeitos observados e cujos benefícios foram proporcionais à duração dos jejuns.
 
Segundo os cientistas, apenas as restrições nos horários permitidos para as refeições se mostraram capazes de prevenir a obesidade e o desenvolvimento de problemas metabólicos como o diabetes em camundongos que consumiam uma dieta rica em gordura e açúcar, sendo que em alguns casos conseguiu até revertê-los. E o melhor é que estes benefícios se mantiveram mesmo quando os pesquisadores ofereceram aos animais alguns “dias de liberdade” durante a semana em que eles puderam comer na hora que quisessem, numa replicação do que acontece com pessoas que “fogem” de seus regimes nos fins de semana.
 
- Descobrimos que os animais alimentados com janelas que variaram entre oito e 12 horas de jejum tiveram benefícios preventivos e terapêuticos quando comparados com animais que puderam comer o mesmo número de calorias das mesmas fontes a qualquer hora – conta Satchidananda Panda, líder da pesquisa e principal autor dos dois artigos sobre o experimento, publicados na edição desta semana da revista “Cell Metabolism”. - O efeito dos horários de alimentação no microbioma intestinal e na fisiologia em direção à saúde ou à doença, sem alterar os genes, os nutrientes, as calorias ou uso de medicamentos, abre novos caminhos para pesquisas e para a criação de estratégias menos custosas e mais eficientes de preservação da saúde e do bem-estar.
 
Já o estudo sobre a dieta mediterrânea verificou pela primeira vez que ela ajuda a preservar os telômeros, estruturas localizadas nas pontas dos cromossomos que funcionam como capas de proteção do genoma. Os telômeros impedem que o DNA seja danificado durante a reprodução celular como um cadarço de sapato que perde o adesivo protetor de suas pontas e são vistos como marcadores biológicos do envelhecimento, já que eles ficam cada vez mais “curtos” a cada vez que a célula se multiplica.
 
No estudo, pesquisadores do Hospital de Mulheres de Brigham, também nos EUA, mediram o comprimento dos telômeros de quase 5 mil enfermeiras que participam desde 1976 de uma ampla pesquisa sobre saúde que envolve mais de 121 mil destas profissionais americanas. Todas elas responderam periodicamente questionários sobre seus hábitos alimentares, o que permitiu aos cientistas atribuírem notas de zero a nove sobre sua semelhança à dieta mediterrânea, caracterizada pelo grande consumo de vegetais, frutas, nozes, legumes, grãos não refinados e azeite; poucas gorduras saturadas, laticínios, carnes e aves; consumo moderado de peixes e regular de álcool, em especial vinho junto com as refeições, sendo zero menos parecidas e nove mais.
 
Segundo os pesquisadores, mesmo ajustados a outros fatores que podem influenciar no comprimento dos telômeros, como etnia e prática de exercícios, os resultados indicam que, em média, cada ponto de semelhança dos hábitos alimentares com a dieta mediterrânea representa um atraso de 1,5 ano no envelhecimento.
 
- Nossos achados sugerem que uma alimentação saudável de modo geral está associada a telômeros mais longos, mas a associação mais forte foi observada entre as mulheres que adotam a dieta mediterrânea – destaca Marta Crous-Bou, primeira autora de artigo sobre o levantamento, publicado na edição desta semana do prestigiado periódico científico “British Medical Journal” (BMJ).
 
O Globo

Anvisa suspende produtos para saúde, lotes de medicamento e interdita álcool gel

A Anvisa suspendeu, nesta quarta-feira (03/12), a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso dos produtos para saúde Vídeo-laringoestroboscópio e Smartnaso, fabricado por Image Equipamentos Eletrônicos Ltda

Em 17/11/2014, foi realizada uma inspeção sanitária na empresa, que comprovou a falta de licença sanitária e fabricação de produtos sem registro.
 
Três lotes do medicamento Comple B (polivitamínico complexo B), fabricado por Natulab Laboratório S.A, também foram suspensos. De acordo com laudos de análise emitidos pela Fundação Ezequiel Dias (Funed/MG), os lotes 45050, 45057 e 45058 obtiveram resultados insatisfatórios nas análises iniciais para os ensaios de aspecto e rotulagem. O primeiro lote citado possui validade até 05/2015; o segundo e terceiro até 06/2015.
 
Foi interditado cautelarmente, pelo prazo de 90 dias, o lote 1014 do Álcool Gel, marca Sol, produzido por Super Sol Indústria e Comércio Ltda. O lote apresentou resultados insatisfatórios nos ensaios de rotulagem primária e teor de álcool etílico.
 
Todas as determinações acima foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) e podem ser conferidas clicando aqui.
 
Assessoria de Imprensa da ANVISA

Secretaria de Saúde de SP gasta R$ 522 mil com aluguel de prédio que segue vazio

Reprodução: Sede do Departamento Regional de Saúde de
 Taubaté: 'cascata' de água após chuva forte
Sede do Departamento de Saúde deveria ser esvaziada para reforma. Aluguel é pago há 17 meses, mas não houve mudança

Caindo aos pedaços. É assim que servidores estaduais do Departamento Regional de Saúde se referem ao prédio em que trabalham na cidade de Taubaté, a 130 km de São Paulo. Após anos de reclamação, a Secretaria Estadual de Saúde prometeu reformar o edifício e transferir seus funcionários para outro, já alugado. Mas a mudança não aconteceu um ano e quatro meses depois da assinatura do contrato e o edifício, sem uso, já custa R$ 522 mil aos cofres públicos.

O prédio da foto acima é onde funciona o Departamento Regional de Saúde de Taubaté, responsável por articular as ações de Saúde do Estado em 39 cidades do interior paulista. De acordo com funcionários que falaram com a reportagem sob anonimato, os problemas começam no encanamento, passam por janelas quebradas e chegam ao telhado envelhecido. "Em uma chuva forte esse ano, os computadores ficaram encharcados. A água descia tão forte pelas escadas que parecia uma cascata."
 

Reprodução: Prédio sem uso alugado pelo Estado de
 uma vendedora de veículos
Diante do caos, a Secretaria de Saúde alugou um imóvel na Avenida Assis Chateubriant, 359, no bairro Independência. O contrato, assinado em julho do ano passado, previa aluguel de R$ 25 mil mensais por um ano. A Secretaria também desembolsou de última hora R$ 32.366,08, pagos à Still Office Móveis, para trocar o mobiliário, que, de tão velho, não resistiria à mudança.

Quando estava tudo pronto, a empresa de energia Bandeirantes embargou o prédio alugado após vistoria: as instalações elétricas eram insuficientes para suportar tantos equipamentos. Mas a adequação não saiu e o prédio ficou fechado por um ano e quatro meses, embora o aluguel continuasse a ser pago.

Somente no dia 9 de outubro último foi publicada no Diário Oficial do Estado a autorização para a Demaio Engenharia e Comércio reinstalar a rede elétrica ao preço de R$ 45.500.
 
A Secretaria e a locatária prorrogaram o contrato por mais cinco meses ao valor de R$ 131.712,50 mais a diferença de 15 dias referente ao mês de julho: outros R$ 13.171,25, totalizando R$ 144.833,75.
 
O prédio pertence a Francisco Gonçalves de Carvalho, sócio majoritário da Santa Terezinha Veículos e Estacionamento Taubaté Ltda. A empresa, fundada em 2000, já faturou com aluguéis da Secretaria quatro vezes mais que seu capital, estimado em R$ 100 mil, segundo alteração contratual realizada no dia 14 de abril de 2004. Procurado pela reportagem, o empresário não retornou contato.
 
Também contatada pelo iG, a Secretaria Estadual de Saúde não respondeu até o fechamento da reportagem.
 
iG

Concurso Polícia Científica - Goiás 2014: Editais e Inscrição

A Superintendência da Polícia Técnico-Científica de Goiás (SPC - GO) disponibilizou os editais  002/2014 – SPTC e 002-ML/2014 – SPTC, que promovem concurso público para provimento de vagas nos cargos de Auxiliar de Autópsia (nível fundamental), Médico Legista e Perito Criminal (superior completo).
 
No total, serão preenchidas 460 vagas, assim distribuídas: 150 vagas para Médico Legista de 3ª Classe; 250 chances para Perito Criminal de 3.ᵃ Classe; e 60 para Auxiliar de Autópsia de 3.ᵃ Classe. O salário inicial dos dois primeiros cargos é R$ 7.648,67, enquanto que o último cargo proporciona remuneração de R$ 3.978,19.
 
Inscrições
As inscrições ocorrerão entre 04 e 24 dezembro de 2014 pelo site da Fundação Universa (www.universa.org.br), mediante o pagamento do valor R$ 85,00 ou R$ 110,00, de acordo com o cargo escolhido (o vencimento da taxa é 12 de janeiro de 2015).
 
Candidatos que possuem direito ao pedido de isenção da taxa, devem fazer o requerimento por meio do

correio eletrônico concurso_sptcgo@universa.org.br e encaminhar os documentos citados no edital no período entre 8hs do dia 04 e 23hs do dia 24 de dezembro de 2014. Poderão, ainda, solicitar pessoalmente, no período de 4 a 24 de dezembro de 2014, mediante requerimento disponível nos postos de atendimento presencial, que serão oportunamente divulgados nos endereços eletrônicos www.universa.org.br e www.segplan.go.gov.br.
 
Provas
A seleção dos candidatos será realizada por meio das seguintes etapas:
  • Avaliação da equipe multiprofissional para candidatos portadores de deficiência;
  • Provas Objetivas e Prova Discursiva, a acontecerem no dia 08 de fevereiro de 2015;
  • Curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório, a ser realizado pela Fundação Universa e supervisionado pela Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) e de avaliação de vida pregressa, de caráter eliminatório, a ser realizada pela Superintendência da Policia Técnico-Cientifica.
Os locais, a data e o horário de aplicação das provas serão divulgados, nos endereços eletrônicos citados anteriormente, na data provável de 30 de janeiro de 2015.

Concurso Prefeitura de São Gonçalo dos Campos - BA

Com oferta de 185 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior, a Prefeitura de São Gonçalo dos Campos, no estado da Bahia, lançou edital nº 01/2014 para realização de concurso público. A carga horária é de 20 a 40 horas semanais, com salários que variam entre R$ 724,00 e R$ 2.500.
 
Cargos
Auxiliar (Administrativo, Saúde Bucal e Serviços Gerais), Carpinteiro, Eletricista, Gari, Guarda Municipal, Instrumentador Cirúrgico, Motorista, Pedreiro, Procurador Jurídico, Professor (Biologia, Geografia, Pré Escola- Educação Fundamental e Educação Física), Recepcionista e Técnico (Biblioteca, Enfermagem, Patologia e Radiologia).
 
As inscrições estarão abertas do dia 01 a 12 de dezembro de 2014, na Biblioteca Municipal, situada na Avenida Hanibal Pedreira s/n - Centro, no horário de 8h às 12h e das 13h às 17h.
 
A taxa de inscrição é de R$ 50,00 (nível fundamental), R$ 70,00 (nível médio) e R$ 100,00 (nível superior).
 
O concurso se constituirá de prova objetiva, redação e títulos, com data a ser informada em tempo oportuno.
 
O prazo de validade do concurso será de dois anos, contados da data de sua homologação, podendo, antes de esgotado, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do Poder Executivo, por ato expresso do Prefeito Municipal.
 
O edital foi publicado no Diário Oficial do Município, edição de 19 de novembro de 2014.
 
Edital encontra-se no site www.saogoncalodoscampos.ba.io.org.br.

Prefeitura de Riachão do Jacuípe - BA lança processo seletivo

A Prefeitura baiana de Riachão do Jacuípe, sob a organização da empresa Planejar Consultoria, deu início às inscrições de processo seletivo com intuito de preencher 58 cargos de todos os níveis de escolaridade.
 
O edital nº 01/2014 dispõe de vagas para médicos (clínico, clínico geral, pediatra, ginecologista e psiquiatra), odontólogo, auxiliar administrativo, motorista, técnico em enfermagem, auxiliar de serviços gerais, terapeuta ocupacional, técnico em radiologia e vigia.
 
Os aprovados farão jus a remunerações de R$ 790,55 a R$ 12.000,00, em jornadas de 20 a 40 horas semanais.
 
As inscrições são aceitas via internet, através do endereço: www.planejarconcursos.com.br, até o dia 3 de dezembro de 2014, com taxas de R$ 50,00 para níveis fundamental e médio e de R$ 90,00 para nível superior.
 
O seletivo será composto por prova objetiva e análise de títulos. Estima-se que a prova seja aplicada no dia 21 de dezembro de 2014, em local e horário a serem informados a partir do dia 14 de dezembro de 2014. Os candidatos de nível superior que forem aprovados deverão entregar os títulos para análise no dia 21 de dezembro de 2014.
 
O resultado será afixado no quadro de avisos e publicado no site da Prefeitura: www.pmriachaodojacuipe.ba.ipmbrasil.org.br, no site da Planejar e em jornais e outros meios de comunicação.
 
O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, contado a partir da data de homologação do resultado final. Ao expirar esse prazo, o mesmo poderá ser prorrogado por igual período.

Prefeitura de Santo Antônio do Içá - AM abre processo seletivo

Com intuito de contratar 118 agentes comunitários de saúde, a Prefeitura de Santo Antônio do Içá, no Amazonas, publicou o edital de processo seletivo nº 001/2014. A remuneração é de R$ 1.014,00 por jornada de 40 horas semanais.
 
Inscrição
O candidato que desejar concorrer às vagas ofertadas no certame deverá realizar a inscrição até o dia 17 de dezembro de 2014. Para tanto, deve dirigir-se à sede da Prefeitura de Santo Antonio do Iça, situada na Av. Álvaro Maia, s/n., Centro, na cidade de Santo Antonio do Iça. Não será cobrada taxa.
 
No ato da inscrição o candidato deverá apresentar, juntamente com a ficha de inscrição, original e 01 cópia dos seguintes documentos:
 
- Carteira de Identidade;

- Cadastro de Pessoa Física – CPF;

- Certificado de escolaridade ou declaração. No caso de declaração, somente será válida no prazo de 90 dias;

- Comprovante de residência;

- Título de Eleitor;

- Curriculum Vitae.
 
Prova e Validade
O certame constará de prova de títulos.
 
O processo seletivo terá validade de um ano, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, para atender às necessidades da Secretaria Municipal de Saúde.
 
O edital encontra-se disponível no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Amazonas, edição de 19 de novembro de 2014.

Prefeitura de Formosa do Sul - SC realiza processo seletivo

Através do Instituto Oeste de Planejamento e Consultoria LTDA. (IOPLAN), a Prefeitura catarinense de Formosa do Sul anunciou, via edital nº 002/2014, a abertura do concurso público que prevê a contratação de cinco profissionais de níveis médio e superior de ensino.
 
A disposição é para os cargos de professor de informática, odontólogo, psicólogo, procurador e agente administrativo. As remunerações variam de R$ 1.015,78 a R$ 4.855,56, em jornadas de 20 a 40 horas semanais.
 
As inscrições serão realizadas através dos seguintes endereços eletrônicos: www.ioplan.com.br ou www.formosa.sc.gov.br, até o dia 14 de dezembro de 2014, com taxa de R$ 60,00 a R$ 100,00.
 
Será aplicada prova na data estimada de 18 de janeiro de 2014, no Núcleo Escolar Municipal Vida e Alegria, situado à Rua Curitiba, nº 99, Bairro Alberto Meneghetti, com início às 8h.
 
O gabarito provavelmente será disponibilizado no dia seguinte à realização da prova. O resultado final será afixado no mural público da Prefeitura.
 
Informações referentes ao concurso podem ser obtidas através dos sites da prefeitura e da organizadora.
 
O concurso público terá validade de dois anos, passando a valer no dia em que for publicada a homologação do resultado final com a respectiva classificação. Ao término desse prazo, o concurso poderá ser prorrogado uma única vez, por igual período, a critério da Administração Municipal.

Concurso Tatuíprev - SP

O Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí - TATUÍPREV, no estado de São Paulo, através da empresa SHDias Consultoria e Assessoria, lançou o edital n° 001/2014 de concurso público.
 
Serão oferecidas oito vagas, distribuídas em cargos de auxiliar de serviços gerais, auxiliar administrativo, telefonista/recepcionista, analista previdenciário, assistente social, contador e técnico em Tecnologia da Informação. Podem concorrer às vagas candidatos dos níveis fundamental, médio e superior, inscrevendo-se para funções cuja exigência seja compatível com o seu grau de formação. Os salários vão até R$ 2.603,85 e o contratado ainda fará jus a auxílio alimentação no valor de R$ 182,00, mais abono salarial de R$ 50,00.
 
As inscrições serão realizadas até as 24h do dia 05 de janeiro de 2015, no site www.shdias.com.br. As taxas variam de R$ 30,00, R$ 45,00 e R$ 70,00 de acordo com o cargo escolhido.
 
A realização da prova escrita está prevista para o dia 18 de janeiro de 2015. Já o termo de convocação, contendo a data, o local e o horário para a realização das provas será publicado nos sites www.shdias.com.br e www.tatuiprev.com.br, a partir de 10 de janeiro de 2015.
 
O gabarito preliminar, resultado preliminar, gabarito oficial e classificação final também serão divulgados nos mesmos sites, em datas previstas a serem informadas no site da SHDias Consultoria e Assessoria.
 
O concurso público terá validade de dois anos, a contar da data de homologação de cada cargo, podendo ser prorrogado, a critério do Instituto de Previdência Própria do Município de Tatuí, por igual período.

Prefeitura de Sinop - MT lança edital de processo seletivo

A Prefeitura de Sinop, no Mato Grosso, lançou edital o nº 001/2014 para realização de concurso público, destinado ao preenchimento de 207 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários que variam de R$ 897,42 a R$ 8.178,62.
 
Cargos
Agente de Serviços de Saúde, Auxiliar de Manutenção/Infraestrutura, Auxiliar de Nutrição Escolar, Assistente Administrativo, Assistente Social, Auxiliar de Consultório Dentário, Biomédico, Cirurgião Dentista, Enfermeiro, Farmacêutico/Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico, Motorista, Nutricionista, Professor Educação Básica, Psicólogo, Técnico Administrativo Educacional (Administrador Escolar e Auxiliar de Coordenação Pedagógica), Técnico (Enfermagem e Laboratório) e Terapeuta Ocupacional. Aos candidatos com necessidades especiais está reservado um percentual mínimo de 5% das vagas.
 
Inscrição
As inscrições serão efetuadas a partir das 9h do dia 02 até as 23h59min do dia 31 de dezembro de 2014, pelo site www.objetivas.com.br.
 
A taxa de inscrição é de:
Nível fundamental: R$ 50,00;
Nível médio: R$ 80,00;
Nível superior: R$ 120,00.
 
Prova
O concurso será constituído de prova  objetiva e avaliação de títulos.
 
A prova objetiva será aplicada na data provável de 01 de março de 2015, em local e horário a serem divulgados quando da homologação das inscrições, em 19 de janeiro de 2015.
 
Para concorrer à última etapa do concurso público, os candidatos deverão encaminhar os títulos via SEDEX, durante o período das inscrições, para o endereço da Objetiva Concursos LTDA. - Rua Casemiro de Abreu, 347 - Bairro Rio Branco - CEP 90.420.001 - Porto Alegre/RS.
 
Validade
O concurso terá validade de dois anos, passando a valer a partir da data de homologação dos resultados, prorrogáveis por mais dois anos, a critério da Prefeitura de Sinop.

Concurso Professor UEMG

A Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), em parceria com o IBFC, lançou o edital SEPLAG/UEMG 08/2014 para a realização de concurso público destinado à seleção de 516 professor de Educação Superior para o provimento de vagas ociosas.
 
Os profissionais nomeados atuarão em jornadas de 20 ou 40 horas por semana e farão jus à remuneração inicial que poderá oscilar entre R$ 1.496,63, para o nível de Especialista, e até R$ 7.672,45, considerando este último valor o correspondente ao nível máximo de Doutorado.

Os interessados devem realizar inscrição a partir do dia 15 de dezembro de 2014 a 15 de janeiro de 2015, por meio do site www.ibfc.org.br. A taxa de inscrição varia de R$ 45,00 a R$ 60,00, conforme o nível de pós-graduação apresentado.
 
Os participantes serão submetidos a três provas: avaliação de títulos, prova didática e prova escrita ou prova prática. As provas serão realizadas em até 45 dias após a data de encerramento das inscrições.
 
Prova de títulos: os candidatos que tiveram as inscrições homologadas deverão acessar o site de inscrição e localizar o link chamado de "prova de títulos", para inserir os dados, selecionar os campos correspondentes aos títulos que possuem, preencher o formulário, enviar os dados e imprimir o formulário.
 
A prova didática consistirá em uma aula sobre um tema sorteado por um dos candidatos, com pelo menos 24 horas antes do horário previsto para a ministração da aula simulada.
 
O prazo de validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de ser prorrogado por igual período, a critério da UEMG.
 
O edital encontra-se publicado no site do IBFC (www.ibfc.org.br), bem como todas as atualizações que se fizerem necessárias.

Prefeitura de Carmópolis de Minas - MG promove processo seletivo

Publicado o extrato do edital nº 001/2014 para realização de processo seletivo na Prefeitura de Carmópolis de Minas, estado de Minas Gerais. O processo seletivo, que será realizado pela Fundação Educacional de Lavras – UNILAVRAS CONCURSOS, visa selecionar candidatos para atendimento à Estratégia de Saúde da Família - ESF, Equipe de Saúde Bucal - ESB, Combate a Endemias e ao Programa Centro de Referência à Assistência Social - CRAS.
 
Cargos: médico, enfermeiro, assistente social, psicólogo, técnico em enfermagem, agente comunitário de saúde, técnico em saúde bucal, agente de combate às endemias, supervisor de endemias, agente de chagas, orientador social e oficineiro.
 
As inscrições deverão ser realizadas no período de 10 de dezembro de 2014 a 10 de janeiro de 2015, na página da organizadora: www.unilavrasconcursos.com.br.
 
As provas serão realizadas provavelmente no dia 08 de fevereiro de 2015, em Carmópolis de Minas, com início às 8h e término às 11h.
 
O extrato encontra-se disponível no Diário Oficial de Minas Gerais - Publicações de Terceiros e Editais de Comarcas, edição de 29 de novembro de 2014.

Concurso Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste - SP

A Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste, no estado de São Paulo, divulgou o edital de concurso público nº 005/2014. O objetivo é preencher 30 vagas em cargos de ensino médio/técnico e superior. A remuneração prevista para os contratados vai de R$ 1.667,28 a R$ 2.765,90.
 
As chances são para os cargos de enfermeiro e técnico em enfermagem, em carga horária de 30 horas semanais.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 07 de dezembro de 2014, através do site www.santabarbara.sp.gov.br.
 
O valor da taxa de inscrição é de R$ 35,00 cargos de ensino médio/técnico e R$ 45,00 cargos de ensino superior.
 
Os inscritos serão submetidos a prova objetiva, aplicada em local e horário a serem divulgados antecipadamente.
 
O concurso público terá validade pelo prazo de 01 ano, a contar da data da publicação da Homologação do Resultado Final, podendo ser prorrogado por até igual período, a critério do Município de Santa Bárbara d´Oeste.

Concurso Prefeitura de Formosa do Oeste - PR

A Prefeitura de Formosa do Oeste, no estado do Paraná divulgou o edital de concurso público nº 001/2014, o mesmo visa a contratação de profissionais de ensino fundamental, médio/técnico e superior. O salário previsto pode chegar até R$ 8.500,00, em jornadas de 20 e 40 horas semanais.
 
São oferecidas 78 vagas nos cargos de agente comunitário da dengue, agente comunitário de saúde, assistente social, auxiliar de administração, auxiliar de enfermagem, auxiliar de serviços gerais, contador, dentista, educador infantil, gari, médico, motorista, professor, operador de máquinas, entre outros.
 
Os interessados podem efetuar suas inscrições até o dia 29 de dezembro de 2014, através do site www.saber.srv.br.
 
O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 40,00, R$ 80,00 e R$ 120,00, de acordo com o cargo pretendido.
 
Os inscritos serão avaliados através de prova objetiva, prática e de títulos.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 18 de janeiro de 2015, em local e horário a serem divulgados no edital de homologação das inscrições.
 
O concurso público, que será executado pelo Instituto Saber, terá validade por 02  anos a contar da data de publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, por igual período, a critério do Poder Executivo Municipal.

Concurso Prefeitura de Mercedes - PR

A Prefeitura de Mercedes, no estado do Paraná, divulgou o edital de concurso público nº 002/2014. O objetivo é a contratação de 15 profissionais de ensino fundamental, médio/técnico e superior. O salário previsto pode chegar até R$ 9.500,00, e a carga horária a ser desempenhada vai de 12 a 40 horas semanais.
 
As vagas são para os cargos de gari, operador de abastecimento, operador de máquinas, técnico em enfermagem, cirurgião dentista, farmacêutico, médico ginecologista/obstetra, clínico geral (ambulatorial e plantonista), médico pediatra e médico veterinário.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de dezembro de 2014, através do site www.fundacaofafipa.org.br.
 
O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino fundamental é de R$ 40,00, cargos de ensino médio/técnico é de R$ 60,00 e cargos de ensino superior R$ 100,00.
 
Os candidatos serão avaliados através de prova objetiva e prática.
 
A prova objetiva provavelmente será aplicada no dia 25 de janeiro de 2015, em local e horário a serem informados antecipadamente.
 
O concurso público, que será executado pela Fundação de Apoio à Unespar, terá validade pelo prazo de 02 anos, a contar da data de homologação do certame, podendo ser prorrogado por igual período a critério da Prefeitura Municipal de Mercedes.

Concurso CLIN de Niterói

Mais um concurso público está aberto no Estado do Rio de Janeiro, desta vez no município de Niterói, que dista 10,9 km da Capital. Trata-se do concurso promovido pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana (CLIN), regido pelo edital 001/2014, que está disponibilizando 156 vagas para os níveis Fundamental e Médio/Técnico, além de formação de cadastro de reserva.
 
As oportunidades são para os cargos de Gari (150), Operador de Roçadeira (05) e Auxiliar de Enfermagem do Trabalho (01). Os salários iniciais variam de R$ 809,25 a R$ 1.476,65, com direito a auxílio-alimentação, vale–transporte, plano de saúde e plano odontológico como benefícios.
 
Inscrições e Provas
As inscrições estão abertas até 18 de dezembro de 2014, mediante o pagamento de taxa de participação de R$ 50,00 ou R$ 70,00. O sítio de inscrição é http://www.coseac.uff.br/concursos/CLIN/2014/index.htm
 
O candidato que não tiver acesso à internet poderá efetuar sua inscrição na COSEAC (Avenida Visconde do Rio Branco, s/nº – Campus do Gragoatá, Bloco C, Térreo – São Domingos, Niterói – CEP 24410-350).
 
As provas objetivas serão aplicadas no dia 18 de janeiro de 2015, com duração de quatro horas. Além dessa etapa, o certame realizará:
 
- Avaliação Médica para os candidatos que se declararam deficientes, de caráter eliminatório.

- Avaliação do Índice de Massa Corporal – IMC, de caráter eliminatório, para candidatos aos cargos de Gari e Operador de Roçadeira.

- Prova de Capacidade Física, de caráter eliminatório e classificatório, para candidatos aos cargos de Gari e Operador de Roçadeira.

- Prova Prática, de caráter eliminatório e classificatório, para candidatos aos cargos de Gari e Operador de Roçadeira.
 
A validade do concurso, para todos os cargos, será de um ano, a partir da homologação do resultado, podendo ser prorrogada de acordo com o interesse da CLIN, por um período de até um ano.
 
Edital e outras atualizações aqui: http://www.coseac.uff.br/concursos/CLIN/2014/index.htm

Prefeitura de Entre Rios - SC abre concurso público

De 11 de dezembro de 2014 a 9 de janeiro de 2015, a Prefeitura de Entre Rios, em Santa Catarina, realizará inscrições de concurso público, cujo edital nº 002/2014, visa preencher 40 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.
 
As chances são para agente de copa e limpeza, auxiliar administrativo, auxiliar de manutenção de mecânica, auxiliar de serviços gerais, motorista (ambulância, caminhão e de ônibus) operador (britadeira móvel, escavadeira hidráulica, moto niveladora, rolo compactador e de retro escavadeira), vigia, agente de elaboração de projetos, agente de ações em saúde pública, assistente de recepção, monitor de creche, agente de saúde bucal, técnico em enfermagem, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, odontólogo, professor de inglês ou espanhol, professor de educação física, professor de artes e psicólogo.
 
As remunerações variam de R$ 724,00 a R$ 3.484,20, em jornadas de 20 a 40 horas semanais.
 
As inscrições serão realizadas via endereço eletrônico: www.omniconcursos.com.br, com taxas de R$ 40,00, R$ 60,00 ou R$ 90,00, de acordo com o cargo pleiteado.
 
O concurso será composto por prova objetiva, prática e de títulos. Estima-se que a prova objetiva seja aplicada no dia 1º de fevereiro de 2015, em local e horário a ser informado a partir do dia 23 de janeiro de 2015, através do cartão de informação do candidato, emitido eletronicamente.
 
O gabarito provavelmente será disponibilizado no dia seguinte a realização da prova.  O resultado final do concurso será homologado pela Prefeitura e publicado em jornal de circulação local e nos sites: www.omniconcursos.com.br e www.entrerios.sc.gov.br.
 
O concurso está sob a organização da empresa Omni Concursos e sua duração será de dois anos, podendo ser prorrogável por igual período, a contar da data de sua homologação, a critério da administração da Prefeitura.

Prefeitura de Entre Rios - SC lança editais de processos seletivos

Sob a organização da empresa Omni Concursos, a Prefeitura catarinense de Entre Rios lançou dois editais de processo seletivo destinado ao preenchimento de 11 vagas, mais formação de cadastro de reserva para cargos de níveis fundamental e superior.
 
O edital nº 003/2014 oferece vagas para agente comunitário de saúde, com remuneração de R$ 850,00 e carga horária de 40 horas semanais.
 
Já o edital nº 004/2014 formará cadastro de reserva aos cargos de psicólogo, com ganhos de R$ 1.506,32, em jornada de 20 horas semanais e nutricionista, cujo salário é de R$ 2.259,48 e jornada de 30 horas semanais.
 
As inscrições serão realizadas de 11 de dezembro de 2014 a 9 de janeiro de 2015, via endereço eletrônico: www.omniconcursos.com.br, com taxas de R$ 40,00 a R$ 90,00.
 
Será aplicada prova objetiva a todos os inscritos provavelmente no dia 8 de fevereiro de 2015, em local e horário a ser informado a partir do dia 23 de janeiro de 2015. A disponibilidade dos gabaritos está prevista para o dia seguinte a realização das provas.
 
Os seletivos terão resultados homologados pela Prefeitura e publicados em jornal de circulação local, e também nos sites: www.omniconcursos.com.br e www.entrerios.sc.gov.br.
 
A validade dos seletivos será de dois anos, a contar da data de homologação, podendo haver prorrogação por período semelhante, a critério da administração da Prefeitura.

Concurso Prefeitura de Doutor Ricardo - RS

A Prefeitura de Doutor Ricardo, estado do Rio Grande do Sul, divulgou o edital de concurso público nº 001/2014. O objetivo é contratar oito vagas, em cargos de ensino fundamental, médio/técnico e superior. O salário previsto vai de R$ 756,80 a R$ 3.440,00, em carga horária de 20, 40 e 44 horas semanais.
 
Há vagas nos cargos de operário, fiscal, técnico em enfermagem, enfermeiro, farmacêutico, médico e professor área I.
 
As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de dezembro de 2014, através do site www.schnorr.com.br.
 
O valor da taxa de inscrição é de R$ 60,00 ensino fundamental, R$ 100,00 ensino médio e R$ 150,00 ensino superior.
 
Os candidatos serão submetidos a provas de conhecimentos gerais e específicos, escrita, títulos e prática.
 
A prova escrita provavelmente será aplicada no dia 10 de janeiro de 2015, em local e horário a ser informado antecipadamente.
 
O concurso público, que será realizado pela empresa Schnorr - Contabilidade, Informática e Assessoria Ltda., terá validade pelo prazo de 02 anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, por igual período, a critério da Administração Municipal.

Concurso Prefeitura de Lagoa Nova - RN

A Prefeitura de Lagoa Nova, no estado Rio Grande do Norte, divulgou o edital de concurso público nº 001/2014-PMLN/RN, o mesmo visa a contratação de profissionais de ensino fundamental, médio/técnico e superior. A remuneração prevista para os contratados varia entre R$ 724,00 a R$ 1.745,12, em jornadas de 30 e 40 horas semanais.
 
São oferecidas 97 vagas nos cargos de auxiliar de serviços gerais, agente comunitário de saúde, agente administrativo, agente de endemias, auxiliar administrativo, técnico em enfermagem, advogado, assistente social, técnico de enfermagem, cirurgião dentista, médicos, professores fisioterapeuta, entre outros.
 
As inscrições podem ser feitas de 8 de dezembro de 2014 até o dia 29 de dezembro de 2014, através do site http://comvest.uepb.edu.br/.
 
O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 40,00 nível fundamental, R$ 60,00 nível médio/técnico e R$ 80,00 nível superior.
 
Os candidatos serão submetidos a prova objetiva e prática, de acordo com o cargo pretendido.
 
A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 08 de fevereiro de 2015, em local e horário a serem divulgados antecipadamente.
 
O concurso público, que será executado pela CPCON, da Universidade Estadual da Paraíba, terá validade pelo período de 02 anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período a critério da Prefeitura Municipal de Lagoa Nova.

O que pode e o que não pode com a nova Lei Antifumo

Locais onde é permitido fumar ficam ainda mais restritos
 
A partir desta quarta-feira, há menos locais onde é permitido fumar, as propagandas estão banidas e os fabricantes de cigarros terão que aumentar os avisos dos danos causados pelo tabaco. A Lei Antifumo (12.546), que foi aprovada em 2011, mas regulamentada apenas em junho deste ano, fecha o cerco ao cigarro, procurando diminuir os casos de fumo passivo e reforçar a conscientização sobre os males do hábito.
Entenda o que muda com a Lei:


Zero Hora

Saiba como a tapioca pode ser aliada na dieta e aprenda três receitas

Depois de ser propagandeado como alimento funcional e por suas poucas calorias, produto virou febre no Rio Grande do Sul
 
"Faz-se por aqui umas broas chamadas beijus tão alvas e saborosas que superam e muito o pão desse reino."
 
O autor desse cândido elogio à tapioca, pasme, é Pero Vaz de Caminha. Com seu relato, o escrivão da armada de Pedro Álvares Cabral fez a crítica gastronômica mais antiga da história escrita do Brasil, citando um ingrediente que é paixão nacional há bem mais de 500 anos: a tapioca.
 
E que, recentemente, deixou as regiões Norte e Nordeste, de onde é originário, para estourar nacionalmente. Na Capital, por exemplo, a Tapiocaria Beiju do Porto, localizada no Shopping Total, abriu em 2011. De quiosque "esquisitinho" ("Ninguém conhecia tapioca", diz o gerente Ricardo Souza), virou um dos preferidos. Para se ter noção, o faturamento do local aumentou mais de 100% em 2013.

Explicamos: a fécula, que nada mais é do que uma espécie de farinha extraída de tubérculos e grãos ricos em amidos, é extraída da mandioca, da macaxeira ou do aipim. Que, importante ressaltar, são raízes diferentes. Da produção da farinha, feita com a raiz triturada e prensada, escorre um líquido que, depois de decantado, dá origem à fécula úmida, de valor nutricional pobrinho, pobrinho. Ela não tem fibras, não tem proteínas e tem alto valor glicêmico (relativo à velocidade em que o carboidrato é digerido e transformado em açúcar no sangue).
 
Entretanto, é justamente essa ausência de propriedades nutricionais que torna a tapioca um alimento tão versátil e um aliado tão grande na dieta. É apontada por 10 entre 10 nutricionistas como a melhor substituição para o pão, por não conter gordura, glúten, sódio e por não precisar de óleo no preparo. O pão, em contrapartida, tem elevado valor calórico e é contraindicado a portadores de doença celíaca e aos seguidores da dieta sem glúten.
 
Neutra assim, a tapioca aceita qualquer tipo de recheio — ou seja, você pode aproveitar para incluir fibras e proteínas, das quais o alimento é deficiente inventando suas próprias receitas. Mas, para não perder o propósito de ter a farinha como amiga da dieta, não exagere nas calorias: evite azeite, manteiga, leite condensado e carnes gordas. No Nordeste, é comum que a massa seja consumida pura, como um biscoito, sendo molhada no café preto.
 
Ficou curioso? Ensinamos a fazer a massa base e damos algumas sugestões de recheio:
 
Base da tapioca
O caminho mais fácil é comprar a fécula já hidratada (disponível na maioria dos supermercados). Caso ela não venha hidratada, você pode deixá-la umedecer na água ou no suco de fruta. Depois, passe na peneira para separar torrões e guarde bem fechada na geladeira.
 
Para fritar, você não precisa de óleo. É só aquecer a frigideira antiaderente e espalhar duas colheres de sopa bem cheias da fécula, amassando de leve para moldar o disco. Na hora de colocar o recheio, não precisa virar. É só colocar os ingredientes e fechar em formato de meia-lua.
 
Sugestões de recheio

Ricota, tomate e orégano

Uma fatia média de ricota passada no ralo grosso
Cinco tomates-cereja cortados em rodelas
Uma pitada de orégano
 
Banana e mel
Uma banana cortada em rodelas
Duas colheres de sopa de mel

Peito de peru, tomate seco e cream cheese
Uma colher de sopa de cream cheese
Duas fatias de peito de peru cortadas em tiras
Três tomates secos médios cortados em cubos
Duas folhas de alface americana
 
Zero Hora

Seja do tipo que diz não à violência contra as mulheres e compartilhe!

POST_2 (2).png

Atenção aos fatores de risco para acidentes de trabalho!

Você trabalha contratado pelo regime CLT? Trabalha por conta própria ou é servidor público?
 
Cooperativados, estagiários, aprendizes, desempregados, aposentados e até mesmo empregadores podem apresentar ou ter apresentado agravos e doenças provocados pelo trabalho que exercem ou exerceram.
 
A saúde de todos os trabalhadores brasileiros é de responsabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS). No Brasil entre 2007 e 2013 tem se intensificado o registro dos acidentes de trabalho no SUS, que representaram neste período 579.388 notificações e 9.034 casos de morte.
 
Na perspectiva da promoção da saúde dos trabalhadores, o combate a essa forma de violência é uma prioridade das ações desenvolvidas no âmbito da Rede Nacional de Saúde do Trabalhador (Renast) em articulação com instâncias internas e externas ao SUS.
 
Condições adequadas de alimentação, moradia, educação, transporte, lazer e acesso aos bens e serviços são fatores determinantes para a saúde dos trabalhadores, que têm sua qualidade de vida afetada de forma direta. É também direito básico dos trabalhadores a garantia de trabalho saudável que não gere adoecimento ou morte.
 
Os acidentes e as doenças de trabalho são resultado de sua condição de vida e fatores de risco ou perigos presentes nos locais de trabalho. Muitos desses fatores são bem conhecidos, mas outros não, como por exemplo, aqueles que são gerados pelas novas tecnologias e novas formas de organizar e gerir o trabalho.
 
A forma de intervenção e estratégias para redução da morbimortalidade relacionadas aos acidentes de trabalho consideram a natureza múltipla de sua determinação e impactos na saúde. Nesse sentido os trabalhadores e suas representações devem participar da análise dos eventos definindo estratégias de intervenção adequadas aos múltiplos contextos dos diversos tipos de acidentes.
 
As mortes no transporte e por arma de fogo associadas ao trabalho se constituem tipos de acidentes de trabalho em que a sociedade como um todo está envolvida em seu modo de vida. Por isso torna-se vital pensar a prevenção dos acidentes também nos espaços públicos.
 
O SUS tem a atribuição de cuidar da saúde de todos os trabalhadores, de acordo com a Constituição Federal de 1988 e a Lei Orgânica de Saúde (Lei 8080). A rede de serviços do SUS desenvolve ações de promoção, proteção e vigilância à saúde e de assistência, incluindo a reabilitação de trabalhadores, como previsto na Política Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora – PNSTT (Portaria nº 1.823 MS/GM de 23 de agosto de 2012).
 
Blog da Saúde

Quem fez tatuagem tem que esperar um ano para doar sangue. Quem usa piercing não pode fazer doação

As pessoas que fizeram tatuagem precisam esperar um ano para doarem sangue

De acordo com o Ministério da Saúde, esse prazo é necessário porque a pessoa pode ter contraído algum vírus na hora da tatuagem. Esse vírus será contraído por quem receber a doação. Para quem colocou piercing, a proibição é ainda maior.

É o que explica o gerente de do ciclo do doador hemocentro de Brasília, Rodolfo Duarte."A portaria pede 12 meses de inaptidão para o candidato que tiver feito uma tatuagem ou tenha colocado um piercing, desde que não seja um piercing em região de mucosa, seja ela, mucosa oral, mucosa genital.
 
A partir da do momento da retirada dos piercings da região de mucosa, a pessoa teria que ficar 12 meses depois sem doar sangue, mas enquanto usar vai ficar indefinidamente inapto para doação. A gente mantém a regra geral, que é os 12 meses sem doar sangue, e a partir desse período a pessoa pode estar doando normalmente".
 
A servidora pública Gabriella Malta, de 23 anos, é doadora desde os 18 anos e sempre teve vontade de fazer uma tatuagem. Ela conta que depois que fez a tatuagem, teve que esperar o período correto para poder fazer a próxima doação de sangue. "Eu tinha muita vontade de fazer uma tatuagem, segurei por muito tempo, e aí quando eu fiz, foi uma tortura ficar um ano sem poder doar. E quando eu fui fazer a segunda, eu esperei pelo menos o tempo de um ano certinho, para eu conseguir doar pelo menos mais uma vez e logo depois eu já fiz a outra tatuagem para ser a menor quantidade de tempo possível. E agora eu já estou contato os meses para completar um ano dessa outra que eu fiz para poder voltar a doar regularmente".

Segundo o Ministério da Saúde, quem quer doar sangue, mas tem tatuagem ou piercing deve ser sincero e falar a verdade, pois, do contrário, poderá prejudicar a saúde de quem receber a doação, em vez de ajudar.

Agência Saúde / Blog da Saúde

Saiba os cuidados que o paciente deve ter com gesso

Para que o tratamento surta efeito, é necessário cumprir todas as etapas, como esperar o gesso secar e proteger o material no banho
 
O gesso é utilizado na maioria das imobilizações, tanto para colocar ossos quebrados no devido lugar quanto para ajudar na cura de distensões musculares.
 
Para que o tratamento tenha sucesso, o paciente precisa seguir algumas recomendações importantes, como esperar o gesso secar e proteger o material com toalha e saco plástico na hora do banho.
 
Assim, não há risco de haver contato com a água. É o que explica o técnico de imobilização ortopédica do Into, Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, Glauber Souza.
 
"Se for em membros inferiores, ele não poderá pisar, uns quatro a cinco dias seria o período ideal para ele começar a pisar porque o gesso estaria totalmente seco. A primeira preocupação se o gesso molhar é o sufocamento da pele e o próximo problema é o gesso perder a configuração dele, a rigidez, então, o tratamento não vai ser bem eficaz."
 
O técnico de imobilização ortopédica do Into, Glauber Souza, também faz um alerta para os riscos de utilizar materiais pontiagudos no gesso". Ele não poderá colocar materiais pontiagudos porque poderia haver futuras feridas dentro do gesso que poderiam criar grandes transtornos, causando assim uma perda do tratamento dele."
 
O bancário Fábio Lima conta que nas duas vezes em que colocou gesso nas pernas não seguiu as orientações médicas: "Como a gente ficava incomodado, antes de completar o prazo que o médico solicitou eu pegava e por conta própria eu retirava o gesso, sem saber se já estava curado ou não, na forma caseira mesmo, com água, com faca, serrando o gesso foi em casa mesmo; não tinha aquela firmeza cem por cento, foi preciso fazer fisioterapia."
 
O paciente engessado deve procurar atendimento médico imediatamente se o gesso amolecer ou quebrar. Inchaço, palidez, dores fortes contínuas, dormência, formigamento e febre também podem ser sinais de que o tratamento com o gesso não está sendo eficiente.
 
Blog da Saúde

Ministério da Saúde atualiza situação do vírus Chikungunya

Campanha Nacional de Prevenção tem o objetivo de combater focos de proliferação do mosquito aedes argyptiPara evitar transmissão do vírus é fundamental que as pessoas reforcem ações para a eliminação dos criadouros dos mosquitos
 
Ministério da Saúde registrou 1.364 casos de Febre Chikungunya no Brasil até o dia 15 de novembro, sendo 125 confirmados por critério laboratorial e 1.239 por critério clínico-epidemiológico.
 
Do total, 71 casos são importados, ou seja, de pessoas que viajaram para países com transmissão da doença, como República Dominicana, Haiti, Venezuela, Ilhas do Caribe e Guiana Francesa.
 
Os outros 1.293 foram diagnosticados em pessoas sem registro de viagem internacional para países onde ocorre a transmissão. Destes casos, chamados de autóctones, 531 foram registrados no município de Oiapoque (AP), 563 em Feira de Santana (BA), 196 em Riachão do Jacuípe (BA), um em Matozinhos (MG), um em Pedro Leopoldo (MG) e um em Campo Grande (MS).
 
Caracterizada a transmissão sustentada de Chikungunya em uma determinada área, com a confirmação laboratorial dos primeiros casos, o Ministério da Saúde recomenda que os demais sejam confirmados por critério clínico-epidemiológico, que leva em conta fatores como: sintomas apresentados e o vínculo dele com pessoas que já contraíram a doença.
 
Ações
Desde que foram confirmados os casos da febre Chikungunya no Caribe, no final de 2013, o Ministério da Saúde elaborou um plano nacional de contingência da doença, que tem como metas a intensificação das atividades de vigilância; a preparação de resposta da rede de saúde; o treinamento de profissionais; a divulgação de medidas às secretarias e a preparação de laboratórios de referência para diagnósticos da doença.
 
Também foram intensificadas as medidas de prevenção e identificação de casos. Nas regiões com registro da febre, foram constituídas equipes, composta por técnicos das secretarias locais, para orientar a busca ativa de casos suspeitos e emitir alerta às unidades de saúde e às comunidades.
 
Para controle dos mosquitos transmissores da doença, são realizadas ações de bloqueio de casos suspeitos e eliminação de criadouros.
 
Prevenção
A febre Chikungunya é uma doença causada por vírus do gênero Alphavirus, transmitida por mosquitos do gênero Aedes, sendo o Aedes Aegypti (transmissor da dengue) e o Aedes Albopictus os principais vetores.
 
Os sintomas da doença são febre alta, dor muscular e nas articulações, cefaleia e exantema e costumam durar de três a 10 dias. A letalidade da Chikungunya, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), é rara, sendo menos frequente que nos casos de dengue.
 
Para evitar a transmissão do vírus, é fundamental que as pessoas reforcem as ações para a eliminação dos criadouros dos mosquitos.
 
As medidas são as mesmas para o controle da dengue, ou seja, verificar se a caixa d’ água está bem fechada; não acumular vasilhames no quintal; verificar se as calhas não estão entupidas; e colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas deste tipo.

Doença no mundo
De acordo com a OMS, desde 2004, o vírus havia sido identificado em 19 países. Porém, a partir do final de 2013, foi registrada transmissão autóctone (dentro do mesmo território) em vários países do Caribe.
 
Em março de 2014, na República Dominicana e Haiti, sendo que, até então, só África e Ásia tinham circulação do vírus.
 
Atualização periódica do número de casos nos demais países do continente americano, onde ocorre transmissão de Chikungunya, pode ser obtida por intermédio do endereço eletrônico.
 
Ministério da Saúde / Portal Brasil

Novo sistema detecta até 20 patógenos causadores de diarreias agudas

Rotavirus
Equipamento está em avaliação com pesquisadores dos Estados Unidos, Austrália, Índia e África do Sul
 
Entre cinco laboratórios no mundo selecionados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e pela Fundação Bill & Melinda Gates, o Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) foi contemplado com um novo sistema para diagnosticar infecções gastrointestinais.
 
Capaz de detectar simultaneamente até 20 patógenos causadores de diarreias agudas, o equipamento também está em avaliação com pesquisadores dos Estados Unidos, Austrália, Índia e África do Sul.
 
“Atualmente, precisamos fazer uma análise individual das amostras para tentar identificar cada patógeno. Com este sistema, poderemos ter um método de diagnóstico mais rápido e eficiente no futuro”, explica o pesquisador do laboratório e representante da América Latina no grupo técnico de trabalho da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre rotavírus, José Paulo Gagliardi Leite.
 
Workshop
Para operar o novo sistema, um treinamento foi realizado no Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do IOC nos dias 19, 20 e 21 de novembro.
 
O workshop foi ministrado por Darwin Operario, pesquisador da Universidade da Virgínia (EUA), e acompanhado por Michael Bowen, responsável pelo Laboratório de Referência Global para Rotavírus no CDC; Fatima Serhan, coordenadora de Laboratórios para Vigilância de Novas Vacinas da OMS; e Gloria Rey, conselheira regional para Laboratórios em Doenças Evitáveis por Vacinas da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Além de José Paulo, os profissionais Eduardo Volotão e Irene Trigueiros participaram do treinamento.
 
De acordo com José Paulo, o equipamento realiza a identificação molecular dos patógenos por meio da detecção de seu DNA ou RNA. Todo o processo, desde a extração do material genético até a caracterização dos micro-organismos, leva cerca de seis horas.
 
Uma vez que se trata de uma técnica nova, os testes estão ocorrendo nos laboratórios selecionados nos cinco países e têm o objetivo de verificar a precisão dos resultados. Segundo José Paulo, no Laboratório de Virologia Comparada e Ambiental do IOC, 330 amostras serão submetidas a análises na nova plataforma até julho de 2015, quando será realizada uma reunião com todos os envolvidos no projeto.
 
“A partir destes resultados será possível promover as correções necessárias e validar o novo sistema para que ele possa ser utilizado na rotina da vigilância de infecções provocadas por rotavírus, norovírus e outros patógenos causadores de diarreia aguda”, afirma o pesquisador.
 
Mortalidade infantil
Identificar rapidamente os agentes causadores de infecções gastrointestinais é uma ação especialmente importante para reduzir a mortalidade infantil.
 
Segundo a OMS, as infecções por rotavírus ainda são a causa mais frequente de hospitalizações e mortes por diarreia aguda em crianças menores de cinco anos no mundo, mas este cenário vem sofrendo mudanças desde a introdução da vacina para a doença.
 
No Brasil, por exemplo, ela foi incluída no Programa Nacional de Imunizações em março de 2006. Desde então, bebês entre dois e seis meses recebem duas doses do imunizante e ficam protegidos contra a infecção grave.
 
Apenas nos três primeiros anos, a medida levou a uma redução de 22% nas mortes e de 17% nas internações provocadas por diarreia entre crianças menores de cinco anos. Os percentuais correspondem a cerca de 1,5 mil vidas salvas e 130 mil hospitalizações evitadas.
 
Agência Fiocruz

ANS alerta para venda de cartões pré-pagos de saúde

Cartilha adverte que estes tipos de serviços não garantem os mesmos benefícios e direitos existentes em convênios médicos por não serem regulamentados
 
Rio -  O anúncio é atraente: por parcelas de apenas R$ 18,90 por mês, é possível ter acesso a consultas médicas e exames da rede particular de saúde. Para o consumidor desavisado, pode parecer uma oportunidade barata para substituir o plano de saúde. Mas este tipo de serviço representa um risco quando o usuário precisa fazer tratamentos e exames mais complexos.
 
Foro Divulgação: Na internet, empresa anuncia cartões pré-pagos a preços baixos
                      
Terça-feira, a Agência Nacional de Saúde (ANS) lançou uma cartilha em que esclarece a diferença em relação aos planos de saúde. Os serviços de cartões de desconto e pré-pagos parecem um convênio médico, mas não são. Funciona da seguinte forma: o contratante recebe um cartão e, mediante o pagamento de uma mensalidade, pode fazer consultas e exames na rede particular, com preços mais baixos do que os valores cobrados normalmente.                       

Antes da consulta, o cliente faz recarga do cartão, da mesma forma que acontece na telefonia celular. A Vale Saúde, por exemplo, oferece consultas a R$ 63 e exames com desconto. Além do valor da mensalidade e da consulta, o cliente paga uma taxa de R$ 2,50 no momento da recarga.
 
A ANS esclarece que estes serviços não são regulamentados pela agência, por isso o cliente não terá os mesmos direitos que um usuário dos planos de saúde. Se ele precisar ficar internado no hospital ou de fazer um exame mais complicado, por exemplo, os cartões não oferecem cobertura.                     

“Todos os avanços que a sociedade conseguiu com a regulamentação dos planos não estão garantidos neste serviço. Os planos tem rol de cobertura atualizado de tempos em tempos. Estes cartões têm limite financeiro. Se você tiver doença que precisa de um tratamento de alto custo, a cobertura acaba”, explica Rafael Vinhas, gerente-geral de Estrutura e Operação dos Produtos da ANS.                     

Ele alerta ainda que as operadoras de planos de saúde não estão autorizadas a comercializar cartões e devem ser denunciadas, se isso ocorrer. “As operadoras não podem ter qualquer tipo de participação na venda desses cartões”, diz Vinhas.               
 
Foto Arte O Dia: Tabela comparativa entre planos
         
Simulação feita pela Proteste, entidade de defesa dos direitos do consumidor, mostra que o barato pode sair caro se o usuário dos cartões precisar de serviços mais complexos. Uma conta feita para uma paciente de 35 anos, por exemplo, que precisa de três consultas e um exame de endoscopia mostrou que, pelo cartão pré-pago, a fatura no final do mês sai por R$ 535,48. Se os procedimentos fossem cobertos pelo plano de saúde, o valor seria de R$ 341,87 (56%).

Confira o conteúdo da cartilha abaixo e imprima a sua aqui.

Cartão de Desconto e Cartão-Pré-Pago
Algumas empresas estão oferecendo para a população o Cartão de Desconto e o Cartão-Pré-Pago de saúde. Mas é preciso ficar de olho para saber se as necessidades serão realmente atendidas quando mais precisar.

O que é Cartão Desconto?
Neste serviço, você paga um valor (“taxa de adesão” ou “mensalidade” ou “anuidade”, entre outros) para a empresa que o vendeu e recebe um cartão de identificação para pagar, com desconto, consultas ou outros serviços médicos.

A forma de pagamento é negociada entre você e o estabelecimento responsável pelo serviço médico (dinheiro, cheque, cartão etc.).

O que é Cartão Pré-Pago?
Neste serviço, você paga uma quantia (“taxa de adesão” ou “anuidade” ou “mensalidade”) para ter acesso ao serviço, e, além disso, precisa carregar o cartão com um valor livre ou mesmo determinado pela empresa que o vendeu.

Com os valores depositados no cartão, você pode pagar consultas ou outros serviços médicos com desconto em estabelecimentos indicados pela empresa.

Por que devo ter atenção ao adquirir um cartão de desconto ou um cartão pré-pago?
Porque o cartão de desconto e o cartão pré-pago não garantem o acesso ilimitado aos serviços garantidos pelo plano de saúde.

Dependendo do valor que você carregar no cartão, poderá até realizar alguns procedimentos. Mas, quando precisar de um serviço médico de alto custo, provavelmente, o valor não será suficiente para permitir o seu atendimento, e aí a empresa que vende o cartão não tem nenhuma responsabilidade.

Logo, caberá a você assumir este custo de forma integral, como por exemplo, na hora de fazer um exame, quando precisar de um atendimento de emergência ou qualquer outro serviço médico.

E se alguma operadora de plano de saúde fizer um cartão de desconto ou me oferecer um cartão pré-pago? Meu atendimento é garantido?
Operadoras de plano de saúde não podem se associar ou oferecer esse tipo de serviço. O apoio de alguma operadora não oferece nenhuma garantia. Se você souber de alguma operadora divulgando o cartão-desconto ou o cartão pré-pago,denuncie na ANS!

Caso você tenha alguma dúvida se o serviço que comprou é um plano de saúde ou não, ou se a empresa é registrada, entre em contato com a ANS em no site ou Disque ANS 0800 701 9656.
 
O Dia / Agência Nacional de Saúde Suplementar