Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Em 10 anos, gasto do SUS com decisões judiciais cresce 744%

gettyEm 2015, decisões de juízes já consumiram pelo menos R$ 922 milhões; 38 pacientes custam R$ 56 milhões; maior caso foi de R$ 3,6 milhões ; Das 20 drogas mais demandadas, 10 não possuem registro na Anvisa

Os gastos do Ministério da Saúde com decisões judiciais aumentaram 744% (em valores reais, isto é, corrigidos pela inflação) de 2005 a 2015, segundo dados levantados pelo Blog. Em 2005, a pasta gastou R$ 62,6 milhões (valor da época) para cumprir determinações da Justiça relativas a tratamentos e medicamentos. Em 2015, até agora, o valor é de pelo menos R$ 922,4 milhões.

O cálculo do próprio Ministério é de que o valor já superou R$ 1 bilhão de reais em 2015. A diferença em relação ao apurado pelo Blog se deve a atrasos ou erros na inserção de dados no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi).

Na maioria dos casos, os juízes determinam à Saúde que banque os gastos de pessoas com tratamentos e medicamentos que não são oferecidos pelo Sistema Único de Saúde, o SUS.

Os gastos em 2015 já correspondem a 1,03% de tudo o que a pasta consumirá em 2015 (cerca de R$ 89,4 bilhões). O Ministério da Saúde tem o maior orçamento da Esplanada.

Uma única decisão judicial custou aos cofres públicos, em 2015, R$ 3,6 milhões. É o maior caso do tipo. Neste ano, 38 brasileiros já conseguiram, por meio do SUS, tratamentos cujo valor supera R$ 1 milhão. Juntas, essas 38 pessoas tiveram tratamentos de R$ 56,2 milhões só em 2015.

O aumento dos gastos ocorre num momento em que o SUS e o Ministério da Saúde enfrentam dificuldades financeiras, agravadas pela crise econômica e pelo ajuste fiscal.

A tabela abaixo mostra a evolução nos gastos da Saúde com decisões judiciais

MS-jud

As decisões judiciais dizem respeito a medicamentos novos e de alto custo. Por essa razão, a maior parte dos valores acaba sendo liberada para as poucas empresas que detêm a patente dos produtos. Em 2015, uma única empresa, a americana Uno Healthcare, recebeu pelo menos R$ 495 milhões. Outra companhia, a Multicare, levou R$ 296,09 milhões.

Dados dos Ministério da Saúde indicam que dos 20 tratamentos de maior custo abrangidos pelas decisões, 10 não possuem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os dados são do Sistema Integrado de Administração Financeira, o Siafi. A consulta foi feita por meio da ferramenta Siga Brasil, do Senado Federal.

Adriano Massuda é o atual secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. Segundo ele, as decisões judiciais se tornaram uma “estratégia comercial” de algumas empresas, nos últimos anos. “Nem toda judicialização é feita com este intuito, mas há companhias que exploram isso como estratégia comercial”, diz.

O secretário explica que a falta de registro na Anvisa impede a determinação de um preço máximo para os medicamentos.

A situação, segundo ele, tende a se agravar. Massuda informa que o Ministério já foi derrotado em pelo menos 15 ações judiciais nas quais os pacientes pedem acesso a tratamento para uma síndrome rara, cujo custo individual é de R$ 2 milhões.

“Com esse valor (R$ 30 milhões), é possível montar 20 postos de saúde. Dá para estruturar a rede de atenção básica em uma cidade de 50 mil habitantes”, lamenta Massuda. Segundo ele, há casos em que as decisões judiciais são proferidas sem uma simples consulta ao prontuário dos pacientes, e sem que os juízes tenham ciência dos custos envolvidos.

Em 2014, segundo o Ministério, os valores consumidos com decisões judiciais teriam sido suficientes para comprar 5,8 mil ambulâncias, construir 327 UPAs de pequeno porte ou 12 hospitais.

UOL

Saiba quando recorrer ao ultrassom transvaginal

Exame pode detectar miomas, endometriose e até câncerEntenda a importância do ultrassom transvaginal e como esse exame pode prevenir problemas. Veja quando e por que fazer

Saúde íntima em dia é sinônimo de e de organismo mais saudável. E o ultrassom transvaginal é um dos exames mais importantes para identificar problemas precocemente.

Apesar de algumas mulheres encararem o procedimento com desconforto, ele é fundamental . Com o teste, o médico pode ter uma imagem de todo o aparelho reprodutor da mulher, o que ajuda no diagnóstico de diversas doenças. Entenda quando e por que fazer o exame.

A importância do ultrassom transvaginal - A Dra. Luciana Potiguara, diretora do FertilCare - Centro de Reprodução Humana e integrante da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia Obstetrícia (Febrasgo), explica que o ultrassom transvaginal é importante para reconhecer os padrões de normalidade e diagnosticar as principais doenças ginecológicas e intercorrências obstétricas no primeiro trimestre de gravidez. "O exame funciona baseado no fenômeno de interação de uma onda mecânica com os tecidos corporais - portanto, sem utilizar radiação ionizante", descreve a médica. É um método minimamente invasivo e não possui efeitos nocivos relevantes para a paciente.

Esse procedimento ajuda a prevenir a progressão de doenças como pólipos endometriais e adenomiose. Ele também rastreia o câncer ovariano e a endometriose profunda. "Toda mulher deve fazer anualmente a ultrassonografia transvaginal, desde que não haja contraindicação ao método", alerta a especialista. Ela lembra que isso é importante para "diagnosticar precocemente as doenças ginecológicas, evitando a sua progressão, realizando seu tratamento adequado e precoce e mantendo, dessa forma, a qualidade de vida".

Segundo Dra. Luciana, a ultrassonografia é contraindicada para pacientes virgens . Por isso, a faixa etária para indicar as avaliações transvaginais depende do início da atividade sexual.

Não adie sua consulta ginecológica - Os dias parecem passar cada vez mais rápido e as responsabilidades se acumulam. No entanto, mesmo diante de uma rotina agitada, a mulher deve se lembrar da importância de manter os exames ginecológicos em dia.

Algumas doenças são bastante silenciosas e acabam não enviando sinais à paciente de que algo não vai bem. Especialmente nesses casos, os exames podem identificar a condição e possibilitar que o tratamento seja iniciado o quanto antes. Não subestime sintomas aparentemente sem importância!

O check-up ginecológico contribui para o diagnóstico precoce de doenças sérias, como o câncer de mama ou de colo de útero, mas também de situações corriqueiras que podem interferir na qualidade de vida da mulher, tais como corrimentos , dores nas mamas e alterações na menstruação.

Terra

Oncologia pediátrica: conheça hospitais que são referência

oncologia-pediatrica-doutissima-istock-getty-imagesDesde 2008, o 23 de de novembro marca o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil. A data tem como objetivo estimular ações preventivas e educativas relacionadas à oncologia pediátrica no Brasil

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 11 mil crianças e jovens brasileiros entre 1 e 19 anos são diagnosticados com a doença todos os anos. O tratamento precoce consegue aumentar as chances de cura para 80%.

Nesses casos, o atendimento médico humanizado é fundamental para o apoio psicológico dos pacientes. “Entendemos que é necessário assistir à toda a família e não apenas enxergar o paciente por meio de sua doença, a fim de termos maior chance de cura”, afirma Sidnei Epelman, oncologista do Hospital Infantil Sabará, em São Paulo.

Principais tipos de câncer infantil
De acordo com o profissional, o câncer mais comum entre os pacientes é a leucemia linfoide aguda, seguida dos tumores cerebrais. A principal doença a atingir as crianças e adolescentes afeta o sistema sanguíneo, uma vez que provoca o acúmulo de células anormais na medula óssea, local de formação das células sanguíneas.

Os problemas na produção dos glóbulos vermelhos podem ser identificados através da manifestação de anemia, assim como a anomalia nos glóbulos brancos causa infecções no organismo. Além disso, a produção em excesso das plaquetas ocasiona hemorragias no paciente.

Existem diferentes formas de leucemias, classificadas de acordo com o tipo de célula sanguínea afetada. O tratamento e os resultados obtidos variam de acordo com a doença diagnosticada. Os primeiros sinais de melhora e resposta aos medicamentos podem surgir entre um e dois meses após o início da intervenção medicamentosa.

O principal objetivo da cura da leucemia é destruir as células doentes e auxiliar a medula óssea a voltar com a produção de células normais.

Um dos grandes progressos para obter sucesso no tratamento da doença foi alcançado com a associação de medicamentos, chamada de poliquimioterapia, que atua no controle das infecções e hemorragias e prevenção ou combate do câncer no sistema nervoso central. Ainda, em alguns casos, o transplante de medula óssea pode ser indicado.

Atendimento humanizado na oncologia pediátrica
Para o oncologista Sidnei Epelman, podemos considerar como principais avanços não só no Brasil, mas no mundo, o diagnóstico mais apurado, que inclui avaliação por meio da biologia molecular.

“É o instrumento que faz entender melhor as alterações genéticas do tumor e a evolução de cirurgias e nos suportes terapêuticos, já que a visão multidisciplinar do tratamento nos dá condições de tratar o paciente da melhor forma possível”, explica.

Segundo o Inca, atualmente existem mais de 270 hospitais habilitados no tratamento do câncer no Brasil. 

Cada Estado oferece pelo menos um hospital com especialização em oncologia, onde a população pode realizar desde simples exames até cirurgias complexas.

Entretanto, alguns locais se destacam pela qualidade e preocupação no trabalho da oncologia pediátrica. Veja a seguir a lista dos hospitais considerados referência no atendimento médico e humanizado de crianças com câncer.

Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) Jundiaí e Sorocaba – São Paulo
Atendem aproximadamente 500 crianças e adolescentes portadores de câncer e de doenças hematológicas.

Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octávio Frias de Oliveira (Icesp) – São Paulo
Oferece atendimento humanizado por meio de ações de acolhimento dos familiares, visita ampliada, programas terapêuticos e culturais.

Hospital da Criança Santo Antônio – Porto Alegre
Já especializado no atendimento à criança, o hospital oferece ala de quimioterapia pediátrica e realiza ações como o Trote Solidário – Careca Amiga. Na atividade, calouros de Medicina têm seus cabelos raspados por pacientes e cabeleireiros profissionais voluntários, com o objetivo de integração com as pessoas em tratamento oncológico no hospital.

Hospital de Câncer de Barretos – São Paulo
Além de oferecer o tratamento à doença, o hospital possui espaço de recreação e aprendizado para crianças. Conta com sala de aula, sala de videogames, sala de cinema, brinquedoteca e um jardim.

Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória – Vitória
Atende mais de 500 crianças e jovens portadores de câncer, além de priorizar a privacidade e conforto dos pacientes, com quartos privativos, leitos especiais e instalações para a família dos pequenos.

Doutíssima

Casos de dengue chegam a 1,5 milhão; zika atinge 18 Estados

Os casos de dengue registrados no país este ano, até a metade de novembro, ultrapassaram 1,5 milhão com um aumento de 176% em relação ao mesmo período do ano passado

Houve ainda aumento de 104% nos casos graves de dengue e de 79% no número de mortes quanto comparado com os dados de 2014. Os números foram divulgados hoje (24) pelo Ministério da Saúde.

Até o dia 14 de novembro foram registrados 1.534.932 casos de dengue, que mataram 811 pessoas. Os casos graves somam 1.488. Já em 2014 foram 555.462 casos de dengue com 453 mortes e 728 casos graves da doença. Se comparado o ano de 2015 ao de 2013, quanto houve uma epidemia da doença, houve aumento de 7% nos registros de pessoas infectadas pela dengue.

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, pediu a mobilização da sociedade e dos agentes públicos para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Ele lembrou que o mosquito agora transmite também a febre chikungunya e o vírus Zika.

Marcelo Castro alertou que as regiões do país têm peculiaridades quanto ao criadouro do mosquito e que é preciso ficar atento a essas características. No Nordeste, por exemplo, ele exemplificou que as pessoas armazenam água em função da seca e essa acaba sendo uma fonte para a proliferação.

“Ou a sociedade brasileira se envolve, se mobiliza para combater o Aedes aegypti ou nós não seremos vitoriosos. O momento que estamos vivendo é muito grave”, disse o ministro. 

O secretário de Vigilância em Saúde, Antônio Nardi, disse que é preciso ficar alerta não apenas no verão, quando ocorre o pico da doença. “O mosquito está se fortalecendo, se adaptando às condições climáticas, ficando mais resistente e exigindo de nós e de toda a sociedade uma mudança de comportamento no sentido de não deixá-lo se desenvolver”, disse.

O estado de Goiás registra a maior incidência de dengue com 2.314 casos por 100 mil habitantes, seguido por São Paulo com 1.615 casos por 100 mil habitantes. A Região Sudeste concentra 63% dos casos (975.505). As demais regiões têm os seguintes números: Nordeste (278.945), Centro-Oeste (198.555), Sul (51.784) e Norte (30.143).

A estatística de índices para Aedes aegypti, do Ministério da Saúde, realizada em outubro e novembro, cobre 1.792 cidades. O levantamento indica que 199 municípios brasileiros estão em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e vírus Zika. Outras 665 cidades estão em situação de alerta.

Os locais de armazenamento de água, como tonel e caixa d'água, foram identificados pelo levantamento como o principal criadouro do mosquito na região Nordeste. No Sudeste e Centro-Oeste foram os vasos de plantas e garrafas e no Sul e Norte o lixo foi o local com maior número de focos encontrados.

No caso da chikungunya, este ano foram notificados 17.131 casos, sendo que 6.724 foram confirmados e 8.926 estão em investigação. Há confirmação de casos do vírus Zika em 18 estados.

Para alertar a população sobre a importância do combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, o ministério da saúde lançou hoje uma nova campanha “Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer”.

Agência Brasil

O que se pode fazer para melhorar a postura ao dormir e no ambiente de trabalho

O que se pode fazer para melhorar a postura ao dormir e no ambiente de trabalho  Sociedade Brasileira de Ortopedia/DivulgaçãoFisioterapeuta dá dicas de cuidados que podem ser tomados no local de trabalho e ao deitar na cama para evitar problemas futuros na coluna vertebral

"Tudo é uma questão de manter. A mente quieta. A espinha ereta. E o coração tranquilo." Nem tão simples assim como na música de Walter Franco no que depender do jeito que dormimos e trabalhamos sentados.

Você é do tipo que adora dormir de bruços? A posição, proibida pelos especialistas, pode até parecer confortável, mas os riscos de problemas para a coluna podem vir a longo prazo.

O mesmo vale para a forma como lidamos com nosso ambiente de trabalho. Quem trabalha muitas horas em frente ao computador deve observar a configuração da mesa de trabalho e, principalmente, cuidar para fazer pausas e se movimentar pelo menos um minuto a cada 40 minutos.

Na série de três vídeos abaixo, a fisioterapeuta Juliane Heineck conta quais são nossos principais vícios posturais e o que podemos fazer para evitá-los.

Confira:



Prefeitura de Guaramirim - SC lança edital de processo seletivo

Com o objetivo de atender as demandas da administração municipal, a Prefeitura de Guaramirim, no Estado de Santa Catarina, lançou edital Nº 07/2015 de processo seletivo para provimento de cargos em caráter temporário, para atender a Secretaria Municipal de Saúde.

As inscrições serão efetuadas na Secretaria Municipal de Saúde, nas segundas-feiras das 8h às 12h e das 13h às 17h e de terça a sexta-feira das 8h às 14h, no período entre 25 de novembro a 30 de dezembro de 2015, no horário oficial de Brasília, pessoalmente ou por procuração, na Secretaria Municipal de Saúde, localizada na Rua Henrique Friedmann nº. 415 – Centro, Guaramirim/SC. As inscrições serão gratuitas e estão condicionadas à entrega da documentação comprobatória.

Documentação a ser entregue no ato da inscrição:
Fotocópia da Carteira de Identidade;

- Fotocópia do CPF;

- Ficha de Inscrição devidamente preenchida. 

A prova objetiva será realizada provavelmente no dia 23 de janeiro de 2016, com início às 8h30 e terá duração de 3h30, na Secretaria Municipal de Saúde, situada à Rua Henrique Friedmann, 415 - Centro, Guaramirim/SC, os candidatos deverão apresentar documento de identificação com foto, original e comprovante de inscrição.

O gabarito preliminar da prova será divulgado no site www.guaramirim.sc.gov.br, após às 14h do dia 25 de janeiro de 2016.

O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, a partir de sua homologação, devendo ser respeitada sua ordem, para todas as contratações que tenham de ser efetivadas durante sua vigência.

Concurso público Prefeitura de Flor da Serra do Sul - PR

A Prefeitura de Flor da Serra do Sul, Estado do Paraná, lançou o edital nº 001/2015 de concurso público, a ser executado pelo Instituto Brasil. De acordo com o regulamento, os vencimentos ofertados vão de R$ 788,00 a R$ 10.503,66, em jornadas de trabalho de 12 até 40 horas semanais.

Serão contratados 82 profissionais de ensino alfabetizado, fundamental, médio, técnico e superior, que poderão ocupar os cargos de: Ensino Alfabetizado/Fundamental: Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar de Serviços, Coveiro, Gari, Motorista, Operador de Máquinas, Operador de Trator, Servente de Serviços Gerais. Ensino Médio e Técnico: Agente de Endemias, Assistente Administrativo, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Saúde Bucal, Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal. Ensino Superior: Advogado, Contador, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Médico PSF, Pediatra, Ginecologista, Nutricionista, Odontólogo, Professor de varias disciplinas e Psicólogo.

As inscrições serão aceitas até o dia 14 de dezembro de 2015, via internet, no endereço eletrônico www.institutobrasil.net.br.

O valor da taxa de inscrição para cargos de ensino superior é de R$ 150,00, enquanto que de ensino médio é R$ 80,00 e ensino alfabetizado/fundamental, R$ 40,00.

Os candidatos que preferirem têm à disposição o posto de inscrição na Prefeitura, no horário de 8h às 11h30min e das 13h às 17h.

A seleção dos inscritos será através de prova escrita objetiva, prática e exame pré-admissional, conforme os critérios de avaliação adotados para cada cargo, os quais devem ser conferidos no edital.

A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 17 de janeiro de 2016, em local e horário a serem divulgados antecipadamente.

O prazo de validade do concurso público será de dois anos, a contar da data de publicação do resultado final, prorrogável uma vez, por igual período, a critério do Poder Executivo Municipal.

Prefeitura de Vargeão - SC lança edital de concurso público

Sob a responsabilidade do Instituto o Barriga Verde - IOBV, foi divulgado edital n° 001/2015 de concurso público da Prefeitura de Vargeão, no Estado de Santa Catarina. São cinco vagas imediatas, mais cadastro de reserva, nos cargos de Agente de Saúde (Emprego Público), Auxiliar de Serviços Gerais, Servente, Técnico em Enfermagem, Médico ESF (Emprego Público).

As chances são para profissionais de níveis fundamental, médio e superior, com salários variados entre R$ 1.066,16 e R$ 14.187,64 em carga horária de 40 horas por semana.

A inscrição somente será efetuada via Internet, no endereço eletrônico www.iobv.org.br, no período de 25 de novembro a 24 de dezembro de 2015. As taxas variam de R$ 30,00 para cargos de nível fundamental R$ 60,00 para nível médio e R$ 120,00 para os profissionais de nível superior.

Para os candidatos que não possuem acesso à rede mundial de computadores (internet), o município disponibilizará atendimento gratuito no seguinte local: Prefeitura Municipal de Vargeão, junto à Biblioteca Pública Municipal, anexa ao Centro Educacional Meteoro, situada na Rua 7 de Setembro, nº 477, Centro, Vargeão/SC, no horário de atendimento das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

A prova escrita objetiva será aplicada na data prevista de 17 de janeiro de 2016, na cidade de Vargeão-SC, em local que será divulgado quando da homologação das inscrições, no endereço eletrônico www.iobv.org.br.

O gabarito provisório será divulgado no endereço eletrônico www.iobv.org.br, no dia seguinte ao da realização da prova.

A homologação do resultado final sairá após 02 de fevereiro de 2016.

O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados da publicação do ato de homologação do resultado final do presente edital, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Poder Executivo.

Prefeitura de Águas de Chapecó - SC promove processo seletivo

No Estado de Santa Catarina, a Prefeitura de Águas de Chapecó publicou edital Nº. 03/2015 de processo seletivo para provimento de cargos e formação de cadastro reserva. Sob coordenação técnica da CURSIVA, Assessoria e Consultoria, o certame pretende preencher 39 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 3.844,16, para carga horária de 10 a 40h por semana.

As chances são para os cargos de Agente Comunitário de Saúde, Auxiliar (Administrativo, Serviços Externos e Serviços Gerais), Enfermeira, Engenheiro Civil, Farmacêutica, Fiscal de Tributos/Serviços Municipais, Fonoaudiólogo, Monitor Habilidades em Dança, Motorista, Operador de Máquinas/Trator de Pneu, Motorista Ambulância, Professor e Técnico em Atividades Agropecuárias.

Às pessoas com deficiência, é assegurado o direito de inscrição no presente Processo Seletivo, para os cargos cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores, num percentual de 5% do total das vagas oferecidas para cada cargo.

As inscrições podem ser feitas via internet, no site www.cursivani.com.br a partir do dia 24 de novembro até o dia 15 de dezembro de 2015.

A seleção será constituída de provas objetivas, práticas e títulos.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 20 de dezembro de 2015, em local e horário a serem divulgados quando da homologação das inscrições, a partir do dia 16 de dezembro de 2015.

O gabarito estará disponível no site www.cursivani.com.br, a partir das 20 horas do dia 20 de dezembro de 2015 e no site da prefeitura - www.aguasdechapeco.sc.gov.br, no dia 21 de dezembro de 2015.

Os títulos deverão ser enviados via correio para o endereço: CURSIVA Assessoria e Consultoria – Rua Anir Zauza, 138 – Centro – 89818-000 - Nova Itaberaba –SC.

A validade do processo seletivo será de um ano, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, com a respectiva classificação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da administração.
A Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) lançou o edital nº 125/2015 de concurso público, visando o provimento de 19 cargos cargos do Quadro de Pessoal Técnico Administrativo para níveis fundamental, médio, médio profissionalizante e superior.

Serão preenchidas vagas de Administrador, Biólogo, Enfermeiro, Físico, Jornalista, Odontólogo, Técnico de Laboratório/área: Análises Clínicas, Técnico de Laboratório/área: Biologia, Técnico de Laboratório/área: Física, Técnico em Nutrição e Dietética, Técnico de Tecnologia da Informação, Técnico em Saneamento, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Assistente de Laboratório. Os aprovados farão jus a remunerações de R$ 2.112,04 a R$ 4.039,54, em jornadas de até 40 horas por semana.

As inscrições serão realizadas de 30 de novembro a 29 de dezembro de 2015, exclusivamente pela internet, no sítio eletrônico do concurso: http://www.progep.ufes.br/concurso2015

Os interessados pagarão taxa de inscrição R$ 100,00 ou R$ 80,00, dependendo do cargo escolhido para concorrer.

O presente concurso compreenderá as seguintes fases: a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos; e b) prova prática para o cargo de Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais.

A prova objetiva será realizada na cidade de opção de local de trabalho, na data prevista de 20 de março de 2016. A prova prática para o cargo de Tradutor e Interprete de Linguagens de Sinais ocorrerá no município de Vitória/ES, nas datas previstas no edital.

A validade do concurso será de um ano, contado a partir da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da UFES.

Edital e demais atualizações devem ser conferidos, antes da inscrição: http://www.progep.ufes.br/concurso2015 

Fonte: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=24/11/2015&jornal=3&pagina=54&totalArquivos=240

Concurso UFMG - Edital 764/2015

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) informa que durante o período de 30 dias (até 23 de dezembro de 2015) está recebendo inscrições ao concurso público que vai prover duas vagas para Professor Adjunto do Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinárias, da Escola de Veterinária.

O edital 764/2015 de concurso público informa que as vagas são para a área de Reprodução Animal, com exigência de Doutorado em Ciência Animal, ou Medicina Veterinária, ou Zootecnia, ou áreas afins na área de conhecimento de Reprodução Animal e Graduação em Medicina Veterinária.A remuneração é de R$ 8.639,50. 

As inscrições podem ser feitas na Secretaria Geral da Escola de Veterinária Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - Belo Horizonte - MG - CEP 31270-901, das 9h às 11h e das 14h às 16h.

A taxa de inscrição custa o valor de R$ 215,99. O edital deve ser lido por todos os candidatos, estando disponível na página do concurso: www.vet.ufmg.br. Os contatos do setor de inscrição são: telefone: (31) 3409-2001, e-mail: secrgeral@vet.ufmg.br.

Os candidatos passarão por Prova de Títulos, Prova Escrita com caráter eliminatório e Prova Prática. No site citado acima, consta todo o cronograma de cada avaliação. Aqueles que forem aprovados e convocados deverão, a partir da data de posse, entrar em exercício no prazo máximo de quinze dias.

O prazo de validade do concurso será de um ano, passível de prorrogação.

Fonte: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=24/11/2015&jornal=3&pagina=59&totalArquivos=240

Concurso Prefeitura de Carira - SE: inscrições reabertas

A Prefeitura de Carira, no Estado de Sergipe, reabriu as inscrições para o concurso público de edital nº 01/2015, que dispõe de 40 vagas efetivas aos cargos de Enfermeiro, Fisioterapeuta, Médico Plantonista, Nutricionista, Agente de Endemias e Agente Comunitário de Saúde.

O evento é organizado pela empresa Planejar Consultoria e prevê remuneração de R$ 1.014,00 a R$ 6.720,00, por jornadas semanais de 24 ou 40 horas trabalhistas.

Desta vez, é possível se inscrever até o dia 14 de dezembro de 2015, via endereço eletrônico: www.planejarconcursos.com.br ou www.carira.se.gov.br, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 50,00, para cargo de nível fundamental e de R$ 80,00 para cargo de nível superior.

Os candidatos que não mais tiverem interesse em participar do concurso, e que já tiveram realizado o pagamento da taxa no período anterior, poderão solicitar a devolução do valor da taxa, bastando seguir as instruções do edital retificador.

Será aplicada prova objetiva provavelmente no dia 17 de janeiro de 2016. Também haverá avaliação de títulos para cargos de nível superior, com entrega de documentos no período informados no edital.

Estima-se que o gabarito seja disponibilizado no dia seguinte a prova. Todas as datas dos eventos deste concurso devem ser conferidas, durante a leitura do edital completo.

O prazo de validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogado por período semelhante, contado a partir da data de homologação do resultado final.

Toda a documentação está disponível no site da Prefeitura (www.carira.se.gov.br), clicando-se na seção destinada ao concurso, e também no site da organizadora Planejar Consultoria (www.planejarconcursos.com.br).

Processo seletivo da Prefeitura de João Costa - PI

No Estado do Piauí, a Prefeitura de João Costa abriu mais de 60 vagas temporárias para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com remuneração de R$ 788,00 a 2.172,00, por jornadas semanais de 20 a 40 horas. O comunicado foi feito através do edital nº 001/2015 de processo seletivo simplificado, organizado pela empresa Gabriel & Gabriel, Consultoria, Projetos e Serviços LTDA.

Os cargos disponíveis são de Agente Comunitário de Saúde, Agente de combate a Endemias, Assistente Social, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Consultório Dentário, Dentista, Enfermeiro, Engenheiro (Agrônomo e Civil), Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Clínico, Merendeira, Motorista (Transporte Escolar e de categoria B, D ou E), Nutricionista, Orientador Social, Porteiro, Psicólogo, Psicopedagogo, Pedagogo, Professor de (Letras/Português e de Artes), Técnico em Enfermagem, Técnico em Informática e Técnico Agrícola.

Interessados têm até o dia 9 de dezembro de 2015, via endereço eletrônico: www.gabrielexcelencia.net.br, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 35,00 a R$ 60,00.

Será aplicada prova escrita objetiva provavelmente no dia 17 de janeiro de 2016, e análise curricular, para candidatos ao cargo de professor, que forem aprovados na prova objetiva. Estima-se que o gabarito seja divulgado no dia seguinte ao da prova escrita.

A validade do processo seletivo será de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, de acordo com a conveniência da administração pública.

Concurso público da Prefeitura de Adustina - BA

No nordeste do Estado da Bahia, a Prefeitura de Adustina abriu 70 vagas efetivas para profissionais de todos os níveis de escolaridade, com ganhos mensais de R$ 788,00 a R$ 10.000,00, em cumprimento a jornada de 8 a 40 horas por semana. O comunicado foi feito através do edital nº 01/2015 de concurso público, que conta com a organização da empresa Planejar Consultoria e Planejamento LTDA EPP.

Os cargos disponíveis são de Advogado, Assistente Social, Enfermeiro, Médico sem especialização e com especialização em cardiologista, Ginecologista, Ortopedista e Pediatra, Veterinário, Odontólogo, Psicólogo, Professor especialista em Braille, Agente Administrativo, Técnico de Enfermagem/Saúde, Agente de Saúde (Endemias), Atendente de Farmácia, Auxiliar de Enfermagem, Gari, Guarda Municipal e Motorista.

Para participar é necessário efetuar inscrição, que foi reaberta até o dia 25 de novembro de 2015, via endereço eletrônico: www.planejarconcursos.com.br, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 35,00 para cargos de nível fundamental, de R$ 50,00 para cargos de nível médio e de R$ 80,00 para cargos de nível superior.

Será aplicada prova objetiva, avaliação de títulos e prova prática, para alguns cargos. A prova objetiva e a entrega de títulos estão previstas para 20 de dezembro de 2015 e a prática para o dia 10 de janeiro de 2016.

Estima-se que o gabarito seja disponibilizado no dia seguinte a prova objetiva e que o resultado final seja divulgado no dia 25 de janeiro de 2016.

A validade do concurso público será de dois anos, contados da data de homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por período semelhante.

Concursos Prefeitura de Chapadão do Lageado - SC

A Prefeitura de Chapadão do Lageado, Estado de Santa Catarina, torna público editais de concurso público. A finalidade é a contratação de oito profissionais de ensino superior, visando integrar o quadro de pessoal do funcionalismo público municipal.

O edital nº 01/2015, tem sete oportunidades nos cargos de Nutricionista, Fonoaudiólogo, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Técnico em Enfermagem e Médico. O salário ofertado vai de R$ 1.327,91 a R$ 10.834,44, em carga horária de 20 ou 40 horas por semana.

Já o edital nº 02/2015, dispõe de um vaga no cargo de Enfermeiro Padrão do ESF. O salário ofertado é de R$ 2.601,05, em carga horária de 40 horas semanais.

As inscrições podem ser feitas no período de 27 de novembro até o dia 27 de dezembro de 2015, via internet, pelo sítio click.listaeditais.com.br.

A taxa de inscrição será de R$ 100,00. Serão destinadas aos portadores de deficiência 5% do total de vagas existentes, desde que a deficiência de que são portadores não seja incompatível com as atribuições do cargo a ser preenchido.

Os candidatos serão selecionados através de prova escrita objetiva e análise de títulos.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 17 de janeiro de 2016, sendo que o local e horário de aplicação serão previamente informados, através do site acessado para realizar as inscrições.

O gabarito está previsto para ser divulgado apos as 18h do mesmo dia de aplicação da prova objetiva, no site já citado.

Os concursos públicos serão válidos por dois anos, com possibilidade de ser prorrogado por igual período.

Grupo Hospitalar Conceição ( RS) - GHC anuncia concurso público

Foi divulgado edital n° 02/2015 de concurso público do Grupo Hospitalar Conceição - GHC, no Estado do Rio Grande do Sul, sob a coordenação técnico-administrativa da Fundação La Salle, para profissionais de todos os níveis de ensino, por rendimentos de até R$ 18.941,60.

O concurso público tem por objetivo a formação de cadastro reserva de candidatos aprovados para os cargos de Atendente de Nutrição, Auxiliar Geral, Auxiliar de Farmácia, Técnico em Histopatologia, Técnico de Nutrição, Técnico de Radiologia, Arquiteto, Engenheiro de Produção, Terapeuta Ocupacional e Médico de diversas especialidades.

Os interessados deverão fazer suas inscrições pela internet, através do site www.fundacaolasalle.org.br/concursos, até o dia 16 de dezembro de 2015.

O valor da taxa de inscrição por cargo corresponde a: 
Cargos de nível escolar fundamental – R$ 27,00; 
Cargos de nível escolar médio/técnico - R$ 45,00; 
Cargos de nível escolar superior - R$ 95,00. 

A aplicação da prova objetiva será na data prevista de 17 de janeiro de 2016. Os locais e salas das provas objetivas estarão disponíveis no endereçowww.fundacaolasalle.org.br/concursos, após o término das inscrições.

A publicação de aviso dos gabaritos oficiais das provas objetivas será na data provável de 01 de fevereiro de 2016. Já a publicação do resultado final sairá na data prevista de 12 de fevereiro de 2016.

Este concurso público terá validade de dois anos, a contar da data de publicação no Diário Oficial da União (DOU), podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Diretoria do GHC.

Anahp lança cartilha para engajar paciente no tratamento médico

A partir de agora, as instituições hospitalares de todo o Brasil passam a contar com a Cartilha de Segurança do Paciente, documento produzido pela Anahp (Associação Nacional de Hospitais Privados), com o objetivo de auxiliar as instituições de saúde a orientar seus pacientes em relação ao processo de cuidado

A publicação foi lançada oficialmente durante o 3º Conahp (Congresso Nacional de Hospitais Privados), realizado em São Paulo entre os dias 11 e 13 de novembro, e conta com diferentes orientações para fortalecer o compromisso dos hospitais com relação à qualidade e segurança.

Com o intuito de auxiliar os pacientes, seus familiares e até mesmo os colaboradores da área, a cartilha tem a proposta de lançar um novo olhar sobre as rotinas hospitalares para que o paciente esteja atento e possa participar de maneira mais efetiva dos cuidados com a sua saúde. A participação do paciente pode mudar o sistema de saúde e o papel da equipe assistencial. A empatia e a escuta ativa entre assistido e corpo clínico é uns dos passos importantes para buscar melhorias. “Para conquistarmos isso, temos que fornecer orientações para população para que ela esteja atenta e possa cobrar”, afirma o Presidente do Conselho da Anahp, Francisco Balestrin.

Com proposta lúdica e de fácil compreensão, o material reúne diferentes elementos capazes de contribuir para que o paciente conheça melhor a rotina de atendimento dos hospitais – como, a identificação do paciente, o que fazer quando se agenda uma cirurgia, a necessidade de higienização das mãos, como proceder ao visitar pacientes internados, como se prevenir ou agir após quedas, como administrar seguramente os medicamentos, além dos direitos e deveres do paciente, entre outros passos básicos de cuidados que promovem a segurança e melhoram o resultado do tratamento.

O material será disponibilizado no site da Anahp e os hospitais poderão adaptá-lo conforme as regras e normas internas de cada instituição, e devem ser distribuídas para a população.

Sobre a Anahp
Criada em 2001, a Anahp conta hoje com 80 associados entre hospitais e empresas especializadas em Home Care e representa instituições reconhecidas pela certificação de qualidade e segurança no atendimento hospitalar. No último ano, os 68 hospitais associados da Anahp na época, obtiveram uma receita da ordem de R$ 20,7 bilhões, o que representa 19% das despesas assistenciais na saúde suplementar.

A Anahp tem função estratégica no desdobramento de temas fundamentais para a sustentabilidade do sistema, além de promover ações que transcendem os interesses das instituições associadas, a fim de contribuir para a reflexão sobre o papel da saúde privada no Brasil.

Para conhecer a Cartilha de Segurança ao Paciente, entre no site ou pelo aplicativo, disponível para IOS e Android.

Saúde Business

Aplicativo oferece serviço de vacinação em casa

Lançado há dois meses, o aplicativo Docway usa a tecnologia para resgatar um velho hábito da medicina, o do médico da família, com atendimento domiciliar. Com ele, é possível agendar uma consulta com agilidade e rapidez com apenas um clique

Agora, a partir desta segunda (23 de novembro), a empresa lançou um novo serviço que está disponível para os moradores de Curitiba: o de agendamento de vacinação.

A aposta em vacinação à domicílio não é novidade no mercado. No ano passado, a Uber lançou o piloto UberHEALTH, que entregou vacinas contra gripe para 2 mil pessoas nos EUA, pelas cidades de Boston, Chicago, Nova Iorque e Washington. Após esta experiência inicial, a Uber, em parceria com a empresa Epidemico, criou a oportunidade para seus usuários (durante um único dia), pelo preço de 10 dólares, serem atendidos por enfermeiros registrados, levados por motoristas da Uber com um kit de primeiros socorros, que incluía uma garrafa d´água, lenços de papel, higienizadores de mãos, pirulito e uma sacola reciclável.

A iniciativa do Docway é uma parceria com a Vacine Mais e atende a todas as especialidades, desde a Influenza, Hepatite A e B, até as ministradas em bebês como a Pentavalente, Tríplice Viral e Rotavírus, a um preço fixo de 200 reais, já incluso a visita em horário comercial.

“Nosso objetivo é expandir este serviço também para o Brasil todo. Mas para isso estamos buscando parceiros em outras capitais. A ideia é sempre facilitar a vida do paciente, como as mães que não querem levar seus bebês até um posto de saúde público”, explica Fábio Tiepolo, CEO e Fundador do Docway.

As vacinas cobrem todas as faixas etárias, de acordo com as necessidades e o calendário. Além disso, para lançar o novo serviço, o Docway irá oferecer 200 doses gratuitas da vacina contra a gripe. Depois que o paciente fizer seu agendamento, a Vacine Mais entrará em contato e quando o paciente informar o código #chegadegripe, ele ganhará uma dose gratuitamente.

Saúde Business

Você sabe o que é insuficiência renal?

Insuficiência renal é a condição na qual os rins perdem a capacidade de efetuar suas funções básicas, entre elas a de filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo e a manutenção do equilíbrio de eletrólitos no corpo

rINS 01

Calcula-se que a doença renal crônica atinja 10% da população mundial, atingindo pessoas de todas as idades, mas principalmente os idosos. A estimativa é que a enfermidade afete um em cada cinco homens e uma em cada quatro mulheres com idade entre 65 e 74 anos, sendo que metade da população com 75 anos ou mais sofre algum grau da doença.

A insuficiência renal pode ser aguda, quando ocorre súbita e rápida perda da função renal; ou crônica, quando a perda é lenta, progressiva e irreversível. A maioria das pessoas não apresenta sintomas graves até que a insuficiência renal esteja avançada. Porém, alguns sinais como falta de apetite, cansaço, palidez cutânea, inchaços nas pernas e tornozelos, aumento da pressão arterial, inchaço ao redor dos olhos, especialmente pela manhã, pele seca e irritada, alteração dos hábitos urinários como urinar mais à noite e urina com sangue ou espumosa podem ser considerados sinais de alerta.

O policial aposentado Sócrates Rosa, de 48 anos, sentiu alguns sintomas, mas quando foi diagnosticado já havia ocorrido à falência renal. “Estava na ativa, trabalhando como policial, e comecei a ter algumas intercorrências como sangramento nasal, aumento na pressão e dor de cabeça. Comecei a investigar e achei que era hipertensão arterial, mas eu já devia ter algum tipo de perda no rim. Pouco tempo depois tive uma falência renal. Passei 15 anos fazendo hemodiálise. Eu vivia em função da hemodiálise. Acordava para ir para a clínica e dormia pensando em voltar lá pela manhã. Não tinha tônus muscular, disposição. Não conseguia caminhar até o portão da minha casa. Se eu fosse da porta até o portão, precisava parar para descansar. Eu não vivia, eu sobrevivia”, conta Sócrates.

O tratamento para problemas renais pode ser realizado por meio de dieta e medicamentos, indicados por profissionais de saúde, visando conservar a função dos rins que já têm perda crônica e irreversível, tentando evitar, o máximo possível, o início da diálise - tratamento realizado para substituir algumas das funções dos rins, ou seja, retirar as toxinas e o excesso de água e sais minerais do organismo.

Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia indicam que 100 mil pessoas fazem diálise no Brasil. Os números mostram ainda que 70% dos pacientes que fazem diálise descobrem a doença tardiamente. A taxa de mortalidade para quem enfrenta o tratamento é 15%.

Outra forma de tratamento é o transplante renal em que, por meio de uma cirurgia, o paciente recebe um rim de um doador. Neste tratamento o paciente tem que fazer uso de medicações que inibem a reação do organismo contra organismos estranhos, neste caso, o rim de outra pessoa, para evitar a rejeição do “novo rim”. O paciente necessita de acompanhamento médico contínuo.

Foi o transplante que mudou a vida de Sócrates. Em dezembro de 2014 o policial fez o transplante de rim no Instituto do Coração do Distrito Federal, que possui uma parceria publico privada com o Sistema Único de Saúde. “Eu nasci de novo neste dia 04 de dezembro. Foi um transplante muito bem assistido. Fiquei surpreso com o atendimento, fui muito bem tratado. Eu já tinha desistido de viver e o transplante me deu a vida de volta. Não sei nem o que dizer para a família que doou os órgãos. O sentimento de gratidão é tão grande, que falta palavras”, disse o policial aposentado.

rINS 02

Atendimento
Desde abril de 2014, a Secretaria de Atenção à Saúde autorizou a inclusão de novas ações na tabela de procedimentos do Sistema Único de Saúde (SUS) referentes a procedimentos ligados ao cuidado da pessoa com a doença renal crônica. O SUS passou a cobrir as dosagens de hemoglobina glicosilada, de sódio, de 25 hidroxi vitamina D, de hormônio tireoestimulante e de tiroxina.

Os pacientes também direito a hemocultura (que pesquisa bactérias no sangue), exame de caracteres físicos com contagem global e especifica de células, gasometria, entre outros. Para hemodiálise pediátrica, a criança com problema renal tem direito a ultrassonografia do aparelho urinário e eletrocardiograma. Nos casos de pacientes no estágio pré diálise, dosagens de cálcio, creatinina, fósforo, proteínas, potássio, ferro sérico, ureia, entre outros, também estão incluídas na tabela.

A política também garante ao doente renal crônico o direito à informação, sendo assegurado aos conselhos de saúde e às associações ou comissões de pacientes o acesso aos estabelecimentos de saúde que prestam atendimento.

Fonte: Gabriela Rocha/ Blog da Saúde

Lançada Frente Parlamentar para Desoneração Tributária dos Medicamentos

frente parlamentar 24111Por conta do preço, 50% da população já interrompeu algum tipo de tratamento

Foi lançada nesta segunda-feira (23/11), no auditório Teotônio Vilela, a Frente Parlamentar para Desoneração Tributária dos Medicamentos. A coordenadora da frente, Maria Lúcia Amary, apontou dados alarmantes mostrando que grande parte da população não consegue comprar ou seguir um tratamento médico devido à alta carga tributária.

O presidente executivo da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), Sérgio Mena Barreto, mostrou ao público cestas com poucos medicamentos, mas que representam grande peso no bolso de quem deles depende, além de dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) que revelam uma série de riscos à saúde que podem afetar pacientes que interrompem tratamentos médicos. "É preciso reduzir a carga tributária sobre os medicamentos, salvar mais vidas e diminuir o sofrimento de quem tem doenças", finalizou Sérgio.

A carga tributária sobre medicamentos no Brasil é uma das mais caras do mundo. Como consequência disso, cerca de 50% da população já interrompeu algum tipo de tratamento médico, segundo recente pesquisa do Instituto Datafolha.

Maria Lúcia Amary encerrou a reunião avisando que será feito um cronograma de ação da frente parlamentar, além de uma reunião com o governador do Estado. Disse também que serão monitorados os resultados da desoneração dos medicamentos genéricos, para que a medida possa ser ampliada aos demais medicamentos.

Fonte: Assembleia Legislativa SP / Guia da Farmácia

População propensa a fratura grave vai dobrar em 25 anos, diz estudo

Mudança de perfil populacional aumentará impacto de males ortopédicos. Osteoporose porá 319 milhões sob risco no mundo em 2040, estima fundação

Um estudo da Fundação Internacional de Osteoporose prevê que o número de pessoas sob alto risco de fratura vai quase dobrar em 25 anos. A projeção foi feita com base no aumento da população global e com a mudança do recorte da faixa de idade que está sob mais risco, acima dos 50 anos.

Segundo os pesquisadores, em 2040, o planeta terá 319 milhões de homens e mulheres sob risco de sofrer uma fratura grave — de vértebra, antebraço, úmero ou quadril — em comparação com os 158 milhões de anos estimados para 2010.

Para projetar o número de pessoas sob risco de sofrer esses tipo de fratura os pesquisadores usaram uma simulação matemática que calculava quantas pessoas estavam em perfis de maior risco, considerando também outros fatores além de idade. 

Mulheres com sobrepeso e com histórico de problemas ortopédicos menos graves, por exemplo, têm maior probabilidade de sofrer uma fratura séria.

Globalmente, 18% das mulheres têm algum risco de sofrer fratura desse tipo, enquanto entre homens o risco é de 3%, mas essa proporção vai aumentar, afirmam os pesquisadores, por causa do recorte populacional sob risco.

O trabalho descreve a projeção epidemiológica, liderado pelo médico Anders Oden, da Universide de Sheffield (Reino Unido), foi publicado na revista “Osteoporosis International”.

G1

Anvisa suspende produtos sem registro

A Anvisa suspendeu a distribuição, a fabricação, a comercialização e o uso dos produtos Soft Laser IR -303; Soft Laser IRL 1701; Eletroestimulador TE 99 - Simples e Dual; Aparelho Max 1004, E.A. V 1047 Theratest; Biotest; Aparelho de Lateralidade de Nogier; Analyser Diagnóstico (Ryodoraky + Tratamento e Ruodoraku), bem como todos os produtos sujeitos à vigilância sanitária e fabricado pela empresa Ailton Batista Braga – ME.
 
Nenhum deles possui registro na Anvisa. Além disso, a empresa também não detém autorização de funcionamento.
 
Com a decisão, a empresa deve promover o recolhimento do estoque existente no mercado.
 
A medida consta da Resolução 3.230/2015, publicada nesta terça-feira (24) no Diário Oficial da União (DOU).
 
ANVISA