Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 29 de setembro de 2015

Medicamentos: Efeito rebote (rebound) o que é?

Reprodução
Efeito Rebound (efeito rebote) é a tendência de um medicamento para provocar o retorno (reaparecimento) dos sintomas que estão sendo tratados, desde que tais medicamentos sejam usados por longo período e depois descontinuados. Ou seja, o efeito rebote ocorre após a descontinuação de inúmeras classes de fármacos com ação contrária aos distúrbios da doença, exacerbando-os a níveis superiores aos anteriores do tratamento

Em casos extremos de efeito rebote, os sintomas poderão ser, inclusive, mais graves que no início da doença. O efeito rebote é muito comum na enxaqueca.

Independente da doença, da droga e da duração do tratamento, o fenômeno se manifesta numa pequena proporção de indivíduos suscetíveis. No entanto, pode causar eventosadversos graves e fatais, devendo ser considerado um problema de saúde pública em vista do enorme consumo de fármacos pela população .
 
Como o efeito rebote funciona? (exemplo de efeito rebote prático e de fácil entendimento):
Você tem enxaqueca ou outra doença crônica. Após um longo período da utilização da medicação, sua retirada abrupta pode fazer com que os sintomas que você tinha antes de usar o medicamento podem voltar e ainda mais intensos do que antes de fazer uso de tal medicação.
 
Como evitar o efeito rebote?
A melhor maneira de evitar o efeito rebote é fazer a substituição ou retirada do medicamento de maneira gradual, pela diminuição da dose diária até a total retirada.

Saúde com Ciência

Nenhum comentário:

Postar um comentário