Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 4 de abril de 2017

Suspensos nove lotes do medicamento Tevacarbo

Princípio ativo do medicamento era fornecido por empresa diferente da registrada pela Anvisa

A Agência Sanitária suspendeu a distribuição, comercialização e uso de nove lotes do produto Tevacarbo (carboplatina). A empresa Teva Farmacêutica Ltda, que fabricou tais lotes, encaminhou um pedido de recolhimento voluntário após constatar o uso de um fornecedor do princípio ativo carboplatina diferente do registrado na Anvisa.

Os lotes do medicamento, indicado para o tratamento de estados avançados do carcinoma de ovário de origem epitelial e para o tratamento do carcinoma de pequenas células de pulmão, deverão ser recolhidos do mercado. 

Confira detalhes dos produtos suspensos e quais são os lotes em questão:
  • Tevacarbo 10mg/ml, 15ml, lotes 15H28KC, 15H28KK e 16C08MR
  • Tevacarbo 10mg/ml, 45ml, lotes 15C03LA, 15C03LF, 15K10MA, 16A18LD, 16D25OC e 16E12OE
Proibição clareadores dentais
A Anvisa proibiu a divulgação, comercialização e uso de quatro produtos, clareadores dentais, da marca Crest. A proibição do Clareador Dental White Light, Clareador Dental Basall Advanced White Bivolt, Refil Clareador Dental Basall Strips Bivolt e 3D Crest White Whitestrips 20 foi motivada pela ausência de registros sanitários.


Os produtos, de responsabilidade da empresa B2W Companhia Digital, eram comercializados pelo domínio eletrônico das Americanas.

A resolução RE 844/17 que proibiu os clareadores Crest foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira (31/3).

Foto: Reprodução da internet

ANVISA

Nenhum comentário:

Postar um comentário