Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Como é o diagnóstico do Linfoma de Hodgkin?

COMO O LINFOMA DE HODGKIN É DIAGNOSTICADO-Como é feito o diagnóstico do Linfoma de Hodgkin?

Se você tem sinais ou sintomas sugestivos do Linfoma de Hodgkin, exames são feitos para descobrir, e, em caso afirmativo, determinar o tipo exato de linfoma.
 
Histórico médico e exame físico
O médico perguntará sobre o seu histórico médico completo, incluindo informações sobre os sintomas, possíveis fatores de risco, histórico familiar e outras condições médicas.
 
Em seguida, o exame físico será realizado, com atenção especial para os gânglios linfáticos e outras áreas do corpo que possam ser afetadas, incluindo o baço e fígado. Como as infecções são a causa mais comum de linfonodos aumentados, especialmente em crianças, o médico irá procurar por uma infecção na parte do corpo perto de qualquer inchaço dos gânglios linfáticos.
 
Se houver suspeita que a causa desses sintomas é o linfoma, irá recomendar uma biópsia da área.
 
Biópsias: Se o linfonodo continuar crescendo, um pequeno pedaço é removido e analisado com testes de laboratório. Isso é necessário para a confirmação do diagnóstico. A biópsia ajuda a dizer qual o tipo de linfoma.
 
Existem diferentes tipos de biópsias.
 
A opção é escolhida com base na situação:
 
Biópsia excisional ou incisional: é o tipo preferido e mais comum de biópsia para um gânglio linfático aumentado. Se remove o linfonodo inteiro é biópsia excisional. Se uma pequena parte de um tumor maior ou nódulo é removido é incisional.
 
Aspirado de medula óssea e biópsia: eles não são utilizados para diagnosticar o Linfoma de Hodgkin, mas podem ser feitos após o diagnóstico para verificar se o Linfoma de Hodgkin está localizado na medula óssea.
 
Exames laboratoriais: As amostras são analisadas por um patologista para visualizar o tamanho e formato das células (verificar se são Reed-Sternberg).
 
Imunohistoquímica: uma parte da amostra de biópsia é tratada com anticorpos especiais que vão se ligar apenas a certas moléculas na superfície de células. Este teste pode mostrar certas proteínas, tais como CD15 e CD30, na superfície das células de Reed-Sternberg. Estes são tipicamente encontrados no Linfoma de Hodgkin.

Combateaocancer.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário