Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Um em cada sete estudantes de medicina já pensou em se suicidar, revela pesquisa

Reprodução Pixabay
Foram entrevistados mil estudantes
Estudo desenvolvido no Reino Unido mostra ainda que 30% dos futuros médicos já tiveram algum problema de saúde mental
 
Rio -  Uma pesquisa feita pela revista “Student BMJ” revelou um dado preocupante: um em cada sete estudantes de medicina considerou cometer suicídio durante o curso. Em paralelo a isso, 30% dos estudantes vivenciaram algum problema de saúde mental.
 
Os resultados foram baseados nas respostas de mais de mil médicos e refletem, segundo a pesquisa, as pressões relacionadas ao estudo e o impacto emocional de escolher uma carreira médica. A quantidade de profissionais que responderam a pesquisa corresponde a cerca de 2% da população de estudantes de medicina do Reino Unido.
 
“Apenas seis em cada dez candidatos conseguem uma vaga na escocla de medicina, e estudantes muitas vezes têm um calendário implacável de exames além de ter que controlar a tensão emocional de ver pacientes doentes e com tudo isso manter altos padrões profissionais”, escrever o editor da “Studente BMJ”, Matthew Billingley.

O estudo identificou ainda que um em cada quatro estudantes relatavam ter participado de bebedeiras a cada semana e um em cada dez afirmaram ter utilizado drogas ao menos uma vez. Mais de 8% usaram medicamentos para impulsionar a capacidade cognitiva e facilitar os estudos antes das provas.

“As escolas de medicina precisam levar a saúde mental de seus alunos a sério. É crucial que estudantes que têm procupações sobre sua saúde tornem isso público de forma que as universidades possam fornecer o apoio necessário”, afirmou Iain Cameron, presidente do Conselho de Escolas Médicas (MSC) do Reino Unido.
 
O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário