Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sábado, 5 de setembro de 2015

Escove os dentes: você só precisa de 2 minutos e 30 segundos

2:30 é o tempo necessário para escovar os dentes
Contabilizando o fio dental e o bochecho, esse tempo muda para cinco minutos

Das 24 horas do dia, você só precisa reservar 7 minutos e 30 segundos para escovar os dentes. Esse tempo é dividido em três momentos do dia, de 2 minutos e 30 segundos de escovação, geralmente após o café da manhã, almoço e jantar, mas pode ser maior caso você coma lanches intermediários.

Segundo o dentista, André Callegari, especialista da APCD (Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas) e mestre em Prótese Dentária, de todas as escovações, a noturna deve ser a mais eficiente. “Porque ocorre uma diminuição da salivação e a proliferação de bactérias é maior”, explica.

Além do tempo, a boa escovação envolve técnica. Callegari recomenda que a escova seja apoiada suavemente sobre a superfície dos dentes em um ângulo de 45 graus, com a metade das cerdas recobrindo a superfície dental e a outra metade envolvendo a gengiva. “Faça movimentos vibratórios circulares em cada uma das superfícies dos dentes, escovar a face voltada para a bochecha e a face interna dos dentes, e a superfície usada para mastigar com movimentos de vai e vem. Lembrando sempre que a língua também deve ser higienizada. É fundamental seguir uma sequência contínua, dente a dente”, diz.

1:30 para o fio dental
Para quem quer uma higienização completa e mais eficiente, a dentista Luciana Tubelis, coordenadora do Programa de Prevenção da Well Clinic, recomenda escovação e fio, o que deve aumentar o tempo total de higienização para 4 minutos. “Use cerca de 40cm de fio enrolados no dedo indicador. Prenda o fio com o polegar, deixando dois centímetros entre cada mão. Vá fazendo vai e vem entre os dentes até chegar à margem da gengiva, com cuidado para não machucar. Faça um C com o fio de encontro com o dente e faça o movimento como se estivesse engraxando. Em seguida remova o fio”, explica Luciana.

Para a especialista, o ideal é passar o fio antes de escovar os dentes. “Ele remove os resíduos e placa bacteriana que fica entre os dentes e dentro do sulco gengival, locais que a escova não alcança. E com a escovação você terminar de removê-los”. Quer ter certeza que todo o biofilme foi retirado? “Existe um recurso incrível para ajudar nossos pacientes que são as soluções que evidenciam a placa bacteriana ou biofilme dental. Com um bochecho, o líquido colore as áreas que não estão limpas”, diz a dentista.

Segundo André Callegari, existem, ainda, casos que precisam da escova interdental. “Ela é utilizada para remoção da placa bacteriana em regiões entre dentes com aparelho ortodôntico, entre dentes com diastemas (separados), entre próteses fixas, em próteses sobre implantes, ou seja, é indicada quando o fio dental entra muito fácil, sem resistência”.

Não se esqueça da higienização da língua. “É superimportante que a higienização da língua seja feita em todas as escovações com raspador de língua, no final da higienização dos dentes (escovas e fio). Se for indicado um bochecho ele deve ser o último a ser utilizado para finalizar toda a higienização”, afirma Luciana.
 
Contabilizando :
 
- Fio dental – 1:00 a 1:30
 
- Escovação – 2:00 a 2:30
 
  - Bochecho - 1 minuto
 
Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário