Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Curso sobre Política de Saúde LGBT encerra inscrições nesse fim de semana

saudelgbt1Profissionais de saúde interessados na temática de saúde para pessoas LGBT tem até o próximo dia 18 de dezembro para se inscrever de forma gratuita no Curso sobre a Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), ofertado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), integrante da Rede de Instituições Ensino Superior da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS)

Até agora, a capacitação já ultrapassou mais de 33 mil inscritos e aborda a temática de saúde LGBT a partir dos eixos dessa política, propondo uma reflexão sobre cuidado, acolhimento, direito e acesso à saúde.

Ofertado em plataforma virtual de ensino à distância, o curso foi elaborado para profissionais de saúde, mas se encontra aberto a gestores do SUS, conselheiros de saúde, lideranças sociais e demais interessados na temática.

O objetivo é oferecer conhecimentos para promover um atendimento humanizado e qualificado à população LGBT, contribuindo para que Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais tenham acesso à saúde integral sem discriminação. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por este link.

O curso foi desenvolvido de forma intersetorial e participativa, a partir de uma parceria entre as Secretarias de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) e de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGETS) do Ministério da Saúde e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), integrante da rede UNA-SUS, e contou também com a colaboração do Comitê Técnico de Saúde LGBT.

Para Jaci dos Santos Nogueira, aluno do curso, a forma como são abordadas as temáticas promoveram uma fácil assimilação do conteúdo. “Os materiais complementares são mais complexos e podemos aprofundar nossos conhecimentos, inclusive com possibilidade de consultá-los novamente ao perceber que não havia assimilado bem algum tópico”, conta.

O curso
Composto de três unidades de aprendizagem no total de 45 horas-aula, o curso foi elaborado na modalidade autoinstrucional, na qual não há a mediação de um tutor, permitindo ao participante flexibilidade para administrar os horários de estudo e execução das tarefas. Além disso, possui tecnologia de ajuste automático do conteúdo aos diversos tamanhos de telas disponíveis no mercado, o que possibilita ao usuário a realização do curso a partir de tablets e smartphones.

Desde a sua primeira oferta, em maio de 2015, a capacitação sobre a Política Nacional de Saúde Integral LGBT foi incluído como módulo obrigatório nos cursos de formação dos profissionais dos Programas ‘Mais Médicos’ e de ‘Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab).

Ao final dos estudos, espera-se que o participante - com competência e conhecimentos científicos, humanísticos e ético-sociais - compreenda a importância do acesso equitativo ao SUS, proporcionando maior qualidade de vida para as pessoas pertencentes aos grupos LGBT e garantindo a efetivação do seu atendimento à saúde sem preconceito e discriminação.

Fonte: Assessoria de Comunicação, Secretaria Executiva da UNA-SUS

Nenhum comentário:

Postar um comentário