Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Alergia pode dar depressão, diz estudo

Reação inflamatória do corpo afeta o cérebro e pode alterar humor
 
Pessoas alérgicas correm risco de desenvolver depressão quatro vezes maior do que as pessoas que não possuem nenhum tipo de alergia, segundo estudo da Universidade de Taiwan, no China. E não é só o nariz escorrendo ou os olhos vermelhos que podem alterar o humor.
 
Os pesquisadores acreditam que inflamações nas veias e tecidos do organismo por causa de alguma reação alérgica podem causar efeitos negativos no cérebro por um longo tempo.
 
A reação inflamatória do corpo, como espirrar, é a maneira como o organismo tenta eliminar algo que está incomodando. Mas o estudo mostrou que, se exposto a isso por muito tempo pode causar efeitos psiquiátricos mais sérios.
 
O estudo analisou 10 mil pessoas alérgicas e outras 30 mil não alérgicas. Os pesquisadores monitoraram essas pessoas por mais de uma década e registraram quantos tiveram problemas de humor, ou até mesmo sintomas de depressão e transtorno bipolar.
 
Outro estudo, da Dinamarca, relacionou as questões alérgicas ao suicídio. Segundo a análise de 2010, os alérgicos têm 30% mais chance de cometer suicídio.
 
Os cientistas acreditam que, quando o corpo usa as inflamações como ferramenta para eliminar um “agressor”, ele acaba liberando uma proteína que diminui a produção de serotonina, “o hormônio da felicidade”.
 
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário