Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 10 de novembro de 2015

Pressão baixa: sintomas, causas, tratamentos e como evitar crises

Saiba tudo sobre a pressão baixa, sintomas, suas causas, os tratamentos e até como evitar as crises de hipotensão, outro nome para essa condição
 
Os sintomas da pressão baixa ou hipotensão são
- tonturas, 

- vertigens, 

- náuseas, 

- falta de concentração, 

- desmaios entre outros, que também podem levar a um choque. 

Pressão baixa ou hipotensão, o que é?
A pressão baixa (hipotensão) é quando a pressão sanguínea está a 90x60mmHg - popularmente falando - "9/6". Mas algumas pessoas começam a sentir os sintomas já a 10/6 e isso é ótimo já que assim, a pessoa consegue reverter o quadro antes de a pressão cair muito.

A pressão baixa pode não ser um problema quando a hipotensão é desencadeada por doenças subjacentes e quando são assintomáticas.

Os idosos acima de 65 anos são os que mais sofrem de hipotensão postural estando entre 10% e 20%. Normalmente, quando levantamos rapidamente, ocorre uma diminuição da pressão arterial momentânea, por isso sentimos tonturas.

Causas

Entre as causas da pressão baixa as mais comuns são:
- gravidez: a hipotensão é normal e geralmente desaparece após o parto;

- tomar a medicação para a hipertensão ou depressão;

- doença cardíaca;

- mal de Parkinson (a queda de pressão ocorre especialmente após as refeições);

- imobilidade prolongada;

- insolação;

- doença hepática;

- insuficiência cardíaca;

- batimentos cardíacos irregulares;

- hipoglicemia;

 - menstruação;

- reações alérgicas.

Tratamentos
- Existem Medicamentos específicos para pressão baixa: Verifique quais são e qual o melhor para você com o seu médico (não compre sem o conhecimento de um médico)

Sal: o médico pode sugerir que você aumente a quantidade de sal durante as refeições, mas cuidado, pois os sintomas da hipotensão e hipertensão são muito parecidos, portanto, você poderá não estar com hipo, mas hipertensão e se ingerir sal irá piorar. O ideal é que se você sofre desse problema, tenha sempre consigo um aparelho que "mede" a pressão sanguínea, e só coma sal se ela estiver realmente baixa.

Água: Poucos sabem, mas ingerir bastante água (se hidratar) durante o dia é a melhor maneira natural de elevar a pressão sanguínea. 

Evitando crises
- evitar a ingestão de álcool;

- beber ainda mais água nesses períodos;

- evitar movimentos muito bruscos quando você sair do repouso;

- evitar o transporte de cargas muito pesadas e, em geral, fazer muito esforço;

- ficar longe do stress, tensão e situações que podem desencadear ansiedade;

- evitar banhos prolongados de sol, sobretudo, em horários de sol a pino, além disso, use chapéu ao se expôr ao sol, o sol diretamente na cabeça pode baixar (ou aumentar) a pressão repentinamente.

O que fazer em caso de emergência
- Primeiramente, certifique-se que a pressão caiu e não subiu, pois os sintomas são parecidos;

- Coma sal e/ou alimentos salgados como as azeitonas e

- Beba dois copos de água seguidos

- Fique em repouso e evite mexer muito a cabeça

- Se os sintomas piorarem busque ajuda médica.

Texto de Renata Fraia - Farmacêutica

Nenhum comentário:

Postar um comentário