Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Consumo de batatas pode estar relacionado com a diabetes gestacional

A diabetes gestacional é temporária, geralmente não perdurando após o nascimento do bebê. No entanto, esta situação pode trazer riscos à saúde da mãe e do bebê

Nos Estados Unidos, uma pesquisa procurou investigar o que tornava as mulheres mais propensas a diabetes durante a gestação.

Entre 1991 e 2001, um grupo de enfermeiras grávidas participaram de uma pesquisa, onde forneciam informações sobre a alimentação e os casos de diabetes gestacional. Durante o período, ocorreram 21.693 gestações, das quais 854 foram afetadas pela diabetes.

Os pesquisadores levaram em conta alguns fatores de risco, como idade, histórico familiar de diabetes, dieta geral, atividade física e obesidade.

Ao analisarem a alimentação das gestantes, os estudiosos notaram que as mulheres que consumiam de 2 a 4 porções de 100g de batatas (fritas, cozidas, purê…) durante a semana tinham 27% de chance de desenvolver a doença. Aquelas que consumiam cinco porções de batatas por semana tinham um risco de 50%.

O ideal, segundo os pesquisadores, é que as gestantes troquem as batatas por vegetais ou grãos pelo menos duas vezes por semana. Isto reduziria o risco de diabetes em 9% a 12%.

O amido presente nas batatas pode ser a razão da causa da diabetes. Mas é importante deixar claro que não é para eliminar a batata da alimentação e sim realizar refeições equilibradas, com alta diversidade de alimentos, principalmente com fibras, como alimentos integrais, verduras, legumes e evitar doces e frituras.

Além disso, continuar a prática de exercícios é essencial, mesmo que seja apenas uma atividade leve, como caminhadas curtas.

É imprescindível seguir as indicações do médico e seguir corretamente o pré-natal.

Blog da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário