Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sábado, 21 de julho de 2012

Confira dicas para comer menos açúcar

Para a vontade de comer doces não chegar, não fique mais de três horas sem se alimentar. A primeira opção do cérebro é o açúcar por ser uma fonte rápida de energia

A reeducação do paladar não ocorre de uma hora para outra. O primeiro passo é a conscientização — a pessoa precisa se convencer de que deve reduzir o consumo de açúcar, afirma a nutricionista Claudia Martins Mallmann.

Fique por dentro das dicas:
- Não fique mais de três horas sem se alimentar. Isso porque o primeiro alimento que vem à mente quando se está com fome é o açúcar, já que ele é uma fonte rápida de energia. A chance de não resistir é muito maior.

- Consuma frutas secas. Por estarem desidratadas, concentram os sabores e costumam ser bem doces.

- Coma frutas cozidas, como maçã, pêra e pêssego.

- Beba bastante água — ela dá maior sensação de saciedade.

- Um pequeno pedaço de chocolate amargo bem saboreado sacia a vontade de comer doces.

O excesso de açúcar pode causar...
- Depressão

- Diabetes

- Baixa imunidade

- Cárie dentária

- Câncer

- Obesidade

- Celulite

- Rugas

- Falta de energia, fadiga

- Mau humor

- Alterações na pele, como espinhas

- Destruição das bactérias benéficas do intestino

- Inibição da produção de enzimas digestivas

Acrescente no seu cardápio diário
- Peixes, como sardinha, atum e salmão

- Castanhas e nozes

- Verduras em geral

- Brotos de alfafa, de arroz e de girassol

- Carnes brancas, como frango

- Cereais integrais baseados em aveia e arroz integral

- Quinoa

- Chia

- Ovo

- Especiarias, como canela

Preste atenção
- O açúcar modula o paladar humano. Portanto, quanto mais tarde for ofertado às crianças, melhor. A nutricionista Claudia Mallmann sugere que os pais evitem que os filhos consumam alimentos doces ao menos no primeiro ano de vida. Ela salienta que as comidas ingeridas pela mãe durante a gestação irão influenciar as preferências alimentares do bebê no futuro.

- Muitas vezes, os pais colocam açúcar ou achocolatado na mamadeira das crianças, pensando no próprio paladar. Com isso, criam hábitos difíceis de modificar mais tarde. O açúcar não é um alimento natural e não é necessário para ela — acrescenta o endocrinologista Airton Golbert, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Fonte Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário