Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Farmacêuticos ganham maiores poderes de ação e atuação

Mudanças na legislação permitem prescrição medicamentosa e administração de vacinas

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) reuniu na última terça-feira (15/09), na sede de sua Secciona em Sorocaba, representantes da categoria da cidade e da região, no XV Encontro Paulista de Farmacêuticos. Este encontro está acontecendo em 27 cidades-sedes de seccionais do CRF-SP, com o objetivo de discutir as mudanças no que estão sendo introduzidas no funcionamento de farmácias e drogarias de todo o País.

Esses encontros prosseguirão até novembro, debatendo com os profissionais da área a nova farmácia brasileira, que começou a ser desenhada com a nova legislação. A lei 13.021/14 determina que farmácias são estabelecimentos de saúde e estabelece ainda que podem ser prestados serviços como a administração de vacinas e soros, de acordo com o perfil epidemiológico da região, trabalhando conectada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Pela prescrição farmacêutica, o farmacêutico está habilitado a receitar medicamentos isentos de prescrição médica, em alguns casos como gripes e resfriados, desafogando esse tipo de atendimento em pronto-socorros.
 
Os profissionais podem ainda fazer o acompanhamento da terapia medicamentosa, contribuindo para a adesão ao tratamento, analisando possíveis reações adversas, o que, segundo o Conselho Regional da categoria, melhora a eficiência da terapia prescrita, especialmente para pacientes de doenças crônicas. "Nenhum outro profissional entende mais de medicamento do que o farmacêutico. Temos muito a contribuir com a saúde da população e as mudanças na legislação tem justamente esse objetivo", afirmou o presidente do CRF-SP, Pedro Eduardo Menegasso.

Fonte: Diário de Sorocaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário