Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Anticoncepcional Microdiol Engorda ou Emagrece?

O Microdiol é um entre os muitos anticoncepcionais orais disponíveis no mercado
 
Trata-se de um combinado de substâncias ativas de estrogênio etinilestradiol e o progestagênio desogestrel. Em alguns estudos clínicos identificou-se que o Microdiol tem bons resultados na prevenção da gravidez, bom controle do ciclo menstrual, poucos efeitos colaterais e reduzido índice de descontinuidade.
 
A embalagem, assim como a maioria, contém 21 drágeas que devem ser ingeridas uma a cada dia até o término. A alteração do peso, tanto aumento quanto perda, é um fator que pode fazer com que muitas mulheres optem por outros métodos contraceptivos ou até mesmo deixem de utilizar a pílula.
 
Trata-se de um fator determinante para a escolha da mulher, por isso, muitas delas recorrem a sugestões de amigas, conhecidas ou até mesmo de informações na internet para sanar essas dúvidas e fazer a melhor escolha, sem interferir no ganho de peso.
 
Pensando nisso, abaixo está um apanhado de informações para você descobrir se o anticoncepcional Microdiol engorda mesmo ou se isso é apenas um mito. Será que vale a pena escolhê-lo ao invés de outras marcas?
 
Modo de usar
O primeiro comprimido a ser ingerido deve ser no primeiro dia da menstruação e seguir por mais 20 dias ininterruptamente até finalizar a cartela. Uma vez finalizada, deverá ocorrer a menstruação e então uma pausa de sete dias deve ser respeitada, iniciando uma nova cartela no oitavo dia. Esse procedimento é orientado para qualquer comprimido, sendo norma padrão de consumo de contraceptivo oral. Lembre-se que o medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente, protegido da luz e umidade (entre 15 e 30°C) para manter suas propriedades e respostas efetivas.
 
Efeitos colaterais
Alguns efeitos relatados e possíveis em alguns casos são: sangramento intermenstrual, amenorreia pós-medicação, alterações na secreção cervical, agravamento de endometriose, infecções vaginais, sensibilidade, dor e aumento dos seios, náuseas, vômitos, tromboses, aumento da pressão arterial, erupção na pele, sensibilidade dos olhos, redução da tolerância à glicose, dores de cabeça, alterações de humor e peso.
 
Portanto, a alteração de peso está descrita como um dos efeitos colaterais, mas isso não significa que o anticoncepcional Microdiol engorda sempre, pois isso varia de pessoa para pessoa. Por isso que uma consulta ao ginecologista é tão indicada e importante para a saúde da mulher. Optar pelo uso de um anticoncepcional por indicação de outras pode não ser a melhor alternativa, lembrando que as reações e efeitos variam em cada uma de acordo com seu biotipo, hormônios, etc.
 
Algumas mulheres também podem imaginar que o anticoncepcional Microdiol emagrece, mas não há relatos de alterações do peso para baixo.
 
Retenção de líquidos
Um problema que acomete a maioria das mulheres que ingere anticoncepcional oral é a retenção de líquido. Trata-se de uma reação natural do corpo, dependendo do medicamento e do biotipo da mulher, fazendo com que o corpo reaja aos componentes da fórmula. Essa retenção de líquido pode causar um inchaço indesejado nas mulheres, levando ao ganho de peso na balança.
 
Essa predisposição não indica que o anticoncepcional Microdiol engorda necessariamente, mas sim que a mulher está com excesso de líquido no corpo e isso pode se manifestar em várias regiões do corpo como pernas, bumbum, braços e não somente abdômen.
 
Como solucionar?
Geralmente essa retenção apenas dura o início da cartela, enquanto a mulher ainda está em fase de se adaptar ao medicamento, porém, algumas outras mulheres podem ver esse problema se estender por meses; neste caso, vale a pena agendar uma nova consulta com o ginecologista visando uma possível troca de anticoncepcional.
 
Importante ressaltar que nem sempre a retenção de líquido ou ganho de peso repentino está associado ao medicamento. Portanto, antes de afirmar que o anticoncepcional Microdiol engorda, vale observar se a sua dieta alimentar está equilibrada, se tem praticado atividades físicas e se não há a possibilidade de nenhuma doença hormonal se manifestando, como problemas na tireoide, por exemplo. Realizar uma série de exames pode ser importante para determinar uma casa para isso.
 
Para reduzir as chances de ganho de peso por causa do anticoncepcional procure se alimentar adequadamente inserindo legumes, verduras, frutas, bem como proteínas e carboidratos de baixo índice glicêmico em sua dieta e cortar alimentos açucarados e industrializados.
 
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário