Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Exame fácil para zika com diagnóstico em apenas 20 minutos

Laboratório carioca desenvolveu técnica. Teste poderá ser feito a partir de janeiro

Como funciona o teste para diagnosticar o zika vírus
Arte: O Dia

Daqui a um mês, os diagnósticos do zika vírus poderão ser feito em minutos, apenas com o espetar de um dedo. A técnica rápida e barata já diagnostica doenças como dengue, chikungunya, HIV, sífilis, hepatites B e C, toxoplasmose, hanseníase, malária, mioglobina, e creatinina. Ela está sendo desenvolvida pelo laboratório carioca Orange Life, que já exporta para vários países.

Os resultados saem em menos de 20 minutos e são feitos com o auxílio de um aparelho, o Smart Reader. Cada doença tem um teste específico com partes isoladas do vírus. O paciente fura o dedo, assim como um aparelho de teste de glicose, coloca uma gota de sangue em uma paleta e a insere no aparelho. É possível, ainda, inserir os sintomas apresentados pelo paciente para se obter o diagnóstico. O aparelho é aprovado pela Anvisa.

A alternativa foi desenvolvida pelo médico italiano Marco Collovati. É considerada na área de saúde como uma opção mais barata e rápida em comparação a outros testes: o molecular e o sorológico, que não saem por menos de R$ 1 mil e o resultado pode demorar até dez dias.

“Temos várias comunidades ao redor do mundo sem acesso a diagnósticos”, aponta Marco ao justificar a criação da empresa. Segundo ele, não é possível afirmar, agora, o valor que os testes de zika terão. A Orange Life cobra hoje em média R$ 25, cada para o consumidor final.

O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário