Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Gaúchos podem denunciar focos do mosquito por aplicativo

FireShot Screen Capture 2455 - Aedes  Apps para Android no Google Play - play google com store apps details idbr ufrgs telessauders aedeshlpt BRPara facilitar as denúncias relacionadas aos focos do mosquito Aedes aegypti, a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (SES/RS), em parceria com TelessaúdeRS/UFRGS e o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERSO), criou o aplicativo RS Contra Aedes

Por meio do app a população pode denunciar os locais com possíveis focos do mosquito e enviar fotos, saber mais sobre como se manifestam os sintomas do Zika Vírus, Dengue, Chikungunya.

O aplicativo também conta com um questionário que, respondido pelo usuário, traça o perfil da residência (se possui vasos com plantas, piscina, caixa d'agua) e ajuda a descobrir quais lugares da casa podem se tornar criadouros do Aedes. Ele também envia um alerta semanal para lembrar a verificação destes locais e garantir a que a residência livre de focos do mosquito.

Otávio D´avilla, Coordenador Adjunto de Teleducação do TelessaúdeRS/UFRGS, responsável pelo desenvolvimento da ferramenta, conta que a ideia do aplicativo veio para agregar novas formas de acesso à informação. “Lançamos um site para alertar a população e percebemos uma boa potencialidade em ofertar um espaço para a denuncia de possíveis focos. Sempre com o objetivo de mobilizar a população do RS no combate ao mosquito.


FireShot Screen Capture 2456 - Aedes  Apps para Android no Google Play - play google com store apps details idbr ufrgs telessauders aedeshlpt BRNossa experiência como núcleo de Telessaúde demonstrou que as pessoas possuem diferentes características de acesso à informação. Por isso, desenvolvemos o aplicativo, que além das orientações para a população, possui um espaço para denúncia com localização via GPS (e envio de foto do foco).

Essas ações foram planejadas e executadas em 21 dias. O TelessaúdeRS criou um time de resposta rápida para emergências em saúde pública que está totalmente dedicado a estratégia”, conta.

Todas as denúncias são qualificadas e organizadas por regional de saúde e município e enviadas diariamente aos órgãos responsáveis pela verificação e eliminação dos focos. Desde dezembro, o site www.rscontraaedes.ufrgs.br e o telefone 0800 645 3308, que também integram a ação, receberam mais de 1300 denúncias.

O aplicativo RS Contra Aedes (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.ufrgs.telessauders.aedes&hl=pt_BR) pode ser baixado gratuitamente para dispositivos móveis com sistema operacional Android e muito em breve em iOS.

Fonte: Blog da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário