Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Você pode usar papel higiênico, só não pode esfregar

O uso do papel higiênico é tão rotineiro que não paramos para questionar se é, de fato, higiênico ou não se limpar com ele

Por incrível que pareça, passar o papel nas partes íntimas não é a melhor solução para manter a limpeza, mas isso não quer dizer que o hábito deve ser interrompido.

De acordo com Márcia Araújo, ginecologista da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), o papel higiênico não limpa totalmente e essa falta de excelência em sua função pode acabar nos prejudicando. Mas se usado de forma correta, o papel continua sendo nosso aliado.

O primeiro passo para fazer bom uso do papel higiênico é que entender que ele é usado para secar ou limpar os excessos, não para esfregar na pele. “Principalmente para as mulheres ao fazer xixi, é importante não ficar esfregando, pois pode ferir a região genital. O papel higiênico é usado para ser comprimido contra a pele, sem causar atrito”.

Além disso, a ginecologista afirma que é muito comum ter alergia ao papel, pois ele contém produtos químicos que podem gerar uma dermatite de contato. Quanto mais características o papel tiver, como cor ou perfume, maior será a chance de alergia na região íntima. “Existem até casos em que os produtos branqueadores do papel, os alvejantes, causam irritação”, afirma Márcia.

Falando em “número dois”, os homens podem confiar mais no papel higiênico do que as mulheres, uma vez que o ânus e o buraco da uretra no pênis ficam distantes e as chances de contaminação são menores. Já as mulheres precisam ficar atentas: ”É preciso sempre limpar o ânus tomando cuidado para não levar resquícios de fezes para a vagina. Uma vez que isso acontece é possível gerar inflamação, corrimento ou infecção vaginal”, diz Márcia.

Para garantir a limpeza total das áreas íntimas depois do xixi e do cocô é preciso dar atenção a região na hora do banho, lavando com água corrente. Uma opção que também ajuda na remoção de resquícios das necessidades é o lencinho de bebê.

Segundo a ginecologista, os lencinhos umedecidos usados para limpar bumbum de bebês também podem ser usados por adultos. “A umidade aumenta a eficácia da limpeza e a textura do produto evita machucados por atrito”.

Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário