Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Transmissão de microorganismos no ambiente hospitalar

A propagação de microorganismos no ambiente hospitalar envolve três elementos básicos: 1 Fonte de microorganismo 2 Modo de Transmissão 3 Indivíduo susceptível Como resultado da interação microorganismo-hospedeiro ,o indivíduo susceptível pode apresentar: Colonização - Presença e multiplicação de microorganismos nos tecidos do hospedeiro, que pode ser identificada através de cultura, mas sem manifestação clínica ou desenvolvimento de resposta imune. Infecção - Presença e multiplicação de microorganismos nos tecidos do hospedeiro acompanhada de resposta clínica, produção de sinais e sintomas( infecção clínica ) ou apenas resposta imune (infecção subclínica). Ambas as interações têm importância epidemiológica e demandam medidas de contenção da disseminação dos microorganismos. A aderência de microorganismos a receptores celulares da pele e mucosas é a condição básica para que haja colonização e infecção. O uso de antimicrobianos, procedimentos invasivos e certas condições clínicas favorecem a mobilização da microbiota normal do paciente facilitando a aderência de microorganismos hospitalares.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário