Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Perder alguém aumenta riscos de enfarte e obesidade

Você foi daqueles que sempre achou que a expressão “morrer de amor” fosse exagero? A ciência agora diz que não. Segundo um estudo da Associação Americana do Coração, alguém que perde um ente querido fica 21 vezes mais vulnerável a ataques cardíacos.

De acordo com os pesquisadores, isso acontece porque o estresse causado pela perda aumenta a taxa de batimentos cardíacos e a pressão sanguínea, o que favorece a incidência de enfartes.

Além disso, o estudo aponta que quem perde um ente querido – pai, mãe, filho ou namorado – também fica propenso a comer e dormir mais. E qual é a recomendação dos pesquisadores? “Ouça

Fonte Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário