Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Quais medicamentos causam odor corporal?

Odor corporal pode ser bastante constrangedor, especialmente se você já tentou de tudo para se livrar dele
 
Você toma banho regularmente, usa um desodorante ou antitranspirante, veste roupas limpas e até mesmo segue uma dieta balanceada. Mas há um lugar onde você ainda não pensou em procurar: o armário de remédios.
 
Assim como alguns remédios causam efeitos colaterais como náuseas e sonolência, outros podem aumentar a chance de uma pessoa desenvolver odor corporal. Tenha também em mente que o aumento do suor pode levar a um odor corporal. O suor das glândulas apócrinas localizadas nas axilas e virilha serve como alimento para as bactérias na superfície da pele – e o odor é um subproduto comum desse processo [fonte: Mayo Clinic Staff].
 
Mas se você perceber um aumento na quantidade de suor e odor corporal que coincide com o fato de estar tomando um novo medicamento, é melhor levar o problema ao médico antes de parar de tomar tal remédio. Em geral, prever se determinado remédio causará odor corporal em um dado indivíduo pode ser complicado porque as pessoas metabolizam os medicamentos de maneiras bem diferentes em função da própria saúde e genética. Embora muitos medicamentos causem transpiração – que por sua vez pode levar ao odor corporal – apenas alguns grupos de drogas são conhecidos por produzir esses efeitos colaterais. Então, quais são os tipos de remédios que mais causam a transpiração e o odor corporal?
 
Para começar, vários medicamentos antidepressivos podem causar transpiração [fonte: WebMD]. O cloridrato de bupropiona (WellButrin) pode causar odor corporal, além de sudorese excessiva em alguns pacientes.

Os medicamentos antidepressivos que podem causar um aumento na transpiração são:
• Zyban® - cloridrato de bupropiona

• Anafranil® - cloridrato de clomipramina

• Cymbalta® - cloridrato de duloxetina

• Lexapro® - oxalato de escitalopram

• Prozac®, Sarafem® - cloridrato de Fluoxetina

• Paxil® - cloridrato de paroxetina

• Pexeva® - mesilato de paroxetina

• Zoloft® - cloridrato de Sertralina

• Effexor® - cloridrato de Venlafaxina

[fonte: DailyMed]
 
É importante notar que a sudorese excessiva que não figura na lista de efeitos colaterais do remédio pode significar uma condição de saúde mais grave que acompanha o uso de drogas antidepressivas. Você deve falar para o seu médico sobre qualquer efeito colateral que venha a experimentar.

Embora não tão comum, alguns indivíduos experimentam um aumento na transpiração ao usar remédios anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) – medicamentos usados para tratar inflamação e dor. Esses efeitos colaterais foram notificados no Profenid® (cetoprofeno) e Naprosyn® (naproxeno). O sulfato de codeína, usado para aliviar a dor, também tem a transpiração como um de seus efeitos colaterais.
 
Outros remédios têm uma ligação forte entre odor corporal e transpiração. Por exemplo, o odor corporal foi observado em ensaios clínicos para os ésteres de ácido etílico de ômega-3 (Lovaza®), medicamento usado para reduzir um tipo específico de gordura no sangue; acetato de leuprolide (Lupron®), usado para interromper a produção de certos hormônios durante tratamentos para câncer; e o topiramato (Topamax®) para tratar convulsões e epilepsia. Algumas pessoas tomam suplementos que contêm alho e que também podem causar odor corporal e mau hálito.
 
Monitorar as mudanças no seu corpo que acontecem ao tomar um medicamento permite que você possa abordar essas questões com seu médico, garantindo um tratamento seguro e confortável.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário