Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Destaque brasileiro: revista americana publica artigo de médicos da CDPI

A revista Magnetic Resonance Imaging Clinics of North America, um dos periódicos mais respeitados internacionalmente por suas pesquisas e estudos relacionados com a radiologia clínica, publicará, no próximo mês, um artigo científico assinado pelos médicos Margareth Kimura e Celso Hygino, ambos médicos radiologistas integrantes do corpo clínico da CDPI que revisam as técnicas mais modernas de diagnóstico por ressonância magnética para a avaliação de pacientes com tumores cerebrais


O artigo científico “Avaliação por múltiplas técnicas dos tumores cerebrais por meio da ressonância magnética (RM)” tem como objetivo rever as técnicas de imagem por intermédio da ressonância na avaliação de cânceres no cérebro, com o intuito de atualizar cientistas e ensinar profissionais da área médica em todo o mundo.

Segundo Margareth Kimura, autora principal do estudo, o paciente também se beneficia com esse tipo de pesquisa. “Ele é favorecido com uma avaliação moderna e atualizada, por meio da ressonância, porque o diagnóstico torna-se mais acurado, ajuda o oncologista ou o cirurgião a ter um panorama mais completo do comportamento do tumor, o que possibilita o planejamento do melhor tratamento para cada paciente”, explica a radiologista.

Além disso, é possível ter um acompanhamento cirúrgico ou medicamentoso durante o tratamento do tumor e avaliar sua resposta, usufruindo do que há de mais moderno em termos de aquisição de imagens, por intermédio da ressonância. “A RM oferece uma série de possibilidades, como a investigação da vascularização, celularidade e composição química da lesão e até mesmo uma avaliação do comportamento do tumor no corpo da pessoa, se está reagindo bem ao tratamento com quimioterápicos ou radioterapia. Também é possível acompanhar o paciente e ver se o tumor retornou ou não”, afirma Margareth.

Para a medicina, a especialista afirma que é grande o ganho, pois “se trata de um artigo sistemático e moderno que ensina como avaliar os tumores cerebrais, que representam cerca de 2,4% das mortes por câncer nos Estados Unidos, por meio de um texto dinâmico com tabelas, estudos de casos, dicas e imagens de vários tipos de tumor, situações clínicas e de tratamento e até mesmo possíveis complicações”.

Margareth finaliza reforçando que a grande importância do estudo é destacar que as principais técnicas de RM para a detecção de tumores cerebrais já são uma realidade no Brasil e estão disponíveis para os cariocas na CDPI. “Existem muitas pesquisas, estudos e técnicas modernas envolvidas em torno desse conhecimento e que ajudam o paciente efetivamente na hora de diagnosticar, avaliar e acompanhar os tumores”, conclui.

O artigo já se encontra disponível para mais de 15 milhões de cientistas no scienceDirect, plataforma on-line que permite acesso a artigos escritos pelos mais renomados autores do cenário científico, nas principais áreas do conhecimento.

Rachel Lopes
assessoria de Imprensa
rachel@saudeempauta.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário