Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Polícia Civil investiga morte de bebê em hospital de Campinas, SP

Casa  de Saúde de Campinas onde morreu David Ryan Fernandes   (Foto: Reprodução EPTV)David Ryan Fernandes Leite foi internado com bronquiolite dia 6. Segundo os pais, criança não teve atendimento adequado

A Polícia Civil investiga a morte de um bebê de seis meses na madrugada de sábado (9) na Casa de Saúde, em Campinas (SP). David Ryan Fernandes Leite morreu de hemorragia interna, mas durante a internação uma enfermeira teria aplicado medicação após receber orientações de um médico, por telefone. O hospital informou nesta segunda-feira (11) que reuniu os profissionais que atenderam a criança e foi contadada que não houve negligência nos procedimentos.

O bebê foi internado na quarta-feira (6) com suspeita de bronquiolite. Segundo os pais, até a visita de uma médica na sexta-feira (8) pela manhã, a criança se recuperava bem. “Por volta do meio dia e meia [sexta] a criança começou a tossir. Aí ele vomitou e veio um pouco de sangue junto”, disse a mãe, Geise Keli Fernandes.

A Polícia Civil investiga a morte de um bebê de seis meses na madrugada de sábado (9) na Casa de Saúde, em Campinas (SP). David Ryan Fernandes Leite morreu de hemorragia interna, mas durante a internação uma enfermeira teria aplicado medicação após receber orientações de um médico, por telefone. O hospital informou nesta segunda-feira (11) que reuniu os profissionais que atenderam a criança e foi constatado que não houve negligência nos procedimentos.

O bebê foi internado na quarta-feira (6) com suspeita de bronquiolite. Segundo os pais, até a visita de uma médica na sexta-feira (8) pela manhã, a criança se recuperava bem.

“Por volta do meio dia e meia [sexta] a criança começou a tossir. Aí ele vomitou e veio um pouco de sangue junto”, disse a mãe, Geise Keli Fernandes.

Foto: Reprodução/EPTV: Casa de Saúde de Campinas

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário