Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

São Paulo consome o dobro do sal recomendado pela OMS, diz pesquisa

Paulistas estão consumindo 272 de microgramas de iodo por dia, o ideal seria 150

Uma pesquisa do Instituto Adolfo Lutz de São Paulo mostrou que os paulistas estão consumindo o dobro da quantidade de sal recomendada pelos órgãos de saúde. Os pesquisadores do Instituto Adolfo Lutz descobriram que os paulistas estão consumindo 272 de microgramas de iodo por dia. O ideal seria 150.
 
“A população precisa estar atenta para esse alerta. Ela não está só causando os problemas de hipertensão, mas pode estar desencadeando esses problemas voltados a doenças relacionadas à tireoide”, afirma a pesquisadora do Instituto Adolfo Lutz, Marcia Regina Mello.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo máximo diário é de cinco gramas de sal. É o equivalente a uma colher de chá. Só que uma pesquisa feita em todo o estado de São Paulo durante 15 anos, mostrou que os paulistas estão abusando, consumindo o dobro: dez gramas.
 
O excesso de sal pode levar à hipertensão, problemas renais e até o infarto. E nele tem um ingrediente que também tem que ser consumido no ponto: o iodo. O iodo é a matéria-prima para fabricar os hormônios da tireoide.
 
Jornal Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário